Indústria de Defesa: Relatório de Contrapartidas 2013

  • 3 Respostas
  • 2796 Visualizações
*

Maginot

  • 76
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +0/-0
    • http://www.emfa.pt/
Indústria de Defesa: Relatório de Contrapartidas 2013
« em: Abril 24, 2014, 06:05:00 pm »
Foi publicado o Relatório de Contrapartidas de 2013.

Engloba:
PROGRAMA DE CONTRAPARTIDAS PELA AQUISIÇÃO DE HELICÓPTEROS EH-101  
PROGRAMA DE CONTRAPARTIDAS PELA AQUISIÇÃO DE TARGETING PODS PARA AS AERONAVES F-16  
PROGRAMA DE CONTRAPARTIDAS PELA MODERNIZAÇÃO DAS AERONAVES P-3C ORION  
PROGRAMA DE CONTRAPARTIDAS PELA AQUISIÇÃO DAS AERONAVES C-295  
PROGRAMA DE CONTRAPARTIDAS PELA AQUISIÇÃO DOS TORPEDOS  
PROGRAMA DE CONTRAPARTIDAS PELA AQUISIÇÃO DAS VIATURAS BLINDADAS PANDUR  
PROGRAMA DE CONTRAPARTIDAS PELA AQUISIÇÃO DOS SUBMARINOS
PROGRAMA DE CONTRAPARTIDAS PELA MODERNIZAÇÃO DAS AERONAVES F-16 (MLU – MID LIFE UPDATE)

Link para o documento:
http://www.portugal.gov.pt/media/136785 ... 202013.pdf
EX MERO MOTU
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo, HSMW

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14890
  • Recebeu: 946 vez(es)
  • Enviou: 911 vez(es)
  • +146/-148
Re: Indústria de Defesa: Relatório de Contrapartidas 2013
« Responder #1 em: Maio 03, 2014, 05:32:03 pm »
RESUMO DAS OPERAÇÕES DE CONTRAPARTIDAS DO PROGRAMA C-295 A 31 DE DEZEMBRO DE 2013

Cursos de GPS para a FA Brasileira

 :?:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

JQT

  • Membro
  • *
  • 265
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • +0/-0
Re: Indústria de Defesa: Relatório de Contrapartidas 2013
« Responder #2 em: Julho 16, 2014, 10:30:36 pm »
Hoje teve lugar a audição do antigo Ministro da Defesa Júlio Castro Caldas (governo Guterres) na Comissão Parlamentar de Investigação aos Negócios Relativos à Aquisição de Equipamento Militar. Não assisti a tudo (dura três horas) mas do que vi foi muito interessante e foram feitas algumas revelações importantes. Por exemplo, a intenção do governo português da altura era que partes dos submarinos fossem construídas em Viana do Castelo, que tinha capacidade técnica para o fazer; que aquando de uma visita ao Chile, a Marinha Chilena fez muitas queixas à má qualidade do projecto dos Scorpéne; e que foi tentada a aquisição, para os SSK, de torpedos excedentários da Marinha dos EUA que seriam fornecidos gratuitamente como contrapartida das Lajes, o que foi recusado pelos americanos.

A sessão vai ser retransmitida amanhã de manhã entre as 7:00 e as 10:00. Se por acaso alguém puder gravar e colocar no Youtube, seria um "serviço à Nação", para memória futura deste assunto.

JQT
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Get_It

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14890
  • Recebeu: 946 vez(es)
  • Enviou: 911 vez(es)
  • +146/-148
Re: Indústria de Defesa: Relatório de Contrapartidas 2013
« Responder #3 em: Julho 18, 2014, 10:13:47 am »
Grande descoberta JQT! :G-beer2:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

 

Novo código de conduta no mercado europeu da Defesa

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1830
Última mensagem Agosto 02, 2006, 09:19:11 am
por Marauder
Estados Europeus maior cooperação na área da Defesa

Iniciado por Mazagão

Respostas: 1
Visualizações: 2715
Última mensagem Junho 29, 2007, 02:03:09 pm
por SSK
Defesa: MDN e Microsoft criam em Portugal Centro de Inovação

Iniciado por comanche

Respostas: 5
Visualizações: 4513
Última mensagem Agosto 15, 2008, 06:18:51 pm
por jmg
Como reduzir carga tributaria em produtos de defesa

Iniciado por Cezar

Respostas: 5
Visualizações: 1573
Última mensagem Maio 31, 2011, 04:37:02 pm
por Cabeça de Martelo
Desenvolvimento da Base Tecnológica e Industrial de Defesa

Iniciado por Ana Magalhães

Respostas: 4
Visualizações: 4835
Última mensagem Agosto 17, 2008, 01:10:56 am
por Chicken_Bone