Os Cubanos em Angola - primeira fase

  • 5 Respostas
  • 3676 Visualizações
*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +17/-0
    • http://www.areamilitar.net
Os Cubanos em Angola - primeira fase
« em: Maio 11, 2005, 10:20:07 pm »
Uma questão curiosa, e que se me tem levantado, relativamente a algumas das fichas de material, que serão publicadas futuramente no Areamilitar, sobre material soviético, ao serviço do exército de Angola e de Moçambique, é a altura em que começaram a chegar a Angola os primeiros contingentes Cubanos, em 1975.

Os Cubanos, insistem em que, as forças internacionalistas, Cubanas, eivadas de um espirito internacionalista de luta contra o imperialismo americano, só começaram a enviar quantidades maciças de armas para Angola, depois de a África do Sul invadir o país, e de os mercenários portugueses, a soldo da FNLA, junto com os Zairenses, invadirem Angola pelo norte.

A mim parece-me que, é extremamente difícil a qualquer país transportar carros de combate de um continente para o outro. Até os americanos demoram meses a faze-lo.

Como é que os cubanos conseguiram transportar milhares de homens e centenas de tanques tão rapidamente?

Antes da independência é sabido que Portugal impediu alguns navios provavelmente de origem soviética de desembarcar em Luanda. Mas as quantidades de armas de que se fala, teriam que ter sido embarcadas muito antes, de forma a que tudo estivesse às portas de Luanda no dia da independência

Gostaria de ouvir as opiniões, se alguém as tiver, sobre o assunto.


Cumprimentos
 

*

mig472

  • 1
  • +0/-0
Cubanos em Angola
« Responder #1 em: Junho 14, 2005, 01:11:18 pm »
Olá a todos!

Caro Papatango

Estava em Luanda em 74 e 75 (era um adolescente na altura) e confesso que esse assunto sempre me intrigou, até porque todas as hipóteses aparentemente viáveis, acabam por conduzir a situações impossíveis ... ou quase.
Já se passaram muitos anos, mas vou tentar dar uma ajuda de memória e peço de antemão desculpa por eventuais falhas.
Confirmo as tentativas de desembarque de material para o MPLA em Luanda durante o Alto-Comissariado de Rosa Coutinho. Se houve tentativas anteriores não sei. Recordo-me de um dia toda a zona do porto ter sido isolada pelas FA e viam-se militares nos cais. Ao longe, fundeado, estava o navio supostamente com o carregamento. No entanto, comentava-se na altura em Luanda (as pessoas na altura eram tudo menos distraidas como pode calcular) que a operação foi montada de dia para civil e jornalistas verem e que o material tinha sido descarregado a coberto da noite e com as luzes do porto apagadas, antes mesmo de ser noticiada a chegada do navio. De qualquer forma, a ser verdade tratavam-se certamente de armas ligeiras, até porque não havia forma de proceder a desembarque e movimentação de material pesado sem que tal fosse notado numa cidade de, na altura, mais de 550 000 habitantes cheia de jornalistas e não só.
Creio que o material terá sido desarregado noutro porto - não acredito num desembarque anfíbio - mas o problema é...em qual?
As hipóteses existentes são desconcertantes:
-As localidades portuárias de Cabinda forma entregues ao MPLA por ordem de Rosa Coutinho, (controlo efectivo desde Dezembro de 1974?):

http://www.cabinda.net/ThemudoBarata.htm
http://ccp.home.sapo.pt/recordar_themudo.htm

No entanto era impossível descarregar tanques em Cabinda e fazê-los passar, ainda por cima sem logística adequada, pelo território do Zaire de Mobutu, pelo Rio Zaire nas barbas da nossa Marinha e pelas provincias do Zaire e Uíge com forte implantação militar da FNLA.
Provavelmente foram desvarregados mais a sul - Lobito? Existiam na altura em Angola rumores que estava a ser descarregado muito material no porto para o MPLA. Esta cidade encontrava-se sob controlo militar do MPLA desde o início da guerra civil entre os angolanos, mas a administração era obviamente portuguesa e o controlo sobre o porto era nosso. Mas também aqui era impossível descarregar material pesado sem dar nas vistas...
Para resumir que o post já vai longo, provavelmente os cubanos terão razão e o grosso do material foi descarregado muito próximo da independência, já depois do abandono progressivo do território pela administração portuguesa e da retracção do dispositivo militar. Mas mesmo assim resta explicar como é que os cubanos o conseguiram fazer nas barbas dos EUA e atravessar todo o Atlântico sem ninguém dar por isso. O que levanta outra questão, para mim mais provável - a de que se tratou de uma movimentação negociada e acordada entre os EUA, Portugal e URSS, fruto dos equilíbrios delicados da guerra fria.

Aproveito este post para dar outra informação -off topic- sobre uma questão que creio ter visto neste fórum, mas não a consigo localizar. Confirmo a existência de carros de lagartas em Luanda em 1975. Vi passar um a poucos metros de mim aquando da saida de parte das nossas tropas (talvez Julho ou Agosto de 1975). Também contrariamente ao que creio ter lido no seu site, também existiam aviões FIAT em Angola.

Cumprimentos

PS: VIVÓ VITÓRRRRIA!
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +17/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #2 em: Julho 09, 2005, 04:51:34 pm »
Caro Mig472

Em primeiro lugar, as minhas desculpas, pois não tinha visto a sua resposta a este tema.
Obrigado pelos seus pontos de vista, que terei em consideração, pois estou a tentar juntar várias versões sobre o que ocorreu.

Relativamente aos carros sobre lagartas que viu em Angola, essas carros eram portugueses?
Se eram, então tratava-se dos M-5 que foram para Angola para testes, e que provavelmente não terão sido retirados.



Cumprimentos
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Fevereiro 02, 2006, 10:06:27 am »
Essa ideia de que os EUA terão eventualmente permitido tacitamente que navios de grande porte cubanos ou ao seu serviço pudessem decarregar material militar pesado num qualquer porto angolano (e aí eu só vejo como provavel Luanda ou Lobito), seria para permitir que os cubaos mais o MPLA detivessem tanto quanto possivel a potencial invasão do território por parte da Africa do Sul?

Seria que os EUA, apesar de quererem evitar um regime marxista em Luanda, não queriam que Angola se tornasse numa nova Namíbia ocupada pela Africa do Sul, preferindo que a África do Sul não ocupasse o território, e acreditando que depois, através do Zaire, promoveriam e apoiariam as guerrilhas da UNITA?


São especulações, mas poderá estará aí um fundo para essa possível explicação?
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14727
  • Recebeu: 894 vez(es)
  • Enviou: 868 vez(es)
  • +118/-113
(sem assunto)
« Responder #4 em: Fevereiro 09, 2006, 10:29:52 am »
Muito sinceramente não estou aver os EUA a permitir a entrada dos Cubanos só para enfrentar os Sul-Africanos. Há que lembrar que Nixon era um pragmático anti-comunista, ele já tinha aberto algumas portas à relação Luso-Americana que estavam fechadas desde o JFK. Até ouvi falar que já estavam a dialogar para a venda de armamento Às Forças Armadas Portuguesas (digo isto mas não tenho provas).
Para mim toda esta operação, teve sim, uma forte ajuda Soviética e apenas isso. Muito sinceramente não sou nenhum historiador, mas eu acredito mais nesta minha teoria do que de uma ajuda americana aos cubanos de forma a que eles ocupassem mais um pais.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Fevereiro 09, 2006, 11:04:39 am »
Cabeça:

Não se tratava de ajuda americana aos cubanos, mas tácitamente deixar que eles travassem o avanço sul-africano.

O que aconteceria se os sul-africanos tomassem Luanda?

Ficariam pior lá, e isso faria com que os EUA perdessem anda mais o pé em África, perdendo o apoio e influêncuia americana juntou de alguns regimes, nomeadamente o de Mobutu.

Os EUA acreditavam, que com o apoio que estavam a começar a dar à UNITA, com apoios do Zaire e da África do Sul (mas sem ocupação militar deste país) seria o suficiente para com o tempo acabar com o regime pro-soviético do MPLA.
 

 

Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique

Iniciado por dremanu

Respostas: 52
Visualizações: 16418
Última mensagem Dezembro 22, 2010, 03:35:24 pm
por Cabeça de Martelo
Exercício militar em Angola prepara força conjunta

Iniciado por Tiger22

Respostas: 0
Visualizações: 1593
Última mensagem Setembro 13, 2004, 05:51:03 pm
por Tiger22
ANGOLA - A propósito de distintivos e de história

Iniciado por Miguel Silva Machado

Respostas: 1
Visualizações: 2471
Última mensagem Abril 16, 2009, 03:40:07 pm
por Cabeça de Martelo
Angola/Cabinda: FLEC

Iniciado por comanche

Respostas: 13
Visualizações: 8929
Última mensagem Janeiro 19, 2010, 03:04:11 pm
por Cabecinhas
Política externa de Angola

Iniciado por JQT

Respostas: 4
Visualizações: 3211
Última mensagem Setembro 04, 2015, 11:32:23 am
por Lusitano89