ForumDefesa.com

Forças Armadas e Sistemas de Armas => Exército Português => Tópico iniciado por: karma52 em Abril 24, 2008, 01:54:33 pm

Título: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: karma52 em Abril 24, 2008, 01:54:33 pm
Boas,

www.dogsofwar.fotopic.net (http://www.dogsofwar.fotopic.net)

Cumps,
FBA
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Abril 24, 2008, 02:04:57 pm
Francisco Brito Alves pedia-lhe autorização para colocar cerca de 10 das suas fotos no fórum internacional militaryphotos, ou em alternativa, fazia-lhe a proposta de as colocar por si mesmo.

Obrigado pela atenção
B. Pereira Marques
Título:
Enviado por: Lancero em Abril 24, 2008, 02:39:56 pm
Excelentes fotos!
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 24, 2008, 02:40:43 pm
Sim senhor! :D
Título:
Enviado por: P44 em Abril 24, 2008, 04:00:28 pm
Fotos Fenomenais!!!!

Obrigado pela Partilha!!!! :D
Título:
Enviado por: TazMonster em Abril 24, 2008, 05:07:18 pm
Mais um que não apanhou o canhão que lá andava...
Boas fotos... mas faltam as do pantanal em que o Campo se encontrava... oh dias de chuva, bem dito goretex
Título:
Enviado por: Jorge Pereira em Abril 24, 2008, 06:09:36 pm
Muito bom. Obrigado por partilhar.
Título:
Enviado por: zecouves em Abril 24, 2008, 10:56:53 pm
Quero aproveitar o tópico para prestar a minha homenagem ao sacrificio de todos os que estiveram no planalto de Sta Guida a mamar chuva em quantidade tal que, horas houve, os cães quase bebiam de pé!! max1x1
Título:
Enviado por: typhonman em Abril 25, 2008, 12:10:44 am
Parece que estavamos nos anos 70, os M-60 já vão encostar, agora faltava os M-113 encostarem tambem, e adquirir-mos um IFV/APC de jeito.
Título:
Enviado por: jmg em Abril 25, 2008, 10:45:47 am
Boas fotos. Obrigado. :G-Ok:
Título:
Enviado por: zocuni em Abril 25, 2008, 11:10:33 am
Obrigado pela partilha.Muito bom.
Título:
Enviado por: Runa em Abril 25, 2008, 01:34:28 pm
Excelentes Fotos, Parabéns.

Cumprimentos,
Ricardo Runa.
Título:
Enviado por: Luso em Abril 25, 2008, 02:39:29 pm
O tema da colecção chama-se "reenactment in Portugal", certo?
Ou então "Museu Militar shows off recent aquisitions"
E ainda "O contributo do Ministério da Defesa para o não agravamento de impostos".

Pessoalmente vejo as fotos como referências históricas e nada mais. São mais reveladoras da decadência da Nação do que de outra coisa.

Digo isto sem querer tirar qualquer mérito ao fotógrafo.
Título:
Enviado por: typhonman em Abril 25, 2008, 03:14:33 pm
Concordo com o Luso.
Título:
Enviado por: comanche em Abril 25, 2008, 08:55:41 pm
Boas fotos. Vamos ter esperança que no futuro se faça a devida substituição e reconversão do material mais obsoleto.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Abril 30, 2008, 04:23:12 pm
Citação de: "TazMonster"
Mais um que não apanhou o canhão que lá andava...
Boas fotos... mas faltam as do pantanal em que o Campo se encontrava... oh dias de chuva, bem dito goretex


(http://i252.photobucket.com/albums/hh10/report-air/Rosa%20Brava%202008/MDNeCEME_1.jpg)

http://report-air.blogspot.com/2008/04/rosa-bravaeficcia-2008.html
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 30, 2008, 04:29:59 pm
O link não funciona.
Título:
Enviado por: Sintra em Abril 30, 2008, 04:40:59 pm
Grandes fotos, grande fotografo  :oops:
Título:
Enviado por: typhonman em Abril 30, 2008, 08:48:34 pm
Enfim, com os LEO2A6 a coisa pode mudar, penso que deveria ser adquirido um IFV/de lagartas, com canhão de 30mm e misseis SPIKE ou TOW-ITAS.E usar os M-113 para porta-morteiros, Comando e controlo, evacuação médica e comunicações.
Título:
Enviado por: TazMonster em Maio 01, 2008, 12:56:50 am
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "TazMonster"
Mais um que não apanhou o canhão que lá andava...
Boas fotos... mas faltam as do pantanal em que o Campo se encontrava... oh dias de chuva, bem dito goretex

(http://i252.photobucket.com/albums/hh10/report-air/Rosa%20Brava%202008/MDNeCEME_1.jpg)

http://report-air.blogspot.com/2008/04/rosa-bravaeficcia-2008.html


Não era esse canhão... era a chefe da segurança do ministro... mama mia... ma que mulherão...
Título:
Enviado por: major-alvega em Maio 01, 2008, 10:46:08 am
foi um bom exercicio ou não?
Título:
Enviado por: TazMonster em Maio 01, 2008, 04:35:45 pm
Foi molhado...
Título:
Enviado por: lurker em Maio 02, 2008, 12:56:40 am
Uma tendência que observo é de que um dos focos de desenvolvimento de veículos militares é exactamente o de diminuir o esforço de manutenção. E também que, em geral, os projectos europeus se focam mais nisso que os americanos.
Obviamente que os Leopard2 não vão ser andar se não houver orçamento para a sua manutenção mas acha que vai ser pior que com os M60?

Por exemplo, segundo a informação publicamente disponível relativa à autonomia, o Leopard2 até gasta um bocadinho menos que o M60.
M60: 1420l combustível, autonomia 560km
Leopard2: 1200l combustível, autonomia 550km

:)
Título:
Enviado por: Cabecinhas em Maio 02, 2008, 01:34:03 am
Código: [Seleccione]
M60: 1420l combustível, autonomia 560km
Leopard2: 1200l combustível, autonomia 550km



Ainda me queixo eu dos 10L/100km que o mini faz de 98oct  :oops:
Título:
Enviado por: nelson38899 em Maio 02, 2008, 12:02:02 pm
boas

Mas tambem não nos podemos esquecer que os Leo são menos de metade os M60 e como tal apesar de a manutenção ser mais cara, os custos vão diminuir.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 02, 2008, 12:05:12 pm
Já te esqueces-te que uma boa parte dos M-60 estão parados?
Título:
Enviado por: nelson38899 em Maio 02, 2008, 12:24:07 pm
da ultima vez que li, nós temos cerca de 60 ainda no activo, ou seja, quase o dobro do leo
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 02, 2008, 12:26:16 pm
Olha que posso estar errado, mas dúvido muito nesse número.

O problema não passa só pelo número, basta ler o artigo do comandante do GCC, para vermos que a formação dos próprios militares vai ter que dar uma grande volta. Vai ser uma formação mais demorada e muitissimo mais cara.
Título:
Enviado por: HSMW em Junho 22, 2008, 04:54:15 pm
Citação de: "TazMonster"
Mais um que não apanhou o canhão que lá andava...
Boas fotos... mas faltam as do pantanal em que o Campo se encontrava... oh dias de chuva, bem dito goretex

Esta?
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/CIMG0883.jpg)
 c34x
Título:
Enviado por: TazMonster em Junho 22, 2008, 08:46:16 pm
Citação de: "HSMW"
Citação de: "TazMonster"
Mais um que não apanhou o canhão que lá andava...
Boas fotos... mas faltam as do pantanal em que o Campo se encontrava... oh dias de chuva, bem dito goretex
Esta?
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/CIMG0883.jpg)
 c34x


Isto não foi em StaMargarida...
Título:
Enviado por: HSMW em Junho 22, 2008, 08:47:58 pm
Não esta foi em Viana
Título: Dragão 09
Enviado por: papoila em Maio 05, 2009, 10:02:35 pm
Alguém me sabe dizer alguma coisa sobre o exercicio operacional?
Título: Re: Dragão 09
Enviado por: Pedro Monteiro em Maio 05, 2009, 10:14:51 pm
A próxima edição vai ser na região de Viseu.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: Portucale em Maio 18, 2009, 12:15:36 am
Algumas informações sobre o exercicio que está a decorrer;

http://videos.sapo.pt/uM97AytJSf3BPvNzfJwH (http://videos.sapo.pt/uM97AytJSf3BPvNzfJwH)
Título:
Enviado por: Crypter em Maio 18, 2009, 05:43:06 pm
O desfile das forças presentes neste exercicio realiza-se no dia 21, pelas 15h na Avenida da Europa. Pena não poder estar presente para tirar umas fotos.  :cry:
Título:
Enviado por: Crypter em Maio 28, 2009, 12:23:16 pm
Video sobre o exercicio...

http://videos.sapo.pt/G8l7YMgeKAgqpalCsMk3 (http://videos.sapo.pt/G8l7YMgeKAgqpalCsMk3)
Título:
Enviado por: Portucale em Agosto 29, 2009, 12:22:00 pm
O exercício pertence ao passado mas deixo o link de um vídeo que está muito bem feito;
http://videos.sapo.pt/tU0EZitVqfaaZpauiuZZ (http://videos.sapo.pt/tU0EZitVqfaaZpauiuZZ)
Título: Calendário de Exercicios Operacionais
Enviado por: papoila em Novembro 15, 2009, 04:31:24 pm
Olá, gostaria de saber se existe algum calendário/programa com todos os exercicios operacionais das diferentes Brigadas ou Unidades tidas como regimentais programados...é que por razões várias, os pedidos de apoio sanitário, chegam em norma tarde e a má hora...e assim dava para não aceitar trocas e se nomeada não falhar aos compromissos assumidos... Obrigada
Título: Re: Calendário de Exercicios Operacionais
Enviado por: corapa em Novembro 15, 2009, 04:46:36 pm
Sendo militar no activo, tens concerteza na UEO onde prestas serviço, acesso à intranet do exército, onde encontras lá toda (ou quase toda) a informação, incluindo essa.
Todos os exercicios são planeados para o ano e com alguma antecedencia, embora por vezes contingências obriguem a reajustar datas.

Cumprimentos
Título: Re: Calendário de Exercicios Operacionais
Enviado por: papoila em Novembro 15, 2009, 05:34:41 pm
Não tenho acesso a intranet....temos computadores mas o acesso à intranet não funciona....os pedidos como disse chegam muito tarde aos hospitais, só para ter uma ideia o despacho para as cerimonias do dia do exército é de 18 de Setembro e o pedido chegou ao meu hospital a 21 de Outubro.....Mas obrigada na mesma
Título: Re: Calendário de Exercicios Operacionais
Enviado por: voador em Novembro 15, 2009, 09:50:41 pm
O calendario existe sim e é da responsabilidade do Comando Operacional.

Porém infelizmente a maioria do pessoal so serviço de saude não quer ou não pode estar nas unidades, estas só quando sabem como vão estar empenhadas nos exercicios é que pedem o apoio e mesmo assim há que priotizar o mesmo.

Para complicar, falta ainda introduzir o apoio a cursos (por exemplo curso de comandos) e outras atividades de treino (por exemplo saltos em paraquedas).

Logo será sempre dificil pedir a tempo e horas os apoios

E ainda se existir um General a determinar mais algo "a todo o custo" ainda mais o será.

Bem vinda ao Inferno Português amiga Papoila  :twisted:
Título: Re: Calendário de Exercicios Operacionais
Enviado por: papoila em Novembro 15, 2009, 10:18:09 pm
É que me custa um bocado...trabalho por turnos, sou a unica militar a efectuar turnos no meu serviço, o horário é mensal depois as pessoas pedem trocas.....de repente e sem nada o fizesse prever, sou nomeada ao fim da tarde para no outro dia me apresentar em determinada unidade....ninguém quer saber se o serviço fica assegurado....não gosto de falhar com os compromissos assumidos, por outro lado não quero que a minha vida seja ditada pelo receio de falhar a terceiros e passar os dias a dizer que não posso trocar porque não posso assegurar a 100% que nesse dia não vou estar de botas e uniforme B....
A questão que se coloca actualmente é que os militares do SvçSaúde das unidades e de uma forma geral não acompanham os seus militares, a assistência em saúde faz-se pelo povo dos HospMil, estes por sua vez ou não têm material ou usam o da unidade....depois temos casos em que é pedido apoio sanitário para, por exemplo Exercicio de Saltos, e está lá o Enfermeiro da Unidade de mãos nos bolsos ou até pede o dia...porque está lá o Enfermeiro do HospMil, ou seja, existe abuso....
Título: Re: Calendário de Exercicios Operacionais
Enviado por: corapa em Novembro 15, 2009, 10:55:58 pm
Citar
A questão que se coloca actualmente é que os militares do SvçSaúde das unidades e de uma forma geral não acompanham os seus militares, a assistência em saúde faz-se pelo povo dos HospMil, estes por sua vez ou não têm material ou usam o da unidade....depois temos casos em que é pedido apoio sanitário para, por exemplo Exercicio de Saltos, e está lá o Enfermeiro da Unidade de mãos nos bolsos ou até pede o dia...porque está lá o Enfermeiro do HospMil, ou seja, existe abuso....

Isso pode acontecer pontualmente em algumas unidades, mas na minha actual o enfermeiro da unidade é quem aconmpanha sempre os exercicios; de fora vem o médico, que não há (e é uma unidade de formação continua).
O grande problema é que concentram os meios humanos nos hospitais e depois as unidades têm que se socorrer deles para garantir o apoio necessário.

Cumprimentos
Título: Re: Calendário de Exercicios Operacionais
Enviado por: papoila em Novembro 16, 2009, 12:10:49 am
Também temos esse grande problema...de se pensar que os meios humanos se encontram concentrados nos hospitais...temos é poucos meios humanos nomeaveis, é que quem pede apoio esquece que independentemente do posto os militares não deixam de ter a sua função técnica...
De um modo geral, só existe cabimento orgânico para 1 enf...agora se me perguntarem se concordo que continuem a existir médicos civis em avença nas unidades, não...não concordo
Título: Re: ROSA BRAVA / EFICÁCIA 08
Enviado por: lazaro em Abril 18, 2010, 09:31:59 am
O meu respeito e consideração pelos camaradas que estão no CMSM no ROSA BRAVA 10 a "usufruir" deste tempo.
Título: Re: ROSA BRAVA / EFICÁCIA 08
Enviado por: Primy em Abril 23, 2010, 12:55:01 pm
Citação de: "lazaro"
O meu respeito e consideração pelos camaradas que estão no CMSM no ROSA BRAVA 10 a "usufruir" deste tempo.

 :lol:  :lol:  tenho de tirar uma formação Anfibia  :lol:
Título: Re: ROSA BRAVA / EFICÁCIA 08
Enviado por: Crypter em Abril 24, 2010, 03:41:43 pm
E videos do Rosa Brava deste ano? Ainda nada?
Título: Re: ROSA BRAVA / EFICÁCIA 08
Enviado por: FoxTroop em Abril 24, 2010, 04:08:11 pm
Citação de: "Primy"
Citação de: "lazaro"
O meu respeito e consideração pelos camaradas que estão no CMSM no ROSA BRAVA 10 a "usufruir" deste tempo.

 :lol:  :lol:  tenho de tirar uma formação Anfibia  :lol:  :lol:  Nada que umas idas até Vale de Zebro para umas pistas de lodo não resolva  :lol:   :lol:
Título: DEMONSTRAÇÃO FINAL “ROSA BRAVA 2010”
Enviado por: Miguel Silva Machado em Abril 25, 2010, 10:30:07 pm
A Brigada Mecanizada realizou na passada semana, na carreira de tiro do Campo Militar de Santa Margarida, a demonstração final do exercício “Rosa Brava” que terminou em 22 de Abril de 2010.Para quem gosta desta temática e não teve oportunidade de se deslocar ao local e observar parte importante dos meios mecanizados desta brigada, e bem assim como parte da participação da Força Aérea no exercício, aqui deixamos este pequeno e despretensioso apontamento vídeo.

http://www.operacional.pt/demonstracao- ... %E2%80%9D/ (http://www.operacional.pt/demonstracao-final-%E2%80%9Crosa-brava-2010%E2%80%9D/)

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/04/rosabrava_255.jpg)
Título: Re: DEMONSTRAÇÃO FINAL “ROSA BRAVA 2010”
Enviado por: nelson38899 em Abril 29, 2010, 11:18:19 am
Título: Re: DEMONSTRAÇÃO FINAL “ROSA BRAVA 2010”
Enviado por: Crypter em Abril 29, 2010, 12:48:18 pm
É esse o som do disparo do Leopard?? Desculpem, mas parece algo "amaricado" :)!!

De qualquer das maneiras, muito bom video! Era algo do género que estava á espera :D
Título: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: Miguel Silva Machado em Julho 05, 2010, 06:26:46 pm
A Brigada de Reacção Rápida levou a cabo na última quinzena de Junho mais um exercício da série “Apolo”, focalizado este ano nos seus contingentes que ainda este ano serão empenhados no Kosovo e Afeganistão. Alfredo Serrano  Rosa  acompanhou várias fases do exercício as mostra-nos a sua reportagem fotográfica.

http://www.operacional.pt/exercicio-%E2 ... -santarem/ (http://www.operacional.pt/exercicio-%E2%80%9Capolo-10%E2%80%9D-no-distrito-de-santarem/)

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/07/1-ex-apolo-10-17jun10-081-copy.jpg)
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 06, 2010, 03:17:21 pm
Não houve saltos neste Apolo? c34x

Mas que porra é essa de Páras a andar a correr atrás de Hummers, isso é trabalho para Comandos, Páras andam à frente das viaturas a pelo menos uns 100/200 metros (andam mais depressa)...[/Acado mode]

 c34x  :lol:

Brincadeira.

Brincadeira excepto os saltos, a rapaziada não saltou sô Miguel?
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: Miguel em Julho 06, 2010, 06:39:21 pm
Deve ser como em França, fazem um minimo dos minimos de saltos par poupar euros :mrgreen:
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: Lightning em Julho 06, 2010, 10:08:42 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Mas que porra é essa de Páras a andar a correr atrás de Hummers, isso é trabalho para Comandos, Páras andam à frente das viaturas a pelo menos uns 100/200 metros (andam mais depressa)...

Como é que sabes que são Paras e não Comandos? Podem ser Comandos, estes também participaram no exercicio...

PS: Alias da imagem a arma até me parece mais uma G-3 do que uma Galil.
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: Miguel Silva Machado em Julho 06, 2010, 10:37:24 pm
Calma pessoal...houve saltos de noite e de dia, portugueses e espanhóis, e lançamento de cargas! Eu é que não tenho fotos desses saltos!
Quem está a fazer a aterragem de assalto é o batalhão de Comandos. Ab
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: ACADO em Julho 07, 2010, 01:19:42 am
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Não houve saltos neste Apolo? c34x

Mas que porra é essa de Páras a andar a correr atrás de Hummers, isso é trabalho para Comandos, Páras andam à frente das viaturas a pelo menos uns 100/200 metros (andam mais depressa)...[/Acado mode]

 c34x  :lol:

Brincadeira.

Brincadeira excepto os saltos, a rapaziada não saltou sô Miguel?

Até tinha tido alguma piada se no seu tempo não tivesse sido à muito tempo...

A pressão de ar lá do seu Avô já trabalha??!!
ahahah, brincadeira ...
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 07, 2010, 09:59:06 am
A pressão de ar é minha, o meu avô tem é caçadeira (tal como eu).
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 07, 2010, 10:01:16 am
Citação de: "Miguel Silva Machado"
Calma pessoal...houve saltos de noite e de dia, portugueses e espanhóis, e lançamento de cargas! Eu é que não tenho fotos desses saltos!
Quem está a fazer a aterragem de assalto é o batalhão de Comandos. Ab

Prontos vai levar multa... :lol:

Por momentos apanhei um susto...

Como vi uma foto com Páras a embarcar pensei que eram Páras a desembarcar. Pelos vistos tinha razão, isso é trabalho para Comandos... c34x
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: sergio21699 em Julho 07, 2010, 12:22:09 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Mas que porra é essa de Páras a andar a correr atrás de Hummers, isso é trabalho para Comandos, Páras andam à frente das viaturas a pelo menos uns 100/200 metros (andam mais depressa)...

Como é que sabes que são Paras e não Comandos? Podem ser Comandos, estes também participaram no exercicio...

PS: Alias da imagem a arma até me parece mais uma G-3 do que uma Galil.

Os páras não usam G3 ?
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: Trafaria em Julho 07, 2010, 12:41:49 pm
Citação de: "sergio21699"
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Mas que porra é essa de Páras a andar a correr atrás de Hummers, isso é trabalho para Comandos, Páras andam à frente das viaturas a pelo menos uns 100/200 metros (andam mais depressa)...

Como é que sabes que são Paras e não Comandos? Podem ser Comandos, estes também participaram no exercicio...

PS: Alias da imagem a arma até me parece mais uma G-3 do que uma Galil.

Os páras não usam G3 ?
Não, desde 1981  (mais ou menos).
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 07, 2010, 12:45:45 pm
A espingarda-automática usada nos Pára-quedistas é a Galil, também se usa a G-3 com lança-granadas e é só (pelo menos era assim no meu tempo).

(http://i205.photobucket.com/albums/bb309/Mergeri/Forum/Qb6by0219815-02.jpg)
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: sergio21699 em Julho 07, 2010, 01:19:40 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
A espingarda-automática usada nos Pára-quedistas é a Galil, também se usa a G-3 com lança-granadas e é só (pelo menos era assim no meu tempo).

(http://i205.photobucket.com/albums/bb309/Mergeri/Forum/Qb6by0219815-02.jpg)

Pois, eu pensava que a arma padrão era a G3 e alguns mais afortunados usavam Galil
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 07, 2010, 02:12:53 pm
Sérgio basta ser uma unidade da FAP e vai estar bem equipada, vê como a UPF está armada e vais ver como o Exército gostaria de ter os seus infantes.

Os Pára-quedistas no tempo da FAP estavam equipados ao nível do que melhor que se via lá fora, agora...é básicamente igual ao resto do Exército, ou seja, o equipamento/armamento é de um nível mediocre no máximo dos máximos. O fardamento é uma porcaria, a mochila é boa mas teve-se que se adaptar/improvisar, porque ela não foi feita para ser usada por tropas Pára-quedistas, pouco ou nada se comprou para os BIParas...enfim depois o pessoal do Exército (especialmente os QP) ficam chateados quando eu digo que os Páras deviam estar na FAP. :roll:

O mais preocupante é não haver renovação dos Quadros, pelo menos no meu tempo dizia-se que entrava todos os anos mais pessoal do quadro para o CTOE que para a BAI. Uma prova disso é eu ver nas fotos deste exercicio um 1.º Sargento que já o era no meu tempo, ou ver os instrutores de Pára-quedismo que já o eram no meu tempo, ou os Falcões Negros, etc.
Título: Re: EXERCICIO “APOLO 10” NO DISTRITO DE SANTARÉM
Enviado por: sergio21699 em Julho 07, 2010, 09:39:40 pm
É o problema das capelinhas, se eu não posso ter melhor o outro tambem não pode, e é uma pena, isso só degrada as forças armadas.
Título: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Jorge Pereira em Setembro 12, 2010, 10:15:31 pm
Serve este tópico para tratar das actividades operacionais e dos exercícios do Exército Português.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 02, 2010, 10:30:50 am
Treino na EPI:


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 06, 2010, 10:37:24 am
Citar
Até parecia que o Rambo andava à solta na Encarnação

por VALENTINA MARCELINO

Era só um simulacro a meio da noite, mas ninguém foi informado. Nem a polícia, que, chamada por residentes aterrorizados, por pouco não atirou nos militares encapuzados.

Os residentes na zona da Encarnação, em Lisboa, viveram momentos de terror ao ouvirem, na madrugada de terça para quarta-feira, dezenas de tiros na rua. Quando espreitaram à janela, o que viram não os sossegou: um grupo de militares encapuzados, de camuflado, armados até aos dentes, tentavam entrar de assalto numas instalações do Exército.

De repente, parecia que o País tinha voltado atrás no tempo e se estava no 11 de Março de 1975, quando as tropas bombardearam o quartel dos Ralis, na Encarnação.

Era tudo a fingir, um simulacro do Exército para testar a segurança de instalações naquele local, mas houve um pequeno esquecimento... ninguém tinha sido informado, nem mesmo a PSP. Os telefones do Comando Metropolitano de Lisboa não paravam de tocar. As pessoas, a quem o sono tinha sido roubado ao som de rajadas, estavam em pânico. A polícia, que ignorava tratar-se de um exercício, enviou carros patrulha com equipas de intervenção rápida.

Já no "cenário de guerra", constataram que havia duas situações. Às 02.40 da manhã souberam que os "rambos" estavam na Avenida Alfredo Bensaúde (ver mapa). Pouco depois, cerca das 03.30, um pouco mais adiante, na estrada da circunvalação, que liga a Portela a Moscavide, o grupo voltava a disparar dezenas de tiros. Nem o herói criado por Sylvester Stallone se movimentava tão depressa.

Quando a PSP se aproximou, os tiros cessaram, e, só por isso, a abordagem não foi agressiva, com tiros de aviso. Isso pode ter evitado um incidente graves consequências.

Os militares foram identificados pelas equipas da PSP . Do chão, a polícia apanhou mais de meia centena de invólucros de munições de salva, usadas habitualmente neste tipo de exercício.

A Direcção Nacional da PSP foi ontem informada da situação e o desagrado é geral. "Como é que é possível fazerem uma coisa destas sem nos avisarem? Fazer exercícios em plena via pública, numa área densamente povoada? É de uma irresponsabilidade sem precedentes. Podia ter acontecido o pior", desabafa uma oficial da PSP que teve conhecimento do caso.

Na opinião da hierarquia da polícia, este tipo de exercício em zonas urbanas "não deve nunca ser feito sem o conhecimento da força de segurança competente da área. Se era preciso testar a segurança das instalações, isso compete às forças de segurança, não aos militares", sustentam fontes da PSP ouvidas pelo DN. "Pelo menos deviam ter coordenado com a PSP o exercício. Tratando-se de uma área urbana devia ter sido feito um balizamento, definidos perímetros de segurança", sublinham.

O porta-voz oficial do Exército desvaloriza as preocupações. Explica que aquele treino se tratava de "simular um assalto pelo inimigo ao Laboratório de Defesa Biológica do Exército, naquele local, no âmbito de um exercício nacional, o Orion 10, para testar as capacidades de segurança em caso de ataque a instalações críticas".

Ainda segundo o tenente-coronel Helder Perdigão, "foram realizados exercícios semelhantes por todo o País", e, sublinha, "só naquela zona os militares estiveram envolvidos em seis outros cenários parecidos".

Em relação à falha de comunicação com a PSP e ao facto de o exercício ter alarmado a população, este oficial do Exército diz que, "tratando-se de um exercício ao mais alto nível, sobre o qual os próprios militares são informados na hora, tal não seria possível". "Se queríamos testar a capacidade de reacção a uma tentativa de intrusão do inimigo, não se podia saber que o íamos fazer. Era segredo e não o podíamos contar", explica.

 :lol:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Outubro 07, 2010, 08:59:57 pm
Citar
Cerca de 20 mil militares do Exército estão envolvidos no exercício "Orion 2010", que decorre no Alentejo e na Beira Interior, com o objectivo de testar a capacidade de resposta das tropas portuguesas em cenários de crise.

"Em termos de meios humanos envolvidos nas duas fases do exercício, nós temos aproximadamente cerca de 20 mil militares", revelou hoje o major de Infantaria, João Carvalho.

Este número, explicou, abrange os militares envolvidos desde que os planos de segurança foram activados nas respectivas unidades até agora, ou seja, na fase em que os militares estão no terreno.

O "Orion" é o principal exercício do Exército Português e tem por finalidade testar as capacidades da sua Força Operacional Permanente (FOPE) em diversos cenários de crise.

De acordo com o major João Carvalho, que falava numa conferência de imprensa em Alter do Chão (Portalegre), este exercício, que termina na segunda feira, está a decorrer em "duas regiões do país".

Dentro deste contexto, foram criados países "fictícios" nas duas regiões de Portugal, em que há lugar a operações de contenção de acções terroristas e de ajuda a populações em situação de calamidade pública.

"O cenário fictício envolve duas áreas, a região de Monfortinho (Idanha a Nova) e a região de Castelo Branco, onde está a operar a Brigada de Intervenção, e as zonas de Santa Margarida (Santarém) e de Alter do Chão, onde está fisicamente a Brigada Mecanizada", explicou.

No domingo, realiza-se em Alter do Chão, no Pólo da Universidade de Évora, um briefing do exercício "Orion 2010", no posto de comando avançado do Comando da Componente Terrestre.

Já na segunda feira, último dia do exercício, realiza-se na aldeia de Alter Pedroso (Alter do Chão) uma demonstração de capacidade da Componente Operacional do Exército.

Em paralelo, o Exército Português tem promovido em Alter do Chão um conjunto de actividades abertas à população daquele concelho, tais como rastreios ao colesterol, glicemia e medição da tensão arterial no hospital de campanha, instalado na zona industrial daquela vila.

Uma exposição de viaturas militares, um concerto pela Orquestra Ligeira do Exército e uma torre de escalada, para que a população possa praticar Slide e Rappel, são outras das actividades que os militares têm à disposição da população.
(http://dn.sapo.pt/storage/DN/2010/big/ng1350725.jpg?type=big&pos=0)
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1680382
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Outubro 21, 2010, 09:11:44 am
Foto-reportagem sobre o Orion 2010 no 9Gs, quem tiver acesso...

(http://img.photobucket.com/albums/v218/p_shadow/REPORT-AIR/Orion%2010/radio.jpg)

Fonte: p_shadow
In: http://www.forum9gs.net/viewtopic.php?f ... 0&start=15 (http://www.forum9gs.net/viewtopic.php?f=8&t=1820&start=15)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Portucale em Outubro 27, 2010, 12:34:18 am
Exercício Orion 2010…...

http://www.youtube.com/watch?v=X-bolE26 ... re=related (http://www.youtube.com/watch?v=X-bolE261WM&feature=related)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Portucale em Outubro 27, 2010, 12:53:44 am
O Exército e o NBQ, a reportagem já tem uns meses mas aqui fica;

http://www.youtube.com/watch?v=zP1D-HQTXj4 (http://www.youtube.com/watch?v=zP1D-HQTXj4)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Dezembro 15, 2010, 02:24:22 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: saojorgexercito em Dezembro 17, 2010, 09:01:08 pm
Decorreu de 06 a 14 de Dezembro o AQUILA 10, exercício que culminou com a certificação nacional do Battle Group da União Europeia disponibilizado por Portugal (http://en.wikipedia.org/wiki/Battlegrou ... n_Union%29 (http://en.wikipedia.org/wiki/Battlegroup_%28European_Union%29)) e que entrará em StandBy no 2º semestre de 2011.

A meteorologia foi "amiga", mas os Infantes do Marão e os Fronteiros de Chaves deram conta do recado.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 07, 2011, 12:57:02 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Ranger1972 em Abril 16, 2011, 03:04:22 pm
13-04-2011   PARTICIPAÇÃO DAS FORÇAS DE OPERAÇÕES ESPECIAIS NO EXERCÍCIO “REALTHAW 2011”  

O Comando Aéreo (CA) conduziu no período de 28MAR11 a 08ABR11 o Exercício “REAL THAW 2011” que incluiu a execução de um leque alargado de missões aéreas tácticas com a participação e apoio de Forças Terrestres.
Ao Exército, através da Brigada de Reacção Rápida (BrigRR) e da Brigada Mecanizada, foi solicitado a participação com as suas Subunidades operacionais. O Comando da BrigRR determinou que a 1ª Fase do Exercício “VIRIATO 11” do Centro de Tropas de Operações Especiais (CTOE) fosse planeada e integrada com o Exercício “REAL THAW 11”, procurando assim maximizar os meios aéreos disponibilizados.

No “REAL THAW 2011” a Base Aérea Nº 5 em Monte Real funcionou com “Deployable Operating Base” (DOB) e o aeródromo da Covilhã como “Forward Operating Base” (FOB), onde ficaram baseadas as Forças de Operações Especiais (FOEsp). Neste exercício as FOEsp tiveram a oportunidade de planear e executar as suas missões primárias, tendo como mais valia o seu emprego conjunto com as capacidades da Força Aérea Portuguesa (FAP).

Na região onde se insere o CTOE o exercício realizou-se nas áreas dos concelhos de Armamar, Castro Daire, Lamego e Tarouca.

Em 31 de Março e utilizando dois helicópteros EH-101 as FOEsp executaram duas missões:

- Uma missão de eliminação de um “High Value Target” (HVT) a partir da aeronave e com tiro Sniper;

- Uma missão de Acção Directa sobre um Objectivo, criado no antigo aeródromo de Cimbres, para capturar um HVT e destruir um campo de treinos de forças oponentes, de acordo com o cenário criado para o Exercício.

De 05 a 07 de Abril as FOEsp utilizaram Helicópteros Alouette III para infiltração/exfiltração de Forças no âmbito de Missões de Reconhecimento Especial e Acção Directa, onde se incluiu a captura de um HVT através de uma Acção Directa sobre um alvo móvel.

http://www.exercito.pt/sites/CTOE/Notic ... haw11.aspx (http://www.exercito.pt/sites/CTOE/Noticias/Paginas/RealThaw11.aspx)

cumprimentos.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 16, 2011, 03:13:26 pm
Ranger1972, olha a tua malta:

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Abril 16, 2011, 03:47:20 pm
Muito bom esse vídeo.  :G-Ok:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Maio 07, 2011, 12:38:42 pm
Citar
Exercícios "Rosa Brava" e "Eficácia" decorreram no Campo Militar de Santa Margarida

05.05.2011- O Ministro da Defesa Nacional participou nos Dias do Comando das Forças Terrestres e da Brigada Mecanizada e assistiu aos exercícios “Rosa Brava” e “Eficácia”, em 5 de Maio, no Campo Militar de Santa Margarida.
http://www.mdn.gov.pt/mdn/pt/Imprensa/notas/20110503_MDN_ComImp_1.htm

Se esta foto é recente:
(http://www.mdn.gov.pt/NR/rdonlyres/961B0804-D1B1-4901-BE36-D7EA217D854D/0/20110505_MDN_santa_margarida_3.JPG)

EU quando vi esta foto, fico com dois pensamentos, ou;

- Os Leos foram encostados
- O exercito usa agora dois tipos de MBT.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Desertas em Maio 07, 2011, 02:11:51 pm
Nelson são os efeitos dos cortes e contenção orçamental.

Notícia Antena1


http://www.rtp.pt/noticias/index.php?headline=46&visual=9&tm=8&t=Notada-ausencia-dos-Leopard-em-exercicio-do-Exercito-em-Santa-Margarida.rtp&article=439253

Um Abraço
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 08, 2011, 12:09:34 am
Este problema já tinha sido debatido por cá.
Além do Leo2 ser demasiado caro de manter principalmente devido aos consumos, o 3º esquadrão do GCC e o EREC são constituídos por M60 (ou era).
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: LuisC em Maio 09, 2011, 11:44:26 pm
Tratando-se de um exercício de fogos reais, talvez tenha mais a ver com os custos da munição de 120mm...e eventualmente, com a existência de pouca quantidade desta munição.

Além do mais, devem ainda existir em stock bastantes munições de 105mm que têm de ser gastas antes que o M-60 seja definitivamente encostado.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Desertas em Maio 10, 2011, 12:42:56 am

(http://4.bp.blogspot.com/-0HO7Qe36cYo/TchTQtGx1fI/AAAAAAAAGTU/xazTj36m_tw/s1600/P1110401.JPG)

Foi no âmbito do referido exercício "Açor 111", que  o porto da Graciosa foi hoje espectacularmente tomado de assalto por forças militares, este acontecimento trouxe sem qualquer tipo de dúvida um dia bastante diferente ao porto da Graciosa, onde o grande destaque vai certamente para o espectacular desembarque  de tropas aero-transportadas,  utilizando um helicóptero EH1-101 Merlin , que aterrou nos terraplenos do porto. Um dia fantástico para mais tarde recordar, afinal isto não acontece todos os dias.

(http://4.bp.blogspot.com/--sLInC0tohs/TchTx7hHd_I/AAAAAAAAGT0/Hw2eMjpUZys/s1600/P1110438.JPG)

 Depois da operação do helicóptero EH1-101 Merlin , foi a vez da corveta "Afonso Cerqueira", atracar e desembarcar mais militares, que tal como a primeira vaga encontrou um dia bastante chuvoso, alguns destes militares, formam um perímetro de segurança ao porto, onde na próxima 4ª-feira esperamos mais acção, novamente com a participação do  EH-101 Merlin.

(http://3.bp.blogspot.com/-pLPRtusfnqY/TchT5FpemtI/AAAAAAAAGUA/MGZ99AnbIxs/s1600/P1110457.JPG)

http://oportodagraciosa.blogspot.com/

Um Abraço
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Junho 22, 2011, 05:45:09 pm
Citar
Cerca de 1200 militares portugueses, espanhóis, franceses e italianos, que integram o Battlegroup da Eurofor, participam até ao dia 29 num exercício que decorre entre Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves.

O exercício "Dragão Padrela/11" representa a última etapa na preparação dos militares do batalhão nacional que integra a European Operational Rapid Force (Eurofor), constituída em 1995 por Portugal, França, Itália e Espanha.

A Eurofor é uma organização militar europeia constituída por estes quatro países.

O aprontamento desta força começou a 1 de Julho de 2010 e fica concluído agora em Junho a fase de treino multinacional.

No segundo semestre de 2011, o Battlegroup estará à disposição da União Europeia para ser empregue em operações de resposta a crises.

No final de Março, após mais um exercício de preparação, o comandante do batalhão, tenente-coronel de infantaria José Sá, salientou que a força fica "depois pronta e em espera para ser chamado a actuar em qualquer parte do mundo".

"O Battlegroup estará pronto para desenvolver missões como separação de forças, assistência humanitária, operações de estabilização e de reconstrução, que possam ocorrer em teatros de operações em crise", explicou então José Sá.

A participação nacional integra um Batalhão de Infantaria (BI), uma ambulância terrestre com condutor e equipa sanitária e um National Support Element (NSE) do Exército.

A Força Aérea disponibiliza um destacamento de helicópteros com capacidade MEDEVAC, uma equipa de controlo aéreo táctico e uma aeronave C-130 (na modalidade de enabler).

O "Dragão Padrela/11" decorre desde segunda-feira no Regimento de Infantaria Nº 13 e Fraga da Almotolia, em Vila Real, no Regimento de Infantaria Nº19, em Chaves, e na serra da Padrela em Vila Pouca de Aguiar.

Participam neste exercício 1200 militares, dos quais 15 provêm de Espanha, 98 de França e 11 de Itália.

O objectivo é o treino das capacidades nacionais que formam a base do Battle Group, em conjunto com as forças e elementos disponibilizados pelos restantes Estados membros da Eurofor, permitindo a consolidação da interoperabilidade e o reforço da ligação entre os diferentes contingentes.

jn.pt
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 08, 2011, 06:33:57 pm

No final do processo de preparação do EU ERF BG 2011-2 "Package", o Exército Português, através do Comando das Forças Terrestres, em coordenação com o Comando da EUROFOR, planeou, organizou e conduziu, no distrito de Vila Real, no Regimento de Infantaria Nº 13 e em Chaves, no Regimento de Infantaria Nº19, no período de 20 e 29 de Junho de 2011, o Exercício Multinacional DRAGÃO-PADRELA 11 (DP 11).

O DRAGÃO-PADRELA 11 de âmbito conjunto e combinado, tipo LIVEX (forças no terreno), foi o último Exercício de uma série de outros realizados em Itália (Fiesole 10, Mercurius 11, Toscana 11 e Bora 11), encerrando assim um ciclo de 2 anos de treino em que para efeitos de organização, levantamento e aprontamento do EU ERF BG 2011-2, a EUROFOR constitui-se como "Framework Nation, tendo Portugal assumido as funções de "Lead Nation".

Os objectivos de treino visaram praticar e incrementar a interoperabilidade entre o Force Headquarters e o BG Package nos diferentes níveis de Comando; Praticar e incrementar as capacidades conjuntas e combinadas dentro do EU ERF BG 2011-2 Package no que respeita ao planeamento operacional, processo de decisão militar e a difusão eficaz de ordens e informações durante a execução das operações. A participação Portuguesa integrou as capacidades de um Batalhão de Infantaria, uma Ambulância terrestre com equipa sanitária, um National Support Element (NSE), um Destacamento de Helicópteros com capacidade MEDEVAC, uma Equipa de Controlo Aéreo Táctico da Força Aérea, assim como uma aeronave EH 101 e dois F16, num total aproximado de 811 militares. A participação internacional integrou o Quartel-general (FHQ) do BG 2011-2, a participação Francesa com um Pelotão de Transportes, Human Intelligence e um Pelotão de Artilharia Anti-Aérea, perfazendo um total de 86 militares; a Espanha participou com um Esquadrão de Reconhecimento, uma Bateria de Artilharia (na modalidade de célula de resposta), num total de 13 Militares e uma Companhia de Engenharia Italiana (na modalidade célula de resposta), com 9 militares, tendo estado envolvidos um total aproximado de 1400 Militares, acrescidos de mais 455 Militares afectos ao EXCON (árbitros, força de cenário e preparação), estes últimos pertencentes à Brigada de Intervenção.

Quanto aos meios materiais, o exercício contou com a presença de 341 viaturas, das quais se destacam as 51 VBR 8X8 PANDUR II, 1 VBR Ambulância Medical Evacuation, 2 viaturas VBR Pandur Recover e uma ambulância medicalizada. No que concerne às Forças Internacionais, 31 viaturas Francesas, entre as quais as viaturas Porta Míssil Mistral, Auto-tanques de combustível e água, assim como um diverso conjunto de viaturas logísticas

Fonte: www.exercito.pt/ (http://www.exercito.pt/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: foxtrotvictor em Julho 19, 2011, 09:29:36 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Ranger1972, olha a tua malta:


Foi a primeira vez que se fez em Portugal. O F16 a passar imagens em tempo real para os OE no terreno.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 02, 2011, 04:52:25 pm
Encontrei este e acho que ainda não foi postado.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Novembro 07, 2011, 09:52:13 am
Citar
Cerca de 250 militares participam, a partir desta segunda-feira, no Porto Santo, num exercício que visa testar a resposta militar e da Protecção Civil a uma crise internacional.

O exercício, denominado "Zarco 11", vai empregar meios humanos e materiais dos três ramos das Forças Armadas, o que vai permitir testar a sua interoperabilidade, assim como com o Serviço Regional de Protecção Civil.

O exercício, com um custo de 13774,40 euros, decorre até quinta-feira e tem por cenário as ambições expansionistas sobre a Madeira do país fictício Osilândia.

Na apresentação do exercício, que vai ser coordenado a partir do Comando Operacional da Madeira (COM), sedeado no concelho do Funchal, o seu responsável, Tiago Vasconcelos, considerou que as comunicações, a par da colocação de forças à distância, utilizando meios navais e aéreos, são duas das componentes "importantes" da operação.

"É um cenário de uma operação militar de resposta a uma crise internacional", sublinhou, explicando que o COM procura ter os meios "treinados para operar em cenários que são equiparáveis às missões que as forças nacionais destacadas cumprem em diversos teatros de operações um pouco por todo o mundo".

Os meios da Protecção Civil entram no treino dia 9, depois da rotura de uma represa, supostamente motivada por condições meteorológicas adversas, a que sucede, no dia seguinte, a busca, resgate e salvamento de sinistrados numa falésia.

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=2105357&page=1
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 16, 2011, 11:42:16 am
Estes videos não são novos, mas mostram um pouca da formação administrada na EPI:





Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: JPMM em Novembro 27, 2011, 10:23:16 am
Bons vídeos, mas eu da minha instrução em campo só guardo a memória da exaustão total e desidratação. :)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Dezembro 13, 2011, 04:42:16 pm
Citar
Estão a decorrer buscas no rio Zêzere, junto a Constância, para encontrar um militar que terá desaparecido durante um exercício militar. No terreno estão 31 elementos de quatro corporações de bombeiros, dez veículos e quatro embarcações.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, o militar que está incontactável pertence à Escola de Tropas Aerotransportadas [sic Escola de Tropas Paraquedistas], de Tancos.

Cerca das 15.00 horas, foram destacados meios de busca para o rio Zêzere, junto a Constância, de forma a confirmar se o militar está desparecido ou em algum local de difícil acesso.

Nas operações estão envolvidos 31 elementos dos bombeiros voluntários de Abrantes, Constância, Vila Nova da Barquinha e Tomar e da Força Especial de Bombeiros de Santarém, apoiados por dez veículos e quatro embarcações.

http://www.jn.pt (http://www.jn.pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: chaimites em Dezembro 13, 2011, 08:03:49 pm
Citar

Encontrada mochila de militar que desapareceu durante exercício junto ao rio Zêzere
De Maria de Lurdes Lopes (LUSA) – Há 1 hora  
Santarém, 13 dez (Lusa) -

- As equipas de busca que se encontram no rio Zêzere encontraram a mochila do militar que desapareceu ao princípio da tarde durante um exercício, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Constância, Adelino Gomes, disse à Lusa que a mochila foi encontrada dentro de água.

Segundo o responsável, as equipas, que integram elementos de várias corporações de bombeiros e do Exército, vão prosseguir as buscas mesmo depois do cair da noite.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Dezembro 13, 2011, 08:09:06 pm
Citar
ÓBITO
Encontrado corpo do militar desaparecido no Zêzere
Hoje

O corpo do militar que desapareceu esta tarde durante um exercício no rio Zêzere foi descoberto ao início da noite.
A informação foi confirmada à SIC por fonte do Exército, que participava nas buscas.
(Notícia em actualização)

Parece terem-se confirmado as piores notícias. Condolências para a família, os Paraquedistas e o Exército.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: chaimites em Dezembro 13, 2011, 08:13:52 pm
Citar
O jovem paraquedista, de 19 anos, desaperceu naquela área depois de ter decidido atravessar o rio a nado, algo que não fazia parte do exercício.

Citar
O militar, segundo informação prestada pelas Relações Públicas do Exército, estava a realizar um treino de Fuga e Evasão, que faz parte do curso de pára-quedismo. Por motivos ainda não explicitados ter-se-á atirado ao rio na companhia de um outro jovem, que consigo fazia equipa. O camarada conseguiu alcançar a margem.


Citar
O comandante confirmou que o militar e o colega com quem fazia parelha estiveram dentro de água “sem estarem autorizados”.
http://www.publico.pt/Sociedade/paraquedista-esta-desaparecido-no-rio-zezere-1524913
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Trafaria em Dezembro 13, 2011, 08:59:57 pm
Citar
O comandante confirmou que o militar e o colega com quem fazia parelha estiveram dentro de água “sem estarem autorizados”.
Lavar de mãos. Esta é a pior nojice da tropa, sempre assim foi e sempre assim há de ser: antes de mais e primeiro que tudo há que descartar todas as responsabilidades e imputá-las para baixo, de preferência a um morto.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Camuflage em Dezembro 13, 2011, 10:45:44 pm
Por isso é que cada vez mais se justifica o fim da PJ MIlitar que serve unicamente as elites militares e não as FA's e a sociedade no seu todo. Com uma investigação da PJ as coisas de certeza que ficariam esclarecidas, o problema é o pudor que gera. Mas eu já não espero mudanças, nas elites criadas.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Março 04, 2012, 05:57:46 pm
(http://www.emgfa.pt/images/Full_yh9d0fgpn6kb.jpg)
Congo
http://www.emgfa.pt/ (http://www.emgfa.pt/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Abril 13, 2012, 06:45:51 pm
(http://3.bp.blogspot.com/-3JvX0visIWU/T4hOpvaKpxI/AAAAAAAAHTE/mIu4IJKfrPI/s1600/Full_g7190zf8twdp.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Maio 27, 2012, 07:31:01 pm
Citar
o período entre 13 e 17 de maio de 2012 decorreu, no Campo Militar de Santa Margarida, o Exercício “EFICÁCIA 12”.

Este exercício teve como finalidade garantir a proficiência operacional nos procedimentos de coordenação de apoio de fogos, incluindo as atividades de Targeting, envolvendo os Grupos de Artilharia de Campanha e as componentes de Apoio de Fogos das Unidades de Escalão Batalhão.

Neste âmbito, a Escola Prática de Artilharia participou com o seu Encargo Operacional, nomeadamente com a 1ª Bateria de Bocas de Fogo, do Grupo de Artilharia de Campanha da Brigada de Intervenção e com a Bateria de Aquisição de Objectivos (BAO), das Forças de Apoio Geral.

Sendo um dos objetivos do exercício testar e treinar a utilização do Sistema Automático de Comando e Controlo (SACC), através da utilização do AFATDS (Advanced Field Artillery Tactical Data System), a BAO contribuiu significativamente para que este fosse alcançado, através da sua Secção de RADAR de Localização de Armas (RLA), equipada como RADAR AN/TPQ-36 (V8). Neste âmbito o exercício ficou marcado por duas missões de tiro (MT) efetuadas com sucesso, que resultaram do trabalho conjunto da BAO e do Grupo de Artilharia de Campanha da Brigada de Reação Rápida com o SACC.

(http://1.bp.blogspot.com/-1eea3ftCb_A/T8IQfSJ7fiI/AAAAAAAAHg4/4Tjcnuc3uKE/s1600/ETA.bmp)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 02, 2012, 03:22:32 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 02, 2012, 05:25:58 pm
Ó ACADO, vê-la a partir do 09.50 minutos.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 21, 2013, 02:00:51 pm
(http://sphotos-f.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash4/383801_214923631912704_691248488_n.jpg)

Instrução de condutores de M113 em 1982.

fonte: facebook da Brigada Mecanizada
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 02, 2013, 06:20:36 pm
Participação da Brigada de Reacção Rápida no exercicio Real Thaw 13. (fotos nos links)

Citar
Ação de Infiltração do BCmds - REAL THAW 13

O Batalhão de Comandos (BCmds) no dia 11 de fevereiro, efetuou uma infiltração por aterragem de assalto, no aeródromo de SEIA, com recurso a uma aeronave C -130, da Força Aérea Portuguesa. Os 60 militares da 2ª Companhia de Comandos (CCmds), após a aterragem, constituíram uma Base Avançada de forma a permitir a continuação em segurança da atividade aérea e o desenvolvimento das operações subsequentes.

http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Not ... HAW13.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Noticias/Paginas/A%C3%A7%C3%A3odeInfiltra%C3%A7%C3%A3odoBCmds-REALTHAW13.aspx)

Citar
REAL THAW - 1BIPara - Salto Operacional sobre o aeródromo de Santa Margarida  

No dia 12 de fevereiro, após ter sido detetada uma ameaça contra cidadãos nacionais na região de Santa Margarida, a 11ª Companhia de Paraquedistas (11CPara) do 1º Batalhão de Infantaria Paraquedista (1BIPara), efetuou um desembarque aéreo por salto em paraquedas, a partir de uma aeronave C-130, com o objetivo de segurar o aeródromo de Santa Margarida, a fim de criar condições para a extração dos cidadãos nacionais residentes na área de conflito.

http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Not ... arida.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Noticias/Paginas/REALTHAW-1BIPara-SaltoOperacionalsobreoaer%C3%B3dromodeSantaMargarida.aspx)

Citar
REAL THAW 13 - Operação de Lançamento de Cargas pela CAA  

No dia 13 de fevereiro, foram lançadas, de uma aeronave C-130, duas cargas Heavy em apoio às forças paraquedistas que se encontravam a operar na região de Santa Margarida. Uma das cargas com 3350 e a outra com 3400 libras (cerca de 1700 kg cada uma) foram confecionadas pela Companhia de Abastecimento Aéreo (CAA), da Escola de Tropas Paraquedistas (ETP). A capacidade de confeção de cargas, residente na CAA é única em PORTUGAL e foi desenvolvida para, utilizando o lançamento em paraquedas, assegurar a chegada em condições de utilização dos materiais essenciais ao acompanhamento das tropas paraquedistas, como sejam, veículos ou peças de artilharia e reabastecer forças militares isoladas no campo de batalha. No entanto, esta capacidade tem um potencial acrescido no apoio à Proteção Civil. Neste âmbito, a CAA tem a capacidade de confecionar cargas, para serem lançadas em paraquedas, para reabastecer de água, alimentos e medicamentos populações isoladas, ou fazer chegar materiais essenciais para os agentes de proteção civil, numa situação em que seja inviável a aterragem de aeronaves.

http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Not ... laCAA.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Noticias/Paginas/REALTHAW13-Opera%C3%A7%C3%A3odeLan%C3%A7amentodeCargaspelaCAA.aspx)

Citar
REAL THAW 13 - Infiltração por salto em paraquedas do Destacamento de Precursores  

Dia 13 de fevereiro, de manha, um Destacamento de Precursores (Precs), a partir de uma aeronave C - 295, infiltrou-se por salto em paraquedas a grande altitude (14.000 pés) para segurar, marcar e operar o aeródromo de Seia para permitir a aterragem de aeronaves. Salienta-se que a primeira aeronave que aterrou neste aeródromo foi a mesma da qual tinham saltado momentos antes - desde o momento do salto até estarem reunidas as condições para a aterragem decorreram menos de 15 minutos.

http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Not ... sores.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Noticias/Paginas/REALTHAW13-Infiltra%C3%A7%C3%A3oporsaltoemparaquedasdoDestacamentodePrecursores.aspx)

Citar
REAL THAW 13 - Assalto Aéreo - 2CCmds  

Na tarde de 12 de fevereiro, na região de SEIA, um grupo de combate da 2ª Companhia de Comandos, efetuou um assalto aéreo, com recurso a um helicóptero EH-101, para neutralizar um grupo de insurretos que ameaçava a segurança das populações na região. O Exmo Major-General Fernado Serafino, Comandante da BrigRR, assistiu ao briefing sobre a operação conduzido pelo Capitão Gomes, Comandante da 1ª Companhia de comandos e ao desenrolar de toda a operação, tendo-se deslocado para o local a bordo do EH -101 que tranportou o grupo de combate dos comandos. A operação teve o apoio aéreo próximo (CAS) de duas aeronaves A-10. Após a operação o MGen Fernando Serafino contatou, no local, com o grupo de comandos que efetuou o assalto aéreo e com o Comandante do BCmds, Major Lourenço.

http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Not ... CCmds.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Noticias/Paginas/REALTHAW13-AssaltoA%C3%A9reoefetuadopela2%C2%AACCmds.aspx)

Citar
REAL THAW 13 - Assalto Aéreo - 1CCmds  

Na manhã de 12 de fevereiro, na região de SEIA, um Grupo de Combate da 1ª CCmds, efetuou um assalto aéreo, com recurso a um helicóptero EH-101 MERLIN,para neutralizar um grupo de insurretos que ameaçava a segurança das populações na região.

http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Not ... CCmds.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Noticias/Paginas/REALTHAW13-AssaltoA%C3%A9reoda1%C2%AACCmds.aspx)

Citar
REAL THAW 13 - 1BIPara - Operação NEO  

No âmbito de uma operação NEO (Noncombatant Evacuation Operation) de 100 PAX nacionais evacuados para o Aerodromo de Tancos, o 1º Batalhão de Infantaria Paraquedista (1BIPara), comandado pelo Tenente-coronel Paraquedista José Neves, efetuou, na tarde do dia 15 de fevereiro, um desembarque aéreo por salto em paraquedas, a partir de uma aeronave C-295M, para a zona de lançamento do Arripiado, com o objetivo de garantir a segurança à operação NEO.

http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Not ... 3oNEO.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Noticias/Paginas/REALTHAW13-1BIPara-Opera%C3%A7%C3%A3oNEO.aspx)

Citar
REAL THAW 13 - Treino das FOEsp da BrigRR

No dia 18 de fevereiro, no âmbito das missões específicas das forças de operações especiais atribuídas à FOEsp durante o decorrer do Exercício REAL THAW 13, esta Força, executou um treino de tiro real a partir de uma plataforma aérea (Alouette III), na região de Lamego. Este tiro teve a participação de seis elementos Sniper das FOEsp, de dois elementos Sniper do Destacamento de Ações Especiais (DAE) da Marinha Portuguesa e da Esquadra 751 da Força Aérea Portuguesa. Neste treino foram utilizadas duas aeronaves com dois atiradores por helicóptero e executaram-se várias levas permitindo que cada elemento realizasse várias sessões de tiro.

A capacidade de efetuar tiro a partir de uma plataforma aérea é um requisito fundamental para a execução de missões de escolta aérea a forças convencionais e para apoio aéreo próximo nas missões realizadas pelas Operações Especiais.

O meio aquático é um vetor por excelência para as FOEsp executarem as suas infiltrações (aquática, aérea e terrestre) em território hostil e as operações anfíbias são uma área de treino por excelência que urge treinar, desenvolver e consolidar.

Assim, no dia 19 de fevereiro no período da tarde, as FOEsp executaram a técnica “saltos para a água – inserção em meio aquático” no rio Douro na cidade do Peso da Régua, utilizando como plataforma os Helicópteros Alouette III.

http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Not ... rigRR.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Noticias/Paginas/REALTHAW13-TreinodasFOespdaBrigRR.aspx)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Março 03, 2013, 10:58:35 pm
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Infantaria/Full_rjzb70c6v4nd_zps5f62ac84.jpg)
Citar
Exercício de fogos reais KTM
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 04, 2013, 12:03:46 am
Qual é a espingarda do atirador da esquerda?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Março 04, 2013, 09:23:14 am
Citação de: "Lightning"
Qual é a espingarda do atirador da esquerda?

à primeira vista parece um MLU à nossa G3

(http://defesaglobal.files.wordpress.com/2011/12/mlu-da-g3.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Março 04, 2013, 11:19:41 am
Não é nada disso. É uma SIG SG 550 suíça.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 04, 2013, 05:24:04 pm
Citação de: "PereiraMarques"
Não é nada disso. É uma SIG SG 550 suíça.

Eu estive para dizer essa arma, mas fiquei na duvida por duas razões, os Hungados não as tem e a forma da coronha não me parece correcto, a coronha da Sig é parecida com a da Galil, que dobra para a frente, enquanto que a coronha da arma da foto parece a de uma arma da familia AR-15.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: saojorgexercito em Março 04, 2013, 08:00:50 pm
Citação de: "Lightning"
Participação da Brigada de Reacção Rápida no exercicio Real Thaw 13.


Citar
REAL THAW 13 - Treino das FOEsp da BrigRR

O meio aquático é um vetor por excelência para as FOEsp executarem as suas infiltrações (aquática, aérea e terrestre) em território hostil e as operações anfíbias são uma área de treino por excelência que urge treinar, desenvolver e consolidar.

Assim, no dia 19 de fevereiro no período da tarde, as FOEsp executaram a técnica “saltos para a água – inserção em meio aquático” no rio Douro na cidade do Peso da Régua, utilizando como plataforma os Helicópteros Alouette III.

http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Not ... rigRR.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigRR/Noticias/Paginas/REALTHAW13-TreinodasFOespdaBrigRR.aspx)

Urge treinar, desenvolver e consolidar? As infiltrações aquáticas já são feitas desde a década de 80, faz cerca de 25 anos. :N-icon-Axe:

Parece-me que seria a execução subsequente de uma operação que devia diferenciar um treino militar de um programa de actividades radicais para civis adrenalizarem e postarem fotos no facebook.

A credibilidade cultiva-se, não é um dado adquirido só porque se usa uma boina dita especial.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 05, 2013, 01:13:51 am
PRONTOS PARA O KOSOVO!

O 2º Batalhão de Infantaria Paraquedista realizou o exercício chamado “de certificação” no processo de preparação das forças expedicionárias. O “Operacional”, através do major Rui Pais dos Santos, assistiu e transmite ao leitores o que se passou. De modo sintético e claro, aqui fica uma boa imagem do que fazem hoje os nossos militares no Kosovo. Esta é a parte substancial do contributo directo de Portugal para a Paz na Europa nos tempos que correm.

http://www.operacional.pt/prontos-para-o-kosovo/ (http://www.operacional.pt/prontos-para-o-kosovo/)

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2013/03/1-pristina-131-copy-copy.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 17, 2013, 05:33:52 pm
EXERCÍCIO "VULCANO 13"

Decorreu no Campo Militar de Santa Margarida (CMSM), entre 02 e 07 de abril de 2013, o Exercício “VULCANO 13”, sob a forma LFX (exercício de fogos reais), que contou com a participação de Unidades da Estrutura Operacional da Brigada de Intervenção (BrigInt) que integram a Força-Tarefa 1200, designadamente, do Grupo de Autometralhadoras, do Esquadrão de Reconhecimento (em fase de aprontamento nacional para a NATO Response Force 2014) e dos 1º e 2º Batalhão de Infantaria (guarnições das Secções Canhão e PelMortPes do 2BI). Estas Unidades puderam treinar procedimentos técnicos e movimentos táticos, aproveitando para o efeito as excelentes condições existentes no CMSM.

Durante o exercício assumiu particular destaque a realização de fogos reais, pela primeira vez, das VBR PANDUR IFV (Infantry Fighting Vehicle), equipadas com o sistema Canhão Mauser MK 30-2 de calibre 30 mm, bem como das ICV RWS (Infantry Carrier Vehicle – Remote Weapon Station), equipada com uma estação de tiro operável em 360° a partir do interior da viatura, dotada de um sistema de controlo Kongsberg e armado com uma metralhadora pesada Browning 12,7 mm (modelo M2HB).

Durante a manhã de 05 de abril, o evento foi visitado por S.Exª o General Chefe do Estado-Maior do Exército, General Artur Pina Monteiro, e pelo Exmo Tenente-General Vice-Chefe do Estado-Maior do Exército, TGen Campos Gil, bem como pelos Comandantes da Brigada Mecanizada e da Brigada de Reação Rápida, que se associaram ao Comandante da Brigada de Intervenção no acompanhamento das atividades em curso e na observação das novas capacidades.

 :arrow: http://www.exercito.pt/Noticias/Paginas ... ANO13.aspx (http://www.exercito.pt/Noticias/Paginas/EXERC%C3%8DCIOVULCANO13.aspx)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 08, 2013, 10:44:22 am
Pancada da boa! :D

Citar
O Exmo comandante iniciou, de modo inesperado para quem não o conhece, enaltecendo o empenhamento, abnegação e a bravura daqueles que, no Teatro de Operações do Kosovo, levantaram bem alto o bom nome do soldado português. “(…) 00H00 da manhã, 24 de novembro, Kosovo, Mitrovica Norte, aldeia de Rudare, 20 graus negativos, o Grupo de Autometralhadoras consolidou e bloqueou o acesso à posição com três linhas de concertinas de arame farpado e corta pneus. O suspense era grande face à violência dos últimos acontecimentos… Apareceram do nada, como fantasmas!
Em menos de um fósforo passaram às dezenas! Dez minutos depois eram centenas! A concentração não foi inopinada e imprevista, foi organizada ao pormenor com disparos de armas ligeiras, faróis direcionados para encandear as nossas tropas, lançamento de coquetéis molotov, artefactos de fogo, potentes explosões, ondas de choque, utilização de gás pimenta, agitando varapaus, bastões, machados, arremessando pedras… Em investidas sucessivas concertadas e comandadas! Surpresa das surpresas os Kosovares sérvios tinham conseguido remover o arame farpado mesmo debaixo do Nosso ataque com gás lacrimogénio, pois estavam equipados com máscaras antigás e corta-arames, investiram contra a nossa força apoiados por um caminhão TIR em marcha atrás carregado. A força trocou espaço por tempo, paulatinamente, aguentou a posição durante hora e meia, com momentos de enorme tensão e crispação. Capacetes, escudos, valentia, bravura, coragem física e psicológica, sangre frio, bom senso, ponderação e clareza de raciocínio protegeram até ao limite a gloriosa resistência da força, composta por forte gente, que só recuou porque a manutenção da posição através de uma vitória militar, com custos de vidas para ambos os lados se transformaria numa derrota política…
O heroísmo daquela noite, foi certamente marcado pela postura de Soldados, que a todos nós deixa orgulhosos, na obra feita, em todo o Kosovo, pelas sucessivas FND, que atuam sem qualquer restrição ao emprego, com neutralidade, imparcialidade e a pluralidade que caracteriza o modus operandi do Soldado português, que vive as cores e os símbolos nacionais com permanente frémito e comoção que o catapultam para fazer mais e melhor!”
justificando a introdução inesperada “(…) Perdoem-me as altas individualidades presentes, de todos os quadrantes da sociedade, ter iniciado o meu discurso desta forma, não foi por desconsideração para com Vossas Excelências, é porque hoje, dia dos Dragões D’Entre Douro e Minho, aquilo que verdadeiramente
interessa e se comemora são os nossos heróis, osnossos Soldados que, mandatados pelo poder político, serviram e continuam a servir Portugal, honrando e
dignificando a Nossa pátria, em qualquer parte do mundo!

 :arrow: http://www.exercito.pt/sites/RC6/Public ... L%2034.pdf (http://www.exercito.pt/sites/RC6/Publicacoes/Documents/JORNAL%2034.pdf)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 10, 2013, 01:57:47 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 16, 2013, 09:18:53 pm
(https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/255447_457405277682029_392221035_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/943664_457405321015358_1752155278_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn2/969826_457405331015357_285594093_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/943250_457405391015351_644355019_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc1/532293_457405381015352_119113562_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn2/971695_457405481015342_924715314_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/487522_457405247682032_994768896_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/935532_457405251015365_315322784_n.jpg)

Rosa Brava 2013
 :arrow: https://www.facebook.com/defesa.pt?hc_location=stream (https://www.facebook.com/defesa.pt?hc_location=stream)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: saojorgexercito em Maio 16, 2013, 09:30:49 pm
(https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/943250_457405391015351_644355019_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc1/532293_457405381015352_119113562_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn2/971695_457405481015342_924715314_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/487522_457405247682032_994768896_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/935532_457405251015365_315322784_n.jpg)

Directamente dos Açores para o Campo Militar de Santa Margarida ... sem passar pela casa de partida, claro.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Trafaria em Maio 16, 2013, 11:32:18 pm
Habituem-se!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 19, 2013, 09:27:55 pm
(https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc3/969179_479515875453477_1040855159_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/222008_479515808786817_46756973_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/482405_479515865453478_1403174237_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/431905_479516032120128_1145713433_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/936774_479516085453456_82674037_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/931382_479516185453446_1636131218_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-snc6/182975_479516268786771_1240812218_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn2/971456_479516342120097_104904202_n.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/481864_479516385453426_1659631434_n.jpg)

 :arrow: https://www.facebook.com/Mecanizada (https://www.facebook.com/Mecanizada)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: saojorgexercito em Junho 01, 2013, 10:44:03 pm
Citação de: "HSMW"
(https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/431905_479516032120128_1145713433_n.jpg)

Desculpem mas é mais forte do que a minha vontade: http://www.youtube.com/watch?v=Fa5rDisa_9c (http://www.youtube.com/watch?v=Fa5rDisa_9c)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 13, 2013, 01:55:52 am
(https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/296245_473443646069364_1276599988_n.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 02, 2013, 05:11:52 pm
Presidente da República no Exercício Militar Dragão 13 & Pristina 132, em Murça

(http://www.presidencia.pt/archive/img/130731-PR-0622.jpg)

O Presidente Cavaco Silva visitou o Exercício Militar Dragão 13 & Pristina 132, realizado pelo Exército em Murça, no distrito de Vila Real, tendo presidido à entrega do Estandarte Nacional ao 2.º Batalhão de Infantaria, que em Setembro partirá para uma missão no Kosovo, integrado no conjunto de forças das Nações Unidas.

Após receber um briefing sobre a Brigada de Intervenção do Exército e a missão do 2.º BI/KFOR, o Presidente Aníbal Cavaco Silva assistiu a uma demonstração tática pelos militares do Batalhão e ao desfile deste nas ruas de Murça, tendo ainda visitado uma exposição de material militar.

 :arrow: http://www.presidencia.pt/comandantesup ... &idi=76071 (http://www.presidencia.pt/comandantesupremo/?idc=305&idi=76071)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 04, 2013, 10:32:23 pm
Sou só eu ou mais alguém acha que isto...

(http://www.exercito.pt/sites/brigint/Noticias/PublishingImages/Drag%C3%A3o%2013.png)

parece isto...

(http://img.zwame.pt/eagleeye/multi/mk9/mk9_new_logo.png)

 :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Setembro 05, 2013, 03:00:56 am
o dragão é um decalque perfeito do do mortal kombat mas só em sombra! Podia ser pior podia ser o dragão do fcp! :twisted:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 05, 2013, 03:41:40 am
(http://seeklogo.com/images/F/FC_Porto_-_Dragao-logo-8A43643811-seeklogo.com.gif)
Era o que alguns queriam não era?!?!?  :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Novembro 01, 2013, 02:47:24 pm
(http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Documents/GCC%20consolida%20capacidade%20blindada%20com%20forma%C3%A7%C3%A3o%20de%20Master%20Gunners/sem%20nome.png)
Citar
Decorreu no Grupo de Carros de Combate da Brigada Mecanizada (GCC/BrigMec), no período de 09 Setembro a 03 de Outubro, o curso de Master Gunner para o carro de combate Leopard 2A6, tendo como formandos os instrutores mais experientes e certificados do GCC/BrigMec. Esta formação avançada, visou dotar os formandos do mais elevado nível de conhecimentos de tiro de carro de combate, ganhando desta forma o Exército, nesta dimensão, a autonomia necessária para a edificação da capacidade Leopard 2A6 em curso. O curso foi ministrado por um militar do exército holandês em conjunto com um militar português e foi frequentado por 4 Sargentos do GCC/BrigMec.

 :arrow: http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/No ... nners.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Paginas/GCCconsolidacapacidadeblindadacomforma%C3%A7%C3%A3odeMasterGunners.aspx)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Novembro 16, 2013, 03:23:39 pm
Citar
O exercício, denominado "Lusitano 2013", da responsabilidade do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA), será visitado na sexta-feira pelo ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, acompanhado de governantes regionais e das mais altas patentes militares do país.
Na qualidade de observadores, vão estar, também, presentes representantes dos dez países do Mediterrâneo Ocidental que integram o "Diálogo 5+5", grupo que procura, através de "medidas concretas de cooperação", criar e manter "um clima de confiança e de franca colaboração" entre estes estados, informou o CEMGFA.
Segundo o CEMGFA, o cenário da iniciativa, que obriga à intervenção das Forças Armadas por determinação governamental, inclui uma ameaça transnacional no Porto Santo e uma catástrofe natural na Madeira, além de uma forte tempestade que afeta ambas as ilhas.
Integra, também, o pedido de um navio conotado com uma organização criminosa para atracar no Porto Santo e, ainda nesta ilha, uma aterragem não autorizada de um avião suspeito e a tomada de assalto das infraestruturas aeroportuárias com reféns militares e civis nacionais.
O exercício, que termina no dia 27, vai treinar a projeção de forças, operação aerotransportada, desembarque anfíbio, operações especiais, tomada de objetivos, resgate de reféns e patrulhamentos.
Controlo do mar, apoio logístico e sustentação, controlo aéreo, apoio à proteção civil, ajuda humanitária e cooperação civil militar são outras das ações previstas, que envolvem meios da Marinha, Exército e Força Aérea, adianta o CEMGA.
No caso da Marinha, nas águas da região vão estar um reabastecedor oceânico, uma fragata, um submarino, um navio hidrográfico, um navio-patrulha, uma força de fuzileiros e uma equipa hidrográfica de intervenção rápida.
O Exército participa no treino com um comando e Estado-Maior de Batalhão Paraquedistas, uma companhia de paraquedistas, um batalhão de infantaria, uma bateria de artilharia antiaérea 20 mm e um hospital de campanha, refere o CEMGA.
Aeronaves F-16, C-130, C-295 e P3-C, o helicóptero EH-101 e um posto de comunicações móvel são os meios empenhados pela Força Aérea.
Na conferência de imprensa de apresentação do exercício, a 21 de outubro, o comandante Operacional Conjunto do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Vaz Antunes, referiu que a "cada dia que passa, falta menos um dia para haver uma crise de segurança ou de guerra que vai obrigar ao empenhamento de todos, mas de todos os organismos do Estado, independentemente das 'quintas' que possa haver".
Na ocasião, Vaz Antunes acrescentou que "não vai haver desculpas -- e as Forças Armadas não terão desculpas -- se não estiverem em condições de dar resposta a qualquer situação de crise grave que aconteça no país".
www.dn.pt (http://www.dn.pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 16, 2013, 05:45:37 pm
Isto está correcto?

Citar
equipa hidrográfica de intervenção rápida

o link da noticia
http://www.dn.pt/inicio/portugal/interi ... ra&page=-1 (http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=3536829&seccao=Madeira&page=-1)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Novembro 19, 2013, 11:54:15 am
Pelo menos é o que vem na informação original...também gostava de saber o que é!

http://www.emgfa.pt/useruploads/files/l ... t_1nov.pdf (http://www.emgfa.pt/useruploads/files/lusitano_13_-_presskit_1nov.pdf)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Novembro 19, 2013, 12:50:08 pm
Citação de: "PereiraMarques"
Pelo menos é o que vem na informação original...também gostava de saber o que é!

http://www.emgfa.pt/useruploads/files/l ... t_1nov.pdf (http://www.emgfa.pt/useruploads/files/lusitano_13_-_presskit_1nov.pdf)

Não será a unidade que está ligada aos Unmanned surface vehicle??
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 19, 2013, 05:49:51 pm
Citação de: "nelson38899"
Não será a unidade que está ligada aos Unmanned surface vehicle??

A única unidade da Marinha que eu conheço com isso é o Destacamento de Mergulhadores Sapadores nº3.
http://www.marinha.pt/pt-pt/meios-opera ... dores.aspx (http://www.marinha.pt/pt-pt/meios-operacoes/armada/mergulhadores/Paginas/Mergulhadores.aspx)

Citar
2008 É ativado o Destacamento n.º 3 de Mergulhadores - Sapadores para a Guerra de Minas (DMS-MW) em 12 de Junho;

2009 São adquiridos os primeiros Veículos Autónomos Submarinos (AUV - Autonomous Underwater Vehicle) que vieram equipar o DMS-MW, conferindo uma nova capacidade de deteção e identificação de minas.

Mas isso não quer dizer que o Instituto Hidrográfico também não tenha...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Nuno Bento em Novembro 28, 2013, 12:41:40 pm
Esta a decorrer algum exercício por estes dias em Tancos ou em Santa Margarida? È que esta noite ouvi  muitos disparos de artilharia para esse lado :?: .
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Novembro 28, 2013, 08:53:47 pm
Citação de: "Nuno Bento"
Esta a decorrer algum exercício por estes dias em Tancos ou em Santa Margarida? È que esta noite ouvi  muitos disparos de artilharia para esse lado :?: .

Só sei deste

Citar
A BtrAAA/BrigMec integrou o Grupo de AAA no exercício “NEPTUNO 13”, realizando em 14 de Novembro a sessão de fogos reais em carreira de tiro temporária para o treino e validação de nível técnico dos apontadores e guarnições do Pelotão Chaparral.
O exercício de fogos reais de Artilharia Antiaérea (AAA) “NEPTUNO 13” realizou-se de 11 a 14 de novembro de 2013 na região de Fonte dos Morangos em Vieira de Leiria, envolvendo os sistemas antiaéreos míssil ligeiro AP M48A3 Chaparral e canhão Bitubo 20mm, tendo sido efetuado tiro noturno e diurno contra alvos aéreos tipo Ballistic Aerial Target System (BATS).
A participação da BtrAAA reveste-se de vital importância para a formação e treino dos apontadores e respetivas guarnições do Pelotão Chaparral, permitindo manter a capacidade operacional da Unidade, constituindo-se simultaneamente como um fator de elevada motivação para os Quadros e Tropas da AAA.
Para além da força operacional em exercício, estiveram presentes o Tirocínio para Oficiais de Artilharia, que realizou tiro com o sistema Canhão Bitubo, bem como o curso do sistema míssil ligeiro Chaparral, onde três dos formandos pertenciam à BtrAAA/BrigMec. No final da sessão de fogos reais realizou-se a cerimónia de entrega de Diplomas e Insígnias do curso de Chaparral presidida pelo TGen CmdOp.
http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Paginas/ABtrAAABrigMecintegrouoGrupodeAAAnoexerc%C3%ADcio%E2%80%9CNEPTUNO13%E2%80%9D,realizandoem14deNovembroasess%C3%A3odefogosreaisemcarreiradetirotempor%C3%A1r.aspx

mas também no outro dia vi uma foto de disparos feitos em santa guida.

(https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/1004544_566436340094763_1029748089_n.jpg)

face: brigada mecanizada.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Março 09, 2014, 02:03:20 pm
(http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Documents/26-02-2014%20-%20Exerc%C3%ADcio%20Pristina%20141%20cria%20condi%C3%A7%C3%B5es%20para%20certifica%C3%A7%C3%A3o%20do%201%C2%BABIMecKFOR/Pristina%201411web.JPG)
(http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Documents/26-02-2014%20-%20Exerc%C3%ADcio%20Pristina%20141%20cria%20condi%C3%A7%C3%B5es%20para%20certifica%C3%A7%C3%A3o%20do%201%C2%BABIMecKFOR/Pristina%201413web.JPG)
(http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Documents/26-02-2014%20-%20Exerc%C3%ADcio%20Pristina%20141%20cria%20condi%C3%A7%C3%B5es%20para%20certifica%C3%A7%C3%A3o%20do%201%C2%BABIMecKFOR/Pristina%201414web.JPG)
(http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Documents/26-02-2014%20-%20Exerc%C3%ADcio%20Pristina%20141%20cria%20condi%C3%A7%C3%B5es%20para%20certifica%C3%A7%C3%A3o%20do%201%C2%BABIMecKFOR/Pristina%201415web.JPG)
Citar
O Exercício Pristina 141, que decorreu entre 18 e 26 de Fevereiro, visou o treino, avaliação e certificação do 1ºBIMec/KFOR para o desempenho das tarefas que lhe forem cometidas no âmbito da KFOR, cimentando o espírito de coesão e camaradagem, atributos essenciais a uma FND. Para alcançar o proposto baseou-se o exercício em três fases distintas: uma primeira fase de warm up e adaptação ao cenário delineado, a segunda em que houve recurso a situações, quanto à natureza e ritmo, semelhantes às que o 1ºBIMec/KFOR poderá ter de enfrentar, com especial ênfase na Proteção da Força, Segurança das Informações e Apoio Administrativo-logístico, e uma terceira, em executada sob conduta da IGE visando a certificação da força.

Na primeira fase, de 18 a 20 de Fevereiro, deu-se lugar a um conjunto de ações que permitiram ao 1ºBIMec/KFOR exercitar e consolidar as suas capacidades e perícias na área do CIMIC em conjunto com a edilidade de Constância. Simultaneamente, foram sendo injetados documentos e situações que permitiram à força imbuir-se do ambiente estabelecido para o exercício. Para que esta última parte se tornasse mais efetiva, foi integralmente reproduzido na Brigada Mecanizada, e áreas adjacentes, as delimitações de terreno, itinerários, Gates e instalações que vão ser encontrados no TO do Kosovo.

Com a entrada na segunda fase, de 21 a 24 de Fevereiro, criou-se e injetou-se uma quantidade de incidentes que permitiram ao 1ºBIMec/KFOR exercitar as suas capacidades tendo em conta um vasto leque de situações que são expetáveis de executar ou suceder no Teatro de Operações – patrulhas, acidentes de viação, roadblocks, checkpoints e CRC, entre outros. Para sincronizar e efetivar estas ações, em termos humanos e materiais, a BrigMec empregou cerca de 410 militares e 80 viaturas, num esforço de materialização de uma Forward Operations Base (FOB), SITFOR, Arbitragem e Controlo. Realce ainda para o recurso à plataforma JEMM (Joint Events Management Module) que permitiu, pela primeira vez, a criação e gestão de toda a estrutura de incidentes do exercício, bem como, da sua avaliação.

A fase final, nos dias 25 e 26 de Fevereiro, consubstanciou-se na inspeção e avaliação da força pela IGE, com apoio da BrigMec. Nesta fase a força foi sujeita a um conjunto de situações que permitiram avaliar da sua prontidão para a missão que vai desempenhar no TO do Kosovo de acordo com o preconizado nos ACO Standards.

Com o  exercício Pristina 141, o 1ºBIMec/KFOR culminou o aprontamento, alcançando a sua certificação e consolidando-se como uma Força coesa, pronta, proficiente e certificada técnica e táticamente para cumprir a missão de Reserva Tática da KFOR, no TO do Kosovo.

 :arrow: http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/No ... cKFOR.aspx (http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Paginas/Exerc%C3%ADcioPristina141criacondi%C3%A7%C3%B5esparacertifica%C3%A7%C3%A3odo1%C2%BABIMecKFOR.aspx)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Março 17, 2014, 09:22:17 am
Citar
No passado dia 28 de Fevereiro decorreu a cerimónia de entrega do Estandarte Nacional ao 1º BIMec/KFOR, presidida por S.Exª o General Chefe do Estado-Maior do Exército, General Carlos António C.H. Jerónimo, e em que o Comandante do 1ºBIMec/KFOR, TCor Brito Teixeira, recebeu das mãos do Exmo Comandante da Brigada Mecanizada, MGen Faria Menezes, o Estandarte Nacional que ficará à sua guarda. Dirigindo-se aos militares do 1ºBIMec/KFOR, o MGen Faria Menezes relevou a crença e confiança nas capacidades da força e exortou à dignificação do nome da Brigada Mecanizada, das Forças Armadas e de Portugal.

A cerimónia contou com a presença de várias entidades oficiais e com os familiares da força que vai ser destacada para o Teatro de Operações (TO) do Kosovo e foi precedida de uma demonstração de capacidades na Carreira de Tiro A7 – D. Pedro.

Nesta demonstração foi possível a todos os presentes tomarem contacto com o espectro de tarefas que o 1ºBIMec/KFOR poderá desempenhar no TO onde irá ser destacado. Assim, foi possível observar o emprego de capacidades como Crowd Riot Control, ISR (com apoio de UAV), Apoio à Mobilidade e Apoio Sanitário, tendo a aplicação dos seus meios escalado até ao emprego em acções convencionais de combate.

(http://1.bp.blogspot.com/-KoAzxjA6vm0/UyX9mxY4pWI/AAAAAAAAL4w/GWzi2RisXog/s1600/Entrega+do+Estandarat+Nacional+ao+1BMec+300.jpg)

Uma prenda para quem descobrir a nova inovação do exercito?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: psaa em Março 18, 2014, 06:28:34 pm
Citação de: "nelson38899"
Citar
Uma prenda para quem descobrir a nova inovação do exercito?

Será o uso do Raven?!  :wink:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Março 18, 2014, 09:07:10 pm
Citação de: "nelson38899"
Citar
Uma prenda para quem descobrir a nova inovação do exercito?

A Iveco dos fogos a fazer controlo de tumultos...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Março 19, 2014, 10:08:38 am
Citação de: "HSMW"
Citação de: "nelson38899"
Citar
Uma prenda para quem descobrir a nova inovação do exercito?

A Iveco dos fogos a fazer controlo de tumultos...

Ambas! Agora a prenda é o conhecimento por vós adquirido. :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Abril 17, 2014, 09:10:29 pm
Citar
12ABR14 nos arredores de PRISTINA, o exercício FOX da reserva tática do comandante da KFOR - KTM. Durante o período descrito o esforço foi dirigido para a validação da unidade de escalão Batalhão (UEB), como um todo, incindindo o foco nos seguintes critérios:

1. Comando e Controlo;
2. Interoperabilidade;
3. Proteção da Força.
No âmbito do comando e controlo, foi divulgado o Plano Operacional (OPLAN) PARADIGM SHIFT, ordem preparatória (WINGO), ordem parcelar (FRAGO); realizaram-se apresentações para partilha de conhecimento tático; materializou-se o ROCK DRILL do exercício FOX integrando diversas equipas multinacionais: Áustria, Croácia, Hungria Roménia e Ucrânia. Foram planeadas e executadas operações com meios aéreos e, foi lançado pela primeira vez em TO, um mini-UAV por uma unidade do exército, usado para proteção da força. O sistema foi operado, exclusivamente, por militares do 1BIMec, formados na Escola das Armas, em Mafra, e integrados no programa de emprego operacional do sistema da Brigada Mecanizada no âmbito do protocolo firmado entre o Exército, uma empresa e uma universidade. A captação e receção de imagem dinâmica em tempo real contribuiu cabalmente para o sucesso da missão.

Da interoperabilidade, e com os intervenientes referidos, foram validados todos os processos de ação de comando.

Para a Proteção da Força, foi validada e obtida a harmonização da maior parte dos procedimentos, técnicas e táticas padrão.

No exercício estiveram envolvidos os seguintes meios: 2 helicópteros MI 171, polícia militar internacional da KFOR, um canhão de água, uma equipa de engenharia Ucraniana, 50 viaturas, num total de cerca de 322 militares.

Em 14 de abril de 2014, o KFOR TACTICAL RESERVE MANOUVRE BATTALION declarou a FULL OPERATIONAL CAPABILITY.

(http://www.emgfa.pt/useruploads/images/dsc_5920.jpg)

(http://www.emgfa.pt/images/Full_bs7z5ghtjxcw.jpg)

(http://www.emgfa.pt/useruploads/images/dsc_5970.jpg)

(http://www.emgfa.pt/useruploads/images/dsc_6057.jpg)

http://www.emgfa.pt/pt/noticias/648
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Abril 19, 2014, 04:10:42 pm
Citação de: "nelson38899"
(http://www.emgfa.pt/useruploads/images/dsc_6057.jpg)

Para que serve o saiote do Pandur?? Limpa-neves  :mrgreen: !?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Abril 19, 2014, 04:52:34 pm
Citação de: "Crypter"
Citação de: "nelson38899"
(http://www.emgfa.pt/useruploads/images/dsc_6057.jpg)

Para que serve o saiote do Pandur?? Limpa-neves  :mrgreen: !?
Provavelmente para empurrar obstáculos fora do caminho e prevenir que durante confrontos os protestantes atirarem Molotov cocktails ou até explosivos para baixo da viatura.

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 19, 2014, 05:48:56 pm
As M-11 também receberem esse tipo de "upgrade" qando foram para o kosovo.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Edu em Abril 19, 2014, 05:56:55 pm
Citação de: "nelson38899"
Citar
12ABR14 nos arredores de PRISTINA, o exercício FOX da reserva tática do comandante da KFOR - KTM. Durante o período descrito o esforço foi dirigido para a validação da unidade de escalão Batalhão (UEB), como um todo, incindindo o foco nos seguintes critérios:

1. Comando e Controlo;
2. Interoperabilidade;
3. Proteção da Força.
No âmbito do comando e controlo, foi divulgado o Plano Operacional (OPLAN) PARADIGM SHIFT, ordem preparatória (WINGO), ordem parcelar (FRAGO); realizaram-se apresentações para partilha de conhecimento tático; materializou-se o ROCK DRILL do exercício FOX integrando diversas equipas multinacionais: Áustria, Croácia, Hungria Roménia e Ucrânia. Foram planeadas e executadas operações com meios aéreos e, foi lançado pela primeira vez em TO, um mini-UAV por uma unidade do exército, usado para proteção da força. O sistema foi operado, exclusivamente, por militares do 1BIMec, formados na Escola das Armas, em Mafra, e integrados no programa de emprego operacional do sistema da Brigada Mecanizada no âmbito do protocolo firmado entre o Exército, uma empresa e uma universidade. A captação e receção de imagem dinâmica em tempo real contribuiu cabalmente para o sucesso da missão.

Da interoperabilidade, e com os intervenientes referidos, foram validados todos os processos de ação de comando.

Para a Proteção da Força, foi validada e obtida a harmonização da maior parte dos procedimentos, técnicas e táticas padrão.

No exercício estiveram envolvidos os seguintes meios: 2 helicópteros MI 171, polícia militar internacional da KFOR, um canhão de água, uma equipa de engenharia Ucraniana, 50 viaturas, num total de cerca de 322 militares.

Em 14 de abril de 2014, o KFOR TACTICAL RESERVE MANOUVRE BATTALION declarou a FULL OPERATIONAL CAPABILITY.

(http://www.emgfa.pt/useruploads/images/dsc_5920.jpg)

(http://www.emgfa.pt/images/Full_bs7z5ghtjxcw.jpg)

(http://www.emgfa.pt/useruploads/images/dsc_5970.jpg)

(http://www.emgfa.pt/useruploads/images/dsc_6057.jpg)

http://www.emgfa.pt/pt/noticias/648

Foi utilizado o UAV da Teckever?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Maio 02, 2014, 01:05:10 am
http://www.exercito.pt/sites/1BIMec/Not ... NI-UAV.pdf (http://www.exercito.pt/sites/1BIMec/Noticias/PublishingImages/20140429_Sistemas%20Mini%20UAVs/SISTEMAS%20MINI-UAV.pdf)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Instrutor em Maio 02, 2014, 04:29:09 pm
Muito bem, esta decido o futuro mini-uav a equipar tanto o Exercito como a Marinha. Parece muito bom para o emprego em missoes de vigilância para estas unidades do Exercíto. Na marinha para equipar dos Fuzileiros. FAP necessita de algo maior e com mais capacidades ANTEX. Algo deste género (Helicoptero) para a marinha utilizar nos NPO´s.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Maio 02, 2014, 07:54:39 pm
Quais são as verdadeiras capacidades deste mini-uav??
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Maio 02, 2014, 09:18:06 pm
Citação de: "Crypter"
Quais são as verdadeiras capacidades deste mini-uav??

Vigilância do campo de batalha!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Maio 03, 2014, 09:54:57 am
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Crypter"
Quais são as verdadeiras capacidades deste mini-uav??

Vigilância do campo de batalha!

Estava-me a referir a tempo de voo, que tipo de capacidade de recolha de imagem tem, etc..

Pq isto andar com um drone no ar com uma micro câmara até eu com o meu iphone consigo!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 03, 2014, 10:23:03 am
:arrow: http://autonomous.tekever.com/ar_features/ (http://autonomous.tekever.com/ar_features/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Maio 05, 2014, 12:37:44 am
Citar
ACTIVAÇÃO DO "PLANO FAUNOS" PELO REGIMENTO DE ENGENHARIA Nº 3
No âmbito do Plano FAUNOS, o Regimento de Engenharia Nº 3 (RE3) iniciou a sua intervenção nas Matas Nacionais situadas entre Vila Pouca de Aguiar e Ribeira de Pena, em 21 de Abril de 2014.

O Destacamento do RE3 tem como missão a reparação de caminhos florestais e limpeza de aceiros, bem como a abertura de faixas para gestão de material combustível, nomeadamente na rede primária, através do empenhamento de meios de Engenharia Militar, numa extensão total de cerca de 50 Km, prevendo-se um prazo para a sua execução de 3 meses.

Para o efeito foi, para já, empenhada uma Equipa de Engenharia, com um efectivo de 1 Sargento e 3 Praças (equipados com dois tractores de lagartas e uma viatura táctica média), e uma Equipa de Segurança, com um efectivo de 1 Sargento e 4 Praças (equipados com uma viatura táctica pesada), tendo como missão, respectivamente, a execução dos trabalhos propriamente ditos e o estabelecimento de segurança e vigilância dos equipamentos e zonas de intervenção nos períodos de descanso da Equipa de Engenharia.
Fonte: http://www.exercito.pt/Noticias/Paginas/ATIVA%C3%87%C3%83ODOPLANOFAUNOSPELOREGIMENTODEENGENHARIAN%C2%BA3.aspx

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 05, 2014, 03:02:40 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
As M-11 também receberem esse tipo de "upgrade" qando foram para o kosovo.

Há um artigo do operacional.pt que refere esses upgrades.
http://www.operacional.pt/kosovo-portug ... o-tactico/ (http://www.operacional.pt/kosovo-portugueses-impulsionam-novo-conceito-de-emprego-tactico/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Maio 06, 2014, 11:05:20 am
Citar
TREINO DE VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS NO KOSOVO
5-05-2014

Um treino cruzado com os vários veículos aéreos não tripulados (UAV), presentes no teatro de operações do KOSOVO, teve lugar no passado dia 1 de maio, em NOVO SELO onde os Estados Unidos apresentaram o sistema PUMA, a Alemanha o MIKADO e ALADIN (não testado) e Portugal o LIGHT RAY.

Os operadores dos sistemas mostraram as suas capacidades e limitações, denotando vontade de partilhar conhecimento e em evidenciar capacidades num espírito de cooperação e partilha de informação entre as forças que detêm este tipo de meios na Força Internacional no Kosovo (KFOR).TREINO DE VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS NO KOSOVO

O LIGHT RAY produzido em Portugal e desenvolvido com base num protocolo estabelecido com uma empresa nacional, o exército e várias universidades, provou ser um sistema robusto, de emprego rápido, permitindo flexibilidade no emprego para operações, quando comparado com os restantes sistemas. Foi demonstrada a rapidez na sua montagem, o lançamento, a operação e a aterragem suave, graças à existência de um paraquedas integrado no sistema. Esta componente do sistema, foi alvo de grande curiosidade por parte da audiência, pois era o único sistema que a possuía, admitindo-se constituir como uma mais-valia para a preservação dos equipamentos e a precisão na recolha do equipamento.

A natureza da missão evidencia uma elevada utilidade destes sistemas no âmbito da proteção da força, no acelerar do ciclo de planeamento e da tomada de decisão dos comandantes nos diferentes escalões, em resultado do conhecimento da situação, fornecido em tempo real pelos sistemas - dia e noite.

Releva-se que neste fórum, estiveram presentes forças militares da Alemanha, Estados Unidos e de Portugal.

As forças portuguesas - neste caso particular do exército - tiveram a possibilidade de participar neste fórum de treino operacional combinado com forte pendor tecnológico, mostrando de uma forma realista, que neste segmento de tecnologia e inovação, Portugal pode e deve estar presente.

(http://www.emgfa.pt/images/Full_8dz4251bf3tq.jpg)

(http://www.emgfa.pt/useruploads/images/treino_op._peq._sistemas_aéreos.gif)


http://www.emgfa.pt/pt/noticias/657 (http://www.emgfa.pt/pt/noticias/657)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: chaimites em Maio 29, 2014, 04:16:39 pm
Citar

Cinco militares feridos em sessão de fogo real

Exercício de fogo real em Santa Margarida termina em tragédia. Um militar ficou ferido em estado muito grave e dois em estado grave.


Cinco militares ficaram feridos, três dos quais em estado grave e muito grave, durante um exercício no Campo de Campo Militar de Santa Margarida, informou o Exército.

O acidente aconteceu numa sessão de fogos reais de artilharia integrada no exercício "Eficácia 14", tendo os militares sido assistidos pela equipa médica do Centro de Saúde de Tancos e Santa Margarida que se encontrava no local.

Os três casos mais graves foram evacuados para o Hospital de Abrantes.

Em comunicado enviado às redações o Exército informa que já desencadeou "as diligências necessárias para averiguar as causas do acidente".

O "Eficácia" é um dos três exercícios realizados anualmente pelo Exército. Treina-se a capacidade operacional das Unidade de Apoio de Fogos da Componente Operacional do Sistema de Forças constituída pela Brigada Mecanizada, Brigada de Reação Rápida e Brigada de Intervenção.

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/cinco-militares ... z337NcrfEV (http://expresso.sapo.pt/cinco-militares-feridos-em-sessao-de-fogo-real=f872854#ixzz337NcrfEV)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 29, 2014, 05:23:03 pm
Acidente com granada de morteiro?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 04, 2014, 04:54:36 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Dezembro 17, 2014, 06:15:38 pm
Citar
Em 10 de Dezembro de 2014 decorreu um treino conjunto entre a Esquadra 502 da Força Aérea Portuguesa (FAP) e a Bateria de Artilharia Antiaérea (BtrAAA) da Brigada Mecanizada. Visando o treino de Guerra Eletrónica por parte da Esquadra 502 com meios de defesa antiaérea do Exército, bem como a adoção de medidas de reação à deteção e empenhamento por sistemas de Antiaérea. Para tal a Esquadra 502 participou com uma aeronave C-295 e a BtrAAA com dois sistemas míssil ligeiro M-48 A3 Chaparral, um Radar de aviso local AN/MPQ 49B Forward Area Alerting Radar (FAAR) e 20 militares dos Pelotões de  Chaparral e Radar. È de Das diversas ações, merecem especial destaque as que simularam o ataque com misseis terra-ar às aeronaves, a fim de treinar as tripulações na  adoção dos perfis de fuga. Este atividade de treino conjunto foi reputada de fundamental para ambas as partes, porquanto, foi proporcionado aos pilotos a observação, in-loco do processo de deteção, aquisição e empenhamento por parte do sistema míssil Chaparral, e às guarnições dos Sistema Missel a perceção do momento em que a aeronave identifica que está a ser adquirida e realizarem os procedimentos de conduta de tiro com uma aeronave real e visualizarem os procedimentos de fuga que a aeronave adota nessa situação.
http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Paginas/10DEZ14-TREINOCONJUNTODABTRAAABRIGMECCOMAESQUADRA502%E2%80%9CELEFANTES%E2%80%9DDAFAP.aspx

(http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Documents/10DEZ14-TREINO%20CONJUNTO%20DA%20BTRAAABRIGMEC%20COM%20A%20ESQUADRA%20502%20%E2%80%9CELEFANTES%E2%80%9D%20DA%20FAP/Descobrir-A-TERRA-8.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Dezembro 19, 2014, 03:36:11 pm
http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Paginas/11DEZ14-GRUPODECARROSDECOMBATEACAMINHODAFOC.aspx
Citar
Entre os dias 24Nov14 e 11Dec14 decorreu o exercício RINO 142, que visou, numa primeira fase, capacitar o GCC para o comando do AgrMec 142 e, numa segunda fase, praticar, testar e avaliar a proficiência dos Pelotões (UEP) que pertencem a esse AgrMec.No final do exercício, todos os intervenientes, incluindo os elementos de Apoio de Fogos e de Apoio de Combate, consideraram este exercício como uma mais valia para o Treino Operacional dos Pelotões e do Estado-Maior, uma vez que foi possível rastrear todo o leque de objetivos específicos de ambas as audiências, no cumprimento das finalidades inicialmente definidas, identificando aspetos a corrigir no imediatoConsolidados os fundamentos do escalão Pelotão previstos no Plano de Treino Operacional do GCC, prepara-se já a etapa seguinte, de escalão SubAgrupamento/Esquadrão.
Aqui está a minha contribuição diária para o forum defesa, agora que estou limitado a um post a cada 24 horas (inclusive administração), e que certamente se deverá à invasão de "leste" que o forum foi sujeito, pelos tais defensores da liberdade, da paz de livre-expressão que alguns foristas gostam de propagandear.   :twisted:
(http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Documents/11DEZ14%20-%20GRUPO%20DE%20CARROS%20DE%20COMBATE%20A%20CAMINHO%20DA%20FOC/2.jpg)
(http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Documents/11DEZ14%20-%20GRUPO%20DE%20CARROS%20DE%20COMBATE%20A%20CAMINHO%20DA%20FOC/3.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 08, 2015, 05:35:59 pm
Finalmente já existe um curso de Tactical Combat Casualty Care no seio do Exército Português! Antes só a FOEsp tinha um curso do género.

Vejam a revista do Exército páginas 14/15. :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Abril 10, 2015, 12:04:59 pm
Citar
A Brigada de Intervenção irá fazer exercícios de treino na região, de 13 a 22 de Abril, onde participarão 750 militares e 160 viaturas. Fica o alerta para não estranhar movimentações desta natureza.
https://www.facebook.com/municipioviseu ... =1&theater (https://www.facebook.com/municipioviseu/photos/a.1428080327410254.1073741828.1427492384135715/1618728851678733/?type=1&theater)

Com direito a sinal de perigo e tudo ;)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Abril 11, 2015, 04:29:01 pm
afinal a chaimite ainda vai bater com os costados na Lituânia.

(http://2.bp.blogspot.com/-il_EmJV-0-c/VSjyccOyLnI/AAAAAAAAPrc/zrp2rSfvz18/s1600/Recce%2BCoy%2B300.jpg)

http://defesanacionalpt.blogspot.pt/ (http://defesanacionalpt.blogspot.pt/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Duarte em Abril 11, 2015, 07:49:14 pm
O Plel. Morteiros do ERec ainda usa as Chaimite porta-morteiro, por não haver alternativa.  :roll:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Pedro Monteiro em Abril 13, 2015, 08:48:41 am
Citação de: "nelson38899"
afinal a chaimite ainda vai bater com os costados na Lituânia.

(http://2.bp.blogspot.com/-il_EmJV-0-c/VSjyccOyLnI/AAAAAAAAPrc/zrp2rSfvz18/s1600/Recce%2BCoy%2B300.jpg)

http://defesanacionalpt.blogspot.pt/ (http://defesanacionalpt.blogspot.pt/)
Foram embarcadas três. Em Braga ainda têm um pequeno número de Chaimite V-200 em serviço, a rolar.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Abril 13, 2015, 12:08:28 pm
Alguém sabe em termos de números o que foi deslocado para a Lituânia?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Trafaria em Abril 14, 2015, 07:11:27 pm
Há uns meses um amigo colocado neste RC disse-me que o seu efectivo era de perto de 500 militares.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Abril 14, 2015, 07:30:01 pm
Citação de: "Crypter"
Alguém sabe em termos de números o que foi deslocado para a Lituânia?

viewtopic.php?f=39&t=6486&start=1125 (http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?f=39&t=6486&start=1125)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Pedro Monteiro em Abril 14, 2015, 10:17:04 pm
As forças do RecceCoy já começam a sua integração e ao que parece estaremos a treinar com a brigada IRON WOLF que é a mais bem equipada do exército lituano, dotada de equipamento americano e com experiência no Afeganistão e as NATO Response Forces (NRF).

Citar
FORÇA MILITAR PORTUGUESA NA LITUÂNIA VISITADA POR EMBAIXADORES NACIONAIS
14-04-2015

       A Força Nacional Destacada em missão na Lituânia, a Recce Coy/FND/AM2015, recebeu, no dia 13 de abril de 2015, a visita do Embaixador de Portugal na Dinamarca, Embaixador Rui Macieira e do Embaixador de Portugal na Suécia, Embaixador Marcelo Curto.

       As entidades foram recebidas pelo Comandante da Brigada de Infantaria Mecanizada IRON WOLF do Exército Lituano, Coronel Raimundas Vaiksnoras e pelo Comandante da FND, Major de Cavalaria Pedro Cabral que deram as boas vindas às instalações militares de Rukla.

       Após os cumprimentos oficiais, a comitiva visitou várias atividades operacionais que a Recce Coy está a desenvolver, assistiu a uma exposição de viaturas táticas e terminou com uma visita às instalações militares. Após o almoço de confraternização, o Embaixador Rui Macieira proferiu uma breve alocução aos militares portugueses, congratulando-os pela importância estratégica da missão que estão a cumprir.

       No final da visita, o Comandante da Força convidou os distintos visitantes a assinarem o Livro de Honra da Recce Coy, e procedeu-se à troca de lembranças que assinalaram este momento histórico da Força Nacional Destacada na Lituânia.

Fonte: http://www.emgfa.pt/pt/noticias/808 (http://www.emgfa.pt/pt/noticias/808)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Abril 15, 2015, 12:24:16 am
Faz sentido!


alguém sabe se eles levaram drones e a versão de vigilância da pandur?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Pedro Monteiro em Abril 15, 2015, 12:43:51 am
Versão com radar de vigilância, sim. Basicamente vão todas as versões do ERec incluindo posto de comando, vigilância de campo de batalha, socorro, ICV com Browning 12.7mm em reparo manual e remoto, IFV com torre SP30 e ambulância. Como falta capacidade de tiro curvo com a Pandur pois não receberemos os porta-morteiro, vão três Chaimite com morteiro de 81mm. A capacidade anti-carro é assegurada com o sistema Milan transportado a bordo do da ICV-RCWS.

Citar
• Os meios projetados para esta operação pela Recce Coy foram os seguintes: 41 viaturas militares, 10 atrelados e 15 contentores, das quais 23 viaturas blindadas PANDUR II 8x8 (06 Infantry Fighting Vehicle; 06 Infantry Carrier Vehicle; 04 Infantry Carrier Vehicle Remote Weapon System; 03 Reconnaissance Vehicle; 02 Command Post Vehicle; 01 Medical Evacuation e 01 Recovery Vehicle), 03 VBR CHAIMITE V600 Porta-Morteiros e 15 viaturas táticas não blindadas (ligeiras, médias e pesadas).
• As atividades iniciaram-se por volta das 04h00 do dia 23 de março, no Regimento Cavalaria nº6 (RC6), com o deslocamento de três unidades de marcha e chegada ao Porto de Leixões pelas 06h00. No cais de embarque, as viaturas foram organizadas de acordo com o plano de carregamento do navio, tendo os trabalhos de estiva sido iniciados por volta das 08h00. As viaturas e os atrelados foram içados individualmente e acondicionados no porão do navio, tendo esta tarefa terminado pelas 20h00. Os contentores com o restante material foram embarcados, durante a manhã de 24 de março. O acompanhamento do material é feito por dois militares da Recce Coy que se encontram a bordo do navio.
• Após ter terminado a operação de embarque de todo o material no navio, este zarpou pelas 12h45 do Porto de Leixões em direção ao Porto de Klaipeda na Lituânia, onde se prevê a sua chegada em 01 de abril.

Cumprimentos. Pedro Monteiro
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Abril 16, 2015, 10:15:58 pm
Citar
Militares portugueses vão ajudar no combate ao Estado Islâmico
António Mateus/ Osvaldo Simões


Os Estados Unidos consideram decisiva a participação dos militares portugueses para ajudar no combate ao Estado Islâmico. Em entrevista à RTP, o representante especial de Barack Obama para a coligação internacional explicou o que se espera de Portugal na formação das tropas iraquianas. 30 militares portugueses vão partir em breve para o Iraque.

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=820707&tm=9&layout=122&visual=61
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Abril 18, 2015, 02:57:34 pm
Citar
EXERCÍCIOS MILITARES “MARTE/SATURNO15”
O acantonamento dos militares que integram os exercícios em título ficou hoje concluído.
Os 800 militares e 160 viaturas, estão distribuídas pelo concelho, podendo ser vistos em:
- Junto ao Estádio Municipal;
- No campo de futebol do Espinho e o Comando junto do Club Recreativo, ambos em São Joaninho;
- No campo de futebol e no Club Recreativo de Treixedo, e
- No campo de futebol do União Desportivo da Cancela.
É destes postos de comando e observação que partirão os soldados e veículos para os vários exercícios a desenvolver no nosso concelho.
Dos exercícios a desenvolver, destaque para as obras de reabilitação externa do mercado municipal e de dois estradões de acesso à Ecopista, sendo um em Treixedo e o outro em Nagosela.

(https://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xtp1/t31.0-8/10996015_804325692967729_6727110263876656994_o.jpg)
(https://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/t31.0-8/10999098_804325686301063_1589849145728185983_o.jpg)
(https://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xaf1/t31.0-8/11134149_804325699634395_3382866498019703739_o.jpg)
(https://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/t31.0-8/11136091_804326036301028_2817312335531539711_o.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfp1/t31.0-8/11157576_804326042967694_9148596845909799811_o.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xtp1/t31.0-8/11160649_804326072967691_3765236885705444488_o.jpg)
(https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xtp1/t31.0-8/11110380_804326079634357_4700275542184458266_o.jpg)
(https://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/t31.0-8/11000913_804326196301012_3641199926849670352_o.jpg)

Fonte: www.facebook.com/cmscdao?pnref=story (http://www.facebook.com/cmscdao?pnref=story)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Abril 18, 2015, 03:11:21 pm
Diz que a casa começa-se pelas fundações e uma dessas fundações no exercito são os seus veículos tacticos, como os camiões de transporte e esses na minha opinião já estão na hora de serem mudados.

por este Renault Kerax 410

(http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/03/Renault_Kerax_410.jpg)

ou este da mercedes

(http://www.mercedes-benz.co.za/content/media_library/south_africa/mpc/trucks_ng/Military_Vehicles/Military_Vehicles_Pic17_12_2010_jpg.object-Single-MEDIA.tmp/Military_Vehicles_Pic17_12_2010.jpg)

ou este que foi utilizado por nós no afeganistão

(http://www.armyrecognition.com/Amerique_du_nord/Etats_Unis/vehicules_a_roues/Truck_with_armour_upgrade/Trcuk_US-Army_with_armour_upgrade_001.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Abril 21, 2015, 02:52:45 pm
Citar
Revelação foi feita pelo embaixador dos EUA que é representante adjunto do presidente Barack Obama para a coligação internacional. Portugal decidiu em dezembro, mas mantinha a operação em segredo.
Os portugueses sabiam desde dezembro que o país iria apoiar a coligação internacional que vai combater o chamado Estado Islâmico. Mas não como, quando, onde, com quem e por quanto tempo. Descobriram agora, numa entrevista dada em Lisboa pelo representante adjunto do presidente Barack Obama para a coligação internacional contra o chamado Estado Islâmico.
Segundo o embaixador Brett McGurk, numa entrevista que a RTP1 divulgou parcialmente na passada quinta-feira, "a iniciativa de treino em que Portugal vai participar é muito importante porque as forças de segurança iraquianas entraram em colapso no verão passado".
Ora o Conselho Superiro de Defesa Nacional (CSDN), de acordo com o comunicado da reunião de dezembro passado, apenas "analisou e deu parecer favorável [...] à possibilidade de participação na coligação multilateral no Iraque, no quadro da formação e treino militar".
Na reunião seguinte, a 12 de março, o CSDN comunicou que "deu parecer favorável às seguintes propostas do Governo: participação de oito militares, durante um ano, na operação da UE na República Centro Africana, para apoio às autoridades deste país nos setores da segurança e da gestão das suas forças armadas; participação adicional de um navio Patrulha Oceânico, no âmbito da missão no Golfo da Guiné, aprovada na anterior sessão do Conselho."
Nada sobre a missão em concreto para o Iraque e com quantos militares. Acresce que também não consta da agenda da reunião de quarta-feira do CSDN, segundo diferentes fontes ouvidas pelo DN.
Segundo os dados obtidos pelo DN, há "30 militares do Exército" prontos a ir para o Iraque, por um período inicial de seis meses e para ficarem aquartelados na área de Bagdade. A sua segurança e dos militares dos outros países está a cargo dos EUA e da Espanha, as nações que lideram o grupo onde Portugal se integra.
Os militares aguardam apenas as autorizações de sobrevoo dos países em rota para partir, em princípio numa aeronave militar C-295 da Força Aérea - o que significa que as Forças Armadas receberam instruções para avançar do Governo e que este teve luz verde do CSDN e do Comandante Supremo das Forças Armadas, Cavaco Silva.
Recorde-se que o CSDN reúne esta quarta-feira para autorizar o envio de caças F-16 para uma missão da NATO na Roménia, anunciada pelas autoridades de Bucareste uma semana antes da reunião de março do Conselho - quando o Presidente da República ainda desconhecia a sua realização e qual a composição dessa nova força nacional destacada, o que originou um enorme mal-estar entre Belém e São Bento.
O DN não obteve até agora respostas da Presidência da República nem do Ministério da Defesa sobre a posição do CSDN em relação a esta missão do Iraque.
"Acho muito estranho que essa missão não seja divulgada. É inédito, porque o CSDN divulga sempre" o envio das missões militares para o estrangeiro, comentou ao DN o tenente-coronel paraquedista Miguel Machado, autor do site Operacional, especializado em matérias de Defesa.
"Deve haver uma atitude de transparência e a população tem de ser informada sobre o que as Forças Armadas fazem. Aqui não parece haver questões de segurança, pois é uma missão igual a tantas outras e onde todos os países que participam têm divulgado", observou Miguel Machado.
O apoio de Portugal à coligação internacional, que o embaixador norte-americano Brett McGurk disse já envolver mais de 60 países, foi assumido pelo governo no verão passado. Estando por analisar e decidir os termos dessa participação, foi afastada a possibilidade de envolvimento dos militares portugueses em operações de combate.

dn.pt
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Abril 21, 2015, 03:32:21 pm
CEMGFA:

Contingente de 30 militares que vai dar apoio e treino às forças iraquianas num complexo espanhol em Bagdad.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Menacho em Abril 21, 2015, 08:58:11 pm
Citação de: "Alvalade"
CEMGFA:

Contingente de 30 militares que vai dar apoio e treino às forças iraquianas num complexo espanhol em Bagdad.


ASI ES LA BASE ESPAÑOLA GRAN CAPITAN.

Citar
El trabajo continuado, desde hace dos meses, de los setenta efectivos de Ingenieros, de la Unidad de Apoyo al Despliegue en Iraq, está dando su fruto y, sobreponiéndose a las dificultades que conlleva la ejecución de un proyecto de esta envergadura tan lejos de España, la Base Gran Capitán ya empieza a ser una realidad.

Planificada sobre una superficie de unos 45.000 metros cuadrados, la Base ha sido diseñada para albergar a unas 450 personas, con una infraestructura final que ha de cumplir todos los requisitos de seguridad, vida y trabajo, para el cumplimiento de la misión.

(http://www.emad.mde.es/MOPS/novoperaciones/multimedia/fotos_OPS/2015/04/150414-base-gran-capitan-01.JPG)

Localizada en las proximidades de la localidad iraquí de Besmayah, a unos 60 kilómetros al sur de Bagdad y situada en el interior de una importante zona de adiestramiento militar, diseñada en su momento por militares estadounidenses, la Base Gran Capitán se encuentra contigua a una base militar iraquí, en las cercanías del área de vida y adiestramiento del personal a instruir, y a no mucha distancia de la base americana, Fob Hammer... En principio la base española está situada en una “zona segura” en la que, para acceder a ella, hay que superar un gran número de controles, “check point”, y vigilancias de zona, cuyo propósito es el de disuadir, detectar y dificultar, en lo posible, la infiltración y el avance hasta el área de habitabilidad de cualquier elemento hostil.

No obstante y aun disfrutando de una situación de normalidad, teniendo en cuenta el escenario en el que viven y trabajan los soldados españoles, la construcción de instalaciones de seguridad y protección del personal, han ocupado el 85% del tiempo de trabajo del equipo de Ingenieros y de los recursos invertidos hasta el momento. Entre esas medidas destaca la demarcación de todo el perímetro de las instalaciones españolas con los famosos “T walls”, unos bloques de hormigón con una base en forma de “T” y que, colocados en vertical, miden casi cuatro metros de altura… A esto hay que añadir la instalación de torres de vigilancia, también de hormigón, distribuidas por todo el contorno.

También, en el interior del recinto, los “T walls” delimitan las diferentes zonas y compartimentan los espacios dando protección a cada edificio, construcción o habitáculo de campaña… Además, repartidos por toda la Base, los refugios para personal, fabricados con hormigón armado, y planificados para aguantar un eventual ataque con granadas o morteros, completan las instalaciones destinadas a proporcionar seguridad a los soldados españoles.

(http://www.emad.mde.es/MOPS/novoperaciones/multimedia/fotos_OPS/2015/04/150414-base-gran-capitan-02.JPG)

En palabras del teniente coronel César De Cea, Jefe de la Unidad de Apoyo al Despliegue y, por ello, responsable del equipo de Ingenieros que está llevando a cabo el esfuerzo principal en la construcción y el acondicionamiento de la Base, “después de dos meses de duro trabajo, las instalaciones están ahora mismo a casi un cuarenta por ciento y calculamos que nuestra tarea podría estar concluida dentro de otros tres meses”…

Aunque de momento ha primado la seguridad sobre todo lo demás, lo cierto es que el proyecto urbanístico de la Base recoge varias zonas claramente diferenciadas, como son la de mando y control, seguridad, vida y servicios… Un área logística que incluye zonas de abastecimiento y mantenimiento… Una zona de alimentación… Y un área de recreo que incluiría, entre otras instalaciones, un gimnasio, un locutorio de internet, una tienda, una biblioteca y un bar/cafetería…

Entre las muchas dificultades que ha habido que ir salvando durante estos dos meses, el tcol. De Cea destaca la escasez de materiales disponibles en zona y lo problemático que resulta conseguir lo necesario, con los parámetros de calidad exigibles, en cada momento.

Debido a las condiciones de calor extremo en donde se ubica la Base, una zona predesértica muy árida, el tcol. De Cea considera como el factor de planeamiento más importante, el de asegurar el adecuado suministro de energía eléctrica que permita atender holgadamente, entre otras necesidades, la climatización de todas las áreas y zonas de la Base. En principio esta necesidad quedará cubierta mediante la instalación y puesta en marcha de ocho potentes generadores. Además, para garantizar las condiciones de salubridad del agua que se destine a uso sanitario, la Base dispondrá en breve de una planta potabilizadora propia.

Comparada con otras bases españolas en el exterior, se podría decir que la Base Gran Capitán es de las más pequeñas en cuanto a la proporción entre personal que la habita y extensión de terreno disponible… Puede que, precisamente, ese sea su mayor inconveniente. Además de los soldados españoles allí desplegados, cuyo número ronda los trescientos, también allí, dentro de poco tiempo, deberán de alojarse unos cincuenta soldados estadounidenses y otros cuarenta soldados portugueses… Pero para contrarrestar su mayor inconveniente, el teniente coronel De Cea destaca, a su juicio, la mayor virtud de la Base: “Es una base muy funcional, construida con un coste mínimo y máximo aprovechamiento del espacio”.

La Unidad de Apoyo al Despliegue

El principal activo de esta Unidad es la polivalencia y calidad profesional de su personal. Formada sobre la base del Regimiento de Especialidades de Ingenieros nº 11 de Salamanca (de hecho 67 de sus 70 componentes proceden de esta Unidad), el personal que la integra atesora una dilatada experiencia en misiones internacionales, habiendo desplegado en todas las que ha participado España en los últimos veinte años. En la Unidad ahora desplegada en Iraq, hay miembros que acumulan hasta diez misiones internacionales.

En cuanto a capacidades, la Unidad puede redactar y controlar los proyectos de obra, incluyendo el control de trabajos y dirección técnica de empresas y trabajadores civiles, y también, la ejecución de trabajos de construcción, instalaciones de fontanería y saneamiento, o instalaciones eléctricas.

(http://www.emad.mde.es/MOPS/novoperaciones/multimedia/fotos_OPS/2015/04/150414-base-gran-capitan-03.JPG)

Fuente:emad.mde.es


Sean bemvidos... :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Abril 25, 2015, 02:03:04 pm
(http://i.imgur.com/NxAbVmU.jpg)

Citar
Lithuanian Defense Minister Juozas Olekas (4th R) talks with soldiers participating in the "Flaming Thunder 2015" international artillery drill in Pabrade, Lithuania, on April 22, 2015.
The two-week long "Flaming Thunder 2015" international artillery drill kicked off on April 13, attracting Lithuania, the United States, Portugal and Poland. (Xinhua/Alfredas Pliadis)

 :arrow: http://www.militaryphotos.net/forums/sh ... ost7634800 (http://www.militaryphotos.net/forums/showthread.php?245806-This-Weeks-Photos-19-25-April-2015&p=7634800&viewfull=1#post7634800)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Abril 25, 2015, 06:02:32 pm
Descobri um vídeo:


A bela V-600 a partir dos 1:25.
 :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: diogo13350 em Maio 01, 2015, 04:46:55 pm
onde estão os MILAN  não percebi?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Pedro Monteiro em Maio 01, 2015, 07:18:21 pm
Citação de: "diogo13350"
onde estão os MILAN  não percebi?

São transportados a bordo dos ICV-RCWS. Cumprimentos. Pedro Monteiro
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 06, 2015, 05:00:42 pm
Militares que vão combater grupo Estado Islâmico partem na quarta-feira para o Iraque


 :arrow: http://www.sapo.pt/noticias/militares-q ... 972d5e7c7a (http://www.sapo.pt/noticias/militares-que-vao-combater-grupo-estado_5548ea6cebbfc1972d5e7c7a)
Citar
Os 30 militares do Exército que vão para o Iraque colaborar no combate ao movimento extremista Estado Islâmico (EI) partem na quarta-feira do aeródromo de Figo Maduro, anunciou hoje o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).


Partiam... Fica para amanhã à mesma hora.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Maio 06, 2015, 10:30:26 pm
Citar
Os trinta operacionais, entre oficiais, sargentos e praças, partiram hoje.

O Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) admitiu hoje riscos na operação que trinta militares do Exército português vão desempenhar no Iraque, colaborando no combate ao movimento extremista Estado Islâmico (EI), mas assumiu confiança no desempenho.

"Não há nenhuma missão militar isenta de riscos. Basta olhar para o ambiente que se vive naquela região e naturalmente que é uma missão de risco", disse o general Pina Monteiro, questionado pela Lusa, em Luanda, à margem da reunião das chefias militares dos países lusófonos.

Os trinta operacionais, entre oficiais, sargentos e praças, partiram hoje de Portugal e a missão do contingente nacional, de formação, insere-se na coligação internacional de combate ao EI, tendo uma "duração prevista de um ano", segundo informação do Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).

"Para eles, a mensagem é de que acredito neles, na sua capacidade, na sua competência, e vão com certeza honrar o nome de Portugal e das Forças Armadas Portuguesas", sublinhou o general Pina Monteiro.

Os militares portugueses irão apoiar a formação e treino das forças armadas iraquianas, em conjunto com uma força de Espanha.

"É naturalmente uma missão arriscada, como muitas outras, mas em função disso é que vão militares e não vão outros cidadãos, que não usam uniforme", enfatizou o Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas.

"O risco está acautelado, o risco está ponderado e vão trabalhar em condições que à partida oferecem as condições para cumprirem a sua missão", concluiu o general Pina Monteiro.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português Rui Machete confirmou no passado dia 21 de abril esta operação, mas a decisão sobre o envio de militares portugueses para o Iraque foi tomada na reunião de 16 de dezembro de 2014 do Conselho Superior de Defesa Nacional.

http://www.dn.pt/politica/interior.aspx?content_id=4552463&page=-1
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 08, 2015, 04:30:20 pm
Besmayah. Conheça a base iraquiana para onde seguiram 30 militares portugueses

 Numa zona semidesértica próxima de Bagdade, os espanhóis estão a construir uma base que também serve de abrigo aos 30 militares do Exército que seguiram esta semana para o Iraque.

Carlos Abreu

Pó e calor. Muito. Mesmo muito. Foi isto que os 30 militares do Exército que seguiram esta quinta-feira para Bagdade tinham à sua espera. A base onde ajudarão a formar, durante um ano, os operacionais iraquianos que hão de combater o autodenominado Estado Islâmico (Daesh), fica situada numa zona semidesértica, junto à localidade de Besmayah, a sueste da capital, Bagdade. Temperatura máxima prevista para esta sexta-feira: 40 graus Celsius. E não há sombras para ninguém.

Para além do pó e do calor, os portugueses também tinham à sua espera os militares espanhóis. Desde finais de janeiro que por aqui estão a construir, numa área equivalente a 4,5 campos de futebol, as instalações com capacidade para acolher, em segurança e com o conforto possível, 450 homens e mulheres.

Em bom rigor, a base espanhola fica no interior de um vasto centro de instrução militar, concebido pelos militares norte-americanos durante a Guerra do Iraque (2003-2011). Nas proximidades situa-se o quartel que abriga os instruendos iraquianos. Os americanos também estão de volta e a sua base, Fob Hammer, não fica longe.

A primeira unidade iraquiana, a Brigada 75 do Exército, concluiu as seis semanas de instrução, ministrada por americanos e espanhóis, a 5 de março. Nove dias depois, a 14, um sábado, entraram em cena, durante sete semanas, 1200 homens da Brigada 92. Até ao verão, os 208 legionários do Exército espanhol em Besmayah, apoiados pelos 30 portugueses, deverão instruir 5000 soldados iraquianos, revela o site “The Diplomat in Spain”, fazendo eco dos planos do Ministério da Defesa em Madrid.

Para chegar até à base espanhola, informa o Estado-Maior-General das Forças Armadas do país vizinho, “é preciso transpor um grande número de postos de controlo que pretendem dissuadir, detetar e dificultar, na medida do possível, a infiltração e o avanço até estas zonas de qualquer elemento hostil”.

Na quarta-feira, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas reconheceu que os portugueses estariam em risco. “É naturalmente uma missão arriscada, como muitas outras, mas em função disso é que vão militares e não vão outros cidadãos, que não usam uniforme”, disse à Lusa, em Luanda, o general Pina Monteiro. "O risco está acautelado, o risco está ponderado e vão trabalhar em condições que à partida permitem cumprir a sua missão", concluiu. Mas voltemos a Besmayah.
Betão e mais betão, à prova de morteiros e granadas

Durante os primeiros dois meses de construção, os aspetos relativos à segurança ocuparam cerca de 85% do tempo de trabalho dos cerca de 70 militares do Regimento de Engenharia n.º 11, de Salamanca. O perímetro começou a ser delimitado com os conhecidos “T walls” – blocos de betão em forma de “T” que colocados na vertical medem quatro metros de altura. Para vigiar e prevenir eventuais ataques do exterior foram erigidas, em betão, claro, várias torres de vigia.

No interior do recinto, também foram utilizadas “T walls” para proteger diferentes zonas, aumentado a segurança dos edifícios, tendas de campanha ou equipamentos aí instalados. Por toda a base, foram ainda construídos diversos abrigos, também em betão, à prova de morteiros e granadas, informa o Estado-Maior-General espanhol.

Em meados de abril, o tenente-coronel César de Cea, comandante da Unidade de Apoio ao Destacamento e principal responsável pelos militares do Regimento de Engenharia n.º 11, esclarecia que apesar das dificuldades sentidas para encontrar alguns materiais de construção 45% o projeto estava feito e que para concluí-lo precisaria de mais três meses. Tempo para pôr de pé as zonas de abastecimento, manutenção, alimentação e uma área de recreio com um ginásio, um ponto de acesso à internet, uma loja, uma biblioteca e uma cafetaria.

Produzir energia elétrica para alimentar e climatizar as diversas instalações e água potável para beber e cozinhar eram, nessa altura, as maiores preocupações do tenente-coronel César de Cea. Oito potentes geradores deveriam produzir a energia necessária para alimentar os aparelhos de ar condicionado e uma unidade purificadora de água garantiria a segurança do precioso líquido.

Num vídeo divulgado no YouTube há cerca de um mês, onde é possível ver os norte-americanos e espanhóis a treinarem os homens da Brigada 92, os militares iraquianos entoam, a certa altura, um cântico do Real Madrid. Sendo pública e notória a capacidade de bom relacionamento dos militares portugueses além-fronteiras, é bem provável que os nossos militares ponham também os seus instruendos a cantar: "SLB, SLB... glorioso SLB."

 :twisted:  :mrgreen:

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Maio 08, 2015, 10:17:41 pm
Mas querem treinar os militares ou fazê-los desertar para o estado islâmico ? Existem limites para o mau gosto
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Maio 20, 2015, 07:17:45 pm
Contingente português no Iraque identificado como "Secção Viriato"

(http://www.dn.pt/storage/DN/2015/big/ng4254796.jpg?type=big&pos=0)

A bandeira portuguesa levada pela Força Nacional Destacada (FND) para o Iraque foi içada domingo na base "Grande Capitão", nos arredores de Bagdade, informou o Estado-Maior de Defesa de Espanha (EMDE).

A informação publicada terça-feira pelo EMDE - equivalente ao Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA) português - e divulgada esta quarta-feira, pelo site Operacional, indica que o contingente nacional "já é conhecido como 'a Seção Viriato'". Viriato foi um chefe lusitano que tanto os portugueses - com um monumento em Viseu - como os espanhóis, que lhe erigiram uma estátua em Zamora, reivindicam como seu.

"A integração do contingente português, que já é conhecido como 'a Seção Viriato', ocorreu domingo com um ato solene de Homenagem aos Mortos onde se incluíu a cerimónia do içar da bandeira nacional de Portugal que, desde esse momento, ondeia junto às da Espanha e do Iraque na Base Grande Capitão", indica a notícia do EMDE. A missão portuguesa, de um ano, deixou Lisboa no passado dia 7 para integrar a coligação internacional que está a combater os terroristas do Estado Islâmico no Iraque e na Síria.

A FND portuguesa é constituída por 30 militares do Exército sob o comando do major comando Paulo Lourenço e vão dar formação e treino às Forças Armadas do Iraque nas instalações de Besmayah, no interior das quais foi construída a base espanhola "Grande Capitão". O contingente integra 20 comandos, cinco paraquedistas, dois artilheiros, dois militares de operações especiais e um de cavalaria.

DN
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Maio 20, 2015, 07:26:16 pm
Preparem-se o BE vai entrar em acção
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 21, 2015, 05:09:01 pm
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/v/t1.0-9/11216576_973172199384352_3014221958276848890_n.jpg?oh=43a88c8d212b74a94ab517af95e24647&oe=55C17540)
(https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xtf1/v/t1.0-9/11113243_973173212717584_776521919500249316_n.jpg?oh=99eea397fed7a71bcac3b796757ae49e&oe=55CF17E3&__gda__=1442361121_41635b92ad1f21793fabc27826378b41)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Maio 27, 2015, 11:56:36 pm
Citação de: "HSMW"
(http://i.imgur.com/NxAbVmU.jpg)

Citar
Lithuanian Defense Minister Juozas Olekas (4th R) talks with soldiers participating in the "Flaming Thunder 2015" international artillery drill in Pabrade, Lithuania, on April 22, 2015.
The two-week long "Flaming Thunder 2015" international artillery drill kicked off on April 13, attracting Lithuania, the United States, Portugal and Poland. (Xinhua/Alfredas Pliadis)

Ao fim de tanto tempo não há mesmo imagens nenhumas do exercicio?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 29, 2015, 03:01:58 pm
Orion 15

http://www.exercito.pt/Noticias/Publish ... 81gua.ppsx (http://www.exercito.pt/Noticias/PublishingImages/2015/05.%20Maio/Transposi%C3%A7%C3%A3o%20Curso%20%C3%81gua.ppsx)

http://www.exercito.pt/Noticias/Publish ... C-FRI.ppsx (http://www.exercito.pt/Noticias/PublishingImages/2015/05.%20Maio/Proje%C3%A7%C3%A3o%20For%C3%A7a%20LCC-FRI.ppsx)

http://www.exercito.pt/Noticias/Publish ... entes.ppsx (http://www.exercito.pt/Noticias/PublishingImages/2015/05.%20Maio/Opera%C3%A7%C3%A3o%20de%20Evacua%C3%A7%C3%A3o%20de%20N%C3%A3o%20Combatentes.ppsx)

http://www.exercito.pt/Noticias/Publish ... onais.ppsx (http://www.exercito.pt/Noticias/PublishingImages/2015/05.%20Maio/Proje%C3%A7%C3%A3o%20da%20For%C3%A7a%20e%20Evacua%C3%A7%C3%A3o%20de%20Cidad%C3%A3os%20Nacionais.ppsx)

http://www.exercito.pt/Noticias/Publish ... rcito.ppsx (http://www.exercito.pt/Noticias/PublishingImages/2015/05.%20Maio/Agrupamento%20Sanit%C3%A1rio%20e%20Hospital%20de%20Campanha%20do%20Ex%C3%A9rcito.ppsx)

O ORION 15 é um exercício Sectorial de nível Exército, que tem como finalidade de avaliar e certificar capacidades da Componente Operacional do Sistema de Forças na resposta a um espectro abrangente das operações terrestres, nomeadamente, em Operações de intervenção limitada, de resposta a crises e  de alta intensidade.

No período de 17 de maio a 05 de junho, encontram-se a decorrer as operações planeadas através do emprego tático das Forças constituídas, culminando com a realização do DVD a 04 de junho, designado de Demonstração de Capacidades - execução de fogos reais.

O emprego de forças no terreno, cerca de 3000 militares, incluindo a colaboração de elementos da Marinha e Força Aérea,  utiliza um cenário desenvolvido pela NATO, viabilizando que a Força de Reação Imediata e Elementos de Operações Especiais, o Batalhão PANDUR/NRF 16, e a Brigada Mecanizada, concretizem, respetivamente: a evacuação de cidadãos nacionais, a criação de condições para a existência de um ambiente seguro para a intervenção da ajuda humanitária, e a reposição das fronteiras de um país fictício.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Junho 03, 2015, 04:58:13 pm
Militares portugueses no Iraque fecharam contas no Facebook por causa de ameaças do EI


O cenário real é diferente dos que ensaiaram durante os treinos em Portugal, mas os militares do Exército Português em missão no Iraque estão a gerir bem as restrições. A maior, segundo soube o Observador junto de uma fonte no local, prende-se com a comunicação com o exterior. Os militares foram aconselhados a não colocar fotografias da família e do local da missão nas redes sociais. Isto porque houve um militar (estrangeiro) cuja família foi ameaçada por terroristas do Estado Islâmico. O militar em causa acabou por, em pânico, pedir para abandonar a operação.

“Não nos deram ordens para apagar as fotografias, mas avisaram-nos do que tinha acontecido e muitos militares optaram por apagar as suas contas no Facebook”, disse um dos 400 militares instalados nos arredores de Bagdad, a capital iraquiana. Entre os 400, há 30 portugueses sob comando do Ministério da Defesa Espanhol.

Foi comunicado às tropas o caso de um militar, não português, cuja família tinha sido “descoberta”, através do Facebook, por operacionais do Estado Islâmico. E que começaram a chover ameaças. O militar terá entrado em pânico em pleno teatro de operações e pediu para ser retirado. Não suportava pensar que podia acontecer alguma coisa à sua família.

Os operacionais agora no terreno, entre eles 30 portugueses — cuja ajuda foi solicitada pelo governo espanhol — foram informados do episódio. E muitos decidiram fechar as SUAS CONTAS nas redes sociais. Por outro lado, mesmo as fotografias retiradas no local não podem ser colocadas em redes sociais nem divulgadas. Quando muito, os militares podem guardá-las durante os seis meses de missão e, depois, como recordação. As comunicações para o exterior são limitadas e controladas pelas autoridades espanholas. Ninguém pode correr riscos com informação que possa ir parar nas mãos dos inimigos. “O Estado Islâmico está muito avançado ao nível da guerra eletrónica”, revela a mesma fonte.

Os militares espanhóis e portugueses não estão no terreno para combater os terroristas. Mas estão em Besmayah para ensinar as suas técnicas às tropas iraquianas, que têm combatido lado a lado com soldados americanos contra as investidas dos operacionais do Estado Islâmico.

Todos os dias os militares começam a preparar a instrução pelas 2h00 em Portugal (4h00 no Iraque). Começam a instrução às 6h00 e terminam pelas 13h00 para fintar as altas temperaturas que se fazem sentir no local. “Hoje estiveram 42 graus, foi o dia mais fresco desde que chegámos”, disse a fonte ao Observador. Todos os dias fazem percursos diferentes. Não podem correr o risco de cair na rotina.

Além do calor, o pó. “Estamos no deserto, há muito pó no ar. É tudo planície e numa semana apanhámos duas ou três tempestades de areia. Os únicos seres vivos que vemos são algumas carochas que por aqui passam”, ironiza a fonte. Apesar de se encontrarem nos arredores da capital, o aquartelamento está no deserto.

Os militares começaram por estar instalados em tendas, mas agora estão a ser transferidos para outras instalações. Ainda assim, mesmo nas tendas, consideram ter condições. “Há ar condicionado e comemos muito bem.” Os portugueses garantem ser “bem tratados” pelos espanhóis e mesmo na instrução estão a ter um bom feedback por parte dos iraquianos, com quem comunicam através de intérpretes.

“Pensamos sempre  no pior cenário e este consegue ser ainda pior. Mas foi por causa de missões destas que escolhemos vir para o Exército e é para isso que treinamos”, disse uma fonte.

O governo português quase não tem dado informações sobre a missão destes militares. O Ministério da Defesa espanhol divulgou esta semana algumas fotografias e informações sobre a missão.

Observador
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 05, 2015, 05:19:56 pm
ENGENHARIA MILITAR TESTA CAPACIDADES

A transposição de obstáculos naturais ou construídos pelo homem é uma das capacidades da Engenharia Militar, quer no campo de batalha naquilo que se designa por “Apoio de Combate”, quer no apoio a entidades civis, usualmente em situação de emergência grave e a pedido da Autoridade Nacional de Protecção Civil. O “Orion 15″ está em curso, terá influência em dois grandes exercícios multinacionais que se realizarão em Portugal, e será objecto de trabalho mais desenvolvido no “Operacional”. Aqui fica um aspecto sectorial mas importante, um teste às capacidades da Engenharia Militar do Exército Português.

http://www.operacional.pt/engenharia-mi ... pacidades/ (http://www.operacional.pt/engenharia-militar-testa-capacidades/)

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2015/06/17-Orion-Almourol-DSC_9651-copy.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 09, 2015, 10:37:13 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 09, 2015, 10:51:14 pm
EXÉRCITO PREPARA-SE PARA GRANDES EXERCÍCIOS MULTINACIONAIS

Brigada Mecanizada, 04 de Junho de 2015, o Exército Português terminou o “Orion 15” com um exercício de fogo real em que empregou, pela primeira vez em conjunto treinando combate de alta intensidade, carros de combate Leopard e viaturas blindadas de rodas Pandur II, apoiados por artilharia, morteiros pesados e aviões F-16 da Força Aérea. Esta demonstração, que infelizmente passou despercebida ao todo nacional, foi no entanto a “ponta do iceberg”! O Operacional esteve em Santa Margarida e explica porquê?

http://www.operacional.pt/exercito-prep ... nacionais/ (http://www.operacional.pt/exercito-prepara-se-para-grandes-exercicios-multinacionais/)

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2015/06/1-Orion-15-DSC_0202-copy.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Junho 11, 2015, 10:15:00 am
Orion 2015

https://vimeo.com/channels/605852/130381305

<iframe src="https://player.vimeo.com/video/130381305" width="500" height="281" frameborder="0" webkitallowfullscreen mozallowfullscreen allowfullscreen></iframe> <p><a href="Not a valid vimeo URL">Ex&eacute;rcito Portugu&ecirc;s - Orion 2015</a> from <a href="https://vimeo.com/user5831944">bryanferreira</a> on <a href="https://vimeo.com">Vimeo</a>.</p>
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: antoninho em Junho 11, 2015, 02:22:42 pm
Excelente reportagem fotográfica.
Só um aparte, no inicio está um erro...... "Portuges". Se for erro meu mil desculpas...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 11, 2015, 05:23:52 pm
Citação de: "Lightning"
(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2015/06/17-Orion-Almourol-DSC_9651-copy.jpg)

Estas pontes conseguem transportar um carro de combate Leopard? Andei a procurar e não encontrei nada de concreto sobre a capacidade delas.
O mais parecido que encontrei foi esta imagem de um exercicio na Coreia do Sul.

(http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/2c/US_Navy_051105-M-5426L-004_Republic_of_Korea_American_and_Korean_Improved_Ribbon_Bridge_rafts%2C_carrying_tanks%2C_cross_the_Yam_Ha_river.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Junho 11, 2015, 11:27:29 pm
Citação de: "antoninho"
Excelente reportagem fotográfica.
Só um aparte, no inicio está um erro...... "Portuges". Se for erro meu mil desculpas...

Foi engano nosso. Nem reparamos. Obrigado
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 12, 2015, 01:57:10 pm
VÍDEO-REPORTAGEM: TRANSPOSIÇÃO DO RIO TEJO DURANTE EXERCÍCIO “ORION 15”

O Operacional foi assistir no passado dia 30 de Maio, junto ao Castelo de Almourol, à operação de transposição do Rio Tejo que parte das forças empenhadas no exercício “Orion 15″ executou para prosseguir a sua missão. Aqui fica a vídeo-reportagem.

http://www.operacional.pt/video-reporta ... -orion-15/ (http://www.operacional.pt/video-reportagem-transposicao-do-rio-tejo-durante-exercicio-orion-15/)

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Junho 12, 2015, 07:52:38 pm
Não sei se já passaram por aqui

Parte (1/2)

(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtp1/v/t1.0-9/p180x540/11215051_920238408019024_2968658598810029839_n.jpg?oh=0858cbcb5674ea327d8842993bd4aa87&oe=560080D2)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xap1/v/t1.0-9/p180x540/11050209_920238404685691_1357234112110832610_n.jpg?oh=015b23a0bfab22e08f3470bd8749c7f1&oe=562D29B1)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/p180x540/11168589_920238508019014_351783627966335414_n.jpg?oh=e713fe382bc95240228cf9cffe6fdb2c&oe=55EFF5D9)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpt1/v/t1.0-9/q83/p180x540/10983211_921195824589949_1810781872339593022_n.jpg?oh=f935478b3f0e50c5e53609231c0b794e&oe=562B76F9)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtf1/v/t1.0-9/p180x540/11351395_921195801256618_4696499318344791671_n.jpg?oh=7a6f1735b7a9e24ca95ca779b6c89b3c&oe=55EA8BC7)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtf1/v/t1.0-9/p180x540/11350569_921195797923285_3902848467986642251_n.jpg?oh=ad557b20d1131dd316c84b3bcdbdc25f&oe=55FED76E)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/s720x720/22196_921196267923238_3729466724898678425_n.jpg?oh=3b8a0b3aa0ccd5feef20d2df32e12eff&oe=55EC5DBE)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/s720x720/10730960_921196271256571_6115288005617444133_n.jpg?oh=9ee4d4db014d8b9fd9261810ddd182d4&oe=562AC328)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xaf1/v/t1.0-9/s720x720/11391564_933323426710522_5684207257833353148_n.jpg?oh=5ae34f0e39ec4d8a3c2378bd14f0d6fe&oe=55FBAF4A)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/q84/p180x540/11267854_924048420971356_2217311555474165842_n.jpg?oh=de625d677d120a7462679f3d4ca3c42a&oe=5601CF6D)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/p180x540/11013212_924048417638023_8615389641563563701_n.jpg?oh=dade72250c60b5fdc76fc161a98c7e37&oe=563160B8)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfa1/v/t1.0-9/p180x540/11351133_924048424304689_7902456020043453779_n.jpg?oh=2df5990b03b97650847ebf2229d9c302&oe=55FD4008)

https://www.facebook.com/pages/Mechanizuotoji-p%C4%97stinink%C5%B3-brigada-Gele%C5%BEinis-Vilkas/455149464527923
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Junho 12, 2015, 07:55:52 pm
Parte (2/2)

(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/s720x720/10458858_923665184343013_3781477411692888881_n.jpg?oh=65e4e00888dea4df496221923ab1acc4&oe=55FA59D3)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/s720x720/11295773_923665181009680_8221181747816506959_n.jpg?oh=fc3531e335c30a96e6be7dbff3fb7bc7&oe=562DC0EC)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xap1/v/t1.0-9/s720x720/10982404_923665187676346_220312235142520718_n.jpg?oh=0bfd1f3558a91f4f9b33407dafbdd605&oe=562A2C4C)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/s720x720/11071048_923665244343007_1798095777510410936_n.jpg?oh=ef6a121b30441b55077e41138e96ad16&oe=55EF92DB)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xta1/v/t1.0-9/s720x720/11074131_923665234343008_3682391405228294181_n.jpg?oh=5e121b0c0d4eb25b0dab87085a3d0f29&oe=55FCEF9F)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xap1/v/t1.0-9/s720x720/11038725_923665237676341_1290920162444024128_n.jpg?oh=75fbd2f794077387114fa89b296d851b&oe=55E8BC3D)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfa1/v/t1.0-9/s720x720/11350537_923665307676334_2715278579513965415_n.jpg?oh=109d15af2bbc0b18d7c4a83b4ab1db9a&oe=55EE1572)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xft1/v/t1.0-9/s720x720/14673_912447992131399_2303448428134378014_n.jpg?oh=9637f7f766570fbcc71074ffb39f286c&oe=562D4D38)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xaf1/v/t1.0-9/s720x720/11209359_912448022131396_6539176882675275623_n.jpg?oh=37c911a80e0d2065abee2ef3cdf16d38&oe=55F30EDD)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xft1/v/t1.0-9/s720x720/11159452_912448015464730_1715485035313465755_n.jpg?oh=b71e103d6f8d59c6e960ec80ac25b503&oe=55FCAA23)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xta1/v/t1.0-9/s720x720/11193357_912448018798063_1933861722680959931_n.jpg?oh=ccb2569a9e86a7f6412072b0898b3514&oe=55F9F37F)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/v/t1.0-9/s720x720/11150932_912448065464725_3904642081606996915_n.jpg?oh=840b39a15416bec043b951893d9dbb72&oe=562BE12F)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/s720x720/11205552_912448215464710_3324604405229144673_n.jpg?oh=8f66ffe75f72a3daee0778089c9d2e18&oe=55F12453)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/p180x540/11159504_912448392131359_2893932655748272139_n.jpg?oh=5d1cb127679aa4e6dc8af7ea1bbea6fa&oe=55EA13A1)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xap1/v/t1.0-9/p180x540/11178269_912448202131378_6183569807044152107_n.jpg?oh=90015b0afe2076d9295454b748a46ed1&oe=5631BCAB)
(https://scontent-bru2-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/s720x720/11178338_912448258798039_6601004137268964048_n.jpg?oh=a7fb170069b83532f0173936ec693222&oe=55F14241)

https://www.facebook.com/pages/Mechanizuotoji-p%C4%97stinink%C5%B3-brigada-Gele%C5%BEinis-Vilkas/455149464527923
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Junho 13, 2015, 01:57:41 pm
Agora também no Youtube

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Junho 15, 2015, 03:46:18 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Junho 15, 2015, 04:21:44 pm
O amigo Miguel Machado está de parabéns por nos fazer chegar estas imagens em video.  :G-beer2:

Algo raríssimo nas FA deste país à beira mar.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Nuno Bento em Junho 16, 2015, 09:39:40 pm
https://www.facebook.com/USMCFEA/videos/1151327984882650/?fref=nf
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 17, 2015, 09:48:33 am
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtf1/v/t1.0-9/11407172_799969610120945_6572213803751162713_n.jpg?oh=d1cc113b2b282b3c4b3ca460c1722e8e&oe=56269ACA)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 18, 2015, 11:12:29 pm
RecceCoy na Lituânia

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtf1/v/t1.0-9/11391476_719254694850426_2974010182466039710_n.jpg?oh=5465c1d8c75d4c46f8316c8e29ce7511&oe=562FA655)
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xaf1/v/t1.0-9/11390027_719254721517090_2113700740284496831_n.jpg?oh=635b09c7e340e76956afe9041aa306e7&oe=5623D573)
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtp1/v/t1.0-9/7112_719254684850427_3649286299475918614_n.jpg?oh=caf667b95f8e87c70e1ab11c12467ca6&oe=55F6FE1F)
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtf1/v/t1.0-9/11391322_719254741517088_8940104400059786378_n.jpg?oh=f28ee789e20e9c74ad3e258915f62aa8&oe=55F204AA)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfa1/v/t1.0-9/11377347_719254774850418_5200427241273712654_n.jpg?oh=124ffc23720ad0431b01c6f2fd95cc69&oe=56225BF8)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/v/t1.0-9/10168104_719254758183753_8420433690030270012_n.jpg?oh=272475893a55c00769f998119755eecd&oe=55F2A3A1)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xaf1/v/t1.0-9/11168538_719254808183748_1585815772985860307_n.jpg?oh=4c57e53862ccb786af52d3efdbe66f60&oe=562EA94E)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/11391107_719254828183746_4573359800534817974_n.jpg?oh=8e0bbc377b5ca5d4f1641597c4b4b674&oe=5630BE1A)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 18, 2015, 11:31:56 pm
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/10537046_724054827703746_3947165086486912797_n.jpg?oh=aa7ed93e0fe64451c3856351373fb2e8&oe=562C8842)

Tenho de comentar esta foto, vê-se a cara de felicidade do pára-quedista americano por apanhar "boleia" na Pandur, já o livramos de uns km a pé todo carregado :mrgreen: .

(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpt1/v/t1.0-9/11141341_724054834370412_5579844098145155631_n.jpg?oh=9c731e8f1d58479e575bb69f91fc3abe&oe=55EB77D1)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/11406794_724054784370417_4859932753149662398_n.jpg?oh=d285bce8cd96d5e65c98095d5e3e53f1&oe=55F635F0)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/10156041_724054871037075_361149970908863822_n.jpg?oh=7d5244fb32d3488e9b961dc64f4a32e2&oe=562CDB72)
(https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xat1/v/t1.0-9/11537706_724054907703738_6006590981764468185_n.jpg?oh=1eac9faa5467e4c30df01bab28df865d&oe=562C3AA9&__gda__=1441195126_5b54dac16b350dce3b9da1844a0cf11a)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtf1/v/t1.0-9/11535682_724054994370396_7377845946304574230_n.jpg?oh=101466fd507556f257f36c781323bdca&oe=562F3E4E)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 18, 2015, 11:43:12 pm
E estes pensam e comentam uns para os outros:

Citação de: "Lightning"
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/11406794_724054784370417_4859932753149662398_n.jpg?oh=d285bce8cd96d5e65c98095d5e3e53f1&oe=55F635F0)

Vale mesmo só pela boleia porque se andassem de peito feito na .50 lá no  Iraq ou no A-Stan tal com andam aqui, estavam bem fo****!!!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 19, 2015, 12:12:44 am
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtp1/v/t1.0-9/10518682_720263444749551_2836979765970976068_n.jpg?oh=a731e652eb1d466be5322c6ebd032d17&oe=55F3E61F)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtf1/v/t1.0-9/11427233_720263478082881_8220873194050426528_n.jpg?oh=3cc71988e6e4fa1271c41b4f450ce1f3&oe=55ED0904)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xaf1/v/t1.0-9/11391253_720263454749550_8276781308233261334_n.jpg?oh=afb8582aed0972bfea8dcbedc1bc89b3&oe=56288FE1)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/1518642_720263554749540_2245271722317578957_n.jpg?oh=573f98e0992b9ab0be9f2bd60d137f1f&oe=563201D8)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xta1/v/t1.0-9/11391255_720263551416207_3546600791219708393_n.jpg?oh=3b5ab58783554d052908e35c3b71d540&oe=55F2C387)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/11403398_720263578082871_7672915475194763727_n.jpg?oh=077730bfb3507dcad28117de5e064510&oe=55F5D24A)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xft1/v/t1.0-9/11391357_720263654749530_8378686050861027525_n.jpg?oh=3f9dcb685d5a6924890fde9b106198fe&oe=56328C86)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xft1/v/t1.0-9/11391451_720263651416197_4570659458815670059_n.jpg?oh=d94aabb7efd3bdaa8d877b8b5c7c6603&oe=55EC348B)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtf1/v/t1.0-9/11391324_720263674749528_1209958617240519688_n.jpg?oh=c5b6567fc34a4f89be47542af594cd40&oe=55EEE1D5)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xta1/v/t1.0-9/11201920_720263751416187_8930429445387666797_n.jpg?oh=5758323576b244ebfee6962e15ac2368&oe=55F572E3)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xft1/v/t1.0-9/11350462_720263711416191_6492314719216129374_n.jpg?oh=4ab9c6546945634b9356878ca7fbbd20&oe=55F81D65)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfa1/v/t1.0-9/11392885_720263821416180_3133300401190684896_n.jpg?oh=51ad2ff15a4d5327233862e3d18471be&oe=56278DCA)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/10472632_720263774749518_8089441227207043526_n.jpg?oh=16c99e938e95be2ee2cd348f3363df98&oe=56316FE9)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xta1/v/t1.0-9/11391129_720263928082836_1452221950105988644_n.jpg?oh=5e2eee26c8f8d373589ece24b97b5d81&oe=55E8D66D)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/11391523_720263851416177_2887017343037634205_n.jpg?oh=002f984029bf67d1b716f7e46bf66444&oe=562DF0FB)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtf1/v/t1.0-9/11427218_720263951416167_7768789660968244590_n.jpg?oh=3e6166b1d350d6f9b2a58ad632ab3c3c&oe=55F3A684)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/v/t1.0-9/1545937_720263988082830_2165224144837648196_n.jpg?oh=8d7b31c1b6d03240769a65080519d5b0&oe=55F178F0)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/1939721_720264041416158_8438435596398801665_n.jpg?oh=2e2579cef0d0044be41f7395860c6805&oe=55F6D20A)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/10337748_720264074749488_8338318635052105634_n.jpg?oh=245f8edd0474075999e8d1d5414732ce&oe=55E7F742)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xaf1/v/t1.0-9/11401318_720264131416149_5710620630478913379_n.jpg?oh=b1ed4bb20abb616b61a74f9c86914c6d&oe=562A32A0)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfa1/v/t1.0-9/11391324_720264154749480_360551850855399843_n.jpg?oh=800b4031f1ccf9fd5a8aef32f3574885&oe=5633D744)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/11401478_720264191416143_8215822882538507122_n.jpg?oh=d6645332ecc931f28cee598b3b8a694b&oe=56249484)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xft1/v/t1.0-9/11390534_720264204749475_994422666165844237_n.jpg?oh=262864372b8aca40f7f6b6fa37165ea2&oe=56321772)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 19, 2015, 12:20:49 am
videos da recce coy

https://www.facebook.com/SausumosPajego ... 614539634/ (https://www.facebook.com/SausumosPajegos/videos/722362614539634/)

https://www.facebook.com/SausumosPajego ... 401339022/ (https://www.facebook.com/SausumosPajegos/videos/721035401339022/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 19, 2015, 12:24:04 am
Acho que por hoje chega, quem quiser que procure mais coisas da força portuguesa na Lituânia, pode-me ter escapado alguma coisa
https://www.facebook.com/SausumosPajegos (https://www.facebook.com/SausumosPajegos)

E o que é que os especialistas tem a dizer desta foto? :mrgreen:

(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xap1/v/t1.0-9/1544570_724055057703723_7395068803457229253_n.jpg?oh=ab8f59550d6b3aad72b22dfd69705edd&oe=55EF32FE)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 19, 2015, 12:30:57 am
Citação de: "HSMW"
E estes pensam e comentam uns para os outros:

Vale mesmo só pela boleia porque se andassem de peito feito na .50 lá no  Iraq ou no A-Stan tal com andam aqui, estavam bem fo****!!![/i]

É só explicar-lhes que não é ignorância, só que não há pilim para por torres RWS em todas as viaturas...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 19, 2015, 10:27:18 am
Citação de: "Lightning"
Acho que por hoje chega, quem quiser que procure mais coisas da força portuguesa na Lituânia, pode-me ter escapado alguma coisa
https://www.facebook.com/SausumosPajegos (https://www.facebook.com/SausumosPajegos)

E o que é que os especialistas tem a dizer desta foto? :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Junho 19, 2015, 11:16:52 am
Citação de: "Lightning"
Citação de: "HSMW"
E estes pensam e comentam uns para os outros:

Vale mesmo só pela boleia porque se andassem de peito feito na .50 lá no  Iraq ou no A-Stan tal com andam aqui, estavam bem fo****!!![/i]

É só explicar-lhes que não é ignorância, só que não há pilim para por torres RWS em todas as viaturas...

Nem €, nem necessidade! Para quê andar a carregar mais peso nas pandur?? Não está em nenhum TO! Para treinos e exercicios está muito bem.

Poupa-se em tudo, no material e no combustível! ;)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 19, 2015, 11:45:38 am
E no entanto numa viatura bem mais leve...

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2015/05/22-Segurex-2015-DSC_7663-copy.jpg)

Este tipo de torre é para mim o mínimo, até o Exército Brasileiro equipou os seus VBTP a Rodas com este tipo de torre! :evil:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Junho 19, 2015, 12:45:13 pm
Citação de: "Crypter"
Nem €, nem necessidade! Para quê andar a carregar mais peso nas pandur?? Não está em nenhum TO! Para treinos e exercicios está muito bem.

Poupa-se em tudo, no material e no combustível! ;)

Já agora porque não uns mockups em cartolina? Nem combustível gastam!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Junho 19, 2015, 02:43:30 pm
Citação de: "NVF"
Citação de: "Crypter"
Nem €, nem necessidade! Para quê andar a carregar mais peso nas pandur?? Não está em nenhum TO! Para treinos e exercicios está muito bem.

Poupa-se em tudo, no material e no combustível! ;)

Já agora porque não uns mockups em cartolina? Nem combustível gastam!

Com furos no fundo à la Flinstones!! Olha que.. ainda não se lembraram!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 19, 2015, 04:08:20 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Este tipo de torre é para mim o mínimo, até o Exército Brasileiro equipou os seus VBTP a Rodas com este tipo de torre! :evil:

Concordo, também deve ter em conta o tipo de TO em que é usado, enquanto o Humvee é para o Afeganistão, a Pandur com metralhadora já não são para o Afeganistão, são para o Kosovo, além disso que dificuldade teriamos em caso de necessidade, instalar uma torre desse tipo nas Pandur?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Junho 19, 2015, 04:11:53 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Este tipo de torre é para mim o mínimo, até o Exército Brasileiro equipou os seus VBTP a Rodas com este tipo de torre! :evil:

Concordo, também deve ter em conta o tipo de TO em que é usado, enquanto o Humvee é para o Afeganistão, a Pandur com metralhadora já não são para o Afeganistão, são para o Kosovo, além disso que dificuldade teriamos em caso de necessidade, instalar uma torre desse tipo nas Pandur?

o único problema é arranjar um serralheiro e aço que possa suster uma 7,65 mm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 19, 2015, 04:29:05 pm
Eu não sei se é fácil ou dificil meter uma destas torres nos nossos Pandur, só digo que em caso de emergência, quanto tempo é que iria entre mandar fazer, instalar nas viaturas e depois experimentá-las? Se os nossos Hummvee têm, porque é que os nossos Pandur não vieram logo com essa opção? Isto é o minimo dos minimos!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Junho 19, 2015, 09:13:22 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Eu não sei se é fácil ou dificil meter uma destas torres nos nossos Pandur, só digo que em caso de emergência, quanto tempo é que iria entre mandar fazer, instalar nas viaturas e depois experimentá-las? Se os nossos Hummvee têm, porque é que os nossos Pandur não vieram logo com essa opção? Isto é o minimo dos minimos!

Provavelmente nunca ninguém teve necessidade de o fazer!

No futuro se os pandures forem empregues em teatros mais perigosos provavelmente até se fabrica umas torres de protecção!

Se for necessário até eu as desenvolvo!  :mrgreen:

Até faço consultadoria de borla. pega-se em 32 camadas de Kevlar ou dyneema e já se fica com uma boa protecção até nível NIJ 3.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Junho 20, 2015, 04:08:04 pm
isto era o ideal...
(http://www.military-today.com/apc/pandur_2.jpg)

mas como o exército preferiu uma grande quantidade de "rodas" poderia ser algo deste género...
(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/51/Stryker_ICV_front_q.jpg)

para quê estar expor o operador da arma...assim dentro da viatura poderá também operar outros sistemas para além da arma...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 20, 2015, 04:27:51 pm
O problema reside no €, a questão é que o tipo de torre que falo deve ser relativamente barata e dá uma protecção real ao pobre do militar. Como já disse antes, o bom é inimigo do perfeito, a solução por ti avançada é sem dúvida o perfeito.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 20, 2015, 07:25:58 pm
O problema na versão com torre e peça de 30mm é os poucos lugares para a secção de atiradores porque de resto é um conjunto de sistemas muito superiores à versão RWS.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Junho 20, 2015, 08:16:57 pm
A meu ver está é uma das torres mais indicadas para os pandures

(http://www.auto-sprint.com/wp-content/gallery/calle/hummer-guerra/hummer-guerra-trasera.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Junho 21, 2015, 12:16:45 am
Citação de: "raphael"
isto era o ideal...
(http://www.military-today.com/apc/pandur_2.jpg)

mas como o exército preferiu uma grande quantidade de "rodas" poderia ser algo deste género...
(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/51/Stryker_ICV_front_q.jpg)

para quê estar expor o operador da arma...assim dentro da viatura poderá também operar outros sistemas para além da arma...

Nós temos essas duas versões. Mas têm missões diferentes dos de transporte de pessoal. Claro que o ideal era ter todos com as .50cal operadas remotamente, mas não há €€ para isso.
Não houve €€ para os morteiros e mísseis e armas estabilizadas que eram bem mais importantes!!

Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Eu não sei se é fácil ou dificil meter uma destas torres nos nossos Pandur, só digo que em caso de emergência, quanto tempo é que iria entre mandar fazer, instalar nas viaturas e depois experimentá-las? Se os nossos Hummvee têm, porque é que os nossos Pandur não vieram logo com essa opção? Isto é o minimo dos minimos!

Provavelmente nunca ninguém teve necessidade de o fazer!

No futuro se os pandures forem empregues em teatros mais perigosos provavelmente até se fabrica umas torres de protecção!

Se for necessário até eu as desenvolvo!  :mrgreen:

Até faço consultadoria de borla. pega-se em 32 camadas de Kevlar ou dyneema e já se fica com uma boa protecção até nível NIJ 3.

Kevlar não serve para isto, tem de ser aço...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: diogo13350 em Junho 22, 2015, 12:38:12 pm
O Raphael mete imagens de um Pandur II Português e depois diz que deveriamos tê-los....
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 23, 2015, 06:16:15 pm
(https://scontent.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/10469954_10205519683449465_2523040027506070739_n.jpg?oh=c17a092f79ae7f40e09276d985a038d8&oe=55E7A92F)

(https://scontent.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/10731007_10205519683369463_336115730091350325_n.jpg?oh=1d86776ed9f116e4de6d4fcfeb78b41d&oe=56327106)

(https://scontent.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/v/t1.0-9/11009894_10205519683409464_4421485464254808856_n.jpg?oh=14b2d69b29b50913c6faaff69a106066&oe=562559FE)

Citar
LUSITÂNIA NA LITUÂNIA (2)

Mais imagens da unidade destacada do RC6 de Braga, na Lituânia.
Equipado com 30 «Pandur» e com o velhinho «Chaimite» (V-200, VBTP, e V-600, porta-morteiro), o esquadrão de reconhecimento português tem ganho elogios de todos os parceiros.
Um oficial de uma das unidades de forças especiais lituanas (YPT) disse recentemente: «se comparar com americanos, polacos, suecos e alemães, com quem temos operado, os portugueses são os que se adaptam mais rapidamente às novas condições, e trazem sempre ideias novas».

E um observador checo: «vocês conseguiram comprar as Pandur por um terço do preço que nós pagámos. E ninguém foi preso em Praga».

Fonte: Nuno Rogeiro.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Junho 23, 2015, 10:40:30 pm
Alguém que convide o camarada Nuno Rogueiro para o forum  c34x

Adorava trocar umas ideias com ele, essencialmente sobre a temática Russa...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Junho 24, 2015, 09:14:00 pm
Citar
On Joint Multinational Readiness Center in Hohenfels, Germany, Portuguese Military Police train American Soldiers from the 30th Armored Brigade Combat Team, 1st of the 252nd Armor Regiment, a North Carolina National Guard unit, on fire attack defenses, or fire phobia, as they prepare for a tour of duty in Kosovo. Includes sound bites from Capt. Humberto Rosa, Portugal Military Police, Lisbon, Portugal and Spc. Michael Morales, North Carolina National Guard, 30th Armored Brigade Combat Team, 1st of the 252nd Armor Regiment, Alpha Company Infantryman. Hometown: Highpoint, N.C. Also available in high definition.

video no site

https://www.dvidshub.net/video/410167/portuguese-military-police-train-us-national-guardsmen-fire-attack-defense#.VYsPAPlVhuA
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Julho 17, 2015, 10:16:52 am
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2015/07/patrulhamento-de-vigilancia-e-prevencao.html
Citar
Teve início no mês Julho, no âmbito do Plano Faunos, o patrulhamento de vigilância e prevenção de incêndios ao Parque Natural da Arrábida (PNA).

Este empenhamento do Regimento de Artilharia Anti-Aérea 1(RAAA1) enquadra-se no protocolo celebrado entre o Exército e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), o qual prevê a participação do Exército em acções de patrulhamento em apoio à salvaguarda do património natural do PNA.

O RAAA1 irá executar as acções de vigilância em conjunto com meios do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR do Distrito de Setúbal, Núcleo de Protecção Ambiental de Palmela, Protecção Civil e com meios do ICNF.

A parceria existente ilustra uma das missões do Exército, nomeadamente o apoio ao desenvolvimento e bem-estar das populações, zelando pela salvaguarda do património natural, apostando-se numa postura preventiva. (Exército)
(http://1.bp.blogspot.com/-arOQIN0gRow/VaePH-kf1OI/AAAAAAAAT3M/3etLw1KME4E/s1600/Patrulhamentos%2BRAAA1%2B300.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: CanivetePort em Julho 17, 2015, 11:05:24 am
Estarei a ver bem?
Militares a fazerem patrulhas sem arma?
Nem o raio de uma pistola?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 17, 2015, 01:51:47 pm
No inicio era com arma e rádio, os comandos e a EPC  fizeram-no em Sintra.

No entanto é uma missão de vigilância e dissuasão e não tendo os militares autoridade para fazerem uma detenção, muito menos para utilizarem uma arma de fogo.
As frequências utilizadas pelo rádio não são as mesmas dos postos de vigilância, protecção civil e bombeiros. Até os telemóveis tinham maior cobertura.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Julho 20, 2015, 12:55:32 pm
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/
Citar
A KFOR Reserve Manoeuvre Battalion (KTM), realizou no dia 10 de Julho de 2015, mais um treino operacional em Camp VRELO, Pristina, capital do Kosovo, tendo sido colocado o enfoque no planeamento e técnicas utilizadas no Cerco e Busca a nível do Esquadrão de Manobra, em particular da BCoy.

O treino teve como objectivo reforçar o conhecimento e as técnicas, tácticas e procedimentos no âmbito das áreas edificadas, as normas de execução permanente e o Comando e Controlo (C2), uma vez que uma boa coordenação e planeamento são essenciais para o sucesso de todas as missões (Emgfa)
(http://4.bp.blogspot.com/-oLO8oP1OHIo/VaeL_1w371I/AAAAAAAAT20/n0g2IzX11SU/s400/Full_yn8m1wk5t0v9.jpg)
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2015/07/militares-portugueses-em-missao-no_16.html
Citar
Militares da Força Internacional no Kosovo (KFOR) realizaram, no dia 12 de Julho de 2015, um Cross Training de tiro a longas distâncias (até 700 metros), no Teatro de Operações (TO) do Kosovo.

O treino, que contou com a participação das equipas de atiradores especiais dos contingentes Português, Alemão e contingente Húngaro, teve como finalidade a realização de sessões de fogo real com o armamento orgânico das equipas participantes e a partilha de experiências a nível das técnicas, tácticas e procedimentos. (Emgfa)
(http://1.bp.blogspot.com/-5Sy22mifHXI/VaeNmusPU_I/AAAAAAAAT3A/SjwuA12Chl8/s320/0.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 23, 2015, 12:28:32 pm
O CHEFE DO ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS VISITA CONTINGENTE MILITAR PORTUGUÊS NO IRAQUE

(http://www.emgfa.pt/images/Full_qz4vgfr312db.jpg)

 
O CHEFE DO ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS VISITA CONTINGENTE MILITAR PORTUGUÊS NO IRAQUE

O CHEFE DO ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS VISITA CONTINGENTE MILITAR PORTUGUÊS NO IRAQUE
22-07-2015


O Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA), General Artur Pina Monteiro realizou, no período de 21 a 22 de julho de 2015, uma visita ao 1º contingente nacional em missão em Besmaya, Iraque, na companhia do seu homólogo espanhol o Chefe do Estado-Maior da Defesa, Almirante General D. Fernando García Sánches.



O primeiro dia da visita iniciou-se em Bagdade, capital do Iraque, tendo os Chefes militares sido recebidos pelo 2º Comandante do Coaliation Joint Forces Land Component Command, General Learmont.

O CHEFE DO ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS VISITA CONTINGENTE MILITAR PORTUGUÊS NO IRAQUE_b O CHEFE DO ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS VISITA CONTINGENTE MILITAR PORTUGUÊS NO IRAQUE_c

 Após uma reunião de trabalho, onde foi feita uma apresentação da atual situação na região, seguiu-se uma visita às instalações do Special Operations Training Group e do Badhdad Diplomatic Support Center, tendo as comitivas no final, iniciado o deslocamento aéreo para o campo de treino de Besmaya, onde foram recebidos pelo Comandante do contingente nacional, Major de Infantaria "Cmd" Manuel António Paulo Lourenço e pelo Comandante do contingente espanhol, Coronel Franscisco Xavier Romero Mari.

Durante a tarde o General Pina Monteiro, teve oportunidade de se encontrar com os militares portugueses, tendo-lhes transmitido a sua confiança e o reconhecimento pela forma como têm sabido cumprir a missão num Teatro de Operações tão complexo como é o do Iraque.

(Texto e Imagens editadas pelo GABCEMGFA)


http://www.emgfa.pt/pt/noticias/855 (http://www.emgfa.pt/pt/noticias/855)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Agosto 12, 2015, 10:04:27 am
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2015/08/exercito-no-combate-as-chamas-no.html
Citar
Dois pelotões do regimento de infantaria de Viseu, compostos por 44 militares, estão no combate ao incêndio de grandes proporções que está a consumir o concelho de Mangualde. Foram dois fogos que durante a tarde puseram em sobressalto as populações. Alastraram e acabariam por se juntar num só incêndio ao final da tarde. (Expresso)
(http://1.bp.blogspot.com/-khFX1ZeV8Ks/Vcpal41o8UI/AAAAAAAAUPk/YUVYJDmfMPs/s320/mw-860.jpg)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Agosto 12, 2015, 01:07:05 pm
Citação de: "mafets"
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2015/08/exercito-no-combate-as-chamas-no.html
Citar
Dois pelotões do regimento de infantaria de Viseu, compostos por 44 militares, estão no combate ao incêndio de grandes proporções que está a consumir o concelho de Mangualde. Foram dois fogos que durante a tarde puseram em sobressalto as populações. Alastraram e acabariam por se juntar num só incêndio ao final da tarde. (Expresso)
(http://1.bp.blogspot.com/-khFX1ZeV8Ks/Vcpal41o8UI/AAAAAAAAUPk/YUVYJDmfMPs/s320/mw-860.jpg)

Saudações

Dois pelotões com 44 militares, só podem estar incompletos, pois dois pelotões tem, no mínimo 60 elementos !!!!
Bonito, nem dois pelotões completos o RI14, a  " Infantaria das Beiras " consegue empenhar !
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Agosto 12, 2015, 02:13:37 pm
Citação de: "tenente"
Citação de: "mafets"
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2015/08/exercito-no-combate-as-chamas-no.html
Citar
Dois pelotões do regimento de infantaria de Viseu, compostos por 44 militares, estão no combate ao incêndio de grandes proporções que está a consumir o concelho de Mangualde. Foram dois fogos que durante a tarde puseram em sobressalto as populações. Alastraram e acabariam por se juntar num só incêndio ao final da tarde. (Expresso)
(http://1.bp.blogspot.com/-khFX1ZeV8Ks/Vcpal41o8UI/AAAAAAAAUPk/YUVYJDmfMPs/s320/mw-860.jpg)

Saudações

Dois pelotões com 44 militares, só podem estar incompletos, pois dois pelotões tem, no mínimo 60 elementos !!!!
Bonito, nem dois pelotões completos o RI14, a  " Infantaria das Beiras " consegue empenhar !
Ou é mais uma "peça de jornalismo à portuguesa" ou é da Crise...  :twisted:
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2015/08/exercito-patrulha-em-permanencia-serra.html
Mas na Serra do Caldeirão o atraso foi mesmo por "falta de meios". :roll:
Citar
Exército patrulha em permanência a Serra do Caldeirão
A serra do Caldeirão começou esta quinta-feira a ser vigiada pelo exército no âmbito de uma colaboração com o município de São Brás de Alportel para prevenção de incêndios florestais, que não teria sido prosseguida sem a insistência da Câmara, disse o presidente.

Vítor Guerreiro disse à Lusa que o protocolo com o exército, que previa a colocação de duas viaturas e os respectivos militares a patrulhar em permanência a zona serrana do concelho, "devia ter começado no terreno no início de Julho", mas quando chegou a data "a autarquia percebeu com estranheza que não estava ninguém destacado no local".

O autarca explicou que o exército informou a câmara algarvia que "não estavam reunidas as condições para essa colaboração se realizar, devido à falta meios", argumento que Vítor Guerreiro disse não compreender, porque "a autarquia assumia todos os custos na reparação de viaturas, nos combustíveis e na alimentação" dos elementos que constituem as equipas de vigilância destacadas para o concelho.

O exército teria que disponibilizar as viaturas e os militares necessários para o patrulhamento de um concelho que tem quase a totalidade da sua área em zona serrana e em 2012 foi atingido pelo grande incêndio que afectou também o município vizinho de Tavira, consumindo mais de 20 mil hectares de floresta na serra do Caldeirão. Fonte: C.M

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Outubro 08, 2015, 10:41:29 pm

https://www.youtube.com/watch?t=70&v=3gX7HwOmeXc (https://www.youtube.com/watch?t=70&v=3gX7HwOmeXc)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 14, 2015, 10:00:45 am
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2015/10/defesa-biologica-quimica-e-radiologica.html
Citar
O Elemento de Defesa Biológica, Química e Radiológica (ElDefBQR) do Exército foi activado pela Autoridade Nacional de Protecção Civil, para prestar apoio na resolução de um incidente decorrente de trabalhos de remoção de resíduos na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

No dia 10 de Outubro, pelas 08:00h, o Elemento de Defesa BQR chegou ao Pavilhão “E” da Faculdade de Farmácia para a apoiar a resolução de um problema complexo que envolvia ameaça química. Esta ameaça era proveniente de uma cave onde tinham sido guardados durante vários anos compostos químicos diversos e que haviam sido recolhidos recentemente por uma empresa. Na sequência desta intervenção e havendo fortes indícios de ter havido libertação de agentes químicos não identificados, o ElDefBQR trouxe consigo toda a capacidade técnica e operacional de defesa química: reconhecimento, identificação, recolha de amostras e de descontaminação e a necessária segurança e apoio médico para a actuação dos militares.

Dada existência de uma suspeita vítima de contaminação, foi efectuada a colheita de história clínica, exame objectivo e amostras biológicas pelo oficial médico do ElDefBQR com o objectivo de descartar um eventual perigo de toxidade e contribuir para a identificação de agente químico.

Os militares, devidamente protegidos com equipamentos de protecção individual e dotados de aparelhos de detecção e identificação química, cedo iniciaram a procura da origem da contaminação. Apenas no final da manhã, com a obtenção de resultados positivos para uma amostra colhida na cave, se identificou o local contaminado. O apoio do Laboratório da Faculdade foi determinante para a identificação da contaminação, aguardando-se ainda os resultados de outras amostras colhidas pelas Equipas especialistas. A missão terminou pelas 21:00h após terem sido removidos todos os resíduos de poeiras, rebocos, cartões, plásticos e madeiras existentes na cave e aplicado descontaminante em todo o espaço intervencionado.

O ElDefBQR, materializa uma capacidade do Exército com características únicas em Portugal, constituindo-se como um instrumento de excelência nacional no âmbito da resposta a incidentes BQR. (Exército)
(http://1.bp.blogspot.com/-uB0eIJls2Zo/Vhz44BRAa2I/AAAAAAAAUfo/B7EGe2l62Yw/s1600/Elemento%2Bde%2BDefBQREx%2Bativado%2Bpela%2BANPC%2B300.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 20, 2015, 11:55:13 am
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 27, 2015, 11:48:55 am
Rússia vigia exercícios da NATO em Portugal

10:45  Económico  

Inspectores militares russos vão estar em Portugal e Espanha com carros e helicópteros.

Inspectores militares russos vão fazer uma supervisão das manobras militares em Portugal e Espanha onde a NATO está a fazer o seu maior exercício desde 2002, o chamado “Tridente Juncture”, disse aos jornalistas Sergey Ryzhkov, líder do centro nacional russo para redução da ameaça nuclear.

“Entre 27 [hoje] e 30 de Outubro [sexta-feira], um grupo de peritos russos planeia levar a a cabo uma inspecção na região (onde o exercício está a ser realizado) como prevê o documento de Viena de 2011 para criação de um clima de confiança e medidas de segurança”, acrescentou Ryzhkov, em declarações citadas pela agência ruassa ITAR/TASS.

Um grupo de inspecção russo observará a manobra militar em Portugal de automóvel e helicóptero, especificou o mesmo responsável.

Os inspectores russos farão ‘updates’ diários da situação e o objectivo, diz Moscovo, é perceber a escala do exercício.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 16, 2016, 11:21:34 pm
Facebook do Way of the Warrior

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 21, 2016, 01:55:29 pm
Citar
SESSÃO DE FOGOS REAIS NO DECORRER DO EXERCÍCIO REAL THAW 16

Integrado no exercício “Real Thaw 16”, realizou-se no dia 26 de fevereiro, no Campo de Tiro D. Pedro (A7), um Field Training Exercise (FTX) de escalão Batalhão, executado como Live Fire Exercise (LFX) e conduzido pelo Agrupamento Mecanizado (AgrMec), unidade constituída pelo Batalhão de Infantaria Mecanizado de Lagartas e reforçado com um Esquadrão de Carros de Combate do Grupo de Carros de Combate. Este AgrMec é uma força da Brigada Mecanizada que está em aprontamento para integrar a European Land Rapid Reaction Force (EU LRR) no segundo semestre de 2016. O exercício contou também com um Pelotão da Companhia de Engenharia de Combate Pesada, que reforço o AgrMec, com o Grupo de Artilharia de Campanha 15.5 AP e com o Grupo de Artilharia de Campanha 10,5 Reb da Brigada de Reação Rápida em Reforço de Fogos.
Além das forças nacionais mencionadas, participaram 11 militares norte americanos, integrados no AgrMec, provenientes da 173rd Airborne Brigade Combat Team e da Special Purpose Marine Air-Ground Task Force/ U.S. Marine Corps Forces Europe and Africa.
O FTX consistiu num ataque deliberado em que o movimento e manobra, incluindo o apoio à mobilidade na redução de um obstáculo, os fogos, e o apoio de serviços, foram as funções de combate em evidência.
Assistiu à sessão de tiro real o Comandante das Forças Terrestres, Tenente-General António Xavier Lobato de Faria Menezes tendo também marcado presença o Vice-presidente da Camara Municipal de Ponte de Sor e um grupo de jovens alunos do Agrupamento de Escolas de Gavião, que puderam deste modo ver (e sentir) o pulsar da vida militar, a sua entrega às missões que lhe são atribuídas através do sacrifício, espírito de corpo, de dever e de honra, abnegação e da sua proficiência e profissionalismo.
O Exercício “Real Thaw 16" é um exercício conjunto e combinado, da responsabilidade da Força Aérea Portuguesa (FAP), para treinar as suas Esquadras, sendo convidados a participar os países da NATO e Partnership for Peace.
O exercício decorre, na forma de LIVEX, entre os dias 22 de fevereiro e 4 de março.

http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Paginas/26FEV16-SESS%C3%83ODEFOGOSREAISNODECORRERDOEXERC%C3%8DCIOREALTHAW16.aspx
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 21, 2016, 01:58:24 pm
Citar
RA 5 – Exercício URANO 16-3 (FTX/LFX) do GAC/BrigInt

O Grupo de Artilharia de Campanha da Brigada de Intervenção (GAC/BrigInt) realizou o exercício de campo e de fogos reais (FTX/LFX) URANO 16-3, de 07 a 11 de março de 2016, na região de Vendas Novas, executando uma sessão de fogos reais no Polígono de Tiro do Regimento de Artilharia N.º 5.

Este Exercício teve como objetivo exercitar os procedimentos táticos e técnicos do GAC/BrigInt, na execução de fogos reais de Artilharia de Campanha (AC) a fim de contribuir para a manutenção das capacidades operacionais do GAC. Durante o exercício a 2.ª Bateria de Bocas-de-Fogo, além da sessão de fogos reais, efetuou a ocupação tática de várias posições de artilharia. A Bateria de Comando e Serviços montou a área de apoio de serviços, o posto de comando do GAC e efetuou a ocupação de posições pelos sensores do seu Pelotão de Aquisição de Objetivos.

Com o conjunto de atividades desenvolvidas no exercício URANO 16-3 (FTX/LFX), pretendeu-se criar as condições para a execução do planeamento de Apoio de Fogos, tendo como base o tema tático utilizado pela BrigInt nos exercícios da série DRAGÃO.

O Exercício URANO 16-3 (FTX/LFX) contou com a participação total de 160 militares, designadamente: 13 Oficiais, 25 Sargentos e 122 Praças. Em termos de recursos materiais estiveram envolvidos 6 secções de obuses M114A1 155mm, 11 viaturas pesadas, 5 viaturas médias, 1 auto-maca tática e 7 viaturas ligeiras.

http://www.exercito.pt/sites/brigint/Noticias/Paginas/RA5%E2%80%93Exerc%C3%ADcioURANO16-3%28FTXLFX%29doGACBrigInt.aspx
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 21, 2016, 02:01:27 pm
Citar
EXERCÍCIO PLUTÃO 16-1

O Grupo de Reconhecimento (GRec) realiza na região da Serra da Cabreira, no período de 22 a 26 de fevereiro, o exercício Plutão 16-1.

Este exercício tem como objetivo validar o treino de nível 1 (pelotão) iniciado em janeiro de 2016.

Participam neste exercício 234 militares (18 oficiais, 47 sargentos e 169 praças).

No dia 23Fev16, o GRec recebeu a visita do Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Sr. Francisco Alves e do Comandante do Regimento de Cavalaria Nº 6, Coronel de Cavalaria António Varregoso.

O calendário de treino operacional do Grupo de Reconhecimento prevê que a força atinja a Full Operational Capability durante o exercício “ORION 16”.

http://www.exercito.pt/sites/rc6/Noticias/Paginas/EXERC%C3%8DCIOPLUT%C3%83O16-1.aspx
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 21, 2016, 02:08:36 pm
Citar
Exercício “TROVÃO 161 / REAL THAW 16”

Os exercícios TROVÃO 161 e REAL THAW 16 decorreram no Campo Militar de Santa Margarida (CMSM), na modalidade Field Training Exercise (FTX) e Live Fire Exercise (LFX), nos períodos de 22 a 24 e de 25 a 26 de fevereiro de 2016, respetivamente, destinando-se prioritariamente a desenvolver e testar a capacidade operacional do Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) no Apoio de Fogos à Brigada de Reação Rápida (BrigRR).

O TROVÃO 161 constituiu-se como uma das ações integradas no Plano Integrado de Treino Operacional do Comando das Forças Terrestres para o ano de 2016 e teve os seguintes objetivos de treino:
- Utilizar o Sistema Automático de Comando e Controlo (SACC) no planeamento e execução de fogos reais de Artilharia de Campanha (AC);
- Executar missões de tiro com recurso aos sistemas alternativos de cálculo de tiro, designadamente a calculadora GUNZEN e a Prancheta Topográfica;
 - Executar missões de tiro de área em tiro mergulhante e tiro vertical, utilizando correções de posição e correções especiais;
- Executar missões de tiro com munições especiais;
- Manter as qualificações das guarnições das secções de bocas-de-fogo;
- Validar o desempenho do subsistema do tiro de AC, Bocas-de-Fogo, Equipa de Observação Avançada e Posto Central de Tiro, recorrendo ao Army Training and Evaluation Program (ARTEP);
- Exercitar a utilização da língua inglesa em todos os procedimentos radiotelefónicos e no âmbito do SACC.

O GAC BrigRR participou no exercício REAL THAW 16 na qualidade de audiência Secundária de Treino, tendo como principal objetivo de treino a integração de fogos de superfície com fogos aéreos através da coordenação entre as Equipas de Observação Avançada e a Joint Tactic Air Control (JTAC).
Nestes exercícios o GAC BrigRR assumiu a sua estrutura orgânica constituída pela 1ª Bateria de Bocas-de-fogo (1Btrbf), 2ª Bateria de Bocas-de-fogo (2Btrbf), equipadas ambas com o sistema de armas Obus M119 LG 105mm, e a Bateria de Comando e Serviços (BtrCmdSvc) que se organizou de modo a garantir a montagem de redes rádio de voz e dados, fornecer controlo topográfico, distribuir munições, confecionar alimentação, efetuar o reabastecimento, garantir o apoio sanitário e de manutenção ao GAC BrigRR como um todo. No âmbito do Comando e Controlo (C2) destaca-se a participação nos dias 22 a 24 de fevereiro de 2016 de uma equipa do Regimento de Transmissões equipada com o Sistema Integrado de Comunicações Táticas (SIC-T).
A preparação do exercício, decorreu de 15 a 19 de fevereiro, tendo sido efetuada a montagem e configuração dos meios de transmissão das viaturas, retificação dos aparelhos de pontaria do obus 105mm, execução do recuo artificial dos obuses 105mm, a verificação e acondicionamento do material a empenhar no exercício e a execução do Plano de Carregamento.
No dia 22 realizou-se a formatura de parque, constituído por 37 viaturas (8 ligeiras, 22 médias e 7 pesadas), a projeção, com um plano de movimento a 3 unidades de marcha e a montagem do dispositivo no CMSM.
O dia 23 de fevereiro foi dedicado à execução de Reconhecimento, Escolha e Ocupação de Posições de artilharia de campanha pelas Bateria de bocas-de-fogo. Durante o dia 24 de fevereiro realizou-se a sessão de fogos reais , tendo por base os conceitos de continuidade do apoio de fogos articulado com manobra de materiais e a execução de missões de tiro direcionadas para o apoio de forças da manobra.
Já no âmbito do exercício REAL THAW 16, no dia 25 de fevereiro e durante o período diurno, as Baterias de Bocas-de-fogo executaram o Reconhecimento, Escolha e Ocupação de Posições  tendo feito fogo no período noturno. No dia 26 de fevereiro, as mesmas subunidades integraram uma demonstração de fogos reais conjuntamente com forças da Brigada Mecanizada.
O exercício envolveu 161 militares, 18 dos quais exteriores ao Regimento de Artilharia Nº4 (RA4), nomeadamente 1 oficial médico e 1 sargento enfermeiro do Centro de Saúde Militar de Coimbra; 1 sargento e 1 praça do Regimento de Transmissões; 12 condutores provenientes de várias unidades da BrigRR, designadamente 3 praças do Regimento de Infantaria Nº10, 3 praças do Regimento de Cavalaria Nº3, 3 praças da Unidade de Apoio da BrigRR, 1 praça do Regimento de Comandos e 2 praças do Centro de Tropas de Operações Especiais; e ainda 2 Aspirantes a Oficial aluno oriundos da Academia Militar, em diligência no RA4 no quadro do estágio em contexto operacional previsto no programa curricular do Tirocínio para Oficial. Foram consumidas 290 munições de artilharia 105mm do tipo explosivas com espoleta de percussão.
As Equipas de Observação utilizaram o sistema digital de observação CORAL-CR e THOR, permitindo observar e regular missões de tiro com granada explosiva durante o período noturno.
Os exercícios TROVÃO 161 e REAL THAW 16 constituíram uma oportunidade de treino para o GAC da BrigRR como um todo, particularmente no período compreendido entre 22 e 24 de fevereiro ao nível do C2, com a utilização do Módulo de Comunicações SIC-T que assegurou na condução de Missões de Tiro das 2 baterias de bocas-de-fogo o fluxo contínuo de dados no âmbito do SACC e do sistema digital de observação.

http://www.exercito.pt/sites/RA4/Noticias/Paginas/Exerc%C3%ADcio%E2%80%9CTROV%C3%83O161REALTHAW16%E2%80%9D.aspx
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 21, 2016, 02:10:59 pm
Citar
EXERCICIO ARGOS 161

O Agrupamento de Informações, Vigilância, Aquisição de Objectivos e Reconhecimento (Agr ISTAR) foi criado por despacho de 13 de Maio de 2015 de S. Exa. o General Chefe de Estado-Maior do Exército, o qual aprova o Quadro Orgânico 09.02.06 do AgrISTAR e das suas subunidades.

No Regimento de Cavalaria 3, em Estremoz, encontram-se sediados o Comando, a Companhia de Comando e Serviços, a Companhia de Comando e Controlo, o Esquadrão de Reconhecimento e o Pelotão HUMINT, no Regimento de Transmissões, no Porto, encontra-se a Companhia de Guerra Eletrónica, no Regimento de Artilharia n.º 5, em Vendas Novas, encontra-se a Companhia de Sistemas de Vigilância e no Centro de Informação Geoespacial do Exército, em Lisboa, a Unidade de Apoio Geoespacial.

O Exercício AGROS 161 realizou-se nos arredores da cidade de Estremoz de 29 de Fevereiro a 03 de Março de 2016 e foi o primeiro exercício do AgrISTAR.

O objetivo deste exercício foi efetuar uma análise aprofundada das reais capacidades, possibilidades e vulnerabilidades, de cada subunidade e também do AgrISTAR como um todo.

Participaram neste exercício 11 oficiais, 24 sargentos e 71 praças e 31 viaturas de diferentes tipologias.

http://www.exercito.pt/sites/RC3/Noticias/Paginas/EXERCICIOARGOS161.aspx
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 22, 2016, 11:17:16 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: MrLaz em Abril 20, 2016, 09:50:10 am
Alguém por acaso não sabe quando vai haver uma próxima exposição perto do norte (Braga)?   :snipersmile:
Porque já tive uma experiência incrível quando vesti  ghillie suit  e peguei na Arctic Warfare.   :snipersmile:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 15, 2016, 03:14:46 pm
(https://pbs.twimg.com/media/CiWLXF-WgAENPG-.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Maio 15, 2016, 06:38:00 pm
Um exército de 8500 homens equipados com multicam e M4A1, com um orçamento de 110 milhões de dólares, consegue disponibilizar uma companhia. Outros com recursos monetários muito superiores, espingardas dos anos 50, fardas dos anos 60 e que até se dão ao luxo de gastar menos de 1/3 do que podiam em equipamento... mandam observadores.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 27, 2016, 10:48:21 am
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2016/05/exercicio-eficacia-16.html (http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2016/05/exercicio-eficacia-16.html)
Citar
Decorreu no Campo Militar de Santa Margarida, entre 14 e 20 de Maio, o exercício “EFICÁCIA 16”. O exercício, de nível Exército, destinou-se prioritariamente a desenvolver a capacidade operacional das Unidades de Apoio de Fogos, constituintes da Componente Operacional do Sistema de Forças do Exército (COSFE), incluindo também meios de apoio de fogos oriundos da Marinha e da Força Aérea.

O “EFICÁCIA 16” teve como finalidade garantir a proficiência operacional do planeamento, coordenação e controlo do apoio de fogos, durante a conduta de operações terrestres, com particular ênfase para os Grupos de Artilharia de Campanha do Sistema de Forças do Exército.

O exercício teve como audiência primária de treino o Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) da Brigada de Intervenção, que foi reforçado por uma Bateria de Bocas de Fogo de cada GAC da COSFE. Como audiências secundárias de treino, participaram o Pelotão de Morteiros Pesados (PelMortPes) da Zona Militar da Madeira, o PelMortPes do 2BIMec(R)/NRF2016 e o PelMortPes do AgrMec(Lag), tendo ainda participado um PelMortPes do Corpo de Fuzileiros, uma parelha de F-16 da Força Aérea Portuguesa e seis observadores de Artilharia do Exército Espanhol, realizando-se sessões de fogos reais nos dias 18 a 20 de maio.

O exercício terminou com a realização do Distinguished Visitors Day, presidido pelo Exmo. Tenente-General Comandante das Forças Terrestres. (Exército)
(https://2.bp.blogspot.com/-6qohvWKssIA/V0YPs0zsl2I/AAAAAAAAU8o/-9koN5xxHc4Rwv_kSIJeiB0OndPWWzO5ACLcB/s1600/Exerc%25C3%25ADcio%2BEfic%25C3%25A1cia%2B300.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 05, 2016, 03:02:52 pm
(http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Documents/27MAI16%20-%20MISS%C3%83O%20DE%20OBSERVA%C3%87%C3%83O%20NO%20NORDIC%20TANK%20CHALLENGE/1.jpg)

Citar
O Exército Português participou como observador desta competição com uma delegação do GCC/BrigMec, com a intenção de recolher dados de natureza técnico-tática e administrativa que permitam avaliar o custo-benefício de uma futura participação de guarnições de CC portuguesas.


Citar
     A 4ª edição do NORDIC TANK CHALLENGE (NTC), que decorreu entre os passados dias 20 a 27 de maio, no PANSERBATALJONEN - HOLSTREBRO Barracks – Exército do Reino da Dinamarca, colocou à prova a proficiência e o espírito de corpo de 16 guarnições de carro de combate (CC) provenientes de 7 (sete) países: Canadá, Alemanha, Noruega, Polónia, Suécia, EUA (USAREUR), com duas guarnições, e Dinamarca, com quatro guarnições.
     À exceção dos EUA, que participou com o CC M1 Abrams, todas as restantes delegações utilizaram o CC LEOPARD 2A5 do Exército Dinamarquês.
Cada guarnição passou por 13 exigentes provas, onde, entre outras tarefas, foram avaliados procedimentos relativos a tiro de guarnição, destreza tática em simulador, primeiros socorros e identificação de viaturas. No 4º dia de competição as três melhores guarnições tiveram a oportunidade de conduzir um LFX, na carreira de tiro de OKSBØL, por forma a definir o vencedor.
     O Exército Português participou como observador desta competição com uma delegação do GCC/BrigMec, com a intenção de recolher dados de natureza técnico-tática e administrativa que permitam avaliar o custo-benefício de uma futura participação de guarnições de CC portuguesas.
     O NTC revelou-se uma competição bastante abrangente, nomeadamente no que concerne às tarefas que as guarnições de CC têm de realizar, e igualmente interessante, pelo espírito de equipa e sã camaradagem que desenvolve e solidifica, entre as guarnições de CC das diversas nações participantes.

http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Paginas/27MAI16-MISS%C3%83ODEOBSERVA%C3%87%C3%83ONONORDICTANKCHALLENGE.aspx
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 18, 2016, 07:36:44 pm
Citar
ARTILHARIA PORTUGUESA RUMA À LITUÂNIA

Uma Bateria de Artilharia de Campanha do Exército Português – a Light ArtyBty/AM2016 – partirá muito em breve para a Lituânia, participando no reforço da componente terrestre da NATO que naquelas paragens desenvolvem as Assurance Measures 2016. São 120 militares portugueses da Brigada de Reacção Rápida (BrigRR), com um conjunto de materiais muito significativo, irão actuar numa região sensível da Europa que já começa a ser familiar para Portugal!

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2016/06/1.-Art-PRT-Lituânia-DSC_6270.jpg)

http://www.operacional.pt/artilharia-portuguesa-ruma-a-lituania/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 20, 2016, 01:23:41 pm
Citar
Artilharia portuguesa com ordem de marcha para o flanco Leste da NATO

Uma bateria de artilharia de campanha, constituída por 116 militares, atualmente em fase de aprontamento no Regimento n.º 4, em Leiria, será destacada para a Lituânia, flanco Leste da NATO, onde russos e aliados estão a reforçar a sua presença militar. Mas durante o segundo semestre deste ano, Portugal também estará a combater o tráfico de seres humanos no Mediterrâneo e a contribuir para estabilidade política no Mali e na República Centro-Africana, integrados em missões das Nações Unidas.

http://expresso.sapo.pt/politica/2016-06-17-Artilharia-portuguesa-com-ordem-de-marcha-para-o-flanco-Leste-da-NATO

Coloquei aqui a noticia pois o destaque é sobre a unidade de artilharia que vai para a Lituânia, mas tem noticias sobre as missões internacionais de todos os ramos das Forças Armadas.

Pelo que percebi no texto parece que vamos ver Land Rover na RCA.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Junho 20, 2016, 02:11:01 pm
"Para este teatro de operações deverão seguir, entre outros meios, uma viatura tática blindada de transportes de pessoal, com capacidade para transportar uma equipa de Comandos equipada e armada bem como uma viatura tática ligeira de assalto com elevado poder de fogo em 360 graus, ao serviço do Exército desde 2011."

Q qual é a viatura táctica blindada? Os humvee?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 20, 2016, 04:13:49 pm
"Para este teatro de operações deverão seguir, entre outros meios, uma viatura tática blindada de transportes de pessoal, com capacidade para transportar uma equipa de Comandos equipada e armada bem como uma viatura tática ligeira de assalto com elevado poder de fogo em 360 graus, ao serviço do Exército desde 2011."

Q qual é a viatura táctica blindada? Os humvee?

Eu penso que essas sejam os Humvee e a viatura táctica ligeira de assalto é o Land Rover, duvido é que sejam só uma de cada lol, deviam querer dizer os dois "tipos" de viaturas que vão ser empregues.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Junho 20, 2016, 04:20:41 pm
"Para este teatro de operações deverão seguir, entre outros meios, uma viatura tática blindada de transportes de pessoal, com capacidade para transportar uma equipa de Comandos equipada e armada bem como uma viatura tática ligeira de assalto com elevado poder de fogo em 360 graus, ao serviço do Exército desde 2011."

Q qual é a viatura táctica blindada? Os humvee?

Eu penso que essas sejam os Humvee e a viatura táctica ligeira de assalto é o Land Rover, duvido é que sejam só uma de cada lol, deviam querer dizer os dois "tipos" de viaturas que vão ser empregues.

Espero que sim!! Não façam os homens andar a pé! é que lá faz um calorzito jeitoso  8) 8) 8)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 20, 2016, 05:27:45 pm
Espero que sim!! Não façam os homens andar a pé! é que lá faz um calorzito jeitoso  8) 8) 8)

Será que eles tem ar condicionado nas viaturas? 8)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 20, 2016, 10:51:04 pm
Para a RCA vão os Comandos e os seus Land Rover.
(http://www.exercito.pt/Noticias/Publishingimages/Apresenta%C3%A7%C3%A3o%20Equipamentos%201.JPG)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Junho 20, 2016, 11:45:41 pm
Espero que sim!! Não façam os homens andar a pé! é que lá faz um calorzito jeitoso  8) 8) 8)

Será que eles tem ar condicionado nas viaturas? 8)

acho que sim!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Junho 22, 2016, 12:19:57 am
Citar
ORION 2016 - O maior exercício do Exército!

Chegada do primeiro grupo de militares à área de treino militar de TANCOS.

O grupo é composto por militares da Special Purpose Marine Air Ground Task Force (SPMAGT) dos Estados Unidos da América, e um Special Operations Task Group (SOTG) das Operações Especiais Portuguesas, do Centro de Tropas de Operações Especiais em Lamego.


este ano com uns amigos!

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/t31.0-8/13443063_1622891274694680_7486109751139589737_o.jpg)

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/t31.0-8/13497906_1622891224694685_4712187374618924422_o.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Junho 27, 2016, 02:23:13 pm
facebook Brigada Mecanizada exercício Orion.
(https://scontent.flis1-1.fna.fbcdn.net/t31.0-8/13502849_1115677371837321_3965578760960292665_o.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Junho 30, 2016, 02:18:20 pm
Citar
Rotational troops from Portugal arrive for exercises and training in Lithuania


As the Assurance Measures agreed by NATO are implemented, a unit of rotational troops from Portugal will deploy in Lithuania for joint exercises and training on June 28 through 30. Roughly 120 soldiers will train alongside colleagues with the Lithuanian Land Force till mid-October.
 
The Portuguese military personnel arrive to Kaunas and Vilnius Airports in several groups on June 22-29, while roughly 40 vehicles (OBUS M119 artillery guns, military trucks and off-roads) they bring will arrive at Klaipėda Seaport on June 30.
 
The materiel will be transported from Klaipėda to the Mechanised Infantry Brigade Iron Wolf based in Rukla in convoys escorted by military police.
 
Lithuania renders full Host Nation Support, which includes accommodation, catering, and logistical support, to incoming allied forces. The Portuguese unit will be temporarily assigned to General Romualdas Giedraitis Artillery Battalion to train together and practice rendering indirect fire support to maneuver units during exercises.
 
This is the second time Portugal deploys soldiers to Lithuania. Portuguese troops and reconnaissance units of the Lithuanian Land Force were training together in April-July 2015.
 
The Unite States maintain a rotating military presence in Lithuania since spring 2014 as part of the NATO Assurance Measures in the Baltic Region. Other NATO allies to contribute rotating companies to the training in Lithuania for several months have been Belgium, Denmark, Germany, Hungary, Luxembourg, and Portugal so far.

http://www.kam.lt/en/news_1098/current_issues/rotational_troops_from_portugal_arrive_for_exercises_and_training_in_lithuania.html
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Julho 05, 2016, 01:03:56 pm
Os Espanhóis bem que nos podiam emprestar 2 dúzias destes :)

(https://scontent.flis1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/13612268_628144490687831_5429026690971089_n.jpg?oh=7e40a964af5a2558d8c73161e2520200&oe=57ECDA09)

Facebook: The Way Of the Warriors
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 05, 2016, 02:03:04 pm
Os nossos Cadetes em destaque:

https://www.facebook.com/secaodetiroaman/videos/1556135464688800/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 11, 2016, 12:17:01 pm
Notícia no site oficial dos Marines referente ao Exercício Orion 16.  ;)

http://www.marines.mil/News/News-Display/Article/823737/us-portugal-join-forces-for-exercise-orion-16/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Agosto 07, 2016, 11:33:13 pm
Vamos lá ver se acertei no tópico certo.

(Artigo infelizmente em acordês.)

Entrevista ao coronel Nuno Pereira da Silva, militar que participou nos trabalhos de construção das capacidades militares da UE
(7 de Agosto de 2016)
Citação de: Manuel Carlos Freire, Diário de Notícias
O que é que o levou a escolher a carreira militar?

A revolução de Abril perpetrada pelos militares foi um dos acontecimentos mais marcantes da minha infância. A revolução e os seus heróis, de que se destacaram o capitão Salgueiro Maia e o general Spínola, fizeram que quisesse ser como eles.

Esteve nas missões de paz e, vários anos, directamente envolvido nos trabalhos de construção das capacidades militares da União Europeia...

Todas as semanas, durante cinco anos, fui a Bruxelas para efectuar esta missão. Muitas vezes fui acusado por alguns chefes de já falar uma linguagem estranha, que designavam por "europês". A missão terminou aquando da última presidência portuguesa da UE, em 2007, tendo na altura Portugal finalizado um primeiro ciclo de planeamento de forças completo.

Como, dadas as tradicionais rivalidades dentro da UE?

Foi um marco importante para a UE e um trabalho diplomático considerável, dada a dificuldade de se conseguirem consensos entre os Estados membros, com diferentes concepções do papel da defesa na União. Não me esquecerei da surpresa que os militares causaram no Conselho, as primeiras vezes que ali se reuniram uniformizados com as várias cores das diferentes fardas de todos os países, pois como pioneiros que éramos viam-nos como um corpo estranho numa instituição que até à data era eminentemente civil.

No âmbito da cooperação técnico-militar, esteve onde?

Primeiro em São Tomé e Príncipe, como capitão... houve um dia em que um golpe de Estado falhado saiu da unidade onde estava a prestar assessoria. Os oficiais mais novos pensaram que apoiaria o golpe e a maioria deles começou a chamar-me traidor. Tive pela primeira vez uma arma automática AK47 apontada à cabeça por um dos tenentes revoltosos, que me gritava que eu teria de optar pelo socialismo, senão morreria. A escolha, por uma questão de sobrevivência, pareceu-me óbvia.

E em Angola?

Foi a segunda missão no exterior, já como major e para ser instrutor do curso de Oficiais Generais. O curso não se realizou porque a guerra civil recomeçou, mas o comandante do instituto pediu-nos que desenvolvêssemos um tema táctico operacional para ser executado em futuros cursos... e nesse exercício pretendia que nós planeássemos um tema sobre a forma de derrotar o Savimbi... que não executámos, obviamente.

Depois foi o Iraque, no quadro das chamadas missões de paz...

Chefiei um grupo de assessoria militar da NATO ao gabinete de informações e segurança do primeiro-ministro Maliki. Foi extremamente difícil e exigente, pois o gabinete era o alvo mais apetecível dos grupos de insurgentes. Aprendi muito sobre a forma de organização tribal dos Estados na região e sobre a situação da insurgência no Iraque e no Médio Oriente, que só se aprende in loco por muito que se leia, mal-grado a missão ter sido finalizada precocemente por exigência do Parlamento iraquiano, que obrigou a NATO a sair do território...

Mas fomos praticamente o único país da NATO a sair, os restantes países continuaram no terreno...

Portugal foi o primeiro a sair da chamada missão de treino da NATO no Iraque, outros se seguiram porque não havia garantias de segurança. Alguns países negociaram bilateralmente a sua continuação mas Portugal não o fez. Ficar sem estatuto especial era perigoso... os países que não negociaram um estatuto especial e ficaram arriscaram um pouco, pois se houvesse algum problema os seus nacionais podiam ter problemas.

Recorda algum episódio em particular dessa missão?

Ser o único militar aliado fardado com o camuflado em tons de verde, estando os outros 400 000 militares com o padrão do deserto. Um dos oficiais iraquianos, sempre que me via, gracejava dizendo que se aparecesse uma cabra me comeria. Outro foi o de vários oficias dos EUA quererem comprar a pistola Walther de 9 mm que ainda equipa o Exército, por pensarem que era da minha colecção pessoal e dada a curiosidade histórica com que olhavam para a relíquia. No regresso de férias, transportado pelos ingleses, ser obrigado a esconder-me seis horas no primeiro avião que fosse para o Iraque para evitar ser detido no Qatar por não ter visto de entrada, porque a informação oficial pelo meu Exército foi que não necessitaria de visto algum para entrar nesse país e que, se fosse preciso, o poderia adquirir no aeroporto, à chegada.

Que diferenças entre ser militar e civil?

Os militares estão sempre prontos a cumprir missões. Recordo o dia em que soube que iria para o Iraque, coincidiu com o primeiro dia de férias no Algarve. O telefonema recebido na praia obrigou-me a enrolar a toalha e ir para Lisboa, para cumprir as formalidades prévias a uma deslocação para um teatro de guerra no prazo de uma semana.

Como vê o papel actual das Forças Armadas em Portugal?

Continua a ser o da defesa da pátria e dos seus interesses, mesmo que as suas fronteiras físicas não coincidam com as nossas fronteiras territoriais. Os militares são também um complemento da política externa do Estado.
Fonte: http://www.dn.pt/portugal/entrevista/interior/no-iraque-era-o-unico-militar-aliado-fardado-com-camuflado-verde-5325960.html (http://www.dn.pt/portugal/entrevista/interior/no-iraque-era-o-unico-militar-aliado-fardado-com-camuflado-verde-5325960.html)

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 11, 2016, 02:18:30 pm
Mas que raio?!... ???

Formação técnica do CFS RV/RC- Especialidade Carros de Combate M60A3 TTS  

O Quartel da Cavalaria (QCav), único polo de formação do Exército para as especialidades de Carro de Combate, ministra no período de 01Ago16 a 23Set16 o curso de CC M60A3 TTS ao CFS RV/RC.
Esta formação, de especial exigência, aborda matérias no âmbito da técnica de especialidade de viatura, conduta de tiro e técnica e tática de pelotão,

Para a concretização deste curso o QCav dispõe todos os meios necessários destacando-se o buggy, o CC M60 e ainda de um quadro de instrutores especialmente qualificados.

(http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Documents/01AGO16-01AGO16-Forma%C3%A7%C3%A3o%20t%C3%A9cnica%20do%20CFS%20RV,RC-%20Especialidade%20Carros%20de%20Combate%20M60A3%20TTS/20160805_092523.jpg)

http://www.exercito.pt/sites/BrigMec/Noticias/Paginas/01AGO16-Forma%C3%A7%C3%A3o%20t%C3%A9cnica%20do%20CFS%20RV,RC-%20Especialidade%20Carros%20de%20Combate%20M60A3%20TTS.aspx
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Agosto 12, 2016, 09:56:04 am
Julgo que o GCC/BrigMec tem 2 ECC com Leopard 2A6 e 1 ECC com M60 A3 TTS.

...De certeza que daqui a uns anos ainda vamos ter algum BIMEC com M113 (lagartas) e Pandur II (rodas)... 
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Setembro 06, 2016, 10:34:41 am
Citar
Militares do Regimento de Engenharia nº3, do quartel de Espinho do Exército Português, estiveram às primeira horas desta manhã de domingo na frente de fogo de Gondomar, freguesia do concelho de Vila Verde, num incêndio que teima não dar tréguas aos bombeiros e aos habitantes das terras da Nóbrega.

Uma equipa de militares, composta por vários homens e uma máquina de rasto, juntaram-se aos bombeiros e abriram caminho de forma a evitar que a frente de fogo desça a Valbom.

“Uma manobra que criou uma faixa de contenção de forma a colocar meios e evitar que as chamas continuem a lavrar naquela zona”, referiu o comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde, José Alberto Lomba, que comandou as operações.

No concelho de Vila Verde, e segundo o comandante, continua a lavrar um incêndio em Ribeira do Neiva, mas tanto este como o incêndio de Gondomar estão controlados e dominados pelos bombeiros.

http://vilaverde.net/2016/09/04/nobrega-militares-e-comando-dos-bombeiros-de-vila-verde-executam-manobra-de-engenharia-para-evitar-avanco-de-incendio-em-gondomar/#jp-carousel-23777

(http://vilaverde.net/wp-content/uploads/2016/09/FullSizeRender-1.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Setembro 25, 2016, 01:37:10 pm
http://www.operacional.pt/segundo-ano-de-missao-no-iraque-formacao-e-treino/ (http://www.operacional.pt/segundo-ano-de-missao-no-iraque-formacao-e-treino/)
Citar
As Forças Armadas Portuguesas continuam o seu empenhamento no Iraque, tendo já entrado no segundo ano de missão. Trinta militares portugueses actuam num dos teatros de operações mais perigosos do mundo, cumprindo as directivas do poder político nacional no sentido de formar e treinar os militares iraquianos que combatem o “Daesh”.
(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2016/06/04-Iraque-I-Resolve-160616-A-IA672-122-768x512.jpg)
(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2016/06/01-Iraque-I-Resolve-160412-A-LE273-054-768x512.jpg)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 11, 2016, 02:14:53 pm
Citar
ecorreu no período de 5 a 16 de setembro de 2016, no Esquadrão de Reconhecimento da Brigada Mecanizada, o curso de Atirador Explorador de Viatura Blindada de Transporte de Pessoal (VBTP) do tipo M113, destinado a habilitar os formandos com os conhecimentos necessários para desempenhar o cargo de Atirador Explorador de VBTP M113 em unidades operacionais equipadas com este tipo de viatura, dotando-os assim com as ferramentas necessárias para atingir com proficiência as múltiplas tarefas inerentes ao cargo.
     Este curso foi constituído por 7 militares, que com esforço, dedicação e força de vontade, superaram com sucesso esta etapa do seu percurso militar.

Digam-me lá uma coisa, esta rapaziada depois das 12 semanas de recruta só faz mais 11 dias de formação é já é "pronta"?!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Outubro 11, 2016, 03:15:24 pm
Citar
ecorreu no período de 5 a 16 de setembro de 2016, no Esquadrão de Reconhecimento da Brigada Mecanizada, o curso de Atirador Explorador de Viatura Blindada de Transporte de Pessoal (VBTP) do tipo M113, destinado a habilitar os formandos com os conhecimentos necessários para desempenhar o cargo de Atirador Explorador de VBTP M113 em unidades operacionais equipadas com este tipo de viatura, dotando-os assim com as ferramentas necessárias para atingir com proficiência as múltiplas tarefas inerentes ao cargo.
     Este curso foi constituído por 7 militares, que com esforço, dedicação e força de vontade, superaram com sucesso esta etapa do seu percurso militar.

Digam-me lá uma coisa, esta rapaziada depois das 12 semanas de recruta só faz mais 11 dias de formação é já é "pronta"?!

Atirador explorador é... atirador. Cambalhota em frente cambalhota à retaguarda e siga a rastejar atrás de mim.
11 dias para falar de M113 já é muito. O que interessa é a experiência ganha nos treinos inseridos nas Companhias de atiradores. Aquela coisa do on job training...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 11, 2016, 05:19:55 pm
Pois é, mas compara o tempo de formação desta rapaziada com as unidades congéneres da OTAN... acho pouco, muito pouco.

Para mim, qualquer militar devia passar por um tempo de formação de pelo menos 5/6 meses.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 11, 2016, 09:04:40 pm
Pois é, mas compara o tempo de formação desta rapaziada com as unidades congéneres da OTAN... acho pouco, muito pouco.

Para mim, qualquer militar devia passar por um tempo de formação de pelo menos 5/6 meses.

Cabeça querias que esse pessoal fizesse combate em áreas edificadas, sobrevivência, NBQ, esse tipo de coisas? Também achava que sim.

Mas isso deve ser mais nas Tropas Especiais, nas outras fazem só se for preciso, se for nomeado para uma FND ou NRF faz essas formações naqueles meses de preparação.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 19, 2016, 01:11:56 am
Citar
LUSITANO 2016 - EXERCÍCIO ANUAL DAS FORÇAS ARMADAS PORTUGUESAS

O exercício Lusitano 2016 (LUS16) iniciou-se a 17 de setembro e termina a 28 de outubro, é um exercício conjunto, da responsabilidade do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA), tendo como finalidade o treino operacional conjunto, envolvendo o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) e os três Ramos das Forças Armadas. A sua realização visa exercitar o Comando e Controlo (C2) das Forças Armadas no planeamento e execução de operações simultâneas, dentro e fora do território nacional, nomeadamente, em Operações de Evacuação de Não Combatentes (NEO), em Operações de Resposta a Crises (CRO) e em Operações de Apoio à Proteção Civil, envolvendo, de forma integrada e convergente, todos os níveis de planeamento e condução de operações.

Relevam-se do LUS16 a fase de planeamento que decorreu, entre 17 de Setembro e 07 de outubro, em Lisboa no Instituto Universitário Militar e em Oeiras no CCOM; uma fase de exercício de postos de comando e de projecção das Forças para as diferentes áreas de operações (Ponto de Apoio Naval de Tróia (PANTROIA), Base Aérea N.º 11 (Beja) e Ilha de Porto Santo), de 17 a 23 de outubro; e o teste à plena capacidade operacional e certificação das forças envolvidas, de 24 a 28 de outubro.

O cenário assenta num país fictício a "GABULÂNDIA", caraterizado por problemas económicos, aumento de insegurança, existência de redes de crime organizado associado ao tráfico de seres humanos, tráfico de droga e armas, e suspeitas da exploração de recursos minerais susceptíveis de serem utilizados no fabrico de armas de destruição em massa.

Os principais meios e unidades participantes no exercício são: a estrutura de crise do Comando Conjunto para as Operações Militares (CCOM), os Comandos Operacionais dos Açores e da Madeira, os Comandos e Estados-Maiores da Componente de Operações Especiais e da Força de Reação Imediata, um Destacamento Conjunto da Companhia Geral CIMIC, cinco navios (duas fragatas, um navio reabastecedor, um navio patrulha oceânico, uma corveta), um helicóptero "Lynx", duas companhias de fuzileiros, um destacamento de mergulhadores sapadores, um destacamento de ações especiais, o Comando e Estado-Maior de um Batalhão Paraquedista, duas companhias de paraquedistas, uma companhia de atiradores, um Destacamento de Operações Especiais e quatro aeronaves (um C-130, um C-295, dois F-16). No total, estão envolvidos no exercício cerca de 1300 militares.

http://www.emgfa.pt/pt/noticias/1015
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Menacho em Outubro 19, 2016, 08:52:16 am
(https://scontent.fmad3-2.fna.fbcdn.net/t31.0-8/14691236_2147003032191883_5459697876154941562_o.jpg)

(https://scontent.fmad3-2.fna.fbcdn.net/t31.0-8/14713002_2147003082191878_3288871655228043527_o.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Outubro 26, 2016, 12:08:18 pm
Citar
Os três ramos das Forças Armadas Portuguesas participaram, esta terça-feira, no exercício "Lusitano 2016", que visa o planeamento e a execução de operações simultâneas de evacuação de não combatentes, de resposta a crises e de apoio à proteção civil, dentro e fora do território nacional.

Leia mais: Forças Armadas Portuguesas afinam resposta a crises http://www.jn.pt/nacional/galerias/interior/forcas-armadas-portuguesas-treinam-em-beja-5462512.html#ixzz4OBjpCqK8
Follow us: jornalnoticias on Facebook
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Dezembro 08, 2016, 06:05:14 pm
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15356541_10154853467888169_6571741379235568045_n.jpg?oh=b75e25a4c3a07abd45cdd1231b3e29ec&oe=58BAFCCD)
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15268070_10154853467928169_1641330316388013859_n.jpg?oh=56d99e3e4634ea883a26de40a4eced1b&oe=58EC19FA)
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15284883_10154853468148169_2744645394654327727_n.jpg?oh=63aea0c826c5023f6ef8f92036ffeb00&oe=58B52082)
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15420907_10154853468198169_4201907054323492900_n.jpg?oh=c3263da779eb3bd0294e3e85a01e1875&oe=58F4167B)
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15337463_10154853468283169_8741647257945307574_n.jpg?oh=b801ccc309922f1bd5b025ec3c388cb9&oe=58BD8A10)
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15326511_10154853468303169_9090871169513453482_n.jpg?oh=ef8263b4f473250a7d9723311cec205a&oe=58B08F33)
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15317979_10154853468528169_8856016741800489634_n.jpg?oh=21597cd53029830c625e6da2e67b39c0&oe=58B9AB1C)
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15326502_10154853469258169_5487807239221019665_n.jpg?oh=d265a55bb4ebb905921273ccfd4ea18f&oe=58BC358D)
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/l/t1.0-9/15284026_10154853469388169_6191371024456760262_n.jpg?oh=1c2bb2899c7ea46b426470ac0675fdaf&oe=58EB82EC)
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15285078_10154853469598169_6342543705943844689_n.jpg?oh=f8b27122f1acd30b7b9fdbecc41629c5&oe=58B1D015)


https://www.facebook.com/199104018168/photos/pcb.10154853493233169/10154853468303169/?type=3&theater
Citar

O Agrupamento Sanitário do Exército está a montar um bloco operatório de campanha e uma unidade de recobro no recinto exterior do IPO. Vamos entrar em obras mas continuamos a assegurar a cirurgia ambulatória aos nossos doentes. O SNS e o Exército ao serviço dos portugueses!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Dezembro 15, 2016, 02:12:51 pm
Portugal forma snipers no Mali contra o terrorismo

(http://static.globalnoticias.pt/storage/JN/2016/big/ng7995327.jpg)

Ministro da Defesa foi ver a atividade das Operações Especiais em missão da União Europeia.

Forças militares portuguesas estão a formar snipers do Exército do Mali, no âmbito do processo de paz para a região, uma ação que tem em vista o reforço das estruturas daquele país, a braços com os ataques terroristas.

A formação está a cargo das Operações Especiais do Exército, com alguns elementos do Destacamento de Ações Especiais (DAE) da Marinha, que também tem valências nesta área de atiradores especiais. A instrução está enquadrada na missão de treino do Exército do Maliano, no âmbito da União Europeia. E a área das operações especiais, envolvendo os snipers, é das mais decisivas na luta contra o terrorismo, o maior problema que o Mali enfrenta.

Esta importante atividade dos militares portugueses está a ser acompanhada pelo Ministério da Defesa, cujo titular, Azeredo Lopes, se deslocou ao Mali, onde tomou contacto direto com esta realidade da formação.

A formação está a ser feita em conjunto com homólogos do Exército espanhol e, tal como foi explicado por um capitão das Operações Especiais a Azeredo Lopes, dez militares do Mali já têm formação enquanto snipers. Alguns deles, mercê da formação, chegaram ao escalão de instrutores, uma forma de autonomizar o Exército maliano nesta área tão especializada.

Os militares do Mali estão igualmente a aprender as técnicas de infiltração e exfiltração. A nível da prática de tiro, está igualmente a verificar-se o salto para outros alcances. Até agora, a aposta está a incidir nos 500 a mil metros, mas, dadas as condições desérticas do país, com uma linha de vista sem grandes obstáculos, os militares portugueses começam a apostar também nos alcances até aos dois mil metros, embora tendo de recorrer a outro tipo de armamento, de calibre mais pesado, para aumentar as qualificações do snipers malianos. O fornecimento das novas armas estará a cargo de um país ainda por determinar.



Leia mais: Portugal forma snipers no Mali contra o terrorismo http://www.jn.pt/nacional/interior/portugal-forma-snipers-no-mali-contrao-terrorismo-5553485.html#ixzz4Suqt84n1
Follow us: jornalnoticias on Facebook
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Dezembro 21, 2016, 10:19:07 am
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Dezembro 21, 2016, 11:33:56 am
O disparo anual está feito. Podem ir todos para casa..
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: saojorgexercito em Dezembro 24, 2016, 09:30:15 am
O disparo anual está feito. Podem ir todos para casa..

Ccchhiiiiuu ...! Olha ai, está bué de pessoal a ler isto, pá! ;D

A falta de munições tow resolvia-se com a racional diminuição de atiradores de tow ou com o abate dos sistemas de lançamento e arrumação dos mesmas em depósito de guerra. Tudo em acordo com a saudável gestão de recursos, claro. :G-beer2:

Venham mas é os videos do pessoal em cachos humanos a fazer coreografias dentro de "áreas urbanizadas".
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Dezembro 27, 2016, 03:15:39 pm
O disparo anual está feito. Podem ir todos para casa..

Ccchhiiiiuu ...! Olha ai, está bué de pessoal a ler isto, pá! ;D

A falta de munições tow resolvia-se com a racional diminuição de atiradores de tow ou com o abate dos sistemas de lançamento e arrumação dos mesmas em depósito de guerra. Tudo em acordo com a saudável gestão de recursos, claro. :G-beer2:

Venham mas é os videos do pessoal em cachos humanos a fazer coreografias dentro de "áreas urbanizadas".

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Dezembro 27, 2016, 06:14:12 pm
O disparo anual está feito. Podem ir todos para casa..

Ccchhiiiiuu ...! Olha ai, está bué de pessoal a ler isto, pá! ;D

A falta de munições tow resolvia-se com a racional diminuição de atiradores de tow ou com o abate dos sistemas de lançamento e arrumação dos mesmas em depósito de guerra. Tudo em acordo com a saudável gestão de recursos, claro. :G-beer2:

Venham mas é os videos do pessoal em cachos humanos a fazer coreografias dentro de "áreas urbanizadas".

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: saojorgexercito em Dezembro 28, 2016, 09:39:22 am

A audácia, a rapidez, a surpresa, ... só que não.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: saojorgexercito em Dezembro 28, 2016, 09:41:48 am
A técnica, a decisão rápida nos momentos decisivos, a dinâmica do colectivo .... só que não.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Dezembro 28, 2016, 12:35:33 pm
Exercicio conjunto entre Portugal e Espanha

No âmbito da participação portuguesa na Very High Readiness Joint Task Force Brigade (VJTF), decorreu de 09 a 20 de dezembro, no Campo de Manobras de San Gregório, na região de Zaragoza, Espanha, o Exercício LINEAJE AGRUPADO 16, que contou com a presença de uma Companhia de Atiradores do 2º Batalhão de Infantaria Mecanizado de Rodas pertencentes à Nato Response Force (2BIMecRodas/NRF2016).

O exercício, na modalidade de Field Training Exercise (FTX), vem no seguimento de uma série de outros, integrados no aprontamento da VJTF e ocorridos durante o ano de 2016, culminando o plano de treino do ano corrente.

Após a chegada ao Campo de Manobras, os dias 12 e 13 foram dedicados ao treino de tarefas críticas de Companhia e a ações de cross training entre Unidades Escalão Pelotão (UEP) e Unidades Escalão Companhia (UEC) espanholas e portuguesas, incluindo a realização de fogos reais com armamento orgânico.

No dia 14, a 2ª Companhia de Atiradores (2CAt) esteve sob Controlo Tático do Batalhão de “Zamora”, executando diversas tarefas de treino integrado, que incluíram:

· Live Fire Exercise (LFX) de Batalhão;

· Treino de escalão Companhia em áreas edificadas, com Cross Training com uma UEP;

· Treino de Operações Ofensivas;

· Exposição de viaturas, armamento e equipamento.
Entre os dias 16 e 18, a 2CAt integrou o Batalhão “San Quintin” na execução de uma Operação Ofensiva de Brigada, que incluiu a ocupação de uma Zona de Reunião, marcha para o contacto e conquista de objetivos, com a execução de tiro real pelas forças constituintes da Brigada.

O exercício constituiu-se como uma mais valia para os militares portugueses, dado que permitiu o treino da 2CAt e a integração desta com o Batalhão que se constitui como SpearHead da VJTF Brigade, da qual depende durante o período em que o Batalhão Português se encontra atribuído à NRF.

(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/LineAgrupadodec16_01.jpg)

(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/LineAgrupadodec16_02.jpg)

(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/LineAgrupadodec16_05.jpg)

(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/LineAgrupadodec16_07.jpg)

(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/LineAgrupadodec16_08.jpg)

Fonte: Exército
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 03, 2017, 02:12:39 pm
Histórias de militares entre a Colômbia e o Afeganistão

Oito militares indicados pelo Estado-Maior General das Forças Armadas contam ao DN as suas histórias nos teatros de operações onde estão colocados.

http://www.dn.pt/portugal/interior/historias-de-militares-entre-a-colombia-e-o-afeganistao-5580019.html
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 03, 2017, 02:47:43 pm
Já há mulheres na UPF?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 03, 2017, 05:05:43 pm
Já há mulheres na UPF?

Por acaso não sabia, mas lendo o artigo e vendo a combat shirt que ela tem, assim o parece.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Janeiro 04, 2017, 12:04:35 pm
Já há mulheres na UPF?

Claro que ainda não. Até à data ainda nenhum elemento feminino manifestou vontade/passou nos testes de seleção para o NOTP.
No artigo não vejo referência à ex-UPF, atual NOTP...falam é em Force Protection e os militares da Policia Aérea estão habilitados a desempenhar funções de Force Protection.
O contingente no Mali tem pessoal da Polícia Aérea no global, incluindo alguns elementos do NOTP.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 04, 2017, 01:17:13 pm
Ok, é do grupo de PA que faz segurança à Base.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 05, 2017, 01:00:45 pm
Oficial português dançou com guerrilheira. ONU não gostou

(http://static.globalnoticias.pt/storage/DN/2017/dn2015_detalhe_topo/ng8090073.JPG)
O português destacado por um canal de TV 

O Estado-Maior aguarda a comunicação das Nações Unidas. O militar é observador da missão de paz e está junto às FARC.

http://www.dn.pt/portugal/interior/oficial-portugues-dancou-com-guerrilheira-onu-nao-gostou-5586517.html

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Janeiro 05, 2017, 06:17:26 pm
Também foi na Colômbia onde muitos agentes dos serviços secretos norte-americanos deram fim à sua carreira.

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Fevereiro 12, 2017, 12:34:09 am
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15401104_10157859100710394_7306919447040707376_n.jpg?oh=54aa2c0bc1d14711d74cff64b4db35fd&oe=59490E53)
Iraque
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 17, 2017, 10:55:27 am
Regimento de Estremoz prepara militares para integrarem força da NATO

O Regimento de Cavalaria 3, de Estremoz, começa este ano a preparar um esquadrão de reconhecimento para integrar uma força militar multinacional da NATO.

O Regimento de Cavalaria 3 (RC3), de Estremoz, começa este ano a preparar um esquadrão de reconhecimento para integrar uma força militar multinacional da NATO, disse esta quinta-feira à agência Lusa o comandante da unidade. O coronel Nuno Duarte indicou que o esquadrão de reconhecimento, do Agrupamento “ISTAR”, vai integrar uma força da NATO, em 2018, com a designação de “NATO Response Force” (NRF 18).

Segundo o comandante da unidade militar de Estremoz, no distrito de Évora, o esquadrão, que inclui cerca de 140 militares, entre oficiais, sargentos e praças, vai ser preparado no RC3 para que em 2018 possa ser a força de Portugal na NATO e estar pronto para poder intervir em situações de crise na Europa. “Esta força militar multinacional da NATO deve estar preparada para num período de cinco a sete dias poder intervir em qualquer crise que surja na Europa”, realçou o coronel Nuno Duarte.

O esquadrão de reconhecimento, do Agrupamento de Informações, Vigilância, Aquisição de Objetivos e Reconhecimento, segundo o comandante do RC3, vai ter três fases, a primeira, este ano, a fase “Stand Up”, criação da força, a segunda, em 2018, fase “Stand By”, pronta para intervir, e a terceira, em 2019, fase “Stand Down”, que corresponde ao desmantelamento da força. “Este ano, o esquadrão de reconhecimento fica completo, em termos do número de militares que o integram, recebe equipamento e material e inicia a preparação e o treino operacional”, adiantou.

O RC3, a unidade mais antiga em atividade do Exército Português, está instalado em Estremoz há 141 anos, desde 5 de abril de 1875, e integra a Brigada de Reação Rápida, com comando em Tancos, uma das principais unidades operacionais do Exército. O Regimento de Cavalaria 3 “Dragões de Olivença” tem origem numa das mais antigas unidades do Exército, fundada em 1707, em Olivença.

http://observador.pt/2017/02/16/regimento-de-estremoz-prepara-militares-para-integrarem-forca-da-nato/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Março 20, 2017, 02:23:46 pm
Citar
Decorreu entre 10 e 12 de março, em Mira, o Campeonato Regional de Trauma – Centro/Norte.
Equipas da região norte e centro do país competiram em cenários de socorro a vítimas de trauma, dando a conhecer as avançadas técnicas utilizadas pelas equipas de emergência em todo o mundo, o que constituiu uma oportunidade de partilha, aprendizagem e evolução.
O Centro de Saúde Militar de Coimbra participou pela primeira vez nesta competição, com uma equipa constituída por Enfermeiros do Departamento de Saúde Operacional.

(https://i2.wp.com/www.bps.pt/wp-content/uploads/2017/03/DSC_0949.jpg?fit=640%2C360&ssl=1)
(https://i1.wp.com/www.bps.pt/wp-content/uploads/2017/03/DSC_0935.jpg?resize=696%2C392&ssl=1)

https://www.bps.pt/2017/03/14/mira-municipais-da-figueira-arrecadam-vitoria-no-campeonato-regional-de-trauma/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Abril 28, 2017, 10:23:20 am
https://www.exercito.pt/pt/o-que-fazemos/treino-operacional-e-operacoes/operacoes?utm_content=buffer1ec2b&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer (https://www.exercito.pt/pt/o-que-fazemos/treino-operacional-e-operacoes/operacoes?utm_content=buffer1ec2b&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer)
Citar
O Exército tem, atualmente, militares no Afeganistão, Colômbia, Iraque, Kosovo, Mali, República Centro-Africana e Somália a cumprir missões no âmbito da União Europeia, Nações Unidas, NATO e da Coligação Internacional contra o Daesh.

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 28, 2017, 11:38:02 am
EXÉRCITO PORTUGUÊS REGRESSA À “FRENTE LESTE”

A Lituânia será de novo o destino de uma Força Nacional Destacada do Exército que em breve participará nas operações da OTAN naquele país aliado. Portugal volta assim a participar nas Assurance Measures destinadas a dissuadir actividades agressivas por parte da Federação Russa, demonstrando o seu  empenho no esforço de defesa colectiva da Aliança Atlântica.

http://www.operacional.pt/exercito-portugues-regressa-a-frente-leste/

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2017/04/Litu%C3%A2nia-2015-Recce-Coy-IMG_0125.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 05, 2017, 03:08:56 pm
Citar
Vieira de Leiria: Brigada de artilharia e anti-aérea do Exército fez fogo real e abateu aeronave
sexta, 05 maio 2017

(http://www.diarioaveiro.pt/files/news/590b95a32e5ff.png)

Cento e treze militares do exército, incluindo 10 oficiais, 20 sargentos, 67 praças e seis civis, foi o dispositivo que participou, ontem, no exercício ‘Relâmpago 17’, que decorreu nas dunas na Fonte dos Morangos, em Vieira de Leiria, no concelho da Marinha Grande. Durante cerca de duas horas, os militares testaram os sistema míssil portátil ‘Stinger’, de origem americana, lançados a partir da zona da Fonte dos Morangos, que nos primeiros disparos abateram uma aeronave (não tripulada) que sobrevoou aquela zona. Com um alcance de cinco quilómetros e um peso de 15,8 quilos, aquele tipo de míssil tem como função abater aeronaves que sobrevoem determinada zona sem a devida autorização, e que, na realidade, servem também para o apoio à Força Aérea Portuguesa. “Este mísseis servem para colmatar as designadas zonas sombras do espaço aéreo, on­de a Força Aérea Portuguesa não consegue chegar”, explicou Hélder Barreira, tenente-coronel e comandante do Gru­po de Artilharia Anti-Aérea do Exército, sedeado em Queluz, mas que contou com o apoio de militares da mesma área, distribuídos por vários quartéis do País. Num outro lançamento, o míssil ‘Stinger’ ainda chegou a atingir uma outra aeronave que sobrevoava aquela zona, mas não foi suficiente para a abater, contrariamente ao que aconteceu na primeira acção.

http://www.diarioaveiro.pt/noticia/18772
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 05, 2017, 03:33:18 pm
Olha a "Brigada"!... :rir: :bang:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Maio 21, 2017, 08:20:01 pm
EXÉRCITO PORTUGUÊS REGRESSA À “FRENTE LESTE”

A Lituânia será de novo o destino de uma Força Nacional Destacada do Exército que em breve participará nas operações da OTAN naquele país aliado. Portugal volta assim a participar nas Assurance Measures destinadas a dissuadir actividades agressivas por parte da Federação Russa, demonstrando o seu  empenho no esforço de defesa colectiva da Aliança Atlântica.

http://www.operacional.pt/exercito-portugues-regressa-a-frente-leste/

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2017/04/Litu%C3%A2nia-2015-Recce-Coy-IMG_0125.jpg)

penso que são estes que vão!
(https://scontent.fopo2-2.fna.fbcdn.net/v/t35.0-12/18641396_1509555122423080_337613385_o.jpg?oh=cc8c6381a461ab1e801348355ff7e363&oe=5924AD33)(https://scontent.fopo2-2.fna.fbcdn.net/v/t35.0-12/18641118_1509555062423086_1821799563_o.jpg?oh=0c364b280aadb8b48652b4c318c8b6bc&oe=59237BE5)



ontem em leixões
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Maio 22, 2017, 07:11:47 am
EXÉRCITO PORTUGUÊS REGRESSA À “FRENTE LESTE”

A Lituânia será de novo o destino de uma Força Nacional Destacada do Exército que em breve participará nas operações da OTAN naquele país aliado. Portugal volta assim a participar nas Assurance Measures destinadas a dissuadir actividades agressivas por parte da Federação Russa, demonstrando o seu  empenho no esforço de defesa colectiva da Aliança Atlântica.

http://www.operacional.pt/exercito-portugues-regressa-a-frente-leste/

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2017/04/Litu%C3%A2nia-2015-Recce-Coy-IMG_0125.jpg)

penso que são estes que vão!
(https://scontent.fopo2-2.fna.fbcdn.net/v/t35.0-12/18641396_1509555122423080_337613385_o.jpg?oh=cc8c6381a461ab1e801348355ff7e363&oe=5924AD33)(https://scontent.fopo2-2.fna.fbcdn.net/v/t35.0-12/18641118_1509555062423086_1821799563_o.jpg?oh=0c364b280aadb8b48652b4c318c8b6bc&oe=59237BE5)



ontem em leixões

Estão á espera do nosso NPL para embarcar..... :G-beer2: :G-beer2:
Lá vai o RI14 ficar desfalcado, o seu único BAT Mec (R), operacional fica (-) (-), praticamente deixa de existir, como unidade de Combate.
Um Exército de 14.000 elementos mas só com cinco BAT de Infantaria, e nem mesmo esses cinco Batalhões completos, só mesmo por cá !!!
Aliás nada melhor do que as aquisições dos Pandur para vermos os bons negócios e a competência dos seus intervenientes Nacionais. Registamos a não entrega de 72 VBR, numa encomenda de 260, uma perda de 27% antes do 1º Combate, ou seja a incapacidade de equipar um BAT, da BrigInt (69 Viat necessárias ) mais as 20 unidades dos nossos FUZOS, PIOR que isto é mesmo impossível de realizar.

Abraços
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 22, 2017, 01:50:58 pm
Brigada de Reacção Rápida - 3 Batalhões de Infantaria
Brigada Mecanizada - 1 Batalhão de Infantaria
Brigada de Intervenção - 2 Batalhões de Infantaria
Regimentos de Guarnição...

5?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Maio 22, 2017, 03:33:32 pm
Brigada de Reacção Rápida - 3 Batalhões de Infantaria
Brigada Mecanizada - 1 Batalhão de Infantaria
Brigada de Intervenção - 2 Batalhões de Infantaria
Regimentos de Guarnição...

5?

CdM quantos destes seis Batalhões que mencionas, estão a 100% ????

Quantos Batalhões nossos tem CCS, 1ª, 2ª 3ª de atiradores/infantaria, e a de apoio vulgo pesada ?????
Quantos ????
 
Os dois de Infª Para ??
Será ??

O Bat de Cmds quantas Cat's tem ??? Duas ??

Já nem comento os efectivos reais dos dois bat infª da BrigInt isto porque a famosa Brigada de Intervenção que deveria ter Três Bats a três Cats cada, totalizando nove companhias de atiradores, afinal tem apenas dois Bat's e com duas cat's cada, quatro companhias de atiradores fazem uma Brigada ???

Epá isto faz-me lembrar os Italianos na 2ª GM com o sistema Binário deles oposto ao sistema ternário e até quaternário do seu Aliado Alemão!!

Ou seja a BrigInt está a menos de 50% do efectivo no que diz respeito ás Unidades de Manobra, mas não ficamos por aqui, o GAC da BrigInt quantas Batarias tem orgânicas ??
quatro, Três de 10,5cm e deveria ter uma de 15cm para apoio de Manobra !
Na realidade o Gac quantas batarias tem ????
DUAS de 10,5cm a terceira por não haver o terceiro Bat também não foi levantada e a bataria média está também em falta e é um pau !
Portanto a conclusão minha é que também a BrigInt no seu elemento de apoio de fogos está a 50%, apenas 50% num Exército de 14.000 elementos, uma vergonha !!!
Eu nem sequer me preocupo com os dois Bat Inf dos dois Reg Guarn, pois os dois Bat juntos não tem o efectivo de um completo !!!!!

É por isso que eu digo que os 14.000 militares do nosso Exército não conseguem mobilizar cinco Bat Infª completos, basta fazermos as contas...... eles no papel existem mas a realidade é bem diferente CdM.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 23, 2017, 11:12:02 am
Brigada de Reacção Rápida - 3 Batalhões de Infantaria
Brigada Mecanizada - 1 Batalhão de Infantaria
Brigada de Intervenção - 2 Batalhões de Infantaria
Regimentos de Guarnição...

5?

CdM quantos destes seis Batalhões que mencionas, estão a 100% ????

Que eu saiba... nenhum.

Citar
Quantos Batalhões nossos tem CCS, 1ª, 2ª 3ª de atiradores/infantaria, e a de apoio vulgo pesada ?????
Quantos ????

Não sei se têm todas as Companhias, ou se pura e simplesmente têm Pelotões do tamanho de secções...
 
Citar
Os dois de Infª Para ??
Será ??

É conhecido que os BIParas têm graves lacunas no seu efectivo.

Citar
O Bat de Cmds quantas Cat's tem ??? Duas ??

Salvo erro 3, mas com lacunas no seu efectivo. O BatCmds tem o efectivo a 65%, segundo li algures.

Citar
Já nem comento os efectivos reais dos dois bat infª da BrigInt isto porque a famosa Brigada de Intervenção que deveria ter Três Bats a três Cats cada, totalizando nove companhias de atiradores, afinal tem apenas dois Bat's e com duas cat's cada, quatro companhias de atiradores fazem uma Brigada ???

No meu tempo, quando ainda vivia-se no tempo das vacas gordas ao nível dos efectivos, é provavel que um único BIPara tivesse mais efectivos que esses BIMec a Rodas.

Citar
Epá isto faz-me lembrar os Italianos na 2ª GM com o sistema Binário deles oposto ao sistema ternário e até quaternário do seu Aliado Alemão!!

Ou seja a BrigInt está a menos de 50% do efectivo no que diz respeito ás Unidades de Manobra, mas não ficamos por aqui, o GAC da BrigInt quantas Batarias tem orgânicas ??
quatro, Três de 10,5cm e deveria ter uma de 15cm para apoio de Manobra !
Na realidade o Gac quantas batarias tem ????
DUAS de 10,5cm a terceira por não haver o terceiro Bat também não foi levantada e a bataria média está também em falta e é um pau !
Portanto a conclusão minha é que também a BrigInt no seu elemento de apoio de fogos está a 50%, apenas 50% num Exército de 14.000 elementos, uma vergonha !!!
Eu nem sequer me preocupo com os dois Bat Inf dos dois Reg Guarn, pois os dois Bat juntos não tem o efectivo de um completo !!!!!

É por isso que eu digo que os 14.000 militares do nosso Exército não conseguem mobilizar cinco Bat Infª completos, basta fazermos as contas...... eles no papel existem mas a realidade é bem diferente CdM.

Depois de anos e anos com pouquíssimas vagas, poucos voluntários em quantidade e qualidade, e contractos de curta duração, o que é que estavas à espera?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 24, 2017, 11:32:38 pm
Acho que este video ainda cá não foi posto.

Participação da Bateria de Artilharia de Campanha - ASSURANCE MEASURES na operação ISAK

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 03, 2017, 10:49:39 pm
Exercício EFICÁCIA 17

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Junho 04, 2017, 11:35:29 am
Exercício EFICÁCIA 17


Este vídeo deu me a entender que Portugal neste momento só tem 5 M109A5 activos.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Junho 04, 2017, 12:10:57 pm
Exercício EFICÁCIA 17


Este vídeo deu me a entender que Portugal neste momento só tem 5 M109A5 activos.

Penso que não é assim, a Btr AP que foi destacada para o Exercício é que só tinha 5 BF . ( a sexta BF AP de 15,5, um M114 e uma peça de 10,5, estavam em exposição para os srs Convidados ).
Pelo que sei temos 18 BF 15,5 nas três BTRs médias AP.
O que me deixa triste é ainda termos os obuses M114 ao serviço, por muito resistentes que sejam e são, já estão muitíssimo ultrapassados só o facto de para efectuar o 1º disparo, ter de se baixar o macaco para apoiar a BF em três pontos, faz com que o tempo necessário para tal, com este material seja mais do triplo do tempo necessário para os 10,5 dispararem o 1º tiro de regulação.
A sua possível troca por uma BTR de 10,5 era uma enorme melhoria para o Exército.

Abraços
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Junho 04, 2017, 06:05:06 pm
https://www.exercito.pt/pt/quem-somos/organizacao/ceme/cft/brigmec/gac


História

Em 09 de Maio de 1977, foi constituída a 1ª Bateria de Bocas de Fogo do Grupo de Artilharia de Campanha, equipada com o Obús KRUP rebocado, de calibre 105mm, de origem Alemã.

Em 1979, foi utilizado pela primeira vez o Obús M101 A1 rebocado de calibre 105mm, de origem Norte- Americana e integra os exercícios da 1ªBMI, a nível Nacional e Internacional, no ano de 1980.

Em 16 de Setembro de 1981, entra ao serviço do Exército Português o Obús M109 A2, autopropulsado, de calibre 155mm, de origem Americana, constituindo um grande passo para a modernização do GAC/1ªBMI. Com a desativação, em 1994 da 1ª e 3ª Baterias, o GAC/BMI fica reduzido apenas à 2ªBateria de Bocas de Fogo, dotada de Obúses M109 A2.

Em 20 Março de 2002, o GAC/BMI recebe 12 Obúses M109 A5, que substituem os antigos M109 A2, equipando duas Baterias de Bocas de Fogo. Em 22 de Janeiro de 2007 o GAC/BrigMec recebe 2 Obúses M109 A5 vindos da EPA e mais 4 vindos dos EUA.

Em 23 de Março de 2007 o GAC/BrigMec recebe o sistema Automático de Comando e Controlo (SACC), AFATDS (Advanced Field Artillery Tactical Data System). Tornando assim o GAC/BrigMec dotado dos sistemas e armas de Artilharia mais avançados que se conhecem.



Abraços
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 05, 2017, 09:47:45 pm
Orion 17

Exército realiza exercício com base no artigo de defesa coletiva da NATO
http://www.dn.pt/portugal/interior/dois-mil-militares-em-exercicio-anual-do-exercito-ate-23-de-junho-8536914.html

Exército vai invadir o Alentejo mas está tudo bem
http://expresso.sapo.pt/politica/2017-06-05-Exercito-vai-invadir-o-Alentejo-mas-esta-tudo-bem

PS: Os Espanhois devem ser os pára-quedistas deles, os Americanos, se vem com os MV-22, muito provavelmente os US Marines de Moron?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 10, 2017, 10:28:58 pm
Exército Português - A BRIGADA MECANIZADA 2017
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 13, 2017, 11:02:04 pm
No exercício Orion 17, as forças americanas presentes são da 173ª Brigada Pára-quedista, Marines e V-22 da Special Purpose Marine Air-Ground Task Force – Crisis Response – Africa, ainda militares da Indiana Army National Guard Long Range Surveillance Company e C-130s da Wyoming Air National Guard, pelo site é a maior participação americana no Orion até hoje.

https://pt.usembassy.gov/army-exercise-orion-17/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Junho 15, 2017, 10:37:50 am
O exército não estava interessado em CAESAR ou M-777?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 15, 2017, 12:43:40 pm
O exército não estava interessado em CAESAR ou M-777?

Sim, para a Brigada de Intervenção.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ARIES em Junho 17, 2017, 05:05:12 pm
Saber Strike 17: Iron Wolf
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 12, 2017, 02:41:14 pm
The Portuguese military doctor
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 29, 2017, 11:11:16 pm
Exercício Lusitano 2017
https://www.facebook.com/PortugueseAirForce/videos/1062743927198764/

Parece-me que as Forças Armadas se estão a preparar para impedir a independência dos Açores :D, estou a brincar claro.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Turlu em Outubro 30, 2017, 02:17:47 pm
Exercício Lusitano 2017
https://www.facebook.com/PortugueseAirForce/videos/1062743927198764/

Parece-me que as Forças Armadas se estão a preparar para impedir a independência dos Açores :D, estou a brincar claro.

Para isso teriam que juntar umas bandarilhas ao arsenal:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Batalha_da_Salga :D

Filmei um Lynx a sobrevoar a costa sul da Ilha Terceira, coisa que nunca tinha visto até agora. Ainda não vi se ficou em condições de ser mostrado. Se tiver ficado bom, publico aqui no forum.

Cumprimentos

Turlu
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Outubro 30, 2017, 06:00:12 pm
No site da Presidência tens o lynx a largar a malta da marinha para "ataque" ao terminal portuário militar na praia da vitória.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 26, 2018, 03:29:00 pm
Visita do CEME ao Contingente Nacional em aprontamento para o Afeganistão
https://www.exercito.pt/pt/informa%C3%A7%C3%A3o-p%C3%BAblica/not%C3%ADcias/419

(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2018/visitaCEMERI14_1.jpg)
(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2018/visitaCEMERI14_3.jpg)
(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2018/visitaCEMERI14_5.jpg)
(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2018/visitaCEMERI14_6.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 19, 2018, 11:52:50 am
Tudo está a ser feito para garantir comunicações em catástrofe
https://www.jn.pt/nacional/interior/tudo-esta-a-ser-feito-para-evitar-quebras-de-comunicacoes-em-catastrofe-9266868.html

Noutro artigo do JN

Uma falha no SIRESP, em consequência de um sismo, foi um dos principais cenários de um exercício do Exército, que junta militares, Proteção Civil, bombeiros, INEM, PSP e GNR, tendente a criar uma maior interligação entre todas as forças. O exercício, de nome Fénix, decorreu em Tavira, envolvendo 400 homens e insere-se no objetivo de aumentar a cooperação entre militares e a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), tendo em conta o aproximar do período de incêndios.

O comandante do RAME, coronel César Reis, adiantou ao IN que o cenário de sismo "foi escolhido porque permite treinar um vasto conjunto de valências que dificultam a missão. Há a destruição de edificios, o socorro a populações,  incêndios, a rutura das infraestruturas de comunicações"
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 27, 2018, 05:37:26 pm
Citar
Conseguem descobrir as diferenças entre os LEOPARD da Brigada Mecanizada e os do Exército Espanhol?

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/31392196_1985648724840177_3170457691545927680_n.jpg?_nc_cat=0&_nc_eui2=v1%3AAeFz-4kYf-qX5S4DImBqG4JEIWsmMWnH5XN_sSgWY47GW79awjXfWaJb3wRzY9ylA9ilEgif6L4E_PWSBEw17u0SaM9Nl5BNHoLMgOZuoraxEA&oh=c7250262cf5737c20c71dca2f2fd9744&oe=5B9628EE)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/31396196_1985648744840175_4834707658470588416_n.jpg?_nc_cat=0&_nc_eui2=v1%3AAeFvYbah7Znz4fpHZLVCKNtdgGrSBeKr5SN-uoqS7Z6PEiVFv1b7yfFn3NWuDJpkFf90AOi3RjzYOS8d2dxBcHPjMgWxsQYIwYmPtdzy6CVg0Q&oh=1763c86a8974681491a346ca5ff0bc10&oe=5B9757E3)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/31356089_1985648781506838_8027678662344048640_n.jpg?_nc_cat=0&_nc_eui2=v1%3AAeGQ1WKz8JPuNfNlF3yftvU28CGNLoOCgkNYPKh9OcFDmEB5z7e4bL7EV4_zzMIcpd8mlgtGvSNjg2YyXS_PbQsn5L1fts4w4wwUJyR7wrcxNQ&oh=96fd46a4421d1f25be8fdfcde2fd9060&oe=5B65290D)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/31358073_1985648861506830_4077515721733570560_n.jpg?_nc_cat=0&_nc_eui2=v1%3AAeHdW8SBOUAloI0Wy2OZGCIYCb4r3JMlx9TeSt3wUSlaUpG-oUCXMdCn1d-YQmldCDHUn--f7jUqu0c2Yxf3eeSDaw_Khbj6dLnIJEfE89LoSg&oh=affb2380bda08294b97f4e121ce18bdb&oe=5B5824E5)

Fonte: Brigada Mecanizada
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Abril 27, 2018, 08:03:52 pm
Assim derrepente 70 e muitas unidades e vejam lá.. até têm uma coisa estranha que consegue resgatar os leopard no caso de empanarem..

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Abril 27, 2018, 08:12:57 pm
Erraste aí por mais de 110  :)  Além disso têm melhor blindagem que os nossos.

Citar
In 1998, the Spanish government agreed to contract 219 tanks of the Leopard 2E line, 16 recovery tanks Leopard 2ER (Bufalo) and 4 training vehicles.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 28, 2018, 10:33:26 am
Erraste aí por mais de 110  :)  Além disso têm melhor blindagem que os nossos.

Citar
In 1998, the Spanish government agreed to contract 219 tanks of the Leopard 2E line, 16 recovery tanks Leopard 2ER (Bufalo) and 4 training vehicles.

Penso que há Leopards Espanhóis à espera de serem vendidos, certo?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Barlovento em Abril 28, 2018, 01:12:16 pm
Erraste aí por mais de 110  :)  Além disso têm melhor blindagem que os nossos.

Citar
In 1998, the Spanish government agreed to contract 219 tanks of the Leopard 2E line, 16 recovery tanks Leopard 2ER (Bufalo) and 4 training vehicles.

Penso que há Leopards Espanhóis à espera de serem vendidos, certo?

No de este modelo. Había o hay almacenados 50 Leopard de los que compraron a Alemania de versión mas antigua.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Abril 28, 2018, 06:31:23 pm
Como o Barlovento diz, e muito bem, os carros que o EdT quer vender são do modelo A4. Será que não haveria aqui uma oportunidade de adquirirmos umas 30 unidades para constituir um terceiro esquadrão (mesmo que não se convertam de imediato para A6) e converter as restantes unidades para veículos de recuperação e de engenharia? Umas duas ou três tranches anuais de 20 milhões + IVA deviam chegar  ;D
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 09, 2018, 10:56:02 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Barlovento em Maio 11, 2018, 10:16:23 am
Orión 2018

http://www.defensa.com/espana/carros-combate-leopardo-2e-espanoles-cruzan-frontera-portugal

Loone Patrooper 2018

http://www.defensa.com/espana/paracaidistas-elite-entrenan-leon-ejercicio-lone-paratrooper
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 11, 2018, 12:16:23 pm
O Loone Patrooper é considerado uma enorme mais valia para a Companhia de Precursores. Eles vão lá todos os anos.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 13, 2018, 08:10:47 pm
(https://scontent.flis6-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32219088_2005815612823488_6804601886319050752_o.jpg?_nc_cat=0&oh=4defcb4855cf13d2f0afd9990a9d8b7d&oe=5B542630)
(https://scontent.flis6-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32260746_2006979919373724_1754111488894697472_o.jpg?_nc_cat=0&oh=7c0858f8d8b7c581c550edb337b0f99a&oe=5B5245CE)
(https://scontent.flis6-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32267105_2006979409373775_4849590733763510272_o.jpg?_nc_cat=0&oh=a86742a88903a0c3bec0846630e356a3&oe=5B522272)

Mais em:
https://www.facebook.com/pg/Mecanizada/photos/?tab=album&album_id=2005811942823855
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 16, 2018, 02:32:38 pm
(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/31959084_10214270074380275_2401910561357955072_n.jpg?_nc_cat=0&oh=9b1210e8875db7810e31e8c8894498ae&oe=5B826E67)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/31960493_10214270115981315_2592376237628325888_n.jpg?_nc_cat=0&oh=f7c0b55d228b64cfc7fba3e62ad47e55&oe=5B8B56D0)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/31955969_10214270106941089_137707126934994944_n.jpg?_nc_cat=0&oh=c068130e369053662847bc3531ed9412&oe=5B7956C3)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/31960514_10214270152382225_689035517328621568_n.jpg?_nc_cat=0&oh=381420136eec57a5df71a24e3b1eb537&oe=5B9A1994)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32089244_10214270122661482_4997551004196012032_n.jpg?_nc_cat=0&oh=2a519f1f90a05ee43ad79769ec35a03f&oe=5B886FF3)



Fonte: Serrano Rosa
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 01, 2018, 10:55:35 am
A prova zero do curso de comandos deste ano decorreu na Figueira da Foz, mas penso que o Exército já não tem qualquer unidade nesse cidade.

O exército ainda mantém algum campo de treinos por lá?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Outubro 01, 2018, 01:24:14 pm
Que eu saiba não...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 01, 2018, 07:56:35 pm
Que eu saiba não...

Nas noticias é que dizem, até li algures que escolheram esse local por ter temperatura mais amena pois está junto ao mar.
https://www.publico.pt/2018/09/30/sociedade/noticia/cinco-recrutas-foram-hospitalizados-e-15-desistiram-apos-prova-zero-nos-comandos-1845788
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Barlovento em Outubro 07, 2018, 11:33:36 am
Una "Unidad de reconocimiento" portuguesa, va a participar en los próximos días en el ejercicio multinacional Tridente Juncture 2018, que se va a realizar en Noruega. Van a integrarse en un batallón ISTAR español (Inteligencia, Vigilancia, Adquisición de objetivos y Reconocimiento) , que a su vez se integra en la brigada italiana Ariete.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 08, 2018, 12:52:54 pm
Será o Erec da BrigRR? Eles é que estavam a treinar para a NRF...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 17, 2018, 09:47:15 am
https://www.msn.com/pt-pt/video/entretenimento/leslie-19-geradores-chegam-a-soure-para-restabelecer-eletricidade/vi-BBOsBJH?fbclid=IwAR1tkkTit8ZfRxwzCLMzscIQs35bJEZXnjlGv-WGG62PoZPvpPS6heKYaic (https://www.msn.com/pt-pt/video/entretenimento/leslie-19-geradores-chegam-a-soure-para-restabelecer-eletricidade/vi-BBOsBJH?fbclid=IwAR1tkkTit8ZfRxwzCLMzscIQs35bJEZXnjlGv-WGG62PoZPvpPS6heKYaic)

Citar
A Seguir:Estreias Da Semana Nas Salas De Cinema Portuguesas (Editado)
 TVI24
Leslie: 19 geradores chegam a Soure para restabelecer eletricidade
Duração: 00:59 18 horas atrás
Dezanove geradores chegaram esta terça-feira ao distrito de Coimbra para repor a eletricidade nas aldeias mais afetadas pela tempestade Leslie. Os geradores foram cedidos pelas Forças Armadas e o Exército já está no terreno

(https://img-s-msn-com.akamaized.net/tenant/amp/entityid/BBOsv16.img?m=1&b=black&w=918&h=516&f=jpeg&q=60)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Outubro 17, 2018, 10:31:22 am
Eu sei que o papel principal das FA é defender a população, neste caso em particular no auxilio prestado em caso de calamidade mas desta vez as FA deviam ter exigido a esses comilões da EDP o pagamento do aluguer dos geradores a um rácio de 1 NH90 por dia!

CHULOS!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Outubro 17, 2018, 11:00:44 am
Eu sei que o papel principal das FA é defender a população, neste caso em particular no auxilio prestado em caso de calamidade mas desta vez as FA deviam ter exigido a esses comilões da EDP o pagamento do aluguer dos geradores a um rácio de 1 NH90 por dia!

CHULOS!

Concordo, mas infelizmente as coisas não funcionam assim!

Só tenho pena é que tenha demorado uma semana para que as FAs tenham sido activadas .
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 21, 2018, 09:00:19 am
=68.ARDTNJ1fq0WBLU-TKNQRHHHL4-BEmc4sMixIS6YuoVpcqGAf0hXxIx9E3679hA5TpzJ3j_sSJ_eMTSDkH3Siprsn-cuYOEfDMcvdoBeNCig_2gfJyBLTFgfDPHrqlPgqoNpoFqtEK_8ioF3TQhxqmEE0WspYZYixrlZ91-XU_mtCtxQNML-CkVz1UvdO0NaWNPuWMGdpJiw-97FQJTs7Jvz8e80]https://www.facebook.com/emgfa/?__tn__=kCH-R&eid=ARCT-LxREF5COhlzyEOo1DJN3tjOqyWf4VnbPif0bGDRtzu3HLtu3i5jsbjB0vtVs_7ZictRhSsoaDFV&hc_ref=ARStXv4izx0PM2JmE8UGRly_cZm9m5E4_qghD9BcHcLa-5bLOnFQcWlxpDvVmL9s2mc&fref=nf&__xts__[0]=68.ARDTNJ1fq0WBLU-TKNQRHHHL4-BEmc4sMixIS6YuoVpcqGAf0hXxIx9E3679hA5TpzJ3j_sSJ_eMTSDkH3Siprsn-cuYOEfDMcvdoBeNCig_2gfJyBLTFgfDPHrqlPgqoNpoFqtEK_8ioF3TQhxqmEE0WspYZYixrlZ91-XU_mtCtxQNML-CkVz1UvdO0NaWNPuWMGdpJiw-97FQJTs7Jvz8e80 (https://www.facebook.com/emgfa/?__tn__=kCH-R&eid=ARCT-LxREF5COhlzyEOo1DJN3tjOqyWf4VnbPif0bGDRtzu3HLtu3i5jsbjB0vtVs_7ZictRhSsoaDFV&hc_ref=ARStXv4izx0PM2JmE8UGRly_cZm9m5E4_qghD9BcHcLa-5bLOnFQcWlxpDvVmL9s2mc&fref=nf&__xts__[0)

Citar
Obrigado à população e entidades de Aveiro e Ovar

No âmbito do exercício LUSITANO 18, a decorrer na região de Aveiro e Ovar até ao próximo dia 26 de outubro, a Companhia Geral de Cooperação Civil Militar (CIMIC) realizou diversas ações de divulgação e agradecimento junto de entidades locais.

De salientar a forma calorosa e disponível como as Forças Armadas estão a ser acolhidas naquela região.

O exercício LUSITANO é um exercício anual conjunto, da responsabilidade do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA), que conta com a participação da Marinha, do Exército e da Força Aérea, num cenário fictício de evacuação de cidadãos nacionais e, eventualmente, de países amigos ou aliados.

Este exercício pretende preparar as Forças Armadas para o cumprimento das missões específicas de apoio à política externa, nomeadamente a proteção e evacuação de cidadãos nacionais em áreas de tensão ou crise.

(https://scontent.flis3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/44229688_933501486850594_6239443804311519232_n.jpg?_nc_cat=103&_nc_ht=scontent.flis3-1.fna&oh=7a0199a42398a6dc06c4a1294e8def9f&oe=5C53DE0F)

(https://scontent.flis3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/44337435_933501576850585_5251820837715050496_n.jpg?_nc_cat=104&_nc_ht=scontent.flis3-1.fna&oh=b1b34d21acbe4efeca4aaf0c25db51f9&oe=5C47FD11)

(https://scontent.flis3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/44328489_933501560183920_1695407502230814720_n.jpg?_nc_cat=101&_nc_ht=scontent.flis3-1.fna&oh=dbce1f6e72d2206987e0fe9f1b3c4f5b&oe=5C53142D)

(https://scontent.flis3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/44316700_933501616850581_5480553547311349760_n.jpg?_nc_cat=101&_nc_ht=scontent.flis3-1.fna&oh=2084cafaf156d9d508834bd3301fc40b&oe=5C891DA1)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Outubro 22, 2018, 02:16:26 pm
Timor 2000

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Outubro 24, 2018, 01:39:18 pm
Que eu saiba não...

Nas noticias é que dizem, até li algures que escolheram esse local por ter temperatura mais amena pois está junto ao mar.
https://www.publico.pt/2018/09/30/sociedade/noticia/cinco-recrutas-foram-hospitalizados-e-15-desistiram-apos-prova-zero-nos-comandos-1845788

Já estive a investigar. ;D São os terrenos da carreira de tiro em Lavos.

(https://i.imgur.com/gR4jcET.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 27, 2018, 02:43:33 pm
Citar
Militares do Exército Português participaram no exercício internacional Scorpions Fury 18, na Roménia.

No âmbito das medidas da NATO de tranquilização da sua fronteira leste perante o aumento da instabilidade aí vivida, Portugal participou com mais de cem militares do 2.º Batalhão de Infantaria Mecanizado de Rodas da Brigada de Intervenção do Exército.

O Exercício empenhou 1800 militares de 8 países aliados, como a Bulgária, Canadá, Espanha, Hungria, Itália, Polónia, Portugal e Roménia.

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/46458131_2088105124771508_2335012567367286784_n.jpg?_nc_cat=110&_nc_eui2=AeFhHj5m22nsENUE3g5XdAmlmPLxmrGm1B81LXlENIeQcXaV9xztlBg5gtCrF7kTut7_fLNi6I-ZXxtYBVBnPSQgjnOlPmf99coIN1AgJJoR5Q&_nc_ht=scontent.flis5-1.fna&oh=ebaf9f75d2f3b88e916d9133bed8e25a&oe=5C6C57D3)

Fonte: Portuguese Armed Forces
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Novembro 27, 2018, 03:27:00 pm
Impressão minha ou era os únicos que não iam preparados para o frio?

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 27, 2018, 03:31:19 pm
Impressão minha ou era os únicos que não iam preparados para o frio?

Os Romenos estão iguais... ???
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitan em Novembro 27, 2018, 03:42:10 pm
Eight Allies join forces in Romania for Exercise SCORPIONS FURY 18

https://www.nato.int/cps/en/natohq/photos_160332.htm

https://adevarul.ro/news/eveniment/video-exercitiul-militar-scorpion-fury-18-comandamentul-brigazii-multinationale-sud-est-atins-capacitatea-finala-pregatire-nato-1_5bf922a9df52022f75c3d0c8/index.html
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Novembro 28, 2018, 08:36:16 pm
Impressão minha ou era os únicos que não iam preparados para o frio?

Aqui ninguém forma de luvas... Só se forem brancas. ;)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Dezembro 29, 2018, 01:27:19 am
Eight Allies join forces in Romania for Exercise SCORPIONS FURY 18

https://www.nato.int/cps/en/natohq/photos_160332.htm

https://adevarul.ro/news/eveniment/video-exercitiul-militar-scorpion-fury-18-comandamentul-brigazii-multinationale-sud-est-atins-capacitatea-finala-pregatire-nato-1_5bf922a9df52022f75c3d0c8/index.html

(https://www.militaryimages.net/attachments/14-jpg.161800/)

https://www.militaryimages.net/threads/romania-military-photos.7057/page-5
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 02, 2019, 05:50:14 pm
A Força Lusa não tem limites...

Prova disso foi o 1º lugar conquistado por Portugal na competição de crossfit, no Iraque.

Num esforço de equipa, os militares do Exército português em missão neste teatro de operações foram consagrados campeões da competição de Crossfit "Empel’s Miracle", organizada pelos militares da "Task Force Besmayah", que teve lugar no dia 28 de dezembro, na Base Grán Capitán.

Participaram nesta competição três equipas espanholas, uma equipa portuguesa e uma equipa inglesa, de três elementos cada.

Na final da competição, entre duas equipas esanholas e a equipa portuguesa, os militares lusos foram os mais rápidos a efetuar um circuito de 400 metros de corrida, 50 repetições de "peso morto" (70kg), 75 extensões de braços na trave, 100 extensões de braços no solo, 75 agachamentos com 30 kg na barra, 50 "burpees" e um percurso final de 400 metros de corrida.

Este foi mais um momento com o intuito de promover o espírito desportivo e a competição salutar entre os militares europeus.

(https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/49946692_977769869090422_1281637637198708736_n.jpg?_nc_cat=100&_nc_ht=scontent.fopo1-1.fna&oh=418518f4ac761a2a4ab24fb9f33eac6f&oe=5CD07F4F)

(https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/49115046_977769975757078_1626808993248706560_n.jpg?_nc_cat=102&_nc_ht=scontent.fopo1-1.fna&oh=8c741db3f857cd3e48ec2fd00ce1576c&oe=5CC1A276)

(https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/49054364_977770005757075_3425207719588528128_n.jpg?_nc_cat=106&_nc_ht=scontent.fopo1-1.fna&oh=e3dcbc0fbf3f6b3dcb8cace0fd0c9bcc&oe=5CC70989)

(https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/49175114_977770059090403_3609743098290110464_n.jpg?_nc_cat=103&_nc_ht=scontent.fopo1-1.fna&oh=bc56d32e817d40e5cc1580f2ccea436c&oe=5CC1CD7D)

(https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/49175147_977770145757061_6729434173318103040_n.jpg?_nc_cat=103&_nc_ht=scontent.fopo1-1.fna&oh=179dd4b1896ab873e164d603ca91b7ef&oe=5C8AF7D5)

(https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/49110969_977770192423723_5354962591837847552_n.jpg?_nc_cat=110&_nc_ht=scontent.fopo1-1.fna&oh=e98246c912328c0e17926bfe0d426f49&oe=5C99606B)

(https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/49206038_977770215757054_8535603457569062912_n.jpg?_nc_cat=100&_nc_ht=scontent.fopo1-1.fna&oh=84a02b99b65cfe0e9f7cb334ff32e6ab&oe=5CD5D351)

(https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/49735195_977769852423757_8578122929424826368_n.jpg?_nc_cat=103&_nc_ht=scontent.fopo1-1.fna&oh=6615f6f1655351aaae29f98a5e16e9da&oe=5CC28B42)

Fonte: Forças Armadas Portuguesas
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 16, 2019, 07:28:15 pm
O novo contingente que foi para o Iraque voltou a ir de camuflado de deserto. Será que o contingente anterior não gostou do "novo" camuflado?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Abril 17, 2019, 12:05:21 am
Se calhar estão a efectuar melhorias aos equipamentos, baseadas no feedback dos militares. Esperemos que os capacetes sejam um dos alvos dessas melhorias... pelo menos a nível estético.  :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Abril 17, 2019, 12:56:54 am
Não esquecer que esta FND estará destacada nos meses de primavera/verão (abril/outubro)....
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 20, 2019, 11:38:58 am
História do Regimento de Infantaria 15

https://www.facebook.com/1981081602140528/posts/2187788188136534/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: smg em Maio 20, 2019, 08:57:09 pm
Boa noite . Em relação ao vídeo sobre o R.I. 15 disponibilizado pelo Lightning queria agradecer ,mas também acrescentar alguma informação . O soldado Aníbal Augusto Milhais , mais conhecido por Soldado Milhões , assentou praça em Bragança no R.I. 30 , onde fez a recruta durante um mês . Foi depois transferido para o R.I.19 em Chaves onde permaneceu durante cerca de um ano antes de embarcar com um batalhão de infantaria do 19 rumo a Flandres . O B.I. 19 funcionou como batalhão de reserva do C.E.P. Isto é , os seus militares eram usados para recompor as fileiras das unidades mais desfalcadas . Por isso o soldado Milhais , e mais uma centena de camaradas do 19 acabaram incorporados no 15 , que ficou com toda fama de ter sido a última unidade a combater na batalha de La Lys .
Pouca gente sabe mas algum tempo depois dessa batalha , o soldado Milhais viu-se novamente envolvido numa situação parecida . Sozinho , apenas com a sua metralhadora cobriu a retirada de uma força belga . Recebeu por esse feito também uma condecoração da Bélgica .
Ouvi dizer que quando ia a Chaves visitar a infantaria flaviense , era recebido com guarda de honra como se , de um general , se tratasse .
Um abraço .
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 28, 2019, 12:28:07 pm
Exército forma militares com o Curso CREVAL (Combat Readiness Evaluation Course) ministrado por uma equipa da NATO

Esta ação de formação tem em vista a constituição de uma “bolsa” de Inspetores e subsequente condução de ações de avaliação da prontidão operacional

(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2019/creval_01.jpg)

(http://assets.exercito.pt/SiteAssets/GabCEME/RCRPP/Fotos_Noticias/2019/creval_03.jpg)

No período de 6 a 10 de maio, decorreu na Academia Militar, em Lisboa, o Curso CREVAL (Combat Readiness Evaluation Course) para Forças Terrestres, ministrado por uma Equipa Móvel de Formação e Treino (Mobile Education and Training Team, METT) da NATO School Oberämmergau, constituída por 5 formadores estrangeiros.

Reafirmando o preceituado na Diretiva Estratégica do Exército 2019-2021, sobre a importância da valorização dos recursos humanos, nomeadamente, através do ensino e da formação, bem como da sua acreditação e reconhecimento nacional e internacional, o Curso constituiu uma decisão providencial do Comando do Exército e materializou um acrescido, mas necessário esforço, inclusive no plano financeiro, em prol da primazia da qualidade e da competência individual, que logrou congregar as vontades e mobilizar todas as Unidades/Estabelecimentos/Órgãos envolvidas, no sentido da sua plena concretização e sucesso.

De cariz eminentemente prático, o Curso CREVAL teve por objetivo a preparação de trinta Oficiais Superiores, com vista à sua integração numa “bolsa" de Inspetores e subsequente condução de ações de avaliação da prontidão operacional – no quadro da Inspeção-Geral do Exército e de acordo com os padrões consagrados nos NATO Allied Command Operations Forces Standards – de forças e meios e quartéis-generais da componente operacional terrestre do Sistema de Forças, assim como de Forças Nacionais Destacadas em aprontamento.

No final, a ação de formação foi inteiramente validada, tendo os Oficiais que a frequentaram, adquirido as competências certificadas, o apoio proporcionado à METT sido consentâneo com as disposições técnicas acordadas de antemão e, sobressaído, de modo admirável, o engenho, o profissionalismo e a natural hospitalidade dos Portugueses.

http://www.exercito.pt/pt/informa%C3%A7%C3%A3o-p%C3%BAblica/not%C3%ADcias/993
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Junho 19, 2019, 12:35:01 am
 :mrgreen:  ::) https://www.exercito.pt/pt/informa%C3%A7%C3%A3o-p%C3%BAblica/eventos/236
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Junho 19, 2019, 01:45:27 am
Eu abro com dois paus.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 22, 2019, 06:36:54 pm
Uma força do 1BimecR está na Galiza a participar num exercício.

https://www.facebook.com/1506538702996605/posts/2287704761546658/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Junho 28, 2019, 07:48:02 pm
Quando perguntei se levamos o Chaparral e os Stinger ninguém me respondeu...  :mrgreen: :mrgreen:

Citar
Portugal participa no maior exercício de defesa aérea mundial na Polónia.

O Exército Português participou no “Tobruq Legacy 2019”, o maior exercício de Defesa Aérea da NATO.

O “Tobruq Legacy 2019” reuniu mais de 3800 militares de 19 Estados-Membro, incluindo uma equipa do Regimento de Artilharia Antiaérea N.º 1 do Exército Português.

=68.ARBy5CG3tHejVppzkAq153LWOuNQ82g7ADaVUJypqLrWjEmSq3vT0aF8W6bjAxh3PINicMS-Df8Si38aXWtyMgVNftkwt3mLFojfPkfHRLTo8K5l7CrldK084PA-_Qg7MveNB6gsTtt0ADx9dydy5J5XQnzCerYn6wa-hbSUZ9dyep8xCp3CpDIf5pS2-jWu0p2fN5q4vDaAGflZUpUdTgP5Hheyz8fkZvz9WQ3aVSH1b8DS9qDZSrC2wdP_B84eACNPfJUuc0RxMhDryYPAKLDVktooYFm06ZXZ_nITOWIuePLe5RoJONyRixjfTRB6KQb9FhvRwMRKyFipCC5GZ541XgOt]https://www.facebook.com/ExercitoPortuguesPRT/?__tn__=kC-R&eid=ARBL4vQfZ_BiQBLV3lgHaCVEJs-hIg_qbsbA_CbtHfLYkhvaC4yc4RqOzOf-JJLQ7lF5YMql-Vb859lL&hc_ref=ARQCa1TFNeHDDwmSUBMkbz6pyeu0MRqWKbb8nanR39LI1PWdqfOTSZaMfxt3b-sdVQA&fref=nf&__xts__[0]=68.ARBy5CG3tHejVppzkAq153LWOuNQ82g7ADaVUJypqLrWjEmSq3vT0aF8W6bjAxh3PINicMS-Df8Si38aXWtyMgVNftkwt3mLFojfPkfHRLTo8K5l7CrldK084PA-_Qg7MveNB6gsTtt0ADx9dydy5J5XQnzCerYn6wa-hbSUZ9dyep8xCp3CpDIf5pS2-jWu0p2fN5q4vDaAGflZUpUdTgP5Hheyz8fkZvz9WQ3aVSH1b8DS9qDZSrC2wdP_B84eACNPfJUuc0RxMhDryYPAKLDVktooYFm06ZXZ_nITOWIuePLe5RoJONyRixjfTRB6KQb9FhvRwMRKyFipCC5GZ541XgOt (https://www.facebook.com/ExercitoPortuguesPRT/?__tn__=kC-R&eid=ARBL4vQfZ_BiQBLV3lgHaCVEJs-hIg_qbsbA_CbtHfLYkhvaC4yc4RqOzOf-JJLQ7lF5YMql-Vb859lL&hc_ref=ARQCa1TFNeHDDwmSUBMkbz6pyeu0MRqWKbb8nanR39LI1PWdqfOTSZaMfxt3b-sdVQA&fref=nf&__xts__[0)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/65220693_2229067544008598_6245177126090178560_n.jpg?_nc_cat=101&_nc_oc=AQnoyL2-JsnvkWWXUdh0Oz5sgCU9r8n91bUhXa4ANbNryU7d30AhT8p2SWkfiWBIMoSPc6c-E8kz7oBUWuNXP1PM&_nc_ht=scontent.flis5-1.fna&oh=c6ae023cdd258bc03f5989139b102e0b&oe=5D7ADB07)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/65588987_2229067560675263_6255188849475977216_n.jpg?_nc_cat=100&_nc_oc=AQkbz9RnQzLn-f9aaOGGcUnMBJqgW752XKPXoINuRMkPtetDGY8Iu4nICDCfeVUOeDyIkvGJd5e69Nw6eql8knNu&_nc_ht=scontent.flis5-1.fna&oh=955b0c1b9113fb6f50533bfb5c396b24&oe=5D7F476A)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/65894570_2229067624008590_2458150173096804352_n.jpg?_nc_cat=100&_nc_oc=AQmxBfTHIkLEXUU_IN55sVJBu9T3KdSFFv7q7ZRuzflUJwcpO_XHiIiXP2WCRvqBu2L1d1B4HwgFuHQuQ804EgLL&_nc_ht=scontent.flis5-1.fna&oh=a7d98fac13b77bb2740bd5b3f717621e&oe=5D7A5634)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/65266008_2229067700675249_2456084706144288768_n.jpg?_nc_cat=102&_nc_oc=AQl0Rr4JzyryBEE9vet8NF-l6T--an_OEPr-9ReAnIvfwLXz-xGq0uaxvuUbl0prE26w1C90799dPTwsj-N6mPoT&_nc_ht=scontent.flis5-1.fna&oh=d6ccff9c689bae3fa27680a152c4f854&oe=5D7DCC5F)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Junho 28, 2019, 11:20:22 pm
Às tantas os polacos ainda nos vão doar os SA-4  :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Junho 29, 2019, 09:02:37 am
Às tantas os polacos ainda nos vão doar os SA-4  :mrgreen:

Velho, mas melhor do que qualquer coisa que nós tenhamos.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Julho 07, 2019, 02:35:52 pm

Exército celebrou hoje, na Póvoa de Varzim, o Dia da Escola dos Serviços e o 150.º Aniversário do Serviço de Administração Militar.

Parabéns a todos aqueles que contribuem para o apoio logístico das Forças do Exército e, no âmbito do apoio militar de emergência, das populações afetadas por acidentes graves ou catástrofes.

(https://scontent.flis7-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/66391677_2235088900073129_3493355845415075840_n.jpg?_nc_cat=102&_nc_oc=AQnTo1h0NXbbCSd3JiEgSlRAl-EVsmnd-EDaXwGj61ciYp_GRiEKDuhX3SwUN87h6Y8&_nc_ht=scontent.flis7-1.fna&oh=fbd742241a4a78223389d356e0b545c2&oe=5DB67611)