ForumDefesa.com

Forças Armadas e Sistemas de Armas => Exército Português => Tópico iniciado por: TaGOs em Setembro 25, 2007, 10:36:23 pm

Título: Novo blindado 4x4
Enviado por: TaGOs em Setembro 25, 2007, 10:36:23 pm
Acho que ainda não existe este tópico. Abri para debater quais serão os tais 7 candidatos e os 3 que querem fazer parceria com a Fabrequipa para o concurso dos novos blindados 4x4.
Alguém tem palpites?
Título:
Enviado por: Lancero em Setembro 25, 2007, 10:55:25 pm
Viaturas tácticas 4x4, poderão ou não receber kits de blindagem. Da origem deverão vir nuas.
Quanto aos candidatos, venham as apostas  :lol:
.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 25, 2007, 11:01:58 pm
Quais são os candidatos oficiais? Alguém sabe?
Título:
Enviado por: TaGOs em Setembro 25, 2007, 11:05:40 pm
Mas este concurso não é para viaturas tipo o dingo ou hummer blindado?
Ou também podem ser nissan e assim?
Título:
Enviado por: ricardonunes em Setembro 25, 2007, 11:06:35 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Quais são os candidatos oficiais? Alguém sabe?


Se nem concurso existe  :wink:
Título:
Enviado por: papatango em Setembro 25, 2007, 11:09:42 pm
O que parece existir é uma intenção de produzir um veículo, sabendo-se que há uma futura intenção de adquirir veículos 4x4 por parte do exército português.

A FABREQUIPA parece ser especializada em sistemas de grande porte, nomeadamente os atrelados de multiplos eixos.
Por esta razão, e considerando que se trata de uma empresa comercial que tem que pensar no dia de amanhã, a opção mais lógica seria por quem tivesse tecnologia e Know How, que permitisse à empresa no futuro utilizar esse know how mesmo para aplica-lo em sectores civis.

Cumprimentos
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Setembro 26, 2007, 12:09:11 am
A Fabrequipa irá especializar-se, na área militar, em viaturas de rodas blindadas e não blindadas, 4x4 a 8x8, até às 25 toneladas.
As viaturas em questão serão viaturas tácticas ligeiras "com blindagem" (diz Francisco Pita) , similares aos URO Vamtac espanhóis, aos Eagle III suíços, entre outros.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: Lancero em Setembro 26, 2007, 10:39:24 am
De acordo com o sr. Francisco Pita, os sete candidatos são dos EUA, Suíça, Espanha, Alemanha (dois?), África do Sul e Itália.
Já ajuda à especulação ;)
Título:
Enviado por: TaGOs em Setembro 26, 2007, 12:58:10 pm
Serão estes os candidatos?

Suíça: Eagle IV?

(http://www.mowag.ch/Photos/Img_EIV_003.jpg)

Espanha: Uro Vamtac?

(http://urovesa.com/img/VAMTAC_2006_para_web.JPG)

Itália: LMV?

(http://www.army-technology.com/contractor_images/iveco/2-LMV.jpg)

EUA: Hummer?

(http://www.army-technology.com/contractor_images/osg/2-bullet-proof-glass-vehicles.jpg)

Alemanha: Dingo 2?

(http://www.bmlv.gv.at/images_skaliert/dingo2_2_864x617_1172774003.jpg)

África do Sul é que já não sei.
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Setembro 26, 2007, 01:10:48 pm
Na Alemanha parecem existir duas empresas interessadas. Desconheço se o Dingo II vai ser um dos concorrentes. Agora, o seu preço e características colocam-no num "campeonato" distinto. Por exemplo, na Bélgica ele é empregue num nível entre o Iveco LMV e o Mowag Piranha III. Ou seja, não se trata, digamos, de um "jipe blindado". Sendo os veículos destinados à BRR é de prever que a aposta seja para viaturas ligeiras e facilmente transportáveis (eventualmente, lançáveis de pára-quedas).

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: TaGOs em Setembro 26, 2007, 01:25:08 pm
Então o Dingo II já se foi. Quais poderão ser os outros dois Alemães? E qual pode ser o Sul Africano?
Título:
Enviado por: TaGOs em Setembro 26, 2007, 04:22:07 pm
Será isto o Sul Africano? Duvido.

RG-31 Nyala

(http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/c/c5/RG-31.JPG)
Título:
Enviado por: Luso em Setembro 26, 2007, 04:28:49 pm
Este último é muito resistente, segundo a experiência do seu uso recente no Iraque. Se os outros o são mais...
Título:
Enviado por: TaGOs em Setembro 26, 2007, 06:05:32 pm
As três propostas a Fabrequipa devem ser de veículos do grupo General Dynamics como por exemplo do hummer ou do eagle IV?
Pergunto isto porque a Fabriquipa já tem um acordo com a steyr e a steyr é do grupo General Dynamics.
Tem a sua lógica não tem? Só não sei qual é o terceiro veículo.
Título:
Enviado por: typhonman em Setembro 26, 2007, 06:14:26 pm
Um 4*4 para missões utilitárias, tipo comunicações, comando, anti-carro com TOW,anti aereo (Avenger) seria o ideal. Não esqueçamos que o Exército tem intenção de adquirir o Avenger, se não estou em erro a unica plataforma que suporta a torre do Avenger é o Hummer.

Poderia ser adquirido em menores quantidades o DINGO II, para ser usado num cenário como o do Afeganistão, diria entre 30 e 40 unidades.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 26, 2007, 06:52:04 pm
Há tb LAV com esse sistema, por isso não é só o Hummer.
Título:
Enviado por: sturzas em Setembro 27, 2007, 04:16:03 am
Viva a todos:

Deixo aqui uma tabela com as versões de viaturas 4x4, com blindagem, por país:

(http://img300.imageshack.us/img300/7482/tabblindados204x4bigjq3.th.jpg) (http://http)

Mais uma achega para a especulação...

Acho estranho os franceses terem, ou irem, ficar de fora. Todavia é necessário distinguir viaturas tácticas ligeiras 4x4 e viaturas tácticas blindadas 4x4. A diferença ainda é alguma. A primeira com "facilidade  engenho" se pode transformar na segunda; o inverso já é mais difícil.

Acho interessante, como viatura táctica 4x4 (mesmo com blindagem ligeira), o modelo francês Panhard VPS:

(http://img169.imageshack.us/img169/1479/panhardvps01aoa9.th.jpg) (http://http)

... e o modelo alemão SERVAL:

(http://img223.imageshack.us/img223/8545/servalfavad4.th.jpg) (http://http)

Excelentes para Reacção Rápida.
Título:
Enviado por: Mar Verde em Setembro 27, 2007, 07:48:28 am
os Ingleses estão a substituir o Land Rover

(http://img297.imageshack.us/img297/1568/landlandroverwmiklgro7.jpg)

pelo Supacat HMT400 /MWMIK

(http://img171.imageshack.us/img171/3603/landsupacatmwmikopenlgkb4.jpg)

(http://img294.imageshack.us/img294/7533/supacat400nk0.jpg)

(http://img171.imageshack.us/img171/1888/landmwmikmannedlgia4.jpg)

(http://img297.imageshack.us/img297/8702/newlandrovercrn800x505gl4.jpg)
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 27, 2007, 10:05:41 am
Tens mais dados sobre este veiculo? Parece-me um projecto muito interessante.
Título: projecto
Enviado por: dero em Setembro 27, 2007, 11:42:12 am
Boas
a mim tambem me parece um bom projecto mas questiono me a utilidade destes veiculos pois quando dizem que os hummer sao muito fracos e que nao servem para cenarios como o Iraque e Afeganistão e andam a comprar veiculos á pressa com maior blindagem qual a utilidade destes veiculos quando os tripulantes vao expostos sem blindagem nenhuma? é que mesmo com o armamento que eles carregam com uma simples arma pessoal podem atigir os tripulantes.
os mais entendidos que me expliquem o porque destes veiculos

tks
Título:
Enviado por: Daniel em Setembro 27, 2007, 12:01:57 pm
Realmente este veiculo não sei para que possa servir, pois blindagem zero, e alem que seus tripulantes vão bastante expostos.
Talvez tanha sido feito para andar na praia, penso eu de que.  :mrgreen:
Título:
Enviado por: TaGOs em Setembro 27, 2007, 12:21:32 pm
Se este concurso for para viaturas blindadas aposto que as três propostas que a Fabrequipa recebeu foram da General Dynamics. E devem ser o hummer (USA) , eagle (Suíço) e o rg-32M (Sul Africano). Isto é o meu palpite.
Título:
Enviado por: LM em Setembro 27, 2007, 12:47:34 pm
Este é um assunto que os gostava muito que os nossos "especialistas residentes" investissem algum tempo a explicar - quais os vários tipos (não modelos em concreto) de veiculos possiveis e as suas aplicações...

Friamente? como a "mão-de-obra" militar nos paises ocidentais é um recurso escasso julgo que estamos a assistir a uma tendencia para qualquer veiculo (salvo 4x4 de ligação) ter uma protecção balistica no minimo ao 7,62mm - ora esta opção tem custo (na estrutura e no custo do veiculo).

Outro problema é a necessidade de veiculos especificos para os conflitos que temos agora - no tempo da guerra fria ninguem projectou veiculos HUMMER para ir à linha da frente, mas agora que temos necessidade de patrulhas constantes e guerras de guerrilha com RPG/IED claro que este veiculo não é o ideal (nem foi projectado para isso!). Exemplo: o Bushmaster:
Citar
It is designed to be capable of carrying an entire infantry section (9 men) over a 1000k's without refuelling and carry enough food, water, ammunition etc to allow the section to operate for up to 3 days without resupply.
- não se pode pedir que seja um bom veiculo para patrulhar o Iraque...

O perigo é equipar as unidades apenas com veiculos do tipo necessário para estes cenários e esquecer que a função primária de um exercito ainda é combater de forma convencional outro exercito - um veiculo tipo Dingo talvez não deva estar a equipar de forma permanente uma unidade mas sim ser entregue à unidade quando ela for para o terreno.

Disse muita asneira...?
Título:
Enviado por: turkiko em Setembro 27, 2007, 02:32:22 pm
http://www.army-technology.com/contract ... dyne1.html (http://www.army-technology.com/contractors/ballistic_protection/ceradyne/ceradyne1.html)

Feio como o caraças, mas se calhar efeciente.

Cumprimentos,
Título:
Enviado por: André em Setembro 27, 2007, 02:58:05 pm
Citação de: "turkiko"
http://www.army-technology.com/contractors/ballistic_protection/ceradyne/ceradyne1.html

Feio como o caraças, mas se calhar efeciente.

Cumprimentos,


Parece um Buggy blindado.  :shock:

Na minha opinião o veículo 4x4 as opções para serem adquiridos pelo exército português é o Dingo, o Golan ou o Bushmaster, isto se os quer utilizar no Afeganistão ou no Líbano caso contrário o que não falta por aí são Land Rovers, Hummers ou UMMs.
Título:
Enviado por: LM em Setembro 27, 2007, 03:09:43 pm
Citar
Na minha opinião o veículo 4x4 as opções para serem adquiridos pelo exército português é o Dingo, o Golan ou o Bushmaster, isto se os quer utilizar no Afeganistão ou no Líbano caso contrário o que não falta por aí são Land Rovers, Hummers ou UMMs.


Será...? A primeira questão deverá ser: qual o uso que a BRR irá dar ao veiculo? Se for para reconhecimento (ligeiro, não é para um Esq Rec de cavalaria) da brigada ou de um Bat PARA um Dingo (ou Golan ou Bushmaster) será demasiado grande e lento...

Golan: "The mission of the Golan is to provide maximum protection to its passengers and crew. The Golan platform may be adapted to serve as an armored personnel carrier, command vehicle, ambulance or intelligence collection vehicle. In the personnel carrier role, it has capacity of up to 10 soldiers (http://http)

Bushmaster: "It is designed to be capable of carrying an entire infantry section (9 men) over a 1000k's without refuelling and carry enough food, water, ammunition etc to allow the section to operate for up to 3 days without resupply."

É isso que a BRR quer...? Ou quer veiculos ligeiros, relativamente bem armados (1x7,62 + 1x12,7/40mm por ex) com 3/4 tripulantes para reconhecimentos? Com outros do mesmo modelo-base para actividade fora da linha da frente?
Título:
Enviado por: LM em Setembro 27, 2007, 03:20:56 pm
Já agora: não será a familia "Panhard VBL (http://http) um bom compromisso entre 4x4TT e os "Dingos"? Ou é uma especie destinada à extinção na evolução dos veiculos ligeiros militares?
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 27, 2007, 03:21:23 pm
A BRR quer é um veiculo que dê boa protecção aos seus militares, que tenha alguma capacidade de transporte e que leve do ponto A ao ponto B.

O Golan é na minha opinião muito grande, não estou a ver os Comandos a andar numa coisa tão grande. O ideal seria um veiculo mais pequeno, já que a BRR tb vai poder contar com o Pandur (no ERec).
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Setembro 27, 2007, 03:40:30 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
a BRR tb vai poder contar com o Pandur (no ERec).


Onde é que isso está previsto? Os Pandur não vão todos para BrigInt e o EREC da BrigRR continua com os M-11 Panhard? Nem que seja porque este últimos podem ser lançados de paraquedas.

Já o que acredito mais, é que os BIPara ou Agrupamentos com origem na BrigRR possam receber Pandur numa base ad-hoc, conforme tem acontecido nas missões nos Balcãs.
Título:
Enviado por: papatango em Setembro 27, 2007, 03:46:28 pm
A minha humilde opinião, é de que veículos como o Hummer / Vamtac / Land Rover / Supacat são neste momento ultrapassados.

O Supacat exactamente pelo que já aqui foi referido, parece um veículo absordo. Ele é apenas um Buggy com esteroides e em ponto grande.
A sua função serve para assalto a posições inimigas, para envolvimento de tropas e para operações de surpresa. Caso contrário, cada uma das gaiolas (porque o Supacat não é mais que isso) transforma-se num caixão.

Os Hummer e os seus derivados estão no fim da sua vida útil e são neste momento projectos com 30 anos de vida, que tiveram a sua utilidade no passado, mas que perante as novas ameaças aparecem como de pouca utilidade quando falamos de veículos para missões de paz.

Os Pandur-II podem receber blindagem adicional, mas a sua protecção inferior e o seu perfil balistico, embora não seja "chato" não é dos mais adequados, por isso é necesário qualquer coisa melhor que os Hummer e com melhor perfil balístico que os Pandur-II.

Os mais avançados neste campo são os sul africanos, que desde os anos 70 que desenvolvem veículos que podem servir para várias funções e ao mesmo tempo ter capacidade para operar em ambientes onde houver áreas minadas.

Por isto tudo, a opção mais interessante das acima descrita parece-me ser a da "BAE Systems South Africa" RG-31 Nyala
http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=137
Para haver uma proposta sul africana, eu diria que se trata exactamente deste veículo. É o mais leve de todos e os outros são 6x6 (embora com versões 4x4).


Dos Estados Unidos pode até vir um Hummer, mas acho que seria um disparate, porque é um veículo claramente ultrapassado. Vejam a imagem de um teste feito a um Hummer com blindagem que está no areamilitar.net na última matéria sobre veículos anti-minas.
ver aqui: http://www.areamilitar.net/analise/analise.aspx?NrMateria=47&p=4

Destino de Hummers no Iraque:
(http://airbornecombatengineer.typepad.com/photos/iraq/humveejunkyadcampalasadanbarace.jpg)



Isto vale tanto para o Hummer, como para o Vamtac, como para o veículo italiano derivado. São projectos interessantes e de qualidade muito aceitável, mas que não têm hipoteses quando a ameaça está no chão sob a forma de bomba.

Para opções americanas, acharia que estas duas opções seriam muito mais aceitáveis:
http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=144
http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=136
Qualquer destes dois estaria interessado em colocar um seu modelo num país da NATO, porque é sempre um grande argumento de vendas.

Mas com a capacidade de produção dos fabricantes completamente cheia por causa das inumeras encomendas de emergência colocadas pelo governo americano...
Acho que os fabricantes não deve estar para aí virados.

Quanto aos alemães, há versões blindadas do Pizgauer:
(http://www.chrishodgephotos.co.uk/funpics/pixww/2004/04dvd30.jpg)
Título:
Enviado por: TaGOs em Setembro 27, 2007, 04:03:01 pm
Eu falei no RG-31 e no RG-32 porque ambos estão no site da General Dynamics.

 :arrow:  http://www.gdls.com/ (http://www.gdls.com/)
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 27, 2007, 04:07:24 pm
E tb o PANDUR 6x6... c34x
Título:
Enviado por: LM em Setembro 27, 2007, 04:14:34 pm
Fotos de veiculos 4x4, link's interessantes e novos modelos Panhard...

http://www.militaryphotos.net/forums/showthread.php?t=72843

Citar
Exactly which one of the above vehicles will stand up to a planted 155 artillery shell EID? Especially the 155 EID planted under the road bed? See, I have a different view of things. Being as how I have witnessed several land mine explosions under all kinds of vehicles and having witnessed one from overly close range from inside the vehicle, I don't think there is much point in trying to exert yourself trying resist such things. You build stronger armor, they build bigger EIDs or land mines and the next thing you know your are all running around in 10 mph Matildas with 8" armor plate all about. The solution is to use good anti mine practices, keep your vehicles spread apart, kill the miners as you find them, keep strategic surveillance a priority (God knows, the technology certainly is at hand for this) and quit being so darned predictable in your travels (see the first suggestion). Some armor is good, I don't deny that. But, eventually, it comes to a toppers as to what is possible. As for most RPG rounds in the ME being anti-personnel types and of little threat to armored vehicles, I find that a fascinating comment.
Título:
Enviado por: antoninho em Setembro 27, 2007, 09:57:52 pm
Já agora mais uns prá fogueira....

(http://i61.photobucket.com/albums/h52/antoninho1/cobra_00.jpg)

(http://i61.photobucket.com/albums/h52/antoninho1/komandop2.jpg)

(http://i61.photobucket.com/albums/h52/antoninho1/avenger3.jpg)

(http://i61.photobucket.com/albums/h52/antoninho1/vtlm.jpg)

(http://i61.photobucket.com/albums/h52/antoninho1/scarafone_mask.jpg)

(http://i61.photobucket.com/albums/h52/antoninho1/vbl4_lato.jpg)

(http://i61.photobucket.com/albums/h52/antoninho1/vbl6_lato.jpg)
Título:
Enviado por: TaGOs em Setembro 28, 2007, 06:08:22 pm
Eu acho o RG-32M "engraçado" mas parece que ainda não tem o casco em V

(http://img513.imageshack.us/img513/7632/rg32mot0.jpg)
Título:
Enviado por: TaGOs em Setembro 28, 2007, 06:28:18 pm
Só espero que não seja o hummer.

Mais um exemplo.

Citar
These are pictures of a Slovene Armoured Humvee. It was originally reported as having struck a mine, but later SSE determined that it was in fact a pressure plate IED. Pressure plate IED's allow an insurgent to use an AT mine or similar device to target a specific portion of a vehicle or allow them to target the weaker vehicles in a convoy by having the escort vehicle initiate a device aimed at the soft targets. In this case it was designed to be initiated by the front wheel and explode under the passenger compartment. Keep in mind this was a factory armoured Humvee and not an uparmoured one:


(http://army.ca/album/Operations/Slovenian_Mine_Strike_3.JPG)

(http://army.ca/album/Operations/Slovenian_Mine_Strike_2.JPG)
Título: 4 X 4
Enviado por: zocuni em Setembro 29, 2007, 01:55:21 pm
Tudo bem,

Eu particularmente gosto dos RG-32.Mas de repente a FABREQUIPA,pode desenvolver algo na versão 4 x 4.

(http://www.sfu.ca/casr/bg-apv-rg32-2.jpg)

Abraços,
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 29, 2007, 02:16:25 pm
Isso iria custar muito dinheiro, é mais prático, rápido e barato construir sob licença tal como se está a fazer para os Pandur.  :wink:
Título: OK
Enviado por: zocuni em Setembro 29, 2007, 02:21:13 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Isso iria custar muito dinheiro, é mais prático, rápido e barato construir sob licença tal como se está a fazer para os Pandur.  :idea:

Abraços,
Título:
Enviado por: antoninho em Outubro 06, 2007, 12:43:26 am
A propósito de compras de veículos...

 Australia Taps Winners for $2.6B Vehicle Program
By Gregor Ferguson, SYDNEY


BAE Systems, Daimler Chrysler and local firm Haulmark Trailers Australia have been chosen to replace most of the Australian Defence Force’s current fleet of trucks, trailers and utility vehicles in a program worth $3 billion Australian ($2.65 billion).
Defense Minister Brendan Nelson announced in Brisbane on Oct. 5 that the Australian army will acquire approximately 1,000 Mercedes Benz G-Wagen four-wheel-drive and six-wheel-drive utility vehicles, 2,400 Family of Medium Tactical Vehicles (FMTV) trucks from BAE Systems Mobility and Protection Systems (formerly Armor Holdings), and 3,000 trailers of different sizes from Brisbane-based Haulmark.
Exact numbers and configuration remain subject to contract negotiations, which are expected to take about six months. The vehicles will be acquired under Phase 3 of Project Overlander, which also logged an order in August for 250 armored and mine-protected Bushmaster Infantry Mobility Vehicles (IMV), worth $300 million Australian, from Thales Australia here.
“Many specialist vehicle modules, trailers and all the Bushmasters will be produced in Australia,” Nelson said. “This Australian portion is worth approximately 800 million [Australian dollars].
“When deployed on operations, the vehicles will be capable of being fitted with enhanced protection to reduce the risk to our service men and women from threats such as suicide bombers, improvised explosive devices, land mines, bullets and other projectiles,” he added.
The new trucks will progressively replace the Australian Defence Force’s current inventory of Mercedes Benz Unimog 4-ton trucks and Mack and International heavy trucks and semi-trailers.
Phases 4 and 5 of Project Overlander are slated for funding approval in 2010 and 2012, respectively, according to the head of Project Overlander, Brigadier David O’Brien.
Phase 4 will see the acquisition of a further 1,200 armored light vehicles in the 1- and 2-ton payload class worth an estimated $1.2 billion Australian, he said, while Phase 5 will see the acquisition of about 2,000 unprotected, commercial off-the-shelf trucks and utility vehicles worth about $300 million Australian. These will be used for training and low-risk logistics tasks, he said.
“Protection is a key aspect of Overlander,” O’Brien said. While the G-Wagen four- and six-wheel-drive vehicles will be only lightly protected, many of the 5-, 10- and 16-ton payload FMTVs and semi-trailers will have armored cabs or be capable of carrying Survivability Enhancement Kits (SEK) to protect their crews and occupants in high-threat environments.
The 1,200 protected vehicles to be acquired under Phase 4 of Project Overlander, along with the 1,000 G-Wagens to be ordered under Phase 3, will replace the Army’s current fleet of soft-skinned Landrover four- and six-wheel-drive vehicles. However, O’Brien said, the Special Forces’ long-range patrol vehicles, which are based on the Landrover six-wheel design, will not be replaced under Project Overlander.
A separate, classified procurement program, Project Redfin, is charged with re-equipping the Special Air Service Regiment and the Army’s two commando regiments with new and upgraded vehicles, weapons, communications and other mission equipment, O’Brien said.
Sources at BAE Systems Australia, Adelaide, and DaimlerChrysler Australia/Pacific, Melbourne, said the exact number and configurations of the vehicles to be ordered in Phase 3 would be subject to contract negotiations. The value of Project Overlander to BAE Systems is estimated to be between $1 billion Australian and $1.5 billion Australian, the company said in a statement Oct. 5, and includes payload modules, technical services and spare parts.
It’s likely that most of the vehicles ordered under Phase 3 of Project Overlander will be imported fully assembled and fitted with specialist role equipment such as winches, radios and specialized payload modules in Australia.
Título:
Enviado por: Luso em Outubro 12, 2007, 12:21:19 pm
Parece ter pinta!

http://www.millenworks.com/html/aboutus ... 202007.pdf (http://www.millenworks.com/html/aboutus/news/MillenWorks%20Light%20Utility%20Vehicle%20Data%20Sheet%20Oct%202007.pdf)
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 12, 2007, 12:25:30 pm
Adorei!
Título:
Enviado por: ricardonunes em Outubro 12, 2007, 10:50:48 pm
Citação de: "Luso"
Parece ter pinta!

http://www.millenworks.com/html/aboutus ... 202007.pdf (http://www.millenworks.com/html/aboutus/news/MillenWorks%20Light%20Utility%20Vehicle%20Data%20Sheet%20Oct%202007.pdf)


É engraçado, e sonhar é bonito :lol:
Título: OK.
Enviado por: zocuni em Outubro 13, 2007, 12:42:15 pm
Também gostei.
Título:
Enviado por: markilhas em Outubro 13, 2007, 05:38:20 pm
bem e porque andar sempre a meter dinheiro fora, e a deixar morrer o que temos?UMM ainda andam ai e nada tinham a ver com o novo projecto que iria ser novador, porque insitir em meter dinheiro fora e nao apostar no que temos??acho triste ver fotos de jipes feitos em portugal com equipamentos que nunca vi nas terras lusas, mas equipam ainda exercitos no exterior....
Título:
Enviado por: acpool em Outubro 13, 2007, 06:52:11 pm
UMM, sempre foi um veiculo que nos últimos anos sempre foi mal visto, este não evoluiu, actualmente o UMM é o veiculo do desenrasca nas FA, possivelmente por estar muito velho e as suas grandes limitações. A maioria dos que gosta do UMM é um pouco por nostalgia que proporciona.

Portugal já é possuidor de alguns Humvee, mas o parece que não sabe o que fazer com eles idêntico aos Toyota  que se encontram parados nos armazéns, e que unidades  têm flata de jeeps para se movimentarem

A nível de viatura blindadas teoricamente já não haverá a necessidade, já que temos em construção do Pandur.

Pode-se então pensar numa viatura de transporte multi-funcional, que não sejam limitadas a nível de emprego, e que não seja Americana, ai sim tenho uma opinião, que é baseada de quem constrói material militar por necessidade é quem percebe do assunto, é o exemplo de Israel que está em conflito a vários anos, por isso vai a minha opinião

KADDB Desert Iris
(http://www.bellum.nu/armoury/KADDBDI-M2.jpg)(http://www.bellum.nu/armoury/KADDBDI-rocket.jpg)
http://www.bellum.nu/armoury/KADDBDI.html

AL Thalab
(http://www.adrianstomcat.co.uk/Images/Al-Thalab/Al-Thalab01.jpg)
http://www.adrianstomcat.co.uk/Al-Thalab.htm
Mas como sempre isto é uma questão de dinheiro e necessidade.

Cumprimentos
Título: ????
Enviado por: zocuni em Outubro 13, 2007, 07:13:52 pm
Mas ainda se fabricam UMM? nx2l1

Abraços,
Título: Re: ????
Enviado por: zecouves em Outubro 13, 2007, 07:29:00 pm
Citação de: "zocuni"
Mas ainda se fabricam UMM? nx2l1

Abraços,


Nope!
Título:
Enviado por: acpool em Outubro 13, 2007, 07:54:13 pm
Os umm aida são fabicados pelo menos para o meio civil
A produção do umm começa nma empresa metalúrgica e automobilística portuguesa fundada em 1977 para fabricar jipes 4x4 para a agricultura, indústria e serviços. O último modelo foi lançado em 2000 o UMM Alter II com varias modificações e com introdução de peças de outros países como motor da pegeout, em que nesta altura foi adoptada uma filosofia de fabrico por encomenda, inclusive para clientes particulares.
Conhecimento da aquisição de umm para o exercito foi na altura dos problemas em Timor 2001, em que foram enviadas algumas unidades para lá. Mas se houver alguém com conhecimento exacto do caso peco que o complete.
(http://forum.autohoje.com/uploaded/maverick_mil/20061224191436_IMG_0048.JPG)
(http://forum.autohoje.com/uploaded/maverick_mil/2006122323140_IMG_0046.JPG)
(http://i59.photobucket.com/albums/g317/pacm31/01495.jpg)
Título:
Enviado por: pedro em Outubro 13, 2007, 08:06:43 pm
O melhor era fazer um UMM versao seculo 21 e depois fazer uma versao militar mas nao ha dinheiro. :roll:
Cumprimentos
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Outubro 13, 2007, 08:56:27 pm
Claro que sim!
Olhem o exemplo dos Defender!
Uma evolulção contínua, desde o MKI, até agora ao ultimo modelo.
Com o UMM passaria-se a mesma coisa, tinha de se melhorar o menos bom.
O conceito base já existe, como tal, porque não aproveitar?

Um Abraço.
Título:
Enviado por: pedro em Outubro 13, 2007, 09:01:26 pm
O UMM e robusto e tem uma boa tracao 4x4 Agora e muito dificil de conducir pois nesse sentido e que se poderia mudar algo.
Cumprimentos :wink:
Título:
Enviado por: markilhas em Outubro 14, 2007, 09:12:02 am
mas ai e que esta um segredo que poucos conheciam, e actualmente um senhor possui..
a evoluçao alter 3 que em nada tem de igual aos umm que ainda se vem por ai e datam na matricula 80' como o caso do meu cournil que o tenho preparado pra trial e de 81 e nunca me deixou mal(aparte) agora essa evoluçao tinha todos requesitos pra meter os toyotas no bolso, talvez nao em termos de motor pois e  grande vatagem dos toyotas que temos mas nor esto certamente estava na frente , uma evoluçao dos anos 91.
em relaçao a teatros como o afeganistao, os belgas e os franceses dentro do campo andam com jipes que mais parecem caixas podres com rodas, e claro eu nao falo no jipe mas na marca umm que tinha capacidade pra criar maquinas especificas pra este cenario..quem se lembra das berlies tramagal?? ainda a uns dias vi aqui dentro do camp wharehouse os franceses a conduzir uma...deixo aqui um link pra admirarem um sonho que podia ter sido realizado, nao fosse uma questao de idiotices que acabaram com esta grande marca nacional..
http://forumm.forumco.com/topic~TOPIC_I ... page~1.asp (http://forumm.forumco.com/topic~TOPIC_ID~1964~whichpage~1.asp)
ah e mesmo dentro deste forum
http://www.forumdefesa.com/forum/viewto ... 8941b14749 (http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?t=5627&postdays=0&postorder=asc&start=0&sid=fffde00297b26e64d4134b8941b14749)
abraço a todos
Título:
Enviado por: TaGOs em Novembro 22, 2007, 02:11:25 pm
Ainda não se sabe de nada?
Título:
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 25, 2008, 09:01:50 am
Citar
O Exército está a viver um problema grave de operacionalidade devido à falta de viaturas blindadas ligeiras. Dos 100 a 150 veículos que seriam necessários para equipar os militares que estão destacados em várias partes do Mundo apenas 21 estão operacionais.

A possibilidade de lançamento de um concurso para aquisição das viaturas está, pelo menos para já, posta de parte e nem sequer a hipótese de adjudicação directa de uma parte das viaturas tem resposta do Ministério da Defesa.

Em causa está a aquisição de viaturas tipo HUMMVEE, uma necessidade sentida pelos três ramos das Forças Armadas, mas em particular pelo Exército, pelo menos desde meados 2005, aquando do envio de forças para o Afeganistão. A falta de blindados deste tipo obrigou Portugal, na altura, a pedir viaturas emprestadas a Espanha sem o que o deslocamento da força seria impossível. Só que, desde então, nada mais foi feito para minorar o problema.

O total de veículos do tipo em serviço no Exército é de 24 viaturas blindadas, mas três delas ainda estão à espera de ordem para reparação, face às baixas ocorridas no Afeganistão, o que significa que a operação decorre no fio da navalha, uma vez que não há viaturas em reserva para substituir as baixas.

Confrontado pelo JN, o Estado Maior do Exército manifesta-se preocupado pelo não andamento do processo de aquisição, uma vez que "são viaturas destinadas a aumentar a protecção dos militares, uma questão para nós fundamental". Quanto ao Ministério da Defesa, não deu qualquer resposta.

Aquando do início da missão no Afeganistão, o Exército conseguiu verba para adaptar kits de blindagem aos 24 HUMMVEE em serviço, o que permitiu já no início de 2006 devolver os veículos pedidos a Espanha. Previa-se ainda conseguir a adjudicação directa de mais 17, para aumentar a prontidão e para efeitos de reserva e instrução.

O processo acabou por ficar na Direcção-Geral de Armamento e Equipamento (DGAE), que convenceu a tutela que era financeiramente mais vantajoso lançar um concurso. Porém, chegados a 2008 nem um nem outro processo avançou, três anos depois de pela primeira vez o problema ter sido equacionado.

Solução de improviso


Tal como muitas outros equipamentos, os HUMMVEE chegaram a Portugal não como resultado de planeamento mas como solução de emergência aquando do início da missão em Timor-Leste. Os veículos foram depois deslocados para o Kosovo, sem blindagem, que não era necessária em Timor, apesar de o risco aqui ser maior e a possibilidade de ataque com armas de maior calibre ser superior. Só aquando da missão no Afeganistão o problema da blindagem voltou a ser colocado, levando à aquisiçção apressada dos respectivos kits. A intervenção no Afeganistão irá terminar no próximo Verão, o que vai libertar os 24 HUMMVEE em serviço. Porém, as viaturas são apenas as suficientes para equipar uma companhia, quando o conceito estratégico militar obriga a que o país tenha capacidade de suportar três teatros de operações em simultâneo no escalão batalhão. Os veículos deste género são também uma necessidade no Kosovo e no Líbano, onde Portugal tem também presença militar, mas se nenhuma aquisição for feita fica comprometida a protecção conveniente dos militares.

Uso na OTAN


Utilização

Os veículos do tipo HUMMVEE são de uso comum nos países da OTAN desde 2000. Portugal é a excepção.



Blindagem

Podem ou não ser operadas como blindados ligeiros, através da instalação de um kit.



Pesados

Estes veículos são diferentes dos Pandur, já adquiridos.

fonte www.jn.pt (http://www.jn.pt)
Título:
Enviado por: lurker em Fevereiro 25, 2008, 11:41:51 am
Deixem o UMM descansar em paz, por favor.

Os veiculos blindados ligeiros que o exército procura não são todo-o-terreno, vulgo jipes, civis nem derivados.
São veiculos 4x4 desenhados para oferecer o máximo de protecção, capazes de suportar blindagem e com um motor capaz de funcionar com combustivel de má qualidade, entre outros requesitos.
(http://www.defencetalk.com/pictures/data/3056/RG32M-.jpg)


E em off-topic, comparar o UMM ao Defender só pode ser feito superficialmente.
O LandRover Defender vende ~25000 unidades por ano e beneficia da partilha de custos com os outros modelos da LandRover.
A UMM não poderia sobreviver só de fabricar jipes para as F.A.
Título:
Enviado por: Lightning em Fevereiro 25, 2008, 06:44:37 pm
Citação de: "nelson38899"
quando o conceito estratégico militar obriga a que o país tenha capacidade de suportar três teatros de operações em simultâneo no escalão batalhão.


Então não percebo porque é que quando apareceu a missão em Timor tivemos que retirar do Kosovo :lol:
Título:
Enviado por: tyr em Fevereiro 25, 2008, 11:27:20 pm
Uma coisa posso dizer, como viatura tatica ligeira (não blindada) em aplicações militares, a que demonstrou melhor desempenho foi o UMM cornilho, é robusto, não fica em quase lado ninhum e se tiver um problema normalmente consegue se resolver com um pouco de fita isoladora ou arame. Em contraste o Toyota não vale nada pois falha em tudo o que o cornilho é bom (é um bom jeep civil, mas a nivel militar deixa muito a desejar), o Umm Alter é mais moderno e ménos robusto que o Cornilho e ja tive um caso de um arranque repentino (acho que foi o turbo) numa dexida (felizmente ninguem se aleijou) o defender, não posso falar muito pois nunca o utilizei fora de estradas.

Relativamente a uma viatura nova, espero que seja conforme as especificações MRAP americanas, mas se tal acontecer em principio só deverão equipar as FND e possivelmente as equipas EOD. Não estou a ver o estado a gastar dinheiro em coisas carisimas que têm uma função demasiado restrinjida a um certo tipo de TO.
Título:
Enviado por: lurker em Fevereiro 26, 2008, 12:16:41 am
tyr,
em principio a viatura não será alocada a nenhumas unidades das F.A. mas sim colocada numa "pool" comum aos três ramos e atribuida às unidades conforme as necessidades das missões.

Está planeada a aquisição de 105 ou 106 viaturas, o que deve chegar (à rasca) para as necessidades de missões de manutenção de paz na escala em que actualmente estamos envolvidos.
Título:
Enviado por: zecouves em Fevereiro 26, 2008, 04:03:39 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "nelson38899"
quando o conceito estratégico militar obriga a que o país tenha capacidade de suportar três teatros de operações em simultâneo no escalão batalhão.

Então não percebo porque é que quando apareceu a missão em Timor tivemos que retirar do Kosovo :lol:


Porque o CEM que o Lightning refere é posterior a 2000.
Título: Re:
Enviado por: dmbc em Fevereiro 26, 2008, 05:52:52 pm
Eu pessoalmente gosto muito deste:

http://www.defensetech.org/archives/003781.html

http://www.defense-update.com/features/november_07/mdm07_hed.htm

http://www.millenworks.com/html/light_tactical_vehicles.htm?&navItemIndex=2

http://en.wikipedia.org/wiki/Millenworks_Light_Utility_Vehicle

Inovador, com pormenores de engenharia simplesmente fantásticos, um veículo com gigantesco potencial de desenvolvimento.

Sem mais, com os mais cordiais cumprimentos,
dmbc
Título:
Enviado por: pchunter em Março 05, 2008, 03:22:50 pm
Cumprimentos para os amantes das tecnologias militares!

A propósito desta noticia não seria boa ideia construir nos mesmos este veiculo?
Tecnologicamente não e do mais complicado e para a industria seria um bom começo para futuras aventuras neste domínio. Fica a ideia chega de compras vamos construir.
Título:
Enviado por: anti-sistema em Março 05, 2008, 05:07:22 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Tens mais dados sobre este veiculo? Parece-me um projecto muito interessante.


particularmente pelo facto de que por onde quer que venha um tiro acerta garantidamente num elemento da tripulação
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 05, 2008, 05:54:40 pm
Começas mal...é que começas mesmo mal. Acabas-te de chegar ao fórum e já queres mandar bocas sem ao menos saberes a razão pelo qual eu acho este veiculo interessante.
Título:
Enviado por: tyr em Março 05, 2008, 06:00:23 pm
Este veiculo no modelo basico não precisa de ter blindagem, mas vem preparado para resistir a uma mina anticarro (para alem disso a blindagem pode se sempre acrescentar, agora um casco em V é que não). Na Bosnia, as forças da IFOR não se sentiam muito ameaçadas pelos Bósnios (quer muçulmanos quer sérvios), o perigo eram as minas, e a blindagem mete se à medida das necessidades.
(não li as especificações da viatura, por isso estou a dar a minha opinião baseado no casco da viatura (forma em V), e em um comentario que não me parece fazer sentido)
Título:
Enviado por: Lancero em Março 05, 2008, 06:46:34 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Começas mal...é que começas mesmo mal. Acabas-te de chegar ao fórum e já queres mandar bocas sem ao menos saberes a razão pelo qual eu acho este veiculo interessante.


Ignora. O sr. anti-sistema é obviamente um iluminado que sabe mais que todos nós juntos  :roll:
Título:
Enviado por: nelson38899 em Março 08, 2008, 10:06:15 pm
(http://s.wsj.net/public/resources/images/NA-AP007_NORTHR_20080107192807.jpg)

Citar
Northrop Grumman and Oshkosh have finished the second prototype of a vehicle they will enter in the Joint Light Tactical Vehicle (JLTV) competition to build a next-generation Humvee for the U.S. Army and Marine Corps.
Northrop Grumman and Oshkosh JLTV. (Courtesy photo)

The so-called category B vehicle, kept quietly under a tent during the Association of the U.S. Army's annual winter convention in Fort Lauderdale, Fla., was viewed by the Army's vice chief of staff, Gen. Richard Cody, as well as Maj. Gen. Mike Lanears and Gen. Benjamin Griffin, according to Northrop and Oshkosh officials.
Related Topics

    The vehicle featured a bolt-on armor kit, a new type of drive-train suspension, an Allison transmission and a CAT-C7 engine, said Ken Juergens, Oshkosh's JLTV program director. The program aims to introduce the JLTV into service in 2012, but the Army is hoping to move that date up, said Lanears, who runs the service's Tank and Automotive Command (TACOM), which will hold the JLTV competition.

Northrop and Oshkosh officials declined to say much about the prototype, citing the competition for which they are now drafting their proposal to submit to TACOM. They did say they had spent more than $15 million on their JLTVs. "We are working right now on three prototypes, one of each of the classes," said Joe Taylor, vice president of land systems for Northrop Grumman, who is a retired major general. "That will be our test-bed vehicles during TD [technical demonstration] and SDD [system design and development] phases."

Building three prototypes will allow the Northrop-Oshkosh team to make changes and adjustments to their vehicles or replace key parts such as sensors after they provide a prototype to the Army.

The Northrop-Oshkosh vehicle is built to accommodate a lightweight active protection system for thin-skinned vehicles.

"We have designed it to use any APS [active protection] system out there; part of the design is to be able to accept any of them," Taylor said.

Northrop and Oshkosh engineers say their vehicle can meet the JLTV's requirement for exportable power.

"We will use an innovative power technology that will lend itself to a vehicle that will be in the service for more than three decades," Taylor said.

The vehicle's electronic systems will be provided by Northrop, maker of the Blue Force Tracking units in thousands of Army vehicles, he said.

Oshkosh and Northrop are well-suited to build a 7-ton JLTV, Juergens said, in part because the program calls for a vehicle at least 3 to 4 tons heavier than the current Humvee, and Oshkosh has experience in building vehicles at heavier weights.

Oshkosh makes the Heavy Expanded Mobility Tactical Truck, a 19-ton logistics and equipment tactical truck; and the Marine Corps Medium Tactical Vehicle Replacement, a 13-ton medium-weight vehicle


source defence news www.defensenews.com (http://www.defensenews.com)

esta seria a minha proposta para portugal utilizar
Título:
Enviado por: unpredictable em Março 09, 2008, 11:57:34 am
Citação de: "anti-sistema"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Tens mais dados sobre este veiculo? Parece-me um projecto muito interessante.

particularmente pelo facto de que por onde quer que venha um tiro acerta garantidamente num elemento da tripulação



Mas, o caro Anti-sistema, sabe para que serve aqueles veiculos?E porque é que não têm protecção?Deixe me exclarecer, estes Supacat são para uso das forças especiais. As forças especiais precisam de veiculos rápidos, logo não terem qualquer protecção, com grande poder de fogo, tanto que vê se numa foto, um GPM, um Mk19 e uma M2 browning.Nunca se viu um veiculo destes a patrulhar uma rua no Iraque... Evite de comentar coisas que nada têm a haver, tente se informar melhor.
Título:
Enviado por: falb em Março 09, 2008, 10:35:08 pm
Esse é muito bom! :lol:

Avibrás Guará:
(http://www.avibras.com.br/P/sys/defesa/terrestre/guara/im01z.jpg)
Título:
Enviado por: Scarto em Março 09, 2008, 10:47:13 pm
Baseado no chassis do Unimog,capaz de levar blindagem adicional...Não me parece mal de todo segundo algumas caracteristicas.

Como é a nivel de protecção,contra minas?

P.S-Pagina com algumas caracteristicas

http://www.defesa.ufjf.br/arq/Art%2010.htm
Título:
Enviado por: piri-piri em Março 11, 2008, 09:18:41 pm
Citação de: "falb"
Esse é muito bom! :lol:

Avibrás Guará:
(http://www.avibras.com.br/P/sys/defesa/terrestre/guara/im01z.jpg)

é imponente de facto, mas demasiado alto para este tipo de missão, é um alvo fácil,
ainda mais por ser demasiado lento já que a relação potencia/peso é muito baixa (0,025 cv/kg)
creio que dependeria da missão claro, mas há muitas outras opções
Título:
Enviado por: ricardonunes em Março 11, 2008, 09:43:17 pm
Qual missão :?:

Já saiu o concurso e respectivo caderno de encargos :?:
Título:
Enviado por: piri-piri em Março 11, 2008, 09:49:06 pm
Citar
Mas, o caro Anti-sistema, sabe para que serve aqueles veiculos?E porque é que não têm protecção?Deixe me exclarecer, estes Supacat são para uso das forças especiais. As forças especiais precisam de veiculos rápidos, logo não terem qualquer protecção, com grande poder de fogo, tanto que vê se numa foto, um GPM, um Mk19 e uma M2 browning.Nunca se viu um veiculo destes a patrulhar uma rua no Iraque... Evite de comentar coisas que nada têm a haver, tente se informar melhor.


na realidade a maioria dos produtos SUPACATS são, de origem, destinados à engenharia militar e a serviço de retaguarda.
 algum "génio" na defesa britânica achou que aquela armadilha com rodas poderia ser uma boa viatura de patrulha no deserto, onde a irregularidade do terreno pode fazer com que o veículo se imobilize o tempo suficiente para que um "mujaedin" com uma SMLE elimine toda a tripulação.

é eficaz contra minas, excepto as do tipo anti-pessoal "bouncing betty" que saltam 1 metro no ar antes de detonarem.

é também um bom alvo para um snipper, rpg, lança-granadas, ak-47, lança-chamas, granadas químicas, pistolas, uma fisga, etc...

é rápido pelo que pelo menos pode levar os mortos e feridos com grande celeridade para o hospital e morgue.

é também capaz de levar muita carga, o que pode ser útil a um grupo de "mujaedins" que capture um. podem transportar muita gente naquelas coisas.
Título:
Enviado por: Scarto em Março 11, 2008, 09:55:16 pm
O "Supacat",pelo que li num fórum estrangeiro,foi especialmente concebido para forças especiais.

Logo as especificações parecem-me as indicadas.Pois uma força especial,precisa de um veiculo rapido para entrada e saida nas zonas de operação.Não precisa de um veiculo blindado,pois a sua missão passará certamente por um ataque rápido/reconhecimento e não manter e assegurar a area!

Quanto ao armamento,como em qualquer missão,se se virem apertados uma .50 e um lança granadas,de certeza que dão muito jeito quando se quer retirar.. ;)
Título:
Enviado por: tyr em Março 11, 2008, 10:08:57 pm
A tendencia actual é sistemas modulares (sempre que possivel)
qualquer viatura pode ser blindada (o nivel de blindagem dos hummers subiu de forma astronomica), e a viatura ser alta não é so inconvenientes pois aumenta o campo de visão, e se lhe meterem uma cabine blindada o sistema de armas fica mais elevado (e digo mais, quanto mais alta é a viatura, melhor a taxa de sobrevivencia contra um ataque de uma Mina ou IED).
 Se um chassi protege contra uma mina anticarro de sopro com cerca de 10kg de explosivo, de certeza protegera contra uma uma mina de salto e fragmentação (em português diz se  bailarina) ou mina de fragmentação direcional (a mais conhecida é a claymore americana, apesar de longe não ser a mais potente). Se me disseres que não resiste a uma mina anticarro de efeito Miznar Shirdin vertical ou uma mina anticarro off rout, ai ja teria que concordar (mas para dizer a verdade poucas coisas abaixo de Carros de Combat com reforço resistem).

Os americanos,  canadianos, ingueleses etc, estão a adequirir viaturas MRAP para substituir nos TO os Hummers e parte dos jeeps. O que importa é a missão  e ter o material mais adaptado a ela.

quando se critica um equipamento tem que se saber quais as variaves e qual a prioridade ao nivel de protecção do projecto.
(mais uma vez, estou me a basear nos meus conhecimentos militares, não li as especificações da viatura)
Título:
Enviado por: Scarto em Março 11, 2008, 10:28:05 pm
Caro Tyr,pode explicar isto:"mina anticarro de efeito Miznar Shirdin vertical ou uma mina anticarro off rout".

Desculpem o off-topic,mas fiquei curioso e não faço a minima do que seja..  :oops:

On Topic:

O Supacat,para já vai só equipar as SAS,tem uma velocidade maxima de 80kph.Restantes caracteristicas que encontro,são de Supacats civis(curiosamente a velocidade máxima é só de 64kph) em que nada de especial é adiantado.
Título:
Enviado por: Lancero em Março 11, 2008, 10:32:19 pm
Citação de: "Scarto"
O Supacat,para já vai só equipar as SAS,tem uma velocidade maxima de 80mph.Restantes caracteristicas que encontro,são de Supacats civis(curiosamente a velocidade máxima é só de 40mph) em que nada de especial é adiantado.


http://www.eliteukforces.info/special-a ... p/supacat/ (http://www.eliteukforces.info/special-air-service/mobility-troop/supacat/)
Título:
Enviado por: Scarto em Março 11, 2008, 10:36:53 pm
Muito obrigado caro Lancero!

P.S-Nunca é demais dizer..Parabens pelas excelentes fotos postadas todos os dias :)
Título:
Enviado por: tyr em Março 12, 2008, 12:24:02 am
off rout, são minas que são colocadas ao lado da estrada, funcionam de duas formas, ou são uma Granada Foguete anticarro adaptado ou usam o principio Miznar shardin numa plataforma horizontal (é um tipo de carga de esfeito dirigido), as de tipo vertical são aquelas que o carro passa por cima e normalmente são acionadas por vareta ou influencia magnética.
Título:
Enviado por: zacarias em Março 12, 2008, 04:27:44 pm
Citar
Se um chassi protege contra uma mina anticarro de sopro com cerca de 10kg de explosivo, de certeza protegera contra uma uma mina de salto e fragmentação (em português diz se  bailarina)
só se for no portugues do brasil, estamos a falar de que veículo? do supacat ou do guará?
o 1º não possui blindagem lateral, não suporta algo mais que uma mina anti-pessoal simples.
o 2º pode ser blindado mas fica ainda mais pesado e lento, está claramente submotorizado!

Citar
ou mina de fragmentação direcional (a mais conhecida é a claymore americana, apesar de longe não ser a mais potente).
são coisas muito diferentes, a claymore é uma mina direccional anti-pessoal desenvolvida por um escocês daí o nome, a bouncing-betty é uma mina de salto, inventada na alemanha durante a 2ª guerra mundial e posteriormente desenvolvida nos EUA a partir do desenho alemão.

Citar
Se me disseres que não resiste a uma mina anticarro de efeito Miznar Shirdin vertical ou uma mina anticarro off rout, ai ja teria que concordar (mas para dizer a verdade poucas coisas abaixo de Carros de Combat com reforço resistem).
o nome correcto é Misznay-Schardin e é usado nas claymore.
há muitos tipos de mina anti-tanque, de diferentes tamanhos e potencias.
a questão não étanto resistir a viatura mas protegeger os ocupantes.
mesmo um tanque não fica incolume a uma mina AC mas protege a tripulação, é o que conta.

Citar
quando se critica um equipamento tem que se saber quais as variaves e qual a prioridade ao nivel de protecção do projecto.
(mais uma vez, estou me a basear nos meus conhecimentos militares, não li as especificações da viatura)

eu lí
Título:
Enviado por: zacarias em Março 12, 2008, 04:42:57 pm
Citação de: "tyr"
off rout, são minas que são colocadas ao lado da estrada, funcionam de duas formas, ou são uma Granada Foguete anticarro adaptado ou usam o principio Miznar shardin numa plataforma horizontal (é um tipo de carga de esfeito dirigido), as de tipo vertical são aquelas que o carro passa por cima e normalmente são acionadas por vareta ou influencia magnética.


eh lá, grande confusão. carga dirigida não é o mesmo que o efeito Misznay-Schardin, quando muito podemos invocar aqui o efeito Munroe.

e minas off-route com granadas anti-carro são meras improvisações. as minas desse tipo usam 2 princípios o de munroe (carga focada ou dirigida) ou um projectil auto-formado pela esplosão, similar ao usado em algumas granadas e foguetes anti-carro
Título:
Enviado por: tyr em Março 12, 2008, 06:20:10 pm
o efeito Monroe é bastante diferente do miznar shardin, enquanto o primeiro se baseia na criação de um fuso que vai perfurar a blindagem por uma combinação de fuzo+efeito de sopro dirigido, mais altas tempraturas (e o seu interior é conico e revestido a cobre) e por isso a distancia da carga ao objectivo tem que ser reduzida (existe a distancia ideal, mas isso não vou dizer), o segundo efeito vai criar um projectil ou capacete que vai perfurar a blindagem somente com a sua energia cinetica(obviamente que se a carga estiver muito perto do objectivo as altas tempraturas e o efeito de sopro ajudam) e por isso este sistema tem muito maior alcance (para dizer a verdade atá uma distancia que varia dos 40 aos 200m perde pouca da sua capacidade de prefuração, mas precisa de mais explosivo para a mesma penetração que o outro efeito), ja me esquecia, de dizer o efeito miznar shardin baseia se num prato normalmente de aço concavo.

as off rout baseadas em foguetes, podem ser improvisadas, mas existem muitas de fabrica, tipo M24, M66, Argos, Dragon, Parm 1, etc...
Título:
Enviado por: tyr em Março 12, 2008, 06:34:09 pm
existem 3 tipos de granadas de fragmentação, que são:
 as de fragmentação direcional - (que o pessoal normalmente só conhece a claymore) que podem ter carga anti pessoal, mas existem versões antimaterial, e não se baseam no efeito miznar shardin mas sim na projecção de fragmentos disperso por um prato concavo (tanto para dentro tipo as Mon 100 ou para fora tipo a vulgar claymore);
 as de salto e fragmentação (que no exercito portugues são conhecidas por bailarinas), mas que o pessoal que só as conhece dos filmes chama de bouncing betty, estas são todas anti pessoal e têm um alcance muito inferior as de fragmentação direcional;
 e finalmente existem as estaticas de fragmentação.

e (levas ja uma instrução de sapadores de borla) existem 2 tipos genericos de minas anticarro, as K-Kill (destruição do veiculo e tripulação) e as M-Kill (destruição da mobilidade, verdade para os carros de combate, obviamente mentira para uma viatura ligeira).


 E o meu ponto contra as criticas da viatura é que não se pode criticar um conceito de viatura se não conhecemos a missão para o qual foi desenvolvida e as prioridades do design (o que é mais importante, capacidade de ser heli transportada (e por isso com limitações de peso), velocidade, resistencia a minas acar, transporte de pessoal, transporte de equipamento, longo raio de acção(por isso motor menos potente), etc...).
Título:
Enviado por: zacarias em Março 12, 2008, 07:24:37 pm
Citar
e não se baseam no efeito miznar shardin mas sim na projecção de fragmentos disperso por um prato concavo (tanto para dentro tipo as Mon 100 ou para fora tipo a vulgar claymore);

isso é a definição do efeito Misznay-Schardin


Citar
as de salto e fragmentação (que no exercito portugues são conhecidas por bailarinas), mas que o pessoal que só as conhece dos filmes chama de bouncing betty, estas são todas anti pessoal e têm um alcance muito inferior as de fragmentação direcional;
 e finalmente existem as estaticas de fragmentação.

não há minas de salto no exercito portugues, e o termo é brasileiro
genericamente avaliamos as minas pelo raio de letalidade,
a vantagem da claymore é a direccionalidade letal, podemos estar atrás dela a um palmo de distância, todo o ptencial letal é dirigido. aqui temos que falar em termos de raio e ângulo letais.
o raio letal de uma M-16 de salto são 35 metros mas é uma das mais fracas, a Prom-1 jugoslava tem um raio letal de 50 metros.
o raio letal de uma claymore são tb 50 metros, mas sendo a mina colocada no solo essa distancia só é efectiva em terreno regular(ex. urbano) e o ângulo letal é de 60º e não de 360º


Citar
e (levas ja uma instrução de sapadores de borla) existem 2 tipos genericos de minas anticarro, as K-Kill (destruição do veiculo e tripulação) e as M-Kill (destruição da mobilidade, verdade para os carros de combate, obviamente mentira para uma viatura ligeira).

M-kill e K-kill são definições dos estragos inflingidos por uma arma (qualquer uma, não só minas) num veículo.
existe ainda a definição F-Kill (firepower kill)).
não se podem classificar as minas deste modo já que o efeito depende do tipo de veículo e das circunstancias em que se dá a esplosão.




Citar
E o meu ponto contra as criticas da viatura é que não se pode criticar um conceito de viatura se não conhecemos a missão para o qual foi desenvolvida e as prioridades do design (o que é mais importante, capacidade de ser heli transportada (e por isso com limitações de peso), velocidade, resistencia a minas acar, transporte de pessoal, transporte de equipamento, longo raio de acção(por isso motor menos potente), etc...).


eu conheço o tipo de missão para a qual o guará foi concebido, além de que o modelo específico para missão está fora de moda. hoje em dia elegem-se a versatilidade e a adaptabilidade.
o guará é um conceito "económico", para determinado tipo de utilizadores com recursos limitados. a sua eficácia ressente-se disso
Título:
Enviado por: JLRC em Março 12, 2008, 07:33:12 pm
Citação de: "zacarias"
 não há minas de salto no exercito portugues, e o termo é brasileiro


Só se não as há agora. Eu coloquei muitas em Moçambique e o nome que lhes dávamos era de "Minas bailarinas".
Título:
Enviado por: zacarias em Março 12, 2008, 07:40:03 pm
Citar
o efeito Monroe é bastante diferente do miznar shardin, enquanto o primeiro se baseia na criação de um fuso que vai perfurar a blindagem por uma combinação de fuzo+efeito de sopro dirigido, mais altas tempraturas (e o seu interior é conico e revestido a cobre)
????

Citar
o segundo efeito vai criar um projectil ou capacete que vai perfurar a blindagem somente com a sua energia cinetica(obviamente que se a carga estiver muito perto do objectivo as altas tempraturas e o efeito de sopro ajudam)


deus do ceu, ambos os efeitos não se reportam a aplicações específicas em armas deste tipo massim a efeitos resultantes de explosões.
o termo sopro é pouco apropriado já que o efeito destrutivo de uma esplosão tem a ver com a chamada onda de choque(uma onda ultra-sónica) e não com o sopro.
no fundo o "som" da esplosão e não o efeito de "sopro" provoca os estragos. podemos dar uma forma a essa onda de choque, dando forma À própria carga esplosiva. este é o efeito munroe.

o efeito  MS, vamos chamar-lhe assim para evitar dificuldades tipográficas, tem a ver com a dinâmica da formação da onda de choque, se a esplosão se dá junto a uma superfície a onda de choque reflecte-se na superfície pelo que só há propagação da onda no sentido oposto ao da superfície, este é o efeito MS
Título:
Enviado por: zacarias em Março 12, 2008, 07:42:40 pm
Citação de: "JLRC"
Citação de: "zacarias"
 não há minas de salto no exercito portugues, e o termo é brasileiro

Só se não as há agora. Eu coloquei muitas em Moçambique e o nome que lhes dávamos era de "Minas bailarinas".


e há quantos anos foi isso?
Título:
Enviado por: tyr em Março 12, 2008, 08:19:31 pm
Zacarias,  a mina de salto e fragmentação no nosso exercito (antes de portugal implementar o tratado de otawa) era a M2A4 e no nosso exercito são conhecidas como bailarinas na actualidade.

e mais o principio MS tem finalidades diferentes do Monroe (que normalmente nas munições AC são conhecidas como HEAT), ja rebentei coisas destas (dos 2 tipos) e posso te garantir que são bem diferentes (não te posso diser mais que teria que te explicar o funcionamento da onda explosiva e isso para ai não vou num forum).

as minas de fragmentação direcional não se baseam no principio pois a propagação da onda não corresponde aos principios necessarios, nas minas direcionais a propagação da onda não é controlada para focalizar a energia, mas sim para a dipersar para um dos lados enquanto o lado concavo absorve a onda esplosiva (no caso das tipo clamore, nas do tipo mon não vou esplicar pois isso não é tema para forum), se percebes algo da propagação de uma explosão sabes que para o efeito dirigido se concratizar, a onda explosiva tem que chegar a todos os pontos criticos numa ordem predefenida e de forma coordenada, has de exprimentar iniciar uma Carga de efeito dirigido num sitio que não o orificio de escorvamento .

e o sopro é a compactação das particulas de ar em volta dos gases que se expandem de uma explosão.

as minas direcionais são mais destrutivas (no seu arco de fogo) que qualquer mina de salto e fragmentação (que dispersam a onda explosiva em todas as direcçoes e normalmente têm quer uma carga explosiva mais pequena quer menor numero total de fragmentos)

e as minas anticarro foram concebidas para destruir carros de combate (K kill) ou mobilidade dos mesmos (M kill), se outra coisa as acionar, não tem nada a ver com o que foram projectadas, e uma mina que foi projectada para destruir um rasto de um carro de combate (m kill), irá fazer voar um carro familiar cerca de 5 a 10 metros e em simultaneo "comer lhe" a roda que o acionou mais parte do chassi.

para dizeres que o efeito MS é o das minas tipo Claymore, só posso dedusir que nunca tiveste formação ou mexestes com coisas deste tipo, pois não tem nada a ver.
Título:
Enviado por: tyr em Março 12, 2008, 08:38:03 pm
no exercito chamamos MS a isto:

http://en.wikipedia.org/wiki/Explosively_formed_penetrator

e efeito monroe a isto:

http://en.wikipedia.org/wiki/Shaped_charge

apesar de na wikipedia dizer uma coisa a cerca da m18a1 (claymore), esta errado (desmonta uma e vê) na parte que diz que se baseia no efeito MS.
Título:
Enviado por: zecouves em Março 13, 2008, 09:04:28 am
MS: http://en.wikipedia.org/wiki/Misznay-Schardin_effect (http://en.wikipedia.org/wiki/Misznay-Schardin_effect)

Monroe: http://en.wikipedia.org/wiki/Monroe_effect (http://en.wikipedia.org/wiki/Monroe_effect)
Título:
Enviado por: tyr em Março 13, 2008, 01:32:11 pm
eu meti os que tinham as fotos  :P
Título:
Enviado por: unpredictable em Março 13, 2008, 04:54:30 pm
[na realidade a maioria dos produtos SUPACATS são, de origem, destinados à engenharia militar e a serviço de retaguarda.
 algum "génio" na defesa britânica achou que aquela armadilha com rodas poderia ser uma boa viatura de patrulha no deserto, onde a irregularidade do terreno pode fazer com que o veículo se imobilize o tempo suficiente para que um "mujaedin" com uma SMLE elimine toda a tripulação.

é eficaz contra minas, excepto as do tipo anti-pessoal "bouncing betty" que saltam 1 metro no ar antes de detonarem.

é também um bom alvo para um snipper, rpg, lança-granadas, ak-47, lança-chamas, granadas químicas, pistolas, uma fisga, etc...

é rápido pelo que pelo menos pode levar os mortos e feridos com grande celeridade para o hospital e morgue.

é também capaz de levar muita carga, o que pode ser útil a um grupo de "mujaedins" que capture um. podem transportar muita gente naquelas coisas.[/quote]


Caro piri-piri , venha aqui e veja que os SAS usavam antes do supacat...

http://en.wikipedia.org/wiki/Land_Rover_Wolf (http://en.wikipedia.org/wiki/Land_Rover_Wolf)

...e veja se são bem protegidos ou com estes veiculos também não á hipotese de levar com  Rpg, Ak47 etc....se os SAS escolheram o Supacat é porque se adapta ás suas operações.Termino o Oftopic.
Título:
Enviado por: zacarias em Março 14, 2008, 06:15:29 pm
Citar
Zacarias,  a mina de salto e fragmentação no nosso exercito (antes de portugal implementar o tratado de otawa) era a M2A4 e no nosso exercito são conhecidas como bailarinas na actualidade.

na realidade era a M/966 uma versão de fabrico portugues


Citar
e mais o principio MS tem finalidades diferentes do Monroe (que normalmente nas munições AC são conhecidas como HEAT), ja rebentei coisas destas (dos 2 tipos) e posso te garantir que são bem diferentes (não te posso diser mais que teria que te explicar o funcionamento da onda explosiva e isso para ai não vou num forum).

as HEAT são baseadas no efeito Neumann, uma utilização do efeito Munroe (e não Monroe). o princípio descreve como a onda de choque de uma carga interage com um material metalico colocado na zona focal da onda. a energia da onda projecta e deforma o material criando um jacto de metal num estado designado de superelasticidade, um pouco abaixo do ponto de fusão e a uma velocidade hipersónica. esse jacto de metal é capaz de perfurar a armadura de um blindado ou tanque.


Citar
as minas de fragmentação direcional não se baseam no principio pois a propagação da onda não corresponde aos principios necessarios, nas minas direcionais a propagação da onda não é controlada para focalizar a energia, mas sim para a dipersar para um dos lados enquanto o lado concavo absorve a onda esplosiva

não absorve, reflecte o que é muito diferente. esse, mais uma vez,  é o efeito MS. não tem a ver com a propagação da onda mas com a sua dinâmica

Citar
(no caso das tipo clamore, nas do tipo mon não vou esplicar pois isso não é tema para forum), se percebes algo da propagação de uma explosão sabes que para o efeito dirigido se concratizar, a onda explosiva tem que chegar a todos os pontos criticos numa ordem predefenida e de forma coordenada, has de exprimentar iniciar uma Carga de efeito dirigido num sitio que não o orificio de escorvamento
.

agora voltámos ao efeito Munroe, parece que há muita confusão entre os dois.
a detonação normalmente inicia-se no eixo focal, no lado oposto ao do cone.

Citar
e o sopro é a compactação das particulas de ar em volta dos gases que se expandem de uma explosão.
o sopro é a acelaração dos gases e ar circundante, resultante da pressão gerada pela esplosão. certos esplosivos, apesar de gerarem uma onda de choque fortíssima apresentam um pequeno efeito de sopro

Citar
as minas direcionais são mais destrutivas (no seu arco de fogo) que qualquer mina de salto e fragmentação (que dispersam a onda explosiva em todas as direcçoes e normalmente têm quer uma carga explosiva mais pequena quer menor numero total de fragmentos)

em teoria até poderia ser assim, contudo na prática não é, por dois motivos. as direccionais são concebidas de forma a não colocarem em risco os seus utilzadores, daí que a carga esplosiva seja limitada. por outro lado a carga esplosiva tem que ser fina de forma a não enviar fragmentos fora do ângulo desejável (60º).
estas limitações não se colocam no caso das minas de salto.


Citar
e as minas anticarro foram concebidas para destruir carros de combate (K kill) ou mobilidade dos mesmos (M kill), se outra coisa as acionar, não tem nada a ver com o que foram projectadas, e uma mina que foi projectada para destruir um rasto de um carro de combate (m kill), irá fazer voar um carro familiar cerca de 5 a 10 metros e em simultaneo "comer lhe" a roda que o acionou mais parte do chassi.
depende mais do tipo de carro de combate e das circunstancias do que da mina em sí. nenhuma mina garante a destruição (k-kill) de um tanque de batalha
na realidade AC as minas dividem-se em 2 tipos:
-HE altamente esplosiva
-de carga focada com ou sem projéctil


Citar
para dizeres que o efeito MS é o das minas tipo Claymore, só posso dedusir que nunca tiveste formação ou mexestes com coisas deste tipo, pois não tem nada a ver.


nesse caso tens tú razão e eu e o inventor estamos errados:
http://www.google.com/patents?id=qGZNAA ... 49#PPP6,M1 (http://www.google.com/patents?id=qGZNAAAAEBAJ&printsec=abstract&zoom=4&dq=2,972,949#PPP6,M1)
Título:
Enviado por: zacarias em Março 14, 2008, 06:20:12 pm
Citação de: "tyr"
no exercito chamamos MS a isto:

http://en.wikipedia.org/wiki/Explosively_formed_penetrator

e efeito monroe a isto:

http://en.wikipedia.org/wiki/Shaped_charge

apesar de na wikipedia dizer uma coisa a cerca da m18a1 (claymore), esta errado (desmonta uma e vê) na parte que diz que se baseia no efeito MS.


são em ambos os casos variantes do efeito Munroe (e não Monroe)
no primeiro trata-se do chamado efeito Hofmann.

o efeito MS é a reflexão da onda de choque numa superfície adjacente à carga, e é utilizado nas minas claymore.
Título:
Enviado por: tyr em Março 14, 2008, 07:33:38 pm
Estou a ver que o pessoal que da instrução desta area no exército, não percebemn um boi de explosivos ou de minas  :roll:

 M966 (mina estatica de fragmentação), tambem conhecida como o calhau, composta por um petardo de 200g de TNT, envolto em verginha de aço e cera, e escorvado com um disparador (normalmente o m7a1) (muitas M2A4 têm M/966 escrito no corpo, mas não deixam de ser m2a4).
 M2A4, tambem conhecida por bailarina, composta por corpo da mina, espoleta m6a1 e uma granada de morteiro de 60mm sem aletas e com espolta substituida por misto de atraso.

(lá estas tu a implicar com a minha escrita, ok nomes estranjeiros, tenho a tendencia para os escrever com erros, se até o portugues escrevo mal) mas se me estas a corrigir na escrita não digas tanque para te referires a um carro de combate, o pessoal de cavalaria pode se sentir ofendido.

Minas frag direcional:  Mina M18A1 claymore  perto de 700gr de explosivo
                                 mina MRUD 900gr explosivo
                                 mina MON-200 12Kg de explosivo
                                 mina tipo TV normalmente 7 a 8 kg de explosivo

Minas salto e fragmentação:  M2A4                154gr de explosivo
                                           OZM3                 75gr de explosivo
                                           PP-Mi-Sr           325gr de explosivo
                                           Valmara 69       400gr de explosivo

( no seu arco de fogo as minas frag dir são imensamente mais destrutivas que as de salto, sobretudo quando montadas para disparar de cima para baixo num angulo de 30º)

e o efeito de sopro de uma claymore da lhe um raio de perigo de 16 metros em todas as direcções, fragmentos primarios angulo de 60º (o arco de fogo), fragmentos secundarios 180º.

relativamente as minas anticarro tens que vir dar instrução ao pessoal que da instrução pois eles não percebem um boi disto (no exercito elas são distinguidas pelo objectivo, minas acar de sopro(m-kill) minas acar de efeito derigido vertical (k kill) e off-rout(k kill), o F-kill não se usa na guerra de minas).

a patente não contradiz nada do que eu estou a dizer muito pelo contrario (e dificilmente o faria) apesar de ter os efeitos estilizados um pouco diferente do que nós visualizamos em testes, (nunca pensei que alguem tivese patenteado a actualização da fogaça), e mais digo a claymore ja está um pouco diferente.

o unico sitio onde alguma vez vi dizerem que a m18a1 dependia do efeito MS foi na wikipedia e em todos os sites que lhe fizeram copy paste, (actualmente esta a baixar mas ainda se encontram muitas burridades e desinformação na Wikipedia, e mais digo no que fala do efeito MS só a janes tem alguma credibilidade confirmada (mas ja imprimiram algumas asneiras tambem))

ok vamos lá a ver, efeito MS é usado nas munições anticarro com standoff  variavel (exemplos de :minas BLU91B, TMRP6, HPD3, etc... ).

se queres meter links, mete links com alguma credibilidade, como por exemplo:
http://www.fas.org/sgp/othergov/doe/lanl/lib-www/la-pubs/00321883.pdf
Título:
Enviado por: tyr em Março 14, 2008, 07:37:23 pm
e tens que me esplicar onde a onda explosiva vai reflectir na claymore, só te estiveres a referir à reflexão nas esferas de aço, pois tudo o resto é plastico. (pela tua logica, uma granada de mão defensiva baseia se no efeito MS pois adjacentes a carga estão fragmentos que vão ser dispersos ) :roll:
Título:
Enviado por: papatango em Março 14, 2008, 11:12:36 pm
Só uma pequenas notas:

Citação de: "zacarias"
e minas off-route com granadas anti-carro são meras improvisações. as minas desse tipo usam 2 princípios o de munroe (carga focada ou dirigida) ou um projectil auto-formado pela esplosão, similar ao usado em algumas granadas e foguetes anti-carro
Se bem entendo, você refere-se por um lado ao efeito de Monroe/Munroe que é o utilizado nas munições HEAT (Alto Explosivo Anti Carro) e no segundo caso às munições do tipo HESH (Alto Explosivo de Ogiva Deformável), aquele que aquando da explosão, não efectua qualquer perfuração na blindagem, mas produz uma onda que faz soltar fragmentos da própria blindagem, com o objectivo de matar a tripulação com eles.



Citação de: "tyr"
no exercito chamamos MS a isto:
http://en.wikipedia.org/wiki/Explosivel ... penetrator (http://en.wikipedia.org/wiki/Explosively_formed_penetrator)

e efeito monroe a isto:
http://en.wikipedia.org/wiki/Shaped_charge (http://en.wikipedia.org/wiki/Shaped_charge)

apesar de na wikipedia dizer uma coisa a cerca da m18a1 (claymore), esta errado (desmonta uma e vê) na parte que diz que se baseia no efeito MS.


Como já foi dito anteriormente, os dois casos são idênticos e baseiam-se no mesmo principio

Os EFP's utilizam o efeito de Monroe (também chamado de Munroe, é verdade).
Estes projecteis são chamados de projecteis de carga oca e baseiam-se sempre no mesmo efeito.
É o mesmo tipo de efeito que das munições do tipo HEAT, que se pode também designar como munição de energia quimica.

Aliás, os dispositivos de carga oca, têm muito pouca ou nenhuma utilidade na função anti-pessoal.
Título:
Enviado por: tyr em Março 15, 2008, 12:35:14 am
tanto o efeito Misznay-shardin, como o Monroe-Newman são cargas de efeito dirigido (e por acaso existem cargas deste tipo anti pessoal, com por exemplo as minas M25 e Gorazde), a grande diferença é que o Misznay-Shardin, acelera uma placa metalica e torna a num projectil com capacidade de prefuração de blindagem (menor capacidade de profuração que o efeito monroe-newman, mas muito maior alcance) enquanto o efeito Monroe-newman não precisa de nenhum revestimento metalico para conseguir o seu efeito (mas se tiver um revestimento em cobre(o que tem melhor desempenho), este aproveita a boleia dos gases e transforma se num fuzo que duplica ou triplica a capacidade de prefuração), mas só funciona dentro de uma distancia ideal (por isso é que as cargas HEAT têm aquela sonda na ponta e as cargas de efeito dirigido costumam ter umas pernas ou metade do corpo oco).

o HESH (ou HEP), não tem nada a ver, pois baseia se na deformação da ogiva contra a blindagem e transmitir as ondas de choque atraves da mesm para o interior da blindagem se estilhaçar e produzir fragmentos (isto hoje em dia só funciona contra blindados com velhos, pois os modernos têm blindagem em camadas e/ou reactiva).

visualisação do efeito Misznay-shardin (diferente do efeito Monroe, não existe criação de "vortice"):
(http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/a/a5/Explosively_formed_penetrator.gif)

efeito monroe (com revestimento em cobre), é só ir a este link e ver a animação:

http://pegasus.me.jhu.edu/~molinari/Projects/Shape/SLIDE-1.html#_figure

as minas Off-rout podem ser (como ja disse) de 2 tipos, as baseadas numa Granada foguete com ogiva HEAT (efeito Monroe-Newman) e as baseadas nos EFP (efeito Misznay-Shardin).
Título:
Enviado por: papatango em Março 15, 2008, 04:22:05 pm
Eu compreendo a questão que coloca.

Esta parece-me aliás ser uma questão sobre a qual não há consenso e parece depender da interpretação que se dá à questão.

O efeito de Munroe, foi descoberto em 1888, depois de experiências que estavam a ser feitas com explosivos.

O efeito foi conhecido mas não foi aplicado senão a partir do momento em que os alemães notaram que embora mecanicamente superiores, os seus tanques não eram capazes de perfurar a blindagem dos carros franceses e britânicos em França em 1940.

Quando os alemães invadiram a Russia e se depararam com novos veículos, o desenvolvimento das munições de carga oca foi apressado, porque embora mais leves, os tanques russos tinham laterais inclinadas que acabavam por equivaler a mais blindagem.

Os alemães são portanto os primeiros a fazer uso operacional do efeito de Munroe.

O efeito Misznay-Schardin, parece ser uma tentativa de adaptar aquilo que já era conhecido como efeito de Munroe, durante a II guerra mundial, com o objectivo de utilizar o mesmo efeito que perfurava a blindagem dos tanques, para outras utilizações, alterando o perfil do dispositivo.

É isto que me leva a concluir que são dispositivos originariamente idênticos. Sendo que um é uma derivação do outro, desenvolvida quase sessenta anos depois.

Por curiosidada: Há explosivos improvisados de vários tipos. Durante a última guerra no Líbano, o Hezbollah «rebentou» tanques Merkava, apenas com explosivos convencionais, que pura e simplesmente fizeram voar o tanque.
Título:
Enviado por: tyr em Março 15, 2008, 04:50:16 pm
para destruir um carro de combate (60tons), bastam 30kg de alto explosivo, desde que enterrados e que o carro de combate lhe passe por cima, a pressão criada pelos gases da explosão irão forçar o carro a literalmente levantar voo, a acelaração mata a tripulação, e o movimento do veiculo normalmente faz com que os trilhos desapareçam e a torre seja projectada para longe.

E sim a finalidade de ambos os efeitos (Misznay-shardin e monroe-newman) é igual, agora como o cumprem e com que capacidade é que não.
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Março 15, 2008, 08:41:50 pm
Por alto esplosivo, entendo ser HMX. Certo?

Um Abraço.
Título:
Enviado por: tyr em Março 15, 2008, 10:53:59 pm
por alto explosivo quero dizer explosivos com velocidade de reacção superior a 3500 m/s (o HMX tem uma velocidade entre 7000 e 9000 m/s (dependendo de varios factores, que não vou aqui aprofundar)) .
pode ser HMX, TNT, RDX, C4, PE4A, etc...
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Março 15, 2008, 11:30:42 pm
E o CL-20?

Esse sim, simplesmente aterrador.


Um Abraço,
Título:
Enviado por: tyr em Março 16, 2008, 12:02:19 am
sim o HNIW (CL-20 não é nome que se dê a um explosivo nobre :P ) é estremamente potente, (na verdade esta na categoria dos ultrarompedores).
No papel apresenta boas condições para explosivo militar (quando aranjarem forma do estabilizar) (mas só testando é que se separa a propaganda da realidade) apesar de ser extremamente caro de produzir.
Título:
Enviado por: zacarias em Março 17, 2008, 03:36:19 pm
Citar
Estou a ver que o pessoal que da instrução desta area no exército, não percebemn um boi de explosivos ou de minas  :roll:

os professores não tem culpa pela ignorancia do aluno


Citar
M966 (mina estatica de fragmentação), tambem conhecida como o calhau, composta por um petardo de 200g de TNT, envolto em verginha de aço e cera, e escorvado com um disparador (normalmente o m7a1) (muitas M2A4 têm M/966 escrito no corpo, mas não deixam de ser m2a4).
 M2A4, tambem conhecida por bailarina, composta por corpo da mina, espoleta m6a1 e uma granada de morteiro de 60mm sem aletas e com espolta substituida por misto de atraso.

as minas M/966 são versões belgas e portuguesas da M2 americana, por sua vez baseada na francesa Mle 1939, baseada por sua vez na alemã S, a "bouncing betty" original.
deve estar a confundir com a M-969, aliás pela terminologia que usa, um tanto abrasileirada, suponho que nunca deva ter estado no exército português. o que explica a confusão.
isto de ler na wikipédia não é fácil!  e preciso ter algumas bases!



Citar
(lá estas tu a implicar com a minha escrita, ok nomes estranjeiros, tenho a tendencia para os escrever com erros, se até o portugues escrevo mal) mas se me estas a corrigir na escrita não digas tanque para te referires a um carro de combate, o pessoal de cavalaria pode se sentir ofendido.

nao e ofensa nenhuma, alias o termo carro de combate tb precisa de revisao, como muitos outros na terminologia militar portuguesa.


Citar
Minas frag direcional:  Mina M18A1 claymore  perto de 700gr de explosivo
                                 mina MRUD 900gr explosivo
                                 mina MON-200 12Kg de explosivo
                                 mina tipo TV normalmente 7 a 8 kg de explosivo

Minas salto e fragmentação:  M2A4                154gr de explosivo
                                           OZM3                 75gr de explosivo
                                           PP-Mi-Sr           325gr de explosivo
                                           Valmara 69       400gr de explosivo

( no seu arco de fogo as minas frag dir são imensamente mais destrutivas que as de salto, sobretudo quando montadas para disparar de cima para baixo num angulo de 30º)

no seu arco de fogo! essa e a frase chave!


Citar
e o efeito de sopro de uma claymore da lhe um raio de perigo de 16 metros em todas as direcções, fragmentos primarios angulo de 60º (o arco de fogo), fragmentos secundarios 180º.

nao confundir perigo com regulamentos de seguranca.
no vietname detonaram claymore a menos de 5 metros


Citar
relativamente as minas anticarro tens que vir dar instrução ao pessoal que da instrução pois eles não percebem um boi disto (no exercito elas são distinguidas pelo objectivo, minas acar de sopro(m-kill) minas acar de efeito derigido vertical (k kill) e off-rout(k kill), o F-kill não se usa na guerra de minas).
??????? que grande confusao,
muitas das minas de efeito dirigido sao destinadas especificamente a imobilizar blindados de lagartas como a italiana B2 ou as Riegel alemas.
dizer que uma mina off-rout produz um k-kill parece no minimo um excesso de optimismo


Citar
a patente não contradiz nada do que eu estou a dizer muito pelo contrario (e dificilmente o faria) apesar de ter os efeitos estilizados um pouco diferente do que nós visualizamos em testes, (nunca pensei que alguem tivese patenteado a actualização da fogaça), e mais digo a claymore ja está um pouco diferente.

por acaso devem ver muita coisa em testes, toda a parte dinamica processa-se em milionesimos de segundo.
continuaa confundir efeito MS com esse seu "sopro".
e a claymore actual continua a ser a M18A1


Citar
o unico sitio onde alguma vez vi dizerem que a m18a1 dependia do efeito MS foi na wikipedia e em todos os sites que lhe fizeram copy paste, (actualmente esta a baixar mas ainda se encontram muitas burridades e desinformação na Wikipedia, e mais digo no que fala do efeito MS só a janes tem alguma credibilidade confirmada (mas ja imprimiram algumas asneiras tambem))

e que credibilidade tem para dizer quem tem ou nao credibilidade?
por acaso tem alguma competencia cientifica reconhecida?
qualquer pessoa que saiba e compreenda o que e o efeito MS sabe relaciona-lo com a mina claymore, dado ser por demais obvio.



Citar
ok vamos lá a ver, efeito MS é usado nas munições anticarro com standoff  variavel (exemplos de :minas BLU91B, TMRP6, HPD3, etc... ).

se queres meter links, mete links com alguma credibilidade, como por exemplo:
http://www.fas.org/sgp/othergov/doe/lanl/lib-www/la-pubs/00321883.pdf

quando nao se tem bases cientificas nao se compreende este tipo de textos. um efeito fisico pode ter diversas utilizacoes. o efeito MS pode ser utilizado para criar um SFF ou para disparar uma serie de projecteis.
interessanao confundir o efeito com a utilizacao ou objectivo, mesmo porque se pode atingir o mesmo objectivo de diferentes maneiras. as granadas HEAT sao exemplo disso, ja que usam o efeito Munroe para criarem um projectil de metal.
Título:
Enviado por: zacarias em Março 17, 2008, 03:47:53 pm
Citação de: "tyr"
e tens que me esplicar onde a onda explosiva vai reflectir na claymore, só te estiveres a referir à reflexão nas esferas de aço, pois tudo o resto é plastico. (pela tua logica, uma granada de mão defensiva baseia se no efeito MS pois adjacentes a carga estão fragmentos que vão ser dispersos ) :roll:

chama-se par acção-reacção, quando a onda se reflecte na superfície comunica-lhe parte da sua energia, traduzida em velocidade (energia cinética).
Título:
Enviado por: zacarias em Março 17, 2008, 03:57:15 pm
Citação de: "Nuno Calhau"
E o CL-20?

Esse sim, simplesmente aterrador.


Um Abraço,


não são explosivos práticos já que são extremamente sensíveis.
Título:
Enviado por: zacarias em Março 17, 2008, 04:03:04 pm
Citação de: "tyr"
sim o HNIW (CL-20 não é nome que se dê a um explosivo nobre :P ) é estremamente potente, (na verdade esta na categoria dos ultrarompedores).
No papel apresenta boas condições para explosivo militar (quando aranjarem forma do estabilizar) (mas só testando é que se separa a propaganda da realidade) apesar de ser extremamente caro de produzir.

ultrarompedor??? que é isso?? espanhol?
Título:
Enviado por: tyr em Março 17, 2008, 05:28:07 pm
Zacarias, quando vieres para o exercito portugues, talvez me apanhes como instrutor na area de sapadores.

Usas termos diferentes do nósso exercito, e eu não pesquiso na internet para aprender nada (muito pouco fiavel o que lá vem escrito), leio livros, stanags, manuais e sou instruido por camaradas, para alem de testarmos o material.

M969, mina anti pessoal de sopro (existe uma evolução desta que é a MAPS, de origem portuguesa).

M966, mina estatica de fragmentação, vai a EPE e pergunta ao pesssoal do GASAP (actualmente CSPCV) e o mesmo relativamente ao M2A4.

E estou a ver que não fazes a minima ideia do que é uma mina Off Route, as minas que referistes são minas de sopro, do genero barmine (M-Kill).

não vou entrar em nomenclaturas militares, pois estou a ver que trocas tudo.
Título:
Enviado por: raphael em Março 17, 2008, 09:23:29 pm
E quem fala assim não é gago! (e sabe do que fala por experiência na área) :D
Título:
Enviado por: Lince em Março 18, 2008, 08:20:46 am
Tornemos então ao tópico :wink:
Título:
Enviado por: tyr em Março 18, 2008, 01:27:43 pm
Apoiado
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Março 18, 2008, 08:39:41 pm
CSPCV? :(

O grito ainda é o mesmo? :P

Soldado de engenharia
barrote ao alto
ala ala
arriba arriba

Um Abraço
Título:
Enviado por: tyr em Março 18, 2008, 08:59:09 pm
agora com a restruturação trocaram a nomenclatura, mas ninguem a usa, continua-se a dizer GASAP.
Título:
Enviado por: zocuni em Março 30, 2008, 03:01:48 pm
Citação de: "sturzas"
... e o modelo alemão SERVAL:

(http://img223.imageshack.us/img223/8545/servalfavad4.th.jpg) (http://http)

Excelentes para Reacção Rápida.


Tudo bem,

Gostei deste modelo para BRR,alguém teria suas características,seria aerotransportado?

Abraços,
Título:
Enviado por: Lightning em Março 31, 2008, 07:24:26 pm
Citação de: "zocuni"
Citação de: "sturzas"
... e o modelo alemão SERVAL:

(http://img223.imageshack.us/img223/8545/servalfavad4.th.jpg) (http://http)

Excelentes para Reacção Rápida.

Tudo bem,

Gostei deste modelo para BRR,alguém teria suas características,seria aerotransportado?

Abraços,


http://en.wikipedia.org/wiki/AGF_%28Lig ... vehicle%29 (http://en.wikipedia.org/wiki/AGF_%28Light_infantry_vehicle%29)
Título:
Enviado por: zocuni em Março 31, 2008, 07:54:50 pm
Muito obrigado,

Abraços,
Título:
Enviado por: Luso em Março 31, 2008, 10:20:49 pm
Atenção ao tipo de "blindado"...

Vejam a extensa polémica aqui:
http://defenceoftherealm.blogspot.com/ (http://defenceoftherealm.blogspot.com/)
Título:
Enviado por: zocuni em Março 31, 2008, 11:36:36 pm
Citação de: "Luso"
Atenção ao tipo de "blindado"...

Vejam a extensa polémica aqui:
http://defenceoftherealm.blogspot.com/ (http://defenceoftherealm.blogspot.com/)


Chamaria de fatos reais e concretos,assim como será sempre um exército tradicional combater com um não-convencional.Fica sempre dificil mensurar o veículo próprio para cada cenário.
Mas gostei muito dos artigos,muito elucidativos e abordando situações diferentes e reais.

Abraços,
Título:
Enviado por: Lancero em Abril 08, 2008, 06:24:30 pm
Já que foi aqui discutido,

A versão que chegou ao Afeganistão tem umas placas de blindagem adicionais. E a designação oficial passou a ser "Jackal"

(http://www.mod.uk/NR/rdonlyres/3EE6713B-2AAF-437F-ACAB-A8E21D1B95B8/0/jackal02.jpg)

Fonte (http://http)
Título:
Enviado por: ruben lopes em Junho 01, 2008, 11:27:53 pm
Sabem alguma informação este concurso. Vai mesmo acontecer? Quando?
Se houver, eu acho que o exército devia escolher 101 Iveco MLV.
É uma escolha barata :D
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Junho 02, 2008, 08:35:25 am
Os últimos dados, recebi-os há cerca de um mês de uma fonte militar ligada ao processo, referiam que o concurso estava parado.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: AMRAAM em Junho 02, 2008, 11:22:04 am
Citar
Se houver, eu acho que o exército devia escolher 101 Iveco MLV.
É uma escolha barata Very Happy

Hombre barato,barato..tampoco es..ya que si no me falla la memoria cada unidad ronda entre los 300.000 ó 400-000 euros,lo que multiplicado por unas 100 unidades como tu dices ,nos sale un monto total de 30-40 mill.euros. :roll:
Título:
Enviado por: Daniel em Junho 02, 2008, 03:22:29 pm
AMRAAM
Citar
multiplicado por unas 100 unidades como tu dices ,nos sale un monto total de 30-40 mill.euros.


Acho, que nem era preciso tantas viaturas dessas, para ai umas 70 unidades, já ficariamos bem servidos, e pelo que vi a Iveco MLV parece de facto ser uma boa opção. c34x
Título:
Enviado por: AMRAAM em Junho 02, 2008, 04:05:32 pm
Citação de: "Daniel"
AMRAAM
Citar
multiplicado por unas 100 unidades como tu dices ,nos sale un monto total de 30-40 mill.euros.

Acho, que nem era preciso tantas viaturas dessas, para ai umas 70 unidades, já ficariamos bem servidos, e pelo que vi a Iveco MLV parece de facto ser uma boa opção. c34x

Si,lo cierto es que es un muy buen vehiculo,el cual ademas cuenta con un buen blindaje,simpre necesario en cualquier ecenario tipo Afghanistan,libano y demas..De hecho tal es asi,que hace tiempo vi en otro foro,una imagen de uno de estos vehiculos ,destrozado por una mina,y resistio bastante bien a la misma,ya que aunque se quedo sin un  eje completo,si no me falla la memoria,salvo  la vida de sus ocupantes.
SALUDOS!!
Título:
Enviado por: ruben lopes em Junho 02, 2008, 07:24:56 pm
Daniel, se o concurso diz que vamos adquirir 101 veículos, vamos adquirir esse número. Mas acho deviam ser um pouco mais.
Título:
Enviado por: Daniel em Junho 02, 2008, 10:22:38 pm
ruben lopes
Citar
Daniel, se o concurso diz que vamos adquirir 101 veículos, vamos adquirir esse número. Mas acho deviam ser um pouco mais.


Calma caro lopes, eu só falei que para mmi e a meu etender, com 70 Iveco MLV já ficavamos bem servidos, se for mais melhor, outra coisa vamos ver se realmante vai ser assim. c34x
Título:
Enviado por: tyr em Junho 03, 2008, 10:47:48 am
Espero que não seja a IVECO LMV a ganhar esse concurso (não esta preparada para levar com uma Mina ou IED, basicamente tem as mesmas falhas operacionais (grosso modo) do Hummer).
honestamente preferia uma viatura do genero RG31, RG32 ou qualquer outra nessa linha.
Título:
Enviado por: AMRAAM em Junho 03, 2008, 11:19:28 am
Citação de: "tyr"
Espero que não seja a IVECO LMV a ganhar esse concurso (não esta preparada para levar com uma Mina ou IED, basicamente tem as mesmas falhas operacionais (grosso modo) do Hummer).
honestamente preferia uma viatura do genero RG31, RG32 ou qualquer outra nessa linha.
Falso compañero!!
Citar
The Multirole Light Vehicle (MLV) is a new family of light armored 4x4 vehicles available in soft-skinned or armored versions. It is based on the Iveco LMV vehicle, of which 2,500 are in production for the Italian Army. The UK version accommodates up to four fully equipped troops, while the Italian version can take five. A stretched version will be able to carry seven troops under armor. Belgium also selected the LMV for its Light Armored tactical Vehicle (LATV) 440 vehicle program.
The MLV has a gross weight of 6,500kg(STANAG level 3 protection)nd a payload in excess of 1,200 kg. It uses a 3,000cc Iveco 186 Bhp diesel engine and fully automatic 6 speed gearbox. Some of the vehicles are expected to be armed with the Enforcer remote controlled weapon systems. The FCLV's system of choice was based on RAFAEL's RCWS design and is armed with 5.56/7.62/12.7mm Machine Guns / 40mm Automatic Grenade Launcher, to be provided by AEI.
The MLV Protection system meets various levels, from STANAG level 1 to STANAG level 4, which was required by the Italian Army.he Italian MLVs use the latest version AMAP composite armor, protection while the British version uses lower level of protection.  The armoring system uses appliqué armor panels, placed between the inner and outer hull. This concept provides for protection upgrade capability, to meet changing  The armor protection of the MLV is concealed under the panels, as shown in this view of the MLV's driver's position.mission requirements, as well as introduction of new, lightweight materials as they become availableThe crew is also protected from mines of up to 6kg under the wheels.
http://www.defense-update.com/products/m/MLV.htm

Citar
The Italian Army took vehicles to both Afghanistan and Lebanon. In Afghanistan the Lince vehicles have proved decisive in saving passenger's lives in at least two attacks with IED.

http://en.wikipedia.org/wiki/Iveco_LMV

Aqui FOTOS de un IED sufrido por un Lince MLV en Afghanistan,al cual yo hacia alusion en unos de mis mensajes anteriores(No murio ningun soldado dentro de ese vehiculo):
imagem (http://http)
Título:
Enviado por: tyr em Junho 03, 2008, 11:30:23 am
pelo que sei as especificações do LMV só protegem contra esplosões laterais, explosões por debaixo do casco, é outra historia, pois não tem forma de evitar a acelaração dos corpos dos ocupantes (estou a falar do casco em V que deflete a energia cinetica das explosões sob o casco) e como a maior ameaça hoje em dia (estou a falar do afeganistão) são os IED e os RPG7 a viatura tem que resistir aos dois tipos (e os IED não ficam todos fora da estrada, muitos deles têm pratos de pressão ou são enterrados na estrada e acionados por debaixo das viaturas), sendo que os RPG7 ja existe tecnologia fiavel e comprovada para os contrapor (as famosas gaiolas sobre a blindagem).
Título:
Enviado por: tyr em Junho 03, 2008, 11:37:15 am
E não me fio muito no que vem escrito online, muita propaganda.
Título:
Enviado por: papatango em Junho 03, 2008, 12:12:08 pm
É um facto que a protecção blindada lateral e a protecção inferior não são a mesma coisa.
O veículo italiano tem o mesmo problema do Hummer. É demasiado baixo e os militares viajam demasiado próximo do chão.

A imagem acima, é aliás significativa.
Aquilo pode ter sido uma explosão de um dispositivo improvisado, mas não de grande potência. A tampa do motor parece ter saltado, o que não é anormal, mas não há praticamente deformação da roda, nem para fora nem para dentro.

O outro problema, é a afirmação dos itaianos de que aquilo permite atingir até STANAG-4 para projecteis balisticos, esquecendo a potência do veículo.

De qualquer maneira, o problema da mobilidade destes veículos é um facto, exactamente por causa dos explosivos improvisados.

Acima de tudo, há neste momento um problema e há quem esteja à espera para ver o que os americanos fazem.
Está em testes uma nova versão do MRAP, o MRAP-II que é suposto resistir a dispositivos do tipo EFP. (Explosive Formed Penetrator).
Já aqui falámos na questão do efeito de Munroe.

Quando mais baixo é o veículo, mais eficiente será o dispositivo EFP.

Mas na verdade, como já estamos fartos aqui de dizer, para os explosivos i dispositivos associados que existem hoje, há muito poucas protecções eficientes. E as que são eficientes são demasiado pesadas.
Título:
Enviado por: AMRAAM em Junho 03, 2008, 12:13:34 pm
Citar
pelo que sei as especificações do LMV só protegem contra esplosões laterais, explosões por debaixo do casco, é outra historia, pois não tem forma de evitar a acelaração dos corpos dos ocupantes (estou a falar do casco em V que deflete a energia cinetica das explosões sob o casco) e como a maior ameaça hoje em dia (estou a falar do afeganistão) são os IED e os RPG7 a viatura tem que resistir aos dois tipos (e os IED não ficam todos fora da estrada, muitos deles têm pratos de pressão ou são enterrados na estrada e acionados por debaixo das viaturas), sendo que os RPG7 ja existe tecnologia fiavel e comprovada para os contrapor (as famosas gaiolas sobre a blindagem).
Citar
E não me fio muito no que vem escrito online, muita propaganda.


Algunas medidas de proteccion en este vehiculo:

Accommodation is provided for up to five personnel and there is a spacious rear cargo compartment. LMV has been designed to afford maximum protection for its occupants and encompass the following features:

    * A citadel design was adopted whereby the wheels, suspension and engine are sacrificed for the sake of the crew. With wheel stations located at the vehicle corners, the point of mine detonation is as far away as possible from the crew cabin.
    * The hull floor under the crew cell has a shallow V-shape to allow the mine blast to vent away from the vehicle. Additionally, high ground clearance - up to 470mm - counters the effects a mine exploding under the belly of the vehicle.
    * The cabin floor is made up of a tri-layered, impact absorbing honeycomb sandwich that collapses on mine detonation. All heavy mechanical items which could become projectiles following a mine blast, are installed away from the crew cell.
    * All four passenger doors have been designed to withstand the shock waves created by an explosion and will remain firmly closed in such an event. A sturdy tubular steel roll cage maximises crew compartment protection, should the blast cause an inversion of the vehicle.
    * Much thought has been given to the need to distance potential hazards from the crew area. As an example, the fuel tank is installed at the rear of the vehicle with the filler cap as far away as possible from the cabin.
    * Provision has been made to stow kit and equipment at the rear of the vehicle and not under seats where in the event of an explosion they could become potentially hazardous projectiles.
    * Crew survivability is further enhanced by the installation of crashworthy suspension seats fitted with lateral headrests and five-point quick-release safety harnesses, and fastened to the roll cage - not the floor pan.

http://www.army-technology.com/contractors/vehicles/iveco/press1.html

Yo no se,como lo veras TYR,pero para no estar diseñado como MRAP,tiene muy buena proteccion en cuanto a minas,e IED's se refiere.

En cuanto a lo de que no te fias de lo que viene online,pues puede ser discutible o no,pero lo cierto y creible es que muchos paises OTAN se estan dotando de este vehiculo.De hecho ,aqui mismo,en España,hace unos meses se abrio un concurso para dotarnos de 2 tipos de mrap(por motivo de las bajas tenidas en libano y afghanistan,en vehiculos como BMR o VAMTAC.Este ultimo de caracteristicas similares al hummer) ,uno de 5 plazas maximo y otro de escuadra,de unas 10-12 plazas por cada vehiculo.Pues el ganador en la categoria de 5 plazas fue el susodicho LMV.Lo que quiero decir es que España estaba buscando un vehiculo que estuviese bastante protegido en ese segmento y se opto por esta opcion.Ahora,si la decision de un ministerio de defensa ,que pertenece a la OTAN no te parece creible..pues etonces quizas tengamos un problema. :roll: Ademas de España ,han comprado este vehiculo Belgica,Gran Bretaña,Italia(cuyo vehiculo ha salvado la vida a varios soldados en Afghanistan en varios ataques),Noruega(Que tambien los usa en Afghanistan),Croacia(tambien los tiene en Afghanistan)...etc.
SALUDOS!
Título:
Enviado por: papatango em Junho 03, 2008, 12:24:56 pm
Uma coisa é adquirir este tipo de veículo e outra é utiliza-lo no cenário operacional

Os britânicos compraram LMV, é verdade, mas se é para utilizarem operacionalmente nas zonas quentes para que é que os britânicos compraram isto ?

(http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/IM_ter/Cougar6x6_01.jpg)
VEÍCULO 6X6 COUGAR - EXÉRCITO BRITÂNICO (http://http)

Outra coisa:
O URO-VAMTAC tem (ou pode ter)melhor blindagem que o BMR
Título:
Enviado por: tyr em Junho 03, 2008, 12:51:33 pm
o problema desas compras em muitos paises é que quem é responsavel por isso (politicos e generais) esta mais interessado em promover a industria nacional (Italia), ir ao que oferece um custo mais baixo, ir na moda (o caso do 5.56 esta se a repetir (apesar de ja se ter constatado que o 5.56 não serve muitos governos continuam a implementar a mudança para este calibre, casos da Noruega e Portugal)) etc...
Eu que daqui a uns dias posso estar no Afeganistão, não trocaria uma viatura blindade enjaulada com casco em V por isto, sobretudo sabendo aquilo que sei.
Título:
Enviado por: AMRAAM em Junho 03, 2008, 01:08:55 pm
Citar
Uma coisa é adquirir este tipo de veículo e outra é utiliza-lo no cenário operacional

Os britânicos compraram LMV, é verdade, mas se é para utilizarem operacionalmente nas zonas quentes para que é que os britânicos compraram isto ?
A resposta é facil!!Se trata de 2 vehiculos de categorias distintas.Uno es un vehiculo de escuadra(LMV),y el otro es de peloton(cougar y otros);uno no es un mrap y los otros si;uno no esta preparado para resistir grandes IEDS y minas ,porque no ha sido creado para esa funcion,y el otro si;y asi podiamos seguir...La respuesta es que al ser vehiculos de categrias distintas ,desempeñan funciones distintas,asi de simple.De hecho como mencione,en el anterior mensaje,el programa para la compra de MRAP's en España,prevee la compra de 2 vehiculos distintos,uno el iveco,y el otro por decidir..ya que desempeñaran funciones distintas,pero al mismo tiempo complementarias.Por eso,en esto ultimo que te he dicho,pienso que esta la respuesta a la utilizacion de vehiculos cougar y lmv,por los britanicos.
Citar
Outra coisa:
O URO-VAMTAC tem (ou pode ter)melhor blindagem que o BMR

Hombre la version basica,del VAMTAC no tiene mejor blindaje que un BMR ni de broma.La version S-3 de este vehiculo si tiene mejores caracteristicas en cuanto blindaje y en otros aspectos si la comparamos respecto  a la version original,pero aun asi  me sigue pareciendo un poco atrevido compararlo con un BMR.Sobre todo,cuando encima,esta version S-3 no ha colmado todas las expectativas puestas en el,de hecho este es uno de los motivos por los cuales se ha comprado el MLV.
Bueno ,para quien le interese,aqui unos datos sobre los VAMTAC:
 http://urovesa.com/es/vamtac.php?tipo=2
Título:
Enviado por: papatango em Junho 03, 2008, 01:22:39 pm
-1-
Estamos a falar da blindagem dos veículos e não da forma como são utilizados.
O que sabemos da prática no AFeganistão, é que os militares estão-se cag&%$ para as tácticas dos políticos, e o que querem é um veículo que coloque tanta blindagem quanto possível entre eles e a ameaça.

Os norte-americanos têm MRAP's para as duas funções de que você fala, MRAP-CAT-1 e CAT-2.
O que estamos a ver com as compras que têm sido feitas, é que na prática é a CAT-2 que está a ser mais considerada e além do mais os veículos são comprados com a possibilidade de aplicação de blindagem modular pelo que podem passar de CAT-1 para CAT-2

Na Grã Bretanha eles compraram LMV's mas também compraram MRAP's  de vários tipos. Por alguma razão será.
Se calhar é porque têm soldados que estão em áreas de GUERRA e não em áreas menos complicadas onde o perigo é o das emboscadas ocasionais.

O problema português, é que as funções das tropas portuguesas não são as mesmas dos italianos ou dos espanhóis ou alemães.
Leia um pouco sobre a questão para entender a diferença.

Por isso, o que os espanhóis e os italianos compram não pode ser considerado como referência.
Devemos preocupar-nos com o que os países que de facto estão envolvidos em combates a sério têm ao serviço.

E esse tipo de veículos são os MRAP e derivados, como o australiano BUSHMASTER (http://http) (embora tenha sido recusado pelos americanos foi adquirido pelos holandeses)

-2-
Não estamos a falar da versão básica do URO-VAMTAC. Estamos a falar da versão que esteve ao serviço em Portugal, que pelo que sei não era a versão básica e (e aqui falo de cabeça) chegava à pretecção STANAG-II.
Título:
Enviado por: ruben lopes em Junho 03, 2008, 02:52:20 pm
tyr, se calhar nem vais ao afeganistão, a partir de outubro deste ano os comandos vão se embora e vão ser substituidos por 15 militares da força aérea (que vão dar formação a força aérea afegã) eum C-130.
provavelmente  já não voltaram comandos ou paraquedistas ao afeganisão.
Título:
Enviado por: papatango em Junho 03, 2008, 02:56:32 pm
razão pela qual a questão das viaturas 4x4 não parece ter prioridade...

O que, do meu ponto de vista é um erro, porque mais tarde ou mais cedo os problemas voltarão a ocorrer e mais uma vez vamos andar com as calças na mão.
Título:
Enviado por: AMRAAM em Junho 03, 2008, 03:09:09 pm
Citar
Por isso, o que os espanhóis e os italianos compram não pode ser considerado como referência.
Devemos preocupar-nos com o que os países que de facto estão envolvidos em combates a sério têm ao serviço.

E esse tipo de veículos são os MRAP e derivados, como o australiano BUSHMASTER (embora tenha sido recusado pelos americanos foi adquirido pelos holandeses)
Probablemente entre esos derivados de MRAP que hablas,este el LMV,pero bueno,con respecto a tu respuesta, estoy de acuerdo  en cuanto a la mayoria de tu mensaje :wink: .Lo mas conveniente hoy dia por aquellos escenarios,es la presencia de algun MRAP,a pesar de que no son la panacea ni mucho menos,ya que tienen muchos problemas de movilidad,por el tema del blindaje ,pesos y demas..pero es lo que mas seguridad puede aportar en estos casos.

En cuanto al BUSHMASTER,me parece un gran vehiculo,el cual ademas parece que esta dando buenos resultados.Cierto,holanda ha realizado un segundo pedido de este vehiculo,para compensar algunas perdidas y por los buenos resultados cosechados.Ademas de Holanda,creo recordar que hace pocas semanas la propia Gran bretaña ,iba a realizar un pequeño pedido de los mismos.

 
Citar
Não estamos a falar da versão básica do URO-VAMTAC. Estamos a falar da versão que esteve ao serviço em Portugal, que pelo que sei não era a versão básica e (e aqui falo de cabeça) chegava à pretecção STANAG-II.

Corrigeme si me equivoco,pero si no recuerdo mal los VAMTAC que cedio España a Portugal fueron alla  por el año 2005 ó 2006.De estar en lo cierto,estos vehiculos serian de la version basica,ya que los primeros VAMTAC S-3 (blindados y con algunas mejoras en otros aspectos)se iban a entregar a España en el año 2007 y 2008.Ello no quiere decir que sea mejor o peor,de hecho las opiniones acerca de este vehiculo suelen ser favorables,como vehiculo tactico.Con el S-3 se da otro pequeño salto cualitativo,pero no obstante sigue siendo inferior a vehiculos como el LMV o el EAGLE ,los cuales cuentan con mejor proteccion y medidas.De hecho en la realidad,hemos visto como en Afghanistan murieron varios soldados españoles en un VAMTAC,mientras que los italianos no han tenido ninguna baja con sus LMV,con ejemplos,como el enlace con las fotos que dejo unos posts mas atras.
SALUDOS!!
Título:
Enviado por: ruben lopes em Junho 03, 2008, 04:56:49 pm
mas mesmo assim se chegarmos blindados 4x4, podiam ser usados no kosovo.
Título:
Enviado por: tyr em Junho 03, 2008, 04:59:43 pm
estão a ser criadas OMLT para irem para o afeganistão (e pelo que se consta é para andarem no meio do combate (mas são só rumores)).
Título:
Enviado por: nelson38899 em Junho 03, 2008, 05:02:48 pm
mas são Humvee, ou Pandur???
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Junho 03, 2008, 05:21:56 pm
Já lá estão...mas há "azar" :arrow: http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stori ... ies/334066 (http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/334066)
Título:
Enviado por: major-alvega em Junho 03, 2008, 07:19:47 pm
que chevrolets são esses??? E porque,para desenrascar, porque é que não mandam chaimites enquanto não chegam os outros veículos??
Título:
Enviado por: jonhfx em Junho 03, 2008, 07:44:54 pm
este major tem piada... :twisted:
Título:
Enviado por: Cabecinhas em Junho 03, 2008, 07:48:28 pm
Só pode ser fetiche!
Título:
Enviado por: major-alvega em Junho 03, 2008, 07:48:30 pm
Citação de: "jonhfx"
este major tem piada... :twisted:


pronto tem razão, e quando chegam todos os veiculos Pandur???
Título:
Enviado por: Cabecinhas em Junho 03, 2008, 07:50:12 pm
Oh Major-Alvega ou não liga nenhuma ao que está escrito nos posts ou simplesmente não se dá ao trabalho de ler. Já começaram a chegar os primeiros Pandur II
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Junho 03, 2008, 07:50:19 pm
O major alvega veja o que é que já aconteceu com as Chamites na Bósnia :shock:

http://64.233.183.104/search?q=cache:j2 ... cd=9&gl=pt (http://64.233.183.104/search?q=cache:j2yt5YF9-jEJ:www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php%3Fp%3D50649%26sid%3D71deaf789b3e360e720e506c7afc2d38+chaimite+acidente+bosnia&hl=pt-PT&ct=clnk&cd=9&gl=pt)
Título:
Enviado por: major-alvega em Junho 03, 2008, 08:14:34 pm
Citação de: "Cabecinhas"
Oh Major-Alvega ou não liga nenhuma ao que está escrito nos posts ou simplesmente não se dá ao trabalho de ler. Já começaram a chegar os primeiros Pandur II



EU SEI QUE JÁ COMEÇARAM A CHEGAR PANDUR´S!!! MAS AINDA NÃO CHEGARAM TODOS!!!

neste momento ainda falta receber mais alguns pandur!!!!
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Junho 03, 2008, 09:36:06 pm
Citar
razão pela qual a questão das viaturas 4x4 não parece ter prioridade...

Atenção que eu não disse que não eram prioridade, disse que o concurso não estavam a andar ao ritmo desejado. Os motivos que o Patango apontou não são os que estão atrasar o concurso. Posso dizer que são muito menos políticos ou financeiros e muito mais práticos. Mas para dizer quais eram, estaria a revelar a minha fonte.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: papatango em Junho 03, 2008, 09:45:35 pm
-> Pedro Monteiro
Eu não me referi às suas palavras, mas sim aos factos conhecidos.

Na verdade, quando o assunto deixa de ser referido, em Portugal é normalmente por uma razão: está parado.  :oops:
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Junho 03, 2008, 09:45:54 pm
Citação de: "major-alvega"
neste momento ainda falta receber mais alguns pandur!!!!

O colega certamente que tem entusiasmo, mas deveria ler as fontes que existem. Fica a sugestão:
http://www.defesanet.com.br/afv1/pt_pandur.htm (http://www.defesanet.com.br/afv1/pt_pandur.htm)

Se ler o texto em questão perceberá que não faltam receber "mais alguns pandur". Na verdade, as entregas extendem-se até 2010 e o Exército receberá 240 viaturas. Logo, estamos apenas no início do programa e com uma percentagem mínima de viaturas entregues - com um atraso de vários meses, sublinhe-se.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: papatango em Junho 03, 2008, 09:51:23 pm
Já agora, major alvega ->
No cimo de cada página você tem uma caixa de busca.
Por debaixo tem três opções onde pode efectuar buscas.

Se deixar a seleção como está, obtém a informação do Google.

Se selecionar a hipotese www.forumdefesa.com (http://www.forumdefesa.com), obtem referências dentro do fórum.

Se selecionar a opção areamilitar.net, obtem informação sobre dados publicados naquele site.

Estou certo de que se fizer isso, há-de obter bastante informação, com a vantagem de não precisar que lhe dêm uma resposta.

Cumprimentos
Título:
Enviado por: PedroM em Junho 03, 2008, 11:47:58 pm
A aquisição deste equipamento está já prevista na LPM?

E já que falamos em LPM, não é este ano que deverá ser revista?

Penso que a LPM tem de ser revista de 2 em 2 anos e a última revisão foi em 2006, mas não estou certo disto...
Título:
Enviado por: typhonman em Junho 03, 2008, 11:52:08 pm
A proxima em 2009...
Título:
Enviado por: LuisC em Junho 04, 2008, 12:23:59 am
Essas revisões de 2 em 2 anos na LPM são normalmente uma desgraça…mais uns cortezitos nos já poucos programas de reequipamento!
Título:
Enviado por: sturzas em Junho 04, 2008, 03:29:12 am
Viva a todos

Antes de mais o contrato de viaturas blindadas 4x4 destina-se aos três ramos das forças armadas, num total de 101 viaturas.

Se na Marinha (Fuzileiros) poderão ser para complemento das 20 Pandur, talves na Força Aérea (Polícia Aérea) possam vir a substituir as Condor 4x4 existentes; aliás a equipe de FAC destacada no Sfeganistão utiliza as VBL do exército.

No exército, o requisito é para equipar a BRR e a BInt para complemento das Pandur. Visto neste momento possuirmos dois tipos de viaturas 4x4 (VBL Panhard e HUMMWE M1025A2 M-PAV2), na minha opinião a escolha deveria de recair sobre um destes dois modelos (o exército não deverá receber mais de 70-80 veículos).

Chamo especial atenção para os novos modelos VBR Panhard:

http://www.defense-update.com/products/ ... anhard.htm (http://www.defense-update.com/products/v/vbr-panhard.htm)

http://www.panhard.fr/anglais/index.htm (http://www.panhard.fr/anglais/index.htm)

http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?t=4914 (http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?t=4914)

Poderiam perfeitamente ser fabricados em Portugal não só nas versões VBR, mas também nas versões AVXL e VAP. Para complementar as 38 VBL existentes, na minha opinião seria o ideal.

Cumprimentos
Título:
Enviado por: tyr em Junho 04, 2008, 01:28:39 pm
a VBR parece me interessante, qual é a resistencia a uma carga explosiva sobre o casco e sobre os rodados, alguem sabe?
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 04, 2008, 02:17:27 pm
Ja algum tempo atras que aqui se fala em muitos modelos a equipar a BRR e BriLig com 4x4 blindados para complementar os Pandur II, eu continua afirmar que o melhor carro que poderia vir era o novo modelo da panhard, e mais este modelo poderia bem ser fabricado sob licença na Fabreequipa como aconteceu com os Pandur, além do mais Portugal possui cerca de 38 unidades de Panhard M11, ja temos experiencia com este veículo e tem demonstrado um bom blindado ligeiro de reconhecimento e escolta, por continuo a defender a vinda do novo Panhard para equipar as duas brigadas.
Aqui fica um atalho para poderem visualizar o veículo.

http://www.armyrecognition.com/europe/F ... iption.htm (http://www.armyrecognition.com/europe/France/vehicules_a_roues/Panhard/VBR/VBR_Panhard_France_description.htm)
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 04, 2008, 03:16:01 pm
Desta forma os Hummers poderiam equipar as CAC dos dois Bimecs da Brigada Mecanizada, com o sistema lança misseis TOW, substituindo os velhinhos M158 Willys.
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Junho 04, 2008, 03:42:36 pm
Veiculos de rodas (motorizados) a apoiar Veiculos de lagartas (mecanizados)? So se for em Portugal que se faça isso :roll:

(http://www.emgfa.pt/Elementos/Imagens/49/3238121542002M113-a3%20TOW.jpg)
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 04, 2008, 04:17:46 pm
Ah sim senhor Pereira Marques, entao na minha altura para que serviam os Willys equipados com o sistema lança misseis TOW??? Era para ingles ver?? Ou então porque parecia bonito??? Na operação tempestade do deserto o senhor quantos Hummers viu a progredir no terrenos conjuntamente com os Abrams A1? Por acaso eu vi mtos pelas Tvs. Agora com a chegada dos novos blindados 4x4 os hummers podiam passar apoiar a Brigada Mecanizada .
Caro Pereira Marques num defensiva de uma determinada área em exercícios, no 2º Bimec era muito usual utilizarmos veículos de rodas como o willys com o sistema lança misseis TOW conjuntamente com os M113 A1 entre outros. Nos Bimecs 1º e 2º utilizava-se muito este veículo willys com o sistema lança misseis TOW, só se a doutrina de Guerra mudou muito desde entao.
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Junho 04, 2008, 04:46:40 pm
Sao veiculos com velocidades e mobilidade todo-o-terreno diferentes. Uns sao blindados e outros nao.

A unica utilidade de podem ter, e se forem utilizados como elementos de reconhecimento do proprio BIMEC.
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 04, 2008, 04:57:46 pm
Foi o que eu disse Pereira Marques estes hummers poderiam equipar as CAC Companhias de Apoio ao Combate dos dois Bimecs, nestas companhias estao o Pelrec e PelAnti-carro. Em todo o caso os hummers atingem velocidades na ordem dos 80km/h dependendo do terreno, mas era uma mais valia para estas companhias. Embora mais leve um pouco o Panhard M11 tb se encontra nos Pelotoes anti carro e reconhecimento da BRR e BriInt, é um veículo blindado sendo a velocidade deste ultimo na ordem dos 90km/h.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 04, 2008, 04:58:59 pm
Por acaso já tinha visto numa exposição onde estavam alguns meios e militares da BMI esses Willys com os misseis TOW. Os Israelitas usam (ou pelo menos usavam) o mesmo veiculo com os mesmos misseis TOW, para apoiar as suas brigadas (Infantaria, Cavalaria, etc).
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 04, 2008, 05:06:53 pm
Claro Cabeça de Martelo, seria uma mais valia para os Bimecs e além do mais melhorava significativamente a protecção dos militares, ja que se vai adquir novos blindados 4x4 o que eu espero que sejam os novos Panhards juntamente com os existentes os M11, os hummers ficam sem nenhuma serventia nas Brigadas RR e BriInt, no entanto faziam grande falta na Brigada Mecanizada principalmente aos Bimecs, até em numero certo 10 Hummers para cada Bimec. Era muito bom se assim fosse.
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Junho 04, 2008, 05:13:07 pm
OK, ja percebi melhor essa logica dos Hummer na BrigMec.

Em relacao aos tais Panhard "alongados", sem duvida que a sua aquisicao, no ambito deste programa de viaturas 4X4, permitiria ganhos a nivel de logistica e treino de pessoal...Mas as caracteristicas (nomeadamente a nivel de blindagem/proteccao de ocupantes) do mesmo correspondem as nossas necessidades? O Exercito Frances ja os usou operacionalmente?
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 04, 2008, 05:21:08 pm
Sei que o novo Panhard tem muito melhor blindagem que os Hummers e podemos contar com a mais valia e provas dadas pelos Panhard M11 que ja possuímos fiquemos com o seguinte texto:

"Pour donner suite à sa gamme de véhicule VBL. Panhard a présenté à Eurosatory 2002 son tout nouveau véhicule blindé à roues, le VBR. Ce véhicule blindé de reconnaissance est un 4 X 4, d'un poids en ordre de combat de 7,5 tonnes, offrant une charge utile de 2 tonnes. Fortement protégé contre les mines, les menaces balistiques et le risque NBC. C'es un véhicule très rapide, il est capable de rouler jusqu'à une vitesse de 110 km/h. La suspension est composé de quatre roues motrices et dispose également d'une suspension indépendante. Le VBR est équipé d'un moteur MTU 4R 106 d'origine allemande avec une puissance de 218 ch. C'est un moteur Diesel ou carburéacteur, et une boîte de vitesse automatique Allison ou ZF, à six rapports. Le véhicule dispose de cinq portes d'accès, dont deux sur chaque flanc et la dernière à l'arrière de la coque. Le VBR dispose des dernières technologies en matière de sécurité et d'efficacité, freinage pneumatique avec ABS, d'un dispositif de gonflage centralisé des pneus et d'un système de roulage à plat. La vitesse maximale est de 110 km/h et l'autonomie dépasse les 700 km. Dans le futur, le véhicule disposera d'un système de propulsion amphibie. L'équipage est de quatre hommes. On peut cependant encore occuper l'espace à l'arrière du véhicule avec d'autres passager ou des équipements supplémentaires. Le VBR est aérotranportable en C-130 Hercules, à raison de deux véhicules par avion. La version qui était présentée à Eurosatory 2002,  était un prototype qui ne disposait pas encore de tous les équipements. Il n'avait pas encore subi de tests approfondis."

Parece a melhor escolha para as nossas Forças Armadas, para além de termos experiencia com veículos desta família, o veículo poderia ser fabricado ca em Portugal e acima de tudo é aerotransportado em avioes C-130, uma mais valia sem dúvida. :lol:
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Junho 04, 2008, 05:32:35 pm
Obviamente que os "Panhard alongados" terao melhor blindagem do que os Hummer blindados. Mas qual o indice/classe de proteccao, conseguem resistir a engenhos explosivos ate quantos quilos de TNT? E garentem boa proteccao aos ocupantes em relacao a engenhos deflagrados por baixo da viatura?

Temos aqui varios factores a ponderar...a poupanca em termos logisticos e obviamente bem vinda. Mas essa poupanca deixa de fazer sentido, se o equipamento nao garantir o nivel de proteccao esperado ou mesmo se o custo (unitario) de aquisiçao nao for compensado pela poupanca ao nivel de logistica.

Em resumo, temos aqui varios factores a ponderar, por isso e que se espera que haja um concurso, nao podemos estar a declarar "vencedores" antecipados.
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 05, 2008, 09:47:44 am
Algum dos caros camaradas tem mais informaçoes relativamente ao novo Panhard em termos de protecção e blindagem??
Título:
Enviado por: nelson38899 em Junho 05, 2008, 09:58:49 am
normalmente isso é confidencial!!
mas não deve diferenciar muito dos veículos da mesma classe
Título:
Enviado por: ShadIntel em Junho 05, 2008, 10:38:01 am
Os únicos dados disponíveis até agora sobre a protecção do VBR são os do fabricante:

Citar
CARROSSERIE   Protection de base Niveau 2 du STANAG 4569, en option
niveaux 3 et 4. Protection mines niveau 2B

CAISSE PROTECTION   - Caisse monocoque autoporteuse en acier à blindage THD
- Blindage composite
- vitrage blindé
- plancher en V
- tapis anti-mines
- filtration NC collective.

http://www.panhard.fr/francais/VBR_Canon.php (http://www.panhard.fr/francais/VBR_Canon.php)

Apesar do casco em V, parece um pouco baixo para as suas funções. Ainda assim, sempre seria melhor que os HMMWV.
Quanto ao custo unitário, se não estou enganado, deverá rondar os 230-240.000 euros (para o exército francês, e não sei se inclui qualquer equipamento adicional).
Título:
Enviado por: AMRAAM em Junho 05, 2008, 12:26:48 pm
Bueno,y sobre los vehiculos 4x4,¿que os parece el Otokar turco?

(http://img512.imageshack.us/img512/7131/cobra2ju9ni7.jpg)

Test anitiminas en 1997
http://www.youtube.com/watch?v=nZz7jssPBQU (http://www.youtube.com/watch?v=nZz7jssPBQU)

Version anfibia
http://es.youtube.com/watch?v=-zKdNsTixHI&feature=related

Incluso ha sido presentado al programa JTLV americano
http://es.youtube.com/watch?v=a-QmpF4eGDQ&eurl=http://elalijar.blogspot.com/

Vídeo promocional largo (casi 10 minutos)
http://es.youtube.com/watch?v=J9aI3rDeJ1M&feature=related
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 05, 2008, 02:10:58 pm
Parece-me um bom projecto, mas como sempre é preciso testar o material "in loco" para sabermos se é tudo o que eles prometem.
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 05, 2008, 03:15:32 pm
Tanto o Panhard como esse projecto do Otocar parecem ser mto semelhantes em todos os casos continua a preferir o Panhard, e se cada unidade anda á volta 250 mil euros precisamos de cerca de 100 chegam 25 milhoes de euros. Não é muito tendo em conta as necessidades.
Título:
Enviado por: sturzas em Junho 05, 2008, 09:25:56 pm
Viva a todos

Não concordo com o forista Instrutor, no que respeita à possível utilização dos HUMMWE na BMI; misturar meios mecanizados (lagarta) com meios blindados (rodas), penso que seríamos pioneiros nesse aspecto. Existiram sem dúvida os M151A2 na 1ªBMI (até 1994). 1ª BMI significava Brigada Mista Independente, isto é, a estrutura principal era formada por 1 Batalhão Mecanizado e 2 Batalhões Motorizados, além do Grupo de Carros de Combate e de uma Bateria de Artilharia com M109 (até 2002, salvo erro, as restantes baterias eram rebocadas com peças d artilharia de 10,5 cm).

As unidades mecanizadas têm características próprias, que se baseia na mecanização do sistema de tracção (mecanismo por lagartas); as unidades motorizadas blindadas (ou sem o serem), geralmente possuem equipamentos com tracção motriz de 4x4, 6x6, 8x8, etc.

Penso que os HUMMWE servirão melhor como meios de reserva, do que para equipar CAC, ou Erec de unidades mecanizadas... simplesmente e do ponto de vista táctico não tem nexo... para isso existem unidades blindadas motorizadas (Brigada de Intervenção).

Relativamente à viatura VBR, acho que seria uma óptima escolha, por ser recente e por termos experiência com material idêntico de origem francesa. Aliás os francesses só agora estão a começar a utilizar operacionalmente as VBR, e em certas unidades, estas viaturas actuam em conjunto com as VBL, pois complementam-se. Entenda-se o seguinte: a título exemplificativo, se tivermos 1 mecânica idêntica em dois veículos distintos, será mais fácil (menos custos) mantê-los operacionais do que se forem veículos completamente diferentes. Se numa Secção de Exploração de Combate, de um Esquadrão de Reconhecimento, existirem uma viatura a diesel e outra a gasolina, que fiquem "empanadas" (sem combustível) acreditem que a secção de reabastecimento tem que ter dois veículos de logística, um que transporte diesel e outro de gasolina para os poder reabastecer.

Outro factor a ter em conta, é a manutenção/custos. As VBL/VBR são equipadas com motor diesel, as HUMMWE com motor a gasolina cujos consumos astronómicos, e ao preço que ela está... até ao Ministério da Defesa custa. Aliás e como referi num post anterior aconteceu em Santa Guida, nos finais dos anos 90, as verbas destinadas para combustível (para as M113A1, se a memória não me falha) terminar a meio do ano, o que comprometia a realização de exercícios a partir dos meses de Julho/Agosto; pode não parecer importante, mas ao invés de se treinar uma incorporação, em infantaria mecanizada... a solução era treiná-la em infantaria apeada.

Mudam-se os tempos... mudam-se as vontades, como diz o provérbio. Pelo menos, vejo hoje em dia as altas chefias a optar por material práctico e útil tendo em conta as nossas limitações político e económicas, em vez de aceitar a baixo preço, aquilo que os outros já não querem. Os alemães deram M113A1, os holandeses deram M113A2, os américas pagavam a base das Lajes com material que estava ultrapassado para eles. É certo que mais vale aceitar a recusar, mas aceitar para não usar... é mau.

Esquecia-me, outra das vantagens das VBR, é a sua oferta a nível de opções de fábrica. Ele é versão Anticarro (MILAN, TOW/ITAS e Spike), a versão de Reconhecimento (torre PL127/40, metrelhadoras de disparo remoto - RWS), a versão de comando (Comando e Controlo, Vigilância do Campo de Batalha, Ponto de Acesso Rápido, Controlo de Tiro de Artilharia, etc), até ao transporte de pessoal (8 soldados na versão alongada).

Se comprarem um carro de fábrica sem tecto de abrir e depois quiserem instalar um, garanto-vos que mais cedo ou mais tarde a água vai entrar no hábitáculo, e a garantia de fábrica perde-se; com os HUMMWE, foi quase a mesma coisa, quando precisámos deles, constatámos que não possuiam blindagem suficiente, e tratámos de a colocar (Plasan Israelita); logo mais vale optar por sistemas que nos possiblitem uma ampla opção de escolha de raiz (na construção) e que servim só para isso. Acho que as Panhard (VBL e VBR) actualmente oferecem um leque amplo de escolhas bastante satisfatório a nível de preço qualidade (se bem que a utilização práctica do VBR ainda não se tenha verificado) logo desde a sua construção / montagem. E depois é produto europeu. Os americas que arrastem e vendam os seus ao lamaçal que é o Iraque...

Cumprimentos.
Título:
Enviado por: LM em Junho 05, 2008, 11:11:59 pm
Meu caro sturzas, correndo o risco de repetir-me:  :Bajular:
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 06, 2008, 09:58:14 am
Caro Struzas, os M151 ainda eram usados em 2002 equipados com o sistema lança misseis TOW, uma história:
No 1º Bimec o sistema lança misseis TOW era baseado no M113 A2, contudo e para quem não sabe o 2ºBimec tem as suas origens no 2º Bimoto, ou seja Bimec Motorizado, que mais tarde é transferido de Abrantes para Santa Margarida, ou seja é um Bimec relativamente recente, contudo continuo achar que num Pelotão Anti-carro e num pelotão de Reconhecimento, a mobilidade, a camuflagem da sua posição bem como a reterida de posição rápida e eficiente torna-se imperativo o uso de veículos de rodas, o senhor não me vai dizer que um M113 qualquer que seja a sua derivação tem mais mobilidade e é mais silencioso do que neste caso um M151 ou um Hummer, sempre se usou veículos motorizados neste tipo de missoes, um M113 o ruído do seu motor é ouvido a cerca de 2km de distancia, a sua manobridade é muito baixa comparativo com um Hummer no qual o seu motor é ouvido a cerca de 300m, ou seja no raio de acção de um missil TOW que é de aproximadamente 4km, um veículo motorizado pode mto bem ataber um Blindado ou um CC sem que este note a sua presença, podendo um veículo motorizado sair do local em segurança, agora é muito mau não substituir os M151 pelos Hummer, ja que temos os veículos podemos usalos nas CAC dos Bimecs. Relembro mais uma vez que os Americanos usaram os Hummer a progredir no terreno conjuntamente com os Abrans, não é nenhuma novidade nacional, sempre se usou veículos motorizados na Brigada Mecanizada, o significado da Brigada Mecanizada Independente antiga BMI e não Brigada Mista Independente o nome não se tem haver com a utilização de veículos motorizados com os mecanizados, mas sim pela combinação dos sistemos de armas usados nessa Brigada, ou seja, CC, Artilharia de Campanha, Artilharia Anti-Aérea, Engenharia, Serviços, PE, Infantaria Mecanizada, isto sim era considerado Brigada Mecanizada independente actualmente BM, agora os veículos de reconhecimento e Anti-carro para além do M901 e M113 A2 para o anti-carro, sempre foi usado veículos motorizados no reconhecimento.
Título:
Enviado por: tyr em Junho 06, 2008, 01:10:29 pm
o reconhecimento da BrigMec é total responsabilidade (apesar de toda a força o poder fazer e na realidade fazer) é do EREC.
um veiculo de rodas não conseugue acompanhar a progressão de uma brigada mecanizada em qualquer terreno (pois atascam em muitos tipos de terreno).
a utilidade para uma acção ofensiva de um jeep com tow é pouca quando no seu lugar podemos ter um blindade de lagartas com a mesma função.
o ruido das viaturas de lagartas ser superior as viaturas de rodas é devido somente ao tipo de lagartas uzados, (existem lagartas que emitem muito pouco ruido, mas que em contrapartida têm uma vida util muito reduzda e são relativamente caras comparadas com as que usamos no dia a dia).
Título:
Enviado por: HSMW em Junho 06, 2008, 01:20:56 pm
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/sr10.jpg)

Do BiMec

Não podemos confundir coisas diferentes.
A BrigMec é pensada pensada para conflitos de alta intensidade de tipo convencional por isso tem um ERec de lagartas.
A BrigInt é para cenários de média intensidade e é mais facilmente adaptada  para situações de assimetria.
Título:
Enviado por: typhonman em Junho 06, 2008, 09:39:15 pm
Faz-me confusão ver o apontador da calibre o.50 a dar o corpo ao manifesto para poder disparar, enfim...
Título:
Enviado por: HSMW em Junho 06, 2008, 09:45:36 pm
Citação de: "Typhonman"
Faz-me confusão ver o apontador da calibre o.50 a dar o corpo ao manifesto para poder disparar, enfim...

Também a mim. E também é o chefe de viatura.
Título:
Enviado por: Miguel em Junho 06, 2008, 09:49:03 pm
Citação de: "tyr"
o reconhecimento da BrigMec é total responsabilidade (apesar de toda a força o poder fazer e na realidade fazer) é do EREC.
um veiculo de rodas não conseugue acompanhar a progressão de uma brigada mecanizada em qualquer terreno (pois atascam em muitos tipos de terreno).
a utilidade para uma acção ofensiva de um jeep com tow é pouca quando no seu lugar podemos ter um blindade de lagartas com a mesma função.
o ruido das viaturas de lagartas ser superior as viaturas de rodas é devido somente ao tipo de lagartas uzados, (existem lagartas que emitem muito pouco ruido, mas que em contrapartida têm uma vida util muito reduzda e são relativamente caras comparadas com as que usamos no dia a dia).


Um M113 é um alvo facil, com pouca protecçao, e muito mais facil esconder um jeep e com muito menos barulho...

Outro exemplo ( so quem andou no terreno pode perceber) um jeep pode ser mesmo deslocado apenas tirando o travao de mao :wink:  e descer num silencio total uma descida de varias centenas de metros....

O objetivo dum EREc é de reconhecer o terreno e ver as unidades, que a brigada vai emfrentar.
O EREC deve evitar o combate, exepto no modelo americano.
Título:
Enviado por: tyr em Junho 07, 2008, 10:31:09 am
existem viaturas de reconhecimento de lagartas, por exemplo o scorpion (e sua familia), existe uma variante do M113 para reconhecimento (o LYNX) etc...

o problemas dos jeepes são só dois, protecção zero (se tropeçarem em cima de infanteria, não têm como se defender) e a moblilidade, (quero ver um jeep a andar nos trilhos dos Carros de combate em santa guida quando aquilo esta tudo empapado), com um jeep basicamente só fazias operações ofensivas quando a metreologia o permitisse, ou seja voltavamos para trás 100 anos a nivel de capacidades militares.
Título:
Enviado por: tyr em Junho 07, 2008, 10:39:24 am
mas se me falares numa viatura de rodas desenhada para acompanhar uma brigada mecanizada e preparada para isso (que consiga acompanhar o avanço de uma brigmec em quaisquer circunstancias), mudo o meu discurso.

relativamente a falar dos tow, era para mostrar ao camarada a unitilidade de tal sistema na actual brigmec.

O reconhecimento pela força é doutrina que na 2 guerra mundial era alemã (não sei quem a desenvolveu primeiro) e permitiu a tomada de muitas posições pelas equipes de recon, quando elas viam que tinham capacidade.
Título:
Enviado por: ruben lopes em Junho 07, 2008, 01:11:36 pm
nunca tinha ouvido falar disto. :shock:  :shock:

http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/T ... 77&R=GN#A1 (http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/TER.aspx?nn=244&P=77&R=GN#A1)
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 07, 2008, 02:27:31 pm
Citação de: "ruben lopes"
nunca tinha ouvido falar disto. :shock:  :shock:

http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/T ... 77&R=GN#A1 (http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/TER.aspx?nn=244&P=77&R=GN#A1)


Não quero andar a armar-me em carapau de corrida, mas és novinho, não és?!
Título:
Enviado por: ruben lopes em Junho 07, 2008, 02:32:49 pm
tenho 15 mas isso não quer dizer nada.
Título:
Enviado por: Lightning em Junho 07, 2008, 04:09:01 pm
Citação de: "ruben lopes"
tenho 15 mas isso não quer dizer nada.


Quer dizer que quando a GNR foi para o Iraque tinhas 10 anos, um rapaz com 10 anos não é obrigado a saber essas coisas.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 07, 2008, 04:38:03 pm
Exacto.
Título:
Enviado por: ruben lopes em Junho 07, 2008, 04:58:57 pm
eu sei, mas também interesso-me sobre acontecimentos do passado.
voces não têm o direito de me dizerem que não posso saber nada acerca disto.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 07, 2008, 05:17:48 pm
Mas quem disse isso rapaz?

Se te estás a informar, fazes muito bem. Quem me dera que todos os miudos fossem tão interessados assim.

Mas como o Lightning quando a GNR foi para o Iraque tinhas 10 anos, foi isso mesmo que eu disse. Tens que ler as entrelinhas rapaz.
Título:
Enviado por: Lightning em Junho 07, 2008, 06:01:44 pm
Só estamos a dizer que é normal que não te lembres pois ainda eras novo, mas agora já sabes :lol: .
Título:
Enviado por: HSMW em Junho 07, 2008, 06:04:38 pm
Se bem que a M11 foi uma boa aquisição
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/HPIM1429.jpg)
Título:
Enviado por: HSMW em Junho 08, 2008, 01:14:48 am
Um bocadinho de um total de 10'

http://br.youtube.com/watch?v=Oe-eP6NWMS0 (http://br.youtube.com/watch?v=Oe-eP6NWMS0)
Título:
Enviado por: sturzas em Junho 10, 2008, 01:13:13 am
Viva a todos:

Caro instrutor, o que queriaria expressar com o que escrevi, é que as unidades mecanizadas não deveriam ser utilizadas em conjunto com unidades motorizadas, devido essencialmente ao facto de mobilidade. Nada impede que tal suceda, mas se existir uma unidade motorizada blindada, irá utilizar preferencialmente veículos blindadas com rodas e as unidades mecanizadas véiculos com lagartas.

Pela Brigada Mecanizada "já não ter" (entre aspas) a missão práctica que tinha quando foi criada (guerra aberta leste-ocidente), não implica que não tenha que existir; foram criadas foi mais duas Brigadas que dada a realidade do mundo actual, terão mais hipótese de intervir en qualquer tipo de conflito do que a Brig. Mec.

Só para corrigir, na altura chama-se 1ª BMI - Brigada Mista Independente, por ter meios mecanizadas e motorizados, ao contrário do que o instrutor disse...  pela sua ordem de ideias a Brig. de Intervenção também deverá ser considerada uma "Brigada Mista" por ter Infantaria, Cavalaria, Engenharia, etc.

A misticidade da 1ª BMI, devia-se ao facto das unidades de manobra (infantaria), terem formas diferentes de combater. Os apoios de fogos e de combate é condição inerente na existência de uma grande unidade. Mais, à época (minha, 1997-98), tanto no ERec como no EAC do GCC, as seçcões/pelotões de exploração de combate, tinham sempre viaturas disponíveis: 2 dos 4 M901A1ITV e 3 dos 6 M113A3 (os únicos e diferentes da versão M113A2), estavam sempre prontos para pelo menos, quase um pelotão, formarem. Foi aquilo que disse a alguns post atrás, a malta da manutenção é que são os milagreiros.

Cumprimentos,
Título:
Enviado por: HSMW em Junho 13, 2008, 08:26:01 pm
Ou então isto:
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/HPIM3152.jpg)
Já nem sei o nome... :shock:
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Junho 13, 2008, 08:33:59 pm
Citação de: "HSMW"
Ou então isto:

Já nem sei o nome... :shock:


Daimler Dingo
Título:
Enviado por: nelson henriques em Junho 13, 2008, 08:34:03 pm
Boas.Trata-se de um blindado Daimler modificado durante a guerra colonial através da adiçao de placas blindadas
Título:
Enviado por: Lancero em Junho 13, 2008, 10:37:36 pm
(http://img179.imageshack.us/img179/7884/dsc00913un6.jpg)
Título:
Enviado por: Lancero em Junho 15, 2008, 06:06:30 pm
(http://img507.imageshack.us/img507/2626/elsorven9.jpg)

Citar
09Jun08. Soldiers from 101st Airborne Division test an enhanced logistic off-road vehicle prototype to see if it meets their standards for operational use in Afghanistan. Three prototype vehicles are being tested. ELSORVs can carry 2,700 pounds, and they have modified Humvee engines that can conquer approach angles of 90 degrees and climb slopes at 80 degrees. The ELSORVs allow soldiers to go over obstacles without getting hung up on the undercarriage. The vehicle can go 90 mph safely on a hard surface. U.S. Army photo by Sgt. Jessica L. Sheldon, 382nd Public Affairs Detachment

Mais informação:
http://www.defenselink.mil//news/newsar ... x?id=50146 (http://www.defenselink.mil//news/newsarticle.aspx?id=50146)
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 27, 2008, 02:44:27 pm
Alguma novidade neste topico?? Espanha pelo que disse o camarada AMRRAM o blindado vencedor foi o RG31 MK5, é boa a viatura mas deixa um pouco a desejar em termos de blindagem, resiste a projecteis 7,62mm e 5,56mm a 7,5kg de TNT, contudo não tenho a certeza se resiste a lança misseis tipo LAW e RPG e todas as derivações de Lança Granadas Foguete e a munições .50, por cá alguma novidade?
 :lol:
NOVO PANHARD PARA PORTUGAL
Título:
Enviado por: papatango em Junho 27, 2008, 02:52:44 pm
Mas que veículo ligeiro 4x4 resiste a mísseis anti-tanque ?

A única solução presentemente, é «inventar» formas de garantir a pré-detonação do projectil do RPG, utilizando vários sistemas.

O mais resistente é a já conhecida gaiola, que já vimos aplicada ao HUMMER/Plasan-Sasa que está no Afeganistão.
Também já vimos os Panhard equipados com uma solução engenhosa que foi utilizada na guerra da Jugoslávia, que consiste na aplicação de telas de borracha grossa.
As telas de borracha grossa aparentemente aquecem demasiado e os pontos de apoio da borracha à carroçaria do veículo são os «pontos fracos» e a borracha degrada-se com facilidade.

Mas não há nenhum veículo que tenha realmente capacidade para resistir a explosivos-de-beira-de-estrada.
A única blindagem eficiente, será a blindagem reactiva, mas isso torna o veículo demasiado pesado.
Não existe presentemente uma solução para o problema da protecção dos militares nas missões de imposição de paz como a do Afeganistão.
Há vários «remédios» que podem ser aplicados, mas nenhum constitui solução clara.

Um veículo 4x4 ou 6x6 terá de preferência capacidade e possibilidade de expansão da sua blindagem (blindagem modular). É especialmente importante a potência do motor, de forma a garantir uma velocidade suficiente, mesmo que no futuro o veículo venha a ser equipado com blindagem adicional.

A desvantagem, é que veículos com motores mais potentes tendem a gastar mais combustível...
Título:
Enviado por: Lightning em Junho 27, 2008, 02:54:23 pm
:lol: Pois, você quer um jipe ou quer um carro de combate?
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 27, 2008, 03:12:12 pm
Eu quero é soluçoes para evitar mais mortes de soldados nossos nos teatros de operações como aconteceu com o 1º Sarg Comando no Afeganistão.
Título:
Enviado por: Lancero em Junho 27, 2008, 03:24:08 pm
(http://i190.photobucket.com/albums/z299/lanceropics/junho1/at8-.jpg)

(http://i190.photobucket.com/albums/z299/lanceropics/junho1/at9-.jpg)

Citar
The Ministry of Defence display the new Ridgback 4 x 4 troop carrier at the Defence Vehicle Dynamics exhibition on June 26, 2008 at the Millbrook Proving Ground, England. More than 4,000 visitors come to look at over 200 companies displaying equipment and systems for military use
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 27, 2008, 03:29:39 pm
BOLAS isto deve ser mais pesado que um PANDUR II, algo mais pequeno, bem blindado , mais agil e rápido... o meu eleito é o PANHARD, PANHARD, PANHARD, até parece que a firma me pagou para lhe fazer publicidade :lol:
Título:
Enviado por: tyr em Junho 27, 2008, 04:04:23 pm
contra as ameaças actuais (IED) a panhard M11 esta completamente desajustada, confere protecção contra munições 7,62, mas não confere qualquer protecção contra um IED ou um RPG.
a RG 31 oferece a mesma protecçao balistica (pelo menos semelhante), mas tem uma protecção contra ondas de choque debaixo do casco (e lateralmente) muito superiores.
Se lhe juntarmos a famosa gaiola torna se relativamente resistente a RPG7. E a nivel de viatura ligeira isso já é exelente, se lhe meteres mais coisas em cima deixa de ser uma viatura ligeira e passa a ser uma viatura pesada.
e se achas que uma viatura RG não é boa, eu digo que se tiver que escolher entre uma viatura RG media ou pesada e uma Pandur, para me deslocar num TO tipo Afeganistão, ai não existe a minima duvida que uma viatura do tipo RG bate aos pontos a PANDUR, pois estas viaturas protegem contra MINAS, IEDS, RPG7 etc... (a pandur, não protege a tripulação contra cargas explosivas debaixo do casco, pois é uma viatura para combate, o que implica que não pode ser demasiado alta e devido a isso não é viavel ter o famoso casco em V).

a protecção deste tipo de viaturas obviamente não é perfeito, mas se quiseres uma coisa que resista a tudo, vai buscar o prototipo do MAUS (da 2ª guerra mundial) que nunca foi empregue pois não se conseguia deslocar sobre pontes ou terreno pouco solido, e adapta o aos dias de hoje.
Título:
Enviado por: LM em Junho 27, 2008, 06:13:41 pm
Citação de: "tyr"
(...) eu digo que se tiver que escolher entre uma viatura RG media ou pesada e uma Pandur, para me deslocar num TO tipo Afeganistão, ai não existe a minima duvida que uma viatura do tipo RG bate aos pontos a PANDUR, pois estas viaturas protegem contra MINAS, IEDS, RPG7 etc... (a pandur, não protege a tripulação contra cargas explosivas debaixo do casco, pois é uma viatura para combate, o que implica que não pode ser demasiado alta e devido a isso não é viavel ter o famoso casco em V).


É aqui o meu receio na escolha da viatura... pensar só no "curto" prazo (TO tipo Afeganistão, contra guerrilha/terroristas) e esquecer que tb temos necessidade de pensar em combate contra inimigos mais "regulares"... para equipar as unidades devemos ter viaturas de combate 4x4 ligeiras, mas também inventar recursos para ter uma "pool" de viaturas tipo RG que equipe de forma "ad-hoc" as unidades enviadas.
Título:
Enviado por: tyr em Junho 27, 2008, 06:37:37 pm
as viaturas do tipo RG, são viaveis em conflitos convencionais (substituindo as viaturas ligeiras, medias e pesadas em funções logisticas), pois num conflito convencional existe uma panoplia de funções onde o emprego de um pandur é desperdiçar recursos, mas que usar uma viatura sem blindagem é irresponsavel (se houver outra opção).
num conflito convencional os abastecimentos logisticos são extremamente vulneraveis a emboscadas (e se tivermos uma viatura logistica que obrigue o IN a gastar misseis ACAR, então esse mesmo inimigo tera que optar o que prefer, destruir uma viatura logistica ou destruir um carro de combate) e a ataques com minas.
Título:
Enviado por: papatango em Junho 27, 2008, 07:53:36 pm
Ainda em 2002, por exemplo, vimos os israelitas a utilizarem tanques Merkava IV para ir buscar soldados que estavam numa área que ficou isolada, porque não havia mais nada adequado (ao contrário dos tanques convencionais o Merkava tem motor à frente e uma porta traseira que permite transportar uma maca - ou mais dependendo da versão).

Por isso, também acho que ambulâncias Pandur... enfim...
Justifica-se pelo facto de reduzir ao minimo possível as necessidades logísticas, mas para guerra não convencional, missões de patrulha em áreas infestadas de insurgentes armados de RPG's, o Pandur-II não é a melhor plataforma.

De qualquer forma, não nos devemos preocupar com isso tão cedo, dado as forças portuguesas estarem de saída...
Título:
Enviado por: sturzas em Junho 27, 2008, 10:16:48 pm
Viva a todos

...de saída de um. Mas dado a volatilidade geo-política actual e global (não tenho capacidades de prever o futuro), muito naturalmente e dado os compromissos por nós, Portugal, assumidos, talvez possamos entrar noutro.

Todavia e, na minha opinião imperativo, é dotar todos aqueles que lá vão, de meios minimamente capazes para que possam desempenhar a função/missão com o objectivo de reduzir ou minimizar ao máximo todas as possíveis casualidades (baixas).

Uma coisa é termos os meios humanos com capacidade e determinação para desempenhar certa missão... outra é empregarmos esses mesmos meios humanos, com meios materiais (neste caso blindados 4x4), adaptados às necessidades. Os HUMMWE, foram "re-blindados à pressa" para o Afeganistão, cenário de maior intensidade em que estávamos empenhados; talvez se em vez de HUMMWE's, tivéssemos equipamentos mais adequados para o cenário envolvente, talvez as nossas baixas fossem maiores, porque se tivéssemos esse tipo de material deixaríamos se ser QRF; as opções militares de emprego de forças em determinado teatro de operações (TO) está directamente relacionado com a capacidade material de o desempenhar ou não, aliado ao factor político, como é evidente.

Achei bastante curioso ver aquela foto do nosso M11 Panhard no Afeganistão, com sistema de gaiola... Não menosprezando todos os restantes, e, independentemente da análise política da intervenção/participação portuguesa no Afeganistão, ainda bem que são os melhores que lá estão a desempenhar a missão... duas mortes... uma directa outra por acidente...

Sem dúvida prova cabal, das capacidades humanas dos nossos soldados, não das materiais.

Cumprimentos
Título:
Enviado por: tyr em Junho 27, 2008, 11:08:12 pm
Numa guerra tipo afeganistão não existe missão de maior empenho que o da QRF (sempre que existem problemas, eles ficam com grande probabilidade de avançar).
Título:
Enviado por: sturzas em Junho 29, 2008, 02:21:35 am
Viva a todos

Tal como o forista Tyr, escreveu e com base analitica no que escrevi anteriormente, tendo em conta a missão preconizada, penso que as forças portuguesas equipadas com meios materiais (viaturas, armas pessoais, etc), destinadas para a missão que lhes é exigida (QRF), acho que necessitamos de algo mais consistente que nos garanta (a quem está no TO, como é evidente), uma capacidade de sobrevivência mais satisfatória.

Por outras palavras, e de forma suscinta, não temos mais caixões a chegar, devido à formação técnico/práctica dos nossos homens, que a desempenham com todo o valor... questão de sobrevivência...

Mas se esses mesmos efectivos estivessem mais seguros do ponto de vista básico de protecção, talvez a sua utilização prática fosse diferente de uma força QRF...

Cumprimentos
Título:
Enviado por: jmg em Junho 29, 2008, 04:50:40 pm
Eu acho que o facto de atribuir ao nosso pessoal a missão de reserva, é um atestado de COMPETÊNCIA passado às nossas tropas.
Eu já expliquei a uns tempos atrás a importância da missão de reserva.
O nome pode levar a confusão mas como explicou o camarada TYR, a reserva é tipo 112 e cada vez que uma força não consegue resolver o assunto chama-se a QRF ao barulho.
A QRF não é uma missão de repouso na retaguarda.....
Título:
Enviado por: antoninho em Julho 14, 2008, 11:12:26 pm
http://www.aviationweek.com/aw/video/in ... 9235&rf=bm (http://www.aviationweek.com/aw/video/index.jsp?video_name=http://aviationweek.feedroom.com?fr_story=FRdamp279235&rf=bm)
Título:
Enviado por: AMRAAM em Julho 15, 2008, 10:16:35 am
Citação de: "antoninho"
http://www.aviationweek.com/aw/video/index.jsp?video_
name=http://aviationweek.feedroom.com?fr_story=FRdamp279235&rf=bm

¿Vehiculos 4x4?... :conf:
Título:
Enviado por: Creoula em Julho 15, 2008, 11:28:08 am
Citação de: "AMRAAM"
Citação de: "antoninho"
http://www.aviationweek.com/aw/video/index.jsp?video_
name=http://aviationweek.feedroom.com?fr_story=FRdamp279235&rf=bm
¿Vehiculos 4x4?... :conf:

Sim, abra a página e veja o video "Lockheed's JLTV Trio".
Título:
Enviado por: AMRAAM em Julho 15, 2008, 01:03:05 pm
Citação de: "Creoula"
Citação de: "AMRAAM"
Citação de: "antoninho"
http://www.aviationweek.com/aw/video/index.jsp?video_
name=http://aviationweek.feedroom.com?fr_story=FRdamp279235&rf=bm
¿Vehiculos 4x4?... :conf:
Sim, abra a página e veja o video "Lockheed's JLTV Trio".

Efectivamente ya me di cuenta de la existencia de ese video,pero cuando uno abre el link, el primer video que aparece es sobre los misiles Amraam,asi que al no hacer ninguna indicacion hacia el video de abajo,yo entendi que el video que queria mostrar era el primero que aparecia ,de ahi mi anterior mensaje,pero que vamos este asunto no tiene mucho mas ni pretendo dicutir ni nada por el estilo...  :wink:
SALUDOS!!
Título:
Enviado por: HSMW em Julho 30, 2008, 04:31:18 pm
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/chenowi.jpg)
Título:
Enviado por: raphael em Julho 30, 2008, 04:39:01 pm
Temos disso armazenado em S. Jacinto, mas como os páras actualmente não têm missão onde os empregar, estão digamos a ganhar pó nos hangares! :shock:
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 30, 2008, 05:20:35 pm
No meu tempo tb havia uns na BAI (tancos).
Título:
Enviado por: HSMW em Julho 30, 2008, 05:28:15 pm
Ainda existem para serem utilizadas pelos Prec's
Título:
Enviado por: raphael em Julho 31, 2008, 11:24:47 am
Citação de: "HSMW"
Ainda existem para serem utilizadas pelos Prec's


...e têm sido??? :twisted:
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 31, 2008, 12:39:02 pm
Boa pergunta... :?


PS: http://www.pq109.com/videos/fav.wmv (http://www.pq109.com/videos/fav.wmv)
Título:
Enviado por: HSMW em Agosto 01, 2008, 12:33:55 pm
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/JeepDeserto.jpg)
Não conhecia este projecto
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 01, 2008, 12:52:45 pm
Há neste momento enúmeros projectos de veiculos nos EUA, talvez 1/4 chegue à produção em massa.
Título:
Enviado por: HSMW em Agosto 07, 2008, 09:09:20 pm
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/HPIM2516.jpg)
uma pintura nova e...
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/HPIM2518.jpg)
Mas há mais diferenças
Título:
Enviado por: unpredictable em Agosto 21, 2008, 08:54:51 pm
Gosto das novas portas :lol:
Título:
Enviado por: ShadIntel em Setembro 03, 2008, 04:58:55 pm
Citação de: "HSMW"
Mas há mais diferenças

Por acaso, há mesmo: entre outras os pneus novos, e... a matrícula  :wink:
Título:
Enviado por: lazaro em Setembro 20, 2008, 02:44:01 am
http://br.youtube.com/watch?v=N-DBXGOkfTk (http://br.youtube.com/watch?v=N-DBXGOkfTk)
Título:
Enviado por: alphaiate em Setembro 20, 2008, 03:00:08 am
centro de massa muito muito alto!
Título:
Enviado por: triton em Setembro 20, 2008, 02:39:11 pm
não sei porquê mas adoro os humvee, apesar de dizerem mal dele :evil:
Título:
Enviado por: Aim em Setembro 20, 2008, 02:45:57 pm
Citação de: "HSMW"
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/HPIM2516.jpg)
uma pintura nova e...
(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/HPIM2518.jpg)
Mas há mais diferenças


Caro HSMW um off topic : pertence há unidade que está na sua imagem ?
Título:
Enviado por: triton em Setembro 20, 2008, 04:56:27 pm
esses humvee são blindados?
Título:
Enviado por: HSMW em Setembro 20, 2008, 05:17:33 pm
Sim. EPS na Póvoa de Varzim.
Título:
Enviado por: Aim em Setembro 20, 2008, 07:34:10 pm
Citação de: "HSMW"
Sim. EPS na Póvoa de Varzim.


Perguntei porque também pertenço a essa unidade  :wink:

Pertenço há secção de manutenção (oficinas) mais propriamente
Título:
Enviado por: André em Setembro 20, 2008, 07:40:31 pm
Citação de: "triton"
não sei porquê mas adoro os humvee, apesar de dizerem mal dele :wink:
Título:
Enviado por: HSMW em Setembro 20, 2008, 07:57:27 pm
Citação de: "Aim"
Citação de: "HSMW"
Sim. EPS na Póvoa de Varzim.

Perguntei porque também pertenço a essa unidade  :wink:

Pertenço há secção de manutenção (oficinas) mais propriamente

Eu estive aí no inicio deste mês para fazer a 2ª parte do CFS em SMat Mec, mas mandaram-me no dia seguinte para os Pupilos do Exercito e fico aqui até fim de Maio.

(http://i279.photobucket.com/albums/kk144/HSMW/Cavalaria/HPIM2520.jpg)
Título:
Enviado por: Aim em Setembro 20, 2008, 10:10:35 pm
Pena não saber senao quem sabe teria conhecido um forista deste forum  :lol:
Título:
Enviado por: triton em Setembro 20, 2008, 10:45:53 pm
mas estas viaturas não deviam estar numa garagem?
Título:
Enviado por: raphael em Setembro 20, 2008, 11:42:01 pm
para? não se sujarem? No Afeganistão não há garagens e ninguém também se preocupa muito com isso. Em Timor também não haviam. Desde quando é que precisam de estar em garagem?
Mas ok é uma pergunta honesta.
Título:
Enviado por: cromwell em Outubro 04, 2008, 01:07:14 pm
O que se passa com o concurso da aquisação destes veículos?
Não me digam que está parado.  :?
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Outubro 05, 2008, 02:29:44 pm
Citação de: "cromwell"
O que se passa com o concurso da aquisação destes veículos?
Não me digam que está parado.  :wink: Pelo menos, é assim que estava em Agosto e julgo que nada se passou desde então.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: nelson38899 em Outubro 15, 2008, 09:33:46 am
(http://www.emfa.pt/isaf/conteudos/galeria/imgmes/sv112020z.jpg)

depois de ver esta foto, gostava que me pudesse esclarecer a minha dúvida. Este veículo é nosso?????
Título:
Enviado por: AMRAAM em Outubro 15, 2008, 11:16:58 am
Yo diria que ese vehiculo es italiano,ya que si te fijas muy bien en el conductor del vehiculo parece que el uniforme que lleva se corresponde con el modelo desertico que actualmente equipa a las fuerzas armadas italianas. :wink:

SALUDOS!!
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Outubro 15, 2008, 02:45:53 pm
O avião é português, dai o interesse da foto...
Título:
Enviado por: ShadIntel em Outubro 15, 2008, 03:17:51 pm
Também diria que esse Lince é italiano, mas não estou admirado com a fotografia. O C-130 português destacado no Afeganistão costuma transportar meios de vários aliados.
Título:
Enviado por: lazaro em Outubro 15, 2008, 05:18:44 pm
Citação de: "ShadIntel"
Também diria que esse Lince é italiano, mas não estou admirado com a fotografia. O C-130 português destacado no Afeganistão costuma transportar meios de vários aliados.


Essa é a sua missão.
Título:
Enviado por: raphael em Outubro 15, 2008, 05:26:47 pm
Yup... transporte aéreo táctico dentro do teatro de operações. Para mais fotos vão à página da FAP e vejam as fotos do Destacamento.
Título:
Enviado por: jmg em Outubro 15, 2008, 05:30:43 pm
O C130 Português fica bem na foto, mas o lince tem mesmo muito bom aspecto.
Não me importava de o ver com uma matricula MX-$$-$$.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Novembro 01, 2008, 11:52:34 pm
Citar
Las empresas ganadoras son : BAE Systems, General Tactical Vehicles ( General Dynamics / AM General ) y Lockheed Martin.
Durante los 27 meses que dura esta fase, estas compañía deberán de desarrollar siete prototipos del vehículo en las tres categorías de capacidad de carga incluidas dentro del programa. Asimismo, deberán de desarrollar varios prototipos de remolques que cumplan las mismas expectativas de movilidad, transporte y capacidad de carga que los vehículos.
Las tres categorías de carga útil de los vehículos incluyen configuraciones que, entre otras cosas, les permite actuar como transportes de tropas, ambulancia, puesto de mando, reconocimiento, y portaarmas.
Las expectativas de producción del JLTV se aproximan a las 60000 unidades, a entregar en ocho años.
http://eltiradorsolitario.blogspot.com/ (http://eltiradorsolitario.blogspot.com/)


(http://lh3.ggpht.com/_erq5Z9l-0CA/SQqKHEyQrcI/AAAAAAAASrs/nJ5dyACcBAY/s400/99248_1.jpg)
Título:
Enviado por: sturzas em Novembro 02, 2008, 02:04:46 am
Viva a todos:

Respondendo a uma pergunta que existe num outro tópico, Portugal comprou recentemente 14 HMMWV (não sei a versão) para complementar os 20 M1025A2 HMMWV-PAK (destacadas na ISAF), dos quais houve 4 veículos que sofreram danos, quase irreparáveis. A acrescentar, há mais 4 viaturas HMMWV, na versão M1037A2 com "shelter" S-250, nos PAO da EPA e BMec.

Na minha opinião e, após a aquisição das VBR 8x8 Pandur, deve-se optar pela aquisição de viaturas blindadas tácticas ligeiras, que possam complementar as Pandur existentes. Desta forma, neste momento temos, para além das HMMWV, 37 VBL Panhard, nas seguintes versões:

3 VBL, para vigilância do Campo de Batalha;
10 VBL, para Reconhecimento, equipadas com torre PL127/40;
12 VBL, para luta Anti-Carro com mísseis MILAN II;
13 VBL, para reconhecimento, ligação e comando.

Assim, sendo, talvez optaria por veículos em que a logística e manutenção fosse idêntica: VBR Panhard. Equipar-se-ia, não só o Exército, mas também a Marinha e a Força Aérea, com veículos deste tipo. Para o Exército 45-50 viaturas seriam o essencial (actuando em conjunto com as VBL), nas seguintes versões:

VBR-RWS, com metralhadora de 7,62 mm em torreta remota;
VBR-ITAS, com lançador de mísseis TOW-ITAS (Brigada de Intervenção);
VBR-MILAN, com lançador de mísseis MILAN (BRR);
AV-XL, versão alongada para posto de comando;
VBR-REC, versão de reconhecimento com armas de 12,7 ou 40 mm;
VBR-TPX, versão alongada para transporte de pessoal ( 8 elementos).

Desta maneira, conseguiríamos manter o mesmo tipo de viaturas ligeiras blindadas, em duas Brigadas distintas.

Cumprimentos
Título:
Enviado por: tyr em Novembro 02, 2008, 12:42:14 pm
sturzas nessa lista estas te a esquecer de algumas viaturas especializadas (que ja estão pedidas, mas que nunca forma entregues) estou me a lembrar da viatura blindada de reconhecimento NBQR e da viatura EOD.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Novembro 02, 2008, 10:11:50 pm
Ou seja, já temos o grande vencedor do concurso dos 4x4 os avançados HUMMER. Sinceramente acho que Portugal fez uma má compra, porque não gastar mais um pouco e adquirir um veiculo como compraram os espanhóis os Iveco LMV.
Título:
Enviado por: jmg em Novembro 02, 2008, 10:21:58 pm
Sabendo que os EUA estão no mercado a procura de substituto para o Hummer não vão faltar modelos em 2ª mão para adquirirmos. :lol:
Andamos sempre atrasados....
Título:
Enviado por: nelson38899 em Novembro 02, 2008, 10:48:36 pm
Por muita piada que isto possa ter, acho que quem está à frente das compras do exercito deve ter momentos de inteligência (compra do Leo) mas ao mesmo tempo de grande estupidez, quer dizer fomos comprar equipamento inútil que não nos serve para utilizar em ambientes como o do Afeganistão, ou seja, sempre que necessitamos participar neste tipo de missões vamos a Israel blindar gastando mais uns milhares de euros, na minha opinião seria muito mais simples comprar Iveco LMV, sinceramente é gastar o nosso dinheiro ao desbarato. :evil:  :evil:  :evil:
Título:
Enviado por: Lightning em Novembro 02, 2008, 10:54:34 pm
Citação de: "nelson38899"
Por muita piada que isto possa ter, acho que quem está à frente das compras do exercito deve ter momentos de inteligência (compra do Leo) mas ao mesmo tempo de grande estupidez, quer dizer fomos comprar equipamento inútil que não nos serve para utilizar em ambientes como o do Afeganistão, ou seja, sempre que necessitamos participar neste tipo de missões vamos a Israel blindar gastando mais uns milhares de euros, na minha opinião seria muito mais simples comprar Iveco LMV, sinceramente é gastar o nosso dinheiro ao desbarato. :evil:  :evil:  :evil:


Não é preciso ser muito esperto para se perceber que a nivel operacional o Iveco LMV ou qualquer viatura do género que existe no mercado é melhor que os Hummer blindados mas a nivel de orçamento o mais provavel é que seja mais barato um  Hummer (talvez em 2ªmão) blindado do que um Iveco LMV.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Novembro 02, 2008, 11:03:10 pm
sabe quanto é que custou a conversão dos HUMMER:

Citar
Os Hummer, começaram a ser alterados em Setembro passado e as primeiras unidades chegaram ao Afeganistão ainda em Novembro. Cada conversão de um Hummer, para a versão M-PAV2 é estimada em € 500.000
http://www.areamilitar.net/Analise/anal ... ria=27&p=2 (http://www.areamilitar.net/Analise/analise.aspx?NrMateria=27&p=2)

sabe quanto custou aos espanhóis o RG-31:

Citar
El monto economico del contrato por la compra de 85 vehiculos de linea,10 en version ambulancia y 5 vehiculos de mando y control,asciende exactamente a 64.6 Millones de Euros
http://www.forumdefesa.com/forum/viewto ... &start=600 (http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?t=3326&postdays=0&postorder=asc&start=600)


agora compare os dois e veja se não seria mais vantajoso a Portugal, o RG-61
Título:
Enviado por: AMRAAM em Novembro 03, 2008, 12:46:12 am
Citação de: "nelson38899"
sabe quanto é que custou a conversão dos HUMMER:

Citar
Os Hummer, começaram a ser alterados em Setembro passado e as primeiras unidades chegaram ao Afeganistão ainda em Novembro. Cada conversão de um Hummer, para a versão M-PAV2 é estimada em € 500.000
http://www.areamilitar.net/Analise/anal ... ria=27&p=2 (http://www.areamilitar.net/Analise/analise.aspx?NrMateria=27&p=2)

sabe quanto custou aos espanhóis o RG-31:

Citar
El monto economico del contrato por la compra de 85 vehiculos de linea,10 en version ambulancia y 5 vehiculos de mando y control,asciende exactamente a 64.6 Millones de Euros
http://www.forumdefesa.com/forum/viewto ... &start=600 (http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?t=3326&postdays=0&postorder=asc&start=600)

agora compare os dois e veja se não seria mais vantajoso a Portugal, o RG-61

Nelson,y eso solo haciendo la comparacion con los vehiculos RG-31,los cuales haciendo unas simples cuentas nos dan un valor por unidad de 646.000 Euros;resultado no excesivamente mucho mas caro que los 500.000 Euros que apuntabas mas arriba. :shock:

SALUDOS!!
Título:
Enviado por: _Gabriel_®™ em Novembro 03, 2008, 01:03:37 am
(http://www.army-technology.com/contractor_images/iveco/2-LMV.jpg)

Citar
02 January 2008


As 2007 drew to a close, December saw the award of further contracts to IVECO defence vehicles for its successful Light Multirole Vehicle (LMV). These compliment the company's already burgeoning order book for these highly mobile, well protected vehicles.

After a demanding tendering process involving a number of international competitors, the Spanish Ministry of Defence ordered an initial batch of 40 units of LMV against an urgent operational requirement. The first ten units will be delivered by December '07. This programme is part of a much larger procurement which will see a total of more than 400 units enter service with the Spanish army in coming years.

Reflecting the modularity and flexibility of the base vehicle's design, the Spanish variant has mineworthy seating for five crew, with a focus on anti-tank mine protection. Unlike the standard variant, permanent ballistic protection is fitted in place of the removable modular system provided for the standard vehicle.

The Norwegian NDLD has also contracted 35 LMV for delivery in the first half of 2008. This is a follow on to 25 LMV which are already in-service with the Norwegian Army. The new vehicles will be equipped with an enhanced electrical system and a newly developed roof to mount the Protector Remote Controlled Weapon Station made by Kongsberg.

The Czech Military Police have procured four LMV with mine and ballistic protection for deployment in early 2008, of which two will be configured with the Protector RCWS. The Italian DGAT has also finalised the contract for 16 casualty evacuation units based on a new version of the LMV with a short cab and long wheelbase. These vehicles provide anti-tank and ballistic protection for the crew, with protection also provided for the rear compartment. Deliveries will be made by December 2008.

The Italian Carabinieri has recently placed an initial order of four LMV in the same configuration as the 1200 units currently under delivery for the Italian Army. The LMV also forms the base vehicle for the Panther Command and Liaison Vehicle procured by the UK Ministry of Defence through BAE Systems. A total of 401 units have been ordered to date, of which the first 100 units have already been delivered.

Deliveries of LMV are currently underway to the Belgium Ministry of Defence which has so far ordered a total of 440 units.

http://www.army-technology.com/contractors/vehicles/iveco/press5.html

Título:
Enviado por: nelson38899 em Novembro 03, 2008, 09:11:12 am
Citação de: "AMRAAM"
Citação de: "nelson38899"
sabe quanto é que custou a conversão dos HUMMER:

Citar
Os Hummer, começaram a ser alterados em Setembro passado e as primeiras unidades chegaram ao Afeganistão ainda em Novembro. Cada conversão de um Hummer, para a versão M-PAV2 é estimada em € 500.000
http://www.areamilitar.net/Analise/anal ... ria=27&p=2 (http://www.areamilitar.net/Analise/analise.aspx?NrMateria=27&p=2)

sabe quanto custou aos espanhóis o RG-31:

Citar
El monto economico del contrato por la compra de 85 vehiculos de linea,10 en version ambulancia y 5 vehiculos de mando y control,asciende exactamente a 64.6 Millones de Euros
http://www.forumdefesa.com/forum/viewto ... &start=600 (http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?t=3326&postdays=0&postorder=asc&start=600)

agora compare os dois e veja se não seria mais vantajoso a Portugal, o RG-61
Nelson,y eso solo haciendo la comparacion con los vehiculos RG-31,los cuales haciendo unas simples cuentas nos dan un valor por unidad de 646.000 Euros;resultado no excesivamente mucho mas caro que los 500.000 Euros que apuntabas mas arriba. :shock:

SALUDOS!!


Pois só que o valor de 500 000€, é apenas para adicionar mais blindagem e não está incluído o preço da compra do HUMMER. Eu apenas quis demonstrar a incompetência de que quem anda a efectuar as compras para o exercito.
Título:
Enviado por: Kawa em Novembro 03, 2008, 02:06:42 pm
Citação de: "nelson38899"
Pois só que o valor de 500 000€, é apenas para adicionar mais blindagem e não está incluído o preço da compra do HUMMER. Eu apenas quis demonstrar a incompetência de que quem anda a efectuar as compras para o exercito.


¿Quien dice que sea un incompetente Nelson? Eso lo podríamos decir si desgajasemos el total del precio y le quitasemos la comisión que seguro se ha llevado el "incompetente" :roll:
Título:
Enviado por: cromwell em Novembro 03, 2008, 02:32:15 pm
Citação de: "nelson38899"
Ou seja, já temos o grande vencedor do concurso dos 4x4 os avançados HUMMER. Sinceramente acho que Portugal fez uma má compra, porque não gastar mais um pouco e adquirir um veiculo como compraram os espanhóis os Iveco LMV.


Quem é que disse isso?
Há alguma fonte oficial que confirme o que acabou de dizer?
Título:
Enviado por: nelson38899 em Novembro 03, 2008, 02:34:55 pm
Fonte oficial não há, eu apenas estava a comentar a compra de mais alguns Hummer, visto que o concurso está neste momento parado, estava a ironizar pois na minha opinião a compra de mais Hummer e uma compra desnecessária
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Novembro 03, 2008, 02:36:34 pm
Se em Agosto uma fonte do Exército ligada ao programa me garantiu que o programa estava parado... por falta de fundos...  :?

Como diz o povo, é dar tempo ao tempo.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: HSMW em Novembro 03, 2008, 03:44:54 pm
Citar
Portugal tem "tempo mais que suficiente" para evitar défice de 3%
Nas Previsões Económicas hoje divulgadas, o executivo comunitário estima que o desequilíbrio das contas portuguesas será de 2,2% do PIB em 2008 (o mesmo valor do Governo), 2,8% em 2009 (2,2%) e 3,3% em 2010 num "cenário de políticas inalteradas".


Com politicas destas nem NPO, nem MLU, BD, C-295, A-400, 4x4, SHORAD nem U-214 nem nada... :evil:
Título: Urutu 3
Enviado por: joao do brasil em Novembro 10, 2008, 05:11:16 pm
O Brasil vai fabricar o Urutu 3. Aqui esta o link oa meu blog; deixe a sua opiniao.    http://defensesystemsbrasil.blogspot.com/ (http://defensesystemsbrasil.blogspot.com/)
Título:
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 21, 2009, 08:38:20 pm
(http://img293.imageshack.us/img293/2197/p1330648898ka8.jpg)
(http://img519.imageshack.us/img519/4206/vtmx1au2jg5.jpg)

parece me uma boa opção para substituir as iveco
Título:
Enviado por: Lancero em Fevereiro 21, 2009, 10:00:55 pm
Substituir quais IVECO?
Título:
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 21, 2009, 10:07:34 pm
Citação de: "Lancero"
Substituir quais IVECO?


http://farm4.static.flickr.com/3074/264 ... 52.jpg?v=0 (http://farm4.static.flickr.com/3074/2643360855_f9c0451a52.jpg?v=0)
Título:
Enviado por: HSMW em Fevereiro 21, 2009, 10:27:54 pm
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Lancero"
Substituir quais IVECO?

http://farm4.static.flickr.com/3074/264 ... 52.jpg?v=0 (http://farm4.static.flickr.com/3074/2643360855_f9c0451a52.jpg?v=0)


Acho que essas são dos poucos meios do Exército que ainda não precisa de substituição  c34x
(http://areamilitar.net/DIRECTORIO/IM_ter/Terrier4x4_001.jpg)
E talvez seja mais dentro desta gama de 4x4...
Título:
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 21, 2009, 10:35:47 pm
Citação de: "HSMW"
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Lancero"
Substituir quais IVECO?

http://farm4.static.flickr.com/3074/264 ... 52.jpg?v=0 (http://farm4.static.flickr.com/3074/2643360855_f9c0451a52.jpg?v=0)

Acho que essas são dos poucos meios do Exército que ainda não precisa de substituição  c34x

E talvez seja mais dentro desta gama de 4x4...


talvez não mas daria ás nossas forças um nível de protecção muito superior ao que temos agora
Título:
Enviado por: Instrutor em Fevereiro 21, 2009, 11:08:07 pm
Não me parece que seja a viatura mais adequada para substituir, de um lado estamos a falar de um veiculo tactico blindado, do outro um veículo nao blindado para serviços meramente normais.
Relativamente ao tópico, continuo a defender a comprar Panhards VBR ja que temos experiencia com estas viaturas penso que poderiamos adquirir meia centena para a BRR conjuntamente com as actuais 38 Panhards M11 e os cancaros dos Hummers.

http://www.defense-update.com/products/ ... anhard.htm (http://www.defense-update.com/products/v/vbr-panhard.htm)

ou entao:

http://www.armyrecognition.com/europe/F ... iption.htm (http://www.armyrecognition.com/europe/France/vehicules_a_roues/Panhard/VBR/VBR_Panhard_France_description.htm)
Título: veiculos para forças especiais
Enviado por: voador em Fevereiro 24, 2009, 10:12:20 pm
Uma viatura a ter em conta é a jackal da supacat.

No entanto a Iveco e a Dingo são bem boas mas a ultima é muito cara.
Título:
Enviado por: Moisés Magalhães em Fevereiro 24, 2009, 11:12:25 pm
Citar
Relativamente ao tópico, continuo a defender a comprar Panhards VBR ja que temos experiencia com estas viaturas penso que poderiamos adquirir meia centena para a BRR conjuntamente com as actuais 38 Panhards M11 e os cancaros dos Hummers.


Caro Instrutor, concordo planamente, sempre pensei que este tipo de viatura satisfaz os quesitos da nossa BRR, em termos de operacionalidade no teatro de operações, dependendo do tipo de armamento óviamente, e seria uma optima aquisição, até porque as existentes têm sofrido bastante desgaste no acompanhamento das nossas FND.

Cumprimentos,
Título:
Enviado por: tyr em Fevereiro 24, 2009, 11:25:18 pm
eu era defensor da Panhard M11, até conhecer os resultados dos testes de blindagem, fiquei muito surpreendido, pela negativa.
e actualmente precisamos de viaturas, que têm que proteger, contra uma ameaça muito especifica (munições 7,62x54 perfurantes, RPG7, IED e Minas Anticarro), e na conjuntura actual, a mobilidade é secundaria, o que permite viaturas mais altas, com maior campo de visão.
ou seja, actualmente defendo uma viatura tipo MRAP, seja ela qual for.
Título:
Enviado por: Instrutor em Fevereiro 24, 2009, 11:34:06 pm
Estamos aqui a debater um veículo 4x4 blindado, nao uma viatura que leve uma secção inteira ou altamente blindada e armada para isso temos os Pandur ou os Leo II, nao se riam.... os israelitas que digam dos seus Merkava para retirarem militares feridos em zonas quentes. Não vao la com Hummers blindados mas sim com Carros de Combate.
Título:
Enviado por: AC em Fevereiro 25, 2009, 12:14:55 am
Caro Instrutor,
em principio, o que se está a discutir aqui é um veiculo adequado para as missões de imposição e manutenção de paz, que priveligie a protecção e os custos.

Dada a sua protecção ligeira, o M11 falha o primeiro requisito.
Título:
Enviado por: Lightning em Fevereiro 25, 2009, 12:20:43 am
Citação de: "Instrutor"
ou os Leo II, nao se riam.... os israelitas que digam dos seus Merkava para retirarem militares feridos em zonas quentes. Não vao la com Hummers blindados mas sim com Carros de Combate.


E os Leo 2 são iguais aos Merkava? Onde é que quer enfiar uma secção de atiradores dentro de um Leo 2? É que o Merkava foi construido para isso e tem local próprio para transportar uma secção de infantaria, o Leo 2 não.
Título: Novos Humvee
Enviado por: Scoutnoble em Fevereiro 26, 2009, 10:19:40 am
Estava a ver se alguém se pronunciava sobre a aquisição dos novos Humvee para o Exército e Força Aérea, mas pelos vistos é uma coisa tão secreta que por aqui no forum ninguém sabe.
Título: Re: Novos Humvee
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 26, 2009, 10:30:01 am
Citação de: "Scoutnoble"
Estava a ver se alguém se pronunciava sobre a aquisição dos novos Humvee para o Exército e Força Aérea, mas pelos vistos é uma coisa tão secreta que por aqui no forum ninguém sabe.


isso já foi falado ás uns tempos, não tenho a certeza é se foi ou não neste tópico
Título:
Enviado por: alphaiate em Fevereiro 26, 2009, 10:54:55 am
hummers? enfim.. ainda não consegui esquecer as historias que ouvi acerca da passagem destes por Timor... nem dos Uros no Afganistão... sinceramente acho que as nossas forças armadas precisavam de uma viatura com consumos menos exorbitantes, afinal nos dias de hoje (como ha tanto tempo) os custos com gazoleo são um problema!
Título: Re: Novos Humvee
Enviado por: Scoutnoble em Fevereiro 26, 2009, 11:46:38 am
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Scoutnoble"
Estava a ver se alguém se pronunciava sobre a aquisição dos novos Humvee para o Exército e Força Aérea, mas pelos vistos é uma coisa tão secreta que por aqui no forum ninguém sabe.

isso já foi falado ás uns tempos, não tenho a certeza é se foi ou não neste tópico


Foi falado mas ninguém tinha certeza de nada nem havia detalhes, pelos vistos continua tudo na mesma, sabe-se que foram comprados mas ninguém sabe de nada, é mais um daqueles ajustes directos à portuguesa.
Título: Re: Novos Humvee
Enviado por: Lightning em Fevereiro 26, 2009, 12:18:03 pm
Citação de: "Scoutnoble"
Foi falado mas ninguém tinha certeza de nada nem havia detalhes, pelos vistos continua tudo na mesma, sabe-se que foram comprados mas ninguém sabe de nada, é mais um daqueles ajustes directos à portuguesa.


O CEMFA no artigo da Takeoff do fim do ano passado falou nisso, que era uma compra em conjunto com os outros ramos das Forças Armadas (com o Exército é de certeza, talvez também a Marinha???), de um blindado 4x4 e que 4 veiculos seriam para a Força Aérea equipar o TACP.

PS: (assim não precisam de voltar a pedir emprestado os Panhard ao Exército :lol: )
Título:
Enviado por: raphael em Fevereiro 26, 2009, 01:47:11 pm
nem estafar as APC Condor.. :D
Título:
Enviado por: nelson38899 em Março 27, 2009, 11:34:50 am
Citar
A new variant of the Bushmaster Protected Mobility Vehicle is currently being delivered from ThalesÂ’s Bendigo facility, destined for Dutch forces operating in the Oruzgan province, Afghanistan.

The nine vehicles are equipped with an interrogation arm designed to help crews uncover, investigate and examine suspect items such as Improvised Explosive Devices (IEDs) from within the Bushmaster. Each arm is fitted with a camera and metal detector to assist in this activity.

The result of a request from the Netherlands Ministry of Defence, the new variant demonstrates Thales's extensive systems integration expertise in Bendigo, as well as the flexibility of the Bushmaster as a platform for new capabilities.

When delivered, the company will have supplied 58 Bushmasters to the Netherlands.

Chris Jenkins, Thales Australia's Managing Director, said the increasing threats posed by IEDs were a driving factor in technological innovation.

"The Bushmaster's flexibility allows us to incorporate new capabilities and systems, which offer troops increased levels of protection as they carry out their duties.

"We are very pleased to deliver this solution to the Dutch military, and welcome their close collaboration in designing, testing and manufacturing the new Bushmaster capability.

"Thales is the only company with the capacity to design and manufacture world leading protected mobility vehicles.

"We are very proud of the contribution to defence force safety by this unrivalled local expertise gained over many years of hard work, with many highly skilled employees creating what is a unique centre of excellence in regional Victoria in Australia."
http://www.thalesgroup.com/docfile/dyn/ ... 164A68636D (http://www.thalesgroup.com/docfile/dyn/12345678LANGCCCCDDDDEEEEEEEEEE01:133f1a757f144a304409677775570309:1760637E3D3756221E4918164A68636D)




(http://lh4.ggpht.com/_erq5Z9l-0CA/ScmocSUx1CI/AAAAAAAAY74/mK0JJvBgixw/4dc8193dd6c3f0509acec062e9a8eaf9d464e0f5_big.jpg)

uma ideia muito interessante para os engenhos que se encontram à beira da estrada
Título: VTLB.
Enviado por: tsahal em Março 27, 2009, 12:29:59 pm
scoutnoble, como podes dizer que ja foram adquiridos atraves de mais um ajuste à Portuguesa se o RFP ainda não foi lançado????? Expliqua-me!
Título:
Enviado por: Lancero em Março 27, 2009, 12:45:33 pm
Pelo menos para os TACP da FAP foram adquiridos novos HUMVEE, como já se soube na área da Força Aérea.
Para o Exército não sei, mas é bem possível que tenha recebido uma pequena quantidade. Isso não impede o concurso dos 4x4.
Título: VTLB.
Enviado por: tsahal em Março 27, 2009, 12:52:53 pm
aquisições por ajuste directo e em quantidade limitada para situações urgentes.
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Março 27, 2009, 06:19:05 pm
Caros camaradas.

Os senhores sabem o que diferencia os grandes exércitos dos ditos exércitos pequenos?

A disparidade de marcas e modelos de meios terrestres (aéreos, Navais) existentes nos citados exércitos pequenos!

Mais evidencias para quê!

Um Abraço.

PS

Só a título de exemplo:

Marcas/modelos Jeep 4x4 existentes no exrcito portugues; UMM, Toyota, Land Rover, Nissan Patrol. Hummer e M-151 Mutt.
Talvez me escape algum... :roll:
Título: 4x4.
Enviado por: tsahal em Março 27, 2009, 07:49:53 pm
É bem verdade quando dizes que nas FAPs ha demasiadas marcas e modelos no entanto este facto não tem absolutamente nada a ver com o facto de ser um pequeno ou grande exército. Outra coisa, retira o M151A2 da tua lista!
Título:
Enviado por: pchunter em Março 27, 2009, 07:55:50 pm
Eu acho que estamos a perder uma opurtunidade de dinamizar a nossa industria militar, pois poderia-mos perfeitamente criar um veiculo 4X4 que satisfizesse  os nossos requisitos e quem sabe exportar. Um 4X4 não é propriamente um caça de 5ª geração.
Título: 4x4.
Enviado por: tsahal em Março 27, 2009, 08:22:16 pm
A ideia é boa mas por em pratica uma coisa dessas torna-se complicado. Levaria anos a desenvolver, se calhar as encomendas n compensariam, exportar seria ainda mais complicado visto que existem diversos fornecedores pelo mundo fora capazes de entregar ASAP, ect.

Lembro que o Land Cruiser HZJ 73 das FAPs é de certa forma um 4x4 Português. Dizem que 73% do 4x4 foi feito em Portugal pela Salvador Caetano e outros fornecedores nacionais.
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Março 27, 2009, 08:48:33 pm
Citação de: "pchunter"
Eu acho que estamos a perder uma opurtunidade de dinamizar a nossa industria militar, pois poderia-mos perfeitamente criar um veiculo 4X4 que satisfizesse  os nossos requisitos e quem sabe exportar. Um 4X4 não é propriamente um caça de 5ª geração.


Já o fizeram anteriormente, só que o problema é sempre o mesmo, politico!

Vou refazer a minha afirmação anterior em forma de interrogação.

Qual é o jeep 4x4 que as forças americanas têm em uso na actualidade?

E os nossos velhos aliados?

É neste contexto que fiz a afirmação anterior.

Dado que como sempre escasseiam as verbas, as compras de material são efectuadas aos "bochechos", sem nunca se arrancar com um projecto de raiz.

E quando se arranca, mata-se passado pouco tempo, pois as compras em solo pátrio, não se traduzem em dividendos para intermediários...

Um Abraço.
Título: Re: 4x4.
Enviado por: pchunter em Março 27, 2009, 09:13:26 pm
Citação de: "tsahal"
A ideia é boa mas por em pratica uma coisa dessas torna-se complicado. Levaria anos a desenvolver, se calhar as encomendas n compensariam, exportar seria ainda mais complicado visto que existem diversos fornecedores pelo mundo fora capazes de entregar ASAP, ect.

Lembro que o Land Cruiser HZJ 73 das FAPs é de certa forma um 4x4 Português. Dizem que 73% do 4x4 foi feito em Portugal pela Salvador Caetano e outros fornecedores nacionais.


Temos o Centro de Excelência Para a Industria Automóvel com gente capaz de desenhar o veiculo e se produzimos 73% do Land Cruiser porque não fazer uma parceria com a Salvador Caetano?
Não tinha de ser propriamente um DINGO!

(http://98.129.21.232/StaticFiles/internationalTrucks/Images/Truck%20Detail/Military/Gallery/JLTV/JLTV_Image_9_lg.jpg)
Título: 4x4.
Enviado por: tsahal em Março 27, 2009, 09:40:55 pm
Repara que blindados como o DINGO, ARAVIS, KAYA e outros usam chassis do unimog e até assim levam anos a estarem prontos para produção caso haja um cliente! ninguem vai investir money e produzir pela primeira vez para satisfazer uma encomenda incerta de 100 ou 200 4x4 ainda menos a pensar na exportação visto que ja existem gigantes la fora! O centro até pode desenhar um bom 4x4 (o q duvido) mas depois produzir é outra historia! Contacta a quimonda, assim aproveitam a fabrica para fazer o teu 4x4!
Título: Re: VTLB.
Enviado por: Lancero em Março 27, 2009, 10:21:05 pm
Citação de: "tsahal"
aquisições por ajuste directo e em quantidade limitada para situações urgentes.


Já vi que percebeu a que é que o scoutnoble e eu nos referíamos.
Título: Re: 4x4.
Enviado por: pchunter em Março 28, 2009, 10:48:13 am
Citação de: "tsahal"
Repara que blindados como o DINGO, ARAVIS, KAYA e outros usam chassis do unimog e até assim levam anos a estarem prontos para produção caso haja um cliente! ninguem vai investir money e produzir pela primeira vez para satisfazer uma encomenda incerta de 100 ou 200 4x4 ainda menos a pensar na exportação visto que ja existem gigantes la fora! O centro até pode desenhar um bom 4x4 (o q duvido) mas depois produzir é outra historia! Contacta a quimonda, assim aproveitam a fabrica para fazer o teu 4x4!


Caro tsahal é claro que existem gigantes lá fora que produzem 4X4, mas também existem gigantes da aviação da construção naval das telecomunicações, etc. Se não somos capazes de fazer um 4X4 então mais vale desistir das industrias de defesa e comprar tudo, quando houver dinheiro.
Título: 4x4.
Enviado por: tsahal em Março 28, 2009, 12:01:05 pm
n vejo qualquer motivo de termos que desistir da industria de defesa pelo facto de n sermos capazes de desenvolver um 4x4!

Temos apenas que entrar em areas que possam futuramente trazer dividendos n em areas ja saturadas com tanta oferta de diversidade e qualidade como os 4x4 ligeiros e n blindados caso de empresas como a AM General, Daimler AG, Land Rover, Toyota, Santana Motors, Iveco, Renault, ect.

O caso do Land Cruiser feito em Portugal foi um bom exemplo, deviam era ter aproveitado para renovar completamente a frota e retirar todos os UMM Cournil e Alter, Land Rover e Daimler para alem de desenvolver mais versões nomeadamente a MEDEVAC, uma blindada, ect. Se reparar até os 4x4 pesados como os MAN e Daimler Atego recebidos ha poucos anos tem mão de obra nacional. Todos os minibus das FAPs tem carocarias feitas em Portugal, ect.

O problema é que a malta do forum n sabe nem procura saber estas coisas e depois dispara que n temos nada e n fazemos nada e somos um pais de tristes com corruptos e inuteis em todos os cantos.
Título: Re: 4x4.
Enviado por: PedroM em Março 28, 2009, 06:44:14 pm
Citação de: "tsahal"
O problema é que a malta do forum n sabe nem procura saber estas coisas e depois dispara que n temos nada e n fazemos nada e somos um pais de tristes com corruptos e inuteis em todos os cantos.


Exacto tsahal, é exactamente assim.
É lamentável verificar que sempre que há uma notícia negativa ou simplesmemnte percebida como tal, chovem quase instantaneamente os comentários irreflectidos, destrutivos e catastrofistas. Essa atitude é uma tristeza e é ela só por si fonte de muitos problemas e de zero soluções.

A ideia de que somos ou são todos corruptos, incompetentes ou inúteis, é a melhor maneira de proteger os verdadeiros corruptos, incompetententes e inúteis onde quer que eles se encontrem.

Desculpem o off topic.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Maio 26, 2009, 12:00:55 pm
enquanto em Portugal nada se decide sobre os novos 4x4 outros países vão se chegando à frente.

Citar
Under a EUR 25 Million contract awarded by the Italian tactical and armoured vehicles manufacturer Iveco DVD SpA (a subsidiary of the Fiat Group) to Elbit Systems Ltd, the Israeli company will deliver and integrate its ERCWS-M (Electrically Remote Controlled Weapon Station-Medium) weapon station fitted with a 12.7mm heavy machine gun on the Austrian Army M65E19 WMD LMV (Light Multirole Vehicle) 4×4 light armoured vehicle. The weapon stations to be delivered over the next four years feature a day and night detection system and a detection  mast called MTDS (Multi Threat Detection System).

 Before the end of 2008, Austria has placed an order for 150 LMVs in 7 different configurations and related logistics support. All the fleet is fitted with the Elbit Systems Ltd made weapon station.

The vehicle feature on and off road high mobility, crew comfort and safety, vehicle versatility, high protection against mines and ballistic weapons and he is suitable for numerous weapon system integrations.

The Iveco DVD SpA M65E19 WMD LMV is fielded in Italy (1260), Spain (120), Belgium (440), United Kingdom (401), Croatia (10), Czech Republic (19) and Norway (60).


http://worldef.wordpress.com/ (http://worldef.wordpress.com/)
Título: esta decidido
Enviado por: voador em Maio 28, 2009, 11:48:23 pm
A viatura deste tipo no exercito vai ser a sherpa 2 e 3 da renault

O CTC vai receber 101 e os BParas em principio 45 cada um

O CTOE ainda não se decidiu pq a viatura é muito grande
Título:
Enviado por: raphael em Maio 29, 2009, 02:02:28 am
Esperemos que sim! :twisted:
Título:
Enviado por: brunoreis em Maio 29, 2009, 03:32:40 am
Em comparação acham-no melhor que o humvee dos americanos?

http://www.youtube.com/watch?v=2-8dRlpLG1U (http://www.youtube.com/watch?v=2-8dRlpLG1U) Aqui tem um video do RENAULT SHERPA 3A
Título:
Enviado por: Instrutor em Maio 29, 2009, 10:28:27 am
Uma verdadeira trampa uma merda igual aos Hummers, se realmente for este o vencedor preferia ir de bicicleta para a guerra, eu gostava era disto e ja temos experiencia com eles:

O novo Panhard VBL
http://www.armyrecognition.com/europe/F ... iption.htm (http://www.armyrecognition.com/europe/France/vehicules_a_roues/Panhard/VBR/VBR_Panhard_France_description.htm)

http://www.youtube.com/watch?v=FHKXQnY1 ... re=related (http://www.youtube.com/watch?v=FHKXQnY1ggg&feature=related)
Título: Re: esta decidido
Enviado por: Lightning em Maio 29, 2009, 10:32:06 am
Citação de: "voador"
O CTC vai receber 101 e os BParas em principio 45 cada um


Qual a razão para esses numeros?
Porque tantos para os Comandos em comparação com os Pára-quedistas?
Título:
Enviado por: Instrutor em Maio 29, 2009, 10:42:14 am
http://www.renault-trucks-defense.com/s ... ml?lang=en (http://www.renault-trucks-defense.com/sherpa_2_2000813_0.html?lang=en)

É esta porcaria que vem para Portugal???? Mas ja esta confirmado ou é mais alguma suspeita.... se reamente for esta coisa mais valia ficar com a mer.... dos Hummers :evil:
Título:
Enviado por: brunoreis em Maio 29, 2009, 02:03:42 pm
Exacto, apesar de ser francês o exercito francês não o adoptou pelo que vi e utilizam os Panhard
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Maio 29, 2009, 07:15:19 pm
Palpita-me que seja outro concurso como o que foi aberto para o "Salvador Caetano" ganhar com o Land Crouser (ou era a Hillux que se desmontou toda quando foi largada de para quedas? :wink:  

Agora certamente será um a escolher do vasto roll da marca construtora!

Um Abraço.
Título:
Enviado por: rui duarte em Maio 29, 2009, 09:15:00 pm
ainda esta quarta feira rolavam uns 3 ou 4 sherpa pela avenida da BrigMec.
um deles tinha um kit de blindagem muito semelhante (igual?) ao da marca israelita que equipa os nossos hummers.
infelizmente nao sei nada de nada sobre o que la estavam a fazer, mas que vinham bem sujos vinham  :P
Título:
Enviado por: bokaido em Maio 31, 2009, 03:42:24 am
Citação de: "Instrutor"
O novo Panhard VBL
http://www.armyrecognition.com/europe/F ... iption.htm (http://www.armyrecognition.com/europe/France/vehicules_a_roues/Panhard/VBR/VBR_Panhard_France_description.htm)

http://www.youtube.com/watch?v=FHKXQnY1 ... re=related (http://www.youtube.com/watch?v=FHKXQnY1ggg&feature=related)


Já tinha reparado neste veículo, parece bem porreiro, não tem nada a haver com os sherpas. Mas se querem um camião de transporte (sherpa3?) já não dá.
Não sei se o pessoal está satisfeito com os panhards actuais mas, se for esse o caso, mais valia continuar na mesma linha. Penso eu..
Título: Mais um PROTÓTIPO
Enviado por: Scoutnoble em Maio 31, 2009, 08:46:03 am
Aqui venho com a velha história como nas 8x8, querem impingir mais um protótipo que ninguém usa nem tem provas dadas. Acho que sim avancem para este modelo depois teremos boas novas nos jornais. Onde é que já vi esta novela?.... Claro, estou a falar do Sherpa.

Um abraço e boas aquisições
Título:
Enviado por: HSMW em Maio 31, 2009, 02:12:36 pm
E parece que também andou pelo Alfeite a fazer testes.
Título:
Enviado por: Instrutor em Maio 31, 2009, 09:31:42 pm
Palavra de Honra que nao sei que raio de viatura foram eles arranjar... entao se nao andavam satisfeitos com os cancaros dos Hummers devido a eusencia de uma blindagem eficaz contra minas e engenhos explosivos improvisados nas bermas das estradas vão adquirir veiculos semelhantes????? :evil:  :evil:  Mas que porra é esta????????
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 01, 2009, 12:14:47 am
Citação de: "Instrutor"
Palavra de Honra que nao sei que raio de viatura foram eles arranjar... entao se nao andavam satisfeitos com os cancaros dos Hummers devido a eusencia de uma blindagem eficaz contra minas e engenhos explosivos improvisados nas bermas das estradas vão adquirir veiculos semelhantes????? :evil:  :evil:  Mas que porra é esta????????


Eu nunca andei de Hummers e pessoalmente não sei se são bons ou maus, só sei que vi num blog de um militar português um hummer que tinha sido alvo de uma emboscada e comportou-se à altura. Não compreendo o que este veiculo tem de superior ao Hummer, já que o desenho é básicamente igual, com tudo de bom e mau que isso implica.

Pessoalmente acho que há no mercado veiculos mais interessantes.

Também é verdade que não há mal nenhum em experimentarem este veiculo. Isso não significa que as Forças Armadas vão adquirir este veiculo.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Junho 01, 2009, 09:54:17 am
(http://www.renaultoloog.nl/oorlog_sherpa_3.jpg)
sherpa 3

(http://www.armyrecognition.com/europe/France/Eurosatory/Eurosatory_2006/pictures/pictures_2006/Renault_Sherpa_2_ArmyRecognition_Eurosatory_2006_02.JPG)
sherpa 2
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 01, 2009, 11:34:57 am
Quer dizer fala-se tanto que deveriamos manter um linhagem de viaturas até mesmo por causa da manutenção e quadros tecnicos diferentes e depois vamos ter inumeros blindados ligeiros no exercito..
- Panhards
- Hummers
- Sherpa

Era mais logico adquirir-se mais panhards e o mais recente modelo, é muito mais eficaz para alem de ser anfibio, a sua blindagem é muito supeiror, ja temos experiencia com  ele nível de missoes e especializações de manutenção, temos outros exercitos que o adoptaram como o caso frances e agora vamos adquirir outro protótico sem provas dadas e mais nenhum exercito o adquiriu nem mesmo o frances....
Título:
Enviado por: xenical_ em Junho 01, 2009, 12:01:27 pm
Bom dia

Se calhar poderá ser alguma contrapartida do governo aos franceses, para manter a fabrica renault, salvo erro em Mangualde.

Poderia este veiculo ser cá montado e eventualmente a sua manutenção assegurada por técnicos em Mangualde?


Cumprimentos

Paulo Mariano
Título:
Enviado por: antoninho em Junho 01, 2009, 01:50:19 pm
Em Mangualde é Peugeot-Citroen, salvo erro a Renault já não tem cá fábrica nenhuma.........
Tem a possibilidade de este ser em parte feito cá???
Segundo me lembro a Fabrequipa estava interessada nisso.
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 01, 2009, 02:18:07 pm
Citação de: "xenical_"
Bom dia

Se calhar poderá ser alguma contrapartida do governo aos franceses, para manter a fabrica renault, salvo erro em Mangualde.

Poderia este veiculo ser cá montado e eventualmente a sua manutenção assegurada por técnicos em Mangualde?


Cumprimentos

Paulo Mariano


Com o devido respeito caro forista, mas essas contrapartidas tem o seu senao, em primeiro lugar a renaut nao tem fabrica em Portugal, e depois pagar com a vida dos nossos militares em teatros de operaçoes "quentes" como o Afeganistao onde o perigo é eminanente com cascas de ovos, é pura e sisplesmente criminoso, com isto quero dizer o seguinte: não pelas contrapartidas seram mais ou menos vantajosas que o governo deve esmorecer e aceitar a mais alta contrapartida mesmo que a viatura em questão não ofereça segurança aos seus tripulantes, o tempo em que as guerras se resolviam com a chamada "carne para canhao" ja la vai, actualmente e em pleno seculo XXI é prioridade dos governos oferecerem a máxima protecção possivel aos seus militares, nao sei se esta oficialmente escolhida esta viatura, mas pessoalmente nem a colocaria sequer em posiçao de concurso, temos uma viatura extamente igual aquela que matou o 1º Sarg. Roma :Soldado2:, por isso defendo outra viatura que esteja no mercado muito mais capaz versatil e mais blindada, dentro destes parametros eu escolhia a nova Panhard.



P.S. Pensem no seguinte:
Segundo li, nuns post mais atras, um forista dizia que esta viatura ja tinha sido testada nos Paraquedistas e Comandos, contudo o CTOE ainda na se tinha pernunciado sobre ela devido ao seu tamanho exagerado. E se os Oe's nao a aceitam, vai-se abrir novo copncurso??? E o porque daqueles numeros avançados 101 para os Comandos; 45 para cada BIPara ainda nao se sabendo o numero para os OE´s.
E se esta questão fosse resolvida desta forma, temos actualmente 38 Panhards M11 em perfeito estado de operacionalidade, sendo uma versao mais pequena das novas Panhards estas 38 viaturas seriam entregues ao CTOE, ficando dos Comandos e Paraquedistas com as novas Panhards, manutenção igual, quadros tecnicos iguais e instruçao igual. Pensem nisto
Título:
Enviado por: nelson38899 em Junho 01, 2009, 03:18:18 pm
Citar
Paris, 3 May 2009 — Renault Trucks Defense has just signed a contract with Thales for the delivery of a batch of 33 Sherpa 3 4WD vehicles which will be equipped with dedicated Syracuse III tactical communications shelters. The first 16 vehices will be delivered this year and the remaining in 2010. Already selected by NATO, the Sherpa-3/Syracuse III will be deployed by both the French Land Forces and the French Air Force.
´http://www.esdpa-org.eu/news/may09/news_0905004.html
Título:
Enviado por: Ramos em Junho 01, 2009, 04:58:27 pm
Boa tarde.
Ainda existe uma fábrica da Renault em Portugal, em Cacia, Aveiro. Fabrica caixas de velocidade para vários modelos da marca Gaulesa e também para a Nissan. É a última unidade daquele fabricante em Portugal, de um conjunto de 4 que existiam no nosso País.
Apesar de não produzir veículos e sim componentes, é uma unidade fabril muito importante. Para além do peso específico que essa fábrica tem no sector automóvel nacional, convém não esquecer que a Renault é a marca que mais vende em Portugal, o que é um pormenor importante a levar em conta nestas coisas. E também que o Governo português celebrou há alguns meses um importante acordo com a Renault para preparar a introdução de veículos electrícos no nosso País em 2011/2012. Isto explica o peso que a referida marca tem em Portugal.
Quanto ao veículo em questão, não sei se é melhor ou pior que os Humvee que por cá existem, mas há primeira vista parece-me bastante mais próximo dos recentes Iveco italianos. Alguém sabe qual é o nível de protecção que oferece? E qual o preço por unidade?
Título:
Enviado por: Miguel em Junho 01, 2009, 05:38:39 pm
o SHERPA 2 nao é blindado o SHERPA3 é que tem protecçao bindada ligeira.

Se isto for verdade vai ser uma das piores aquisições por parte do Exército.

E o SHERPA é rejeitado pelos quadros das unidades( francesas) onde estiveram em testes.

Para os quadros do E. Frances a linha de conduta é o VAB para um escalao de 5 a 10 elementos e o VBL para 3 elementos.

Alem disso varios Jeeps P4 foram equipados com uma blindagem PVP.
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 01, 2009, 10:58:40 pm
http://www.renault.pt/gama/veiculos-de- ... vo-laguna/ (http://www.renault.pt/gama/veiculos-de-passageiros/novo-laguna/)


Vamos ver se nos proximos tempos não temos ninguem ligado ao processo de aquisição montado nesta viatura..... :evil:  :evil:


MISÉRIA MISÉRIA MISÉRIA
Título:
Enviado por: Crypter em Junho 01, 2009, 11:18:04 pm
Citação de: "Instrutor"
http://www.renault.pt/gama/veiculos-de-passageiros/novo-laguna/


Vamos ver se nos proximos tempos não temos ninguem ligado ao processo de aquisição montado nesta viatura..... :evil:  :evil:


MISÉRIA MISÉRIA MISÉRIA


hmm.. Mas já saiu confirmação oficial da compra destes veiculos?
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 01, 2009, 11:43:42 pm
Citação de: "Crypter"
Citação de: "Instrutor"
http://www.renault.pt/gama/veiculos-de-passageiros/novo-laguna/


Vamos ver se nos proximos tempos não temos ninguem ligado ao processo de aquisição montado nesta viatura..... :evil:  :evil:


MISÉRIA MISÉRIA MISÉRIA

hmm.. Mas já saiu confirmação oficial da compra destes veiculos?


Caro crypter não sei sinceramente, contudo penso que ja é uma afronta a todos os militares que zelam pela sua segurança quando vao para missoes para o estrangeiro, quando seccionam esta viatura para concurso, pelo menos pelo que aqui dizem ja foi vista em testes nos Paraquedistas e na Brigada Mecanizada.
Título: Re: esta decidido
Enviado por: voador em Junho 02, 2009, 01:32:46 am
Citação de: "Lightning"
Citação de: "voador"
O CTC vai receber 101 e os BParas em principio 45 cada um

Qual a razão para esses numeros?
Porque tantos para os Comandos em comparação com os Pára-quedistas?


A razao é simples
Os comandos teem mobilidade organica a 100% e os para somente no apoio de combate.
Além de que actualmente a prioridade sao os comandos e nao os paras
Título:
Enviado por: Crypter em Junho 02, 2009, 01:41:51 am
Citação de: "Instrutor"
Caro crypter não sei sinceramente, contudo penso que ja é uma afronta a todos os militares que zelam pela sua segurança quando vao para missoes para o estrangeiro, quando seccionam esta viatura para concurso, pelo menos pelo que aqui dizem ja foi vista em testes nos Paraquedistas e na Brigada Mecanizada.


Compreendo... Mas o facto de estarem a testar o veiculo, não quer dizer que o Estado vá investir nele. Basta ver o exemplo do concurso da G3! Testou-se a G36 e a Galil, e provavelmente mais algumas.., e não se comprou nenhuma :lol:  !! Sabe que as vezes são os proprios fabricantes que enviam algum material para ser testado, sempre com aquela intuição de experimenta,gosta, compra..
vamos esperar para ver o que é feito em relação ao 4*4, e quando for anunciado o resultado (nem sabia que havia concurso..), então podemos comentar positivamente ou não.
Abraço
Título:
Enviado por: paraquedista em Junho 02, 2009, 07:35:50 am
Caro Voador,

Mas esta confirmado esta aquisicao ?

E outra coisa, isto tratasse de um concurso, como pelo menos 7 ou 8 concorrentes, por isso nao entendo como so ainda foram vistas estas viaturas em testes...sera que passou a adjudicacao directa ?
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Junho 02, 2009, 08:56:51 am
Se forem comprados estes "trambolhos" por ajuste directo será que veremos a Dra. Ana Gomes a "ladrar" contra a sua compra? Ou isso só se aplica a material norte-americano? Ou a decisões tomadas pelo Paulo Portas?
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 02, 2009, 10:37:59 am
Citação de: "PereiraMarques"
Se forem comprados estes "trambolhos" por ajuste directo será que veremos a Dra. Ana Gomes a "ladrar" contra a sua compra? Ou isso só se aplica a material norte-americano? Ou a decisões tomadas pelo Paulo Portas?
:lol:  :lol:  Deve andar bem montada la em Bruxelas ás nossas custas nalgum Laguna, e o Zé militar que pague com a sua vida.... que vao eles nesses monos para os teatros de operaçoes.

Mesmo que nao se comprem continuo a afirmar que é uma afronta a toda a familia militar. Aquilo era recebe-los e no mesmo dia estaciona-los no campo de tiro de Santa Margarida para os Leo II testarem a sua "blindagem".
Título:
Enviado por: voador em Junho 02, 2009, 11:11:20 am
Citação de: "paraquedista"
Caro Voador,

Mas esta confirmado esta aquisicao ?

E outra coisa, isto tratasse de um concurso, como pelo menos 7 ou 8 concorrentes, por isso nao entendo como so ainda foram vistas estas viaturas em testes...sera que passou a adjudicacao directa ?


As viaturas 4x4 para as forças especiais (leia-se CTOE, CTC e Paras) sao ha muito tempo um anseio destas unidades e dentro dos quesitos solicitados a protecção não aparece como 1ª prioridade, mas antes o poder de fogo e a mobilidade.

Por outro lado aconselho os demais a verificarem que a viatura em questão foi neste momento adoptada pela legião estrangeira, a espanha encomendou 300 unidades e marrocos 550.

De referir que existem varias versões da dita cuja e a sua directa adversaria é a nova SUPACAT (UK).

O focus está na versão Sherpa 3 A "forces speciales" embora existam neceessidades de versões PC, Porta Morteiro e Ambulancia.

E um grande factor de desempate é mm o preço :lol:
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 02, 2009, 11:38:14 am
Qual é o preço por unidade, de relembrar que os Hummer andam a volta dos 90 mil euros mais o kitt de protecção de blindagem 400 mil euros fazendo as contas cerca de 500 mil euros a unidade, e estas?
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Junho 02, 2009, 01:14:04 pm
E tudo isto para quê?

Para empregar em países que a nós nadas nos dizem respeito, e vão sorvendo milhões de euros dos cofres de um país que cada vez mais é de serviços para serviços!

Ganhem vergonha, e deixem de agir em subserviência do "polícia do mundo".

Imaginam em quanto fica estas participações arbitrárias que designam de legais?

Toda esta trapalhada serve os interesses de terceiros, ou será preciso uma tese de mestrado na área histórico social?

Um Abraço.
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 02, 2009, 02:09:43 pm
Pessoalmente e ja toda a gente sabe que defendo os novos Panhards por inumeras razoes, nao vou aqui menciona-las para nao maçar os colegas, contudo imaginem o seguinte, para não cairmos na tentação de termos no exercito uma caso semelhante aos NPO na marinha, que tal com o devido desenvovlimento com calma de um projecto devidadente enquadrado a médio prazo de um veiculo blindado fabricado em Porrtugal tendo como base os UMN??? Agora para nao atrasarmos muito mais esta compra poderiamos comprar um 4x4 blindado ao estrangeiro, mas quem sabe se daqui a 10 anos nao estamos preparados projecto devidamente investigado e toda a panoplia que dai se tira e podermos arrancar com um Projecto/Construção de um veiculo inteiramente made in Portugal??
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 02, 2009, 03:16:44 pm
Citação de: "paraquedista"
Caro Voador,

Mas esta confirmado esta aquisicao ?

E outra coisa, isto tratasse de um concurso, como pelo menos 7 ou 8 concorrentes, por isso nao entendo como so ainda foram vistas estas viaturas em testes...sera que passou a adjudicacao directa ?


Lembra-se do concurso que quem ganhou foi os Pandur? Pois bem, quantas fotos viu na net dos Pandur a serem testadas em Portugal? Eu só vi e li acerca dos PIRANHA-III.

Presumo que seja ainda cedo demais para pensarmos que este é o escolhido.
Título:
Enviado por: Lancero em Junho 02, 2009, 03:45:38 pm
Incrível!
Sem se saber quais as versões, kits de blindagem, motorizações, resultados dos testes, balanço preço-qualidade em relação a eventuais concorrentes, etc., já estamos a dizer que é uma trampa.
Entretanto, continuamos a ter apenas 20 humvee.
Título:
Enviado por: lazaro em Junho 02, 2009, 04:03:18 pm
Citação de: "Lancero"
Incrível!
Sem se saber quais as versões, kits de blindagem, motorizações, resultados dos testes, balanço preço-qualidade em relação a eventuais concorrentes, etc., já estamos a dizer que é uma trampa.
Entretanto, continuamos a ter apenas 20 humvee.
:lol:
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 02, 2009, 04:15:58 pm
Pegando na ideia do caro Lancero, peço aos estimados Moderadores, Administradores, que abram um topico de votação com as viaturas que se sabe que se encontram dentro dos parametros estabelecidos para equiparem a BRR, como sucedeu ja em alguns topicos.
Título:
Enviado por: voador em Junho 02, 2009, 04:18:03 pm
Neste mundo que se tutela de livre, a opinião de cada um de nós vale o que vale.

Alguém ja viu as viaturas de perto???

Porque se diz que não prestam????

Por acaso sabem quais os quesitos solicitados por portugal???

Sabem o preço???

E o prazo de entrega e o contrato de manutenção???

E a capacidade de transporte (para quantos dias de abastecimento) ???

Já agora outra coisa. Sim portugal tem 20 M1025A2, mas sabiam que recentemente adquiriu mais 12 da versão a seguir, e já não estou a contar com os Hwmvee do PAO da Artilharia.

É engraçado ver especular  :lol:

E já agora para que fala muito de estratégia mundial.

Se tu ou um familiar teu levasses com uma bomba numa estação de comboios não falavas assim.
Por isso é que a espanha tem umas forças armadas crediveis e nós não.

A defesa da nação já não é o povo em armas com uma G3 (tipo nos tempos da outra senhora). Nem tipo defesa da antiga Albania ou actualmente da coreia do norte.

Claro que a minha opinião tem o mesmo valor que a tua.

Só que para um país ser credivel e obter recursos a nivel mundial (que são sempre escassos) tem que os pagar com sangue.

(Adaptação livre de Livro "Noções de Estratégia do General Cabral Couto"
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 02, 2009, 04:26:51 pm
Citação de: "Lancero"
Incrível!
Sem se saber quais as versões, kits de blindagem, motorizações, resultados dos testes, balanço preço-qualidade em relação a eventuais concorrentes, etc., já estamos a dizer que é uma trampa.
Entretanto, continuamos a ter apenas 20 humvee.

Caro Lancero, tudo que nao tenha a ver e isto numa opinião pessoal que nao passe pelos novos Panhards ou entao algo deste tipo de veículo

- RG-32M; http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=168 (http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=168)

- RG-33; http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=168 (http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=168)

- LMV; http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=168 (http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=168)

Nem vale a pena comentar.
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 02, 2009, 04:36:13 pm
Citação de: "voador"
Neste mundo que se tutela de livre, a opinião de cada um de nós vale o que vale.

Alguém ja viu as viaturas de perto???

Porque se diz que não prestam????

Por acaso sabem quais os quesitos solicitados por portugal???

Sabem o preço???

E o prazo de entrega e o contrato de manutenção???

E a capacidade de transporte (para quantos dias de abastecimento) ???

Já agora outra coisa. Sim portugal tem 20 M1025A2, mas sabiam que recentemente adquiriu mais 12 da versão a seguir, e já não estou a contar com os Hwmvee do PAO da Artilharia.

É engraçado ver especular  :lol:

E já agora para que fala muito de estratégia mundial.

Se tu ou um familiar teu levasses com uma bomba numa estação de comboios não falavas assim.
Por isso é que a espanha tem umas forças armadas crediveis e nós não.

A defesa da nação já não é o povo em armas com uma G3 (tipo nos tempos da outra senhora). Nem tipo defesa da antiga Albania ou actualmente da coreia do norte.

Claro que a minha opinião tem o mesmo valor que a tua.

Só que para um país ser credivel e obter recursos a nivel mundial (que são sempre escassos) tem que os pagar com sangue.

(Adaptação livre de Livro "Noções de Estratégia do General Cabral Couto"




Qual este??? http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=239 (http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=239)
Título:
Enviado por: Ramos em Junho 02, 2009, 04:58:18 pm
Se o que se pretende é um veículo 4 X 4, com alguma capacidade de protecção dos ocupantes mas, sobretudo, com uma elevada mobilidade, é bom sinal que algum esteja a ser testado, pois indicia uma intenção de aquisição.
Venha o Sherpa ou outro similar, a aquisição de uma viatura deste tipo vai representar sem dúvida uma mais valia significativa para as unidades que o recebam.
Importa é que o que vier a ser escolhido preencha os requisitos definidos e que venha o mais rapidamente possível. E já agora, que o Estado consiga negociar um bom contracto, quer a nível de contrapartidas directas, quer a nível de sobresselentes e manutenção.
Uma situação interessante seria ter uma significativa percentagem de incorporação nacional na viatura que vier a ser adquirida, e criar espaço para que haja empresas nacionais a participar no projecto. Ou, eventualmente, ter a viatura a ser montada em Portugal.
Já não me parece possível que exista a possibilidade de fabricar um veículo deste tipo sob licença em Portugal, pois as quantidades a absorver pelo mercado local nunca justificariam a abertura de uma linha de montagem.
Título:
Enviado por: voador em Junho 03, 2009, 12:23:50 am
Citação de: "Instrutor"
Citação de: "voador"
Neste mundo que se tutela de livre, a opinião de cada um de nós vale o que vale.

Alguém ja viu as viaturas de perto???

Porque se diz que não prestam????

Por acaso sabem quais os quesitos solicitados por portugal???

Sabem o preço???

E o prazo de entrega e o contrato de manutenção???

E a capacidade de transporte (para quantos dias de abastecimento) ???

Já agora outra coisa. Sim portugal tem 20 M1025A2, mas sabiam que recentemente adquiriu mais 12 da versão a seguir, e já não estou a contar com os Hwmvee do PAO da Artilharia.

É engraçado ver especular  c34x  é o M1144
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 03, 2009, 09:50:37 am
Tem foto ou link dessa coisa, nem consigo encontrar esse modelo. c34x
Título:
Enviado por: antoninho em Junho 03, 2009, 11:56:39 am
http://www.amgeneral.com/vehicles/hmmwv ... ls/m1025a2 (http://www.amgeneral.com/vehicles/hmmwv/a2-series/details/m1025a2)

http://www.tpub.com/content/hummer/TM-9 ... -10_28.htm (http://www.tpub.com/content/hummer/TM-9-2320-280-10/css/TM-9-2320-280-10_28.htm)

http://books.google.pt/books?id=t8-HYR_ ... #PPA115,M1 (http://books.google.pt/books?id=t8-HYR_TtEMC&pg=PA111&lpg=PA111&dq=m1025a2&source=bl&ots=r7OKRgKL6S&sig=_Yipgrcx_7DJyqZyf0kBms9pAD4&hl=pt-PT&ei=qFYmSt2LBePTjAf675zjBw&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=1#PPA115,M1)
Título:
Enviado por: cromwell em Junho 12, 2009, 01:10:31 pm
Realmente esse Sherpa é uma porcaria. :x
Mas eu pensava que veiculos como o Iveco MLV e o EAGLE tinham entrado no concurso.
E então mas onde é que encontraram a informação sobre o Sherpa?
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Junho 12, 2009, 05:08:43 pm
Também ralacionado com o tópico:

http://forumm.forumco.com/topic~TOPIC_ID~7871.asp (http://forumm.forumco.com/topic~TOPIC_ID~7871.asp)

Um Abraço.
Título: SHERPA.
Enviado por: tsahal em Junho 12, 2009, 05:26:14 pm
Ja por diversas vezes vi o SHERPA e pessoalmente acho um bom 4x4! Em Fevereiro vi a versão 3A FS em Abu Dhabi e gostei, sendo a mais recente e na altura uma novidade.
Título:
Enviado por: Lancero em Junho 12, 2009, 10:29:18 pm
Citação de: "Nuno Calhau"
Também ralacionado com o tópico:

http://forumm.forumco.com/topic~TOPIC_ID~7871.asp (http://forumm.forumco.com/topic~TOPIC_ID~7871.asp)

Um Abraço.


Obrigado pelo link. Fotos interessantes
Título:
Enviado por: Lightning em Junho 12, 2009, 10:50:15 pm
Citação de: "Lancero"
Citação de: "Nuno Calhau"
Também ralacionado com o tópico:

http://forumm.forumco.com/topic~TOPIC_ID~7871.asp (http://forumm.forumco.com/topic~TOPIC_ID~7871.asp)

Um Abraço.

Obrigado pelo link. Fotos interessantes

Agora já estou muito mais descansado :lol: .
Citar
Obedece á norma Euro 4 o que quer dizer que é ecologico em relação aos gases libertados para a atmosfera, ao contrário do Humer
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Junho 13, 2009, 11:06:42 am
Isso pode significar que também é mais económico nos consumos de combustivel que no Hummer são bem elevados). Isso pode não significar muito para as Forças Armadas Norte-Americanas, mas para as nossas faz muita diferença ao final do mês.
Título:
Enviado por: _Gabriel_®™ em Junho 13, 2009, 01:36:06 pm
Se a escolha recair sobre o SHERPA temos uma viatura que nos testes realizados no Campo militar de Santa Margarida apresentou falhas graves, alguns exemplos disso é a torreta que ñ gira, logo, os limites de tiro será apenas o que os braços do atirador conseguirá girar a metralhadora, ñ podendo oferecer assim proteção suficiente á viatura. Tb o atirador ñ poderá subir ou descer o apoio dos pés pois o mesmo é fixo, o atirador terá de ser escolhido pela altura...  :lol:


Este nosso exercito é mesmo uma palhaçada, vejam as marcas de viaturas de rodas que equipam o nosso exercito, muitos ganham dinheiro com todos estes negócios feitos ás escuras, sou mais de acordo adoptar 3 marcas unicas para equipar o nosso exercito sendo elas a IVECO, Mercedes e a Land Rover podendo fazer acordos mais vantajosos com as diversas marcas ao nivel da manutenção e subresselentes.

No caso da viatura 4X4 a minha escolha seria sobre a IVECO Panther:
 (http://lariosola.files.wordpress.com/2007/11/panther_clvs_lg_iveco.jpg)

Ou para quem quer sonhar 1 pouco a Mowag Eagle IV:
(http://www.danskpanser.dk/images/EagleIV_6stor.jpg)

Cumprimentos.
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Junho 14, 2009, 09:09:22 pm
Perdoem a minha ignorância, mas qual é a utilidade prática destas viaturas no Exercito português e ou na nossa conjectura estratégia continental VS insular?

Pergunto isto, pois a ditas viaturas não são veículos de transporte, nem viaturas de reconhecimento, afinal onde é que estas se enquadram?

Um Abraço.
Título: 4x4.
Enviado por: tsahal em Junho 14, 2009, 10:06:53 pm
Nuno, a intenção não é apenas adquirir viaturas para transportar soldados mas outras versões nomeadamente PC, MC, cargo, de intervenção rapida e MEDEVAC. Imagina o governo decide enviar uma companhia da BRR para o Afeganistão ou para outro TO que possa surgir no futuro e onde sejam enpenhadas FNDs. Não vamos querer que os nossos militares sejam enviados com viaturas tipo Land Cruiser ou Iveco. Ha que lhes dar meios para eles efectuaram o seu trabalho de forma digna, eficaz e com protecção. Aconteceu no passado e tiveram que alugar viaturas a Espanha enquanto o M1025 era blindado em Israel. Estas viaturas n duram para sempre, sofreram e sofrem mt desgaste e por isso estão a construir o futuro agora se é que me entendes.

Caso seja adquirido o SHERPA ou outro modelo, serão feitas modificações, na sua versão final, será um pouco differente nomeadamente no que respeita á protecção activa e passiva, vê o caso das PANDUR. Compara uma PANDUR apresentada em brochura antes do concurso com a versão final, verás mts differenças, o mesmo acontecerá com o 4x4.

Alguns membros tem postado fotos do LMV, agora compara essas fotos com os LMVs Espanhois ou Ingleses que estão no Afeganistão.
Título:
Enviado por: papatango em Junho 14, 2009, 10:50:45 pm
O problema no caso do Afeganistão é que tanto viaturas como o Hummer blindado, este Sherpa, ou outros parecidos, de facto não resolvem grande coisa pois não são capazes de proteger os militares de forma eficiente.

Que o digam os britânicos, que levaram para lá os MRAP americanos e continuam com problemas.

Para teatros de operações como o Afeganistão, estas viaturas 4x4 só servem para operações secundárias, para deslocar militares de um ponto X para um ponto Y, onde não seja previsível a existência de terroristas ou insurgentes.

Este tipo de viatura é boa para vigilância ou policiamento musculado e pouco mais que isso.

Em minha opinião, este tipo de viaturas, pode por exemplo substituir veículos com blindagem ligeira em teatros como os Balcãs.
Na verdade, fará sentido enviar viaturas como Pandur para a Bósnia ?
Título:
Enviado por: AC em Junho 14, 2009, 11:43:24 pm
Eu diria que, se já tivessemos o futuro 4x4 para enviar para a Bósnia, seria conveniente incluir alguns Pandur II mas o burro de carga seria o 4x4.
Título: MRAP.
Enviado por: tsahal em Junho 15, 2009, 12:07:28 am
O objectivo em ter um MRAP n é que fique intacto depois de uma explosão. Isso é quase impossivel e eles sabem disso e ninguem exije isso. A intenção é que ao rebentar um engenho qualquer o compartimento onde estejam os militares n sofra danos internos e ninguem morra ou fique com grandes ferimentos. No caso de blindados ligeiros, idem aspas. Não esqueçam que numa coluna vai sempre um com um jammer (inibidor) instalado se não estiverem todos dotados com ele.

Pessoalmente concordo com o envio da PANDUR para o Kosovo por n faz sentido os militares operarem a Chaimite quando temos PANDURs. Por outro lado, tb afirmo que é um erro enviar a PANDUR pq ainda n existem condições para operar e sustentar a PANDUR num TO ou seja pouca utilidade terão visto que depois de uma avaria será complicado resolver o problema sem chamar os tecnicos da Steyr. E para ter tecnicos civis em permanencia num TO deve sair extremamente caro. A operação é outro problema, operar uma PANDUR n é a mesma coisa que operar uma Chaimite atendendo ao sistema de formação em vigor.
Quando o EP tiver capacidade de dominar a operação e conseguir sustentar sozinho o PANDUR, ai sim deve ser enviado ASAP.

Um 4x4 tipo LMV, SHERPA ou outro devidamente equipados seria melhor para o EP ter no Kosovo. Não exige tanto do ponto de vista da sua operação e sustentação.

N se esqueçam que apesar de dizerem que temos um exército professional,as coisas n são bem assim e depois ha mentalidades que devem mudar mas isso já é outra historia.
Título:
Enviado por: _Gabriel_®™ em Junho 15, 2009, 02:23:37 am
(http://www.defesanet.com.br/imagens/afv/kmw/dingo_1.jpg)
Dingo 1 destruido por uma mina no Afeganistão (ISAF).
Os cinco soldados que estavam no veículo não ficaram feridos. :twisted:

É caso para dizer: e esta hein?!   :o
Título:
Enviado por: Lancero em Junho 15, 2009, 11:21:51 am
As Pandur ainda só não foram para o Kosovo porque não há a variedade de versões necessária.
Título:
Enviado por: Miguel em Junho 15, 2009, 11:42:18 am
Voto a favor dos Dingos.
Título:
Enviado por: cromwell em Junho 15, 2009, 12:04:32 pm
Citação de: "_Gabriel_®™"
(http://www.defesanet.com.br/imagens/afv/kmw/dingo_1.jpg)
Dingo 1 destruido por uma mina no Afeganistão (ISAF).
Os cinco soldados que estavam no veículo não ficaram feridos. :twisted:

É caso para dizer: e esta hein?!   :o

A protecção destes veículos é para a sobrevivênica dos ocupantes e não para a sobrevivência do próprio veículo.
Por isso, quanto mais blindado for o veículo e quanto maior for a distância entre o chão e os ocupantes, melhor.

Por isso podemos dizer que o Dingo é uma bela opção, mas é mais caro que o Iveco MLV e o Eagle.
Título: Pandur.
Enviado por: tsahal em Junho 15, 2009, 12:18:11 pm
Lancero, a sustentação da PANDUR passa por???
Título: Re: Pandur.
Enviado por: Lancero em Junho 15, 2009, 02:46:02 pm
Citação de: "tsahal"
Lancero, a sustentação da PANDUR passa por???


Tanto quanto sei, os técnicos da GD estão cá a dar assistência técnica à frota Pandur no âmbito do que ficou acordado no contrato de aquisição. Se tivessem de ir para o Kosovo, de certeza que iriam. Era só mais um contentor com ar condicionado.
Agora, não faz sentido é enviar já a Pandur para o Kosovo quando só temos a versão ICV. Aí teríamos de continuar a operar chaimites porta-morteiro, posto de comando,... E ter duas frotas para manter no terreno é que saíria mais caro.
Título:
Enviado por: Miguel Silva Machado em Junho 15, 2009, 03:32:09 pm
Já agora, mais um palpite sobre a substituição das Chaimites V-200 no Kosovo: Ainda não vi, nem de fonte oficial, nem na imprensa, nem aqui, argumento forte que justifique o não envio das Pandur para o Kosovo. Certamente haverá, mas estará bem guardado!
Claro que muitas verdades têm sido ditas (por todos os intervenientes referidos) mas qualquer uma delas, ou mesmo todas juntas, não me convencem grandemente, talvez com uma excepção, os custos imprevisíveis. Tanto podem ser menos que as V-200 (se tudo correr bem) como mais se as coisas correrem mal. Como a nível de custos estamos sempre apertados, poderá ser. Mas, não estou convencido, porque como é habitual entre nós, só não há dinheiro para o que não se quer...
Título:
Enviado por: Lancero em Junho 15, 2009, 04:31:49 pm
Uma outra razão poderá ser o eventual fim da missão.
A Nato ainda há dias decidiu reduzir de 14 mil para 2200 o contingente no espaço de apenas "um a dois anos".
Título: Pandur.
Enviado por: tsahal em Junho 15, 2009, 05:23:42 pm
O contrato de aquisição cobre apoio tecnico em Portugal e não fora das fronteiras nacionais penso eu de que. Obviamente que a empresa vai se lhe for adquirido esse serviço. Obviamente terão que pernoitar em hoteis e tomar as refeições em restaurantes e não no acampamento e isso paga-se para alem de transporte e subsidios, ect, penso eu de que.


O objectivo era enviar a PANDUR no verão passado mas por causa da falta de capacidade de sustentação, ficam ca até adquirirem isso tudo. Tb existem mts lacunas na operação. Tens people que n sabe para que serve as placas CIP e utilizar o TDS, o seja retiram-no, ect, ect. Ou seja n vão mandar um sistema de armas que não dominam ainda na perfeição para um TO, faz sentido e concordo. Com isso tudo, a malta tem que operar a V200, easy to drive but hard!

Mas deixa-me triste ver a malta operar blindados que ja tiveram o seu tempo.

Sobre a Chaimite prefiro não falar mas acho que o meu estimado  amigo Pedro Monteiro e o Senhor Miguel Machado, conhecedores do seu historial, poderão dar valiosos contributos sobre a operação do respectivo blindado no Kosovo.
Título:
Enviado por: papatango em Junho 15, 2009, 07:47:46 pm
Podemos aventar várias razões para não se enviarem viaturas Pandur-II para os Balcãs.

Em primeiro lugar poderíamos voltar um bocado atrás e analizar o que aconteceu quando as viaturas Chaimite foram enviadas para o Kosovo.

Qual era a situação no terreno, e que meios outros países estavam a enviar para lá ?
Na altura, se não fossem enviados os Chaimite, o que é que Portugal tinha que pudesse enviar em termos de viaturas que dessem algum tipo de protecção à tropa?

Não me parece que o M-113 fosse a opção mais adequada, no entanto, não nos podemos esquecer que uma força de Paz tem como principal função a garantia de que não há conflitos e essa garantia de que não há conflitos dá-se através da patrulha constante.

Isso leva a que os meios a utilizar sejam ligeiros e rápidos.
Rápidos, porque permitem à força enviar rapidamente meios para qualquer ponto dentro da sua zona de interesse.
Ligeiros e sobre rodas, porque numa área onde existem estradas podem-se utilizar com vantagem.
Em situações de manutenção de Paz, a probabilidade de serem necessários meios como viaturas com canhão de 30mm ou viatura porta-morteiro são provavelmente mínimas.

As viaturas Chaimite no terreno são utilizadas essencialmente como viaturas de transporte e como plataforma para uma metralhadora pesada. Deste ponto de vista, o que é que faz um Chaimite que não faça um Hummer blindado ?
Será que é para passar nos rios ?
Quantas vezes uma viatura Chaimite atravessou um rio nos Balcãs ?
(E nem pergunto se as bombas de água sequer funcionam).

Portanto, creio que se pode colocar a questão sobre porque não seriam enviadas viaturas Pandur-II para substituir as Chaimite.

Mas também podemos perguntar o que é que uma Chaimite faz que não possa ser feita por um Hummer ?
E neste caso, o que pode ser feito por um Hummer precisa de uma Pandur-II ?

Cumprimentos
Título:
Enviado por: Miguel Silva Machado em Junho 16, 2009, 10:43:13 am
Então aqui vai alguma informação que julgo dá uma ideia sobre a utilização da Chaimite V-200 no Kosovo:

http://www.operacional.pt/kosovo-a-ulti ... -chaimite/ (http://www.operacional.pt/kosovo-a-ultima-missao-da-chaimite/)

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2009/06/1-mmachado-copy.jpg)
Título:
Enviado por: nelson38899 em Junho 16, 2009, 11:45:22 am
Não me querendo desviar, do tema é interessante ver que os Portugueses nunca se preocuparam com os snipers. O conflito da ex-Jugoslávia foi dos conflitos com mais snipers, o Iraque e no Afeganistão a mesma coisa. Mas mesmo assim nunca vi um veículo nosso com protecções, com por exemplo tem os americanos e outros países. Será que as balas connosco desviam-se.
Título: 4x4.
Enviado por: tsahal em Junho 16, 2009, 01:08:07 pm
Bela foto, obrigado.

Nelson, tens razão até pq ja existem no mercado alguns sistemas que permitem a detecção de disparos de armas de franco-atiradores, nomedamente sistemas US, Franceses e Israelitas.
Título: 4x4
Enviado por: tsahal em Junho 16, 2009, 01:20:19 pm
Bom na minha opinião, o que impossibilita ainda o envio da PANDUR para fora prende-se com a operação e sustenção como ja foi referido, quando digo sustentação e relativamente a outras configurações do blindado, está incluida principalmente a PANDUR RV, essencial para apoiar a ICV. As outras versões não são necessarias do meu ponto de vista.  Podem bem passar sem elas. A V200 n tem versão PC e MEDEVAC e la andam felizes da vida. N sei se la andam PMs, mas caso sim, será que elas tem o morteiro instalado? Não estarão a servir de APC? Remeto essa pergunta para o Senhor Miguel Machado que poderá melhor do que eu esclarecer isso.
Título:
Enviado por: tyr em Junho 16, 2009, 04:39:09 pm
não existem sistemas anti sniper.

existem sim, sistema de calculo de trajectoria de tiro, para tiro de supressão de sniper, mas estes sistemas, para alem de pouco fiaveis, normalmente não servem de muito contra um sniper com experiencia (pois estes, normalmente só disparam um tiro por engajamento), mas as unicas defesas que funcionam, são o correcto aproveitamento da blindagem e o desenfiamento (não ser visto pelo sniper).
Título:
Enviado por: tyr em Junho 16, 2009, 04:43:17 pm
a nivel de blindagem contra sniper, os nossos hummers até estão bem protegidos, os problemas de protecção deles são contra IEDs, minas e RPGs (sendo que as pandur ambem apresentam lacunas contra parte destas ameaças e ainda por cima custam muito mais a adequirir e manter do que a maioria das viaturas MRAP).
Título:
Enviado por: Miguel Silva Machado em Junho 16, 2009, 11:17:52 pm
Citação de: "nelson38899"
...os Portugueses nunca se preocuparam com os snipers... ... Mas mesmo assim nunca vi um veículo nosso com protecções, com por exemplo tem os americanos e outros países....


Ai preocupávamos, preocupávamos, isso posso garantir-lhe (eheheh), pelo menos quem lá esteve no inicio. Em Janeiro/Março de 1996, o dispositivo anti-sniper em Sarajevo era garantido pelos franceses com blindados dedicados a isto e forças especiais (estas não só francesas). Aliás chegaram a abater um, que me lembre, que teimava em mandar uns "fogachos" nas viaturas da IFOR que passavam na célebre avenida com esse nome em direcção a Ilidza (QG da IFOR).
As nossas defesas individuais nestes primeiros tempos (talvez até Março), depois deixou de haver ameaça, eram os coletes com a gola levantada (eheheh, era mesmo), capacete, e andar com alguma ligeireza. Algumas viaturas (as Iveco) receberam placas blindadas e vidros à prova de bala, para conferir alguma protecção adicional nas colunas logísticas ou escoltas. Mas diga-se que a generalidade dos países - embora dispondo alguns com mais e melhores blindados - também usavam intensamente as viaturas sem qualquer protecção como nós. A ameaça era realmente baixa e depois dos primeiros 5 /6 meses muito baixa, com um ou outro momento de tensão.
Não havia em nenhum país os blindados 4X4 que há hoje no Iraque e no Afeganistão nem nada que se compare. Os americanos usavam intensamente os Hummer e os ingleses os Land-rover...
Assim os dois únicos TO onde os portugueses necessitaram ou necessitam de protecção acrescida foi o Iraque e é o Afeganistão.
Título: Re: 4x4
Enviado por: Miguel Silva Machado em Junho 16, 2009, 11:33:23 pm
Citação de: "tsahal"
....Remeto essa pergunta para o Senhor Miguel Machado que poderá melhor do que eu esclarecer isso.


Eu não esclareço nada, já foi tempo, agora dou opinião. :D
E continuo a achar que do ponto de vista prático era perfeitamente possível meter as Pandur no Kosovo há muito tempo. O resto, embora seja tudo verdade, acho pouca justificação. Aliás se fossemos (nós portugueses, militares ou não, é indiferente) assim tão "by the book", será que as Chaimites lá estavam? Quer dizer, para enviar as Pandur é necessário estar tudo perfeitamente de acordo com todos os manuais (da manutenção ao emprego táctico), e para manter lá as V-200, que se danem os manuais e as reais capacidades da viatura, é preciso é manter aquilo a andar e o resto se verá.
Note bem, não digo que não haja razões e nem digo sequer que fazem lá falta. Será que fazem? Ou será este o ponto? eheheh Não sei.
Título: Pandur.
Enviado por: tsahal em Junho 17, 2009, 12:35:52 am
Mandar até podem. Mas do meu ponto de vista, se não são ainda capazes de operar e sustentar a PANDUR la fora, é melhor ficarem por aqui do q estarem la e pouco ou nada serem usadas, ect..

Sobre o envio da V200, n me vou pronunciar visto que desconheço os motivos mas penso que foram enviadas porque para dar mobilidade e protecção aos militares FNDs, havia que enviar um blindado APC de rodas independentemente da sua idade e capacidades e na epoca só havia esse portanto teve que ser.

Houve que desenrascar, o sistema D Tuga no seu expoente máximo!
Título:
Enviado por: papatango em Junho 18, 2009, 05:13:55 pm
Entre vários problemas, há uma questão que deve ser considerada quando se analisa a utilização do veículo Chaimite.

O Chaimite é um veículo muito pouco sofisticado, desenhado nos anos 60, adaptado em Portugal e cujo elemento mais complexo é o motor.

Bastaria olhar para os sistemas auxiliares dos Pandur e mesmo assim falando apenas nas viaturas base, para de imediato as necessidades logísticas para manter um grupo de 9 a 12 viaturas aumentassem.

Se amanhã, as carcaças dos Chaimite fossem aproveitadas para uma reconstrução, ou seja nova remotorização, nova transmissão, reforço da parte inferior, modificação nas laterais dos veículos para permitir a aplicação de blindagem adicional, teriamos um novo veículo. Mas seria sempre um veículo adequado para a manutenção da ordem pública e não para operações que possam parecer de combate.

O Chaimite continuaria sempre a ser mais adequado que o Pandur-II para missões de manutenção de paz. Para essa função, o adequado não é a substituição de Chaimite por Pandur-II, a não ser por uma questão de imagem.

O Chaimite é um veículo 4x4 de alta mobilidade adequado para locais onde existam estradas. É um veículo na classe das 8 toneladas, quando o Pandur-II vai para mais do dobro.

Não há grande justificação ou lógica do ponto de vista das necessidades operacionais em substituir um veículo pelo outro, sem que exista (e não existe) indicação de que a ameaça tende a aumentar.
Título: V200.
Enviado por: tsahal em Junho 18, 2009, 06:02:09 pm
Até concordo ctg Papatango quando dizes que poderiam aproveitar algumas V200 e desenvolver um blindado de manutenção da ordem pública, questão de a V200 nunca desparecer. Mas pergunto para quem? A GNR usa uns 20 blindados 4x4 Iveco nessa função. Para a PSP, para a ASAE?

Se calhar até sai mais barato comprar um blindado topo de gama para  manutenção da ordem pública com tudo que seja necessario instalado do que dar uma nova vida à V200.
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Junho 18, 2009, 06:25:18 pm
Citação de: "papatango"
Entre vários problemas, há uma questão que deve ser considerada quando se analisa a utilização do veículo Chaimite.

O Chaimite é um veículo muito pouco sofisticado, desenhado nos anos 60, adaptado em Portugal e cujo elemento mais complexo é o motor.

Bastaria olhar para os sistemas auxiliares dos Pandur e mesmo assim falando apenas nas viaturas base, para de imediato as necessidades logísticas para manter um grupo de 9 a 12 viaturas aumentassem.

Se amanhã, as carcaças dos Chaimite fossem aproveitadas para uma reconstrução, ou seja nova remotorização, nova transmissão, reforço da parte inferior, modificação nas laterais dos veículos para permitir a aplicação de blindagem adicional, teriamos um novo veículo. Mas seria sempre um veículo adequado para a manutenção da ordem pública e não para operações que possam parecer de combate.

O Chaimite continuaria sempre a ser mais adequado que o Pandur-II para missões de manutenção de paz. Para essa função, o adequado não é a substituição de Chaimite por Pandur-II, a não ser por uma questão de imagem.

O Chaimite é um veículo 4x4 de alta mobilidade adequado para locais onde existam estradas. É um veículo na classe das 8 toneladas, quando o Pandur-II vai para mais do dobro.

Não há grande justificação ou lógica do ponto de vista das necessidades operacionais em substituir um veículo pelo outro, sem que exista (e não existe) indicação de que a ameaça tende a aumentar.




Estou inteiramente de acordo com o seu raciocínio!

Ao invés de se ter "esbanjado" (leia-se compra ao exterior) dinheiro na compra de Ivecos para a GNR, com a mesma finalidade pratica que os Chaimite, teria sido mais bem empregue o upgrade de umas tantas unidades V-200.

Um Abraço.
Título:
Enviado por: papatango em Junho 18, 2009, 07:36:20 pm
Relativamente ao upgrade eu não me estava a referir a um upgrade nem sequer a afirmar que esse upgrade seria possível ou desejável.
Provavelmente uma reconstrução de uma viatura Chaimite sairia umas quatro ou cinco vezes mais cara que uma viatura Iveco nova.

Nós não temos a estrutura necessária para fazer a reconstrução de uma viatura Chaimite. Esse know how existiu, mas perdeu-se.

A reconstrução não é um upgrade é mas que isso. Trata-se de apenas aproveitar a estrutura do veículo e refazer completamente o resto. Isso é caro.
O fabricante do V-100, tem aliás uma viatura 4x4 que forneceu ao exército dos Estados Unidos que é basicamente uma Chaimite modernizada, vendida como viatura para operações policiais:

http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/TER.aspx?nn=100
Título:
Enviado por: Instrutor em Junho 25, 2009, 12:47:15 am
Mais um candidato


http://www.areamilitar.net/noticias/not ... ?NrNot=773 (http://www.areamilitar.net/noticias/noticias.aspx?NrNot=773)
Título:
Enviado por: JLRC em Junho 29, 2009, 03:25:12 pm
Citação de: "cromwell"
Realmente esse Sherpa é uma porcaria. :evil:
Título:
Enviado por: nelson38899 em Junho 29, 2009, 07:23:47 pm
(http://img209.imageshack.us/img209/1714/p6243109.jpg)
Título:
Enviado por: LuisC em Junho 30, 2009, 01:13:27 am
Pois…até pode ser que seja um bom produto…o aspecto por vezes não diz tudo!
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 01, 2009, 02:53:31 pm
Existe fotografias ou fontes oficiais que provem a compra do Sherpa por parte de Portugal?

Se não há, de onde é que veio a ideia que Portugal vai comprar o Sherpa?
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 01, 2009, 03:19:01 pm
Apenas do facto destes veiculos terem sido testados em Santa Margarida.
Título:
Enviado por: lazaro em Julho 01, 2009, 04:07:23 pm
Citação de: "cromwell"
Existe fotografias ou fontes oficiais que provem a compra do Sherpa por parte de Portugal?

Se não há, de onde é que veio a ideia que Portugal vai comprar o Sherpa?


Não há nada de palpável relativo à compra destas viaturas.

O que se passou foi mais uma demonstração de capacidades dos 3 modelos (2, 3 e 3 Special Forces) do que propriamente a testagem com vista a uma posterior aquisição.

De facto nem foi levantado nenhum concurso, nem ajuste directo, ... nada.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Julho 19, 2009, 10:51:59 pm
esqueçam o sherpa esqueçam outro 4x4, que não o caixão andante HUMVEE.



Citar
O Governo está a tentar comprar com carácter urgente entre dez a 15 blindados para equipar a força destinada ao Afeganistão. É a crónica falta de blindados ligeiros de rodas, um problema que tarda em ser resolvido.

A autorização de financiamento foi dado através de uma resolução aprovada no último Conselho de Ministros, na quinta-feira, que aprovou as "medidas financeiras urgentes decorrentes do reforço da contribuição" nacional para a ISAF (International Security Assistence Force), a força liderada pela OTAN destacada no Afeganistão.

A verba em causa é de 13,745 milhões de euros e grande parte vai para a aquisição de dez a 15 viaturas blindadas Hummvee - no valor unitário de cerca de 250 mil euros -, uma vez que o país apenas dispõe de cerca 30 destas viaturas, um número julgado insuficiente.

É que é necessário equipar com blindados a força de 150 comandos e elementos de operações especiais do Exército e mais nove elementos da Força Aérea, com a missão de encaminhamento de aeronaves para os alvos, mas também garantir a existência de Hummvee em Portugal para treino e reserva, além de já estarem sete em serviço no Afeganistão.

É um problema que é sentido desde 2006, quando Portugal enviou a primeira força de combate para o Afeganistão e teve que se socorrer do empréstimo de blindados espanhóis até que chegassem os Hummvee, uma escolha que esteve associada ao facto de os comandos trabalharem em equipas de cinco e ser esta a lotação normal deste tipo de veículo.

Desde então foi sendo equacionada a aquisição de mais material blindado, mas a solução acabou por recair sobre o lançamento de um concurso para aquisição de 150 viaturas blindadas ligeiras, do tipo do Hummvee, para fornecer aos três ramos das Forças Armadas.

O caderno de encargos para o concurso começou a ser elaborado e estava já na fase de finalização, mas a decisão do Ministério da Defesa, no início do mês, de suspender a revisão da Lei de Programação Militar, para não comprometer o próximo Governo, deixou o processo em suspenso e só deverá agora ser reiniciado no próximo ano, quando a força estiver já em operações no Afeganistão.

Por outro lado, se bem que o perfil da força a destacar para o Afeganistão seja similar à anterior, já quanto ao tipo de blindados houve alterações, uma vez que as vitauras blindadas M-11 Panhard já não voltarão a ser utilizadas naquele teatro de operações, pois a blindagem revelou-se insuficiente comparativamente às Hummvee, tendo em conta o tipo de ameaças.

Mas a suspensão do concurso acabou por trazer vantagens operacionais, segundo fontes militares adiantaram ao JN. Se o concurso fosse lançado este ano e uma vez que o caderno de encargos exigia como factor preferencial a possibilidade de o vencedor entregar de imediato 30 viaturas, haveria sempre a possibilidade de a força ter que levar um blindado que não o Hummvee, o que iria levantar problemas de natureza logística, com consequências operacionais.

É que uma vez que os norte-americanos operam este blindado no Afeganistão é sempre mais fácil aos portugueses pedirem apoio aos EUA do que terem que garantir um canal logístico próprio, com custos sempre mais elevados.

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Naciona ... id=1311631 (http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1311631)
Título:
Enviado por: migbar2 em Julho 19, 2009, 11:21:53 pm
Citação de: "nelson38899"
esqueçam o sherpa esqueçam outro 4x4, que não o caixão andante HUMVEE.





Bem, a verdade é que pelos vistos houve fontes militares que ficaram contentes com a noticia!  :shock:  :guitar:
Título:
Enviado por: HSMW em Julho 19, 2009, 11:55:39 pm
Muito cordelinho é mexido por trás destas decisões, como nós já sabemos.  :roll:
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 20, 2009, 02:34:28 pm
Citação de: "nelson38899"
esqueçam o sherpa esqueçam outro 4x4, que não o caixão andante HUMVEE.



Citar
O Governo está a tentar comprar com carácter urgente entre dez a 15 blindados para equipar a força destinada ao Afeganistão. É a crónica falta de blindados ligeiros de rodas, um problema que tarda em ser resolvido.

A autorização de financiamento foi dado através de uma resolução aprovada no último Conselho de Ministros, na quinta-feira, que aprovou as "medidas financeiras urgentes decorrentes do reforço da contribuição" nacional para a ISAF (International Security Assistence Force), a força liderada pela OTAN destacada no Afeganistão.

A verba em causa é de 13,745 milhões de euros e grande parte vai para a aquisição de dez a 15 viaturas blindadas Hummvee - no valor unitário de cerca de 250 mil euros -, uma vez que o país apenas dispõe de cerca 30 destas viaturas, um número julgado insuficiente.

É que é necessário equipar com blindados a força de 150 comandos e elementos de operações especiais do Exército e mais nove elementos da Força Aérea, com a missão de encaminhamento de aeronaves para os alvos, mas também garantir a existência de Hummvee em Portugal para treino e reserva, além de já estarem sete em serviço no Afeganistão.

É um problema que é sentido desde 2006, quando Portugal enviou a primeira força de combate para o Afeganistão e teve que se socorrer do empréstimo de blindados espanhóis até que chegassem os Hummvee, uma escolha que esteve associada ao facto de os comandos trabalharem em equipas de cinco e ser esta a lotação normal deste tipo de veículo.

Desde então foi sendo equacionada a aquisição de mais material blindado, mas a solução acabou por recair sobre o lançamento de um concurso para aquisição de 150 viaturas blindadas ligeiras, do tipo do Hummvee, para fornecer aos três ramos das Forças Armadas.
O caderno de encargos para o concurso começou a ser elaborado e estava já na fase de finalização, mas a decisão do Ministério da Defesa, no início do mês, de suspender a revisão da Lei de Programação Militar, para não comprometer o próximo Governo, deixou o processo em suspenso e só deverá agora ser reiniciado no próximo ano, quando a força estiver já em operações no Afeganistão.

Por outro lado, se bem que o perfil da força a destacar para o Afeganistão seja similar à anterior, já quanto ao tipo de blindados houve alterações, uma vez que as vitauras blindadas M-11 Panhard já não voltarão a ser utilizadas naquele teatro de operações, pois a blindagem revelou-se insuficiente comparativamente às Hummvee, tendo em conta o tipo de ameaças.

Mas a suspensão do concurso acabou por trazer vantagens operacionais, segundo fontes militares adiantaram ao JN. Se o concurso fosse lançado este ano e uma vez que o caderno de encargos exigia como factor preferencial a possibilidade de o vencedor entregar de imediato 30 viaturas, haveria sempre a possibilidade de a força ter que levar um blindado que não o Hummvee, o que iria levantar problemas de natureza logística, com consequências operacionais.

É que uma vez que os norte-americanos operam este blindado no Afeganistão é sempre mais fácil aos portugueses pedirem apoio aos EUA do que terem que garantir um canal logístico próprio, com custos sempre mais elevados.

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Naciona ... id=1311631 (http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1311631)


 :bang:

MAS QUE VERGONHA!
Título:
Enviado por: nelson38899 em Julho 20, 2009, 04:16:39 pm
engraçado:

Citar
16. Resolução que aprova as medidas financeiras urgentes decorrentes do envio de dois contingentes militares para o Afeganistão, no âmbito na ISAF, International Security Assistance Force - sob comando da OTAN

Esta Resolução do Conselho de Ministros aprova as medidas financeiras urgentes decorrentes do reforço da contribuição nacional na ISAF – International Security Assistance Force, no Afeganistão.

Portugal irá preparar e projectar dois contingentes, um constituído por uma aeronave C-130, para apoio às eleições no corrente ano, e outro constituído por uma força de escalão companhia, análoga à que operou naquele teatro de operações entre Agosto de 2005 e Julho de 2008, com um efectivo de cerca de 170 militares, para reforçar a participação nacional em 2010.

Deste modo, autoriza-se a realização da despesa no valor de €13.745.000,00 (treze milhões setecentos e quarenta e cinco mil euros).

II. O Conselho de Ministros procedeu, também, à aprovação do seguinte diploma orgânico, no âmbito da reestruturação do Ministério da Defesa Nacional:

Decreto-Lei que aprova a Lei Orgânica do Estado-Maior General das Forças Armadas

Este Decreto-Lei, hoje aprovado na generalidade, aprova a Lei Orgânica do Estado-Maior-General das Forças Armadas, no âmbito da reorganização da estrutura superior da Defesa Nacional e das Forças Armadas.

A aprovação desta lei, vem concretizar o reforço das competências do Chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas e dar corpo, em termos estruturais, ao exercício do comando operacional, através da criação do comando operacional conjunto. Trata-se, em termos do emprego de forças militares, de um importante salto qualitativo, particularmente no que diz respeito ao quadro das novas missões das Forças Armadas.

Esta lei vem, assim, agilizar o processo de decisão e permitir a obtenção de ganhos de eficiência e eficácia, nas estruturas operacionais da organização superior da Defesa Nacional e das Forças Armadas.

III. O Conselho de Ministros procedeu, ainda, à aprovação final do seguinte diploma, já anteriormente aprovado na generalidade:

Decreto-Lei que, no uso da autorização legislativa concedida pelos artigos 106.º e 126.º da Lei n.º 64-A/2008, de 31 de Dezembro, aprova o Código Fiscal do Investimento.

http://www.portugal.gov.pt/pt/GC17/Gove ... 90716.aspx (http://www.portugal.gov.pt/pt/GC17/Governo/ConselhoMinistros/ComunicadosCM/Pages/20090716.aspx)
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 23, 2009, 05:20:26 pm
Ou seja o que interessa a Portugal é que use um veículo igual aos EUA.
Não interessa se é pouco protegido ou se não tem protecção contra minas, o que interessa é que este seja este o veículo, para que não haja maior custos de manutenção se comprarem outro veículo!

E a protecção dos nossos soldados?´

Realmente esta política de conservadorismo já mete nojo! :evil:

Se fizessemos o concurso este ano, outro veículo ganharia, mas esse veículo provavelmente seria muito melhor que o Hummer.

Que se lixem os custos de manutenção!

A protecção e a sobrevivência dos nossos soldados são mais importantes do que o custo da manutenção!

Mais uma coisa.

Gente, acho que este concurso dos Hummer são outro concurso e não tem nada a haver com as viaturas tácticas, visto que o consurso das viaturas tácticas eram de 101 veículos e eram só para o exército, ao contrário dos Hummer que são para todos os ramos das forças armadas.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 23, 2009, 05:28:27 pm
Cromwell, eu já te alertei para o facto de o que estás a escrever é incorrecto. Os Hummers com blindagem Plasa israelita usados pelo Exército e pela FAP estão muitíssimo bem protegidos, de tal forma que os nossos hummer já levaram com tiros de AK e RPG (não deflagraram por causa da distância) e aguentaram muito bem estes mal tratos.
O problema é que os Hummers têm pouca distância ao solo e por causa desse pormenor não são os melhores veículos para aguentaram os impactos dos IED (já te disse repetidamente que não são minas).
É a melhor decisão? Não, mas pelo menos a NT vai em veículos blindados e não em Toyotas Land Cruiser.
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 23, 2009, 05:35:58 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Cromwell, eu já te alertei para o facto de o que estás a escrever é incorrecto. Os Hummers com blindagem Plasa israelita usados pelo Exército e pela FAP estão muitíssimo bem protegidos, de tal forma que os nossos hummer já levaram com tiros de AK e RPG (não deflagraram por causa da distância) e aguentaram muito bem estes mal tratos.
O problema é que os Hummers têm pouca distância ao solo e por causa desse pormenor não são os melhores veículos para aguentaram os impactos dos IED (já te disse repetidamente que não são minas).
É a melhor decisão? Não, mas pelo menos a NT vai em veículos blindados e não em Toyotas Land Cruiser.


Tem razão, são os IED. :wink:

Mas tal exactamente como você disse, é esse problema.

Portugal necessita de veículos com uma maior distância ao chão.

Vamos lá ver qual será o tipo de Hummer que iremos escolher e se virá com algum kit de blindagem.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 23, 2009, 05:50:41 pm
Os últimos adquiridos (pela FAP) também traziam o kit de protecção blindado Plasan-Sasa, já adquirida anteriormente pelo Exército. Dúvido que não traga kit semelhante.

Citação de: "PereiraMarques"
(http://img73.imageshack.us/img73/4055/h01.jpg)

(http://img150.imageshack.us/img150/5597/h02t.jpg)

(http://img401.imageshack.us/img401/2691/h03j.jpg)

(http://img339.imageshack.us/img339/4517/h04.jpg)

(http://img171.imageshack.us/img171/4651/h05.jpg)

(http://img509.imageshack.us/img509/494/h06.jpg)

(http://img403.imageshack.us/img403/3782/h07.jpg)
Título:
Enviado por: fischt75 em Julho 23, 2009, 05:55:19 pm
As últimas noticias que vi sobre aquisição de veículos blindados 4x4 para enviar para o Afeganistão serão 30 unidades de uma variante do Hummer blindado do tipo STANAG.
Na minha opinião é uma má escolha porque num ambiente perigoso como o Afeganistão seria necessário um veículo mais robusto. Para garantir a segurança das tripulações desses veículos contra snipers, RPG´S, minas anti-tanque seria necessário um veículo blindado com casco em V, que garante melhor protecção e sobrevivência das tripulações do tipo MRAP.
Em relação ao sistema de detecção de SNIPERS vi a demonstração de um sistema americano num programa que passou no canal ODISSEIA e achei porreiro e inovador mas pouco eficaz.
Mais uma vez Portugal politico foi ás compras, vão dizer ao povinho que fizemos a melhor compra do mundo, só é pena que não seja os políticos a fazer as patrulhas no Afeganistão dentro desses mesmos veículos, se assim fosse queria ver se eles não compravam veículos com blindagem MRAP.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 23, 2009, 06:06:13 pm
STANAG?! :arrow: http://en.wikipedia.org/wiki/STANAG (http://en.wikipedia.org/wiki/STANAG)

 :arrow: http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/TER.aspx?nn=27 (http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/TER.aspx?nn=27)
Título:
Enviado por: legionario em Julho 23, 2009, 07:00:30 pm
...
Título:
Enviado por: André em Julho 23, 2009, 07:13:10 pm
Citação de: "legionario"
Eis aqui o blindado de ultima geraçao que se encontra ao serviço de outros paises europeus... O unico problema para quem decide dessas compras é que nao é material americano  :roll:  :roll:
Título:
Enviado por: legionario em Julho 23, 2009, 07:22:13 pm
........
Título: panther.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 08:03:00 pm
A Inglaterra encomendou 400 (ou 402) Panther CLV e não 800. Grande parte deles ja entregues e alguns em processo de modificação para a versão Panther TES (Theatre Entry System). Agora ha uma nova versão chamada de Panther Surrogate no caso Inglês, n adquirida ao integrador a Selex.

O panther/Lince/LMV (Iveco DV SpA M65E12 WM) n é de certeza absoluta o blindado mais protegido na sua categoria, deve é ser o mais barato e o blindado com entrega mais rápida dai o sucesso que tem. Eles são todos fabricados em Italia e são COTS e depois modificados no pais do utilizador e segundo os requisitos tecnicos, isto se a industria existente no pais tiver capacidade para o fazer. Ou seja a Iveco que tem uma linha quase civil (a funcionar a todo o gaz e utilizando mão de obra habituada a construir camioes) fornece a um integrador de sistemas o blindado basico, GD SBS em Espanha e BAE Systems em UK, este que depois modificam o vehiculo e entregam ao cliente (MoD) que por sua vez entrega ao utilizador (Exército). Noto que o integrador dota o blindado com tudo aquilo que o cliente desejar, desde a torre remotamente operada, jammer, cameras, comunicações, lança granadas de fumo, blindagem add-on, ect.
Título:
Enviado por: legionario em Julho 23, 2009, 08:26:18 pm
.....
Título: CLV.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 08:50:23 pm
La está vc a bater nos 800 (que agora passaram para 801). As suas fontes estão erradas caro amigo, apenas posso dizer.

Para esclarecer definitivamente e para n repetir novamente o que disse anteriomente, posto aqui a lista de utilizadores e correspondentes unidades encomendadas. São dados existentes no comunicado da Iveco DV SpA enviado aquando do anuncio do ultimo contrato (cerca de um mês), o da Slovak Republic. Se mesmo assim n ficar convencido, posso enviar-lhe o comunicado com mt prazer.

Figures on the LMV:
The LMV was selected for front line duties by:
Italy 1286 units
UK 401 units
Spain 120 units
Norway 60 units
Belgium 440 units
Croatia 10 units
Czech Republic 21 units
Austria 150 units
Slovak Republic 10 units
Production output in 2008: 950 units

Relativamente à nota, cada um escreve o que quer. Quando se publica algo pescado na net, salienta-se a fonte. Isso vc n fez. Sobre a protecção mantenho o que eu disse. Veja blindados como o RG 32 e EAGLE IV, PVP, superiores ao LMV mas mais caros e com prazos de entrega mais elevados.

Pessoalmente acho o LMV um bom blindado 5 estrelas na relação custo/qualidade/entrega/manutenção/contrapartidas mas n é o melhor do ponto de vista mobilidade e protecção.
Título:
Enviado por: legionario em Julho 23, 2009, 09:02:34 pm
....
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 23, 2009, 09:05:49 pm
Concordo completamente com a compra do Iveco.

É um grande sucesso na Europa e acho que Portugal devia ter como obrigação escolhe-lo.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 23, 2009, 09:12:29 pm
Obrigação? Porquê?
Título: Panther.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 09:12:37 pm
Agora vi o link sim, procure consultar fontes sérias como revistas especializadas assim evita afirmar com convicção coisas erradas que só baralham quem lê o forum. Mas hoje ja vai para a cama mais inteligente. Ja fica a saber que são 401 e não 800 ou 801. Na net e sem ser na wiki, encontra-se com facilidade os dados, basta procurar um pouco ou pode sempre adquirir revistas especializadas, em França vc tem a RAID, a DSI ou a ASSAULT.
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 23, 2009, 09:18:07 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Obrigação? Porquê?


Para ter um melhor veículo do que a miséria que é o HUMMER!

E por favor senhor Martelo, deixe me dar a minha opinião.
Título: Re: Panther.
Enviado por: legionario em Julho 23, 2009, 09:22:09 pm
...
Título: Panther.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 09:24:28 pm
O M65E12 pode ser sim uma boa opção para Portugal e até acredito que o programa VTLB para os 3 ramos vai decidir-se entre o M65E12, o SHERPA e o AVL/PVP mas o blindado com entrega mais rapida é o HUMMER e quem o vende em Portugal ja tem nome e vendas. Os novos HUMMER do CTC são optimos. N sei o preço de um HUMMER basico pq o preço depende de varios factores mas acredito que seja um blindado com elevada capacidade de protecção, os das FAP são de nivel 3, os dos comandos são nivel 1 salvo erro (ou b2). Deve pecar um pouco na mobilidade e mt no conforto mas caso o cliente queira, vem com A/C como acontece com os da FAP e com bancos de topo.
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 23, 2009, 09:25:40 pm
O que o Reino Unido tem são 401 Ivecos com a opção de compra de mais 400.

O senhor legionário deve ter interpretado a sua fonte mal.
Título:
Enviado por: legionario em Julho 23, 2009, 09:34:31 pm
...
Título:
Enviado por: legionario em Julho 23, 2009, 09:37:54 pm
...
Título: CLV.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 09:39:15 pm
Se n precisa da wiki para fazer a apologia do Lince, pq foi la e não a um sitio credivel???????

Como vc viu na lista da Iveco, mais nenhuma força até à data de hoje selecionou o M65E12.  Quais Estados Maiores Europeus, agradeço que diga pq eu n sei, nunca vi mas gostaria de saber se vc souber.

Sobre mais Panther para o Reino Unido, essa opção de mais 400 ja foi descartada ha mt tempo, existe sim a possibilidade de adquirir uma pequena quantidade para reforçar na ISAF mas pelo que tenho visto, o RU procura adquirir MRAP pesados da Force Protection modificados pela NP Aerospace.  Pode ser é que ao abrigo dos novos programas OUVS (Operational Utility Vehicle System) e Light Protected Patrol Vehicle a serem lançados possa vir a ser escolhido o Panther, no entanto outros modelos vão disputar os concursos e são outros programas.
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Julho 23, 2009, 09:43:35 pm
Tsahal peço-lhe que evite o uso intensivo de abreviações (n - não, vc - você, pq - porque, etc.).
Título: TES.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 09:52:48 pm
O Lince é escolhido por quem quer, ninguem é obrigado a ir atras dos requisitos de cada um. Se fala de ser melhor opção adquirir um produto Europeu, existem varios blindados 4x4 fabricados na Europa.

Isso de ir a Israel é pq ha la uma empresa chamada de Plasan Sasa que fornece soluções de blindagem adicional extremamente performantes, adaptaveis a mts blindados e usadas em mts blindados, helicopteros, avioes e navios. é de louvar que o MDN tenha ido a Israel blindar os Hummers para dar condições a quem o usa na ISAF independentemente do preço pago. Imagine se tivessem ido blindar os Hummers a determinadas empresas, ai sim poderia criticar. espero que que tal como o M1025A1 e o 1165 da FAP, os M1151A1 B1 do CTC tenham blindagem da Plasan Sasa e que os 150 vehiculos do programa VTLB incluam blindagem dessa empresa, fica a ganhar quem os opera. Depois depende do cliente, se quer blindadem adicional na caroçaria e no chão do vehiculo ou apenas num deles.
Título: CLV.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 10:18:47 pm
Eu não estou a vender ou querer vender nada, estou sim a eslarecer quem se interessa por blindados e a corrigir os seus erros. Como gosto de aprender, peço-lhe que esclareça isso dos Estados Maiores Europeus terem escolhido o Lince.

Falou em revistas especializadas, leia a JDW ou a Defense News e outras e não a wiki, fica a saber dados certos e partilha isso no forum, todos agradecem

O que interessa aqui é que o MDN compre um blindado capaz de dar mobilidade e protecção ao utilizador independemente do valor pago, quer seja um Hummer, um AVL/PVP ou M65E12 WM!

A qualidade e entregas rapidas pagam-se. Você se quer comer um produto alimentar de qualidade vai a uma loja gourmet e não ao LIDL, obviamente na loja de gourmet pagará mais porque a qualidade é superior.
Título: TES.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 10:23:01 pm
Parece que entretanto o post do Legionario foi censurado mas ok fica o meu comentario.
Título: Re: CLV.
Enviado por: legionario em Julho 23, 2009, 10:40:16 pm
...
Título: Re: TES.
Enviado por: legionario em Julho 23, 2009, 10:41:16 pm
...
Título: TES.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 10:45:32 pm
Você sabe ou não sabe? Se não sabe, não invente! Com invenções aqui ninguem aprende nada. Devia ficar agradecido porque ja vai mais inteligente para a cama.
Título: TES.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 10:54:03 pm
Vc citou estados maiores europeus, deveria então ter citado estado maior do exército X e mesmo assim estaria errado porque quem escolhe X equipamento são os organismo de ``procurement´´ dependentes dos ministerios da defesa e não dos ramos. Os ramos são utilizadores, por vezes gerem compras e lançam concursos mas para coisas que implicam verbas de valor reduzido. Ha excepções ha regra em alguns paises como o Brazil onde cada ramo lança e gere os seus programas. Acho que vc ficou a conhecer hoje todos os utilizadores do LMV e unidades encomendadas até à presente data. Sobre valores dos blindados, não sei visto que nunca comprei um e o preço depende de varios factores mas parece que vc sabe quais são mais caros e mais baratos. Para bem do forum, pode dizer, penso que estamos todos interessados em saber.
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Julho 23, 2009, 10:56:49 pm
======

Tsahal tenha cuidado com a linguagem!!! Podia ter escrito perfeitamente "já vai mais esclarecido para a cama", dizia exactamente o mesmo com menos "agressividade".

Os seus excessos de linguagem, nos últimos tempos, já vêm sido notados pela moderação e pela administração, a persistência neste tipo de comportamento levará seguramente, e no mínimo, à futura edição/eliminação de posts seus que reflictam esta postura!

Pel'A Moderação
B. Pereira Marques

======
Título:
Enviado por: legionario em Julho 23, 2009, 10:59:10 pm
...
Título: TES.
Enviado por: tsahal em Julho 23, 2009, 11:12:02 pm
Para si desejo que antes de afirmar qualquer coisa, procure informaçoes correctas e n erradas para assim não inventar. Todos ficam no final culturalmente enrequecidos sobre defesa.
Título:
Enviado por: Miguel em Julho 24, 2009, 05:41:32 pm
Eu apoio a escolha do hummer blindado.(nunca gostei de made in italia)

Permite ter um minimo de protecçao e espaço suficiente para 4 militares e todo o seu equipamento.
Título: Re: TES.
Enviado por: cromwell em Julho 24, 2009, 06:11:12 pm
Citação de: "tsahal"
O Lince é escolhido por quem quer, ninguem é obrigado a ir atras dos requisitos de cada um. Se fala de ser melhor opção adquirir um produto Europeu, existem varios blindados 4x4 fabricados na Europa.

Isso de ir a Israel é pq ha la uma empresa chamada de Plasan Sasa que fornece soluções de blindagem adicional extremamente performantes, adaptaveis a mts blindados e usadas em mts blindados, helicopteros, avioes e navios. é de louvar que o MDN tenha ido a Israel blindar os Hummers para dar condições a quem o usa na ISAF independentemente do preço pago. Imagine se tivessem ido blindar os Hummers a determinadas empresas, ai sim poderia criticar. espero que que tal como o M1025A1 e o 1165 da FAP, os M1151A1 B1 do CTC tenham blindagem da Plasan Sasa e que os 150 vehiculos do programa VTLB incluam blindagem dessa empresa, fica a ganhar quem os opera. Depois depende do cliente, se quer blindadem adicional na caroçaria e no chão do vehiculo ou apenas num deles.


Desculpe lá senhor Tshal, mas desconhecia que os comandos tinham Hummers.
Tem uma imagem deles?

Aliás, quantos Hummers tem Portugal neste momento?
Título: TES.
Enviado por: tsahal em Julho 24, 2009, 06:47:21 pm
Portugal adquiriu no passado 25 (ou 24) M1025A2 posteriormente blindados com o kit APK da Plasan Sasa, o TACP da FAP tem 3 do modelo referido nos meus posts anteriores e o CTC possui salvo erro 28 do modelo referido no post anterior. Dos 24 originais acredito que alguns estajam ja fora de serviço.

Espero ter ajudado.
Título: TES.
Enviado por: tsahal em Julho 24, 2009, 06:54:43 pm
Lamento mas não tenho ainda fotos desse modelo mas ja foram postadas aqui fotos e o sitio da Presidencia da Republica tem uma.
Título:
Enviado por: legionario em Julho 24, 2009, 09:07:48 pm
...
Título:
Enviado por: lazaro em Julho 24, 2009, 09:53:48 pm
Da minha experiência e de contactos com outros militares portugueses e internacionais, em operações de contra-insurreição com elevado risco de IED's, as DINGO e as IVECO têm dado excelentes garantias.

Arriscando estar a pedir algo que já foi postado, peço ainda assim algum link ou informação pessoal relativa a preços destas viaturas. Estou a falar dos modelos base, claro.
Título: TES.
Enviado por: tsahal em Julho 24, 2009, 10:37:22 pm
Agora temos o Legionario a dizer que o fabricante do Hummer é a GM. Quem fabrica o Hummer militar é a AM General LLC, uma empresa GM que duvido que dê prejuizo pelo contrario vende tanto que deve ter mt lucro.

O Legionario deve ter qualquer trauma d´ínfancia com o Hummer!

Lazaro, tb eu gostaria de saber os preços dos blindados, o Legionario que falou muito em valores deve saber isso melhor que nós mas parece que não quer partilhar.
Título:
Enviado por: Portucale em Julho 25, 2009, 12:35:23 am
Um dos poucos sites que têm valores é o ‘Army guide’.

Alguns dos dados estão desactualizados, como por exemplo Israel não conseguiu comprar os Dingo (corrijam-me se estiver errado), mas dá uma ideia de valores.

A minha conclusão é que o valor da viatura depende muito da configuração pedida, por exemplo, mais ou menos blindagem, mais ou menos potência.

Dados do Dingo;
http://www.army-guide.com/eng/product1280.html (http://www.army-guide.com/eng/product1280.html)

Dados do Iveco;
http://www.army-guide.com/eng/product1594.html (http://www.army-guide.com/eng/product1594.html)
Título:
Enviado por: bokaido em Julho 25, 2009, 02:31:32 am
E o Cobra da Otokar? E a nova versão do Panhard? Não podem ser opções para a viatura 4x4 a adquirir no futuro?
Se o número de viaturas total for significativo e o contrato incluir sobresselentes suficientes para assegurar a manutenção, não percebo porque não teriam hipóteses.

Creio que não ficam atrás do Hummer ou do Iveco quer em mobilidade, quer em protecção, e muito menos no preço.
Título:
Enviado por: bokaido em Julho 25, 2009, 02:48:18 am
Para quem quiser ver,


O projecto para o novo VBL:
http://www.panhard.fr/anglais/index.htm (http://www.panhard.fr/anglais/index.htm)


O 4x4 turco:

http://www.otokar.com.tr/en/products/pr ... px?urun=44 (http://www.otokar.com.tr/en/products/product_detail.aspx?urun=44)

http://www.army-guide.com/eng/product771.html (http://www.army-guide.com/eng/product771.html)
Título:
Enviado por: bokaido em Julho 25, 2009, 03:09:57 am
Caro lazaro, o preço do Dingo 2 andará próximo dos 700 mil euros por unidade... Isto, segundo o deagel.com..

Há uns anos penso que a Bélgica tentou também comprar esta viatura e o valor do contrato era de 200 e tal milhões de euros para 200 Dingos, creio eu. Mas depois compraram o Iveco :)
Título: Belgica.
Enviado por: tsahal em Julho 25, 2009, 09:49:06 am
A Belgica adquiriu o DINGO e o LMV para além do Piranha 3 e do Pandur.
Título:
Enviado por: legionario em Julho 25, 2009, 11:11:43 pm
...
Título:
Enviado por: legionario em Julho 25, 2009, 11:33:37 pm
...
Título: Tropa.
Enviado por: tsahal em Julho 26, 2009, 10:55:05 am
Devias ter uma opinião do Hummer ou de outro blindado depois de o ter conduzido e não depois ler coisas opiniões individuais.

Qualquer blindado tem avarias, elas são resolvidas rapidamente se a logistica e manutenção funcionar. Os Hummer Portugueses foram retirados de Timor porque eram muito largos para as estradas nas quais os militares Portugueses patrulhavam. Repara que quando um blindado operado por forças US tem um qualquer problema tens logo um helicóptero que vem trazer as peças, no caso Português ja não é bem assim. Sobre a condução, repara que no caso Português, quando varias mãos passam por um blindado, é normal que ele tenha mais desgaste e o hummer foi para Timor muito pouco tempo depois de ser adquirido ou seja a experiencia com ele era reduzida do ponto de vista da operação e manutenção e peças sobressalentes existentes em quantidades reduzidas.

Se foste legionario devias saber essas coisas todas e afirmares coisas baseadas nas tuas experiencias e não fazeres copy past´s de textos. Agora se foste Legionario cozinheiro ou da caneta, entendo isso.

Eles agora na ISAF portam-se bem, porque será?

O MRAP substitui o Hummer nos TO´s porque possui mais protecção e mais capacidade de carga. Agora se falas em mobilidade, os MRAP são mt limitados, digo isso não por ter lido mas por ter visto ao vivo!
Título:
Enviado por: lazaro em Julho 26, 2009, 03:29:49 pm
Obrigado aos foristas com a informação. Foi útil!!
Título:
Enviado por: voador em Julho 26, 2009, 03:37:07 pm
Citação de: "bokaido"
Caro lazaro, o preço do Dingo 2 andará próximo dos 700 mil euros por unidade... Isto, segundo o deagel.com..

Há uns anos penso que a Bélgica tentou também comprar esta viatura e o valor do contrato era de 200 e tal milhões de euros para 200 Dingos, creio eu. Mas depois compraram o Iveco :)

Os belgas compraram ambas e usam-nas na defesa do aerporto de cabul
Título: Re: Tropa.
Enviado por: legionario em Julho 26, 2009, 10:18:46 pm
...
Título: Hummer.
Enviado por: tsahal em Julho 26, 2009, 10:29:26 pm
Se entende de Hebraico (e não Hebreu) porquê pede para traduzir?????

Novamente a fazer copy pasts! O Legionario deve ter um trauma qualquer com o Hummer. Quando vir um Hummer à sua frente, fuja que com tanto odio por ele, está sujeito a ser atropelado por um! Vc é um caso sério!
Título: Re: Hummer.
Enviado por: legionario em Julho 26, 2009, 11:07:58 pm
...
Título: Hummer.
Enviado por: tsahal em Julho 26, 2009, 11:53:36 pm
Mas Legionario, pq dizes isso???? quem impige Hummers que ninguem quer??? Todos os Hummers adquiridos por Portugal vieram de fabrica ou seja novinhos. Onde está o problema da vigarização? Agora uma coisa é certa qualquer governo nem sempre compra o melhor porque o melhor é uma coisa relativa, ha varias condicionantes, o preço, o prazo de entrega, qualidade, capacidade, lobby e contrapartidas. Eu tb acho o LMV bonito até porque ja vi ao vivo varias versões mas o LMV pode ser pior e melhor que um Hummer e vice versa, depende a pasta que queiras gastar nele. Todos os blindados actuais (menos os chinocas e os URO espanhois mas esse vai ter uma versão de Nivel 2 e 3) são bons blindados mas uns são mais caros que outros e levam masi tempo a produzir por falta de mão de obra. Lembra-te que quando produzes uma coisa em massa, a entrega é mais rapida e se precisas com urgencia de algo vais ter que ir a quem garanta essa entrega nos teus prazos e ai o Hummer tem vantagem, produto razoavel e com entrega rápida. No Afeganistão o M1025 de Portugal tem cumprido mas ja é um modelo antigo. Os novos do CTC são mt melhor, tem blindagem Frag5, torre blindada, A/C, ect.
Título: hummer.
Enviado por: tsahal em Julho 26, 2009, 11:58:18 pm
Vamos todos fazer uma vaquinha e comprar um Hummer ao Legionario. Assim poderá calhar que ele se apaixone pelo Hummer.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Julho 27, 2009, 12:25:17 am
Citar
comparações

LMV:
Panther MLV (LMV)
Number of drive wheels  4
Number of wheels    4
Main weapon caliber (mm) 12.7
Weight (kg)    7000
Engine power output (h.p.) 185
Length (mm)    4812
Weight (kg)    2420
Height (mm)    2050
Max. road range (km)    500
Max. road speed (km/h)    130
http://www.army-guide.com/eng/product.p ... 9dd2d2f374 (http://www.army-guide.com/eng/product.php?prodID=1594&printmode=1&PHPSESSID=44c68db4795183db120c139dd2d2f374)

High Mobility Multipurpose Wheeled Vehicle (HMMWV) (M998 Truck)
Length: 15 feet (4.57 meters)
Width: 7.08 feet (2.16 meters)
Weight: 5,200 pounds (2359 kilograms)
Height: 6.00 feet (1.83 meters) reducible to 4.5 feet (1.37 meters)
Engine: V8, 6.2 litre displacement, fuel injected diesel, liquid cooled, compression ignition
Horsepower: 150 at 3,600 RPM
http://www.fas.org/man/dod-101/sys/land/m998.htm (http://www.fas.org/man/dod-101/sys/land/m998.htm)


Cada um tem a sua opinião mas eu prefiro um veiculo que seja alto o suficiente para evitar que a energia da explosão, atinja em pleno o veiculo. Neste caso apesar de as blindagens poderem ser muito similares a minha escolha vai para o LMV
Título: Re: Hummer.
Enviado por: bokaido em Julho 27, 2009, 01:28:55 am
Citação de: "tsahal"
Lembra-te que quando produzes uma coisa em massa, a entrega é mais rapida e se precisas com urgencia de algo vais ter que ir a quem garanta essa entrega nos teus prazos e ai o Hummer tem vantagem, produto razoavel e com entrega rápida.


Mas o que é que isso nos interessa, por acaso o programa de compra dos 4x4 para Portugal carece de alguma urgência? Que eu saiba, já era muito positivo que este programa fosse para a frente, independentemente da viatura escolhida.
Agora, se fosse eu a escolher, se calhar ponderava uma viatura que fosse moderna, e um contrato que fosse bom para o futuro, ou seja, viaturas em número suficiente e uma manutenção em condições..
É claro que o preço será sempre um importante factor de decisão. E acho muito bem que assim seja, porque nós temos muito mais onde gastar dinheiro..
Título: hummer.
Enviado por: tsahal em Julho 27, 2009, 09:14:42 am
Bokaido, se queres projectar forças no TO numa determinada data, vais querer os blindados na hora e não no final da missão ou não?????? Lembro-te que vai ser iniciada uma missão em 2010. Queres a tropa a patrulhar de Mercedes VITO????

Dai quem produz em massa e garanta entrega rapidas possa ter alguma vantagem no momento da escolha.

O programa dos 150 VTLBs inclui a aquisição por lotes e está pronto. Não foi lançado porque a LPM passou para o próximo governo. Todas as viaturas são modernas, o Hummer actual não é o Hummer antigo, sofreu uma evolução que melhorou as suas capacidades e como ja disse varias vezes, um blindado é aquilo que estiveres disposto a gastar nele. Relativamente á manutenção, reflecte um pouco porque esta não depende do constructor mas sim do cliente. Se este formar correctamente os seus tecnicos e a cadeia logistica funcionar bem, qualquer blindado está 100% operaccional. Toda a mecanica em qualquer blindado vem de forma a facilitar a manutenção, isso é uma bandeira de qualquer empresa.
Título:
Enviado por: legionario em Julho 27, 2009, 11:26:22 am
...
Título:
Enviado por: legionario em Julho 27, 2009, 11:41:18 am
...
Título: Hummer.
Enviado por: tsahal em Julho 27, 2009, 11:54:08 am
Olha que o Hummer tem mais utilizadores, Espanha, Irak, Coreia do Sul e por ai fora. Quanto ao seu clone Chinês é de facto um clone, eu vi-o em Fevereiro e achei isso. Colocava aqui uma foto do bicho mas n sei como fazer.
Título: Re: Hummer.
Enviado por: ShadIntel em Julho 27, 2009, 01:41:38 pm
Citação de: "tsahal"
Olha que o Hummer tem mais utilizadores, Espanha, Irak, Coreia do Sul e por ai fora. Quanto ao seu clone Chinês é de facto um clone, eu vi-o em Fevereiro e achei isso. Colocava aqui uma foto do bicho mas n sei como fazer.

Existem vários sites que permitem colocar imagens na Net. Os mais conhecidos, nos quais terá de se registar, são o Photobucket e o Imageshack:
 :arrow: http://my.imageshack.us/registration

Caso prefira optar por um sistema mais simples e rápido, pode recorrer ao Image Hosting  ou Upload Imagens:
 :arrow: http://www.uploadimagens.com/upload.php

Basta fazer o upload das imagens a partir do suporte onde se encontram, e copiar o link assim obtido.
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 27, 2009, 01:47:11 pm
Está aqui o HUMVEE chinês.

(http://auto.tom.com/autoimg/upload_dir/1809/1152783667_52659.jpg)
Título:
Enviado por: Scarto em Julho 27, 2009, 01:47:35 pm
Citação de: "legionario"
Para os incondicionais do Hummer, proponho que olhem para o MENGSHI, que é uma copia chinesa muito melhorada do humvee.

O MENGSHI é superior ao Humvee em pelo menos 12 dos 15 indicadores de perfomance e igual nos 3 indicadores restantes.
Foi laureado pelo Premio do Progresso Nacional das Ciencias e da Tecnologia...

Tem um menor consumo e uma maior capacidade de carga...e é mais barato, se nao houver pagamento de "comissoes" e de luvas, claro !
Mas o pessoal na quer este material chinês pois nao ? no entanto parece melhor que o "original americano :)


Sem querer por mais lenha na fogueira..Mas esse Congresso Nacional de Ciencias e Tecnologia é chines?É que se for,devem ser os mesmos que atribuiram 5 estrelas a nivel de segurança aos carros chineses,ao passo que deram 1 e 2 à Renault...

P.S-E atenção que eu não gosto do Hummer.
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 27, 2009, 01:58:30 pm
De repente apareceu no site da POADU estas imagens do Sherpa.

http://poadu.wordpress.com/ (http://poadu.wordpress.com/)
Título:
Enviado por: legionario em Julho 27, 2009, 03:14:02 pm
...
Título:
Enviado por: legionario em Julho 27, 2009, 03:18:06 pm
...
Título:
Enviado por: lazaro em Julho 27, 2009, 03:28:40 pm
Citação de: "voador"
Citação de: "bokaido"
Caro lazaro, o preço do Dingo 2 andará próximo dos 700 mil euros por unidade... Isto, segundo o deagel.com..

Há uns anos penso que a Bélgica tentou também comprar esta viatura e o valor do contrato era de 200 e tal milhões de euros para 200 Dingos, creio eu. Mas depois compraram o Iveco :)
Os belgas compraram ambas e usam-nas na defesa do aerporto de cabul


Ambas as viaturas também estão a equipar OMLT Belgas
Título: Hummer.
Enviado por: tsahal em Julho 27, 2009, 04:21:16 pm
Dentro de minutos o amigo Nelson vai colocar a foto do clone Chinês do Hummer que tirei em Fevereiro em Abu Dhabi. Na altura, ele tava equipado com um sistema AA clone do Avanger US. Se o Chinoca é melhor ou pior que o seu pai US, isso desconheço visto que nunca conduzi ambos. Mas se algum tecnico do FD ja os tenha conduzido, ele melhor poderá dizer. O Legionario que é um grande perito em blindados disse que era melhor, se calhar ja conduziu, ele deve ser então a pessoa indicada.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Julho 27, 2009, 04:29:14 pm
Citação de: "cromwell"
Está aqui o HUMVEE chinês.

(http://auto.tom.com/autoimg/upload_dir/1809/1152783667_52659.jpg)


a pedido do Tsahal coloco aqui a foto do clone

(http://www.uploadimagens.com/upload/eee1abb1819895a624a6054e3ba76208.jpg) (http://http)
Título:
Enviado por: legionario em Julho 27, 2009, 04:37:59 pm
...
Título: Blindados.
Enviado por: tsahal em Julho 27, 2009, 04:41:46 pm
Procura bem que para além dos 7 vais encontrar mais!!!! Podes postar aqui o link do documento referido por ti?
Título:
Enviado por: legionario em Julho 27, 2009, 06:23:11 pm
...
Título:
Enviado por: Chicken_Bone em Julho 27, 2009, 06:23:25 pm
Não sei se é bom, mas acho o JLTV da BAE apelativo:

(http://www.armyrecognition.com/images/stories/north_america/united_states/wheeled_armoured/jltv_Bae_Systems/pictures/jltv_BAE_Systems_Navistar_Defense_joint_light_tactical_vehicle_United_states_001.jpg)

Quereis elaborar?
Título:
Enviado por: legionario em Julho 27, 2009, 06:41:33 pm
...
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 27, 2009, 06:44:02 pm
Realmente ,não sei qual é a razão de tanta gente gostar do Hummer.

Só por que vai ter melhor blindagem?
Título:
Enviado por: legionario em Julho 27, 2009, 07:37:47 pm
...
Título: Hummer.
Enviado por: tsahal em Julho 27, 2009, 08:40:51 pm
Um ex Legionario precisa de motorista????? Um ex operacional ou terá sido operacional da caneta!!!! Eu até te levava a dar uma volta mas prendia-te a uma corda e ias a surfar na area do deserto, hehe!

Eu nunca disse que gostava do Hummer, procuro é ver e encarar a realidade e não inventar como faz o Legionario. Se falarmos em gostos, o meu vai para o EAGLE IV e RG 32. O Legionario é que encarou com o Hummer e pronto massacra o pobre blindado. O pior é que se calhar nunca pilotou um Hummer mas opina e critica. Como ex Legionario conta la as tuas aventuras com a P4, VLRA, VAB e TRM 2000.

Grandes fabricantes, conto a KMW, Rheinmetall, BAE, Nexter, iveco/oto melara, GD SBS, Patria, Steyr, Mowag, Renault TD, uma da Polonia, VOP 025/026, ect. Todas grandes empresas e são mais de 7. E ainda ha mais Panhard, NP Aerospace, Thales, ect ect ect.
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 27, 2009, 09:43:47 pm
Portugal devia era comprar isto.

(http://patdollard.com/wp-content/uploads/land_mrap_img_maxxpro_cat-1_final_lg.jpg)


HE HE HE HE HE HE :lol:
Título: Hummer.
Enviado por: tsahal em Julho 27, 2009, 09:50:33 pm
Concordo contigo, tem um aspecto porreiro, dizem que tem uma boa mobilidade e boa protecção. Ao vivo ele é um bicho impressionante.
Título: Re: Hummer.
Enviado por: cromwell em Julho 27, 2009, 09:53:41 pm
Citação de: "tsahal"
Concordo contigo, tem um aspecto porreiro, dizem que tem uma boa mobilidade e boa protecção. Ao vivo ele é um bicho impressionante.


E a distância do chão é muita boa para protecção dos soldados. :D
Título:
Enviado por: Chicken_Bone em Julho 27, 2009, 10:33:22 pm
Esse não teria o mesmo problema que os MRAPs no Afeganistão? Grandes demais para o terreno e estradas.
Título: ISAF.
Enviado por: tsahal em Julho 27, 2009, 11:05:05 pm
esse MRAP é de facto um pouco alto mas parece oferecer uma boa protecção. Um modulo altamente blindado. Apesar do peso, ele deve conservar um alto grau de mobilidade o que nem sempre é facil como acontece nos blindados da Force Protection. Recentemente vi alguns a rolar em terreno aberto e pareciam caracois.
Título:
Enviado por: Chicken_Bone em Julho 27, 2009, 11:43:08 pm
Como a conversa parece estar a sair do divertido e a descambar, talvez seja melhor passarem para as mensagens privadas, tal cmo eu e o Tsahal fizemos numa ocasião semelhante. Assim, evitais chatices dos moderadores.
Título:
Enviado por: _Gabriel_®™ em Julho 28, 2009, 01:50:06 am
Isto é como bater no ceguinho... :o
Esta viatura é modular, dividida em chassis, compartimento de motor, chão anti-mina e célula de sobrevivência, convém salientar que esta viatura é desenvolvida para proteger ao máximo a tripulação e nem tanto a propria viatura...
Esta viatura é tb facilmente transportada por um C-130, possui motor a diesel com capacidade para 1000 km's com 1 tanque de combustivel de 220 litros, para 1 blindado é optimo!! As armas que podem ser instaladas no Dingo 2 são controladas de dentro do blindado, para promover a segurança do soldado...enfim, e mais uma panoplia de caracteristicas mas como falam tanto no preço destas viaturas, esta fica por 700mil euros a unidade, se cada Hummer nos custa 200mil e ainda tem de receber blindagem em Israel que fica mais cara que a propria viatura em si, se observarmos os pontos fortes deste Dingo 2 talvez seja preferivel optar por esta viatura.... :!:
(http://www.defesanet.com.br/imagens/afv/kmw/dingo_1.jpg)
(http://www.armyrecognition.com/europe/France/Eurosatory/Eurosatory_2006/pictures/pictures_2006/Dingo_2_ArmyRecognition_Eurosatory_2006.JPG)

Cumprimentps!!
Título:
Enviado por: bokaido em Julho 28, 2009, 02:36:16 am
Citação de: "_Gabriel_®™"

(http://defense-update.com/images/Dingo2-1.jpg)



Quanto a este ser o melhor carro ninguém terá muitas dúvidas, agora quanto ao preço.. Se o Paulo Portas ainda fosse ministro (o que era mau sinal) talvez ainda fosse uma possibilidade  :D

Uma dúvida, quantas viaturas é que são necessárias? É que se forem poucas, mesmo com as nossas eternas dificuldades orçamentais, mais valia mesmo era comprar coisa boa e que dure muito. Até porque as missões externas parecem estar para durar.

E já agora, uma dúzia destes, para completar o cenário  

(http://i240.photobucket.com/albums/ff6/Tosk_ana/fennek1.jpg)
Título:
Enviado por: raphael em Julho 28, 2009, 11:03:25 am
o pessoal opinar pode sempre, até por os pés à parede, contrapor argumentos, atacarem-se verbalmente... mas se no MDN considerarem o Hummvee a escolha mais acertada vai ser esse e mais nenhum... mas ok!
Em relação ao Dingo 2, essa hipótese já foi considerada há uns anos na FAP...o que é que temos agora?? Hummvee.
Em relação à arma operada do interior duvido que se viessemos a ter Dingo essa fosse a opção, porque quando vieram as APC Condor, pensou-se em instalar a Torre para a arma, mas como o custo da mesma superava o da viatura não se adquiriu e mesma!
Penso que mesmo neste caso o factor preço, independentemente da protecção acrescida para o militar, vai ser preponderante...
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 28, 2009, 01:20:13 pm
Citação de: "bokaido"
Citação de: "_Gabriel_®™"

(http://defense-update.com/images/Dingo2-1.jpg)


Quanto a este ser o melhor carro ninguém terá muitas dúvidas, agora quanto ao preço.. Se o Paulo Portas ainda fosse ministro (o que era mau sinal) talvez ainda fosse uma possibilidade  :D
Uma dúvida, quantas viaturas é que são necessárias? É que se forem poucas, mesmo com as nossas eternas dificuldades orçamentais, mais valia mesmo era comprar coisa boa e que dure muito. Até porque as missões externas parecem estar para durar.

E já agora, uma dúzia destes, para completar o cenário  

(http://i240.photobucket.com/albums/ff6/Tosk_ana/fennek1.jpg)


Muito pelo contrário, o Paulo Portas foi um excelente Ministro da Defesa.
Título:
Enviado por: cromwell em Julho 28, 2009, 01:31:17 pm
Citar
In May, French armoured and tactical vehicles manufacturer Renaults Trucks Defense (part of Volvo Group) has trialed its SHERPA 2 patrol carrier and SHERPA 3 FS (Forces Spéciales) rapid intervention vehicle in Portugal at three Army and Navy facilities (BrigMec, OGME facilities in Lisbon and at the Fuzileiros base).

The company has also trialed the vehicles in Spain on a demonstration for the Spanish Navy Infanteria de Marina.
With its SHERPA´s, Renaults Trucks Defense is looking to place its light vehicle as the winner of the Portuguese Ministry of Defence procurement agency DGAED (Direcção Geral de Armamento e Equipamentos de Defesa) VTLB (Viatura Táctica Ligeira com Blindagem) 4×4 light tactical armoured vehicle programme. A RFP (Request For Proposals) is expected to be launched before the end of 2009 or during early 2010. The MoD first planned to launch the RFP in March 2008 but the decision has since been delayed. The procurement will can be made in several batches rather than a contract for all the 150 vehicles in several configurations.

The VTLB programme call for the procurement of 101 protected vehicles for the Portuguese Army BRR (Brigada de Reação Rápida) special forces brigade, 33 for Navy Corpo de Fuzileiros da Armada marine corp and 16 for the Portuguese Air Force military police in order to replace the CONDOR 4×4 armoured carrier.

Other possible contenders includes vehicles from URO Vehículos Especiales SA, BAE Systems Land Systems South Africa, Iveco DV SpA, AM General LLC, Mowag GmbH and Panhard General Defense.



http://poadu.wordpress.com/ (http://poadu.wordpress.com/)


Excelente notícia! :D  

Parece que os Condor vão ser substituidos.
Título:
Enviado por: raphael em Julho 28, 2009, 02:04:49 pm
hummm...pois parece que sim...mas não é prioritário...além de que ao ler o ultimo paragrafo vejo la o AM General...e como o TACP já tem Hummvee... siga!
Também para aquilo que os APC Condor são utilizados actualmente...
Título:
Enviado por: sivispacem em Julho 28, 2009, 03:38:20 pm
Citação de: "raphael"
hummm...pois parece que sim...mas não é prioritário...além de que ao ler o ultimo paragrafo vejo la o AM General...e como o TACP já tem Hummvee... siga!
Também para aquilo que os APC Condor são utilizados actualmente...


Donde aquilo que se tem criticado - digo eu na minha inocência - não tem grande razão de ser, uma vez que o concurso ainda nem sequer foi publicado.
Só então se ficará a saber quais os critérios de escolha, naturalmente depois das provas a que as viaturas seguramente irão ser submetidas...

E espero sinceramente que ganhe o melhor, seja ele qual fôr....

CPmts
Carlos Ferreira

PS: mas se fôr outro que não o Hummer já viram o pesadelo logistico em que o Exército começa a mergulhar?? são 'n' tipos de jipes no activo + Humveers (em 3 versões, creio) + novo 4x4.... é uma salada!
Título:
Enviado por: alphaiate em Julho 28, 2009, 05:35:00 pm
Citação de: "cromwell"

Muito pelo contrário, o Paulo Portas foi um excelente Ministro da Defesa.


voce tem umas piadas deliciosas!!

se não fosse o actual ministro teríamos, isso sim, era umas toneladas de sucata, contractos ruinosos e outras afins!

apresento desde já as minhas desculpas à equipa de moderação mas não consegui conter. além  de que pessoalmente o actual ministro tem toda a minha simpatia, contrariamente ao individuo supra citado! Não deixa no entanto de ser uma opinião pessoal.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Agosto 17, 2009, 11:49:50 pm
Citar
C001 e C002/2009 AQUISIÇÃO DE VEICULOS 4X4
Tipo de Procedimento:   Ajuste Directo
Objecto da Contratação:   CPV: 34113200-4 VEICULOS 4X4


Fase do Procedimento e Prazos para a Recepção de Propostas:

Fase do Procedimento:   Adjudicado
Data Limite de Recepção de Propostas:   28 de Janeiro de 2009
Hora Limite de Recepção de Propostas:   16H00
Local para Entrega de Propostas:   Direcção de Aquisições / Repartição de Concursos e Contratos Av. Infante Santo nº49 - 2º Andar 1350-177 Lisboa


Adjudicação:

Designação Social do Adjudicatário:   MITSUBISHI MOTORS DE PORTUGAL, SA
NIF do Adjudicatário:   500293520
Valor da Adjudicação s/ IVA:   662.024,56 Euros
Justificação por Critérios Materiais:   Nos termos da alínea e) do nº 1 do Artº 26º.
Data de Notificação da Adjudicação:   16 de Fevereiro de 2008
Título:
Enviado por: pmdavila em Agosto 18, 2009, 12:19:20 am
Citação de: "nelson38899"
Citar
C001 e C002/2009 AQUISIÇÃO DE VEICULOS 4X4
Tipo de Procedimento:   Ajuste Directo
Objecto da Contratação:   CPV: 34113200-4 VEICULOS 4X4


Fase do Procedimento e Prazos para a Recepção de Propostas:

Fase do Procedimento:   Adjudicado
Data Limite de Recepção de Propostas:   28 de Janeiro de 2009
Hora Limite de Recepção de Propostas:   16H00
Local para Entrega de Propostas:   Direcção de Aquisições / Repartição de Concursos e Contratos Av. Infante Santo nº49 - 2º Andar 1350-177 Lisboa


Adjudicação:

Designação Social do Adjudicatário:   MITSUBISHI MOTORS DE PORTUGAL, SA
NIF do Adjudicatário:   500293520
Valor da Adjudicação s/ IVA:   662.024,56 Euros
Justificação por Critérios Materiais:   Nos termos da alínea e) do nº 1 do Artº 26º.
Data de Notificação da Adjudicação:   16 de Fevereiro de 2008


Suponho que sejam as Mitsubishi Strakar que andam por aí...certo?
Título:
Enviado por: SANTACRUZ em Agosto 18, 2009, 09:53:15 am
(http://www.xtdev.com/auto/gallery/news/031102_Baja500Portalegre_MiguelBarbosa_MitsubishiStrakar_2.jpg)

nao vejo nada de militar neste 4x4...  o exercito vai começar a fazer o Lisboa - Dakar????  :?:  :?:
Título:
Enviado por: cromwell em Agosto 18, 2009, 10:10:39 am
Realmente, via sair porcaria deste concurso 4x4. :roll:
Título:
Enviado por: raphael em Agosto 19, 2009, 12:44:12 am
cromwell és tu que utilizas as strakar no exercito? e na armada? enfim este concurso citado é para veiculos 4x4 de uso geral... nada a ver com o veículo blindado que se tem discutido aqui...
strakar? bem melhor que as nissan pickup e patrol que drenam dinheiro em combustiveis e manutenção que eu sei lá... é o tal concurso que o sr ministro da defesa o ano passado anulou...e que depois foi buscar uns E220CDI novos para ele e para o secretario de estado da defesa...
Se se circula em veiculos que não reunem as condições minimas, que se adquiram as strakar para as escoltas, missões em território nacional, patrulhas nas unidades militares, são bem vindos... :evil:
Título:
Enviado por: pmdavila em Agosto 19, 2009, 09:36:39 am
Oi!!! Quem é que anda a falar mal do meu rico Nissan Patrol?! Ao menos chega a lugares que as Strakar não chegam... :oops:
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 19, 2009, 10:48:20 am
Estes terceirenses estão a viver bem, hein?! :lol:

Já no último Dia de Portugal a Marinha tinha por lá Strakar, por isso esta aquisição não seria a primeira do género. No Corpo de Bombeiros da minha zona há uma Strakar que já deve ter uns 20 anos e ainda rola. c34x
Título:
Enviado por: pmdavila em Agosto 19, 2009, 01:07:07 pm
Nissan Patrol de 1990, 2800cc, motor 6 cilindros, neste momento tem 187000 km. Não quero outra coisa (para fazer "canadas"...). :mrgreen:

Aqui ao lado, no QG da BrigInt, volta e meia vêem-se umas Strakar, já há alguns meses.
Título:
Enviado por: JPM em Agosto 19, 2009, 11:07:01 pm
Citação de: "alphaiate"
Citação de: "cromwell"

Muito pelo contrário, o Paulo Portas foi um excelente Ministro da Defesa.

voce tem umas piadas deliciosas!!

se não fosse o actual ministro teríamos, isso sim, era umas toneladas de sucata, contractos ruinosos e outras afins!

apresento desde já as minhas desculpas à equipa de moderação mas não consegui conter. além  de que pessoalmente o actual ministro tem toda a minha simpatia, contrariamente ao individuo supra citado! Não deixa no entanto de ser uma opinião pessoal.


Para além das Perry, que toneladas de sucata e que contratos ruinosos foram esses?
O Paulinho das Feiras pode ser muita coisa, mas é competente e foi um excelente ministro da defesa.

Acho que o amigo alphaiate anda a ir demais ao Manel do Potes.
Título:
Enviado por: HSMW em Agosto 20, 2009, 12:34:31 am
Citação de: "pmdavila"
Oi!!! Quem é que anda a falar mal do meu rico Nissan Patrol?! Ao menos chega a lugares que as Strakar não chegam... :oops:

Se estamos a falar de 4x4 esse consumos não me surpreendem.
A minha "burra" bebe quase o mesmo (2500cc)
(http://auto.sapo.pt/images/thumbs/website/048981/624fa313-29cb-4bb8-8231-c070f4569c79h320w427.jpg)

Nunca fiz a média ao UMM mas não deve andar longe.
Título:
Enviado por: alphaiate em Agosto 20, 2009, 05:19:02 am
Citação de: "JPM"
Citação de: "alphaiate"
Citação de: "cromwell"

Muito pelo contrário, o Paulo Portas foi um excelente Ministro da Defesa.

voce tem umas piadas deliciosas!!

se não fosse o actual ministro teríamos, isso sim, era umas toneladas de sucata, contractos ruinosos e outras afins!

apresento desde já as minhas desculpas à equipa de moderação mas não consegui conter. além  de que pessoalmente o actual ministro tem toda a minha simpatia, contrariamente ao individuo supra citado! Não deixa no entanto de ser uma opinião pessoal.

Para além das Perry, que toneladas de sucata e que contratos ruinosos foram esses?
O Paulinho das Feiras pode ser muita coisa, mas é competente e foi um excelente ministro da defesa.

Acho que o amigo alphaiate anda a ir demais ao Manel do Potes.


se o caríssimo pretende insinuar alguma coisa, sugiro que o faça abertamente e por mensagem privada, terei o maior prazer em esgrimir argumentos consigo. Assim como em aceitar o seu pedido de desculpas pela sua insinuação impropria!
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 20, 2009, 11:21:41 am
Calma pessoal, eu defendo que cada um tem a sua opinião e que todas elas devem ser acompanhadas pela sua fundamentação, contudo é esta riqueza de opiniões que fazem do forum defesa um espaço único de sabedoria e conhecimento militar.
As opiniões pessoais existem, e para que reine a harmonia entre todos, elas devem ser respeitadas. Um abraço a todos. :wink:
Título:
Enviado por: cromwell em Agosto 26, 2009, 10:40:37 am
Citar
August 23, 2009 by worldef
The French light armoured vehicles manufacturer Panhard General Defence is looking to bid with its AVL 4×4 AVL light armoured vehicle (called PVP in French Army service) for the Portuguese VTLB programme.  One the versions to be submitted will can be the rapid intervention and special operations configured vehicle under development called PVP Special Forces/Forces Spéciales. This new vehicle is based on the PVP (Petit Véhicule Protégé) armoured vehicle. The vehicle can be fitted on the top with a 7.62mm light machine gun and with a mast mounted 12mm heavy machine gun, a 40mm automatic grenade launcher or with a anti-tank missile launcher


http://poadu.wordpress.com/ (http://poadu.wordpress.com/)


Imagem do veículo:

(http://news-images.caradisiac.com/IMG/jpg/7/1/5/8/1/Panhard-A5_avxl-1_grande.jpg)

Não era este o veículo que o caro Instrutor queria tanto?
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 26, 2009, 12:17:42 pm
Claro, mas não era bem este ainda que... :wink:  isto sim é máquina e ja temos experiência adquirida com os M11.
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 26, 2009, 12:22:55 pm
É da família também uma viatura muito boa, pessoalmente era mesmo isto que ainda preferia :wink:

http://www.armyrecognition.com/europe/F ... iption.htm (http://www.armyrecognition.com/europe/France/vehicules_a_roues/Panhard/VBR/VBR_Panhard_France_description.htm)
Título:
Enviado por: Uboot em Agosto 26, 2009, 12:35:09 pm
Citação de: "cromwell"
Citar
August 23, 2009 by worldef
The French light armoured vehicles manufacturer Panhard General Defence is looking to bid with its AVL 4×4 AVL light armoured vehicle (called PVP in French Army service) for the Portuguese VTLB programme.  One the versions to be submitted will can be the rapid intervention and special operations configured vehicle under development called PVP Special Forces/Forces Spéciales. This new vehicle is based on the PVP (Petit Véhicule Protégé) armoured vehicle. The vehicle can be fitted on the top with a 7.62mm light machine gun and with a mast mounted 12mm heavy machine gun, a 40mm automatic grenade launcher or with a anti-tank missile launcher

http://poadu.wordpress.com/ (http://poadu.wordpress.com/)



Imagem do veículo:

(http://news-images.caradisiac.com/IMG/jpg/7/1/5/8/1/Panhard-A5_avxl-1_grande.jpg)

Não era este o veículo que o caro Instrutor queria tanto?



horrível  :(  :(
Título:
Enviado por: SANTACRUZ em Agosto 26, 2009, 12:45:14 pm
Citação de: "Uboot"
Citação de: "cromwell"
Citar
August 23, 2009 by worldef
The French light armoured vehicles manufacturer Panhard General Defence is looking to bid with its AVL 4×4 AVL light armoured vehicle (called PVP in French Army service) for the Portuguese VTLB programme.  One the versions to be submitted will can be the rapid intervention and special operations configured vehicle under development called PVP Special Forces/Forces Spéciales. This new vehicle is based on the PVP (Petit Véhicule Protégé) armoured vehicle. The vehicle can be fitted on the top with a 7.62mm light machine gun and with a mast mounted 12mm heavy machine gun, a 40mm automatic grenade launcher or with a anti-tank missile launcher

http://poadu.wordpress.com/ (http://poadu.wordpress.com/)



Imagem do veículo:

(http://news-images.caradisiac.com/IMG/jpg/7/1/5/8/1/Panhard-A5_avxl-1_grande.jpg)

Não era este o veículo que o caro Instrutor queria tanto?



horrível  :(  :(


eu acho que e um veiculo decente ... ou seria melhor nos temos carros desportivos?

(http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/04/Porte_ouverte_18RT-15_juin_2009_v%C3%A9hicule_r%C3%A9giment01.jpg/600px-Porte_ouverte_18RT-15_juin_2009_v%C3%A9hicule_r%C3%A9giment01.jpg)

PVP on display at an open door day of the 18ème Régiment de Transmissions, on 15 June 2009
Place of origin     France
Specifications
Weight    4 390 kg.
Length    4 599 mm
Width    2 277 mm.
Height    2 170 mm.
Crew    2 to 4
Armour    6 to 10 mm
Primary
armament    Medium machine gun
Engine    2 800 cm3 Diesel turbo.
160 hp ( kW)
Power/weight    34 hp/tonne
Suspension    Wheeled 4 x 4
Operational
range    800 km
Speed    120 km/h[/img]
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 26, 2009, 02:10:13 pm
Citação de: "Uboot"
Citação de: "cromwell"
Citar
August 23, 2009 by worldef
The French light armoured vehicles manufacturer Panhard General Defence is looking to bid with its AVL 4×4 AVL light armoured vehicle (called PVP in French Army service) for the Portuguese VTLB programme.  One the versions to be submitted will can be the rapid intervention and special operations configured vehicle under development called PVP Special Forces/Forces Spéciales. This new vehicle is based on the PVP (Petit Véhicule Protégé) armoured vehicle. The vehicle can be fitted on the top with a 7.62mm light machine gun and with a mast mounted 12mm heavy machine gun, a 40mm automatic grenade launcher or with a anti-tank missile launcher

http://poadu.wordpress.com/ (http://poadu.wordpress.com/)

O que nós pretendemos não são veículos lindinhos tipo modelitos.... mas sim veículos robustos, capazes de cumprir exempelarmente as suas missões.



Imagem do veículo:

(http://news-images.caradisiac.com/IMG/jpg/7/1/5/8/1/Panhard-A5_avxl-1_grande.jpg)

Não era este o veículo que o caro Instrutor queria tanto?



horrível  :(  :(


O que nós queremos não são veículos lindinhos tipo modelitos.... queremos veículos robustos capazes de cumprir as suas missões exemplarmente.
Título: PVP.
Enviado por: tsahal em Agosto 26, 2009, 02:36:33 pm
Instructor, ja viste ao vivo um PVP ou estives-te no interior?
Título:
Enviado por: Uboot em Agosto 26, 2009, 02:42:06 pm
Eu preferia aquele.  Parece-me mais seguro

http://www.armyrecognition.com/europe/F ... iption.htm (http://www.armyrecognition.com/europe/France/vehicules_a_roues/Panhard/VBR/VBR_Panhard_France_description.htm)
Título: PVP.
Enviado por: tsahal em Agosto 26, 2009, 03:13:38 pm
A França ja recebeu 300 PVPs num total de 933 encomendados.

O Chile receberá 15 em 2010. Estão a saber isso em primeira mão visto que ainda nem sequer foi oficialmente ainda divulgado pela empresa.

O problema é que a malta opina sobre coisas que nunca viu ao vivo depois inventa tipo hoje o Instructor (só para referir a data de hoje).
Título:
Enviado por: Vicente de Lisboa em Agosto 26, 2009, 03:20:50 pm
É feio bixo, mas se calhar é do esquema de pintura. Com as nossas cores* tudo parece mais bonito!

(*) tirando os navios, claro.
Título: Re: PVP.
Enviado por: Instrutor em Agosto 26, 2009, 04:46:33 pm
Citação de: "tsahal"
A França ja recebeu 300 PVPs num total de 933 encomendados.

O Chile receberá 15 em 2010. Estão a saber isso em primeira mão visto que ainda nem sequer foi oficialmente ainda divulgado pela empresa.

O problema é que a malta opina sobre coisas que nunca viu ao vivo depois inventa tipo hoje o Instructor (só para referir a data de hoje).


Ja estive nos M11, e são excelentes para as suas missões, ja estive no interior dos Hummers e são péssimos isso te posso garantir por experiencia. :wink:
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 26, 2009, 05:11:36 pm
Pois mas os M-11 (pelo menos os mais antigos) não aguentam sequer um tiro de uma G-3, enquanto que os Hummer com a blindagem da plasa, sim.
Título: PVP.
Enviado por: tsahal em Agosto 26, 2009, 06:18:41 pm
Correcto Cabeça de Martelo. o VBL é um blindado de reconhecimento pensado noutra epoca e para operações de reconhecimento e não outra, no entanto o modelo em si tem vindo a sofrer melhoramentos e existe nas versões VB2L e VBL MK2, esta versão adquirida em 2008 pelo Koweit.

Instructor, o debate é sobre o PVP e não sobre o Hummer ou o M11! Nãos mistures sff!

Então diz-me uma coisa Instructor, como podes dizer que o PVP não é robusto se nunca o viste a não ser em fotografias?

Instructor, se és militar, procura outro emprego!
Título: Re: PVP.
Enviado por: Instrutor em Agosto 26, 2009, 08:38:39 pm
Citação de: "tsahal"
Correcto Cabeça de Martelo. o VBL é um blindado de reconhecimento pensado noutra epoca e para operações de reconhecimento e não outra, no entanto o modelo em si tem vindo a sofrer melhoramentos e existe nas versões VB2L e VBL MK2, esta versão adquirida em 2008 pelo Koweit.

Instructor, o debate é sobre o PVP e não sobre o Hummer ou o M11! Nãos mistures sff!

Então diz-me uma coisa Instructor, como podes dizer que o PVP não é robusto se nunca o viste a não ser em fotografias?

Instructor, se és militar, procura outro emprego!
[/b]

Ja fui militar 1998 a 2002, e sim fui instrutor de M113 se é que vossa excelencia sabe o que isso é, nunca fiz exercícios com os M11, só os vi pessolamente, mas com os Hummer fiz exercícios em Santa Margarida com eles nos aprontamentos do 1º e 2º Bimecs para a Bosnia e Kosovo e mais, os Kits de blindagem da Plasan dao uma blindagem superior aos anteriores contudo os preços de cada kitt é mais ou menos 500 mil euros mais cerca de 100 mil euros pela viatura faz as contas, agora sabes o que é evolução????? Os panhards de agora são muito mais blindados e capazes, além do mais repara bem no que disse.....
O M11 é execelente para a sua missão, o Hummer nem por isso..... percebes o que quero dizer ou não?
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 26, 2009, 08:46:37 pm
E mais eu nunca comparei a blindagem do Panhard M11 para com o Hummer APK, mas posso comparar com o novo panhard em tudo.... blindagem, capacidade, modernidade.
Título: Blindados.
Enviado por: tsahal em Agosto 26, 2009, 09:40:22 pm
Eu percebo é que não percebes nada de blindados! Se um dia tiveres a oportunidade de ver um PVP ao vivo, vais ver que ele é bem robustoe isso de parecerem modelitos como falas-te n significa que não sejam mais capazes e outros com linhas menos para a frente! Em breve irão para o Afeganistão!

Bem, do ponto de vista da protecção, o Hummer APK é bem melhor que o VBL! Do ponto de vista da mobilidade, penso que não devido ao peso mas no TO a protecção é mais importante que a mobilidade.
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 26, 2009, 10:07:26 pm
Citação de: "Uboot"
Citação de: "cromwell"
Citar
August 23, 2009 by worldef
The French light armoured vehicles manufacturer Panhard General Defence is looking to bid with its AVL 4×4 AVL light armoured vehicle (called PVP in French Army service) for the Portuguese VTLB programme.  One the versions to be submitted will can be the rapid intervention and special operations configured vehicle under development called PVP Special Forces/Forces Spéciales. This new vehicle is based on the PVP (Petit Véhicule Protégé) armoured vehicle. The vehicle can be fitted on the top with a 7.62mm light machine gun and with a mast mounted 12mm heavy machine gun, a 40mm automatic grenade launcher or with a anti-tank missile launcher

http://poadu.wordpress.com/ (http://poadu.wordpress.com/)



Imagem do veículo:

(http://news-images.caradisiac.com/IMG/jpg/7/1/5/8/1/Panhard-A5_avxl-1_grande.jpg)

Não era este o veículo que o caro Instrutor queria tanto?



horrível  :(  :(



Fonix tsahal não reparaste que estava a criticar o colega Uboot que estava a dizer que o panhard era horrivel, eu quando disse que não precisavamos de modelitos referia-me ao que ele tinha dito.... precisamos de carros robustos independentemente do Uboot dizer que era horrível o veículo. Eu nunca disse que o veículo não era robusto antes pelo contrario sou um dos que defende a sua vinda.
Título:
Enviado por: sputnick em Agosto 27, 2009, 12:01:45 am
Cabeça de Martelo:
Citar
Pois mas os M-11 (pelo menos os mais antigos) não aguentam sequer um tiro de uma G-3, enquanto que os Hummer com a blindagem da plasa, sim.


Não aguenta com um tiro de 7.62  :shock: ? Onde fostes buscar essa informação?
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 27, 2009, 09:21:26 am
Citação de: "sputnick"
Cabeça de Martelo:
Citar
Pois mas os M-11 (pelo menos os mais antigos) não aguentam sequer um tiro de uma G-3, enquanto que os Hummer com a blindagem da plasa, sim.

Não aguenta com um tiro de 7.62  :lol:
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 27, 2009, 10:52:26 am
Artigo na Visão sobre a aquisição de meios para o Exército à já uns aninhos valentes. Isso mesmo também já foi dito aqui no fórum por um militar e também em conversas com outros militares.
Título:
Enviado por: SANTACRUZ em Agosto 27, 2009, 12:52:57 pm
Citar
August 27, 2009 by worldef

The Portuguese Army is acquiring an undisclosed quantity of Land Rover Defender 4×4 light tactical vehicles configured for sanitary evacuation missions. The contract has been awarded to Jaguar Land Rover Portugal SA.


http://poadu.wordpress.com/

sera blindado?
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 27, 2009, 02:13:47 pm
Deixa ver, é um "Land Rover Defender 4×4 light tactical vehicles" na versão de ambulância, onde é que está referido que é blindado?

O Exército Português já usa este veiculo em variadas versões:

Descoberta do nelson38899:

(http://www.uploadimagens.com/upload/d36f7baf4aabf33343636ee12f1f0ad8.jpg)
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 27, 2009, 02:14:38 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Artigo na Visão sobre a aquisição de meios para o Exército à já uns aninhos valentes. Isso mesmo também já foi dito aqui no fórum por um militar e também em conversas com outros militares.


Tem mais blindagem o M11 que a Chaimite, agora fica-te no que te parece.... nunca levei um tiro de 7,62   nem 5,56  nem .50, dentro de um nem do outro, por isso é tudo teoria.

Off topic muitos criticam a blindagem do M113 contudo posso afirmar que protegeu uma tripulação "escola" do rebentamento de uma granada de 155mm de um obus em Santa Margarida durante uns exercícios de fogo real no campo de tiro. Um aspirante acabado de sair da EPI "perdeu-se" com a sua "escola" de condutores de M113 e foi para perto da zona de rebentamento, resultado ficou com o M113 crivado com estilhaços da dita granada de obús, agora cada um fica com a sua.
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 27, 2009, 02:15:48 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Deixa ver, é um "Land Rover Defender 4×4 light tactical vehicles" na versão de ambulância, onde é que está referido que é blindado?

O Exército Português já usa este veiculo em variadas versões:

Descoberta do nelson38899:

(http://www.uploadimagens.com/upload/d36f7baf4aabf33343636ee12f1f0ad8.jpg)


Isso não é na ETAT??
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 27, 2009, 02:20:29 pm
A mim o que disseram-me é que a Chaimite não aguentava com tiros de uma 12,7mm, não de uma 7,62. No entanto em relação às M-11 é bastante claro que o nível de protecção é insuficiente para um TO como é o do Afeganistão. É provável que as versões mais recentes do veículo em questão sejam melhor blindados, mas daí a fazer este veículo como o top dos veículos 4X4 blindados vai uma longa distância.

Atenção, eu até simpatizo com os M-11, mas simpatizar é uma coisa, querer que o Exército Português adquire mais é outra.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 27, 2009, 02:21:11 pm
Citação de: "Instrutor"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Deixa ver, é um "Land Rover Defender 4×4 light tactical vehicles" na versão de ambulância, onde é que está referido que é blindado?

O Exército Português já usa este veiculo em variadas versões:

Descoberta do nelson38899:

(http://www.uploadimagens.com/upload/d36f7baf4aabf33343636ee12f1f0ad8.jpg)

Isso não é na ETAT??


E?
Título:
Enviado por: SANTACRUZ em Agosto 27, 2009, 02:21:15 pm
as 'missoes de evacuacao' nao fica muito claro, isso e meu ponto.

poderia ser possivel a evacuacao de uma area hostil… neste caso a armadura seria util ou estou confundido??

isso era CSAR?
Título:
Enviado por: nelson38899 em Agosto 27, 2009, 02:22:03 pm
Citação de: "Instrutor"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Deixa ver, é um "Land Rover Defender 4×4 light tactical vehicles" na versão de ambulância, onde é que está referido que é blindado?

O Exército Português já usa este veiculo em variadas versões:

Descoberta do nelson38899:

(http://www.uploadimagens.com/upload/d36f7baf4aabf33343636ee12f1f0ad8.jpg)

Isso não é na ETAT??


primeiro não foi um achado, pois fui eu quem tirou estas quatro fotos e eu tirei na escola de tropas paraquedistas em tancos
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 27, 2009, 02:22:13 pm
:shock:

CSAR?

Vou ali e já venho...tenho que ir beber um copito.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 27, 2009, 02:24:22 pm
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Instrutor"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Deixa ver, é um "Land Rover Defender 4×4 light tactical vehicles" na versão de ambulância, onde é que está referido que é blindado?

O Exército Português já usa este veiculo em variadas versões:

Descoberta do nelson38899:


Isso não é na ETAT??

primeiro não foi um achado, pois fui eu quem tirou estas quatro fotos e eu tirei na escola de tropas paraquedistas em tancos


Nelson como eu não me lembrava só coloquei a pessoa que tinha colocado a foto cá no fórum. Já agora, escreve em maisculas, ok:

 :twisted:  :wink:
Título:
Enviado por: nelson38899 em Agosto 27, 2009, 02:26:42 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Instrutor"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Deixa ver, é um "Land Rover Defender 4×4 light tactical vehicles" na versão de ambulância, onde é que está referido que é blindado?

O Exército Português já usa este veiculo em variadas versões:

Descoberta do nelson38899:


Isso não é na ETAT??

primeiro não foi um achado, pois fui eu quem tirou estas quatro fotos e eu tirei na escola de tropas paraquedistas em tancos

Nelson como eu não me lembrava só coloquei a pessoa que tinha colocado a foto cá no fórum. Já agora, escreve em maisculas, ok:

 :twisted:  :wink:


como ainda sou catatua nestas andanças  :oops: devia ter escrito
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 27, 2009, 02:28:58 pm
Catatua? Mas por acaso estás na recruta na ETP? Diz-se checa. :wink:
Título:
Enviado por: SANTACRUZ em Agosto 27, 2009, 02:29:31 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
:shock:

CSAR?

Vou ali e já venho...tenho que ir beber um copito.

lol... whoops...
 
MEDEVAC

em qualquer caso potential de fogo... ou vamos so usar em casa em tempos de paz?

Citar
Medical evacuation, often termed MEDEVAC or medivac, is the timely and efficient movement and en route care provided by medical personnel to the wounded being evacuated from the battlefield or to injured patients being evacuated from the scene of an accident to receiving medical facilities using medically equipped ground vehicles (ambulances) or aircraft (air ambulances). Examples include civilian EMT vehicles, civilian aeromedical helicopter services, and Army air ambulances. This term also covers the transfer of patients from the battlefield to a treatment facility or from one treatment facility to another by medical personnel, such as from a Navy ship to a shore-based Naval hospital.
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 27, 2009, 02:31:07 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Instrutor"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Deixa ver, é um "Land Rover Defender 4×4 light tactical vehicles" na versão de ambulância, onde é que está referido que é blindado?

O Exército Português já usa este veiculo em variadas versões:

Descoberta do nelson38899:


Isso não é na ETAT??

primeiro não foi um achado, pois fui eu quem tirou estas quatro fotos e eu tirei na escola de tropas paraquedistas em tancos

Nelson como eu não me lembrava só coloquei a pessoa que tinha colocado a foto cá no fórum. Já agora, escreve em maisculas, ok:

 :twisted:  :wink:


Boina Cor de Musgo uma vez.... para sempre Cor de Musgo não é?

 :lol:  :lol:
Título:
Enviado por: sputnick em Agosto 27, 2009, 02:34:27 pm
Parece-me que existe aqui alguma confusão em relação á M-11. Esta viatura nunca pode ser comparada com a viatura americana pois destinam-se a funções completamente diferentes. Como já li aqui, a M-11 é uma viatura de blindada de reconhecimento e não uma viatura para transporte de pessoal. Portugal utiliza-a no Afeganistão porque não tem melhor infelismente. Quanto á protecção que esta oferece em relação á munição de 7.62, eu nunca tirei a prova dos nove, mas sinceramente custa-me a acreditar que "ferro" com cerca de 1,5 cm de espessura não resista ao impacto da munição.

http://en.wikipedia.org/wiki/V%C3%A9hicule_Blind%C3%A9_L%C3%A9ger

Citar
Armour STANAG level 1 (protection against 7.62×51 NATO rounds and shrapnel)


Sol/AT 21448992
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 27, 2009, 02:37:48 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
A mim o que disseram-me é que a Chaimite não aguentava com tiros de uma 12,7mm, não de uma 7,62. No entanto em relação às M-11 é bastante claro que o nível de protecção é insuficiente para um TO como é o do Afeganistão. É provável que as versões mais recentes do veículo em questão sejam melhor blindados, mas daí a fazer este veículo como o top dos veículos 4X4 blindados vai uma longa distância.

Atenção, eu até simpatizo com os M-11, mas simpatizar é uma coisa, querer que o Exército Português adquire mais é outra.


Se eu mandasse quem ia para o Afeganistão eram os Leopardos, como fizeram os canadianos. Podiamos leva-los para lá de navio ou num C130 que dizes?? :mrgreen:


Para se comprar equipamento neste caso os veiculos blindados 4x4 não é chegar a loja e comprar o que nos apetece... tem de obedecer a uma certa lógica:

1º Como vai ser uma compra conjunta para a BRR (OE's, Comandos, Paraquedistas) e Marinha (Fuzileiros) a viatura tem que obedecer aos critérios de todas as forças envolvidas;

2º Custo/Beneficio/contra-partidas

3º Logista, saber se Portugal tem capacidade de operar o veiculo fora das suas fronteiras (neste caso o transporte de C130) saber se la cabe, o seu peso...

Enfim é um conjunto de questoes que tem ser debatidas com grande cuidado.
Eu escolhi o novo Panhard por mero gosto pessoal, não é lei, segui simplesmente os seguintes critérios:
1º Temos experiencia com os M11;
2º São fiaveis e robustos;
3º Desempenhas as suas funçoes muito bem;
4º São transportadas de C130;
5º Blindados contra muniçoes .50, minas e engenhos explosivos improvisados nas estradas;
Título:
Enviado por: sputnick em Agosto 27, 2009, 02:40:19 pm
Citar
Se eu mandasse quem ia para o Afeganistão eram os Leopardos, como fizeram os canadianos. Podiamos leva-los para lá de navio ou num C130 que dizes??


acho que os pneus do c130 não vao aguentar...lol
Título:
Enviado por: nelson38899 em Agosto 27, 2009, 02:41:01 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Catatua? Mas por acaso estás na recruta na ETP? Diz-se checa. :wink:


Eu não
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 27, 2009, 03:18:53 pm
Citação de: "Instrutor"

Boina Cor de Musgo uma vez.... para sempre Cor de Musgo não é?

 :lol:  :twisted:
Título:
Enviado por: voador em Agosto 27, 2009, 04:36:18 pm
Citação de: "Instrutor"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
A mim o que disseram-me é que a Chaimite não aguentava com tiros de uma 12,7mm, não de uma 7,62. No entanto em relação às M-11 é bastante claro que o nível de protecção é insuficiente para um TO como é o do Afeganistão. É provável que as versões mais recentes do veículo em questão sejam melhor blindados, mas daí a fazer este veículo como o top dos veículos 4X4 blindados vai uma longa distância.

Atenção, eu até simpatizo com os M-11, mas simpatizar é uma coisa, querer que o Exército Português adquire mais é outra.

Se eu mandasse quem ia para o Afeganistão eram os Leopardos, como fizeram os canadianos. Podiamos leva-los para lá de navio ou num C130 que dizes?? :mrgreen:




Explica lá qual o porto maritimo que existe no Afeganistão :D

E por acaso sabes que cabul está a 2000 mts e o C 130 so pode aterrar lá com 8 tons.

Quanto pesa um Leopardo???


Para se comprar equipamento neste caso os veiculos blindados 4x4 não é chegar a loja e comprar o que nos apetece... tem de obedecer a uma certa lógica:

1º Como vai ser uma compra conjunta para a BRR (OE's, Comandos, Paraquedistas) e Marinha (Fuzileiros) a viatura tem que obedecer aos critérios de todas as forças envolvidas;

2º Custo/Beneficio/contra-partidas

3º Logista, saber se Portugal tem capacidade de operar o veiculo fora das suas fronteiras (neste caso o transporte de C130) saber se la cabe, o seu peso...

Enfim é um conjunto de questoes que tem ser debatidas com grande cuidado.
Eu escolhi o novo Panhard por mero gosto pessoal, não é lei, segui simplesmente os seguintes critérios:
1º Temos experiencia com os M11;
2º São fiaveis e robustos;
3º Desempenhas as suas funçoes muito bem;
4º São transportadas de C130;
5º Blindados contra muniçoes .50, minas e engenhos explosivos improvisados nas estradas;
Título:
Enviado por: Lightning em Agosto 27, 2009, 06:35:32 pm
Citação de: "Instrutor"
Se eu mandasse quem ia para o Afeganistão eram os Leopardos, como fizeram os canadianos. Podiamos leva-los para lá de navio ou num C130 que dizes?? :mrgreen:


Para ir de C-130 talvez se dividirmos cada Leo em 3 partes de 20 toneladas cada...  :twisted: .
Título:
Enviado por: Lightning em Agosto 27, 2009, 06:40:01 pm
Citação de: "sputnick"
Portugal utiliza-a no Afeganistão porque não tem melhor infelismente.


Portugal utilizou, mas não vai mais usar o M-11, eles foram "emprestados" pelo Exército à Força Aérea para serem usados pela equipa TACP da Força Aérea, as Companhias de Comandos e Pára-quedistas usavam o Hummer.

Mas como recentemente a Força Aérea adquiriu os seus proprios hummers para equipar o TACP, futuramente o TACP irá para o Afeganistão com eles e já não é necessário usar veiculos emprestados pelo Exército.
Título:
Enviado por: papatango em Agosto 27, 2009, 06:55:19 pm
Relativamente às blindagens e capacidade dos veículos para resistir a armamento ligeiro:

A blindagem máxima do M-11 é de 11.5mm nas laterais.
A blindagem máxima da viatura Chaimite V-200 é de 8mm.

Nem a V-200 nem a M-11 terão capacidade para proteger os seus ocupantes de tiros de 12.7mm.
Mas isto é em termos teóricos e em laboratório, fazendo testes.
Também é verdade que muitas vezes os rumores têm a sua ponta de realidade.

A mim por exemplo, garantiram-me que já foi testado o disparo de uma G-3 contra um M-113 e que nem sempre a blindagem de alumínio foi eficiente.
Mas isso não quer dizer que em termos gerais não possamos afirmar que o M113 permite proteger os seus ocupantes contra o fogo directo de armas ligeiras de calibre NATO 7.62.

E digo calibre NATO, porque se for um disparo de uma AK-47, que tem uma munição menos potente, a história será outra, e afinal o M113 não era suposto defender os ocupantes contra o calibre 7.62 NATO, mas sim contra o calibre 7.62 do Pacto de Varsóvia.

Quando os primeiros Hummer chegaram a Portugal eles foram naturalmente comparados com viaturas de uma dimensão idêntica que existiam, embora se tratasse de viaturas com características muito diferentes.

Daí surgiu uma natural desconfiança relativamente as versões não protegidas do Hummer, que evidentemente não ofereciam qualquer protecção aos ocupantes.

Não é por isso estranho que se teçam comentários muito mais favoráveis ao M-11 que relativamente a viaturas do tipo Hummer.
Neste último caso a existência de grande numero de versões, motorizações e configurações adaptadas ao cenário operacional, também contribuiram para essa ideia relativamente ao Hummer.


Cumprimentos
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 28, 2009, 09:30:35 am
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Citação de: "Instrutor"

Boina Cor de Musgo uma vez.... para sempre Cor de Musgo não é?

 :lol:  :twisted:


Verde Alface :lol:  :lol:  :lol:  é so reinar a boa disposição nada mais. :wink:
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 28, 2009, 09:33:09 am
Este pessoal não sabe mesmo quando os colegas falam mesmo em tom de ironia.... bem sei que o Afeganistão não tem porto marítimo, nem o C130 consegue levantar 20 toneladas quanto mais 60. :wink:
Título:
Enviado por: lazaro em Agosto 28, 2009, 10:45:08 am
Citação de: "SANTACRUZ"
Citar
August 27, 2009 by worldef

The Portuguese Army is acquiring an undisclosed quantity of Land Rover Defender 4×4 light tactical vehicles configured for sanitary evacuation missions. The contract has been awarded to Jaguar Land Rover Portugal SA.

http://poadu.wordpress.com/

sera blindado?


Deveria ser blindada.

Se a noticia estiver correcta possivelmente alguma viatura irá equipar a QRF a ser projectada para o Afeganistão. Pelo menos isso seria desejável.

De momento não sei se os Hummers recentemente adquiridos incluem alguns versão ambulância.

Nas anteriores QRF levantou-se a necessidade de ter uma ambulância com blindagem e com capacidade TT idêntica à das restantes viaturas tácticas que equipavam a QRF.
Título:
Enviado por: nelson38899 em Agosto 28, 2009, 01:56:40 pm
Citar
Lockheed Martin UK, Panhard, Rheinmetall Team For LPPV Bid

PARIS - Lockheed Martin UK, Panhard and Rheinmetall have teamed up to pitch the PVP HD armored vehicle in Britain's upcoming competition for a Light Protected Patrol Vehicle (LPPV), Charles Maisonneuve, marketing and communications director of French manufacturer Panhard, said Aug. 25.

"Rheinmetall will be the prime contractor," Maisonneuve said, while Lockheed Martin UK will bring knowledge of the British market, provide support and integrate jamming equipment against IEDs.

The Petite Véhicule Protegé Heavy Duty (PVP HD), jointly developed by Panhard and Rheinmetall, is based on the Gavial vehicle supplied by the German partner to the German Army. The PVP is a Panhard four-wheel drive vehicle under order for the French Army.
Rheinmetall Defense spokesman Oliver Hoffmann said, "Rheinmetall and Panhard have answered the prequalification questionnaire for the project." He added, "We are talking to Lockheed Martin."

The new LPPV vehicles are intended to replace the Snatch version of the Land Rover, and eventually the weapons-mounted installation kit (WMIK) Land Rover model.

Losses of personnel riding in the Land Rover Snatch due to roadside bombs in Afghanistan led to the requirement for the LPPV to provide protection against 50 kilograms of explosives detonated at three meters. That is reflected in the stated need for Stanag level two protection against ballistic and mine threats.

"The LPPV is very demanding in protection terms," Maisonneuve said.

High maneuverability is also a requirement.

The LPPV request for information is expected in September, quickly followed by launch of the tender, which will likely attract a large number of competing bids, including KraussMaffei Wegmann and Iveco.

The purchase could be worth around 90 million euros ($129 million), based on an estimated 300,000 euros per vehicle for an acquisition of about 300 units.

Requirements include the ability to carry up to six crew members, weigh six to seven metric tons, with a first delivery in 2011.

In a separate deal, Panhard recently sold 15 PVPs to Chile, its first export sale of the armored vehicle. The French company beat a competing offer from Otokar of Turkey.
http://defensenews.com/story.php?i=4250475&c=EUR&s=LAN (http://defensenews.com/story.php?i=4250475&c=EUR&s=LAN)
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 28, 2009, 02:28:19 pm
Deitar umas achas para a fogueira...
O vencedor do concurso de veículos 4x4 para a BRR e Fuzos é o Panhard, quem  me disse foi o sobrinho do tio do amigo do senhor Ministro da Defesa. :lol:
Título:
Enviado por: cromwell em Agosto 28, 2009, 06:48:24 pm
Citação de: "Instrutor"
Deitar umas achas para a fogueira...
O vencedor do concurso de veículos 4x4 para a BRR e Fuzos é o Panhard, quem  me disse foi o sobrinho do tio do amigo do senhor Ministro da Defesa. :lol:


Gozo ou verdade, caro Instrutor?
Título:
Enviado por: Lightning em Agosto 28, 2009, 11:22:37 pm
Citação de: "cromwell"
Citação de: "Instrutor"
Deitar umas achas para a fogueira...
O vencedor do concurso de veículos 4x4 para a BRR e Fuzos é o Panhard, quem  me disse foi o sobrinho do tio do amigo do senhor Ministro da Defesa. :twisted: .
Título:
Enviado por: HSMW em Agosto 28, 2009, 11:38:02 pm
Bom dia...  :twisted:
Título:
Enviado por: Instrutor em Agosto 30, 2009, 12:51:13 am
Citação de: "Lightning"
Citação de: "cromwell"
Citação de: "Instrutor"
Deitar umas achas para a fogueira...
O vencedor do concurso de veículos 4x4 para a BRR e Fuzos é o Panhard, quem  me disse foi o sobrinho do tio do amigo do senhor Ministro da Defesa. :twisted: .
:twisted:  :twisted:
Título:
Enviado por: cromwell em Agosto 30, 2009, 04:48:22 pm
Citar
August 28, 2009 by worldef
If the Portuguese Ministry of Defence choose to increase the VTLB programme weight specification so to move to an heavy MRAP (Mine Resistant Ambush Protected) style 4×4 vehicle or include both weights, the list of possible contenders will include not only light armoured vehicles like the AVL/PVP, SHERPA, M65E12 LMV, COBRA, VAMTAC, EAGLE, RG32M, HMMWV and so on but also the BUSHMASTER IMV, ARAVIS, DINGO or even the KAYA. An heavy MRAP style is obviously more suitable for military operations like in Afghanistan or Iraq because the protection, mobility and cargo payload will be increased but the price per unit and costs associated with maintenance, training and operation will increase also.




E outra:



Citar
French Renault Trucks Défense is adopting a new designation for its SHERPA 3 4×4 light armoured vehicle. The vehicle is now called SHERPA Carrier. The company is one of the possible contenders for the Portuguese Armed Forces VTLB programme. The company already trialed a SHERPA 2 and a SHERPA 3FS in Portugal last May. The company has been awarded a contract by Globecomm Systems Inc for 17 SHERPA Carrier´s. The fleet will feature communication systems for to be used by US Army signal units deployed in Afghanistan.








http://poadu.wordpress.com/ (http://poadu.wordpress.com/)
Título:
Enviado por: nelson38899 em Setembro 07, 2009, 11:02:18 am
(http://img136.imageshack.us/img136/1463/3kontingentprtlogar09e.jpg)
credito:  mj78 military photos
Título:
Enviado por: Lightning em Setembro 07, 2009, 07:07:53 pm
Citação de: "nelson38899"
(http://img136.imageshack.us/img136/1463/3kontingentprtlogar09e.jpg)
credito:  mj78 military photos


Que tal uma legenda a explicar o que é essa foto? Não era mal pensado pois não :D .

Gostava de saber que veiculo é esse (já que este tópico é sobre blindados 4x4), e se não for muito incomodo que unidade é...
Título:
Enviado por: ShadIntel em Setembro 07, 2009, 07:50:19 pm
Os quatro de trás são Iveco LMV, os da frente Dingos.

Imagem na mensagem original: http://www.militaryphotos.net/forums/sh ... count=1963 (http://www.militaryphotos.net/forums/showpost.php?p=4385709&postcount=1963)
Título:
Enviado por: nelson38899 em Setembro 07, 2009, 09:47:26 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "nelson38899"
(http://img136.imageshack.us/img136/1463/3kontingentprtlogar09e.jpg)
credito:  mj78 military photos

Que tal uma legenda a explicar o que é essa foto? Não era mal pensado pois não :D .

Gostava de saber que veiculo é esse (já que este tópico é sobre blindados 4x4), e se não for muito incomodo que unidade é...


tem razão sim senhor!  São os LMV da unidade militar dos Checos que se encontram no afeganistão. A razão de ter posto a imagem deve-se ás torres que esses veículos possuem no tejadilho e que seria interessante os nossos Hummers possuirem.
Título:
Enviado por: cromwell em Setembro 10, 2009, 03:34:27 pm
Várias notícias deste site, feitas esta ultima semana:

http://poadu.wordpress.com/ (http://poadu.wordpress.com/)

A maioria sobre o concurso VTLB.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Instrutor em Setembro 30, 2009, 09:45:46 pm
http://www.forceprotection.net/models/ocelot/ (http://www.forceprotection.net/models/ocelot/)

http://www.youtube.com/watch?v=LjmMCDhRQ-U (http://www.youtube.com/watch?v=LjmMCDhRQ-U)


A Force Protection Europe mostrou o novo veiculo de patrulha Ocelot. O objetivo é participar do programa britânico Light Protected Patrol Vehicle (LPPV) para substituir o Land Rover Snatch. O Ocelot pesa 7,5 toneladas podendo ser levado no C-130 ou CH-47. A Supacat concorre com o Supacat Protected Vehicle (SPV) SPV 400 concorre pesando 7,5 toneladas e 2+4 tripulantes.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Outubro 09, 2009, 12:33:54 am
Mais um possível candidato ao concurso:

Citar
El 1 de Octubre un C-17 de la USAF aterrizaba en el aeropuerto de Bagram transportando los dos primeros M-ATV desplegados a este país. Se espera que entre 300 y 500 de estos vehículos lleguen a Afganistán hasta Diciembre.
http://eltiradorsolitario.blogspot.com/ ... m-atv.html (http://eltiradorsolitario.blogspot.com/2009/10/llegan-afganistan-los-primeros-m-atv.html)
(http://lh6.ggpht.com/_erq5Z9l-0CA/SsuEyGleQ2I/AAAAAAAAcz0/wY3EY94Muok/s512/100109-f-9228t-101.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Dezembro 22, 2009, 10:56:44 am
seria um melhoramento muito interessante para os nossos m11 e Humvee.


http://www.panhard.fr/anglais/WASP.php (http://www.panhard.fr/anglais/WASP.php)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Instrutor em Dezembro 27, 2009, 09:29:30 pm
Deveras interessante, uma mais valia por forma a permitir uma maior protecção ao apontador da .50, penso que deveriam mostrar algum mecanismo que permitisse disparar misseis ACAR como os nossos MILAN com o apontador dentro do veículo. É só uma ideia.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 09, 2010, 05:12:12 pm
será que é desta que este concurso avança??

Citar
Defense Secretary Robert M. Gates on Friday pledged surplus mine-resistant, ambush-protected vehicles along with expanded access to classified information to U.S. allies to help in combating the threat of improvised explosive devices in Afghanistan.

“The United States will now do whatever we can within the limits of U.S. law, and as soon as we can, to provide as many surplus MRAPs as possible to allies, especially to those operating in high-risk areas,” Gates said at a news conference here after meeting with the defense ministers of 44 International Security Assistance Force partner nations.

Gates promised to sell, loan or donate surplus U.S. bomb-detecting equipment, including the MRAPs, along with route-clearing robots and ground-penetrating radars.

Gates credited the MRAP vehicles with already saving “thousands of lives” in Afghanistan.

The MRAPs that are likely to make their way to allied forces are those that are coming from Iraq. Gates said the drawdown there has given U.S. forces a surplus of the vehicles. Law dictates that the needs of U.S. troops must be met first before any such equipment can be sold or loaned to other countries.

The MRAPs in Iraq are the older versions more suited for on-road travel, as opposed to the newer all-terrain vehicles known as M-ATVs now being fielded in Afghanistan. Still, Gates said, they are better protection against the killer bombs than what the allies are using now.

A U.S. official speaking after the announcement said some countries have expressed interest in buying the newer M-ATVs, and that sales of those vehicles will be expedited when possible.

The United States currently has loaned about 50 MRAPs to Polish forces fighting in Afghanistan. They are the only other country’s forces to use the vehicles.

About 8,500 MRAPs are in Iraq, and more than 4,100 are in Afghanistan. About 2,200 more are in Kuwait, Qatar and Bahrain. The United States has fielded about 800 M-ATVs in Afghanistan.

Gates traveled here yesterday to meet with NATO and ISAF partners partly to lobby for more trainers and mentors needed to bolster the efforts in Afghanistan. NATO has committed to sending about 9,000 extra troops.

Nearly all of the 40,000 combat troops requested by Army Gen. Stanley A. McChrystal, commander of the International Security Assistance Force and U.S. forces in Afghanistan, have been committed, but about 4,000 more trainers and mentors are needed.

Another meeting is planned for the end of this month in which commitments will have to be made. The two-day conference here is the start of the efforts to persuade the partners -- many of whom already had planned to reduce the number of their forces in Afghanistan -- to deliver more troops.

NATO Secretary General Anders Fogh Rasmussen said today that Gates’ promise of more counter-IED support will help to bolster that commitment from ISAF partners. In fact, Rasmussen said, NATO has outlined its priorities, with fighting the IED threat at the top of the list.

Gates called on NATO to provide more trainers, saying they are “needed immediately,” and that “this is a critical moment in Afghanistan.”

The secretary said that the newly implemented U.S. strategy, alongside fresh NATO and ISAF resources, will pave the way for success in Afghanistan.

“I believe the pieces are being put in place to make real and measurable progress,” Gates said. “I’m confident that we can achieve our objectives, but only if the coalition can muster the resolve for this difficult and dangerous mission.”
http://www.defpro.com/news/details/13013/ (http://www.defpro.com/news/details/13013/)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: LuisC em Fevereiro 28, 2010, 02:00:38 am
Assim já gosto mais do HMMWV:

(http://img502.imageshack.us/img502/2064/capsule.jpg) (http://http)

Citar
In February 2010 Textron Marine & Land Systems and Granite Tactical Vehicles Inc. have won the first order for three modified High Mobility Multipurpose Wheeled Vehicles (HMMWVs) for evaluation by the Marine Corps Warfighting Lab. The three vehicles will demonstrate upgraded configurations of HMMWVs with armored, blast-protected capsules mounted on an M1114, M1151-A1/REVB and M1165. The Marines will test the vehicles' mobility, thermal and durability performance in March 2010. The corps have already completed blast and ballistic testing on the vehicle.
The vehicles are modified with blast-protected armored capsules developed by Granite, to increase the vehicle's survivability, while maintaining the high mobility and payload capabilities, the HMMWV had in the past. The Granite capsule for the HMMWV was designed by former Navy S.E.A.L. Christopher Berman, founder of Granite Tactical Vehicles. Berman’s idea is to retrofit existing HMMWVs with the armored, blast-protected V-shaped capsule.
Since the fully protected monocoque capsule replaces the passenger compartment of the HMMWV, including the add-on armor, the weight distribution and gross vehicle weight are within the vehicle's limits, maintaining the HMMWV's mobility and stability. As can be seen from the photos on this page, the modufied vehilce is slightly wider and higher than a standard unprotected HMMWV.
http://www.defense-update.com/features/ ... .html#more (http://www.defense-update.com/features/2010/february/armored_capsule_hmmwv_27022010.html#more)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Miguel Silva Machado em Março 25, 2010, 04:01:46 pm
Ora aqui está um assunto interessante de seguir...

Exército tem "alguma preocupação" com o PEC
por Manuel Carlos Freire
O Exército manifestou hoje "alguma preocupação" pelos cortes que o Plano de Estabilidade e Crescimento (PCE) vai impôr no reequipamento do ramo, pois há projectos que são "estruturantes e indispensáveis" para poder participar em missões no estrangeiro.

De acordo com o chefe do Estado-Maior do Exército (CEME), general Pinto Ramalho, o ramo "procurará manter" os programas - já em curso - de comando e controlo, dos helicópteros médios NH90, das viaturas blindadas de oito rodas Pandur ou dos carros de combate Leopard.
Quanto ao novo programa das viaturas blindadas de quatro rodas, o CEME colocou-o "ao nível" do da modernização dos aviões de transporte C-130. Isso significa que o Exército considera esse projecto como já se tendo iniciado - como é o caso daquelas aeronaves da Força Aérea.
Recorde-se que, ao abrigo do PEC, o Governo decidiu cortar anualmente 40% das verbas da Lei de Programação Militar (LPM) até 2013, não autorizando a celebração de quaisquer novos contratos de modernização e mantendo apenas os compromissos já assumidos.
Várias fontes, militares e parlamentares, dão como certo que as verbas restantes não são suficientes para respeitar esses compromissos já assumidos. O Governo, por seu lado, garante que esse problema não se coloca em 2010.
O CEME falava aos jornalistas momentos antes de apresentar, ao corpo de generais e comandantes de unidades do Exército, um balanço do seu mandato de três anos e de dar a conhecer os seus objectivos para os próximos dois anos.
Traçando um quadro positivo, Pinto Ramalho sublinhou que, em 2010, vão atingir a sua "capacidade operacional plena" as áreas da guerra da informação, da defesa biológica, dos chamados centros de excelência (como os laboratórios, por exemplo) ou, na área da Saúde operacional, o hospital de campanha com capacidade para apoiar uma brigada e com valências para situações de emergência e trauma.


http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/inter ... id=1528183 (http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1528183)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 26, 2010, 02:50:06 pm
Enquanto isso nos EUA:

 :arrow: http://www.armytimes.com/news/2010/03/army_m14_032210w (http://www.armytimes.com/news/2010/03/army_m14_032210w)

Ou seja, tirem o Hummer da equação, a empresa faliu e as próprias Forças Armadas Norte-Americanas já não vão comprar mais veiculos destes (apesar de haver em stock).
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Março 26, 2010, 03:01:25 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Enquanto isso nos EUA:

 :mrgreen: .
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: cromwell em Março 26, 2010, 04:33:59 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Enquanto isso nos EUA:

 :mrgreen: .

INFELIZMENTE. :twisted:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: AtInf em Março 29, 2010, 11:18:15 am
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Enquanto isso nos EUA:

:mrgreen: .

Tambem podem optar por alguns MRAP das várias centenas que há em depósito na Islândia ( devem de ficar mais bem conservados no fresquinho ) :mrgreen:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Março 29, 2010, 02:32:31 pm
Citação de: "AtInf"
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Enquanto isso nos EUA:

:mrgreen: .

Tambem podem optar por alguns MRAP das várias centenas que há em depósito na Islândia ( devem de ficar mais bem conservados no fresquinho ) :mrgreen:

Quer explicar melhor????
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Março 29, 2010, 05:06:58 pm
Gostaria de saber quais as versões dos veiculos 4x4 que vão a concurso no programa VTLB
para alem da versão básica e a versão de Operações Especiais (que se diz que são um dos requisitos)?
Já agora alguem sabe quais os requisitos do programa?

Cumps
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Instrutor em Março 30, 2010, 12:55:52 am
Tomara eu que fosse este o escolhido.~

http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=433 (http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=433)
ou entao este
http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=432 (http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=432)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Março 30, 2010, 09:53:19 am
Eu acho que o PVP (versão normal) é um dos veiculos que vai a concurso para o programa VTLB.
Alguns dos possiveis concorrentes são o sherpa 3a, Humvee, PVP, URO Vamtac, LMV, Cobra, Mowag Eagle, RG-32M.
Cumps.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: PereiraMarques em Março 30, 2010, 10:31:56 am
Considerando o PEC, considerando que existe a forte possibilidade de a FND no Afeganistão em 2011 seja baseada em mais OMLT em substituição da QRF, o mais provável é que não seja lançado nenhum concurso de aquisição de viaturas blindadas ligeiras 4X4 até 2013.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: lazaro em Março 30, 2010, 09:45:51 pm
Citação de: "PereiraMarques"
Considerando o PEC, considerando que existe a forte possibilidade de a FND no Afeganistão em 2011 seja baseada em mais OMLT em substituição da QRF, o mais provável é que não seja lançado nenhum concurso de aquisição de viaturas blindadas ligeiras 4X4 até 2013.
Veritas est!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 31, 2010, 12:50:20 pm
Vejam uma das últimas aquisições Norte-Americanas para o Afeganistão:

http://www.flickr.com/photos/40428792@N ... 474741582/ (http://www.flickr.com/photos/40428792@N07/4374033248/sizes/m/in/set-72157623474741582/)

 :arrow: http://www.oshkoshdefense.com/defense/p ... v~home.cfm (http://www.oshkoshdefense.com/defense/products~matv~home.cfm)

Parece-me um projecto bastante interessante.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: sergio21699 em Março 31, 2010, 12:56:30 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Vejam uma das últimas aquisições Norte-Americanas para o Afeganistão:

http://www.flickr.com/photos/40428792@N ... 474741582/ (http://www.flickr.com/photos/40428792@N07/4374033248/sizes/m/in/set-72157623474741582/)

 :arrow: http://www.oshkoshdefense.com/defense/p ... v~home.cfm (http://www.oshkoshdefense.com/defense/products~matv~home.cfm)

Parece-me um projecto bastante interessante.

http://www.oshkoshdefense.com/pdf/Oshkosh_M-ATV_brochure_8-09.pdf
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: AtInf em Março 31, 2010, 04:10:14 pm
Citação de: "nelson38899"
Tambem podem optar por alguns MRAP das várias centenas que há em depósito na Islândia ( devem de ficar mais bem conservados no fresquinho )

Quer explicar melhor????

O USMC adquiriu centenas de MRAP para utilizar no Iraque, mas com a retirada de forças de lá rapidamente chegaram à conclusão que como estes não têm utilidade no Afeganistão ( terreno completamente impraticável para o peso e dimensões do veículo ).
Logo vão mantê-los em depósito na Islândia e por mais alguns sitios de pré posicionamento de equipamento.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: sergio21699 em Março 31, 2010, 04:41:07 pm
Citação de: "sergio21699"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Vejam uma das últimas aquisições Norte-Americanas para o Afeganistão:

http://www.flickr.com/photos/40428792@N ... 474741582/ (http://www.flickr.com/photos/40428792@N07/4374033248/sizes/m/in/set-72157623474741582/)

 :arrow: http://www.oshkoshdefense.com/defense/p ... v~home.cfm (http://www.oshkoshdefense.com/defense/products~matv~home.cfm)

Parece-me um projecto bastante interessante.

http://www.oshkoshdefense.com/pdf/Oshkosh_M-ATV_brochure_8-09.pdf

e mais um:  :arrow: http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/ter.aspx?NN=400
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Março 31, 2010, 05:04:47 pm
Citação de: "AtInf"
O USMC adquiriu centenas de MRAP para utilizar no Iraque, mas com a retirada de forças de lá rapidamente chegaram à conclusão que como estes não têm utilidade no Afeganistão ( terreno completamente impraticável para o peso e dimensões do veículo )

Mas para nós já dava :mrgreen: .
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: RGS1385 em Abril 18, 2010, 06:11:43 pm
Boa tarde ,em relação à questão do concurso do novo blindado 4x4 venho informar que dia 18 de Março vi na A1 perto do Porto no sentido sul/norte um IVECO LMV enquadrado por dois veìculos pronto socorro militares.Espero que esta minha 1ª contribuição ajude a sabermos mais alguma coisa sobre este concurso e seja um indicio de que pelo menos testes estarão a ser feitos.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: LuisC em Abril 18, 2010, 09:35:59 pm
Citação de: "RGS1385"
Boa tarde ,em relação à questão do concurso do novo blindado 4x4 venho informar que dia 18 de Março vi na A1 perto do Porto no sentido sul/norte um IVECO LMV enquadrado por dois veìculos pronto socorro militares.Espero que esta minha 1ª contribuição ajude a sabermos mais alguma coisa sobre este concurso e seja um indicio de que pelo menos testes estarão a ser feitos.


Era bom era…mas não…esses LMVs eram certamente de um destacamento da componente terrestre belga, integrado no AIRLIFT BLOCK TRAINING 2010.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Miguel Silva Machado em Abril 18, 2010, 10:48:34 pm
Podia ser este...
http://www.operacional.pt/wp-content/up ... 8-copy.jpg (http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2010/04/16-belgas-tancos-2010-538-copy.jpg)

http://www.operacional.pt/airlift-block ... -portugal/ (http://www.operacional.pt/airlift-block-training-2010-em-portugal/)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Agosto 30, 2010, 02:23:45 pm
Curiosidade, desde 2008 Portugal dispõem de 17 Hummers, nos seguinte modelos:

M1151a1
(http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRJ6HWWMCWDYnTiXK7RkNEXHFREnB-fhC3waaGr42Ek2dc_uDQ&t=1&usg=__RB9uvl7Xrb-Ge_qTiuGBw_mN_H8=)

m1152a1
(http://media.defenseindustrydaily.com/images/LAND_M1152_HMMWV_New_lg.jpg)

e m1165a

(http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:NJiXAecDrsjrUM:http://www.transchool.eustis.army.mil/TWVRMO/M1165a.jpg&t=1)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: chaimites em Agosto 30, 2010, 07:33:51 pm
Boas!

O hummer ate pode ser um bom carro para terrenos abertos,  aqui no norte em muitos sitios primeiro e preciso chamar a engenharia para tirar os muros dos caminhos  so depois e que ele passa!

Conheço um  H2 em versao civil  é  lindo, nao fosse os 30  litros de gasolina  que gasta aos 100.......
 

para os amantes do hummer

abraço
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabecinhas em Agosto 31, 2010, 12:35:36 pm
H2  :G-bigun:

Nada com um Defender!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jonhfx em Agosto 31, 2010, 01:01:58 pm
Citar
O hummer ate pode ser um bom carro para terrenos abertos
Não é Hummer, é HMMWV ou  Humvee, e estes já até já tem motor a diesel:
(http://img837.imageshack.us/img837/4950/semttuloxa.jpg) (http://http)

Uploaded with ImageShack.us (http://http)
Mas se quisermos sermos mais poupadinhos temos o "Renault Sherpa 2" que até acho que já foi testado pelos militares Portugueses em Portugal.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: chaimites em Agosto 31, 2010, 09:16:13 pm
correcto a marca hummer e dada as versoes civis  SUV
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Dezembro 17, 2010, 09:32:55 pm
A minha proposta para o novo 4x4, mas neste caso o projecto era nacional. Porque não pegar em 100 Unimogs e transformar-los, através das oficinas do exercito numa coisa parecida com isto.

Kaya "MRAP" Turquia

(http://img204.imageshack.us/img204/852/kayaturkey01.jpg)

Dingo Alemanha

(http://www.defesanet.com.br/imagens/defesanet/rv/4x4/foto19.jpg)

Ganha-se em conhecimento e poupa se dinheiro
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Dezembro 17, 2010, 09:39:57 pm
É que 100 Unimog fazem mais falta que 100 Dingo...  :mrgreen:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 23, 2011, 08:26:28 pm
(http://www.armyrecognition.com/components/ebygallery/IDEX_NAVDEX_2011_Defense_Naval_Exhibition/up/m-atv_sfv_special_forces_vehicle_oshkosh_defense_idex_2011_defense_exhibition_001.jpg)

O meu favorito para vencedor do 4x4
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Fevereiro 24, 2011, 12:19:11 pm
O meu favorito é um overhaul à catrefada de hummvee's que estão armazenados a ganhar pó no DGME! xixa compram as coisas e depois muda a missão encostam-nos e siga vamos comprar outros!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 24, 2011, 07:31:11 pm
Citação de: "raphael"
O meu favorito é um overhaul à catrefada de hummvee's que estão armazenados a ganhar pó no DGME! xixa compram as coisas e depois muda a missão encostam-nos e siga vamos comprar outros!

quantos se encontam parados???
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Fevereiro 24, 2011, 11:48:47 pm
não tenho conhecimento, mas também não é pelo número! vi ha uns tempos um post sobre  veiculos táticos, tipo buggys, e pergunto que é feito da catrefada de buggys tipo FAV (Fast Attack Vehicule) que estavam armazenados em S.Jacinto há uns anos atrás? Em algumas situações há um despesismo elevado e mal avaliado. :N-icon-Axe:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Instrutor em Março 27, 2011, 10:54:15 pm
E ainda dizem que não existe nenhuma reserva táctica no exercito..... Pelo menos meia centena de veículos Hunvee e outra meia centena de buggys existe.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: afonsinho em Outubro 09, 2011, 10:25:16 pm
Essas imagens de hummers e do resto a fazer TT ate eu faço com o meu Pagero de 94........
Ate os brasileiros desenharam os deles, pq nao devenos nos tb desenhar os nossos nem k seja em parceria com outro pais?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Outubro 10, 2011, 11:54:33 am
Não há mercado em Portugal para isso. Os Brasileiros têm um enorme mercado nacional e tomam medidas proteccionistas para protegerem a sua industria (coisa que nós não podemos).

Vê o caso espanhol, eles tinham duas empresas a construir 4x4 para as Forças Armadas e neste momento é apenas uma.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Outubro 26, 2011, 11:29:37 am
(http://a2.sphotos.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash4/311051_279025565465689_113078412060406_941656_1961700112_n.jpg)

Citar
Oshkosh FMTV, que se encontra ao serviço das Forças Portuguesas no Afeganistão.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: vmpsm em Outubro 26, 2011, 04:06:07 pm
isso foi ajuste directo ou foi emprestada?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: sturzas em Outubro 27, 2011, 11:12:10 pm
Aquela "estrelita" ao meio e a numeração (916) à esquerda, quase de certeza que é emprestada pelo tio "Sam"...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: quimbolas em Outubro 28, 2011, 12:00:30 pm
Citação de: "raphael"
O meu favorito é um overhaul à catrefada de hummvee's que estão armazenados a ganhar pó no DGME! xixa compram as coisas e depois muda a missão encostam-nos e siga vamos comprar outros!

Tinha a ideia que a maioria (quase todos) tinham ido para o Kosovo em 2005 e depois dai foram para Israel para colocar blindagens e seguiram para o Afeganistão.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Janeiro 26, 2013, 11:09:39 pm
Eu sei que a tropa não tem dinheiro e que este concurso já morreu, mas ainda tenho esperança de ver um novo 4x4 blindado com a bandeira nacional.

Neste link podem ver todos os 4x4 blindados existentes no mundo.

http://issuu.com/vishmeh/docs/armada_-_oct_2012_compendium?mode=window&viewMode=doublePage
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Junho 13, 2013, 05:32:53 pm
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: FRONTEIRO em Setembro 27, 2014, 04:11:16 pm
Não seria uma opcção este blindado para a nossa BRR, o Survivor R da Rheinmetall, na ordem das 15T para as missões no Afeganistão, segundo o site da Rheinmetall, a particularidade na construção desta viatura em parceria com a MAN, utiliza apenas componentes produzidos em série, o que poderá ser interessante em termos de aquisição e manutenção, penso eu?
Pergunto ao fórum se esta opcção não seria acertada, e qual a estimativa do custo para cada unidade? Obrigado.
http://www.rheinmetall-defence.com/en/r ... /index.php (http://www.rheinmetall-defence.com/en/rheinmetall_defence/systems_and_products/vehicle_systems/armoured_wheeled_vehicles/survivor/index.php)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 27, 2014, 04:49:39 pm
Demasiado grande e pesado.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 27, 2014, 05:24:08 pm
Há vários veiculos alemães que eu acho que seriam uma mais valia, por exemplo o Mungo e o AMPV.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Setembro 27, 2014, 07:40:53 pm
Para isso tínhamos ficado com as viaturas que os USA abandonaram no Afeganistão.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: FRONTEIRO em Setembro 28, 2014, 05:38:42 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Há vários veiculos alemães que eu acho que seriam uma mais valia, por exemplo o Mungo e o AMPV.

Concordo, o AMPV seria sem dúvida uma excelente opção, mas saberá o custo estimado por unidade?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 29, 2014, 11:46:14 am
Desconheço por completo.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: antoninho em Setembro 29, 2014, 10:43:07 pm
Army's Armored Multi-Purpose Vehicle Poised For An August RFP

    After some false starts earlier this year, Army and Pentagon acquisition officials are scheduled to consider formally launching a competition for the Armored Multi-Purpose Vehicle next month, according to Defense Department officials.

    The AMPV program, which is intended to replace nearly 3,000 of the Army's Vietnam-era M113 infantry carriers, was initially scheduled to release a request for proposals at the end of June, but that date slipped to late July. Now, following what program officials hope will be a successful Defense Acquisition Board meeting on Aug. 9, the RFP is slated to be rolled out later in the month.

    "The [program manager] has prepared the AMPV RFP for release," according to a July 26 email from Ashley Givens, an Army spokeswoman. "Our next step is to brief the program to [the Office of the Secretary of Defense] in early August. After OSD reviews the program and any OSD directed changes are integrated, the final RFP for AMPV will be released."

    Two defense officials described the AMPV schedule as "fluid" and "subject to change," though they asserted the Army's commitment to the program over the long-term is solid. In fact, one official said, the Army is looking for ways to accelerate the program, fearing it will otherwise be hit by sequestration-related budget cuts. The Army is also serious about setting a program cost cap and has been "extra cautious" in starting the program, one official said. At the moment, the AMPV has an average unit manufacturing cost target of $1.8 million, according to Army documents. At that rate, the total AMPV price tag could exceed $5 billion.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Instrutor em Fevereiro 12, 2015, 11:36:09 am
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedad ... id=4395066 (http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=4395066)

Segundo fontes parlamentares, na audição à porta fechada desta manhã no parlamento, o chefe do Estado-Maior do Exército (CEME) disse que o ramo ainda tem a receber cerca de 20 viaturas blindadas de oito rodas Pandur, de um total de duzentas.

A renegociação levada a cabo pelo Ministério da Defesa com o fabricante austríaco Steyr reduziu a aquisição de Pandur de 260 para 200, tendo sido eliminadas deste pacote as quarenta viaturas anfíbias previstas para a Marinha.

O comandante do Exército revelou também que no âmbito da Lei de Programação Militar (LPM) deverão ser compradas quase duas centenas (194) viaturas táticas ligeiras, uma lacuna há muito identificada pelo ramo, principalmente em teatros de operações.

Na missão militar no Afeganistão, Portugal recorreu por diversas vezes a acordos de empréstimo de viaturas 4x4 a países como os Estados Unidos da América ou a Espanha.

Na audição na Assembleia da República, o CEME referiu que a renovação da histórica metralhadora G-3, arma utilizada pelas Forças Armadas portuguesas desde a década de 1960, deverá começar em 2017, com a substituição de cerca de 11 mil unidades.



Já se sabe quais serão as viaturas escolhidas?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Fevereiro 12, 2015, 01:30:53 pm
Citação de: "antoninho"
Army's Armored Multi-Purpose Vehicle Poised For An August RFP

    After some false starts earlier this year, Army and Pentagon acquisition officials are scheduled to consider formally launching a competition for the Armored Multi-Purpose Vehicle next month, according to Defense Department officials.

    The AMPV program, which is intended to replace nearly 3,000 of the Army's Vietnam-era M113 infantry carriers, was initially scheduled to release a request for proposals at the end of June, but that date slipped to late July. Now, following what program officials hope will be a successful Defense Acquisition Board meeting on Aug. 9, the RFP is slated to be rolled out later in the month.

    "The [program manager] has prepared the AMPV RFP for release," according to a July 26 email from Ashley Givens, an Army spokeswoman. "Our next step is to brief the program to [the Office of the Secretary of Defense] in early August. After OSD reviews the program and any OSD directed changes are integrated, the final RFP for AMPV will be released."

    Two defense officials described the AMPV schedule as "fluid" and "subject to change," though they asserted the Army's commitment to the program over the long-term is solid. In fact, one official said, the Army is looking for ways to accelerate the program, fearing it will otherwise be hit by sequestration-related budget cuts. The Army is also serious about setting a program cost cap and has been "extra cautious" in starting the program, one official said. At the moment, the AMPV has an average unit manufacturing cost target of $1.8 million, according to Army documents. At that rate, the total AMPV price tag could exceed $5 billion.

Este AMPV é outro tipo de viatura blindada e de lagartas que nada tem a ver com o AMPV 4x4 alemão.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Fevereiro 12, 2015, 01:44:23 pm
Primeiro terá de haver um concurso. Mas penso que a escolha deverá recair mais ou menos entre o Iveco LAV4, o RG-32 sul-africano, Hawkey australiano e talvez o AMPV.
 Os JLTV não deverão entrar em concurso por estarem ainda em fase de desenvolvimento, embora na sua fase final.
 Ou também poderá haver uma opção mista por 2 tipos de viatura 4x4 entre as 194 viaturas. Por exemplo 160 a 170 4x4 blindados ligeiros e 20/25 viaturas blindadas tipo Dingo ou Bushmaster.

 Na minha modestíssima opinião, penso que a melhor e a mais sensata escolha deveria ser o LAV4 a evolução do LMV do fabricante Iveco. Que foi todo reformulado após a experiência adquirida
no Afeganistão.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 12, 2015, 02:19:27 pm
(http://www.kampfpanzer.de/image/linked/es14_1/HI4C1390.jpg)

 :arrow: http://www.combatandsurvival.com/news/i ... eurosatory (http://www.combatandsurvival.com/news/international/466-new-iveco-lmv-variants-unveiled-at-eurosatory)

Parece-me uma boa opção. Major Alvega, o Renault Sherpa está descartado?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Fevereiro 12, 2015, 04:15:09 pm
Não sei será descartado. Mas foi descartado pelo outros parceiros da NATO. Ninguém até hoje o quis. Não tem argumentos técnicos e de desempenho suficientes para concorrer com os que foram enumerados. É um produto fraco.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Instrutor em Fevereiro 16, 2015, 10:46:12 am
Ja algum tempo atras que aqui se fala em muitos modelos a equipar a BRR e BriLig com 4x4 blindados para complementar os Pandur II, eu continua afirmar que o melhor carro que poderia vir era o novo modelo da panhard, e mais este modelo poderia bem ser fabricado sob licença na Fabreequipa como aconteceu com os Pandur, além do mais Portugal possui cerca de 38 unidades de Panhard M11, ja temos experiencia com este veículo e tem demonstrado um bom blindado ligeiro de reconhecimento e escolta, por continuo a defender a vinda do novo Panhard para equipar as duas brigadas.
Aqui fica um atalho para poderem visualizar o veículo.

http://www.armyrecognition.com/europe/F ... iption.htm (http://www.armyrecognition.com/europe/France/vehicules_a_roues/Panhard/VBR/VBR_Panhard_France_description.htm)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Fevereiro 17, 2015, 11:08:27 pm
Então e a quantidade gigante de veículos que os Americanos têm no Afeganistão que eles não querem gastar dinheiro a levar de volta?!
Desde humvys blindados a oshkosh:

http://oshkoshdefense.com/products/light-tactical-vehicles/

Tudo com provas mais que dadas em combate e com logística facil. Fazíamos um excelente negócio.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Fevereiro 18, 2015, 06:13:28 am
Citação de: "ACADO"
Então e a quantidade gigante de veículos que os Americanos têm no Afeganistão que eles não querem gastar dinheiro a levar de volta?!
Desde humvys blindados a oshkosh:

http://oshkoshdefense.com/products/light-tactical-vehicles/

Tudo com provas mais que dadas em combate e com logística facil. Fazíamos um excelente negócio.

http://www.govplanet.com/jsp/s/search.i ... oncarousel (http://www.govplanet.com/jsp/s/search.ips?c=3468&kwtag=auctioncarousel)

penso que a ideia dos hummvees é capaz de não ser a melhor...até os dos comandos são mais recentes.
bom negócio era bom e barato, a manutenção dos hummvees não é assim tão fácil.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Fevereiro 19, 2015, 04:15:40 pm
A Força Aérea tem umas Nissan 4x4 blindadas espectaculares.
Nada tão protegido como os nosso HummVee mas muito melhor que os Toyota Land Cruiser do Exército.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 19, 2015, 04:42:38 pm
Citação de: "HSMW"
A Força Aérea tem umas Nissan 4x4 blindadas espectaculares.
Nada tão protegido como os nosso HummVee mas muito melhor que os Toyota Land Cruiser do Exército.

E que os Land Rover Defender 130 dos Comandos? Não pode!... :arrow: http://www.operacional.pt/segurex-2013/ (http://www.operacional.pt/segurex-2013/)

(http://3.bp.blogspot.com/-9oC5oA2xm08/VIf_rfM9laI/AAAAAAAAUkM/PtXggYtd5cY/s1600/image%2B(73).jpg)

 :arrow: http://associacaopa.blogspot.pt/ (http://associacaopa.blogspot.pt/)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Fevereiro 19, 2015, 04:58:47 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Citação de: "HSMW"
A Força Aérea tem umas Nissan 4x4 blindadas espectaculares.
Nada tão protegido como os nosso HummVee mas muito melhor que os Toyota Land Cruiser do Exército.

E que os Land Rover Defender 130 dos Comandos? Não pode!... :twisted:

Não com tanto armamento mas portas e vidros blindados casco em V uma .50.

Não há umas fotos por aí?!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 19, 2015, 05:01:16 pm
Há, mas procurar nos meus arquivos (contas no photobucket)... é coisa que é capaz de demorar. :oops:

Pelo que vi, também têm umas placas de aço a cobrir a zona da mala aberta (traseira da viatura).
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 19, 2015, 05:14:49 pm
Descobri!

(http://i677.photobucket.com/albums/vv133/mergeri2/Forum%20DB/desfile_meiosl.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Fevereiro 19, 2015, 07:08:31 pm
É isso mesmo! Esta viaturas vieram com que finalidade?
Se não foram enviadas para o Afeganistão servem para quê?
Patrulhamento em substituição das Condor?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Fevereiro 19, 2015, 07:24:10 pm
Citação de: "HSMW"
É isso mesmo! Esta viaturas vieram com que finalidade?
Se não foram enviadas para o Afeganistão servem para quê?
Patrulhamento em substituição das Condor?

Hummm se as viaturas são da UPF e a UPF não tem Condor...não será para patrulhamento...digo eu. Nem a Condor mas isso são outros tostões.
A Condor é uma máquina com mais de 30 anos que ainda está aí para as curvas, mercedes unimog é fiável qb).
As Comunicações Táticas da Força Aérea também têm três Hummvees recentes.
A finalidade das Nissan blindadas? Ao serviço da UPF para as missões que lhes forem designadas em que necessitem de um veiculo com proteção acrescida. Comporta tanto a Browning .50 como a MG3.
E como são blindadas por dentro e por fora (habitáculo com proteção balistica da Raphael Industries e exterior feito cá no burgo), não devem acrescentar valor para a missão force protection às aeronaves FAP (C-130H/C-295 até à data).

Até esta dos canalizadores tem mais poder de fogo, mas também é outra utilização:
(http://assets.nydailynews.com/polopoly_fs/1.2048088.1418815118!/img/httpImage/image.jpg_gen/derivatives/article_970/truck18n-1-web.jpg?enlarged)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 20, 2015, 09:52:54 am
Citação de: "HSMW"
É isso mesmo! Esta viaturas vieram com que finalidade?
Se não foram enviadas para o Afeganistão servem para quê?
Patrulhamento em substituição das Condor?

São viaturas da UPF...

Usando apenas as minhas capacidades analíticas que tenho graças ao meu QI de... 75, diria que servem quando a UPF precisa de uma viatura mais ligeira para as suas missões que aquele pequeno monstro que é o HummVee. Vejo uma viatura destas a ser usada num TO como o Mali em conjunto com os TACP.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Fevereiro 20, 2015, 12:49:08 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
São viaturas da UPF...

Usando apenas as minhas capacidades analíticas que tenho graças ao meu QI de... 75, diria que servem quando a UPF precisa de uma viatura mais ligeira para as suas missões que aquele pequeno monstro que é o HummVee. Vejo uma viatura destas a ser usada num TO como o Mali em conjunto com os TACP.

Penso que os Humvee não vieram para a UPF mas sim para o TACP operar no Afeganistão, a UPF andava com eles, porque é o trabalho da UPF proteger "meios" da Força Aérea e o TACP é um meio da Força Aérea :mrgreen: .

Acho que em caso de operações de evacuação de civis em que seja necessário o apoio de uma viatura com metralhadora .50 as Nissan tem maior flexibilidade do que o Humvee pois podem ser transportadas em C295, enquanto que o Humvee tem sempre que ser transportado em C-130.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Fevereiro 20, 2015, 07:29:36 pm
Algum distinto membro é capaz de me explicar o que é aquela coisa da Nissan pick-up?
 É alguma brincadeira?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Miguel em Fevereiro 20, 2015, 08:09:42 pm
Canhao AA russo de 23mm Bitubo

Algo semelhante ao Rh202
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Fevereiro 21, 2015, 04:49:10 am
Citação de: "Miguel"
Canhao AA russo de 23mm Bitubo

Algo semelhante ao Rh202


Penso que o Major Alvega está mesmo a referir-se à Nissan Pick-up da UPF...brincadeira em que sentido? Por não se vislumbrar um teatro de operações no estrangeiro onde possa ser empregue?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Fevereiro 21, 2015, 08:53:21 am
Citação de: "raphael"
Citação de: "Miguel"
Canhao AA russo de 23mm Bitubo

Algo semelhante ao Rh202


Penso que o Major Alvega está mesmo a referir-se à Nissan Pick-up da UPF...brincadeira em que sentido? Por não se vislumbrar um teatro de operações no estrangeiro onde possa ser empregue?

Acho que ele está-se a referir mais por terem adaptado umas chapas metálicas atrás e depois o habitáculo só ter umas camadas de kevlar e vidros não blindados!!
Ou seja, por a blindagem ter sido feita em cima do joelho, sem ter sido pensado em mudar suspensões, travões, escolher um veículo com mudanças audtomaticas, mais cilindrada para aguentar com o grande peso extra da blindagem, etc...

Sem dúvida que este veículo tem muita utilidade, mas ou é blindado ou não é!! Não é criar-se a ilusão que é e depois os homens morrerem no terreno com o carro todo furadinho!!!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Miguel em Fevereiro 21, 2015, 09:02:28 am
Quando eu era pequeno existia bandas desenhadas do Major Alvega, nunca mais vi algo ?

Havia outra chamada Guerra, aonde se via historia dos comandos em africa em banda desenhada.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Fevereiro 21, 2015, 09:20:37 am
Citação de: "ACADO"
Acho que ele está-se a referir mais por terem adaptado umas chapas metálicas atrás e depois o habitáculo só ter umas camadas de kevlar e vidros não blindados!!
Aí estão as certezas do Acado... Os vidros são blindados! E as chapas metálicas são placas de aço embora não seja aço laminado são equivalentes à blindagem de uma Chaimite ou M11.

Mais casco em V, conjunto de luzes tácticas, corta arame e o nivel minimo de bindagem que se pode admitir em qualquer viatura deste género. Melhor que qualquer Defender ou Land Cruiser que anda por aí...

Citar
Ou seja, por a blindagem ter sido feita em cima do joelho, sem ter sido pensado em mudar suspensões, travões, escolher um veículo com mudanças audtomaticas, mais cilindrada para aguentar com o grande peso extra da blindagem, etc...

Mas isso assim torna-se num Hummvee...  :roll:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 21, 2015, 10:09:58 am
Pois, mas um  Hummvee apesar de ter muito mais blindagem, não tem o casco em V. Depois acontece como ao 1.º Sargento Comando que morreu não da explosão do IED em si, mas pelo facto de ter sido projectado contra o tejadilho da viatura (aquela cópia Espanhola do Hummvee).

Eu consigo ver a utilidade desta viatura, e acho que foi uma excelente aquisição por parte da FAP. Haver missões para serem usadas é algo que basta haver uma pequena alteração na nossa missão no Mali...haver "botas no terreno" da FAP (UPF e TACP) em apoio aos outros contingentes. Mas dúvido que isso aconteça.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Fevereiro 21, 2015, 01:56:13 pm
Sim, estou-me a referir à viatura pick-up da UPF...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Fevereiro 21, 2015, 02:46:12 pm
Citação de: "HSMW"
Citação de: "ACADO"
Acho que ele está-se a referir mais por terem adaptado umas chapas metálicas atrás e depois o habitáculo só ter umas camadas de kevlar e vidros não blindados!!
Aí estão as certezas do Acado... Os vidros são blindados! E as chapas metálicas são placas de aço embora não seja aço laminado são equivalentes à blindagem de uma Chaimite ou M11.

Mais casco em V, conjunto de luzes tácticas, corta arame e o nivel minimo de bindagem que se pode admitir em qualquer viatura deste género. Melhor que qualquer Defender ou Land Cruiser que anda por aí...

Citar
Ou seja, por a blindagem ter sido feita em cima do joelho, sem ter sido pensado em mudar suspensões, travões, escolher um veículo com mudanças audtomaticas, mais cilindrada para aguentar com o grande peso extra da blindagem, etc...

Mas isso assim torna-se um o Hummvee...  :roll:

Meu caro, ha muito veiculo com o que eu referi que nao é um hummer, nem de perto!! Conheço bastantes veículos com blindagem interna em aço que resiste ate ao 7,62x54mm, que têm exactamente o q referi.
E ter um carro com blindagem sem ter estas alterações é de ignorante, porque qualquer básico sabe que se acrescentarmos peso a uma coisa que nao tem travões/suspensão para isso vai dar merd@, assim como não ter potência para isso vai ser um caracol e nao vale de nada!!

E ja agora que tem tantas certezas, qual é o nível de blindagem dos vidros, e também do habitáculo?!
E o casco em V, sem suspensão subida? E em que tipo de aço?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Fevereiro 21, 2015, 02:49:44 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Pois, mas um  Hummvee apesar de ter muito mais blindagem, não tem o casco em V. Depois acontece como ao 1.º Sargento Comando que morreu não da explosão do IED em si, mas pelo facto de ter sido projectado contra o tejadilho da viatura (aquela cópia Espanhola do Hummvee).

Eu consigo ver a utilidade desta viatura, e acho que foi uma excelente aquisição por parte da FAP. Haver missões para serem usadas é algo que basta haver uma pequena alteração na nossa missão no Mali...haver "botas no terreno" da FAP (UPF e TACP) em apoio aos outros contingentes. Mas dúvido que isso aconteça.

Penso que o problema terá sido a falta do cinto de segurança então!!
O casco em V protege da explosão, não protege ninguém de ser projectado no habitáculo.

E aquelas carrinha se tem um casco em V com protecção contra explosões com a suspensao que se vê na foto e sem terem tudo aquilo que referi são um belo bluff e um caixão com rodas!!
É pura física...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Fevereiro 21, 2015, 03:10:25 pm
Oh ACADO, vc gosta mesmo de complicar. Qual kevlar qual quê, um pneu serve perfeitamente  :D  Não há crise, assim como assim as paradas das nossas FA's já parecem sul americanas.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 21, 2015, 03:42:24 pm
Citação de: "ACADO"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Pois, mas um  Hummvee apesar de ter muito mais blindagem, não tem o casco em V. Depois acontece como ao 1.º Sargento Comando que morreu não da explosão do IED em si, mas pelo facto de ter sido projectado contra o tejadilho da viatura (aquela cópia Espanhola do Hummvee).

Eu consigo ver a utilidade desta viatura, e acho que foi uma excelente aquisição por parte da FAP. Haver missões para serem usadas é algo que basta haver uma pequena alteração na nossa missão no Mali...haver "botas no terreno" da FAP (UPF e TACP) em apoio aos outros contingentes. Mas dúvido que isso aconteça.

Penso que o problema terá sido a falta do cinto de segurança então!!
O casco em V protege da explosão, não protege ninguém de ser projectado no habitáculo.

Errado, o casco em V pode deflectir o sopro da explosão, ao contrário de um casco plano normal onde o mesmo sopro provoca a deformação da viatura e respectiva projecção do militar/es contra o tejadilho.

Citar
E aquelas carrinha se tem um casco em V com protecção contra explosões com a suspensao que se vê na foto e sem terem tudo aquilo que referi são um belo bluff e um caixão com rodas!!
É pura física...

Podem ajudar qualquer coisa. Sem dúvida que quanto mais alto estiver o casco, melhor, mas ter um casco em v já é uma solução acima dos Range Rover dos Comandos a nível de protecção.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Fevereiro 22, 2015, 03:38:07 am
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Citação de: "ACADO"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Pois, mas um  Hummvee apesar de ter muito mais blindagem, não tem o casco em V. Depois acontece como ao 1.º Sargento Comando que morreu não da explosão do IED em si, mas pelo facto de ter sido projectado contra o tejadilho da viatura (aquela cópia Espanhola do Hummvee).

Eu consigo ver a utilidade desta viatura, e acho que foi uma excelente aquisição por parte da FAP. Haver missões para serem usadas é algo que basta haver uma pequena alteração na nossa missão no Mali...haver "botas no terreno" da FAP (UPF e TACP) em apoio aos outros contingentes. Mas dúvido que isso aconteça.

Penso que o problema terá sido a falta do cinto de segurança então!!
O casco em V protege da explosão, não protege ninguém de ser projectado no habitáculo.

Errado, o casco em V pode deflectir o sopro da explosão, ao contrário de um casco plano normal onde o mesmo sopro provoca a deformação da viatura e respectiva projecção do militar/es contra o tejadilho.

Citar
E aquelas carrinha se tem um casco em V com protecção contra explosões com a suspensao que se vê na foto e sem terem tudo aquilo que referi são um belo bluff e um caixão com rodas!!
É pura física...

Podem ajudar qualquer coisa. Sem dúvida que quanto mais alto estiver o casco, melhor, mas ter um casco em v já é uma solução acima dos Range Rover dos Comandos a nível de protecção.

Eu não disse que não era melhor que nada!!
Mas pensarmos que ter uma blindagem ilusória, q retira mobilidade ao veículo, negando capacidade à unidade e pondo os homens em risco com um falso sentido de protecção, versus, um veículo sem blindagem, muito móvel e bem armado que sabemos com o que contamos!!
Eu sei bem onde prefiro gastar o dinheiro, ou é, ou não é.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Fevereiro 23, 2015, 12:59:27 am
Ide queixar-vos a quem decidiu blindar a viatura!
Mas sim Acado os vidros são blindados, a suspensão está adaptada, os pneus são os adaptados para o efeito e o motor tem uma dose de potência extra em relação à motorização de origem.
Podemos apontar todos os defeitos e mais alguns, argumentar o que se quiser, mas elas existem e são utilizadas para apoiar a missão da UPF.
Siga.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Fevereiro 23, 2015, 08:34:42 am
Citação de: "raphael"
Ide queixar-vos a quem decidiu blindar a viatura!
Mas sim Acado os vidros são blindados, a suspensão está adaptada, os pneus são os adaptados para o efeito e o motor tem uma dose de potência extra em relação à motorização de origem.
Podemos apontar todos os defeitos e mais alguns, argumentar o que se quiser, mas elas existem e são utilizadas para apoiar a missão da UPF.
Siga.

Ok. Ao menos isso
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Março 06, 2015, 10:26:12 pm
Citar
Portugal to buy 192 new 4x4 tactical armoured vehicles

Victor Barreira, Lisbon - IHS Jane's Defence Weekly

Portugal is planning to launch a tender for 192 4x4 light tactical armoured vehicles, the country's Ministry of National Defence told IHS Jane's .

Several variants are planned under the Viatura Táctica Ligeira com Blindagem (VTLB) programme for the country's army. The programme will be set up over the next four years, according to Portugal's Military Programming Law 2015-26.

A current study includes the potential procurement of 117 troop transport, 10 command post, 20 anti-tank, 27 ambulance, and nine special operations vehicles for the Rapid Reaction Brigade (BrigRR). A batch of nine anti-tank vehicles is scheduled for the Intervention Brigade (BrigInt).

Portugal first declared an interest in buying new vehicles in 2007, then intended for the BrigRR, marines, and air force. Portugal's initial programming law, approved by the military in January, included the purchase of new 4x4 vehicles, but this is the first time specific details of the programme have been revealed.

Light protected vehicles currently fielded by the army include 38 Panhard Defense VBL, and 37 of AM General's HMMWV family (24 M1025A2, 11 M1151A1 w/B1, and two M1152A1 w/B2 vehicles).

http://www.janes.com/article/49766/port ... d-vehicles (http://www.janes.com/article/49766/portugal-to-buy-192-new-4x4-tactical-armoured-vehicles)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Crypter em Março 10, 2015, 04:07:44 pm
Boas à novidades sobre este tema?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Março 15, 2015, 11:20:49 am
Boas, que eu tenha conhecimento, não há novidades, no entanto deixo aqui o meu contributo com várias opções do mercado, que representam grande parte dos possíveis candidatos. Toca a escolher agora!  :mrgreen:

http://H:Armada Oct 2012 Compendium - Light Armoured Vehicles.mht

Cumprimentos.

PS: Por alguma razão, não consigo postar o link como deve ser... portanto, quem quiser ver o artigo, terá de copiar o URL...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Março 15, 2015, 01:00:38 pm
Penso que o link correto seja este.

 :arrow: http://issuu.com/vishmeh/docs/armada_-_ ... compendium (http://issuu.com/vishmeh/docs/armada_-_oct_2012_compendium)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Março 15, 2015, 10:24:44 pm
É exatamente isso, muito obrigado por ajudar.  :G-beer2:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Março 16, 2015, 12:18:15 am
Uma questão surgiu-me com isto tudo... o que seria mais prioritário, estes blindados 4x4 ou sistemas antiaéreos decentes? É que me parece que, com a retirada gradual do contingente nacional no Afeganistão, e consequente vinda dos Humvee que lá estiveram, o número dos mesmos não será suficiente para os anos vindouros? Concordo com esta aquisição, pois vem dotar as forças armadas com uma capacidade extra, no entanto penso que, no imediato e tendo em conta o estado da arma antiaérea nacional, seriam estes 4x4 assim tão cruciais comparativamente às armas antiaéreas?
De qualquer das formas, é bom ver um programa destes a ir para a frente!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Março 16, 2015, 05:24:11 pm
Citação de: "dc"
Uma questão surgiu-me com isto tudo... o que seria mais prioritário, estes blindados 4x4 ou sistemas antiaéreos decentes? É que me parece que, com a retirada gradual do contingente nacional no Afeganistão, e consequente vinda dos Humvee que lá estiveram, o número dos mesmos não será suficiente para os anos vindouros? Concordo com esta aquisição, pois vem dotar as forças armadas com uma capacidade extra, no entanto penso que, no imediato e tendo em conta o estado da arma antiaérea nacional, seriam estes 4x4 assim tão cruciais comparativamente às armas antiaéreas?
De qualquer das formas, é bom ver um programa destes a ir para a frente!

Estes veiculos podem ser equipados com sistemas SAM. Existem varias ocpoes para este genero de veiculos.

Em Portugal Infelizmente nao existe uma estrategia de defesa anti-aerea muito eficaz, e para alem dos obsuletos Chaparral, so contamos com a Forca Aerea, os Stingers e com a defesa das fragatas.
Se tivermos um problema em Portugal, vamos ter de contar que a Forca Aerea e Marinha nao serao totalmente aniquilidas. Porque depois vamos passar para a Guerra de guerrilha em que os Stinger e veiculos moveis serao preponderantes.
La fora estaremos sempre em superioridade aerea ou entao nao temos capacidade de intervir.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Março 17, 2015, 01:01:41 pm
Sim, eu sei que podem ter sistemas SAM, no entanto referia-me sistemas antiaéreos de origem (ASRAD-R, Nasams, Spyder, etc.) em vez de veículos 4x4 com um simples lançador Mistral ou RBS70 atrás, pois estes não passam de sistemas antiaéreos portáteis (stinger) ou semi-portáteis (que necessitam de algum tipo de suporte, como o Mistral e o RBS70) acoplados num veiculo sem acrescento de capacidades...
Mas para além disto, sabemos muito bem que, da maneira como são feitas as coisas cá, nenhum vai ser em versão antiaérea... com alguma sorte, desses quase duzentos veículos, virão algumas versões para funções especificas (ambulância por exemplo), e pouco mais, infelizmente. Mas até lá, ainda temos de saber os requisitos e os candidatos. Pessoalmente, acho que veículos tipo MRAP seriam um desperdício de dinheiro, isto porque são muito maiores, e são veículos que não apresentam a mobilidade de um Iveco LMV por exemplo.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 17, 2015, 02:29:17 pm
(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2013/08/20-Opera%C3%A7%C3%A3o-Hot-Dagger.jpg)
Citar
Certas armas não são propriamente “jeitosas” para transportar, mas num caso real este “Stinger” podia fazer falta!

 :arrow: http://www.operacional.pt/operacao-hot- ... -quedista/ (http://www.operacional.pt/operacao-hot-dagger-teste-para-o-1-o-batalhao-de-infantaria-para-quedista/)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Março 17, 2015, 03:20:15 pm
Os MRAP não têm de ser propriamente maiores. Existem desde os 4x4 aos Caiman e Cougar 6x6, estes ultimos maiores e mais pesados. Por norma existem 4x4 (como o RG-31E, MAX pró XL, ou o Bushmaster IMV ) e 6x6 com protecção II, sendo que o Buffalo 6x6 é que tem protecção III (mas também é MRV). O Peso já é outras historia pois estamos a falar de veículos na ordem das 14 a 18 Toneladas enquanto que por exemplo o Iveco LMV tem 6 toneladas.
(http://www.armyrecognition.com/customer/thierry/usa/maxxpro_09.jpg)
(http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/4e/Dutch_Bushmaster_with_remote_turret_2008.jpg)
Agora actualmente a maioria dos veículos são concebidos para receberem blindagem e equipamento à medida das missões a realizar, além de características de raiz  como a altura do solo que lhe proporciona protecção contra minas e engenhos explosivos improvisados.  O Próprio Iveco LMV já possui uma protecção STANAG 4569 nivel 3 (Kinetic Energy, 7.62 x 51 AP (WC core) at 30 meters with 930 m/s, Grenade and Mine Blast Threat, 8 kg (explosive mass) Blast AT Mine: 3a – Mine Explosion pressure activated under any wheel or track location, 3b – Mine Explosion under center) o que para um veículo destas características e tendo em conta que existem 5 níveis, é considerável (tanto mais que os Italianos usaram os seus no Afeganistão e Líbano).
(http://g.api.no/obscura/API/image/r1/escenic/978x1200r/20110131175323//archive/03623/20110131-070_3623966a.jpg)
(http://forum.valka.cz/attachments/121/LMV_Wardak_IED__1_.jpg)
(http://www.incursori.org/uploads/6/3/7/3/6373198/2129633_orig.jpg)
(http://www.armyrecognition.com/forum_pic/italy/Iveco_LMV_Italian_army_forum_ArmyRecognition_004.jpg)
Quanto aos missies AA penso que já tudo foi dito. É a cronica falta de um míssil de médio alcance nas F.A. Portuguesas.
(http://cdn.cmjornal.xl.pt/2008-03/img_757x426$2008_03_27_22_38_00_234179.jpg)
(http://cdn.cmjornal.xl.pt/2010-03/img_757x426$2010_03_24_22_42_00_314495.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Março 17, 2015, 04:39:25 pm
Com a compra do novo blindado 4x4, os Humvee ficam a servir para que?

E que tal fazer-lhes um upgrade para Avenger?

(http://www.army-technology.com/projects/avenger/images/avenger3.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 17, 2015, 05:34:19 pm
Eu já não digo nada, visto que têm saido aquisições que eu pensei que nunca haveriam de acontecer. Todos aqui sabemos das graves lacunas ao nível da artilharia anti-aérea não só do Exército mas das Forças Armadas em geral, MAS, estão a ver uma aquisição nesta área acontecer nos próximos anos? Eu não.

Voltando ao tópico, uma coisa não nos podemos esquecer, são toda uma série de unidades que irão receber estas viaturas, tanto da Brigada de Reacção Rápida como da Brigada de Intervenção. Ora se for verdadeiro o que aparece no artigo da Jane's, a Brigada de Intervenção só vai receber a versão misseis anti-carro, porque o que eles vão receber deste última fornada só dará para um Batalhão de Infantaria Mecanizada (Rodas) e não para os dois e o Esquadrão de Reconhecimento.

E para a BrigRR? Que sub-unidades irão receber estas viaturas? Um BIPara usa muito poucas viaturas, já que os CParas não usam viaturas (orgânicamente).
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Março 17, 2015, 05:57:19 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Eu já não digo nada, visto que têm saido aquisições que eu pensei que nunca haveriam de acontecer. Todos aqui sabemos das graves lacunas ao nível da artilharia anti-aérea não só do Exército mas das Forças Armadas em geral, MAS, estão a ver uma aquisição nesta área acontecer nos próximos anos? Eu não.

Concordo, nem o governo ou Exército tem falado nisso, a não ser que surja uma compra de ocasião como o Siroco para a Marinha.

Citar
Voltando ao tópico, uma coisa não nos podemos esquecer, são toda uma série de unidades que irão receber estas viaturas, tanto da Brigada de Reacção Rápida como da Brigada de Intervenção. Ora se for verdadeiro o que aparece no artigo da Jane's, a Brigada de Intervenção só vai receber a versão misseis anti-carro, porque o que eles vão receber deste última fornada só dará para um Batalhão de Infantaria Mecanizada (Rodas) e não para os dois e o Esquadrão de Reconhecimento.

A Brigada de Intervenção tinha planeado receber 15 Pandur Anti-Carro, 3 para cada BIMec (R), 3 para o GAM e 6 para o ERec, só foram entregues 5 e está previsto receber então 9 dos blindados ligeiros anti-carro, o que me parece lógico é estes 9 serem 3 para cada Batalhão e para o GAM e os 5 Pandur AC para o ERec (menos uma que o planeado).

Citar
E para a BrigRR? Que sub-unidades irão receber estas viaturas? Um BIPara usa muito poucas viaturas, já que os CParas não usam viaturas (orgânicamente).

Umas contas de merceeiro 117 blindados de transporte de pessoal a dividir por 3 Batalhões (2 de Paras e 1 de Comandos), dá 39 viaturas por Batalhão, dá para uns 200 elementos, isto é, 1 companhia operacional e mais uns quantos a espalhar por alguns pelotões especializados como o Pelotão de Reconhecimento, a CCS, o pessoal barra em ORBAT que comente :mrgreen: , etc.

Ou em termos reais, cada Batalhão tem capacidade de projetar 1 companhia em missão tipo Afeganistão e os restantes veículos do Batalhão devem ser para treino de futuras forças...

Os Anti-Carro devem ser para os Pelotões Anti-Carro e/ou para o Esquadrão de Reconhecimento.

Fiquei surpreendido com os 9 para Operações Especiais, pensava que os Comandos ao terem recebido os 13 Land Rover Defender que tinham apanhado esta capacidade.

As 27 versão ambulância parecem-me muitas quando comparando com as 8 Pandur Ambulância que a Brigada de Intervenção recebeu.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 17, 2015, 06:16:21 pm
Já sei que vão dizer que eu estou a ser anti-Comando e coisas do género, mas eu ainda não li um único documento que justifica-se por A + B a aquisição dos LR. Deve haver, mas não está ao dispôr do público em geral como eu.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Março 17, 2015, 07:01:43 pm
Citação de: "mafets"
Os MRAP não têm de ser propriamente maiores. Existem desde os 4x4 aos Caiman e Cougar 6x6, estes ultimos maiores e mais pesados. Por norma existem 4x4 (como o RG-31E, MAX pró XL, ou o Bushmaster IMV ) e 6x6 com protecção II, sendo que o Buffalo 6x6 é que tem protecção III (mas também é MRV). O Peso já é outras historia pois estamos a falar de veículos na ordem das 14 a 18 Toneladas enquanto que por exemplo o Iveco LMV tem 6 toneladas.
(http://www.armyrecognition.com/customer/thierry/usa/maxxpro_09.jpg)
(http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/4e/Dutch_Bushmaster_with_remote_turret_2008.jpg)
Agora actualmente a maioria dos veículos são concebidos para receberem blindagem e equipamento à medida das missões a realizar, além de características de raiz  como a altura do solo que lhe proporciona protecção contra minas e engenhos explosivos improvisados.  O Próprio Iveco LMV já possui uma protecção STANAG 4569 nivel 3 (Kinetic Energy, 7.62 x 51 AP (WC core) at 30 meters with 930 m/s, Grenade and Mine Blast Threat, 8 kg (explosive mass) Blast AT Mine: 3a – Mine Explosion pressure activated under any wheel or track location, 3b – Mine Explosion under center) o que para um veículo destas características e tendo em conta que existem 5 níveis, é considerável (tanto mais que os Italianos usaram os seus no Afeganistão e Líbano).
(http://g.api.no/obscura/API/image/r1/escenic/978x1200r/20110131175323//archive/03623/20110131-070_3623966a.jpg)
(http://forum.valka.cz/attachments/121/LMV_Wardak_IED__1_.jpg)
(http://www.incursori.org/uploads/6/3/7/3/6373198/2129633_orig.jpg)
(http://www.armyrecognition.com/forum_pic/italy/Iveco_LMV_Italian_army_forum_ArmyRecognition_004.jpg)
Quanto aos missies AA penso que já tudo foi dito. É a cronica falta de um míssil de médio alcance nas F.A. Portuguesas.
(http://cdn.cmjornal.xl.pt/2008-03/img_757x426$2008_03_27_22_38_00_234179.jpg)
(http://cdn.cmjornal.xl.pt/2010-03/img_757x426$2010_03_24_22_42_00_314495.jpg)

Cumprimentos

Nem todos os MRAP sao pesados.
E sem duvido que sao um negocio de oportunidade uma vez que os Americanos nao querem trazer todos de volta e estao a oferece-los a preco de saldo.

(http://oshkoshdefense.com/wp-content/uploads/2014/05/M-ATV_Base_SXB-2_720x300.jpg)

E nao precisam de ser exactamente MRAPS, os Americanos tem versoes bem mais leves

(http://oshkoshdefense.com/wp-content/uploads/2014/09/JLTV_Spotlight_Hero3.jpg)

(http://oshkoshdefense.com/wp-content/uploads/2014/09/JLTV_Spotlight-4936_Sand.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: night_runner em Março 17, 2015, 07:53:35 pm
Citação de: "ACADO"
E sem duvido que sao um negocio de oportunidade uma vez que os Americanos nao querem trazer todos de volta e estao a oferece-los a preco de saldo.
http://i-hls.com/2015/03/armored-fighti ... eli-armor/ (http://i-hls.com/2015/03/armored-fighting-vehicles-poland-to-fortify-its-mrap-vehicles-with-israeli-armor/)
Citar
The U.S is helping Poland equip its special forces. Among their prospective tasks: with terror attacks. Armored Fighting Vehicles (AFVs) are considered highly suitable for counterterror missions.
45 mine-resistant MRAP M-ATV vehicles, supplied by the US, were handed-off for the Polish Special Forces in Krakow.
Citar
Delivery of the MRAP vehicles is being carried out within the framework of the Excess Defense Articles program, the standard way that the U.S. military gives leftover equipment to allies. Earlier Poland had received Oliver Hazard Perry vessels or C-130 Hercules transport planes in that way.
According to Defense 24, the donation is related to the fact that the Americans have excess of the MRAP vehicles at their disposal, after the Iraqi Freedom and Enduring Freedom operations have come to an end. MRAP vehicles have been donated to other allies, including Croatia and Iraqi and Kurdish forces fighting against the ISIS terrorists.
The Oshkosh MRAP All-Terrain Vehicle (or M-ATV) is a tactical wheeled armored vehicle. It was specially developed to be uses by the US troops in Afghanistan.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Março 17, 2015, 08:27:57 pm
Citação de: "night_runner"
Citação de: "ACADO"
E sem duvido que sao um negocio de oportunidade uma vez que os Americanos nao querem trazer todos de volta e estao a oferece-los a preco de saldo.
http://i-hls.com/2015/03/armored-fighti ... eli-armor/ (http://i-hls.com/2015/03/armored-fighting-vehicles-poland-to-fortify-its-mrap-vehicles-with-israeli-armor/)
Citar
The U.S is helping Poland equip its special forces. Among their prospective tasks: with terror attacks. Armored Fighting Vehicles (AFVs) are considered highly suitable for counterterror missions.
45 mine-resistant MRAP M-ATV vehicles, supplied by the US, were handed-off for the Polish Special Forces in Krakow.
Citar
Delivery of the MRAP vehicles is being carried out within the framework of the Excess Defense Articles program, the standard way that the U.S. military gives leftover equipment to allies. Earlier Poland had received Oliver Hazard Perry vessels or C-130 Hercules transport planes in that way.
According to Defense 24, the donation is related to the fact that the Americans have excess of the MRAP vehicles at their disposal, after the Iraqi Freedom and Enduring Freedom operations have come to an end. MRAP vehicles have been donated to other allies, including Croatia and Iraqi and Kurdish forces fighting against the ISIS terrorists.
The Oshkosh MRAP All-Terrain Vehicle (or M-ATV) is a tactical wheeled armored vehicle. It was specially developed to be uses by the US troops in Afghanistan.

Exacto. Até à Croacia estão a da-los!
Só tem um problema, é que a Polonia tem ajudado imenso os Americanos e nós, nada!!!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: night_runner em Março 17, 2015, 08:41:20 pm
Citação de: "ACADO"
Só tem um problema, é que a Polonia tem ajudado imenso os Americanos e nós, nada!!!
Pois, também pensei nisso quando coloquei o post. Talvez a redução americana nos Açores pudesse ajudar neste ponto, como forma de contrapartida, mas não acredito que o Governo "arrisque" a receber material militar americano doado quando há açoreanos que ficam sem emprego. Pelo menos antes de Outubro! Depois, por outro lado, os polacos recebem 45, nós queremos c200. Não sei também até que ponto será possível, se existem assim tantos como EDA, e quantos países não estarão também "à pesca".

Uma dúvida sobre o programa, estes 4x4 que o Exército pretende serão do mesmo tipo mas com vários modelos, ou de vários tipos/modelo?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Março 17, 2015, 08:50:36 pm
Citação de: "night_runner"
Citação de: "ACADO"
Só tem um problema, é que a Polonia tem ajudado imenso os Americanos e nós, nada!!!
Pois, também pensei nisso quando coloquei o post. Talvez a redução americana nos Açores pudesse ajudar neste ponto, como forma de contrapartida, mas não acredito que o Governo "arrisque" a receber material militar americano doado quando há açoreanos que ficam sem emprego. Pelo menos antes de Outubro! Depois, por outro lado, os polacos recebem 45, nós queremos c200. Não sei também até que ponto será possível, se existem assim tantos como EDA, e quantos países não estarão também "à pesca".

Uma dúvida sobre o programa, estes 4x4 que o Exército pretende serão do mesmo tipo mas com vários modelos, ou de vários tipos/modelo?

do que sei, o objectivo passa por utilizar um sistema igual ao realizado com os pandur. Há um veículo base e depois a partir dele são efetuadas derivações.

Eu também continuo achar que o exercito anda a pensar de forma errada! Pois foca-se muito na área de transporte e esquece-se das outras áreas. O que interessa ter a capacidade de deslocar a BRR, se depois um simples heli de ataque destrói a BRR num só passo.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: night_runner em Março 17, 2015, 08:57:52 pm
Obrigado Nélson
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 18, 2015, 10:06:54 am
Citação de: "ACADO"
Citação de: "night_runner"
Citação de: "ACADO"
E sem duvido que sao um negocio de oportunidade uma vez que os Americanos nao querem trazer todos de volta e estao a oferece-los a preco de saldo.
http://i-hls.com/2015/03/armored-fighti ... eli-armor/ (http://i-hls.com/2015/03/armored-fighting-vehicles-poland-to-fortify-its-mrap-vehicles-with-israeli-armor/)
Citar
The U.S is helping Poland equip its special forces. Among their prospective tasks: with terror attacks. Armored Fighting Vehicles (AFVs) are considered highly suitable for counterterror missions.
45 mine-resistant MRAP M-ATV vehicles, supplied by the US, were handed-off for the Polish Special Forces in Krakow.
Citar
Delivery of the MRAP vehicles is being carried out within the framework of the Excess Defense Articles program, the standard way that the U.S. military gives leftover equipment to allies. Earlier Poland had received Oliver Hazard Perry vessels or C-130 Hercules transport planes in that way.
According to Defense 24, the donation is related to the fact that the Americans have excess of the MRAP vehicles at their disposal, after the Iraqi Freedom and Enduring Freedom operations have come to an end. MRAP vehicles have been donated to other allies, including Croatia and Iraqi and Kurdish forces fighting against the ISIS terrorists.
The Oshkosh MRAP All-Terrain Vehicle (or M-ATV) is a tactical wheeled armored vehicle. It was specially developed to be uses by the US troops in Afghanistan.

Exacto. Até à Croacia estão a da-los!
Só tem um problema, é que a Polonia tem ajudado imenso os Americanos e nós, nada!!!

Diria que os Polacos estão a ajudá-los mais, mas não será por isso.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Março 18, 2015, 10:27:38 am
Citação de: "ACADO"
Nem todos os MRAP sao pesados.
E sem duvido que sao um negocio de oportunidade uma vez que os Americanos nao querem trazer todos de volta e estao a oferece-los a preco de saldo.
E nao precisam de ser exactamente MRAPS, os Americanos tem versoes bem mais leves
Estava a referir-me aos 4x4 com protecção categoria 2. Os de nível 1 como o RG31 Nyala tem um peso de facto na ordem das 7 toneladas e outros tipos vão até às 13,4 toneladas por exemplo do MaxxPro Cat 1 (o Cat2 já é mais pesado). De qualquer forma refira-se que um Humvee com Frag Kit 6 tem uma protecção MRAP de nível 2 e Portugal tem o Humvee que inclusive foram usados no Afeganistão.
(http://www.armyrecognition.com/customer/thierry/canada/rg31_01.jpg)
(http://www.military-today.com/apc/maxxpro_mrap_l9.jpg)
(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2008/12/maj-silva-hummer-1.jpg)

Comprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Março 18, 2015, 07:55:43 pm
Citação de: "Lightning"
Umas contas de merceeiro 117 blindados de transporte de pessoal a dividir por 3 Batalhões (2 de Paras e 1 de Comandos), dá 39 viaturas por Batalhão, dá para uns 200 elementos, isto é, 1 companhia operacional e mais uns quantos a espalhar por alguns pelotões especializados como o Pelotão de Reconhecimento, a CCS, o pessoal barra em ORBAT que comente :mrgreen: , etc.

Ou em termos reais, cada Batalhão tem capacidade de projetar 1 companhia em missão tipo Afeganistão e os restantes veículos do Batalhão devem ser para treino de futuras forças...

Os Anti-Carro devem ser para os Pelotões Anti-Carro e/ou para o Esquadrão de Reconhecimento.

Fiquei surpreendido com os 9 para Operações Especiais, pensava que os Comandos ao terem recebido os 13 Land Rover Defender que tinham apanhado esta capacidade.

As 27 versão ambulância parecem-me muitas quando comparando com as 8 Pandur Ambulância que a Brigada de Intervenção recebeu.

Questão: as variantes referidas (Op. Especiais, Ambulância, Anti-carro), são as que o exército pretende adquirir?

Citação de: "Lightning"
Com a compra do novo blindado 4x4, os Humvee ficam a servir para que?

E que tal fazer-lhes um upgrade para Avenger?

(http://www.army-technology.com/projects/avenger/images/avenger3.jpg)

Penso que com os custos de se fazer uma alteração dessas, não ficaria muito longe de adquirir novos... Para não falar que os nossos Humvees já receberam blindagem (blindagem pela Plasan Sasa), que custou um bom dinheiro e os M1165, e ao fazer uma modificação dessas, seria como deitar dinheiro fora, quando estes mesmos poderiam, quando viessem os novos 4x4, ir para a força aérea e substituir os Condor, ou até mesmo para os fuzos, já que estes não têm nenhum veiculo blindado... Agora pensando nisso, se calhar até não seria má ideia, com a possível vinda do Siroco, ao menos dotava-se os fuzileiros com um veiculo ligeiro blindado, para tapar o buraco deixado com a não recepção dos Pandur.

Citação de: "mafets"
Quanto aos missies AA penso que já tudo foi dito. É a cronica falta de um míssil de médio alcance nas F.A. Portuguesas.

Míssil de médio alcance e não só... de curto alcance, para além do Stinger, não temos mais nada de jeito... O chaparral já é velho e já não faria grande diferença face uma força aérea moderna... os bitubos 20mm, servem para defesa de ponto e pouco mais...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Março 19, 2015, 12:13:51 am
O problemas do Chaparral são o curto alcance, a antiguidade dos sistemas de aquisição e a idade dos mísseis (já devem estar em fim de vida). Quanto ao míssil em si, se for a última versão, tem a cabeça do Stinger o que não é nada mau.

Não percebo (quer dizer até percebo) por que não adquirimos Patriot PAC2 quando os espanhóis receberam os deles há 10 anos. Aliás, os espanhóis ainda no final do ano passado adquiriram mais 10 lançadores alemães por pouco mais de 40 milhões de euros (a noticia não menciona se os mísseis também estão incluídos).

http://www.janes.com/article/47063/spai ... om-germany (http://www.janes.com/article/47063/spain-buys-extra-patriot-sam-batteries-from-germany)

(http://www.janes.com/images/assets/063/47063/1568365_-_main.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Março 19, 2015, 12:18:56 am
Citação de: "dc"
Questão: as variantes referidas (Op. Especiais, Ambulância, Anti-carro), são as que o exército pretende adquirir?

E versão Transporte, isso está tudo escrito uma ou duas páginas atrás, de cabeça sei que serão 117 transporte, 9 operações especiais, 27 ambulância, anti-carro não me recordo do nº certo, talvez umas 20 pois 9 são para ir para a Brigada de Intervenção para colmatar as 10 Pandur anti-carro que não foram entregues.

Citar
quando estes mesmos poderiam, quando viessem os novos 4x4, ir para a força aérea e substituir os Condor, ou até mesmo para os fuzos, já que estes não têm nenhum veiculo blindado... Agora pensando nisso, se calhar até não seria má ideia, com a possível vinda do Siroco, ao menos dotava-se os fuzileiros com um veiculo ligeiro blindado, para tapar o buraco deixado com a não recepção dos Pandur.

Essa ainda não me tinha ocorrido, parece boa ideia :G-beer2: .
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ICE 1A+ em Março 20, 2015, 03:18:43 pm
É um pouco off-topic mas:

Os anuários estatisticos de defesa nacional deixaram de ser publicados?
O último que encontro é o de 2012

Sistemas de
Mísseis AA
Stinger---- 16

Chaparral M90  --9

Chaparral M98  ---24
 
Material AA
Met Bitubo AA 20 mm ----26
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Março 20, 2015, 03:33:53 pm
Citação de: "Lightning"
Citar
quando estes mesmos poderiam, quando viessem os novos 4x4, ir para a força aérea e substituir os Condor, ou até mesmo para os fuzos, já que estes não têm nenhum veiculo blindado... Agora pensando nisso, se calhar até não seria má ideia, com a possível vinda do Siroco, ao menos dotava-se os fuzileiros com um veiculo ligeiro blindado, para tapar o buraco deixado com a não recepção dos Pandur.

Essa ainda não me tinha ocorrido, parece boa ideia :G-beer2: .

Sinceramente consideram que FAP fosse aceitar os Hummvee do Exército já estafados do Afeganistão, com mecânica americana e motorização inferior aos (3) da FAP, quando a Condor ainda não esgotou o potencial (maioria dos motores tem menos de 30mil km) e tem mecânica Mercedes Unimog...
As Condor com upgrade ainda dão para muitos e bons anos para as necessidades da FAP.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Março 21, 2015, 12:26:46 am
Sim tem razão, mas penso que um dos problemas que se discutia sobre as Condor era o facto de serem "demasiado" para a função de policiamento das bases aéreas, provavelmente relacionado com os custos de operação e manutenção... de resto nada contra o veiculo.
Ora repensando as coisas todas, e tendo em conta o pouco uso que têm na força aérea, podiam ir as Condor para os fuzos, visto estes não terem um blindado de transporte, e os Humvee (ou parte deles) ir para a força aérea... assim, apesar de já serem veículos com bastante uso, pouco fariam nas bases aéreas para alem de umas movimentações diárias dentro da própria base... mas isto sou eu com as minhas contas.  :mrgreen:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Março 21, 2015, 07:32:43 am
Tu estás a ver bem as despesas de manutenção dos hummvee? são um buraco sem fundo!
Os Fuzos não têm de ficar com os restos dos outros...algo que lhes dava alguma autonomia seria algo tipo o Fuchs:
http://www.military-today.com/apc/transportpanzer_fuchs.jpg

A FAP tem é de modernizar as Condor para as manter ativas por longos anos.
As Condor não são o veículo para o policiamento das bases aéreas, são usadas em funções mais especializadas, em alterações do estado de segurança.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Março 21, 2015, 12:17:48 pm
Pois quanto à manutenção dos Humvee não faço a mínima ideia se é assim tão dispendiosa como diz ao ponto de ser mais caro que o das Condor, mas se o diz, e presumo que tenha fundamento no que diz, eu acredito.
Quanto aos Fuchs... está basicamente a dizer que, um programa para veículos do género para os fuzos foi cancelado por falta de verbas (as 20 Pandur), no entanto ia-se atrás de outro veiculo semelhante, mas de outro fabricante... gastando mais dinheiro, e tendo mais um veiculo para manutenção... Sim concordo que um veiculo desse género daria novas capacidades aos fuzos, mas verdade seja dita, tendo em conta o que os fuzos têm actualmente (nada para além dos Toyota e das Larc e outros veículos de transporte), qualquer coisa seria um acrescento de capacidades... desde Humvees ligeiramente blindados, a veículos ligeiros de reconhecimento (Fennek por exemplo), a blindados de transporte (Pandur), tudo era bom para os fuzileiros, e era neste contexto que me referi "aos restos dos outros", são restos mas ao menos daria um acrescento de capacidades, e não digo que ficariam nos fuzileiros por 30 ou 40 anos, mas até haver algum tipo de aquisição neste sentido para os mesmo, seria para desenrascar (isto claro com a possível vinda do Siroco, pois sem este haveria outras prioridades onde investir)... Eu vou-lhe pôr isto assim: você não tem dinheiro para roupa, e tem duas opções, andar sem roupa (ao frio, ao sol, à chuva, etc.) ou aceitar roupa dada por alguém (restos) que essa pessoa já não utiliza? Sei que é um exemplo exagerado, mas dá para perceber o contexto penso eu... E por falar em restos dos outros, isto não seria nada mais nada menos do que aquilo que certos países estão a fazer ao aproveitar os restos das guerras do Afeganistão e do Iraque, não deixam de ser "restos" mas permite poupar dinheiro até se encontrar uma solução melhor, e no nosso caso seria simplesmente recolocar os Humvee nos fuzos, pelo menos a partir do momento em que viesse o Siroco.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 21, 2015, 04:32:42 pm
Compra-se Russo (com embargo e tudo) e já está! :twisted:  :twisted:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Março 21, 2015, 04:40:57 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Compra-se Russo (com embargo e tudo) e já está! :twisted:  :twisted:

Nesses 5€ já está incluído a ida à santa mãe russia para a mudança dos pneus entre outros equipamentos?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Março 21, 2015, 04:48:55 pm
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Compra-se Russo (com embargo e tudo) e já está! :twisted:  :twisted:

Nesses 5€ já está incluído a ida à santa mãe russia para a mudança dos pneus entre outros equipamentos?

E um guia de como utilizar os veículos para fins turísticos em território estrangeiro.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 21, 2015, 05:03:26 pm
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Compra-se Russo (com embargo e tudo) e já está! :twisted:  :twisted:

Nesses 5€ já está incluído a ida à santa mãe russia para a mudança dos pneus entre outros equipamentos?

Verme, os pneus Russos duram ainda mais tempo que a viatura...pelo menos uns 100 anos! :lol:
Citação de: "Alvalade"
Citação de: "nelson38899"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Compra-se Russo (com embargo e tudo) e já está! :twisted:  :twisted:

Nesses 5€ já está incluído a ida à santa mãe russia para a mudança dos pneus entre outros equipamentos?

E um guia de como utilizar os veículos para fins turísticos em território estrangeiro.

Humvee quê?


Enquanto isso o Zé Tuga:

(http://img.photobucket.com/albums/v62/Vamtac/128c7244.jpg)

 :G-beer2:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Março 26, 2015, 10:30:52 pm
Há países com sorte

Citar
One of 162 Oshkosh M-ATVs now in Croatian service after being gifted under the US Excess Defense Articles programme

http://www.janes.com/article/50193/croatia-displays-new-afv-fleets
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Março 27, 2015, 01:28:25 am
Só não os temos porque o exército não quis... e neste caso não serviria de grande coisa pois o exército planeia adquirir várias versões do veiculo 4x4, logo só seria possível adquirir da versão de transporte, enquanto que as restantes versões teriam de ser encomendadas novas...
Mas os fuzos... não se importariam nada  :mrgreen:
Já agora, para versão antitanque:
(http://www.platforms-mil.de/Bilder/Spike%20NLOS%20Rafael%202009.JPG)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: paraquedista em Maio 26, 2015, 06:31:36 pm
O CEME no seu discurso no 59 Aniversario da Escola de Tropas Paraquedistas, disse que serao adquiridas 152 Viaturas Tacticas Ligeiras Blindadas 4X4 de diversas Tipologias, para a Brigada de Reacao Rapida.

Os numeros parece que "Amagreceram" um pouco...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Maio 28, 2015, 03:27:36 pm
A não ser que os restantes sejam ou para a FAP ou para os Fuzos. Ainda por cima com a possível aquisição do Siroco, mais os Fuzileiros irão requerer veículos do género.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Crypter em Julho 02, 2015, 12:40:18 pm
Há novidades sobre este assunto?

Ou vai ser empurrado para a legislatura do PS e por consequência, anulado?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Julho 02, 2015, 01:56:04 pm
Citação de: "Crypter"
Há novidades sobre este assunto?

Ou vai ser empurrado para a legislatura do PS e por consequência, anulado?

Acho que com o abre olhos do filme de terror grego o PS não tem hipóteses de cheirar o governo!!
Portanto podemos estar descansados com o reequipamento das forças armadas
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Agosto 29, 2015, 03:32:43 pm
Vamos ver se nos dispensam uns HUMVY ...

Citar
Oshkosh Defense has won the US Department of Defense's Joint Light Tactical Vehicle (JLTV) programme, securing one of the few major US vehicle production opportunities in the near future and continuing the company's successful run with tactical trucks.

The Oshkosh, Wisconsin-based company was awarded a USD6.7 billion firm-fixed-price production contract (if all options are exercised), and low-rate initial production is to begin in the first quarter of fiscal year 2016 (FY 2016), the US Army said in a 25 August statement. It beat competing bids from AM General and Lockheed Martin.

The army is the programme lead, and it and the US Marine Corps (USMC) are to buy 16,901 vehicles through this first contract, before deciding upon a full-rate production deal in FY 2018, Scott Davis, the army's programme executive officer for Combat Support & Combat Service Support, told reporters. The base contract includes all the USMC's JLTVs.

First the vehicles are destined for the USMC, which is scheduled to declare an initial operating capability in FY 2018 (with 69 JLTVs for a marine infantry battalion) and complete its procurement of 5,500 in total by FY 2022. The army, meanwhile, is to reach a first unit equipped by FY 2018, initial operational capability by FY 2019, and buy 49,099 vehicles total by around 2040, the service said.

Manufacturing is to begin about 10 months after award, the army added. As of this writing it was not yet clear if either losing bidder would protest the award, which has happened at all other JLTV selection stages, and this could delay the programme.

The total programme - development through production and sustainment - is estimated to be worth more than USD30 billion.

JLTV's engineering and manufacturing development (EMD) phase began in August 2012 with contacts awarded to AM General, Lockheed Martin and Oshkosh Defense, with each submitting 22 prototypes for testing.

Oshkosh competed with its light combat tactical all-terrain vehicle (L-ATV), which appears similar to - though much smaller than - the company's mine-resistant ambush-protected (MRAP) all-terrain vehicle (M-ATV) that won an urgent competition to build off-road capable MRAP trucks for Afghanistan.

Design lessons from M-ATV and a variety of the company's platforms were incorporated into its JLTV design. For example, the L-ATV rides on Oshkosh's next-generation independent suspension system, called the TAK-4i, that builds upon the company's original TAK-4 suspension. According to the company, the TAK-4i provides 508 mm of independent wheel travel, while the legacy TAK-4 provides 406 mm.

The L-ATV is powered by a digitally controlled Duramax V8 diesel engine that has been "tuned down" to increase reliability and allow for future performance upgrades, John Bryant, senior vice-president of Defense Programs for Oshkosh Defense, told IHS Jane's .

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 29, 2015, 04:04:33 pm
Tanto a noticia das novas espingardas-automáticas para a Nova Zelândia como a dos JLTV já cá tinham sido colocados, só que noutros tópicos. :wink:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Aegir em Setembro 25, 2015, 04:21:21 pm
Boa tarde,

Hoje circulava na A1 perto da saída de Estarreja quando passei por 3 porta-automóveis carregados com 20 Jeep wrangler na cor verde tropa,
será que tem algum fundamento este tipo de viatura para uso no exército. :?  :?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 25, 2015, 04:57:36 pm
Tens a certeza que era para o Exército?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Setembro 25, 2015, 08:16:23 pm
Citação de: "Aegir"
Boa tarde,

Hoje circulava na A1 perto da saída de Estarreja quando passei por 3 porta-automóveis carregados com 20 Jeep wrangler na cor verde tropa,
será que tem algum fundamento este tipo de viatura para uso no exército. :?  :?

A wrangler tem uma versão militar do seu Jeep.
Além disso quando há strakar e outros veículos civis porque não um wrangler que até tem um custo qualidade bastante bom!!

Mas não se esqueça que lá por terem a cor verde tropa não quer dizer que fossem para as forças armadas!!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Setembro 25, 2015, 11:51:54 pm
Duvido. No Exército já existem em numero suficiente as Mitsubishi L200 e Land Rover Defender.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Menacho em Outubro 04, 2015, 10:42:54 pm
(http://www.armyrecognition.com/europe/Tchecoslovaquie/Exhibition/idet_2007/pictures_photos/Daimler_Chrysler_jeep_j8_idet_2007_Czech_Republic_brno_001.jpg)

Como TT ligeiro no está mal.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Novembro 12, 2015, 02:57:42 pm
MWMIK Britânico (Jackal)

(http://media.defenceindustrydaily.com/images/LAND_MWMIK_Manned_lg.jpg)

versão 6x6 (Coyote)

(http://i.imgur.com/NYzAuiX.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Novembro 12, 2015, 09:54:00 pm
Não sei se será este.

Pelo que sei serão 170 veículos e ao que parece haverá suporte da NATO, para a compra dos mesmos.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: overlord em Novembro 12, 2015, 11:51:57 pm
Com o bloco de esquerda e os comunistas a pressionarem o PS acham mesmo que vai haver compras pra defesa?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Novembro 13, 2015, 09:28:47 am
Liguem para a Rosoboronexport, o GAZ Tigr deve ser aceitável para os nossos novos senhores.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 13, 2015, 10:43:04 am
Não podes, há um bloqueio aos produtos Russos.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Crypter em Novembro 13, 2015, 09:50:38 pm
Não podes, há um bloqueio aos produtos Russos.

Bloqueio efectuado por quem?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Novembro 13, 2015, 11:15:52 pm
Bem acham mesmo que a NATO através do NAMSAS vai pagar equipamento russo para um país da nato.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Novembro 13, 2015, 11:55:58 pm
Eu pelo menos estava só a brincar com a situação
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 14, 2015, 10:23:21 am
Eu sei...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Crypter em Novembro 14, 2015, 10:03:29 pm
Bem acham mesmo que a NATO através do NAMSAS vai pagar equipamento russo para um país da nato.

Com BE e PCP com as mãos bem dentro do rabo do Costa ao estilo marioneta, esse problema já não se coloca ;)

Desculpem.. Mas o meu humor estes últimos dias anda muito Estalinista..   ::)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Abril 18, 2016, 12:01:03 pm
marquem este ano, 2017 a 1ª
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Abril 18, 2016, 04:55:02 pm
Não percebi nada,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Srgdoido em Abril 18, 2016, 05:42:49 pm
Podes explicar melhor?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Abril 18, 2016, 11:22:50 pm
Podes explicar melhor?

Segundo me disseram é quando chega o primeiro 4x4.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 19, 2016, 10:04:23 am
Podes explicar melhor?

Segundo me disseram é quando chega o primeiro 4x4.

Isso seria excelente, mas lendo as "últimas", o melhor é ser cauteloso e só mandar os foguetes quando eles começarem a chegar.

De qualquer maneira à dois anos o antigo CEME disse:

Citar
Correntemente existem quatro projetos estruturantes, aos quais o Exército dá a mais elevada prioridade:
• O Projeto do Equipamento Individual, de importância para todas as forças, mas especialmente para as forças de Operações Especiais;
• O Projeto das Viaturas Táticas Ligeiras Blindadas, que visa assegurar mobilidade tática terrestre garantindo também proteção blindada ligeira;
• O Projeto do Sistema de Informação e Comunicações Tático, que dotará os Comandos das Brigadas e respetivas subunidades, com um sistema de comando e controlo que satisfaça os requisitos NATO e, simultaneamente, permita a ligação a outras organizações nacionais através das estruturas projetáveis dos três comandos de brigada;
• E, por último, o Projeto da capacidade de Informações, Vigilância, Aquisição de Objetivos e Reconhecimento Terrestre que irá colmatar uma reconhecida lacuna no âmbito dos meios de obtenção, processamento e difusão de Informações para apoio a unidades de escalão Brigada e Batalhão, em operações. Concorrendo para este projeto será efetuada a aquisição de Veículos Aéreos Não Tripulados táticos, radares e sensores, meios de guerra eletrónica e de fusão de informações.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Crypter em Abril 19, 2016, 06:36:52 pm
Podes explicar melhor?

Segundo me disseram é quando chega o primeiro 4x4.

Uh? E não houve concurso? ou será compra directa?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Srgdoido em Abril 19, 2016, 07:12:07 pm
Pelo que li por ai a compra seria feita "via nato"
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Abril 19, 2016, 08:25:27 pm
Vamos fazer umas apostas?  8) 8)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Abril 19, 2016, 09:14:55 pm
Pode ser viaturas de algum pais aliado que queira reduzir o numero.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Srgdoido em Abril 19, 2016, 09:25:45 pm
Pode muito bem ser, mas 195 viaturas de varias funções deixa o pé atrás, espero que venha viaturas novinhas em folha e de boa qualidade. 
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Abril 19, 2016, 09:50:14 pm
Cá para mim são novas e vêm de França.  :-X
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Abril 19, 2016, 11:44:55 pm
Se fossem as Iveco LMV... acho que o pessoal ficava mais que feliz.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 20, 2016, 01:59:51 pm
Cá para mim são novas e vêm de França.  :-X

Não me digas que é aquele que esteve por cá à uns anos e o pessoal não achou nada de especial... ???
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Abril 20, 2016, 07:46:45 pm
O Sherpa 3?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Srgdoido em Abril 23, 2016, 02:33:30 pm
Sera que alguns blindados irão para o Corpo de Fuzileiros?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 23, 2016, 02:40:19 pm
É um programa do Exército...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Maio 19, 2016, 11:29:13 am
Não é blindado mas já alguém viu estes por cá?
(http://polaris.hs.llnwd.net/o40/cmv/2015/img/model-overview/media-viewer/large/ranger-crew-900-eps-polaris-pursuit-camo/3-quarter.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 19, 2016, 11:32:36 am
Não, mas davam jeito em Tancos.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Maio 19, 2016, 12:21:56 pm
Não é blindado mas já alguém viu estes por cá?
(http://polaris.hs.llnwd.net/o40/cmv/2015/img/model-overview/media-viewer/large/ranger-crew-900-eps-polaris-pursuit-camo/3-quarter.jpg)

vi-o ontem num exercício NBQ do exercito!

Mas não sei se pertencem ao exercito ou à força aérea, nesse mesmo exercício vi vários camuflados!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Maio 19, 2016, 12:23:02 pm
Não, mas davam jeito em Tancos.
~

Para ir ao café?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 19, 2016, 12:28:28 pm
 :new_argue:

Para isso há as motas...  8)


Agora a falar a sério, alguém sabe se esta aquisição foi para a frente?

http://www.operacional.pt/plataforma-de-assalto-multi-usos/

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Maio 19, 2016, 01:10:12 pm
:new_argue:

Para isso há as motas...  8)


Agora a falar a sério, alguém sabe se esta aquisição foi para a frente?

http://www.operacional.pt/plataforma-de-assalto-multi-usos/

foi cancelado
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 19, 2016, 02:07:33 pm
Ó para ela no final do video!

http://www.rtp.pt/noticias/pais/exercito-portugues-treina-resposta-a-ameacas-quimicas-e-radioativas_v919729

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Camuflage em Maio 23, 2016, 08:08:56 pm
A Iveco LMV ou Mowag Eagle seriam boas opções.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Maio 27, 2016, 10:31:38 am
Um ponto de vista relativo ao concurso para aquisição das viaturas blindadas ligeiras de rodas para o Exército (e não só)...
Citar
Traindo docemente a indústria de Defesa Nacional
Estão em choque duas opções estratégicas opostas. Ou ir ao mercado e comprar o que já existe, ou negociar a produção em Portugal, sempre que exista capacidade e conhecimento para o fazer.

Espera-se que as altas instâncias do Estado defendam em todas as circunstâncias o interesse nacional. Contudo, parece que isso nem sempre acontece. No caso em concreto, referimo-nos às indústrias de defesa e ao concurso para aquisição das viaturas blindadas ligeiras de rodas para o Exército. O ministro Aguiar-Branco decidiu delegar essa aquisição na NSPA, uma agência da OTAN que, entre outras atribuições, é especializada na aquisição de equipamentos militares. Na prática, trata-se de pagar a alguém para fazer uma compra por nós, para nós. Dizemos-lhe o que queremos comprar, ou seja, definimos os requisitos e as especificações técnicas do equipamento que pretendemos adquirir, e a NSPA vai ao mercado comprar.

À partida, essa opção que envolve naturalmente custos para o erário público – e não são poucos, a NPSA não trabalha à borla -, teria a vantagem de poder ultrapassar as recorrentes contestações feitas pelos candidatos derrotados. Em princípio, haverá uma maior inibição em contestar concursos organizados pela NSPA. Contudo, não deixa de ser difícil de aceitar que se subcontrate exteriormente um serviço que poderia e deveria ser efectuado pelos organismos do Estado.

Esta opção cómoda é, na prática, lesiva dos interesses nacionais. Porquê? Porque Portugal perde o controlo do processo; e se auto exclui de potenciais parcerias industriais. As dificuldades em envolver a indústria nacional aumentam exponencialmente. Diminui a possibilidade de se criarem postos de trabalho em Portugal e de o país ganhar com transferências de tecnologia.

Seria muito importante que esses concursos fossem ganhos por consórcios liderados por empresas portuguesas. Parece que os decisores não recuperaram ainda da experiência traumática das viaturas Pandur II, quando se entregou a sua fabricação a uma empresa constituída de propósito para o efeito, sem provas dadas no mercado e, em última análise, inexperiente no negócio. Para além de sermos cobaias. Tratava-se de uma viatura que não tinha dado ainda provas; para além da Áustria, de onde é originária, não tinha sido adquirida por mais nenhum país. Foi uma decisão errada. Mas decisões erradas não se corrigem com decisões erradas. Situação semelhante ocorre com a aquisição de veículos aéreos não tripulados (UAVs). Existem em Portugal projectos de investigação e desenvolvimento financiados pelo erário público, assim como empresas nacionais que trabalham no mesmo segmento dos UAVs que se pretendem adquirir.

Se Portugal controlar o processo de aquisição, se não o delegar num agente externo, poderá certamente efectuar uma escolha que melhor proteja o interesse nacional; que privilegie o investimento no país. Se têm dúvidas, vejam as opções do Estado espanhol nesta matéria. Compreendemos as dificuldades de se voltar atrás no caso em apreço. Os contactos com a NSPA estão a ser feitos e os termos do contrato estarão para ser homologados pelo MDN a curto prazo. Assim voltar atrás seria pouco curial.

Esperamos que não se repitam decisões semelhantes nas restantes aquisições que se avizinham, muito em particular para o Exército (arma ligeira, viaturas blindadas médias, etc.), pela sua dimensão. Não faria sentido replicar o modelo já utilizado outrora para o fabrico da vetusta G3, envolvendo a indústria nacional? Em pano de fundo, estão em choque duas opções estratégicas opostas. Ou ir ao mercado e comprar o que já existe, ou negociar a produção em Portugal, sempre que exista capacidade e conhecimento para o fazer. Dispenso-me de elaborar sobre as vantagens de produzir em Portugal. Pensar o contrário, desculpem-me a arrogância, é trair o interesse nacional.
(Carlos Bronco - Observador)

http://defesanacionalpt.blogspot.pt/ (http://defesanacionalpt.blogspot.pt/)

Saudações
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: antoninho em Maio 27, 2016, 02:01:48 pm
Não fomos os únicos a comprar o Pandur 2 penso que os checos e a Eslovénia também o compraram.
Aliás todo este processo teve algo incompreensível desde o inicio. Onde foram construidos os últimos 22 da compensação ao exercito ???
Quanto às questões da industria nacional, ninguém tenha ilusões, é tudo uma máfia para que ela pura e simplesmente não vingue de maneira nenhuma.
As firmas de advogados que representam os consórcios internacionais assim o querem e os acólitos na assembleia da republica apoiam tal situação e os governos o praticam.     
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Maio 27, 2016, 02:14:11 pm
Não fomos os únicos a comprar o Pandur 2 penso que os checos e a Eslovénia também o compraram.
Aliás todo este processo teve algo incompreensível desde o inicio. Onde foram construidos os últimos 22 da compensação ao exercito ???
Quanto às questões da industria nacional, ninguém tenha ilusões, é tudo uma máfia para que ela pura e simplesmente não vingue de maneira nenhuma.
As firmas de advogados que representam os consórcios internacionais assim o querem e os acólitos na assembleia da republica apoiam tal situação e os governos o praticam.     

Este é mesmo o problema do nosso país gasta-se mais em advogados, do que a comprar o que é necessário.

Os pandures ainda não foram aceites, pois vinham com defeitos graves,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Maio 27, 2016, 02:36:20 pm
Citar
Para além de sermos cobaias. Tratava-se de uma viatura que não tinha dado ainda provas; para além da Áustria, de onde é originária, não tinha sido adquirida por mais nenhum país.

Isto foi o que foi dito. Acrescentar que outros adquiriram a viatura posteriormente não muda o facto de termos sido cobaias. Já agora um pequeno reparo à citação inicial: a Áustria possui Pandur I (6x6), mas ainda não adquiriu Pandur II. O que só vem reforçar que fomos mesmo cobaias, quando supostamente o próprio Exército até preferia o Patria, como alguém disse anteriormente.

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Johnnie em Maio 27, 2016, 09:00:08 pm
Citar
Para além de sermos cobaias. Tratava-se de uma viatura que não tinha dado ainda provas; para além da Áustria, de onde é originária, não tinha sido adquirida por mais nenhum país.

Isto foi o que foi dito. Acrescentar que outros adquiriram a viatura posteriormente não muda o facto de termos sido cobaias. Já agora um pequeno reparo à citação inicial: a Áustria possui Pandur I (6x6), mas ainda não adquiriu Pandur II. O que só vem reforçar que fomos mesmo cobaias, quando supostamente o próprio Exército até preferia o Patria, como alguém disse anteriormente.

Pois isso é tudo muito bonito mas quando chegámos aquela parte chata do negócio que é o pagamento, verificamos que o Pandur  era o mais barato e por larga margem...Então... A escolha tornou-se fácil :)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Maio 27, 2016, 11:39:26 pm
Citar
Para além de sermos cobaias. Tratava-se de uma viatura que não tinha dado ainda provas; para além da Áustria, de onde é originária, não tinha sido adquirida por mais nenhum país.

Isto foi o que foi dito. Acrescentar que outros adquiriram a viatura posteriormente não muda o facto de termos sido cobaias. Já agora um pequeno reparo à citação inicial: a Áustria possui Pandur I (6x6), mas ainda não adquiriu Pandur II. O que só vem reforçar que fomos mesmo cobaias, quando supostamente o próprio Exército até preferia o Patria, como alguém disse anteriormente.

Pois isso é tudo muito bonito mas quando chegámos aquela parte chata do negócio que é o pagamento, verificamos que o Pandur  era o mais barato e por larga margem...Então... A escolha tornou-se fácil :)

Esqueceste o mais importante: escolhe-se o mais barato para compensar as comissões mais elevadas e quando as coisas dão para o torto em termos de prazos — que é o que acontece normalmente aos primeiros utilizadores de novos produtos militares — convoca-se uma conferência de imprensa e anuncia-se com ar muito solene que se vai cancelar o programa no superior interesse do Estado Português. Resultado: gasta-se uma pipa de massa e as FFAA ficam com capacidades limitadas, como no caso do Pandur II (menos 60 carros para o Exército e os Fuzileiros 'a ver navios') e dos submarinos (2 submarinos mais caros que os 3 previstos inicialmente) ou as capacidades nem chegam a existir, como no caso dos helis para o Exército.

PS: ah e os 33 VBR com canhão de 105 que o Exército necessitava também não passaram do papel. Noutra nota, o facto de um produto ficar mais caro ou mais barato que outro passa muito pelos acessórios. Por exemplo, os Pandur checos ficaram bem mais caros que os nossos, apesar de terem adquirido menor número de exemplares, pela simples razão que estão melhor equipados.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 28, 2016, 10:55:14 am
Pelo que parece-me o Pandur foi o escolhido pelo Portas porque era o mais barato E eles não se importavam que os mesmos fossem construídos/montados em Portugal.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: PereiraMarques em Maio 31, 2016, 10:51:21 am
Pelo que parece-me o Pandur foi o escolhido pelo Portas porque era o mais barato E eles não se importavam que os mesmos fossem construídos/montados em Portugal.

Exacto. Não me lembro das percentagens (%) exactas, mas cada modelo era pontuado em três itens: 1) capacidade técnica (30%?); 2) preço (40%?); e 3) contrapartidas (30%?). O Pandur II ganhou na parte do preço e das contrapartidas.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Maio 31, 2016, 11:47:35 am

http://www.areamilitar.net/analise/analise.aspx?NrMateria=37
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Junho 05, 2016, 12:02:54 pm
Exacto. Não me lembro das percentagens (%) exactas, mas cada modelo era pontuado em três itens: 1) capacidade técnica (30%?); 2) preço (40%?); e 3) contrapartidas (30%?). O Pandur II ganhou na parte do preço e das contrapartidas.

Parece que andamos a pedinchar. Qualquer dia vamos comprar aos chineses, com esta forma de pontuar o produto... quando se junta politiquices com aquisições militares dá sempre m****.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Junho 30, 2016, 11:13:28 pm
Citar
Ministro da Defesa investe 60 milhões em viaturas táticas ligeiras

O ministro da Defesa anunciou hoje no Campo Militar de Santa Margarida a assinatura do despacho para abertura do processo de aquisição de até 167 viaturas táticas ligeiras, num investimento de mais de 60 milhões de euros.

O investimento vai decorrer de forma gradual até 2020, sendo que, neste ano de 2016, o investimento será de 13 milhões de euros, segundo disse à Lusa fonte oficial do Exército, num processo tido como "fundamental para a modernização e operacionalidade" daquele ramo das Forças Armadas (FA).

Em causa, está a abertura de procedimento internacional, no âmbito da agência de compras da NATO, para aquisição de Viaturas Táticas Ligeiras Blindadas 4x4 (VTLB) para o Exército, um investimento integrado na Lei de Programação Militar (LPM) e que envolve uma despesa de 60,8 milhões de euros, com IVA.

Em declarações à agência Lusa, à margem de um exercício de demonstração de capacidades no Exercício Orion que decorre até sábado em Santa Margarida, Constância, envolvendo mais de 3 000 militares de vários países, o ministro José Azeredo Lopes disse que "o que se trata é de enfrentar várias circunstâncias", tendo destacado existir uma LPM que "não tem este ano cativações", fator que considerou "muito importante".

Azeredo Lopes referiu que, "no âmbito de compromissos plurianuais e das dificuldades que o país atravessa, as cativações funcionavam como mais um constrangimento para além daqueles que já provinham da impossibilidade de prover a todas as necessidades de equipamento, mesmo a longo prazo".

O ministro da Defesa disse ainda que "o Governo entendeu que, "se não era possível enfrentar neste quadro todas as dificuldades que os ramos [das FA] legitimamente apresentam do ponto de vista de modernização de equipamento, então que, pelo menos, com esses constrangimentos, se desse execução a tudo aquilo que fosse proposto".

Azeredo Lopes referiu que o Exército "propôs algo que estava previsto no âmbito da LPM, com compromisso a quatro, cinco anos, que envolve um investimento global que passa os 60 milhões de euros e que visa disponibilizar várias dezenas de viaturas ligeiras 4x4".

"É um passo importante para, gradualmente, podermos fazer a nossa capacidade de recursos humanos (...), e que essa ambição de modernidade e confronto com os standards mais exigentes tenha também uma contrapartida, que é dotar as FA de meios que, não sendo os mais caros ou os de 'ponta', sejam meios que comparem num século XXI, que é muito exigente", afirmou.

"Além disso, o Exército, especificamente, tem um papel muito importante a desempenhar no quadro da garantia geral da defesa nacional, quer no exercício dessa mesma garantia através da sua participação em forças nacionais destacadas", concluiu.

Azeredo Lopes assistiu hoje à demonstração de capacidades do exercício Orion, que envolve cerca de 3.100 militares, acompanhado pelo Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, Artur Pina Monteiro, e do Chefe do Estado-Maior do Exército, Rovisco Duarte.

O Orion está a decorrer desde 17 de junho e termina no sábado.

LUSA
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Julho 02, 2016, 04:54:12 pm
http://www.portugal.gov.pt/pt/ministerios/mdn/noticias/20160701-mdn-blindados-ligeiros.aspx (http://www.portugal.gov.pt/pt/ministerios/mdn/noticias/20160701-mdn-blindados-ligeiros.aspx)
Citar
AUTORIZADA COMPRA DE 167 BLINDADOS LIGEIROS PARA MODERNIZAR O EXÉRCITO
O Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, autorizou o Exército a adquirir 167 viaturas táticas ligeiras blindadas 4x4.

O procedimento de aquisição deverá ser desenvolvido através da Agência de Apoio e Compras da OTAN, não excedendo o montante máximo de sessenta milhões e oitocentos mil de euros, até 2020, e de acordo com as verbas previstas na Lei de Programação Militar.

Esta autorização vai ao encontro de uma aspiração antiga das Forças Armadas e que é essencial para a modernização e o reforço da capacidade operacional do Exército.

A compra destes blindados permitirá melhorar «a mobilidade tática terrestre e de proteção da força, imprescindível à diferente tipologia de cenários e missões operacionais atribuídas ao Exército, em particular às Forças Nacionais Destacadas», refere o despacho do Ministro.

As verbas para a aquisição destes veículos estão contempladas na Lei de Programação Militar, através do Projeto Forças Ligeiras – Viaturas Táticas Ligeiras Blindadas, que se insere na categoria ML6 – Veículos Terrestres e seus componentes.

O Ministro delegou no Chefe de Estado-Maior do Exército, General Rovisco Duarte, a competência para outorgar, em representação do Estado Português, o contrato de venda, que titulará as condições técnicas e financeiras da prestação de serviços de aquisição pela Agência de Apoio e Compras da OTAN com vista ao fornecimento das viaturas.

O procedimento da aquisição será acompanhado por uma equipa de missão.

Saudações
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Julho 02, 2016, 08:37:15 pm
Porquê 167?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Julho 03, 2016, 04:40:57 am
Porquê 167?

Porque talvez os 167 custem os tais 60 milhões e oitocentos mil euros até 2020...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Julho 03, 2016, 10:23:57 am
Porquê 167?

Porque talvez os 167 custem os tais 60 milhões e oitocentos mil euros até 2020...

Podia existir uma razão para além do orçamento.

Porquê 167 e não 170 ou 165?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jorgeshot1 em Julho 03, 2016, 12:05:03 pm
Os VTLB 4×4 são destinados na sua totalidade a BRR ou também são alguns versão anticarro para a BrInt ?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Julho 03, 2016, 12:44:19 pm
Porquê 167?


Porque talvez os 167 custem os tais 60 milhões e oitocentos mil euros até 2020...

Ó Raphael, desculpa mas isso não responde á pergunta formulada, quanto a mim será o numero mínimo de unidades necessárias para equipar a BRR e a BrigInt, com os ACar que estão em falta.

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Crypter em Julho 03, 2016, 01:07:26 pm
Quando se saberá quais os concorrentes? Há data para isso?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Vespita em Julho 03, 2016, 11:16:16 pm
A noticia já é antiga, mas de certo que vão ser um dos concorrentes.

https://poadu.wordpress.com/2009/07/27/231/

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Julho 07, 2016, 07:46:56 pm
Porquê 167?


Porque talvez os 167 custem os tais 60 milhões e oitocentos mil euros até 2020...

Ó Raphael, desculpa mas isso não responde á pergunta formulada, quanto a mim será o numero mínimo de unidades necessárias para equipar a BRR e a BrigInt, com os ACar que estão em falta.

Abraços

É uma resposta possível! Mas como na notícia sobressai a questão de apoio às FND...167...não são bastantes para a tipologia de emprego atual das unidades do Exército destacadas?
Desde que não metam algumas unidades a hibernar como fazem com os Leopard e os Pandur...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Julho 07, 2016, 07:56:54 pm
Porquê 167?


Porque talvez os 167 custem os tais 60 milhões e oitocentos mil euros até 2020...

Ó Raphael, desculpa mas isso não responde á pergunta formulada, quanto a mim será o numero mínimo de unidades necessárias para equipar a BRR e a BrigInt, com os ACar que estão em falta.

Abraços

É uma resposta possível! Mas como na notícia sobressai a questão de apoio às FND...167...não são bastantes para a tipologia de emprego atual das unidades do Exército destacadas?
Desde que não metam algumas unidades a hibernar como fazem com os Leopard e os Pandur...

Todas as respostas são possíveis, mas umas mais " possíveis " que outras...................
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Julho 07, 2016, 11:29:04 pm
Porquê 167?


Porque talvez os 167 custem os tais 60 milhões e oitocentos mil euros até 2020...

Ó Raphael, desculpa mas isso não responde á pergunta formulada, quanto a mim será o numero mínimo de unidades necessárias para equipar a BRR e a BrigInt, com os ACar que estão em falta.

Abraços

É uma resposta possível! Mas como na notícia sobressai a questão de apoio às FND...167...não são bastantes para a tipologia de emprego atual das unidades do Exército destacadas?
Desde que não metam algumas unidades a hibernar como fazem com os Leopard e os Pandur...

Todas as respostas são possíveis, mas umas mais " possíveis " que outras...................

Tens razão...só acho mal só o Exército ter acesso a esse novo blindado 4x4...devia estar acessível ou englobar as necessidades dos três Ramos, pois todos podem contribuir para as FND.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Duarte em Julho 07, 2016, 11:55:26 pm
Citar
Tens razão...só acho mal só o Exército ter acesso a esse novo blindado 4x4...devia estar acessível ou englobar as necessidades dos três Ramos, pois todos podem contribuir para as FND.

Mas a PA e os Fuzos ja nao estao incluidos nesta compra?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jorgeshot1 em Julho 08, 2016, 01:15:30 am
Citar
Tens razão...só acho mal só o Exército ter acesso a esse novo blindado 4x4...devia estar acessível ou englobar as necessidades dos três Ramos, pois todos podem contribuir para as FND.

Mas a PA e os Fuzos ja nao estao incluidos nesta compra?
Não, e um programa do exército
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Julho 08, 2016, 01:46:32 am
Várias páginas atrás encontramos isto, o plano inicial do projecto.

Citar
A current study includes the potential procurement of 117 troop transport, 10 command post, 20 anti-tank, 27 ambulance, and nine special operations vehicles for the Rapid Reaction Brigade (BrigRR). A batch of nine anti-tank vehicles is scheduled for the Intervention Brigade (BrigInt).

Neste caso o total seria de 192 viaturas.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Duarte em Julho 08, 2016, 04:17:40 am
Citar
The VTLB programme call for the procurement of 101 protected vehicles for the Portuguese Army BRR (Brigada de Reação Rápida) special forces brigade, 33 for Navy Corpo de Fuzileiros da Armada marine corp and 16 for the Portuguese Air Force military police in order to replace the CONDOR 4×4 armoured carrier.
A BriRR foi de 101 viaturas para 167?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 08, 2016, 10:46:35 am
Estas viaturas serão usadas pela Brigada de Reacção Rápida e pela Brigada de Intervenção.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Srgdoido em Julho 09, 2016, 11:52:01 am
"The approved project now calls for 106 troop transport, 29 anti-tank, 13 ambulance, 12 special forces, and 7 command vehicles to be delivered between 2017 and 2020."

http://www.janes.com/article/62115/portuguese-army-approved-to-buy-new-armoured-4x4s
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: sivispacem em Setembro 20, 2016, 11:31:16 pm
Alguém sabe mais alguma coisa deste processo??

http://www.defensa.com/frontend/defensa/ejercito-portugues-preve-adquirir-167-vehiculos-blindados-4x4-vn19495-vst157

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Setembro 21, 2016, 02:52:20 pm
Alguém sabe mais alguma coisa deste processo??

http://www.defensa.com/frontend/defensa/ejercito-portugues-preve-adquirir-167-vehiculos-blindados-4x4-vn19495-vst157
Este Ministro da Defesa gosta muito do número "20 milhões mais IVA". Na volta...  ;D ;)

Cumprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Setembro 22, 2016, 10:41:19 pm
Parece que, desta vez, a aquisição vai ser em três lotes de 20 milhões  ;D
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: sivispacem em Setembro 22, 2016, 10:42:09 pm
http://sicnoticias.sapo.pt/economia/2016-09-22-Tribunal-de-Contas-autoriza-compra-de-blindados
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Setembro 22, 2016, 11:25:05 pm
Parece que, desta vez, a aquisição vai ser em três lotes de 20 milhões  ;D

É como quiserem, desde que venham. ;)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: LM em Setembro 23, 2016, 11:00:07 am
"The approved project now calls for 106 troop transport, 29 anti-tank, 13 ambulance, 12 special forces, and 7 command vehicles to be delivered between 2017 and 2020."

http://www.janes.com/article/62115/portuguese-army-approved-to-buy-new-armoured-4x4s

A versão AT vai ser equipada com que sistema de misseis?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Setembro 23, 2016, 11:06:28 am
Sem conhecimento concreto penso que faz sentido ser o TOW.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 23, 2016, 11:17:27 am
Na BrigRR? Olha que não.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: paraquedista em Setembro 23, 2016, 01:15:52 pm
Na BrigRR? Olha que não.

Eu que passei quase 5 anos na Companhia Anti-Carro (CACar) da BAI acho que os Milan, estão muito ultrapassados....especialmente no seu alcance (2000 metros)....deveríamos adquirir algo com pelo menos 4km de alcance e com uma câmara térmica já incorporada no sistema de lançamento.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 23, 2016, 02:32:49 pm
Na BrigRR? Olha que não.

Eu que passei quase 5 anos na Companhia Anti-Carro (CACar) da BAI acho que os Milan, estão muito ultrapassados....especialmente no seu alcance (2000 metros)....deveríamos adquirir algo com pelo menos 4km de alcance e com uma câmara térmica já incorporada no sistema de lançamento.

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2013/05/26-Memorial-CACar-.jpg)
Memorial da Companhia Anti-carro em S. Jacinto, junto ao último edifício que a albergou.

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2013/05/15-2009-Toyota-.jpg)
Hoje em dia parte dos “Milan” estão instalados em viaturas Toyota “Land Cruiser”, estes, fotografados em 2009 pertenciam ao 2BIPara que à data integrava a Força de Reacção Imediata do EMGFA.

Os "nossos" Milan já têm câmaras térmica MIRA, o alcance infelizmente continua a ser o mesmo e não é “fire and forget” como o Milan 3. Dito isto, não é provável que sejam adquiridos novos misseis anti-carro e respectivos lançadores, por isso ou recorremos ao Milan ou ao Tow. O segundo é demasiado pesado e grande para ser usado pela BrigRR.

O perfeito seria adquiri novo material, mas dúvido que isso aconteça nos próximos anos.

Fonte das fotografias : http://www.operacional.pt/
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: paraquedista em Setembro 23, 2016, 03:24:33 pm
As Camaras Termicas Mira, fui eu recebe-las a Alcochete do fabricante ;)

E apesar de serem muitos boas...sao algo que se monta por cima do Posto de Tiro e nao fazendo parte deste, sao bastante pesadas, o que me parece um inconveniente...depois a pequena garafa que faz a refrigeracao da camara e extremamente cara e so dura muitos poucos minutos...os "Artistas" da EPI em Mafra tinham uma Garrafa Enorme de Hidrogenio que andavam com ela as costas quando era para dar instrucao ou fazer tiro :) (mesmo a Ze povinho)
O Engenheiro da Aerospatiale que veio a Portugal, nem quiz acreditar que nao havia uma caixa de ferramentas ou uma chave de fendas no impressionante (de fora) Deposito Geral do Exercito...

Prontos tirando os apartes...o Milan ER por exemplo ja tem um alcance de 3000 metros e a Camara Termica esta incorporada dentro a da unidade Ocular do Posto de Tiro...e nao como na original que se tem de montar a camara termica por cima...nao faco ideia e qual o sistema que usam para refrigerar a camara...espero que seja algo mais eficaz e nao apenas uma garafa para uns minutos !?!

E ja em 1994, quando passei a fazer parte da CACar o entao Comandante de Companhia, Capitao Coutinho...dizia e muito bem que os Milan estavam ultrapassados, especialmente quanto ao alcance e que deviamos substituilos...em 1997 ou 1998 recebemos as Camaras Termicas que pelo menos colmataram o problema que nao podiamos fazer tiro nocturno ou em mas condicoes de visibilidade...mas 22 anos depois eles continuam por la...
E aposto que na agora Escola das Armas...eles continuam com a garrafa de hidrogenio as costas :D
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 23, 2016, 04:11:31 pm
 ;D :G-beer2:

Mete-se os Cadetes a levar isso, que não há problema... 8)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: paraquedista em Setembro 23, 2016, 04:16:50 pm
;D :G-beer2:

Mete-se os Cadetes a levar isso, que não há problema... 8)

Pois alguem tem de levar com ela :D :D
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Setembro 23, 2016, 05:49:07 pm
Um bocadinho off-topic.

Hoje em dia os mísseis anti-carro precisam de outra designação.

O seu emprego deixou há muito de estar limitado ao propósito inicial.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: paraquedista em Setembro 23, 2016, 06:58:14 pm
Um bocadinho off-topic.

Hoje em dia os mísseis anti-carro precisam de outra designação.

O seu emprego deixou há muito de estar limitado ao propósito inicial.

Nao e preciso "inventar" um novo nome para estes misseis, so porque destruiram 1 Mi-24 Russo na Siria e 1 Gazelle Sirio, a baixa altitude.

Os misseis Anti-Carro sempre tiveram essa capacidade (caso do Milan...podem destruir "aeronaves em voo estacionario")...apesar de ser secundaria e por nao ter sido para isso que foram desenhados...mas efectivamente podem destruir mais umas coisas.
E o mesmo com os canhoes anti-aereos...por vezes sao usados contra tropas e veiculos...basta ver o famoso 88mm dos Alemaes.
Como disse o Charlie Jaguar acerca dos Targeting Pods dos F16, que fazem de IRST dos pobres...

Nao se vai mudar o nome so por causa disso...digo eu ;)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: saojorgexercito em Setembro 25, 2016, 10:30:49 pm
Um bocadinho off-topic.

Hoje em dia os mísseis anti-carro precisam de outra designação.

O seu emprego deixou há muito de estar limitado ao propósito inicial.
Tem alguma ideia quanto a uma nova designação?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: typhonman em Outubro 02, 2016, 10:49:12 pm
Pelo que me disseram, está a pensar-se em SPIKE.. vamos aguardar. 8)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: paraquedista em Outubro 03, 2016, 12:29:54 am
Pelo que me disseram, está a pensar-se em SPIKE.. vamos aguardar. 8)

Ora ai esta uma Excelente escolha :)
Ja agora nao eram esses os misseis que eram para equipar as Pandur dos Fuzileiros ?
Segundo a "database" da SIPRI...recebemos 20 Misseis Spike MR/LR :)
Era bom era adquirirmos lancadores e Misseis para para as Viaturas Blindadas 4X4 Anti-Carro, tanto da Brigada de Intervencao, como da BRR...ou seja Substituir os MILAN ;)


Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Crypter em Novembro 07, 2016, 02:21:29 pm
Mas não eram 167?!

Citar
Exército vai adquirir 35 viaturas blindadas de quatro rodas

Concurso de 13.33 milhões de euros vai ser realizado através da NATO e abrange mais 12 viaturas não blindadas.

O Ministério da Defesa anunciou esta segunda-feira ter autorizado a abertura de concurso para compra de 35 viaturas blindadas médias de quatro quatro rodas e 12 não blindadas, destinadas ao Exército, até um valor total de 133,33 milhões de euros.

O projeto está incluído na Lei de Programação Militar (LPM) e vai ser executado até 2023 e visa edificar a capacidade de comando e controlo terrestre do Exército.

O concurso vai decorrer no âmbito da agência de compras da NATO (NSPA, sigla em inglês), tendo o ministro da tutela delegado competências no chefe do Estado-Maior do Exército para conduzir o processo.

O Exército opera há alguns anos as viaturas blindadas de oito rodas Pandur, adquiridas ao fabricante austríaco Steyr - atualmente detido pela norte-americana General Dynamics - e na sua maioria construídas em Portugal.

Fonte: http://www.dn.pt/portugal/interior/exercito-vai-adquirir-35-viaturas-blindadas-de-quatro-rodas-5484248.html
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Novembro 07, 2016, 06:10:42 pm
Mas não eram 167?!

Citar
Exército vai adquirir 35 viaturas blindadas de quatro rodas

Concurso de 13.33 milhões de euros vai ser realizado através da NATO e abrange mais 12 viaturas não blindadas.

O Ministério da Defesa anunciou esta segunda-feira ter autorizado a abertura de concurso para compra de 35 viaturas blindadas médias de quatro quatro rodas e 12 não blindadas, destinadas ao Exército, até um valor total de 133,33 milhões de euros.

O projeto está incluído na Lei de Programação Militar (LPM) e vai ser executado até 2023 e visa edificar a capacidade de comando e controlo terrestre do Exército.

O concurso vai decorrer no âmbito da agência de compras da NATO (NSPA, sigla em inglês), tendo o ministro da tutela delegado competências no chefe do Estado-Maior do Exército para conduzir o processo.

O Exército opera há alguns anos as viaturas blindadas de oito rodas Pandur, adquiridas ao fabricante austríaco Steyr - atualmente detido pela norte-americana General Dynamics - e na sua maioria construídas em Portugal.

Fonte: http://www.dn.pt/portugal/interior/exercito-vai-adquirir-35-viaturas-blindadas-de-quatro-rodas-5484248.html

No site do Ministério da Defesa o que diz é isto:
http://www.defesa.pt/Paginas/Governoautorizanovasviaturat%C3%A1ticasm%C3%A9diasligeiraspararefor%C3%A7arEx%C3%A9rcito.aspx (http://www.defesa.pt/Paginas/Governoautorizanovasviaturat%C3%A1ticasm%C3%A9diasligeiraspararefor%C3%A7arEx%C3%A9rcito.aspx)
Citar
Modernização das Forças Armadas

Governo autoriza novas viatura táticas médias ligeiras para reforçar Exército

- Aquisição de 47 viaturas táticas médias blindadas e não blindadas

- Aquisição será conduzida pela NSPA (NATO Support Procurement Agency)

 O Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, autorizou o procedimento de formação contratual, a realizar-se através da NATO Support Procurement Agency, com vista à aquisição de 35 Viaturas Táticas Médias Blindadas e 12 Viaturas Táticas Médias Não Blindadas, para reforçar o Sistema de Informação e Comunicações Tático do Exército.

A aquisição destas viaturas é um projeto a executar durante 8 anos (2016 a 2023) e não poderá exceder o montante de 13.33M€, conforme se encontra estabelecido na Lei de Programação Militar.

As viaturas 4x4 Porta Shelter SIC-T (blindadas e não blindadas) foram identificadas como necessárias para a edificação da Capacidade de Comando e Controlo Terrestre, dotando o Sistema de Informação e Comunicações Tático do Exército com um grau de mobilidade tática terrestre e proteção blindada ligeira.

A aquisição destas viaturas está contemplada na Lei de Programação Militar, através da Capacidade Comando e Controlo e Terrestres, na categoria ML6 – Veículos Terrestres e seus componentes.

O Ministro da Defesa Nacional delegou no Chefe do Estado-Maior do Exército, General Rovisco Duarte, a competência para conduzir, em representação do Estado Português, o acordo que titulará as condições técnicas e financeiras da prestação de serviços de procurement pela NSPA. Será ainda constituída uma equipa de missão com elementos do Exército e da Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional para acompanhar todo o procedimento a ser conduzido por esta agência da NATO.


07 de novembro de 2016

Do meu conhecimento de "burocratez" e posso estar enganado, esta verba da LPM sairá da alínea "Comando e Controlo Terrestre"  do Exército  e para a qual no período indicado (2016 a 2023) existe uma verba de 65 618 000,00€ (Lei Orgânica nº7 2015 de 18 de Maio de 2015).

https://dre.pt/application/file/67241977 (https://dre.pt/application/file/67241977)

Cumprimentos




Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: paraquedista em Novembro 07, 2016, 06:39:14 pm
http://www.portugal.gov.pt/pt/ministerios/mdn/noticias/20160701-mdn-blindados-ligeiros.aspx (http://www.portugal.gov.pt/pt/ministerios/mdn/noticias/20160701-mdn-blindados-ligeiros.aspx)
Citar
AUTORIZADA COMPRA DE 167 BLINDADOS LIGEIROS PARA MODERNIZAR O EXÉRCITO
O Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, autorizou o Exército a adquirir 167 viaturas táticas ligeiras blindadas 4x4.

O procedimento de aquisição deverá ser desenvolvido através da Agência de Apoio e Compras da OTAN, não excedendo o montante máximo de sessenta milhões e oitocentos mil de euros, até 2020, e de acordo com as verbas previstas na Lei de Programação Militar.

Esta autorização vai ao encontro de uma aspiração antiga das Forças Armadas e que é essencial para a modernização e o reforço da capacidade operacional do Exército.

A compra destes blindados permitirá melhorar «a mobilidade tática terrestre e de proteção da força, imprescindível à diferente tipologia de cenários e missões operacionais atribuídas ao Exército, em particular às Forças Nacionais Destacadas», refere o despacho do Ministro.

As verbas para a aquisição destes veículos estão contempladas na Lei de Programação Militar, através do Projeto Forças Ligeiras – Viaturas Táticas Ligeiras Blindadas, que se insere na categoria ML6 – Veículos Terrestres e seus componentes.

O Ministro delegou no Chefe de Estado-Maior do Exército, General Rovisco Duarte, a competência para outorgar, em representação do Estado Português, o contrato de venda, que titulará as condições técnicas e financeiras da prestação de serviços de aquisição pela Agência de Apoio e Compras da OTAN com vista ao fornecimento das viaturas.

O procedimento da aquisição será acompanhado por uma equipa de missão.

Saudações

As 167 viaturas blindadas 4x4 ja tinham sido autorizadas...estas 47, e um concurso diferente...mas como estao ambos a ser feitos pela Agencia de compras da NATO...nao me admiradava nada que fossem do mesmo modelo...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: PereiraMarques em Novembro 08, 2016, 10:31:54 am
DESPACHO N.º 13304/2016 - DIÁRIO DA REPÚBLICA N.º 214/2016, SÉRIE II DE 2016-11-0875670572
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Lançamento de Procedimento - Viaturas Médias para SIC-T

https://dre.pt/application/file/75662466
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Novembro 08, 2016, 11:29:38 am
Vou meter as minhas fichas no Dingo II.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Crypter em Novembro 08, 2016, 11:38:41 am
Eu vou All In com o Iveco LMV  ;D
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: sivispacem em Novembro 08, 2016, 12:11:22 pm
Eu vou All In com o Iveco LMV  ;D

Pois. Estou com Crypter também.

O Dingo II é demasiado grande (e caro!) para o concurso dos 4x4. Para shelter de comunicações até que poderia ser melhor (maior volume), mas para o resto no lo creo.

E depois o Iveco já é quase o standard por essa Europa fora....
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: sivispacem em Novembro 08, 2016, 12:13:38 pm
Pois. Estou com Crypter também.

O Dingo II é demasiado grande (e caro!) para o concurso dos 4x4. Para shelter de comunicações até que poderia ser melhor (maior volume), mas para o resto no lo creo.

E depois o Iveco já é quase o standard por essa Europa fora....
[/quote]

Ah!!! E só espero que os responsáveis nacionais pelo projecto saibam o que é o conceito de RCWS....
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Instrutor em Novembro 08, 2016, 03:08:07 pm
Como anteriormente foi referido é um concurso de aquisição totalmente diferente.

Atualmente Portugal utiliza a viatura Hummer Blindada com sistema de comunicações, estas servirão como complemento às Hummer.

"As viaturas 4x4 Porta Shelter SIC-T (blindadas e não blindadas)"

Pelo que me foi dito, ainda não existe veículo escolhido, contudo referiu que deve ser dentro das viaturas blindadas ligeiras de comunicações usadas pelos países da NATO.

Há alguma em especial usada??
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 08, 2016, 04:03:15 pm
Para perceberem o conceito vejam as pág. 9 e 10:

http://www.exercito.pt/sites/EPT/Publicacoes/Documents/Revistas%20PDF/Mensagem2010.pdf

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 08, 2016, 04:05:36 pm
Em Espanha:

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/c/ce/Uro_vamtac_-_porta_shelter.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Novembro 09, 2016, 12:24:27 am
Não sei até que ponto fará diferença mas, se não me engano, as viaturas blindadas 4x4 para a BrigRR eram chamadas VTLB (Viaturas Tácticas LIgeiras Blindadas), e estas para o SIC-T são chamadas VTMB (Viaturas Tácticas Médias Blindadas).

Resumindo, para o Exército umas são consideradas ligeiras e outras são médias.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HCardoso em Novembro 09, 2016, 11:08:21 am
Bom dia

http://www.exercito.pt/sites/RT/Publicacoes/Documents/A%20mensagem/A%20Mensagem%202016.pdf

espero que façam boa leitura pag.47 a 50

Cumprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Novembro 10, 2016, 09:12:51 am
O Ministro vai hoje à Comissão, pode ser que se saiba mais alguma coisa.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Novembro 12, 2016, 07:30:04 pm
O concurso se é a nivel da NATO é quase certo o Iveco LMV, não é mau mas eu até gosto dos russos, o GAZ tigr. Parece-me ser melhor em termos de mobilidade e capacidade de transporte que os LMV, mas não é NATO...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Novembro 13, 2016, 12:22:42 am
Não foram os Russos que compraram também Ivecos LMV?

Outro interessante, a par do LMV, era o M-ATV. Mas este provavelmente seria excessivamente caro.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Novembro 13, 2016, 03:31:16 pm
Pelo menos para o concurso das SIC-T talvez uma versão destes fosse melhor, porque com os IVECO depois do R.Unido lá ter instalado o sistema de comunicações Bowman só ficou espaço para quatro passageiros.

http://www.renault-trucks-defense.eu/Defense/SHERPA-LIGHT/Scout (http://www.renault-trucks-defense.eu/Defense/SHERPA-LIGHT/Scout)

E até se pode ter um brinde de bónus

nota: O Sherpa da MACK DEFENCE é igual ao Sherpa da Renault Defence
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Novembro 13, 2016, 05:46:55 pm
 Off topic! Mas aproveitando a deixa:

 o que eu constato no pdf "A mensagem" é que o Exército ficou parado no tempo desde a década 80 do século passado.
 Ao "correr" o documento constata-se que não houve a minima evolução na sua forma de comunicação.
 Bem sei que alguns virão logo tipo "Isso não interessa nada pá! E que não é importante etc". E tal! Mas é de facto importante!

 Mas ao correr o documento e ver aquele pormenor "delicioso" das fotos dos oficiais em moldura com o aro dourado (tipo foto de jazigo) é no mínimo patético .
 Todo aquele grafismo obsoleto, o amadorismo e a falta de profissionalismo na sua concepção é por demais evidente.

 Não deixa de ser curioso é que uma instituição da importância do Exército a caminho da segunda década do séc.XXI não tenha uma página no twitter, no FB, no Flickr etc. Ou um website minimamente em condições.
Aquilo deve ser malta de barba rija. "Qual feicebuques? Qual carapuça? A tropa não precisa nada dessas mariquices!"
 
 Quanto à matéria em questão, Julgo que o IVECO LMV2 ou mk.II é a possibilidade mais forte. E como já foi dito atrás é o standard da NATO e é a evolução natural de um modelo já com provas dadas.
 Já existem, sobretudo no exército italiano, versões com o chassis comprido com o modulo "shelter" que também serve para ambulâncias, versões com equipamento ISTAR. E o LMV também tem disponível uma versão SOV que faz parte do caderno de encargos.

Ouvi falar para aí no Sherpa. Eh pá! Não brinquem com coisas sérias!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Novembro 13, 2016, 07:21:32 pm
Eu sei que este concurso já está nas mãos da agencia de procuramento de material da NATO ,mas gostaria se alguem pudesse que me explicassem uma coisa. Portugal tem alguma obrigatoriedade de comprar material a parceiros da NATO e sempre através de concurso? Se houvesse um tipo especifico de equipamento que o estado quisesse comprar não podia simplesmente chegar a beira do fabricante ou governo a quem iria comprar e efectuar a aquisição do material!?

 :G-beer2:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Novembro 13, 2016, 08:26:51 pm
Eu sei que este concurso já está nas mãos da agencia de procuramento de material da NATO ,mas gostaria se alguem pudesse que me explicassem uma coisa. Portugal tem alguma obrigatoriedade de comprar material a parceiros da NATO e sempre através de concurso? Se houvesse um tipo especifico de equipamento que o estado quisesse comprar não podia simplesmente chegar a beira do fabricante ou governo a quem iria comprar e efectuar a aquisição do material!?

 :G-beer2:

Não tem obrigatoriedade de comprar dentro da NATO e (simplificando) tem que ser através de concurso salvo autorização pelo Tribunal de Contas para ajuste directo.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Novembro 14, 2016, 02:52:50 pm
Noticia da Jane´s com mais alguns detalhes:

http://www.janes.com/article/65383/portugal-to-buy-47-new-tactical-communications-vehicles (http://www.janes.com/article/65383/portugal-to-buy-47-new-tactical-communications-vehicles)

O chassis escolhido vai precisar de ter capacidade para isto:
Citar
The fleet will be equipped with signal shelters measuring 2.70 m x 2.16 m x 1.75 m incorporating the communications items and other associated equipment.

Cumprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Novembro 14, 2016, 07:19:46 pm
Noticia da Jane´s com mais alguns detalhes:

http://www.janes.com/article/65383/portugal-to-buy-47-new-tactical-communications-vehicles (http://www.janes.com/article/65383/portugal-to-buy-47-new-tactical-communications-vehicles)

O chassis escolhido vai precisar de ter capacidade para isto:
Citar
The fleet will be equipped with signal shelters measuring 2.70 m x 2.16 m x 1.75 m incorporating the communications items and other associated equipment.

Cumprimentos


Para carregar equipamento desse tamanho penso que o Dingo alemão está mais aproximado, o LMV é um bocado para o pequeno nesse caso.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Novembro 14, 2016, 07:21:28 pm
Noticia da Jane´s com mais alguns detalhes:

http://www.janes.com/article/65383/portugal-to-buy-47-new-tactical-communications-vehicles (http://www.janes.com/article/65383/portugal-to-buy-47-new-tactical-communications-vehicles)

O chassis escolhido vai precisar de ter capacidade para isto:
Citar
The fleet will be equipped with signal shelters measuring 2.70 m x 2.16 m x 1.75 m incorporating the communications items and other associated equipment.

Cumprimentos


Para carregar equipamento desse tamanho penso que o Dingo alemão está mais aproximado, o LMV é um bocado para o pequeno nesse caso.

Vão ao site da agência ...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Novembro 15, 2016, 04:02:13 am
 Será uma coisa destas?


(http://www.kmweg.com/uploads/pics/DSC06894.JPG)
(http://www.kmweg.com/uploads/pics/DSC06836.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HCardoso em Novembro 15, 2016, 10:27:58 am
Bom dia

Ainda relativamente ao SIC-T, o shelter usado e o S-788 LMS type III  com as seguintes características: 2.60 m x 2.13 m x 1.70 m peso totalmente equipado ronda os 1500 kg

http://www.gichner.us/brochures/s-788.pdf

Cumprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HCardoso em Novembro 15, 2016, 10:40:01 am
bom dia mais uma vez, faltou um pdf

http://www.telegi.com/public/tele/asp/pdf/1_36_en.pdf

Cumprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Novembro 15, 2016, 09:46:31 pm
Eu sei que este concurso já está nas mãos da agencia de procuramento de material da NATO ,mas gostaria se alguem pudesse que me explicassem uma coisa. Portugal tem alguma obrigatoriedade de comprar material a parceiros da NATO e sempre através de concurso? Se houvesse um tipo especifico de equipamento que o estado quisesse comprar não podia simplesmente chegar a beira do fabricante ou governo a quem iria comprar e efectuar a aquisição do material!?

 :G-beer2:

Não tem obrigatoriedade de comprar dentro da NATO e (simplificando) tem que ser através de concurso salvo autorização pelo Tribunal de Contas para ajuste directo.

Mas então o que eu queria verdadeiramente perguntar era, se o governo quisesse comprar material militar e não quisesse que a "vizinhança" soubesse, poderia ser feito desde que com o aval do tribunal de contas!?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Novembro 16, 2016, 09:47:23 am
Eu sei que este concurso já está nas mãos da agencia de procuramento de material da NATO ,mas gostaria se alguem pudesse que me explicassem uma coisa. Portugal tem alguma obrigatoriedade de comprar material a parceiros da NATO e sempre através de concurso? Se houvesse um tipo especifico de equipamento que o estado quisesse comprar não podia simplesmente chegar a beira do fabricante ou governo a quem iria comprar e efectuar a aquisição do material!?

 :G-beer2:

Não tem obrigatoriedade de comprar dentro da NATO e (simplificando) tem que ser através de concurso salvo autorização pelo Tribunal de Contas para ajuste directo.

Mas então o que eu queria verdadeiramente perguntar era, se o governo quisesse comprar material militar e não quisesse que a "vizinhança" soubesse, poderia ser feito desde que com o aval do tribunal de contas!?

Citar
O ajuste direto é um procedimento pré-contratual através do qual a entidade adjudicante convida diretamente uma ou várias entidades à sua escolha a apresentar uma proposta. O CCP permite que a entidade adjudicante convide apenas uma única entidade e não estabelece qualquer limite máximo de entidades a convidar.

Citar
O ajuste direto pode ser usado para a formação dos seguintes contratos:

a) Empreitadas de obras públicas de valor inferior a 150.000 euros;

b) Aquisições de bens e serviços de valor inferior a 75.000 euros;

c) Outros contratos de valor inferior a 100.000 euros.

Pode também recorrer-se ao ajuste direto, para a formação de contratos de qualquer valor, quando se verificarem determinadas razões materiais expressamente identificadas no CCP, entre as quais se contam: os casos de urgência imperiosa, quando só existe um único fornecedor ou prestador, ou ainda quando um anterior concurso tenha ficado deserto.

Depois as Forças de Segurança e Defesa têm um mecanismo para não publicar especificações das suas compras:

Citar
CCP Artigo 95.º - Inexigibilidade
2 - A redução do contrato a escrito pode ser dispensada pelo órgão competente para a decisão de contratar, mediante decisão fundamentada, quando:
              a) A segurança pública interna ou externa o justifique;
              b) Seja adoptado um concurso público urgente; ou
              c) Por motivos de urgência imperiosa resultante de acontecimentos imprevisíveis pela entidade adjudicante, seja necessário dar imediata execução ao contrato.

http://bdjur.almedina.net/citem.php?field=item_id&value=1466506
http://www.base.gov.pt/Base/pt/CodigoDosContratosPublicos/Procedimentos
http://www.base.gov.pt/mediaRep/inci/files/base_docs/Slides_das_sessoes_de_esclarecimento_2008.pdf
http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/222099

Atenção que não é a minha aérea.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Novembro 16, 2016, 03:03:22 pm
Eu sei que este concurso já está nas mãos da agencia de procuramento de material da NATO ,mas gostaria se alguem pudesse que me explicassem uma coisa. Portugal tem alguma obrigatoriedade de comprar material a parceiros da NATO e sempre através de concurso? Se houvesse um tipo especifico de equipamento que o estado quisesse comprar não podia simplesmente chegar a beira do fabricante ou governo a quem iria comprar e efectuar a aquisição do material!?

 :G-beer2:

Não tem obrigatoriedade de comprar dentro da NATO e (simplificando) tem que ser através de concurso salvo autorização pelo Tribunal de Contas para ajuste directo.

Mas então o que eu queria verdadeiramente perguntar era, se o governo quisesse comprar material militar e não quisesse que a "vizinhança" soubesse, poderia ser feito desde que com o aval do tribunal de contas!?

Citar
O ajuste direto é um procedimento pré-contratual através do qual a entidade adjudicante convida diretamente uma ou várias entidades à sua escolha a apresentar uma proposta. O CCP permite que a entidade adjudicante convide apenas uma única entidade e não estabelece qualquer limite máximo de entidades a convidar.

Citar
O ajuste direto pode ser usado para a formação dos seguintes contratos:

a) Empreitadas de obras públicas de valor inferior a 150.000 euros;

b) Aquisições de bens e serviços de valor inferior a 75.000 euros;

c) Outros contratos de valor inferior a 100.000 euros.

Pode também recorrer-se ao ajuste direto, para a formação de contratos de qualquer valor, quando se verificarem determinadas razões materiais expressamente identificadas no CCP, entre as quais se contam: os casos de urgência imperiosa, quando só existe um único fornecedor ou prestador, ou ainda quando um anterior concurso tenha ficado deserto.

Depois as Forças de Segurança e Defesa têm um mecanismo para não publicar especificações das suas compras:

Citar
CCP Artigo 95.º - Inexigibilidade
2 - A redução do contrato a escrito pode ser dispensada pelo órgão competente para a decisão de contratar, mediante decisão fundamentada, quando:
              a) A segurança pública interna ou externa o justifique;
              b) Seja adoptado um concurso público urgente; ou
              c) Por motivos de urgência imperiosa resultante de acontecimentos imprevisíveis pela entidade adjudicante, seja necessário dar imediata execução ao contrato.

http://bdjur.almedina.net/citem.php?field=item_id&value=1466506
http://www.base.gov.pt/Base/pt/CodigoDosContratosPublicos/Procedimentos
http://www.base.gov.pt/mediaRep/inci/files/base_docs/Slides_das_sessoes_de_esclarecimento_2008.pdf
http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/222099

Atenção que não é a minha aérea.

Obrigado,sei que é muito off topic mas queria saber isto.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Novembro 17, 2016, 06:48:45 pm
Eu a pouco nesta thread só trouxe a questão do GAZ Tigr em vez do Iveco LMV ,devido ao facto de me parecer ser mais capaz em off-road, mais espaçoso e mais robusto para não falar cerca de 4 vezes mais barato do que o LMV.
Deixo aqui so dois exemplos  que me deixaram  essa impressão, mas fica sempre o facto que não é NATO.


 :G-beer2:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Novembro 17, 2016, 08:09:53 pm
Mesmo que sejam melhores nesses aspectos que o senhor mencionou, há outras coisas a ter em conta. Por exemplo custos de manutenção, fiabilidade, custos de operação (nomeadamente consumos), a real capacidade dos veículos (diferente da propaganda russa), se apresentam protecção superior à dos LMV, etc.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Novembro 18, 2016, 04:45:18 pm
Mesmo que sejam melhores nesses aspectos que o senhor mencionou, há outras coisas a ter em conta. Por exemplo custos de manutenção, fiabilidade, custos de operação (nomeadamente consumos), a real capacidade dos veículos (diferente da propaganda russa), se apresentam protecção superior à dos LMV, etc.

O unico consumo que sei é o da versão civil que ronda os 15 litros aos 100km, o veiculo quanto a fibilidade, eu parto do principio que se foi aceite pelo exercito russo não pode ser muito mau, e sendo construido para trabalhar principalmente na tundra russa ,aqui no nosso clima deveria durar para "sempre". Até que possivelmente devido ao custo de cada unidade seria até possivél fazer um negocio de licenciamento, não só para as nossas forças armadas mas até possivelmente para exportação. Visto que se for fabricado em Portugal poderá ser mais caro que o russo mas seria um produto da NATO. Quanto ao nivel de protecção, o que está decrito é aparentemente STANAG nivel 3, o que não difere muito do LMV, a contrução monocoque do Tigr faz com que seja mais simples de construir do que o LMV devido ao uso de varios paineis de materiais compositos. A nivel de especificações pode ter uma idea aqui:
http://www.armyrecognition.com/russia_russian_army_wheeled_armoured_vehicle_uk/tigr_gaz-2330_military-industrial_company_technical_data_sheet_specifications_information_uk.html
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 18, 2016, 05:03:03 pm
O BOPE da PMRJ rejeitou esses veículos à uns anos atrás. Estas viaturas vão ser adquiridas através da OTAN e como tal qualquer coisa vinda da Rússia está automaticamente descartada.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Novembro 20, 2016, 09:09:36 pm
O BOPE da PMRJ rejeitou esses veículos à uns anos atrás. Estas viaturas vão ser adquiridas através da OTAN e como tal qualquer coisa vinda da Rússia está automaticamente descartada.

É normal, pois o BOPE tem requisitos de transporte muito diferentes, eu vi ha algum  tempo que tinham comprado uns blindados da africa do sul,mais adaptados a função policial urbana em que o BOPE opera do que em terreno agreste e com menos capacidade de transporte do que estas viaturas procuradas pelo exercito português.  Para o nosso requisito penso que o fundamental será o preço,durabilidade,facilidade de manutenção e comportamento fora de estrada.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: dc em Novembro 28, 2016, 04:38:42 pm
É normal, pois o BOPE tem requisitos de transporte muito diferentes, eu vi ha algum  tempo que tinham comprado uns blindados da africa do sul,mais adaptados a função policial urbana em que o BOPE opera do que em terreno agreste e com menos capacidade de transporte do que estas viaturas procuradas pelo exercito português.  Para o nosso requisito penso que o fundamental será o preço,durabilidade,facilidade de manutenção e comportamento fora de estrada.

Facilidade de manutenção pode não ser um ponto a favor dos russos, já que não costumam ser reconhecidos pela sua fiabilidade e baixo custo de manutenção.

No nosso caso penso que terá três requisitos básicos como o nível de protecção, um bom preço e capacidade de transporte por C-130. Será material Nato, com toda a certeza.
De resto, opções não faltam. Mais e menos robustas. Mais baratas e mais caras. Com ou sem casco em V.

O Dingo II, o Nexter Aravis e veículos semelhantes, estão excluídos por serem de maiores dimensões, classificados como MRAP.
De veículos que correspondam à dita categoria temos:
Mowag Eagle IV- https://www.gdels.com/products/wheeled_5.asp (https://www.gdels.com/products/wheeled_5.asp)
Renault Sherpa- http://www.renault-trucks-defense.eu/Defense/SHERPA-LIGHT (http://www.renault-trucks-defense.eu/Defense/SHERPA-LIGHT)
Panhard Dagger (antes PVP)- http://www.panhard-defense.eu/Defense/DAGGER/DAGGER (http://www.panhard-defense.eu/Defense/DAGGER/DAGGER)
Hawkei PMV- https://www.thalesgroup.com/en/worldwide/defence/what-we-do-land-forces-vehicles-platforms/hawkei (https://www.thalesgroup.com/en/worldwide/defence/what-we-do-land-forces-vehicles-platforms/hawkei)
Humvee- já nosso conhecido
Iveco LMV- https://en.wikipedia.org/wiki/Iveco_LMV (https://en.wikipedia.org/wiki/Iveco_LMV)
International MXT-MVA- https://www.navistardefense.com/NavistarDefense/vehicles/mxt_mv/mxt_mva_armored (https://www.navistardefense.com/NavistarDefense/vehicles/mxt_mv/mxt_mva_armored)
Ocelot- http://www.gdls.com/products/specialty-vehicles/ocelot.php (http://www.gdls.com/products/specialty-vehicles/ocelot.php)
URO Vamtac- http://www.urovesa.com/pdf/VAMTAC_S3_agosto_2011.pdf (http://www.urovesa.com/pdf/VAMTAC_S3_agosto_2011.pdf)
Oshkosh L-ATV- https://oshkoshdefense.com/vehicles/l-atv/ (https://oshkoshdefense.com/vehicles/l-atv/)
KMW AMPV- http://www.kmweg.com/home/wheeled-vehicles/ampv/ampv-patrol/product-information.html (http://www.kmweg.com/home/wheeled-vehicles/ampv/ampv-patrol/product-information.html)

Penso que estão aqui todos os principais candidatos Nato. Como disse, há muito por onde escolher, falta sim saber os requisitos. Muitos destes serão excluídos tendo em conta não terem mais do que a versão base.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Novembro 28, 2016, 10:16:15 pm
É normal, pois o BOPE tem requisitos de transporte muito diferentes, eu vi ha algum  tempo que tinham comprado uns blindados da africa do sul,mais adaptados a função policial urbana em que o BOPE opera do que em terreno agreste e com menos capacidade de transporte do que estas viaturas procuradas pelo exercito português.  Para o nosso requisito penso que o fundamental será o preço,durabilidade,facilidade de manutenção e comportamento fora de estrada.

Facilidade de manutenção pode não ser um ponto a favor dos russos, já que não costumam ser reconhecidos pela sua fiabilidade e baixo custo de manutenção.

No nosso caso penso que terá três requisitos básicos como o nível de protecção, um bom preço e capacidade de transporte por C-130. Será material Nato, com toda a certeza.
De resto, opções não faltam. Mais e menos robustas. Mais baratas e mais caras. Com ou sem casco em V.

O Dingo II, o Nexter Aravis e veículos semelhantes, estão excluídos por serem de maiores dimensões, classificados como MRAP.
De veículos que correspondam à dita categoria temos:
Mowag Eagle IV- https://www.gdels.com/products/wheeled_5.asp (https://www.gdels.com/products/wheeled_5.asp)
Renault Sherpa- http://www.renault-trucks-defense.eu/Defense/SHERPA-LIGHT (http://www.renault-trucks-defense.eu/Defense/SHERPA-LIGHT)
Panhard Dagger (antes PVP)- http://www.panhard-defense.eu/Defense/DAGGER/DAGGER (http://www.panhard-defense.eu/Defense/DAGGER/DAGGER)
Hawkei PMV- https://www.thalesgroup.com/en/worldwide/defence/what-we-do-land-forces-vehicles-platforms/hawkei (https://www.thalesgroup.com/en/worldwide/defence/what-we-do-land-forces-vehicles-platforms/hawkei)
Humvee- já nosso conhecido
Iveco LMV- https://en.wikipedia.org/wiki/Iveco_LMV (https://en.wikipedia.org/wiki/Iveco_LMV)
International MXT-MVA- https://www.navistardefense.com/NavistarDefense/vehicles/mxt_mv/mxt_mva_armored (https://www.navistardefense.com/NavistarDefense/vehicles/mxt_mv/mxt_mva_armored)
Ocelot- http://www.gdls.com/products/specialty-vehicles/ocelot.php (http://www.gdls.com/products/specialty-vehicles/ocelot.php)
URO Vamtac- http://www.urovesa.com/pdf/VAMTAC_S3_agosto_2011.pdf (http://www.urovesa.com/pdf/VAMTAC_S3_agosto_2011.pdf)
Oshkosh L-ATV- https://oshkoshdefense.com/vehicles/l-atv/ (https://oshkoshdefense.com/vehicles/l-atv/)
KMW AMPV- http://www.kmweg.com/home/wheeled-vehicles/ampv/ampv-patrol/product-information.html (http://www.kmweg.com/home/wheeled-vehicles/ampv/ampv-patrol/product-information.html)

Penso que estão aqui todos os principais candidatos Nato. Como disse, há muito por onde escolher, falta sim saber os requisitos. Muitos destes serão excluídos tendo em conta não terem mais do que a versão base.

Neste site também se tem a brochura do IVECO LMV ( Lado direito da página documento do Acrobat)
http://www.militarysystems-tech.com/suppliers/military-and-defence-vehicles/iveco-defence-vehicles (http://www.militarysystems-tech.com/suppliers/military-and-defence-vehicles/iveco-defence-vehicles)
 E neste a nova versão o IVECO LMV2 apresentada em 2016
http://www.armyrecognition.com/italian_army_italy_wheeled_and_armoured_vehicle_uk/lmv_2_light_multirole_4x4_tactical_armoured_vehicle_technical_data_sheet_specifications_pictures_video_10707164.html (http://www.armyrecognition.com/italian_army_italy_wheeled_and_armoured_vehicle_uk/lmv_2_light_multirole_4x4_tactical_armoured_vehicle_technical_data_sheet_specifications_pictures_video_10707164.html)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Novembro 29, 2016, 06:31:48 pm
Só espero é que façam uma boa escolha e que não compliquem muito para não acabarmos com um concurso como foi o das Pandur que ficamos mal servidos...
 :G-bigun:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Janeiro 06, 2017, 01:16:45 pm
Após muito procurar encontrei o 4x4 que em principio será utilizado pelos tugas.

Citar
Italy, the Netherlands, Portugal and Spain and Germany as the lead nation have initiated a new project under the auspices of the European Defence Agency (EDA) the aim of which is to investigate opportunities and challenges of lightweight constructions for Armoured Multi-Purpose Vehicles (the L-AMPV project).
(http://www.armyrecognition.com/images/stories/news/2015/december/European_Defence_Agency_plans_to_develop_a_new_European_L-AMPV_Light_Multi-Purpose_Armored_640_001.jpg)

The AMPV (Armoured Multi-Purpose Vehicle), a light armoured vehicle produced by the Germany Company KMW (Krauss-Maffei Wegmann)
        
Governmental experts from participating Member States and ten industrial and research entities involved in the project execution (coordinator KMW, Airborne, Camattini Meccanica, CEIIA, IABG, IVECO, Scania Netherland, Tecnalia, TNO and UROVESA) convened for a kick off meeting held at the European Defence Agency on 16 December 2015.
 
The L-AMPV project is addressing a problem identified by military users referring to Armoured Multi-Purpose Vehicles currently in-service being far too heavy; this reduces off-road mobility and/or leaves insufficient room for additional equipment or protection enhancements.

Consequently, the project aims at (i) delivering detailed information (material, weight, size and price) of vehicle components/parts currently used; (ii) determining the items which contribute most weight and (iii) recommending how to reduce the weight of these parts taking into account the need for the solution to last throughout the life-cycle of the system.

The overall objective of this Research and Technology (R&T) project is firstly to investigate opportunities and challenges of lightweight constructions for Armoured Multi-Purpose Vehicles, including new construction techniques for the vehicle parts, in order to define a proposal for a technology demonstrator, which could be the basis for a follow-on project.
 
http://www.armyrecognition.com/december_2015_global_defense_security_news_uk/european_defence_agency_plans_to_develop_a_new_european_l-ampv_light_multi-purpose_armored_12212153.html (http://www.armyrecognition.com/december_2015_global_defense_security_news_uk/european_defence_agency_plans_to_develop_a_new_european_l-ampv_light_multi-purpose_armored_12212153.html)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Janeiro 06, 2017, 01:30:33 pm
Tenho muitas dúvidas que seja isso.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 01, 2017, 12:07:54 pm

já há dois finalista para o programa, e nenhum deles é espanhol. Mais não posso dizer
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 01, 2017, 12:46:25 pm

já há dois finalista para o programa, e nenhum deles é espanhol. Mais não posso dizer

Sabes aquela expressão norte-americana "blue balls"?.. :o ;D :G-beer2:

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Fevereiro 01, 2017, 12:47:56 pm
Deve ser este: https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/FBO/eProcurementFBODetails.aspx?OpportunityId=15LMS022
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 01, 2017, 02:23:11 pm

já há dois finalista para o programa, e nenhum deles é espanhol. Mais não posso dizer

Sabes aquela expressão norte-americana "blue balls"?.. :o ;D :G-beer2:

nop, explica-me!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 01, 2017, 03:19:30 pm
Citar
Dor nos testículos (também conhecida pela gíria na língua inglesa como blue balls) é uma expressão popular que designa a congestão da próstata, ou vasocongestão, a condição temporária de congestão de fluido na região dos testículos e da próstata, causada por um prolongado período de excitação sexual do macho humano.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 07, 2017, 05:04:15 pm
Citar
Dor nos testículos (também conhecida pela gíria na língua inglesa como blue balls) é uma expressão popular que designa a congestão da próstata, ou vasocongestão, a condição temporária de congestão de fluido na região dos testículos e da próstata, causada por um prolongado período de excitação sexual do macho humano.

e também não será alemão
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 07, 2017, 05:24:39 pm
 :new_argue:

É pena, já que eu gosto do AMPV, de qualquer maneira se a Iveco levar isto também ficamos bem servidos.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ARIES em Fevereiro 11, 2017, 07:04:15 pm
Desculpem a minha ignorância mas 61 milhões para 167 Ivecos não será um valor insuficiente?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Fevereiro 12, 2017, 02:51:46 am
Desculpem a minha ignorância mas 61 milhões para 167 Ivecos não será um valor insuficiente?

Depende do que se quer comprar, o IVECO LMV pode levar blindagem nivel STANAG 1 a 3 (parece que o LMV2 pode chegar a STANAG 4) , estar equipado desde um reparo para metralhadora até uma arma comandada remotamente(RWS). A titulo de exemplo(s):

61.000.000,00€ /167 veículos=365.269,50€/veiculo

Reino Unido (contracto 2003)
Uma versão do LMV muito modificada para ser utilizado como veiculo de comando e ligação com RWS e com muitos dos sistemas fabricados ou integrados no Reino Unido
(166.000.000£+/-194.860.000,00€)/401 veículos=485953,00€/veiculo

Bélgica (contracto 2005)
Compraram os LMV, suponho que na versão base, e 135 kits de blindagem para substituírem os veículos ligeiros (Jeep/Land Rover)
75.000.000€/440 veículos=170.454,00€

Noruega (vários contractos entre 2006 e 2013)
Para 2006 fizeram um contracto urgente para 25 viaturas para utilizar no Afeganistão com RWS adquiridos num contracto separado à Konsgberg para instalação posterior.
8.000.000,00€/25 veículos=320.000,00€

Áustria (contracto 2009)
Adquiriram 150 viaturas com RWS da ELBIT e em que utilizaram os serviços de 6/7 empresas austríacas para vários componentes/acessórios do veiculo final.
104.000.000,00€/150 veículos=693.330,00€
nota: a ELBIT fez um contracto com a IVECO no valor de 25.000.000,00€ para o fornecimento das 150 RWS

Espanha (vários contractos)
Várias das  viaturas foram montados em Espanha e têm a blindagem incorporada em vez de kits modulares aplicáveis ao veiculo.
contracto 2007
14.400.000,00/40 veículos=360.000,00€
contracto 2011
24.628.606,00/76 veículos=324.060,61€

Os dados acima foram tirados a partir de pesquisas no Google e valem o que valem (ou seja não muito...), e permitem não esclarecer nada como em qualquer contracto militar que se preze. A não ser que se tenha acesso integral às peças do contracto está-se a fazer futurologia até ao anúncio do vencedor ou ,como estamos em Portugal,  até à entrega do ultimo lote de viaturas mas é para isso que servem os fóruns :)

Cumprimentos,

PS: e mais uma redacção desculpem :-[ :-[


Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ARIES em Março 04, 2017, 05:28:10 pm
Os checos não devem estar muito satisfeitos com o Iveco LMV, já andam à procura de um substituto.
http://www.janes.com/article/68420/czech-mod-announces-plans-to-buy-about-700-new-light-vehicles
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: rbp em Março 04, 2017, 06:30:16 pm
boas, seriam essas Ivecos checas interessantes para Portugal?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Março 04, 2017, 09:01:52 pm
boas, seriam essas Ivecos checas interessantes para Portugal?

mais dores nos tomates para os Lusos ??????????? ;) ;) ;)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: rbp em Março 04, 2017, 10:41:07 pm
suspensao/amortecedores?...  ;D
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Março 04, 2017, 10:53:50 pm
suspensao/amortecedores?...  ;D

Não, os bancos não tem orifícios centrais para acomodar os ditos......... ;) :) :) :) :) ;) ;) ;)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: rbp em Março 04, 2017, 11:00:03 pm
ok... eliminado entao ;) ;D
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: AtInf em Março 12, 2017, 09:53:56 pm
Para os Russos a versão deles serve para irem dar uma voltinha pela Síria. ;D


Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: AtInf em Março 15, 2017, 09:29:14 am
Se os russos conseguem com a cópia os italianos também devem poder fazer o mesmo com o original: Canhão 30mm :N-icon-Gun:

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Charlie Jaguar em Março 15, 2017, 11:43:09 am
Peço desculpa se se tratar de uma notícia repetida, mas eu é mais ar e mar.  ;D ;)

Citar
Portuguese special forces to receive Polaris ATVs
Victor Barreira, Istanbul - IHS Jane's Defence Weekly
10 February 2017

The Portuguese Army's Logistics Command has ordered nine Polaris Defense 4x4 all-terrain vehicles (ATVs) for the Special Operations Force (FOE), the army told Jane's on 9 February. The contract is worth EUR359,965 (USD384,500) and includes seven Sportsman MV 850 MILITARY TAN quad-bikes and two MRZR 2 MILITARY TAN two-man ATVs. It was placed with Corpdefense, the local representative for the US firm. Deliveries are expected to be completed within 100 days. The FOE is also expected to receive 12 of the 167 4x4 light protected tactical vehicles being acquired as part of the Viatura Tática Ligeira com Blindagem (VTLB) programme.

http://www.janes.com/article/67641/portuguese-special-forces-to-receive-polaris-atvs
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 15, 2017, 02:16:15 pm
Peço desculpa se se tratar de uma notícia repetida, mas eu é mais ar e mar.  ;D ;)


Já foi colocada no tópico sobre as Tropas Especiais do Exército. ;)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Março 15, 2017, 09:54:01 pm
Peço desculpa se se tratar de uma notícia repetida, mas eu é mais ar e mar.  ;D ;)

Citar
Portuguese special forces to receive Polaris ATVs
Victor Barreira, Istanbul - IHS Jane's Defence Weekly
10 February 2017

The Portuguese Army's Logistics Command has ordered nine Polaris Defense 4x4 all-terrain vehicles (ATVs) for the Special Operations Force (FOE), the army told Jane's on 9 February. The contract is worth EUR359,965 (USD384,500) and includes seven Sportsman MV 850 MILITARY TAN quad-bikes and two MRZR 2 MILITARY TAN two-man ATVs. It was placed with Corpdefense, the local representative for the US firm. Deliveries are expected to be completed within 100 days. The FOE is also expected to receive 12 of the 167 4x4 light protected tactical vehicles being acquired as part of the Viatura Tática Ligeira com Blindagem (VTLB) programme.

http://www.janes.com/article/67641/portuguese-special-forces-to-receive-polaris-atvs

Vão-me dizer que as viaturas de operações especiais do exercito são moto 4 agora!? Estamos mesmo mal...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Março 15, 2017, 10:02:03 pm
Peço desculpa se se tratar de uma notícia repetida, mas eu é mais ar e mar.  ;D ;)

Citar
Portuguese special forces to receive Polaris ATVs
Victor Barreira, Istanbul - IHS Jane's Defence Weekly
10 February 2017

The Portuguese Army's Logistics Command has ordered nine Polaris Defense 4x4 all-terrain vehicles (ATVs) for the Special Operations Force (FOE), the army told Jane's on 9 February. The contract is worth EUR359,965 (USD384,500) and includes seven Sportsman MV 850 MILITARY TAN quad-bikes and two MRZR 2 MILITARY TAN two-man ATVs. It was placed with Corpdefense, the local representative for the US firm. Deliveries are expected to be completed within 100 days. The FOE is also expected to receive 12 of the 167 4x4 light protected tactical vehicles being acquired as part of the Viatura Tática Ligeira com Blindagem (VTLB) programme.

http://www.janes.com/article/67641/portuguese-special-forces-to-receive-polaris-atvs

Vão-me dizer que as viaturas de operações especiais do exercito são moto 4 agora!? Estamos mesmo mal...

Serão essas e mais umas  viaturas que virão, com o contrato dos 4x4.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Março 15, 2017, 11:11:42 pm
Peço desculpa se se tratar de uma notícia repetida, mas eu é mais ar e mar.  ;D ;)

Citar
Portuguese special forces to receive Polaris ATVs
Victor Barreira, Istanbul - IHS Jane's Defence Weekly
10 February 2017


The Portuguese Army's Logistics Command has ordered nine Polaris Defense 4x4 all-terrain vehicles (ATVs) for the Special Operations Force (FOE), the army told Jane's on 9 February. The contract is worth EUR359,965 (USD384,500) and includes seven Sportsman MV 850 MILITARY TAN quad-bikes and two MRZR 2 MILITARY TAN two-man ATVs. It was placed with Corpdefense, the local representative for the US firm. Deliveries are expected to be completed within 100 days. The FOE is also expected to receive 12 of the 167 4x4 light protected tactical vehicles being acquired as part of the Viatura Tática Ligeira com Blindagem (VTLB) programme.

http://www.janes.com/article/67641/portuguese-special-forces-to-receive-polaris-atvs

Vão-me dizer que as viaturas de operações especiais do exercito são moto 4 agora!? Estamos mesmo mal...

Serão essas e mais umas  viaturas que virão, com o contrato dos 4x4.

Peço desculpa por estar a dizer isto ,mas que utilidade tem moto 4 para as forças especiais!? Pensei que fossem escolher pelo menos veiculos que fossem para 4 passageiros e que equipasse algum armamento e carga, agora não estou a ver a utilidade das moto 4 no terreno. Algo como o MRZR 4 ou o DAGOR isso sim parecem-me veiculos capazes para as operações especiais assim como a serie Flyer da general dynamics. Não quero estar a ser chato, mas como ex- militar de cavalaria (EREC) parece-me um pouco ridiculo o uso de moto 4 no terreno.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Março 16, 2017, 01:00:54 am
Peço desculpa por estar a dizer isto ,mas que utilidade tem moto 4 para as forças especiais!? Pensei que fossem escolher pelo menos veiculos que fossem para 4 passageiros e que equipasse algum armamento e carga, agora não estou a ver a utilidade das moto 4 no terreno. Algo como o MRZR 4 ou o DAGOR isso sim parecem-me veiculos capazes para as operações especiais assim como a serie Flyer da general dynamics. Não quero estar a ser chato, mas como ex- militar de cavalaria (EREC) parece-me um pouco ridiculo o uso de moto 4 no terreno.

Eu não percebo nada do assunto, mas o DAE também tem.
https://www.facebook.com/emgfa/videos/561513010716112/

Agora se para eles aquilo tem mesmo utilidade não faço ideia.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Março 16, 2017, 09:48:18 am
Citar
Peço desculpa por estar a dizer isto ,mas que utilidade tem moto 4 para as forças especiais!? Pensei que fossem escolher pelo menos veiculos que fossem para 4 passageiros e que equipasse algum armamento e carga, agora não estou a ver a utilidade das moto 4 no terreno. Algo como o MRZR 4 ou o DAGOR isso sim parecem-me veiculos capazes para as operações especiais assim como a serie Flyer da general dynamics. Não quero estar a ser chato, mas como ex- militar de cavalaria (EREC) parece-me um pouco ridiculo o uso de moto 4 no terreno.

O exército britânico e americano  usa/usou bastantes QUAD, os franceses compraram 150 Yamaha XTZ 660 Ténéré e as forças especiais da Lituânia utilizaram motos KTM para perseguir os Talibans no Afeganistão.

Há aqui um artigo da Star and stripes sobre o assunto, https://www.stripes.com/news/soldiers-on-motorcycles-might-be-most-effective-in-afghanistan-1.224839 (https://www.stripes.com/news/soldiers-on-motorcycles-might-be-most-effective-in-afghanistan-1.224839), que explica as vantagens, em certas circunstâncias, de usar estes veículos. Provavelmente alguém da Academia Militar já terá feito alguma tese sobre o assunto mas não vi nada no Google.

Suponho que a compra feita será a pensar no mesmo tipo de missões, ou para fazer umas provas de trial à volta de Lamego ;D.

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Março 16, 2017, 10:38:34 am
Já os "velhinhos" da Guerra do Ultramar pensaram em utilizar motos para patrulhar áreas muito extensas, por isso a ideia já ai anda à muito tempo, mas acabaram por preferir cavalos, pelo menos em combustivel são mais baratos, basta po-los a pastar ;D.

O pessoal da Rodésia também usou cavalos, já os da África do Sul acho que preferiram as motos, já deviam ser mais fiáveis.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 16, 2017, 10:38:46 am
(http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2014/11/22/article-2845668-2369450F00000578-441_964x424.jpg)

(http://i1101.photobucket.com/albums/g422/delta0one/quad3.jpg)

Queres mais? As moto 4 são usadas à anos e anos por unidades de Operações especiais por todo o mundo. Para além destas moto 4, também vão receber outras viaturas e quando sair o vencedor dos 4x4 blindados já está garantido 12 destas viaturas numa versão especial para a FOEsp.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Março 16, 2017, 01:44:17 pm
Peço desculpa se se tratar de uma notícia repetida, mas eu é mais ar e mar.  ;D ;)

Citar
Portuguese special forces to receive Polaris ATVs
Victor Barreira, Istanbul - IHS Jane's Defence Weekly
10 February 2017


The Portuguese Army's Logistics Command has ordered nine Polaris Defense 4x4 all-terrain vehicles (ATVs) for the Special Operations Force (FOE), the army told Jane's on 9 February. The contract is worth EUR359,965 (USD384,500) and includes seven Sportsman MV 850 MILITARY TAN quad-bikes and two MRZR 2 MILITARY TAN two-man ATVs. It was placed with Corpdefense, the local representative for the US firm. Deliveries are expected to be completed within 100 days. The FOE is also expected to receive 12 of the 167 4x4 light protected tactical vehicles being acquired as part of the Viatura Tática Ligeira com Blindagem (VTLB) programme.

http://www.janes.com/article/67641/portuguese-special-forces-to-receive-polaris-atvs

Vão-me dizer que as viaturas de operações especiais do exercito são moto 4 agora!? Estamos mesmo mal...

Serão essas e mais umas  viaturas que virão, com o contrato dos 4x4.

Peço desculpa por estar a dizer isto ,mas que utilidade tem moto 4 para as forças especiais!? Pensei que fossem escolher pelo menos veiculos que fossem para 4 passageiros e que equipasse algum armamento e carga, agora não estou a ver a utilidade das moto 4 no terreno. Algo como o MRZR 4 ou o DAGOR isso sim parecem-me veiculos capazes para as operações especiais assim como a serie Flyer da general dynamics. Não quero estar a ser chato, mas como ex- militar de cavalaria (EREC) parece-me um pouco ridiculo o uso de moto 4 no terreno.


Utilidade terá com toda a certeza, Já os alemães tinham antes da 2ª GM as kettenkrad, e muito úteis foram em todos os TO's !!!

https://pt.wikipedia.org/wiki/SdKfz_2
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Março 16, 2017, 04:24:20 pm
Ok! Já não esta cá quem falou! Agradeço a todos os que deram uma resposta, parece que afinal as moto 4 sempre tem utilidade nas operações especiais, eu é que estava a contar com veiculos mais tradicionais.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Março 16, 2017, 06:22:49 pm
Ok! Já não esta cá quem falou! Agradeço a todos os que deram uma resposta, parece que afinal as moto 4 sempre tem utilidade nas operações especiais, eu é que estava a contar com veiculos mais tradicionais.

Mas eles não adquiriram só as moto 4 e depois como já disse quando começarem a receber as 4x4 blindadas, eles também vão as receber numa versão especifica para FOEsp.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jpthiran em Abril 14, 2017, 10:33:33 pm
...o ministro Checo a propósito da compra de novas viaturas faz o seguinte comentário..."do not want to find ourselves in a situation where we would be forced to procure something quickly under pressure"...quando é que o Estado Português começa a fazer o mesmo? ou seja, planear em vez reagir!...em geral, custa muito menos dinheiro e produz muito melhores resultados!...será que copiar os bons exemplos é assim tão difícil?...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Abril 24, 2017, 08:43:57 pm
Antes de mais quero pedir desculpa ao forum, mas foi me informado que já haveriam interessados em fornecer 4x4 ao exercito, o que na realidade não se verifica.

aqui ficam mais uma informações sobre o armamento que poderão levar os 4x4.

Citar
SCOPE OF CONTRACT: Provision of Viaturas Tacticas Ligeriras Blindadas (VTLB) and
associated support as detailed in the Statement of Work dated 12th April 2017
B
asic Payload
Depending on their function (Crew Quartermaster of a unit), in addition to their personal
weaponry soldiers may have to transport other types of weapons and ammunition:
a. Weaponry: 1 84 mm recoilless Carl Gustaf rifle or 60 mm mortar or 1 5.56 mm LMG (MG-
4)/1 7.62 mm LMG (MG5) or 1 40 mm GL (LG6) or 1 M4 Benelli tactical shotgun, either
4HK416 or 2HK417.
b. Ammunition: The quantity of ammunition in the basic payload is directly related to weapon
transport and storage possibilities for individual combatants, and is calculated such as to
enable units to fulfil missions that are compatible with their normal possibilities.

Mandatory Requirements for 4X4 VTLB (B1) CIS architecture - fitting out.
1 The CNR equipment (PRC-525 radio), the BGAN satellite terminal and computer are GFE;
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Abril 24, 2017, 08:55:05 pm
Portanto deve mesmo ser aquele que eu meti aqui aberto em Fevereiro.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Abril 28, 2017, 09:41:42 pm
para quem tiver tempo , aqui fica uma leitura de fim de semana

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/RFP/PublicRFPDetails.aspx?CollectiveNumber=DWI17001_%20 (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/RFP/PublicRFPDetails.aspx?CollectiveNumber=DWI17001_%20)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 29, 2017, 10:53:14 am
 :G-beer2:

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5cTab+2.0_24042017_DWI17001_VTLB_Bidder+Instructions_FINAL.pdf

pág. 7/8

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5cTab+6.0_24042017_DWI17001_VTLB_SOW_FINAL.pdf

Todo o documento é interessante.

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5cTab+6.1_24042017_DWI17001_VTLB_SOW_Annex+C_FINAL.pdf

Todo o documento é interessante.


Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Abril 29, 2017, 10:58:40 am
Já temos o Collective Number (DWI17001) portanto vai dar para ir acompanhando quem são os candidatos.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Abril 30, 2017, 03:57:56 am
Portanto "Milans" e "Taus". Sim senhor, lindo serviço!!
Os artigos vintage voltaram a estar na moda.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Abril 30, 2017, 09:04:18 am
Então praticamente toda a Europa ainda usa vintage.

Não me parece que seja por aí, até porque se chegar o dia onde se os queira substituir não deverá haver grande dificuldade.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Abril 30, 2017, 02:17:59 pm
Então praticamente toda a Europa ainda usa vintage.

Não me parece que seja por aí, até porque se chegar o dia onde se os queira substituir não deverá haver grande dificuldade.

Toda a Europa, onde? Toda a Europa ou NATO usa mísseis com capacidade "top-attack" e de última geração como Spikes e alguns países o Javelin como arma anti-tanque principal.

E depois há um ou outro país indigente que ainda pensa continuar a usar TOWS e Milans de 1ª geração como também Chaparrais na segunda década do séc.XXI.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Abril 30, 2017, 05:54:59 pm
Não fiquem aborrecidos com as referências às versões anticarro preparadas para usar os MIlan ou TOW, porque é o que o exército usa actualmente e ainda vai continuar a usar nos tempos mais próximos. Se os veículos têm espaço para levar 4 soldados, seis misseis TOW e o sistema de lançamento+ 1 MG, também poderão instalar futuramente os sistemas ATGW mais recentes.

Parece-me que o que se está a pedir é veículos compatíveis com estes sistemas. Não significa que vamos adquirir mais misseis/sistemas TOW ou MILAN, tanto mais que as versões que se usam em Portugal já não se devem fabricar.

Em 28 de Agosto já se deve saber quem foram as empresas que apresentaram proposta, de maneira que não vale a pena entrar em stress antes do tempo.

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ARIES em Abril 30, 2017, 08:46:40 pm
Acho que o problema não é a aquisição de versões para a instalação dos TOW e MILAN, pois como já foi dito aqui estas com certeza poderão servir para outros misseis ATGW, mas a falta de versões como plataforma para misseis terra-ar ou com uma RWS.
Ao menos já houve uma melhoria em relação ao que se passou com as Pandur na versão base, ao estar prevista uma torre de proteção para o atirador da arma instalada no tejadilho da viatura.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Abril 30, 2017, 10:16:59 pm
Acho que o problema não é a aquisição de versões para a instalação dos TOW e MILAN, pois como já foi dito aqui estas com certeza poderão servir para outros misseis ATGW, mas a falta de versões como plataforma para misseis terra-ar ou com uma RWS.
Ao menos já houve uma melhoria em relação ao que se passou com as Pandur na versão base, ao estar prevista uma torre de proteção para o atirador da arma instalada no tejadilho da viatura.

Pessoalmente acho que o mérito desta consulta por parte do exército será não tentarem complicar. Querem aquelas dez versões para satisfazerem uma necessidade que está identificada e apenas isso. Pode-se dizer que tem falta de ambição, que não aproveita para resolver o  problemas de substituir as versões porta morteiro da Chaimite não existir uma versão anti-aérea, e eu até apreciava uma versão portée do canhão 105mm, mas tendo em conta a novela dos helicópteros ligeiros, os problemas com os PANDUR e a substituição da G3 até se compreende.

Uma versão com torre remota seria desejável mas um PROTECTOR M153 pesa 135kg sem a arma e sem as munições e como o exército quer ter a hipótese de usar uma MG cal 50 ou o lança-granadas de 40mm, não se deve arranjar nada muito mais leve. Também têm a reputação de os operadores perderem a "Situational Awareness" por estarem a olhar para a TV e isso em tropas ligeiras é capaz de não ser muito aconselhável. É diferente para quem vai a viajar fechado num PANDUR ou num M113.

Pode-se eventualmente adquirir essas versões mais sofisticadas e muito mais caras num programa posterior se houver dinheiro  ::)  mas as versões pedidas terão um bom nível de protecção para veículos blindados ligeiros e aero transportáveis . É interessante o cuidado posto nas especificações e descrição dos equipamentos de comunicações a instalar nos veículos para evitar "estórias" por causa das interferências.

Talvez desta vez não aconteça  daqui a dois ou três anos estar-se a postar neste tópico sobre a barraca que foi a aquisição das VTLB e as broncas em que os diversos intervenientes no processo se viram envolvidos. Sempre era uma variação em relação ao NPO 2000 e à classe Fisga.

Cumprimentos,

PS.: não sei como traduzir Situational Awareness em português de maneira que teve que ficar assim.



Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Maio 01, 2017, 01:08:03 am
Os brasileiros usam 'consciência situacional'. Pessoalmente, acho que em português europeu 'percepção situacional' parece mais correcto. Mas, honestamente, acho que em inglês soa melhor e o significado é mais óbvio.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: paraquedista em Maio 01, 2017, 02:46:32 pm
Como eu expliquei a uns tempos o MILAN...ja devia ter sido substituido a muito, e isto mostra que o Exercito ainda nao tem planos para novos misseis Anti-Carro...o que e uma pena pois vamos evoluir para viaturas novas mas vamos continuar com misseis ultrapassados !!!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: paraquedista em Maio 08, 2017, 12:15:27 am
Como eu expliquei a uns tempos o MILAN...ja devia ter sido substituido a muito, e isto mostra que o Exercito ainda nao tem planos para novos misseis Anti-Carro...o que e uma pena pois vamos evoluir para viaturas novas mas vamos continuar com misseis ultrapassados !!!

A nao ser que estejam a pensar evoluir para o MILAN ER (Extended Range)...passa de 2000m para 3000m o alcance maximo do Milan...e com a torre WASP ate ja era uma evolucao:
http://www.mbda-systems.com/press-releases/wasp-milan-er/
Diz que tem uma visor diferente do Milan ER "multi-sensor camera of the CM3 type to provide the crew with long-distance observation capability by day and night and in all weather"

O posto de normal do MILAN ER, ja tem a camara termica incorporada:
http://www.mbda-systems.com/product/milan-er/

Mas continua a ser um Sistema de 2 Geracao...ou seja o apontador tem de manter a mira no centro do alvo, ate ao impacto do missil e requer alguma pericia do apontador contra alvos em movimento.

Ou seja ja deviamos ter passado a misseis de 3 geracao (Atira e Esquece), a pelo menos 20 anos...por isso nas novas viaturas blindadas 4x4, deviamos passar a ter algo como o SPIKE-LR, ER, NLOS (com alcances de 4km, 8km e 25km)...e que ate servem para fazer a observacao do campo de batalha...por isso lhe chamam um sistema de 4 Geracao: "Fire, Observe and Update" operating mode

Vejam la a idade desse video...e nos agora a comprar viaturas novas e a por-lhe misseis de 2 Geracao !!! :o ::) :N-icon-Axe:

Outra das caracteristicas do SPIKE e o ponto de impacto que e na parte de cima das viaturas...onde existe menos blindagem.

Esta e que devia ser a torre nas novas viaturas anti-carro para o Exercito:
http://www.deagel.com/library/min-Samson-and-Spike-missile-mounted-on-VBL_m02006120900182.aspx

Esquecam os MILAN e os TOW...

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Maio 08, 2017, 03:08:33 pm
Parece que o veiculo VTMB ( 4X4 médio, para shelter comunicações ) de que também se falou por aqui já tem data prevista para sair o RPF (vulgo caderno de encargos) no site da NSPA:

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/FBO/eProcurementFBODetails.aspx?OpportunityId=17LMS025 (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/FBO/eProcurementFBODetails.aspx?OpportunityId=17LMS025)

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: sivispacem em Maio 16, 2017, 10:19:08 pm
Este não me tinha passado pela cabeça, mas.....

https://en.wikipedia.org/wiki/Mowag_Eagle

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Maio 31, 2017, 12:06:31 pm
Resposta às questões técnicas apresentadas:

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c16052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+3_OSC.pdf

Resumindo
O peso máximo da viatura completamente equipada é 9000kg incluindo a blindagem nível 3, carga etc.., não é aceitável um peso bruto superior em nenuma circunstancia.
Tem que transportar 5 pessoas sentadas e não 4+1.
Tem suspensão independente às quatro rodas

Estes detalhes já devem limitar o numero de concorrentes possíveis.

Cumprimentos,

PS: Já alguém se lembrou deste?
      https://www.thalesgroup.com/sites/default/files/asset/document/prv_hawkei_a4_170816_web2.pdf
Foi aceite pelo exército Australiano mas  o fabricante é uma multinacional Europeia (a Thales) pelo que teoricamente não seria um impedimento a uma proposta se as suas especificações fossem superiores à concorrência

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c11052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+2_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c11052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+2_OSC.pdf)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Maio 31, 2017, 03:17:55 pm
Resposta às questões técnicas apresentadas:

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c16052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+3_OSC.pdf

Resumindo
O peso máximo da viatura completamente equipada é 9000kg incluindo a blindagem nível 3, carga etc.., não é aceitável um peso bruto superior em nenuma circunstancia.
Tem que transportar 5 pessoas sentadas e não 4+1.
Tem suspensão independente às quatro rodas

Estes detalhes já devem limitar o numero de concorrentes possíveis.

Cumprimentos,

PS: Já alguém se lembrou deste?
      https://www.thalesgroup.com/sites/default/files/asset/document/prv_hawkei_a4_170816_web2.pdf
Foi aceite pelo exército Australiano mas  o fabricante é uma multinacional Europeia (a Thales) pelo que teoricamente não seria um impedimento a uma proposta se as suas especificações fossem superiores à concorrência

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c11052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+2_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c11052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+2_OSC.pdf)

Não está mau não senhor, falta ver se a Thales está interessada e se consegue cumprir os requisitos. Sei que na australia eles fabricam uma boa parte do veiculo, haverá hipotese de algo semellhante para cá!?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Junho 05, 2017, 08:06:27 pm
Perguntas e respostas de potênciais bidders:

- https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c10052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+1_OSC.pdf

- https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c11052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+2_OSC.pdf

- https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c16052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+3_OSC.pdf

- https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c29052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+4_OSC.pdf

- https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c31052017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+5_OSC.pdf
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Agosto 01, 2017, 07:40:37 pm
A ultima série de respostas a questões dos potenciais candidatos e duas modificações ao caderno inicial a complementar o post de Junho 05  de Alvalade:

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c22062017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+6_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c22062017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+6_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c26062017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+7_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c26062017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+7_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c26062017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+8_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c26062017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+8_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c30062017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+9_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c30062017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+9_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c30062017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+10_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c30062017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+10_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c14072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Q+and+A_Issue+11_IMPORTANT_SOW+AMENDMENT_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c14072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Q+and+A_Issue+11_IMPORTANT_SOW+AMENDMENT_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c14072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_Issue+12_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c14072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_Issue+12_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c17072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_Issue+13_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c17072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_Issue+13_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c18072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Q+and+A_Issue+14_IMPORTANT_SOW+AMENDMENT_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c18072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Q+and+A_Issue+14_IMPORTANT_SOW+AMENDMENT_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c18072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_Issue+15_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c18072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_Issue+15_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c19072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_Issue+16_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c19072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_Issue+16_OSC.pdf)

https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c24072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+17_OSC.pdf (https://eportal.nspa.nato.int/eProcurement/DownloadFile.aspx?id=%2fuploadpublicfolder%2feProcurementRFPAttachments%2fDWI17001__RFP%5c24072017_DWI17001_VTLB+Clarification+Questions+and+Answers_ISSUE+17_OSC.pdf)

Houve alterações em relação ao caderno de encargos inicial em relação ao peso da viatura e em relação à versão SOF nos critérios a que tem que obedecer ( Issue +11 e +14  IMPORTANT_SOW+AMENDMENT_OSC)

As 9 ton deixaram de corresponder ao peso bruto (gross Weight) e passaram a ser Curb Weight que será o peso máximo do veiculo com blindagem nivel 3 com todos os consumíveis para utilização do veiculo (deverá incluir combustivel?) mas excluindo a tripulação e a carga util (payload). Como a payload seria no mínimo 1 Tonelada deve significar um peso  máximo de 10000/10500kg? pelos parâmetros anteriores.

Alteraram os requerimentos 231 e 232 para a versão SOF E1
Acrescentam o critério 11
Citar
Provided with a folding and removable wire cutter device to ensure the safety of the turret gunner while operating the main weapon 11
nota: texto do documento inicial
Por exclusão de partes volta a ter mesa dobrável 40X35 cap 5kg. (critérios 114 e 115 deixaram de estar excluídos).

Para a versão SOF E2 (comando/PC) os requerimentos 253 e 255 fazem as mesmas emendas indicadas acima e emendam um erro no requerimento 254.

E a 16 de Agosto fecha a recepção de propostas pelo que um mês depois já se deve saber o resultado se tudo correr bem

Cumprimentos.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ARIES em Agosto 24, 2017, 02:07:00 pm
NATO receives bids from Spain and Turkey for Portuguese 4x4 vehicle Project
A request for proposals (RfP) published by the NATO Support and Procurement Agency (NSPA) on 24 April for the acquisition of 167 4x4 Viaturas Táticas Ligeiras Blindadas (Light Tactical Armoured Vehicles, VTLB) for the Portuguese Army closed on 16 August.
Jane’s has learned that URO Vehículos Especiales (UROVESA) of Spain and Katmerciler Araç Üstü Ekipman Sanayi ve Ticaret of Turkey have delivered proposals. UROVESA offered the VAMTAC ST5 and Katmerciler is competing with the Hizir.
Technical and commercial proposals will be evaluated before a contractor is selected, with a multi-year contract expected to be signed this year, an army spokesperson told Jane’s .
http://www.janes.com/article/73338/nato-receives-bids-from-spain-and-turkey-for-portuguese-4x4-vehicle-project
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ARIES em Agosto 24, 2017, 02:11:41 pm
HIZIR 4x4 Tactical Wheeled Armoured Vehicle
http://www.katmerciler.com.tr/L/EN/mid/343/g/343/c/31/id/61/HIZIR-4x4-Tactical-Wheeled-Armoured-Vehicle.htm
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Agosto 24, 2017, 02:51:04 pm
O HIZIR não me parece muito mau, pelo menos em tamanho impõem mais repeito, é mais perto de um MRAP do que só transporte.
Mas de certeza que o contrato vai para a URO. Ainda por cima são aqui da Galiza.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Crypter em Agosto 24, 2017, 03:21:40 pm
Ainda por cima são aqui da Galiza.

De facto para a garantia dá sempre mais jeito...  8) ;D :D ;)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Agosto 24, 2017, 03:25:41 pm
O HIZIR não me parece muito mau, pelo menos em tamanho impõem mais repeito, é mais perto de um MRAP do que só transporte.
Mas de certeza que o contrato vai para a URO. Ainda por cima são aqui da Galiza.

De aspecto o URO parece-me mais polivalente para cobrir as várias versões pretendidas, e ligeiro para as unidades de OE, Comandos e Paras, o veiculo Turco parece-me muito grande.

(http://www.ejercitos.org/wp-content/uploads/2016/09/Uro-VAMTAC.jpg)

(https://c1.staticflickr.com/3/2927/14361254286_c7868fd43e_b.jpg)

(https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/4f/3c/0a/4f3c0ab4b9187b33154d2848fc7f4ad9.jpg)

(https://3.bp.blogspot.com/-0Tm_G2fmFhE/Vyu4hqAZ_II/AAAAAAAAFNw/TPdzAnQFDzE8OBp-nCYcT_XEyCtZwEuRgCLcB/s1600/_BIGPIC_PICurovesa_vamtac_aluminiumheckaufbau_esl_3.jpeg)

(https://3.bp.blogspot.com/-z6sWGF62WRQ/VyvIm8ClaGI/AAAAAAAAFOQ/E2aW5JnZK2M7Jg-2ytmJfIBh6Nxy-SAOQCLcB/s1600/vamtac_scorpion.jpg)

Mas não estou a querer fazer publicidade a favor da URO, eu até estava à espera de ver Dingo Alemães, Lince Italiano e talvez algum americano...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Agosto 24, 2017, 03:30:14 pm
De facto para a garantia dá sempre mais jeito...  8) ;D :D ;)

A brincar, a brincar, pode ser o factor decisivo, o apoio logístico será de certeza mais barato e rápido para resolver algum problema a partir da Galiza do que da Turquia.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Agosto 24, 2017, 03:33:02 pm
Ainda por cima são aqui da Galiza.

De facto para a garantia dá sempre mais jeito...  8) ;D :D ;)

Ok, tem a sua logica. Mas eu de facto estava a falar na questão de manter boas relações comerciais com espanha, investimentos e essas tretas todas.

 :G-beer2: :G-deal:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Agosto 24, 2017, 06:23:10 pm
HIZIR 4x4 Tactical Wheeled Armoured Vehicle
http://www.katmerciler.com.tr/L/EN/mid/343/g/343/c/31/id/61/HIZIR-4x4-Tactical-Wheeled-Armoured-Vehicle.htm

Quando fui buscar o pdf do veiculo a partir da página da internet acima indicada vi que a gross Weight do veiculo era de 16000kg. Será que os turcos  chegaram a ler as especificações do caderno de encargos, ou mais uma vez, está-me a escapar qualquer coisa? Um bicho daqueles quase que substitui as Chaimite.

http://www.katmerciler.com.tr/vImages/pdfler/hizir-yeni.pdf (http://www.katmerciler.com.tr/vImages/pdfler/hizir-yeni.pdf)

Cumprimentos

PS: Tendo em conta as trapalhadas na Turquia com o seu presidente candidato a sultão, mais vale começar a torcer pela Urovesa.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Agosto 24, 2017, 08:13:14 pm
HIZIR 4x4 Tactical Wheeled Armoured Vehicle
http://www.katmerciler.com.tr/L/EN/mid/343/g/343/c/31/id/61/HIZIR-4x4-Tactical-Wheeled-Armoured-Vehicle.htm

Quando fui buscar o pdf do veiculo a partir da página da internet acima indicada vi que a gross Weight do veiculo era de 16000kg. Será que os turcos  chegaram a ler as especificações do caderno de encargos, ou mais uma vez, está-me a escapar qualquer coisa? Um bicho daqueles quase que substitui as Chaimite.

http://www.katmerciler.com.tr/vImages/pdfler/hizir-yeni.pdf (http://www.katmerciler.com.tr/vImages/pdfler/hizir-yeni.pdf)

Cumprimentos

PS: Tendo em conta as trapalhadas na Turquia com o seu presidente candidato a sultão, mais vale começar a torcer pela Urovesa.

Quase de certeza quem vai ganhar será a URO.

A não ser que  haja corrupção!

ou que o concurso seja cancelado  :-X

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: sivispacem em Agosto 24, 2017, 08:31:55 pm
Quase de certeza quem vai ganhar será a URO.

A não ser que  haja corrupção!

ou que o concurso seja cancelado  :-X
[/quote]

Uma questão: não era um dos requisitos ter capacidade de transporte de 1+4???

É que a menos que tenha visto mal, os ST5 só transportam 1+3....
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Agosto 24, 2017, 09:24:38 pm
Quase de certeza quem vai ganhar será a URO.

A não ser que  haja corrupção!

ou que o concurso seja cancelado  :-X

Uma questão: não era um dos requisitos ter capacidade de transporte de 1+4???

É que a menos que tenha visto mal, os ST5 só transportam 1+3....
[/quote]

Sim, mas o outro veículo que eu saiba, nem no exercito turco é utilizado.

Pelo que me parece o requisito mais importante, para o exercito é que fosse um veículo já utilizado.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Agosto 24, 2017, 10:21:03 pm
Quase de certeza quem vai ganhar será a URO.

A não ser que  haja corrupção!

ou que o concurso seja cancelado  :-X

Uma questão: não era um dos requisitos ter capacidade de transporte de 1+4???

É que a menos que tenha visto mal, os ST5 só transportam 1+3....
[/quote]

No ST5 dá 1+4 se contares com o zéca que for de pé a manusear a arma do veiculo!
 :jok: :nice:  f2x2x
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Agosto 25, 2017, 04:43:02 am
 Muito estranho pelo menos a Iveco (LMV2), a Plasan (Sandcat) ou mesmo a Thales (Hawkei) não terem respondido ao anuncio. É muito mau sinal!

 É um sinal inequívoco e que não deixa qualquer dúvida que o cliente final não tem lá muita credibilidade e boa fama. E que existe o perigo de o concurso pode ser cancelado a qualquer momento ou arrastar-se indefinidamente no tempo. Como já é hábito.
 Aposto se fosse um concurso fora da égide da NSPA, não apareceria nenhuma proposta.  Ou talvez só aparecesse o fornecedor turco.

 O Vamtac ST5 deverá ser um bom veículo pelo simples motivo de Singapura que é muito exigente na qualidade do equipamento de defesa que adquire regularmente para as suas FA's, ter adquirido recentemente umas largas de dezenas de ST5.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Alvalade em Agosto 25, 2017, 09:31:15 am
Página 2

http://www.nspa.nato.int/PDF/Procurement/BID%20OPENINGS.pdf
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Agosto 25, 2017, 01:49:13 pm
Quase de certeza quem vai ganhar será a URO.

A não ser que  haja corrupção!

ou que o concurso seja cancelado  :-X

Uma questão: não era um dos requisitos ter capacidade de transporte de 1+4???

É que a menos que tenha visto mal, os ST5 só transportam 1+3....
[/quote]

Citar
Front seat adjustable is mandatory. The other seats, minimum requirements:1. Seat padding removable with quick-fit, to allow the backrest to be folded back.2. Seat padding horizontal adjust is mandatory (MIL-STD-1472F/5.12.2.3).

Junto com o peso do veiculo foi um dos requisitos que provocou mais questões, mas tendo em conta a resposta dada, provavelmente o lugar do meio vai passar o tempo dobrado com o servente da torre a usá-lo como apoio, assim um espécie de dois à frente, dois atrás + 1 artilheiro que raramente está sentado=5.

O VANTAC tem dimensões semelhantes ao IVECO LMV e os italianos dizem que na viatura deles cabem lá 5 pessoas.

Uma coisa que também ficou explicita no concurso é que a manutenção das viaturas no prazo de garantia (3 anos) é para ser feita em Portugal e que se previa uma vida útil de 27-30 anos. Isto deve ter assustado alguns concorrentes.

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Agosto 25, 2017, 04:06:19 pm
Uma coisa que também ficou explicita no concurso é que a manutenção das viaturas no prazo de garantia (3 anos) é para ser feita em Portugal e que se previa uma vida útil de 27-30 anos. Isto deve ter assustado alguns concorrentes.

Cumprimentos,

Concordo, isso e talvez o valor do contracto são "migalhas" para os maiores construtores e não se querem dar ao trabalho de terem que desenvolver essas versões todas e criar centros de manutenção em Portugal.

Eu não concordo com a opinião do Major Alvega, senão como é que conseguiríamos comprar submarinos de topo e helicópteros EH101? As empresas querem é fazer dinheiro, eu acho é que a maior parte, por ter produtos mais caros, o valor de contracto não lhes compensa.

Se o estado fizer um concurso para adquirir um x numero de carros e disser que só pago 20.000€ por viatura, a Mercedes ou a BMW não devem aparecer.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Camuflage em Agosto 25, 2017, 08:33:14 pm
A minha lista para veículos 4x4 blindados e de pequena dimensão reduz ao seguinte:

Avibrás AV-VB4 - projecto interessante em que Portugal poderia participar
Didgori-2
First Win
Oshkosh M-ATV - já tem provas mais que dadas
International MXT-MV - já tem provas mais que dadas
RG Outrider
AMZ Tur - outro veículo interessante
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Agosto 26, 2017, 12:35:42 am
Uma coisa que também ficou explicita no concurso é que a manutenção das viaturas no prazo de garantia (3 anos) é para ser feita em Portugal e que se previa uma vida útil de 27-30 anos. Isto deve ter assustado alguns concorrentes.

Cumprimentos,

Concordo, isso e talvez o valor do contracto são "migalhas" para os maiores construtores e não se querem dar ao trabalho de terem que desenvolver essas versões todas e criar centros de manutenção em Portugal.

Eu não concordo com a opinião do Major Alvega, senão como é que conseguiríamos comprar submarinos de topo e helicópteros EH101? As empresas querem é fazer dinheiro, eu acho é que a maior parte, por ter produtos mais caros, o valor de contracto não lhes compensa.

Se o estado fizer um concurso para adquirir um x numero de carros e disser que só pago 20.000€ por viatura, a Mercedes ou a BMW não devem aparecer.

Isto não será tanto uma questão de concordar ou deixar de concordar. Isto é a realidade. O que é certo e factual é que eles não apareceram. Tudo o resto são conjunturas e suposições. Os submarinos, os EH101 e se quiser os C-295M, os seus processos de aquisição iniciaram-se há quase 2 décadas.
Ainda estavam a contecer os casos do A400M, EC-635, NH-90 etc. Do concurso marado dos Pandur, dos sucessivos adiamentos e cancelamentos de concursos das armas ligeiras e de outro equipamento. Portugal ficou com muito má fama e uma péssima reputação perante os fabricantes e fornecedores como um país que não cumpre e rasga contratos. (E sei aquilo de que estou a falar).

Agora voltando ao assunto e repetindo: os fabricantes mais importantes e com o melhor produto não quiseram aparecer. Não vale a pena arranjar desculpas patrioteiras para tentar tapar o sol com a peneira. Como o nº era pequeno e então não quiseram concorrer (isso já é estar a inventar). Houve países que adquiriram deste tipo em muito menor nº e esses fornecedores apareceram para concorrer.  Estamos a pagar agora as trafulhices e falta de palavra dos politicos da III República que deram muita má reputação ao país.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Agosto 26, 2017, 04:30:53 pm
Como o nº era pequeno e então não quiseram concorrer (isso já é estar a inventar). Houve países que adquiriram deste tipo em muito menor nº e esses fornecedores apareceram para concorrer.  Estamos a pagar agora as trafulhices e falta de palavra dos políticos da III República que deram muita má reputação ao país.

Eu não falei em numero de equipamentos, falei em valor de contracto, euros, mas tudo suposição, é verdade, tal como você ao falar que a razão de outras empresas não aparecerem ao concurso é as trafulhices e a reputação do governo também está  a inventar, ou tem provas?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Agosto 26, 2017, 09:55:05 pm
Como o nº era pequeno e então não quiseram concorrer (isso já é estar a inventar). Houve países que adquiriram deste tipo em muito menor nº e esses fornecedores apareceram para concorrer.  Estamos a pagar agora as trafulhices e falta de palavra dos políticos da III República que deram muita má reputação ao país.

Eu não falei em numero de equipamentos, falei em valor de contracto, euros, mas tudo suposição, é verdade, tal como você ao falar que a razão de outras empresas não aparecerem ao concurso é as trafulhices e a reputação do governo também está  a inventar, ou tem provas?

Provas? Tudo o que apontei é factual meu caro e vem veiculado na imprensa. Assinar contratos e depois rasga-los não é uma trafulhice?



Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Agosto 26, 2017, 10:24:01 pm
Tudo é possível, tal como o oposto, isto é, por ser um concurso controlado pela NATO não ser possível ganhar o concurso com subornos, tipo submarinos em Portugal, ou no estrangeiro subornos descobertos da AgustaWestland, Lookheed Martin e outros.

No concurso para substituir os Alouettes apareceu a Airbus e a Leonardo, os dois maiores construtores europeus.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Major Alvega em Agosto 27, 2017, 03:18:07 am
Tudo é possível, tal como o oposto, isto é, por ser um concurso controlado pela NATO não ser possível ganhar o concurso com subornos, tipo submarinos em Portugal, ou no estrangeiro subornos descobertos da AgustaWestland, Lookheed Martin e outros.

No concurso para substituir os Alouettes apareceu a Airbus e a Leonardo, os dois maiores construtores europeus.

Eu parece que fui bastante explicito atrás. E quem está a falar de subornos é você.
Faça lá um contrato com alguém e depois essa pessoa decide quebrar esse contrato e não cumprir o que está assinado.

O concurso dos helis nada tem a ver com este que é mais complexo e envolve outros riscos. Como algum investimentos antecipados pela parte do fabricante e transformações nas viaturas que o dos helicópteros não envolve. Os 5 são da versão mais básica. Nenhum é produzido sem o dinheiro estar transferido e o risco é praticamente nulo.

E mais uma vez se os principais fabricantes e que fornecem os países da NATO com este tipo de viaturas não quiseram concorrer, por alguma coisa foi. E com isto não há volta a dar.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 29, 2017, 07:52:14 pm
Mas já se sabe quem apresentou propostas? Ou será que andam a debater  (outra vez) suposições.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Agosto 29, 2017, 08:29:51 pm
Mas já se sabe quem apresentou propostas? Ou será que andam a debater  (outra vez) suposições.

Neste momento há duas, uma turca e outra espanhola
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Agosto 29, 2017, 09:25:16 pm
NATO receives bids from Spain and Turkey for Portuguese 4x4 vehicle Project
A request for proposals (RfP) published by the NATO Support and Procurement Agency (NSPA) on 24 April for the acquisition of 167 4x4 Viaturas Táticas Ligeiras Blindadas (Light Tactical Armoured Vehicles, VTLB) for the Portuguese Army closed on 16 August.
Jane’s has learned that URO Vehículos Especiales (UROVESA) of Spain and Katmerciler Araç Üstü Ekipman Sanayi ve Ticaret of Turkey have delivered proposals. UROVESA offered the VAMTAC ST5 and Katmerciler is competing with the Hizir.
Technical and commercial proposals will be evaluated before a contractor is selected, with a multi-year contract expected to be signed this year, an army spokesperson told Jane’s .
http://www.janes.com/article/73338/nato-receives-bids-from-spain-and-turkey-for-portuguese-4x4-vehicle-project

Mas já se sabe quem apresentou propostas? Ou será que andam a debater  (outra vez) suposições.

Tem o link no post do Aries de 24 de Agosto
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Menacho em Setembro 07, 2017, 06:54:04 am
Urovesa ofrece el VAMTAC ST5 para el programa de 4x4 de Portugal:

http://www.infodefensa.com/es/2017/09/06/noticia-urovesa-ofrece-vamtac-programa-portugal.html

Aquí se desgranan las versiones pedidas, 106 de tropas, 29 con ATGM, ( 20 MILAN y 9 TOW), 13 de apoyo médico, 7 postso de mando, y 12 de operaciones especiais.

Cumprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Setembro 07, 2017, 03:38:31 pm
Qual a lógica de optar pelo VAMTAC ST5, quando este ofereçe as mesma limitações e desempenha o mesmo papel que o HMMWV? Porque não optar por algo mais pesado e robusto e não uma cópia do HMMWV como os americanos fizeram com o JLTV?

(http://ropa-militar.com/img/cms/Blog/00000%20Varias/vamtac_st5_annack.jpg)
(http://st.motortrend.com/uploads/sites/5/2017/05/Oshkosh-JLTV-front-three-quarter-in-motion-12.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Aegir em Setembro 07, 2017, 03:57:16 pm
Não estará a plataforma Vamtac já ultrapassada a nível técnico visto ter muitos anos???
Seremos obrigados a comprar o que a Nato nos propõe???
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 07, 2017, 04:02:47 pm
Os VAMTAC ST5 substituiram os Humwee em Singapura e nos Fuzileiros Espanhóis e esta última versão tem várias vantagens sobre a viatura Norte-Americana. Para começar a mecânica é europeia, depois o casco é em v, o que é uma enorme mais valia na questão dos IED e minas anti-carro, para além disso a fábrica está a pouca distância de Portugal.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Setembro 07, 2017, 04:15:00 pm
As mais recentes versões do URO Vamtac já são ligeiramente mais evoluídas que os nossos HMMWV.

E já sabemos qual a viatura que será escolhida... Por isso é que não há mais concorrentes!
Os turcos devem estar mesmo desesperados por conseguir uma exportação da viatura deles. E tendo em conta a situação politica por lá, é mesmo para esquecer.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Aegir em Setembro 07, 2017, 04:19:01 pm
As mais recentes versões do URO Vamtac já são ligeiramente mais evoluídas que os nossos HMMWV.

E já sabemos qual a viatura que será escolhida... Por isso é que não há mais concorrentes!
Os turcos devem estar mesmo desesperados por conseguir uma exportação da viatura deles. E tendo em conta a situação politica por lá, é mesmo para esquecer.
Mas a viatura turca parecia ser muito mais interessante que a galega!!!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 07, 2017, 04:41:02 pm
Duvido que a BrigRR esteja minimamente interessada numa viatura tão grande, talvez se a maior parte das viaturas fossem para as outras duas brigadas os Turcos tivessem hipótese.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: HSMW em Setembro 07, 2017, 06:42:35 pm
A BRR quer uma evolução dos HMMWV já que estes estão pelos arames depois de tanta porrada no Afeganistão e RCA.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Setembro 07, 2017, 06:53:03 pm
Seremos obrigados a comprar o que a Nato nos propõe???

Não, a NATO no fim do concurso apresenta um vencedor, mas o governo é sempre soberano em decidir se compra ou não, mas pagar à Agência de Compras da NATO para fazer um concurso e depois escolhermos o perdedor acho que não tem lógica, podemos é dizer que não gostamos destes concorrentes, que queremos outros, mas ai se calhar tem que se começar tudo do zero, mas a NATO tem sempre que ser paga pelo trabalho que teve, se a gente compra ou não eles não querem saber.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Setembro 07, 2017, 11:05:48 pm
Um vídeo do URO VANTAC, provavelmente a versão S3, a partir do minuto 2.19 começam os testes com minas e EID.


Cumprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Aegir em Setembro 08, 2017, 12:14:08 am
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 08, 2017, 12:20:29 pm

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Setembro 08, 2017, 06:56:42 pm
Não ficamos mal servidos. O que faz espécie é os Fuzileiros terem ficado, mais uma vez, a chuchar no dedo. Porque é que o concurso não abrangeu também a aquisição de umas quantas viaturas para a Marinha, já que dos Pandur nem vê-los?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Setembro 08, 2017, 07:00:13 pm
Segundo os espanhóis da INFODEFENSA ( não eles não dizem que já ganharam), 9 viaturas deste contrato estão destinadas à Brigada de Intervenção, provavelmente as nove equipadas com o míssil anticarro TOW 2.

http://www.infodefensa.com/es/2017/09/06/noticia-urovesa-ofrece-vamtac-programa-portugal.html (http://www.infodefensa.com/es/2017/09/06/noticia-urovesa-ofrece-vamtac-programa-portugal.html)

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Setembro 10, 2017, 01:23:23 am
Só que continuamos a comprar viaturas que expõem o atirador da arma principal...o espanhol não suporta torres controladas remotamente como o turco? O peso é determinante...mas a vida humana também...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Setembro 10, 2017, 01:48:27 am
Só que continuamos a comprar viaturas que expõem o atirador da arma principal...o espanhol não suporta torres controladas remotamente como o turco? O peso é determinante...mas a vida humana também...
(http://www.malaysiandefence.com/wp-content/uploads/2016/04/P1070107.jpg?x80338)
(https://i.pinimg.com/564x/6b/04/24/6b0424d64384a248eaad87af196bed39.jpg)

Mesmo existindo no mercado nunca iremos tê-las...Somos nós que ainda andamos de pandur II com uma .50 com o gajo lá  a pedir para levar um tiro...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Setembro 11, 2017, 12:52:22 pm
Ainda estou para perceber a utilidade da .50 operada manualmente na Pandur. Dissuasor até é, já a eficácia não sei não...
Mas nada de novo...quiseram os 172  4x4 vão ter os 172 mais valia metade com melhor equipamento...mas o Exército é que sabe....
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Fevereiro 04, 2018, 05:37:11 pm
Só para saber se já havia alguma novidade acerca deste tópico! Já passou mais que o prazo do concurso, já se sabe algo em concreto?
 :G-beer2:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Get_It em Fevereiro 04, 2018, 07:12:28 pm
No tópico sobre a substituição dos Allouette III (http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=1630.msg295667#msg295667) há umas semanas atrás:

Continuo com muitas duvidas sobre os programas abertos em 2017!

Supostamente tanto este como o de 4x4 deveriam estar fechados, mas na realidade ambos estão no segredo dos deuses!

Ou muito me engano ou este ano vai ser o ano em que se vai preferir investir em progressões na carreira, do que comprar equipamentos  ou criar uma carreira para praças.

Parece ter acertado em cheio. Especialmente com a notícia que o Exército só deverá receber fardamento e armamento novo em 2019.

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Fevereiro 09, 2018, 03:54:52 pm
Os Ingleses também já adotaram o JLTV da OshKosh.
Com Americanos e Ingleses a equiparem-se com esta maravilhosa viatura pode ser que alguém abra a pestana e aproveite o preço brutal.
A cerca de 208 116 €uro cada viatura nem precisam pensar.

(http://www.janes.com/images/assets/883/73883/Transatlantic-trade-_DSEI17D2_.jpg)

(http://i1105.photobucket.com/albums/h358/buglerbilly/buglerbilly009/JLTV_Oshkosh_Defense_DSEI_2017_defense_exhibition_London_UK_925_001_zpsed3bk1f4.jpg)

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Fevereiro 09, 2018, 03:59:29 pm
Os Ingleses também já adotaram o JLTV da OshKosh.
Com Americanos e Ingleses a equiparem-se com esta maravilhosa viatura pode ser que alguém abra a pestana e aproveite o preço brutal.
A cerca de 208 116 €uro cada viatura nem precisam pensar.

(http://www.janes.com/images/assets/883/73883/Transatlantic-trade-_DSEI17D2_.jpg)

(http://i1105.photobucket.com/albums/h358/buglerbilly/buglerbilly009/JLTV_Oshkosh_Defense_DSEI_2017_defense_exhibition_London_UK_925_001_zpsed3bk1f4.jpg)
mas no concurso só havia a viatura espanhola e a turca... Ainda é possível haver outros candidatos?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Fevereiro 09, 2018, 04:42:32 pm
Penso que a OshKosh nem concorreu...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Ramos em Fevereiro 09, 2018, 05:24:38 pm
Se a memória não me falha, há uma meia dúzia de anos, quando os “Américas” começaram a retirar do Iraque e do Afeganistão, andaram por aí a oferecer MRAP a qualquer aliado que os quisesse ir buscar onde quer que eles estivessem, em cada um desses teatros de operações. A condição era mesmo essa. Teriam de os ir lá buscar e assumir todos os custos de transporte e eventual reparação / reacondicionamento (julgo que até devem andar por aqui uns Post’s sobre o assunto).
Parece que há época houve uns quantos parceiros da NATO (especialmente aqueles que outrora estavam para lá da Cortina de Ferro), que aproveitaram a oportunidade e encheram uns porões de carga de uns cargueiros com umas centenas de veículos (isto já para não falar das largas centenas de viaturas que nem sequer saíram dos teatros de operações onde estavam e que foram entregues aos iraquianos e aos afegãos).
Será que alguém consegue explicar porque carga de água é que não fomos lá a correr buscar uns 100, para de seguida colocar uns 40 ou 50 a operar e os restantes em stock de peças? É que mesmo que se tivessem gasto meia dúzia de milhões de Euros para os ir buscar e transportar, e outro tanto para os reacondicionar “à vontade do freguês tuga”, seguramente não estaríamos agora a pedir emprestado (e já agora, é bom lembrar que normalmente, quem tem o azar de estragar velho, corre o sério risco de ter que pagar novo).
Será que a “generosa” oferta feita pelos EUA à época não nos incluía?
Ou será que o que os EUA tinham para oferecer estava em tão mau estado que nem sequer valia a pena?
Ou eventualmente, passou-se qualquer coisa do género do que aconteceu com o Siroco (tipo este modelo não serve porque a bagageira é pequena demais)?
Já agora, querem cento e sessenta e tal veículos 4 X 4 para quê? Para ter metade parada? Não seria mais fácil convidar 3 ou 4 fabricantes a virem cá apresentar os modelos que o Exército achar que melhor se adequam às suas necessidades operacionais, escolher o que lhes parecer mais adequado, comprar uns 50 ou 60 exemplares (pagando o que houver a pagar), apetrechar as viaturas com tudo o que for necessário lá meter, e fazer um bom uso das ditas?
Raios me partam se percebo as lógicas (ou não lógicas) de certas opções que por cá se fazem….  :conf:

 
 
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: ACADO em Fevereiro 10, 2018, 10:47:00 am
Se a memória não me falha, há uma meia dúzia de anos, quando os “Américas” começaram a retirar do Iraque e do Afeganistão, andaram por aí a oferecer MRAP a qualquer aliado que os quisesse ir buscar onde quer que eles estivessem, em cada um desses teatros de operações. A condição era mesmo essa. Teriam de os ir lá buscar e assumir todos os custos de transporte e eventual reparação / reacondicionamento (julgo que até devem andar por aqui uns Post’s sobre o assunto).
Parece que há época houve uns quantos parceiros da NATO (especialmente aqueles que outrora estavam para lá da Cortina de Ferro), que aproveitaram a oportunidade e encheram uns porões de carga de uns cargueiros com umas centenas de veículos (isto já para não falar das largas centenas de viaturas que nem sequer saíram dos teatros de operações onde estavam e que foram entregues aos iraquianos e aos afegãos).
Será que alguém consegue explicar porque carga de água é que não fomos lá a correr buscar uns 100, para de seguida colocar uns 40 ou 50 a operar e os restantes em stock de peças? É que mesmo que se tivessem gasto meia dúzia de milhões de Euros para os ir buscar e transportar, e outro tanto para os reacondicionar “à vontade do freguês tuga”, seguramente não estaríamos agora a pedir emprestado (e já agora, é bom lembrar que normalmente, quem tem o azar de estragar velho, corre o sério risco de ter que pagar novo).
Será que a “generosa” oferta feita pelos EUA à época não nos incluía?
Ou será que o que os EUA tinham para oferecer estava em tão mau estado que nem sequer valia a pena?
Ou eventualmente, passou-se qualquer coisa do género do que aconteceu com o Siroco (tipo este modelo não serve porque a bagageira é pequena demais)?
Já agora, querem cento e sessenta e tal veículos 4 X 4 para quê? Para ter metade parada? Não seria mais fácil convidar 3 ou 4 fabricantes a virem cá apresentar os modelos que o Exército achar que melhor se adequam às suas necessidades operacionais, escolher o que lhes parecer mais adequado, comprar uns 50 ou 60 exemplares (pagando o que houver a pagar), apetrechar as viaturas com tudo o que for necessário lá meter, e fazer um bom uso das ditas?
Raios me partam se percebo as lógicas (ou não lógicas) de certas opções que por cá se fazem….  :conf:

 
 

Esta viatura é diferente dos MRAP.
Quanto aos números, é necessário ter viaturas paradas uma vez que quando umas estão a ser reparadas as outras estão prontas. É necessário ter viaturas paradas uma vez que existem missões e quando estas estão empregues é necessário ter cá viaturas para treinar. É necessário ter viaturas paradas porque é preciso ter uma reserva em caso de conflito. Etc etc
Se o número é excessivou ou não, não faço ideia, agora que 160 viaturas não parece nada excessivo não.
Basta colocar 20 em cada BIPARA, mais 20 nos Comandos, 10 no OEs, já estamos a falar de 90.Se pensarmos em 30 na BRIg MEC e 30 na BRIG INT. Já só sobram 10 viaturas!!!!! Se calhar as 160 começam é a ser poucas...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 10, 2018, 11:39:30 am
Penso que a Brigada Mecanizada não irá receber estas viaturas, a BrigRR irá receber grande parte, deixando à BrigInt alguns exemplares.

Para mim a questão que se coloca é, porque é que uma empresa como a OshKosh não concorreu...

A impressão que fico é que todas as outras desistiram, o que não acho nada normal, mas é claro que posso estar errado e que o concurso esteja a decorrer normalmente.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Fevereiro 10, 2018, 02:26:39 pm
Em relação ao JLVT alguém sabe dizer quais as dimensões, peso, motor etc...????

É que no site do fabricante fora a publicidade a dizer que aquilo é uma "ganda maquina", não consigo encontrar esses detalhes

https://oshkoshdefense.com/jltv/ (https://oshkoshdefense.com/jltv/) e nem no que lhe deu origem (o LATV) se consegue melhores resultados.

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Fevereiro 10, 2018, 02:33:20 pm
Em relação ao JLVT alguém sabe dizer quais as dimensões, peso, motor etc...????

É que no site do fabricante fora a publicidade a dizer que aquilo é uma "ganda maquina", não consigo encontrar esses detalhes

https://oshkoshdefense.com/jltv/ (https://oshkoshdefense.com/jltv/) e nem no que lhe deu origem (o LATV) se consegue melhores resultados.

Cumprimentos,

A descrição mais técnica que encontro é na Wikipedia.
https://en.wikipedia.org/wiki/Joint_Light_Tactical_Vehicle
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Portucale em Fevereiro 11, 2018, 12:28:32 pm
A referência para aquisição de estas viaturas era / é, no limite, permitir equipar as unidades de manobra da BRR e resolver algumas situações que ficaram pendentes da não conclusão do programa Pandur.
Se considerarmos 40 a 50 viaturas nos dois BiPara e no BCMDS já temos distribuídas 120 a 150 viaturas.
Quanto ás ‘características’ creio que a aposta é a mesma do programa Pandur, optar por viaturas base para permitir adquirir em quantidade, mas ao mesmo tempo suficientemente flexíveis para poder proceder a melhoramentos.

No entanto, no futuro creio que teremos lotes de viaturas;
- Nas Unidades de manobra da BRR para instrução e manutenção de capacidades,
- Pequenos lotes na BM, na BI e nas FAG para resolver situações pontuais,
- Nos teatros de operações, atualmente estariam na RCA e a caminho do Afeganistão,
- Em manutenção / reparação ou reserva / deposito.

Concluindo as viaturas são necessárias e o lamento é estarmos há espera delas há tanto tempo.

Inicialmente apostava em três fortes concorrentes, a Iveco, a Renault e a URO.
As primeiras porque têm produto, estão ativamente no mercado e têm infraestruturas de manutenção no nosso País.
A Uro devido á proximidade geográfica e porque para este fabricante as possibilidades / oportunidades são poucas.

Quanto a este concurso, pelo que se sabe, salta aos olhos o pouco interesse demonstrado com apenas duas propostas!
Acredito que estamos perante uma das consequências das ‘estórias’ do passado recente….
concursos anulados…..
concursos não concluídos……
processos em tribunal……........
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 11, 2018, 09:34:15 pm
Penso que a OshKosh nem concorreu...

Pediu informações, mas não concorreu.

Já agora não vão ser estes os veículos emprestados!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Ramos em Fevereiro 12, 2018, 03:43:52 pm


Esta viatura é diferente dos MRAP.
Quanto aos números, é necessário ter viaturas paradas uma vez que quando umas estão a ser reparadas as outras estão prontas. É necessário ter viaturas paradas uma vez que existem missões e quando estas estão empregues é necessário ter cá viaturas para treinar. É necessário ter viaturas paradas porque é preciso ter uma reserva em caso de conflito. Etc etc
Se o número é excessivou ou não, não faço ideia, agora que 160 viaturas não parece nada excessivo não.
Basta colocar 20 em cada BIPARA, mais 20 nos Comandos, 10 no OEs, já estamos a falar de 90.Se pensarmos em 30 na BRIg MEC e 30 na BRIG INT. Já só sobram 10 viaturas!!!!! Se calhar as 160 começam é a ser poucas...

A viatura que refere até é, por acaso, base de um MRAP, o M-ATV da Oshkosh, que combina uma cabina desenhada pela Plasan com o JLTV propriamente dito.
Num aspecto estou de acordo consigo – de tudo o que tenho lido ultimamente sobre as várias opções existentes no mercado, e se de facto, o que se pretende é comprar o maior número possível de viaturas base para, a partir daí, as equipar à medida das necessidades, o JLTV parece-me uma das melhores opções possíveis.
Quanto aos números…. Quando me interroguei sobre para que é que querem cento e sessenta e tal viaturas, não estou a discutir o número ou a dizer que é exagerado. O que estou a questionar é se vamos ter real capacidade para as manter todas a funcionar. É sempre a eterna questão dos Euros…. E se dúvidas houver, basta ver o que é que se tem passado com alguns dos sistemas de armas que o País adquiriu nos últimos anos. Daí que a minha questão vá mais no sentido de perguntar se não seria muito mais sensato comprar menos, equipar mais viaturas com a blindagem e armamento que se entenda conveniente, e manter as ditas a funcionar sem grandes contratempos.
No caso de uma viatura como o JLTV, até acho que deviam mas era comprar 400 e não 160, e distribuí-las por todos os ramos, arrumando de vez no depósito os HMMV, Condor, Chaimite (e até muitas Pick Ups e outras coisas que tais), e ficar com um único modelo base a operar em todas as Forças Armadas. Mas entre aquilo que desejamos e a realidade vai uma enorme diferença…. Diferença que se torna ainda mais avassaladora quando vemos o que se passa com vários sistemas de armas quando chega a hora de ter que abrir os cordões à bolsa para os manter.
Já agora, o preço unitário que indica (cerca de 210 mil Euros a unidade), é para a viatura base, sem blindagens, certo? Porque os preços que vejo por aí referidos andam geralmente mais perto do meio milhão de dólares a unidade (presumo que este último seja o preço para a viatura já com um determinado nível de blindagem incorporado).
De qualquer forma, concordo consigo – seria uma excelente escolha.

Penso que a Brigada Mecanizada não irá receber estas viaturas, a BrigRR irá receber grande parte, deixando à BrigInt alguns exemplares.


Sempre ouvi dizer que a totalidade das viaturas se destinava à Brigada de Reacção Rápida. Mas como o programa das Pandur ficou como ficou, já não digo nada….


Se considerarmos 40 a 50 viaturas nos dois BiPara e no BCMDS já temos distribuídas 120 a 150 viaturas.
Quanto ás ‘características’ creio que a aposta é a mesma do programa Pandur, optar por viaturas base para permitir adquirir em quantidade, mas ao mesmo tempo suficientemente flexíveis para poder proceder a melhoramentos.


Novamente, e quanto à questão do número, não tenho dúvidas de que 160 ou 170 viaturas rapidamente terão destino e que nem sequer chegam para as reais necessidades. Vamos é ver daqui a dez anos quantas é que se conseguem manter permanentemente operacionais.
E já agora, andamos há mais de 15 anos a empenhar os nossos (20?) HMMV em não sei quantos teatros de operação, e servem todo o Exército em geral. Pese o facto das ditas viaturas serem manifestamente insuficientes em número, e de apresentarem algumas deficiências (por exemplo, ao nível da capacidade de protecção das torres), as mesmas têm sido muito usadas, bem usadas, e partilhadas por todas as forças que delas têm necessitado.

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Fevereiro 12, 2018, 10:36:48 pm
É verdade que a maioria das viaturas se destina à Brigada de Reacção Rápida, mas desde o início do programa que um pequeno número, penso que na versão anti-carro, se destina à Brigada de Intervenção devido às Pandur anti-carro que nunca foram entregues.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Fevereiro 13, 2018, 12:03:43 am
É verdade que a maioria das viaturas se destina à Brigada de Reacção Rápida, mas desde o início do programa que um pequeno número, penso que na versão anti-carro, se destina à Brigada de Intervenção devido às Pandur anti-carro que nunca foram entregues.

Também tenho ideia de que se vão encomendar unidades adicionais para compensar o cancelamento do programa Pandur, mas pensava que tínhamos recebido algumas unidades da versão anticarro, o que faltava mesmo era a versão porta-morteiros.

http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=2812.1875 (http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=2812.1875)

Já agora o breakdown das 167 viaturas é este:

http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=5961.750 (http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=5961.750)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Fevereiro 13, 2018, 12:00:43 pm
Também andei a pesquisar um pouco e está certo, na renegociação final, em que se devia receber umas 20 Pandur, 5 são anti-carro, mas o Exército considera poucas para a Brigint  por isso quer mais anti-carro na nova viatura blindada 4x4.

As Pandur que nunca vieram foram as morteiro e engenharia.

Segundo um artigo do Operacional.pt onde aparece o quadro seguinte
http://www.operacional.pt/em-braga-com-os-dragoes-dentre-douro-e-minho/

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2015/10/7-Ponto-situa%C3%A7%C3%A3o-Pandur-Outubro-2015-Final.jpg)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Joaoferriva em Fevereiro 15, 2018, 08:32:13 pm
Nova capacidade para o SOF português!!
www.janes.com/article/77959/portugal-to-field-us-military-mraps-in-afghanistan

The US military will provide Portugal with 22 Oshkosh Defense M-All-Terrain Vehicle (ATV) 4x4 and Navistar Defense MaxxPro mine-resistant, ambush-protected vehicles (MRAPs) for Afghanistan, the Portuguese Army told Jane’s on 14 February.

An army source said 22 vehicles will be temporarily provided.

Portugal fielded the Spanish Army VAMTAC in Afghanistan in 2005-08 and US Army M1151A1 4x4s in 2008-14.

A 146-strong quick reaction force mainly from the army’s intervention brigade will be deployed at Kabul International Airport as part of NATO’s Resolute Support Mission (RSM) from April, supported by a 14-strong national support element.

Portugal currently has 10 personnel at RSM headquarters.


Existe realmente uma necessidade de MRAP para o nosso país?  :G-bigun: :2gunsfiring:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Fevereiro 16, 2018, 10:25:56 am
Nova capacidade para o SOF português!!
www.janes.com/article/77959/portugal-to-field-us-military-mraps-in-afghanistan

The US military will provide Portugal with 22 Oshkosh Defense M-All-Terrain Vehicle (ATV) 4x4 and Navistar Defense MaxxPro mine-resistant, ambush-protected vehicles (MRAPs) for Afghanistan, the Portuguese Army told Jane’s on 14 February.

An army source said 22 vehicles will be temporarily provided.

Portugal fielded the Spanish Army VAMTAC in Afghanistan in 2005-08 and US Army M1151A1 4x4s in 2008-14.

A 146-strong quick reaction force mainly from the army’s intervention brigade will be deployed at Kabul International Airport as part of NATO’s Resolute Support Mission (RSM) from April, supported by a 14-strong national support element.

Portugal currently has 10 personnel at RSM headquarters.


Existe realmente uma necessidade de MRAP para o nosso país?  :G-bigun: :2gunsfiring:

Existe...no cenário de operações em que estão atualmente integrados...por isso, é que foram somente emprestados/cedidos.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Fevereiro 16, 2018, 10:35:11 am
Como temos e vamos andar no Afeganistão:

(https://21stcenturyasianarmsrace.files.wordpress.com/2016/10/spanish-uro-vamtac-021-e1477643624790.jpg?w=600&h=314)

(https://farm6.static.flickr.com/5545/10485025025_462d419d7b_b.jpg)

(https://www.armyrecognition.com/images/stories/north_america/united_states/wheeled_armoured/m-atv_oshkosh/m-atv_oshksoh_mrap_all_terrain_wheeled_armoured_vehicle_personnel_carrier_United_states_640_001.jpg)

Cumprimentos

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 16, 2018, 10:43:29 am
Citar
Oshkosh Defense M-All-Terrain Vehicle (ATV)


Citar
4x4 and Navistar Defense MaxxPro mine-resistant

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Fevereiro 16, 2018, 12:28:56 pm
mafets nem mostres muito o Humvee da FAP, esse então com as grades à volta está, no mínimo, disfuncional, com peso excessivo e com esse display tático mais vale pintá-lo de amarelo....
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Fevereiro 16, 2018, 12:53:40 pm
As grades não era para ser anti-Rockets?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Fevereiro 16, 2018, 01:01:02 pm
mafets nem mostres muito o Humvee da FAP, esse então com as grades à volta está, no mínimo, disfuncional, com peso excessivo e com esse display tático mais vale pintá-lo de amarelo....

Mostrei apenas porque gosto do veículo em termos visuais. À muito que está provado que o Humvee para estas andanças, mesmo com todo o tipo de upgrades, não é a melhor escolha.

(https://pakconnect.files.wordpress.com/2011/10/humvee-vehicle-destroyed-by-bomb-detonation-uruzgan-province.jpg?w=700&h=)

Saudações
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Joaoferriva em Fevereiro 16, 2018, 01:45:38 pm
www.sabado.pt/portugal/detalhe/portugueses-com-blindados-emprestados-no-afeganistao

O Exército português não dispõe de viaturas com protecção necessária para enfrentar os riscos existentes no Afeganistão

Portugal vai pedir emprestado 20 blindados aos norte-americanos para poder cumprir a missão de apoio à paz da NATO no Afeganistão, marcada para o próximo mês de Abril, avança o Jornal de Notícias. 

O empréstimo é necessário porque as Forças Armadas nacionais não possuem viaturas com protecção contra as bombas improvisadas usadas pelos talibãs na região.

Estas viaturas foram desenvolvidas e implementadas pelo exército norte-americano no Iraque em 2007 e faz parte do equipamento militar de quase todas as forças da NATO que participam em operações de apoio à paz.

Em Portugal, tem sido desconsiderada a necessidade de adquirir este tipo de viaturas e a decisão do empréstimo "foi tomada por questões operacionais após a análise das várias opções."

O Exército ponderou o uso dos blindados Pandur, utilizados no Kosovo, que têm protecção reforçada à frente e nas laterais. Mas no Afeganistão as bombas improvisadas tornam mais vulneráveis a parte inferior das viaturas e os blindados norte-americanos, designados MRAP (Mine Resistant Ambush Protected), foram construídos tendo isto em conta.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Fevereiro 16, 2018, 02:16:57 pm
Os Checos fizeram o Upgrade aos Pandur e estas foram para o Afeganistão. Portugal é que como iam para o Kosovo não a fez...

https://www.defencetalk.com/czech-army-deploys-pandurs-to-afghanistan-31832/ (https://www.defencetalk.com/czech-army-deploys-pandurs-to-afghanistan-31832/)


Saudações
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Get_It em Fevereiro 26, 2018, 05:22:36 pm
Latvian MoD completes Stage I of procedure for 4×4 tactical vehicle procurement
(21 de Fevereiro de 2018)
Citação de: Army Technology
The Ministry of Defence of Latvia (MoD) has completed Stage I of the negotiated procedure for the acquisition of light and medium, high-mobility, armoured four-wheel drive 4×4 tactical vehicles.

Based on the competition qualification criteria, the Latvian MoD has selected six eligible bidders to enter the Phase II of negotiated procedure. A total of 12 bids were submitted for the negotiated procedure.

The selected companies are Paramount Group in South Africa, Israel Aerospace Industries suppliers consortium in Israel, AS UPB in Latvia, Otokar in Turkey, Oy Sisu Auto in Finland, and AM General and Oshkosh Defence in the US.

According to the Defence and Security Procurement Law, the negotiated procedure needs to be carried out in two stages, of which the first stage, or the pre-selection of bidders, has now been completed.

During the second stage of the negotiated procedure, selected bidders will be required to offer a detailed bid and proposed vehicles for testing.

Following this, a complete evaluation of contributions and testing of proposed vehicles will be carried out by the procurement committee in near-combat training conditions in order to verify the compliance of proposed vehicles with operational requirements of the Latvian National Armed Forces.
Fonte: https://www.army-technology.com/news/latvian-mod-completes-stage-procedure-4x4-tactical-vehicle-procurement/ (https://www.army-technology.com/news/latvian-mod-completes-stage-procedure-4x4-tactical-vehicle-procurement/)

Serão os critérios assim tão diferentes para cá só concorrerem duas empresas e lá já serem doze?

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Fevereiro 26, 2018, 06:37:51 pm
Latvian MoD completes Stage I of procedure for 4×4 tactical vehicle procurement
(21 de Fevereiro de 2018)
Citação de: Army Technology
The Ministry of Defence of Latvia (MoD) has completed Stage I of the negotiated procedure for the acquisition of light and medium, high-mobility, armoured four-wheel drive 4×4 tactical vehicles.

Based on the competition qualification criteria, the Latvian MoD has selected six eligible bidders to enter the Phase II of negotiated procedure. A total of 12 bids were submitted for the negotiated procedure.

The selected companies are Paramount Group in South Africa, Israel Aerospace Industries suppliers consortium in Israel, AS UPB in Latvia, Otokar in Turkey, Oy Sisu Auto in Finland, and AM General and Oshkosh Defence in the US.

According to the Defence and Security Procurement Law, the negotiated procedure needs to be carried out in two stages, of which the first stage, or the pre-selection of bidders, has now been completed.

During the second stage of the negotiated procedure, selected bidders will be required to offer a detailed bid and proposed vehicles for testing.

Following this, a complete evaluation of contributions and testing of proposed vehicles will be carried out by the procurement committee in near-combat training conditions in order to verify the compliance of proposed vehicles with operational requirements of the Latvian National Armed Forces.
Fonte: https://www.army-technology.com/news/latvian-mod-completes-stage-procedure-4x4-tactical-vehicle-procurement/ (https://www.army-technology.com/news/latvian-mod-completes-stage-procedure-4x4-tactical-vehicle-procurement/)

Serão os critérios assim tão diferentes para cá só concorrerem duas empresas e lá já serem doze?

Cumprimentos,

Se calhar lá cumprem os contractos, não cancelam as coisas á toa depois de terem investido e não andam com tangas a ver quem recebe mais....
 :G-bigun:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Fevereiro 26, 2018, 07:27:39 pm
Segundo a notícia querem veículos 4X4 ligeiros e médios o que ultrapassa os parâmetros do concurso do VTLB. De notar que nas seis empresas que passaram à segunda fase, o campeão nacional AS UPB, pelo menos a acreditar no site  não produz veículos mas é possível que tenha alguma empresa/partner que faça projectos nessa área, tipo as nossas empresas de confecção que subitamente se lembraram de criar empresas de helicópteros como a EVERJET ou HELIPORTUGAL e os vizinhos finlandeses  da SISU só fabricam veículos 4X4 com mais de 12ton.

http://www.upb.lv/pages/index.php?l=en (http://www.upb.lv/pages/index.php?l=en)

http://sisuauto.com/en/defence/ (http://sisuauto.com/en/defence/)

Citar
Se calhar lá cumprem os contractos, não cancelam as coisas á toa depois de terem investido e não andam com tangas a ver quem recebe mais....
Eles têm um péssimo vizinho pelo que sentem necessidade de levar estas coisas a sério, porque noutros assuntos o caso fia mais fino como se pode ver pelo que está a acontecer por lá com o caso do governador do banco central ( acusado de receber luvas) preso e solto sob fiança,  ou com o caso do  terceiro banco do país que se prepara para ir à falência no meio de acusações de lavagem de dinheiro.

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Março 01, 2018, 06:49:55 pm
Uma reportagem detalhada sobre o IVECO LMV que está em italiano mas que se percebe bem. Detalhes do interior do veiculo etc...
Como nunca mais se sabe nada do concurso do VTLB sempre se pode ir vendo uma das alternativas que foram por aqui discutidas.


Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Março 03, 2018, 12:03:42 pm
https://www.dn.pt/portugal/interior/nato-atrasa-compra-de-drones-blindados-e-armas-para-portugal-9157778.html (https://www.dn.pt/portugal/interior/nato-atrasa-compra-de-drones-blindados-e-armas-para-portugal-9157778.html)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Março 03, 2018, 12:05:21 pm
Deve ser final de 2018...  ;)

https://www.dn.pt/portugal/interior/nato-atrasa-compra-de-drones-blindados-e-armas-para-portugal-9157778.html (https://www.dn.pt/portugal/interior/nato-atrasa-compra-de-drones-blindados-e-armas-para-portugal-9157778.html)

Citar
Defesa

03 DE MARÇO DE 2018

01:04

Valentina Marcelino

O ministro da Defesa anunciou a compra de equipamento há dois anos, mas a "complexidade" do processo na agência de compras da NATO está a demorar as aquisições

Os concursos estão autorizados, a despesa - cerca de 100 milhões de euros - prevista e o anúncio para a compra de drones, blindados e armas paras as Forças Armadas (FA), foi feito há dois anos, mas nenhum deste equipamento ainda chegou aos quartéis. A responsabilidade é da agência de compras da NATO (NSPA - Nato Support Procurement Agency) à qual o ministro Azeredo Lopes atribuiu a execução os procedimentos concursais.

O ministério da Defesa não esconde o incómodo com o "atraso", admitindo que "alguns processos negociais demoram mais do que o desejado".

A compra das armas através da NATO foi confirmada pelo ministro da Defesa em junho de 2017. Esta importante aquisição já viu dois concursos anulados em 2004 e 2007. "É seguro que até final do ano (2017) praticamente tenhamos o concurso concluído", disse.

(https://static.globalnoticias.pt/dn/image.aspx?brand=DN&type=generate&guid=999bbdc2-3ff6-4ae6-be68-dfcbc85e4426&w=579&t=20180303010400)

Saudações
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Março 04, 2018, 05:58:46 pm
Continua a tragicomédia da Defesa Nacional.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jpthiran em Março 04, 2018, 10:10:07 pm
...não temos dinheiro...
...e a culpa do atraso é da nato!...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Charlie Jaguar em Março 05, 2018, 12:05:25 pm
Não temos dinheiro, lançámos os concursos com anos de atraso, e agora sentem-se incomodados com a demora da central de compras da NATO. Aliás, o MdN sente-se sempre incomodado com muita coisa relacionada com a NATO, desde o 2% do PIB a isto agora. 

E eu a julgar que o incómodo se prendia com o facto de, com a passagem das aquisições para a alçada da NSPA, já não haveria dinheiro à vontade para meter ao bolso e molhar mãozinhas por aí afora...  ::)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Maio 04, 2018, 03:52:59 pm
Bem, já que no imediato não há nada de novo sobre isto. A Thales bem podia ter entrado com o Hawkei.
Que dizem? Bela maquina.

(https://defpost.com/wp-content/uploads/2017/08/Hawkei.jpg)

(https://i.pinimg.com/originals/79/9e/85/799e85190808c75b382fc4537448c222.jpg)


 ys7x9
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 05, 2018, 10:31:11 am
Os dois finalistas já são conhecidos, pensar em outra coisa é pura fantasia ou esperar que o dito concurso vá ao ar.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Maio 05, 2018, 02:18:26 pm
Os dois finalistas já são conhecidos, pensar em outra coisa é pura fantasia ou esperar que o dito concurso vá ao ar.

Eu sei, mas o turco nunca na vida até porque o peso do carro excede o limite em muito, eles não devem ter lido bem a proposta!
E o Vamtac ST5 parece tão pobrezinho...  Parece muito frágil, muito á hummer,baixa altura ao solo, armadura nada de especial, não sei dizer.
 :-\
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 05, 2018, 02:23:03 pm
Os dois finalistas já são conhecidos, pensar em outra coisa é pura fantasia ou esperar que o dito concurso vá ao ar.

Eu sei, mas o turco nunca na vida até porque o peso do carro excede o limite em muito, eles não devem ter lido bem a proposta!
E o Vamtac ST5 parece tão pobrezinho...  Parece muito frágil, muito á hummer,baixa altura ao solo, armadura nada de especial, não sei dizer.
 :-\

É mais alto, mais pesado, casco em V, mecânica europeia...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Maio 05, 2018, 02:32:29 pm
Os dois finalistas já são conhecidos, pensar em outra coisa é pura fantasia ou esperar que o dito concurso vá ao ar.

Eu sei, mas o turco nunca na vida até porque o peso do carro excede o limite em muito, eles não devem ter lido bem a proposta!
E o Vamtac ST5 parece tão pobrezinho...  Parece muito frágil, muito á hummer,baixa altura ao solo, armadura nada de especial, não sei dizer.
 :-\

É mais alto, mais pesado, casco em V, mecânica europeia...

Em relação ao Hummer original sim, o que eu queria dizer é em relação ao viaturas mais modernas tipo o Hawkei, JLTV, LMV 2, parece o parente mais pobre, mais pequeno e franzino.
Mas enfim, no final de contas, é melhor do que o que temos agora e as peças sobresselentes ficam perto...
 :P
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Julho 22, 2018, 06:18:45 pm
Para além da umas RWS, isto ficava bem em algumas das viaturas novas. Para não falar nas de operações especiais.

FLETCHER Rocket System:

"The Fletcher system marries the Arnold Defense Fletcher smart four-round launcher (which relays the data from a laser designator to munition) with a 2.75-inch Hydra 70 rocket equipped with an Advanced Precision Kill Weapon System (APKWS) semi-active laser guidance component and a Nammo M282A1 warhead."

(https://hips.hearstapps.com/pop.h-cdn.co/assets/17/43/4000x3000/sd-aspect-1508778095-e9f35633-160c-46a2-bfc1-8e6ea2f39fbf-original.jpeg?resize=768:*)

(https://chuckhillscgblog.files.wordpress.com/2018/05/apkwsfletcherlauncher.jpg)

 Mais vale ter e não precisar do que precisar e não ter!!!
 ;D
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: PereiraMarques em Julho 30, 2018, 09:20:36 am
Despacho n.º 7199/2018
 Publicação: Diário da República n.º 145/2018, Série II de 2018-07-30
 Emissor:Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
 Tipo de Diploma:Despacho
 Parte:C - Governo e Administração direta e indireta do Estado
 Número:7199/2018
 Páginas:20513 - 20513
 Versão pdf: Descarregar
SUMÁRIO
Aquisição de viaturas táticas blindadas 4x4 para o Exército - Adenda n.º 1 ao Sales Agreement n.º PRT-046

TEXTO
Despacho n.º 7199/2018

Considerando que, para a edificação da Capacidade Forças Ligeiras do Exército, se identifica como necessário equipar o Exército, nomeadamente a componente operacional, com viaturas táticas ligeiras blindadas (VTLB), contribuindo assim para uma melhoria significativa da mobilidade tática terrestre e de proteção da força, imprescindível à diferente tipologia de cenários e missões operacionais atribuídas ao Exército, em particular às Forças Nacionais Destacadas;

Considerando que, através do meu Despacho n.º 8840/2016, de 30 de junho, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 131, de 11 de julho de 2016, autorizei a abertura do procedimento pré-contratual a realizar através da «NATO Support Procurement Agency» (NSPA), tendo em vista a aquisição de 167 viaturas táticas ligeiras blindadas (VTLB) 4x4, e a correspondente despesa até ao montante máximo de 60.800.000,00(euro) (sessenta milhões e oitocentos mil euros), com IVA incluído, se aplicável, a financiar através das verbas inscritas na Lei de Programação Militar, na Capacidade Forças Ligeiras do Exército;

Considerando que, através do meu Despacho n.º 10120/2016, de 28 de julho, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 153, de 10 de agosto de 2016, aprovei a minuta de 'Sales Agreement' (SA N.º PRT-046), que viria a ser outorgada entre o Estado Português e a NSPA, em 10 de Agosto de 2016, e que titula as condições técnicas e financeiras da prestação de serviços de «procurement» pela referida Agência da NATO, com vista ao fornecimento das viaturas VTLB 4x4 ao Exército Português;

Considerando que, na sequência dos resultados do procedimento concursal desenvolvido pela NSPA para fornecimento das VTLB 4x4 ao Exército Português, se torna necessário efetuar uma adenda ao SA N.º PRT-046, em virtude da necessidade de adequar o plano de entregas e a quantidade de viaturas a fornecer, bem como rever em baixa o montante a pagar à Agência a título de custos administrativos;

Assim, nos termos das competências que me são conferidas pelo n.º 1 do artigo 8.º e n.º 1 do artigo 15.º da Lei Orgânica do XXI Governo Constitucional, aprovada pelo decreto-lei n.º 251-A/2015, de 17 de dezembro, na sua redação atual, pelo n.º 1 e pela alínea o) do n.º 3 do artigo 14.º da Lei de Defesa Nacional, aprovada pela Lei Orgânica n.º 1-B/2009, de 7 de julho, na sua redação atual, pelo n.º 1 do artigo 2.º da Lei de Programação Militar (LPM), aprovada pela Lei Orgânica n.º 7/2015, de 18 de maio, e pelos artigos 44.º e 46.º do Código do Procedimento Administrativo (CPA), aprovado pelo Decreto-Lei n.º 4/2015, de 7 de janeiro, determino o seguinte:

a) Autorizo a redução do objeto contratual inicialmente previsto no «Sales Agreement» SA N.º PRT-046, celebrado entre o Estado português e a NSPA, para 139 viaturas VTLB 4x4 a fornecer ao Exército Português, bem como a alteração do respetivo calendário de entregas;

b) Aprovo a minuta da Adenda N.º 1 ao SA N.º PRT-046, a outorgar entre o Estado Português e a NSPA, na versão anexa ao Ofício n.º 5230, de 22-05-2018, do Gabinete do Chefe do Estado-Maior do Exército e atendendo ainda ao teor da Informação/Parecer da Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional de 18-06-2018;

c) Delego no Chefe de Estado-Maior do Exército, General Frederico José Rovisco Duarte, com faculdade de subdelegação, a competência para outorgar, em representação do Estado Português, a referida Adenda;

d) Mantêm-se em vigor os poderes delegados através dos meus Despachos n.º 8840/2016, de 30 de junho, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 131, de 11 de julho de 2016, e n.º 10120/2016, de 28 de julho, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 153, de 10 de agosto de 2016.

e) O presente despacho produz efeitos na data da sua assinatura.

5 de julho de 2018. - O Ministro da Defesa Nacional, José Alberto de Azeredo Ferreira Lopes
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Julho 30, 2018, 11:59:53 am
Nao percebo o que está aí a dizer, mas parece que querem uma redução de custos?? Estes despachos são confusos.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: PereiraMarques em Julho 30, 2018, 12:33:34 pm
Parece-me que o concurso estará nos "finalmentes" e que as 167 viaturas passaram agora para 139. Os custos administrativos do concurso devem ter alguma espécie de proporcionalidade com o valor total do contrato e portanto este despacho é para reformular o valor a pagar à NSPA pelo trabalho de ter preparado o concurso.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Julho 30, 2018, 03:01:41 pm
Basicamente atribuiram à NPSA procuração para tratar da aquisição, ´têm um teto máximo de despesa, como os custos administrativos para as 167 viaturas mais a comissão da NPSA superavam esse valor, baixaram o número de viaturas, logo a despesa com a agência baixou e como serão menos viaturas e o processo se tem arrastado na parte processual reviram os prazos de entrega.

Resumindo nada é à borla e as 139 (se for esse o número final) terão de dar para as contas.

Se já as tivessemos poderiamos mandar algumas com as Pandur na próxima missão...assim mandamos pandur com o operador/condutor de cabeça descoberta para as balas....
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Julho 30, 2018, 03:12:14 pm
Basicamente atribuiram à NPSA procuração para tratar da aquisição, ´têm um teto máximo de despesa, como os custos administrativos para as 167 viaturas mais a comissão da NPSA superavam esse valor, baixaram o número de viaturas, logo a despesa com a agência baixou e como serão menos viaturas e o processo se tem arrastado na parte processual reviram os prazos de entrega.

Resumindo nada é à borla e as 139 (se for esse o número final) terão de dar para as contas.

Se já as tivessemos poderiamos mandar algumas com as Pandur na próxima missão...assim mandamos pandur com o operador/condutor de cabeça descoberta para as balas....
O condutor nas Pandur II vai dentro com a escotilha fechada, agora o da.50 tem de ter uma torre
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Julho 30, 2018, 04:25:46 pm
Parece-me que o concurso estará nos "finalmentes" e que as 167 viaturas passaram agora para 139. Os custos administrativos do concurso devem ter alguma espécie de proporcionalidade com o valor total do contrato e portanto este despacho é para reformular o valor a pagar à NSPA pelo trabalho de ter preparado o concurso.

Continuo sem entender o porquê de se ter contratado essa Agência para o concurso de aquisição de diverso material para as FFAA Portuguesas, não temos ninguém no MDN, APTO/CAPAZ,  de lançar/gerir os contratos de aquisição??

Parece-me muito bem, a incompetência/imobilismo desta gente já não me espanta, é assim que se vai esbanjando o dinheiro do erário Público, pagamos e bem, a terceiros, e estrangeiros, para comprarmos os equipamentos para as FFAA, com o prejuízo das mesmas FFAA, e, mesmo havendo dinheiro, ainda arranjamos maneira de prejudicar as FFAA, essa é que é a verdade.

Só nesta aquisição vem menos 28 viaturas, mas não haverá um concurso que corra como inicialmente planeado ??
Ninguém sabia que se tinha que pagar a essa agência, cerca de dez milhões cento e sessenta e quatro mil euros, 16,71% de taxas, pensavam que trabalhavam de borla?? Ora porra !!!


Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Julho 30, 2018, 04:37:00 pm
Como tudo, as aquisições via NSPA têm vantagens e desvantagens. Afinal, até os americas recorrem a esta agência, pelo que não deve ser má de todo. O problema aqui é o habitual: esta gentinha do MDN (políticos, burocratas civis e militares) e das Finanças são useiros e vezeiros em inação e tudo fazem para arrastar e atrasar os processos de aquisição de equipamentos militares. Até com a NATO envolvida conseguem lixar tudo com F grande.

Porque carga de água é que este processo se arrastou 2 anos? E depois em vez de aumentar o orçamento para aquisição das viaturas (porque o que se devia salvaguadar eram os interesses e necessidades das FFAA), diminui-se o número de viaturas porque tem que se poupar uns cêntimos. Se fossem todos para a PQP é que fariam bem!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Julho 30, 2018, 04:46:10 pm
Basicamente atribuiram à NPSA procuração para tratar da aquisição, ´têm um teto máximo de despesa, como os custos administrativos para as 167 viaturas mais a comissão da NPSA superavam esse valor, baixaram o número de viaturas, logo a despesa com a agência baixou e como serão menos viaturas e o processo se tem arrastado na parte processual reviram os prazos de entrega.

Resumindo nada é à borla e as 139 (se for esse o número final) terão de dar para as contas.

Se já as tivessemos poderiamos mandar algumas com as Pandur na próxima missão...assim mandamos pandur com o operador/condutor de cabeça descoberta para as balas....
Existindo as Pandur com torre remota e torre com peça de 30 mm a responsabilidade de mandar as com o operador a descoberto é das chefias militares e do MDN.

(http://www.operacional.pt/wp-content/uploads/2015/10/05-DSC_6935.jpg)

(http://i.imgur.com/I2FpFaa.jpg)

Saudações
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: NVF em Julho 30, 2018, 05:55:03 pm
Pelo que vinha noutro post, vão enviar 2 viaturas com RWS, 2 com o atirador a descoberto e as restantes duas, acho que uma é ambulância e a outra de recuperação.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Julho 30, 2018, 06:18:09 pm
Vergonha das vergonhas !!!!!! :G-bigun:

Nem dinheiro houve para armar os dois Novos NPO's !!! :N-icon-Axe:
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/CqS20j.jpg) (https://imageshack.com/i/pmCqS20jj)

 A Aquisição dos Pandur, foi outro exemplo flagrante, de um concurso de aquisição de Material de guerra que foi vergonhosamente conduzido.

A falta dos Pandur Porta morteiros, os Anti-carro, e os Pandur para os Fuzos, para não mencionar as restantes viaturas em falta, demonstrou bem o quanto os politicozecos se preocupam com o reapetrechamento para melhorar a eficácia das nossas FFAA.

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/5bSDB9.jpg) (https://imageshack.com/i/pm5bSDB9j)

Eles, os políticos, falam muito nos anos de serviço da G3, das Chaimites, dos Allouetes, dos Alpha-jet, dos classe Cacine, das Corvetas, mas o que é verdade é que se estão nas tintas pura e simplesmente, para eles os militares que usem o sistema "D" mais nada, o dinheiro faz falta para os Bancos e para os amigalhaços, os Banqueiros e pandilha dos apaniguados políticos e afins, pois para eles, os queridos políticos, Os Nossos Militares são Portugueses de segunda classe, pela maneira como " atempadamente" se concretizam as aquisições dos equipamentos militares, só pode ser verdade !!!!

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/szSXGC.jpg) (https://imageshack.com/i/plszSXGCj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/IamScm.jpg) (https://imageshack.com/i/poIamScmj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/QlQY20.jpg) (https://imageshack.com/i/pmQlQY20j)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/QTZP69.jpg) (https://imageshack.com/i/pmQTZP69j)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/eLuRcF.jpg) (https://imageshack.com/i/pleLuRcFj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/q0rnSB.jpg) (https://imageshack.com/i/poq0rnSBj)

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Get_It em Julho 30, 2018, 07:03:26 pm
Continuo sem entender o porquê de se ter contratado essa Agência para o concurso de aquisição de diverso material para as FFAA Portuguesas, não temos ninguém no MDN, APTO/CAPAZ,  de lançar/gerir os contratos de aquisição??
Vou dizer que talvez tenha sido uma tentativa de acabar com a mama a muita gente que se cola a estes concurso. Contudo, conseguimos arranjar sempre maneira que dê mrda.

Entretanto, até continuamos a ter dois programas de substituição de equipamento que envolvem grandes quantias de dinheiro mas que não dava jeito a muita gente serem geridos pela NPSA.

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Julho 30, 2018, 07:17:43 pm
Quer dizer as 167 viaturas já achava que era pouco e agora passaram a 139?
No comment....
 >:(
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: antoninho em Julho 30, 2018, 08:07:04 pm
E o fabricante foi confrontado com isso?? uma coisa é o concurso ter 167 e outra 139, se fosse para mais não via problema nisso agora menos 28 deve dar mossa no concurso, a não ser que estejam a ver se o fabricante os manda dar uma volta e fim das ditas......concurso ao ar.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Julho 30, 2018, 08:34:32 pm
E o fabricante foi confrontado com isso?? uma coisa é o concurso ter 167 e outra 139, se fosse para mais não via problema nisso agora menos 28 deve dar mossa no concurso, a não ser que estejam a ver se o fabricante os manda dar uma volta e fim das ditas......concurso ao ar.

E digo mais nem 139 vão ser, pois, o preço p/unidade para 167 será um e para uma encomenda 16% menor será com certeza superior.
Há quantos anos andamos a dançar a música das Viaturas blindadas Táticas ???
Então não era para existir uma clausula de pelo menos actualização da inflação dos custos no contrato ???
Os custos do trabalho da Agência não foram tidos em conta ???
E logo 16%  ???
Somos um País de gente muito rica !!!!
Daqui a três anos devemos ter cá os primeiros blindados.

Resta saber, como dizes e bem, se o fabricante não terá já iniciado a produção, como aconteceu com a encomenda dos famosos cinco AW119K, a Agusta Westland já tinha iniciado o fabrico de duas unidades, se a encomenda fosse reduzida para quatro unidades, o custo/unidade mantinha-se ???
Olhe que não, olhe que não como dizia o outro !!

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Julho 31, 2018, 02:18:24 am
Como deve ser o espanhol o URO VAMTAC ST5(?)...têm sempre para onde escoar o stock...e pela proximidade geográfica acredito que uma vez que seja adjudicado não haja uma grande demora.
Mas mesmo os 139 (não arredondavam uma unidade para cima?) é ver para crer.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Julho 31, 2018, 07:35:17 am
NATO atrasa compra de drones, blindados e armas para Portugal

O ministro da Defesa anunciou a compra de equipamento há dois anos, mas a "complexidade" do processo na agência de compras da NATO está a demorar as aquisições

© NUNO VEIGA/Lusa
Valentina Marcelino 03 Março 2018 — 01:04

Os concursos estão autorizados, a despesa - cerca de 100 milhões de euros - prevista e o anúncio para a compra de drones, blindados e armas paras as Forças Armadas (FA), foi feito há dois anos, mas nenhum deste equipamento ainda chegou aos quartéis. A responsabilidade é da agência de compras da NATO (NSPA - Nato Support Procurement Agency) à qual o ministro Azeredo Lopes atribuiu a execução os procedimentos concursais.
O ministério da Defesa não esconde o incómodo com o "atraso", admitindo que "alguns processos negociais demoram mais do que o desejado". Em resposta ao DN, o gabinete de Azeredo Lopes explica que esta demora se deverá à "elevada complexidade de alguns projetos em que existem requisitos muito exigentes, bem como à necessidade de dar resposta a um número elevado de configurações".

Estão neste momento a ser processados na NSPA cinco grandes concursos para as FA, com relevo para o Exército: 167 viaturas táticas, no valor de 60 milhões de euros; 12 sistemas aéreos não tripulados (drones), no valor de 12 milhões e 18 mil armas ligeiras, para substituir as velhas G3 da guerra colonial, no valor de 42,8 milhões.

Em Maio de 2016 o chefe de Estado-maior do Exército, Rovisco Duarte, declarou que contava com os drones já nesse ano. "Os procedimentos estão lançados e agora é o concurso a decorrer, conto com os primeiros já este ano, conto com isso", disse no final de uma audição da comissão parlamentar de Defesa. Segundo o despacho que aprovou esta compra, estes aparelhos servem para "prover o agrupamento de Informações, Vigilância, Aquisição de Objetivos e Reconhecimento de sistemas aéreos não tripulados que permitam apoiar a recolha de informações em apoio das Unidades Escalão Batalhão".

Rovisco Duarte salientou que estes drones são "determinantes" em missões de reconhecimento e considerou que "os exércitos não podem passar sem eles. Hoje em dia as missões militares exigem que se veja além da esquina, que se veja além da colina. É um facilitador de obtenção de informação do adversário, extremamente significativo".

Em setembro do mesmo ano, foi o próprio ministro a dar nota da autorização pelo Tribunal de Contas para a compara dos blindados ligeiros 4x4. Foi nessa altura que anunciou que, pela primeira vez, o Estado português iria recorrer aos serviços da NSPA, que cobra entre 2 a 3% do valor dos contratos. A compra destes equipamentos é reclamada há anos pelo Exército.

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/yzFaez.jpg) (https://imageshack.com/i/pnyzFaezj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/pLTTau.jpg) (https://imageshack.com/i/pnpLTTauj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/sXfqtX.jpg) (https://imageshack.com/i/pnsXfqtXj)

A compra das armas através da NATO foi confirmada pelo ministro da Defesa em junho de 2017. Esta importante aquisição já viu dois concursos anulados em 2004 e 2007. "É seguro que até final do ano (2017) praticamente tenhamos o concurso concluído", disse.
Questionado sobre que avaliação faz dos procedimentos através da NSPA e se entende que têm ido ao encontro do interesse nacional e das necessidades das FA, o ministério da Defesa diz que "ainda é cedo para se efetuar essa avaliação". E recorda "que entre as múltiplas vantagens já identificadas e que sustentam a decisão de recorrer à NSPA encontram-se, por exemplo, a maior transparência do processo, a criação de sinergias resultantes da contratação coletiva (é possível que vários países estejam interessados em adquirir o mesmo tipo de equipamentos) e ainda a resolução de eventuais problemas de certificação, por parte da NATO, dos equipamentos que venham a ser adquiridos".

https://www.dn.pt/portugal/interior/nato-atrasa-compra-de-drones-blindados-e-armas-para-portugal-9157778.html

Se os custos dos serviços da NSPA são de 2 a 3% como se explica uma redução de 28 viaturas superior a 16%, quando os 2 a 3% representam 4 ou mesmo 5 viaturas  ????

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jpthiran em Julho 31, 2018, 10:11:25 am
quando não há dinheiro, há sempre problemas...

não percebo porque é que temos de recorrer a terceiros para fazer as nossas compras!...

andar a pagar comissões a outros para faz o trabalho que é nossa obrigação fazer!...

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Julho 31, 2018, 10:46:04 am
quando não há dinheiro, há sempre problemas...

não percebo porque é que temos de recorrer a terceiros para fazer as nossas compras!...

andar a pagar comissões a outros para faz o trabalho que é nossa obrigação fazer!...

Deve dar muito trabalho, se calhar trabalham ao sol e chuva e cansam-se muito, são muito fraquinhos coitados !!!

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Julho 31, 2018, 11:27:21 am
quando não há dinheiro, há sempre problemas...

não percebo porque é que temos de recorrer a terceiros para fazer as nossas compras!...

andar a pagar comissões a outros para faz o trabalho que é nossa obrigação fazer!...

Uma de várias razões porque o fazemos: https://www.dn.pt/portugal/interior/alemaes-deduziam-dinheiro-da-corrupcao-nos-impostos-4315703.html (https://www.dn.pt/portugal/interior/alemaes-deduziam-dinheiro-da-corrupcao-nos-impostos-4315703.html)
Citar
Alemães deduziam dinheiro da corrupção nos impostos
Depoimento de gestor da empresa que vendeu os dois submarinos a Portugal revela como eram os esquemas de corrupção nos negócios militares

Quando me dizem que fizeram um negócio sem recorrer a aplicações úteis, eu não acredito". A declaração é de Erbsloh, um quadro da empresa Ferrostaal, que integrou o consórcio que vendeu dois submarinos à Marinha portuguesa, e consta do processo alemão. O gestor clarificou que as tais "aplicações úteis" eram o termo utilizado para os subornos. Gastos que, até 1999, "eram dedutíveis nos impostos e encarados com absoluta normalidade". Ouvido como testemunha na Alemanha, Erbsloh acrescentou que, depois daquela data, a empresa começou a utilizar "consultores" de forma a fazer chegar o dinheiro aos governantes dos países que abriam concursos para a aquisição de material militar.

O depoimento do gestor alemão foi abundantemente citado no despacho de arquivamento do processo que correu em Portugal, recentemente arquivado pelo Ministério Público. O quadro da Ferrostaal explicou aos procuradores de Munique que a estratégia da empresa passava por contratar consultores, ao abrigo de contratos legítimos, que tinham como missão funcionar como "intermediários": "Dos honorários que recebe, o consultor canaliza uma parte para os decisores, eventualmente para o governo", explicou a testemunha.

(http://www.iol.pt/multimedia/oratvi/multimedia/imagem/id/13375387/800)

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/alemanha/submarinos-corrupcao-provada (http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/alemanha/submarinos-corrupcao-provada)
Citar
O Ministério Público de Munique acusou dois ex-quadros da empresa alemã Ferrostaal do pagamento de mais de 62 milhões de euros em «luvas» para garantir encomendas de submarinos de Portugal e da Grécia, noticiou esta segunda-feira a agência Bloomberg, citada pela Lusa.

(http://4.bp.blogspot.com/--8Ev_yv5KCw/UJQEx5VFm2I/AAAAAAAADuM/0y2L-AkhpnU/s1600/Image0010.jpg)

Mas como falamos do Exercito: https://www.jn.pt/nacional/interior/governo-diz-se-disponivel-para-cooperar-com-investigacao-a-compra-de-blindados-1645195.html (https://www.jn.pt/nacional/interior/governo-diz-se-disponivel-para-cooperar-com-investigacao-a-compra-de-blindados-1645195.html)

Citar
O Governo afirmou-se hoje, sexta-feira, "totalmente disponível para cooperar" com a Justiça relativamente a uma eventual investigação ao processo de compra de 260 viaturas blindadas de rodas Pandur II para as Forças Armadas nacionais.

"O Ministério da Defesa está totalmente disponível para cooperar com as entidades judiciais em tudo o que for solicitado", disse uma fonte oficial do ministério tutelado por Augusto Santos Silva citada pela Agência Lusa.

De acordo com o diário "i", o Ministério Público abriu uma investigação ao concurso e ao contrato de aquisição das Pandur II, destinadas a substituir as velhas Chaimite.

A investigação, escreve o jornal, "tem na sua base uma auditoria que o Tribunal de Contas enviou à Procuradoria-Geral da República em 2006".

"Esta averiguação preventiva demorou cinco anos a ser aberta o que permite pensar que estão em causa crimes graves como a corrupção para acto ilícito", admite o diário.

Contactada pela Lusa, a Procuradoria-Geral da República não prestou, até ao momento, qualquer esclarecimento sobre o assunto.

O contrato no valor de 364 milhões de euros para fornecimento e manutenção de 260 blindados de rodas às Forças Armadas portuguesa - com opção de mais 33 viaturas - foi assinado em Fevereiro de 2005 com a empresa Steyer-Daimler-Puch, sendo então ministro da Defesa Paulo Portas.

A assinatura do contrato com a empresa austríaca chegou a estar suspenso depois de uma das concorrentes, a finlandesa Patria, ter contestado os motivos da sua exclusão - o facto de ter a entregue a sua proposta final fora do prazo horário, ainda que no próprio dia.

A suspensão da assinatura do contrato acabaria por ser levantada pelo Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa, que considerou que a assinatura do contrato não constituía "lesão iminente e irreversível" dos interesses da empresa numa providência cautelar, apresentada em simultâneo, e cujo processo ainda decorre.

(https://static.globalnoticias.pt/storage/DN/2016/big/ng8070570.JPG)

(http://4.bp.blogspot.com/-iC0SKy_j6PQ/VUjxO_sCTHI/AAAAAAAAPiw/K0cerLJaKJg/s1600/absten%C3%A7%C3%A3o%2Bversus%2Bvoto0017.jpg)

Saudações
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jpthiran em Julho 31, 2018, 11:51:35 am
ok, entendido...

pagamos caro à NATO para não ter de pagar muito mais carro se for feito cá (o que significa alimentar a corrupção)...

pois, triste ...se calhar é melhor de facto!...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: asalves em Julho 31, 2018, 11:55:32 am
Das forças armadas não tenho nenhuma experiência, mas tenho alguma experiência quando tive uma entidade publica, e calculo que nas forças armadas as coisas sejam semelhantes com a agravante da componente de corrupção.

1º Há que filtrar o que o ministro diz, pouco deverá se aproveitar.

2º a complexidade do concurso só deve existir por falta de dinheiro, burocracias e incompetência.

Eu cheguei a assistir nessa entidade publica que era de alguma dimensão casos que não lembram ao diabo, o departamento responsável pelos concursos percebia tanto daquilo que nos pedia a nós como fazer as coisas, chegou-se ao cumulo do nosso departamento preparar toda a papelada e afins para o concurso e mesmo assim aquilo dar asneira pela incompetência do departamento financeiro. um concurso para a compra de 7 portáteis levou 6 meses e no final teve de ser repetido.

Depois para verem a burocracia, para me autorizarem o pagamento do recibo verde precisava da assinatura de cerca de 20 pessoas, assinatura essa que apesar de haver um sistema de informação para autorizações e afins aquilo só avançava depois da sra/sr assinar no papel original. isto para não falar que o processo as vezes perdia-se na secretária de alguém.

Citar
"elevada complexidade de alguns projectos em que existem requisitos muito exigentes, bem como à necessidade de dar resposta a um número elevado de configurações"

Ora acho que a frase revela tudo, se já há anos sabiam o que queriam será muito difícil ter um documento técnico para cada configuração com os requisitos?  Ou será que os requisitos eram tantos que não havia maneira de os cumprir todos e depois houve necessidade de aligeirar ou dividir propostas?

Dito isto acho que o problema não é da NSPA, e o valor a pagar certamente que já era do conhecimento, será que não se reduziu as quantidades para pagar os extras pedidos ou porque o valor estimado por cada viatura não era demasiado baixo?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Julho 31, 2018, 12:16:09 pm
Esta investigação se decorrer vai terminar como as restantes, vai dar em nada a corrupção é tão grande que os seus tentáculos chegam a quase toda a parte, o " Quase " que sobra não tem qq efeito positivo neste tipo de investigações.

Talvez haja mais uma comissão parlamentar, por exemplo, semelhante áquelas que foram criadas para o caso Camarate, e que tão bons resultado deram !!

https://www.jn.pt/nacional/interior/governo-diz-se-disponivel-para-cooperar-com-investigacao-a-compra-de-blindados-1645195.html

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Julho 31, 2018, 02:22:02 pm
Bom em termos de NSPA obtive um esclarecimento que torna perceptível o ajuste orçamental e efetiva redução.

A utilização da ferramenta NSPA permite reduzir a possibilidade de reclamações bem sucedidas que têm populado os concursos publicos e publicos internacionais e os têm impugnado causando a sua nulidade.

A verba que a NSPA cobra inclui além de todo o processo burocrático, o valor da remuneração de consultores e responsáveis pela componente processual do concurso, inicialmente é feita uma estimativa de duração e calculando um custo, os atrasos não imputáveis à NSPA, que inclui alterações ao caderno de encargos nomeadamente caracteristicas/extras dos veículos que entretanto viram ser possível optar (turco vs vamtac), tendo levado a recálculo do valor final.

Por um lado vendo o estado da disponibilidade financeira para alocar verbas para o reequipamento, percebo a redução, porque mais uma derrapagem em prazos leva a NSPA a cobrar mais, pelos recursos empregues neste processo.
Porque uma coisa é ter o dinheiro designado outra coisa é tê-lo disponível...é como ir ao banco e pedir para levantar em dinheiro 5mil euros...algumas dependências pedem para passar no dia seguinte e aí é que o terão disponível.
Os milhões dos blindados 4x4 não estão parados à espera, estão alocados e irão ser retirados do bolo quando se assinarem os contratos.

Talvez sem NSPA já teríamos os turcos a impugnar o concurso, ir a zeros e recomeçar de novo...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Julho 31, 2018, 03:35:56 pm
Bom em termos de NSPA obtive um esclarecimento que torna perceptível o ajuste orçamental e efetiva redução.

A utilização da ferramenta NSPA permite reduzir a possibilidade de reclamações bem sucedidas que têm populado os concursos publicos e publicos internacionais e os têm impugnado causando a sua nulidade.

A verba que a NSPA cobra inclui além de todo o processo burocrático, o valor da remuneração de consultores e responsáveis pela componente processual do concurso, inicialmente é feita uma estimativa de duração e calculando um custo, os atrasos não imputáveis à NSPA, que inclui alterações ao caderno de encargos nomeadamente caracteristicas/extras dos veículos que entretanto viram ser possível optar (turco vs vamtac), tendo levado a recálculo do valor final.

Por um lado vendo o estado da disponibilidade financeira para alocar verbas para o reequipamento, percebo a redução, porque mais uma derrapagem em prazos leva a NSPA a cobrar mais, pelos recursos empregues neste processo.
Porque uma coisa é ter o dinheiro designado outra coisa é tê-lo disponível...é como ir ao banco e pedir para levantar em dinheiro 5mil euros...algumas dependências pedem para passar no dia seguinte e aí é que o terão disponível.
Os milhões dos blindados 4x4 não estão parados à espera, estão alocados e irão ser retirados do bolo quando se assinarem os contratos.

Talvez sem NSPA já teríamos os turcos a impugnar o concurso, ir a zeros e recomeçar de novo...

Com uma Nação carregada de especialistas iluminados e Excelentes Escritórios de Advogados especializados em tudo e mais alguma coisa, é no minimo estranho não termos ninguém apto a trabalhar nessa area e a limitar ao minimo os riscos inerentes de uma operação de compra, de elevado valor, pois não passa disso, mas enfim é mais do mesmo, veremos se mesmo com a intervenção desta bendita agência, que cobra só, mais de 16% do valor da aquisição, as coisas correm de feição!

Para começo já não estamos lá muito bem, estamos a assistir a uma enorme redução do numero das Viaturas necessárias, mantendo-se o valor inicial, estamos a ir bem !!

Abraços 
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Julho 31, 2018, 04:19:18 pm
Redução significativa....menos 28 viaturas...enorme para mim era se superasse os 50%.
Acredito com a seleção do vamtac st5 possa ter surgido a necessidade de incluir extras que não estavam previstos inicialmente.
Acredito também que o valor de um ST5 de 2016 para cá tenha subido, presumindo eu que serão veículos novos a sair da linha de montagem.
Prefiro 139 ou o que seja bem equipadas que 167 espartanas para somente as usarem em exercicios em santa margarida ou em alcochete...

Para que vão servir as novas 139 viaturas blindadas?
Desconheço as configurações pelas quais optaram, mas parece-me um número generoso, tendo em conta que mantemos as várias versões de Hummvee que já possuímos, além dos pequenos grandes Panhard.
Além de que os contingentes que destacamos para cenários no estrangeiro não justificam elevado número de veículos.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Julho 31, 2018, 05:05:16 pm
Redução significativa....menos 28 viaturas...enorme para mim era se superasse os 50%.
Acredito com a seleção do vamtac st5 possa ter surgido a necessidade de incluir extras que não estavam previstos inicialmente.
Acredito também que o valor de um ST5 de 2016 para cá tenha subido, presumindo eu que serão veículos novos a sair da linha de montagem.
Prefiro 139 ou o que seja bem equipadas que 167 espartanas para somente as usarem em exercicios em santa margarida ou em alcochete...

Para que vão servir as novas 139 viaturas blindadas?
Desconheço as configurações pelas quais optaram, mas parece-me um número generoso, tendo em conta que mantemos as várias versões de Hummvee que já possuímos, além dos pequenos grandes Panhard.
Além de que os contingentes que destacamos para cenários no estrangeiro não justificam elevado número de veículos.

Ou seja, Raphael, se para ti 139 viaturas bem equipadas são suficientes então, estas viaturas são apenas para serem usadas pelas FND, daí o tal numero ser generoso, porque mesmo para o efectivo extremamente reduzido que o nosso Exército agora possui, 139 viaturas são insuficientes.

quanto á redução significativa ou enorme, escolhe o termo que quiseres, para mim a redução é enorme.

O numero Inicial, aventado em 2015, referia um total necessário de 194 viaturas , e esse total para mim já era insuficiente, mas mais insuficiente se revelou, quando sofreu a primeira redução, e passou para 167, uma redução em 27 viaturas, 13,9%.
Se acrescentarmos agora, esta segunda redução de 28 viaturas, então, vamos ficar sem 55 viaturas, que representam 28,4% do total.

Só espero que, se a compra recair sobre os URO Vamtac, que seja escolhido o ST5 e já agora não se esqueçam destas duas variantes !

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/1NJI7J.jpg) (https://imageshack.com/i/pn1NJI7Jj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/wTBEdY.png) (https://imageshack.com/i/pmwTBEdYp)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/YbOy37.jpg) (https://imageshack.com/i/plYbOy37j)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/Q7pLWC.jpg) (https://imageshack.com/i/pmQ7pLWCj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/YhhQVp.jpg) (https://imageshack.com/i/pnYhhQVpj)

http://www.fuerzasmilitares.com/Folleto-EUROSATORY-07-06-2016.pdf

Cumprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jpthiran em Julho 31, 2018, 07:08:04 pm
já agora, as forças armadas são consultadas em relação ás especificações das viaturas ?

ou nem por isso!...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Julho 31, 2018, 08:53:12 pm
No meio disto tudo, so me resta dizer, viva as quintinhas.

A tropa faz os requisitos, mas quem decide o preço é o ministério das finanças, logo a tropa quer o melhor do mercado, mas a preço de um renault  5.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jorgeshot1 em Agosto 09, 2018, 03:56:17 pm
Ao que parece retiraram as 29 viaturas anti-carro e adicionaram uma de transporte geral.
E assim as contas já dão 139.

Portugal to buy fewer 4x4 light tactical armoured vehicles

The Portuguese Ministry of National Defence has reduced the number of 4x4 light tactical armoured vehicles (VTLBs) it is procuring for the army through the NATO Support and Procurement Agency (NSPA) from 167 to 139.

The Portuguese Army spokesperson told Jane’s that 107 troop carriers, 13 ambulances and medical evacuation vehicles, 12 special operations vehicles, and 7 command posts will be acquired in 2019–20. The maximum value of the procurement is unchanged at EUR60.8 million (USD70.3 million).

URO Vehículos Especiales and Katmerciler answered the NSPA request for proposals that closed on 16 August 2017.

https://www.janes.com/article/82227/portugal-to-buy-fewer-4x4-light-tactical-armoured-vehicles
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: PereiraMarques em Agosto 09, 2018, 04:04:39 pm
Essa versão anti-carro não era precisamente para "compensar" a inexistência de Pandur II em versão porta-morteiro?  :P ...Ainda vão manter as 6 Chaimite porta-morteiro  e as 15 (?) Cadillac-Gage V-150 Commando mais uns anos?!  ???
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Agosto 09, 2018, 04:32:45 pm
Acho que as 5 pandur II TOW são em número suficiente em caso de conflito... Com sorte vão meter uns MILAN em cima dos novos 4x4 ao lado da. 50 :N-icon-Axe:
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Agosto 09, 2018, 04:33:17 pm
Essa versão anti-carro não era precisamente para "compensar" a inexistência de Pandur II em versão porta-morteiro?  :P ...Ainda vão manter as 6 Chaimite porta-morteiro  e as 15 (?) Cadillac-Gage V-150 Commando mais uns anos?!  ???

aqui tens a versão anti carro

(https://scontent.flis7-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/36910725_10213864395738795_2133615821371473920_o.jpg?_nc_cat=0&oh=9a9b8043d76f1d015cc2a1d726502547&oe=5C102AC7)

creditos ao autor.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 09, 2018, 05:17:48 pm
Essa versão anti-carro não era precisamente para "compensar" a inexistência de Pandur II em versão porta-morteiro?  :P ...Ainda vão manter as 6 Chaimite porta-morteiro  e as 15 (?) Cadillac-Gage V-150 Commando mais uns anos?!  ???

aqui tens a versão anti carro

(https://scontent.flis7-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/36910725_10213864395738795_2133615821371473920_o.jpg?_nc_cat=0&oh=9a9b8043d76f1d015cc2a1d726502547&oe=5C102AC7)

creditos ao autor.

e viva o TOW-ITAS!!!!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 09, 2018, 05:20:23 pm
Essa versão anti-carro não era precisamente para "compensar" a inexistência de Pandur II em versão porta-morteiro?  :P ...Ainda vão manter as 6 Chaimite porta-morteiro  e as 15 (?) Cadillac-Gage V-150 Commando mais uns anos?!  ???

a versão AC anti carro nada tem a ver com a versão Porta morteiro uma coisa é apoio de fogos e outra é o apoio anti carro !!

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: PereiraMarques em Agosto 09, 2018, 05:50:15 pm
Eu sei, por escrevi compensar entre aspas, julgo que foi uma ideia ventilada por ai...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 09, 2018, 05:59:07 pm
Eu sei, por escrevi compensar entre aspas, julgo que foi uma ideia ventilada por ai...

OK, nem reparei nas aspas, mas ás tantas haverá por ai pessoal que pensa que os A/C também podem fazer apoio de fogos!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 09, 2018, 06:03:09 pm
Acho que as 5 pandur II TOW são em número suficiente em caso de conflito... Com sorte vão meter uns MILAN em cima dos novos 4x4 ao lado da. 50 :N-icon-Axe:

Pois eu acho que se tivéssemos 18 a 24, pandur AC seriam para equipar 02/03 Bat Inf Mec(R) e o Grupo Rec de Cav6 a seis viaturas p/ PelAC, mas isto sou eu a pensar alto !!
O lote inicial seriam quinze viaturas penso eu.

 (https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/5bSDB9.jpg) (https://imageshack.com/i/pm5bSDB9j)

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Agosto 09, 2018, 06:30:35 pm
Eu sei, por escrevi compensar entre aspas, julgo que foi uma ideia ventilada por ai...

A ideia que eu tenho é que os 4x4 Anti-carro para a Brigint seriam para compensar os poucos Pandur anti-carro que foram entregues.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Agosto 09, 2018, 06:33:53 pm
Ao que parece retiraram as 29 viaturas anti-carro e adicionaram uma de transporte geral.
E assim as contas já dão 139.

Portugal to buy fewer 4x4 light tactical armoured vehicles

The Portuguese Ministry of National Defence has reduced the number of 4x4 light tactical armoured vehicles (VTLBs) it is procuring for the army through the NATO Support and Procurement Agency (NSPA) from 167 to 139.

The Portuguese Army spokesperson told Jane’s that 107 troop carriers, 13 ambulances and medical evacuation vehicles, 12 special operations vehicles, and 7 command posts will be acquired in 2019–20. The maximum value of the procurement is unchanged at EUR60.8 million (USD70.3 million).

URO Vehículos Especiales and Katmerciler answered the NSPA request for proposals that closed on 16 August 2017.

https://www.janes.com/article/82227/portugal-to-buy-fewer-4x4-light-tactical-armoured-vehicles

Na versão inicial com as 29 viaturas da versão anti-carro, as 9(nove) com míssil TOW supostamente estariam destinadas à Brigada de Intervenção (BrigInt). As outras com o  Milan ficavam na BrigRR

Partindo do principio que vejamos o fim do concurso e que não haja nenhumas alterações de ultima hora das regras o mais provável é ganhar o VANTAC pois é o único que pesa menos de 9.5 Ton. equipado.

Pelo menos tem a vantagem dos espanhóis criarem versões do ST5 para tudo e mais alguma coisa, pelo que há sempre a possibilidade do exército futuramente adquirir uma dúzia ou duas das versões Recce/porta-morteiros/anti-carro/ anti-aéreo etc... ao longo dos anos conforme se vá arranjando alguém para assinar as autorizações de despesa.

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 09, 2018, 07:20:38 pm
Ao que parece retiraram as 29 viaturas anti-carro e adicionaram uma de transporte geral.
E assim as contas já dão 139.

Portugal to buy fewer 4x4 light tactical armoured vehicles

The Portuguese Ministry of National Defence has reduced the number of 4x4 light tactical armoured vehicles (VTLBs) it is procuring for the army through the NATO Support and Procurement Agency (NSPA) from 167 to 139.

The Portuguese Army spokesperson told Jane’s that 107 troop carriers, 13 ambulances and medical evacuation vehicles, 12 special operations vehicles, and 7 command posts will be acquired in 2019–20. The maximum value of the procurement is unchanged at EUR60.8 million (USD70.3 million).

URO Vehículos Especiales and Katmerciler answered the NSPA request for proposals that closed on 16 August 2017.

https://www.janes.com/article/82227/portugal-to-buy-fewer-4x4-light-tactical-armoured-vehicles

Na versão inicial com as 29 viaturas da versão anti-carro, as 9(nove) com míssil TOW supostamente estariam destinadas à Brigada de Intervenção (BrigInt). As outras com o  Milan ficavam na BrigRR

Partindo do principio que vejamos o fim do concurso e que não haja nenhumas alterações de ultima hora das regras o mais provável é ganhar o VANTAC pois é o único que pesa menos de 9.5 Ton. equipado.

Pelo menos tem a vantagem dos espanhóis criarem versões do ST5 para tudo e mais alguma coisa, pelo que há sempre a possibilidade do exército futuramente adquirir uma dúzia ou duas das versões Recce/porta-morteiros/anti-carro/ anti-aéreo etc... ao longo dos anos conforme se vá arranjando alguém para assinar as autorizações de despesa.

Cumprimentos,

O que acho é que damos dois passos em frente e um para trás, a aquisição dos Pandur foi altamente penalizadora para o Exército e os Fuzos, com N' viaturas que não foram adquiridas, em especial a versão ACar com apenas 05 viaturas recebidas das 15 que estavam contratualizadas, e, agora, esta aquisição das viaturas 4X4 foi penalizada também na versão ACar, não entendo !!
Porque é que não cortaram algumas das 107 viaturas da versão de transporte de pessoal a favor de umas quantas com versão anti carro ???

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/2Vtdku.jpg) (https://imageshack.com/i/pm2Vtdkuj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/vITwqm.jpg) (https://imageshack.com/i/pnvITwqmj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/hqfFyQ.jpg) (https://imageshack.com/i/pohqfFyQj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/8AdwoK.jpg) (https://imageshack.com/i/pn8AdwoKj)

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: asalves em Agosto 10, 2018, 11:02:09 am
simples na opinião dos nossos políticos e secalhar até das altas chefias nunca vamos chegar a usar/precisar dessa versão. como tal não vale a pena ter muitos números.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Agosto 16, 2018, 08:39:00 pm
Parece que já é oficial.

Portugal compra à Espanha 139 viaturas blindadas de quatro rodas
https://www.dn.pt/poder/interior/portugal-compra-a-espanha-139-viaturas-blindadas-de-quatro-rodas-9723039.html
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Agosto 16, 2018, 09:34:09 pm
Parece que já é oficial.

Portugal compra à Espanha 139 viaturas blindadas de quatro rodas
https://www.dn.pt/poder/interior/portugal-compra-a-espanha-139-viaturas-blindadas-de-quatro-rodas-9723039.html

O link da UROVESA que aparece no artigo remete-nos para a versão ST3

Neste folheto do EUROSATORY 2016 existe um artigo sobre a versão ST5 a partir da pág. 16 além de um artigo sobre a versão de reconhecimento.

http://www.fuerzasmilitares.com/Folleto-EUROSATORY-07-06-2016.pdf (http://www.fuerzasmilitares.com/Folleto-EUROSATORY-07-06-2016.pdf)

Citar
...O Exército, que comemora o seu aniversário no próximo dia 24 de outubro, vai tentar antecipar ainda para este ano a recepção de algumas dessas viaturas tácticas ligeiras blindadas de quatro rodas (VTLB 4x4)...

Estamos em meados de Agosto, época a meio-gáz na Função Publica  onde se irão tratar os detalhes finais e depois quatro meses até o fim do ano. Será que alguém está a pensar que isto é como ir às compras ao "El Corte Ingles"?

Cumprimentos,

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Crypter em Agosto 17, 2018, 11:40:01 am
Existe por aí alguma comparação entre os HMMWV que temos e os da Urovesa versão St5?

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 17, 2018, 01:45:05 pm
Parece que já é oficial.

Portugal compra à Espanha 139 viaturas blindadas de quatro rodas
https://www.dn.pt/poder/interior/portugal-compra-a-espanha-139-viaturas-blindadas-de-quatro-rodas-9723039.html

O link da UROVESA que aparece no artigo remete-nos para a versão ST3

Neste folheto do EUROSATORY 2016 existe um artigo sobre a versão ST5 a partir da pág. 16 além de um artigo sobre a versão de reconhecimento.

http://www.fuerzasmilitares.com/Folleto-EUROSATORY-07-06-2016.pdf (http://www.fuerzasmilitares.com/Folleto-EUROSATORY-07-06-2016.pdf)

Citar
...O Exército, que comemora o seu aniversário no próximo dia 24 de outubro, vai tentar antecipar ainda para este ano a recepção de algumas dessas viaturas tácticas ligeiras blindadas de quatro rodas (VTLB 4x4)...

Estamos em meados de Agosto, época a meio-gáz na Função Publica  onde se irão tratar os detalhes finais e depois quatro meses até o fim do ano. Será que alguém está a pensar que isto é como ir às compras ao "El Corte Ingles"?

Cumprimentos,

perdadetempo o que aparece no links da Urovesa, é o S3.
O S3 é a designação Espanhola para o ST5 lê este trecho do artigo na página 16.   

http://www.fuerzasmilitares.com/Folleto-EUROSATORY-07-06-2016.pdf (http://www.fuerzasmilitares.com/Folleto-EUROSATORY-07-06-2016.pdf)


VAMTAC was developed in 1996 to meet the requirement
of the Spanish Armed Forces. The Spanish Ministry of
Defence successfully tested it, and a five-year delivery
contract was awarded in 1998. UROVESA delivered
approximately 1.200 T3 and T5 models of the vehicle
under the contract. In October 2005, the Ministry of
Defence placed a new five year contract for VAMTAC .
The new vehicles incorporated some changes and the
existing two models T3 and T5 were renamed as I3 and
S3 respectively
. Spanish forces received approximately
900 S3 vehicles under this contract by the end of 2009.

Espero bem que não sejamos artolas pois temos de adquirir o ST5, bem superior ao ST3 !!!!!

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Agosto 17, 2018, 03:41:22 pm
Citar
Espero bem que não sejamos artolas pois temos de adquirir o ST5, bem superior ao ST3 !!!!!

Segundo esta noticia de 3017 da INFODEFESA, a versão proposta a Portugal é a ST5. Deve ser semelhante às ultimas versões entregues aos fuzileiros espanhóis (ST5 BN3 segundo o Army Recognition)
http://www.infodefensa.com/es/2017/09/06/noticia-urovesa-ofrece-vamtac-programa-portugal.html (http://www.infodefensa.com/es/2017/09/06/noticia-urovesa-ofrece-vamtac-programa-portugal.html)

Aquela com as dimensões 5,63X2,05X2,63 e até 9500kg de peso em vez da versão S3 (4,8X2,1x1,9) que também teve versões blindadas como se pode ver aqui:
https://docplayer.es/21171698-El-nuevo-vamtac-s3-blindado.html (https://docplayer.es/21171698-El-nuevo-vamtac-s3-blindado.html)

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Agosto 17, 2018, 04:20:08 pm
Só não consigo perceber como é que cada viatura extra que ficou de fora do contracto ficava por cerca de 800 mil €....
Quando este Vamtac S5 são carros para andar na ordem dos 150 mil.
 :-\
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Agosto 17, 2018, 04:32:11 pm
Só não consigo perceber como é que cada viatura extra que ficou de fora do contracto ficava por cerca de 800 mil €....
Quando este Vamtac S5 são carros para andar na ordem dos 150 mil.
 :-\

ao que parece o que ficou de fora foi a versão anti carro!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Agosto 17, 2018, 04:35:14 pm
Só não consigo perceber como é que cada viatura extra que ficou de fora do contracto ficava por cerca de 800 mil €....
Quando este Vamtac S5 são carros para andar na ordem dos 150 mil.
 :-\

ao que parece o que ficou de fora foi a versão anti carro!

Ok, mas quanto custa um lançador TOW!? Não me parece que seja centenas de milhares de €´s....
Como é habitual, a meu ver, é a me**a do costume e acabamos sempre por ficar mal servidos.
Nem a versão de reconhecimento com o mastro telescópico vêm.
 >:(
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Agosto 17, 2018, 04:38:08 pm
Existe por aí alguma comparação entre os HMMWV que temos e os da Urovesa versão St5?

Citar
Eliminada a capacidade antitanque, mantiveram-se inalterados os números das versões referidas - proteção da força, ambulâncias, vigilância do campo de batalha, comando - e que são as que o Exército precisa em missões humanitárias e de paz como as da RCA e do Afeganistão, precisou um oficial.
dn.pt
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Agosto 17, 2018, 05:50:29 pm
Existe por aí alguma comparação entre os HMMWV que temos e os da Urovesa versão St5?

Acho que não existe mas segundo um artigo do Operacional as versões que tínhamos era a M105A2 com blindagem da PLASAN e o M1165A1 adquirido em 2009. Esta versão vem no site da AM General com link aqui:

http://www.amgeneral.com/wp-content/uploads/2016/08/M1165-1.pdf (http://www.amgeneral.com/wp-content/uploads/2016/08/M1165-1.pdf)

Sempre dá para ter uma ideia das dimensões da viatura e do peso da blindagem  com a ressalva que os americanos são avessos a informar o nível de blindagem STANAG 4569.

O que salta à vista é que é um veiculo substancialmente mais leve que os IVECO LMV2 ou os UROVESA VANTAC ST5, mas usando os restantes links deste tópico deve permitir ter uma ideia "muito" geral.

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 17, 2018, 07:12:59 pm
Só não consigo perceber como é que cada viatura extra que ficou de fora do contracto ficava por cerca de 800 mil €....
Quando este Vamtac S5 são carros para andar na ordem dos 150 mil.
 :-\

Então em quanto ficará cada Pandur ACar ? por um milhão e meio ???  :nice: :nice: :nice:

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Stalker79 em Agosto 17, 2018, 09:12:14 pm
Só não consigo perceber como é que cada viatura extra que ficou de fora do contracto ficava por cerca de 800 mil €....
Quando este Vamtac S5 são carros para andar na ordem dos 150 mil.
 :-\

Então em quanto ficará cada Pandur ACar ? por um milhão e meio ???  :nice: :nice: :nice:

Abraços

O preço base da Pandur penso que ronda os três milhões, mas é um bicho completamente diferente de um ligeiro 4x4.
O custo acrescido da versão anti-carro não faço ideia.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 17, 2018, 09:46:39 pm
Só não consigo perceber como é que cada viatura extra que ficou de fora do contracto ficava por cerca de 800 mil €....
Quando este Vamtac S5 são carros para andar na ordem dos 150 mil.
 :-\

Então em quanto ficará cada Pandur ACar ? por um milhão e meio ???  :nice: :nice: :nice:

Abraços

O preço base da Pandur penso que ronda os três milhões, mas é um bicho completamente diferente de um ligeiro 4x4.
O custo acrescido da versão anti-carro não faço ideia.

Stalker eu sei que é um bichinho que não tem nada a ver com os 4X4, estava a ser irónico na comparação.

Em 2005 cada Pandur custou-nos 1,4 milhões

https://en.wikipedia.org/wiki/Portuguese_Pandur

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Agosto 17, 2018, 10:16:54 pm
O preço do vamtac st5 de 150 000be o preço base sem blindagem, sistema de armas e comunicações certo?
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jpthiran em Agosto 17, 2018, 11:23:48 pm
porque é que não optámos pelo VBL (versão longa) em vez destes jeeps?...

não tem mais blindagem e formato anti minas?...

para além da questão da uniformização...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Agosto 18, 2018, 12:47:28 am
porque é que não optámos pelo VBL (versão longa) em vez destes jeeps?...

não tem mais blindagem e formato anti minas?...

para além da questão da uniformização...

Provavelmente porque entre outras coisas:

1-A Renault Defence na sua nova reencarnação (passou a chamar-se ARQUUS) já nem fala da Panhard e muito menos do VBL.

https://www.arquus-defense.com/our-offer/our-armored-vehicles (https://www.arquus-defense.com/our-offer/our-armored-vehicles)

2- É/era um veiculo destinado ao reconhecimento com um capacidade transporte limitada a 2/3 pessoas. Não será aquilo em que  estavam  a pensar quanto efectuaram o concurso.

3- A blindagem será STANAG level 1 enquanto é pedidoLevel 3, e quando foi concebido para o exército francês ninguém pensava em EID ou outras coisas desse género.

http://www.tanks-encyclopedia.com/modern/France/Panhard_VBL.php (http://www.tanks-encyclopedia.com/modern/France/Panhard_VBL.php)

Cumprimentos,

nota:Esperemos que os VBL que temos durem muitos e bons anos porque são a melhor opção no caso de ser necessário o transporte de viaturas blindadas com os meios da FAP, embora provavelmente a actual doutrina do exército não tenha grandes planos para eles.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Agosto 18, 2018, 03:36:02 am
porque é que não optámos pelo VBL (versão longa) em vez destes jeeps?...

não tem mais blindagem e formato anti minas?...

para além da questão da uniformização...

Provavelmente porque entre outras coisas:

1-A Renault Defence na sua nova reencarnação (passou a chamar-se ARQUUS) já nem fala da Panhard e muito menos do VBL.

https://www.arquus-defense.com/our-offer/our-armored-vehicles (https://www.arquus-defense.com/our-offer/our-armored-vehicles)

2- É/era um veiculo destinado ao reconhecimento com um capacidade transporte limitada a 2/3 pessoas. Não será aquilo em que  estavam  a pensar quanto efectuaram o concurso.

3- A blindagem será STANAG level 1 enquanto é pedidoLevel 3, e quando foi concebido para o exército francês ninguém pensava em EID ou outras coisas desse género.

http://www.tanks-encyclopedia.com/modern/France/Panhard_VBL.php (http://www.tanks-encyclopedia.com/modern/France/Panhard_VBL.php)

Cumprimentos,

nota:Esperemos que os VBL que temos durem muitos e bons anos porque são a melhor opção no caso de ser necessário o transporte de viaturas blindadas com os meios da FAP, embora provavelmente a actual doutrina do exército não tenha grandes planos para eles.
O c130/kc390 conseguem levar uma pandur II de cada vez   :P
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Agosto 22, 2018, 10:39:20 pm
porque é que não optámos pelo VBL (versão longa) em vez destes jeeps?...

não tem mais blindagem e formato anti minas?...

para além da questão da uniformização...

Provavelmente porque entre outras coisas:

1-A Renault Defence na sua nova reencarnação (passou a chamar-se ARQUUS) já nem fala da Panhard e muito menos do VBL.

https://www.arquus-defense.com/our-offer/our-armored-vehicles (https://www.arquus-defense.com/our-offer/our-armored-vehicles)

2- É/era um veiculo destinado ao reconhecimento com um capacidade transporte limitada a 2/3 pessoas. Não será aquilo em que  estavam  a pensar quanto efectuaram o concurso.

3- A blindagem será STANAG level 1 enquanto é pedidoLevel 3, e quando foi concebido para o exército francês ninguém pensava em EID ou outras coisas desse género.

http://www.tanks-encyclopedia.com/modern/France/Panhard_VBL.php (http://www.tanks-encyclopedia.com/modern/France/Panhard_VBL.php)

Cumprimentos,

nota:Esperemos que os VBL que temos durem muitos e bons anos porque são a melhor opção no caso de ser necessário o transporte de viaturas blindadas com os meios da FAP, embora provavelmente a actual doutrina do exército não tenha grandes planos para eles.
O c130/kc390 conseguem levar uma pandur II de cada vez   :P

Bem, os C17 sempre podem levar 4 Stryker. Mas temos o C5 que pode levar 7...  ;D ;)

(https://media.defense.gov/2009/May/08/2000579140/780/780/0/090506-F-2300R-095.JPG)

Citar
Transportation
Stryker can be transported on the ground using trucks or by air on C-17, C-5 and C-130 aircraft. The C-5 and C-17 aircraft can carry seven and four Strykers respectively.

The C-130H can fly safely carrying a maximum 38,000lb load for up to 1,000nm. The Stryker’s weight, 36,240lb and size are within the payload limit of the C-130H. The C-130 can operate from smaller airfields in more remote locations. All configurations of the Stryker can disembark from the C-130 in combat-ready status.

https://www.army-technology.com/projects/stryker/ (https://www.army-technology.com/projects/stryker/)

Cumprimentos
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 22, 2018, 10:52:36 pm
porque é que não optámos pelo VBL (versão longa) em vez destes jeeps?...

não tem mais blindagem e formato anti minas?...

para além da questão da uniformização...

Provavelmente porque entre outras coisas:

1-A Renault Defence na sua nova reencarnação (passou a chamar-se ARQUUS) já nem fala da Panhard e muito menos do VBL.

https://www.arquus-defense.com/our-offer/our-armored-vehicles (https://www.arquus-defense.com/our-offer/our-armored-vehicles)

2- É/era um veiculo destinado ao reconhecimento com um capacidade transporte limitada a 2/3 pessoas. Não será aquilo em que  estavam  a pensar quanto efectuaram o concurso.

3- A blindagem será STANAG level 1 enquanto é pedidoLevel 3, e quando foi concebido para o exército francês ninguém pensava em EID ou outras coisas desse género.

http://www.tanks-encyclopedia.com/modern/France/Panhard_VBL.php (http://www.tanks-encyclopedia.com/modern/France/Panhard_VBL.php)

Cumprimentos,

nota:Esperemos que os VBL que temos durem muitos e bons anos porque são a melhor opção no caso de ser necessário o transporte de viaturas blindadas com os meios da FAP, embora provavelmente a actual doutrina do exército não tenha grandes planos para eles.
O c130/kc390 conseguem levar uma pandur II de cada vez   :P

Bem, os C17 sempre podem levar 4 Stryker. Mas temos o C5 que pode levar 7...  ;D ;)

(https://media.defense.gov/2009/May/08/2000579140/780/780/0/090506-F-2300R-095.JPG)

Citar
Transportation
Stryker can be transported on the ground using trucks or by air on C-17, C-5 and C-130 aircraft. The C-5 and C-17 aircraft can carry seven and four Strykers respectively.

The C-130H can fly safely carrying a maximum 38,000lb load for up to 1,000nm. The Stryker’s weight, 36,240lb and size are within the payload limit of the C-130H. The C-130 can operate from smaller airfields in more remote locations. All configurations of the Stryker can disembark from the C-130 in combat-ready status.

https://www.army-technology.com/projects/stryker/ (https://www.army-technology.com/projects/stryker/)

Cumprimentos

Então a ser assim o KC390 também consegue transportar um Striker/Pandur II sem preparação mas excluindo, no caso do Pandur a versão porta canhão 30mm !

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Agosto 26, 2018, 11:29:25 pm
Humm...parece-me que ainda faltam uns bons anos e mais meios para que a projecção de veiculos blindados para cenários no estrangeiro se faça com recurso a aeronaves da Força Aérea.

Nem sei para que é que se fala em C-5 em C-17... só se usarmos a nossa quota nos meios da USAFE e mesmo assim não dará para grande coisa.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Agosto 27, 2018, 02:04:25 pm
O transporte de uma força mecanizada será sempre por via maritima ou usando os Antonov.

Mas vejo utilidade em termos autonomia de transportar pelo menos uma viatura dessas por via aérea, é que se por qualquer razão no TO uma viatura ficar inoperacional e for necessário substituir este é o método mais rápido, até para a Força não ficar muito tempo à espera, pois se vier por via maritima ou tivermos que pedir emprestado/alugar um meio aéreo demora mais tempo.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Agosto 27, 2018, 04:37:58 pm
Humm...parece-me que ainda faltam uns bons anos e mais meios para que a projecção de veiculos blindados para cenários no estrangeiro se faça com recurso a aeronaves da Força Aérea.

Nem sei para que é que se fala em C-5 em C-17... só se usarmos a nossa quota nos meios da USAFE e mesmo assim não dará para grande coisa.
O Lightning percebeu e respondeu. Se até uma bisarma  como o C5 leva 7 Stryker e nós andamos na nossa FAP com 4 C130 que serão substituídos por 5 Kc, ainda falamos de deslocamentos aéreos para que?

https://barcoavista.blogspot.com/2009/12/blindados-anfibios-pandur-ii_22.html (https://barcoavista.blogspot.com/2009/12/blindados-anfibios-pandur-ii_22.html)

(https://1.bp.blogspot.com/_8vV4aVw1DhI/SzCxMvw41mI/AAAAAAAAAt8/OUFe8AgPn4k/s1600/P130.jpg)
Citar
Perfil do PANDUR II embarcados num Hercules C-130 da FAP
Já agora e por falar em via marítima. Aquele Porta-Contentores confiscado e que é igual a um que os "Nuestros Hermanos", têm e usam, apesar da sua frota de LPD's, não dava jeito para levar um número decente de 8x8 ou 4x4, até ao porto mais próximo da acção ou ainda continuamos com esquisitices porque não têm isto e aquilo e não agrada aos do costume? 

(https://cdn.cmjornal.pt/images/2017-10/img_757x498$2017_10_31_11_28_25_681085.jpg)

https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/pj-apreende-navio-com-1130-kg-de-cocaina-embarcacao-esta-retida-em-alcantara (https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/pj-apreende-navio-com-1130-kg-de-cocaina-embarcacao-esta-retida-em-alcantara)

Saudações


Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Agosto 27, 2018, 05:44:43 pm
O c130 so consegue levar 1 pandur II de cada vez não 2 como na ilustração!
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 27, 2018, 06:08:36 pm
O c130 so consegue levar 1 pandur II de cada vez não 2 como na ilustração!

A figura é para demonstrar que é transportável pelo C, uma unidade por voo, devido ao Payload da aeronave, mas o porta canhão devido ás dimensões, não cabe no C.

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Agosto 27, 2018, 06:16:04 pm
 ;D ;D

http://www.planobrazil.com/embraer-enfrenta-lockheed-com-kc-390/ (http://www.planobrazil.com/embraer-enfrenta-lockheed-com-kc-390/)

(http://sistemasdearmas.com.br/ca/kc390cabina5.jpg)

(http://www.fab.mil.br/sis/enoticias/imagens/original/14291/009_kc-390_vista%20lateral.jpg)

Saudações  ;) :P
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: perdadetempo em Agosto 29, 2018, 07:45:55 pm
Citar
nota:Esperemos que os VBL que temos durem muitos e bons anos porque são a melhor opção no caso de ser necessário o transporte de viaturas blindadas com os meios da FAP, embora provavelmente a actual doutrina do exército não tenha grandes planos para eles.

E como à conta disto acabámos com oito POST´s a discutir as capacidades de transporte de diversos aviões ou em que cenário é que se justifica precisarmos de utilizar a FAP para transportar veículos blindados, vou tentar explicar-me um bocado melhor sobre aquilo em que estava a pensar:

Imaginem um cenário em que num país em da rotura seja necessário a evacuação de cidadãos nacionais/nacionalizados. Como a maneira mais rápida de evacuação é a aérea enviam-se 2/3 aviões com   (e dependendo da distância) 2/3 VLB e um pelotão de para-quedistas por avião para fazer a segurança do aeroporto de maneira a se poder proceder à evacuação dos pessoas.

Nada garante que existam tão “boas relações” como na última vez em que os paraquedistas estiveram envolvidos numa operação semelhante em África:
http://www.operacional.pt/angola-novembro-de-1992-onde-necessario-quando-necessario/

e nada impede que situações semelhantes voltem a acontecer  por exemplo na Guiné-Bissau com os seus narcotraficantes , ou até em S. Tomé com a Trovoada e os seus conselheiros militares ruandeses.
Não me esqueci da Venezuela mas aí os Nuestros Hermanos podem dar o corpo ao manifesto com o nosso apoio moral.

Um veiculo blindado ligeiro de 4/5 Ton, mas perfeitamente capaz de resistir às munições 7.62X39 pode fazer a diferença nestes casos. Andar a passear um PANDUR de 18 Ton ou mesmo os futuros VTLB de 9.5 Ton para uma missão desse tipo não será realista para os nossos meios.

Parece a este furriel de poltrona que se para este ou outros cenários semelhantes acreditarmos que podemos usar a  via marítima ou os ANTONOV do programa SALIS para resolver os nossos problemas, então também não se justifica a existência da esquadra 501 a não ser para o ocasional exercício militar (leia-se ficar na fotografia) ou como esquadrilha da FAP de combate aos incêndios florestais ::).

Cumprimentos,
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 29, 2018, 08:24:34 pm
Citar
nota:Esperemos que os VBL que temos durem muitos e bons anos porque são a melhor opção no caso de ser necessário o transporte de viaturas blindadas com os meios da FAP, embora provavelmente a actual doutrina do exército não tenha grandes planos para eles.

E como à conta disto acabámos com oito POST´s a discutir as capacidades de transporte de diversos aviões ou em que cenário é que se justifica precisarmos de utilizar a FAP para transportar veículos blindados, vou tentar explicar-me um bocado melhor sobre aquilo em que estava a pensar:

Imaginem um cenário em que num país em da rotura seja necessário a evacuação de cidadãos nacionais/nacionalizados. Como a maneira mais rápida de evacuação é a aérea enviam-se 2/3 aviões com   (e dependendo da distância) 2/3 VLB e um pelotão de para-quedistas por avião para fazer a segurança do aeroporto de maneira a se poder proceder à evacuação dos pessoas.

Nada garante que existam tão “boas relações” como na última vez em que os paraquedistas estiveram envolvidos numa operação semelhante em África:
http://www.operacional.pt/angola-novembro-de-1992-onde-necessario-quando-necessario/

e nada impede que situações semelhantes voltem a acontecer  por exemplo na Guiné-Bissau com os seus narcotraficantes , ou até em S. Tomé com a Trovoada e os seus conselheiros militares ruandeses.
Não me esqueci da Venezuela mas aí os Nuestros Hermanos podem dar o corpo ao manifesto com o nosso apoio moral.

Um veiculo blindado ligeiro de 4/5 Ton, mas perfeitamente capaz de resistir às munições 7.62X39 pode fazer a diferença nestes casos. Andar a passear um PANDUR de 18 Ton ou mesmo os futuros VTLB de 9.5 Ton para uma missão desse tipo não será realista para os nossos meios.

Parece a este furriel de poltrona que se para este ou outros cenários semelhantes acreditarmos que podemos usar a  via marítima ou os ANTONOV do programa SALIS para resolver os nossos problemas, então também não se justifica a existência da esquadra 501 a não ser para o ocasional exercício militar (leia-se ficar na fotografia) ou como esquadrilha da FAP de combate aos incêndios florestais ::).

Cumprimentos,

O cenário que apontas é muito parecido com o que irá acontecer na RCA num futuro próximo !!

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Lightning em Agosto 30, 2018, 01:53:12 am
A Força Aérea não está à espera de cenários dramáticos para empenhar os C-130, esses já tem muitos anos de voos por todo o mundo, já transportaram de tudo, de viaturas e pessoal militar a civis e ajuda humanitária, e até alguns transportes mais estranhos que aparecem de vez em quando. E apesar do C295 ser um avião com melhores capacidades do que o Aviocar, ainda está longe do C-130, basta pensar que para voar até aos Bálticos o C295 tem que reabastecer na Bélgica, então imaginem missões fora da Europa.

Alguns exemplos
(transporte de GNR para o Iraque)
http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/gnr-prepara-nova-forca-para-operacao-no-iraque

(ajuda humanitária para o Haiti)
https://www.publico.pt/2010/01/14/sociedade/noticia/governo-portugues-vai-enviar-aviao-c130-com-32-elementos-da-proteccao-civil-1417825

(transporte de feridos no Mali)
https://observador.pt/2017/01/24/c-130-da-forca-aerea-portuguesa-transportou-11-feridos-do-atentado-no-mali/

(apoio a Operações Especiais na RDCongo)
https://www.rtp.pt/noticias/pais/militares-portugueses-mostram-capacidades-na-rd-congo_n34019

(resgates de civis na Libia...
https://www.rtp.pt/noticias/mundo/evacuadas-114-pessoas-c-130-regressa-a-tripoli_n418419
... e em Beirute)
https://www.publico.pt/2006/07/20/mundo/noticia/aviao-com-portugueses-retirados-do-libano-chega-esta-madrugada-1264676

estes são alguns dos casos fora do normal
(transporte de um avião dentro do C-130)
http://www.operacional.pt/%C2%ABbisontes%C2%BB-contra-gafanhotos/
(transporte de ambulancias)
http://www.passarodeferro.com/2014/12/forca-aerea-portuguesa-na-ajuda-cabo.html
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: LM em Agosto 30, 2018, 02:59:54 pm
Em resumo: os nossos "novos KC-390" podem transportar quantos dos nossos "novos VAMTAC ST5"...? Com ou sem a blindagem (que presumo ser facilmente colocada após o transporte)?

   
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Agosto 30, 2018, 03:04:02 pm
Em resumo: os nossos "novos KC-390" podem transportar quantos dos nossos "novos VAMTAC ST5"...? Com ou sem a blindagem (que presumo ser facilmente colocada após o transporte)?

 

Essa questão da blindagem pode depender da função/teatro de operações mas sinceramente o ser retirada é um pouco não problema, porque se precisar dela tem de ir no veículo ou na aeronave que transporta o veiculo e contribui na mesma para a capacidade de carga máxima à descolagem...tão importante como a blindagem será a configuração da torre (caberá em altura?).
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: asalves em Agosto 30, 2018, 04:31:33 pm
Em resumo: os nossos "novos KC-390" podem transportar quantos dos nossos "novos VAMTAC ST5"...? Com ou sem a blindagem (que presumo ser facilmente colocada após o transporte)?

 

Essa questão da blindagem pode depender da função/teatro de operações mas sinceramente o ser retirada é um pouco não problema, porque se precisar dela tem de ir no veículo ou na aeronave que transporta o veiculo e contribui na mesma para a capacidade de carga máxima à descolagem...tão importante como a blindagem será a configuração da torre (caberá em altura?).

sem grande infos e por alto cada KC390 deverá conseguir carregar 3 VAMTAC ST5.

da wiki:

KC390:
Cargo compartment: Length 17.75 m X width 3.45 m X height 2.9 m
Payload: 26 tonnes (59,500 lb)

VAMTAC ST5.
Peso   entre 3 y 8,5 t
Longitud   4,845 m
Anchura   2,175 m
Altura   1,9 m

De altura sobra 1 m para a torre
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 30, 2018, 04:41:29 pm
Em resumo: os nossos "novos KC-390" podem transportar quantos dos nossos "novos VAMTAC ST5"...? Com ou sem a blindagem (que presumo ser facilmente colocada após o transporte)?

 

Essa questão da blindagem pode depender da função/teatro de operações mas sinceramente o ser retirada é um pouco não problema, porque se precisar dela tem de ir no veículo ou na aeronave que transporta o veiculo e contribui na mesma para a capacidade de carga máxima à descolagem...tão importante como a blindagem será a configuração da torre (caberá em altura?).

sem grande infos e por alto cada KC390 deverá conseguir carregar 3 VAMTAC ST5.

da wiki:

KC390:
Cargo compartment: Length 17.75 m X width 3.45 m X height 2.9 m
Payload: 26 tonnes (59,500 lb)

VAMTAC ST5.
Peso   entre 3 y 8,5 t
Longitud   4,845 m
Anchura   2,175 m
Altura   1,9 m

De altura sobra 1 m para a torre

Com um payload de 26 tons consegue ter um raio de acção de 1400 Kms.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Embraer_KC-390

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Agosto 30, 2018, 05:22:44 pm
Em resumo: os nossos "novos KC-390" podem transportar quantos dos nossos "novos VAMTAC ST5"...? Com ou sem a blindagem (que presumo ser facilmente colocada após o transporte)?

 

Essa questão da blindagem pode depender da função/teatro de operações mas sinceramente o ser retirada é um pouco não problema, porque se precisar dela tem de ir no veículo ou na aeronave que transporta o veiculo e contribui na mesma para a capacidade de carga máxima à descolagem...tão importante como a blindagem será a configuração da torre (caberá em altura?).

sem grande infos e por alto cada KC390 deverá conseguir carregar 3 VAMTAC ST5.

da wiki:

KC390:
Cargo compartment: Length 17.75 m X width 3.45 m X height 2.9 m
Payload: 26 tonnes (59,500 lb)

VAMTAC ST5.
Peso   entre 3 y 8,5 t
Longitud   4,845 m
Anchura   2,175 m
Altura   1,9 m

De altura sobra 1 m para a torre

asalves no Vamtac penso que dependerá da configuração mas fui olhar para o guia do Armada em altura...sem torre apresenta 2,01m..
Além de um peso de combate de 9,5toneladas (com blindagem) ao que acresce 1,5toneladas de payload...seja browning.50, seja lança misseis, seja sistemas de observação,

https://issuu.com/vishmeh/docs/compendium_light_armoured_vehicles_

Por isso essa dos três ST5 de capacidade será ver para crer.
Edit: na publicação refere que a versão base pesa 5,3ton mas tem uma motorização especifica...resta saber qual foi a variante seleccionada...

Continuamos é com um carro "baixo" para a ameaça IED...a blindagem inferior até pode ser excelente mas o habitáculo irá sempre sofrer efeitos da explosão/detonação....

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Agosto 30, 2018, 06:19:49 pm
Em resumo: os nossos "novos KC-390" podem transportar quantos dos nossos "novos VAMTAC ST5"...? Com ou sem a blindagem (que presumo ser facilmente colocada após o transporte)?

 

Essa questão da blindagem pode depender da função/teatro de operações mas sinceramente o ser retirada é um pouco não problema, porque se precisar dela tem de ir no veículo ou na aeronave que transporta o veiculo e contribui na mesma para a capacidade de carga máxima à descolagem...tão importante como a blindagem será a configuração da torre (caberá em altura?).

sem grande infos e por alto cada KC390 deverá conseguir carregar 3 VAMTAC ST5.

da wiki:

KC390:
Cargo compartment: Length 17.75 m X width 3.45 m X height 2.9 m
Payload: 26 tonnes (59,500 lb)

VAMTAC ST5.
Peso   entre 3 y 8,5 t
Longitud   4,845 m
Anchura   2,175 m
Altura   1,9 m

De altura sobra 1 m para a torre

asalves no Vamtac penso que dependerá da configuração mas fui olhar para o guia do Armada em altura...sem torre apresenta 2,01m..
Além de um peso de combate de 9,5toneladas (com blindagem) ao que acresce 1,5toneladas de payload...seja browning.50, seja lança misseis, seja sistemas de observação,

https://issuu.com/vishmeh/docs/compendium_light_armoured_vehicles_

Por isso essa dos três ST5 de capacidade será ver para crer.
Edit: na publicação refere que a versão base pesa 5,3ton mas tem uma motorização especifica...resta saber qual foi a variante seleccionada...

Continuamos é com um carro "baixo" para a ameaça IED...a blindagem inferior até pode ser excelente mas o habitáculo irá sempre sofrer efeitos da explosão/detonação....

Voltamos à velha discussão. Um carro alto é um alvo facíl para os misséis, um carro baixo é um alvo facíl para as minas.

Em que ficamos?

de acordo com a info que indicaste o lmv é mais alto que o vatmac em cerca de 5 cm.
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: jpthiran em Agosto 30, 2018, 06:25:05 pm
é referido que o fundo das VAMTAC é baixo...

e pelo que me parece também é plano. ou seja, não é em V, de modo a deixar passar a força da explosão...

neste caso porque comprámos esta viaturas, seja hoje se procuram produzir veículos com capacidade IED ?...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: LM em Agosto 30, 2018, 06:43:56 pm
é referido que o fundo das VAMTAC é baixo...

e pelo que me parece também é plano. ou seja, não é em V, de modo a deixar passar a força da explosão...

neste caso porque comprámos esta viaturas, seja hoje se procuram produzir veículos com capacidade IED ?...

Informação em outra conversa (http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=3132.msg297587#msg297587 (http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=3132.msg297587#msg297587))sobre o mesmo assunto:

"Protección anti-minas y contra IED, sustentada en los siguientes elementos:

Estructura anti-deformación; chapa inferior con difusor en forma de V y elementos de absorción de la onda expansiva; suelo elevado con manta anti-minas/anti-fragmentación; puertas con difusor anti-deformación; cierres de seguridad; asientos separados del suelo, con reposacabezas especiales, apoya-piés y cinturones de seguridad con 4 ó 5 puntos de sujeción; elementos estructurales unidos mediante juntas especiales y reducción al máximo de juntas por soldaduras; y utilización de chapas plegadas para evitar las soldaduras."
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Agosto 30, 2018, 09:43:36 pm
Em resumo: os nossos "novos KC-390" podem transportar quantos dos nossos "novos VAMTAC ST5"...? Com ou sem a blindagem (que presumo ser facilmente colocada após o transporte)?

 

Essa questão da blindagem pode depender da função/teatro de operações mas sinceramente o ser retirada é um pouco não problema, porque se precisar dela tem de ir no veículo ou na aeronave que transporta o veiculo e contribui na mesma para a capacidade de carga máxima à descolagem...tão importante como a blindagem será a configuração da torre (caberá em altura?).

sem grande infos e por alto cada KC390 deverá conseguir carregar 3 VAMTAC ST5.

da wiki:

KC390:
Cargo compartment: Length 17.75 m X width 3.45 m X height 2.9 m
Payload: 26 tonnes (59,500 lb)

VAMTAC ST5.
Peso   entre 3 y 8,5 t
Longitud   4,845 m
Anchura   2,175 m
Altura   1,9 m

De altura sobra 1 m para a torre

asalves no Vamtac penso que dependerá da configuração mas fui olhar para o guia do Armada em altura...sem torre apresenta 2,01m..
Além de um peso de combate de 9,5toneladas (com blindagem) ao que acresce 1,5toneladas de payload...seja browning.50, seja lança misseis, seja sistemas de observação,

https://issuu.com/vishmeh/docs/compendium_light_armoured_vehicles_

Por isso essa dos três ST5 de capacidade será ver para crer.
Edit: na publicação refere que a versão base pesa 5,3ton mas tem uma motorização especifica...resta saber qual foi a variante seleccionada...

Continuamos é com um carro "baixo" para a ameaça IED...a blindagem inferior até pode ser excelente mas o habitáculo irá sempre sofrer efeitos da explosão/detonação....

Penso que só levará dois Vamtacs de cada vez até para poder carregar um pouco mais de combustivel.
Se o deck do KC tem 12,80 metros como carregas três viaturas com 4,85 metros cada ????

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/9LGooM.jpg) (https://imageshack.com/i/pm9LGooMj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/hjzwb1.jpg) (https://imageshack.com/i/plhjzwb1j)

Os 17,75 metros é com a rampa e não acho que suporta seis ou mais toneladas em pleno voo, uma coisa é uma viatura subir a rampa outra é colocar num voo de duas ou mais horas um peso de várias tons, na dita rampa, quando muito podemos colocar uma palete com uma ou duas tons, como faziamos nos C's nada mais, nem os locks da rampa ficariam em muito bom estado com os solavancos das aterragens !!

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Agosto 31, 2018, 11:28:56 am
Tal e qual tenente, apesar do ST5 ter a capacidade de desmontar a torre e alguma blindagem para ser aerotransportável...penso que um dos requisitos de blindagem era o nível 3 e isso conduz-nos para a versão mais pesada...
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: Barlovento em Setembro 26, 2018, 12:09:38 pm
Vídeo 3D del Vamtac ST-5

https://www.defensa.com/videos/espectacular-video-hecho-3d-sobrelos-modelos-vamtac-st5-bns
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Setembro 26, 2018, 09:35:38 pm
Vídeo 3D del Vamtac ST-5

https://www.defensa.com/videos/espectacular-video-hecho-3d-sobrelos-modelos-vamtac-st5-bns

Que venham os Vamtac ST5 que já vem tarde, e são poucos, se lote fosse aumentado com os porta morteiros, os ACar, os AAA, e alguns, muitos, com RWS, ou seja mais umas 50 viaturas, isso sim !!!!! ;) ;D :G-beer2:

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/YbOy37.jpg) (https://imageshack.com/i/plYbOy37j)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/1NJI7J.jpg) (https://imageshack.com/i/pn1NJI7Jj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/idE8ML.jpg) (https://imageshack.com/i/pmidE8MLj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/vITwqm.jpg) (https://imageshack.com/i/pnvITwqmj)

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: raphael em Outubro 01, 2018, 01:29:21 am
Antes de terem optado pelo ST5 podiam ter escutado a opinião de quem anda com algo melhor no terreno:

https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true (https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true)
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Outubro 01, 2018, 07:04:26 am
Antes de terem optado pelo ST5 podiam ter escutado a opinião de quem anda com algo melhor no terreno:

https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true (https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true)

O problema é só este $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: mafets em Outubro 01, 2018, 10:05:59 am
Porque recordar é viver (aparentemente os polacos arranjaram verba para pagar o transporte, nós enfim)...

https://www.defence24.com/polish-special-forces-received-mrap-vehicles-from-the-united-states (https://www.defence24.com/polish-special-forces-received-mrap-vehicles-from-the-united-states)

Citar
45 mine-resistant MRAP M-ATV vehicles, supplied by the US, were handed-off for the Polish Special Forces in Cracow.

The Polish Special Forces received 45 M-ATV vehicles. The hand-off ceremony took place in Cracow and the US Ambassador in Poland Stephen D. Mull participated in that event.

Delivery of the MRAP vehicles is being carried out within the framework of the Excess Defense Articles programme, the standard way that the U.S. military gives leftover equipment to allies. Earlier Poland had received Oliver Hazard Perry vessels or C-130 Hercules transport planes in that way.

The donation is related to the fact that the Americans have excess of the MRAP vehicles at their disposal, after the Iraqi Freedom and Enduring Freedom operations have come to an end. MRAP vehicles have been donated to other allies, including e.g. Croatia and Iraqi and Kurdish forces fighting against the ISIS terrorists.

MRAP All-Terrain Vehicles are still being used by the US Armed Forces, and are a subject of modernizations, which are needed by the US Army. These vehicles are significantly more mobile than the previous generation of  MRAPs. They may be used as an armament platform, making it possible to utilize e.g. the TOW ATGW’s. Not so long ago, tests have been carried out, with an M-ATV fitted with a remotely controlled gun turret, featuring an M230LF 30 mm cannon, which is quite similar to the weapons used by the Apache helicopters.

(https://www.defence24.com/cache/img/550_800_crop__p0fy8s_1cd2334a18dc5414143beb2bf8d2f07b.jpg)

https://www.npr.org/sections/thetwo-way/2013/06/20/193978665/u-s-army-to-scrap-7-billion-in-equipment-in-afghanistan?t=1538384468237 (https://www.npr.org/sections/thetwo-way/2013/06/20/193978665/u-s-army-to-scrap-7-billion-in-equipment-in-afghanistan?t=1538384468237)
Citar
Part of the reason for destroying the equipment in-country rather than transporting it elsewhere — as the Army did when withdrawing from Iraq — has to do with the fact that the geography of Afghanistan presents unique challenges for retrograde, or removing military equipment from foreign war zones.

"Afghanistan is landlocked, so everything moving in and out must go by air," says U.S. Army spokesman Wayne Hall. "This provides challenges for us to get the equipment out."

Maj. Gen. Kurt J. Stein, head of the 1st Sustainment Command, who is overseeing the drawdown in Afghanistan, told the Post that leaving Afghanistan requires the largest retrograde mission in history.

(https://media.npr.org/assets/img/2013/06/20/mraps_wide-e2f73ca678b6fbf09188616a49e65681c1e8413e-s800-c85.jpg)

Saudações
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: asalves em Outubro 01, 2018, 10:09:37 am
Antes de terem optado pelo ST5 podiam ter escutado a opinião de quem anda com algo melhor no terreno:

https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true (https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true)

O problema é só este $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Abraços

E acho que já não está na categoria de "ligeiro"  ;D ;D
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Outubro 01, 2018, 11:38:02 am
Antes de terem optado pelo ST5 podiam ter escutado a opinião de quem anda com algo melhor no terreno:

https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true (https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true)

O problema é só este $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Abraços

E acho que já não está na categoria de "ligeiro"  ;D ;D

Ligeiro este o MRAP, e só com 14 tons, só se forem os ocupantes.......... ;) a viatura deve pesar por dois Vamtac ST5, no minimo !!
o MRAP não tem nada a ver com o ST5 !!
Se deviamos possuir alguns ??
Eu estou de acordo por exemplo os 22 que operamos no Afeganistão e já era um bom numero para as nossas forças, agora não devemos é comparar ou colocar estas duas viaturas no mesmo plano, como alguns foristas o estão a fazer neste forum !

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/x73sIH.jpg) (https://imageshack.com/i/pmx73sIHj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/kmZkdw.jpg) (https://imageshack.com/i/plkmZkdwj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/vITwqm.jpg) (https://imageshack.com/i/pnvITwqmj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/1NJI7J.jpg) (https://imageshack.com/i/pn1NJI7Jj)

https://en.wikipedia.org/wiki/Oshkosh_M-ATV

Abraços
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Outubro 01, 2018, 01:25:21 pm
Antes de terem optado pelo ST5 podiam ter escutado a opinião de quem anda com algo melhor no terreno:

https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true (https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true)

O problema é só este $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Abraços

E acho que já não está na categoria de "ligeiro"  ;D ;D

Ligeiro este o MRAP, e só com 14 tons, só se forem os ocupantes.......... ;) a viatura deve pesar por dois Vamtac ST5, no minimo !!
o MRAP não tem nada a ver com o ST5 !!
Se deviamos possuir alguns ??
Eu estou de acordo por exemplo os 22 que operamos no Afeganistão e já era um bom numero para as nossas forças, agora não devemos é comparar ou colocar estas duas viaturas no mesmo plano, como alguns foristas o estão a fazer neste forum !

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/x73sIH.jpg) (https://imageshack.com/i/pmx73sIHj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/kmZkdw.jpg) (https://imageshack.com/i/plkmZkdwj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/vITwqm.jpg) (https://imageshack.com/i/pnvITwqmj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/1NJI7J.jpg) (https://imageshack.com/i/pn1NJI7Jj)

https://en.wikipedia.org/wiki/Oshkosh_M-ATV

Abraços
As imagens que aí colocaste são do Oshkosh L-ATV que pesa 6000kg e custa 250 000 dólares! É parece tão melhor que o st5  :-\
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: nelson38899 em Outubro 01, 2018, 05:45:22 pm
Para os Fuzos

https://www.defensa.com/espana/infanteria-marina-exhibe-nuevos-vamtac-st5-carga-general
Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: tenente em Outubro 01, 2018, 06:46:24 pm
Antes de terem optado pelo ST5 podiam ter escutado a opinião de quem anda com algo melhor no terreno:

https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true (https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true)

O problema é só este $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Abraços

E acho que já não está na categoria de "ligeiro"  ;D ;D

Ligeiro este o MRAP, e só com 14 tons, só se forem os ocupantes.......... ;) a viatura deve pesar por dois Vamtac ST5, no minimo !!
o MRAP não tem nada a ver com o ST5 !!
Se deviamos possuir alguns ??
Eu estou de acordo por exemplo os 22 que operamos no Afeganistão e já era um bom numero para as nossas forças, agora não devemos é comparar ou colocar estas duas viaturas no mesmo plano, como alguns foristas o estão a fazer neste forum !

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/x73sIH.jpg) (https://imageshack.com/i/pmx73sIHj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/kmZkdw.jpg) (https://imageshack.com/i/plkmZkdwj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/vITwqm.jpg) (https://imageshack.com/i/pnvITwqmj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/1NJI7J.jpg) (https://imageshack.com/i/pn1NJI7Jj)

https://en.wikipedia.org/wiki/Oshkosh_M-ATV

Abraços
As imagens que aí colocaste são do Oshkosh L-ATV que pesa 6000kg e custa 250 000 dólares! É parece tão melhor que o st5  :-\

Será ?????

https://www.militaryfactory.com/armor/detail.asp?armor_id=320#specs

Esta imagem que aqui posto tem como legenda Oshkosh M-RAP e pelo que vejo é a mesma que postei anteriormente, no link do fabricante o peso em ordem de batalha do MRAP vai de 12 a 14 tons .

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/kmZkdw.jpg) (https://imageshack.com/i/plkmZkdwj)


https://www.janes.com/article/77959/portugal-to-field-us-military-mraps-in-afghanistan

https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true

Cumprimentos

Título: Re: Novo blindado 4x4
Enviado por: diogo13350 em Outubro 01, 2018, 07:34:29 pm
Antes de terem optado pelo ST5 podiam ter escutado a opinião de quem anda com algo melhor no terreno:

https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true (https://www.instagram.com/p/BoW6mtqhw6P/?explore=true)

O problema é só este $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Abraços

E acho que já não está na categoria de "ligeiro"  ;D ;D