Líbia - conflitos pós Khadafi

  • 37 Respostas
  • 1600 Visualizações
*

Hammerhead

  • Membro
  • *
  • 47
  • Recebeu: 7 vez(es)
  • +0/-0
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #30 em: Maio 08, 2019, 02:24:43 am »
O tipo não é Portugues...no melhor é Luso descendente... parece-me mais un mercenário US ó Sul Africano... ainda por cima anda com a estrela de david tatuada no peito...

 A pronúncia dele é de tipo americana...

O mais grave com esta situação é que este gênero de idiotas mercenários e os governos/serviços secretos e outras organizações que os recrutam(gênero USA/CIA/Blackwater/Mossad/Israel) escondem se atrás da nossa nação, dizem que são Portugueses, até andão com passaportes falsos e prejudicam a nossa reputação e metem en risco a vida dos nossos soldados em missão no estrangeiro! Com esta situação eu so espero que o nosso governo tome este assunto muito a sério e que toda a verdade venha a ser feita, que seja comunicada a verdade au publico e que as nossas autoridades prossigam esses criminais e países que os recrutam até aos tribunais! Com a reputação da nossa República não se brinca!

Pergunta intéressante é saber aonde ele recebeu a formação para o Mirage F1 e de quem... a Africa du sul possui Mirages F1(Paramount Group) mas olhem o que encontrei... os USA também...

"ATAC is proud to announce the delivery of the last of our 63 Mirage F1 aircraft to our Adversary Center of Excellence facility at the Fort Worth Alliance Airport in Texas. This logistics achievement is the culmination of months of hard work from multi-disciplined professionals on both sides of the Atlantic. Our Mirage F1 inventory represents the single largest common fleet of privately-owned ADAIR aircraft in the world and we look forward to their years of upcoming service and support to our U.S. military customers. Well done to the ATAC ACE team once "

https://www.aerobuzz.fr/breves-defense/les-mirage-f1-arrivent-sur-le-sol-americain/
« Última modificação: Maio 08, 2019, 04:09:54 am por Hammerhead »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Srgdoido

*

Castro Santos

  • Membro
  • *
  • 9
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • +0/-0
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #31 em: Maio 08, 2019, 04:04:51 am »
A mim parece-me mais a estrela de Satanás, um pentagrama. Um piloto Português  de Lagos Joe Horta, em 2016 morreu na Libia e nunca tinha tido formação em Forças Aéreas de Mirage.
Ele era um conhecido piloto acrobático, que ja tinha trabalhado com escolas de paraquedismo em Alvor. E esteve a ter formação para piloto de combate a fogos florestais.
« Última modificação: Maio 08, 2019, 04:05:58 am por Castro Santos »
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4137
  • Recebeu: 27 vez(es)
  • +50/-0
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #32 em: Maio 08, 2019, 10:34:11 am »
A própria Líbia tem escola de pilotagem de Mirage F1. Penso que agora só terão um ou dois aparelhos operacionais.
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10863
  • Recebeu: 368 vez(es)
  • Enviou: 226 vez(es)
  • +59/-45
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #33 em: Maio 08, 2019, 01:56:17 pm »
Governo reafirma que piloto capturado na Líbia "não é das Forças Armadas" portuguesas


O ministro da Defesa afirmou hoje que o piloto abatido na Líbia e que afirma ser português "não é das Forças Armadas" e que não tem nenhuma informação sobre essa pessoa.

Em Braga, à margem de uma visita ao Regimento de Cavalaria nº6, João Gomes Cravinho, questionado sobre se passaporte apresentado pelo referido piloto poderá ser falso, disse "não ter nenhum conhecimento sobre essa matéria".

Na segunda-feira, o canal televisivo Al Arabiya divulgou uma informação atribuída ao Exército Nacional Líbio em que este informava que foi um avião abatido no sul de Tripoli que pertencia à Operação Sophia e que garantia a devolução do piloto, capturado, garantindo que o operacional era de origem portuguesa.

"Sabemos que não pertencia às Forças Aérea, não tenho mais nenhuma informação sobre esse problema", disse João Gomes Cravinho, reafirmando o que o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, havia afirmado na segunda-feira.

Questionado sobre a legalidade do passaporte apresentado pelo piloto, o ministro da defesa não confirmou nem desmentiu: "Não tenho nenhum conhecimento sobre essa matéria, o que posso dizer, eu não tenho nenhuma informação sobre a identidade desta pessoa, nem essa confirmação [sobre a validade daquele documento de identidade]."

Sobre o incidente, inicialmente, numa outra versão divulgada pela agência turca Anadolu, o ENL, as forças leais ao marechal Khalida Haftar, começaram por atribuir o avião às forças do Governo de Unidade Nacional da Líbia, reconhecido pelas Nações Unidas, tendo capturado o piloto.

A Operação Sophia, missão da UE para combater o tráfico de migrantes no Mediterrâneo, negou, entretanto, que estivesse ao seu serviço o avião abatido na Líbia, desmentindo o Exército Nacional Líbio.

"Nenhum avião da (Operação) Sophia foi abatido (hoje na Líbia)", disse à Lusa Antonello de Renzis Sonnino, porta-voz daquela organização europeia, numa mensagem enviada a partir da sede, em Roma.

A Líbia tem sido vítima do caos e da guerra civil desde que, em 2011, a comunidade internacional contribuiu militarmente para a vitória dos diferentes grupos rebeldes sobre a ditadura de Muammar Khadafi (entre 1969 e 2011).

Os combates opõem as forças do Governo de Acordo Nacional, reconhecido pela comunidade internacional, ao Exército Nacional Líbio proclamado pelo marechal Haftar, homem forte do leste líbio que ordenou, em 04 de abril, a conquista da capital, Tripoli.

Segundo as Nações Unidas, os confrontos já causaram pelo menos 432 mortos, 2.069 feridos e mais de 55 mil deslocados.

Os dois lados acusam-se mutuamente de recorrer a mercenários estrangeiros e de beneficiar do apoio militar de potências estrangeiras.


:arrow: https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/governo-reafirma-que-piloto-capturado-na-libia-nao-e-das-formas-armadas-portuguesas
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10863
  • Recebeu: 368 vez(es)
  • Enviou: 226 vez(es)
  • +59/-45
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #34 em: Maio 11, 2019, 10:30:05 am »
Governo líbio sitiado em Tripoli


« Última modificação: Maio 11, 2019, 10:32:17 am por Lusitano89 »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10863
  • Recebeu: 368 vez(es)
  • Enviou: 226 vez(es)
  • +59/-45
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #35 em: Maio 22, 2019, 05:00:20 pm »
Ataques a civis na Líbia


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 10863
  • Recebeu: 368 vez(es)
  • Enviou: 226 vez(es)
  • +59/-45
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #36 em: Maio 23, 2019, 12:29:00 pm »
Combatentes líbios condenam Macron por interferência no país



 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8448
  • Recebeu: 743 vez(es)
  • Enviou: 1192 vez(es)
  • +61/-28
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #37 em: Maio 28, 2019, 04:28:44 pm »

A coisa está brava...  :o
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

 

Indignação selectiva perante os conflitos modernos

Iniciado por ShadIntel

Respostas: 14
Visualizações: 3483
Última mensagem Junho 05, 2010, 06:27:07 pm
por FoxTroop
GEOPOLÍTICA EUROPEIA NOS CONFLITOS ACTUAIS

Iniciado por Paulo Ramires

Respostas: 269
Visualizações: 57429
Última mensagem Maio 13, 2019, 09:43:06 pm
por Lusitano89
Conflitos Fronteiriços

Iniciado por nelson38899

Respostas: 68
Visualizações: 15281
Última mensagem Março 04, 2019, 12:31:34 pm
por Lynx
Conflitos em Africa

Iniciado por nelson38899

Respostas: 231
Visualizações: 37924
Última mensagem Junho 13, 2019, 01:37:55 pm
por Lusitano89