ForumDefesa.com

Forças Armadas e Sistemas de Armas => Força Aérea Portuguesa => Tópico iniciado por: Lancero em Março 28, 2009, 08:44:14 pm

Título: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lancero em Março 28, 2009, 08:44:14 pm
Citar
Exercício "Vigiar e Actuar 2009"

11-03-2009

Decorrerá entre os dias 30 de Março e 2 de Abril, no Campo de Tiro de Alcochete (CTA) e no Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea (CFMTFA), na Ota, o exercício "Vigiar e Actuar 2009", organizado pelo Gabinete Coordenador de Segurança Militar da Força Aérea.

Neste exercício, constituído por quatro provas (Tiro, Orientação e Topografia, Combate Táctico e Pista de Obstáculos, participarão todas as Unidades da Força Aérea, que organicamente dispõem de uma Esquadra ou Esquadrilha de Polícia Aérea.

 
O "Vigiar e Actuar 2009" terá como objectivo fundamental testar e aferir a capacidade operacional das forças responsáveis pela segurança interna e defesa imediata das Unidades e Órgãos da Força Aérea, através da avaliação das suas capacidades físicas, técnicas e tácticas, bem como treinar procedimentos logísticos, administrativos e processuais, relativos à movimentação de significativos meios humanos e logísticos.

Este exercício envolverá cerca de 120 militares incluindo participantes, comissão organizadora, árbitros e pessoal de apoio.

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/destaques/combatetctico1.jpg)

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/destaques/exercicio_pa_otop.jpg)

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/destaques/exercicio_pa_pistaobstculo.jpg)

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/destaques/exercicio_pa_tiro1.jpg)
Título:
Enviado por: Lancero em Março 29, 2009, 03:52:14 pm
Citar
Açores: Força Aérea evacua tripulante de embarcação de pesca

Ponta Delgada, 29 Mar (Lusa) - A Força Aérea Portuguesa procedeu hoje  ao transporte para a Terceira de um tripulante de uma embarcação, que se  feriu no antebraço "com perda de tecido, hemorragia e visualização de osso"  durante a pesca, anunciou a Marinha.  

 

   Segundo o Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta  Delgada, um helicóptero SA 330 - PUMA transportou o tripulante português,  29 anos, desde a embarcação de pesca "Emibrupa" até ao heliporto de Angra  do Heroísmo, onde aterrou às 12:50 locais (13:50 de Lisboa).  

 

   O tripulante foi depois transportado numa ambulância da Protecção Civil  para o Hospital de Santo Espírito, na Terceira, adianta um comunicado do  Comando da Zona Marítima dos Açores.  

 

   De acordo com a Marinha, a embarcação, de bandeira portuguesa, estava  a navegar a cerca de 90 milhas náuticas (cerca de 166 quilómetros) a norte  da ilha Terceira, quando deu conta da "necessidade urgente de transferir  para uma unidade hospital o tripulante, que tinha sofrido um  ferimento  no antebraço com perda de tecido, hemorragia activa e visualização de osso".  
Título: Vigiar e actuar 2009
Enviado por: Mercurio em Março 31, 2009, 06:44:45 pm
Este exercício, que envolve cerca de 120 militares da especialidade
Polícia Aérea, é constituído por quatro provas (Tiro, Orientação e
Topografia, Combate Táctico e Pista de Obstáculos) e tem a
participação de todas as Unidades da Força Aérea que dispõem de uma
Esquadra ou Esquadrilha de Polícia Aérea.
Título:
Enviado por: zeNice em Abril 01, 2009, 10:05:00 pm
Por acaso nos últimos dois dias, estão C-130 constantemente a passar por esta zona, vão aterrar ao Montijo e levantam novamente voo, estão constantemente a passar, é um espéctaculo vê-los passar em baixa altitude.
Título:
Enviado por: Mercurio em Abril 02, 2009, 07:44:13 am
Não são C130, são os novos C295 (repara que só têm dois motores).
A Esquadra 502 foi transferida para o Montijo, que passará a ser a base aérea do transporte.
Título:
Enviado por: Lancero em Junho 18, 2009, 05:37:28 pm
Citar
Montijo: Força Aérea Portuguesa e Espanhola realizam exercício de busca e salvamento terrestre

   Montijo, Setúbal, 18 Jun (Lusa) - A Força Aérea Portuguesa e a Força  Aérea Espanhola realizaram hoje um exercício de busca e salvamento terrestre,  numa iniciativa que teve como objectivo treinar as tripulações neste contexto  específico e fortalecer a ligação entre os dois países.  

 

   Perante o cenário de um acidente aéreo entre quatro aviões, onde os  tripulantes se ejectaram, o helicóptero EH101 Merlin saiu da base aérea  do Montijo com o objectivo de resgatar as vitimas, que se encontravam num  terreno junto à costa alentejana.  

 

   Numa viagem de cerca de 30 minutos, que a Lusa acompanhou a bordo do  imponente helicóptero, chegou-se ao local onde estavam as vítimas, tendo  sido lançada uma maca com um elemento a cerca de 20 metros de altura para  colocar a vitima na maca, que foi içada para o helicóptero.  

 

   "Estes exercícios são bastante importantes em várias áreas. Primeiro  as tripulações treinam busca e salvamento terrestre, nós treinamos mais  estas situações em ambiente marítimo. Também positivo termos trabalhado  com duas equipas espanholas, criando alguma ligação e treino caso venha  a ser necessário, em terceiro lugar a nível das ligações do centro coordenador  entre Portugal e Espanha", disse à Lusa o tenente Rui Fonseca, que pilotou  o EH101 Merlin.  

 

   O piloto referiu que devido a um pequeno mal entendido nas coordenadas  o helicóptero ficou 5 milhas ao lado do objectivo, algo que foi rapidamente  corrigido e lembrou que as situações mais usuais são em mar.  

 

   "As situações mais usuais são um paciente num navio ou cargueiro que  se aleija ou tem algum acidente. Temos também outras situações de falésias  ou quedas ao mar onde temos que fazer uma busca e ainda há pouco tempo estivemos  em Torres Vedras", referiu.  

 

   José Dias, que é enfermeiro na base e acompanhou o voo, afirmou que  no último mês foram feitas doze ocorrências, todas em mar.  

 

   "Os pedidos de ajuda baseiam-se em traumas de várias ordem, doenças  do foro respiratório ou cardíaco. Na base temos capacidade de intervenção  a nível do suporte imediato de vida e estabilização da vítima para chegarem  ao hospital nas melhores condições possíveis", afirmou.  

 

   O capitão Jesus Castanõ, da Força Aérea Espanhola, que está sediada  em Palma de Maiorca, elogiou o exercício realizado em Portugal lembrando  que também já foi feito pelos dois países em Espanha.  

 

   "Foi muito interessante, é um bom exercício pois podemos trabalhar com  os companheiros de Portugal e estamos agradecidos pela hospitalidade e pela  combinação do exercício", disse à Lusa.  

 

   "Chegamos à zona do exercício sem problemas, as comunicações foram boas,  colaborámos com um avião do exército português, resgatamos a vitima e saímos  do local sem problemas", concluiu.  

 

   O exercício terminou e seguiu-se a viagem ao longo da costa de regresso  à base aérea do Montijo.  
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: zeNice em Outubro 26, 2009, 10:46:14 pm
Portugal tem os PUMA que é um heli de transporte, temos EH-101 Merlin que também é um heli de transporte e Alouette III que (penso eu) dos que temos é o heli que mais se apróxima a um heli de apoio a ataques terrestres.

As minhas dúvidas são:

1 - O PUMA e o Merlin também assistem as tropas em operações ofensivas, ou só actuam em transporte e evacuação de feridos?

2 - O Alouette III é totalmente blindado?

3 - Portugal tem algum heli exclusivamente ofensivo tipo Apache?

4 - Qual é a operacionalidade do Lynx da Marinha?

Se disse alguma babuseira, desculpem :lol:

Fiquei interessado depois de ver este video:

Não sei se a minha dúvida devia estar aqui, senão peço desculpa.

Edit: Soube agora que também temos outro modelo de Helicoptero: EC 635
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 26, 2009, 11:40:11 pm
Citação de: "zeNice"
1 - O PUMA e o Merlin também assistem as tropas em operações ofensivas, ou só actuam em transporte e evacuação de feridos?

Em exercicios sim, em operações reais não.

Citar
2 - O Alouette III é totalmente blindado?

Acho é que não é blindado em lado nenhum  :lol: [/quote]

Está desculpado  :lol: .

Citar
Fiquei interessado depois de ver este video:

Não sabia que esse filme estava no Youtube, é uma parte do filme comemorativo da Esquadra 552 - Zangões da Força Aérea.

Uma outra parte é esta que é exercicios no CTOE.
http://www.youtube.com/watch?v=MUm5NJgK ... re=related (http://www.youtube.com/watch?v=MUm5NJgKovw&feature=related)

Citar
Não sei se a minha dúvida devia estar aqui, senão peço desculpa.

Se calhar não devia, que este tópico é sobre actividade operacional e não sobre duvidas.

Citar
Edit: Soube agora que também temos outro modelo de Helicoptero: EC 635

Não temos não.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: zeNice em Outubro 26, 2009, 11:52:43 pm
Muito Obrigado pelas respostas.

Quanto ao Lynx a minha dúvida é o que é que faz

Se por exemplo pode servir para fazer um heliassalto como naquele video, se serve para transportar tropas, se tem capacidades ofensivas Ar-terra (não sei se usei o termo correcto).
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: pchunter em Outubro 27, 2009, 12:19:13 am
Lynx em Portugal é usado em operações navais e não terrestres, quanto a armamentos consiste em torpedos e cargas de profundidade e ultimamente uma metralhadora 12mm se não me engano.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: zeNice em Outubro 27, 2009, 12:24:59 am
Então os Fuzileiros não têm apoio aéreo a não ser da Força Aérea?

Obrigado desde já pelas respostas.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 29, 2009, 06:35:17 pm
Citação de: "zeNice"
Então os Fuzileiros não têm apoio aéreo a não ser da Força Aérea?

Obrigado desde já pelas respostas.

A Força Aérea dá mais apoio a nivel de aviões do que helicópteros, a nivel de helicópteros os Fuzileiros normalmente têm o apoio do Lynx armado com metralhadora pesada Browning, apesar de em Timor terem tido o apoio do Destacamento de Alouettes da Força Aérea, mas esse caso é a exepção e não a regra.

(http://3.bp.blogspot.com/_8vV4aVw1DhI/Skt6zm63NdI/AAAAAAAAAMQ/wxjYahGf3Lg/s400/daxter.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: zeNice em Outubro 29, 2009, 09:27:06 pm
Muito Obrigado pela resposta.

Hoje deve ter havido algum exercício na BA6 no Montijo, enquanto treinava (dá para ver muito bem a BA6) um C-295 (acho eu) fartou-se de sobrevoar a zona da Moita/Alhos Vedros, tudo a olhar para o céu   :lol:
Título: Re: Notícias da FAP
Enviado por: ShadIntel em Novembro 16, 2009, 06:22:54 pm
Citar
Força Aérea Portuguesa participa em exercício contra a pirataria aérea

Existe um telefone vermelho em caso do desvio de um avião de passageiros em espaço aéreo português. O telefone de crise, uma ligação directa do Comando Operacional da Força Aérea para o Primeiro Ministro porque só ele pode dar ordem para abater um avião comercial.

Mas, antes de se chegar a esta fase de crise, o que se faz é colocar no ar os caça para controlar os aviões que não comunicam e que, por isso, se tornam um perigo para o tráfego aéreo. «É assim como ter um condutor em contra-mão na auto estrada», refere o porta-voz do Estado Maior da Força Aérea, o Tenente-coronel Paulo Gonçalves.

E para ver como se comportam os pilotos de caça em situações destas foi feito um exercicio que, pela primeira vez, envolveu, além dos países da Nato, os Estados de maioria islâmica do Norte de África.

O teste em que Portugal e a França serviram de "cobaia" envolveu a Líbia, a Túnisia e a Argélia e Marrocos. No caso do presumivel avião renegado de Portugal foi sobrevoada a longa costa litoral de Marrocos.

Como o território marroquino é bastante extenso, essas aeronaves foram sendo rendidas por outras aeronaves. Inicialmente dois caças F5, posteriormente mais dois caças, desta feita Mirage F1, também da Força Aérea Marroquina, e um Alpha Jet seguiu o aparelho português.

De seguida, antes de sairmos do espaço aéreo marroquino, na zona de Gibraltar fomos interceptados por mais dois caças F5 que nos escoltou até sairmos da zona marroquina.

Entrámos em águas espanholas do golfo de Cádiz, e ai fomos interceptados por um caça Eurofighter espanhol que nos seguiu à distancia. «Os espanhois mostraram um comportamento de precaução com um seguimento a 2 a 3 Km na nossa cauda, enquanto os marroquinos fizeram um acompanhamento de proximidade», sublinha Paulo Gonçalves.

Na zona de Faro em que entrámos em território nacional, o caça espanhol foi rendido por dois F16 da Força Aérea Portuguesa, que também assumiram uma escolta de proximidade.
http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portug ... id=1421841 (http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1421841)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 19, 2009, 11:44:02 am
Citar
Exercício "Air 09" conduzido pela Força Aérea Portuguesa

A Força Aérea Portuguesa conduziu recentemente um exercício internacional, no âmbito das novas ameaças do tipo "11 de Setembro".

Após o 11 de Setembro de 2001, surge uma nova ameaça aérea: a possível utilização de aeronaves civis, como arma de ataque por parte de organizações terroristas.

Esta nova ameaça conduziu ao aparecimento de um novo conceito de utilização da aviação de combate dos vários estados, não para a defesa militar dos países em relação a uma força invasora, mas para policiar o espaço aéreo e actuar em caso de uma aeronave civil assumir um comportamento suspeito. Passaram a ser designadas estas aeronaves suspeitas por "RENEGATE" e o novo tipo de missões por "POLICIAMENTO AÉREO".

O assunto é actualmente encarado com preocupação pela generalidade dos governantes em todo o mundo, considerando-se algo de interesse e resolução transnacional.

O "Air 09" é um exercício no âmbito "RENEGATE", que envolve os países de ambas as margens do Mar Mediterrâneo (sul da Europa e norte de África), do programa 5 + 5.

A Força Aérea Portuguesa assumiu, este ano, o comando e controlo do exercício, recebendo no Comando Aéreo, Oficiais de vários países magrebinos e europeus.

Após uma primeira fase de treinos baseados em cenários de computador (CAX), o "Air 09" passou à fase de treino com "forças vivas" (LIVEX). Desta forma, no dia 11 de Novembro, um avião C295, da Força Aérea Portuguesa, descolou do Aeródromo de Manobra Nº 3, em Porto Santo, Madeira, com o objectivo de testar a capacidade de resposta das aeronaves de combate espanholas e marroquinas.

O C295 português voou rumo às Canárias, simulando uma aeronave civil dedicada ao transporte de pessoas. Ao entrar em espaço aéreo espanhol a tripulação deixou de contactar o controlo de tráfego aéreo, mantendo a rota prevista em plano de voo. As autoridades aeronáuticas espanholas reagiram dentro dos tempos normalmente sugeridos pela NATO, colocando um caça F18 "na cauda" do avião português em menos de 15 minutos.

O F18 seguiu à distância o avião suspeito tentando várias vezes (sem sucesso) contactar via rádio a aeronave portuguesa. Sempre debaixo do comando e controlo do Comando Aéreo Português em Monsanto, Lisboa, onde se encontrava um Oficial de ligação da Força Aérea Espanhola, o C295 recebeu instruções para elevar o grau de suspeição, abandonando a rota prevista e rumar em direcção ao Sahara Ocidental (espaço aéreo controlado por Marrocos).

O F18 espanhol abandonou a escolta e surgiram dois caças F5 da Força Aérea Marroquina. A aeronave suspeita não mostrou hostilidade e manteve-se a voar rumo a norte sobre a linha de costa. Cumprindo os procedimentos internacionais, os caças marroquinos escoltaram o avião suspeito em voo de formação, sendo os dois F5 rendidos por dois MIRAGES F1 e um ALPHA-JET.

Devido ao trajecto ser bastante longo, os MIRAGES foram por sua vez rendidos por outros dois F5 até à proximidade do estreito de Gibraltar, altura em que surgiu um caça EUROFIGHTER espanhol. Assumindo a postura tacticamente correcta de perseguição a curta distância, o EUROFIGHTER manteve-se (tal como anteriormente havia feito o F18) duas milhas atrás do avião suspeito, seguindo-o permanentemente, até chegar a espaço aéreo Português.

Assim que cruzou a linha de costa algarvia, o C295 passou a ser escoltado por dois caças F16 (MLU) da Força Aérea Portuguesa, que o acompanharam em formação até à proximidade da Base Aérea do Montijo, onde terminou o exercício.

http://www.emfa.pt/www/detalhe.php?cod=035.343&lang=pt (http://www.emfa.pt/www/detalhe.php?cod=035.343&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Jorge Pereira em Novembro 24, 2009, 11:09:48 pm
Citação de: "Expresso"


 Perseguição nos céus

O Expresso passou um dia em missão com a Força Aérea, a bordo de um C-295. A aeronave não respondeu ao controlo aéreo e alterou a rota prevista, sendo escoltada por caças espanhóis, marroquinos e portugueses durante o voo. Tudo não passava de um exercício para testar os meios de prevenção de um possível cenário de pirataria aérea.

Uma aeronave suspeita sobrevoou espaço aéreo português, espanhol e marroquino sem responder ao controlo de tráfego aéreo, desviando-se da rota prevista. O C-295 da Força Aérea Portuguesa (FAP) foi, por isso, escoltado por caças dos três países até à sua aterragem no Montijo.

O cenário não passava de um exercício coordenado pela FAP, que tinha como objectivo testar os meios de prevenção e resposta em caso de um avião civil ser utilizado como arma num ataque aéreo - exercícios que se passaram a realizar com maior frequência após o 11 de Setembro de 2001, explica o Tenente-Coronel Paulo Gonçalves.

O Expresso acompanhou a equipa da FAP que participou no exercício e observou os acontecimentos a bordo do C-295 que simulou uma aeronave civil. O aparelho descolou de Porto Santo, na ilha da Madeira, às 8 horas; 40 minutos depois abandonou a rota prevista - em vez de se dirigir a Tenerife, sobrevoou as Canárias em direcção à costa de Marrocos.
Avião 'renegade'

Por esta altura, a aeronave portuguesa era considerada de tipo 'renegade' - classificação que é atribuída a um aparelho civil que constitua uma potencial ameaça aérea terrorista. A resposta espanhola demorou cerca de dez minutos, quando um caça F-18 seguiu o avião português, na sua cauda, à distância.

Assim que entrámos em espaço aéreo marroquino, o C-295 passou de imediato a ser escoltado por dois caças F-5, pois os africanos já tinham sido avisados pelo controlo aéreo espanhol, procedimento aliás considerado normal numa situação como esta.

Continuámos a subir a costa marroquina em direcção a Gibraltar e os dois F-5 foram rendidos por dois Mirage F-1, que adoptaram sempre uma escolta de proximidade até a aeronave portuguesa abandonar o espaço aéreo marroquino.

Durante a viagem, que durou cerca de cinco horas e meia, tivemos sempre 'companhia'. À chegada a Gibraltar foi possível avistar, à distância, um caça Eurofighter espanhol. Assim que o C-295 começou a sobrevooar a zona de Faro, dois caças F-16 da FAP seguiram-nos até junto de Sines, onde o exercício foi dado por terminado.
Telefone 'vermelho'

Caso estes acontecimentos não tivessem sido parte de um exercício, a aeronave portuguesa teria sido, certamente, forçada a aterrar pelos caças que a escoltaram. No entanto, se continuasse o comportamento suspeito, seriam feitos os avisos estabelecidos um protocolo escrito entre as entidades aéreas que gerem o espaço aéreo nacional.

Se, mesmo assim, o comportamento suspeito se mantivesse, existe um 'telefone vermelho' na posse do primeiro-ministro de Portugal, e este seria contactado pelo Comando Aéreo da FAP e questionado sobre qual o destino a dar uma aeronave que tenha um comportamento hostil. Só ele, no nosso país, pode dar ordem de abate a uma aeronave civil, explica o Tenente-Coronel Paulo Gonçalves.

Iniciativa 5+5

O exercício foi realizado no dia 11 de Novembro, no âmbito da Iniciativa 5+5, que engloba os países da margem norte e sul do Mediterrâneo: Portugal, Espanha, Marrocos, França, Itália, Mauritânia, Tunísia, Argélia, Malta e Líbia.

A Força Aérea Portuguesa coordenou o cenário "Este" do exercício, sobre o Oceano Atlântico, enquanto ao mesmo tempo se realizava, sobre o Mar Mediterrâneo, o cenário "Oeste" da missão, com outros países envolvidos.

 :arrow: Vídeo (http://http)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Janeiro 20, 2010, 01:09:36 pm
Citar
EXERCÍCIO «REAL THAW 2010»
Força Aérea executa exercício Real Thaw 2010



A Força Aérea Portuguesa irá realizar entre os dias 25 de Janeiro e 04 de Fevereiro um exercício intitulado Real Thaw 10.



Este exercício, que conta com a presença de outras forças aéreas aliadas, procura verificar a mestria dos participantes no tocante a missões de “Apoio Aéreo Próximo” a forças, ou populações, no terreno.



A actividade aérea será variada e, na sua maioria, executada a partir da Base Aérea de Monte Real. Contudo, será também instalada uma “Base Aérea Táctica”, no Aeródromo da Covilhã, para operar helicópteros Alouette III, local onde também estarão instalados os militares do Exército Português que participam neste exercício



Participam no Real Thaw 10 cerca de 1000 militares e 50 aeronaves das Forças Aéreas de Portugal, Bélgica, Espanha, Dinamarca e Estados Unidos, assim como um avião de vigilância radar (E3A) da Aliança Atlântica (NATO) e um pequeno destacamento de Paraquedistas e Operações Especiais, do Exército Português.



Para além das Base Aérea de Monte Real e o Aeródromo da Covilhã, estarão envolvidos o Comando Aéreo e as Bases Aéreas de Beja e do Montijo.


http://aviacaoportugal.net/showthread.php?p=13890

Citar
Mais uma vez, a FA e a Esquadra 301 estarão envolvidas num exercício militar em grande escala, gerando a oportunidade para testar as novas valências operacionais da Esquadra 301, bem como a gestão do espaço aéreo, cenários de operação e intervenção - missões aéreas all weather, nocturnas, convivência "real" com ameaças decorrentes de cenários onde eventualmente a NRF (Nato Response Force) venha a ser chamada a intervir.
Do ponto de vista do planeamento de missões dos Jaguares, a sua complexidade leva a que as tripulações estejam várias horas na sua preparação, seja prévia (briefing), seja posterior à missão (debriefing).
Deste modo, toda a missão, desde o plano à execução/cumprimento, é escrupulosamente analisada. Um exercício deste teor não só testa as operações aéreas em si, como os conceitos e procedimentos de planeamento destas missões, que se revestem sempre de grande complexidade.
Estarão em acção diversos tipos de aviões e helicópteros, meios navais e terrestres, testando procedimentos, homens, tripulações e todo o suporte logístico inerente.

Participarão as FA's da Dinamarca, com F-16AM a operar desde a BA5 - Monte Real, bem como F-16AM Belgas que operarão a partir da BA 11 - Beja e F-18 oriundos de Espanha.
Tendo em conta o exercício do ano passado, estamos na presença de mais uma importante organização do Comando Operacional da Força Aérea, consolidando assim toda a capacidade da FA, dos seus homens e meios.
Relativamente ao Real Thaw deste ano, na página "Facebook" da Esq. 301 pode ler-se:
"O Real Thaw 10 vai ter início no dia 17 de Janeiro. Durante três semanas a Base Aérea Nº 5, em Monte Real vai ser palco de um exercício de elevada complexidade da responsabilidade do Comando Aéreo da Força Aérea, planeado e executado na Esquadra 301 Jaguares. O exercício vai contar com a participação de Militares Dinamarqueses, Espanhóis e Belgas. O exercício vai contar com aeronaves de vários tipos. No plano nacional além da participação alargada das Esquadras de voo da Força Aérea o Exercício vai contar com a participação de militares do Exército Português, nas vertentes de Operações Especiais e de Pára-quedistas, assim como vários meios navais e Fuzileiros."

Para finalizar, fica todo o "peso" dos lemas: "Ex mero motu" (por mérito próprio), "de nada a forte gente se temia!"

http://passarodeferro.blogspot.com/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: helderafonso em Janeiro 21, 2010, 08:59:13 am
Aqui ficam algumas fotos dos preparativos para o "Real thaw 2010".
Abraço

(http://i638.photobucket.com/albums/uu106/helderafonso/Canon%207D/15129_Forum.jpg)

(http://i638.photobucket.com/albums/uu106/helderafonso/Canon%207D/15139_Forum.jpg)

(http://i638.photobucket.com/albums/uu106/helderafonso/Canon%207D/E007_Forum.jpg)

(http://i638.photobucket.com/albums/uu106/helderafonso/Canon%207D/E011_Forum.jpg)

(http://i638.photobucket.com/albums/uu106/helderafonso/Canon%207D/E601_Forum.jpg)

(http://i638.photobucket.com/albums/uu106/helderafonso/Canon%207D/E606_Forum.jpg)

(http://i638.photobucket.com/albums/uu106/helderafonso/Canon%207D/Parelha_Forum.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ShadIntel em Janeiro 26, 2010, 06:30:31 pm
Já se encontra a funcionar o site da Força Aérea dedicado ao exercício Real Thaw 2010

(http://www.emfa.pt/realthaw/imagens/banner_pt.jpg)

 :arrow:  http://www.emfa.pt/realthaw/index.php?lang=pt&pag=1 (http://www.emfa.pt/realthaw/index.php?lang=pt&pag=1)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lancero em Janeiro 27, 2010, 05:09:50 pm
Citar
Defesa: "Olhos da NATO no céu" vigiaram espaço aéreo português à procura de ameaças
 

    *** Luís Miguel Lourenço (texto) e Nuno Veiga (fotos) ***  

 

    Beja, 27 Jan (Lusa) -- Sob comando de um piloto-aviador português, um avião de vigilância radar E-3A AWACS, "os olhos da NATO no céu", com tripulação militar multinacional, vigiou um espaço aéreo ao largo da costa portuguesa à procura de aeronaves hostis.  

 

    Durante cinco horas, o avião da Nato, que operou a partir da Base Aérea n.º 11 de Beja, orbitou terça-feira a oeste de Monte Real (Leiria), numa missão fictícia incluída no exercício "Real Thaw 2010", a decorrer até 04 de Fevereiro para treinar capacidades da Força Aérea Portuguesa (FAP).  

 

    Entre os 16 militares da tripulação, de seis países e todos integrados na Força de Vigilância Aérea da NATO (Airborne Early Warning & Control Force - NAEW&CF), sediada na Base Aérea alemã de Geilenkirchen, além do tenente-coronel Luís Mateus, que comandou o voo, seguiam outros dois portugueses.  

 

    "É sempre um grande desafio trabalhar num ambiente internacional" porque "as mentalidades e as maneiras de trabalhar são outras", disse à Lusa Luís Mateus, na FAP desde 1986 e há quase um ano na NAEW&CF em Geilenkirchen.

 

    "É uma mais-valia para nós [militares portugueses] esta nova experiência de vida", frisou, enquanto comandava o E-3A, uma versão militarizada do Boeing 707 para o Sistema Aéreo de Alerta e Controle (AWACS).  

 

    O E-3A, que já protegeu os espaços aéreos de Portugal, durante o Euro2004, e norte-americano, após os ataques terroristas de 11 de Setembro de 2001, é usado para vigilância e funções de comando, controlo e comunicações em missões tácticas e de defesa aérea.  

 

    O avião, que opera acima dos 30 mil pés e tem capacidade para voar mais de 10 horas sem necessidade de ser reabastecido, inclui sistemas móveis de radar que permitem vigiar espaço aéreo num raio de mais de 400 quilómetros e detectar alvos a altas e a baixas altitudes.  

 

    A meio do voo, de olhos postos num ecrã de computador, o sargento-ajudante Paulo Calca, outro dos portugueses a bordo e também destacado na NAEW&CF, disse à Lusa que a tripulação estava a detectar caças F-16 e F-18 das Forças Aéreas de Portugal, Bélgica, Espanha e Dinamarca.  

 

     Os aviões, que voavam numa área a norte da Serra da Estrela, participavam na simulação de um combate aéreo entre dois países em guerra integrada no "Real Thaw 2010".  

 

    "Uns fazem papel de inimigo e outros de amigo e nós tentamos levar os amigos ao encontro dos inimigos dando-lhes a melhor posição de ataque", explicou, enquanto a tripulação transmitia dados para o Centro de Relato e Controlo em Monsanto (Lisboa).  

 

    O E-3A "ajuda o controlo de terra, transmitindo informações das aeronaves que detecta", explicou, frisando que, em situações reais, "às vezes aparecem emergências em sítios que os radares de terra não conseguem detectar".  

 

    "Contactamos o controlo de terra e damos informação sobre as aeronaves para eles verem o que se passa. Poderá ser falha de comunicações, pirataria", entre outros casos, disse, referindo que o E-3A persegue e intercepta aeronaves suspeitas se for necessário e pedido pelo comando de terra.  

 

      O exercício "Real Thaw 2010", a decorrer sobretudo no centro do país, envolve quase mil militares e 50 aeronaves da FAP e das congéneres da Bélgica, Espanha, Dinamarca e Estados Unidos da América.  

(http://i50.tinypic.com/m8fqy9.jpg)

(http://i48.tinypic.com/f2rc6q.jpg)

(http://i46.tinypic.com/oa6vr6.jpg)

(http://i45.tinypic.com/21bvsqg.jpg)

(http://i47.tinypic.com/290yl3q.jpg)

(http://i47.tinypic.com/15xsm77.jpg)

(http://i48.tinypic.com/2a85jiw.jpg)

(http://i47.tinypic.com/2j4snma.jpg)
 


 
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Janeiro 28, 2010, 02:31:36 pm
Citar
Força Aérea 'combate' talibãs na Serra da Estrela (COM VÍDEOS)
Mil militares e 50 aeronaves da Força Aérea Portuguesa (FAP) e das suas congéneres da Bélgica, Espanha, Dinamarca e EUA participam durante duas semanas no Real Thaw 10, um exercicio que tem como objectivo facultar treino ao nível táctico às tropas envolvidas.


Coordenado a partir da Base Aérea de Monte Real (Leiria), é na Serra da Estrela que se desenvolvem os principais ‘combates’ no terreno. Por estes dias a tranquilidade da região tem sido alterada pelo som dos tiros de metralhadora e dos aviões F16, C130 e C295, e dos helicópteros Alouette III.

Também tem patrulhado os céus de Portugal o avião de vigilância radar E3A AWACS, da Aliança Atlântica (NATO), mas ninguém o vê, ou ouve, porque voa a grande altitude.

É intenção da FAP é obter um ambiente operacional multinacional e de conjunto semelhante ao das actuais operações militares internacionais na Bósnia e no Afeganistão. Para isso, foram criados cenários fictícios onde os militares têm de ajudar populações atacadas por forças de terroristas, resgatar diplomatas sequestrados e abater as forças inimigas. O exercicio, que começou dia 25, termina a 4 de Fevereiro

http://videos.sapo.pt/gC5EsDsj3TezN8nLVc50

http://www.cmjornal.xl.pt/Noticia.aspx?channelid=00000010-0000-0000-0000-000000000010&contentid=C387498C-3D6B-41F3-944B-DAB94C03CE00&h=1
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 02, 2010, 06:04:55 pm
Citar
Base Aérea de Beja recebe avião radar da NATO

No âmbito do exercício da Força Aérea Portuguesa "Real Thaw 2010" a Aliança Atlântica irá operar a aeronave AWACS E3A, a partir da Base Aérea Nº11, em Beja, entre os dias 25 e 28 de Janeiro.

O E-3A é uma plataforma aerotransportada com capacidade de detecção de alvos aéreos e terrestres e funções de C3 (comando, controlo e comunicações). Este avião é uma versão militarizada do Boeing 707 é operado por uma tripulação de 17 pessoas.

Enquanto ícone mundial nos sistemas de aviso prévio de ameaças, é notória a sua participação em missões de manutenção da paz a nível internacional.

http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php ... 03&lang=pt (http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php?cod=035.003&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 02, 2010, 06:07:53 pm
Citar
Missão de resgate de Diplomata

No dia 25 de Janeiro, primeiro dia do Exercício Real Thaw 10 (RT10), à semelhança do que acontecerá todos os dias, até 4 de Fevereiro, foi criado e apresentado o cenário que permitiu às forças envolvidas treinar várias operações militares, que se constituem como objectivos do RT10.

O Centro Coordenador de Operações do Exercício Real Thaw 10, estabelecido na Base Aérea Nº5, em Monte Real, informou os intervenientes da necessidade de resgatar um diplomata das Nações Unidas de um campo de refugiados, situado na fronteira do País A (zona hostil) com o País B (zona "perseguida" pelo País A).

Nesta operação foram envolvidos F-16 MLU portugueses, dinamarqueses, belgas e os ALOUETTE III nacionais, os últimos, a descolar do Aeródromo da Covilhã. Ao longo do dia foram efectuadas trinta e três descolagens.

A cobertura em terra foi assegurada por equipas FAC (Controladores Aéreos Avançados) portuguesas, americanas e dinamarquesas (incluindo observadores da Lituânia), a UPF (Unidade de Protecção da Força) portuguesa, uma equipa de SOGA (Saltadores Operacionais de Grande Altitude) e uma equipa SOF (Unidade de Operações Especiais de Lamego), ambas portuguesas.

Depois de cumprida com sucesso a missão de extracção de um elemento não-militar a partir de um território de ameaça potencial, as forças aéreas e terrestres regressaram pelas 16H30 à Base Aérea de Monte Real.

http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php ... 02&lang=pt (http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php?cod=035.002&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 02, 2010, 06:09:16 pm
Citar
Segundo dia: Missão Ajuda Humanitária

O segundo dia do exercício foi dedicado à ajuda humanitária ao "Campo de Refugiados" situado em Meimoa, na Serra da Malcata, na zona de Penamacor.

No "Campo de Refugiados" as condições de sobrevivência deterioram-se, sendo por isso necessário o emprego das forças aéreas e terrestres de forma rápida e eficaz.

Da Base Aérea nº 5 descolaram F-16 MLU (portugueses, dinamarqueses e belgas) para missões CAS (Apoio Aéreo Próximo), AI (Interdição Aérea), e de defesa aérea que prepararam a área de operações para que o C-295 português cumprisse a missão de transporte aéreo táctico, lançando em Meimoa, a carga que ajudaria a tão necessitada população do "Campo de Refugiados" do País B.

Também os ALOUETTE III descolaram do Aeródromo da Covilhã completando os meios aéreos envolvidos nesta missão, contribuindo para mais um dia de missões cumpridas.

http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php ... 04&lang=pt (http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php?cod=035.004&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 02, 2010, 06:11:27 pm
Citar
Real Thaw 10 - O Exercício

O Exercício Real Thaw 10 (RT10), que decorre entre os dias 25 de Janeiro e 4 de Fevereiro de 2010 entre Monte Real e Covilhã, é um exercício planeado e conduzido pela Força Aérea Portuguesa que tem como objectivo facultar treino ao nível táctico às forças participantes.

No sentido de se obter um ambiente operacional multinacional e conjunto (forças aéreas e terrestres) semelhante ao das actuais operações militares internacionais, foram convidados a participar no RT10 forças terrestres e aéreas de diversos Países. Assim, além das forças nacionais, quer da Força Aérea quer do Exército, participam também forças dos Estados Unidos, da Dinamarca, da Lituânia, da Bélgica e da Espanha.

Para a correcta execução deste exercício foi desenvolvido um cenário que pretende criar um conflito geo-político desafiando as forças participantes a executar as acções aéreas adequadas. Para esse efeito, foram criados três países fictícios que ocupam unicamente o espaço geográfico de Portugal continental.

A norte, o País A que possui um sistema político-militar autoritário, potenciando situações de crise e conflito com minorias étnicas. Estas, vendo os seus direitos renegados e as suas condições de segurança ameaçadas, migram para o País B, geograficamente a Sul do País A. Esta situação vai provocar o aparecimento de campos de refugiados junto da fronteira sem as condições mínimas de sobrevivência. Finalmente, o País C, também a sul do País B, caracterizado por políticas progressistas e abertas, recebem uma força militar da NATO (representada pelos participantes do exercício) para garantir a segurança aos refugiados e encontrar uma solução para o conflito.

Toda a coordenação do RT10 é feita na Esquadra 301 "Jaguares", da Base Aérea Nº5, em Monte Real. A partir daqui são planeados e executados diariamente vários tipos de missões, como extracção de não combatentes e apoio sanitário e logístico, com recurso a largada de tropas aerotransportadas e Militares da Unidade de Protecção da Força, transporte táctico por helicópteros e protecção armada facultada pelos aviões de combate F-16.

Até 4 de Fevereiro a Força Aérea Portuguesa desenvolverá, assim, várias e diferentes missões que lhe permitirão verificar o seu nível de aprontamento para situações reais.

http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php ... 01&lang=pt (http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php?cod=035.001&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 02, 2010, 06:13:00 pm
Citar
O Aeródromo da Covilhã no Real Thaw 10

O Aeródromo Municipal da Covilhã, integrado no exercício Real Thaw 10 como “Base Aérea Táctica”, ao servir de apoio às operações aéreas e terrestres que se realizam na zona da Covilhã, Penamacor e Meimoa constitui-se como um local estratégico para o cumprimento das missões planeadas.

Permanentemente estacionados nesta “Base Aérea Táctica” encontram-se os helicópteros ALOUETTE III que no exercício são empregues em missões de assalto; busca e salvamento; evacuação sanitária; transporte e asseguram também protecção próxima a zonas de evacuação de elementos militares e não-militares.

Além de se constituir um local de operações militares, no âmbito do RT10, o Aeródromo Municipal da Covilhã tem aberta ao público, até ao dia 4 de Fevereiro, uma Exposição Fotográfica da Força Aérea Portuguesa, estando também presente no local uma viatura de divulgação do Centro de Recrutamento da Força Aérea.

Em constante contacto com a população civil a Força Aérea, presente neste Aeródromo, proporcionou já a 30 jovens baptismos de voo na aeronave C295.

http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php ... 05&lang=pt (http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php?cod=035.005&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 02, 2010, 06:14:37 pm
Citar
Apoio logístico ao Campo de Refugiados

A zona de Seia recebeu no dia 27 de Janeiro actividade operacional enquadrada no Exercício Real Thaw 10.

O dia foi dedicado a apoiar logisticamente o "campo de refugiados" localizado em Seia, que segundo o cenário criado para o terceiro dia de missões, necessitava de receber, com urgência, carga com mantimentos essenciais à sobrevivência da população local.

Aquando o lançamento da ajuda humanitária sob forma de carga fictícia, efectuado pelo C-295, no terreno preparavam-se já as equipas conjuntas terrestres (Controladores Aéreos Avançados e Operações Especiais) para a progressão nocturna de 15 quilómetros, que viria a ter lugar durante a madrugada.

Os F-16M descolaram antes da principal missão, para "preparem o cenário" em que a mesma decorreria, garantindo que todas as outras aeronaves, o C-295 e os ALOUETTE III, cumpririam as suas missões em segurança.

http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php ... 06&lang=pt (http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php?cod=035.006&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 02, 2010, 06:16:15 pm
Citar
Missão de resgate na zona de Seia

No dia 28 de Janeiro o cenário criado para o Real Thaw 10, baseou-se no resgate de um Representante das Nações Unidas que se encontrava em Seia a manter conversações, com o objectivo de restabelecer a paz na região.

Na operação de resgate estiveram envolvidos F-16M que garantiram a protecção do espaço aéreo, onde iriam decorrer as operações. Aos ALOUETTE III foram atribuídas missões de escolta próxima e recuperação do Representante das Nações Unidas, acompanhado pela equipa de Operações Especiais.

A fim de coordenar a vigilância aérea das operações, o E-3A AWACS, da NATO conduziu a “batalha” táctica de suporte e controlo. Do cenário fizeram ainda parte 4 F-18A espanhóis. O resgate do Representante foi realizado em segurança, e assegurado por equipas da Unidade de Protecção da Força, de Controladores Aéreos Avançados e da Unidade de Operações Especiais.

Foi também simulada a emboscada a uma equipa de jornalistas, integrada numa coluna militar. Um dos jornalistas, tornado refém, foi levado durante a noite para um local de detenção, controlado por rebeldes, na zona de Penamacor.

Os raptores divulgaram imagens do jornalista, reivindicando o acto de captura e exigindo a retirada, em 24 horas, dos militares que se encontram na região.

http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php ... 08&lang=pt (http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php?cod=035.008&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 02, 2010, 06:18:00 pm
Citar
A Unidade de Protecção da Força no Real Thaw 10

Enquanto força treinada e equipada para executar missões de Protecção Próxima a meios da Força Aérea, de Progressão, Observação e Reconhecimento no Terreno, assim como Personal Recovery, a Unidade de Protecção da Força (UPF) tem como missão primária garantir a protecção activa dos destacamentos da Força Aérea Portuguesa nos diversos Teatros de Operações.

A participação da UPF no exercício Real Thaw 2010 está relacionada com a vertente operacional do Apoio Aéreo Próximo (CAS), em que se destaca a ligação e cooperação entre forças terrestres e aéreas, com o auxílio no treino das equipas de FAC´S (Controladores Aéreos Avançados) e contribuição para um maior realismo a todo o cenário, ao levar a cabo diferentes acções quer como inimigo (RED FORCE) ou como força amiga (BLUE FORCE).

No âmbito da sua colaboração no exercício Real Thaw 2010, os 16 efectivos, desta unidade, têm sido empenhados em missões tão diferentes como as de Resgate de Elementos Não-Combatentes (NEO), Escoltas a Colunas e Protecção Próxima às equipas TACP, Acções Ofensivas enquanto RED FORCES no terreno e Missões de Personal Recovery.

http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php ... 07&lang=pt (http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php?cod=035.007&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 02, 2010, 06:19:42 pm
Citar
Quinto dia de missões no Real Thaw 10

Ao quinto dia de Exercício Real Thaw 10, continuava retido no campo de detenção, em Penamacor, o jornalista capturado na noite anterior.

Perante este cenário, a missão do dia 29 de Janeiro teve como principal objectivo o assalto ao campo de detenção e a retirada do jornalista.

Esta operação contou com o apoio aéreo dos F-16M, o C-295 e os ALOUETTE III, tendo sido realizadas cerca de 32 descolagens. Mais uma vez participaram, no teatro de operações, elementos da Unidade de Protecção da Força, da Unidade de Operações Especiais e da Equipa de Controladores Aéreos Avançados.

Resgatado em segurança, o jornalista foi colocado a bordo do ALOUETTE III que se dirigiu para a Base Aérea Avançada, localizada na Covilhã.

http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php ... 09&lang=pt (http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php?cod=035.009&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 02, 2010, 06:21:25 pm
Citar
Segunda semana do Real Thaw 10 começa com Reconhecimento Nocturno

A segunda semana de Exercício Real Thaw 10 surgiu inserida num cenário de reconhecimento nocturno ao "campo de detenção", situado na zona de Penamacor.

O local encontrava-se sob o domínio de um grupo de rebeldes, apoiado pelo País A (a norte da Covilhã). No apoio a esta missão estiveram envolvidas a Unidade de Protecção da Força, as Operações Especiais, as Forças de Paraquedistas e os Controladores Aéreos Avançados.

Face aos meios empregues, os insurgentes, responsáveis pela defesa do campo de detenção, reforçaram o nível de segurança.

Além das equipas em terra, participaram nesta missão F-16M portugueses e dinamarqueses, o C-295, o C-130 e o ALOUETTE III e, dado o grau de risco da mesma, manteve-se um serviço de alerta de evacuação médica, assegurado por 3 ALOUETTE III e uma equipa de saúde.

http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php ... 10&lang=pt (http://www.emfa.pt/realthaw/detalhe.php?cod=035.010&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Fevereiro 03, 2010, 08:22:52 pm
(http://www.mdn.gov.pt/NR/rdonlyres/7A4F7A03-3A69-4804-8CE9-BD3971656AB2/0/MDNnoRealThaw1.jpg)

(http://www.mdn.gov.pt/NR/rdonlyres/001189DB-D109-4B9B-9E06-A89633606DB5/0/MDNnoRealThaw3.JPG)

(http://www.mdn.gov.pt/NR/rdonlyres/C115C6C0-81B9-45C8-B6D1-61CC6C666414/0/MDNnoRealThawdest.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ShadIntel em Março 18, 2010, 04:37:23 pm
Citar
Força Aérea realiza Kanicross 2010

Decorre, desde o dia 16 e até ao dia 18 de Março, no Campo de Tiro da Força Aérea, em Alcochete, o Kanicross 2010, um exercício anual de avaliação de equipas cinotécnicas, este ano na sua 7ª edição.

Neste exercício, constituído por 21 obstáculos ao longo de 8 quilómetros, participam não só todas as Secções Cinotécnicas da Força Aérea (de todas as Unidades do Ramo), mas também equipas da PSP e do Exército.

A competição, organizada pelo Comando Aéreo e coordenada pelo Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea, é destinada a testar a capacidade física do cão e do seu treinador,  a capacidade de controlo do cão por parte do tratador e as capacidades de tiro dos militares, que nestas equipas cinotécnicas, garantem a segurança de infra-estruturas e meios do Ramo. É também tida em conta a motivação do cão em acompanhar o seu treinador sob circunstâncias difíceis e exigentes.

O Kanicross não só avalia o grau de preparação das equipas Cinotécnicas para o cumprimento das missões que lhes são atribuídas, assim como suscita e desenvolve em todo o pessoal ligado aos cães militares uma saudável competição.  

A utilização de equipas Cinotécnicas na Segurança Interna e Defesa Imediata das Unidades e Órgãos da Força Aérea, como meios activos do dispositivo implementado, implica um treino continuado, abrangendo variadas vertentes, com destaque para a componente técnica a que é necessário aliar a destreza física e o conhecimento mútuo dos componentes da equipa.

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/noticias/kani1.jpg) (http://www.emfa.pt/www/conteudos/noticias/kani2.jpg)

Reportagem SIC (http://http)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Miguel Silva Machado em Abril 15, 2010, 08:21:36 am
Durante o mês de Março nem só aeronaves da Força Aérea sobrevoaram regularmente várias regiões do nosso país. Também C-130 belgas que participavam no exercício AIRLIFT BLOCK TRAINING 2010, tiveram oportunidade de efectuar missões tácticas no espaço aéreo nacional e em diversos aeródromos. Alfredo Serrano Rosa, assistiu a parte desta cooperação que se desenrolou em Tancos e apresenta-nos a sua reportagem fotográfica.

http://www.operacional.pt/airlift-block ... -portugal/ (http://www.operacional.pt/airlift-block-training-2010-em-portugal/)

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/04/belgas_400.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Miguel Silva Machado em Maio 10, 2010, 09:00:42 am
VIGIAR E ACTUAR 2010

Este exercício realizou-se na Base Aérea nº11, em Beja, e visou testar e aferir a capacidade operacional das forças primariamente responsáveis pela segurança interna e defesa imediata das Unidades e Órgãos da Força Aérea Portuguesa. Constituiu uma plataforma para troca de conhecimentos e experiências vividas, entre todas as Esquadras e Esquadrilhas da Policia Aérea, promovendo o espírito de grupo em torno de um objectivo.


http://www.operacional.pt/vigiar-e-actuar-2010/ (http://www.operacional.pt/vigiar-e-actuar-2010/)

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/05/vigiar_400.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Maio 31, 2010, 12:09:36 pm
Não se percebe como é q uma unidade militar que supostamente é muito operacional ainda apresenta fotos destas de um treino de tiro.
Os Soldados mal sabem empunhar as pistolas e não sei lá como é q se combate na Policia Aérea, mas fazer uma prova de G3 sem bandoleira, com o carregador na mão e sem um unico Porta Carregador, é no minimo andar a brincar aos tropas.

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/05/foto_19-copya.jpg)

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/05/foto_20-copya.jpg)


Mas mais me choca ainda é uma unidade andar a treinar com armas BB como é referido no artigo!!
Já que não querem fazer treino com munição real ou se querem fazer comfronto, ao menos usem Simunition que as armas são as mesmas!!
Agora BB é ridiculo!! Acho que a ultima vez que me puseram uma coisa dessas nas mãos parti-lhe o manobrador da culatra só a puxa-la a trás.

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/05/foto_01-copya.jpg)

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/05/foto_09-copya.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: militar03 em Maio 31, 2010, 03:24:04 pm
é mais barato plastico (bbs)
mas no teste que consiste em combate tactico até achei 1 boa ideia as armas de airsoft..noutros anos utilizaram armas de paint ball

pelo menos no airsoft sempre é 1 pouco mais real...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 31, 2010, 04:41:47 pm
Por acaso sei de outras forças que fazem o mesmo (no estrangeiro).
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Maio 31, 2010, 04:52:22 pm
Paintball então ainda seria Pior!!

Mas será que nos milhões todos que Força Aérea tem não há uns milhares de €uros para uns Kits de Simunition!!?? Basta voar menos uma hora um F16!!!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: militar03 em Maio 31, 2010, 06:38:29 pm
a fap é dos pilotos--logo.... n interfiram nas horas de voo deles que é mexer~lhe nos bolsos...

e a guerra que é na 301 ou na 201 quando é para mandar o sidewinder..uiuiiui isso é que é...

1 vez por ano..
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 01, 2010, 10:57:54 am
Citação de: "ACADO"
Paintball então ainda seria Pior!!

Mas será que nos milhões todos que Força Aérea tem não há uns milhares de €uros para uns Kits de Simunition!!?? Basta voar menos uma hora um F16!!!

O DAE tem, a Companhia de Precursores depois de uns exercicios com o DAE também queria adquirir (não sei se adquiriu ou não), na EPI usa-se o SITPUL, etc.

Em relação ao Paintball, os Sul-Coreanos usam. c34x
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: militar03 em Junho 01, 2010, 01:15:34 pm
ha uns anos atras sei que na fap,no curso de P.A usava-se uns coletes e umas armas do genero electricas que aqundo uma pessoa era atingida sentia um choque e umas luzes acendiam no colete..não sei se alguem sabe como se chama isso.....
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Mandrake em Junho 10, 2010, 06:38:55 pm
Pela descrição que fazes parece ser um Taser.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Junho 13, 2010, 08:00:24 pm
Citação de: "Mandrake"
Pela descrição que fazes parece ser um Taser.

O taser nao ha nenhum colete, nao tem luzes e o choque e so das piores sensacoes que alguma vez podes sentir!!
Nao me parece que alguem treine todos os dias com eles ... ahahah
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Junho 14, 2010, 01:33:24 am
taser? fosgasse....os PA's podem ser cabeças de taco mas não exagerem...
não havia choque nenhum o colete ficava era iluminado... o nome ha-de ocorrer-me amanha quando falar com quem de direito...lol
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Duarte em Junho 14, 2010, 12:30:05 pm
Citar
raphael

taser? fosgasse....os PA's podem ser cabeças de taco mas não exagerem...
não havia choque nenhum o colete ficava era iluminado... o nome ha-de ocorrer-me amanha quando falar com quem de direito...lol

A PA utilizava (utiliza) o sistema americano M.I.L.E.S.

http://en.wikipedia.org/wiki/M.I.L.E.S (http://en.wikipedia.org/wiki/M.I.L.E.S).
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Silent_Storm em Junho 25, 2010, 11:23:11 am
Conheço é o Laser Tag

http://en.wikipedia.org/wiki/Laser_tag (http://en.wikipedia.org/wiki/Laser_tag)

http://timeout.sapo.pt/news.asp?id_news=5245 (http://timeout.sapo.pt/news.asp?id_news=5245)

(http://www.laser-tron.com/Laser_Tag_Manufacturer/Laser_Tag_Graphics/Laser_Tag_LT-11Vest-FourColors.gif)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Junho 25, 2010, 09:57:32 pm
Citação de: "Silent_Storm"
Conheço é o Laser Tag

http://en.wikipedia.org/wiki/Laser_tag (http://en.wikipedia.org/wiki/Laser_tag)

http://timeout.sapo.pt/news.asp?id_news=5245 (http://timeout.sapo.pt/news.asp?id_news=5245)

(http://www.laser-tron.com/Laser_Tag_Manufacturer/Laser_Tag_Graphics/Laser_Tag_LT-11Vest-FourColors.gif)

Conhece por experiência pessoal ou apenas por curiosidade ?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Silent_Storm em Junho 26, 2010, 12:59:02 pm
Conheço pelo Barney Stinson do "How I Met Your Mother"  :D
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PedroI em Agosto 11, 2010, 11:16:48 am
Boas,

A ultima vez que fui pescar achigãs  :lol: ali para os lados de Alcochete talvez à uns 2 meses, durante a manhã toda vi passar dois conjuntos de aviões em voltas circulares no mesmo sentido e a varias altitudes.

Um conjunto seria de certeza (quase) 3 x C130, o outro conjunto se bem me lembro seriam 4 aeronaves no mesmo estilo (grandes pa c#$£§#) mas não me pareciam C130.

Alguém sabe o que foi ou o que era.

Cumpts,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: sergio21699 em Agosto 11, 2010, 02:17:06 pm
Talvez os P-3 Orion?

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/aeronaves/p3p/p3p-6z.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PedroI em Agosto 11, 2010, 03:47:33 pm
Boas,

Muito provavelmente assim pela pinta.
Resta saber o que estavam a fazer, porque para quem estava na beira de um açude a ver mais parecia ou uma daquelas provas de perseguição em bicicleta em que andam uns atrás dos outros ou treinos de pombos de competição (para quem não sabe basicamente abre-se o pombal e eles começam a voar em círculos, volta e meia assobia-se para eles mudarem de direcção). :lol:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Menacho em Outubro 11, 2010, 10:52:59 am
Airmen, Portuguese officials hone fuel spill response skills

http://www.af.mil/news/story.asp?id=123225743 (http://www.af.mil/news/story.asp?id=123225743)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 11, 2010, 03:39:10 pm
Base Aérea de Monte Real avaliada pela NATO

http://pdfcast.org/pdf/ba5-avaliada-pela-nato (http://pdfcast.org/pdf/ba5-avaliada-pela-nato)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Outubro 11, 2010, 11:07:19 pm
Excelente artigo, mas infelizmente confirma-se que vamos ficar com 30 F-16MLU...

Abertura a tráfego civil sou contra, penso que a base mais "militar" do país deve ser só isso, militar.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 03, 2010, 06:22:48 pm
Um piloto da Força Aérea Portuguesa vai entrar combate no Afeganistão aos comandos de um F16

O capitão Silva irá pilotar um avião da Bélgica, ao abrigo do programa de troca de pilotos entre países que operam F16. A RTP sabe que o envio de caças portugueses para o Afeganistão continua em aberto.
2010-10-31 20:41:05

 :arrow: http://tv2.rtp.pt/noticias/?t=Um-piloto ... 88069&tm=8 (http://tv2.rtp.pt/noticias/?t=Um-piloto-da-Forca-Aerea-Portuguesa-vai-entrar-combate-no-Afeganistao-aos-comandos-de-um-F16.rtp&headline=20&visual=9&article=388069&tm=8)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: militar03 em Novembro 13, 2010, 08:02:18 pm
esse intercambio é interessante, a gente manda um capitão para a belgica para os f16 e eles mandam um alferes(agora tenente) para o c-130
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Luso-Efe em Novembro 13, 2010, 09:02:38 pm
Citação de: "typhonman"
Excelente artigo, mas infelizmente confirma-se que vamos ficar com 30 F-16MLU...

Abertura a tráfego civil sou contra, penso que a base mais "militar" do país deve ser só isso, militar.

Pois, infelicissima noticia.

A reduzir desta maneira daqui a 20 anos estamos reduzidos a zero.

Em 81 a FAP foi equipada com 50 A7-P, operacionais ate 99, alguns anos a actuar em conjunto com o primeio lote de F-16 que veio em 94, ou seja, por essa altura tinhamos cerca de 60 aeronaves caça contando com as aeronaves perdidas, visto que se perderam aeronaves A7-P.

Os A7-p foram abatidos em 99, edai para cá ficamos com os 40 e tal aeronaves, 20 que vieram entre 94 e 96, e depois vierem os F-16 encaixotdos que nunca chegaram a ser modernizados para MLU.

Pelos vistos, agora vamos ficar apenas com 30 F-16 Mlu, e fala-se de vender aviões.

Com certeza alguns dirão que é melhor ter 30 F-16 Mlu do que um numero supeior e alguns por modernizar.

pois bem é verdade, mas por ser melhor não é o ideal.

O ideal seria ter pelo menos 60 / 70 aeronaves, repartidas por 2 bases, é que nunca se deve ter os ovos todos na mesma cesta.

A pequenez de portugal anivel da defesa nacional, é tão grande quando se ve que um pais muito mais endividado do que nós, a grécia acaba de adquirir 30 F-16 C/D block 50-52.

Ou seja, por este andar daqui a 20 anos estamos reduzidos á insignificancia, e temos uma vintena de eurofughter's castelhanos na base aerea de Ovar no ambito da Nato.

Pois, os do costume podem ser tentados a dizer que a grécia tem um problema chamdo turquia.

Pois bem, se esse problema se pôe para os Gregos no ambito NATO, então Portugal tem um problema igual ou pior chamdo castela.

A tvi já está ai para maciar amentes dos tugas.

Mas para que falar de defesa nacional se o que se pretende é a morte de Portugal.

Cumprimentos thyponman.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 15, 2010, 01:03:54 pm
Efe eu até tinha feito um texto a rebater esses dados (que estão ou mal ou não fazem sentido porque não se contempla o nº real de aoarelhos operacionais).

Gostei especialmente da parte onde falaste da Grécia. :lol:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Luso-Efe em Novembro 16, 2010, 10:19:55 pm
Bem, o martelo se tens dados apresenta-os.

Os que eu apresentei não andarão longe da verdade, em relação aos F-16 não há dúvidas, em relação aos A7-P  já contemplo as aeronaves perdidas de A7-P, na ordem dos 10 aparelhos segundo o que eu sei, se tens o numero real apresenta-o.

Em relação à grécia não percebo o que queres dizer.

 :snipersmile:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Novembro 16, 2010, 11:57:38 pm
Foram perdidos 15 A-7 P, incluíndo um nos EUA que nunca chegou a ser entregue à FAP e que também nunca chegou a ser substituído. A esta situação devemos ainda considerar a reduzida operacionalidade da frota durante grande parte da década de 90 devido ao facto de Portugal ser o único utilizador (nessa altura) do motor TF-30 P-408 (deixou de ser produzido em 1986) e à falência/compra/fusão/extinção do ramo aeronaútico da empresa fabricante da aeronave, a LVT (Ling-Temco-Vought).
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Novembro 20, 2010, 01:34:07 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Um piloto da Força Aérea Portuguesa vai entrar combate no Afeganistão aos comandos de um F16

O capitão Silva irá pilotar um avião da Bélgica, ao abrigo do programa de troca de pilotos entre países que operam F16. A RTP sabe que o envio de caças portugueses para o Afeganistão continua em aberto.
2010-10-31 20:41:05

 :arrow: http://tv2.rtp.pt/noticias/?t=Um-piloto ... 88069&tm=8 (http://tv2.rtp.pt/noticias/?t=Um-piloto-da-Forca-Aerea-Portuguesa-vai-entrar-combate-no-Afeganistao-aos-comandos-de-um-F16.rtp&headline=20&visual=9&article=388069&tm=8)

O Piloto Portugues nao anda muito bem informado!! Com que entao nao existem ameacas!!
Esqueceu-se que ainda o ano passado os Americanos numa missao de apoio proximo tiveram de usar os canhoes por varias passagens e fizeram voos bem baixos e foram atingidos por varios projecteis de DShKM 12.7 e tiveram de retirar da zona pra nao perder nenhum aviao.

Se calhar convem andar  mais informado...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 20, 2010, 03:08:42 pm
O piloto em questão sabe disso e muito mais, mas uma coisa é saber outra coisa é dizer. A população acredita que o pessoal dos contingentes Portugueses no Afeganistão só andaram a distribuir alimentos e cobertores tal como as ONG cá em Portugal. Pergunta ao tipo da rua se houve emboscadas e trocas de tiros com a tropa Portuguesa e os talibans que eles dizem logo que não.

Pessoalmente acredito que são ignorantes nestas questões e se calhar ainda bem, porque senão não se fazia missões no estrangeiro.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: LuisC em Novembro 22, 2010, 01:53:02 am
O capitão Silva disse que os talibãs não têm sistemas eficazes contra aeronaves (no caso o F-16) que voem a estas velocidades e altitudes…e é um facto…não sei onde está a dúvida!

Um helicóptero pode, com relativa facilidade, ser atingido por um simples FPG ou arma ligeira, um F-16 muito dificilmente poderá ser atingido por esse tipo de armas.

Querem ver que um piloto com anos de formação e centenas ou milhares de horas de voo não sabe do que fala?!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Novembro 23, 2010, 10:20:59 am
Citação de: "LuisC"
O capitão Silva disse que os talibãs não têm sistemas eficazes contra aeronaves (no caso o F-16) que voem a estas velocidades e altitudes…e é um facto…não sei onde está a dúvida!

Um helicóptero pode, com relativa facilidade, ser atingido por um simples FPG ou arma ligeira, um F-16 muito dificilmente poderá ser atingido por esse tipo de armas.

Querem ver que um piloto com anos de formação e centenas ou milhares de horas de voo não sabe do que fala?!

Nao sabe onde esta a duvida, estou a ouvir isto?? Uma 12,7 pode nao ser um sistema eficaz na maior parte dos casos mas tudo depende de como sao usados. Os nossos enimigos de parvos nao tem nada

Meu caro, o Piloto ou sabe ou nao sabe!! E la por ter muitas horas de voo e de formacao nao o referiu.
Agora se nao sabe que avioes aliados ja foram atingidos por fogo automatico pesado e estiveram em risco de ser perdidos e muito grave.
Se esta a omitir para o pubico, fico um pouco mais descansado mas para mim tambem e grave porque esta a mentir a quem lhe paga o material e o ordenado.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Dezembro 04, 2010, 07:28:49 pm
Citação de: "ACADO"
Citação de: "LuisC"
O capitão Silva disse que os talibãs não têm sistemas eficazes contra aeronaves (no caso o F-16) que voem a estas velocidades e altitudes…e é um facto…não sei onde está a dúvida!

Um helicóptero pode, com relativa facilidade, ser atingido por um simples FPG ou arma ligeira, um F-16 muito dificilmente poderá ser atingido por esse tipo de armas.

Querem ver que um piloto com anos de formação e centenas ou milhares de horas de voo não sabe do que fala?!

Nao sabe onde esta a duvida, estou a ouvir isto?? Uma 12,7 pode nao ser um sistema eficaz na maior parte dos casos mas tudo depende de como sao usados. Os nossos enimigos de parvos nao tem nada

Meu caro, o Piloto ou sabe ou nao sabe!! E la por ter muitas horas de voo e de formacao nao o referiu.
Agora se nao sabe que avioes aliados ja foram atingidos por fogo automatico pesado e estiveram em risco de ser perdidos e muito grave.
Se esta a omitir para o pubico, fico um pouco mais descansado mas para mim tambem e grave porque esta a mentir a quem lhe paga o material e o ordenado.

ACADO, nos seus post´s relativos a armas e munições não me meti, pois sou ignorante no tema, agora deixe que lhe diga que o que acabou de escrever não tem nexo nenhum.

Diga-me quando é que um F-15 ou A-10 ou F-16 foram abatidos no Afeganistão como fogo de 12.7 mm, estou a espera.
Quanto ao fogo pesado, refere-se a que ? AAA?

As aeronaves que mais sujeitas estão a este fogo são os helis, como os Chinook, e UH-60, sendo que este tipo de armas consegue ser mais eficaz a baixas altitudes que certos SAM "shoulder lauched", até porque as contra medidas a nível de flares costuma ser eficaz.

Além disso o piloto é livre de dizer o que quizer desde que não viole nenhum segredo operacional ou procedure,não é o facto de lhe pagar o ordenado com os seus impostos que lhe dá direito de o acusar de mentiroso.

 :|
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Dezembro 07, 2010, 01:17:33 am
Citação de: "typhonman"
Citação de: "ACADO"
Citação de: "LuisC"
O capitão Silva disse que os talibãs não têm sistemas eficazes contra aeronaves (no caso o F-16) que voem a estas velocidades e altitudes…e é um facto…não sei onde está a dúvida!

Um helicóptero pode, com relativa facilidade, ser atingido por um simples FPG ou arma ligeira, um F-16 muito dificilmente poderá ser atingido por esse tipo de armas.

Querem ver que um piloto com anos de formação e centenas ou milhares de horas de voo não sabe do que fala?!

Nao sabe onde esta a duvida, estou a ouvir isto?? Uma 12,7 pode nao ser um sistema eficaz na maior parte dos casos mas tudo depende de como sao usados. Os nossos enimigos de parvos nao tem nada

Meu caro, o Piloto ou sabe ou nao sabe!! E la por ter muitas horas de voo e de formacao nao o referiu.
Agora se nao sabe que avioes aliados ja foram atingidos por fogo automatico pesado e estiveram em risco de ser perdidos e muito grave.
Se esta a omitir para o pubico, fico um pouco mais descansado mas para mim tambem e grave porque esta a mentir a quem lhe paga o material e o ordenado.

ACADO, nos seus post´s relativos a armas e munições não me meti, pois sou ignorante no tema, agora deixe que lhe diga que o que acabou de escrever não tem nexo nenhum.

Diga-me quando é que um F-15 ou A-10 ou F-16 foram abatidos no Afeganistão como fogo de 12.7 mm, estou a espera.
Quanto ao fogo pesado, refere-se a que ? AAA?

As aeronaves que mais sujeitas estão a este fogo são os helis, como os Chinook, e UH-60, sendo que este tipo de armas consegue ser mais eficaz a baixas altitudes que certos SAM "shoulder lauched", até porque as contra medidas a nível de flares costuma ser eficaz.

Além disso o piloto é livre de dizer o que quizer desde que não viole nenhum segredo operacional ou procedure,não é o facto de lhe pagar o ordenado com os seus impostos que lhe dá direito de o acusar de mentiroso.

 :|

Então não tem nexo porquê ??
Lá por nenhum não ter sido abatido isso quer dizer que não poderão ser um dia?? não estou a perceber onde quer chegar?
Se lhe estou a dizer que já tiveram que retirar por causa do fogo de DShKM 12.7, acho que isso quer dizer que estavam em perigo!! ou não?? E provavelmente só não foram abatidos porque retiraram.

Se é um caso que apresenta grande perigo, que é constante a ameça, etc, claro que não.
Mas o que é certo é que os aviões esgotaram as bombas a ajudar os soldados em terra e quando tentaram usar os canhões, os malandros dos turbas deram dores de cabeça. E com certeza que o nosso Piloto se lhe surgir uma situação destas não se vai cortar à bomboca, portanto corre o mesmo perigo que os outros.

Se o piloto é livre de dizer o que quizer tambem eu sou. E das duas uma, ou ele não sabe que poderá correr este mesmo risco, ou está a mentir!! Continuo sem saber qual é a hipótese mais grave.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Dezembro 07, 2010, 10:13:58 pm
Depende das rules of engagment, não sei se o uso do canhão a baixa altitude constitui opção para o nosso piloto, terá de lhe perguntar a ele.  :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Dezembro 11, 2010, 12:08:35 pm
Aqui fica um menino que gostaria de ver na FAP. Pelo que tenho visto, anda a passar muito tempo por aqui.

(http://i638.photobucket.com/albums/uu106/helderafonso/Reabastecimento_21.jpg)

Citar
Airbus A-330 MRTT

http://forum.apeapt.com/viewtopic.php?f=4&t=2901&start=150
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Dezembro 11, 2010, 12:09:13 pm
Aqui fica um menino que gostaria de ver na FAP. Pelo que tenho visto, anda a passar muito tempo por aqui.

(http://1.bp.blogspot.com/_aSBK_rzGTlc/TQGLwXYReBI/AAAAAAAABpI/Zb_XV31BXTw/s640/20101130_LPMR-268s.jpg)

Citar
Quem passou perto de Monte Real ao fim da tarde nas últimas semanas, poderá ter tido a sorte de ver a aproximação à pista de um Airbus A-330 MRTT, com o qual a Força Aérea tem colaborado na certificação como reabastecedor aéreo.
Visão pouco usual dada a dimensão do aparelho, que contrasta notoriamente com os "pequenos" F-16 residentes da BA5, a quem tem ido "dar de beber".
A aeronave em questão tem a matrícula EC-330 e será o segundo avião do tipo a ser entregue à Força Aérea Australiana.

http://www.passarodeferro.com/ (http://www.passarodeferro.com/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Dezembro 11, 2010, 12:10:18 pm
Nelson vais ter os KC-390 por isso não te preocupes... :lol:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Dezembro 11, 2010, 04:09:41 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Nelson vais ter os KC-390 por isso não te preocupes... :lol:

Um KC não reabastece os nossos F16 e se um dia precisar-mos combater por cima do oceano :oops:  :oops:  :oops:  atlântico (açores), os nossos aviões por cada hora que passa serão obrigados a voltar à base, o que  deixaria a nossa defesa muito enfraquecida
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Dezembro 11, 2010, 05:10:02 pm
Por cima dos Açores? Temos a base das Lajes e depois os F-16 não têm assim tão pouco alcance.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Dezembro 11, 2010, 05:26:35 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Por cima dos Açores? Temos a base das Lajes e depois os F-16 não têm assim tão pouco alcance.

Por isso é que sou a favor de um reabastecedor
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Dezembro 11, 2010, 05:39:00 pm
Porque os F-16 não têm pouco alcance? Acho que percebeste o inverso, certo?

Olha aqui:

 :wink:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Dezembro 11, 2010, 10:05:24 pm
Uns gostam de corrigir a Ortografia/Gramática, eu gosto de corrigir a Geografia, o Atlântico é um Oceano e não um Mar.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Dezembro 12, 2010, 12:37:58 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Porque os F-16 não têm pouco alcance? Acho que percebeste o inverso, certo?

Olha aqui:

 :wink:

Além de que nessa tabela a autonomia é sem tanques externos, um F-16 em patrulha normalmente leva 3, desse modo enquanto voam vão gastando o combustivel dos tanques externos mas se por qualquer razão tenham que entrar em combate, largam esses tanques (pois estes atrapalham a aerodinâmica da aeronave) e continuam com o combustivel que o F-16 leva internamente.

Pelo que tenho visto ninguém usa reabastecedores para missões de defesa aérea, usam sim para missões de projecção de forças, isto é, para apoiar o movimento de aeronaves por longas distâncias, por exemplo a Holanda tem reabastecedores mas não tem nada a ver com os caças que defendem a Holanda, servem sim, para apoiar os movimentos de caças para as Antilhas Holandesas que se situam nas Caraibas.

Para um caça se deslocar de Portugal Continental para os Açores não precisa de reabastecedores, e um caça para operar no oceano na zona dos Açores a partir da BA4 também acredito que não.

É verdade que um reabastecedor é um multiplicador de forças, é um sistema que dá jeito mas não é algo que seja mesmo necessário no dia-a-dia da nossa Força Aérea, temos outras prioridades como por exemplo alargar a cobertura de radar aos arquipélagos e colocar lá patrulhas em alerta.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Dezembro 12, 2010, 06:10:43 pm
Uma aeronave do tipo KC-330 MRTT, seria útil para fazer transporte das individualidades em viagens de estado para longas distâncias, seria útil para transportar tropas para teatros de operações longínquos, evacuação médica de nacionais, reabastecimento em voo de F-16, reabastecimento em voo de C-295M e se C-130H, bastando para isso instalar uma sonda de reabastecimento em voo.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Dezembro 13, 2010, 08:57:07 pm
Citação de: "typhonman"
Uma aeronave do tipo KC-330 MRTT, seria útil para fazer transporte das individualidades em viagens de estado para longas distâncias, seria útil para transportar tropas para teatros de operações longínquos, evacuação médica de nacionais, reabastecimento em voo de F-16, reabastecimento em voo de C-295M e se C-130H, bastando para isso instalar uma sonda de reabastecimento em voo.

E o reabasteciemnto dos Eh101 tambem poderia ser feito por esse tipo de avião?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Dezembro 13, 2010, 09:55:46 pm
Citação de: "ACADO"
Citação de: "typhonman"
Uma aeronave do tipo KC-330 MRTT, seria útil para fazer transporte das individualidades em viagens de estado para longas distâncias, seria útil para transportar tropas para teatros de operações longínquos, evacuação médica de nacionais, reabastecimento em voo de F-16, reabastecimento em voo de C-295M e se C-130H, bastando para isso instalar uma sonda de reabastecimento em voo.

E o reabasteciemnto dos Eh101 tambem poderia ser feito por esse tipo de avião?

Não, o diferencial de velocidades não permite.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: sergio21699 em Janeiro 06, 2011, 11:14:20 pm
(http://img124.imageshack.us/img124/235/montargilg5tj7.jpg)


(http://img124.imageshack.us/img124/6276/montargilg6rs6.jpg)


(http://img124.imageshack.us/img124/4295/montargilg8lw9.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 06, 2011, 11:23:52 pm
Tenho a leve impressão que essas fotos já têm uns anos. Não foi num exercicio da Companhia de Precursores?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: sergio21699 em Janeiro 06, 2011, 11:56:20 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Tenho a leve impressão que essas fotos já têm uns anos. Não foi num exercicio da Companhia de Precursores?

Sim são, retirei-as do tal site espanhol na parte dos precursores, devia era ter posto a fonte e esqueci-me  :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: militar03 em Março 11, 2011, 01:17:50 pm
resgate e salvamento

http://sic.sapo.pt/online/video/program ... 121539.htm (http://sic.sapo.pt/online/video/programas/companhia-das-manhas/2011/3/herois-da-praia-de-lavadores10-03-2011-121539.htm)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 18, 2011, 08:56:07 pm
Citar
Força Aérea avaliada com sucesso pela NATO

No período de 2 a 11 de Março, a Força Aérea foi submetida a uma Avaliação Táctica da NATO (FORCEVAL), com a finalidade de testar o aprontamento e emprego de uma força, de F-16 MLU, atribuída à Aliança Atlântica na qualidade de High Readiness Forces.

A primeira fase consistiu na avaliação de conhecimentos e competências individuais (Individual Common Core Skills) nas áreas de primeiros socorros; combate a incêndios; defesa nuclear, radiológica, biológica e química; defesa e protecção pessoal e reconhecimento pós-ataque, bem como nas áreas da manutenção e aprontamento de aeronaves.

A segunda fase simulou a participação da força, composta por 365 Militares e seis aeronaves F-16 MLU, numa operação de âmbito internacional, em situação de Destacamento no Aeródromo de Manobra Nº1, em Ovar, onde, durante 54 horas, as vertentes de Operações, Logística e Protecção da Força foram ininterruptamente confrontadas com uma diversificada série de incidentes tendentes a avaliar a sua capacidade de resposta e de sobrevivência em ambiente hostil.

Perante cerca de 90 avaliadores da NATO, de diferentes nacionalidades, a força conseguiu atingir os objectivos a que se propôs, ser considerada Mission Capable. A aplicação dos conhecimentos e o desempenho na execução das missões permitiu o reconhecimento do esforço empreendido, facto que confirma o desígnio da Força Aérea no sentido de continuar a assegurar os compromissos assumidos por Portugal a nível internacional.

http://www.emfa.pt/www/detalhe.php?cod=035.589&lang=pt (http://www.emfa.pt/www/detalhe.php?cod=035.589&lang=pt)
(o site possui algumas fotos)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Março 19, 2011, 10:45:18 am
Citar
Lisboa, 19 mar (Lusa) -- As buscas para encontrar o pesqueiro desaparecido desde quinta-feira ao largo dos Açores estão hoje a ser realizadas por uma aeronave da Força Aérea Portuguesa e uma corveta, mas até ao momento a embarcação continua incontactável, segundo a Marinha.

"Neste momento as buscas continuam através de uma aeronave P3 Orion da Força Aérea Portuguesa que saiu do Continente e através da corveta Jacinto Cândido [da Marinha] e de uma embarcação que que está no local", disse à agência Lusa o porta-voz da Marinha, Santos Fernandes.

Contudo, lamentou Santos Fernandes, "as buscas ainda não deram quaisquer resultados" e vão prosseguir durante o dia de hoje ao largo dos Açores.
http://www.dn.pt/Inicio/interior.aspx?content_id=1809999
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Março 19, 2011, 01:36:50 pm
Citação de: "nelson38899"
Citar
Lisboa, 19 mar (Lusa) -- As buscas para encontrar o pesqueiro desaparecido desde quinta-feira ao largo dos Açores estão hoje a ser realizadas por uma aeronave da Força Aérea Portuguesa e uma corveta, mas até ao momento a embarcação continua incontactável, segundo a Marinha.

"Neste momento as buscas continuam através de uma aeronave P3 Orion da Força Aérea Portuguesa que saiu do Continente e através da corveta Jacinto Cândido [da Marinha] e de uma embarcação que que está no local", disse à agência Lusa o porta-voz da Marinha, Santos Fernandes.

Contudo, lamentou Santos Fernandes, "as buscas ainda não deram quaisquer resultados" e vão prosseguir durante o dia de hoje ao largo dos Açores.
http://www.dn.pt/Inicio/interior.aspx?content_id=1809999

Tambem nao ha P3 nos acores??
Como fazem la a busca anti-submarina e assim?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 19, 2011, 03:04:14 pm
Simples, não se faz. A FAP faz missões SAR e para isso usa os EH-101 e os C-295M. Os próprios norte-americanos e franceses que chegaram a ter meios para essas funções na guerra fria à muito retiraram esses meios dos Açores (os franceses pura e simplesmente abandonaram os Açores).

Vê esta noticia:

 :arrow: viewtopic.php?p=207648#p207648 (http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?p=207648#p207648)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 19, 2011, 06:03:24 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Simples, não se faz.

não faz porque? Esteve um P-3 recentemente no mar dos Açores a participar nas buscas do navio perdido, da mesma forma poderia efectuar operações ASW.

Um P-3 Orion possui autonomia de 12 horas, e em 2 horas, pouco mais, já está na Base Aérea nº4, na maior parte das vezes até vai directamente de Beja (ou do Montijo antigamente) para a zona do mar onde é preciso actuar, usando a BA4 e o AM3 como pontos de abastecimento.

Não temos aeronaves P-3 em numero que justifique a existência de 2 esquadras, e manter um destacamento nos Açores também não é necessário pois só traria uma vantagem de 2 horas sobre um P-3 que descole de Beja, além disso com a substituição do Aviocar pelo C-295M veio reduzir a diferença de capacidades de busca e salvamento que existia anteriormente pois o C-295M possui também um bom alcance e autonomia, diminuindo assim as operações em que seja necessário o reforço dos P-3.

Outro exemplo é que Portugal participa na operação de vigilância do Mediterraneo com um P-3, e este opera directamente da Base de Beja.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 25, 2011, 05:42:23 pm
Citar
C-295 na Operação HERMES

A Força Aérea Portuguesa participa na operação conjunta Hermes Extension 2011, desencadeada pela FRONTEX, com um C-295 da Esquadra 502, desde 26 de Fevereiro de 2011. A aeronave e respectiva tripulação, que também é composta por um elemento do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, tem como responsabilidade detectar, seguir e identificar alvos de interesse que tentem entrar na União Europeia de forma ilegal.

A aeronave que efectuou o primeiro Destacamento Aéreo em Itália, regressou à Base Aérea Nº6 (BA6), no Montijo, no dia 14 de Março. O C-295 aterrou ao final da tarde, estando à sua espera a Comandante da Esquadra 502, Tenente-Coronel Diná Azevedo, que salientou a importância da operação como garante da segurança dos cidadãos europeus e de Portugal. À chegada, a alegria e o sentido de missão cumprida não disfarçaram o cansaço da tripulação, que efectuou cerca de 60 horas de voo na Operação HERMES e cumpriu os objectivos inicialmente traçados, como referiu o Comandante do Destacamento, Capitão Edgar Neves.

No dia seguinte, a equipa de manutenção efectuou uma rigorosa inspecção ao C-295, verificando a operacionalidade de todos os meios e dispositivos de que dispõe. Vários militares estiveram envolvidos nas operações de logística, retirando e colocando a bordo o equipamento necessário para o desempenho da missão.

Com a aeronave e a tripulação pronta, a participação da Força Aérea Portuguesa nesta operação prosseguiu no dia 16 de Março, quando o C-295 descolou da BA6 rumo a Itália, para patrulhar uma vasta área do Mediterrâneo, com vista à prevenção da imigração ilegal e à repressão das redes criminosas.

http://www.emfa.pt/www/detalhe.php?cod=035.592&lang=pt (http://www.emfa.pt/www/detalhe.php?cod=035.592&lang=pt)
(o link tem video e fotos)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 25, 2011, 05:53:57 pm
Site sobre o exercicio Real Thaw 11 (vai decorrer durante a próxima semana).

http://www.emfa.pt/realthaw/ (http://www.emfa.pt/realthaw/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Agosto 11, 2011, 02:50:45 pm
Citar
A Marinha e a Força Aérea portuguesas fizeram um teste de salvamento a Sul de Sesimbra esta terça-feira, dia 9 de Agosto, envolvendo pela primeira vez um submarino e uma aeronave.

Tratou-se de um exercício de busca e salvamento em que foi utilizado um submarino da Classe Tridente e um helicóptero EH-101, divulgou a Marinha em comunicado.

Este exercício pretendeu testar a capacidade e os meios existentes para a evacuação do submarino. Neste simulacro verificou-se uma óptima coordenação entre os intervenientes, elogia a Marinha.

Foi ainda disponibilizado um navio de segurança para o exercício, o NRP Hidra, mas não foi necessária a sua actuação.
http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1950345
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Agosto 11, 2011, 05:33:19 pm
Citar
envolvendo pela primeira vez um submarino e uma aeronave
*face palm*
Primeiro envolvendo o Arpão e o EH-101...

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: sergio21699 em Setembro 24, 2011, 06:21:06 pm
Andam 2 F-16 a passear por Guimarães  :Piloto:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: sergio21699 em Novembro 10, 2011, 02:00:48 pm
Citação de: "sergio21699"
Andam 2 F-16 a passear por Guimarães  :Piloto:


http://www.guimaraesdigital.com/index.php?a=noticias&id=46265
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Dezembro 11, 2011, 01:58:43 pm
Press Kit das missões de Busca e Salvamento da Força Aérea
http://www.calameo.com/read/000896986ad99d02b60a2 (http://www.calameo.com/read/000896986ad99d02b60a2)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 14, 2012, 02:30:28 pm
Está quase a começar...

http://www.emfa.pt/realthaw/ (http://www.emfa.pt/realthaw/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 19, 2012, 12:58:35 am
O site que coloquei no post anterior já se encontra com muita informação.

Incluindo um PressKit
http://www.emfa.pt/realthaw/conteudos/p ... 20RT12.pdf (http://www.emfa.pt/realthaw/conteudos/presskits/Press%20Kit%20RT12.pdf)

A maior parte das forças envolvidas são as do costume, mas temos algumas novidades, a nivel nacional é a participação dos P-3C (acho que é a 1ª vez), a nivel internacional é a participação de Eurofighters Espanhois, AWACS da NATO, A330 Reabastecedor e FACs Holandeses.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 27, 2012, 10:23:51 pm
Simulação dos bombeiros da Força Aérea durante o exercicio Real Thaw.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Janeiro 27, 2012, 10:27:22 pm
Ouve lá o "bombeiro" que aparece a mandar "bitaites" parece me conhecido de algum lado...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 16, 2012, 06:11:35 pm
Citar
Kanicross 2012 - Exercício Cinotécnico

Vai realizar-se entre os dias 16 e 18 de maio, no Campo de Tiro da Força Aérea, em Alcochete, o 9º Exercício Cinotécnico da Força Aérea – “Kanicross 2012” –, um exercício anual de avaliação de equipas cinotécnicas.

Neste exercício, constituído por 21 obstáculos ao longo de 9 quilómetros, participarão não só todas as Secções Cinotécnicas da Força Aérea, mas também equipas do Exército e da PSP. O “Kanicross 2012” contará ainda com uma delegação da Guarda Prisional que assistirá ao exercício.

A competição, organizada pelo Comando Aéreo e coordenada pelo Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea, é destinada a testar a capacidade física do cão e do seu treinador, a capacidade de controlo do cão por parte do tratador e as capacidades de tiro dos militares. É também tida em conta a motivação do cão em acompanhar o seu treinador sob circunstâncias difíceis e exigentes.

O Kanicross além de avaliar o grau de preparação das equipas Cinotécnicas para o cumprimento das missões que lhes são atribuídas, também suscita e desenvolve em todo o pessoal ligado aos cães militares uma saudável competição.

http://www.emfa.pt/www/conteudos/destaq ... ross12.pdf (http://www.emfa.pt/www/conteudos/destaques/programa_kanicross12.pdf)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 02, 2012, 01:07:14 am
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 20, 2012, 01:31:09 am
Citar
Exercício de helicópteros europeu em Portugal

A Força Aérea Portuguesa vai receber nas suas instalações do Aeródromo de Manobra Nº1, em Maceda – Ovar, o maior exercício de helicópteros europeu – o HOT BLADE 2012 (HB12).

O HB12 faz parte do programa de treino de helicópteros da Agência Europeia de Defesa e tem como finalidade permitir que as tripulações de helicópteros da Europa possam executar missões num ambiente operacional quente, a grande altitude e empoeirado, simulando o desafio e as condições dinâmicas que as forças participantes poderão encontrar num teatro atual de operações.

Este exercício, que é apoiado pelo Luxemburgo, realiza-se de 4 a 18 de julho e conta com a participação das Forças Armadas Portuguesas e de forças da Áustria, Bélgica, Finlândia, Alemanha, Holanda, Suécia e Reino Unido.

Acompanhe este exercício através da página oficial em
http://www.emfa.pt/hotblade (http://www.emfa.pt/hotblade)

http://www.emfa.pt/www/detalhe.php?cod=035.820&lang=pt (http://www.emfa.pt/www/detalhe.php?cod=035.820&lang=pt)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 06, 2012, 02:09:05 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Julho 06, 2012, 10:47:00 pm
Camaradas, só para meter inveja.. o meu local de trabalho encontra-se em pleno local de passagem da zona centro do país para este exercício (Hot Blade), posso-vos dizer que estes ultimos dois dias tem sido um arregalar dos olhos constante!! de 30 em 30 min lá viemos nós à rua vê-los passar! Desde Chinook  aos Sea Stalion, tem sido algo mesmo agradável para aliviar o stress nestes tempos obscuros que passamos!!!

Só é pena não saber se existe aqui perto na zona centro, algum sitio para spotters amadores  :oops:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Julho 11, 2012, 12:02:19 am
Citar
Exercício entre F-16 portugueses e belgas

Destacamento belga esteve em Monte Real


Decorreu entre os dias 18 e 29 de junho, na Base Aérea Nº5 (BA5), em Monte Real, um exercício conjunto entre a Força Aérea Portuguesa e a Força Aérea Belga, no qual participaram 12 pilotos belgas (entre instrutores e instruendos) com 7 aeronaves F-16.

Estes pilotos operam aeronaves similares aos "caças" da Esquadra 201 e da Esquadra 301, com os quais desenvolvem as missões, num ambiente de cooperação, que se revelou de extrema importância para a European Participating Air Forces (EPAF).

A realização deste exercício e a interoperabilidade entre as forças, permitiu aos pilotos a troca de experiências, baseada na aprendizagem mútua, que se refletiu na capacidade de adaptação aos diferentes métodos de trabalho, que faz com que num teatro real de operações, os resultados sejam mais positivos.

As excelentes condições climatéricas que este destacamento aéreo encontrou em Portugal e as condições logísticas e operacionais, inerentes à BA5 e ao Campo de Tiro, para a realização deste tipo de exercícios, possibilitaram aos pilotos uma maior continuidade nos treinos e uma maior maximização dos recursos necessários para tal operação.

http://www.emfa.pt/www/noticia-097-exer ... s-e-belgas (http://www.emfa.pt/www/noticia-097-exercicio-entre-f-16-portugueses-e-belgas)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 11, 2012, 12:13:48 am
Citação de: "Lightning"
Citar

As excelentes condições climatéricas que este destacamento aéreo encontrou em Portugal

 

Espero e que ao mesmo tempo andem a treinar em Inglaterra e na Noruega!! E que boas condicoes climatericas e onde e facil de treinar.
Precisamos e de treinar nas piores condicoes...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 11, 2012, 10:24:23 am
Isso já eles fazem durante todo o ano, quando vêm cá é para treinar o que têm muita dificuldade de treinar lá em tão pouco periodo de tempo. É uma questão de gerir bem o que têm. Ainda há pouco tempo num treino rotineiro dos nossos largadores estavam presentes os belgas (tropa que vem cá todos os anos a Tancos).
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Julho 11, 2012, 09:46:06 pm
Os Belgas parecem ter um gosto especial por Portugal, é os C-130, é os Para-comandos, é os F-16, mas isso é natural pois existe muita cooperação entre as congeneres portuguesas, além das boas condições atmosféricas, temos outras vantagens em relação a outros paises europeus, como seja um espaço aéreo menos congestionado, uma geografia com alguma variedade montanha, planicie, costa, (Holanda, Bélgica, etc são praticamente planicies).

Com menos regularidade outros paises também gostam de treinar em Portugal como sejam os outros paises EPAF (naturalmente dá jeito em termos logisticos), os A-10 da USAFE colocados na Alemanha também já cá vieram uma vez.

Os Espanhois quando participam nos nosses exercicios como o Real Thaw vem cá pelo menos um dia mostrar os Eurofighters aos Spotters :mrgreen: .

E o exercicio de helicopteros que está actualmente a decorrer a partir do AM1 - Ovar, o Hotblade 12.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Julho 13, 2012, 11:32:40 am
Citar
Helicópteros europeus treinam em Portugal

O exercício aéreo de helicópteros Hot Blade 2012, que reúne aeronaves de Portugal, Áustria, Bélgica, Holanda, Finlândia e Alemanha, decorre até dia 18 de julho, com base no Aeródromo de Manobras de Maceda, em Ovar. A Força Aérea Portuguesa é a anfitriã deste treino, que se estende a várias zonas do país. Os F-16 portugueses foram também incluídos nas manobras.

http://www.jn.pt/multimedia/video.aspx?content_id=2663264
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Julho 13, 2012, 11:45:37 am
Citação de: "ACADO"
Citação de: "Lightning"
Citar

As excelentes condições climatéricas que este destacamento aéreo encontrou em Portugal

 

Espero e que ao mesmo tempo andem a treinar em Inglaterra e na Noruega!! E que boas condicoes climatericas e onde e facil de treinar.
Precisamos e de treinar nas piores condicoes...

Os belgas desta vez trouxeram os seus pilotos em formação porque na área deles o tiro de canhão e as saídas frequentes era praticamente impossível.

No caso do nosso pessoal as condições não vão ser as piores mas vão ser diferentes! A Islândia parece-lhe bem?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 13, 2012, 12:53:19 pm
Citação de: "raphael"
Citação de: "ACADO"
Citação de: "Lightning"
Citar

As excelentes condições climatéricas que este destacamento aéreo encontrou em Portugal

 

Espero e que ao mesmo tempo andem a treinar em Inglaterra e na Noruega!! E que boas condicoes climatericas e onde e facil de treinar.
Precisamos e de treinar nas piores condicoes...

Os belgas desta vez trouxeram os seus pilotos em formação porque na área deles o tiro de canhão e as saídas frequentes era praticamente impossível.

No caso do nosso pessoal as condições não vão ser as piores mas vão ser diferentes! A Islândia parece-lhe bem?

Eu estava-me a referir ao belgas.
Mas sim, parece-me bem os nossos irem treinar à Islândia.
Se bem que o que eu gostava mesmo era de os ver a largar bombas no Afeganistão a apoiar os nossos aliados e a ganhar experiência de combate.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 13, 2012, 01:42:43 pm
Isso também já aconteceu... c34x
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 13, 2012, 05:12:14 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Isso também já aconteceu... c34x

F16 portugueses a largar bombas??????
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 13, 2012, 05:35:03 pm
Não. Mas F-16 belgas com PILAV português no Afeganistão.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 13, 2012, 07:36:16 pm
Mais fotos e videos do Hot Blade aqui:  :arrow: http://www.militaryphotos.net/forums/sh ... 2-Portugal (http://www.militaryphotos.net/forums/showthread.php?214642-Hot-Blade-2012-Portugal)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Julho 13, 2012, 09:05:37 pm
Citação de: "raphael"
No caso do nosso pessoal as condições não vão ser as piores mas vão ser diferentes! A Islândia parece-lhe bem?

Eles vão treinar, mas não só. Vão fazer policiamento aéreo e ter uma parelha de alerta, muito semelhante à missão feita nos Paises Bálticos.
http://en.wikipedia.org/wiki/Icelandic_Air_Policing (http://en.wikipedia.org/wiki/Icelandic_Air_Policing)

PS: É que desde que os Americanos retiraram os seus caças da Islândia, os aviões Russos começaram a fazer "passeios" mais regulares para aqueles céus :twisted:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 14, 2012, 01:09:10 am
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Não. Mas F-16 belgas com PILAV português no Afeganistão.

A largar bombas??
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Julho 14, 2012, 01:23:00 am
Citação de: "ACADO"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Não. Mas F-16 belgas com PILAV português no Afeganistão.

A largar bombas??

Tudo indica que sim, em missões de apoio aéro próximo (CAS), com bombas GBU-12.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 14, 2012, 01:36:30 am
Citação de: "typhonman"
Citação de: "ACADO"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Não. Mas F-16 belgas com PILAV português no Afeganistão.

A largar bombas??

Tudo indica que sim, em missões de apoio aéro próximo (CAS), com bombas GBU-12.

Eu gostava de ter um sim. Sim, um piloto Português largou bombas em cima daqueles fdp.
Mas, um tudo indica que sim para mim infelizmente não serve.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Julho 14, 2012, 02:18:17 am
http://www.emgfa.pt/pt/noticias/256 (http://www.emgfa.pt/pt/noticias/256)

32 missões de CAS, concerteza que em pelo menos 50 % houve largada de bombas, GBU-12 ou mesmo JDAM, não sabemos detalhes operacionais.


Cumprimentos.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 14, 2012, 09:18:33 am
Citação de: "typhonman"
http://www.emgfa.pt/pt/noticias/256

32 missões de CAS, concerteza que em pelo menos 50 % houve largada de bombas, GBU-12 ou mesmo JDAM, não sabemos detalhes operacionais.


Cumprimentos.

Eu não acredito que com tanta gente neste fórum não exista um que conheça o piloto em questão e q possa apenas confirmar que fod emos uns quantos...
Gostava q não tivéssemos a fazer suposições. Inclusive pelo texto dá apenas a entender q apenas em 2 delas houve contacto com o inimigo pelos meios terrestres. E que os aviões apenas serviram como meio de observação aérea. Sabemos tambem q muitas vezes os aviões só fazem passagens como meio intimidatório.
Eu gostava muito que o nosso piloto tivesse lá rebentado uns quantos mas até agora, infelizmente, nada me deu essa indicação.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Julho 14, 2012, 03:04:30 pm
Mas não tem de dar acho eu, até porquê sempre se quiz manter isto um pouco oculto, supostamente é missão de "paz".. :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: miguelbud em Julho 14, 2012, 03:51:43 pm
No vídeo de apresentaçao do hotblade 2012 aparece um mil-24. Qual é a força participante que os usa?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Julho 14, 2012, 05:17:21 pm
Citação de: "miguelbud"
No vídeo de apresentaçao do hotblade 2012 aparece um mil-24. Qual é a força participante que os usa?

No Hotblade 12 nenhum.
Como este é o 4º exercicio de helicopteros europeu, essas imagens devem ser de exercicios anteriores.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Julho 14, 2012, 08:55:24 pm
Citar
O Afeganistão em Linhares da Beira
Portugal organiza até dia 18 um mega exercício militar de treino de helicópteros da Agência Europeia de Defesa. A EDA encontrou em Linhares da Beira o pó, o calor e as montanhas em que os militares europeus têm de combater no Afeganistão.

video em:
http://expresso.sapo.pt/o-afeganistao-em-linhares-da-beira=f739474

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Julho 14, 2012, 09:32:36 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Julho 15, 2012, 01:42:30 am
Adoro os Chinook.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 15, 2012, 03:24:50 am
Citação de: "typhonman"
Mas não tem de dar acho eu, até porquê sempre se quiz manter isto um pouco oculto, supostamente é missão de "paz".. :mrgreen:

O afg não pode ser considerado uma missão de paz nunca na vida...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 15, 2012, 03:27:38 am
Citação de: "nelson38899"
Citar
O Afeganistão em Linhares da Beira
Portugal organiza até dia 18 um mega exercício militar de treino de helicópteros da Agência Europeia de Defesa. A EDA encontrou em Linhares da Beira o pó, o calor e as montanhas em que os militares europeus têm de combater no Afeganistão.

video em:
http://expresso.sapo.pt/o-afeganistao-em-linhares-da-beira=f739474


Quem escreveu isto deve ter uma noçáo diferente de altitude da realidade, é q no afg muito sitio só é alcançável com os helis mais potentes...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 15, 2012, 03:29:33 am
Citação de: "typhonman"
Adoro os Chinook.

Quanto mais óleo perdem melhor funcionam.
Só foi pena os holandeses nao terem umas mg's montadas nas portas...
Mas pronto, isto foi mais um exercício de Air taxi do que de combate!!!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: pchunter em Julho 15, 2012, 10:48:42 pm
As imagens do anoitecer são famtasficas. :shock:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 20, 2012, 10:56:23 am
Citação de: "HSMW"
Mais fotos e videos do Hot Blade aqui:  :arrow: http://www.militaryphotos.net/forums/sh ... 2-Portugal (http://www.militaryphotos.net/forums/showthread.php?214642-Hot-Blade-2012-Portugal)

(http://i546.photobucket.com/albums/hh435/acado/Hot%20Blades%202012/IMG_1158-3.jpg)

Sr. Ministro da Defesa vem de Falcon quando o resto da comitiva vem de C130. Somos um País riquissimo como de costume...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 20, 2012, 11:03:26 am
Citação de: "typhonman"
Adoro os Chinook.

(http://i546.photobucket.com/albums/hh435/acado/Hot%20Blades%202012/IMG_0599-2.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 30, 2012, 02:51:14 am
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 30, 2012, 09:09:52 pm
Citação de: "HSMW"

Gostava de ver o Sr. Enfermeiro a tirar a pulso ao ferido dentro do Helicoptero!!!
Que eu saiba, sempre que possível, estabiliza-se antes da evacuação e não como o Sr enfermeiro diz. E pela maneira como estava toda a gente relaxada sem um unico tiro não era nenhuma evacuação de emergência imediata.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 31, 2012, 05:17:27 pm
Não vi o video, porque onde eu estou não dá para ve, no entanto presumo que seja algo relacionado com o Hotblade e com alguma evacuação médica (Simulada). ACADO os enfermeiros da FAP estão habituados a integrarem as operações SAR, onde têm que fazer tudo obrigatóriamente dentro do Merlim quando as vitimas são recuparadas do mar/navio. Uma evacuação de emergência imediata deve ser feita de preferência numa área segura, por isso e pelo facto de ser um exercicio do qual desconhecemos os objectivos, não devemos comentar.

Sim, a FAP já devia ter umas ML para os Merlim, mas a Armada só comprou as ditas para os Lynx à pouco tempo e por pressão das missões em áfrica, por isso não esperes isso nos próximos anos. Neste país só se fazem as coisas quando à pressão para tal, senão esquece. :(
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Julho 31, 2012, 08:45:44 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
ACADO os enfermeiros da FAP estão habituados a integrarem as operações SAR, onde têm que fazer tudo obrigatóriamente dentro do Merlim quando as vitimas são recuparadas do mar/navio.  :(

Uma evacucão de combate está muito longe dessas evacuações que são feitas.

E é bom que comecem a abrir a pestana. Ao que sei na FAP nem existe um protocolo da posição do ferido nos helis consuante o ferimento!!!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 01, 2012, 10:01:56 am
Acabei de lembrar-me, e então os canhões dos Alouettes? Será que ainda funcionam? será que dava para colocar na rampa dos Merlim?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: ACADO em Agosto 01, 2012, 01:08:47 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Acabei de lembrar-me, e então os canhões dos Alouettes? Será que ainda funcionam? será que dava para colocar na rampa dos Merlim?

ahahah!!
Aquilo nao eram canhoes de 20mm??
Alem disso temos muitas m60 dos carros de combate M60 que podem la ser aplicadas. Ja para nao falar de todas as Mg3 e FN Mag que andam para ai. E tambem nao devem faltar BMG.
Falta mesmo e vontadeeeeeeeeee
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: militar03 em Agosto 01, 2012, 04:18:36 pm
o canhão MG-151 talvez com alguma mestria desse para ser aplicado no eh... mas como esse canhão está parado já uns bons anos e só serve praticamente para show off.....
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Agosto 07, 2012, 05:30:22 pm
Citar
Cerimónia de partida do Destacamento Aéreo

Militares portugueses asseguram a defesa aérea islandesa


No dia 6 de Agosto teve lugar na Base Aérea Nº5, em Monte Real, a Cerimónia de partida dos militares destacados para a missão Iceland Air Policing 2012, presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, General José Pinheiro.

O Destacamento da Força Aérea Portuguesa é constituído por seis aeronaves F-16 e por 70 militares e terá como missão garantir a segurança do espaço aéreo islandês, uma vez que a Islândia não têm meios aéreos que assegurem a execução desta missão e que foi assumido pela NATO a realização da mesma pelos seus países membros.

A partir do dia 7 de agosto e até ao dia 20 de setembro este Destacamento Aéreo vai assegurar a defesa aérea da Islândia, sendo possível acompanhar através de uma página dedicada em http://www.emfa.pt/iceland (http://www.emfa.pt/iceland) os pormenores desta missão.

http://www.emfa.pt/www/noticia-119-ceri ... ento-aereo (http://www.emfa.pt/www/noticia-119-cerimonia-de-partida-do-destacamento-aereo)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Agosto 10, 2012, 10:20:03 am
Citar
(http://www.emfa.pt/iceland/conteudos/Img_100X145/c.jpg)

Hoje, no Iceland Air Policing (IAP), foi hasteada a Bandeira Portuguesa em território islandês.
A cerimónia do hastear contou com a presença de todos os elementos da Advance Party, que através do Comandante da formatura – o Tenente-Coronel Fernando Costa-,  prestaram continência à Bandeira Nacional.

http://www.emfa.pt/iceland/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Agosto 16, 2012, 07:17:37 pm
Primeiros voos dos F-16 na Islândia.


(Fotos)
http://www.emfa.pt/iceland/ (http://www.emfa.pt/iceland/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 01, 2012, 01:14:00 am
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Setembro 01, 2012, 02:56:55 pm
(http://thumbs.sapo.pt/?p=http%3A%2F%2Fsm1.imgs.sapo.pt%2Fmb%2Fd%2Fs%2Fq%2F3anrYKMI00efpUUF7dbDPdZo_.jpg&W=625&H=468&Q=100)

Citar
Em modo sono... rumo à Islândia
Militares da Força Aérea Portuguesa a bordo de um C-130 com destino à Islândia. Por ser um país que pertence à NATO mas que não possui Forças Armadas, o patrulhamento é assegurado rotativamente pelas Forças Armadas de um país pertencente à organização.

http://noticias.sapo.pt/fotos/foto-do-dia_176366/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 18, 2012, 10:42:16 am
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 24, 2012, 11:11:27 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 27, 2012, 08:12:10 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 14, 2012, 12:28:00 am
Citar
Exercício MORSA 2012

No dia 10 de outubro decorreu a partir do Aeródromo de Manobra Nº3, no Porto Santo, a fase marítima do exercício MORSA 2012, que teve como objetivo exercitar os procedimentos de coordenação no âmbito dos Serviços de Busca e Salvamento de Portugal e Espanha, de forma a dar uma resposta eficaz perante a eventualidade de um acidente nas Regiões de Busca e Salvamento sob a responsabilidade dos dois países.

O MORSA 2012 contou com a participação de um EH-101 MERLIN, de um C-295M e de um elemento do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento (RCC Lisboa) da Força Aérea Portuguesa, e com a participação de um Super Puma e de um elemento do RCC Canárias da Força Aérea Espanhola.

Para este exercício foi criado um cenário que simulou a perda de contacto radar e rádio com quatro aeronaves em missão de treino. Perante esta situação, de emergência, o RCC Lisboa acionou os meios de alerta destacados no AM3 para a busca e salvamento (SAR) dos eventuais sobreviventes. Da Força Aérea Espanhola foi empenhado um helicóptero, pertencente ao serviço SAR baseado nas Canárias.

A fase marítima do MORSA 2012 decorreu com sucesso tendo sido coordenado eficazmente o emprego dos meios aéreos envolvidos na busca, localização e recuperação de sobreviventes de um acidente aéreo.

http://www.emfa.pt/www/noticia-170-exercicio-morsa-2012 (http://www.emfa.pt/www/noticia-170-exercicio-morsa-2012)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 14, 2012, 12:28:38 am
Citar
Exercício MORSA 2012

No dia 10 de outubro decorreu a partir do Aeródromo de Manobra Nº3, no Porto Santo, a fase marítima do exercício MORSA 2012, que teve como objetivo exercitar os procedimentos de coordenação no âmbito dos Serviços de Busca e Salvamento de Portugal e Espanha, de forma a dar uma resposta eficaz perante a eventualidade de um acidente nas Regiões de Busca e Salvamento sob a responsabilidade dos dois países.

O MORSA 2012 contou com a participação de um EH-101 MERLIN, de um C-295M e de um elemento do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento (RCC Lisboa) da Força Aérea Portuguesa, e com a participação de um Super Puma e de um elemento do RCC Canárias da Força Aérea Espanhola.

Para este exercício foi criado um cenário que simulou a perda de contacto radar e rádio com quatro aeronaves em missão de treino. Perante esta situação, de emergência, o RCC Lisboa acionou os meios de alerta destacados no AM3 para a busca e salvamento (SAR) dos eventuais sobreviventes. Da Força Aérea Espanhola foi empenhado um helicóptero, pertencente ao serviço SAR baseado nas Canárias.

A fase marítima do MORSA 2012 decorreu com sucesso tendo sido coordenado eficazmente o emprego dos meios aéreos envolvidos na busca, localização e recuperação de sobreviventes de um acidente aéreo.

http://www.emfa.pt/www/noticia-170-exercicio-morsa-2012 (http://www.emfa.pt/www/noticia-170-exercicio-morsa-2012)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Outubro 15, 2012, 07:33:37 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Novembro 24, 2012, 02:25:06 am
http://www.passarodeferro.com/2012/11/h ... tugal.html (http://www.passarodeferro.com/2012/11/hot-blade-mais-dois-anos-em-portugal.html)
Citar
O maior exercício europeu de helicópteros, volta a realizar-se em Portugal em 2013 e 2014, depois de ter acolhido a edição deste ano. As boas condições atmosféricas e geográficas e as reconhecidas capacidades no planeamento e organização deste evento, foram determinantes na escolha de Portugal para a realização das próximas edições deste exercício.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Novembro 25, 2012, 10:03:38 pm
Citar
O Ministro da Defesa de Portugal informou que Portugal deverá assumir, no próximo ano (2013), o comando da Operação ATALANTA, de combate à pirataria no Índico. José Pedro Aguiar-Branco destacou a importância desta missão de âmbito humanitário, em declarações à margem da reunião de Ministros da Defesa da União Europeia.


A União Europeia lançou a Operação ATALANTA, no âmbito da Segurança Comum e da Política de Defesa, para fazer face à escalada considerável dos atos de pirataria nos últimos anos, ao largo da costa da Somália.

Esta operação tem como objetivos principais assegurar a proteção dos navios que transportam ajuda alimentar ao povo Somali no âmbito do WFP (World Food Program) e contribuir para a prevenção e repressão de atos de pirataria e de assalto à mão armada no mar.

Portugal participa nesta operação, com militares, desde 2008, tendo iniciado a sua participação através de vários destacamentos de meios navais e aéreos (helicópteros Super Lynx Mk.95 e aviões P-3 Orion), a partir de 22 de abril de 2010.

Fonte: Ministério de Defesa de Portugal, via Pássaro de Ferro
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 13, 2013, 02:58:53 pm
Video das missões da Força Aérea

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 13, 2013, 03:38:13 pm
Video muito bom.  :twisted:  :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 07, 2013, 05:59:54 pm
Começa na próxima semana.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Fevereiro 08, 2013, 08:59:29 pm
Chegaram hoje os A-10C, com o código de cauda SP "Spangdhalem".
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: miguelbud em Fevereiro 08, 2013, 10:38:13 pm
Citação de: "typhonman"
Chegaram hoje os A-10C, com o código de cauda SP "Spangdhalem".
Espero que um avarie e fique em Monte Real.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 16, 2013, 04:54:14 pm
Algo já um pouco antigo:


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 22, 2013, 09:06:27 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Março 23, 2013, 11:58:42 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Março 26, 2013, 02:50:00 pm
Cerimónia Militar do 109º Aniversário do Campo de Tiro

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=rRBeXxWUyAg

Endereço corrigido.  :arrow:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 27, 2013, 11:16:09 am
Relembrar uma missão recente.

ALÉM DA CÚPULA DO VULCÃO - O Patrulhamento Aéreo da Islândia
http://passarodeferro-operations.blogsp ... mento.html (http://passarodeferro-operations.blogspot.pt/2013/03/alem-da-cupula-do-vulcao-patrulhamento.html)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Abril 12, 2013, 10:27:15 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 16, 2013, 09:17:23 pm
Citar
A Força Aérea participa no exercício INSTREX 01-2013.

Este exercício, da Marinha Portuguesa, tem como objetivo a preparação das suas unidades e forças navais e decorre de 09 a 16 de abril, na costa e a sudoeste de Portugal Continental.

A Força Aérea participa com aeronaves F-16 Fighting Falcon, das Esquadras 201 e 301, em missões de luta aérea anti-superfície e luta aérea defensiva, com o P3C CUP+ da Esquadra 601, em missões de luta anti-superfície, anti-submarina e largada de torpedos em cenários táticos, e com o EH-101 Merlin, da Esquadra 751, em missões de assalto aéreo.

Neste exercício participam ainda forças navais estrangeiras.

http://www.emfa.pt/www/noticia-285-forc ... ex-01-2013 (http://www.emfa.pt/www/noticia-285-forca-aerea-participa-no-instrex-01-2013)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 06, 2013, 05:45:44 pm
Citar
Força Aérea no GRANDEX’13
Simulação da queda de uma aeronave militar


A Força Aérea, através da Base Aérea Nº5 (BA5), participou no dia 4 de maio no exercício GRANDEX’13, um simulacro de queda de uma aeronave militar em meio urbano, organizado pelo Serviço Municipal de Proteção Civil da Marinha Grande.

A Avenida João Beare, junto ao Parque da Cerca, na Marinha Grande, foi palco da “queda de um F-16” após o embate da aeronave com aves, o que originou a ejeção do piloto, acidentes rodoviários e vários feridos.

A BA5 empenhou para o socorro e emergência dois veículos de combate a incêndios e respetivos operadores de sistemas de assistência e socorro; militares da secção de hidrazina para descontaminação da área; militares e ambulância do Centro de Saúde e militares e viaturas da Polícia Aérea para assegurar o perímetro de segurança em conjunto com os outros agentes de autoridade.

Este exercício à escala real, coordenado por elementos da Autoridade Nacional de Protecção Civil e que contou com a participação de várias corporações de bombeiros do distrito de Leiria, agentes da PSP e médicos e enfermeiros do INEM, teve como objetivos testar procedimentos definidos no Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil e treinar os diversos agentes envolvidos, nomeadamente no que se refere à coordenação entre agentes civis e militares, ao socorro, à emergência, aos meios e às comunicações utilizados.

http://www.emfa.pt/www/noticia-304-forc ... grandex-13 (http://www.emfa.pt/www/noticia-304-forca-aerea-no-grandex-13)

(fotos)
http://www.flickr.com/photos/forcaaerea ... 431695452/ (http://www.flickr.com/photos/forcaaereaportuguesa/sets/72157633431695452/)

artigo do pássaro de ferro
http://www.passarodeferro.com/2013/05/g ... civil.html (http://www.passarodeferro.com/2013/05/grandex-13-exercicio-de-protecao-civil.html)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 30, 2013, 06:27:46 pm
Citar
Força Aérea participa no Exercício NRBQ “CELULEX”
CELULEX decorreu na Escola Prática de Engenharia


A Força Aérea participou, durante os dias 27 e 28 de maio, no Exercício "CELULEX", organizado pelo Exército. Este exercício do tipo Field Training Exercise (FTX) teve como objetivo testar a interoperabilidade entre os ramos, bem como permitir a manutenção e aperfeiçoamento de capacidades, conhecimentos e competências das equipas operacionais Nuclear, Radiológica, Biológica e Química (NRBQ) do Exército e da Força Aérea.

A participação da Força Aérea, sob a égide do Centro de Treino de Sobrevivência da Força Aérea (CTSFA), foi constituída por um Avaliador NRBQ e uma Equipa de Descontaminação de Equipas Operacionais, que teve por missão processar as Equipas de Reconhecimento e de Recolha de Amostras NRBQ (Sampling, Identification Biological and Chemical Agents Team - SIBCA Team), bem como da Equipa do Laboratório de Bromatologia do Exército e de amostras de agentes biológicos e químicos reais.

http://www.emfa.pt/www/noticia-322-forc ... bq-celulex (http://www.emfa.pt/www/noticia-322-forca-aerea-participa-no-exercicio-nrbq-celulex)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 02, 2013, 02:48:05 pm
Sei que já passou, mas acho que esta reportagem não foi cá colocada.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 03, 2013, 12:57:36 am
Citar
Já chegaram à Base Aérea 11 o P-3 e os 19 militares da Força Aérea Brasileira (FAB) que participam no EXERCÍCIO BRAPOR 2013.
 À chegada estiveram a recebê-los o 2º Comandante da BA11, Tenente Coronel Luís Mateus, o adido Aeronáutico da Embaixada da República Federativa do Brasil em Lisboa, Coronel Roberto PITREZ e o Comandante da Esquadra 601, Tenente Coronel Oliveira.
 Este exercício decorre no âmbito das atividades bilaterais entre Portugal e Brasil.

https://www.facebook.com/media/set/?set ... 969&type=3 (https://www.facebook.com/media/set/?set=a.262987413841090.1073741861.188128631326969&type=3)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 09, 2013, 03:17:36 pm
Hot Blade 2013
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 15, 2013, 04:15:18 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 16, 2013, 06:27:38 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 18, 2013, 08:21:19 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 19, 2013, 05:19:50 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 20, 2013, 02:14:47 pm
http://www.flickr.com/photos/eudefenceagency/ (http://www.flickr.com/photos/eudefenceagency/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 24, 2013, 02:48:57 pm
HB 2013:

 :arrow: http://www.flickr.com/photos/forcaaerea ... 352260567/ (http://www.flickr.com/photos/forcaaereaportuguesa/sets/72157634764503915/with/9352260567/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 27, 2013, 04:48:07 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Julho 28, 2013, 03:25:57 am
Citação de: "HSMW"

Os Holandeses este ano trouxeram a "tropa toda"  :G-beer2: .

Amigos Holandeses, se não for pedir muito... para o ano podiam trazer Apaches? :twisted:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 28, 2013, 08:13:26 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 29, 2013, 06:51:36 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 05, 2013, 03:52:35 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 05, 2013, 06:26:57 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 06, 2013, 11:12:57 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 31, 2013, 10:30:41 pm
Brilliant Arrow 2013

https://www.facebook.com/media/set/?set ... 543&type=3 (https://www.facebook.com/media/set/?set=a.579858058739692.1073741830.489856224406543&type=3)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 21, 2013, 12:01:12 pm
Excelente vídeo!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 12, 2013, 02:14:35 pm
Citar
Força Aérea desenvolve nova versão F-16
Cinco Países Europeus testam capacidades da aeronave F-16


A Força Aérea Portuguesa participou, entre os dias 16 e 27 de setembro, no exercício Early Operational Assessment (EOA), na Base Aérea de Florennes, Bélgica, com um destacamento composto por três aeronaves F-16 MLU e um contingente de 34 militares.

Este exercício multinacional, realizado no âmbito do programa de desenvolvimento e atualização das aeronaves F-16, teve como objetivo testar a próxima versão do sistema de armas F-16 num ambiente operacional semelhante a um atual teatro de operações.

Esta é a quarta participação da Força Aérea Portuguesa (FAP) nestes exercícios, traduzindo-se numa mais-valia, não só em termos de experiência e Know How, como também possibilita a Portugal assegurar de uma forma eficiente e imediata a resolução de anomalias e restrições caso sejam identificadas.

Do Programa de Voo Operacional (OFP), no qual se insere este exercício, destacam-se das novas capacidades as seguintes: implementação de Lead Computed Impact Point (LCIP); melhorias no Enhanced Glopal Positioning System - Inertial Navigation System (EGI); atualização do envelope de emprego de mísseis ar-ar;

O destacamento da FAP envolveu militares das operações, planeamento das missões, da Direção de Engenharia e Programas, da Direção e Manutenção de Sistemas de Armas e da manutenção.

Participaram no exercício cinco países europeus pertencentes à European Participating Air Forces (EPAF) - Portugal, Dinamarca, Bélgica, Noruega e Holanda - com um total de 14 aeronaves, 34 pilotos e 230 militares pertencentes aos cinco destacamentos.

http://www.emfa.pt/www/noticia-405-forc ... ersao-f-16 (http://www.emfa.pt/www/noticia-405-forca-aerea-desenvolve-nova-versao-f-16)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Outubro 12, 2013, 11:13:06 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 23, 2013, 08:42:38 pm
Artigo da revista Mais Alto, sobre o exercicio Hot Blade 2013.
http://www.emfa.pt/www/po/maisalto/cont ... a_1420.pdf (http://www.emfa.pt/www/po/maisalto/conteudos/galeria/revista405/a_1420.pdf)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 30, 2013, 12:19:18 am
Citar
Força Aérea participa em simulacro de Busca e Salvamento – AÇORDIVEX13

A Força Aérea participou, no dia 25 de outubro, no simulacro AÇORDIVEX13, ao largo de Vila Franca do Campo (Ilha de S. Miguel). Este simulacro envolveu meios da Força Aérea, Marinha, Autoridade Marítima e Unidade de Medicina Hiperbárica do Hospital do Divino Espírito Santo em Ponta Delgada (HDES-UMHS).

O contexto do exercício tem por base o facto de os Açores serem um dos destinos de eleição para a prática do mergulho recreativo, recebendo anualmente milhares de turistas. O Arquipélago chegou mesmo a ser considerado como destino preferencial para 2014, pela Confederação Europeia das Agências de Viagens e Operadores Turísticos. Assim, definiu-se como objetivo preferencial: aferir a eficácia das capacidades e procedimentos disponíveis para apoio a eventuais acidentes de mergulho.

O simulacro decorreu nos seguintes moldes:

O Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC, Marinha) foi alertado por um operador de mergulho recreativo, que relatou um acidente com dois mergulhadores, em que um aparenta doença de descompressão e o outro está desaparecido. Solicitou depois apoio ao Centro Coordenador de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes (RCC Lajes, Força Aérea).

O RCC Lajes planeou e controlou toda a operação aérea, tendo empenhado nesta missão um Helicóptero EH-101 MERLIN com um médico da Base Aérea Nº 4 (Lajes) a bordo.

Após a recuperação do mergulhador, com sintomas de descompressão, o EH-101 MERLIN da Força Aérea, dirigiu-se para o heliporto do Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, deixando o paciente aos cuidados da unidade de medicina Hiperbárica.

No local do acidente efetuaram-se buscas subaquáticas pelo mergulhador desaparecido. As buscas foram constituídas por pessoal do Grupo de Mergulho Forense dos Açores, Polícia Marítima e Mergulhadores da Armada. Junto ao local do acidente - e em apoio às operações em curso - estiveram a corveta da Marinha “Jacinto Cândido”, uma lancha da Polícia Marítima e uma lancha salva-vidas do Instituto de Socorros a Náufragos.

http://www.emfa.pt/www/noticia-422-forc ... cordivex13 (http://www.emfa.pt/www/noticia-422-forca-aerea-participa-em-simulacro-de-busca-e-salvamento-acordivex13)

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Novembro 01, 2013, 05:13:01 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Novembro 08, 2013, 08:45:51 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Novembro 10, 2013, 07:43:35 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Novembro 12, 2013, 08:03:10 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 14, 2013, 05:47:15 pm
Citar
P3C Cup+ demonstra capacidades no exercício Steadfast Jazz
Exercício treina e prepara NATO Response Force 2014


Um P-3C CUP+ da Esquadra 601 “Lobos” participou no exercício da NATO, Steadfast Jazz 2013 (SFJZ13), que decorreu na Polónia, entre 1 e 8 de novembro.

O SFJZ13 tem como objetivo demonstrar a capacidade da futura NATO Response Force 2014 (NRF14) para idealizar, planear, destacar forças e manter a sua operação continuada em territórios de países aliados.

No contexto do exercício foi criado um cenário de conflito entre nações, no qual o P-3C CUP+ desempenhou missões importantes – Luta Anti-superficie, Mine Warfare e Luta Anti-Submarina – no apoio a meios de superfície. As capacidades desta aeronave, nomeadamente, o longo alcance, os poderosos sensores (acústicos, óticos e de radar) e o armamento específico para o ataque e destruição de ameaças de superfície e sub-superficie, revelaram-se de extrema importância para o sucesso das missões. Também a elevada concentração, gestão de esforço, empenho e trabalho em equipa dos militares do destacamento, perante situações imprevisíveis, foram determinantes para o rumo das ações e, consequentemente, dos resultados alcançados.

No decurso do exercício, a Esquadra 601 realizou mais de 25 horas de voo - ambiente diurno e noturno, projeção e retração – em missões exigentes e complexas, que permitiram não só o fomento da interoperabilidade e o treino de forças participantes, mas também a criação de sinergias entre as nações que integram a NRF14, juntamente com Portugal.

O SFJZ13 envolveu as componentes Aérea, Marítima, Terrestre e Operações Especiais e contou com a participação de cerca de 6000 efetivos, provenientes de 28 países aliados e de três nações parceiras (Suécia, Finlândia e Ucrânia).

http://www.emfa.pt/www/noticia-431 (http://www.emfa.pt/www/noticia-431)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 25, 2013, 05:43:58 pm
Citar
Equipas DNRBQ participam em exercício de emergências radiológicas

A Força Aérea participou, no dia 21 de Novembro, no Exercício de Emergências Radiológicas "ConvEx3 NRBQ 2013", com uma Equipa de Descontaminação NRBQ em apoio à Protecção Civil.

Este exercício, enquadrado no exercício internacional ConvEx3 e promovido pela Agência Internacional de Energia Atómica (IAEA), decorreu em ambiente LIVEX (com movimentação real de meios no terreno) e teve por objetivo testar a resposta dos diversos agentes de proteção civil e autoridades técnicas de intervenção, e ainda a estrutura de Comando, Controlo de Comunicações (C3), numa situação de emergência envolvendo fontes radioativas.

Com a coordenação da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e articulação com o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA), os meios de Defesa NRBQ (DNRBQ) foram projetados do Centro de Treino de Sobrevivência da Força Aérea (CTSFA) para o concelho de Santiago do Cacém, distrito de Setúbal, onde executaram ações de monitorização radiológica e descontaminação de vítimas civis e também de operacionais das diversas entidades intervenientes. Nesta missão da Força Aérea estiveram empenhados o Coordenador de DNRBQ, o Chefe de Equipa de DNRBQ e uma Equipa de Descontaminação NRBQ.

http://www.emfa.pt/www/noticia-441-equi ... diologicas (http://www.emfa.pt/www/noticia-441-equipas-dnrbq-participam-em-exercicio-de-emergencias-radiologicas)

(facebook da Protecção Civil sobre o Exercício)
https://www.facebook.com/media/set/?set ... 182&type=1 (https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10151901314673183.1073741880.299348498182&type=1)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Novembro 30, 2013, 05:24:57 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 07, 2014, 12:03:32 am
Vídeo genérico da Força Aérea, realizado em 2004.

PS: A qualidade de imagem não é a melhor comparando com os vídeos dos dias de hoje, mas dá para ver, e não é todos os dias que vemos F-16 a disparar misseis :wink:

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 15, 2014, 11:47:45 pm
Citar
Força Aérea Portuguesa no exercício multinacional TLP

A Força Aérea Portuguesa está a participar, de 13 de janeiro a 07 de fevereiro de 2014, no Tactical Leadership Programme (TLP) 2014-1, na Base de Albacete, Espanha.

Neste exercício, a Força Aérea efetuará diversas missões multinacionais, em ambiente diurno e noturno, que aumentarão a capacidade operacional através do F-16 e que serão facilitadoras de futuras missões operacionais.

Os objetivos do TLP são:

- Desenvolver as capacidades de liderança, expondo os participantes à complexidade da coordenação de missões táticas com elevado número de aviões;

- Aumentar os conhecimentos dos participantes sobre os tipos de sistemas de armas e respetivas táticas de outros países, conjugados com a doutrina OTAN em vigor;

- Reavaliar o treino e familiarização nos procedimentos de Aircraft Cross Servicing (ACS) das várias nações, aeronaves que participam no exercício e Host Nation Support.

- Exercitar a capacidade de projeção e sustentação do sistema de armas F-16

Portugal participa com cinco aeronaves F-16 e 39 militares. Participam também, indiretamente, outros meios portugueses para projeção e retração do destacamento e do material necessário ao mesmo (aeronaves C-130 e C-295 e por via terrestre).

Esta é a primeira vez que Portugal participou no TLP desde que este transitou para Albacete. A última participação remonta ao ano de 2008 em Florennes, na Bélgica.

http://www.emfa.pt/www/noticia-471-forc ... cional-tlp (http://www.emfa.pt/www/noticia-471-forca-aerea-portuguesa-no-exercicio-multinacional-tlp)
(fotos e link para o site oficial do exercicio)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 16, 2014, 01:08:03 am
Citar
Força Aérea colabora em resgate a 2.000 Km de S. Miguel

A Força Aérea resgatou, a 14 de janeiro de 2014, oito tripulantes de um navio veleiro a quase 2000 (dois mil) Km a Sudoeste da ilha de S. Miguel e a mais de 3000 Kms de Beja.

O alerta emitido pela rádio baliza (EPIRB) do veleiro BUCCANEER foi recebido no MRCC Delgada pelas 06H47 do dia 14, reencaminhado pelo seu centro homólogo em Lisboa. A bordo seguiam sete tripulantes de nacionalidade espanhola e um tripulante de nacionalidade belga, que participavam na oitava regata Gran Prix Atlântico. O navio terá batido num objeto que provocou uma avaria grave e que originou a entrada incontrolada de água para o interior da embarcação, causando fortes possibilidades de naufrágio.

A missão de resgate aos tripulantes do veleiro Buccaneer, de bandeira belga e a cerca de 1070 milhas náuticas da maior ilha açoriana, foi coordenado pelo Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), que solicitou ao Centro Coordenador de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes (RCC Lajes) o empenhamento de meios aéreos.

O RCC Lajes, devido à distância a que se encontrava o veleiro, decidiu ativar um avião de patrulha marítima P-3C Orion, da Esquadra 601 - “Lobos”, da Base Aérea n.º 11, em Beja.

A cerca de 180 Km da posição da embarcação, navegava o navio de cruzeiro Costa Deliziosa que foi solicitado pelo MRCC Delgada para se dirigir para o local, para prestar assistência.

A aeronave chegou à zona de operações pelas 15H05, onde se manteve até às 19H35, tendo coordenado as operações de salvamento que foram executadas pelo paquete Costa Deliziosa. Este chegou ao local às 19H00 e iniciou de imediato a recolha dos tripulantes do veleiro em perigo, operação concluída pelas 20H23. Todos os oito tripulantes ficaram a bordo do paquete e encontram-se de boa saúde.

Atendendo à distância a que se encontrava de Beja (aproximadamente 3.059 km), a aeronave P-3C Orion dirigiu-se para a Ilha do Sal, Cabo Verde, onde aterrou pelas 21H55, totalizando 11H45 nesta missão.

O veleiro acidentado encontra-se ainda à deriva no Atlântico. Por apresentar perigo foi emitido, em conformidade com os procedimentos previstos, um aviso à navegação.

Nesta operação colaboraram ainda os centros congéneres de Espanha, do Reino Unido e da Bélgica.

As condições meteorológicas no local do acidente eram de vento com aproximadamente 56 km/h de sudoeste e ondulação de 4 metros do quadrante sul.

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/2014/janeiro/bucareen-sta-maria-fir_2219.JPG)

http://www.emfa.pt/www/noticia-470-forc ... e-s-miguel (http://www.emfa.pt/www/noticia-470-forca-aerea-colabora-em-resgate-a-2-000-km-de-s-miguel)

PS: 11H45 de voo... será que acendeu a luz da reserva? :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 23, 2014, 09:39:29 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Janeiro 26, 2014, 02:20:09 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Fevereiro 20, 2014, 05:15:34 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Fevereiro 25, 2014, 04:54:29 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Março 11, 2014, 01:10:38 pm
Citar
No período de 10 a 14 de Março decorre na Base Aérea n.º 4, Lajes, Ilha Terceira, um destacamento aéreo do dispositivo da Base Aérea n.º 5, Monte Real, constituído por quatro aeronaves F-16.

O objetivo principal desta missão é o cumprimento do programa de manutenção de qualificações das tripulações na aeronave F-16M, assim como a familiarização com a operação a partir da BA4 e na região dos Açores.

Por: AP

ASPOF/RHL
http://www.emfa.pt/www/noticia-509-destacamento-da-aeronave-f-16m-na-base-aerea-n-4
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 19, 2014, 07:15:57 pm
Citar
Força Aérea em exercício multinacional em Cabo Verde
Saharan Express 2014


A aeronave P-3C Cup+ regressou no dia 16 de março de 2014 de Cabo Verde, onde esteve destacada durante a sua participação no Exercício Saharan Express 2014.

Este exercício decorreu em ambiente conjunto e combinado, proporcionando troca de conhecimentos e procedimentos e providenciando treino na interoperabilidade de forças - em contexto de operações de interdição marítima - entre países dos continentes europeu, africano e americano.

Durante a participação da Força Aérea Portuguesa, através da Esquadra 601 – “Lobos”, a aeronave P-3C Cup+ foi empregue no apoio a meios de superfície (fragatas das marinhas portuguesa, angolana, senegalesa, marroquina, inglesa, espanhola, francesa e americana), e também na recolha de informações necessárias para atualização do panorama de superfície e sua disseminação para a cadeia de comando. O que agiliza as tomadas de decisão e contribui para que as instruções transmitidas sejam o mais exatas possível. Neste contexto, a capacidade de comunicações e os sensores a bordo da aeronave foram preciosos na interoperabilidade dos meios.

Durante o destacamento, a Esquadra 601 realizou cerca de 37 horas de voo, repartidas entre projeção da força, empenhamento no exercício, demonstração de capacidades para as autoridades locais, voos de patrulhamento marítimo na República de Cabo Verde e retração.

O posicionamento do arquipélago de Cabo Verde no Atlântico faz com que seja um ponto de cruzamento de várias rotas de navegação marítimas e aéreas. O volume de tráfego que daí advém impossibilita que a República de Cabo Verde consiga patrulhar e vigar toda a sua Zona Económica Exclusiva (ZEE), composta por mais de 730.000km2. O que faz com que o governo deste país se debata com problemas de tráfico de droga, armas e pessoas, aos quais só consegue dar resposta com o auxílio de acordos de cooperação com nações como o Reino Unido, Estados Unidos da América, Brasil e Portugal.

Nesse âmbito, a Esquadra 601 efetuou voos levando a bordo tripulantes e agentes policiais nativos, de forma a poder partilhar um pouco da sua longa experiência de patrulhamento marítimo. Os voos decorream a norte e a sul da ZEE de Cabo Verde, com demonstração e transmissão de procedimentos e conhecimentos, na área da monitorização, deteção, identificação e reporte de eventuais atividades ilícitas.

Após os voos, no debriefing com os elementos envolvidos nas missões, foram tecidas considerações baseadas no produto obtido com a análise dos dados recolhidos. Do feedback obtido, a experiência foi enriquecedora tanto para a Esquadra 601 como para as autoridades da República de Cabo Verde.

http://www.emfa.pt/www/noticia-517-forc ... cabo-verde (http://www.emfa.pt/www/noticia-517-forca-aerea-em-exercicio-multinacional-em-cabo-verde)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 08, 2014, 09:05:50 am
Citar
Força Aérea participa no exercício multinacional Frisian Flag Em Leeuwarden, Holanda

A Força Aérea Portuguesa está a participar no exercício internacional conjunto Frisian Flag 2014 (FF14), que decorre de 31 de março a 11 de abril de 2014, na Base Aérea de Leeuwarden, Holanda.

O objetivo deste exercício é que as European Participating Air Forces (EPAF), treinem o conceito EPAF Expeditionary Air Wing (EEAW) em ambiente multinacional, de forma a melhorar a exploração de sinergias e uniformizar a sua aplicação em operação.

Beneficiando da operação de uma aeronave análoga, as EPAF têm desenvolvido esforços na implementação de iniciativas partilhadas, não só no desenvolvimento da seu sistema de armas, mas também na minimização dos custos de operação e na exploração de novos conceitos de emprego, através da EEAW, da NATO Response Forces (NRF) e mais recentemente da Operação Unified Protector – Líbia.

Portugal tem cinco aeronaves F-16M a participar neste exercício comandando pela Noruega e que conta ainda com as participações da Holanda, Bélgica e Dinamarca. A operação decorre em território Holandês, Dinamarquês e Alemão.

http://www.emfa.pt/www/noticia-535 (http://www.emfa.pt/www/noticia-535)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 08, 2014, 09:07:50 am
Citar
Força Aérea participa no INSTREX 14
Meios aéreos em operações marítimas


Decorreu de 31 de março a 4 de abril, o exercício INSTREX 14 na costa a Sudoeste de Portugal Continental e que contou com a participação de meios aéreos da Força Aérea.

O Exercício que tem por objectivo a preparação das unidades e forças da Marinha Portuguesa, envolveu as Esquadras da Força Aérea 201 “FALCÕES” e 301 “JAGUARES”, em missões de luta aérea anti-superfície e luta aérea defensiva e 601 “LOBOS”, em missões de luta anti-superfície, anti-submarina e largada de torpedos em cenários táticos.

Durante o exercício, as aeronaves F-16 e P-3C CUP +, operaram de uma forma integrada com diversos navios e submarinos, nacionais e internacionais, permitindo treino e certificação das forças participantes, no decurso das operações navais.

Participou ainda o Centro de Relato e Controlo, em Monsanto, prestando apoio ao exercício, no que diz respeito ao controlo efetivo das aeronaves F-16, assim como a célula de gestão de Links táticos do Comando Aéreo coordenando toda a atividade de link dedicada ao exercício, integrando desta forma, todos os meios navais e aéreos nas várias redes utilizadas.

No exercício, as aeronaves da Força Aérea realizaram 11 missões num total de 24 horas.

http://www.emfa.pt/www/noticia-543-forc ... instrex-14 (http://www.emfa.pt/www/noticia-543-forca-aerea-participa-no-instrex-14)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 08, 2014, 02:48:43 pm
Imagem de um artigo do Diário de Noticias do dia 3 de Abril sobre a missão do C-130 na Republica Centro-Africana.

Acho piada à imaginação de certos jornalistas, pela imagem até poderia pensar que o C-130 leva 47 pára-quedistas e que vão saltar sobre a Republica Centro-Africana :mrgreen: .

(http://s22.postimg.org/x41t9ypup/C_130.png)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 08, 2014, 02:58:25 pm
Se calhar o pessoal da UPF voltou a fazer cursos e saltos... e pela imagem são com calotes tipo asa... :lol:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 08, 2014, 10:59:20 pm
http://www.passarodeferro.com/2014/04/f ... andes.html (http://www.passarodeferro.com/2014/04/frisian-flag-trabalho-e-sandes.html)

Parece que o exercício Frisian Flag está a ter as suas dificuldades, para a próxima levem um cozinheiro e um C-130 cheio de bacalhau, sardinha, etc  :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Abril 08, 2014, 11:11:24 pm
Imagina que o se lá passa em termos de "fome" acontecesse cá!! Oh velhos do Restelo onde estais vós...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 09, 2014, 10:42:04 am
Eu dáva-lhes era as rações de combate espanholas que já chegaram estragadas ao Afeganistão... :twisted:  :lol:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Instrutor em Abril 09, 2014, 11:36:17 am
Realmente o pessoal da FAP por muito profissionais que sejam e por muitos bons resultados que obtenham no Exercício não estão preparados para um cenário de guerra ao qual a logística/alimentar é um factor determinante para o sucesso.

No Exército instruções de sobrevivência e "comer" o que o mato nos dá, faz muita falta a estes homens da FAP.

Nos exercícios que fazia-mos em Santa Margarida uma sandes de manteiga e paio era um manjar. A ração de combate até "chupávamos os dedos".

Claro que quando um homem é habituado a ter todas as mordomias nas suas messes e nos exercícios, depois é muito difícil saciar quando isso não é possível.

Muito embora nada tenha apontar à messe de sargentos do 2º BIMEC muito antes pelo contrário, quero deixar aqui saudosos cumprimentos a todos os militares que lá cumpriram o seu dever, pois em nada nos faltou, quero também deixar bem claro que tive o "privilégio" de comer na messe de sargentos da Base Aérea do Montijo, pelo qual considero que nada mesmo nada ali faltava.

Todas as mordomias e mais algumas é difícil de esquecer.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 09, 2014, 12:32:07 pm
Na verdade a FAP tem a melhor escola de sobrevivência em Portugal...  :roll:

Naquele tempo havia pessoal para estas funções da tanga, agora nem para as unidades operacionais há Páras. :evil:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 09, 2014, 01:47:16 pm
Citação de: "Instrutor"
Nos exercícios que fazia-mos em Santa Margarida uma sandes de manteiga e paio era um manjar. A ração de combate até "chupávamos os dedos".

Quem dera ao pessoal da FAP 2 semanas a almoçar sandes de paio  :mrgreen: .
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Abril 09, 2014, 09:39:17 pm

Frisian Flag 2014
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 14, 2014, 11:18:06 pm
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2014/abril/destaque-obangame-express-2014_1057_tb_960x400.tb)

Citar
Força Aérea participa no Obangame Express 2014
Exercício multinacional em África


Um destacamento da Esquadra 601 partiu rumo ao continente africano no dia 14 de abril, para participar no exercício Obangame 2014, da Marinha norte-americana.

O exercício, de âmbito conjunto e combinado, envolve militares da Força Aérea e da Marinha, que participam com a aeronave P-3C CUP+ da Esquadra 601 – “Lobos” e com a fragata NRP Bartolomeu Dias.

O Obangame decorre de 14 a 26 de abril, sob a alçada da Componente Naval do Comando norte-americano em África (U.S. AFRICOM 1), que faz parte de um total de seis Comandos Estratégicos do Departamento de Defesa dos Estados Unidos da América.

O U.S. AFRICOM é responsável por várias iniciativas envolvendo operações reais, bem como por exercícios combinados e ações de cooperação com outras nações relacionadas com a segurança.

Este exercício é o quarto da sua série e, tal como outros do género (Saharan Express e Phoenix Express), tem como objetivo mobilizar as nações do oeste africano, Europa e América.  O que permite criar sinergias através das ações que envolvem interoperabilidade de meios das várias nações. A finalidade será a de prevenir e/ou impedir ações criminosas, de pirataria, narcotráfico e armas, entre outras, nas águas do Golfo da Guiné.

O empenhamento envolve várias nações do continente africano, incluindo as insulares (como Cabo Verde) e as suas águas costeiras. Participam no exercício – para além de Portugal - Alemanha, Angola, Bélgica, Benim, Brasil, Camarões, Costa do Marfim, Dinamarca, Estados Unidos da América, Espanha, França, Gabão, Gana, Guiné Equatorial, Holanda, Itália, Nigéria, Republica do Congo, São Tomé e Príncipe, Togo e Turquia.

Durante o Obangame os militares vão treinar embarques e a sua monitorização, abordagens a navios suspeitos, operações aéreas de patrulhamento e ainda ações de fiscalização a meios de superfície. Vão também realizar exercícios de comunicações, culminando com a partilha de informação relativamente a lições aprendidas. Dada a experiência da Esquadra 601 em operações de ambiente marítimo (e os sensores de que dispõe), o seu empenhamento vai centrar-se no patrulhamento, monitorização e recolha de informações para compilação do panorama de superfície.

http://www.emfa.pt/www/noticia-553-forc ... press-2014 (http://www.emfa.pt/www/noticia-553-forca-aerea-participa-no-obangame-express-2014)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 01, 2014, 06:10:32 pm
(http://www.prk-aviation.nl/Viper6-fwit14.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Maio 02, 2014, 05:16:09 pm
A FAP vai enviar outro destacamento de F-16 para os países bálticos?

Citação de: "Gareth Jennings"
Further to the Danish, French, Polish, UK, and US fighter deployments, Canada announced on 29 April that it has sent six Boeing CF-18 Hornet fighters to Romania for training purposes, while the Czech offer of four Saab Gripens to assist any regional country that requires them remains. In addition, Sweden sent two Gripens to Lithuania in early April to assist with training, and Germany has offered six Typhoons to help bolster the Portuguese Air Force's Baltic Air Policing rotation of four F-16s that is set to commence on 1 September.
Fonte: http://www.janes.com/article/37123/update-france-sends-rafale-fighters-to-poland

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 02, 2014, 05:51:12 pm
Citação de: "Get_It"
A FAP vai enviar outro destacamento de F-16 para os países bálticos?

Sim.

http://www.dnoticias.pt/actualidade/pai ... ktabs_13=0 (http://www.dnoticias.pt/actualidade/pais/438080-conselho-superior-de-defesa-aprova-novas-missoes-no-exterior-e-reforco-no-ma?quicktabs_13=0)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Maio 02, 2014, 07:59:37 pm
4 F16's?? Não eram 6?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 02, 2014, 08:20:50 pm
Citação de: "Crypter"
4 F16's?? Não eram 6?

Segundo as notícias são de facto 6 F-16 e 70 militares, só se entretanto já cortaram para não subir mais o IVA e a TSU... :twisted:
Citar
Relativamente às novas missões, o Conselho deu o parecer favorável à de policiamento do espaço aéreo da Lituânia, no âmbito da OTAN (NATO na sigla em inglês). Nessa missão, que irá decorrer durante quero meses, estarão envolvidos seis F16 e um efetivo de 70 militares.

http://www.dnoticias.pt/actualidade/pais/438080-conselho-superior-de-defesa-aprova-novas-missoes-no-exterior-e-reforco-no-ma?quicktabs_13=0

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 02, 2014, 09:38:38 pm
Pode ser que sejam 4 operacionais e 2 de reserva.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 03, 2014, 10:14:14 am
http://www.passarodeferro.com/2014/05/f ... -2014.html (http://www.passarodeferro.com/2014/05/forca-aerea-portuguesa-no-fwit-2014.html)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 03, 2014, 10:19:57 am
Do Facebook da Força Aérea Portuguesa.

Citar
Teve início no dia 22 de de abril, na Base Aérea de Leeuwarden, Holanda a fase ar-ar do Fighter Weapons Instructor Training (FWIT).
Este curso é extremamente exigente e altamente prestigiado entre os pilotos de combate, onde participam alguns dos melhores pilotos de vários países, sendo dois deles portugueses.
A participação da Força Aérea neste curso reveste-se de elevada importância quer pelo incremento da capacidade operacional do Sistema de Armas F-16M, quer no âmbito do Programa de Alienação de F-16M à Roménia, atualmente em execução.
Esta fase terminará a 4 de julho e conta com a participação de um total de 32 militares, incluindo um piloto instrutor e elementos da área da manutenção e operações. Em meados de Julho terá início a fase ar-superfície.

Fotos
https://www.facebook.com/media/set/?set ... 969&type=1 (https://www.facebook.com/media/set/?set=a.405758956230601.1073742025.188128631326969&type=1)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 15, 2014, 07:44:37 pm
Formação de pilotos.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 23, 2014, 05:29:46 pm
Citar
Fim do Curso Avançado de Assistência e Proteção em Resposta a Emergências Químicas
No Centro de Treino de Sobrevivência da Força Aérea


Decorreu no período de 12 a 16 de maio de 2014, no Centro de Treino de Sobrevivência da Força Aérea (CTSFA) o "Primeiro Curso Avançado de Assistência e Proteção em Resposta a Emergências Químicas para Países de Língua Oficial Portuguesa".

Este curso, sob a égide da Organization for the Prohibition of Chemical Weapons – OPCW, entidade agraciada com o prémio Nobel da Paz de 2013, foi especificamente endereçado à Força Aérea pela Autoridade Nacional para a Proibição das Armas Químicas (ANPAQ), órgão do Estado Português de ligação à OPCW. Foi ministrado no CTSFA pela Esquadrilha de Defesa Nuclear, Radiológica, Biológica e Química (eDNRBQ).

Foi a primeira vez que este curso, de visibilidade internacional, foi ministrado em Portugal. Tal como foi a primeira vez que envolveu formandos oriundos de sete países.

Foram exploradas, em termos teóricos e com exercícios práticos, as vertentes da Deteção, Identificação e Monitorização. Deu-se especial incidência à recolha de amostras químicas, Proteção Individual, Descontaminação e elaboração de planos de contingência e gestão de incidentes químicos.

Este curso constituiu-se ainda como um fórum de troca de experiências e informação entre os participantes. A apreciação dos representantes da OPCW e Presidente da ANPAQ foi que o objetivo final tinha sido alcançado com excelentes resultados.

http://www.emfa.pt/www/noticia-585-fim- ... s-quimicas (http://www.emfa.pt/www/noticia-585-fim-do-curso-avancado-de-assistencia-e-protecao-em-resposta-a-emergencias-quimicas)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 23, 2014, 09:42:44 pm
BISONTES: MISSÃO ADIADA NA REP. CENTRO AFRICANA
http://www.passarodeferro.com/2014/05/b ... entro.html (http://www.passarodeferro.com/2014/05/bisontes-missao-adiada-na-rep-centro.html)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 28, 2014, 10:59:54 pm
Artigo sobre o exercício Frisian Flag onde participaram F-16 portugueses na revista Airforces Monthly

http://goo.gl/7MyTOU (http://goo.gl/7MyTOU)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 13, 2014, 10:03:43 pm
Citar
Ajuda humanitária enviada para a Croácia

A Força Aérea transportou ajuda humanitária para a Croácia, em apoio às populações afetadas pelas inundações que devastaram os Balcãs no mês de maio. A missão, realizada dia 5 de Junho, resultou de uma coordenação entre o Ministério da Administração Interna e o Ministério da Defesa Nacional.

Os bens, mais de duas toneladas de materiais fornecidos pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, são essencialmente cobertores, tendas, kits de cozinha, kits de higiene, esteiras para sacos de cama e sacos para diques. Foram enviados numa aeronave C-130 da Força Aérea, que na mesma data tinha prevista uma missão de sustentação do contingente do Exército Português destacado no Kosovo.

Com a sinergia criada entre os dois Ministérios e os dois ramos militares, foi possível adaptar a rota da aeronave de modo a garantir a ajuda humanitária na Croácia, sem influenciar a missão inicial. Graças a esse esforço, o apoio foi prestado de forma mais rápida e com custos reduzidos.

http://www.emfa.pt/www/noticia-594-ajud ... -a-croacia (http://www.emfa.pt/www/noticia-594-ajuda-humanitaria-enviada-para-a-croacia)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Julho 31, 2014, 09:02:47 pm
Citar
Portugal poderá enviar avião de patrulhamento para o Báltico

Governo pondera participação em acções da NATO no âmbito das "ocorrências na Ucrânia".
Portugal poderá enviar um avião de patrulhamento marítimo para o Mar Báltico, no âmbito das acções que a NATO pretende desenvolver face à situação na Ucrânia.

A informação foi avançada esta quarta-feira pelo Governo, indica um comunicado divulgado no final da reunião ordinária  do Conselho Superior da Defesa Nacional.

"O Conselho debruçou-se sobre medidas que a OTAN pretende desenvolver no quadro da situação resultante das ocorrências na Ucrânia, tendo sido informado sobre a hipótese de participação nacional de uma aeronave de patrulhamento marítimo, para actuação no Mar Báltico", refere o comunicado.

Na reunião desta quarta-feira foram também analisadas e debatidas as propostas do Governo sobre o empenhamento de forças militares em missões no estrangeiro.

Assim, e a partir do final do ano, altura em que está prevista a transição para uma missão de apoio, a missão portuguesa no Afeganistão ficará reduzida a 10 militares para "exercerem funções de estado-maior no Quartel-General das Forças Aliadas".

No Mali, durante três meses, uma aeronave C-130 e respectivo destacamento de apoio irá operar em missões de manutenção de paz da ONU na região.

"No âmbito das suas competências administrativas, o Conselho analisou as propostas apresentadas pelo Sr. Ministro da Defesa Nacional, tendo confirmado o Conceito Estratégico Militar e aprovado as Missões das Forças Armadas e o seu Sistema de Forças. Estes documentos representam a actualização dos anteriores, em vigor desse 2004", é ainda referido no comunicado do Conselho Superior de Defesa Nacional.

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.as ... did=157398 (http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=157398)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Agosto 22, 2014, 10:15:12 pm
Citar
P-3C em missão combinada

Operação no âmbito da Organisation for the Prohibition of Chemical Weapons (OPCW)


Uma aeronave P-3C, da Esquadra 601 “Lobos”, foi destacada para a base naval de Sigonella (Itália) para participar na operação “MARITIME ESCORT OF MOTOR VESSEL CAPE RAY DURING NEUTRALIZATION OF SYRIAN CHEMICAL MATERIALS”.

O destacamento ocorreu no dia 10 de agosto, e a operação, combinada, contou com a participação de diversos meios aéreos e de superfície de várias nações. A finalidade foi assegurar um perímetro de segurança ao navio Cape Ray, enquanto este, através de um processo de hidrólise,procedia à neutralização e respetiva destruição do armamento químico Sírio.

As missões efetuadas pela Esquadra 601 totalizaram mais de 27 horas de voo, traduzidas numa área de patrulhamento superior a 1.000.000 Km².

Em virtude da autonomia da plataforma P-3C e dos múltiplos sensores que a equipam, foi possível aumentar significativamente a Recognized Maritime Picture (RMP) de todos os meios de superfície empenhados na proteção ao navio Cape Ray.

De salientar a interoperabilidade desta plataforma, que tornou possível a partilha de toda a informação tática entre a aeronave e os diversos meios de superfície envolvidos.

No decorrer desta missão, é ainda importante referir que esta plataforma detetou, embora fora do âmbito da OPCW, uma embarcação de transporte com cerca de 280 emigrantes ilegais cuja localização e respectiva actividade ilegal foi prontamente reportada para as autoridades nacionais.

A missão foi composta por 24 militares, envolvendo tripulação, manutenção, e pessoal de apoio, que possibilitaram o exemplar cumprimento da missão internacionalmente atribuída. Fica o sentido de dever cumprido, numa contribuição indubitavelmente positiva para a segurança dos Países Aliados e da Europa, na salvaguarda da segurança e estabilidade mundial.

http://www.emfa.pt/www/noticia-645-p-3c ... -combinada (http://www.emfa.pt/www/noticia-645-p-3c-em-missao-combinada)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Agosto 27, 2014, 10:41:48 pm
Citar
Força Aérea em missão internacional de apreensão de cocaína
Operação em águas internacionais ao largo de Viana do Castelo


No passado dia 25 de agosto, a Força Aérea participou numa operação conjunta com as autoridades espanholas, a qual terminou na detenção de três pessoas e na apreensão de uma embarcação do tipo veleiro com mais de 850Kgs de cocaína em águas internacionais ao largo de Viana do Castelo.

Esta operação esteve assente num ambiente de excelente cooperação internacional, fazendo uso e partilha de informação entre diversas entidades multinacionais, pertencentes ao Maritime Analysis and Operations Centre - Narcotics (MAOC-N), nomeadamente americanas e espanholas.

A Força Aérea, em cooperação com as restantes entidades, monitorizou ao longo das últimas semanas a rota efetuada pela embarcação suspeita, no Atlântico Norte, contribuindo assim de forma inequívoca para o sucesso da operação.

Enquadrado no âmbito das missões de reconhecimento e vigilância no Espaço Estratégico de Interesse Nacional Permanente (EEINP), através de um comando e controlo centralizado, foi possível fazer uso das múltiplas capacidades dos meios da Força Aérea, que possibilitam o acompanhamento de todos os contactos suspeitos de forma indetectável.

O Pandora Lys, uma embarcação do tipo veleiro, foi apreendida pelas autoridades espanholas na noite de 25 de agosto.

É ainda de salientar que, desta forma, a Força Aérea contribuiu para a segurança e bem–estar internacional, assegurando a efetiva monitorização e controlo da nossa área de responsabilidade.

http://www.emfa.pt/www/noticia-649-forc ... de-cocaina (http://www.emfa.pt/www/noticia-649-forca-aerea-em-missao-internacional-de-apreensao-de-cocaina)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Agosto 27, 2014, 10:49:22 pm
Citar
Força Aérea com destacamentos na Lituânia e no Mali
missões de elevada importância para a segurança e manutenção da paz internacionais


A Força Aérea Portuguesa inicia o mês de setembro com duas missões de elevada importância para a segurança e manutenção da paz internacionais.

Na Lituânia, vai desempenhar uma missão de vigilância e defesa (air policing) do espaço aéreo dos países bálticos (BAP 14), no âmbito da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). No Mali, vai participar na missão de estabilização que decorre sob comando das Nações Unidas (MINUSMAO).

O contingente na Lituânia é composto por seis aeronaves F-16 e por 70 militares. Este destacamento, com a duração de quatro meses, tem como objetivo garantir a segurança do espaço aéreo dos três países bálticos (Estónia, Letónia e Lituânia), os quais não dispõem de meios aéreos que assegurem a execução desta missão. A partir do próximo dia 1 de setembro, Portugal será a nação líder desta missão no Báltico.

O contingente no Mali, para além de dois militares colocados no Estado-Maior da missão, é composto por uma aeronave C-130 e por 47 militares (41 da Força Aérea e 6 do Exército) que durante três meses vão desempenhar uma missão de apoio fundamental para o processo de paz naquele país.

A partir do dia 1 de setembro vamos acompanhar as duas missões com notícias no site da Força Aérea (http://www.emfa.pt (http://www.emfa.pt)). Mantenha-se atento.

http://www.emfa.pt/www/noticia-648-forc ... -e-no-mali (http://www.emfa.pt/www/noticia-648-forca-aerea-com-destacamentos-na-lituania-e-no-mali)

PS: Quem são os 6 militares do Exército que também vão para o Mali?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 27, 2014, 11:01:18 pm
Os do Exército são para-quedistas do abastecimento aéreo.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Agosto 28, 2014, 09:21:45 pm
Fixe, obrigado pela resposta.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 29, 2014, 11:57:39 am
De nada.  :wink:


Resgate com EH-101.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Agosto 29, 2014, 03:00:41 pm
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2014/agosto/mali-lituania-1_649_tb_960x400.tb)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Agosto 31, 2014, 01:03:44 am
Contingente português ruma ao Mali

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?ar ... &visual=61 (http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=763104&tm=8&layout=122&visual=61)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 02, 2014, 05:37:46 pm
(https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpa1/v/t1.0-9/10653329_461649293974900_3624427093904534025_n.jpg?oh=90149e7ef3b10e400bbd1a181b6a8340&oe=5471FC2E&__gda__=1415979926_fb4d300fff09cb7f9038145c21db1f64)
(https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xap1/v/t1.0-9/10472662_461649437308219_2616071726520026616_n.jpg?oh=213341206c00a4a9926e5668f81b6b72&oe=54738529&__gda__=1417012213_416b52ac632d9dce691c7c90685572c6)
(https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfa1/v/t1.0-9/10606494_461649627308200_1586431807125283289_n.jpg?oh=0cd8ea5a03c30169f1b2cf2db0014045&oe=547A929E&__gda__=1417796008_55ed60f29d606db6f927024ccacb6d27)
(https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xaf1/v/t1.0-9/10659169_461649730641523_5527671075867170860_n.jpg?oh=6d06b65a51a25eeb68f7fef4cd6489fe&oe=546D9B2E&__gda__=1416149663_8fd69d7837e57c58deeea139263e498d)
(https://scontent-b-lhr.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/10639462_461649867308176_6211172305712078107_n.jpg?oh=6f3037b4634b7df5bb6c81380540e8a7&oe=547C2CA6)
(https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpa1/v/t1.0-9/10649784_461650027308160_8899596502370361180_n.jpg?oh=81c4062db85798a65738d12b5fd3b9b5&oe=545D84BB&__gda__=1417065475_b812cd053d976ef222a85f394cd695b6)
(https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpa1/v/t1.0-9/10441026_461650167308146_5915257318083601328_n.jpg?oh=aeb564cbbd6658d71baa0388c4a89435&oe=547EE888&__gda__=1417511728_20a94516cff6990c859d9fa77c42def8)
(https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfa1/v/t1.0-9/10616467_461650380641458_5399581151501288987_n.jpg?oh=4025e9b4027042f1d766146614811667&oe=547BA1C7&__gda__=1416164593_35b954a41059a71207934b7560da890b)

 :arrow: https://www.facebook.com/hashtag/balticairpolicing (https://www.facebook.com/hashtag/balticairpolicing)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 02, 2014, 09:48:38 pm
Muitas mais no Flickr da Força Aérea.
https://www.flickr.com/photos/forcaaereaportuguesa/ (https://www.flickr.com/photos/forcaaereaportuguesa/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 03, 2014, 08:46:24 am
(https://farm4.staticflickr.com/3879/14886892200_6ebe236725_b.jpg)
(https://farm4.staticflickr.com/3879/14886939038_4efc1b334e_b.jpg)
(https://farm6.staticflickr.com/5583/14886892360_a6c4334ca1_b.jpg)
(https://farm6.staticflickr.com/5569/15070511581_4ba6f4671a_b.jpg)
Mali.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 03, 2014, 04:58:03 pm
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2014/setembro/bap_1969_tb_960x400.tb)


Citar
Portugal assume Policiamento Aéreo do Báltico, Bloco 36
Missão decorre até ao final do ano


Portugal assumiu no dia 02 de setembro a liderança e transição plena do bloco 36 do Policiamento Aéreo do Báltico / Baltic Air Policing (BAP) na Lituânia.

São quatro as nações NATO comprometidas em cumprir a missão de policiamento aéreo dos países bálticos, uma vez que estes países não possuem meios de Defesa Aérea. Até dia 31 de dezembro, Portugal será a nação líder do BAP, havendo ainda o contributo de meios da Alemanha, Canadá e Holanda.

Portugal destacou 6 aeronaves F-16 e 70 militares a fim de assegurar esta missão, 24 horas por dia e 7 dias por semana.

No dia 01 de setembro decorreu a cerimónia de rendição dos destacamentos BAP na Lituânia. A Polónia e o Reino Unido cedem o comando das operações a Portugal e Canadá, respetivamente. Na Estónia, a Dinamarca cedeu o lugar à Alemanha e na Polónia a França é substituída pela Holanda.

Durante a cerimónia, as palavras de todos os políticos e líderes militares envolvidos foram num contexto de cooperação e apoio constante. O trabalho das nações do bloco 36 foi elogiado e ficou a certeza de que as nações e meios do bloco 36 continuarão a garantir a segurança do espaço aéreo da região do Báltico.

http://www.emfa.pt/www/noticia-654-port ... o-bloco-36 (http://www.emfa.pt/www/noticia-654-portugal-assume-policiamento-aereo-do-baltico-bloco-36)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 03, 2014, 05:02:07 pm
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2014/setembro/minusma-mali_2293_tb_960x400.tb)

Citar
C-130H e 47 militares portugueses partem para o Mali
Missão de apoio ao processo de paz


Partiu no dia 29 de agosto, da Base Aérea N.º 6 – Montijo, a aeronave C-130H com os 47 militares que vão integrar a missão de estabilização no Mali. São 41 elementos da Força Aérea e seis do Exército que, a partir de setembro, vão estar ao serviço das Nações Unidas (MINUSMA) no apoio ao processo de paz naquele país.

A despedida aos militares contou com a presença do Comandante Aéreo, Tenente-General Lopes da Silva, do Comandante Operacional Conjunto, Vice-Almirante Pires da Cunha, e do Comandante das Forças Terrestres, Tenente-General Faria Menezes.

Antes da partida, as altas entidades fizeram questão de cumprimentar o Comandante do Destacamento no Mali, Tenente-Coronel Peres, e restante contingente.

A missão terá uma duração de três meses.

http://www.emfa.pt/www/noticia-651-c-13 ... ara-o-mali (http://www.emfa.pt/www/noticia-651-c-130h-e-47-militares-portugueses-partem-para-o-mali)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 05, 2014, 08:01:11 pm
Vídeo da RCAF sobre os F/A-18 a voar com Eurofighter Britânico, F-16 português e Mig-29 Polaco na Lituânia.

https://www.facebook.com/video.php?v=10152236420236237 (https://www.facebook.com/video.php?v=10152236420236237)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Trafaria em Setembro 05, 2014, 09:57:20 pm
Porque é que aquela gente toda naquela formatura não tem "cobertura"?
É tradição da força aérea? Qual é a explicação?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 06, 2014, 01:36:13 am
Citação de: "Trafaria"
Porque é que aquela gente toda naquela formatura não tem "cobertura"?
É tradição da força aérea? Qual é a explicação?

Mais ou menos, leis da aviação :mrgreen: , no dia-a-dia normal de trabalho numa base aérea em que os pilotos e mecânicos andam de um avião para o outro, uma pessoa pode estar a trabalhar num avião parado mas ao lado pode de repente começar um a trabalhar ou aterrar um e ir estacionar mesmo perto.

Quando há cerimonias militares oficiais (ex: dia da unidade) essa regra não se aplica, os militares formam de nº2 com bivaque, mas já está previamente combinado onde é que a formatura está e onde é que os aviões estão para nenhum avião comer bivaques ou outras coisas menos presas que andem por ali :lol: .

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/06/7-dsc_4104-copy.jpg)

E para quem pensar. Aquilo não pode ter assim tanta força só mostro este vídeo  :mrgreen: .

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 10, 2014, 04:24:52 pm
Videos do F-16 na Lituânia

Voo em Formação

Basic Fighter Manouvers, Portuguese F-16 VS Polish Mig-29
Parte 1

Parte 2
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 15, 2014, 08:45:01 pm
Foto do perfil do Facebook do  Pássaro de Ferro

Citar
Excelente imagem do F-16AM 15102, um dos seis caças nacionais que pratulham o Báltico até ao final deste ano.

Créditos na foto.
www.passarodeferro.com (http://www.passarodeferro.com)

(https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xaf1/v/t1.0-9/p480x480/10622735_880176921992802_3571855095740970637_n.jpg?oh=c8c3e5fd29e63d688839d78a656c7699&oe=548846A8&__gda__=1422733903_d9f132681fc90ace236ccc1e6ab0c9dc)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: chaimites em Setembro 16, 2014, 04:34:07 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Trafaria"
Porque é que aquela gente toda naquela formatura não tem "cobertura"?
É tradição da força aérea? Qual é a explicação?



E para quem pensar. Aquilo não pode ter assim tanta força só mostro este vídeo  :D  :D

 
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Setembro 17, 2014, 06:52:50 pm
Citação de: "Trafaria"
Porque é que aquela gente toda naquela formatura não tem "cobertura"?
É tradição da força aérea? Qual é a explicação?

Nas placas junto às aeronaves é procedimento não há cobertura, não há cartões ao peito, nada que se esquecido possa vir a provocar "problemas" às aeronaves em operação.

http://www.fodcontrol.com/what-is-fod/ (http://www.fodcontrol.com/what-is-fod/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 17, 2014, 08:50:32 pm
Citar
Caças portugueses intercetaram aviões militares russos

Caças F16 portugueses em missão NATO intercetaram aviões militares russos perto dos países bálticos. Em resposta à crise na Ucrânia, a aliança atlântica reforçou o policiamento aéreo na fronteira com a Rússia.

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?ar ... &visual=61 (http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=767504&tm=7&layout=122&visual=61)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 19, 2014, 04:55:40 pm
C-130 português no Mali faz transporte de capacetes azuis chineses e respetiva carga.

(https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpf1/v/t1.0-9/10624726_533950980083996_2429846111272334595_n.jpg?oh=74a0dadda9ce5ea5ab48c2cac6302f53&oe=54836E22&__gda__=1422342728_c48e60a1452fd885bc8a38d9ded669ad)

https://www.facebook.com/53286174352625 ... =1&theater (https://www.facebook.com/532861743526253/photos/a.532877660191328.1073741828.532861743526253/533950980083996/?type=1&theater)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 19, 2014, 07:05:50 pm
Citação de: "Lightning"
Citar
Caças portugueses intercetaram aviões militares russos

Caças F16 portugueses em missão NATO intercetaram aviões militares russos perto dos países bálticos. Em resposta à crise na Ucrânia, a aliança atlântica reforçou o policiamento aéreo na fronteira com a Rússia.

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?ar ... &visual=61 (http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=767504&tm=7&layout=122&visual=61)

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 20, 2014, 08:12:39 pm
Continuação da reportagem sobre os F-16 na Lituânia

Populações dos Países Bálticos receiam ameaças da Rússia

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?ar ... &visual=61 (http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=768218&tm=7&layout=122&visual=61)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Setembro 20, 2014, 11:44:19 pm
Citação de: "Lightning"
Continuação da reportagem sobre os F-16 na Lituânia

Populações dos Países Bálticos receiam ameaças da Rússia

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?ar ... &visual=61 (http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=768218&tm=7&layout=122&visual=61)


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 23, 2014, 04:18:11 pm
C-130 no Mali

(https://scontent-a-ams.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/s720x720/10649862_536395903172837_6946843657125832894_n.jpg?oh=e8cb9c04fd4699f819f39a61075bfc86&oe=548324F9)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 25, 2014, 01:45:53 pm
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2014/setembro/mali-2_73.jpg)

Citar
Desde o início da missão, já foram efetuadas mais de 50 horas de voo, transportadas mais de 350 pessoas e 55 toneladas de material.

http://www.emfa.pt/www/noticia-677 (http://www.emfa.pt/www/noticia-677)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 26, 2014, 12:36:58 am
Citar
Portugal cede avião C-130 para transportar ambulâncias em África

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, afirmou esta quinta-feira que Portugal vai ceder um avião C-130 para transporte de ambulâncias em África, juntando-se assim à "cruzada contra o Ébola".

"O pedido foi feito esta semana e Portugal decidiu juntar-se a esta campanha internacional, liderada pelos Estados Unidos, que tentam limitar as consequências da propagação deste vírus", explicou Rui Machete, considerando que "a possibilidade do vírus se transformar numa pandemia é grande".

O ministro falava à saída da reunião presidida por Barack Obama, em que assistiu à intervenção do presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, durante a 69.ª Assembleia-Geral das Nações Unidas.

Portugal vai transportar esta quinta-feira duas ambulâncias para a Guiné-Conacri na aeronave C-130, que se encontra em missão no Mali.

Rui Machete disse que o pedido foi feito apenas em relação a esta viagem, mas deixa em aberto a possibilidade de novas viagens.

"É algo que terá de ser decidido caso a caso, mas Portugal está obviamente disponível para continuar a colaborar", disse o ministro.

Machete disse ainda que o vírus é um dos temas na agenda do almoço de trabalho entre os países membros da CPLP, que acontece esta sexta-feira, à margem da Assembleia Geral.

Portugal já enviou duas técnicas do Instituto Ricardo Jorge estão São Tomé e Príncipe para ajudar a prevenir a propagação do vírus e, segundo o ministro, "esse esforço vai multiplicar-se."

A febre hemorrágica Ébola já causou 2917 mortos na África Ocidental, em 6.263 casos, segundo o último balanço da Organização Mundial de Saúde (OMS), com dados que se reportam a domingo, dia 21 de setembro.

Os três países mais afetados pela epidemia, a mais grave desde que o vírus foi identificado, em 1976, e que ressurgiu na Guiné-Conacri, no final de dezembro do ano passado, são a Libéria, a Guiné-Conacri e a Serra Leoa.

http://sicnoticias.sapo.pt/especiais/eb ... -em-Africa (http://sicnoticias.sapo.pt/especiais/ebola/2014-09-25-Portugal-cede-aviao-C-130-para-transportar-ambulancias-em-Africa)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 26, 2014, 03:50:57 pm
Revista Vertical Magazine com um artigo sobre o exercício Hot Blade 14.

http://www.verticalmag.com/digital_issu ... les/1.html (http://www.verticalmag.com/digital_issue/2014/v911fall/files/1.html)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 01, 2014, 12:39:44 am
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2014/setembro/ebola_545_tb_960x400.tb)

Citar
Força Aérea acolhe o exercício PREVENT ÉBOLA 14

Decorreu no dia 30 de setembro, na Base Aérea nº6 – Montijo, a demonstração do exercício “PREVENT EBOLA 14” das Forças Armadas Portuguesas.

Nesta demonstração no âmbito da evacuação, as Forças Armadas Portuguesas irão realizar um exercício com o qual se pretende confirmar a capacidade operacional inicial (Initial Operational Capability – IOC) de evacuação/repatriação do Teatro de Operações para o Território Nacional de qualquer militar ou civil a quem seja diagnosticado a infeção do vírus Ébola.

Acompanharam o exercício o Ministro da Defesa Nacional, Pedro Aguiar Branco, o Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, General Artur Pina Monteiro, o Chefe de Estado-Maior da Força Aérea, General José António de Magalhães Araújo Pinheiro, entre outras altas entidades militares e civis.

http://www.emfa.pt/www/noticia-680-forc ... t-ebola-14 (http://www.emfa.pt/www/noticia-680-forca-aerea-acolhe-o-exercicio-prevent-ebola-14)


reportagem SIC
https://www.facebook.com/video.php?v=941720042521772 (https://www.facebook.com/video.php?v=941720042521772)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 03, 2014, 06:55:24 pm
C-130 no Mali

(https://scontent-b-lhr.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/10402755_474165962723233_6870190364588070946_n.jpg?oh=4b0558381e020994d6e55e9dc0c894fe&oe=54C4E947)

(https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfp1/v/t1.0-9/10384810_474165922723237_6807692635826143431_n.jpg?oh=ae3d1493268e8ad49d2a8e00bbd43a96&oe=54C2E867&__gda__=1420717806_b119b02750c89627f3fe1e4ed56beb41)

(https://scontent-a-lhr.xx.fbcdn.net/hphotos-xaf1/v/t1.0-9/10703989_474165952723234_5911085407184446699_n.jpg?oh=46dd6b86f6a2d175a011ba3d2f07438e&oe=54846A96)

(https://scontent-a-lhr.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/10665841_474165949389901_4608933596198656412_n.jpg?oh=95b396d8b85512a6f9117e3f8c44b81b&oe=54B6B210)

(https://scontent-a-lhr.xx.fbcdn.net/hphotos-xfa1/v/t1.0-9/10710862_474165909389905_67888329519761129_n.jpg?oh=8159c26c57bc4803d293ec2a51d920d6&oe=54CF5DDB)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 14, 2014, 07:42:48 pm
Entre o dia 30 de Setembro e 1 de Outubro fez-se o exercicio Baltic Regional Training Event 19 (BRTE19) envolvendo mais de 16 aeronaves, caças dos paises NATO no Baltic Air Policing (Portugal, Canadá, Alemanha e Holanda), aviões de transporte da Estónia e caças dos paises Partnership for Peace (Suécia e Finlandia), apoiados por um E-3 AWACS da NATO e um KC-135 da USAF.

http://www.aereo.jor.br/2014/10/09/caca ... e-typhoon/ (http://www.aereo.jor.br/2014/10/09/cacas-da-otan-e-pfp-sobre-o-baltico-gripen-f-18-f-16-e-typhoon/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Outubro 18, 2014, 12:58:31 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 27, 2014, 01:25:29 am
Já saiu em vários órgãos de comunicação social, mais um dia nos Bálticos.

Citar
NATO radars detected and tracked one unidentified aircraft flying in the vicinity of Allied airspace in the Baltic Sea on Tuesday, 21 October at approximately 9 a.m. CET.  Fighter jets from NATO Ally Denmark (F-16) were scrambled, as were Portuguese F-16 aircraft from NATO’s Baltic Air Policing Mission in order to identify the aircraft and maintain the security of Allied air space.  Non-NATO fighters from Sweden were also involved in the intercept.

The aircraft was identified as a Russian IL-20 (intelligence collection aircraft). The Russian IL-20 took off from Kaliningrad and commenced flying over the Baltic Sea towards Denmark.  The Russian aircraft was first intercepted by Danish F-16’s and as the IL-20 headed further north it was intercepted by fighters from Sweden.  The Russian aircraft headed south again and Portuguese F-16’s were scrambled.  At 12:53 p.m. CET the IL-20 approached Estonian airspace from the northeast. The Russian aircraft entered Estonian airspace near the island of Saaremaa for a period of less than one minute, which represented an incursion of about 600 meters into NATO airspace.

Portuguese F-16’s made visual contact with the IL-20 and escorted it until it was further away from NATO airspace. NATO jets assigned to the Baltic Air Policing Mission were available throughout the duration of the Russian flight and the IL-20 was continually tracked using Allied assets on the ground and in the air.

Scrambles and intercepts are standard procedure when an unknown aircraft approaches NATO airspace.  However, such flights pose a potential risk to civil aviation given that the Russian military often do not file flight plans, or use their on-board transponders. This means civilian air traffic control cannot detect these aircraft nor ensure there is no interference with civilian air traffic. NATO Allies protect their airspace on a 24/7 basis and NATO tracks all flight activities over Europe.

NATO air defence efforts are focused on stopping unauthorized incursions into NATO airspace and on preventing acts of airborne terrorism.

http://jfcbs.nato.int/jfcbrunssum/news_ ... -sea-.aspx (http://jfcbs.nato.int/jfcbrunssum/news_archive/2014/nato-air-policing-fighters-intercept-russian-aircraft-over-the-baltic-sea-.aspx)

A mesma noticia no Correio da Manhã, com infografia
http://www.cmjornal.xl.pt/mundo/detalhe ... ussos.html (http://www.cmjornal.xl.pt/mundo/detalhe/f16_lusos_dao_caca_a_russos.html)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: sivispacem em Outubro 27, 2014, 10:59:52 pm
Não sei se será a secção mais apropriada, mas deixo aqui o comentário ao F-16 de um piloto de F-18

Esse artigo não tem nada a ver com a Força Aérea Portuguesa, foi movido para o tópico sobre a USAF

viewtopic.php?f=6&t=3606&p=248363#p248363 (http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?f=6&t=3606&p=248363#p248363)

A moderação
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 29, 2014, 08:01:52 pm
http://www.atlanticcouncil.org/blogs/natosource/nato-intercepted-19-russian-military-aircraft-today
Dia animado no Baltico... :mrgreen:
(http://www.metronews.ru/_internal/gxml!0/4dntvuhh2yeo4npyb3igdet73odaolf$fhu9mwrzjbd63ity371b2ok1gf178q7/800px-Russian_Air_Force_MiG-31_inflight_Pichugin-2.jpeg)
(http://theaviationist.com/wp-content/uploads/2014/04/Tu-95-intercepted.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Outubro 29, 2014, 09:03:54 pm
Citação de: "mafets"
http://www.atlanticcouncil.org/blogs/natosource/nato-intercepted-19-russian-military-aircraft-today
Dia animado no Baltico... :mrgreen:
Cumprimentos
Bem mais que um dia animado, fez-se história! Acho que foi a primeira vez que a FAP conduz operações de intercepção a aeronaves militares estrangeiras a partir de dois pontos distintos, e no mesmo dia!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Outubro 29, 2014, 09:16:52 pm
Pode ser que sirva para abrir os olhos a muita gente.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Outubro 29, 2014, 09:22:39 pm
Citar
..including 2x MiG-31 Foxhound, 2x Su-34 Fullback, 1x Su-27 Flanker and 2x Su-24 Fencer jets

Quantos F-16 é que foram"scrambled"?

Citar
two Tu-95 Bear H bombers continued south-west,.. the two Russian aircraft were intercepted and identified by F-16s from the Portuguese Air Force.

É usual este tipo de voos tão perto da nossa costa?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Outubro 29, 2014, 09:49:37 pm
Citação de: "Crypter"
É usual este tipo de voos tão perto da nossa costa?

 :shock:  :shock:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Outubro 29, 2014, 10:01:08 pm
Citar
Dois aviões bombardeiros estratégicos russos Tu-95 Bear H foram interceptados esta quarta-feira pela Força Aérea Portuguesa, às portas do espaço aéreo luso.

Segundo um comunicado da Aliança Atlântica, o incidente insere-se num inusitado aumento da actividade da aviação militar russa nos céus europeus registado nas últimas 48 horas.

Os dois bombardeiros tinham sido detectados pela primeira vez cerca das 3h da madrugada por radares noruegueses. Nesse momento, voavam junto a outros dois Tu-95 e quatro aviões de reabastecimento. Interceptados por caças F-16 da Noruega, duas das aeronaves rumaram a Sul, tendo sido identificados mais tarde por Portugal.

A NATO refere que a Rússia não partilhou os planos de voo desta formação e que os aviões não respondem aos controladores aéreos civis. A Aliança Atlântica afirma que este comportamento pouco usual representa “um risco potencial para a aviação civil”.

Os Tu-95 são bombardeiros estratégicos com grande autonomia de voo (cerca de 15.000 quilómetros sem reabastecimento) que costumam realizar longas patrulhas aéreas. Estas patrulhas eram frequentes durante a Guerra Fria e regressaram após 15 anos de interrupção, em 2007, já na era Putin, com avistamentos destas aeronaves no Atlântico e também no Pacífico, junto às costas norte-americana e japonesa.

O episódio desta terça-feira no Atlântico junta-se a outro semelhante no Báltico e outro sobre o Mar Negro.

Recorde-se que a Rússia e os aliados encontram-se num momento de grande tensão política e militar após a recente invasão e anexação de parcelas do território ucraniano por parte de Moscovo.

sol.pt
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Outubro 29, 2014, 10:07:02 pm
Citação de: "HSMW"
Citação de: "Crypter"
É usual este tipo de voos tão perto da nossa costa?

 :shock:  :shock:

Não percebi HSMW...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: papatango em Outubro 29, 2014, 10:42:19 pm
Nem no tempo da Guerra Fria era comum os aviões russos virem visitar as praias portuguesas.
Agora devem ter vindo dizer ao gerónimo que voltaram a ser camaradas.

Ou então vieram dizer aos portugueses para se remeterem à sua insignificância e deixarem de atrapalhar os aviões russos que violam o espaço aéreo dos países bálticos.

Um total de oito aviões em voo de formação foram identificados hoje de manhã na Noruega e foram interceptados pelos noruegueses. Eram quatro bombardeiros Tu95 e quatro reabastecedores da familia IL-76, portanto quatro parelhas.
Três das parelhas voltaram para a Russia mas uma prosseguiu pelo mar do norte, passou a norte da Escócia a norte e oesta da Irlanda e chegou até às águas portuguesas.

Isto é o que é possível saber neste momento, sem confirmações oficiais de lado nenhum.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cláudio C. em Outubro 29, 2014, 11:09:01 pm
De normal certamente que não tem nada!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: FoxTroop em Outubro 29, 2014, 11:24:47 pm
Funji funji que bêm ae oz ruchuzz

http://vimeo.com/87939821

Não dá para colocar diretamente os videos que não sejam youtube?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: OPCOM em Outubro 30, 2014, 12:54:02 am
Lá vamos nós comprar de volta os F16 á Roménia.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Outubro 30, 2014, 12:59:47 am
Citação de: "papatango"
Ou então vieram dizer aos portugueses para se remeterem à sua insignificância e deixarem de atrapalhar os aviões russos que violam o espaço aéreo dos países bálticos.
Desconhecendo mais pormenores sobre o acontecimento, confesso que também tive como primeira impressão que a aproximação de bombardeiros russos ao nosso espaço aéreo(?) possa ser vista como uma mensagem numa altura como esta que vivemos atualmente.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 30, 2014, 09:25:44 am
Citação de: "night_runner"
Citação de: "papatango"
Ou então vieram dizer aos portugueses para se remeterem à sua insignificância e deixarem de atrapalhar os aviões russos que violam o espaço aéreo dos países bálticos.
Desconhecendo mais pormenores sobre o acontecimento, confesso que também tive como primeira impressão que a aproximação de bombardeiros russos ao nosso espaço aéreo(?) possa ser vista como uma mensagem numa altura como esta que vivemos atualmente.
P-3 Cub sobre Kalinegrado, já... :mrgreen:
(http://eunavfor.eu/wp-content/uploads/Portugese-MPRA-623x393.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: papatango em Outubro 30, 2014, 09:31:25 am
Não se preocupem que isto é tudo mentira.

Não houve nenhum Tu-95 no espaço aéreo português. Era apenas um velho IL-114 da Ucrânia escoltado por um IL-76.
Afinal toda a gente sabe que os ucranianos também têm esses aviões.
Ainda vamos ver uma conferencia de imprensa da russaiada bêbada a explicar com diagramas, que os radares russos detetaram mensagens em ucraniano entre os aviões que se passavam por russos e bases secretas da junta fascista ucraniana...
Afinal toda a gente sabe que há muitos ucranianos em Portugal e que a maioria são originarios do oeste fascista.

 :mrgreen:  :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: papatango em Outubro 30, 2014, 09:36:43 am
Citação de: "OPCOM"
Lá vamos nós comprar de volta os F16 á Roménia.

Já não dá para fazer isso.
Os aviões são apenas para gastar gasolina e mostrar nas televisões russas, que a glória e a honra da Rússia sagrada estão defendidas pelo glorioso grande líder.
O Grande Líder, chefe supremo e protetor do povo russo, desafiou os cães degenerados portugueses, essa raça de porcos nojentos arraçados de africanos que tem a lata de mandar os seus aviõezecos para as proximidades da Santa Mãe Russia.

A Honra da Russia Imperial está salva.
Os foram portugueses humilhados e remetidos aos seus lugares.
Amanha a televisão Russia Today vai mostrar notícias de portugueses assustados e escondidos debaixo das camas e portugueses aflitos a gritar nas ruas «vêm aí os russos, fujam ... »
 (E que ninguém duvide do que as televisões russas dizem... Eles dizem sempre a verdade.)

Por tudo isto, não faria sentido pensar em aumentar o número de aviões, embora seja verdade que os russos estão a testar, para ver até onde podem esticar a perna, ainda que para chegar até Portugal, isso é esticar demasiado. Do ponto de vista tático, não teria qualquer sentido fazer operações contra Portugal utilizando aviões.

Este tipo de missão serve para fazer barulho e aparecer nas televisões.
Os portugueses têm que se preocupar é com atividade de submarinos e mesmo navios de superfície, o resto não conta.
Os russos sabem que não nos poderiam atacar com bombardeiros e sabem que nós sabemos disso.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Miguel em Outubro 30, 2014, 10:06:06 am
Nao tenho memoria no tempo da Guerra Fria ter visto Bombardeiros russos, sobrevoar Portugal ?

Certo e que vamos a caminho de uma nova guerra fria.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cláudio C. em Outubro 30, 2014, 10:15:51 am
Citação de: "papatango"
Citação de: "OPCOM"
Lá vamos nós comprar de volta os F16 á Roménia.



Por tudo isto, não faria sentido pensar em aumentar o número de aviões, embora seja verdade que os russos estão a testar, para ver até onde podem esticar a perna, ainda que para chegar até Portugal, isso é esticar demasiado. Do ponto de vista tático, não teria qualquer sentido fazer operações contra Portugal utilizando aviões.

Este tipo de missão serve para fazer barulho e aparecer nas televisões.
Os portugueses têm que se preocupar é com atividade de submarinos e mesmo navios de superfície, o resto não conta.
Os russos sabem que não nos poderiam atacar com bombardeiros e sabem que nós sabemos disso.

Concordo plenamente com o papatango. As nossas preocupações devem centrar-se na actividade da marinha russa...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 30, 2014, 10:25:11 am
Citação de: "FoxTroop"
Funji funji que bêm ae oz ruchuzz

http://vimeo.com/87939821

Não dá para colocar diretamente os videos que não sejam youtube?

Não, infelizmente só mesmo os videos do youtube.

PS: este vôo cheira a recado/pressão por todos os lados.

PS2: nada de novo, este tipo de coisas é chapa 5 para os Russos.

PS3: Eles deviam fazer MAIS vôos na costa Portuguesa! :twisted:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 30, 2014, 11:48:52 am
A FAP tem tido cá uma publicidade... :twisted:
(https://pbs.twimg.com/media/B1L1jsBCcAEw8_D.png:large)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 30, 2014, 12:21:02 pm
Aviões russos e riscos para aviação civil. Piloto português explica como se interceptam aviões

João Roque Santos não acredita que aviação civil tenha estado em perigo após o avanço, sem aviso, de aparelhos russos, mas confirma que “estavam a fazer algo ilegal”.

Aviões russos foram interceptados por caças portugueses. João Roque Santos, piloto de linha aérea, explica, na Renascença, de que forma se processam as operações de intercepção de aviões por caças militares.

“Temos de ter contacto visual com os mesmos, apresentam-se em frente e lateralmente ao cockpit do avião interceptado, dão um conjunto de indicações para se contactar com uma frequência internacional de emergência e posteriormente poderemos segui-los via rádio ou através de um conjunto de indicações visuais”, refere o comandante.

“Somos obrigados a seguir as aeronaves até deixarem o espaço aéreo ou até algum local especifico e aterrarem numa unidade aérea. Há um conjunto de procedimentos já definidos que temos que cumprir”, acrescenta João Roque Santos.

A NATO diz que os aparelhos não terão apresentado os planos de voo e que isso representa um risco potencial para a aviação civil. No entanto, para João Roque Santos é pouco provável que tal tenha acontecido.

“Há a possibilidade de eles serem sempre detectados, a menos que venham a utilizar as contra-medidas electrónicas também, ma,s pelo histórico das missões do tempo da ex-União Soviética, não colocaram em risco o tráfego comercial”, afirma Roque Santos.

“É possível navegar nesse espaço aéreo sem se submeter num plano de voo e em determinadas missões militares. Agora, estavam a fazer algo ilegal. Sendo acompanhados como foram foi salvaguardada a segurança do tráfego aéreo civil”, acrescenta o comandante.

O comandante de linha aérea lembra que Portugal tem a responsabilidade de gerir determinado espaço aéreo: uma parte controlada a partir de território continental e outro a partir de Santa Maria, nos Açores. É um espaço que vai muito para oeste do arquipélago dos Açores entre o arquipélago e a costa do continente norte-americano”.

Mas que aviões russos foram estes que levantaram esta polémica em três países da NATO? João Roque Santos explica. “Os Tupolev 95 são aviões de fabrico ainda da era soviética, mas estes aviões terão sido modernizados e ainda actuam. Chegaram a ser os turbo-hélices mais rápidos do mundo e têm grande capacidade electrónica além de um alcance muito vasto”.

Não há razões para alarmismos
Já o Almirante Reis Rodrigues considera que esta presença contínua de aviões militares russos no espaço aéreo europeu representa um esforço de Moscovo para mostrar que recuperou o seu poderio militar. O vice-presidente da Comissão Portuguesa do Atlântico lembra que esta era uma estratégia habitual durante a guerra fria, mas que perdeu força com o fim da União Soviética.

Nestas declarações à Renascença, Reis Rodrigues diz não encontrar razões para alarmismos. O Almirante sustenta que cabe à NATO demonstrar que o sistema de vigilância está a funcionar.

“Não vejo qualquer justificação para alarmes. Faz todo o sentido a NATO mostrar que está a par do que se está a passar, que está a controlar a situação, mas isso faz parte de um jogo politico-diplomático até mais do que militar”, acrescentou.

O Estado-Maior General das Forças Armadas confirma que foram detectadas duas aeronaves não identificadas no espaço aéreo português.

--------------------------------------------------------------------------------
 :arrow: http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.as ... did=167023 (http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=167023)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Instrutor em Outubro 30, 2014, 02:24:55 pm
E se fosse, ao contrário.... e se enviasse-mos caças para o interior da Federação Russa, e se fossemos "passear" com F-16, P3, Typhonns, etc para Moscovo, qual seria o procedimento dos Russos? Seriam estes aviões abatidos?
Vamos "experimentar" o mesmo, vamos deixar de uma vez por todas sermos medrosos, e dizer bem claro ao Senhor "Putinha" para não brincar, como ele tem armamento nuclear, nós NATO também temos. È devido a sermos uns cobarde, que a Senhora Putinha faz a vidinha negra os seus vizinhos e agora anda a brincar com Portugal. Parece que a Senhora Putinha não gosta que os nossos F-16 "espantem" os pardais do outro lado da fronteira, la para os lados do Báltico.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 30, 2014, 02:49:21 pm
Ó Instrutor tu tem calma homem, estás a stressar para quê?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 30, 2014, 02:50:33 pm
C-295 ( já tinha falado nos P-3 Cub...  :(), se não até Moscovo pelo menos St. Petersburgo (que é para vermos um Backfire ao largo de Faro, tal a irritação do Putin)... :twisted:
(https://farm9.staticflickr.com/8155/7637231216_dd3e733c3f_c.jpg)
(https://pbs.twimg.com/media/B0eMLk8IIAELPq0.jpg)
 
Saudações

P.S. E os Russos não usaram SU-25 "maravilha" daqueles que sobem até aos 10 000 metros e usam misseis de "ultima geração". Assim mandávamos os nossos Alphajet interceptar... :twisted:  :wink:
(http://img1.wikia.nocookie.net/__cb20130724005318/wargameeuropeanescalation/images/f/f7/Su25Frogfoot.jpg)
(http://www.hottail.nl/basevisits/2003/1030-KleineBrogel/images/AlphaJet-PAF.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Hammerhead em Outubro 30, 2014, 04:22:26 pm
A Otan nao tem a minima preparaçao para enfrentar os Russos! Prova? Ukrania!
Querem ir a guerra contra eles é?...so me faz rir  :2gunsfiring:                      :N-icon-Gun:
Agora que os Russos vieram testar o novos radars e tempos de reaçao... e alias todos estes voos feitos pelos Russos estao a servir de teste radar, a Otan esta em paranoia total...sao submarinos, depois avioes Russos... pois querem brincar a esse jogo com a Russia entao vamos brincar...pois o Putin é um brincalhao sem cabeça nao é  :N-icon-Axe: portanto estamos quaze sozinhos, e o articlo 5 do tratado Otan nao nos garante nada...porqué? porque da teoria dos tratados à realidade do terreno a historia sempre nos provou o contrario!
Aqueles que suportam hoje as pressoes, criticas anti russia, agressevidade e vontade de dominar, isolar economicamente os Russos e ir até a guerra contra eles, estao a fazer o mesmo que fizeram nos anos 30 contra Hitler e até a primeira guerra mundial comecou assim...se continuamos neste caminho a nossa casa esta condenada!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 30, 2014, 04:36:57 pm
Pronto... começou...  :twisted:
(http://www.defesa.pt/Galeria%20Imagens/ImagensNoticias/20121211_f16_noticia.jpg)
Daqui até alguém afirmar que os "F-16 Portugueses tiveram medo dos canhões de 30 mm do Bear é um ápice"... :twisted:  :wink:
(http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f6/Tupolev_Tu_95_guns.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 30, 2014, 04:42:09 pm
Eu acho que ouvi alguém falar em fogo...

Fogo? Está a arder, está tudo a arder! Vamos todos morrer queimados!

 :roll:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 30, 2014, 04:51:24 pm
Fazemos como aquele rapazinho alemão (O Mathias Rust em 1987 com um Cessna 172...  :mrgreen:  :roll:  :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Edu em Outubro 30, 2014, 04:52:49 pm
Citação de: "Instrutor"
E se fosse, ao contrário.... e se enviasse-mos caças para o interior da Federação Russa, e se fossemos "passear" com F-16, P3, Typhonns, etc para Moscovo, qual seria o procedimento dos Russos? Seriam estes aviões abatidos?
Vamos "experimentar" o mesmo, vamos deixar de uma vez por todas sermos medrosos, e dizer bem claro ao Senhor "Putinha" para não brincar, como ele tem armamento nuclear, nós NATO também temos. È devido a sermos uns cobarde, que a Senhora Putinha faz a vidinha negra os seus vizinhos e agora anda a brincar com Portugal. Parece que a Senhora Putinha não gosta que os nossos F-16 "espantem" os pardais do outro lado da fronteira, la para os lados do Báltico.

Dá-me a sensação que o instrutor não percebeu o que se passou. As aeronaves russas não entraram espaço aereo português, entraram em espaço aereo cuja responsabilidade pertence a Portugal. São coisas bem distintas.

Por outro lado tenho bem a certeza que se um avião militar russo (ou de outro qualquer país) entrasse em espaço aereo português de forma profunda sem dar a minima justificação ou responder às autoridades portuguêsas seria abatido (a não ser que não fossemos capazes de o fazer) ainda mais se tentasse sobrevoar Lisboa (que é o que você está a querer sugerir relativamente a Moscovo).
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Instrutor em Outubro 30, 2014, 05:22:04 pm
Tenho sérias dúvidas que o abatessem, nem que despejasse umas quantas cá para baixo.

Pode ser que sirva para que os Senhores Governantes, entendam de uma vez por todas, que, retirar orçamento à defesa, não sejam assim tão bom. E que afinal não dormem assim tão descansados, porque umas coisa é a polícia carregar nos pobres manifestantes a frente da AR outra coisa é não ter tomates caso seja necessário agir contra um adversário mais poderoso.

Afinal pode ser que o principal aliado das nossas Forças Armadas seja o Senhor Putin.... pode ser que os Governantes acordem, e invistam seriamente na defesa do nosso País, porque em caso de necessidade não estou a ver os Eurotyphoons espanhois ou ingleses a virem defender a nossa zona.
Nem estou a ver as Fragatas Espanholas ou os Contra-torpedeiros Type 45 Ingleses virem defender a nossa costa.

Afinal descobri que o Senhor Putin é afinal um grande aliada das nossas Forças Armadas. :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Hammerhead em Outubro 30, 2014, 05:22:33 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Eu acho que ouvi alguém falar em fogo...

Fogo? Está a arder, está tudo a arder! Vamos todos morrer queimados!

 :roll:

Fogo nao a, sao so as cinzas da fogueira "guerra fria", e a un puto capitalista sem cabeça nem cultura com um cocktail molotof nas maos a crer reacender as chamas!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: FoxTroop em Outubro 30, 2014, 07:07:21 pm
Citação de: "Edu"
Dá-me a sensação que o instrutor não percebeu o que se passou. As aeronaves russas não entraram espaço aereo português, entraram em espaço aereo cuja responsabilidade pertence a Portugal. São coisas bem distintas.

Não foi só ele que não percebeu, basta ver as histéricas que por aí andam a debitar alarves, umas por desconhecimento, outras por pura má-fé.

Citação de: "Cabeça de Martelo"
PS: este vôo cheira a recado/pressão por todos os lados.

PS2: nada de novo, este tipo de coisas é chapa 5 para os Russos.

PS3: Eles deviam fazer MAIS vôos na costa Portuguesa! :roll:  :lol:  :lol:  :twisted:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 30, 2014, 07:23:46 pm
Citação de: "Edu"
Por outro lado tenho bem a certeza que se um avião militar russo (ou de outro qualquer país) entrasse em espaço aereo português de forma profunda sem dar a minima justificação ou responder às autoridades portuguêsas seria abatido (a não ser que não fossemos capazes de o fazer) ainda mais se tentasse sobrevoar Lisboa (que é o que você está a querer sugerir relativamente a Moscovo).
Consta que a tripulação do AN-26 de uma companhia dos estados bálticos ontem interceptado sobre Kent pelos Typhoon da Raf, quando foi ameaçada de levar um balázio resolveram de imediato os problemas radio e até cantaram o hino nacional...  :wink:  :twisted:  http://www.bbc.com/news/uk-england-29823148
Citar
You will be shot down': What RAF typhoon pilot told Latvian cargo plane after it sparked terror alert by veering off course over London forcing fighter jets to scramble

Read more: http://www.dailymail.co.uk/news/article ... z3HeqbmH7f (http://www.dailymail.co.uk/news/article-2812950/RAF-jets-intercepting-Latvian-cargo-plane-cause-huge-sonic-boom-Kent.html#ixzz3HeqbmH7f)
Follow us: @MailOnline on Twitter | DailyMail on Facebook
(http://news.bbcimg.co.uk/media/images/78622000/jpg/_78622671_rafavia_ly-raa_20140802_bud_1200.jpg)
(http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2014/10/29/video-undefined-22AB9EF700000578-472_636x358.jpg)
Citação de: "Instrutor"
porque em caso de necessidade não estou a ver os Eurotyphoons espanhois ou ingleses a virem defender a nossa zona.
Nem estou a ver as Fragatas Espanholas ou os Contra-torpedeiros Type 45 Ingleses virem defender a nossa costa.

Afinal descobri que o Senhor Putin é afinal um grande aliada das nossas Forças Armadas. :G-beer2:
Necessidade não me parece que os Russos fazem isto à 50 anos. Agora também não estou a ver os Typhoon castelhanos que ao que parecem estão a maior parte "groundeados" ( :mrgreen: ) e os Type 45 dos "Bifes" que não tem armas de ASW (a única é o helicóptero já que nem tubos de torpedo levam). Restam as "Alvaro de Bazan" se houver dinheiro para o "gasoil". :wink:
Citação de: "FoxTroop"
Citação de: "Edu"
Dá-me a sensação que o instrutor não percebeu o que se passou. As aeronaves russas não entraram espaço aereo português, entraram em espaço aereo cuja responsabilidade pertence a Portugal. São coisas bem distintas.

Não foi só ele que não percebeu, basta ver as histéricas que por aí andam a debitar alarves, umas por desconhecimento, outras por pura má-fé.
Lá está, é a prova cabal que afinal o "tamanho conta"  :twisted: . Só assim se pode explicar que apenas dois ou três indivíduos e praticamente nenhum dos média nacionais noticiem que enquanto por cá foram interceptados 2, pela FAP sobre o Báltico e no mesmo dia os F-16 MLU da Força Aérea Portuguesa tenham interceptado 7. Ou seja de 19 num total, 9 foram realizadas pela FAP, isto mesmo depois de me ter dado ao trabalho da postagem da noticia original da NATO e da imagem acima. :wink: Para a próxima é a do "sol" e está a andar...  :twisted:
Citar
2x MiG-31 Foxhound, 2x Su-34 Fullback, 1x Su-27 Flanker and 2x Su-24 Fencer jets. Portuguese F-16 Fighters assigned to the Baltic Air Policing Mission were scrambled in response and the Russian aircraft returned to Russian airspace.http://www.atlanticcouncil.org/blogs/natosource/nato-intercepted-19-russian-military-aircraft-today

Cumprimentos :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Luso em Outubro 30, 2014, 07:24:41 pm
Fosga-se, eu ingenuamente ainda contava que neste fórum já não existiriam comentários tão primários de vítimas incautas de propaganda, estrangeirada e foleira ainda por cima!
Ainda há disto, AQUI?

Citar
"Fogo nao a, sao so as cinzas da fogueira "guerra fria", e a un puto capitalista sem cabeça nem cultura com um cocktail molotof nas maos a crer reacender as chamas!"

Citar
Vamos "experimentar" o mesmo, vamos deixar de uma vez por todas sermos medrosos, e dizer bem claro ao Senhor "Putinha" para não brincar, como ele tem armamento nuclear, nós NATO também temos. È devido a sermos uns cobarde, que a Senhora Putinha faz a vidinha negra os seus vizinhos e agora anda a brincar com Portugal. Parece que a Senhora Putinha não gosta que os nossos F-16 "espantem" os pardais do outro lado da fronteira, la para os lados do Báltico.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Nuno Bento em Outubro 31, 2014, 09:21:15 am
(http://1.bp.blogspot.com/-qBPiW9QjHGw/VFK0J4-CvQI/AAAAAAAANMg/DwuVjjytqnA/s1600/10649887_486617698144726_6658127550759842504_n.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 31, 2014, 02:05:35 pm
Citação de: "Nuno Bento"
(http://1.bp.blogspot.com/-qBPiW9QjHGw/VFK0J4-CvQI/AAAAAAAANMg/DwuVjjytqnA/s1600/10649887_486617698144726_6658127550759842504_n.jpg)
http://www.rtp.pt/noticias/
http://www.asnoticiasdodia.com/nacional/229093/bombardeiros-russos-fizeram-hoje-nova-incursao-junto-a-portugal
http://newsavia.com/ultima-hora-nova-incursao-de-cacas-russos-no-espaco-aereo-de-portugal/
Citar
Na manhã em que a Força Aérea Portuguesa divulgou as primeiras fotos dos caças-bombardeiros russos que na passada quarta-feira, dia 29 de Outubro, que foram interceptados e escoltados por caças F-16 portugueses no “espaço aéreo de responsabilidade nacional”, a FAP foi chamada a descolar mais quatro aviões F-16 para perseguir outros aparelhos russos que foram localizados nesta manhã de sexta-feira, dia 31 de Outubro, no espaço aéreo português, soube o ‘NewsAvia’ de boa fonte. Não há ainda qualquer reacção oficial (12h55 em Portugal).
X 2... :twisted:

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Outubro 31, 2014, 02:19:12 pm
Citar
F-16 da Força Aérea Portuguesa voltaram a intercetar aviões russos que sobrevoavam espaço aéreo europeu sob jurisdição portuguesa.

Os dois F-16 descolaram de Monte Real e obrigaram os aviões russos a deixar o espaço aéreo europeu, 100 milhas ao largo de Peniche (185km).

O ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, deverá pronunciar-se dentro de momentos.

Aviões de combate russos procederam "em grande escala", na passada quarta-feira, a uma série de "voos não comunicados previamente" no espaço aéreo europeu, o que levou à ativação dos dispositivos de defesa da Noruega, Grã-Bretanha, Portugal e Turquia, tendo a Aliança Atlântica registado três ocorrências distintas em menos de 24 horas.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interi ... id=4212557 (http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4212557)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Instrutor em Outubro 31, 2014, 02:20:18 pm
Really.... Really?!

Eu ja não faço mais comentários para esta novela, porque os verdadeiros argumentistas são mais iluminados e inteligentes que os outros. Afinal devem ser formados em relações internacionais e de geoestratégia ou sei lá o que.
 :mrgreen:

Dois caças F-16 da Força Aérea Portuguesa voltaram hoje a interceptar dois aviões russos, em espaço aéreo sob jurisdição portuguesa. O incidente aconteceu de novo ao largo de Peniche.
 
Imprimir
Foi na manhã desta quarta-feira, que o sistema de defesa aérea detetou os aparelhos. Seguiam para sul, voavam alto, rápido e sem comunicações. Os dois F-16 saíram de Monte real para interceptar bombardeiros russos, que acabaram por ser desviados.

Contactada pela SIC, a Força Aérea Portuguesa não adianta mais detalhes. Confirma apenas que, de novo, na área de Peniche, esta história repetiu-se, com dois caças portugueses a interceptarem aviões russos.

Há dois dias, nesta mesma área, dois aparelhos da Força Aérea Portuguesa realizaram uma missão de defesa do espaço aéreo da NATO, de responsabilidade nacional.

Em atualização
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 31, 2014, 02:35:06 pm
Esperem pela resposta. O próximo C-130 que for entregar abastecimentos a FAP no Báltico há-de ir via S. Petersburgo...  :twisted:
(http://4.bp.blogspot.com/-rEwiDh9y7cw/TgtIpLvsufI/AAAAAAAAAoM/0lCpMrOiRVs/s1600/16806.JPG)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Instrutor em Outubro 31, 2014, 02:47:43 pm
Que aviões foram desta vez? Os mesmos modelos?? Também devem ser os únicos que ca chegam... ehehehhheheee :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cláudio C. em Outubro 31, 2014, 02:53:29 pm
Citação de: "Instrutor"
Que aviões foram desta vez? Os mesmos modelos?? Também devem ser os únicos que ca chegam... ehehehhheheee :mrgreen:

Provavelmente... O Tu-160 tambem chega cá penso eu...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cláudio C. em Outubro 31, 2014, 03:06:37 pm
http://www.passarodeferro.com/2014/10/m ... tugal.html (http://www.passarodeferro.com/2014/10/mais-uma-vez-os-russos-em-portugal.html)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cláudio C. em Outubro 31, 2014, 03:09:57 pm
Onde anda o Miguel Sousa Tavares?? Gostaria que na proxima segunda feira, no seu espaço comentario, a jornalista o confrontasse com a afirmação que fez a uns tempos: " para que é que Portugal precisa de uma força aérea???"  :roll:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: chaimites em Outubro 31, 2014, 03:14:03 pm
Os panascas dos russos devem ter pensado que o nivel de operacionalidade dos nossos caças e igual á da força aerea russa! Devem ter pensado: "Os tugas tem 28,  6 estao no Baltico, nao devem ter em PORTUGAL, nada capaz de voar!" Hehe!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Instrutor em Outubro 31, 2014, 03:15:42 pm
Ca para mim o gajo quer contrabandear droga e afins e poder voar descansado pelos céus de Portugal. Assim, sem a FAP, torna-se tudo mais fácil. :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: chaimites em Outubro 31, 2014, 03:25:29 pm
Calma! Calma! Podem ser SU25 a 33 mil pés!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 31, 2014, 03:30:26 pm
Com o "granel" que este avião faz coitados dos Russos. A voar tantas horas até ao largo da costa portuguesa devem ficar lindos devem... :mrgreen:
Citação de: "chaimites"
Calma! Calma! Podem ser SU25 a 33 mil pés!
Nada de preocupações que já temos um Alphajet a postos.  :wink:

 :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Outubro 31, 2014, 03:50:41 pm
Citar
Os bombardeiros russos passaram muito perto da zona terminal da aproximação de Lisboa sempre escoltados por dois caças F-16 portugueses.

No entanto, desta vez, o sobrevoo dos aparelhos russos representou efectivos riscos ao trafego da aviação comercial, uma vez que os controladores aéreos civis não os conseguiam detectar evitando que a sua trajectória interferisse com a rota dos aviões civis. O controlo aéreo civil teve de ser informado da intrusão pela força aérea.

Mais uma vez, nenhum dos bombardeiros russos apresentou plano de voo autorizado e não mantiveram contacto rádio com o controlo aéreo civil ou militar. Os dois aparelhos voaram com os “transponders” desligados (para identificação), evitando deliberadamente qualquer identificação pelo controlo aéreo civil.

Tecnicamente, os bombardeiros de longo alcance russos não entraram na zona de soberania portuguesa, mas sobrevoaram a costa a 12 milhas náuticas, violando claramente o espaço aéreo sob responsabilidade nacional.

No passaro de ferro..

Quero ver se eles um dia se viram mesmo em direcção a Lisboa se ha tomates para fazer o que é preciso..

edit: será que agora começam a olhar para a defesa aérea com outros olhos?? É que fora a FA não ha nada a nível do chão que nos proteja..

Desculpem a linguagem!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Instrutor em Outubro 31, 2014, 03:54:54 pm
Enquanto nao se vir Sukkois (SU-35) ou Migs (MIG35) por estes lados estamos descansados.

Ai vemos como se comportam os nossos F-16

https://www.youtube.com/watch?v=3vQLviAN52s (https://www.youtube.com/watch?v=3vQLviAN52s)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Outubro 31, 2014, 04:23:24 pm
Citação de: "Instrutor"
Enquanto nao se vir Sukkois (SU-35) ou Migs (MIG35) por estes lados estamos descansados.

Ai vemos como se comportam os nossos F-16

https://www.youtube.com/watch?v=3vQLviAN52s (https://www.youtube.com/watch?v=3vQLviAN52s)
Por estes lados ainda não mas sobre o Báltico... :wink:
Citar
During the afternoon of 29 October, NATO radars detected and tracked a number Russian aircraft flying over the Baltic Sea in international airspace, including 2x MiG-31 Foxhound, 2x Su-34 Fullback, 1x Su-27 Flanker and 2x Su-24 Fencer jets. Portuguese F-16 Fighters assigned to the Baltic Air Policing Mission were scrambled in response and the Russian aircraft returned to Russian airspace.
http://www.atlanticcouncil.org/blogs/natosource/nato-intercepted-19-russian-military-aircraft-today
(http://airheadsfly.com/wp-content/uploads/2013/12/su34-100_sukhoi-1024x682.jpg)
Citação de: "Crypter"
Quero ver se eles um dia se viram mesmo em direcção a Lisboa se ha tomates para fazer o que é preciso..
Se forem direitos a AR passando por Belém e S. Bento, espero que não os tenham no sitio... :twisted:
(http://1.bp.blogspot.com/-CTAY7-CTyj8/UeYz8eg9rJI/AAAAAAAADMk/e8CVL1MV5E8/s1600/1-Os+meus+documentos12.jpg)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Outubro 31, 2014, 11:37:53 pm
:mrgreen:  :mrgreen:

(https://scontent-b-lhr.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/10420214_992331337460797_3339430492801027394_n.jpg?oh=94e924564c728e9b71933c46570b967c&oe=54EF4353)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Novembro 01, 2014, 10:20:40 am
Então hoje não há TU-95 porque é fim de semana e as tripulações foram todas lutar para a Ucrânia ?... :twisted:
(http://lowres.cartoonstock.com/politics-ukraine_crisis-pro_russian-insurgent-militant-supporter-mkan555_low.jpg)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Edu em Novembro 01, 2014, 10:47:03 pm
Aquilo que é de veras mais intrigante para mim é que pelo menos uma das aeronaves (matricula BBC-POCCNN) que foi interceptada no dia 29 foi novamente interceptada no dia 31. Será que a aeronave fez mesmo o caminho todo de volta para a Rússia e voltou passado dois dias? Ou será que as aeronaves russas se mantiveram (de algum modo reabastecidas, não sei bem como) estes dois dias em voo sem voltar à base.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Novembro 01, 2014, 10:53:09 pm
Citação de: "Edu"
Aquilo que é de veras mais intrigante para mim é que pelo menos uma das aeronaves (matricula BBC-POCCNN) que foi interceptada no dia 29 foi novamente interceptada no dia 31. Será que a aeronave fez mesmo o caminho todo de volta para a Rússia e voltou passado dois dias? Ou será que as aeronaves russas se mantiveram (de algum modo reabastecidas, não sei bem como) estes dois dias em voo sem voltar à base.

Segundo o google isso é "Força Aérea Russa" em cirílico  :mrgreen:

(http://img15.hostingpics.net/pics/438442SU356P1110768.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Novembro 01, 2014, 10:59:00 pm
Um dos Tu-95 da parelha de dia 31 era o RF-94130, os outros não dá para perceber porque as fotos são pequenas demais ou estão desfocadas.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Novembro 01, 2014, 11:10:14 pm
Citação de: "Edu"
Aquilo que é de veras mais intrigante para mim é que pelo menos uma das aeronaves (matricula BBC-POCCNN) que foi interceptada no dia 29 foi novamente interceptada no dia 31. Será que a aeronave fez mesmo o caminho todo de volta para a Rússia e voltou passado dois dias? Ou será que as aeronaves russas se mantiveram (de algum modo reabastecidas, não sei bem como) estes dois dias em voo sem voltar à base.

2 dias dentro daquele ruído infernal??!! Coitados.. Se for verdade, saiem dali direito a um hospicio nos Urais!!  :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Nuno Bento em Novembro 02, 2014, 08:18:35 am
Esta já está mais nitida

(http://4.bp.blogspot.com/-D2lAjxasDrA/VFVl8sMGZsI/AAAAAAAANNA/SeZMCwlBmm8/s1600/x26_2091.jpg)

Pena que usem o sidewinder em vez do amraam.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Novembro 02, 2014, 10:05:30 am
Citar
Força Aérea revela novas imagens dos bombardeiros russos
http://www.publico.pt/sociedade/noticia/forca-aerea-revela-novas-imagens-dos-bombardeiros-russos-1674889
(http://imagens1.publico.pt/imagens.aspx/883051?tp=UH&db=IMAGENS)
(http://imagens2.publico.pt/imagens.aspx/883052?tp=UH&db=IMAGENS)
(http://imagens4.publico.pt/imagens.aspx/883054?tp=UH&db=IMAGENS)
(http://imagens3.publico.pt/imagens.aspx/883053?tp=UH&db=IMAGENS)
(http://2.bp.blogspot.com/-s3ARJyikRxw/VFVl_SbmS5I/AAAAAAAANNY/7ucdfCkBpiI/s1600/x22_1608.jpg)
Citar
http://www.passarodeferro.com/2014/11/forca-aerea-divulga-imagens-da.html

Saudações

P.S. Um momento desta vez da Marinha Portuguesa em 1989. :wink: http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?f=38&t=1487&p=248554#p248554
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Novembro 02, 2014, 05:07:03 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Edu em Novembro 02, 2014, 08:31:24 pm
Citação de: "PereiraMarques"
Citação de: "Edu"
Aquilo que é de veras mais intrigante para mim é que pelo menos uma das aeronaves (matricula BBC-POCCNN) que foi interceptada no dia 29 foi novamente interceptada no dia 31. Será que a aeronave fez mesmo o caminho todo de volta para a Rússia e voltou passado dois dias? Ou será que as aeronaves russas se mantiveram (de algum modo reabastecidas, não sei bem como) estes dois dias em voo sem voltar à base.

Segundo o google isso é "Força Aérea Russa" em cirílico  :oops:  , pensava ser a matricula da aeronave.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Novembro 02, 2014, 09:37:41 pm
Pelo que percebi nas noticias, esta segunda visita dos Russos foi detectada pelos nossos radares. Certo?

Como passaram eles pelo norte da Europa sem ninguém dar conta??

É que na primeira, nós fomos avisados para continuar uma perseguição que já vinha da Noruega.. No segundo caso pelas noticias, isso não aconteceu.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Johnnie em Novembro 03, 2014, 11:58:02 am
Citação de: "Crypter"
Pelo que percebi nas noticias, esta segunda visita dos Russos foi detectada pelos nossos radares. Certo?

Como passaram eles pelo norte da Europa sem ninguém dar conta??

É que na primeira, nós fomos avisados para continuar uma perseguição que já vinha da Noruega.. No segundo caso pelas noticias, isso não aconteceu.


Sabem lá as noticias desses detalhes  :D
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Novembro 03, 2014, 06:29:18 pm
Citação de: "Johnnie"
Citação de: "Crypter"

Sabem lá as noticias desses detalhes  :D

mas foram detectados ou não?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Instrutor em Novembro 03, 2014, 09:12:39 pm
Sim foram por radares da Noruega, Escócia, Portugal e Turquia
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 03, 2014, 09:23:10 pm
Citação de: "Instrutor"
Sim foram por radares da Noruega, Escócia, Portugal e Turquia

Turquia? Se for este acredito :mrgreen: .

(http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b8/Turkish_Air_Force_Boeing_737-700_KvW.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 04, 2014, 03:34:55 pm
Na verdade eles também tentaram voar sobre a Turquia.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 04, 2014, 06:22:27 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Na verdade eles também tentaram voar sobre a Turquia.

Sim, mas não foi o mesmo grupo que passou por cá, foi um outro grupo que andou a voar pelo Mar Negro, e a pergunta até é referente à 2ª passagem dos Tu-95 por cá, em que nos jornais nem se comentou o percurso nem quais os países que também fizeram descolar caças, mas ou eles descobriram algum "buraco" na rede de defesa aérea da NATO, ou teletransporte, ou devem ter feito exactamente o mesmo percurso que o 1º grupo, e como é igual os jornais não se quiseram repetir.

Porque se estamos a falar de todos os grupos então também se pode adicionar os radares nos Bálticos e provavelmente na Polónia, e até Suécia e Finlândia apesar desses não serem NATO.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 06, 2014, 09:54:00 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "mafets"
C-295 ( já tinha falado nos P-3 Cub...  :twisted:

http://www.passarodeferro.com/2014/11/m ... orcas.html (http://www.passarodeferro.com/2014/11/ministro-da-defesa-visita-forcas.html)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Novembro 06, 2014, 10:32:31 pm
Fala-se que a vinda dos Russos tem a ver com o facto de termos F-16 (e agora o P-3..) nas suas fronteiras.

Não digo que não seja um dos motivos, mas não será que o facto de muito recentemente se ter firmado um acordo histórico que irá permitir aos estados membros a exportação de energia também terá a ver com isso?

Portugal (e Espanha) são sem dúvida nenhuma, os potenciais grandes fornecedores da Europa da chamada energia renovável.. Não irá mexer isso com o bolso dos Russos?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Novembro 07, 2014, 09:39:57 am
Ora aí está uma questão esquecida por muitos mas que no fundo é aquilo a que tudo se resume! Guerra económica.
A península Ibérica como ponte de ligação para a alternativa ao gás russo.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Novembro 07, 2014, 11:08:14 am
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Lightning"
Citação de: "mafets"
C-295 ( já tinha falado nos P-3 Cub...  :twisted:

http://www.passarodeferro.com/2014/11/m ... orcas.html (http://www.passarodeferro.com/2014/11/ministro-da-defesa-visita-forcas.html)
Toma-la ó Putin. Vá, agora um TU-160 para as Lajes... :twisted:
(https://engineeringrussia.files.wordpress.com/2014/06/rewalls-com_29009.jpg)
Citação de: "HSMW"
Ora aí está uma questão esquecida por muitos mas que no fundo é aquilo a que tudo se resume! Guerra económica.
A península Ibérica como ponte de ligação para a alternativa ao gás russo.
Ah pois é. Ainda por cima agora que o preço do "Petroil" desce a olhos vistos (http://www.themoscowtimes.com/business/article/putin-suggests-drop-in-oil-prices-caused-by-political-manipulation/510776.html), uma diminuição no consumo de gás russo pela Europa é um desastre para o Kremlin que já vive das reservas financeiras. Ou a situação se inverte ou só de balão e barco a remos é que as F.A. da Rússia passam em breve a patrulhar as fronteiras da NATO. :twisted:
(http://www.guy-sports.com/fun_pictures/elastic_cut.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Novembro 07, 2014, 12:38:38 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Novembro 19, 2014, 09:09:44 pm
https://m.facebook.com/photo.php?fbid=10152923431379905#!/photo.php?fbid=10152923431379905&id=343298254904&set=a.418595079904.182433.343298254904
La anda o P3cub da fap a patrulhar o Baltico nas barbas dos russos :twisted:
(https://fbcdn-photos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpa1/v/t1.0-0/1920022_10152923431379905_6368113874955178293_n.jpg?oh=ecb82b33c1b229a5000c0aca06b89cae&oe=55141E75&__gda__=1427359263_c3f266e108e84624827ccd5fe379ac65)
Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Dezembro 05, 2014, 08:17:22 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Spotter21 em Janeiro 01, 2015, 05:07:13 pm
Termina hoje, dia 1 de Janeiro de 2015, a missão de Policiamento Aéreo do Báltico, que durante 4 meses teve Portugal na liderança da missão, onde também fizeram parte o Canadá, Holanda e Alemanha.O processo de transferência realizou-se na Base Aérea de Siauliai ontem dia 31.

http://cannontwo.blogspot.pt/2015/01/po ... c-air.html (http://cannontwo.blogspot.pt/2015/01/portugal-regressa-casa-baltic-air.html)

Um abraço

Jorge Ruivo
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Janeiro 09, 2015, 04:44:56 pm
https://twitter.com/Lusa_noticias/status/553569537094721537
Citar
Contigente militar e avião C-295 partem segunda-feira para missão no Mali - EMGFA  (http://www.lusa.pt (http://www.lusa.pt) )
(https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xap1/v/t1.0-9/10906226_10153074427724905_3209798585690886949_n.jpg?oh=95d014a742186193700a39e738290992&oe=556F5062&__gda__=1429101111_01b94cb9ebf242aed2335ee6415cb1b3)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 12, 2015, 09:59:14 pm
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2015/janeiro/12jan15-mali-minusma-2015-vers-2_2386_tb_960x400.tb)

Citar
41 militares da Força Aérea Portuguesa partiram no dia 12 de Janeiro de 2015 para o Mali, para integrarem a missão MINUSMA (United Nations Multidimensional Integrated Stabilization Mission in Mali).

A cerimónia de partida teve lugar na Base Aérea N.º 6 (Montijo) e foi presidida pelo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, General Artur Pina Monteiro, que fez questão de desejar sucesso aos militares da primeira missão Nacional fora do país em 2015. O Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, General José António de Magalhães Araújo Pinheiro, também esteve na cerimónia e despediu-se pessoalmente de todos os seus homens.

A Força Nacional Destacada, composta por 47 elementos (41 da Força Aérea e seis do Exército), estará quatro meses neste país africano, sob a égide das Nações Unidas. O contingente é composto, para além dos militares, por uma aeronave C-295M da Esquadra 502 – “Elefantes”.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 12, 2015, 10:06:04 pm
Governo de Cabo Verde anuncia inquérito a naufrágio de navio

Citar
O Governo cabo-verdiano anunciou hoje que vai apurar responsabilidades sobre o naufrágio, na quinta-feira, do navio Vicente, mas vai continuar a dar prioridade às operações de busca e salvamento.

Numa conferência de imprensa, a ministra das Infraestruturas e Economia Marítima de Cabo Verde, Sara Lopes, confirmou o resgate de 10 sobreviventes e de um cadáver, que há indicações de mais duas mortes, cujos corpos estão ainda por encontrar, e de 13 desaparecidos.

O navio Vicente afundou-se na quinta-feira a quatro milhas do porto de Vale dos Cavaleiros, em São Filipe, na ilha cabo-verdiana do Fogo, com 21 tripulantes e cinco passageiros, desconhecendo-se, oficialmente, as razões do acidente, em que tem ganhado força a tese de sobrecarga, segundo as palavras do 2.º piloto da embarcação, resgatado na sexta-feira com vida, após mais de 12 horas no mar.

As operações de busca e salvamento, com meios navais e aéreos - entre eles um P-3 Orion, português -, vão prosseguir ao longo dos próximos dias, assegurou Sara Lopes, nada adiantando sobre a esperança de se encontrar mais sobreviventes.

Sobre o apuramento de responsabilidades, Sara Lopes insistiu que a prioridade, agora, é prosseguir com as operações de busca e salvamento, assegurando que, paralelamente, já decorrem averiguações, nomeadamente a vários tripulantes e passageiros sobreviventes.

"Todo o foco está nas operações de busca. Mas, depois, numa segunda fase, haverá apuramento de responsabilidades. O Governo criou uma comissão independente para efetuar uma investigação rigorosa e já foram ouvidos alguns tripulantes, cujos depoimentos estão já registados em autos", afirmou.

"As responsabilidades serão apuradas no quadro legal vigente, quer através do Agência Marítima Portuária (AMP), quer de medidas excecionais do Governo, quer ainda do próprio Ministério Público", acrescentou a governante cabo-verdiana.

Sara Lopes escusou-se a comentar as críticas da oposição cabo-verdiana, sobretudo do Movimento para a Democracia (MpD), que exigiu responsabilidades técnicas e políticas ao Governo pelo naufrágio de quinta-feira e de outros quatro acidentes nos últimos dois anos.

Segundo o líder do MpD, Ulisses Correia e Silva, os vários acidentes marítimos registados nos últimos anos nas águas cabo-verdianas colocam a nu as fragilidades na regulação e supervisão do setor marítimo e portuário cabo-verdiano.

"Há que assacar responsabilidades. As responsabilidades não devem ser só técnicas, de quem está envolvido, nomeadamente o capitão do barco ou a companhia, mas também políticas. Espero que o Governo esteja à altura de tirar as consequências desde acidente", exigiu.

Sara Lopes, sem responder a Correia e Silva, admitiu que há "fragilidades" na marinha mercante cabo-verdiana, mas adiantou que o Governo está a proceder a uma revisão do quadro legal do setor marítimo, apoiado tecnicamente pelo Banco Mundial (BM).

http://www.dnoticias.pt/actualidade/mun ... o-de-navio (http://www.dnoticias.pt/actualidade/mundo/491675-governo-de-cabo-verde-anuncia-inquerito-a-naufragio-de-navio)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 13, 2015, 01:18:00 am
Citação de: "Lightning"
Governo de Cabo Verde anuncia inquérito a naufrágio de navio

Citar
O Governo cabo-verdiano anunciou hoje que vai apurar responsabilidades sobre o naufrágio, na quinta-feira, do navio Vicente, mas vai continuar a dar prioridade às operações de busca e salvamento.

Numa conferência de imprensa, a ministra das Infraestruturas e Economia Marítima de Cabo Verde, Sara Lopes, confirmou o resgate de 10 sobreviventes e de um cadáver, que há indicações de mais duas mortes, cujos corpos estão ainda por encontrar, e de 13 desaparecidos.

O navio Vicente afundou-se na quinta-feira a quatro milhas do porto de Vale dos Cavaleiros, em São Filipe, na ilha cabo-verdiana do Fogo, com 21 tripulantes e cinco passageiros, desconhecendo-se, oficialmente, as razões do acidente, em que tem ganhado força a tese de sobrecarga, segundo as palavras do 2.º piloto da embarcação, resgatado na sexta-feira com vida, após mais de 12 horas no mar.

As operações de busca e salvamento, com meios navais e aéreos - entre eles um P-3 Orion, português -, vão prosseguir ao longo dos próximos dias, assegurou Sara Lopes, nada adiantando sobre a esperança de se encontrar mais sobreviventes.

Sobre o apuramento de responsabilidades, Sara Lopes insistiu que a prioridade, agora, é prosseguir com as operações de busca e salvamento, assegurando que, paralelamente, já decorrem averiguações, nomeadamente a vários tripulantes e passageiros sobreviventes.

"Todo o foco está nas operações de busca. Mas, depois, numa segunda fase, haverá apuramento de responsabilidades. O Governo criou uma comissão independente para efetuar uma investigação rigorosa e já foram ouvidos alguns tripulantes, cujos depoimentos estão já registados em autos", afirmou.

"As responsabilidades serão apuradas no quadro legal vigente, quer através do Agência Marítima Portuária (AMP), quer de medidas excecionais do Governo, quer ainda do próprio Ministério Público", acrescentou a governante cabo-verdiana.

Sara Lopes escusou-se a comentar as críticas da oposição cabo-verdiana, sobretudo do Movimento para a Democracia (MpD), que exigiu responsabilidades técnicas e políticas ao Governo pelo naufrágio de quinta-feira e de outros quatro acidentes nos últimos dois anos.

Segundo o líder do MpD, Ulisses Correia e Silva, os vários acidentes marítimos registados nos últimos anos nas águas cabo-verdianas colocam a nu as fragilidades na regulação e supervisão do setor marítimo e portuário cabo-verdiano.

"Há que assacar responsabilidades. As responsabilidades não devem ser só técnicas, de quem está envolvido, nomeadamente o capitão do barco ou a companhia, mas também políticas. Espero que o Governo esteja à altura de tirar as consequências desde acidente", exigiu.

Sara Lopes, sem responder a Correia e Silva, admitiu que há "fragilidades" na marinha mercante cabo-verdiana, mas adiantou que o Governo está a proceder a uma revisão do quadro legal do setor marítimo, apoiado tecnicamente pelo Banco Mundial (BM).

http://www.dnoticias.pt/actualidade/mun ... o-de-navio (http://www.dnoticias.pt/actualidade/mundo/491675-governo-de-cabo-verde-anuncia-inquerito-a-naufragio-de-navio)

Citar
Aeronave P-3C CUP+ procura sobreviventes do navio naufragado ao largo da Ilha do Fogo.

A aeronave P-3 Orion, da Esquadra 601 "Lobos", participa desde ontem nas operações de busca e salvamento, na sequência do naufrágio do navio "Vicente" ao largo da ilha do Fogo, que transportava 26 pessoas a bordo.

Facebook da Força Aérea Portuguesa
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Janeiro 13, 2015, 02:01:33 pm
Reportagem da partida do C-295M para o MMMMali :)

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 13, 2015, 08:49:43 pm
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2015/janeiro/12jan15-p3-cabo-verde_2199_tb_960x400.tb)

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/2015/janeiro/eow-tacco-20150110-102041_2360.jpg)

Citar
A aeronave P3C Cup+ foi mobilizada no dia 10 de janeiro para reforçar a missão de Busca e Salvamento em Cabo Verde, na sequência do naufrágio que envolveu o navio “Vicente”, dia 08 de janeiro, a sudoeste da ilha do Fogo. A aeronave da Esquadra 601 foi ativada ao abrigo do protocolo entre os dois países, que contempla a fiscalização conjunta dos espaços marítimos e colaboração em missões de busca e salvamento.

Durante dois dias, o P3C Cup+ foi utilizado para localizar passageiros e tripulantes desaparecidos, em colaboração com outros meios aéreos que iniciaram buscas logo após o incidente e conseguiram resgatar várias pessoas com vida.

No primeiro dia de buscas, a aeronave portuguesa permitiu a detecção de destroços, coletes e balsas salva-vidas. No dia seguinte, 11 de janeiro, a aeronave dos “Lobos” descolou rumo a uma nova área atribuída pelo Centro de Operações de Segurança Maritima (COSMAR), a 250 milhas náuticas a sudoeste da ilha Brava.

Após reporte do resultado das buscas ao COSMAR, a aeronave da Esquadra 601 abandonou a área e dirigiu-se para a ilha do Sal, a fim de abastecer e voltar a descolar rumo à Base Aérea N.º11, em Beja.

Nos dois dias de missão, realizaram-se 21 horas de voo.

Cerca de 60 % da tripulação envolvida nas buscas regressa a Cabo Verde no dia 13 de janeiro para participar na Operação JUNCTION RAIN - African Maritime Law Enforcement Partnership (AMLEP) 2015. Nesta operação, Portugal vai trabalhar em parceria com as nações de Cabo Verde, Estados Unidos da América, Senegal e Gana contra atividades de pesca ilícita, tráfico e pirataria.

http://www.emfa.pt/www/noticia-759-p3c- ... cabo-verde (http://www.emfa.pt/www/noticia-759-p3c-cup-mobilizado-para-buscas-em-cabo-verde)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 13, 2015, 09:07:12 pm
Citar
A Esquadra 601 - "Lobos" partiu hoje para a Cabo Verde com o objetivo de participar na Operação JUNCTION RAIN - African Maritime Law Enforcement Partnership (AMLEP) 2015.

Nesta operação, Portugal vai trabalhar em parceria com as nações de Cabo Verde, Estados Unidos da América, Senegal e Gana contra atividades de pesca ilícita, tráfico e pirataria.

Facebook da Força Aérea
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Janeiro 13, 2015, 09:15:39 pm
Citação de: "Lightning"
Citar
A Esquadra 601 - "Lobos" partiu hoje para a Cabo Verde com o objetivo de participar na Operação JUNCTION RAIN - African Maritime Law Enforcement Partnership (AMLEP) 2015.

Nesta operação, Portugal vai trabalhar em parceria com as nações de Cabo Verde, Estados Unidos da América, Senegal e Gana contra atividades de pesca ilícita, tráfico e pirataria.

Facebook da Força Aérea

A esquadra inteira?  :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Janeiro 23, 2015, 09:08:14 pm

Unclassified video filmed from Portuguese AF P-3 Orion shows Russian Air Force Su-27 intercept the Maritime Patrol Aircraft over the Baltic Sea.
Credit: Portuguese Air Force
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Janeiro 23, 2015, 11:13:41 pm
ui alguém teve que mudar de cuecas 2x naquele dia  :roll:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Janeiro 23, 2015, 11:43:13 pm
Não vejo porquê...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Janeiro 24, 2015, 01:05:05 pm
Citação de: "night_runner"
Não vejo porquê...

DScp lá, eu nunca tive uma situação semelhante, mas ter uma escolta destas não deixa, de certeza, de dar um pequeno nó no estomago..
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 24, 2015, 06:34:34 pm
Citação de: "Crypter"
Citação de: "night_runner"
Não vejo porquê...

DScp lá, eu nunca tive uma situação semelhante, mas ter uma escolta destas não deixa, de certeza, de dar um pequeno nó no estomago..

O Russo portou-se bem porque deve ter apanhado no radar 4 F-16 portugueses prontos a cair-lhe em cima se tivesse alguma ideia parva :mrgreen:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Janeiro 24, 2015, 11:36:25 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Crypter"
Citação de: "night_runner"
Não vejo porquê...

DScp lá, eu nunca tive uma situação semelhante, mas ter uma escolta destas não deixa, de certeza, de dar um pequeno nó no estomago..

O Russo portou-se bem porque deve ter apanhado no radar 4 F-16 portugueses prontos a cair-lhe em cima se tivesse alguma ideia parva :mrgreen:
Além dos Cf18 canadianos. Por isso toca a piar fininho... :wink:
(http://cdnau.ibtimes.com/sites/au.ibtimes.com/files/styles/v2_article_large/public/2015/01/16/456570-portuguese-air-force-fighter-f-16-r-and-canadian-air-force-fighter-cf-.jpg?itok=tO2FS60t)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Janeiro 25, 2015, 01:27:41 am
Citação de: "Crypter"
Citação de: "night_runner"
Não vejo porquê...

DScp lá, eu nunca tive uma situação semelhante, mas ter uma escolta destas não deixa, de certeza, de dar um pequeno nó no estomago..
Bem, de mudar as cuecas 2x a dar um nó no estômago já vai uma grande diferença mesmo assim ;)

Quando existe profissionalismo (e a 601 tem-no aos magotes!) não sobra muito espaço para emoções. Do lado russo idem por certo. Duas unidades, duas estruturas distintas, cada uma a fazer o seu trabalho. E, claro, eles não estão em conflito, não há um risco maior para as suas vidas do que em qualquer outro voo que façam. Eles também não estão "sozinhos" lá em cima. Aquelas imagens certamente estariam a ser acompanhadas em tempo real por muita gente...

O coração deve bater mais depressa sim quando estão a centenas de milhas da costa depois de estarem à mais de 10 horas numa missão SAR no meio do "lago" e a saberem que já só vão aterrar para lá do "bingo"...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Janeiro 25, 2015, 12:46:11 pm
Citação de: "night_runner"
Bem, de mudar as cuecas 2x a dar um nó no estômago já vai uma grande diferença mesmo assim ;)!!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Janeiro 25, 2015, 03:52:29 pm
Não fazia ideia que a FA Norueguesa também já fazia o teste do balão! :mrgreen:

Então e quer dizer também que o piloto do J-8 chinês que abalroou um P-3 americano há uns anos estava carregado de saki??  :D

Estórias há muitas, e se é pa falar de estórias dessas então acredite que não precisamos de "sair" de Portugal!!hehe
O certo é que operar máquinas daquelas sem estar perto dos 100% de forma é muito dificil...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Janeiro 25, 2015, 06:08:59 pm
Citação de: "night_runner"
Não fazia ideia que a FA Norueguesa também já fazia o teste do balão! :mrgreen:

Então e quer dizer também que o piloto do J-8 chinês que abalroou um P-3 americano há uns anos estava carregado de saki??  :mrgreen:  :wink:

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Janeiro 25, 2015, 09:04:21 pm
Agora podia armar-me em Mafarrico e encher isto de links sobre historias de pilotos civis e militares bêbados.. Mas não vale a pena   c34x
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Janeiro 25, 2015, 09:14:56 pm
Citação de: "Crypter"
Agora podia armar-me em Mafarrico e encher isto de links sobre historias de pilotos civis e militares bêbados.. Mas não vale a pena   :mrgreen:   :wink:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Janeiro 27, 2015, 02:47:14 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 27, 2015, 03:07:59 pm
Farfalha... a.k.a. Gunny! :G-beer2:

(http://4.bp.blogspot.com/-sk9Tnmj4NNs/U3Ky13p1c_I/AAAAAAAADHU/Cch0LrdsA5g/s1600/gunny.png)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 29, 2015, 02:22:45 am
C-295M a operar no norte do Mali

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2015/janeiro/28jan15-minusma-2015-mali_630_tb_960x400.tb)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 06, 2015, 09:40:55 am

Citar
FORÇA AÉREA PORTUGUESA - JATO F.16 X MIG.29 Vídeo do Jato F.16 da Força Aérea Portuguesa a serviço de patrulhamento da Otan no mar Báltico, Lituania, versus Mig.29
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Edu em Fevereiro 06, 2015, 11:41:12 am
Era Russo o Mig-29?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Fevereiro 06, 2015, 12:01:29 pm
Citação de: "Edu"
Era Russo o Mig-29?
Era polaco.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Instrutor em Fevereiro 06, 2015, 01:40:03 pm
Nada melhor que treinar com as armas que usa o inimigo.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: pchunter em Fevereiro 08, 2015, 12:28:01 pm
Grandes imagens, mas quem é que ganhou? :lol:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 13, 2015, 10:22:06 pm
Citar
REAL THAW  vai-se realizar em Beja. Como bem sabe, o RT é o exercício da FA que prepara, certifica e apronta as unidades aéreas e respetivas tripulações.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 16, 2015, 03:23:23 pm
http://www.passarodeferro.com/2015/02/e ... m2015.html (http://www.passarodeferro.com/2015/02/eatt-2015-ganha-forma-m1796-32pm2015.html)

Mais informação sobre o European Air Transport Training (EATT 15) que se vai realizar este ano na BA11 - Beja.

Destaco:
Citar
Ao todo 11 países marcarão presença em Beja, com as seguintes aeronaves:
1.Bélgica (1x C-130H)
2.Alemanha (1x C-160D)
3. Finlândia (1x C-295)
4.França (1x C-130H, 1x CN235)
5. Itália (1x C-130J)
6. Lituânia (1x C-27J)
7.Países Baixos (1x C-130H)
8.Portugal (1x C-130H, 1x C295)
9.Roménia (1x C-27J)
10.Suécia (2x C-130H)
11.Reino Unido (1x C-130J)

Citar
Uma novidade neste exercício anual, é a inclusão de tropas pára-quedistas das nações participantes, que aproveitarão a oportunidade para  realizar treinos em ambiente multinacional

Cabeça de Martelo parece que a tua tropa vai encher a barriga de saltos :mrgreen: deve dar umas boas fotografias.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Fevereiro 16, 2015, 03:54:11 pm
Agora os exercícios são todos em Beja ?  :twisted:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 16, 2015, 05:39:11 pm
Citação de: "Alvalade"
Agora os exercícios são todos em Beja ?  :twisted:

Parece que sim, eu se tivesse que adivinhar até diria que é jogada de "marketing", já que o governo quer alguém que pegue naquilo e invista lá.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Fevereiro 16, 2015, 06:08:49 pm
Podem aproveitar para fazer "marketing" àquilo, mas o principal motivo deve ser dado às condições atmosféricas mais favoráveis, espaço aéreo, tráfico aéreo civil na área, e tamanho da base.

[sarcasmo] Ainda bem que o elevado volume de tráfico civil do aeroporto de Beja não coloca em causa a actividade militar na base. [/sarcasmo]

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 04, 2015, 09:37:47 pm
4 F-16 para a Roménia durante 2 meses.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interi ... Q.facebook (http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4433759#.VPdmUw-NeeQ.facebook)

A noticia está um bocado mal escrita e é confusa pois mistura a missão do Exército na Lituânia com esta missão na Roménia e ainda fala ali no meio de policiamento dos Bálticos. E pensava eu que os jornalistas deviam ser bons na escrita :mrgreen: .
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Março 07, 2015, 10:21:51 am
Citar
Breaking news: Portuguese F-16s will perform Air Policing” over Bulgaria?

A week ago the Prime Minister of Romania Victor Ponta send a request to the Council of Ministers of Portugal for four F-16 fighters and 160 Air Force personnel to take part in air patrol missions of NATO in Romania.

And whether the Bulgarian premier Boyko Borisov will not send such a request to the same addressee? According to the sources of PAN.BG military site the Portuguese Air Force is the most politically acceptable partner of Bulgaria to take temporarily "Air Policing" commitments. Other options will cause a serious reaction from the Bulgarian patriotic parties and might undermine the fragile governing coalition.

Romania currently experiences difficulties to maintain its “Air Policing” commitments and achieving full operation capability (FOC) of the recently purchased (but still not received) 12 F-16 MLUs will take some years.

Bulgarian MiG-29s, that currently perform “Air Policing “, soon will be grounded due to lack of spare parts, delayed overhaul and the impossibility to provide logistic support. And it is not because there is no wish on the part of the Ministry of Defense and Air Force, but because Bulgarian Government fulfills the imposed sanctions by EU (prompted by the Ukrainian crisis) on the import of dual use articles from Russia.

The Interministerial Commission for the control of trade of special products fully implements the EU Directive regarding the sanctions against Russia.
And secondly - Russia itself has taken reciprocal actions and will hardly feel comfortable to maintain combat aircraft of a country whose ministers in January denounced Russia as an enemy and are part of anti-Russian bloc.

Regretfully all these facts will make the magnificent MiG-29 fighter unusefull to the Bulgarian Air Force. So it is more than urgent to find replacement of that combat aircraft.
Most likely Portuguese Air Force will perform part of Bulgarian “Air Policing” commitments.

Or USAF, after some successful bilateral exercises (as it happened last year), will remain for “extended period of time” and take responsibility for the Bulgarian air sovereignty. But this option would marginalize Bulgarian Air Force and their 103 years of history.

It would be a good decision if the money for MiG-29 repair be shifted for the start of the acquisition of new multirole fighter. The top priority for the defence minister Nenchev must be securing financing for the purchase of new fighter aircraft and to start direct talks with the perspective providers. The military expertise has been done several times in the last ten years. By coincidence the chief of the last expert group was the current Commender of the Bulgarian Air Force Major General Rumen Radev.
It would be appropriate that in May the National Assembly to vote firstly for INEVITABLE request for Portuguese F-16 MLU (or other countries) to take the “Air Policing” commitments and secondly – a decision to purchase new multirole fighter.

So within two years and with that Government still in power it might be possible for Bulgaria to regain its air sovereignty and fulfill its commitments towards NATO.
And during those two years, after failing to provide money for Bulgarian Air Force, we will pay twice more to a foreign Air Force to guard our air space.

- See more at: http://pan.bg/view_article-41-28274-en- ... 8jmNP.dpuf (http://pan.bg/view_article-41-28274-en-Breaking-news-Portuguese-F-16s-will-perform-Air-Policing-over-Bulgaria.htmlBreaking#sthash.c898jmNP.dpuf)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 07, 2015, 12:37:19 pm
E fomos nós vender F-16 à Roménia, daqui a pouco não temos aviões para tantas solicitações, Bálticos, Roménia, Bulgária, se pagarem bem isto é uma mina de ouro, ainda pomos a Força Aérea a dar lucro :mrgreen: .
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Março 07, 2015, 08:01:44 pm
Citação de: "Lightning"
E fomos nós vender F-16 à Roménia, daqui a pouco não temos aviões para tantas solicitações, Bálticos, Roménia, Bulgária, se pagarem bem isto é uma mina de ouro, ainda pomos a Força Aérea a dar lucro c34x  c34x
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Março 07, 2015, 08:58:46 pm
Citação de: "Crypter"
Citação de: "Lightning"
E fomos nós vender F-16 à Roménia, daqui a pouco não temos aviões para tantas solicitações, Bálticos, Roménia, Bulgária, se pagarem bem isto é uma mina de ouro, ainda pomos a Força Aérea a dar lucro c34x  :roll: ).
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Março 07, 2015, 10:33:43 pm
Citar
Comunicat de presă
(4 martie 2015)

Ref.: Președintele României a trimis Parlamentului decizia luată în cadrul CSAT privind staționarea pe teritoriul național a unor forțe și mijloace militare ale armatei portugheze

Președintele României, domnul Klaus Iohannis, a trimis Parlamentului spre informare, conform legii, decizia luată în cadrul CSAT privind staționarea pe teritoriul național a unor forțe și mijloace militare ale armatei portugheze. În temeiul și în condițiile Legii nr. 291/2007 privind intrarea, staționarea, desfășurarea de operațiuni sau tranzitul forțelor armate străine pe teritoriul României, Președintele României a aprobat propunerile Prim-ministrului referitoare la intrarea și staționarea pe teritoriul României, în perioada mai-iunie 2015, a patru avioane F-16 Falcon și a personalului aferent (aproximativ 150 persoane, militari și civili) în scopul pregătirii și desfășurării misiunilor de Poliție Aeriană NATO.

Ministerul Apărării Naționale împreună cu Ministerul Afacerilor Externe vor iniția demersurile necesare pentru încheierea unor înțelegeri prin care să se stabilească aspectele de natură financiară, modalitatea de asigurare a sprijinului națiunii gazdă și aranjamentele de comandă-control în care pot acționa forțele/mijloacele aeriene portugheze, inclusiv modul de intervenție împotriva aeronavelor care utilizează neautorizat spațiul aerian al României/NATO.
Decizia a fost luată în cadrul ședinței CSAT din data de 3 martie a.c.

Departamentul de Comunicare Publică
04 Martie 2015


Imprensa diretório release (04 de março de 2015)
Ref.: Presidente da Roménia enviou ao Parlamento na decisão CSAT nas forças estacionadas no território nacional do Exército Português e significa
Ministério da Defesa e do Ministério dos Negócios Estrangeiros vai iniciar as medidas necessárias para que os cartéis resolver as questões financeiras, como garantir o apoio do país de acolhimento e aos mecanismos de comando e controle que podem atuar forças meios aéreos / portugueses, incluindo a forma de intervir contra as aeronaves não autorizadas utilizando o espaço aéreo romeno / NATO
Departamento de Comunicação Pública
04 março de 2015
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Março 08, 2015, 12:08:40 am
Em tempos, para ir até à Guiné resgatar cidadãos lusos tivemos que encostar as fragatas e cancelar exercícios pois o dinheiro foi gasto nessa missão, No Afeganistão esticamos tanto, que já nem tínhamos veículos em Portugal suficientes para um treinamento adequado. Será não nos estamos a esticar muito outra vez???
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Março 08, 2015, 11:33:57 pm
Citar
Um grupo de militares portugueses estava no restaurante da capital do Mali atacado na madrugada de sábado, revelou hoje fonte das Forças Armadas, adiantando que apenas um dos portugueses sofreu ferimentos ligeiros devido a uma queda.

Na madrugada de sábado, um homem armado entrou no restaurante de Bamako disparando contra as pessoas que se encontravam no interior, provocando cinco mortos: um francês, um belga e três malianos.

No momento do ataque encontrava-se no bar “um grupo de militares portugueses”, referiu em comunicado o porta-voz do Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).

Ainda de acordo com a nota do EMGFA, todos os militares portugueses estão "de perfeita saúde, tendo apenas um militar sofrido escoriações ligeiras em resultado de uma queda”.

A força da ONU no Mali integra actualmente 47 militares portugueses, que se encontram no país desde Janeiro numa missão militar com a duração de quatro meses.

O objectivo da missão é apoiar a população em questões relacionadas com o transporte de cargas, com o reabastecimento de víveres e apoio sanitário.

Lusa / SOL
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 16, 2015, 07:54:26 pm
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2015/marco/minusma-mali_1619_tb_960x400.tb)

Citar
C-130 rende C-295 em Força Nacional Destacada no Mali

A aeronave C-130 substituiu a aeronave C-295M na Força Nacional Destacada por Portugal na MINUSMA (United Nations Multidimensional Integrated Stabilization Mission in Mali), no Mali.

No dia 15 de Março de 2015 decorreu a cerimónia de partida para o Mali do destacamento que integra militares portugueses da Força Aérea e do Exército. Esta nova força renderá uma outra que cumpriu a sua missão naquele país e que regressa a Portugal. Desta vez, para além da troca de meios humanos, também a aeronave será trocada: o C-130 H, da Esquadra 501 – “Bisontes” substitui o C-295 M, da Esquadra 502 – “Elefantes”.

http://www.emfa.pt/www/noticia-790-c-13 ... da-no-mali (http://www.emfa.pt/www/noticia-790-c-130-rende-c-295-em-forca-nacional-destacada-no-mali)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 18, 2015, 12:10:29 am
Citar
Força Aérea Portuguesa junta-se à fragata Bartolomeu Dias para exercícios no Golfo da Guiné

Um avião da força aérea portuguesa P3 Orion juntou-se hoje à fragata Bartolomeu Dias para participar na operação Obangame Express que vai decorrer no Golfo da Guiné.

"Estamos cá com um avião P3 C da Força Aérea Portuguesa, com 26 militares, em que para além da participação do exercício multinacional faremos cooperação técnico-militar com São Tomé e Príncipe", disse à Lusa o piloto-aviador Fernando Rocha.

"Ajudaremos a contribuir para a fiscalização das águas de São Tomé, contribuindo nesse esforço que é na generalidade o combate às atividades ilegais que existem em toda a zona marítima no golfo da guiné", acrescentou.

Fernando Rocha, que juntamente como o comandante da fragata Bartolomeu Dias, foi recebido hoje pelo ministro da Defesa e do Mar são-tomense, Carlos Stock, explicou que o seu aparelho está equipado para detetar atividades ilícitas no mar a uma atitude de 10 mil pés e comunicar "às autoridades são-tomenses para agirem em conformidade".

A tripulação da fragata Bartolomeu Dias deu inicio hoje a dois dias de aulas e palestras a bordo do navio sobre missões de vigilância e fiscalização com o pessoal da Guarda Costeira são-tomense.

"É sempre para nós, Marinha Portuguesa, ao abrigo dos acordos entre Portugal e São Tomé e Príncipe desenvolver diversas ações de cooperação com a Guarda Costeira no que diz respeito à formação, treino para apoiar as autoridades locais na promoção da segurança marítima das suas águas", disse por seu lado o comandante da Fragata Bartolomeu Dias, Cavaleiro Ângelo.

Para esta quarta-feira estão agendados exercícios de recuperação de náufragos e processo de fiscalização nas 200 milhas marítimas da Zona Económica Exclusiva de São Tomé.

"No navio temos um conjunto de capacidades que vamos colocar ao dispor da Guarda Costeira de São Tomé, designadamente em termos de formação, treino, operações de mergulhos em procedimentos de busca e salvamento, de fiscalização, de vigilância marítima", concluiu Cavaleiro Ângelo.

http://www.sapo.pt/noticias/forca-aerea ... 6c0c6b2901 (http://www.sapo.pt/noticias/forca-aerea-portuguesa-junta-se-a-fragata_550741e7fb22aa6c0c6b2901)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Março 18, 2015, 12:13:17 pm
Uma vez que São Tomé não queria ser independente e visto que metade da tropa vai andar por lá, eu não me importava que eles voltassem à pátria mãe.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Março 18, 2015, 01:37:07 pm
Citação de: "nelson38899"
Uma vez que São Tomé não queria ser independente e visto que metade da tropa vai andar por lá, eu não me importava que eles voltassem à pátria mãe.

- 90% orçamento anual de STP é constituido por doações estrangeiras
- O indice de desenvolvimento continua descer
- A formação superior (a pouca que há) é feita em Portugal
- As principais empresas são quase todas controladas por empresas portuguesas
- Só conseguem manter uma moeda estavel às custas de Portugal
- Sempre que é preciso qualquer coisa tem que ser o "parceiro principal" a pagar
- As forças de Segurança/Defesa vivem em grande parte às custas da nossa solidariedade.

etc etc...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Março 23, 2015, 03:08:46 pm
Citar
A Força Aérea está a substituir a pistola Walther p38 pela H&K USP.

(https://scontent.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/v/t1.0-9/11082515_557592204380608_3378897627176211594_n.jpg?oh=d84d5ecba4bca0ea521d475f2d7fbd7c&oe=55B9A2DD)

https://www.facebook.com/pages/For%C3%A7a-A%C3%A9rea-Portuguesa/188128631326969
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 23, 2015, 04:18:36 pm
:evil:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: PereiraMarques em Março 23, 2015, 10:35:11 pm
Parece-me que terão sido dois lotes/contratos. Se o valor unitário andar à volta de 1000 € estamos a falar de cerca de 350 pistolas.

https://www.racius.com/aquisicao-de-pis ... -standard/ (https://www.racius.com/aquisicao-de-pistolas-h-k-usp-standard/)
http://publicos.pt/contrato/id1332753 (http://publicos.pt/contrato/id1332753)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Abril 27, 2015, 10:56:30 am
Citar
Caças F-16 vão operar no Leste europeu, sob fortes protestos da Rússia contra o que classifica como "cabeça de ponte" aliada.
Portugal vai ter um total de 710 militares em missões no exterior durante o próximo mês de maio. Entre as operações, a de formação e treino no Iraque (30 militares) e a de patrulhamento aéreo na Roménia (88). E os primeiros 18 do destacamento que vai operar na Roménia, sob a bandeira da NATO, partiram na sexta-feira numa aeronave C-130.
Esta nova Força Nacional Destacada (FND), que envolve quatro caças F-16 sob o comando do tenente-coronel piloto-aviador Francisco Dionísio, foi formalmente aprovada na passada quinta-feira em Conselho Superior de Defesa Nacional (CSDN). Seguiu--se a diretiva operacional do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA), general Pina Monteiro, a partir da qual é elaborada a chamada ordem de operações pelo comandante da Força Aérea, general José Pinheiro.
Esta missão, no quadro das "medidas de tranquilização" aprovadas pela NATO após a intervenção russa na Ucrânia, exigiu que a Roménia aprovasse leis para autorizar a entrada e permanência de tropas e material militar da NATO - o que levou Moscovo a insurgir-se contra o que classificou como "cabeça de ponte" da aliança perto das suas fronteiras e que "sacrifica a estabilidade" na região, conforme noticiou há dias a revista especializada Jane"s.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4534663
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 02, 2015, 10:12:42 pm
(https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xap1/v/t1.0-9/11205548_576391389167356_4787185765229010296_n.jpg?oh=59dd1612f7086aaa172934be4eb16f4e&oe=55E51386&__gda__=1440919898_296da512e2044d321c46af2adf8587c6)

(https://scontent-lhr.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/11205153_576391395834022_7532455077715573036_n.jpg?oh=de4cf3b12014ed6f20b0e121528eda04&oe=55D694D5)
(https://scontent-lhr.xx.fbcdn.net/hphotos-xpa1/v/t1.0-9/11188402_576391382500690_5702264322695183815_n.jpg?oh=2fedf9afaffb5aa68b201b491eb8e8dd&oe=55E239D1)

Citar
Pilotos da Força Aérea fazem voo solo no A-29 Super Tucano.
Foi no dia 30 de Abril que os 2 Pilotos Portugueses, que se encontram no Brasil no âmbito de relações bilaterais, realizaram o seu primeiro voo solo aos comandos do A-29 Super Tucano.
Este intercâmbio entre a Força Aérea Portuguesa (FAP) e a Força Aérea Brasileira (FAB), possibilitam à FAP ter 2 Pilotos na Base Aérea de Natal, a frequentar dois cursos. O primeiro, denominado "Programa de Qualificação Operacional e de Instrutor em A-29" e o outro o "Curso de Especialização Operacional em Aviões de Caça".
O A-29 é uma aeronave Turbo-hélice, concebida para Ataque Ligeiro e Instrução Avançada, sendo especialmente vocacionada para operações de combate à droga e contrainsurgência. Esta aeronave está equipada com uma sofisticada panóplia de equipamentos, que permitem a simulação de ameaças aéreas e terrestres.
SIGA!

 :arrow: https://www.facebook.com/pages/For%C3%A ... 8631326969 (https://www.facebook.com/pages/For%C3%A7a-A%C3%A9rea-Portuguesa/188128631326969)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Edu em Maio 02, 2015, 11:02:47 pm
Não me admira nada que o substituto do Alpha-Jet seja o Super Tucano. Aguardemos.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Maio 03, 2015, 12:04:08 am
Engraçado, que o piloto que aparece na foto é da esquadra os caracóis, ou seja, a unidade que treina no alpha jet.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 03, 2015, 12:08:22 pm
Esse capitão piloto deve ser instrutor na esquadra 103, e muito certamente foi enviado ao Brasil para se confirmar ou não, se o avião e curso dado no Brasil de conversão de aviões de caça é capaz de substituir o curso dado em Portugal no Alpha Jet.

Não creio que seja para comprarmos Super Tucano, mas sim para enviarmos mais pilotos para fazer formação lá, além da formação básica, agora também a formação avançada que tem sido feita no Alpha Jet.

Citar
"Curso de Especialização Operacional em Aviões de Caça"
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Maio 03, 2015, 04:58:25 pm
Citação de: "nelson38899"
Engraçado, que o piloto que aparece na foto é da esquadra os caracóis, ou seja, a unidade que treina no alpha jet.
Engraçado? Oh camarada Nelson, então que unidade da FAP é que trata de assuntos como, por ex, "Curso de Especialização Operacional em Aviões de Caça"?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Maio 03, 2015, 06:28:10 pm
Os Tucano à substituir alguma coisa não seriam os Épsilon??
Tem Mais lógica que substituir os Alpha...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Maio 03, 2015, 07:13:55 pm
Citação de: "night_runner"
Citação de: "nelson38899"
Engraçado, que o piloto que aparece na foto é da esquadra os caracóis, ou seja, a unidade que treina no alpha jet.
Engraçado? Oh camarada Nelson, então que unidade da FAP é que trata de assuntos como, por ex, "Curso de Especialização Operacional em Aviões de Caça"?

Podia ser alguém ligado aos F16, ou em Monte Real não há instrução?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Maio 03, 2015, 08:25:05 pm
Não seria um luxo demasiado grande estar a enviar pilotos de F-16 para o Brasil em vez destes estarem a voar em Portugal, a receber formação nos EUA ou na Bélgica, ou a fazer um exchange num outro país NATO?

Qual é o conteúdo do "Curso de Especialização Operacional em Aviões de Caça" e como será que difere do de conversão operacional? Pode ser que incluía treino na fase IIB/III e outras tácticas que um piloto que vá para Monte Real já deveria ter conhecimento.

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Maio 03, 2015, 08:58:18 pm
Citação de: "Get_It"
Não seria um luxo demasiado grande estar a enviar pilotos de F-16 para o Brasil em vez destes estarem a voar em Portugal, a receber formação nos EUA ou na Bélgica, ou a fazer um exchange num outro país NATO?

Qual é o conteúdo do "Curso de Especialização Operacional em Aviões de Caça" e como será que difere do de conversão operacional? Pode ser que incluía treino na fase IIB/III e outras tácticas que um piloto que vá para Monte Real já deveria ter conhecimento.

Cumprimentos,


Não faz muito sentido com os aliados que temos estar a mandar pilotos para ser treinados em terceiros.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Maio 03, 2015, 09:31:39 pm
Citação de: "Crypter"
Os Tucano à substituir alguma coisa não seriam os Épsilon??
Tem Mais lógica que substituir os Alpha...

Até podiam substituir ambos...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Maio 03, 2015, 09:47:17 pm
Citação de: "raphael"
Citação de: "Crypter"
Os Tucano à substituir alguma coisa não seriam os Épsilon??
Tem Mais lógica que substituir os Alpha...

Até podiam substituir ambos...

Ok, eu realmente não percebo nada de aviação. Mas é "natural" o nível imediatamente antes de pilotar um caça F-16 ser um avião a hélice?

Não irá isso de alguma maneira prejudicar a normal evolução da aprendizagem de um piloto?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Maio 03, 2015, 10:06:50 pm
Nos países da EPAF só nós e a Bélgica é que usamos aviões a reação para treino (Alpha Jet). Os outros usam o Saab MFI-17 Supporter ou o Pilatus PC-21.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Maio 04, 2015, 01:18:45 am
Atenção que os países da EPAF (e mais alguns) enviam o pessoal para receber formação nos EUA através do ENJJPT. Eles lá fazem a formação e instrução em T-6 Texan II e T-38. Não saltam do Saab MFI-17 ou do PC-7 e dos simuladores directamente para os F-16. Alguns deles (p.e. os noruegueses) também são "clientes" habituais do centro de treino no Canadá; onde voam no T-6 e no Hawk. O que basicamente aconteceu é que vários países já decidiram fazer o outsourcing (http://http) do treino avançado, e até mesmo básico, enquanto nós conseguimos com os Alpha-Jet reter alguma capacidade e independência no treino.

Não sei até que ponto é que também é possível comparar a performance e os sistemas de um MFI-17, PC-7 ou de um Super Tucano a de um PC-21 (http://http) ou outro avião de reacção a jacto. O Super Tucano continua até a ser principalmente um avião de COIN e é nisso que ele se tem provado bom. Países como a Indonésia compraram outro avião para instrução e têm o Super Tucano apenas para COIN.

Quanto à instrução avançada em Portugal: ver este post e a restante discussão no tópico sobre a substituição dos Alpha-Jet: «Re: Substituição dos Alpha-jet (http://http)»

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Maio 04, 2015, 04:41:03 am
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "night_runner"
Citação de: "nelson38899"
Engraçado, que o piloto que aparece na foto é da esquadra os caracóis, ou seja, a unidade que treina no alpha jet.
Engraçado? Oh camarada Nelson, então que unidade da FAP é que trata de assuntos como, por ex, "Curso de Especialização Operacional em Aviões de Caça"?

Podia ser alguém ligado aos F16, ou em Monte Real não há instrução?
Poder até podia mas assim tem mais "lógica". Em Beja aprende-se a caçar e em Monte Real a caçar com F-16.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Maio 04, 2015, 03:56:06 pm
Estamos a desvirtuar o tema pois até já foi indicado qual o tópico onde poderíamos continuar o debate...
Neste momento como temos Alpha-Jet os pilotos que se destinam ao F-16 fazem um curso complementar...quando acabar, não fazem...haverá uma aeronave de base mais capaz tipo super tucano que permitirá essa transição.
Então como é que é nos hélis? Não há um curso inicial no alouette antes do EH? E quando acabar o alouette?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: dc em Maio 04, 2015, 04:20:16 pm
A questão é que, uma aeronave super tucano não permite essa transição... Há que haver sempre uma fase intermédia como é o caso dos países cujos pilotos vão aos EUA voar em T-38 antes da conversão para os caças, por exemplo. A distância entre um Super Tucano e um F-16 já é enorme, agora imagine essa distância num futuro mais ou menos distante, quando for adquirido outro caça ainda mais complexo.

Quando acabar o Allouete? Compra-se um substituto, que já devia ter sido adquirido há muitos e bons anos, e não será só para instrução, mas sim para um vasto leque de missões.

No fundo um Super Tucano ou PC-21 nunca seriam um substituto do Alpha Jet, quanto muito um substituto parcial, porque certas fases da conversão terão de ser feitas em aeronaves a jacto que encurtem a distância para um avião de combate puro. Se fosse como você diz, a conversão de avião de motor a hélice para jacto seria feito no próprio jacto... Um exemplo prático, um piloto de formula 1 não aprende a conduzir um carro com aquela performance num carro daqueles, começa por baixo, muito antes de ingressar na formula 1 participa na formula dois/três, não passa do Rally ou GT3 para a F1. Isto para explicar que um avião a hélica não seria capaz de substituir na integra a função do Alpha Jet como avião de treino avançado.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Maio 04, 2015, 04:41:59 pm
Correto e dinheiro para isso por cá? Num outro tópico falam da aquisição do LPD por uma verba de 80milhões de euros, já me constou que essa verba modernizava a frota toda da marinha...
Se precisamos da transição, valemo-nos dos parceiros NATO/Europa...o tempo do orgulhosamente sós já lá vai...moeda de troca...ainda temos um dos melhores campos de treino para aviões da Europa (sobre a terra e com menores restrições de utilização) com utilização de munições reais, até os americanos cá vêm.
Compramos substituto para o alouette? Espero sentado...o EH não tem falta de pilotos? Quando a frota alouette atingir o potencial transitam os pilotos.
Não temos teto orçamental para pormos e dispormos de meios.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: dc em Maio 05, 2015, 02:02:36 am
Citação de: "raphael"
Correto e dinheiro para isso por cá? Num outro tópico falam da aquisição do LPD por uma verba de 80milhões de euros, já me constou que essa verba modernizava a frota toda da marinha...

Essa verba (80 milhões deslocados para o LPD) modernizava a frota toda da marinha? O senhor anda a ler mal... porque esse dinheiro só veio canalizado da modernização das Vasco da Gama, logo só por aí não é "da marinha toda", e por outro lado, só foi possível arranjar 60 milhões ou algo assim ficando os restantes ~20 por conta do governo ou de um esforço conjunto com os restantes ramos (visto estes também virem a beneficiar do LPD).

Citação de: "raphael"
Se precisamos da transição, valemo-nos dos parceiros NATO/Europa...o tempo do orgulhosamente sós já lá vai...

Não foi isto que você disse... você apenas disse que um Super Tucano chegava para fazer a transição para caça como é realizada actualmente pelos Alpha Jet, e eu apenas me limitei a responder a isso. Tendo em conta o que disse agora, aí já é outra conversa, até se pode arranjar maneira de criar uma escola cá para treino de pilotos de caça para a qual poderiam vir pilotos de vários países aliados e amigos, estando os aviões a cargo da Nato ou de um país, tal como a Coreia do Sul queria fazer. Resumindo, temos boas bases e bom clima, portanto podia-se propor uma espécie de centro de treino Nato a partir da BA11.

Citação de: "raphael"
Compramos substituto para o alouette? Espero sentado...o EH não tem falta de pilotos? Quando a frota alouette atingir o potencial transitam os pilotos.
Não temos teto orçamental para pormos e dispormos de meios.

Bem, está a dizer que não se compra helicóptero ligeiro nenhum? Ou seja, quando os Alouette acabarem, finito, fim dos helis ligeiros na FAP? Não faz qualquer sentido, aliás, consideraria isso ridículo desculpe... principalmente porque os Al3 não fazem só formação de pilotos nem exibições... também têm uma componente operacional, realizam missões de transporte tático, escolta, apoio aéreo e, em caso de necessidade, servir como helicoptero de ataque. A sua ideia é puramente minimalista, redutora e com soluções apresentadas que seriam tipicas daquelas pessoas que não querem gastar dinheiro nas FA's, propondo cortar em tudo o que for possível. Qualquer dia vem aí dizer que como há falta de pilotos de C-130 ou noutra aeronave qualquer, que deixemos de ter caças para os pilotos transitarem para os aviões com falta de pilotos... E se calhar um dia virá propor substituir os F-16 por UAV's... Falta de pilotos? Há solução, sempre houve, desde melhorar as condições e regalias para evitar a saída dos mesmos para a aviação civil até à abertura de mais vagas ou aumentar o tempo minimo de serviço por mais um ano ou dois de forma a permitir a formação de pilotos suficientes para substituir os que estão de saída. Falta orçamento? Sim falta, mas o investimento em novos helicópteros seria só uma vez, o qual facilmente seria compensado ao longo dos anos. Como disse, a sua perspectiva é puramente minimalista, quer pôr-nos a par de Suiças e Bélgicas quando temos realidades territoriais completamente diferentes, desde muito mais mar sobre a nossa jurisdição até à nossa posição relativamente a África, para não falar de dois arquipélagos sobre a nossa soberania, portanto isto não pode ser copiar dos outros só porque têm dimensões semelhantes à nossa ou porque "não temos ameaças".
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Maio 05, 2015, 04:23:39 am
O PC-21 substitui-o o Hawk na FA Suíça. Aliás, toda a literatura (incluindo off-line) descreve o PC-21 e o Super Tucano como aviões de treino avançado (ou seja ao nível de T-38, Alpha Jet, Hawk e companhia), a partir dos quais um piloto pode passar directamente para conversão operacional de caças. É assim que os fabricantes os posicionam; têm performances avançadas, mas são mais baratos de operar e, obviamente, mais lentos que os modelos a jacto. Isto não quer dizer que este modelo de treino seja universalmente adoptado — não é, poucos países o utilizam — mas é definitivamente uma possibilidade e uma realidade.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Johnnie em Maio 05, 2015, 10:40:03 am
E quanto custa um ST? E qual a tão grande diferença entre o Epsilon e o ST?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Maio 05, 2015, 10:55:22 am
Citar
Portugal deploys F-16s to Romania

Four Lockheed Martin F-16AM Fighting Falcon fighter aircraft of the Portuguese Air Force will arrive at the Romanian Air Force 71st Air on 4 May, the Portuguese Armed Forces General Staff Public Affairs assistant told IHS Jane's .

The aircraft of Squadron 201 'Falcões' and Squadron 301 'Jaguares' from Monte Real airbase No. 5 will be stationed in Romania until 30 June as part of 'Falcon Defence 2015' unitary concept training mission. This is intended as a reassurance measure for the alliance's eastern members and also to meet specific NATO interoperability and standardisation requirements.

The contingent's initial operational capability will be achieved on 4 May and full operational capability on 6 May.

The deployment follows closely behind the 1 September and 31 December 2014 deployment of six Portuguese F-16AM aircraft to Siauliai airbase in Lithuania for NATO's Baltic Air Policing mission.

From September 2016 to late 2017, 12 Portuguese F-16s (nine single-seat F-16AM and three twin-seat F-16BM aircraft) will be transferred to the Romanian Air Force as part of a deal sealed by both countries in 2013. The aircraft will progressively replace the ageing MiG-21 LanceR fighters currently fielded by Romania.

Portugal will keep 39 aircraft in its inventory including the three F-16A Block 15s granted by the United States as excess defence articles and now being modernised by OGMA-Indústria Aeronáutica de Portugal.

http://www.janes.com/article/51126/port ... to-romania (http://www.janes.com/article/51126/portugal-deploys-f-16s-to-romania)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Maio 05, 2015, 02:13:00 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 06, 2015, 12:21:49 am
Destacamento do C-130 no Mali

Esquadra 501 – “Bisontes” efetua largada tático-operacional no Mali
http://www.emfa.pt/www/noticia-812-esqu ... al-no-mali (http://www.emfa.pt/www/noticia-812-esquadra-501-bisontes-efetua-largada-tatico-operacional-no-mali)

CEMFA E CEME visitam destacamento no MALI
http://www.emfa.pt/www/noticia-821-cemf ... to-no-mali (http://www.emfa.pt/www/noticia-821-cemfa-e-ceme-visitam-destacamento-no-mali)

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2015/abril/destaque-cemfa-minusma-2-2_840_tb_960x400.tb)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 06, 2015, 12:23:58 am
Destacamento do P-3 em Cabo Verde

Esquadra 601 participa em exercício em Cabo Verde
http://www.emfa.pt/www/noticia-813-esqu ... cabo-verde (http://www.emfa.pt/www/noticia-813-esquadra-601-participa-em-exercicio-em-cabo-verde)

"Lobos" já realizaram quatro missões no Saharan Express
http://www.emfa.pt/www/noticia-823-quot ... an-express (http://www.emfa.pt/www/noticia-823-quot-lobos-quot-ja-realizaram-quatro-missoes-no-saharan-express)

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2015/abril/saharan-express-2015_2855_tb_960x400.tb)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 06, 2015, 12:26:08 am
Destacamento de F-16 na Roménia

Militares da FA participam em missão NATO
Operação Falcon Defence 15

http://www.emfa.pt/www/noticia-822-mili ... issao-nato (http://www.emfa.pt/www/noticia-822-militares-da-fa-participam-em-missao-nato)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: dc em Maio 06, 2015, 10:42:09 am
FAP em grande, já no mês passado era a Marinha também em grande  :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Maio 06, 2015, 04:23:38 pm
Citação de: "dc"
FAP em grande, já no mês passado era a Marinha também em grande  :G-beer2:

E até dia 09MAI marcam presença na Segurex na FIL.

(https://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xta1/v/t1.0-9/11059490_577715359034959_1604297608538572112_n.jpg?oh=da270c0043f133043388ecf73448a256&oe=55DE4D14)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 07, 2015, 06:07:26 pm
Mega operação de Salvamento nos Açores

Citar
Esquadra 601 localiza náufragos no meio do oceano
Mega operação de resgate nos Açores

A Força Aérea conseguiu localizar as duas pessoas caídas ao mar durante a madrugada de 07 de maio, na sequência do naufrágio do veleiro Reves D’O, a sul dos Açores. Apesar das condições meteorológicas adversas no Atlântico-Norte, a aeronave P-3C Cup+ permitiu encontrar o adulto e a criança desaparecidas, lançar ao mar um kit de sobrevivência e acompanhar as vítimas até à chegada do navio hospital Esperanza Del Mar.

No veleiro naufragado, seguiam outros dois familiares, também eles um adulto e uma criança, que, por sua vez, conseguiram entrar numa balsa salva-vidas e foram depois recolhidos pelo navio mercante Yuan Fu Star, de Hong Kong.

A missão fez parte de uma mega operação de resgate com vista a recuperar mais de dez pessoas, de cinco veleiros, que estavam impossibilitados de navegar. Para tal, além do P-3C Cup+, foram empenhadas duas aeronaves C-295M e um helicóptero EH-101 Merlin, bem como um C-130J da Guarda-Costeira norte-americana, que está atualmente nos Açores a participar no exercício de busca e salvamento ASAREX 15.

Antes do salvamento a cargo da Esquadra 601, já outras quatro pessoas haviam sido resgatadas pela Esquadra 751 – “Pumas” em condições extremas. Ventos a rondar os 90km/h e ondas de 10 metros condicionaram a operação do helicóptero EH-101 Merlin, numa missão de 12 horas a 930 quilómetros a sul dos Açores.

Os restantes tripulantes em perigo foram salvos por embarcações, que se dirigiram para o local.


Citar
Esquadra 751 resgata quatro pessoas em condições extremas
Ventos a rondar os 90km/h e ondas de 10 metros dificultaram missão    07.05.2015

Cerca de 12 horas de missão, sob ventos a rondar os 90km/h e ondas de 10 metros. Foi nestas condições que a Esquadra 751 – “Pumas” resgatou, na madrugada do dia 07 de maio, quatro tripulantes de um veleiro que navegava a mais de 900km a sul dos Açores.
 
A missão, em condições extremas, fez parte de uma mega operação de resgate com vista a recuperar mais de dez pessoas, de cinco veleiros, apanhados pelas más condições meteorológicas que se faziam sentir no Atlântico-Norte.
 
Os pedidos de socorro davam conta de avarias nas embarcações e dificuldades na navegação. Na operação de salvamento, além do helicóptero EH-101 Merlin, foram empenhados dois aviões C-295M e um P-3C Cup+, bem como um C-130J da Guarda-Costeira norte-americana, que está atualmente nos Açores a participar no exercício de busca e salvamento ASAREX 15.
 
Além dos tripulantes resgatados pelos “Pumas”, outros dois náufragos foram localizados pela Esquadra 601 – "Lobos", após o veleiro onde seguiam ter naufragado. Foram auxiliados com um kit de sobrevivência lançado do P-3C Cup+ e acompanhados até à chegada do navio hospital Esperanza Del Mar.
 
Os restantes tripulantes foram recolhidos por embarcações que se dirigiram para o local.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Maio 07, 2015, 07:21:36 pm
Citação de: "Lightning"
Mega operação de Salvamento nos Açores

Imagens da Guarda Costeira norte-americana: http://www.uscgnews.com/go/doc/4007/2502306/

(http://www.uscgnews.com/clients/4007/634354.jpg)

(http://www.uscgnews.com/clients/4007/634358.jpg)

Citação de: "5th District Public Affairs"
The Coast Guard assisted in a international rescue at approximately 2 p.m. Wednesday when a sailboat crew was rescued off the Azores by the Portuguese air force.

An HC-130 Hercules crew from Coast Guard Air Station Elizabeth City, North Carolina, was participating in an International Search and Rescue Exercise in the Azores when Rescue Coordination Center Lajes watchstanders on the island of Terceira, Portugal, requested the crew's assistance in the real-life rescue.

The crew coordinated with a Portuguese air force EH-101 helicopter crew to locate and rescue four distressed sailors and escorted the helicopter to Flores Island.

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Menacho em Maio 07, 2015, 07:36:45 pm
Citação de: "Lightning"
Mega operação de Salvamento nos Açores

 acompanhar as vítimas até à chegada do navio hospital Esperanza Del Mar.


Navío hospital espanhol "Esperanza del Mar":

(http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/06/Hospital_ship-Esperanza_del_Mar.jpg/800px-Hospital_ship-Esperanza_del_Mar.jpg)

(http://www.seg-social.es/ism/gsanitaria_es/ilustr_anexos/a_02.jpg)

(https://images.vesseltracker.com/images/vessels/midres/Esperanza-Del-Mar-1046479.jpg)

Citar
El Esperanza del Mar es un buque hospital de manufactura española, propiedad del Instituto Social de la Marina, Entidad Gestora de la Seguridad Social. Su distintivo de llamada es EBUQ y su número IMO es 9220536. Fue desarrollado en los astilleros Juliana Constructora Gijonesa de Gijón (Asturias) y botado a la mar en el año 2001.

Es el primer barco construido específicamente como barco hospital en España, que opera junto al barco Juan de la Cosa. Este barco tiene como cometidos principales el de asistir a la flota pesquera, a los marinos mercantes y prestar apoyo técnico y logístico a los buques situados en su cercanía.

El Esperanza del Mar tiene su puerto base en el Puerto de Las Palmas. Donde atraca habitualmente en la Base Naval, a pesar de ser un buque civil.

Características generales
Desplazamiento   4.996 toneladas
Eslora   97,34 m
Manga   17,70 m
Calado   5,50 m
Propulsión   2 motores diésel
Potencia   2 x 2.700 kW
Velocidad   17 nudos
Autonomía   7.000 millas
Número OMI   9220536
Indicativo de llamada   EBUQ
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 11, 2015, 02:56:29 pm
https://www.facebook.com/ForteleAerieneRomane?pnref=story
Citar
Romeno-Português exercerem "Falcon defesa 2015"

No período pode 4-junho 30,  Câmpia Turzii, vai sediar um exercício bilateral "Falcon defesa 2015".
Cerca de 150 soldados romenos, pilotos e equipe técnica, com a aeronaves MiG-21 LanceR pertencentes a Base Aérea de 71 e 180 tropas portuguesas, quatro aviões F-16 e equipamento de serviços relacionados, participarão deste exercício.
Os participantes na actividade estão propondo a formação em comum, em um conceito unitário, a fim de atender às necessidades específicas de interoperabilidade da Aliança do Atlântico Norte e para assegurar a estabilidade regional e a segurança, no actual clima de insegurança no flanco oriental da OTAN.
(https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfp1/v/t1.0-9/10422449_490617141087677_4675495723342395556_n.jpg?oh=89d2953c47e6f5684141734c4202dd15&oe=55CA45CC&__gda__=1438908485_1b02a7e7fe578805f8783e9aa17a868f)
(https://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/10981681_490617167754341_4740222480788983335_n.jpg?oh=3ade35b0102f4f4360cc69d4c8f8c44c&oe=56060B34)
(https://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xap1/v/t1.0-9/11209644_490617144421010_7697236257519459047_n.jpg?oh=1e95665927ebf60781a3c1475b63b64a&oe=560D4BD2)
(https://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xpt1/v/t1.0-9/11011060_490617164421008_6994678944562362037_n.jpg?oh=6f76c73e857b35d8e870ed748cf6854a&oe=56068182)
(https://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xft1/v/t1.0-9/11128369_490617154421009_6141599007921421925_n.jpg?oh=da72a909e5604af5f2dffcf25cfc7bc4&oe=55D0CCD6)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 12, 2015, 09:47:39 pm
Resumo da operação de Busca e Salvamento nos Açores

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2015/maio/destaque-sar-acores-2_2703_tb_960x400.tb)

Citar
Força Aérea em mega operação de salvamento nos Açores
Quatro pessoas resgatadas de um veleiro e outras duas localizadas no meio do oceano


Ventos a rondar os 90km/h e ondas de 10 metros. Foi nestas condições que as esquadras 751 – “Pumas”, 502 – “Elefantes” e 601 – “Lobos” trabalharam durante a mega operação de salvamento, que decorreu entre os dias 06 e 07 de maio, a cerca de 900 quilómetros a sul dos Açores. Quatro tripulantes de um veleiro foram resgatados através do helicóptero EH-101 Merlin, que contou com o apoio de duas aeronaves C-295M para alcançar a zona de operações. Outras duas pessoas foram localizadas pelo P-3C Cup+ no meio do oceano e apoiadas até à chegada do navio hospital "Esperanza Del Mar".

A operação, em condições extremas, foi lançada para recuperar mais de dez pessoas, de cinco veleiros, apanhados pelas más condições meteorológicas que se faziam sentir no Atlântico-Norte. Os pedidos de socorro davam conta de avarias nas embarcações e dificuldades na navegação.

Além das aeronaves da Força Aérea, empenhadas após solicitação do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada, esteve também envolvido na operação um C-130J da Guarda-Costeira norte-americana, que se encontrava nos Açores a participar no exercício ASAREX 15, e diferentes navios mercantes.

Os quatro tripulantes resgatados pelas esquadras 751 e 502, entre os 40 e os 60 anos, navegavam no veleiro "Kolibri", de bandeira norueguesa. Após terem sido retirados da água, um a um, foram encaminhados para uma unidade hospitalar, que confirmou estarem a salvo de complicações.

No caso dos náufragos localizados graças às capacidades do P-3C Cup+ (um adulto e uma criança), um deles acabou por não resistir, mesmo após ter sido lançado à àgua um kit de sobrevivência. Estes navegavam no veleiro "Reves D’o", de bandeira francesa, com mais dois familiares que, por sua vez, conseguiram entrar numa balsa e foram recolhidos pelo navio mercante "Yuan Fu Star", de Hong Kong.

Após localizadas as vítimas, a Esquadra 601 conduziu o salvamento por via marítima e acompanhou o processo até à chegada do "Esperanza Del Mar". Infelizmente, o tempo de permanência no mar ditou o pior desfecho para a criança.

As embarcações mercantes mobilizadas para a operação tiveram um papel crucial ao apoiar estes e outros dos tripulantes em perigo.

http://www.emfa.pt/www/noticia-839-forc ... nos-acores (http://www.emfa.pt/www/noticia-839-forca-aerea-em-mega-operacao-de-salvamento-nos-acores)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 12, 2015, 10:02:01 pm
Citação de: "mafets"
Cerca de 150 soldados romenos, pilotos e equipe técnica, com a aeronaves MiG-21 LanceR pertencentes a Base Aérea de 71 e 180 tropas portuguesas, quatro aviões F-16 e equipamento de serviços relacionados, participarão deste exercício.

Os Romenos devem andar bêbados e a ver portugueses a dobrar, a força portuguesa tem metade do efectivo que ai diz, mais precisamente 88.

(http://6.fotos.web.sapo.io/i/Bb31180b8/18320421_sBHKE.jpeg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: FoxTroop em Maio 18, 2015, 10:20:15 pm
Um estoiro parecido a uma explosão agora mesmo aqui na zona de Peniche. Aliás, o 1º pensamento do pessoal aqui em casa foi "ouviste a explosão?!!" Logo a seguir o ruído, ao longe, de jactos sobre o mar. Provavelmente o estoiro foi estampido da barreira do som. Esta noite andam à pesca?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Maio 18, 2015, 10:27:55 pm
Citação de: "FoxTroop"
Um estoiro parecido a uma explosão agora mesmo aqui na zona de Peniche. Aliás, o 1º pensamento do pessoal aqui em casa foi "ouviste a explosão?!!" Logo a seguir o ruído, ao longe, de jactos sobre o mar. Provavelmente o estoiro foi estampido da barreira do som. Esta noite andam à pesca?
http://www.flightradar24.com/RAMBO32/64a9764 (http://www.flightradar24.com/RAMBO32/64a9764)

EDIT: Possivel que seja o 15118 e talvez tenha um asa
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Maio 18, 2015, 10:39:49 pm
Call Sign: Rambo!!!  :mrgreen:  c34x  c34x
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: FoxTroop em Maio 18, 2015, 10:53:08 pm
Citação de: "night_runner"
Citação de: "FoxTroop"
Um estoiro parecido a uma explosão agora mesmo aqui na zona de Peniche. Aliás, o 1º pensamento do pessoal aqui em casa foi "ouviste a explosão?!!" Logo a seguir o ruído, ao longe, de jactos sobre o mar. Provavelmente o estoiro foi estampido da barreira do som. Esta noite andam à pesca?
http://www.flightradar24.com/RAMBO32/64a9764 (http://www.flightradar24.com/RAMBO32/64a9764)

EDIT: Possivel que seja o 15118 e talvez tenha um asa


Pareceu ouvir mais que um motor quando passou aqui frente ao Baleal, por isso sim, devem ser dois.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Maio 18, 2015, 10:57:17 pm
Será que vamos ter russos para o pequeno almoço?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Maio 18, 2015, 11:17:39 pm
Citação de: "nelson38899"
Será que vamos ter russos para o pequeno almoço?
Tão perto da costa, camarada Nelson?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Maio 19, 2015, 10:35:50 am
Citação de: "night_runner"
Citação de: "nelson38899"
Será que vamos ter russos para o pequeno almoço?
Tão perto da costa, camarada Nelson?

Nisso tem razão, mas pelo que estava a ver pelo mapa do site indicado à hora em que vi a mensagem, havia uma zona ao largo da costa portuguesa e da Galiza, em que não haviam aviões civis. Reparei também que vários radares apareciam no referido site, um deles era Dinamarca e espaço aéreo no norte do Reino Unido estava vazio!

E como tal assumi que viriam por aí os russos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 20, 2015, 02:54:31 pm
https://www.facebook.com/notes/hq-aircom/portugal-new-member-in-natos-enhanced-air-policing-efforts/918764608182367
Citar
Ramstein, 19 May 2015 - Portuguese F-16 aircraft deployed to Campia Turzii, Romania in early May and are now integrated into NATO’s peacetime Air Policing posture. The commitment of NATO nations to the Alliance’s assurance measures is in line with the fundamentals of the North Atlantic Treaty that have been in practice for more than six decades, specifically the promotion of stability and the preservation of peace and security.

Until later this summer, the Portuguese F-16s will have Air Policing missions and conduct training activities alongside the Romanian Air Force, contributing to enhanced Air Policing under the control of Allied Air Command at Ramstein, Germany, and the Combined Air Operations Centre Torrejon, Spain.
In addition to the Portuguese efforts in the south, the United States Air Force deployed F-15C aircraft to Graf Ignatievo, Bulgaria, and are currently conducting Air Policing training together with their Bulgarian counterparts. Once again, Allies are demonstrating interoperability and dedication to a cohesive Alliance. These efforts underline NATO’s capability to rapidly deploy assets across borders and a resolve to adapt to emerging security challenges from the south and the east.
The reason for NATO to conduct Air Policing in the south is exactly the same as it is in the Baltics – to safeguard the integrity of Alliance members’ airspace. In the case of Romania and Bulgaria, which have their own Air Policing assets the Allies are standing by each other to augment and learn interoperability from each other.
This is one more great example of how seamless Air Power is across the Alliance. Allies are mutually supporting each other to increase interoperability. It is an expression of shared responsibility and NATO solidarity assuring our Allies.
See also #falcondefence15
(https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xta1/t31.0-8/s720x720/11289641_918965438162284_5637550672243858426_o.jpg)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 22, 2015, 09:47:59 pm
(https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xap1/v/t1.0-9/11218623_584026765070485_8323791079428166233_n.jpg?oh=d8a3e3a4eca78942cbce2ec6e0c8c5ef&oe=55FCFEEE&__gda__=1439357746_0d63dca39487a82d0484829e1ffe2049)
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xaf1/v/t1.0-9/11102009_584026768403818_6944942262406764237_n.jpg?oh=59c8d870d82ffc6d1a50334a622eb3d1&oe=56081CBB)
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xft1/v/t1.0-9/11014948_584026781737150_4602966168990468336_n.jpg?oh=75b97e0e6185cd7938e12d562dd0ffb1&oe=55FD24F5)
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfa1/v/t1.0-9/10406756_584026778403817_999956663114677219_n.jpg?oh=64d8e6f053a49c11b38671d40c7d7c5a&oe=56003758)
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/11260360_584026771737151_4103001532832976090_n.jpg?oh=34f36e67d96adcdfe673cf2aefbad659&oe=5605425C)

Citar
Encontra-se a realizar, na Base Aérea de Campia Turzii, Roménia, a Operação Falcon Defence 15, com 4 F16AM e cerca de 91 militares, no âmbito das Assurance Measures adotadas pela NATO e com o intuito de promover a “…segurança e defesa colectiva no flanco sul da Europa”. Saiba tudo e veja mais fotografias em http://goo.gl/ETYkRX (http://goo.gl/ETYkRX)
‪#‎falcondefence15‬
:arrow: https://www.facebook.com/permalink.php? ... 8631326969 (https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=584027135070448&id=188128631326969)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 26, 2015, 06:00:24 pm
Passou-me ai um assunto ao lado, essa conversa do F-16 a quebrar a barreira do som na segunda-feira, isso foi um treino noturno comum sobre o mar que é para não incomodar as populações, a passagem da barreira do som é que deve ter sido cedo de mais.

E antes que falem dos F-16 terem descolado no sábado, não foi treino, mas também não andaram por ai nem Russos, nem OVNIs, foram fazer uma passagem na ETP :wink: .
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Maio 29, 2015, 09:14:15 pm
Citar
(defensa.com) Os quatro caças Lockheed Martin F-16AM Fighting Falcon da Força Aérea Portuguesa (FAP) presentes em território Romeno desde o início de Maio no âmbito da missão "Falcon Defence 15" já realizam operações de policiamento aéreo sob a égide da NATO naquela nação do leste Europeu. A projeção dos caças Portugueses na Roménia integra as medidas de afirmação adotadas pela NATO com o intuito de promover a segurança e defesa coletiva no flanco sul da Europa. Adicionalmente, a FAP desenvolve atividade de treino operacional com a sua homologa Romena.

Os quatro caças Portugueses das esquadras 201" Falcões" e 301 "Jaguares" da Base Aérea Nº5 de Monte Real e cerca de 90 elementos das áreas de operações, manutenção, logística, comunicações, sistemas de informação e relações públicas conduzem as suas operações a partir da Base Aérea Nº 71 de Câmpia Turzii na região Romena da Transilvânia. Um total de quatro controladores aéreos do Centro de Relato e Controlo (CRC) "Batina" da FAP estão permanentemente destacados no Centro de Relato e Controlo da Força Aérea Romena, na Cidade de Bucareste. O contingente Português irá permanecer em território Romeno até ao final do mês de Junho.

A missão Portuguesa aprovada pelo Conselho Superior de Defesa Nacional (CSDN) e pelo seu homólogo romeno decorre como consequência da implementação pelos órgãos da NATO em Abril de 2014 da Diretiva Estratégica do Comandante Supremo Aliado da Europa para a Implementação de Medidas Imediatas de Afirmação, a qual atribuiu um conjunto de tarefas aos seus comandos subordinados.

É já a quarta vez que a FAP realiza operações de policiamento aéreo fora do território nacional depois de em 2007 e 2014 ter integrado a partir da Base Aérea de Šiauliai na Lituana as operações de policiamento aéreo no báltico da NATO, e em 2012 na Islândia onde realizou missões similares naquela rega a partir do aeroporto de Keflavik.A Força Aérea Portuguesa opera hoje 39 caças F-16MLU Fighting Falcon, dos quais 33 são F-16AM Fighting Falcon monolugar e os restantes F-16BM Fighting Falcon bilugar. A FAP recebeu um total de 45 caças F-16A/B Block 15 OCU no âmbito dos programas Peace Atlantis I/II, dos quais 39 estão hoje modernizados na configuração de atualização de meia-vida ou MLU (Mid Life Update).

A partir de Setembro de 2016 e até 2017, a Força Aérea Romena irá receber 9 caças F-16AM Fighting Falcon e três F-16BM Fighting Falcon do inventário da Força Aérea Portuguesa que permitirão a substituição progressiva dos MiG-21 LanceR.http://defensa.com/index.php?option=com_content&view=article&id=15800:forca-aerea-portuguesa-realiza-missoes-na-romenia&catid=160:noticias-em-portugues&Itemid=497
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 31, 2015, 11:31:47 am
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 08, 2015, 11:17:01 pm
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2015/junho/destacamento-fap-romenia_136_tb_960x400.tb)

http://www.emfa.pt/www/noticia-850-oper ... na-romenia (http://www.emfa.pt/www/noticia-850-operacoes-aereas-na-romenia)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 10, 2015, 09:09:44 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 12, 2015, 10:59:21 am
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/p720x720/11391524_688814981264261_4325610249210214831_n.jpg?oh=c99579329b32e21e7aded1b80c6b862f&oe=55F98667)

O exercício já tem página.

http://www.emfa.pt/eatt/ (http://www.emfa.pt/eatt/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 21, 2015, 01:07:20 am
Destacamento F-16 na Roménia, temos artista sub-aproveitado, será que podia fazer uma pintura fixe para os F-16 :mrgreen: .

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/s720x720/11260360_584026771737151_4103001532832976090_n.jpg?oh=13828d54432d4dd28e4a20a6a86c7142&oe=55EEC23E)

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/v/t1.0-9/10406781_595973300542498_3651786025146637514_n.jpg?oh=96a3bccb360e23841a305534fb24eafd&oe=55E6A890)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Junho 21, 2015, 04:39:10 am
Citação de: "Lightning"
Destacamento F-16 na Roménia, temos artista sub-aproveitado, será que podia fazer uma pintura fixe para os F-16 c34x
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 21, 2015, 10:40:44 pm
Citação de: "Lightning"
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xat1/v/t1.0-9/p720x720/11391524_688814981264261_4325610249210214831_n.jpg?oh=c99579329b32e21e7aded1b80c6b862f&oe=55F98667)

O exercício já tem página.

http://www.emfa.pt/eatt/ (http://www.emfa.pt/eatt/)

E vídeos.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: night_runner em Junho 22, 2015, 03:26:49 am
Bons videos! :mrgreen:

E por falar em Beja... diz-se por lá que em Outubro a base vai se transformar na "NATO's Fighter Town"... E mais não se diz, não vá ser boato... c34x
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 22, 2015, 08:52:33 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 23, 2015, 08:34:30 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 23, 2015, 08:36:27 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 25, 2015, 10:15:35 pm
https://www.facebook.com/18812863132696 ... 880312040/ (https://www.facebook.com/188128631326969/videos/598277880312040/)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Junho 27, 2015, 10:38:12 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Julho 01, 2015, 09:53:04 am
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2015/06/esquadra-552-zangoes-participam-em.html
Citar
A Esquadra 552 – "Zangões" realizou uma missão de busca e salvamento no mar, no âmbito de um simulacro de acidente marítimo, dia 27 de Junho, na Praia do Cantinho em Esmoriz.

O exercício, onde esteve envolvido um helicóptero Alouette III, fez parte do conjunto de actividades do IV Open Day organizado pelos Bombeiros Voluntários de Esmoriz, que marca o início da época balnear para a associação humanitária. (FAP)
(http://3.bp.blogspot.com/-vs4RSiyQ1oM/VZK1YIdIynI/AAAAAAAATW8/HBsfx6dfiJ0/s400/154_182.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Julho 07, 2015, 12:06:53 am
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xap1/v/t1.0-9/s720x720/11052517_602307096575785_1560121353817329331_n.jpg?oh=a3138f2422cc9c02c4a39f4d74f182b0&oe=565C2EC0)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 06, 2015, 11:55:40 am
Porque os resgates não são apenas no mar.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Agosto 09, 2015, 09:39:48 pm
Parece que os voos do pilotos da FAP no Brasil andam em grande!

aqui fica uma fotos dos mesmos:

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtp1/v/t1.0-9/11870867_616345145171980_2641595536698743925_n.jpg?oh=a05359dfc079d41fcc8fe94c89a98c04&oe=56803F20)

facebook da FAP
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 22, 2015, 01:12:05 am

Isto sim devia ser o nosso Hot Blade!

 :arrow: https://www.eda.europa.eu/docs/default- ... sheet_ib15 (https://www.eda.europa.eu/docs/default-source/eda-factsheets/2015-06-05-factsheet_ib15)

Diz no PDF que Portugal participou mas parece que foi só como observador.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 04, 2015, 11:23:17 pm
Destacamento de P-3 Orion no Mediterraneo

http://www.rtp.pt/noticias/mundo/forca- ... eo_v855845 (http://www.rtp.pt/noticias/mundo/forca-aerea-portuguesa-ajudou-a-resgatar-quase-1500-migrantes-no-mediterraneo_v855845)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 13, 2015, 12:08:28 am
FRONTEX: Força Aérea termina participação na Operação HERA

Terminou, a 30 de setembro, a participação da Força Aérea na Operação HERA, da FRONTEX.

A aeronave C-295M esteve envolvida desde 22 de agosto nesta operação em Dakar, no Senegal. Foram empenhados durante os 40 dias de destacamento mais de 40 militares da esquadra 502 - "Elefantes", envolvendo a movimentação de quatro aeronaves (três de apoio), em mais de 180 horas de voo entre operacionais e de apoio.

As missões tiveram como principal finalidade a deteção e a localização de embarcações suspeitas de migração ilegal. Contudo, foram efetuadas outras missões - nomeadamente de Busca e Salvamento (SAR) - em apoio às autoridades senegalesas. As missões de SAR estiveram relacionadas com: dois naufrágios, um deles devido ao mau tempo causado pelo furacão Fred; e uma Operação de SAR de grande envergadura, que teve na sua origem uma eventual colisão em voo entre duas aeronaves que causou o despenhar de uma delas.

Durante a Operação HERA, o destacamento efetuou um total de 33 missões operacionais, patrulhando quase 2 mil milhões de Km2. Foram investigadas 2. 271 embarcações e realizadas 120 horas de voo operacionais.

A participação na Operação HERA terminou no dia 30 de setembro e foi amplamente elogiada pelas autoridades senegalesas, que agradeceram a vasta colaboração dos militares portugueses na costa ocidental africana.

http://www.emfa.pt/www/noticia-941-fron ... racao-hera (http://www.emfa.pt/www/noticia-941-frontex-forca-aerea-termina-participacao-na-operacao-hera)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 13, 2015, 12:10:11 am
FRONTEX: Força Aérea em nova participação na TRITON

A Força Aérea iniciou, a 01 de outubro de 2015, uma nova participação na Operação TRITON, da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia(FRONTEX).

A Esquadra 502 - "Elefantes" da Força Aérea está, até 31 de outubro, envolvida nesta operação, onde participa – a partir de Sigonella, Itália - com a aeronave C-295-M, duas tripulações, militares de apoio e um elemento de ligação no International Coordination Center, em Madrid. A perspetiva é que sejam feitas mais de 90 horas de voo, em quase 30 missões operacionais

No atual contexto de instabilidade da região do Norte de África, a região do Mar Mediterrâneo tem sido amplamente afetada por fluxos migratórios ilegais desde 2011. A área marítima entre a Itália, a Tunísia e a Líbia tem estado nos últimos meses sob pressão contínua das chegadas por via marítima de migrantes de várias direções.

Os principais destinos destes fluxos migratórios têm sido – para além de Itália - a Grécia, Malta e Espanha. Embora estes imigrantes pretendam chegar a salvo a estes destinos costeiros, a verdade é que grande parte deles tenta fazê-lo de uma forma em que arriscam a sua integridade física e a própria vida. É para efetuar a vigilância, agir como agente dissuasor e salvaguardar a vida humana que as instituições europeias são empenhadas nestas operações FRONTEX. A área de ação da Força Aérea centrar-se-á numa zona que vai desde do sul da ilha da Sardenha, até à Grécia, passando pelo norte da Tunísia e pelas ilhas de Lampedusa (Itália) e de La Valletta (Malta).

http://www.emfa.pt/www/noticia-942-fron ... -na-triton (http://www.emfa.pt/www/noticia-942-frontex-forca-aerea-em-nova-participacao-na-triton)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 30, 2015, 02:58:07 pm
Demonstração de operação de evacuação de civis em 2009, durante o aniversário da FAP.
Com ataque inicial de F-16.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 30, 2015, 03:06:28 pm
Eu estive lá.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 20, 2015, 11:20:26 pm
Para quem não está a acompanhar o tópico da guerra na Síria, isto acabou de acontecer.

(http://www.aereo.jor.br/wp-content/uploads//2015/11/rota-dos-Tu-160.jpg)

Será que os nossos F-16 de alerta saíram?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Novembro 21, 2015, 02:11:39 pm
Para quem não está a acompanhar o tópico da guerra na Síria, isto acabou de acontecer.

(http://www.aereo.jor.br/wp-content/uploads//2015/11/rota-dos-Tu-160.jpg)

Será que os nossos F-16 de alerta saíram?

não fazia mais sentido ir direto?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Novembro 21, 2015, 05:10:27 pm
Porque é que não foram via Irão/Iraque ??
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Novembro 21, 2015, 06:44:57 pm
Show of power e assim também treinam para quando quiserem fazer o mesmo a países da NATO.

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 12, 2016, 02:30:03 pm
Real Thaw 8 (2016) já tem site activo.
http://www.emfa.pt/www/po/exercicios/exercicio-RT8

Nas forças participantes temos coisas bonitas como F-15 e MV-22 :G-beer2:.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 19, 2016, 09:31:09 pm
Citar
F15 AMERICANOS EM SOLO PORTUGUÊS

Os F-16 da Força Aérea portuguesa foram os primeiros caças a aterrar na Base Aérea n.º 11, em Beja, no âmbito do exercício Real Thaw 2016, que vai decorrer entre os dias 21 Fevereiro e 4 de Março.

O destacamento de F-16, provenientes da BA5, em Monte Real, chegaram pelas 12h30, juntando-se aos C-130 norte-americanos e ao C-130 holandês, que foram as primeiras aeronaves estrangeiras a tocar no solo português.

Pelas 12h39 foi a vez de chegar a Beja os F15 da USAFE, também com vista a participar neste exercício que já vai na sua 8.ª edição.

Está prevista a chegada de mais aeronaves para os próximos dias. Bélgica, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos da América e Holanda são alguns dos países participantes.

http://www.emfa.pt/www/po/exercicios/artigo-RT8-002.003
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 25, 2016, 06:45:04 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 26, 2016, 04:46:12 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 01, 2016, 10:32:00 pm
Reportagem TVI24 sobre o Real Thaw 2016.

http://www.tvi24.iol.pt/videos/sociedade/ceus-de-beja-transformados-em-campo-de-batalha/56d607270cf25dc1853ba01c
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 01, 2016, 11:17:01 pm
Reportagem Fala Portugal sobre o exercicio Real Thaw 2016

https://www.facebook.com/falaportugal/videos/1120434177975847/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 02, 2016, 11:41:39 am
MDN visita exercicio Real Thaw 2016, com muitas fotos das forças participantes.

https://www.flickr.com/photos/forcaaereaportuguesa/sets/72157662994066943
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 03, 2016, 10:05:26 pm
Operações de Apoio Aéreo Avançado (FACs)

https://www.flickr.com/photos/forcaaereaportuguesa/sets/72157664799333530
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 07, 2016, 02:42:35 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 11, 2016, 01:41:31 pm
A revista The Way of the Warrior tem várias fotos do Real Thaw, além de aeronaves, também aparecem tropas especiais do Exército, Fuzileiros e forças internacionais.

http://warriors.pt/category/galerias/fotos/2016-fotos/

(http://warriors.pt/wp-content/uploads/2016/03/IMG_1104-3-604x270.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 11, 2016, 02:15:20 pm
Não me culpem pois eu nem estive em Ovar no Hot Blade 14, não presenciei nada disto, não testemunho nem aponto nomes ;D, alias foi o próprio Hot Blade a por o video no youtube para toda a gente ver :G-beer2:.

PS: pode ser que isto sirva para aumentar o recrutamento de pessoal.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 16, 2016, 09:18:09 pm
C-130, o camião todo-o-terreno da Força Aérea  :G-beer2:.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Get_It em Abril 03, 2016, 02:30:15 pm
UK jets and warship to bolster Baltic security
(3 de Abril de 2016)
Citação de: Ministry of Defence, The Rt Hon Michael Fallon MP / gov.uk
Royal Air Force Typhoon jets and the Royal Navy warship HMS Iron Duke will deploy to the Baltic this month as part of the UK’s commitment to eastern European allies.

Four Typhoons will take the lead role of the Baltic Air Policing mission which aims to safeguard the safety of NATO partners and wider Europe.

Based at Amari air base in Estonia, the crews will operate in a Quick Reaction Alert (QRA) role.

As part of standing arrangements within NATO, members of the alliance without their own air policing assets are assisted by others which contribute on a four-month cycle.

The UK deployed Typhoon aircraft to Lithuania in spring 2014 and to Estonia between May and August 2015. They will operate alongside the Portuguese air force around the airspace of Lithuania, Latvia and Estonia.

At sea, HMS Iron Duke is due to return to the Baltic region after participating in the bi-annual, multinational Exercise Joint Warrior off the coast of Scotland. The Type 23 frigate is half way through a six-month deployment to northern Europe as part of a multinational NATO task group where she has taken part in exercises and operations. She is available to NATO for a range of tasks including diplomatic visits to countries in the region.

(...)
Fonte: https://www.gov.uk/government/news/uk-jets-and-warship-to-bolster-baltic-security (https://www.gov.uk/government/news/uk-jets-and-warship-to-bolster-baltic-security)

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Abril 03, 2016, 04:28:12 pm
Não tenho como duvidar, mas acho estranho não ter saído nenhuma notícia da nossa parte.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Abril 04, 2016, 10:13:07 am
Não tenho como duvidar, mas acho estranho não ter saído nenhuma notícia da nossa parte.

"Timmings" diferentes...os Ingleses anteciparam-se. :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Abril 04, 2016, 10:28:55 am
Não tenho como duvidar, mas acho estranho não ter saído nenhuma notícia da nossa parte.

"Timmings" diferentes...os Ingleses anteciparam-se. :G-beer2:

Acredito, mas como normalmente estas coisas são anunciadas com muita antecedência estranhei a situação.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: jorgeshot1 em Abril 04, 2016, 08:13:18 pm
Já tinha sido noticiado o envio de F-16's para o Báltico.

Para 2016, além das dez missões que vão prosseguir, o Conselho Superior de Defesa Nacional aprovou seis novas intervenções no estrangeiro: o envio de um submarino para a Operação Sophia (UE) no Mediterrâneo; o destacamento de outro submarino para o Atlântico Norte e uma bateria de artilharia de campanha para a Lituânia, no quadro das chamadas medidas de tranquilização da NATO (NAM, sigla em inglês); a projeção - também para a Lituânia - de quatro caças F-16 para operações de patrulhamento aéreo da Aliança nos Bálticos.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Abril 05, 2016, 01:37:31 am
Já tinha sido noticiado o envio de F-16's para o Báltico.

Para 2016, além das dez missões que vão prosseguir, o Conselho Superior de Defesa Nacional aprovou seis novas intervenções no estrangeiro: o envio de um submarino para a Operação Sophia (UE) no Mediterrâneo; o destacamento de outro submarino para o Atlântico Norte e uma bateria de artilharia de campanha para a Lituânia, no quadro das chamadas medidas de tranquilização da NATO (NAM, sigla em inglês); a projeção - também para a Lituânia - de quatro caças F-16 para operações de patrulhamento aéreo da Aliança nos Bálticos.


Pois...bem visto...só faltava a indicação do mês. :G-beer2:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 19, 2016, 10:38:37 am
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2016/abril/bannner-p3-op-sophia_2972_tb_960x400.tb)

Citar
P-3C e 29 militares participam na Operação Sophia
Combate à migração clandestina e ao tráfico de pessoas no Mediterrâneo


Uma aeronave P-3C CUP+ Orion e 29 militares da Força Aérea participam na Operação Sophia (European Union Naval Force - Mediterranean - EUNAVFOR MED) - com vista ao desmantelamento das redes de introdução clandestina de migrantes e de tráfico de pessoas na zona sul do Mediterrâneo central.

Os meios portugueses vão estar destacados em Sigonella, Itália, entre os dias 15 de abril e 15 de junho. O objetivo deste esforço multinacional, em que participam os militares da Esquadra 601 - "Lobos", é identificar, capturar e neutralizar navios e bens utilizados, ou que possam ser utilizados, pelos traficantes e pelas pessoas suspeitas de estarem envolvidas no tráfico de seres humanos e na migração clandestina.

A Força Nacional Destacada em causa tem como missão principal a vigilância, o reconhecimento e a recolha de informação na área que lhe estará atribuída, em prol da EUNAVFOR MED.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 28, 2016, 07:09:27 pm
Citar
F-16 portugueses reforçam policiamento no Báltico

Quatro F-16 e 90 militares da Força Aérea Portuguesa já estão a caminho da Lituânia, onde irão cumprir uma missão de quatro meses entre 3 de maio e 31 de agosto de 2016, na Base Aérea de Siauliai, na Lituânia. Portugal substituirá a Espanha como nação líder da Operação e constituirá, em conjunto com o Reino Unido, o 41º contingente do Baltic Air Policing da NATO.

 Esta é a terceira vez que uma Força Nacional Destacada Portuguesa realiza missões de policiamento aéreo nos países bálticos, tendo efetuado missões também em 2007 e 2014. O destacamento português é constituído por quatro F-16 e 90 militares de diversas especialidades, incluindo 16 do género feminino. O Reino Unido participa com quatro caças Eurofighter Typhoon, da Royal Air Force, apoiando a missão portuguesa a partir da Base Aérea de Amari.

Os aliados da NATO patrulham o Báltico, com quatro meses de rotação, desde a entrada da Estónia, Lituânia e Letónia na NATO em 2004. A Espanha e a Bélgica foram as nações responsáveis pelo policiamento dos céus no início de 2016, transferindo a responsabilidade de policiamento a 3 de maio para Portugal e para o Reino Unido. A Espanha tem atualmente empenhados quatro jatos Eurofighter Typhoon e a Bélgica quatro F-16.

Desde 2004, cerca de 20 países destacaram meios para garantir a integridade do espaço aéreo no báltico, demonstrando o compromisso na defesa coletiva dos aliados. As operações de policiamento aéreo são um elemento primordial para garantir a segurança das nações e são uma prova de solidariedade e compromisso das nações para com os seus aliados. Os membros da NATO protegem o seu espaço aéreo 24 horas por dia, sete dias por semana, 365 dias por ano.

http://www.defesa.pt/Paginas/F-16portuguesesrefor%C3%A7ampoliciamentonoB%C3%A1ltico.aspx
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 21, 2016, 09:42:47 pm
http://www.emfa.pt/www/noticia-1069-forca-aerea-auxilia-canada-em-missao-de-busca-e-salvamento (http://www.emfa.pt/www/noticia-1069-forca-aerea-auxilia-canada-em-missao-de-busca-e-salvamento)
Citar
Força Aérea auxília Canadá em missão de Busca e Salvamento
Sinal de emergência a 1300km a norte das Lajes    21.05.2016

A Força Aérea em resposta a um pedido de auxílio por parte do Centro Coordenador de Busca e Salvamento de Halifax (RCC Halifax) - Canadá, empenhou, esta sexta feira dia 20 de maio, um P3-C CUP+ da Esquadra 601, para investigar um sinal de emergência a cerca de 1300km a norte da Ilha Terceira.

O Centro Coordenador de Busca e Salvamento das Lajes (RCC Lajes), após solicitação do RCC de Halifax empenhou a aeronave da Esquadra 601, que descolou da Base Aérea Nº11 para se juntar a um C-130 da Força Aérea Canadiana, também enviado para realizar buscas.

O P3-C CUP+ chegou ao local às 19:00 (hora de Lisboa) e, após contacto com RCC Lajes, iniciou buscas, já na zona de responsabilidade do Canadá - SRR Halifax. O objetivo era localizar uma embarcação que estaria a emitir um sinal de emergência, e saber se esta se encontrava em risco ou apenas com alguma avaria no equipamento de emergência (designado de EPIRB – Emergency Position-Indicating Radio Beacon).

Após duas horas de buscas na zona, a aeronave da Força Aérea localizou a embarcação, um pequeno Veleiro, com o nome de "Little Else". O único tripulante, reportou que estava a navegar em perfeitas condições, no entanto com uma avaria na EPIRB, o que originou o falso pedido de auxilio. 

O P3-C CUP+ regressou a Beja, depois de dez horas e meia de voo, e mais de 4000km percorridos.

Uma missão realizada com sucesso pela Força Aérea em estreita cooperação com o Canadá, com um único objetivo: A Salvaguarda da Vida Humana.   
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/2016/maio/zops_2341.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 30, 2016, 04:07:52 pm
Citar
SEDN visita militares da Força Aérea destacados em Sigonella
Esquadras 601 - "Lobos e 502 - "Elefantes" em Itália


O Secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, visitou os militares portugueses destacados na Base Naval de Sigonella, Sicília – Itália, a 26 de maio de 2016.

Portugal está presente nesta Unidade com dois destacamentos da Força Aérea: uma aeronave P-3C Cup+ da Esquadra 601 – “Lobos” no âmbito da operação SOPHIA da EUNAVFOR MED; e uma aeronave C-295M da Esquadra 502 – “Elefantes”, no âmbito da operação FRONTEX.

Nesta visita estiveram também presentes o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea Portuguesa, o Chefe do Estado-Maior da Armada Portuguesa, o Comandante do Comando Aéreo Interino e o Diretor-Geral da Autoridade Marítima Nacional​.

Ambas as Forças Nacionais Destacadas, representadas pela Força Aérea Portuguesa, têm como objetivo colaborar no controlo à imigração ilegal através do empenhamento de meios aéreos e tripulações qualificadas para o efeito.

A crise migratória no Mediterrâneo,ou crise de refugiados na Europa como é vulgarmente conhecida, agravou-se em 2016, sendo atualmente considerada pela Organização das Nações Unidas como uma situação crítica da Humanidade. Deve-se, essencialmente, ao aumento constante de refugiados que pedem asilo e aos migrantes que partem sobretudo de África e do Médio Oriente para países europeus, em busca de melhores condições sociais e económicas. É já considerada a maior crise de refugiados após a II Guerra Mundial.

http://www.emfa.pt/www/noticia-1081-sedn-visita-militares-da-forca-aerea-destacados-em-sigonella
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 30, 2016, 09:46:37 pm
Video sobre a Esquadra 501 - Bisontes

https://www.facebook.com/188128631326969/videos/732197776920049/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: FoxTroop em Junho 07, 2016, 08:54:51 pm
Boas pessoal. Alguém sabe o que se passou hoje à tarde sobre Peniche em que pelo menos 3 F-16 (podem ter sido mais pois ouvia-se o ruído de mais motores mas só confirmei visualmente 3) que pareciam acompanhar 4 pequenos aviões a hélice?

Chamados pelo ruído as pessoas daqui pensavam que andavam por aí os russos :).
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Junho 07, 2016, 11:41:07 pm
Boas pessoal. Alguém sabe o que se passou hoje à tarde sobre Peniche em que pelo menos 3 F-16 (podem ter sido mais pois ouvia-se o ruído de mais motores mas só confirmei visualmente 3) que pareciam acompanhar 4 pequenos aviões a hélice?

Chamados pelo ruído as pessoas daqui pensavam que andavam por aí os russos :).
Algo do género...

(https://scontent-mrs1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/13335764_10153449656682130_6141199272643956141_n.jpg?oh=a525c494b40981b1f9bb6fcbefc56c65&oe=57D1164F)

Citar
=6293582766070842007&ft[mf_story_key]=3845662788838296340&ft[ego_id]=10153449656682130&ft[ei]=&ft[fbfeed_location]=1&ft[insertion_position]=1&__md__=1]https://www.facebook.com/roncos101/?ft[qid]=6293582766070842007&ft[mf_story_key]=3845662788838296340&ft[ego_id]=10153449656682130&ft[ei]=&ft[fbfeed_location]=1&ft[insertion_position]=1&__md__=1 (https://www.facebook.com/roncos101/?ft[qid)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 21, 2016, 11:28:27 am
Citar
Portugal providencia treino tático a forças europeias
1700 militares qualificam-se para teatros operacionais

A Força Aérea Portuguesa realiza o exercício multinacional European Air Transport Training 2016 (EATT16), no âmbito do programa de exercícios de Aeronaves de Transporte Aéreo Tático da Agência Europeia de Defesa (EDA), entre os dias 19 de junho e 1 de julho na Base Aérea N.º11, em Beja.

Neste exercício participam as Forças Armadas Portuguesas e forças da Bélgica, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Lituânia, Holanda, Polónia e do Reino Unido, num total de 1700 militares e ainda como países observadores o Brasil e a Bulgária, os quais ficarão sediados na Base Aérea Nº11, em Beja, estando as suas ações planeadas para o interior Centro/Norte de Portugal Continental.

O objectivo global do #EATT2016 é obter um elevado nível de interoperabilidade entre as aeronaves de transporte aéreo dotando as suas tripulações das qualificações necessárias à realização de operações táticas nos atuais teatros internacionais.

Ao longo dos últimos anos, a Força Aérea tem vindo a ser requisitada a organizar, coordenar e a realizar exercícios multinacionais de grande dimensão. Destaca-se a série de exercícios HOT BLADE em 2012, REAL THAW, EATT, TRIDENT JUNCTURE, tendo-se concretizado pelo menos um evento por ano.

Devido à competência dos militares envolvidos, à sua capacidade de organização, ao espaço aéreo disponível, à meteorologia, mas acima de tudo, ao tipo de treino proporcionado (conceito), único na europa, a EDA tem vindo a demonstrar interesse, que a FA organize não só mais exercícios, mas como também realize outro tipo de eventos onde se privilegie formação avançada às tripulações.

http://www.emfa.pt/www/noticia-1110
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 27, 2016, 10:54:54 am
Citar
Força Aérea apoia fiscalização de atividades de pesca nos Açores
C-295M fez 21 horas de voo em três dias


A Força Aérea participou numa operação com vista à fiscalização de embarcações de pesca nos Açores, entre os dias 17 e 19 de junho, em coordenação com a Inspeção Regional das Pescas e a Marinha.
 
Nesta operação, foi empenhada uma aeronave C-295M, da Esquadra 502 – “Elefantes”, que realizou mais de 21 horas de voo e percorreu uma área de 546340 quilómetros quadrados em apenas três dias.
 
A missão atribuída à Força Aérea consistiu na recolha de um considerável volume de dados sobre a atividade das embarcações. Depois de processados, esses dados foram transmitidos à Inspeção Regional das Pescas.
 
Entre 447 alvos detetados, 70 navios de pesca foram efetivamente fiscalizados no seguimento das informações recolhidas pela Força Aérea. Como resultado da missão realizada, foi identificado um navio em presumível infração por operação na Reserva Natural dos Ilhéus das Formigas sem autorização para tal.
 
A realização de missões conjuntas entre a Força Aérea, a Marinha e a Inspeção Regional das Pesca tem como principal objetivo o controlo e a fiscalização de navios de pesca a operar a maior distância da costa. Estas missões cobrem toda a subárea dos Açores da ZEE Nacional até às 200 milhas de distância da costa e a verificação de atividade na área externa adjacente.

http://www.emfa.pt/www/noticia-1118

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Agosto 03, 2016, 07:00:00 pm
Parece que o numero de tripulações de EH101 está a melhorar, a Força Aérea já consegue ter duas tripulações em permanecia nos Açores.

http://www.emfa.pt/www/noticia-1149-forca-aerea-completa-dispositivo-de-busca-e-salvamento
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Agosto 24, 2016, 04:25:06 pm
Um sistema com que os nossos F-16 terão de se coordenar na missão do Báltico.


Citar
The German Air Force is now contributing to NATO’s assurance measures on its Eastern Border under operation “Persistent Presence”. The German air force has deployed its Deployable Control & Reporting Centre or DCRC, a Tactical Air Command which helps monitor the Baltic skies, keeping track of flights over the Baltics by logging, identifying and tracking. A deployable radio system acts as the ears and the voice of the system. All this equipment is stationed at Lielvarde Airbase, with the support of the Latvian military.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Setembro 06, 2016, 06:32:21 pm
Citar
Una formación de aviones de combate de Portugal sobre España.

http://www.defensa.com/frontend/defensa/formacion-aviones-combate-portugal-sobre-espana-vn19393-vst154 (http://www.defensa.com/frontend/defensa/formacion-aviones-combate-portugal-sobre-espana-vn19393-vst154)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 16, 2016, 06:56:18 pm
Vai começar o ASAREX 2016

Citar
O Comando da Zona Aérea dos Açores (CZAA), o Comando da Zona Marítima dos Açores (CZMA) e a Base Aérea N.º4 (BA4) acolhem, de 19 a 23 de setembro, o Advanced Search and Rescue Exercise (ASAREX2016), integrado no VI Encontro de Busca e Salvamento dos Açores.
Meios aéreos, navais, terrestres e humanos, nacionais e internacionais, participam no maior exercício de busca e salvamento do país, que decorre nas ilhas de São Miguel e Terceira – Açores.

Este exercício tem como principal objetivo o treino conjunto e a troca de experiências e conhecimentos entre os participantes. O que se pretende é promover e maximizar a sinergia entre os vários centros de busca e salvamento nacionais e internacionais adjacentes, assim como entre as entidades intervenientes em ações de busca e salvamento.


E um vídeo da ultima missão no Báltico.
Citar
A Força Nacional Destacada (FND) na Lituânia terminou, dia 31 de agosto, a sua participação na missão NATO BALTIC AIR POLICING 2016, após quatro meses de operação
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Setembro 25, 2016, 01:32:34 pm
https://www.facebook.com/PortugueseAirForce/?hc_ref=NEWSFEED (https://www.facebook.com/PortugueseAirForce/?hc_ref=NEWSFEED)
Citar
Força Aérea e Marinha organizaram esta semana o ASAREX 2016, o maior exercício de busca e salvamento nacional.
Saiba mais em: goo.gl/qU04uX
Veja as fotos do exercício em: goo.gl/oNrpjn
(https://scontent.flis3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/14469500_805261832946976_326830728336553608_n.jpg?oh=cfd7d0d99b5d4f61b78716bc3ff1a6c0&oe=5876FCAB)
(https://scontent.flis3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/14469686_805261916280301_5070034919827245197_n.jpg?oh=65b176c27e0bcd85bfcdd71a8291912b&oe=5875C1CC)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 18, 2016, 11:14:28 pm
Portuguese Air Force in exercise Noble Arrow 2016

https://ac.nato.int/archive/2016/portuguese-air-force-in-exercise-noble-arrow-2016
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: AzimuteDefesa em Outubro 22, 2016, 10:17:57 am
Citar
Exercício JOINT WARRIOR chega ao fim na RAF LOSSIEMOUTH

As aeronaves participantes começam a voltar para casa depois de nos últimos 15 dias terem participado no exercício Joint Warrior 2016-2 hospedado pela RAF Lossiemouth

Durante o exercício multinacional, dois P-8A Poseidon da Marinha dos Estados Unidos, dois CP-140 Aurora Canadianos[1], um Br.1150 Atlantic 2 Francês, dois Sea King ASaC 7 da Marinha Britânica e cinco F-16AM da Força Aérea Portuguesa voaram sobre o norte da Escócia.

O Joint Warrior é um exercício semestral organizado pelo Reino Unido que envolve forças terrestres, aéreas e marítimas de diversas nações aliadas.

O exercício envolve uma grande variedade de cenários que podem ser encontrados no quadro operacional, como disputas territoriais, actividades terroristas e pirataria.

Para além dos F-16, também a fragata NRP Álvares Cabral (F331) participou no exercício em conjunto com o restante SNMG1 (Standing NATO Maritime Group 1).

http://www.azimutedefesa.com/2016/10/21/exercicio-joint-warrior-chega-ao-fim-na-raf-lossiemouth/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 24, 2016, 04:18:58 pm
Citar
F-16 portugueses participam no NOBLE ARROW 2016
Certificação para a NATO RESPONSE FORCE 2017


Cinco F-16 da Força Aérea participaram no exercício multinacional NOBLE ARROW 2016 – integrado no exercício JOINT WARRIOR, do Reino Unido –, que decorreu entre os dias 10 e 20 de outubro, a partir da Base de Lossiemouth, Escócia. O objetivo principal: certificar os Comandos e as Forças da NATO RESPONSE FORCE 2017.

Os caças portugueses juntaram-se assim a mais de 70 aeronaves militares de vários países aliados, para treinar a prontidão, a cooperação e a interoperabilidade de meios.

"É uma excelente oportunidade de reforçar a relação com os parceiros da NATO", considerou Major Ribeiro, Comandante do destacamento português e Comandante da Esquadra 201 – Falcões. “Neste cenário complexo, envolvendo várias bases aéreas e também a interação com meios navais, a coordenação e a comunicação eficazes são alguns dos nossos desafios".

As missões, diurnas e noturnas, decorreram numa vasta área da Escócia e da Inglaterra, permitindo "aprimorar processos e maximizar a eficácia da operação para futuras missões da NATO RESPONSE FORCE (NRF)", acrescentou o Comandante. Outra das mais valias do exercício, foi a possibilidade de cumprir objetivos de treino das esquadras da Força Aérea envolvidas no exercício.

http://www.emfa.pt/www/noticia-1213-f-16-portugueses-participam-no-noble-arrow-2016
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 26, 2016, 12:32:16 am
Imagens da Força Aérea

Citar
Autoridades vigiaram frota russa que passou por Portugal

As autoridades portuguesas estiveram de vigia aos dez navios russos que passaram por Portugal a caminho da Síria. Portugal garantiu a segurança com meios aéreos e marítimos. A passagem desta frota foi considerada uma das maiores exibições navais russas desde o final da Guerra Fria pelas costas da Europa ocidental. Imagens da Força Aérea que foram exibidas esta terça-feira no programa SOS 24, da TVI24

http://www.tvi24.iol.pt/videos/sociedade/autoridades-vigiaram-frota-russa-que-passou-por-portugal/580fccc80cf2095c52cd4aa0?utm_campaign=ed-tvi24&utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_content=-post
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Outubro 28, 2016, 09:35:35 pm

Atlantic Polex 2016
A Força Aérea participou dia 20 de outubro no Atlantic Polex 2016, um exercício de combate à poluição promovido pela Direção-Geral da Autoridade Marítima.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 28, 2016, 10:46:37 pm
Força Aérea deteta desembarque de ilegais na costa italiana

http://www.emfa.pt/www/noticia-1214-forca-aerea-deteta-desembarque-de-ilegais-na-costa-italiana

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 25, 2016, 11:07:14 pm
Facebook da Força Aérea Portuguesa

Citar
Já temos os primeiros homens no Mali. O "grosso" das tropas partirá já no próximo domingo, da Base Aérea N.º 6, no Montijo.

Durante os próximos seis meses, os nossos militares e a aeronave C-130H estarão ao serviço da ONU, na missão MINUSMA.

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/15202622_848127385327087_4545342126111639699_n.jpg?oh=ebc50bc7a51cc0768d627c5fd77593cd&oe=58BE988B)

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/15135989_848127388660420_2703789361651767779_n.jpg?oh=87210e7b454f4cc1bed2eea2bdceeaf0&oe=58B13434)

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/15094494_988960771249679_1276757618634061381_n.jpg?oh=d1a83cde1b2d250136628eae36b71f32&oe=58B2FCDB)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Novembro 30, 2016, 02:04:19 pm
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2016/novembro/destaque_1500_tb_960x400.tb)

Citar
Portugueses comandam o "Campo Bifrost" em Bamako, Mali

No dia 29 de novembro de 2016, uma força militar portuguesa assumiu, pela primeira vez, o Comando de um campo que serve de apoio a militares de várias nacionalidades e que estão ao serviço da Organização das Nações Unidas, na missão MINUSMA em Bamako, no Mali.

http://www.emfa.pt/www/noticia-1236-portugueses-comandam-o-quot-campo-bifrost-quot-em-bamako-mali
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Dezembro 12, 2016, 08:17:46 pm
Destacamento C-130H parte para missão no Mali
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Dezembro 14, 2016, 08:57:44 pm
Citar
P-3C CUP+ em missão da operação Sea Guardian

Uma aeronave P-3C CUP+ foi empenhada em mais uma missão da operação Sea Guardian no dia 13 de dezembro. A aeronave operada pela Esquadra 601 – Lobos, conhecida pela sua autonomia, permitiu patrulhar uma área com cerca de 400.000 Km2, num total de oito horas de voo. Da missão resultou a identificação de duas embarcações, possivelmente associadas a imigração ilegal, e a identificação de várias situações de poluição marítima.

Esta operação, que veio substituir a já extinta Active Endeavour, conta com a participação de meios aéreos e de superfície da NATO, com a finalidade de patrulhar e de monitorizar o Mar Mediterrâneo para dissuadir, defender e proteger os Estados aliados contra ataques terroristas.

Nestas missões, a Esquadra 601 –Lobos monitoriza situações de narcotráfico, de imigração ilegal e de poluição marítima, de modo a promover a estabilidade e a segurança em todo o Mar Mediterrâneo.

http://www.emfa.pt/www/noticia-1249-p-3c-cup-em-missao-da-operacao-sea-guardian

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Dezembro 15, 2016, 02:02:19 pm
Citar
Militares portugueses arriscam a vida pela paz no Mali

São 77 os militares portugueses destacados no Mali, integrados numa missão de paz das Nações Unidas, a mais mortífera dos últimos 20 anos. Receberam a visita do ministro das Defesa, Azeredo Lopes, um encontro testemunhado em exclusivo pela TVI.

(video)
http://www.tvi24.iol.pt/videos/sociedade/militares-portugueses-arriscam-a-vida-pela-paz-no-mali/5851bc690cf29541c419c525
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Dezembro 16, 2016, 08:39:47 am
Facebook da Força Aérea Portuguesa

Citar
Já temos os primeiros homens no Mali. O "grosso" das tropas partirá já no próximo domingo, da Base Aérea N.º 6, no Montijo.

Durante os próximos seis meses, os nossos militares e a aeronave C-130H estarão ao serviço da ONU, na missão MINUSMA.

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/15202622_848127385327087_4545342126111639699_n.jpg?oh=ebc50bc7a51cc0768d627c5fd77593cd&oe=58BE988B)

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/15135989_848127388660420_2703789361651767779_n.jpg?oh=87210e7b454f4cc1bed2eea2bdceeaf0&oe=58B13434)

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/15094494_988960771249679_1276757618634061381_n.jpg?oh=d1a83cde1b2d250136628eae36b71f32&oe=58B2FCDB)

a tropa tuga, parece uma tropa africana, é militares em que cada um tem o seu camuflado, é diferentes tipos de veículos, dá quase um modelo de veículo por cada força. Não percebo, num tempo que será infinito de contenção de custos, em vez de utilizarem a mesma coisa para diminuir os custos associados, não cada quintinha seus brinquedos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Dezembro 16, 2016, 08:52:51 am
Kajukenbo - Força Aérea
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Dezembro 16, 2016, 10:08:57 am
a tropa tuga, parece uma tropa africana, é militares em que cada um tem o seu camuflado, é diferentes tipos de veículos, dá quase um modelo de veículo por cada força. Não percebo, num tempo que será infinito de contenção de custos, em vez de utilizarem a mesma coisa para diminuir os custos associados, não cada quintinha seus brinquedos.

Nos EUA também cada ramo tem o seu camuflado, e noutros paises da europa também deve acontecer. Em relação às viaturas elas são escolhidas conforme o uso que lhes vão dar, a Força Aérea não precisa de Humvees blindados ou Assault Vehicles como os Comandos na RCA, tenho ideia até que o Humvee é bem caro de operar, a Força Aérea é capaz de ter viaturas utilitárias para se deslocar ali à volta do aeroporto, mas nada táctico.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Dezembro 16, 2016, 10:19:32 am
Eu ao ver esta entrevista pensei exactamente o contrário.. Tomara as restantes Forças em missão estarem equipadas como esta está... Até os camuflados estavam conforme mandam "os termos modernos"  ;D

Quanto aos veículos, tenho ideia que os do Mali são fornecidos pela ONU, não têm nada a ver com as FAP. Ao contrário da RCA.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Dezembro 16, 2016, 10:24:45 am
Bem pensado Crypter, realmente nunca vi aquelas mercedes na Força Aérea, é bem capaz de ser isso, outra hipotese que me surge é serem "emprestadas" pela Noruega, pois parece que apesar de os termos substituido no destacamento de C-130 e no comando da Base, eles continuam a tomar conta da parte logistica.

https://www.regjeringen.no/en/aktuelt/new-norwegian-led-rotation-in-mali-for-transport-aircraft/id2505238/

Citar
On 20 June 2016, officials from Portugal, Denmark, Sweden, Belgium and Norway signed a Letter of Intent to establish a two-year long rotation of military transport aircraft capacity deployed to the United Nations Multidimensional Integrated Stabilization Mission in Mali (MINUSMA). The rotation will run until the end of 2018. The cooperation will provide air transport services based on six months long rotations. Norway intend to sustain camp facilities and camp services in Bamako for the entire two-year period.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Dezembro 17, 2016, 01:03:21 am
Nos EUA também cada ramo tem o seu camuflado, e noutros paises da europa também deve acontecer. Em relação às viaturas elas são escolhidas conforme o uso que lhes vão dar, a Força Aérea não precisa de Humvees blindados ou Assault Vehicles como os Comandos na RCA, tenho ideia até que o Humvee é bem caro de operar, a Força Aérea é capaz de ter viaturas utilitárias para se deslocar ali à volta do aeroporto, mas nada táctico.

Podem ter camuflados diferentes, mas quando operam em conjunto têm todos o mesmo camuflado. Exemplos: os corpmen da USN quando operam integrados nos Marines vestem os camuflados destes; os TACP da USAF vestem camuflados do Exército quando estão em operações conjuntas; os SEAL quando operaram com os Marines, ou com o Exército, equipam-se com os camuflados desses ramos. No vídeo é perfeitamente óbvio que o Exército tem os seus camuflados e os operacionais da FAP vestem as calças do camuflado da FAP e combat shirt multicam.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Dezembro 17, 2016, 11:08:43 am
No vídeo é perfeitamente óbvio que o Exército tem os seus camuflados e os operacionais da FAP vestem as calças do camuflado da FAP e combat shirt multicam.

Os que tem combat shirt são da UPF, o restante pessoal FAP usa camuflado completo como a enfermeira e aquele pessoal todo a comer, o Tenente-Coronel da FAP com aquela boina da ONU toda estranha, os 6 pára-quedistas não consegui perceber bem se o camuflado é igual ao pessoal FAP ou diferente, o do CEMGFA também é diferente.

A UPF não anda com a boina da ONU :o, mas os PA que fazem segurança à base usam, deve ser coisa de unidade especial.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Dezembro 17, 2016, 11:11:22 am
Em relação aos camuflados, não sabia que os Americanos quando juntos usavam o mesmo camuflado.

Mas olha que em Portugal já foi pior, no Afeganistão andavam os Comandos de verde e o TACP da FAP de camuflado de deserto :o.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 03, 2017, 10:51:06 am
Tropas portuguesas no Mali são alvo de ameaças terroristas
(fotos)

http://www.jn.pt/mundo/interior/tropas-portuguesas-no-mali-sao-alvo-de-ameacas-terroristas-5583185.html

PS: O artigo é uma treta, tal como o titulo, vale pelas fotos.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 05, 2017, 06:36:56 pm
FORÇA AÉREA PORTUGUESA DE NOVO NO MALI

Um Destacamento Aéreo está actualmente integrado na United Nations Multidimensional Integrated Stabilization Mission in Mali (MINUSMA), a força das Nações Unidas que actua no Mali desde 2013, com mandato renovado em 2016. Portugal regressou a este teatro de operações para uma missão de 6 meses, depois de ali ter estado em 2014 e 2015 – com aeronaves C-130 e C-295M – contribuindo mais uma vez para os esforços da comunidade internacional na normalização política e militar deste país martirizado pela acção de grupos terroristas.

http://www.operacional.pt/forca-aerea-portuguesa-de-novo-no-mali/

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2017/01/0-FAP-no-MALI.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Janeiro 08, 2017, 02:04:44 pm
(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-0/p480x480/15895333_877315869074905_5774865581785143804_n.jpg?oh=b28031e8748937c680294d462efdad24&oe=59240C65)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 09, 2017, 08:01:51 pm
Este é só da Esquadra 502

(https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15871665_1201479436554430_8323694672482246908_n.jpg?oh=dadc579e3aac8d0592e5e894533e22c3&oe=5919FB88)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 23, 2017, 06:57:58 pm
Reportagem Heróis Anónimos da RTP, sobre a Esquadra 504 - Linces

https://www.facebook.com/PortugueseAirForce/videos/888866734586485/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Janeiro 24, 2017, 06:12:08 pm
C-130 Hércules Português transporta feridos de atentado no Mali - 20JAN17


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 24, 2017, 07:55:04 pm
Mancha de poluição a noroeste de Portugal Continental
Missão executada pela aeronave C-295M


http://www.emfa.pt/www/noticia-1295-mancha-de-poluicao-a-noroeste-de-portugal-continental

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 24, 2017, 04:37:32 pm
Real Thaw 2017 arranca em março na BA11
http://www.emfa.pt/www/noticia-1330-real-thaw-2017-arranca-em-marco-na-ba11

(http://www.emfa.pt/www/po/exercicios/includes/exercicios/RT9/conteudos/galeria/destaques/destaque-the-first_1039.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Viajante em Março 16, 2017, 10:31:24 am
F-16 da Força Aérea interceptaram 21 aviões suspeitos em 2016

No ano passado, parelhas destes aviões da Força Área Portuguesa descolaram 21 vezes para deter aeronaves suspeitas que entraram no perímetro sob jurisdição portuguesa.

(http://oje-50ea.kxcdn.com/wp-content/uploads/2016/11/fap_for%C3%A7a-aerea-portuguesa_avioes-925x578.jpg)

Aquando da visita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ao Comando Aéreo de Monsanto, a Força Área Portuguesa aproveitou a ocasião para avançar com números nunca antes conhecidos: no ano passado, parelhas de F-16 descolaram 21 vezes para deter aeronaves suspeitas que entraram no perímetro sob jurisdição portuguesa.

A informação foi avançada pelo brigadeiro-geral (como!?!?) Paulo Mateus e veiculada pelo “Expresso Diário” desta quarta-feira. Ao que o jornal indica, o responsável da Força Área Portuguesa referiu, por exemplo, o caso das aeronaves russas, mas não se prolongou mais nas explicações sobre as missões.

“Essas aeronaves russas não estavam a fazer nada de ilegal mas era muito perigoso”, na medida em que têm de ser intercetadas por não poderem ser identificadas pela aviação civil, apenas pelos militares, explicou Paulo Mateus, durante o encontro com o Comandante Supremo das Forças Armadas Portuguesas, em declarações citadas pelo diário online.

http://www.jornaleconomico.sapo.pt/noticias/f-16-da-forca-aerea-intercetaram-21-avioes-suspeitos-em-2016-133963
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 18, 2017, 11:24:31 am
Visita do Presidente da República ao Comando Aéreo 15/03/17


O P-3 sempre a controlar tudo por cima :D.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 23, 2017, 05:23:33 pm
Esquadra 601 em São Tomé e Princípe
Exercício Obangame Express 2017


http://www.emfa.pt/www/noticia-1353-esquadra-601-em-sao-tome-e-principe

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2017/marco/destaque-obangame-express-2017_2402_tb_960x400.tb)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Março 23, 2017, 07:43:44 pm
Visita do Presidente da República ao Comando Aéreo 15/03/17


O P-3 sempre a controlar tudo por cima :D.

É impressão minha ou o F-16 que aparece em 1:06 tem padrão camuflado?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Março 23, 2017, 07:54:46 pm
Não é, dá para ver no vídeo no site da presidência.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Março 25, 2017, 11:32:13 pm
F-16 participam em exercício na Holanda.

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/17457907_1275221889180668_5403403799884592541_n.jpg?oh=ca56887b8c998cefb970f2d6114445a3&oe=596AF031)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Março 28, 2017, 11:05:17 am
F-16 participam em exercício na Holanda.

(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/17457907_1275221889180668_5403403799884592541_n.jpg?oh=ca56887b8c998cefb970f2d6114445a3&oe=596AF031)
Já agora...  :D ;D

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/17499516_10155358406464905_8215146935611228185_n.jpg?oh=6d91729abc99d65d028a5a985cf53937&oe=594D37BE)
Citar
https://www.facebook.com/Walkarounds/ (https://www.facebook.com/Walkarounds/)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Abril 14, 2017, 01:46:25 pm
Citar
A Força Aérea Portuguesa, através da aeronave F-16M, foi, no passado mês de março, pioneira na fase de testes para certificação de um novo processo de reabastecimento aéreo que a Airbus Defense & Space está a desenvolver.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Abril 18, 2017, 10:21:36 am
Força Aérea decisiva no resgate de 100 migrantes
550.000 Km2 patrulhados em aproximadamente nove horas de voo


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 06, 2017, 09:11:45 am
25 de Abril

Força Aérea localiza lancha com 11 migrantes
Operação TRITON17 – Agência FRONTEX


No âmbito da Operação TRITON17 da agência FRONTEX, a decorrer no mar Mediterrâneo, a Força Aérea Portuguesa localizou uma embarcação semirrígida com um total de 11 migrantes, no decurso de uma missão de busca e salvamento realizada dia 25 de abril de 2017.

A embarcação foi localizada por uma aeronave C-295M da Esquadra 502 – “Elefantes”, que coordenou e dirigiu meios navais italianos, ao serviço da Agência FRONTEX, permitindo resgatar os indivíduos que se preparavam para entrar na Europa ilegalmente.

Os meios portugueses participam nesta operação até ao final do mês de abril, através de um destacamento em Catânia (Itália).

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 06, 2017, 09:13:13 am
28 de Abril

Força Aérea deteta embarcação com 113 migrantes

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 06, 2017, 09:15:32 am
30 de Abril

P-3C detetou 8404 navios em 15 dias de Sea Guardian

Terminou no dia 30 de abril a participação da Força Aérea Portuguesa na operação Sea Guardian Focused Operations da NATO. Esta operação, em que esteve empenhada uma aeronave P-3C Cup+ durante duas semanas, decorreu no Mar Mediterrâneo Central, numa área partilhada por países como Itália, Grécia, Turquia (membros da NATO), Malta, Egipto e Líbia. O objectivo da operação: garantir a segurança da navegação marítima e contrariar possíveis ameaças terroristas através da presença e vigilância contínuas na região.

As Forças Armadas Portuguesas, além da Esquadra 601 - “Lobos”, estiveram representadas também por uma fragata da Marinha Portuguesa, a NRP Bartolomeu Dias, numa demonstração de capacidades e de trabalho conjunto num teatro de operações internacional. No âmbito da operação Sea Guardian, estiveram também envolvidas a fragata Grega HS Salamis (que assumiu as funções de Flagship), a fragata Italiana ITS Euro e a fragata Turca TCG Gemlik. Esta força, que constituiu um Task Group multinacional, foi pontualmente reforçada pelo E3-A AWCS, da NATO, que exerceu, numa das missões realizadas, o comando táctico da plataforma da Força Aérea Portuguesa.

As sinergias criadas pela participação dos dois meios nacionais foi evidente e uma mais valia para o desempenho da missão. A aeronave P-3C Cup+ operou em apoio directo à Fragata NRP Bartolomeu Dias em duas missões, tendo estado envolvida numa abordagem a um pesqueiro suspeito.

Durante as duas semanas de operação, a aeronave da Esquadra 601 patrulhou uma área de mais um milhão e seiscentas mil milhas náuticas quadradas, em 60 horas de voo, o que permitiu detetar 8404 navios. Entre os navios detectados, foram reportados navios com migrantes ilegais, navios mercantes em infracção, navios militares e submarinos.

O destacamento da Força Aérea Portuguesa foi constituído por uma aeronave P-3C CUP+ e 27 militares, tendo sido o seu elevado grau de profissionalismo e dedicação reconhecidos pelo comando da NATO.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 06, 2017, 09:16:37 am
2 de Maio

Esquadra 502 em missão no sul de Espanha
Operação INDALO 2017 - FRONTEX


Descolou no dia 02 de maio uma aeronave da Força Aérea para participar em missões de reconhecimento e vigilância nas fronteiras marítimas do sul de Espanha.
 
De 02 de maio a 30 de junho, uma aeronave C-295M, da Esquadra 502, e 15 militares da Força Aérea, vão estar empenhados em operações da FRONTEX (Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia) com vista ao combate da migração ilegal com origem no norte de África.
 
A aeronave C-295M, da Esquadra 502 – “Elefantes” e respetivos militares estarão destacados em Málaga, na operação “INDALO 2017”. Os principais objetivos dos destacamentos aéreos portugueses são detetar, caracterizar e acompanhar eventuais fluxos de migrantes ilegais, de modo a apoiar unidades marítimas no seu controlo.
 
Em setembro e outubro estão previstos novos destacamentos por parte da Força Aérea Portuguesa com a aeronave C-295M.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 09, 2017, 10:25:35 am
No Jornal de Noticias vem um artigo com informação sobre o apoio de aeronaves que a FAP vai dar à visita do Papa.

Despertar em 60 segundos: Helis com snipers na segurança ao Papa
http://www.jn.pt/nacional/especial/videos/interior/despertar-em-60-segundos-helis-com-snipers-na-seguranca-ao-papa-7950621.html?autoplay=true

No artigo em papel ainda refere que a Força Aérea vai participar com 4 F-16, 3 Alouette III e 2 EH101 Merlin. A GNR vai ter sob o seu comando 4 helis ligeiros, sendo 2 da ANPC e 2 da FAP, um será para controlo de tráfego rodoviário, um será para reconhecimento e avaliação de pontos de risco, os outros ficam de reserva com uma equipa da GIOE, o terceiro Alouette III já não estará em apoio à GNR mas sim para escolta aérea aos EH101 durante o transporte do Papa e comitiva. Essa comitiva será transportada em 2 EH101, possibilidade de terem elementos da UPF a bordo, um terceiro EH101 também estará de reserva na BA5, o EH101 em alerta SAR na BA6 Montijo também será deslocado para a BA5 (onde continuará em alerta) para apoiar toda a operação em caso de necessidade.

O Jornal ainda salienta que o numero de helis da FAP é 17, o que mostra a taxa de esforço feita pela Força Aérea nesta operação. Eu ainda refiro outra coisa, se contarmos com os helis SAR nas ilhas, vamos ter 7 EH101 operacionais.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Maio 10, 2017, 03:30:43 pm
A Força Aérea realizou ontem o transporte do “Papamóvel”, de Roma para a Base Aérea N.º5, em Monte Real, Unidade onde o Papa Francisco vai aterrar na próxima sexta-feira. A viatura foi transportada pela Esquadra 501 – “Bisontes”, numa aeronave C-130H.


Algumas Imagens:

(http://img.pixady.com/2017/05/461588_1266246317343638701274416455840749752317105n.jpg)

(http://img.pixady.com/2017/05/583477_1266246317343638701274416455840749752317105n.jpg)

(http://img.pixady.com/2017/05/752106_1266246317343638701274416455840749752317105n.jpg)

(http://img.pixady.com/2017/05/828438_1266246317343638701274416455840749752317105n.jpg)

(http://img.pixady.com/2017/05/407289_1266246317343638701274416455840749752317105n.jpg)

(http://img.pixady.com/2017/05/849938_1266246317343638701274416455840749752317105n.jpg)


(http://img.pixady.com/2017/05/477944_1266246317343638701274416455840749752317105n.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 12, 2017, 10:18:05 am
Ora, ora... mas só quando vem o Papa...  ::) ;)

(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/18341975_1735661479782849_5293827402494260756_n.jpg?oh=9420100182a422b809b83375c2679826&oe=59B216B4)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/18403706_1735661513116179_5901034061739497890_n.jpg?oh=64e6f3025db3728c484d2ecd8c8d8b9c&oe=59C2E146)
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/18402839_1735661536449510_5302895669082361437_n.jpg?oh=1c45dd1f4a2afd6591bb28b09d8770e6&oe=59AFF263)

https://www.facebook.com/groups/portugalspotters/ (https://www.facebook.com/groups/portugalspotters/)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 13, 2017, 11:04:25 am
https://www.rtp.pt/noticias/pais/video-o-momento-em-que-os-f16-se-aproximam-do-aviao-do-papa_v1001327 (https://www.rtp.pt/noticias/pais/video-o-momento-em-que-os-f16-se-aproximam-do-aviao-do-papa_v1001327)
Citar
A RTP foi a única televisão portuguesa a acompanhar o Papa no voo com destino a Monte Real. A equipa da televisão pública filmou, a partir do interior do avião, o momento em que os dois F16 da Força Aérea se aproximam para escoltar o avião da Alitalia.
(http://cdn-images.rtp.pt/icm/images/49/49b3f29c1a5b46e3fedc4d3f0fd14274_N.jpg?rect=190,5,737,403&w=350&q=50&auto=format)
(https://cdn-images.rtp.pt/icm/images/ec/ecfe8bd49d42091df01fdb1b327d5f94_N.jpg?rect=190,5,737,403)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Major Alvega em Maio 13, 2017, 11:57:24 am
Afinal o dispositivo esférico instalado no Alouette é uma câmera de TV e não de vigilância. Tivemos um meio da FAP a fazer filmagens para as TVs, não sei qual a razão mas talvez fosse pelo espaço aéreo estar fechado e por isso os outros meios aéreos privados estarem interditos de voar.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 13, 2017, 04:50:55 pm
(https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/18425431_961574847315673_6391343788213138453_n.jpg?oh=db0170376789a361d4270359cac5018e&oe=597CB0CC)
Citação de: Força Aérea Portuguesa
A "Force Protection" da Force Aérea está alerta, aqui pela segurança de Sua Santidade, no dia- a-dia pela de todos nós.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 13, 2017, 05:26:27 pm
Afinal o dispositivo esférico instalado no Alouette é uma câmera de TV e não de vigilância. Tivemos um meio da FAP a fazer filmagens para as TVs, não sei qual a razão mas talvez fosse pelo espaço aéreo estar fechado e por isso os outros meios aéreos privados estarem interditos de voar.

Foi esse helicóptero que filmou o EH101 que levava o Papa, e filmou a coluna de viaturas que trouxe o Papa de volta a Monte Real. Eu acho que esse hipótese muito credível pois nunca aconteceu os media recorrerem à FAP para estes serviços.

Em relação a helicópteros com camera de vigilância, o heli espanhol sempre veio? Alguém o viu? Aquilo ainda é mais secreto que o P-3 ;D.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 19, 2017, 09:41:48 am
SONIC BOOM SOBRE A LOURINHÃ

http://www.passarodeferro.com/2017/05/sonic-boom-sobre-lourinha-m1899-362017.html

Se a suposição do site estiver correcta, podemos ter tido a intercepção de bombardeiros B-1.
O que para mim não tem nada de mal, se os aviões não tem plano de voo são sempre um perigo para a aviação civil, independentemente de serem russos, americanos ou marcianos.

Ou também pode só ter sido um piloto durante um treino ter puxado um bocadinho demais pelo motor lol.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 24, 2017, 12:06:56 pm
Rever alguns cursos especiais dentro da Força Aérea (dos FAC não encontro)

Recuperador-Salvador

UPF
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Turlu em Maio 25, 2017, 10:37:57 am
Notícia de hoje no Diário Insular:

Maior autonomia e tecnologia mais avançada facilitam trabalho dos militares
Aviões C-295 reforçaram capacidade de fiscalização do mar da Força Aérea
A Força Aérea fiscaliza, por exemplo, atividades ilícitas, pesca ilegal, poluição e tráfego marítimo. Com os C-295 é possível fazer em seis horas, o que antes demorava três dias.

É talvez a missão menos conhecida da Força Aérea, até porque muitas vezes nem é visível aos olhos da população, mas é de enorme importância para várias entidades. A vigilância marítima, por via aérea, teve uma evolução significativa nos últimos anos e a tecnologia permite hoje recolher informações vitais para autoridades inspetivas e de segurança. DI acompanhou um dia de missão da esquadra 502, a bordo de um C-295.
Ao todo foram 1100 milhas percorridas em cerca de seis horas e meia de missão. Uma tarefa que seria impossível com os antigos Aviocar.
A aquisição dos C-295, com tecnologia de ponta, e a modernização dos P3, veio facilitar a vida dos militares, que ainda assim se desdobram para dar resposta à vasta Zona Económica Exclusiva portuguesa.
“Com o Aviocar precisava de três missões de cinco horas cada uma para fazer o que fiz agora numa missão de seis”, adiantou a DI o responsável pela missão, que decorreu esta semana nos Açores.
Para além da maior autonomia, que permite mais horas de voo, o C-295 tem uma velocidade superior e os sensores agora utilizados têm maior alcance e permitem cobrir uma área maior.
“Conseguimos cobrir uma enorme área, com uma alta taxa de cobertura e conseguimos identificar positivamente todos os alvos na área de operações”, salientou.
Nos Açores, o tráfego aéreo é menor do que noutras zonas do território nacional, mas a área de fiscalização é muito vasta e há outras dificuldades. “A área é muito grande e temos de gerir bem a situação da meteorologia com a autonomia de que dispomos para tentar exponenciar ao máximo a cobertura da área. Esse para mim é o maior desafio”, salientou o militar.
A missão que DI acompanhou foi um exemplo desse desafio. Ainda assim, foi possível identificar visualmente três embarcações de pescas, duas em faina e uma em rota, um cargueiro e vários veleiros.
“Tivemos de nos desviar várias vezes quer em altitude, quer com os rumos para conseguirmos ultrapassar a meteorologia mais adversa”, explicou o responsável.
Este tipo de missões tem sempre em conta quatro áreas de intervenção: a fiscalização da pesca, a deteção de atividades ilícitas, como emigração ilegal e tráfego de estupefacientes ou armas, a poluição do mar e o tráfego marítimo.
A maior parte da recolha de informações é enviada para outras entidades, mas há casos em que a Força Aérea pode emitir autos de notícia, por exemplo, se for detetada pesca num local em que não é permitida.
Felizmente, nem sempre são detetadas irregularidades, mas por vezes evitam-se possíveis acidentes, como aconteceu desta vez. Um navio mercante navegava sem o sistema de identificação ligado. A partir do C-295, a Força Aérea contactou-o, numa vertente educacional, e o comandante corrigiu o problema.
“Se nós não tivéssemos feito esta missão, provavelmente aquela embarcação iria continuar a navegar sem o AIS ligado, porque o comandante admitiu que não se tinha apercebido dessa situação, o que poderia mais à frente, por exemplo, causar um acidente”, salientou o militar, explicando que um cargueiro daquela dimensão não consegue detetar um veleiro à sua frente, a menos que o identifique neste sistema.
Para a Inspeção Regional das Pescas, que também acompanhou esta missão, o trabalho da Força Aérea é de enorme importância. Numa situação ideal, haveria um avião destinado à fiscalização das águas estacionado nas Lajes, mas à falta de recursos, a Região tenta otimizar os que existem o mais que pode.
“Seria ótimo ter cá um avião com esta capacidade todos os dias, mas isto envolve oito pessoas a bordo, combustível, tempo de voo… É importante fazer cada vez mais e ser eficiente e é isso que temos tentado fazer nos últimos anos”, frisou Rogério Ferraz, Inspetor Regional das Pescas.
Nos últimos oito anos, a Força Aérea detetou apenas duas situações irregulares, uma que se veio a comprovar de uma embarcação a operar numa área proibida. No entanto, o cruzamento de informação entre a Força Aérea, a Marinha, a Inspeção Regional das Pescas e as autoridades policiais é crucial.
Segundo Rogério Ferraz é cada vez menos comum encontrar embarcações sem licenciamento ou operações em áreas proibidas, ainda que se detetem outras situações irregulares mais pormenorizadas com gravidade. Há cerca de dois ou três anos que não são detetadas situações de invasão das 100 milhas por embarcações estrangeiras

http://www.diarioinsular.pt/


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 25, 2017, 10:57:50 am

Com o Aviocar precisava de três missões de cinco horas cada uma para fazer o que fiz agora numa missão de seis”, adiantou a DI o responsável pela missão, que decorreu esta semana nos Açores.

Para a Inspeção Regional das Pescas, que também acompanhou esta missão, o trabalho da Força Aérea é de enorme importância.

Numa situação ideal, haveria um avião destinado à fiscalização das águas estacionado nas Lajes, mas à falta de recursos, a Região tenta otimizar os que existem o mais que pode.

“Seria ótimo ter cá um avião com esta capacidade todos os dias, mas isto envolve oito pessoas a bordo, combustível, tempo de voo… É importante fazer cada vez mais e ser eficiente e é isso que temos tentado fazer nos últimos anos”, frisou Rogério Ferraz, Inspetor Regional das Pescas.

http://www.diarioinsular.pt/
Se era necessário um avião em permanência ao serviço da Inspecção Regional das Pescas, tinham passado os dois Aviocar c212-300 que venderam ao Uruguai por 900 000 euros cada, para esta entidade. Mesmo que não seja tão eficaz como o C295, estaria em permanência e com certeza poderia ser modernizado. Enfim, mais outra boa gestão de recursos...  ??? ::)

(http://imgproc.airliners.net/photos/airliners/0/6/5/1815560.jpg?v=v40)
(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/db/CASA_C-212-300_Aviocar%2C_Aduanas_AN1008234.jpg)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Maio 26, 2017, 12:56:54 am
Sacrilégio! Mas então não sabes quem Portugal tudo o que voa tem que estar na FAP?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 26, 2017, 10:10:12 am
Sacrilégio! Mas então não sabes quem Portugal tudo o que voa tem que estar na FAP?
Menos estes  ;D :bombeiro:
(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/10/dsc_0061a-copy.jpg)

Mais estes:  ;) :P
(http://www.tvregioes.com/wp-content/uploads/2016/05/inem.jpg)

E estes (apesar de estarem no Montijo)  :jaja2: :nice:
(https://i.ytimg.com/vi/Nx7xA976qnQ/maxresdefault.jpg)

Saudações


 
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 26, 2017, 10:34:09 am
Vou tentar ser imparcial, mas nesse artigo a Inspecção Regional das Pescas não demonstrou interesse em ter os seus próprios aviões, o que eles dizem é que numa situação ideal gostavam que a Força Aérea tivesse um C-295 Vimar em permanência nos Açores.

Também temos que perceber que estamos a falar de uma entidade regional, isto é, parte da Região Autónoma dos Açores, nem é uma entidade a nivel nacional, apenas com responsabilidade em fiscalizar as pescas na ZEE dos Açores, mas o país tem mais ZEE, Madeira e Continente, que também tem que ser fiscalizadas.

Se fossemos um país rico talvez este tipo de entidades tivessem os seus próprios meios, fiscalização das pescas, busca e salvamento, evacuações médicas, etc, mas como não somos, (até há quem diga que se gasta muito com as FA), e como só temos 2 aviões destes, não dá para ter em permanência 1 por arquipélado e mais 1 no continente, eles vão voando uns dias aqui, uns dias ali.

No artigo, até refere que uma missão de 6 horas do C-295 faz o mesmo que um C-212 aviocar em 3 dias, isto é, se um C-295 VIMAR for duas vezes por semana aos Açores, é o mesmo que ter lá um avião C-212 em permanência.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 26, 2017, 11:13:03 am
Vou tentar ser imparcial, mas nesse artigo a Inspecção Regional das Pescas não demonstrou interesse em ter os seus próprios aviões, o que eles dizem é que numa situação ideal gostavam que a Força Aérea tivesse um C-295 Vimar em permanência nos Açores.

Também temos que perceber que estamos a falar de uma entidade regional, isto é, parte da Região Autónoma dos Açores, nem é uma entidade a nivel nacional, apenas com responsabilidade em fiscalizar as pescas na ZEE dos Açores, mas o país tem mais ZEE, Madeira e Continente, que também tem que ser fiscalizadas.

Se fossemos um país rico talvez este tipo de entidades tivessem os seus próprios meios, fiscalização das pescas, busca e salvamento, evacuações médicas, etc, mas como não somos, (até há quem diga que se gasta muito com as FA), e como só temos 2 aviões destes, não dá para ter em permanência 1 por arquipélado e mais 1 no continente, eles vão voando uns dias aqui, uns dias ali.

No artigo, até refere que uma missão de 6 horas do C-295 faz o mesmo que um C-212 aviocar em 3 dias, isto é, se um C-295 VIMAR for duas vezes por semana aos Açores, é o mesmo que ter lá um avião C-212 em permanência.

Quando muitas entidades têm os seus próprios meios, apesar dos das F.A. parte dos quais fazem a mesmo coisa,  é normal que existam ideias no sentido de reforçar equipamento, nomeadamente de entidades que só existem no papel, e que exercem soberania, numa ZEE, que tem poucos meios  e que ainda fomos pedir para aumentar. Mas Já agora e para continuar o debate (parece que dá muito jeito entidades a torto e a direito. que levam dinheiro dos contribuintes e depois, fora até do âmbito legar são as F.A. que executam a maior parte da "papinha"  porque as tais entidades não têm meios nem que querem ter. Lá vamos nós às colaborações... ). Isto dá para os dois lados, ou existem meios a menos ou entidades a mais...   :P ::) http://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/convidados/interior/fiscalizacao-da-pesca-3977128.html (http://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/convidados/interior/fiscalizacao-da-pesca-3977128.html)
Citar
Fiscalização da pesca
PUB

O ramo militar do mar acha que tem autoridade para fiscalizar a pesca, e a administração di-lo na sua comunicação. Mas a sua argumentação, mesmo em documentos internos, é frágil e tem falhas lógicas.

As Forças Armadas (FA) não têm base legal para fiscalizar a pesca, e não podem ter porque a Constituição, em 1982, retirou competências próprias às FA na segurança interna. A administração da Armada nunca reconhece este pressuposto a que está vinculada - uma falha lógica, pois invalida as suas conclusões.

A administração da Armada invoca bases legais dispersas; vejamos quatro. No art.º15.º do decreto-lei n.º 383/98 afetam-se atribuições e competências, como vigilância e inspeção, a vários ministérios, sem ligar cada competência a pelo menos um serviço em cada ministério. Há que estudar vários diplomas para concluir a quem compete o quê, no caso do MDN, dado o pressuposto constitucional e as disposições dos diplomas que prevalecem ante o DL 383/98, tem de se concluir que à Armada compete vigiar e à Autoridade Marítima Nacional, e em especial à Polícia Marítima, vigiar e fiscalizar.

O art.º16.º do DL 191/98 atribui competências aos órgãos do Sistema de Autoridade Marítima, os quais estão elencados no art.º 7.º do DL 43/2002 e não incluem a Armada, apesar do que se diz no ramo.

O art.º 2.º do DL 79/2001 indica atribuições e competências, como vigilância e inspeção de embarcações, a várias entidades sem ligar cada competência a pelo menos uma delas. Há que estudar vários diplomas, considerando os pressupostos constitucionais e os diplomas que prevalecem, para concluir a quem compete o quê. De novo, a conclusão lógica é: à Armada compete só vigiar.

No art.º10.º do DL 45/2002 atribui-se ao comandante de unidade naval competência para levantar auto de notícia e tomar medidas para salvaguardar a prova, se e só se tiver detetado um ilícito contraordenacional, a competência é só dele, está vinculada à lei e a nenhum superior hierárquico. Como se deteta um ilícito numa embarcação de pesca sem a parar, interrompendo a sua atividade, e sem exigir a exibição de documentos, dos tripulantes, dos equipamentos e do pescado? Tais procedimentos integram o que a lei n.º 53/2008 define, nos art.º 28.º e 29.º, como medidas de polícia, as quais, segundo o art.º 26.º, só podem ser aplicadas por autoridades de polícia, o que exclui as FA. Só no caso de flagrante delito o comandante do navio, como qualquer cidadão, pode deter o faltoso, mas tem de poder provar que detetou o ilícito em flagrante, senão o comandante pode ser acusado de cometer um ilícito. E que dizer do envio de equipas armadas das guarnições dos navios da Armada para fiscalizar embarcações de pesca e outras? Mesmo que a lei autorizasse o comandante a fiscalizar, ela não o autoriza a delegar a sua competência, muito menos em pessoal armado.

Tendo atribuições e competências, a administração pública tem de interpretar a lei para a aplicar. E se, como diz um documento interno da Armada, há um "nevoeiro legislativo sobre o papel da Marinha", é dever dos servidores do Estado, vinculados ao Princípio da Legalidade e à norma da boa-fé, pedir instruções superiores, no limite, ao Governo. Com a entrada em vigor do DL 235/2012, que interpretou a lei neste domínio, essas instruções foram dadas, persistir em posições divergentes viola a lei, também quanto à boa-fé.

O que explica que os órgãos de soberania tolerem as violações da legalidade e da boa-fé por elementos da administração direta do Estado?

Poucas pessoas aceitarão ser mandadas parar em terra por militares em serviço nas FA para serem fiscalizadas. Que torna isso aceitável no mar?
(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/2016/junho/a-152340_596.jpg)
Já agora, se existe excesso em este ou aquele instituto, regional ou nacional, ter meios mais ou menos eficazes, o instituto do mar e da atmosfera tem um navio para que (primeiro o Noruega, agora o Mar Portugal)? Não bastam os 3 da Marinha? Também, já agora podiam fiscalizar, já que os da marinha práticamente todos o já fazem.  ;)
Citar
https://www.publico.pt/2015/10/23/ciencia/noticia/novo-navio-oceanografico-do-pais-ja-chegou-a-portugal-1712040 (https://www.publico.pt/2015/10/23/ciencia/noticia/novo-navio-oceanografico-do-pais-ja-chegou-a-portugal-1712040)
(https://www.ipma.pt/export/sites/ipma/bin/images.site/pescas/navios/ni-noruega-01.jpg)
Citar
https://www.ipma.pt/pt/navios/noruega/ (https://www.ipma.pt/pt/navios/noruega/)

Também podemos perguntar aos "nuestros hermanos", porque compraram  o Aviocar C212-400 para a Fiscalização de Pescas, em vez do mais eficaz C295. Na volta, mesmo mais ricos que nós, enganaram-se (ou é o que pode ter e prefere usar o Aviocar a estar dependente dos meios da força aérea espanhola)...  ::)
Citar
The Spanish Ministry of Agriculture, Fisheries and Food has ordered three C-212-400 Patrullero maritime surveillance aircraft, two of which have been delivered. The aircrafts are deployed for the surveillance of the Spanish fishing fleet in Spain's jurisdictional waters and in international fishing grounds operating over large areas from the Iberian Peninsula, the Mediterranean and the Canary Islands.

http://www.airforce-technology.com/projects/c212/ (http://www.airforce-technology.com/projects/c212/)
(http://www.airforce-technology.com/uploads/project/c212/images/2.jpg)

 Saudações


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Alvalade em Maio 30, 2017, 03:41:31 pm
https://twitter.com/cnni/status/869562827002040320
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Junho 01, 2017, 09:49:51 am
https://www.facebook.com/defesa.pt/?hc_ref=NEWSFEED (https://www.facebook.com/defesa.pt/?hc_ref=NEWSFEED)

Citar
MISSÃO CUMPRIDA

"Concluiu-se uma participação excelente, que ultrapassou os objetivos definidos, num contexto bem mais difícil do que era esperado. O que vos posso dizer é obrigado em nome de Portugal e dos portugueses."

O agradecimento é do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esta tarde, na cerimónia de receção do Estandarte Nacional da Força Nacional Destacada que regressou do Mali, na Base Aérea do Montijo.

A participação do contingente português na missão das Nações Unidas no Mali (MINUSMA) começou em novembro. Estiveram envolvidos 193 militares, num sistema de rotação, estando em permanência no local 66 militares, 60 da Força Aérea Portuguesa e seis paraquedistas.

A missão portuguesa desempenhou com um C-130 ações de transportes de feridos e doentes, transporte de passageiros, lançamento de carga e reconhecimento.
(https://scontent-lhr3-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/18767761_1343482902407591_5132219026602010712_n.jpg?oh=a6645221c837052840607f86118d4e77&oe=59EA7FE7)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Junho 01, 2017, 11:53:26 am
Será que um Kc390 conseguiria fazer o que este C-130 fez no Mali? Tenho sérias dúvidas..
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 01, 2017, 12:34:12 pm
Será que um Kc390 conseguiria fazer o que este C-130 fez no Mali? Tenho sérias dúvidas..

Porquê?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Crypter em Junho 01, 2017, 08:09:04 pm
Será que um Kc390 conseguiria fazer o que este C-130 fez no Mali? Tenho sérias dúvidas..

Porquê?

Continuo a não acreditar na validade em utilizar uma plataforma com motores jacto em pistas de terra... Não acredito que se consiga utilizar o KC com a frequência, capacidade e disponibilidade que esta missão no Mali obrigou o C130..
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Junho 01, 2017, 09:36:44 pm
Será que um Kc390 conseguiria fazer o que este C-130 fez no Mali? Tenho sérias dúvidas..

Porquê?

Continuo a não acreditar na validade em utilizar uma plataforma com motores jacto em pistas de terra... Não acredito que se consiga utilizar o KC com a frequência, capacidade e disponibilidade que esta missão no Mali obrigou o C130..

Vê o C-5 americano, ele faz o mesmo que o C130!

Contínuo a não perceber a pequenez dos Portugueses, Todos querem ter as suas próprias quintas. Um país tão pequeno e com tantas organizações a fazer o mesmo, não percebo.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: perdadetempo em Junho 01, 2017, 10:17:58 pm
Por exemplo este avião que é civil já foi utilizado em pistas de gravilha apesar dos motores usados serem turbofan.

(http://www.cobhamaviationservices.com/assets/gallery-images/_captioned/NJW_-_gravel_kit_-_edited_(Large).jpg)

e também em fogos florestais

(http://r3.aviationpros.com/files/base/CAVC/image/2016/03/16x9/640x360/Gibraltar_1_2015_Santa_Barbara_County_Fire_Department_Mike_Eliason.56dee02fcf7f5.jpg)


http://www.airliners.net/aircraft-data/british-aerospace-bae-146/45 (http://www.airliners.net/aircraft-data/british-aerospace-bae-146/45) e sua versão mais moderna http://www.airliners.net/aircraft-data/british-aerospace-avro-rj7085100/47 (http://www.airliners.net/aircraft-data/british-aerospace-avro-rj7085100/47)

Cumprimentos,
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: overlord em Junho 01, 2017, 10:48:12 pm
Será que um Kc390 conseguiria fazer o que este C-130 fez no Mali? Tenho sérias dúvidas..

Porquê?

Continuo a não acreditar na validade em utilizar uma plataforma com motores jacto em pistas de terra... Não acredito que se consiga utilizar o KC com a frequência, capacidade e disponibilidade que esta missão no Mali obrigou o C130..

Vai ao youtube e procura videos do C-17 em aterrar em pistas de terra
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 02, 2017, 12:24:59 pm
O fim desta missão deve ser um alívio para os Bisontes pois passam a poder contar agora com 2 C-130 operacionais...  ::)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Junho 02, 2017, 04:09:47 pm
O fim desta missão deve ser um alívio para os Bisontes pois passam a poder contar agora com 2 C-130 operacionais...  ::)

É estar mesmo a bater no fundo do fundo com apenas duas aeronaves operacionais e ainda por cima com as limitações técnicas que tem.
Ó sr MdN, venham de lá 20 milhões X 10, para efectuarmos uns upgrades nos C's,  :conf: :conf: :conf:
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 02, 2017, 05:30:00 pm
O fim desta missão deve ser um alívio para os Bisontes pois passam a poder contar agora com 2 C-130 operacionais...  ::)

A sorte é que temos os C-295 para ir fazendo os voos regulares para os Açores e para o apoio ao destacamento F-16 na Holanda a fazer o FWIT, com os Aviocars não dava.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 02, 2017, 06:41:03 pm
O fim desta missão deve ser um alívio para os Bisontes pois passam a poder contar agora com 2 C-130 operacionais...  ::)

A sorte é que temos os C-295 para ir fazendo os voos regulares para os Açores e para o apoio ao destacamento F-16 na Holanda a fazer o FWIT, com os Aviocars não dava.

Por isso é que os Elefantes qualquer dia destes atingirão as 20.000 horas de voo. Bem se podiam comprar mais 3 para perfazer 10 aparelhos só na versão de transporte, e modernizá-los do padrão C-295M para C-295W.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 09, 2017, 10:15:03 pm
Facebook da Força Aérea

Citar
Uma aeronave P-3C Cup+, operada pela Esquadra 601 - Lobos, está desde o dia 5 de junho ao serviço da NATO nos países bálticos.
Esta Força Nacional Destacada, constituída por militares das áreas de Operações, Manutenção, Logística e Proteção da Força, encontra-se a operar a partir da Estónia.
Durante 15 dias de operação, o P-3 executará várias missões de patrulhamento marítimo.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 17, 2017, 11:34:19 pm
http://www.dn.pt/portugal/interior/forca-aerea-portuguesa-organiza-exercicio-de-busca-e-salvamento-nos-acores-8773567.html
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Setembro 30, 2017, 10:53:50 am
http://observador.pt/2017/09/28/selecao-portuguesa-viaja-para-andorra-em-aviao-da-forca-aerea/ (http://observador.pt/2017/09/28/selecao-portuguesa-viaja-para-andorra-em-aviao-da-forca-aerea/)
Citar
Seleção portuguesa viaja para Andorra em avião da Força Aérea
28/9/2017, 13:411.357
9
A seleção portuguesa vai viajar para Andorra num avião da Força Aérea de modo a poder aterrar no aeródromo local, que não recebe voos comercias, revelou fonte da FPF.
(http://img.obsnocookie.com/s=w800,pd1/o=80/http://s3cdn.observador.pt/wp-content/uploads/2017/09/28134059/9530791_770x433_acf_cropped.jpg)
(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/e/e1/Pirineus_-_la_Seu_d%27Urgell_airport.jpg)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Novembro 20, 2017, 12:03:32 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Dezembro 21, 2017, 01:50:32 pm
Mensagem de Natal - General CEMFA


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Vitor Santos em Dezembro 28, 2017, 09:38:20 pm
Esquadrão Orungan participa de exercício operacional em Portugal

Exercício Brasil-Portugal busca trocar experiências operacionais e logísticas

(http://www.fab.mil.br/sis/enoticias/imagens/pub/35748/i17122016451253427.jpg)

Citar
A Força Aérea Brasileira realizou, entre os dias 7 e 16 de dezembro, um importante intercâmbio operacional com Portugal. Dezessete militares do Esquadrão Orungan (1º/7º Grupo de Aviação) e um representante do Comando de Preparo (COMPREP), participaram do II Exercício Brasil-Portugal (BRAPOR).

A atividade ocorreu na Base Aérea nº 11 (BA11), na cidade portuguesa de Beja, tendo como objetivo a troca de experiências operacionais, logísticas e o desenvolvimento técnico entre as duas Forças Aéreas. Participaram o Esquadrão Orungan, operador da aeronave P-3AM no Brasil, e a Esquadra 601, operadora da aeronave P-3C Cup+ em Portugal.

Para o Major Aviador Alexandre Tadeu Ferreira da Silva, o exercício foi importante para a assimilação da doutrina portuguesa de operação e para a avaliação das possibilidades de melhorias de emprego pela FAB. “A Esquadra 601 já opera com o P-3 há mais de duas décadas, consagrando Portugal como um país de notória participação em diversas operações como membro da OTAN.

(http://www.fab.mil.br/sis/enoticias/imagens/pub/35748/i17122016451884306.jpg)

“Esse intercâmbio operacional foi uma atividade importante para troca de informações e experiências, visando o manejo e a operação de torpedos e mísseis", afirmou o Sargento Thiago Santos das Neves, operador de equipamentos especiais da aeronave P-3AM.

Durante os dez dias do exercício, foram realizadas ações Antissubmarino, Patrulha Marítima, Busca e Salvamento, além do treinamento de procedimentos e técnicas de operação do torpedo Mk46 e míssil AGM- 84 Harpoon.

Fotos: Cap Falcão

FONTE: FAB
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Dezembro 29, 2017, 04:35:38 pm
Só uma achega e correcção a esta notícia veiculada pela Força Aérea Brasileira, e que o amigo Vítor Santos partilhou neste e noutro tópico: a Esquadra 601 "Lobos" foi criada em Março de 1986, portanto conta com 31 anos de existência, pese embora tenha recebido o primeiro P-3P apenas em Agosto de 1988.  ;)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Janeiro 01, 2018, 08:23:09 pm

Citar
A aeronave Falcon 50 realizou no dia 28 de dezembro, um transporte médico urgente de Lisboa para o Porto.
A tripulação de serviço na Esquadra 504 - “Linces”, recebeu o alerta do Centro das Operações da Força Aérea, em Monsanto, com a informação de que era necessário realizar uma missão de Lisboa para o Porto.
Uma equipa médica acompanhou o voo no sentido de assegurar que o paciente tinha os cuidados de saúde apropriados.
Desde dia 24 de Dezembro é já a terceira missão deste tipo realizada pela Força Aérea, com recurso à aeronave Falcon 50.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Janeiro 06, 2018, 11:02:04 am
https://www.facebook.com/passarodeferro.pt/ (https://www.facebook.com/passarodeferro.pt/)
Citar
2017 da Força Aérea Portuguesa em números...

(https://scontent.flis3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/26168585_2063440193666463_4969520454951263567_n.jpg?oh=0af1b3cdd53e7d973b9862445715026e&oe=5AEFEF0E)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Janeiro 06, 2018, 01:53:38 pm
https://www.facebook.com/passarodeferro.pt/ (https://www.facebook.com/passarodeferro.pt/)
Citar
2017 da Força Aérea Portuguesa em números...

(https://scontent.flis3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/26168585_2063440193666463_4969520454951263567_n.jpg?oh=0af1b3cdd53e7d973b9862445715026e&oe=5AEFEF0E)

Cumprimentos

EXCELENTE DESEMPENHO, é o que é  !!!
O que estes homens e mulheres não fariam com mais e melhores aeronaves e melhores condições de Trabalho, ou seja, mais tripulações !!!
Os meus sinceros Parabéns pelo PROFISSIONALISMO E EMPENHO da nossa FAP !!!!

Abraços
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Janeiro 07, 2018, 06:59:47 pm
bem, se nór tivessemos apenas um F  esse voava uma hora e meia por dia, que loucura!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 07, 2018, 09:47:19 pm
bem, se nór tivessemos apenas um F  esse voava uma hora e meia por dia, que loucura!

Os F-16 normalmente fazem cerca de 3500 horas de voo anuais.

http://www.emfa.pt/www/conteudos/informacaofap/relatorio_gestao2016.pdf
(pag.13)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Janeiro 08, 2018, 10:05:54 pm
bem, se nór tivessemos apenas um F  esse voava uma hora e meia por dia, que loucura!

Os F-16 normalmente fazem cerca de 3500 horas de voo anuais.

http://www.emfa.pt/www/conteudos/informacaofap/relatorio_gestao2016.pdf
(pag.13)

Mesmo assim dá uma média de meia hora por dia, por caça (foi assumido que temos 30 caças)!
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 08, 2018, 11:28:55 pm
Mesmo assim dá uma média de meia hora por dia, por caça (foi assumido que temos 30 caças)!

A média é capaz de ser essa, mas não vejo qualquer problema. Penso que os pilotos têm mantido as suas qualificações. É que até podemos ter 30 aviões,mas acho que não temos 30 motores, vendemos 13 à Roménia. E os aviões têm as suas manutenções programadas para fazer. Além disso ao fim de semana não costuma haver voos de treino, por isso uns dias dão para os outros.

Certos meses os F-16 fazem mais horas de voo que os Alpha Jet num ano inteiro.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 19, 2018, 10:52:54 pm
Site do exercicio Real Thaw 18

http://www.emfa.pt/www/po/exercicios/exercicio-RT18#top
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Janeiro 22, 2018, 09:44:06 am
http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/operador-da-forca-aerea-deteta-traineira-com-droga-em-operacao-de-rotina (http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/operador-da-forca-aerea-deteta-traineira-com-droga-em-operacao-de-rotina)
Citar
A operação que permitiu apreender 1.600 quilos de haxixe numa traineira, no Algarve, deveu-se à "perspicácia" do operador da Força Aérea que sobrevoava o local durante uma vigilância de rotina, disse o porta voz daquele organismo militar. A operação, que decorreu durante a madrugada desta sexta-feira, teve início depois de um operador de uma aeronave da Força Aérea, em missão de vigilância, ter desconfiado do aspeto e das movimentações de uma traineira, detetada ao final da tarde a 30 milhas a sul de Faro, sem aparelhos de pesca visíveis.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/operador-da-forca-aerea-deteta-traineira-com-droga-em-operacao-de-rotina
(http://cdn.cmjornal.pt/images/2018-01/img_757x498$2018_01_19_18_37_53_702709.jpg)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Janeiro 25, 2018, 12:34:26 am
O Facebook da FAP informa que em Maio vamos ter exercício Hot Blade na Base Aérea 11 - Beja.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 18, 2018, 10:15:12 pm
O video é do ano passado mas acho que ainda não foi colocado aqui no Forum

Documentário sobre a Esquadra 502 - Elefantes.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 20, 2018, 10:36:29 pm
Sei que os Aviocar já não estão ao serviço, mas é um video interessante sobre operações de vigilância marítima.

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Fevereiro 20, 2018, 11:00:56 pm
Sei que é offtopic mas é só para um pequeno desabafo. Por ter andado a ver esses vídeos do Aviocar, e da recente noticia de Espanha de querer abrir uma mina de Urânio na zona de Salamanca, lembrei-me do caso Prestige em 2002, é que isto de sermos europeus todos amigos é muito bonito mas na hora da verdade cada um quer salvar o próprio coiro, e os outros depois logo se vê, até posso acreditar que há espanhóis boas pessoas, mas o governo de Madrid sempre gostou de empurrar o lixo deles para a nossa porta.


Reportagem Perdidos e achados da SIC
http://sicnoticias.sapo.pt/programas/perdidoseachados/2016-11-12-Prestige-1

Sei que na altura a Força Aérea teve um destacamento de C-212 Aviocar de Vigilância Maritima a operar do AM1 Ovar
E pelo artigo seguinte que estiveram envolvidas Fragatas e Corvetas da Marinha e dois Aviocar e 1 P-3 da Força Aérea.
https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/operacao-prestige-sem-fim-a-vista

PS: Deve ter sido das poucas coisas que o Durão Barroso e Paulo Portas fizeram de jeito, e ver na reportagem da SIC o Paulinho a fazer peito aos espanhóis, não estava à espera  ;D.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Viajante em Fevereiro 21, 2018, 11:38:39 am
Sei que é offtopic mas é só para um pequeno desabafo. Por ter andado a ver esses vídeos do Aviocar, e da recente noticia de Espanha de querer abrir uma mina de Urânio na zona de Salamanca, lembrei-me do caso Prestige em 2002, é que isto de sermos europeus todos amigos é muito bonito mas na hora da verdade cada um quer salvar o próprio coiro, e os outros depois logo se vê, até posso acreditar que há espanhóis boas pessoas, mas o governo de Madrid sempre gostou de empurrar o lixo deles para a nossa porta.

E estão agora a empurrar uma mina de urânio para a nossa fronteira! A juntar ao depósito subterrâneo que já têem perto de nós.
https://www.jn.pt/nacional/interior/espanha-aprova-mina-de-uranio-e-esquece-portugal-9129661.html
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: jpthiran em Fevereiro 24, 2018, 12:42:28 pm
Sei que é offtopic mas é só para um pequeno desabafo. Por ter andado a ver esses vídeos do Aviocar, e da recente noticia de Espanha de querer abrir uma mina de Urânio na zona de Salamanca, lembrei-me do caso Prestige em 2002, é que isto de sermos europeus todos amigos é muito bonito mas na hora da verdade cada um quer salvar o próprio coiro, e os outros depois logo se vê, até posso acreditar que há espanhóis boas pessoas, mas o governo de Madrid sempre gostou de empurrar o lixo deles para a nossa porta.


Reportagem Perdidos e achados da SIC
http://sicnoticias.sapo.pt/programas/perdidoseachados/2016-11-12-Prestige-1

Sei que na altura a Força Aérea teve um destacamento de C-212 Aviocar de Vigilância Maritima a operar do AM1 Ovar
E pelo artigo seguinte que estiveram envolvidas Fragatas e Corvetas da Marinha e dois Aviocar e 1 P-3 da Força Aérea.
https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/operacao-prestige-sem-fim-a-vista

PS: Deve ter sido das poucas coisas que o Durão Barroso e Paulo Portas fizeram de jeito, e ver na reportagem da SIC o Paulinho a fazer peito aos espanhóis, não estava à espera  ;D.

concordo...num muito razoável resumo das coisas os Espanhóis até podem não ser maus vizinhos, mas o governo Central de Castela não é de fiar nem num milímetro!...e não interessa a ninguém!...nem mesmo à maioria dos Espanhóis!...serve apenas para uma região que é pobre e desértica, que é o caso de Castela, poder sobreviver através da cobrança de impostos e da subjugação política e militar dos que estão à sua volta!...Castela nunca sobreviveria economicamente sozinha, ao contrário da Catalunha, do País, Basco, da Galiza, ou da Comunidade Valenciana...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 24, 2018, 02:19:45 pm
?

(http://estaticos.expansion.com/assets/multimedia/imagenes/2016/04/07/14600211147377_546x0.jpg)

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: jpthiran em Fevereiro 24, 2018, 08:22:37 pm
acho que o gráfico que Cabeça de Martelo mostra explica tudo...
Castilla y Leon (ou Castela Norte) é abaixo da média Espanhola e Castilla la Mancha (ou Castela Sul) é muito abaixo da média Espanhola...
ou seja se não fossem os impostos sugados por toda a Espanha o que seria da região de Madrid?...
muito menos do que é na realidade!...
é evidente que aqueles a quem os impostos são cobrados não acham piada a ver o seu dinheiro torrado em Madrid...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 25, 2018, 12:18:26 am
Madrid? A mesma que aparece em 1. lugar?
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: jpthiran em Fevereiro 25, 2018, 12:23:42 pm
Madrid? A mesma que aparece em 1. lugar?
Bom, eu acho que o PIB per capita de Madrid é obtido artificialmente, é obtido à força, através da concentração dos serviços do estado, suportada pelos impostos. Na região de Castela que a circunda não há nada...é um imenso deserto...como é que se pode explicar tanta riqueza senhão pelos impostos dos Espanhóis?... por oposição, o país Basco e apesar do terrorismo da ETA sempre foi muito forte económicamente...é uma potencia industrial...muito fortes na siderugía...produzem de tudo...asssim com a Caralunha também é industrialmente forte....os grandes bancos de Espanha também são Bascos ou Catalães...BBVA e Santander no pais Basco, Sabadel e La Caixa na Catalunha....assim que vejo a Espanha...
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 25, 2018, 01:10:23 pm
Qualquer capital de um país vai ter os serviços centrais da nação. Não é o que acontece em Portugal?!

Ainda por cima Espanha é um país com regiões que gozam de larga autonomia.

Queres saber porque é que eles têm um Pib per capita superior a Portugal? Começa nos impostos, salários, produtividade, etc.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 02, 2018, 11:46:38 am
http://www.passarodeferro.com/2018/04/f-16-de-alerta-interceptam-a400-da-raf.html (http://www.passarodeferro.com/2018/04/f-16-de-alerta-interceptam-a400-da-raf.html)

Citar
A parelha de alerta rápido (QRA) de F-16 na Base Aérea nº5, Monte Real, foi accionada no Domingo, 29 de Abril de 2018, pelas 11:15 horas.
Missão: interceptar uma aeronave não identificada, a entrar em espaço aéreo de responsabilidade portuguesa.

Na verdade, desta vez tratou-se apenas de um treino, aproveitando um sobrevoo de um Airbus A400M da Royal Air Force, em rota para Marrocos.

(https://2.bp.blogspot.com/-2nBzg7tkDLA/WudoQcYBQXI/AAAAAAAAER8/fjHE230nN40P4h7oMGfxqbHPVjLAtl-AgCLcBGAs/s640/DcCenq-X0AAOY1F.jpg)

(https://3.bp.blogspot.com/-eA0zNrP9CHQ/WudoQVjVSTI/AAAAAAAAESA/XuYofpNah8A94y1QOJ_a0lEA8p0PwSXeQCLcBGAs/s640/DcCensIW4AAcXgm.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 02, 2018, 02:02:15 pm
F-16 portugueses já aterraram na Lituânia para o BAP18
Participação no Baltic Air Policing 18 terá duração de quatro meses

http://www.emfa.pt/www/noticia-1714-f-16-portugueses-ja-aterraram-na-lituania-para-o-bap18

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/destaques-2018/mai/main-party-960x400_2216_tb_960x400.tb)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 03, 2018, 06:52:35 pm
O Hot Blade já se aproxima
http://www.emfa.pt/www/noticia-1716-evento-spotters-day-no-hot-blade-2018

Parece que vamos ter NH-90 Alemães, Mi-17 e vários Cougars.
(https://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/hotblade/hot-blade-2018/press-paper-spotters-hb18_2568.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 03, 2018, 08:34:51 pm
Meios da Força Aérea em operação no Mediterrâneo
Destacamento em Málaga, de 01 de maio a 30 de junho

http://www.emfa.pt/www/noticia-1715-meios-da-forca-aerea-em-operacao-no-mediterraneo

(https://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/2018/mai/30123813-1164259857047170-148407419477688320-o_1648.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Maio 08, 2018, 10:56:30 am
Portuguese Quick Reaction Alert


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Maio 08, 2018, 12:23:05 pm
Portugal to take over lead of Baltic Air Policing
By George Allison -  May 4, 2018

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/aIULac.png) (https://imageshack.com/i/pnaIULacp)

The Portuguese Air Force has assumed lead of the Baltic Air Policing mission. During the traditional ceremony at Šiauliai Airbase on May 2 a detachment of the Portuguese Air Force was handed over the symbolic key to the Baltic Airspace from the outgoing detachment of the Royal Danish Air Force.

“As the Portuguese F-16 detachment commander, I’m proud of being part of this united effort, aware of the great responsibility and 100% committed to this mission” Lieutenant-Colonel Afonso Gaiolas, Commander of the leading Portuguese detachment stated in his speech during the ceremony. His detachment consists of four F-16 fighter jets and a total of 84 personnel say NATO.

The commander of the outgoing Danish detachment, Lieutenant-Colonel John Kristensen, took the opportunity to thank his Lithuanian hosts for their support:

“The Lithuanian Air Force and all the personnel on the Airbase provided outstanding support to us” he said. Addressing his Airmen he added: “We have solved the mission with jets ready 100% of the time with only 54 people. That can only be done with dedicated and well trained personnel.”

Both Air Forces from Portugal and Spain are not new to the mission. During the fourteen-year history of Baltic Air Policing, the Portuguese Air Force deployed to Lithuania three times already in 2007, 2014 and 2016. The Spanish Air Force is contributing to the mission for the fifth time after two deployments to Šiauliai in 2006 and 2016 and after augmenting the mission twice out of Ämari, Estonia in 2015 and 2017.

Four Spanish Eurofighter Typhoon jets will augment the Portuguese F-16s during the current rotation. A third detachment from the French Air Force is going to take over an additional augmenting role from the Italian Air Force on May the 3rd in Ämari, Estonia.

https://ukdefencejournal.org.uk/portugal-to-take-over-lead-of-baltic-air-policing/

Abraços
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 12, 2018, 10:15:20 pm
(https://scontent.flis3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32349592_975171199318490_3902182628291248128_n.jpg?_nc_cat=0&oh=e267bd1747fcac3ef925140cbab759cd&oe=5B962932)
Citar
Equipa de Sniper da Força de Operações Especiais do Exército Português Helitransportada num EH101 da Força Aérea Portuguesa no Exércicio Hot Blade 2018

https://www.facebook.com/TWOTWarriors/ (https://www.facebook.com/TWOTWarriors/)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 16, 2018, 11:14:11 am
https://www.facebook.com/passarodeferro.pt/?hc_ref=ARTRfhFo6Co1eo42CSONn7vgcVf5PVn8zK_Uxwleuu3-cp_bDNTlx12N0fMBSF05dG8&fref=nf (https://www.facebook.com/passarodeferro.pt/?hc_ref=ARTRfhFo6Co1eo42CSONn7vgcVf5PVn8zK_Uxwleuu3-cp_bDNTlx12N0fMBSF05dG8&fref=nf)

Citar
Dois caças F-16M da Força Aérea Portuguesa estiveram hoje envolvidos nas operações de "calibração" do radar o Pico do Arieiro - Madeira. As aeronaves (15103 e 15108) operaram a partir do AM3 - Porto Santo.
Foto: Luís Drumond

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32559849_2256088534401627_3713309156527046656_n.jpg?_nc_cat=0&oh=6d80832dedb6d4dc848aa6903fea88bd&oe=5B855620)

Saudações


Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 17, 2018, 12:10:54 am
Fotos do Facebook da Força Aérea sobre o exercicio Hot Blade 18.

(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32702626_1187789318027557_4221387664336617472_n.jpg?_nc_cat=0&oh=2a50c6bb8b969e9fc96f176250fba858&oe=5B95581E)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32530677_1187792541360568_5792281217093074944_n.jpg?_nc_cat=0&oh=605007cbd8d176c9f05760126fa80f52&oe=5B8F9D5A)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32592827_1187792578027231_9206291085062569984_n.jpg?_nc_cat=0&oh=2d631324f0aee70aaab1d89540d60bfe&oe=5B890E4A)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32845198_1187792581360564_7051831284892434432_n.jpg?_nc_cat=0&oh=8f75a044bb2c00e32cf61f2894a28dd4&oe=5B9858D8)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32806116_1187788658027623_5838683399513964544_n.jpg?_nc_cat=0&oh=a71bc26828be62e36a6cc68ccbb5d546&oe=5B8E857E)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32659806_1187788898027599_815574449393762304_n.jpg?_nc_cat=0&oh=197123c4ec209335042cd3a723d25dd2&oe=5B793E66)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32547657_1187788888027600_8020144237439877120_n.jpg?_nc_cat=0&oh=fa0d51d791bac367f43169c557f69ad4&oe=5B89BDC4)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32616783_1187788684694287_5070557081631719424_n.jpg?_nc_cat=0&oh=6b1475a213def7986b3b105110bb9abd&oe=5B8B2977)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32498256_1187788674694288_7531417769934323712_n.jpg?_nc_cat=0&oh=ffcd7bd2247ee0efe41983157d5faeba&oe=5B96793E)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32768025_1187788911360931_8781405415171686400_n.jpg?_nc_cat=0&oh=4662c4d1f6e3e0b39f3b21332fb67b1b&oe=5B8E8D89)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32741985_1187788998027589_7859260453363384320_n.jpg?_nc_cat=0&oh=1b06969bde56a8389d944b6f4ad9f46d&oe=5B7B4F27)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32744208_1187789008027588_6497386818416148480_n.jpg?_nc_cat=0&oh=5bae37242a7f5bcd7343c61184e735e3&oe=5B7980AC)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32669007_1187789014694254_3722946272865288192_n.jpg?_nc_cat=0&oh=3669fb546f0e0d6cb69200bc7d218981&oe=5B999420)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32739767_1187789244694231_3372611111995047936_n.jpg?_nc_cat=0&oh=51ab979129b72f43954b5f9a237f6c54&oe=5B510D8A)
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/32471932_1186691064804049_2370588941121224704_n.jpg?_nc_cat=0&oh=fe2a2f0d12ccb5b4cd7051426e2462e1&oe=5B7DA29B)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Barlovento em Maio 17, 2018, 11:18:46 am
Baltic Air Policing

http://www.defensa.com/espana/eurofighter-espanoles-entrenan-combate-aereo-contra-daneses
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 18, 2018, 12:33:50 pm
Seis helicópteros NH90 treinam em Beja no exercício Hot Blade

Hungarian MI-17 at the Hot Blade 2018, in Beja

Spotters Day
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Viajante em Maio 19, 2018, 11:30:07 am
Helicóptero descola de Espanha e é interceptado por F-16 em espaço aéreo nacional

Um helicóptero com tripulação russa descolou de Espanha sem plano de voo e sem contactar as autoridades, acabando por ser intercetado e escoltado por caças F-16 da Força Aérea Portuguesa (FAP), após entrar em espaço aéreo nacional.

(https://thumbs.web.sapo.io/?epic=ZjFhj1EMlw3j0eD2xtz2SLN2iv8lYrttQqxNO4CdHpDPMYRFVIlFjuVVEmttgtAXq9UU593qX3taLHqyQ/fxXXyCAa6glk1Pex6D0P0QfG8GC/U=&W=800&H=0&delay_optim=1)

O incidente ocorreu a 05 de maio e foi confirmado à agência Lusa pela FAP e pela NAV Portugal (entidade responsável pela gestão do tráfego aéreo), a qual adiantou que o Aeroporto de Lisboa “teve as aterragens e as descolagens suspensas”, por questões de segurança, durante 15 minutos (entre as 15:16 e as 15:31), devido à proximidade do aparelho, de registo português e com dois tripulantes russos.

“Como é procedimento normal, a NAV Portugal foi informada pela FA [Força Aérea] da operação em curso e tomou as medidas adequadas a este tipo de situações de modo a garantir a todo o tempo a segurança da aviação civil”, refere a NAV.

A FAP explicou que o helicóptero descolou da província de Toledo, em Espanha, sem plano de voo e sem estabelecer contacto com os controladores aéreos espanhóis, rumando a Portugal. Depois de entrar em espaço aéreo de soberania nacional, o aparelho foi intercetado pela parelha de caças F-16, que está permanentemente em alerta na Base Aérea n.º5, em Monte Real, Leiria.

Com a aproximação do helicóptero ao Aeroporto de Lisboa, nenhum avião aterrou ou descolou entre as 15:16 e as 15:31, hora a que foi reposta a normalidade das operações.

O aparelho foi “escoltado” pelos caças F-16 até aterrar num heliporto junto ao passeio marítimo de Algés, concelho de Oeiras, para onde se dirigiu a polícia a pedido da Força Aérea.

Fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP afirmou à Lusa que se deslocou ao local e que procedeu à identificação dos dois tripulantes, “de nacionalidade russa”, que seguiam a bordo do helicóptero de “registo português”.

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) diz que, juridicamente, trata-se de uma situação da violação das regras do ar.

O regulador nacional da aviação civil conta que em situações desta natureza poderá instaurar ao operador e piloto um processo de contraordenação.

“A moldura penal (valor das coimas) e desenvolvimento (sanções acessórias e medidas cautelares) podem variar em função dos dados factuais a apurar, como sejam a zona do sobrevoo (do ponto de vista da classificação do controlo de tráfego aéreo), a nacionalidade da licença do piloto, a altitude do voo, a zona sobrevoada (se populacional, residencial ou não)”, explica a ANAC.

O regulador do setor da aviação sublinha que todos estes dados “são relevantes para a dimensão do processo”.

https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/helicoptero-descola-de-espanha-e-e-intercetado-por-f-16-em-espaco-aereo-nacional
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 19, 2018, 12:06:25 pm
Somos Ricos (F16 para interceptar um helicóptero). Existe quem use  meios mais baratos, mas não por cá que é tudo em grande...  ;) ;D

(http://aviadejavu.ru/Images6/AN/AN87-1/8-2.jpg)

(https://i1.wp.com/www.airliners.net/photos/airliners/5/2/6/0816625.jpg)

(https://3.bp.blogspot.com/-FkAJb5eXKT4/VtxZoe977DI/AAAAAAAAZT8/qOoD0ZCC_ac/s1600/Embraer%2BEMB-312H%2BSuper%2BTucano.jpg)

(http://www.irishairpics.com/images/reports/air_firing_08/Irish_Air_Corps_Pilatus_PC-9M_Air_Firing_2008xxxIMG_2722-01.jpg)

Cumprimentos  :P ;D


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 19, 2018, 02:09:29 pm
Eu percebo a ideia do Epsilon armado, mas a mim não me satisfaz, tem vantagem sobre o F-16 em custo da hora de voo e poder acompanhar meios lentos mais facilmente, mas também tem desvantagens, que são ter de gastar dinheiro a adquirir esses meios, dispersar recursos humanos que já não são muitos e numa operação real a única verdadeira vantagem sobre o F-16 é conseguir acompanhar sempre o suspeito por mais lento que ele vá, pois tal como o F-16, não o pode abater, e se ele aterrar num zona isolada tem na mesma que Informar as autoridades policiais, que se demorarem, dá tempo ao criminoso de escapar.

Não sei valores, mas para mim, a melhor solução para complementar os F-16 é os EH101, tem capacidade de operações noturnas, autonomia de combustível e capacidade de transporte de uma equipa especial policial a bordo, onde quer que aterrassem, as autoridades a bordo podiam imediatamente proceder à detenção do criminoso, sem ter que esperar por qualquer patrulha, tem é que haver coordenação entre FAP e a entidade policial.

Os F-16 devem sempre ser os primeiros a avançar, pois além de descolarem em menos de 15 min, também demoram na casa dos minutos a chegar a qualquer ponto do país, o EH101 de alerta demora cerca de 30 min a descolar.
Sempre que o meio aéreo suspeito não cumprisse as indicações dos F-16, o EH101 e equipa policial seriam imediatamente activados e enviados para o local, os F-16 acompanhariam o alvo pelo menos até à chegada do EH101.

Penso que a equipa policial deveria ser o GIOE, porque essas aeronaves criminosas tendem a aterrar em pistas ilegais em áreas remotas que normalmente ficam na jurisdição da GNR.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Maio 19, 2018, 07:26:05 pm
Concordo! A única desvantagem que vejo nessa solução é de ordem logística, única e exclusivamente, devida à baixa disponibilidade da frota EH101. Imagina que descolas um helicóptero para uma dessas ocorrências e entretanto há uma missão SAR que não pode ser realizada por indisponibilidade da frota? Idealmente, acho que devia ser ume heli mais pequeno e ágil a realizar tais funções. Talvez se viermos a adquirir mais de 5 helis ligeiros tal solução seja possível.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 19, 2018, 08:20:32 pm
Normalmente na BA6 há sempre dois EH101 preparados, um de alerta e outro de reserva (caso o primeiro avarie a tripulação muda logo de aparelho ou caso um aparelho não seja suficiente como foi em Tondela).

Um heli ligeiro também é uma boa opção que me passou pela cabeça, mas o Alouette quase que não é opção, não tem capacidade de operações nocturnas (talvez o Koala já possa), não sei se tem a autonomia necessária, de certeza que a hora de voo é mais barato que o EH101, transporta menos elementos, o Alouette uns 4, o Koala já leva 6, talvez seja suficiente, com o Koala talvez já seja uma opção a ter em conta.

Outra razão para referir os EH101 é a proximidade geográfica, enquanto a esquadra 751 está na BA6 Montijo, a esquadra 552 está na BA11 Beja, e as unidades especiais quer da PSP quer da GNR estão na área de Lisboa, sem ser necessário transferir unidades ou criar equipas destacadas, é possivel em poucos minutos que equipas em alta prontidão quer do GOE ou do GIOE estejam na BA6 ou o oposto, que um EH101 aterre nessas unidades para embarcar uma equipa dessas forças, mas se for para usarmos os Alouettes ai já precisamos de alterar coisas, ou destacar um heli ligeiro para a área de Lisboa (e ai temos que ter em conta se a autonomia a operar a partir de Lisboa é suficiente), ou destacar uma equipa da Força Especial Policial em permanência para Beja, que mexe sempre com a gestão de recursos humanos.

Também se fala que com a substituição dos Alouettes pelos Koalas, a esquadra deve ser transferida de Beja para a BA1 em Sintra, se isso acontecer daria mais força à utilização desses aparelhos em detrimento dos EH101.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 19, 2018, 09:04:47 pm
Eu percebo a ideia do Epsilon armado, mas a mim não me satisfaz, tem vantagem sobre o F-16 em custo da hora de voo e poder acompanhar meios lentos mais facilmente, mas também tem desvantagens, que são ter de gastar dinheiro a adquirir esses meios, dispersar recursos humanos que já não são muitos e numa operação real a única verdadeira vantagem sobre o F-16 é conseguir acompanhar sempre o suspeito por mais lento que ele vá, pois tal como o F-16, não o pode abater, e se ele aterrar num zona isolada tem na mesma que Informar as autoridades policiais, que se demorarem, dá tempo ao criminoso de escapar.

Não sei valores, mas para mim, a melhor solução para complementar os F-16 é os EH101, tem capacidade de operações noturnas, autonomia de combustível e capacidade de transporte de uma equipa especial policial a bordo, onde quer que aterrassem, as autoridades a bordo podiam imediatamente proceder à detenção do criminoso, sem ter que esperar por qualquer patrulha, tem é que haver coordenação entre FAP e a entidade policial.

Os F-16 devem sempre ser os primeiros a avançar, pois além de descolarem em menos de 15 min, também demoram na casa dos minutos a chegar a qualquer ponto do país, o EH101 de alerta demora cerca de 30 min a descolar.
Sempre que o meio aéreo suspeito não cumprisse as indicações dos F-16, o EH101 e equipa policial seriam imediatamente activados e enviados para o local, os F-16 acompanhariam o alvo pelo menos até à chegada do EH101.

Penso que a equipa policial deveria ser o GIOE, porque essas aeronaves criminosas tendem a aterrar em pistas ilegais em áreas remotas que normalmente ficam na jurisdição da GNR.
A lógica dos Epsilon armados eram terem vindo preparados para essa função (pelo menos parte deles, como aconteceu com outros paises), não agora que o avião está em segundas núpcias com 28 anos de serviço.  ;)
Citar
Os 25 Anos de Operação do Epsilon TB-30 em Portugal foram assinalados dia 16 de abril com uma cerimónia realizada na Base Aérea n.º1, em Sintra. O objetivo foi prestar homenagem à aeronave da Esquadra 101 – Roncos -, mas também a todos os pilotos, pessoal de apoio e mecânicos que, ao longo destes anos, têm trabalhado diretamente com o avião de instrução.

http://www.emfa.pt/www/noticia-556-25-anos-de-operacao-do-epsilon-tb-30-em-portugal (http://www.emfa.pt/www/noticia-556-25-anos-de-operacao-do-epsilon-tb-30-em-portugal)

Portanto, futuramente e se existir o tal milagre de Fátima que permita voltamos a ter  "asas nos caracóis", talvez se deva pensar nisto a sério, até porque um aparelho que tem uma velocidade máxima acima dos 500km e um alcance à volta de 1200km, não me parece que seja um problema para um país das dimensões de Portugal Continental, além de ser um aparelho que aterra em qualquer lado e opera de pistas curtas. Outra coisa é regiões autónomas e ZEE nacional, penso eu de que.
Citar
http://www.emfa.pt/www/aeronave-9-aerospatiale-epsilon-tb-30 (http://www.emfa.pt/www/aeronave-9-aerospatiale-epsilon-tb-30)

Tem a sua lógica helicópteros, são usados nessa função em determinados países, assim como aviões de treino armados (Brasil e Irlanda são apenas 2 de vários exemplos), mas cá temos o Merlin com os problemas que são conhecidos e desarmado, além de que o Koala não se sabe que versão virá. Se por outro milagre, vier a AW119- Kx, armado e com FLIR, é uma boa opção até pelo facto de poder levar uma equipe no seu interior. Tem uma velocidade mais baixa que um mono-motor a hélice, mas pode ficar no ar com depósitos completos, 5,20h com um alcance na ordem dos  1000km. Agora tenho sérias dúvidas que venha tão bem equipado e completo.
(https://pbs.twimg.com/media/C8k60bNXYAAZPL9.jpg)
Citar
http://www.leonardocompany.com/en/-/aw119kx (http://www.leonardocompany.com/en/-/aw119kx)

F16's e Merlim, parece-me excessivo para fazer a intercepção de aviões ligeiros e helicópteros sem plano de voo, e não tem a ver com apenas custos até porque alguns acabam por fugir, cá e em outras latitudes.  Mas é meramente um opinião, vale o que vale (é verdade que tudo tem pontos positivos e negativos, sendo claramente um dos positivos os F16 voarem, os pilotos ganharem horas de voo e experiência operacional. Mas existiram tempos em que para manterem horas voavam nos 337)  ;)
Citar
O tenente-coronel Rui Roque indicou à Lusa que os aviões portugueses chegaram a ter contacto por radar e visual com a aeronave, mas foi subitamente perdido a dez quilómetros da fronteira, na zona do Sabugal, distrito da Guarda. "Os dois F-16 fizeram várias passagens pelo local onde a aeronave deixou de ser avistada, não voltando a localizá-la, e depreenderam que terá aterrado no campo", indicou o porta-voz da FAP. A Força Aérea decidiu então dar por terminada a missão de defesa do espaço aéreo e notificar a GNR para tentar averiguar a situação no terreno, "porque havia suspeita de transporte de estupefacientes". O tenente-coronel Rui Roque indicou que "tudo se passou entre as 04h50 e as 07h22" de domingo, acrescentando que não foi possível confirmar se se tratava de um avião que transportava drogas.

http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/gnr-tenta-encontrar-aviao-que-escapou-aos-f-16 (http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/gnr-tenta-encontrar-aviao-que-escapou-aos-f-16)

Cumprimentos


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Maio 19, 2018, 11:36:55 pm
Só mesmo para rir..........eu até gostaria de ver um épsilon a interceptar uma aeronave que voasse a 150 Kts invadisse o  EA Nacional á vertical de Bragança, e continuasse no limite norte da FIR de Lisboa ou que entrasse á vertical de Elvas, em direcção ás Canarias em ambas as situações gostava de ver em que zona se faria intersecção, quanto tempo demoraria essa intersecção e, quanto tempo as aeronaves invasoras estavam sobre território Nacional impunes, sem serem escoltadas !

https://en.wikipedia.org/wiki/Socata_TB_30_Epsilon

Não brinquemos com situações de invasão do espaço aéreo Nacional, as interdições tem/devem ser efectuadas pelas aeronaves destinadas a tal tarefa, deixem-se de invenções, na Aviação já foi tudo inventado meus senhores !!!


Abraços
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 20, 2018, 12:51:47 am
Eu também acho que um Epsilon nunca pode substituir um caça supersónico, os F-16 têm sempre que ser o principal meio de intercepção aereo a nível nacional.

Mas como complemento já podem existir outros meios, na cimeira da NATO e no Euro 2004 tivemos Alouettes com atirador à porta, na região de Lisboa.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Maio 20, 2018, 07:32:38 am
Eu também acho que um Epsilon nunca pode substituir um caça supersónico, os F-16 têm sempre que ser o principal meio de intercepção aereo a nível nacional.

Mas como complemento já podem existir outros meios, na cimeira da NATO e no Euro 2004 tivemos Alouettes com atirador à porta, na região de Lisboa.

Lightning, estamos a falar de situações completamente diferentes.
Interdição aerea e apoio aereo próximo ás forças terrestres em zona urbana, são acções completamente diferentes, não se confundem e os meios empregues são distintos porque as missões assim o exigem !

Abraços
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 20, 2018, 10:19:32 am
Só mesmo para rir..........eu até gostaria de ver um épsilon a interceptar uma aeronave que voasse a 150 Kts invadisse o  EA Nacional á vertical de Bragança, e continuasse no limite norte da FIR de Lisboa ou que entrasse á vertical de Elvas, em direcção ás Canarias em ambas as situações gostava de ver em que zona se faria intersecção, quanto tempo demoraria essa intersecção e, quanto tempo as aeronaves invasoras estavam sobre território Nacional impunes, sem serem escoltadas !

https://en.wikipedia.org/wiki/Socata_TB_30_Epsilon

Não brinquemos com situações de invasão do espaço aéreo Nacional, as interdições tem/devem ser efectuadas pelas aeronaves destinadas a tal tarefa, deixem-se de invenções, na Aviação já foi tudo inventado meus senhores !!!


Abraços
Tenente, estamos a falar de aeronaves de velocidade reduzida e a voar baixo, como aviões ligeiros e helicópteros,  que em outros países e apesar destes terem jactos de alto desempenho, usam aparelhos a hélice. Mas podes sempre perguntar aos Brasileiros como o fazem e porque o fazem, apesar de ter os F5M. Certamente terão todo o prazer em explicar.  ;)

http://www.aeroflap.com.br/forca-aerea-brasileira-usa-super-tucano-para-interceptar-aviao-com-500-kg-de-cocaina/ (http://www.aeroflap.com.br/forca-aerea-brasileira-usa-super-tucano-para-interceptar-aviao-com-500-kg-de-cocaina/)
(https://i2.wp.com/www.aeroflap.com.br/wp-content/uploads/2018/03/DXn-Kw4WkAEOFWQ.jpg?fit=1200%2C675)

Já agora, na América central ainda se usam os A37 para fazer intercepção aérea, inclusive os Austríacos para interceptarem os Mig21 que violavam o seu espaço aéreo, nos tempos da Guerra Civil jugoslava usavam também os  Sab 105, apesar de ter os Draken. Certamente terão o máximo prazer de explicar, o porque e qual a razão de inventarem e continuarem com as invenções.   ;)

Citar
There was another incident in October 1991, when two Saab 105s intercepted a JRV MiG-21 flown by a deserting Croatian pilot and accompanied him to the airport of Klagenfurt, where he landed.

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/e4/Saab_105OE%2C_Austria_-_Air_Force_AN1840467.jpg/800px-Saab_105OE%2C_Austria_-_Air_Force_AN1840467.jpg)

Se por cá em Sar existe os Merlin e os Alouette III, com um destes últimos baseado em Ovar, pela tua lógica só se usava o EH101, muito mais avançado e que voa à noite. Mesmo o KOAL irá no futuro fazer SAR ou MEDIVAC, mediante obviamente as condições. ;)

(https://1.bp.blogspot.com/-k3VDioXdr18/WYy2HQPzbXI/AAAAAAAADp4/891JIEIsXPcFESnTuW0lePLSs5Rbpz11QCLcBGAs/s1600/20131114_LPOV-231s.jpg)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 20, 2018, 12:27:39 pm
F-16 sempre, até porque são os nossos interceptores; têm capacidade, velocidade, armamento e alcance para essa função. Não são conhecidas muitas intercepções falhadas de pequenas aeronaves de asa fixa e rotativa desde que o F-16 começou a operar em pleno em 1995. Conhecem-se, isso sim, vários casos em que as aeronaves clandestinas/ilegais aterraram em aérodromos improvisados e/ou remotos, e os pilotos dos caças, impotentes, nada mais podiam fazer senão observar a fuga visto muitas vezes as autoridades raramente chegarem a tempo ao local.

Merlin e Koala, para intercepção de pequenas aeronaves mais lentas, apenas se estiverem armados; terem a bordo atiradores especiais do NOTP podia ser uma solução (creio que foi isso ou semelhante durante o Euro 2004 com os Puma), e o "Lobo Mau" há muito que hibernou. Epsilon também acho que não, apesar de poder ser armado mas tal nunca ter sido cogitado para a FAP. Daí que o Super Tucano seria uma excelente opção para cumprir as missões de treino avançado e intercepção de pequenos aparelhos.

Citar
(https://www.airforce-technology.com/wp-content/uploads/sites/4/2017/09/6.jpg)
FN HMP400 (Heavy Machine Gun Pod), including a .50 cal FN M3P and a 400-round ammunition box, and FN RMP (Rocket Machine Gun Pod), including a .50 cal FN M3P, a 250-round ammunition box and 3 2.75in rockets. Shown here on AW101 (AgustaWestland). © FN Herstal.

https://www.airforce-technology.com/contractors/weapons/fn_herstal/attachment/fn_herstal6/

Curiosamente, que tenha conhecimento, nunca sequer pensámos em utilizar o Alpha-Jet dessa forma. A Luftwaffe, no caso de rebentar uma guerra convencional entre a NATO e o Pacto de Varsóvia, planeava usar os A-Jet alemães não só para apoio aéreo rápido e próximo da FLOT (Forward Line of Own Troops), como também caçador de helicópteros para isso utilizando o canhão e possivelmente pods sob as asas, de tal forma que o trem de aterragem do nariz estava desviado para a direita de modo a que o Alpha-Jet pudesse abrir fogo a baixa velocidade com ou sem o trem de aterragem descido.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 20, 2018, 01:48:33 pm
F-16 sempre, até porque são os nossos interceptores; têm capacidade, velocidade, armamento e alcance para essa função. Não são conhecidas muitas intercepções falhadas de pequenas aeronaves de asa fixa e rotativa desde que o F-16 começou a operar em pleno em 1995. Conhecem-se, isso sim, vários casos em que as aeronaves clandestinas/ilegais aterraram em aérodromos improvisados e/ou remotos, e os pilotos dos caças, impotentes, nada mais podiam fazer senão observar a fuga visto muitas vezes as autoridades raramente chegarem a tempo ao local.

Não são muitas mas são algumas.  ;)

(http://static.globalnoticias.pt/storage/JN/2013/big/ng2357656.jpg)

Citação de: Charlie Jaguar
Merlin e Koala, para intercepção de pequenas aeronaves mais lentas, apenas se estiverem armados; terem a bordo atiradores especiais do NOTP podia ser uma solução (creio que foi isso ou semelhante durante o Euro 2004 com os Puma), e o "Lobo Mau" há muito que hibernou. Epsilon também acho que não, apesar de poder ser armado mas tal nunca ter sido cogitado para a FAP. Daí que o Super Tucano seria uma excelente opção para cumprir as missões de treino avançado e intercepção de pequenos aparelhos.

Citar
(https://www.airforce-technology.com/wp-content/uploads/sites/4/2017/09/6.jpg)
FN HMP400 (Heavy Machine Gun Pod), including a .50 cal FN M3P and a 400-round ammunition box, and FN RMP (Rocket Machine Gun Pod), including a .50 cal FN M3P, a 250-round ammunition box and 3 2.75in rockets. Shown here on AW101 (AgustaWestland). © FN Herstal.

https://www.airforce-technology.com/contractors/weapons/fn_herstal/attachment/fn_herstal6/
Concordo. Mas lá está, é outra alternativa a uma intercepção de baixa intensidade ou mesmo um simples acompanhamento de uma outra aeronave. Percebe-se que quando interceptamos o A400 da RAF com os F16 foi um treino, mas é o tipo de intercepção que pode perfeitamente ser feito por outra aeronave.

(https://2.bp.blogspot.com/-2nBzg7tkDLA/WudoQcYBQXI/AAAAAAAAER8/fjHE230nN40P4h7oMGfxqbHPVjLAtl-AgCLcBGAs/s640/DcCenq-X0AAOY1F.jpg)

Os Epsilon nunca vieram com capacidade armada, tanto para Portugal como para a maior parte dos usuários, exceptuando o Togo. E se não veio, certamente não seria perto de atingir os 30 anos que faria sentido vir.

(http://2.bp.blogspot.com/_xWYD2r_eBwc/THYP4HddOaI/AAAAAAAAOh8/ENnmCyOsruY/s1600/067-2010-08-25-5VMAS-Socata-TB30-LFBJ068.jpg)

Quanto aos Super Tucano, na minha perspectiva fariam sentido. Mas a Fap prefere um jacto e possivelmente se o tiver, o folhetim vai ser igual ao do Alpha Jet. O Ms1 chegou a ser testado com AAM Matra.
(http://imgproc.airliners.net/photos/airliners/4/0/5/0512504.jpg?v=v40)

Citação de: Charlie Jaguar link
Curiosamente, que tenha conhecimento, nunca sequer pensámos em utilizar o Alpha-Jet dessa forma. A Luftwaffe, no caso de rebentar uma guerra convencional entre a NATO e o Pacto de Varsóvia, planeava usar os A-Jet alemães não só para apoio aéreo rápido e próximo da FLOT (Forward Line of Own Troops), como também caçador de helicópteros para isso utilizando o canhão e possivelmente pods sob as asas, de tal forma que o trem de aterragem do nariz estava desviado para a direita de modo a que o Alpha-Jet pudesse abrir fogo a baixa velocidade com ou sem o trem de aterragem descido.

É outro dos problemas. Nos pensamos pouco mesmo com os meios que temos, umas vezes porque sai fora da doutrina e outras porque não existe dinheiro. Depois quando é preciso desenrascar, até metemos os pilotos de F16 a fazer horas nos 337, como no passado. Actualmente é que não existe muita coisa para voarem, talvez o Epsilon...  ;D ;) 
Citar
Da reestruturação da FAP, ocorrida entre 1977 e 1978 resultou a “despromoção” da BA7 para Aeródromo de Manobra N° 2 (AM2), passando a Esquadra 72 a ser designada por Esquadra 702, tendo como missão primária a ligação e transporte, reconhecimento visual e fotográfico e evacuação sanitária. Como missão secundária tinha a manutenção do treino mínimo de voo aos pilotos em funções fora das esquadras de voo.

https://altimagem.blogspot.pt/2014/09/reims-cessna-ftb-337g-segunda-parte.html (https://altimagem.blogspot.pt/2014/09/reims-cessna-ftb-337g-segunda-parte.html)

(https://3.bp.blogspot.com/-GhYXS8UMFNI/U8RhBtxPpXI/AAAAAAAAdOw/-oIZrVdvfbg/s1600/114b_REIMS-CESSNA+FTB-337G.jpg)

Cumprimentos


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 20, 2018, 06:31:09 pm
Percebe-se que quando interceptamos o A400 da RAF com os F16 foi um treino, mas é o tipo de intercepção que pode perfeitamente ser feito por outra aeronave.

Humm será? Tenho que ver as características das aeronaves, mas tenho as minhas dúvidas que um Epsilon ou helicóptero consiga acompanhar um A400M à máxima velocidade e altitude, e mesmo que consiga já estou como o forista Tenente, se esse avião entrar pela fronteira a dentro em que ponto é que ele seria interceptado? Para mim isso é trabalho de caça supersónico, só falei na hipótese de outros meios como helis ou aviões tipo Epsilon para interceptar aparelhos lentos e que voam a baixa altitude.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 20, 2018, 06:53:29 pm
Percebe-se que quando interceptamos o A400 da RAF com os F16 foi um treino, mas é o tipo de intercepção que pode perfeitamente ser feito por outra aeronave.

Humm será? Tenho que ver as características das aeronaves, mas tenho as minhas dúvidas que um Epsilon ou helicóptero consiga acompanhar um A400M à máxima velocidade e altitude, e mesmo que consiga já estou como o forista Tenente, se esse avião entrar pela fronteira a dentro em que ponto é que ele seria interceptado? Para mim isso é trabalho de caça supersónico, só falei na hipótese de outros meios como helis ou aviões tipo Epsilon para interceptar aparelhos lentos e que voam a baixa altitude.
Fonix, lá estão vocês a desconversar. Então mas o A400 da RAF foi uma intercepção a sério (até fizeram umas brincadeiras)? Uma coisa é ser um aparelho hostil outra é interceptar um aparelho aliado para manter a forma e fazer o acompanhamento. Com este até podiam ter mandado um Al III que já estava tudo acertado.  ;D
(https://3.bp.blogspot.com/-eA0zNrP9CHQ/WudoQVjVSTI/AAAAAAAAESA/XuYofpNah8A94y1QOJ_a0lEA8p0PwSXeQCLcBGAs/s640/DcCensIW4AAcXgm.jpg)
Mas respondendo à tua questão, se fosse a sério, não não podia. Estamos a falar de um aparelho com uma velocidade na ordem dos 700 km e o Epsilon é práticamente 200km menos veloz que o A400. E obviamente existe uma necessidade de adequar o aparelho à missão que vai fazer.  Neste caso usar um F16 é perfeitamente lógico, mas face a um avião de carga ou mesmo de patrulha marítima, era uma missão perfeitamente ao nível de um Alpha Jet (quando os tínhamos, embora como disse o Cj, nunca os usamos nessa função ao contrario dos alemães que até os testaram com Sidewinder).

(http://originalundmodell.de/Literatur_2016/literatur_2016_htm_files/305866.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 20, 2018, 07:50:40 pm
Ok já percebi  ;).

Como foi tudo combinado o A400M ia sempre facilitar ser apanhado  ;D
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: LM em Maio 21, 2018, 10:08:18 am
Ter, para além dos dois caças F-16 em "estado de alerta" na Base de Monte Real, mais uma parelha de outro modelo parece incorrecto da optica custo/ benefício - talvez seja de equacionar, visto parecer ser esse o problema, ter uma forma de conseguir colocar PA / GNR no solo por helicóptero quanto os "não autorizados" o fazem sem as autoridades os conseguirem intercetar... 
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 21, 2018, 12:19:44 pm
Mas respondendo à tua questão, se fosse a sério, não não podia. Estamos a falar de um aparelho com uma velocidade na ordem dos 700 km e o Epsilon é práticamente 200km menos veloz que o A400. E obviamente existe uma necessidade de adequar o aparelho à missão que vai fazer.  Neste caso usar um F16 é perfeitamente lógico, mas face a um avião de carga ou mesmo de patrulha marítima, era uma missão perfeitamente ao nível de um Alpha Jet (quando os tínhamos, embora como disse o Cj, nunca os usamos nessa função ao contrario dos alemães que até os testaram com Sidewinder).

Se a memória não me falha, creio que foi cogitado passar as responsabilidades da Defesa Aérea para Beja - e para a Esq. 301 - se aquando da Operação Allied Force em 1999 tivesse havido um recrudescimento das hostilidades e a necessidade da FAP enviar mais F-16 para Itália. Contudo, daquilo que me recordo, e apesar da Luftwaffe ter integrado e certificado a utilização plena do AIM-9Li no Alpha-Jet A, nem os alemães, nem nós, alguma vez pensámos seriamente na utilização do binómio A-Jet/Sidewinder a nível operacional. Talvez agora na investigação/subsídios para a história do Alpha-Jet na FAP que está a ser publicado na Mais Alto, o Luís Proença e Mário Diniz possam levantar um pouco o véu acerca disso.  ;)

As intenções alemãs de 1985 de fazer uma substancial modernização ao A-Jet creio que só deram frutos no upgrade dos motores para o 04-C20 e na integração do Mil-1553 databus.
https://www.flightglobal.com/FlightPDFArchive/1985/1985%20-%201240.PDF


O Matra R-550 Magic penso que só podia ser integrado na versão MS2 egípcia (derivada do NGEA)
(https://militaryedge.org/wp-content/uploads/2013/12/AM39_Alpha_jet_egypt.jpg)


O Super Tucano possui duas metralhadoras de 12,7mm, executa missões de intercepção na FAB, e se integrou o míssil ar-ar Piranha pode também sem problemas utilizar o Sidewinder.
(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/eb/Super_Tucano_FN_Herstal_M3P.jpg/1280px-Super_Tucano_FN_Herstal_M3P.jpg)
(https://militaryedge.org/wp-content/uploads/2015/01/A-29.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 21, 2018, 01:27:08 pm
Ter, para além dos dois caças F-16 em "estado de alerta" na Base de Monte Real, mais uma parelha de outro modelo parece incorrecto da optica custo/ benefício - talvez seja de equacionar, visto parecer ser esse o problema, ter uma forma de conseguir colocar PA / GNR no solo por helicóptero quanto os "não autorizados" o fazem sem as autoridades os conseguirem intercetar...
Fazes isso no SAR, com os Merlin no Montijo e o Al III em Ovar. Aliás, quando os Puma foram reactivados para as Regiões Autónomas, para SAR e MEDEVAC, tinhamos 3 tipos de aeronaves de prontidão.  ;)

(http://www.emfa.pt/www/conteudos/galeria/noticias/2013/abril/img-9906_1513.JPG)
Citar
Desde 1978 a operar o helicóptero ALIII, a Esquadra 552 mantém em prontidão máxima o destacamento permanente de um helicóptero no AM1 para as missões de Busca e Salvamento na zona norte do país, sendo a tripulação composta por um piloto, um operador de sistemas e um recuperador-salvador.

Se a memória não me falha, creio que foi cogitado passar as responsabilidades da Defesa Aérea para Beja - e para a Esq. 301 - se aquando da Operação Allied Force em 1999 tivesse havido um recrudescimento das hostilidades e a necessidade da FAP enviar mais F-16 para Itália. Contudo, daquilo que me recordo, e apesar da Luftwaffe ter integrado e certificado a utilização plena do AIM-9Li no Alpha-Jet A, nem os alemães, nem nós, alguma vez pensámos seriamente na utilização do binómio A-Jet/Sidewinder a nível operacional. Talvez agora na investigação/subsídios para a história do Alpha-Jet na FAP que está a ser publicado na Mais Alto, o Luís Proença e Mário Diniz possam levantar um pouco o véu acerca disso.  ;)
Já os Bifes, não tiveram problemas usar os Hawk com sidewinder.  ;)

(https://fas.org/man/dod-101/sys/ac/row/hawk-23p01.jpg)

Citação de:  Charlie Jaguar
As intenções alemãs de 1985 de fazer uma substancial modernização ao A-Jet creio que só deram frutos no upgrade dos motores para o 04-C20 e na integração do Mil-1553 databus.
https://www.flightglobal.com/FlightPDFArchive/1985/1985%20-%201240.PDF
Sim, pois após o fim da Guerra Fria os alemães começaram a despacha-los.


Citação de:  Charlie Jaguar
O Matra R-550 Magic penso que só podia ser integrado na versão MS2 egípcia (derivada do NGEA)
(https://militaryedge.org/wp-content/uploads/2013/12/AM39_Alpha_jet_egypt.jpg)
Sim, só os do Egipto o usam.

(https://i.pinimg.com/originals/e5/ec/45/e5ec4578d1b715471b4b04f4e7a897df.jpg)


Citação de:  Charlie Jaguar
O Super Tucano possui duas metralhadoras de 12,7mm, executa missões de intercepção na FAB, e se integrou o míssil ar-ar Piranha pode também sem problemas utilizar o Sidewinder.
(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/eb/Super_Tucano_FN_Herstal_M3P.jpg/1280px-Super_Tucano_FN_Herstal_M3P.jpg)
(https://militaryedge.org/wp-content/uploads/2015/01/A-29.jpg)
Continua a ser um modelo que me impressiona, não apenas pelos AAM e bombas inteligentes, mas também pelos sensores.
(http://www.spotter.com.br/esquadroes/flecha_36.JPG)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 21, 2018, 07:49:11 pm
Já os Bifes, não tiveram problemas usar os Hawk com sidewinder.  ;)

(https://fas.org/man/dod-101/sys/ac/row/hawk-23p01.jpg)

É verdade, a Mixed Fighter Force, um conceito muito interessante que a RAF aplicou nos anos 80 e até ao fim da Guerra Fria.  ;)

https://www.flightglobal.com/FlightPDFArchive/1988/1988%20-%201420.PDF


Esta história do F-16 ser um meio desproporcionado face a um Cessna ou Bell Jet Ranger é quase uma na mesma linha daquela que o Merlin, para busca e salvamento costeiro, é um desperdício. Nós temos que fazer com o o que temos, e neste caso finalmente há 23 anos com interceptores a sério, e não como nos anos 80, por exemplo, quando um T-38 estava em alerta e descolava para ir dar um olho e depois logo se via se valia a pena activar um Fiat do Montijo ou um A-7 de Monte Real.

Se é "overkill"? Bom, os nossos parceiros europeus da NATO que operam F-16 decerto também interceptam aeronaves ligeiras ou helicópteros de vez em quando. Que o Super Tucano poderia complementar ocasionalmente os F-16, ao mesmo tempo que os Caracóis voltavam a ensinar os princípios da arte, era sem dúvida interessante. Mas para já sem qualquer fundo de verdade, fruto apenas da nossa imaginação colectiva.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 21, 2018, 11:02:30 pm
Já os Bifes, não tiveram problemas usar os Hawk com sidewinder.  ;)

(https://fas.org/man/dod-101/sys/ac/row/hawk-23p01.jpg)

É verdade, a Mixed Fighter Force, um conceito muito interessante que a RAF aplicou nos anos 80 e até ao fim da Guerra Fria.  ;)

https://www.flightglobal.com/FlightPDFArchive/1988/1988%20-%201420.PDF


Esta história do F-16 ser um meio desproporcionado face a um Cessna ou Bell Jet Ranger é quase uma na mesma linha daquela que o Merlin, para busca e salvamento costeiro, é um desperdício. Nós temos que fazer com o o que temos, e neste caso finalmente há 23 anos com interceptores a sério, e não como nos anos 80, por exemplo, quando um T-38 estava em alerta e descolava para ir dar um olho e depois logo se via se valia a pena activar um Fiat do Montijo ou um A-7 de Monte Real.

Se é "overkill"? Bom, os nossos parceiros europeus da NATO que operam F-16 decerto também interceptam aeronaves ligeiras ou helicópteros de vez em quando. Que o Super Tucano poderia complementar ocasionalmente os F-16, ao mesmo tempo que os Caracóis voltavam a ensinar os princípios da arte, era sem dúvida interessante. Mas para já sem qualquer fundo de verdade, fruto apenas da nossa imaginação colectiva.
Somos uns meninos pá, é o que te digo... ;) ;D

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/29/AT-38B_479TTW_HollomanAFB_1987.jpeg/800px-AT-38B_479TTW_HollomanAFB_1987.jpeg)
Citar
T-38B with LIFT configuration to practice bomb, rockets and mini gun training.

https://www.skybrary.aero/index.php/T38 (https://www.skybrary.aero/index.php/T38)

Além do Hawk .  ;) :P

(https://i.pinimg.com/originals/67/00/cc/6700ccbb34b1121e9e6f48938593f263.jpg)

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/1/1b/Aero_L-159_%286063%29_in_flight_%281%29.jpg/1200px-Aero_L-159_%286063%29_in_flight_%281%29.jpg)

(http://imgproc.airliners.net/photos/airliners/1/2/0/4436021.jpg?v=v43c37df142f)

(https://2.bp.blogspot.com/-pQY1dGG7xIE/V6sXdu1lHfI/AAAAAAACEi8/BGgntt55S7gexJwPS_LqrQKaBSELTHU5ACLcB/s1600/srlk84489833.jpg)

Cumprimentos


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Maio 22, 2018, 08:30:31 am
Um jacto de Instrução tem a sua lógica poder levar mísseis de instrução, faz parte da "matéria" a ensinar. Mas para fazer QRA 24/7 também dá jeito ter radar e capacidade NVG porque nem sempre os intrusos aparecem de dia.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Maio 22, 2018, 10:42:48 am
Um jacto de Instrução tem a sua lógica poder levar mísseis de instrução, faz parte da "matéria" a ensinar. Mas para fazer QRA 24/7 também dá jeito ter radar e capacidade NVG porque nem sempre os intrusos aparecem de dia.
Exacto Lightning. Mesmo por isso é que radar e ILS são ferramentas usadas ou equacionadas nestes aparelhos (alem do datalink, como no exemplo dado do Super Tucano).  ;)

(http://sistemasdearmas.com.br/ca/p29flir.jpg)

(http://sistemasdearmas.com.br/ca/p29-3.jpg)

(http://sistemasdearmas.com.br/ca/p29tanques.jpg)

(https://1.bp.blogspot.com/-UgBTQ68QTTU/U-Q1c47jFVI/AAAAAAAAA5c/u6oC8hOuvo4/s1600/SUPER+TUCANO+1150362.jpg)

http://sistemasdearmas.com.br/ca/p29.html (http://sistemasdearmas.com.br/ca/p29.html)

Cumprimentos










Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Maio 23, 2018, 10:30:02 pm

Equipa multinacional TACP explica qual a sua missão no exercício Hot Blade 2018.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Julho 30, 2018, 05:25:42 pm
Para quem ainda não viu, video do destacamento de F-16 na Lituânia
https://www.facebook.com/emgfa/videos/869474369919973/


Báltico. F16 portugueses intercetam meia centena de aviões russos(video)
https://www.rtp.pt/noticias/mundo/baltico-f16-portugueses-intercetam-meia-centena-de-avioes-russos_n1090293

reportagem do telejornal com entrevistas
https://www.rtp.pt/noticias/mundo/forca-aerea-ja-intercetou-cerca-de-50-avioes-russos-no-baltico_v1090332
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: tenente em Agosto 27, 2018, 06:33:57 pm
Apesar deste  link retratar alguns dos muitos acft usados pela FAP durante a guerra colonial, penso ser o local exato para o colocar/divulgar, pois tem esquemas de pintura interessantes. l

http://worldatwar.net/chandelle/v3/v3n2/portcoin.html

Abraços
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Setembro 02, 2018, 09:32:07 pm
Força Aérea no Báltico - Interseção de aviões Russos


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Setembro 05, 2018, 02:25:02 pm
Mais uns quantos...  ;)

=68.ARAlOFj233J3TDICnCl0Rl6PT0E8VgdvglSZSVMEtGp4UcVMMG7yPPBeS4S9MtAKBt8eo2zk4_uwM6d9EpSgBUrwEyzb9YcooP5nimfJqNE2EHQ4QH32j7aE2if5hGrgd6qCoouuIjHy_dcV_jZFwszzfhwDds-WmecYmOTCcG1XijQUbn6RJg&__tn__=kCH-R]https://www.facebook.com/emgfa/?hc_ref=ARQlFVIJFDkKdBoEWOlKN40nF2R9DyZuoAoIAnnQo2sT_i-FUFDO2w3HyOlagi7G0LM&fref=nf&__xts__[0]=68.ARAlOFj233J3TDICnCl0Rl6PT0E8VgdvglSZSVMEtGp4UcVMMG7yPPBeS4S9MtAKBt8eo2zk4_uwM6d9EpSgBUrwEyzb9YcooP5nimfJqNE2EHQ4QH32j7aE2if5hGrgd6qCoouuIjHy_dcV_jZFwszzfhwDds-WmecYmOTCcG1XijQUbn6RJg&__tn__=kCH-R (https://www.facebook.com/emgfa/?hc_ref=ARQlFVIJFDkKdBoEWOlKN40nF2R9DyZuoAoIAnnQo2sT_i-FUFDO2w3HyOlagi7G0LM&fref=nf&__xts__[0)

Citar
Voar com a Força Aérea portuguesa na Lituânia…

Após terem concluído a sua participação na missão da NATO “BALTIC AIR POLICING”, veja aqui algumas imagens de operações de interceção reais de aeronaves nos céus dos países bálticos.

https://www.facebook.com/emgfa/videos/2224631527813380/ (https://www.facebook.com/emgfa/videos/2224631527813380/)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: LM em Setembro 05, 2018, 04:54:19 pm
Ao nível de treino e para manter equipas operacionais estas missões no Báltico devem ser "ouro sobre azul" presumo - estou a partir do principio que os custos envolvidos devem ser em grande parte pagos pela NATO e estas horas de voo são excelentes... sem esquecer a componente "real" da missão, difícil de conseguir treinar salvo nestes cenários.   
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Setembro 06, 2018, 09:13:33 pm
Voar com a Força Aérea portuguesa na Lituânia…

Após terem concluído a sua participação na missão da NATO “BALTIC AIR POLICING”, veja aqui algumas imagens de operações de interceção reais de aeronaves nos céus dos países bálticos.

https://www.facebook.com/emgfa/videos/2224631527813380/ (https://www.facebook.com/emgfa/videos/2224631527813380/)

Cumprimentos

Acho que se fosse um dos pilotos da parelha portuguesa e apanhasse com aquela esquadra de Sukhois à frente era bem capaz de largar uma pinguinha ;D.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: diogo13350 em Setembro 06, 2018, 09:29:24 pm
Voar com a Força Aérea portuguesa na Lituânia…

Após terem concluído a sua participação na missão da NATO “BALTIC AIR POLICING”, veja aqui algumas imagens de operações de interceção reais de aeronaves nos céus dos países bálticos.

https://www.facebook.com/emgfa/videos/2224631527813380/ (https://www.facebook.com/emgfa/videos/2224631527813380/)

Cumprimentos

Acho que se fosse um dos pilotos da parelha portuguesa e apanhasse com aquela esquadra de Sukhois à frente era bem capaz de largar uma pinguinha ;D.
Quando entra em espaço dá NATO uma esquadra de aviões russos não deveriam ser enviados mais que 2 caças da coligação... Sou só eu a achar estúpido colocar nos em inferioridade numérica??
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: raphael em Setembro 06, 2018, 11:10:10 pm
Voar com a Força Aérea portuguesa na Lituânia…

Após terem concluído a sua participação na missão da NATO “BALTIC AIR POLICING”, veja aqui algumas imagens de operações de interceção reais de aeronaves nos céus dos países bálticos.

https://www.facebook.com/emgfa/videos/2224631527813380/ (https://www.facebook.com/emgfa/videos/2224631527813380/)

Cumprimentos

Acho que se fosse um dos pilotos da parelha portuguesa e apanhasse com aquela esquadra de Sukhois à frente era bem capaz de largar uma pinguinha ;D.
Quando entra em espaço dá NATO uma esquadra de aviões russos não deveriam ser enviados mais que 2 caças da coligação... Sou só eu a achar estúpido colocar nos em inferioridade numérica??

Inferioridade númerica para quê? Para acompanhamentos?

A parelha é suficiente para um primeiro contato, se algo evoluir existem outras aeronaves que podem apoiar...mas é sempre função de policiamento com a ameaça latente de evolução da situação...

Mas se a intenção russa fosse "engagement" antes dos aviões apareciam os misseis ar-ar de longo alcance....
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Setembro 07, 2018, 10:14:35 am
Voar com a Força Aérea portuguesa na Lituânia…

Após terem concluído a sua participação na missão da NATO “BALTIC AIR POLICING”, veja aqui algumas imagens de operações de interceção reais de aeronaves nos céus dos países bálticos.

https://www.facebook.com/emgfa/videos/2224631527813380/ (https://www.facebook.com/emgfa/videos/2224631527813380/)

Cumprimentos

Acho que se fosse um dos pilotos da parelha portuguesa e apanhasse com aquela esquadra de Sukhois à frente era bem capaz de largar uma pinguinha ;D.

Epá, menos mal. Já os "nuestros hermanos" que têm a tendência a largar misseis até no "engagement" com aliados, era mais "esvaziarem" o Typhoon todo...  ;D ;)  :rir: :jok: :nice: :anjo:

(https://www.avionews.com/resources/800x800/7fb58b28a6cdde3211f4e22fa1d20495.jpg.jpg)

Saudações

P.S. - Já agora, sempre encontraram o Míssil (inteiro ou às peças) ?  :P 8) http://en.protothema.gr/spanish-eurofighter-typhoon-accidentally-fires-live-air-to-air-missile-over-estonia/ (http://en.protothema.gr/spanish-eurofighter-typhoon-accidentally-fires-live-air-to-air-missile-over-estonia/)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Barlovento em Novembro 06, 2018, 12:09:13 pm
Un P-3C de la FAP en el ejercicio Gruflex-18

https://www.defensa.com/espana/macro-despliegue-armada-espanola-canarias
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Novembro 12, 2018, 11:37:39 am
https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/f-16-foram-fundamentais-para-aterragem-de-emergencia-de-aviao-em-beja-diz-forca-aerea?fbclid=IwAR2fFSudbLuTmJWghpUuLG0cBF-gkrW_sECFI5MAe94RRZE0x23RnTtoPTQ (https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/f-16-foram-fundamentais-para-aterragem-de-emergencia-de-aviao-em-beja-diz-forca-aerea?fbclid=IwAR2fFSudbLuTmJWghpUuLG0cBF-gkrW_sECFI5MAe94RRZE0x23RnTtoPTQ)
Citar
A Força Aérea Portuguesa (FAP) considerou hoje "fundamental" o papel dos seus dois F-16 para a aterragem de emergência do avião da Air Astana na Base Aérea de Beja, que foi o local escolhido por ser a "melhor solução".

Seguramente tiveram um papel fundamental, fulcral em todo este desfecho", disse o coronel-piloto-aviador Fernando Costa, o comandante da Base Aérea (BA) N.º11, em Beja, onde o avião aterrou e cujas pistas são usadas pelo aeroporto da cidade.

Segundo o comandante, que falava numa conferência de imprensa, na BA11, os F-16 tiveram um papel fulcral porque escoltaram o avião e deram "todas as indicações" que permitiram à aeronave chegar à base porque, sem eles, "até teria dificuldade em poder aproximar-se da base e aterrar nas melhores condições".

Por outro lado, os F-16, "inclusivamente, acabaram por fazer algum papel psicológico em contacto permanente via rádio com o comandante da aeronave no sentido também de os acalmar" e para que a aterragem pudesse "chegar a bom porto", disse.

"Tudo isso foi facultado pelos F-16" da FAP, que estão em prontidão e têm uma capacidade de reação de 10 a 15 minutos, 24 horas por dia, 365 dias por ano, frisou Fernando Costa.

A aeronave Embraer E190, da companhia aérea Air Astana, do Cazaquistão, efetuou hoje à tarde, às 15:28, uma aterragem de emergência bem-sucedida numa das pistas da BA11.

O avião, escoltado por dois caças F-16 da FAP, efetuou a aterragem após declarar uma emergência, devido a uma "falha crítica nos sistemas de navegação e controlo de voo", disse à Lusa fonte aeronáutica.

O voo KZR 1388 descolou de Alverca às 13:21 e tinha como destino Minsk, capital da Bielorrúsia, mas declarou emergência pouco tempo depois de ter iniciado o voo.

Segundo o porta-voz da FAP, tenente-coronel Manuel Costa, a partir do momento em que os F-16 se aproximaram do avião, o piloto "começou a ter outras referências, de rumo, de velocidade, de altitude".

A partir daí, "houve uma alteração da intenção inicial" do piloto de amarar, primeiro no rio Tejo e depois no mar, e "toda a atenção foi colocar a aeronave em segurança em terra" e ir para a BA11, que, "era, na altura, o aeródromo que apresentava as melhores condições para isso acontecer", explicou.

"Com a chegada dos F-16, mesmo a própria postura da tripulação se alterou, acalmou, teve ali um interlocutor muito perto, que lhe servia de referência", o que "acalmou claramente o piloto" e, "a partir daí, tudo se foi desenrolando de forma a Beja ser a melhor opção", disse Manuel Costa.

O avião foi acompanhado e colocado na pista da BA11 pela parelha de F-16, que fez "um trabalho muito importante e fundamental" no sentido de permitir levar a aeronave "até ter toda uma aterragem segura", frisou.

Manuel Costa disse que a "principal razão" para a escolha da BA11 para a aterragem foi "a dimensão da pista" e os meios de assistência e socorro que tem e que "estavam todos ativados".

"A escolha teve a ver com as condições que a Base Aérea de Beja oferece em termos de pista e da própria infraestrutura aeronáutica acoplada à base aérea", disse.

As condições meteorológicas na altura em Beja, já que as de Lisboa eram "muito más", a orografia da zona e o reduzido volume de tráfego do aeroporto de Beja foram também fatores que determinaram a escolha do local para a aterragem.

Os aeroportos de Lisboa e Faro "têm volumes de tráfego completamente diferentes de Beja ao domingo", disse Manuel Costa, contando que o avião "fez várias passagens até conseguir aterrar em segurança", o que teria provocado "constrangimento" num aeroporto com maior volume de tráfego.

Por isso, "obviamente que Beja era a melhor solução".

(https://thumbs.web.sapo.io/?epic=Y2E4qZTBhvAc5/HvPRcKvUOr93Nmmzjy8gk9cB6ANodZV3dPBXn02Jg0s1Ot/L5kyG1jwrQx5V6RlMf4jonORb2G9b06Tx7ChBwj2ORV4/ONusk=&W=800&H=0&delay_optim=1)

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: nelson38899 em Novembro 12, 2018, 12:25:32 pm
O vídeo

https://www.facebook.com/diariodoalentejo/videos/2205785863025836/?t=6 (https://www.facebook.com/diariodoalentejo/videos/2205785863025836/?t=6)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: perdadetempo em Novembro 12, 2018, 11:45:02 pm
Descrição do incidente aéreo grave com o voo KC1388 da Astana.

Tem a transcrição das comunicações e links com os ficheiros áudio das comunicações realizadas.

https://aviation-safety.net/wikibase/wiki.php?id=217634 (https://aviation-safety.net/wikibase/wiki.php?id=217634)

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: LM em Novembro 19, 2018, 02:26:31 pm
Qual os meios da participação da FAP no Cruzeiro do Sul Exercise (CRUZEX) (https://youtu.be/me8DaEZN5TA)?

Nota: Já vi, é JTAC.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Dezembro 09, 2018, 02:52:43 pm
Muito Bem.

https://www.jn.pt/local/videos/interior/forca-aerea-ajuda-aviao-perdido-em-voo-e-sem-comunicacoes-10295439.html?fbclid=IwAR3VeTagrYg7TQjR2XIHL-BON4LfQOf_Q6Y1oyJ__8Ooj3_FDmC2m1AAa2Y (https://www.jn.pt/local/videos/interior/forca-aerea-ajuda-aviao-perdido-em-voo-e-sem-comunicacoes-10295439.html?fbclid=IwAR3VeTagrYg7TQjR2XIHL-BON4LfQOf_Q6Y1oyJ__8Ooj3_FDmC2m1AAa2Y)

Citar
Este ramo das forças armadas adiantou, em comunicado, que no passado dia 05 de dezembro o avião Epsilon TB-30, em voo de instrução e a cerca de seis quilómetros a sul de Mora, "foi empenhado pelo controlo militar de Lisboa para prestar apoio ao Cessna em emergência".

Através de sinais visuais, os militares da Força Aérea "conseguiram encaminhar o piloto da aeronave civil até ao aeródromo de Tires, concelho de Cascais, onde aterrou em segurança", acrescentou.

"Esta operação exigiu do instrutor da Esquadra 101 -- Roncos, um desempenho em voo e uma tomada de decisão assinaláveis, pela dificuldade em acompanhar uma aeronave cuja velocidade é em muito inferior à do Epsilon e, ao mesmo tempo, por ter conseguido transmitir as instruções necessárias através de sinais visuais, garantindo a comunicação eficiente entre as duas aeronaves, fator chave no sucesso da missão", conclui a Força Aérea.

(https://external.flis3-1.fna.fbcdn.net/safe_image.php?d=AQBULUtxtGFaxOpm&w=540&h=282&url=https%3A%2F%2Fstatic.globalnoticias.pt%2Fjn%2Fimage.aspx%3Fbrand%3DJN%26type%3Dgenerate%26guid%3Df101ac7a-9eec-4988-b13b-ac1f392f89c5%26w%3D800%26h%3D420%26watermark%3Dtrue%26t%3D20181208175000&cfs=1&upscale=1&fallback=news_d_placeholder_publisher&_nc_eui2=AeGpN0c74oedQGz4A42An9fjMLRPEFwLF1ND-clrZoBOn7nmdtxatzikI0MFTuKgLxYwR7l-NKqwoHBNdhJr-Pv2tfTYD3PL679WwxPW6SakjQ&_nc_hash=AQDAIVJep11JajoO)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Dezembro 27, 2018, 10:24:52 pm
https://www.revistamilitar.pt/artigo/1314

 8)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Janeiro 09, 2019, 10:32:44 am
https://ionline.sapo.pt/641053?source=social&fbclid=IwAR0S9fpvTQ6pkCRDReNAK7HYTKxcB-2N-brVBDlIM6sxhY85e7C9OQ31nJk (https://ionline.sapo.pt/641053?source=social&fbclid=IwAR0S9fpvTQ6pkCRDReNAK7HYTKxcB-2N-brVBDlIM6sxhY85e7C9OQ31nJk)

Citar
Estavam desaparecidos desde sábado

A Força Aérea regatou duas pessoas que estavam desaparecidos desde sábado na ilha açoriana do Faial.

Tio e sobrinho saíram de casa de manhã para a apanha da erva daninhas, mas o alerta do seu desaparecimento só foi dado ao final do dia. As buscas foram suspensas por volta das 22h30.

Os homens foram encontrados esta manhã, na zona da costa entre o farol da Ribeirinha e a ponta dos Cedros, uma zona de difícil acesso por terra. Foram resgatados por um helicóptero Merlin da Força Aérea.

Os dois homens não apresentavam ferimentos graves.

(https://cdn1.newsplex.pt/media/2019/1/6/672953.jpg?type=artigo)

Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 14, 2019, 09:05:02 pm
Pilotos de "caças" recordam missões contra o Estado Islâmico



Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 26, 2019, 07:23:53 pm
Força Aérea resgata comandante de navio grego nos Açores


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Março 22, 2019, 11:24:57 am
C-130 da Força Aérea leva ajuda humanitária a Moçambique



Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Abril 02, 2019, 12:40:23 pm
Somos uns mauzões...  :mrgreen:

https://www.tsf.pt/sociedade/interior/finlandia-deteta-violacao-do-espaco-aereo-por-aviao-portugues-forca-aerea-investiga-10751977.html?fbclid=IwAR2VBXfTqmj5wYLmHFgycfJ4iCYcs0qsWfGDF318ERHNz_m0KKxuMqbTUjg (https://www.tsf.pt/sociedade/interior/finlandia-deteta-violacao-do-espaco-aereo-por-aviao-portugues-forca-aerea-investiga-10751977.html?fbclid=IwAR2VBXfTqmj5wYLmHFgycfJ4iCYcs0qsWfGDF318ERHNz_m0KKxuMqbTUjg)

Citar
Finlândia acusa Portugal de violar espaço aéreo do país
02 DE ABRIL DE 2019 - 12:26
O Ministério da Defesa da Finlândia anunciou que um avião de vigilância português violou o seu espaço aéreo e contactou as autoridades portuguesas, que estão a analisar a informação.

Saudações
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitaniae em Abril 02, 2019, 01:31:27 pm
Mais info sobre este ataque português  👮

COPENHAGEN, Denmark — A Portuguese surveillance aircraft is suspected of having violated the Nordic country’s airspace, the Finnish defense ministry said Tuesday.
The aircraft made the alleged airspace violation on Monday at 6 a.m. southwest of the capital Helsinki, spokeswoman Niina Hyrsky said.
Hyrsky declined Tuesday to comment further or give more details but said the matter is being investigated by the Finnish Border Guard.
Portuguese Air Force spokesman Lt.-Col. Manuel da Costa told the Associated Press that Finnish authorities had informed Portugal about the violation, and officials are looking into it.
He said a Portuguese P-3 surveillance plane, currently stationed in Poland, is taking part in NATO patrols to defend the bloc’s eastern flank against Russian aggression.
Portugal is a member of NATO, but Finland is not. The two countries have in the past taken part in joint military exercises.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Abril 02, 2019, 01:51:58 pm
Se calhar estavam a fugir dos russos, como aquele RC-135 há uns anos atrás que se refugiou no espaço aéreo sueco.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Abril 02, 2019, 02:43:26 pm
Se calhar estavam a fugir dos russos, como aquele RC-135 há uns anos atrás que se refugiou no espaço aéreo sueco.

Não me admirava nada que tenha sido algo desse género. Especialmente se tiver sido levado a cabo pelo regimento de Su-27P Flanker da Marinha Russa sediado em Kaliningrado e que executa quase sempre intercepções bastante agressivas em espaço aéreo internacional.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: LM em Abril 02, 2019, 05:08:06 pm
Airbus da Força Aérea Espanhola participou numa ação em cooperação com a FAP, que consistiu no abastecimento em voo dos F-16 (https://www.cmjornal.pt/mundo/detalhe/aviao-da-forca-aerea-espanhola-andou-tres-horas-aos-circulos-na-zona-das-berlengas?ref=HP_Grupo1)

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: NVF em Abril 02, 2019, 05:17:48 pm
Se calhar estavam a fugir dos russos, como aquele RC-135 há uns anos atrás que se refugiou no espaço aéreo sueco.

Não me admirava nada que tenha sido algo desse género. Especialmente se tiver sido levado a cabo pelo regimento de Su-27P Flanker da Marinha Russa sediado em Kaliningrado e que executa quase sempre intercepções bastante agressivas em espaço aéreo internacional.

Nem a propósito, este artigo de há três dias atrás era sobre esses Flankers de Kaliningrado.

https://nationalinterest.org/blog/buzz/why-nato-absolutely-cant-stand-russias-su-27-fighter-49797 (https://nationalinterest.org/blog/buzz/why-nato-absolutely-cant-stand-russias-su-27-fighter-49797)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Abril 03, 2019, 12:17:03 pm
Se calhar estavam a fugir dos russos, como aquele RC-135 há uns anos atrás que se refugiou no espaço aéreo sueco.

Não me admirava nada que tenha sido algo desse género. Especialmente se tiver sido levado a cabo pelo regimento de Su-27P Flanker da Marinha Russa sediado em Kaliningrado e que executa quase sempre intercepções bastante agressivas em espaço aéreo internacional.

Nem a propósito, este artigo de há três dias atrás era sobre esses Flankers de Kaliningrado.

https://nationalinterest.org/blog/buzz/why-nato-absolutely-cant-stand-russias-su-27-fighter-49797 (https://nationalinterest.org/blog/buzz/why-nato-absolutely-cant-stand-russias-su-27-fighter-49797)

Pois é, são estes meninos do 689º Regimento de Aviação de Caça da Marinha em Chkalovsk.

(https://i.pinimg.com/originals/7c/02/72/7c0272356b9c29d3ef37421246c789c4.jpg)


E recentemente também passaram a ter lá os Su-30SM, em Chernyakhovsk.

(http://russianplanes.net/images/to202000/201815.jpg)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: mafets em Abril 03, 2019, 01:35:59 pm
Novembro de 2014

Citar
Russian Su 27 Flanker intercepts P 3 Orion over Baltic Sea Nov 2014


Cumprimentos
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Charlie Jaguar em Abril 06, 2019, 03:38:43 pm
Airbus da Força Aérea Espanhola participou numa ação em cooperação com a FAP, que consistiu no abastecimento em voo dos F-16 (https://www.cmjornal.pt/mundo/detalhe/aviao-da-forca-aerea-espanhola-andou-tres-horas-aos-circulos-na-zona-das-berlengas?ref=HP_Grupo1)

LM, o que se passou na segunda-feira foi a certificação do sistema "flying boom" de um Airbus A330MRTT destinado à Força Aérea de Singapura (RSAF - Republic of Singapore Air Force). Tal como em ocasiões anteriores com outros aviões-cisterna da Airbus destinados a vários clientes, a FAP através das Esq. 201 e 301 prontificou-se a ajudar o constructor europeu através da participação de uma parelha de F-16 que executaram vários "contactos" com e sem transferência de combustível. :)

Dado o facto que a Força Aérea Espanhola não possui ao serviço quaisquer aeronaves que possam ser reabastecidas através do métido "flying boom", cabe à Força Aérea Portuguesa - e aos F-16 - a missão de certificar esse sistema através de um acordo celebrado com a Airbus, ficando os EF-18M Hornet de Torrejón ou Zaragoza encarregues da certificação do método "hose & drogue".

Abaixo podem-se ver as imagens de um treino em tudo idêntico ocorrido em 2010, desta feita para certificar a lança de reabastecimento de um A330MRTT destinado à RAAF.

(https://i.postimg.cc/XNQQC24b/012-RAAF-A330-MRTT-KC-30-A-refuelling-F-16-through-ARBSHR.jpg)

(https://i.postimg.cc/T2F5Fmcb/013-RAAF-A330-MRTT-KC-30-A-refuelling-F-16-through-ARBSHR.jpg)

(https://i.postimg.cc/Bnsc6yVs/014-RAAF-A330-MRTT-KC-30-A-refuelling-F-16-through-ARBSHR.jpg)

 ;)



P.S. A FAP e os seus F-16 ajudam a Airbus a certificar grande parte dos A330MRTT saídos de Sevilha e destinados a clientes militares estrangeiros. No entanto ver uma aeronave destas ao serviço de Portugal continua a ser um sonho adiado e/ou mesmo impossível. ::)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Abril 17, 2019, 11:05:29 am
Destacamento da Força Aérea patrulha Bálticos


Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Barlovento em Abril 17, 2019, 01:27:13 pm


P.S. A FAP e os seus F-16 ajudam a Airbus a certificar grande parte dos A330MRTT saídos de Sevilha e destinados a clientes militares estrangeiros. No entanto ver uma aeronave destas ao serviço de Portugal continua a ser um sonho adiado e/ou mesmo impossível. ::)
[/quote]

Los A330 se convierten en MRTT en la factoría de Airbus de Getafe (Madrid) y en ocasiones, cuando hay mucha demanda, en los talleres de Iberia en Barajas.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Abril 23, 2019, 11:06:12 am
FRONTEX: C-295M deteta embarcação com 9 pessoas em Itália



Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: goldfinger em Abril 26, 2019, 07:42:58 am
Citar
Fighter Weapons Instructor Training (FWIT) at Leeuwarden air base (The Netherlands).

Eleven F-16 pilots, from Belgium, the Netherlands and Portugal, will follow the Fighter Weapons Instructor Training (FWIT) at Leeuwarden Air Base in the period from 29 April to 14 November 2019.

This training course is organized by the 322 Tactical Training, Evaluation and Standardization (TACTES) squadron, the Dutch knowledge fighter pilot center. When graduating the course, a student fighter pilot knows everything about the systems and the weapons of the F-16 as well as the advanced tactics he can use during (combat) operations. In addition, the students are optimally prepared to transfer the acquired knowledge to their colleagues at home, so they can perform their role as tactical leader instructor.

During FWIT 2019, the European Participating Air Forces, (EPAF) pilots will face a seven-month course that consists of a theoretical and a practical part. During the theoretical part, the already existing knowledge about tactics, sensors and weapon systems will be expanded with additional in-depth system and background knowledge. During the practical phase the emphasis is on the development of instruction and technical skills during air operations, as well as acting as a mission commander (leadership) in complex missions with multiple types of aircraft. During this practical period US F-35s are expected to participate in FWIT, this as a forerunner of the future in which the Netherlands will continue the leading nation in FWIT.

9

Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lusitano89 em Maio 08, 2019, 08:00:26 pm
Força Aérea faz dois salvamentos em navios em menos de 36 horas



Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: MATRA em Maio 08, 2019, 08:54:54 pm
E aqui está onde o EH101 faz realmente a diferença, o meio certo para a missão pedida, grande trabalho, como sempre, da FA.

No continente, já tenho a minhas duvidas que assim seja, por isso, tal como o tenente ja disse muitas vezes, devia-mos ter o heli médio, mais barato de operar, um verdadeiro "faz tudo" e o EH101 passaria a meio complementar.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 16, 2019, 07:55:03 pm
Curso Recuperador-Salvador 2018
https://www.facebook.com/Esquadra751/videos/347606352622066/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: typhonman em Junho 19, 2019, 10:59:10 pm
Combates aéreos dos F-18F com os nossos F-16, em 2018, no minuto 7:34.


https://www.youtube.com/watch?v=XjfW2qPOEdI (https://www.youtube.com/watch?v=XjfW2qPOEdI)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Junho 29, 2019, 11:42:17 pm
FORÇA AÉREA PARTICIPA EM EXERCÍCIO DE GUERRA ANTI-SUBMARINA (na Noruega)
https://www.emfa.pt/noticia-2638-forca-aerea-participa-em-exercicio-de-guerra-antisubmarina

(https://www.emfa.pt/paginas/fap/ficheiros/noticias/2019/06/6n4b9843.JPG)
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Julho 20, 2019, 02:45:08 pm
 C295 poderá ser enviado para o Mali em 2020.

https://observador.pt/2019/07/11/portugal-podera-reforcar-missao-de-paz-no-mali-com-seis-militares-e-aviao-em-2020/
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Agosto 01, 2019, 09:04:47 pm
Força Aérea Portuguesa inicia missão no Mediterrâneo
https://www.emgfa.pt/pt/noticias/1411

35 militares e uma aeronave de Patrulhamento Marítimo P-3C da Força Aérea Portuguesa iniciam hoje a missão de patrulhamento na zona sul do Mediterrâneo Central, contribuindo para o desmantelamento de redes de introdução clandestina de migrantes e de tráfico de pessoas, visando acabar com a tragédia humana vivida nestas águas.

Esta Força Nacional Destacada foi projetada para a Base Aérea de Sigonella na Sicília, República Italiana, no passado dia 29 de julho, onde vai contribuir para a operação militar da União Europeia, “European Union Naval Force Mediterranean (EUNAVFOR MED)”, Operação “Sophia”, até ao próximo dia 29 de agosto.

Enquanto tarefa adicional, os resultados do patrulhamento da aeronave P-3C irão contribuir para a implementação do embargo de armas e coleta de informação acerca do contrabando de petróleo exportado ilegalmente, conforme previsto em resoluções do Concelho de Segurança das Nações Unidas.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 22, 2019, 09:30:07 pm

A Força Aérea Portuguesa realiza o exercício multinacional Real Thaw 2019, entre os dias 22 de setembro e 04 de outubro, a partir da Base Aérea N.º11, em Beja.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Setembro 24, 2019, 01:22:15 pm
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Outubro 07, 2019, 04:05:32 pm

Real Thaw 2019 Resumo
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: Lightning em Outubro 15, 2019, 11:43:03 pm
Força Aérea inicia missão de vigilância das fronteiras marítimas do sul de Espanha
https://www.emgfa.pt/pt/noticias/1461

Uma aeronave C-295 e respetiva tripulação da Esquadra 502 (Elefantes), da Força Aérea Portuguesa, já iniciou mais um destacamento em apoio da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira - FRONTEX, para vigilância das fronteiras marítimas do sul de Espanha.

A aeronave descolou da Base Aérea n.º 6, no Montijo, este domingo, dia 13 de outubro, sendo o destacamento aéreo constituído pela respetiva tripulação e equipa de terra, com um efetivo de 15 militares, que estão a operar a partir de Málaga, desde o dia 14 de outubro, até 12 de dezembro de 2019.

Em virtude do fluxo de migrantes ilegais com origem no norte de África, a Agência FRONTEX, em conjunto com as autoridades espanholas, desenvolve esta operação conjunta, designada “JO INDALO 2019”.
Título: Re: Actividade Operacional/Exercícios
Enviado por: HSMW em Outubro 22, 2019, 08:48:18 pm

EXERCÍCIO "MORSA-SATER 19"