Armas do Futuro

  • 116 Respostas
  • 25408 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7797
  • Recebeu: 233 vez(es)
  • Enviou: 169 vez(es)
  • +12/-3
Re: Armas do Futuro
« Responder #60 em: Maio 23, 2013, 10:15:47 pm »
Optix, um detector de bombas à distância


A tecnologia europeia coloca-se ao serviço da segurança na luta contra atentados bombistas. O consórcio Optix, liderado pela empresa espanhola Indra, desenvolveu e testou com sucesso um detector de bombas à distância designado Optix. “Este protótipo portátil consegue detectar e identificar vestígios de explosivos a uma distância média de 20 metros”, afirma o director do projecto, Javier Hernández.

No Sistema de Detecção Optix é utilizada tecnologia óptica que, através de lasers, permite identificar, de forma precisa, a estrutura atómica e molecular dos explosivos. O dispositivo consegue identificar, rápida e remotamente, o objecto em questão, seja um carro, uma mala, ou qualquer recipiente opaco, e pegar em vestígios do resíduo.

 O Optix é portátil porque está integrado numa plataforma com rodas que possibilitará o transporte em qualquer carrinha de tamanho padrão para a área a ser patrulhada. A plataforma poderá mover-se ao longo de um parque de estacionamento ou rua, por exemplo, analisando superfícies onde os vestígios possam estar presentes, como uma roda ou a porta de um veículo. Paralelamente, um polícia poderá controlar a plataforma remotamente, a partir de um portátil de laboratório robustecido, no qual receberá de imediato os resultados obtidos através do sistema de detecção Optix.

 A margem de erro do Optix é uma questão “difícil de responder”, segundo Javier Hernández que adianta: “A fiabilidade da investigação depende de vários factores, o tipo de explosivo, o tipo de recipiente, a quantidade de explosivos e os ‘hábitos’ das pessoas envolvidas na preparação de explosivos apenas para dizer alguns”.

O entrevistado sublinha que “hoje, não há forma de detectar todo o tipo de explosivos em todas as situações e não se pode esperar que o Optix faça isso”, mesmo recorrendo à conjugação de duas tecnologias como a LIBS (Laser-induced breakdown spectroscopy), “uma técnica muito sensível” e a espectroscopia de Raman.

A associação de LIBS e Raman permite ainda ao Optix identificar que tipo de explosivo foi encontrado. Contudo, adianta o entrevistado quando se está perante “pequenas quantidades a identificação não é sempre possível”.

A Espectroscopia LIBS identifica a emissão de ruptura elementar (atómica e molecular) gerada após excitação a partir de um laser de alta energia ("faísca") e a espectroscopia de Raman mede as variações dos estados de vibração das moléculas que foram excitadas com um laser, o que torna possível identificar inequivocamente a sua estrutura molecular.

 O Optix é um projecto focado no sector público. O protótipo estará disponível para a polícia europeia e para as forças de segurança. A chegada efectiva ao mercado ainda não é anunciada porque “precisamos de aumentar a sensibilidade e a fiabilidade do sistema e é difícil estimar o tempo que precisamos para conseguir isso”, diz Javier Hernández.

 O protótipo Optix já foi testado com sucesso em laboratório e em ambientes externos, simulando situações do dia-a-dia, e em várias condições atmosféricas.

 O consórcio Optix, liderado pela Indra, é composto por um conjunto de parceiros industriais e académicos, como a Agência Sueca de Investigação e Defesa, PME Ekspla (Lituânia) e Avantes (Holanda); as universidades técnicas Clausthal and Dortmund (Alemanha) e a Universidade de Málaga (Espanha), e a unidade TEDAX Da Guardia Civil (Policia Espanhola, Unidade de Explosivos, Valdemoro, Madrid).

Ciência Hoje
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7694
  • Recebeu: 512 vez(es)
  • Enviou: 711 vez(es)
  • +28/-2
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Armas do Futuro
« Responder #61 em: Junho 08, 2013, 01:47:18 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7694
  • Recebeu: 512 vez(es)
  • Enviou: 711 vez(es)
  • +28/-2
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Armas do Futuro
« Responder #62 em: Agosto 09, 2013, 11:57:06 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7797
  • Recebeu: 233 vez(es)
  • Enviou: 169 vez(es)
  • +12/-3
Re: Armas do Futuro
« Responder #63 em: Agosto 12, 2013, 06:35:27 pm »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7694
  • Recebeu: 512 vez(es)
  • Enviou: 711 vez(es)
  • +28/-2
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Armas do Futuro
« Responder #64 em: Setembro 14, 2013, 06:26:41 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7797
  • Recebeu: 233 vez(es)
  • Enviou: 169 vez(es)
  • +12/-3
Re: Armas do Futuro
« Responder #65 em: Setembro 15, 2013, 01:29:40 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7797
  • Recebeu: 233 vez(es)
  • Enviou: 169 vez(es)
  • +12/-3
Re: Armas do Futuro
« Responder #66 em: Setembro 20, 2013, 11:27:06 pm »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7694
  • Recebeu: 512 vez(es)
  • Enviou: 711 vez(es)
  • +28/-2
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Armas do Futuro
« Responder #67 em: Outubro 07, 2013, 04:01:40 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 3933
  • Recebeu: 185 vez(es)
  • Enviou: 220 vez(es)
  • +7/-0
Re: Armas do Futuro
« Responder #68 em: Janeiro 13, 2014, 09:10:46 pm »
Citar
The Navy is in the early phases of starting research to determine what kind of hull, ship defenses, propulsion technology and weapons systems will be engineered for a new class of DDG Flight IV destroyers to begin service in the 2030s.
Capt. Mark Vandroff, program manager for DDG 51 acquisition, cautioned that predicting what the Navy will build in 17 years is difficult, but it's a conversation that has to start early in order to deliver the ship the Navy needs.
Although the conversations regarding DDG Flight IV configurations are preliminary and likely to change as various technologies mature, lasers and electromagnetic rail guns are figuring prominently in the early discussions, Vandroff said.
Part of the discussion includes the business of war and the costs of ship defense systems.
"Some of the thinking involves senior leaders talking about getting on the other side of the cost curve. Right now if someone shoots a missile at us, we shoot a missile back at them. The missile we shoot at them cost about as much, if not more, than the missile that got shot at us. They are burning money and we are burning money to defend ourselves," he added.
A directed energy weapon or rail gun, however, might be able to offer an effective deterrent or ship defense system at a fraction of the cost of a missile, Vandroff said.
"The down side is this kind of technology does not exist today and even if it does, you have to look at what kind of maritime platform could you put it on and what that would look like. When that technology starts to get close to mature, then you will see the Navy start to figure out what it has to do in order to field that technology," he said.
The Navy is progressing with laser and rail gun technology. Senior Navy officials have routinely talked about plans for the service's Laser Weapons System, or LaWS, a high-energy, solid-state directed energy weapon slated to deploy this year aboard the USS Ponce, a transport dock.
"We're taking the laser weapon system prototype to sea this year. We are hoping to develop a system that we can produce and install aboard future warships," said Navy spokesman Chris Johnson.
The idea with LaWS is to deploy a low-cost, high-energy offensive and defensive weapon against a range of potential threats, including Unmanned Aircraft Systems, fast-attack boats and small-boat swarm attacks.
The Navy also plans to test a ship-mounted electromagnetic rail gun on Navy vessels, service officials said. The rail gun, which can hit ranges of 100 miles or more, uses electricity stored on the ship to generate a high-speed electromagnetic pulse sufficient to propel a kinetic energy warhead. The result is an inexpensive, high-impact and long-range offensive weapon, service officials said.
The Navy, which has been testing the rail gun at the Naval Surface Warfare Center in Dahlgren, Va., plans to integrate it aboard a ship by 2016, Johnson said.
The rail gun's hyper-velocity projectile can also be fired from standard Navy 5-inch guns as well as 155mm Howitzers, service officials said.
At the moment, Navy destroyers, carriers and cruisers are designed to have a kinetic interceptor layered ship defense system comprised of sensors, radar and various interceptor missiles.
The DDG Flight IV program, now in its infancy, is planned as an upgrade to the Navy's current Flight III destroyer program slated to being construction in 2016. Overall, the Secretary of the Navy's long-range shipbuilding plan calls for construction of 22 Flight III DDGs, Vandroff explained.
Flight III destroyers will be engineered with a series of technological improvements when compared to the current Flight IIA ships. For instance, the Flight IIIs will be configured with a next-generation Air and Missile Defense Radar, or AMDR, a radar that is 30 to 35 times more powerful than existing ship radar systems, such as the current SPY-1D, he said.
"You can see something one-half the size and twice as far away," Vandroff added.

http://www.military.com/daily-news/2014/01/10/future-destroyers-likely-to-fire-lasers-rail-guns.html
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7694
  • Recebeu: 512 vez(es)
  • Enviou: 711 vez(es)
  • +28/-2
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Armas do Futuro
« Responder #69 em: Janeiro 25, 2014, 11:41:21 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7797
  • Recebeu: 233 vez(es)
  • Enviou: 169 vez(es)
  • +12/-3
Re: Armas do Futuro
« Responder #70 em: Fevereiro 28, 2014, 04:18:08 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7797
  • Recebeu: 233 vez(es)
  • Enviou: 169 vez(es)
  • +12/-3
Re: Armas do Futuro
« Responder #71 em: Abril 12, 2014, 04:15:46 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7797
  • Recebeu: 233 vez(es)
  • Enviou: 169 vez(es)
  • +12/-3
Re: Armas do Futuro
« Responder #72 em: Maio 08, 2014, 12:30:52 am »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7694
  • Recebeu: 512 vez(es)
  • Enviou: 711 vez(es)
  • +28/-2
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Armas do Futuro
« Responder #73 em: Junho 04, 2014, 07:42:59 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 13702
  • Recebeu: 568 vez(es)
  • Enviou: 611 vez(es)
  • +40/-11
Re: Armas do Futuro
« Responder #74 em: Junho 11, 2014, 12:28:02 pm »

7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

 

Novo endereço do site "Sistemas de Armas"

Iniciado por PaisanoQuadro Internet-Jogos-Simulações

Respostas: 1
Visualizações: 1244
Última mensagem Setembro 08, 2004, 10:24:55 am
por Luso
Artigo sobre a Mauser-Vergueiro na revista "Armas"

Iniciado por PereiraMarquesQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 2
Visualizações: 2372
Última mensagem Setembro 04, 2005, 10:25:17 pm
por PereiraMarques
Putin anuncia criação de sistemas de armas nucleares únicos

Iniciado por JNSAQuadro Mundo

Respostas: 3
Visualizações: 1539
Última mensagem Novembro 18, 2004, 10:40:21 pm
por JLRC
Venezuela-base do mercado negro de armas na América Latina?

Iniciado por JoseMFernandesQuadro Conflitos do Presente

Respostas: 20
Visualizações: 8988
Última mensagem Janeiro 25, 2008, 10:33:41 pm
por Luís Fernando
Telemóveis podem ser armas para evitar ataque nuclear

Iniciado por AndréQuadro Tecnologia Militar

Respostas: 0
Visualizações: 3162
Última mensagem Janeiro 27, 2008, 05:55:03 pm
por André