Efemérides

  • 535 Respostas
  • 78129 Visualizações
*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
Efemérides
« em: Abril 06, 2004, 03:20:07 am »
Neste dia 6 de Abril:

- há 10 anos (1994) o assassinato dos Presidentes Juvenal Habyarimana do Ruanda e Cyprian Ntayamira do Burundi, ambos de etnia Hutu, desencadeia uma espiral de violência inter-étnica de dimensões assustadoras. Perante a passividade da comunidade internacional (e especialmente das ex-potências colonizadoras e da ONU) a orgia de  perseguições e massacres de Tutsis e Hutus moderados resulta na morte de cerca de meio milhão de pessoas;

- há 39 anos (1965) o Presidente Lyndon Johnson dos EUA autorizava o envio de tropas terrestres para operações de combate no Vietname;

- há 63 anos (1941) a Alemanha Nazi punha em marcha a invasão da Jugoslávia e da Grécia;

- há 66 anos (1938) os EUA reconheciam o Anchluss (a anexação da Áustria pela Alemanha Nazi);

- há 87 anos (1917) o Congresso dos EUA aprovava a declaração de guerra à Alemanha. A América entrava assim na Grande Guerra 1914-18 juntando-se aos Aliados (incluindo Portugal) na luta contra os Impérios Centrais.
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
Efemérides 9 de Abril
« Responder #1 em: Abril 09, 2004, 09:29:52 pm »
A 9 de Abril de 1865, o general confederado Robert Edward Lee, com um exército de 26.000 homens, rende-se ao general unionista Ulysses Simpson Grant em Appomattox, na Virginia, estado natal de Lee. Perseguido e acossado durante semanas por 2 exércitos unionistas (um de Grant, o outro do general Phillip Sheridan) e vendo o seu exército esgotado e carente de provisões, o general Lee solicitou um encontro com o general Grant, no seguimento do qual apresentou a sua rendição. Esta acto significou, na prática, a derrota da Confederação e o fim da Guerra Civil Americana, conflito que custou a vida a mais de 600.000 americanos e que se havia iniciado a 12 de Abril de 1861.

A 9 de Abril de 1940, a Wehrmacht alemã lança a Operação Weserübung, o ataque à Escandinávia, até então neutral, invadindo a Dinamarca e a Noruega. Se a Dinamarca capitulou em pouco tempo (o país é pequeno e plano e tem fronteiras terrestres com a Alemanha, o que permitiu um rápido avanço das divisões alemãs), já a Noruega revelou-se uma tarefa bem mais complicada para as forças aero-navais alemãs. Foram necessárias várias batalhas navais, aéreas e terrestres  para os alemães conseguirem expulsar as tropas aliadas que tinham vindo em socorro da Noruega (a ocupação do país só ficou consumada em 9 de Junho). Na sequência da derrota das forças aliadas, o PM Britânico, Neville Chamberlain, demitiu-se assumindo a responsabilidade pelos erros na condução da campanha.

A 9 de Abril de 1942, o major general americano Edward King Jr. rendeu-se, juntamente com 78.000 soldados filipinos e americanos, ao exército japonês, em Bataan, nas Filipinas. Segundo reza a história, a rendição de King deu-se à revelia das ordens emitidas pelo general Douglas MacArthur, comandante supremo das forças dos EUA nas Filipinas, que entretanto já tinha sido evacuado para a Austrália. Muitos dos infelizes feitos prisioneiros dos japoneses morreram na infame "Marcha da Morte de Bataan" que se seguiu à rendição; outros morreriam no cativeiro. Após a rendição de King, a resistência filipino-americana ficou nas mãos de general Jonathan Wainwright, entricheirado na ilha de Corregidor, até à sua rendição a 6 de Maio.
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

*

Lince

  • Moderador Global
  • *****
  • 241
  • +0/-0
    • http://forumdefesa.com
Efemérides
« Responder #2 em: Abril 10, 2004, 02:51:19 am »
Caro Normando:

Parabéns por esta sua excelente ideia de criar um tópico só para efemérides.
Espero que todos os nossos membros também contribuam para enriquece-lo.
Cumprimentos

 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #3 em: Abril 10, 2004, 12:27:30 pm »
Não tinha reparado neste topico.
Embora com um dia de atraso, não queria deixar de referir a batalha de La Lys.

Na madrugada do dia 9 de Abril de 1918, os milhares de soldados portugueses que constituam a 2ª Divisão do CEP – Corpo Expedicionário Português – preparavam-se para retirar da frente de batalha, onde permaneciam há seis meses (o dobro do tempo recomendado). O comando britânico, que dois dias antes visitara o sector português, impressionado com a carência de efectivos e com o estado de esgotamento dos militares, ordenara para esse dia a substituição da 2ª Divisão por unidades britânicas. Contudo, ainda antes do raiar da aurora, os ensonados soldados são surpreendidos pelo fogo dos bombardeamentos alemães, que cobrem o céu de espessas nuvens negras e semeiam o terror nos campos enlameados da bacia do Lys. Em poucas horas, milhares de soldados caem por terra, mortos ou feridos, e, ao fim do dia, a 2ª Divisão do CEP, deixava formalmente de existir. Foi a célebre Batalha de La Lys, o culminar trágico da participação portuguesa na I Guerra Mundial, enredada desde o início num mar de equívocos e hesitações.

Não foram só os americanos que morreram pela liberdade da França

A todos eles,  :Soldado2:
 

*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Abril 10, 2004, 06:28:26 pm »
Nem acredito que me esqueci de associar o dia de ontem a La Lys...  :oops:
Ainda bem que Papatango não deixou passar em branco.
Desculpa lá Milhões...
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Abril 11, 2004, 05:25:19 pm »
Neste dia 11 de Abril:

Há 14 anos (em 1990), agentes dos serviços alfandegários britânicos apreenderam, em Middlesbrough, componentes do que seria um super-canhão, escondidos num navio com destino ao Iraque. As peças serviriam para montar um canhão massivo com um cano de 156 metros capaz de lançar um projéctil de 600 kg a cerca de 1000 km (e mesmo de atingir satélites em órbita com projécteis especiais). Duas empresas britânicas envolvidas construção das peças afirmaram que as mesmas teriam aplicação na indústria petro-química mas, as investigações que se seguiram a esta apreensão puseram a descoberto um projecto secreto denominado "Project Babylon", a concepção e montagem de super-peças de artilharia por um tal Dr. Gerald Bull a pedido de Saddam Hussein pouco depois do início da guerra Irão-Iraque. Ao que tudo indica, estes howitzers seriam capazes de disparar munições convencionais, mas também projécteis nucleares, químicos e biológicos. Em Julho de 1991, o Iraque admitiu que já possuía um de 350 mm, com um cano de 45 metros e alcance de 950 km (o chamado "Baby Babylon"). Após a guerra do Golfo de 1991, equipas de peritos da ONU destruiram o canhão de 350 mm e componentes de um futuro super-canhão de 1000 mm. De referir que poucas semanas antes, a 22 de Março de 1990, o Dr. Bull foi assassinado em Bruxelas, alegadamente por agentes israelitas (é que os howitzer de Bull teriam capacidade para atingir Israel...).

Há 25 anos (em 1979), o ditador Ugandês Idi Amin foi deposto da presidência do país por um golpe liderado por rebeldes e exilados ugandeses e apoiado por tropas tanzanianas. Amin havia chegado ao poder em Janeiro de 1971 através de (...suspense...) um golpe militar, no seguimento do qual se auto-intitulou presidente vitalício, e gostava que lhe chamassem "Big daddy"! O sádico (e segundo se diz antropófago) ditador foi responsável pela perseguição, tortura e assassínio de 300.000 a 400.000 pessoas. Amin expulsou a população de origem asiática, mergulhou o Uganda no caos económico e na corrupção e, em 1976, esteve alegadamente conluiado com os terroristas palestinianos que desviaram um avião da Air France com passengeiros israelitas para o aeroporto de Entebbe. Amin esteve exilado na Líbia, Iraque e, finalmente, Arábia Saudita, onde viria a morrer em Agosto de 2003.

Há 43 anos (em 1961), começou em Jerusalém, o julgamento de Adolf Eichmann, um oficial das SS e da Gestapo apontado pelas autoridades israelitas como um dos principais implementadores da "Solução Final" , o extermínio metódico e sistemático dos judeus na Europa delineado pelas chefias nazis. Eichmann fora capturado pelos aliados no fim da 2ª Guerra Mundial mas lograra evadir-se de um campo de prisioneiros em 1946 e escapara para a Argentina (como outros nazis proeminentes). Viria a ser localizado pela Mossad em 1960, em Buenos Aires, onde vivia com o nome Ricardo Klement; os agentes israelitas raptaram-no e levaram-no para Israel para ser julgado. Eichmann enfrentava acusações por crimes de guerra, crimes contra o povo judeu e crimes contra a Humanidade. O julgamento gerou enorme interesse e comoção (e também controvérsia), inclusivamente a nível internacional, e prolongou-se até 14 de Agosto de 1961; Eichmann nunca negou as suas responsabilidades, mas defendeu-se afirmando que apenas cumpria ordens e que era apenas mais uma peça da máquina de matança industrializada da Hitler e Himmler. O advogado de Eichmann também questionou a legitimidade e a competência do tribunal, e a imparcialidade dos três juízes. Em 2 de Dezembro, Eichmann foi condenado à morte, sendo enforcado em 31 de Maio de 1962.

Há 59 anos (em 1945), forças do 3º exército dos EUA (Patton) libertaram o campo de concentração de Buchenwald, na Alemanha, um dos maiores campos de prisioneiros erigidos pelo regime nazi. Crê-se que o complexo de campos associado a Buchenwald albergava maioriamente prisioneiros políticos (especialmente comunistas) e trabalhadores-escravos, não sendo aquele um campo de detenção especializado no extermínio de judeus e outras minorias (como Auschwitz-Birkenau, Treblinka, Sobibor, Belzec, Chelmno e Majdanek). De facto, não existiam câmaras de gás em Buchenwald, mas eram lá realizadas "experiências clínicas" em reclusos, e a taxa de mortalidade era elevada devido à fome, doença, maus tratos e execuções sumárias e arbitrárias. Figura ligada a Buchenwald era Ilse Koch (segunda mulher de um antigo comandante do campo, Karl Koch)conhecida como "Die Hexe von Buchenwald" (The Bitch of Buchenwald), uma mulher sádica e violenta que gostava de torturar prisioneiros e tinha vários objectos feitos com pele dos infelizes que com ele se cruzaram nas câmaras de tortura. Estima-se que tenham morrido entre 55.000 e 65.000 pessoas no complexo de Buchenwald.

Há 291 anos (em 1713), foi assinado o Tratado de Utrecht pelo qual se pôs fim à Guerra da Sucessão Espanhola.
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
efemérides 12 de Abril
« Responder #6 em: Abril 12, 2004, 07:48:19 pm »
Neste dia 12 de Abril:

- Há 29 anos (1975), os EUA iniciaram a evacuação da sua embaixada em Phnom Penh, no Cambodja. Centenas de pessoas, incluindo diplomatas e funcionários americanos, jornalistas estrangeiros, membros do governo cambodjano e civis que haviam trabalhado para os EUA são evacuados por helicóptero para vasos de guerra dos EUA ao largo. Os rebeldes comunistas Khmers Vermelhos do facínora Pol Pot estavam já às portas da capital. O presidente Gerald Ford justificou esta medida com a absoluta necessidade de salvaguardar a vida das pessoas evacuadas. Desta forma terminou a muito controversa intervenção dos EUA no Cambodja, intimamente ligada à guerra aberta que se travava no vizinho Vietname - os americanos inúmeras vezes bombardearam as zonas de fronteira entre estes dois países asiáticos na esperança de evitar ataques norte-vietnamitas baseados no Cambodja e cortar linhas de abastecimento. Com o decorrer do tempo, os EUA (embora raramente o admitissem) haviam desencadeado operações militares e encobertas (CIA) bem dentro de território cambodjano, acabando por envolver-se na guerra civil entre o governo e os Khmers Vermelhos.

Nota: se não viram, aconselho-vos a ver o filme "Killing Fields" (1984) de Roland Joffé, com Sam Waterson, Haing S. Ngor e John Malkovitch.

- Há 43 anos (1961), o major Yuri Alexeyevich Gagarin, 27 anos, nascido perto de Smolensk, era lançado para o espaço a bordo da Vostok-1 a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão. Gagarin tornava-se assim o primeiro ser humano no espaço e o primeiro cosmonauta a completar uma órbita em volta da Terra (em 108 minutos), e a URSS ganhava mais uma importante batalha na corrida ao espaço (já havia sido o primeiro país a pôr em órbita um satélite, o Sputnik, em Outubro de 1957, e a pôr um ser vivo, a cadela Laika, no espaço, em Novembro de 1957). Os EUA só meteram um homen no espaço (Alan Shepard) três semanas depois dos russos, a 5 de Maio de 1961. Curiosamente, o major Gagarin tornou-se tão importante para o regime soviético em termos de mediatismo e propaganda que não mais o deixaram participar no programa espacial, com receio de que pudesse sofrer algum acidente. Yuri Gagarin viria a falecer a 27 de Março de 1968 (já não viu Neil Armstrong e Buzz Aldrin a caminharem na Lua...) na sequência de um acidente de aviação nos arredores de Moscovo.

- Há 59 anos (1945), falecia, após 13 anos de presidência, Franklin Delano Roosevelt, um dos mais marcantes, carismáticos e influentes presidentes dos EUA do séc. XX. Roosevelt conduziu o país através de uma crise económico-financeira sem precedentes oferecendo-lhe o "New Deal" em 1933, lutou contra o isolacionismo tradicional da América quando a guerra rebentou na Europa, inspirou os EUA a tornarem-se o grande arsenal da democracia e liderou firmemente a nação durante a sua intervenção na 2ª guerra mundial. Roosevelt, que padecia de poliomielite desde os 39 anos, sofreu um agravamento do seu estado de saúde com o stress da condução da guerra e viria a ser fulminado por uma hemorragia cerebral.

- Há 143 anos (1861), começava a Guerra Civil Americana com o ataque e cerco por parte dos rebeldes Confederados a Fort Sumter, uma fortaleza guardada por tropas da União, na Carolina do Sul, estado que se havia unilateralmente separado dos Estados Unidos da América. Poucas semanas depois, outros estados sulistas seguiram o exemplo da Carolina do Sul e atacaram bases, quarteis e depósitos de armas e munições do Governo Federal.

- Há 371 anos (1633), tinha início o processo inquisitorial contra o astrónomo e físico Galileu Galilei, acusado de heresia por defender que a Terra girava em torno do Sol (tese heliocêntrica) ao contrário dos ensinamentos dogmáticos da Igreja Católica. No fim, Galileu concordou em não mais advogar essa tese (ou ia para o fogueira...) - "Eppur si muove" ainda sussurou o resignado cientista -,  e passou o resto da sua vida sob prisão domiciliária .
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
16 de Abril
« Responder #7 em: Abril 16, 2004, 11:37:33 pm »
Neste dia 16 de Abril:

- Há 87 anos (1917), o líder bolchevique russo Lenine (de seu nome verdadeiro Vladimir Ilich Ulyanov) regressava à Rússia após 10 anos de exílio. Estávamos em plena guerra mundial e Lenine aproveitou as facilidades concedidas pelos alemães (que queriam ver a Rússia fora da guerra para se concentrarem em força na Frente Ocidental) para sair da Suiça onde estava exilado e regressar a casa para dar o impulso definitivo à revolução, a qual já estava em marcha (o czar Nicolau II já tinha sido forçado a abdicar um mês antes após a eclosão de violentos motins de soldados e sublevações populares). Lenine era totalmente contra a participação da Rússia na 1ª guerra mundial, que para ele era uma guerra de capitalistas e burgueses. Em Novembro concretizar-se-ia a revolução vermelha com a subida dos bolcheviques ao poder, e em Março de 1918 a Rússia saía da guerra.

- Há 61 anos (1943), eram descobertos os efeitos do LSD. Um tal Dr. Albert Hoffman, químico de nacionalidade suíça, consumiu acidentalmente (deve ter sido deve...) uma droga experimental da sua autoria, e escreveu no seu diário que teve de ir para casa porque era tal a orgia de sensações (cores, formas, luzes, incapacidade de estar quieto, tonturas, alucinações, etc) que o homem já não conseguiu fazer mais nada de jeito o resto do dia. Poucos dias depois, o Dr. Hoffman resolveu voltar a tomar a "receita" só para confirmar os efeitos da mesma (pois, pois) e publicou um artigo médico para anunciar a sua descoberta.

- Há 59 anos (1945) começava a batalha de Berlim, o assalto final do exército vermelho à capital do III Reich. Os soviéticos concentraram três grupos de exércitos (liderados pelos marechais Zhukov, Konev e Rokossovsky) com 2.500.000 de homens, 41.600 canhões e morteiros, 6250 tanques, carros de assalto e artilharia auto-propulsionada, mais o apoio massivo da força aérea. O seu objectivo: tomar Berlim (o grande prémio com que Estaline sonhava) antes dos americanos, se bem que estes não tivessem a capital alemã como destino prioritário. No seu bunker, por baixo da Chancelaria do Reich, o delirante Hitler (andaria ele a tomar as "receitas" do Dr. Hoffman?) ainda sonhava com um milagre que salvasse a Alemanha do descalabro total.
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1262
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +1/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #8 em: Abril 17, 2004, 12:37:37 am »
Citar
Há 61 anos (1943), eram descobertos os efeitos do LSD. Um tal Dr. Albert Hoffman, químico de nacionalidade suíça, consumiu acidentalmente (deve ter sido deve...) uma droga experimental da sua autoria, e escreveu no seu diário que teve de ir para casa porque era tal a orgia de sensações (cores, formas, luzes, incapacidade de estar quieto, tonturas, alucinações, etc) que o homem já não conseguiu fazer mais nada de jeito o resto do dia. Poucos dias depois, o Dr. Hoffman resolveu voltar a tomar a "receita" só para confirmar os efeitos da mesma (pois, pois) e publicou um artigo médico para anunciar a sua descoberta.


Lucy in the Sky with Diamonds....  :twisted:
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
efemérides 17 de Abril
« Responder #9 em: Abril 17, 2004, 06:03:24 pm »
Neste dia 17 de Abril:

- Há 29 anos (1975), os Khmers Vermelhos conquistavam a capital Phnom Penh e ganhavam a guerra civil. O inferno estava prestes a abater-se sobre o Cambodja...

- Há 34 anos (1970), os astronautas da missão Apollo 13 logravam regressar à Terra, após uma abortada viagem à Lua quando o vai-vém sofreu uma avaria que muitos pensaram ser fatal para os três tripulantes. "Houston, we have a problem", lembram-se?

- Há 43 anos (1961), dava-se o desembarque dos exilados cubanos na Baia dos Porcos, a sudeste de Havana. Os contra-revolucionários anti-castristas (cerca de 1.500) treinados e financiados pela CIA tiveram apoio aéreo e naval da super-potência. O secretário de estado americano, Dean Rusk, negou inicialmente qualquer envolvimento dos EUA na tentativa de derrube do regime de Fidel Castro (que chegara ao poder em Janeiro de 1959). A invasão falhou rotundamente por vários motivos, nomeadamente, pela reduzida dimensão da força atacante e pela não adesão espontânea da população cubana à iniciativa contra-revolucionária. Ao fim de três dias a maior parte dos invasores tinham sido capturados ou tinham-se rendido. O presidente JF Kennedy viria a admitir o apoio dado pela sua administração aos exilados anti-castristas. Quem saiu fortalecido deste embróglio foi Fidel Castro que viu neste episódio uma oportunidade para reforçar os laços com a URSS, o que viria a ter consequências no ano seguinte quando misseis soviéticos foram instalados em Cuba.  

- Há 58 anos (1946), as últimas tropas francesas abandonavam a Síria, após lá terem permanecido desde 1920, altura em que o Tratado de Sèvres estabeleceu o mandato administrativo françês naquele ex-território do defunto Império Otomano. O dia 17 de Abril é desde então celebrado como o dia da independência da Síria.

- Há 59 anos (1945), militares norte-americanos agregados ao grupo ALSOS na Alemanha apreendiam mais de 500 kg de urânio em Strassfut. O objectivo deste grupo era localizar cientistas e funcionários alemães ligados ao programa nuclear de Hitler, confiscar documentação, tecnologia e substâncias susceptíveis de estarem ligadas ao desenvolvimento de armas nucleares, impedindo deste modo que caíssem nas mãos dos seus congéneres soviéticos (a guerra fria estava só a começar...)

- Há 63 anos (1941), o exército jugoslavo, cercado na zona da Bósnia,  rendia-se à poderosa Wehrmacht e a Jugoslávia capitulava. O território jugoslavo seria dividido pelas nações do Eixo (Albânia, Itália, Bulgária, Hungria e Alemanha), exceptuando a parte respeitante ao recém-criado estado fantoche da Croácia (controlado por uma milícia de extrema-direita - a Ustaše). A ocupação nazi e o favorecimento dos croatas agudizaram os conflitos étnico-religiosos no país. Em breve surgiriam dois movimentos jugoslavos de resistência: um do Coronel Mihailovich e próximo do governo jugoslavo no exílio, e o outro os partisans comunistas de Tito.

- Há 512 anos (1492), o navegador Cristóvão Colombo obtinha finalmente o acordo de um monarca (neste caso dois, Fernando de Aragão e Isabel de Castela) que lhe patrocinasse uma expedição marítima destinada a alcançar as Indias Orientais através da navegação para ocidente. Colombo havia abordado previamente o nosso rei D. João II, contudo, o "Príncipe Perfeito" não foi na cantiga do genovês porque os peritos portugueses achavam impossível percorrer toda a distância entre a Peninsula Ibérica e a India navegando para ocidente.
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
18 de Abril
« Responder #10 em: Abril 19, 2004, 12:53:57 am »
Neste dia 18 de Abril:

- Há 8 anos (1996), homens armados ligados ao grupo islâmico radical egípcio Gamaat-al-Islamiya matavam a tiro 17 turistas gregos à porta de um hotel do Cairo (outros 15 ficaram feridos). O grupo reivindicou o massacre, mas alegou que havia confundido os turistas gregos por visitantes israelitas. Nos meses seguintes este grupo extremista continuou a visar turistas ocidentais no Egipto, com destaque para a matança de 68 turistas em Luxor em Novembro de 1997. Acredita-se que o objectivo destas acções seria provocar danos à indústria turística egípcia e pressionar o presidente Hosny Mubarak (um moderado).

- Há 21 anos (1983), um suicida guiou uma carrinha com 180 kg de explosivos até à entrada da embaixada dos EUA em Beirute, capital do Líbano, e fê-la explodir matando 63 pessoas, incluindo 17 cidadãos norte-americanos (8 deles operacionais da CIA), e ferindo mais de 100. A presença militar americana no Líbano tinha-se iniciado em Agosto de 1982, como parte de uma força internacional de imposição de paz (desde 1975 que grassava uma violenta guerra civil naquele país do Médio Oriente). Embora violento, este ataque seria completamente suplantado por outro visando os aquartelamentos dos fuzileiros norte-americanos e das tropas francesas seis meses mais tarde e que reclamaria a vida a quase 300 militares destes dois países.

- Há 26 anos (1978), o senado dos EUA aprovava a transferência do controlo sobre o Canal do Panamá a esta nação da América Central. Já antes, a administração Carter havia firmado dois tratados com o Panamá: um declarando a progressiva transferência de poderes até 1999, e outro estabelecendo um princípio de livre navegabilidade no canal (contudo, os EUA reservaram para si o direito de intervir para defender esta importante ligação entre o Pacífico e o Atlântico).  

- Há 62 anos (1942), 16 bombardeiros B-25 “Mitchell” levantando vôo do porta-aviões Hornet (uma verdadeira proeza!) e liderados pelo tenente-coronel James Doolittle procederam ao bombardeamento de várias cidades japonesas, incluindo a capital imperial Tóquio. Esta façanha ousada dos pilotos de Doolittle não provocou danos militares de monta à indústria militar nipónica, mas teve o condão de ferir o orgulho japonês e aumentar a moral americana, servindo uma pequena vingança pelo ataque em Pearl Harbor quatro meses antes. Esta incursão dos B-25 até território japonês viria a precipitar a batalha de Midway dois meses mais tarde, uma vez que os comandantes japoneses ficaram convencidos que os bombardeiros teriam vindo desse atol controlado pelos americanos.
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
19 Abril
« Responder #11 em: Abril 19, 2004, 08:29:07 pm »
Neste dia 19 de Abril:

- Há 9 anos (1995), uma carrinha-bomba explodia em frente do edifício governamental Alfred P. Murray (que albergava vários serviços e departamentos do governo federal) em Oklahoma City, nos EUA, matando 168 pessoas (sendo 19 crianças) e ferindo outras 500. As investigações conduziram as autoridades a três homens: Michael Fortier, Terry Nichols e Timothy McVeigh. O primeiro colaborou com as autoridades e apanhou 12 anos de prisão, Nichols foi condenado a prisão perpétua, e McVeigh, considerado o principal mentor e executor do atentado, foi condenado à morte e executado em Junho de 2001. Quanto ao motivo do terrível ataque, pensa-se que estaria relacionado com o cerco montado pelo FBI e pelo ATF (Alcohol, Tobacco and Firearms) ao rancho Davidiano em Waco onde morreram 82 pessoas, ocorrido precisamente a 19 de Abril de 1993.

- Há 61 anos (1943), começava a revolta judaica no ghetto de Varsóvia, na Polónia ocupada pelos nazis. O ghetto, que fora criado logo após a invasão alemã, consistia numa área de 5 km2 murada e vigiada por guardas das SS, onde meio milhão de judeus (sobre)viviam em deploráreis condições. Depois, a partir de Julho de 1942, começaram a ser gradualmente enviados para os campos de extermínio nazis na Polónia. Sabendo que este seria o destino de todos os habitantes do ghetto, os judeus organizaram uma força de resistência (a ZOB) e começaram a atacar os soldados alemães em Janeiro de 1943. Himmler ordenou então a destruição pura e simples do ghetto, como presente de aniversário de Hitler, e a deportação de todos os sobreviventes para o campo de extermínio de Treblinka. Algumas centenas de soldados nazis e milhares de judeus morreram na luta que se seguiu. Em meados de Maio tudo estava acabado. O comandante das forças nazis enviou a Hitler um registo diário das operações no ghetto com o título “The Warsaw Ghetto is no more”.

- Há 229 anos (1775), uma escaramuça entre tropas britânicas e milicianos americanos (denominados patriotas), que ficou conhecida como a batalha de Lexington, marcava o início da Revolução Americana. No ano seguinte seria declarada a independência dos EUA, e em 1783, após 7 anos de guerra aberta, a Grã-Bretanha, vergada pelo desgaste e custo do conflito, retiraria as suas tropas e reconheceria a independência da nova nação.
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

*

Guilherme

  • Perito
  • **
  • 380
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #12 em: Abril 19, 2004, 09:27:24 pm »
Neste dia 19 de abril:

- Após o primeiro confronto nos Montes Guararapes, em 19 de abril de 1648, os exércitos da Companhia das Índias Ocidentais permaneceram por quase um ano recolhidos ao Recife e/ou com incursões em outros locaisda costa, enquanto os luso-brasileiros se transformavam em senhores das vias de comunicação com o interior e dos centros de produção da capitania.

A partir dessa época os membros do Grande Conselho, sitiados no Recife, bem como alguns diretores da Companhia das Índias Ocidentais, na Holanda, passaram a repensar os seus planos para o futuro de sua colônia no Brasil.

Segundo Boxer, "os planos traçados em 1624 pela Companhia das Índias Ocidentais para a conquista do Brasil baseavam-se largamente na suposição de que os portugueses eram maus soldados, em comparação com os espanhóis, e também no conhecimento de que não tinham experiência de guerra contra tropas disciplinadas da Europa. Mesmo depois da primeira batalha dos Guararapes, um escarninho panfletário holandês escrevia que os portugueses eram proverbialmente covardes e que seus inimigos nunca os consideraram mais do que galinhasá". 1

Com tal opinião não concordaram o almirante Witte de With e os conselheiros do Recife, que, em carta ao Conselho dos XIX, assim se expressaram:

Os portugueses tornaram-se tão experimentados nesta guerra que podem fazer frente aos soldados mais veteranos, como ficou provado tanto nos encontros que antes tivemos com eles, como nas escaramuças diárias. Agora, depois de receberem uma descarga, sustentam firmemente suas posições, caindo sobre os nossos homens. Sabem também como tirar a maior vantagem do terreno, armando emboscadas e precipitando-se subitamente do mato sobre os nossos soldados, aos quais infligem pesadas perdas. Acham-se bem providos de armamento e sabem como fazer uso dele.

Em força física, autodomínio e caráter, podem rivalizar com os nossos soldados veteranos. Sabem também como viver na maior escassez de meios, e muito melhor do que os nossos homens, que precisam andar sempre carregando as suas mochilas, ou receber de continuo as rações que lhes enviam".

Em 23 de abril de 1648 escreviam os conselheiros do Recife aos seus diretores na Holanda, que "um bravo major nos disse hoje, cheio de pesar, que não ousaria atacar cem portugueses com mil desses soldados".

Por causa da Batalha de Guararapes, 19 de abril foi escolhido como o Dia do Exército Brasileiro.
 

*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Abril 20, 2004, 10:53:17 pm »
Neste dia 20 de Abril:

- Há 5 anos (1999), dois adolescentes, Dylan Klebold e Eric Harris, levaram a cabo o massacre no liceu de Columbine, no estado do Colorado, matando a tiro 12 estudantes e um professor (feriram outras 23 pessoas) e suicidando-se em seguida. Este trágico acontecimento levantou uma grande discussão nos EUA em torno da proliferação de armas de fogo e do insuficiente acompanhamento dos jovens (em casa e na escola) nos dias de hoje.

- Há 59 anos (1945), as tropas aliadas entravam em Estugarda e Nuremberga no decurso da fase final da 2ª Guerra Mundial. Lembre-se que era precisamente no estádio de Nuremberga que decorriam os gigantescos comícios do Partido Nazi, imortalizados nos filmes de Leni Riefenstahl. Seria também nessa cidade que se realizariam, a partir de Novembro de 1945, os julgamentos dos criminosos de guerra nazis.

- Há 102 anos (1902), Marie and Pierre Curie isolavam com sucesso o rádio (elemento químico radioactivo), sendo laureados, no ano seguinte, com o Prémio Nobel da Química (Marie voltaria a ganhar este nobel em 1911).

- Há 115 anos (1889), nascia na localidade de Braunau am Inn, na Áustria, um rapaz de seu nome Adolf Hitler. Viria a suicidar-se 56 anos mais tarde, em 30 de Abril de 1945. Dispensa apresentações...  :evil:
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

*

Normando

  • Perito
  • **
  • 339
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #14 em: Abril 27, 2004, 03:31:59 pm »
Perderam-se algumas mensagens de efemérides que aqui deixei, mas, pronto, paciência. Vou deixar algumas que fui fazendo nos dias em que não consegui aceder ao fórum.
Cumprimentos a todos.
"If you don't have losses, you're not doing enough" - Rear Admiral Richard K. Turner
 

 

Efemérides de Portugal

Iniciado por dremanu

Respostas: 0
Visualizações: 1590
Última mensagem Abril 11, 2004, 06:37:49 pm
por dremanu