ForumDefesa.com

Conflitos => Conflitos do Presente => Tópico iniciado por: HSMW em Fevereiro 20, 2015, 10:56:31 pm

Título: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Fevereiro 20, 2015, 10:56:31 pm
A Administração e Moderação do Forum Defesa decidiram em virtude dos recentes desenvolvimentos neste conflito, reabrir a discussão sobre o tema, visto actualmente não ser uma possibilidade mas sim um conflito aberto.

Na sequência do anterior  :arrow: Tópico (http://http) irá continuar aqui o debate, apelando à sensatez de todos os foristas para que evitem os erros que levaram ao bloqueio do anterior tópico.

Assim sendo, pretende-se que todos estejam à vontade para colocar vídeos, noticias em texto, imagens e opiniões, focadas quer seja em combates, equipamentos, crimes de guerra ou decisões politicas, colocando sempre que possível um resumo do que se passa de importante no video ou link e salientando as partes do texto em português ou inglês que mereçam destaque.

Não serão permitidas quaisquer ofensas pessoais, debates ideológicos, paredes de texto ou imagens ou acontecimentos do passado que para tal deve ser criado tópico próprio.

Para facilitar o trabalho da moderação qualquer mensagem que quebre as regras será simplesmente eliminada sem aviso.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Fevereiro 20, 2015, 10:56:46 pm
(https://politicaldevelopments.files.wordpress.com/2013/12/screen-shot-2013-12-03-at-19-24-26.png)
(http://media10.washingtonpost.com/generic/media/embedder/image/w-RUSI-1200_promo_1.jpg)

Para relembrar como tudo começou.

E a situação actual.
Uma das principais batalhas. Aeroporto de Donestk. Modernizado para o Euro 2012 e completamente arrasado.
:roll:
A partir dos 0:35...
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: RicardoL em Fevereiro 22, 2015, 03:51:22 pm
Ucrânia caiu no conto da UE. Foram prometidos a Kiev mundos e fundos e quando a Rússia apelou todos sumiram. Sanções de nada adiantam. Kiev nunca mais irá recuperar o leste, pois o ódio leste e oeste já foi plantado.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Fevereiro 22, 2015, 04:36:47 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Fevereiro 22, 2015, 04:38:49 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Edu em Fevereiro 22, 2015, 06:16:14 pm
Demasiadamente bem equipados para que podesse ser apenas com material capturado. Algum do material ali talvez nem exista de todo nas forças ucranianas.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Fevereiro 23, 2015, 03:08:52 pm
Citação de: "RicardoL"
Ucrânia caiu no conto da UE. Foram prometidos a Kiev mundos e fundos e quando a Rússia apelou todos sumiram. Sanções de nada adiantam. Kiev nunca mais irá recuperar o leste, pois o ódio leste e oeste já foi plantado.
E acha que foi quem a plantar o ódio leste/oeste? E todo este equipamento vêm de onde?  :twisted:
(https://www.stratfor.com/sites/default/files/main/images/air-defense-ukraine6.jpg)
(http://media.mcclatchydc.com/smedia/2014/07/24/19/47/1pP2k4.AuSt.91.jpeg)
(https://politicalarenadotorg.files.wordpress.com/2014/04/pro-russian-separatists-in-eastern-ukraine.png?w=640)
(http://static1.businessinsider.com/image/546e35d469beddf442dac8f1-480/ukraine-separatists.jpg)
(http://media.arkansasonline.com/img/photos/2014/08/29/Ukraine_Bail_t630.jpg?30004eeab9fb5f824ff65e51d525728c55cf3980)
(https://wp4553-flywheel.netdna-ssl.com/wp-content/uploads/2015/01/MRAP-1.jpg)
Citar
These Russian vehicles are not used by the Ukrainian military, and their presence inside Ukraine would be compelling evidence Russia has sent military

Cumprimentos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Fevereiro 23, 2015, 03:13:44 pm
O ultimo caso foi a discussão de se os carros de combate que apareceram no vídeo do Graham Phillips são T-72B3

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: RicardoL em Fevereiro 25, 2015, 12:03:51 am
Citação de: "mafets"
Citação de: "RicardoL"
Ucrânia caiu no conto da UE. Foram prometidos a Kiev mundos e fundos e quando a Rússia apelou todos sumiram. Sanções de nada adiantam. Kiev nunca mais irá recuperar o leste, pois o ódio leste e oeste já foi plantado.
E acha que foi quem a plantar o ódio leste/oeste? E todo este equipamento vêm de onde?  :twisted:
(https://www.stratfor.com/sites/default/files/main/images/air-defense-ukraine6.jpg)
(http://media.mcclatchydc.com/smedia/2014/07/24/19/47/1pP2k4.AuSt.91.jpeg)
(https://politicalarenadotorg.files.wordpress.com/2014/04/pro-russian-separatists-in-eastern-ukraine.png?w=640)
(http://static1.businessinsider.com/image/546e35d469beddf442dac8f1-480/ukraine-separatists.jpg)
(http://media.arkansasonline.com/img/photos/2014/08/29/Ukraine_Bail_t630.jpg?30004eeab9fb5f824ff65e51d525728c55cf3980)
(https://wp4553-flywheel.netdna-ssl.com/wp-content/uploads/2015/01/MRAP-1.jpg)
Citar
These Russian vehicles are not used by the Ukrainian military, and their presence inside Ukraine would be compelling evidence Russia has sent military

Cumprimentos
Rússia faz o "papel" dela de desestabilização da Ucrânia e Kiev da um super up quando usando sua artilharia míope bombardeando residências, matando quem não tem nada a ver com separatistas. Vi e revi entrevistas com pessoas do leste de TVs independentes como a BBC e jornais como a France Press e todos lá estão com ódio do Poroshenco por bombardear suas casas e matar seus parentes. OTAN como sempre só conversa fiado. Eu estou começando a duvidar que se a OTAN salve os países do baltico se o Putin endoidar de vez e for pra cima deles. Ex-generais ingleses foram claros outro dia que a Gra-Bretania não tem condições de se defender de um ataque de saturação vindo da aviação russa, imaginem o resto da OTAN no ocidente. Ainda bem que a América não aplica a maravilhosa austeridade da Merkel se não Putin ja tinha restaurado a URSS.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Crypter em Fevereiro 25, 2015, 12:18:56 am
Citação de: "RicardoL"
Ainda bem que a América não aplica a maravilhosa austeridade da Merkel se não Putin ja tinha restaurado a URSS.

Mas a grandiosa URSS e a sua poderosa propaganda já não estão novamente restauradas?? Olhe que eu tinha ideia que assim..

até num mero forunzinho aqui do burgo..
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Fevereiro 27, 2015, 10:42:41 am
Citação de: "RicardoL"
Rússia faz o "papel" dela de desestabilização da Ucrânia e Kiev da um super up quando usando sua artilharia míope bombardeando residências, matando quem não tem nada a ver com separatistas. Vi e revi entrevistas com pessoas do leste de TVs independentes como a BBC e jornais como a France Press e todos lá estão com ódio do Poroshenco por bombardear suas casas e matar seus parentes. OTAN como sempre só conversa fiado. Eu estou começando a duvidar que se a OTAN salve os países do baltico se o Putin endoidar de vez e for pra cima deles. Ex-generais ingleses foram claros outro dia que a Gra-Bretania não tem condições de se defender de um ataque de saturação vindo da aviação russa, imaginem o resto da OTAN no ocidente. Ainda bem que a América não aplica a maravilhosa austeridade da Merkel se não Putin ja tinha restaurado a URSS.
Curioso. Vendo as fotografias do conflito também vejo bombardeamentos dos separatistas a áreas civis, matando quem não tem nada a ver. Basta ver os arredores do aeroporto de Donetsk ou mesmo o próprio aeroporto, ou v.exma acha que os Ucranianos se estão a bombardear a eles próprios? Pelos vistos esses civis não merecem a sua complacência...  :wink:
(http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2015/02/26/261EC5A900000578-2970735-image-a-50_1424977661271.jpg)
(http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2015/02/26/261EC66000000578-2970735-image-a-52_1424977666493.jpg)
(http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2015/02/26/261EBACB00000578-2970735-image-a-60_1424977949748.jpg)
(http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2015/02/26/261EB96900000578-2970735-image-a-59_1424977915406.jpg)
Não existe nenhuma questão Báltica (já vi que v.exma não viu a recente parada militar da NATO por lá presumo pois por norma as tvs russófonas evitam estas coisas, mas eu deixo o link  :twisted:
(http://im.ft-static.com/content/images/4a5e770a-61b2-11de-9e03-00144feabdc0.img?width=974&height=503&title=Armed%20Forces&desc=Armed%20Forces)
(http://cdn.static-economist.com/sites/default/files/imagecache/original-size/20140524_EUC027.png)    

Cumprimentos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Fevereiro 27, 2015, 01:12:33 pm
Calma temporária?
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Toni87 em Fevereiro 27, 2015, 03:39:36 pm
Vim para combater o fascismo  :snipersmile: COMUNISTA  :G-bigun: )


http://www.rtp.pt/noticias/index.php?ar ... &visual=61 (http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=808091&tm=7&layout=122&visual=61)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Fevereiro 27, 2015, 03:54:29 pm
Na volta é o tipo da bandeira.  :mrgreen:
(http://www.forte.jor.br/wp-content/uploads/2015/02/Brasileiros-pr%C3%B3-separatistas-na-Ucr%C3%A2nia.jpg)

Saudações
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Fevereiro 27, 2015, 06:07:22 pm
"Vim aqui para ajudar o pessoal da Nova Rússia "  :roll:
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Março 01, 2015, 07:44:17 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Março 03, 2015, 11:35:47 am
http://www.themoscowtimes.com/business/article/russia-complains-about-lithuania-s-arms-supplies-to-ukraine/516744.html
Citar
VILNIUS — Russia said on Friday it had formally complained to Lithuania that the Baltic country's supply of weapons to Ukraine violated its international arms trade commitments.

Lithuania, Latvia and Estonia — part of the Soviet Union for much of the last century — worry that Russia's annexation of Crimea and support for rebels in Ukraine may be a foretaste of it reasserting itself in other former Soviet territories.

"The Russian ministry of foreign affairs has pointed out that such supplies represent a direct violation of Lithuania's legal commitments in the area of export of armaments," the Russian embassy in Lithuania's capital of Vilnius said.

Russia said Lithuania was violating the international Arms Trade Treaty as well as European Union and Organization for Security and Cooperation in Europe agreements.

Lithuanian Foreign Minister Linas Linkevicius said that Lithuania has supplied weapons to Ukraine this year but had not violated any agreements.

"We have supplied help to the Ukrainian army in small quantities and openly, and yet we are reprimanded by the country that continually supplies arms to the conflict in Ukraine, in non-symbolic quantities, and denies doing so," Linkevicius commented on the complaint, sent in a letter from the Russian Foreign Ministry to the Lithuanian Embassy in Moscow.

Lithuania said this week that it plans to restart military conscription to address its growing concerns about Russian assertiveness in the Baltic region.
Os marotos dos Lituanos.  Alguma vez os Russos forneceram armas aos separatistas?  :twisted:
(http://www.themoscowtimes.com/upload/iblock/fd3/5559-40-arms-russia-ukraine-sanctions-xGleb-Garanich-_-Reutersf.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Março 04, 2015, 10:19:29 pm
E tal com à 100 anos atrás, voltamos à guerra de trincheiras.  :?
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Março 06, 2015, 07:10:43 pm
Um período de reorganização para passar à ofensiva?
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Março 06, 2015, 11:37:17 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Março 10, 2015, 12:06:02 pm
Não serão permitidas quaisquer ofensas pessoais, debates ideológicos, paredes de texto ou imagens ou acontecimentos do passado que para tal deve ser criado tópico próprio.

Para facilitar o trabalho da moderação qualquer mensagem que quebre as regras será simplesmente eliminada sem aviso.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Março 10, 2015, 04:17:31 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: cmc em Março 10, 2015, 10:50:48 pm
Apagaram um comentário meu relacionado com este tópico (MH17), posso saber qual o motivo?
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Março 10, 2015, 11:48:07 pm

Trigger discipline 100%
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Luso em Março 10, 2015, 11:58:46 pm
Não sei se sou apenas eu mas parece-me que uma certa propaganda é algo sofisticada. Não sei se já reparam que um agitador trauliteiro, useiro e vezeiro em argumentos de baixo nível e argumento tasqueiro foi substituído por outro bem mais sofisticado, mais doce, mais insidioso e, por isso mais nefasto.

Não estou a falar de si, cmc.

Acho interessantíssimas estas manobras, mais que o próprio conteúdo!

Como sempre, recomendo às pessoas que se informem em diversas fontes e que questionem o que o "mundo" não quer ser questionado. Vão ter surpresas e vão constatar que conseguem prever as manobras antes de ocorrem e identificar os intervenientes.

CMC, não sei se concorda comigo, mas parece-me - suspeito - que o tempo para abrir os olhos das pessoas já acabou.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: cmc em Março 11, 2015, 02:10:14 am
Para quem viveu toda a sua vida na escuridão, até uma nesga de luz pode ser uma tortura insuportável...

Daí que haja sempre quem prefira viver (e morrer) como um bicho de buraco e que tudo faça para tentar tapar o Sol com uma peneira...
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Março 11, 2015, 12:38:51 pm
http://www.theguardian.com/world/2015/mar/11/russia-struggling-ukraine-military-operations-report
Citar
Scale of Russian military intervention in Ukraine revealed, says report
Moscow’s involvement in conflict has been so intense and on such a scale that strain on its military is starting to show, says report
http://www.theguardian.com/world/2015/mar/10/pro-russia-fighters-have-withdrawn-weapons-says-ukraine-president
Citar
Pro-Russia fighters have withdrawn weapons, says Ukraine president
Russian-backed fighters have withdrawn ‘significant amount’ of weaponry from frontline in east of country, says Petro Poroshenko
(http://i.guim.co.uk/media/w-620/h--/q-95/f35da10f8da3dff6b5922c5c09c1adf6a720c030/0_180_3807_2284/1000.jpg)
Quanto ao resto, só "grandes sorrisos" tanto pelo passado e por verificar a postura de determinados foristas em outras alturas comparando com agora, quer relativamente às "substituições" e "aquisições clubisticas", mas sobretudo às mudanças de discurso e do "juízo de valor pessoal", de acordo com as opiniões "favoráveis ou desfavoráveis" a uma dada temática ou usuário. Mas como não ando por aqui agrupado, com qualquer tipo de motivo "encapotado" e muito menos pelos "agradecimentos", continuo a defender, bem ou mal o que eu penso, a mandar às malvas as ideologias (todas  :mrgreen:  :twisted:  :G-beer2:
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Março 11, 2015, 09:42:12 pm
Voluntários brasileiros que combatem com as Forças Armadas da Novorossiya, que compreendem as milícias do Don e de Luhansk - apoiadas por Moscovo.
Segundo o blog "Odio de Clase", a unidade brasileira denominou-se "Ernesto Che Guevara" e pertence ao Batalhão Prizrak


(http://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfa1/v/t1.0-9/10422980_1103435803015869_4278934879104809171_n.jpg?oh=8f508a050262068521a285624a423abd&oe=55768194&__gda__=1434790943_fc7b57e515e6228395e447ef87ace359)


(http://scontent-mad.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/v/t1.0-9/14691_1103435783015871_8138658631422752262_n.jpg?oh=7476843f69b5d7d423bba9efab174719&oe=5575158B)


(http://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfp1/v/t1.0-9/11019576_1103435786349204_6285338900687127349_n.jpg?oh=46a1318187b9bd772ced1d6031663dcd&oe=5583524E&__gda__=1434305054_1acd519d3c27ce0fc151603fb5ec3b06)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Hammerhead em Março 13, 2015, 08:43:50 pm
Ucrânia: Os erros fundamentais



Erro # 1: A União Europeia não deve ter de intervir na política interna de um país soberano, resultado, um decréscimo de 20 anos para a Ucrânia.

Erro # 2: Os EUA e a UE tomaram medidas imorais e anti-democráticas para incentivar e apoiar grupos violentos Ultra e da extrema direita em Maidan.

Erro # 3: Os EUA e a UE sempre foram plenamente conscientes de que a destabilização da nação ucraniana provocaria uma sensação de provocação na Russia.

Erro # 4: Após a instalação de fantoches da UE no poder na Ucrânia, Senhora Merkel e outros líderes denunciam e demonizam a repressão ilegal.

Erro # 5: Os golpistas de extrema-direita Ucranianos com inspirações nazistas foram, então, incorporados no exército para se tornarem as forças armadas mais violentas desde a Segunda Guerra Mundial.

Erro # 6: A fé cega na vinda da democracia ocidental foi o ponto central da aliança destrutiva do EUA / UE.

Erro # 7: Quando a destruição da democracia ucraniana foi feita, o movimento de resistência ao leste foi usado diretamente contra quem estáva no poder em Kiev.

Erro # 8: Nenhuma declaração ou reconhecimento dos direitos das pessoas, ou a derrubada do governo ao poder.

Erro # 9: Enviar um exército racista não escondindo as suas inspirações nazistas para as pessoas de língua russa da Ukrania e categorizado-as como sub pessoas.

Erro # 10: Quando as milícias do exército e extremistas começaram os ataques infames contra casas de civis e as pessoas do leste Ukraniano em Abril de 2014, nenhuma sentença é feita pelos Estados Unidos e pela União Europeia.

Erro # 11: Os EUA e a UE assumiram demasiado depressa que o movimento de resistência no leste poderia ser destruído pela intimidação e extrema violencia como em Maidan.

Erro # 12: Percebendo depois o golpe de estado que o movimento resistente ao leste foi organizado de forma espontânea pelo povo, para o povo, o exército ucraniano decide assassinar civis em massa.

Erro # 13: Os líderes da União Europeia, dos Estados Unidos e a junta de Kiev terem subestimado muito a solidariedade e Esprito do povo russo que vieram para participar individualmente com o povo do Donbass que foi atacado.

Erro # 14: A imprensa ocidental e os medias dos EUA / UE ignoraram os crimes de guerra óbvios cometidos pelo exército ucraniano, empurrando-o para cometer mais fortemente a sua tarefa de purificação étnica

Erro # 15: Os paises Europeus, os Estados-Unidos e Kiev, em vez de ver a verdade e não apaziguar a resistência local, criaram uma cortina de fumo sobre o Donbass e a Rússia de Putin.

Erro # 16: Os EUA e a UE têm obscurecido sistematicamente a evidência clara de terrorismo do Estado Ucraniano e as milícias da extrema direita.

Erro # 17: O regime de Kiev tem minimizado sistematicamente o número de mortos no leste apesar de ter sido um predador hediondo.

Erro # 18: Os EUA, UE, e a ONU sistematicamente fecharam os olhos, mês após mês, entre abril e setembro de 2014, sem insistir / oferecer qualquer cessar-fogo, explicando que este era realmente um problema interno ucraniano .

Erro # 19: Pois assim podemos dizer que, com todos os erros mencionados acima, o Ocidente abandonou totalmente os princípios morais e princípios de intégridade.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Março 13, 2015, 08:50:52 pm
(http://makeameme.org/media/created/clones-clones.jpg)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Crypter em Março 13, 2015, 09:59:49 pm
(http://www.mememaker.net/static/images/memes/3366136.jpg)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Março 14, 2015, 12:26:54 am
Reafirmando mais uma vez que todos tem culpa no cartório pela questão ucraniana, e sem descortinar candidatos ao Nobel da paz, enquanto a haia fazem fila, e com a convicção de este tópico vai dar água pela barba a moderadores e administradores, ( :twisted: ) aqui deixo as últimas:http://www.unian.info/
(http://news.bbcimg.co.uk/media/images/80244000/gif/_80244400_ukraine_rebel_forces_13_01_15.gif)
(http://media2.s-nbcnews.com/i/MSNBC/Components/Video/__NEW/x_lon_ukrcrew_150217.jpg)


Cumprimentos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Março 14, 2015, 07:47:36 pm
Citar

Retired Admiral Igor Kasatonov revealed details of the 2014 Crimean operation and gave insight into his role in the history of the Russian Black Sea Fleet.

Read more: http://sputniknews.com/russia/20150313/ ... z3UOERJwaj (http://sputniknews.com/russia/20150313/1019448901.html#ixzz3UOERJwaj)


— Igor Vladimirovich, how did it happen that the powerful Black Sea Fleet of the USSR was effectively ruined?

The most important goal for our adversaries in 1991 was to ruin the army. The strategic defense belt was indeed ruined, seven military districts, three force groups, and three strategic commands disappeared. For instance, the Turkestan military district amounted to 400 thousand people, the group in Ukraine – more than 700 thousand people, the group in the Baltic – more than 350 thousand people.
The Soviet Army during the period of 1991 was 3.5 million strong. A 2 million group disappeared. The south-west direction became wide open. All force groups that remained on the territory of the new states transferred to these republics. This way the Black Sea Fleet ended up in the independent Ukraine. The Russian government exhibited unreasonable generosity and political shortsightedness back then. All of this could have ended tragically for the fleet, if not for the consciousness of the Black Sea Fleet sailors, their discontent, and the will of the commander, and the fact that the sailors didn't accept a new pledge of allegiance. This was a form of protest, even a mutiny, if you'd like. And not so much against Ukraine, but rather against Russia.

— You became the commander of the Black Sea Fleet at exactly that time?

Yes, in eight months we managed to turn the situation around, the leaders sat down to the table, the negotiations started. However we were surprised by the fact that Russia, despite being effectively a creditor of the Ukraine, was acting as an intercessor of sorts. Even though we could and should have been more stringent. Because after the 3rd of August of 1992 the negotiating process led to catastrophic consequences: the Black Sea Fleet had to leave from everywhere except Crimea – from Nikolayev, Kherson, Odessa. Only Sevastopol, Feodossia, and the Gvardeyskoye airport near Simferopol were left. These were huge mistakes. Up to 25 percent of the Ukrainian population lived in these focal points, 10 million people. That is, they were within Russia's informational sphere of influence.

— When you were the commander, what was the size of the group?

An unprecedented reduction of the Crimean group started. I, being a commander, had a group of 70 thousand service-members and 80 thousand employees (civilian). Until the 16th of March 2014 the fleet size was 12 thousand people instead of the 25 thousand by the agreement with Ukraine about the partition of the fleet. Naturally, the operational zone and the responsibility zone — all of that was minimized.

— Nevertheless, the fleet stayed in Crimea. And it was exactly this circumstance that significantly helped to increase the army group in 2014?

The fact that the Black Sea Fleet was there and stayed there became the foundation for the actions that followed after the 23rd of February of the last year. One may say that the Black Sea Fleet laid the foundation, the officers knew what is going on around them, where the Ukrainian units are located, the scenarios of the events were rehearsed on the maps. That is, the Black Sea Fleet accomplished its tasks — "the polite people" were brought it, the Crimean Supreme Council was captured between February 27 and 28.

— And in the end, "the polite people" — who are they?

"The polite people" are the army spetsnaz.

— Can you lift the secrecy veil and tell us about the operation for blocking the Ukrainian units?

I can cite the Col. General Volkov – "a brilliant concentration of the means and special forces in Crimea was performed with the use of camouflaging measures, which were unexpected for the Ukrainians, also there was a wide variety of measures on the advance misinformation of the enemy".
The NATO intelligence missed everything it could and couldn't in Crimea. The reasons have to do with strict radio silence regime during the period of concentrating the group and also with skilled use of the Sevastopol base, the means of military transport, which deployed the armed forces into Crimea.

— Where were the ships coming from?

They were coming from Novorossiysk; the forces were also deployed by air. Everything could be expected. Crimea was saturated with the Ukrainian military. They didn't go anywhere — just surrendered. Some of them still had weapons, but without ammunition, because this was the first thing that "the polite people" took away from them.

— Didn't Ukrainians know something?

Of course they knew something. I was told that the Ukrainians received information that three helicopters were supposed to land in Kacha in February, but six of them actually landed. The landing of one Il-76 was ordered in Gvardeysky, but three landed, 500 people. These were diversionary units, spotters, guides, who acted together with the fleet group. Naturally, the marines also received combat orders.

— Is there any danger in Crimea now?

We are somewhat concerned by the north-west of Crimea, there is nobody there, the land is uninhabited. Now, however, we placed an observation post there. This is a dangerous zone. The Ukrainian group on the opposite shore, in the area of Ochakov is getting reinforcements. On high-speed cutters it is possible to pass this distance between the two shores in 45 minutes.

— And are there S-300 in Crimea?

The Ukrainian S-300 are obsolete complexes, they were all put out of order. The newest Russian anti-aircraft systems of S-300 type are currently deployed. With our crews. The Ukrainian junk remained in Belbek. We were ready to pass it to them, just like the ships, but when the military action in the south-east of Ukraine started, we completely suspended the process of returning materiel.

— But are we going to return it?

We will return it, but not tomorrow, not the day after, and not in a week, Until the nature of Kiev's behavior changes, we won't do it. The problem is not just in the ships, but in the huge mass of obsolete weapons, Soviet weapons.

— Will the Black Sea Fleet ships continue to be based in Novorossiysk?

Submarines will be based there, there will be the guarding system and defense system, the coastal guard brigade, some land units, the rear system.

— And in Balaklava?

There will be nothing in Balaklava.

— The "Mistral" is planned to be deployed in Sevastopol?

Of course, the question of deploying the "Mistral" type ship in Sevastopol was considered. We were preparing for this. The first ship should've gone to Vladivostok, the second ship — to Sevastopol. We were preparing in both places. It has a high draught. For example, we reinforced the pier and deepened the bottom in the Kurinaya bay.

— Can we build this kind of helicopter carrier, like "Mistral"?

Such ships in such time frames we cannot build at the moment. All of this is gone. A miser pays twice, and the inept pay three times. Who needs a ship that is built in 6-7 years. We can't even deploy the cruiser "Admiral Gorshkov" until now, and it was laid down in 2006, i.e., nine years ago. The cruiser "Admiral Kasatonov" was deployed in 60 months, that is in five years. During Soviet times the ships of such displacements, e.g., project 61 in Nikolayev, were ready in 12-14 months.

...

Colonel Cassad's comment: "PS. I can add that the role of the fleet was indeed very high. During those days one just couldn't miss the major activity of the Large Landing Craft, which cruised between Sevastopol and Novorossiysk, providing the covert deployment of special force units that accomplished the crucial stages of the operation. During those times we received information from the locals that the LLC arrived during evenings, fully loaded with people and vehicles (I personally learned about the military concentration in Novorossiysk on February 24-25), unloaded at night, and later departed for another tour".
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Março 16, 2015, 11:53:39 am
Citar
Documentary Project "Novorossiya: Weapons of victory

Treino das forças pró-russas. Dois CC com duas secções de infantaria a avançar sobre fogo contra uma posição IN.
A parte da simulação do fogo inimigo é interessante...  :twisted:
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Março 16, 2015, 07:27:36 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Hammerhead em Março 17, 2015, 12:55:49 pm
"Nota da moderação - Fica feito o primeiro aviso: a colocação de paredes de imagens sem qualquer ligação com o tema em causa poderá levar a eliminação de posts sem aviso prévio!"

Entao so espero que vale para todos...
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Março 18, 2015, 04:32:58 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Março 20, 2015, 01:00:20 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: papatango em Março 21, 2015, 06:31:46 pm
Citação de: "Lusitano89"


E eu que tinha pensado que o ataque com um míssil não era uma teoria, mas apenas um facto que a lógica, as circunstâncias, as condições e a intoxicação jornalistica russa, já tinham comprovado.

O ridiculo, é que a explicação mais simples nem sequer culpa diretamente os fascistas russos, porque o mais provavel é que um qualquer russo bêbado (e a bebedeira é generalizada entre os russos, embora também entre os ucranianos, há que dize-lo) tenha disparado o míssil.

Já aqui se discutiu até à exaustão, o que acontece quando se dispara um míssil do sistema BUK em modo local, ou seja, sem o radar principal, que permite identificar um avião comercial e avisar o operador.
Quando o míssil é lançado apenas com o radar do lançador, não tem forma de perceber se o que lá está em cima é um avião comercial ou militar.

O problema, é que a desinformação, os loucos conspirativos e as teorias conspirativas são tão eficientes, que conseguem literalmente submergir a lógica com torrentes de argumentos de treta, a que só ligam os conspiranoicos.



Que foram os russos a abater o avião da Malaysia Airlines, não há dúvida. A única dúvida é se o russo estava bêbado, ou então recebeu ordem de cima para matar aquela gente.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Março 22, 2015, 11:22:34 am
http://www.ausairpower.net/APA-Engagement-Fire-Control.html
Citar
The 9S35 Fire Dome provides a limited search and acquisition capability, a tracking capability and CW illumination for terminal guidance of the semi-active homing SAM seekers. It incorporates an IFF interrogator, optical tracker, datalink, and is powered by the TELAR's gas turbine generator. A shared antenna is employed for two X-band transmit/receive channels. These respectively provide a pulsed mode for search and track functions, with linear chirp for compression, and a CW mode for illumination. Monopulse angle tracking is employed for jam resistance. For target tracking the antenna and feed system provide a mainlobe with 2.5° width in azimuth and 1.3° in elevation. For CW illumination the antenna and feed system provide a mainlobe with 1.4° width in azimuth and 2.65° in elevation.

Operating autonomously, the 9S35 will take 4 seconds to sweep a 120° sector, with an elevation of 6° to 7°. When cued to acquire and track, with will take 2 seconds to sweep a 10° x 7° az/elev solid angle. Average power output in pulsed tracking modes varies between 0.5 and 1 kiloWatt, with CW illumination at 2 kiloWatts. The search and monopulse angle tracking receivers are both rated at a Noise Figure of NF=10 dB. The range error is cited at 175 metres, the angular error at less than 1°. The radar can switch from standby mode to combat operation in twenty seconds.
(http://www.ausairpower.net/PVO-SV/NIIP-9S36-PESA-Buk-M2-1S.jpg)
(http://www.ausairpower.net/PVO-SV/9A317-Stations-TELAR-MiroslavGyurosi-1S.jpg)
Basta ler as especificações e o modo de funcionamento do radar 9s35 de controle de fogo usado no lançador 9A317 TELAR, para perceber que não era preciso um russo bêbado ou com ordem expressa para abater o MH17, para acontecer uma tragédia. Bastava só usar o veículo autónomo sem ligação ao restante sistema. :roll:

Saudações
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Edu em Março 22, 2015, 02:00:39 pm
Para mim sempre foi óbvio desde o primeiro momento que se tratou de um engano. E não é preciso estar a chamar bebado a ninguém. Nos primeiros momento após o abate os separatistas pró-russos festejaram o abate de mais um avião de transporte da força aérea ucraniana, esse mesmo anuncio foi publicado na RT. Foi depois rapidamente apagado quando se descobriu que afinal era um avião comercial.

A culpa está obviamente do lado que quem usa um sistema sem qualificações ou preparação para o usar e de obviamente de quem o fornesce.

Torna-se obvio que Moscovo apenas fornesceu o sistema lançador, sem radar, para levantar menos suspeitas perante a comunidade internacional. O sistema completa deixaria ainda menos dúvidas de que tinha sido dado pela Rússia.

O resultado foi o inevitável, uma arma potente, e com muito alcançe, mas sem maneira correcta de apontar só pode dar em danos colaterais.  

Poderia também no entanto ter havido algum cuidado por parte do controlo aéreo ucraniano por forma a evitar voos sobre uma zona de guerra.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Crypter em Março 23, 2015, 12:21:03 pm
Ups..  :N-icon-Axe:

Citar
Este foi o míssil que matou 298 inocentes a bordo do voo MH-17
(http://www.forte.jor.br/wp-content/uploads/2015/03/ZRK_KUB_2007_G1.jpg)
Investigadores do Escritório do Procurador Nacional da Holanda completaram a primeira fase do trabalho que tinha como objetivo apurar as causas da explosão, a 17 de julho de 2014, do jato Boeing 777 da Malaysian Airlines que cumpria o voo MH-17, com destino a Kuala Lampur, e foi destroçado no ar quando se encontrava no espaço aéreo da Ucrânia.

Entre tripulantes e passageiros morreram 298 pessoas, a maior parte delas cidadãos de nacionalidade holandesa.

A apuração concluiu que, conforme se suspeitava desde a época da tragédia, a aeronave foi destruída pela explosão de um míssil do sistema antiaéreo autopropulsado de médio alcance Buk-M1-2, pertencente ao Exército russo – e, mais importante, que essa arma, por sua complexidade técnica, só poderia ter sido operada por militares russos.

A força terrestre da Rússia possui mais de uma centena de sistemas Buk. Eles operam a partir de uma viatura blindada 9k38, de tração 6×6. A bateria antiaérea que se encontrava no lado oriental do território ucraniano, reforçava a defesa dos rebeldes separatistas pró-Rússia que controlam a região.

Alcance - O Buk foi projetado e desenvolvido na década de 1970, com a missão de substituir o míssil Vympel 2K12 Kub, designado SA-16 pela Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), nos anos de 1960.

A versão M1-2 do Buk – que os especialistas ocidentais da Aliança Atlântica redesignaram SA-17 Grizzly – incorporou um míssil 9M317, de 40 cm de diâmetro, capaz de cortar o espaço impulsionado por propelente sólido, à velocidade de 1.230 metros por segundo. Orientando-se por radar semi-ativo, esse vetor mostrou-se apto a alcançar alvos a distâncias de até 45.000 metros.

A reputação do sistema russo cruzou fronteiras. No segundo semestre de 2012, um grupo de sete militares venezuelanos viajou à cidade de Ulyanovsk, na região central da Rússia, para ser treinado na operação de um sistema Buk M2E (nomenclatura do equipamento destinado à exportação).

A arma russa chegou ao território venezuelano no primeiro trimestre de 2013, montada sobre uma viatura MZKT-69221 – de maior porte e mobilidade que a usada pelo governo de Moscou em apoio aos separatistas ucranianos.

Evidências – Reunidos em uma base aérea holandesa, investigadores, especialistas em acidentes aeronáuticos e militares qualificados em defesa antiaérea que trabalharam na primeira fase de diligências, examinaram mais de um milhão de evidências – destroços do avião, fotografias e videos, bem como testemunhos orais e escritos, acerca da tragédia com o Boeing malaio.

De acordo com o apurado, a bateria antiaérea empregada para derrubar a aeronave havia sido levada para território ucraniano pouco antes de ser usada.

Na segunda fase dos trabalhos, o Escritório do Procurador holandês pretende identificar os responsáveis pela derrubada da aeronave, fato que teria acontecido devido a uma análise tragicamente equivocada acerca do tipo de alvo que sobrevoava a fronteira da Ucrânia com a Rússia no dia 17 de julho do ano passado.

Essas diligências vão querer respostas para as seguintes perguntas:

A) Que pessoas operavam a bateria antiaérea responsável pela ação contra o voo MH-17 ?;

B) Quem, no território ucraniano, detectou o tráfego do Boeing malaio e concluiu (erradamente) que se tratava de um avião militar ucraniano, ordenando, em consequência disso, o disparo do míssil?

C) Quais autoridades do Exército russo aprovaram e ordenaram o envio da bateria antiaérea para a Ucrânia?

D) Quem, no governo de Moscou, respaldou, aquela época, a intervenção do Exército no conflito interno da Ucrânia?

Há muitas perguntas que ainda estão sem resposta. Entre elas: como era feita a localização e identificação dos alvos aéreos dos separatistas ucranianos? Os investigadores ocidentais acreditam que, sozinhos, os rebeldes pró-Rússia não teriam qualificação técnica para monitorar o tráfego em altitudes elevadas.

De qualquer forma, as conclusões da primeira fase da investigação – cujo destino final é a apresentação perante a Corte Internacional de Haia – claramente envolvem o governo do presidente Vladimir Putin na morte das 298 pessoas que viajavam no voo MH-17.

http://www.forte.jor.br/2015/03/22/este ... voo-mh-17/ (http://www.forte.jor.br/2015/03/22/este-foi-o-missil-que-matou-298-inocentes-a-bordo-do-voo-mh-17/)
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: PereiraMarques em Março 23, 2015, 04:57:21 pm
É pena é a foto ser de um SA6 "Gainful" (http://http)  :roll:
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Março 26, 2015, 04:56:32 pm
The Obama administration has sent to Ukraine a first batch of Humvees. They have been received by president Poroshenko. It is foreseen that some 230 Humvees will be received by Ukraine as a part of a program of non-lethal equipment.

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Março 28, 2015, 01:54:55 pm
O destino do material capturado.  :G-beer2:
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Abril 04, 2015, 10:26:50 am
http://www.imprensafalsa.com/russia-abandona-ucrania-depois-de-demonstracao-de-forca-de-portugal-com-exercicio-em-pedreira/
Citar
Depois de uma demonstração de força de Portugal com um exercício numa pedreira em Sesimbra, que deixou o mundo em sobressalto, a Rússia começou a abandonar a Ucrânia.

«Também não era preciso isto, nós estávamos só em turismo», afirmou esta manhã o presidente russo, depois de anunciar a retirada imediata das tropas.

Entretanto, com este exercício, Portugal passa a ser membro permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas e os EUA já quiseram saber o que é que usámos e se temos mais disto.
(http://www.imprensafalsa.com/wp-content/uploads/2015/04/828103.jpg)
 :mrgreen:  :mrgreen:  :twisted:

Cumprimentos  :G-beer2:
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Abril 13, 2015, 10:19:13 pm
Stars and Stripes, US Army newspaper: US paratroopers arrive in Western Ukraine

The first troops of the 173rd Airborne Brigade have arrived to Yakoriv, in Western Ukraine, for operation Fearless Guardian, a six-month effort to train newly established Ukraine's National Guard.

http://www.stripes.com/news/europe/us-p ... n-1.339858 (http://www.stripes.com/news/europe/us-paratroops-convoy-to-western-ukraine-for-training-mission-1.339858)


(http://www.stripes.com/polopoly_fs/1.339859.1428928562!/image/image.jpg_gen/derivatives/landscape_804/image.jpg)

Paratroops of the 173rd Aiborne Brigade Support Battalion pull over at a highway rest stop April 7, 2015, near Trento, Italy, in their way to Ukraine

(http://russia-insider.com/sites/insider/files/size0_2.jpg)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Abril 15, 2015, 04:47:58 pm
Canada sending 200 trainers for Ukraine military

(http://thecanadianpress-a.akamaihd.net/graphics/2015/static/cp-cda-ukraine-training.jpg)

http://www.cbc.ca/news/ukraine-crisis-c ... -1.3031806 (http://www.cbc.ca/news/ukraine-crisis-canada-sending-200-trainers-for-ukraine-.military-1.3031806)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Abril 15, 2015, 09:03:49 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Abril 26, 2015, 02:41:15 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Abril 29, 2015, 12:44:09 pm
Até estranhei não ter acontecido mais cedo.

Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: Lusitano89 em Abril 30, 2015, 10:48:41 pm
Fim das buscas ao MH17


nvestigadores internacionais e holandeses concluíram hoje a recolha de restos humanos e de destroços no local onde caiu o avião Boeing 777 da Malaysia Airlines, abatido por um míssil no leste da Ucrânia em 17 de Julho de 2014.  


A queda do voo MH17, entre Amesterdão e Kuala Lumpur, quando sobrevoava uma região rebelde do leste da Ucrânia provocou a morte de todos os 298 passageiros e tripulantes, na maioria holandeses.

"Fizemos o humanamente possível" no processo de recuperação, disse numa conferência de imprensa em Haia o chefe da missão, Pieter-Jaap Aalbersberg.  

No sábado deve chegar à Holanda um último voo com sete caixões que transportam restos humanos.

"Muitas" partes de corpos foram recuperadas nas duas últimas semanas durante buscas perto de Petropavlivka, cerca de dez quilómetros a oeste de Grabove, onde se concentravam a maioria dos destroços do aparelho, precisou Aalbersberg.

Foram ainda recuperados "muitos objectos pessoais como relógios, passaportes... e outros documentos de grande valor para as famílias das vítimas", acrescentou.

No entanto, não excluiu que possam ser encontrados novos despojos "nos próximos dias".

Kiev e o ocidente acusam os separatistas pró-russos de terem disparado um míssil terra-ar BUK, fornecido por Moscovo. A Rússia negou as acusações a atribuiu a responsabilidade a Kiev.

A Holanda foi encarregada de liderar a investigação sobre as causas do acidente e a identificação das vítimas. O relatório final sobre as causas do desastre deverá estar concluído em Outubro.

Lusa
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Maio 09, 2015, 10:43:03 pm

Depois de ver o vídeo ainda estou para perceber como é que essa gente ainda está viva.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Maio 10, 2015, 01:16:05 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 10, 2015, 06:06:41 pm
Putin e Merkel debatem em Moscovo sem acordo a situação na Ucrânia e na Crimeia

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Maio 11, 2015, 02:42:20 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Maio 11, 2015, 10:57:59 pm
NATO diz que Rússia e separatistas ucranianos aumentaram capacidades militares


Os separatistas ucranianos e a Rússia aumentaram as suas capacidades militares no leste da Ucrânia permitindo-lhes "lançar novos ataques" a curto prazo, considerou hoje o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

"Observamos nas últimas semanas e meses um apoio contínuo da Rússia aos separatistas com armas pesadas, artilharia, sistemas sofisticados de defesa antiaérea e de treino", assinalou Stoltenberg.

"Têm a capacidade para lançar novos ataques a muito curto prazo", acrescentou durante uma conferência de imprensa. "É certo que ninguém pode dizer quais são as suas intenções", precisou. Mas "é com grande inquietação que observamos este aumento sistemático".

"Em simultâneo, registou-se um reforço russo ao longo da fronteira com a Rússia e a Ucrânia e no leste da Ucrânia, com o fluxo regular de equipamentos, de veículos, de artilharia, de munições", prosseguiu Stoltenberg.

"Apelamos à Rússia para retirar o seu apoio aos separatistas, numa violação dos acordos de Minsk", assinados em fevereiro, e a "usar a sua influência sobre os separatistas para que respeitem os acordos de Minsk", disse ainda o secretário-geral da Aliança.

Na semana passada, o secretário da Defesa norte-americano, Ashton Carter, afirmou que os separatistas que ocupam as regiões de Donetsk e Lugansk "se preparam para outra sequência de ações militares contrárias aos acordos de Minsk".

Apesar de um cessar-fogo decretado em fevereiro, têm ocorrido combates esporádicos no leste da Ucrânia, onde o conflito armado provocou mais de 6.200 mortos desde abril de 2014. Segundo observadores no terreno, as trocas de tiros intensificaram-se desde há duas semanas.

Lusa
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Maio 12, 2015, 04:04:00 pm
Rússia gastou 896 Milhões de €€ em apoio aos rebeldes na Ucrânia, 220 soldados mortos



Moscovo gastou mais de mil milhões de dólares (cerca de 896 milhões de euros) em apoio aos rebeldes separatistas no leste da Ucrânia e pelo menos 220 soldados russos foram mortos na região, de acordo com relatório de activistas da oposição russa hoje divulgado.

O relatório era o último projecto de Boris Nemtsov, figura de oposição e crítico do Kremlim assassinado este ano, que usou informações de fontes abertas e entrevistas com famílias para contradizer o argumento de Moscovo de que não existem tropas russas a servir no confronto na Ucrânia.

Nemtsov foi morto a tiro em Moscovo em Fevereiro e membros do seu partido, o liberal RPR-Parnas, e diversos jornalistas da oposição ajudaram a concluir o relatório de 65 páginas. Um porta-voz do Kremlin recusou-se a comentar o assunto.

«A guerra com a Ucrânia é uma guerra não declarada, uma guerra cínica, que representa um crime contra toda a nação russa. Putin irá entrar para a história como o presidente que tornou russos e ucranianos inimigos», disse Ilya Yashin, ajudante de Nemtsov no relatório, durante uma conferência de imprensa.

O Ocidente acusa a Rússia de fornecer armas e tropas aos separatistas que lutam contra forças do governo ucraniano, bem como treinos e informações de inteligência. Foram impostas sanções contra Moscovo devido ao conflito, que já matou mais de 6.100 pessoas.
 
Diário Digital
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Maio 15, 2015, 11:30:28 pm
John McCain declina convite para conselheiro de Porochenko


O senador norte-americano John McCain declinou hoje um convite do Presidente ucraniano para integrar o grupo de conselheiros estrangeiros que deverá contribuir para a aplicação das reformas no país, evocando incompatibilidade de funções.

As autoridades pró-ocidentais da Ucrânia estão a reunir um grupo de conselheiros estrangeiros que deverá contribuir para a aplicação das reformas no país e garantir um apoio internacional ao país, devastado por mais de um ano de conflito no leste separatista.

Num comunicado publicado esta semana e hoje divulgado, o Presidente ucraniano, Petro Porochenko, nomeou os membros do conselho consultivo internacional encarregue de supervisionar as reformas na Ucrânia, palco de um conflito armado.

McCain, um senador republicano do Arizona, foi nomeado membro do conselho, juntamente com o ex-primeiro-ministro sueco Carl Bildt, conhecido pelas suas críticas veementes ao Presidente russo, Vladimir Putin, e o antigo líder pró-ocidental da Geórgia, Mikhail Saakachvili.

Ao reagir a este anúncio McCain disse-se honrado, acrescentando, no entanto, que deveria verificar se o seu estatuto de senador norte-americano lhe permite integrar este conselho.

Agora, o senador anunciou em comunicado que terá de declinar o convite devido a algumas disposições da Constituição americana relativas à interação entre membros do Congresso e governos estrangeiros.

«Vou continuar a fazer tudo o que estiver ao meu alcance para pôr fim à agressão contínua de Vladimir Putin» e apoiar «os ucranianos no sentido da reforma», disse o senador.

O exército ucraniano combate desde há um ano os separatistas pró-russos no leste do país, um conflito que fez mais de 6.200 mortos.

Uma trégua, que permanece frágil, foi concluída em fevereiro passado através da mediação franco-alemã, na presença do Presidente russo, Vladimir Putin.


Lusa
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Maio 16, 2015, 11:15:06 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Hammerhead em Maio 24, 2015, 12:00:02 pm
Os assassinatos dos pro-Russos na Ukrania continuam...

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 28, 2015, 09:43:13 pm

Putin has signed today a decree which forbids the publication of the deaths of Russian troops in "special missions". Yesterday, the Atlantic Council condemned the massing of new Russian forces in the Ukrainian border.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Maio 29, 2015, 09:38:09 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Maio 31, 2015, 08:05:53 pm
Antigo presidente da Geórgia nomeado governador de Odessa na Ucrânia


O surpreendente anúncio da nomeação de Saakashvili está a ser interpretado como um sinal de Kiev a Moscovo de que a Ucrânia mantêm intenções "pró-ocidentais". O presidente ucraniano Petro Poroshenko nomeou este sábado para o cargo de governador de Odessa o líder pró-ocidental da Geórgia, Mikheil Saakashvili, "que lutou contra a Rússia".

Poroshenko fez as declarações em Odessa, junto ao Mar Negro, perante as câmaras de televisão, ao lado de Saakashvili tendo sublinhado que o antigo presidente da Geórgia "é um grande amigo da Ucrânia.

"Continuam a registar-se muitos problemas em Odessa, nomeadamente na preservação da soberania, integridade territorial, independência e paz", acrescentou Poroshenko. O surpreendente anúncio da nomeação de Saakashvili como responsável governamental da região costeira ucraniana está a ser interpretado como um sinal de Kiev a Moscovo de que a Ucrânia mantêm intenções "pró-ocidentais", apesar da guerra que decorre na zona de fronteira com a Rússia.

"O nosso objetivo é deixarmos ficar para trás conflitos artificiais, que foram artificialmente impostos a esta admirável sociedade", afirmou Saakashvili após ter sido nomeado, em Odessa. "Em conjunto com o presidente e a minha equipa vamos construir uma nova Ucrânia", acrescentou.

Durante o período em que esteve à frente dos destinos da Geórgia, a partir de 2003, o reformista Saakashvili, 47 anos, tornou-se num obstáculo à liderança russa, retirando a antiga república soviética da órbita de Moscovo aproximando-a do ocidente. O colapso das relações acentuou-se em 2008, altura em que a Rússia derrotou a Geórgia durante uma guerra que se prolongou durante cindo dias na região da Ossétia do Sul.

Saakashvili, um poliglota que fala cinco línguas, incluindo ucraniano, já desempenhava funções como conselheiro de Poroshenko tendo obtido a cidadania ucraniana.
Mikheil Saakashvili, que deixou o poder em 2013, depois de conflitos políticos internos provocados pelas reformas e num ambiente de corrupção é uma figura que divide opiniões entre os georgianos. No último ano tem vivido no exílio, depois de as autoridades da Geórgia terem emitido um mandato de captura por abuso de poder, um processo que Saakashvili considera ter motivações políticas.

Depois da morte de cerca de 50 pessoas, manifestantes pró-russos, em maio do ano passado, a região de Odessa, onde se fala russo, ficou sob o poder de Kiev e afastada da guerra que já fez 6.300 mortos.

Nos últimos tempos, uma série de atentados em Odessa contra interesses pró-ucranianos aumentou os receios de que Moscovo pode estar a tentar provocar instabilidade na maior zona portuária do país, situada a apenas 200 quilómetros da Península da Crimeia anexada pela Rússia em 2014.


Lusa
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 31, 2015, 10:27:25 pm

Rússia reconheceu hoje que a lista negra con 89 personalidades da UE é una represália pelas sancões comunitárias pelo conflito na Ucránia.

http://www.observador.pt/2015/05/31/rus ... oes-da-ue/ (http://www.observador.pt/2015/05/31/russia-reconhece-que-lista-negra-e-represalia-pelas-sancoes-da-ue/)
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: Lusitano89 em Junho 02, 2015, 09:58:53 pm
Voo MH17 foi abatido por míssil da era soviética, diz fabricante russo


Um fabricante estatal russo de mísseis afirmou hoje que o voo MH17 da Malaysia Airlines que caiu no leste da Ucrânia em 2014 foi provavelmente abatido pelo sistema de mísseis BUK, um equipamento produzido na era soviética.

Os 298 passageiros e elementos da tripulação do Boeing 777 da Malaysia Airlines, dos quais dois terços eram holandeses, morreram a 17 de julho do ano passado, quando o aparelho foi abatido ao sobrevoar aquela região ucraniana, controlada pelos separatistas pró-russos.

"A primeira fase da nossa investigação mostrou que o tipo de sistema de mísseis usado foi o BUK-M1", referiu um representante do fabricante estatal de mísseis Almaz-Antey, Mikhail Malyshevsky, numa conferência de imprensa, citada pelas agências noticiosas russas. Representantes da empresa estatal afirmaram que os mísseis BUK-M1 não são produzidos na Rússia desde 1999, acrescentando que este equipamento da era soviética consta no arsenal das forças armadas da Ucrânia.

A Almaz-Antey declarou ainda que o míssil terá sido provavelmente disparado perto da aldeia de Zaroshchenske, a sul da rota de voo do avião de passageiros da Malaysia Airlines, que fazia a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur.

A Ucrânia e os aliados ocidentais acusaram os rebeldes pró-russos de terem abatido o avião com um míssil BUK fornecido por Moscovo. O ministro da Defesa russo negou qualquer envolvimento no acidente e atribuiu responsabilidades ao sistema de mísseis ucraniano ou a outro aparelho. Investigadores internacionais e holandeses recolheram restos humanos e destroços do aparelho no local da queda e devem divulgar um relatório final sobre as causas do acidente em meados de outubro deste ano.

O site britânico de jornalismo de investigação independente Bellingcat divulgou no domingo um relatório que denunciou que o Ministério da Defesa russo terá manipulado as imagens de satélite relacionadas com a queda do voo MH17 com o objetivo de incriminar as autoridades ucranianas.


Lusa
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: Luso em Junho 04, 2015, 04:55:57 pm
Citação de: "Lusitano89"
O site britânico de jornalismo de investigação independente Bellingcat divulgou no domingo um relatório que denunciou que o Ministério da Defesa russo terá manipulado as imagens de satélite relacionadas com a queda do voo MH17 com o objetivo de incriminar as autoridades ucranianas.Lusa

An analysis of the analysis
ou "debunking the debunkers"...

http://life.lanzone.eu/?p=30 (http://life.lanzone.eu/?p=30)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Junho 04, 2015, 09:03:32 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Junho 09, 2015, 12:00:48 pm
Mais de 100 militares e 50 civis mortos durante cessar-fogo


Mais de 100 militares e meia centena de civis morreram desde a entrada em vigor, em meados de fevereiro passado, do cessar-fogo no leste da Ucrânia, afirmou hoje o ministro da Defesa ucraniano, Stepan Poltorak.

"Desde a entrada em vigor do cessar-fogo, a 12 de fevereiro, as milícias violaram [o acordo] mais de quatro mil vezes. Como resultado, morreram mais de 100 efetivos das forças armadas ucranianas e mais de 50 civis", disse Poltorak durante a sessão interparlamentar Ucrânia-NATO, que está a decorrer em Kiev.

O ministro acrescentou que a situação piorou entre o passado mês de maio e os primeiros dias de junho, durante os quais as posições das forças governamentais foram atacadas mais de duas mil vezes.

O ministro da Defesa afirmou que as tropas regulares enfrentam, no leste da Ucrânia, mais de 42.500 combatentes, incluindo "tropas russas e milícias armadas".

Os separatistas pró-russos têm pelo menos 556 tanques "quantidade suficiente para um Estado europeu de média dimensão", acrescentou Poltorak.

Na passada semana, o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, denunciou que "no território ucraniano se encontram 14 batalhões táticos russos, que integram mais de nove mil militares".

Os confrontos entre as tropas regulares e as milícias pró-russas recomeçaram na semana passada ao longo de toda a linha que separa as posições.

No domingo, na Baviera (Alemanha), durante a cimeira de líderes do G7 [grupo dos sete países mais desenvolvidos - Alemanha, Estados Unidos, França, Itália, Canadá, Japão e Reino Unido], a chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sublinharam que as sanções contra a Rússia vão continuar até ao cumprimento pleno dos acordos de Minsk para resolver o conflito no leste da Ucrânia.

Lusa
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Junho 09, 2015, 07:52:49 pm

Mais uma clássica acção de sabotagem ...
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Junho 10, 2015, 09:15:11 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Junho 12, 2015, 09:46:39 pm
Análise de outra frente do conflito pela NATO.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Junho 16, 2015, 10:00:10 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Alvalade em Junho 16, 2015, 10:28:38 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Junho 16, 2015, 04:48:42 pm
Excelente reportagem!  :G-beer2:
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Junho 18, 2015, 10:33:05 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Junho 24, 2015, 06:10:21 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Junho 28, 2015, 03:35:04 pm
Ninguém cede na Ucrânia


Com o fulgor mediático ofuscado pelo debate grego, o conflito separatista no Leste da Ucrânia ameaça voltar às manchetes. O regresso dos combates com recurso a armamento pesado foi acompanhado nos últimos dias por gestos pouco pacificadores de ambos os lados, incluindo uma mobilização de tropas da NATO e material de guerra dos EUA para países do Leste europeu, muito mal recebida em Moscovo.

“Se alguém ameaça os nossos territórios significa que temos de posicionar as nossas forças de acordo com os territórios de onde vem a ameaça”, respondeu o Presidente Vladimir Putin depois do secretário de Defesa dos EUA, Ash Carter, ter anunciado o envio de tanques, veículos de combate e de artilharia autopropulsada para a Estónia, Lituânia, Letónia, Bulgária, Roménia e Polónia.

O material, que Carter garante ser suficiente para equipar uma brigada de combate, será acompanhado por um “aumento substancial” do número de homens na força da NATO no Leste europeu. Como explicou o secretário-geral, Jens Stoltenberg, a força de resposta rápida na região passará de 17 a 40 mil efectivos, o que permitirá à NATO “mobilizar as forças mais rapidamente em momentos de crise, enquanto mantém um controlo político total”.

Stoltenberg garante que o bloco não quer entrar numa corrida às armas” com a Rússia, mas as suas palavras não evitaram que Putin anunciasse de pronto o desenvolvimento de “40 mísseis balísticos intercontinentais para o arsenal nuclear” de Moscovo, que será “capaz de superar até o mais avançado sistema antimíssil”.

Semelhante foi a resposta do Kremlin à decisão europeia de prolongar as actuais sanções económicas até Janeiro de 2016, apesar de um estudo austríaco indicar que a UE arrisca dois milhões de postos de trabalho e receitas de 100 mil milhões de euros anuais com a manutenção desta política.

A Rússia estará mais um ano sem importar comida de origem ocidental, obrigando assim a sua população a continuar a suportar preços proibitivos: a jornalista australiana Fiona Clark, residente em Moscovo, escreveu na Newsweek que só consegue comprar queijo camembert a 48 euros por quilo.

Nem uma nova ofensiva diplomática - Putin falou por teleconferência com os Presidentes de Alemanha e França na véspera de uma reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros dos três países mais a Ucrânia em Paris - conseguiu aligeirar a hostilidade. Os governantes limitaram-se a reafirmar a sua crença nos acordos de Minsk, nos quais se decretou um cessar-fogo que a cada dia se mostra mais ineficaz: mais de 60 civis e militares morreram nas últimas semanas num conflito que já roubou mais de 6.500 vidas desde Março de 2014.

SOL
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Julho 05, 2015, 12:23:17 pm
Nova força policial em Kiev.

O resultado é este...  :mrgreen:
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 14, 2015, 04:09:39 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 16, 2015, 09:27:58 am

Voo  MH17: um ano depois, ainda sem respostas

http://pt.euronews.com/2015/07/15/voo-m ... respostas/ (http://pt.euronews.com/2015/07/15/voo-mh17-um-ano-depois-ainda-sem-respostas/)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Julho 16, 2015, 10:26:07 am
http://www.janes.com/article/53010/ukraine-receives-first-modernised-t-80-mbts
Citar
The Ukrainian military has received a first batch of eight modernised T-80 main battle tanks (MBTs) from the Kharkiv Morozov Machine Building Design Bureau (KMDB).

According to Ukroboronprom, the T-80s would soon enter the "zone of the antiterrorist operation" (ATO), a term Kiev uses to refer to the conflict in east Ukraine. The Ukrainian Ministry of Defence (MoD), meanwhile, noted that the T-80s would be delivered to a mobile armoured unit of the country's airborne forces.

The MoD said the modernisation of the first eight T-80s was completed by KMDB a month ahead of schedule, with the vehicles handed over on 13 July.

The modernisation work is stated to have included changes to the vehicle's turrets, hulls, and the installation of Kontakt explosive reactive armour (ERA).

At the same time as the handover of the first eight modernised T-80s, the MoD announced that, following trials, a first production batch of Dozor-B 4x4 protected patrol vehicles is scheduled to be supplied to the Ukrainian military in September.
(http://www.janes.com/images/assets/010/53010/1639475_-_main.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: Lusitano89 em Julho 16, 2015, 08:38:32 pm
Ex-agente do KGB acusado de fazer explodir Boeing da Malaysia Airlines por ordem de Putin


Os familiares de algumas das vítimas do abate de um avião da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia, há quase um ano, processaram o líder dos rebeldes ucranianos em 819 milhões de euros.

Os familiares de 17 das vítimas - representados por um escritório de advogados especializado em aviação, com sede em Chicago, Estados Unidos - acusam o ex-agente de informações russo Igor Strelkov, também conhecido como Igor Girkin, de agir às ordens do Presidente russo, Vladimir Putin, quando fez explodir o Boeing da Malaysia Airlines, causando a morte às 298 pessoas que seguiam a bordo.

Miroslava, mulher e porta-voz de Igor Strelkov, disse à rádio russa que o marido, que liderou os insurgentes ucranianos até agosto, altura em que regressou à Rússia, não fará comentários por não ter nada a ver com o assunto.

Segundo o caso que deu entrada em tribunal, o avião da Malaysia Airlines - que fazia a ligação Amesterdão, na Holanda, e Kuala Lumpur, na Malásia, a 17 de julho de 2014 - sobrevoava uma zona onde os rebeldes levavam a cabo atos de guerra, sob os comandos de Igor Strelkov, que "ordenou, apoiou e/ou foi cúmplice e/ou conspirou com as pessoas que atiraram o míssil ou os mísseis" que abateram o aparelho.

Na maioria holandeses, todos os 298 passageiros e tripulantes que seguiam no aparelho - que atravessou a Ucrânia numa das piores alturas de combates entre forças governamentais e rebeldes separatistas pró-Rússia - morreram. Tanto as autoridades ucranianas como países ocidentais acusaram a Rússia de ter fornecido aos rebeldes os mísseis utilizados no abate do avião, mas Moscovo rejeitou a acusação, alegando que um míssil ucraniano pode ter sido responsável pelo incidente.

A Malásia pediu às Nações Unidas, no início deste mês, para estabelecer um tribunal internacional para julgar os responsáveis pelo abate do avião. Vladimir Putin, que hoje conversou ao telefone com o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, considerou que um tribunal internacional seria "contraproducente".

"Antes de estabelecer um mecanismo judicial e levar à justiça os responsáveis por este crime, temos que terminar a investigação internacional, que deve ser completa e objetiva, independente e imparcial", disse Putin ao primeiro-ministro holandês, de acordo com o comunicado de imprensa do Kremlin. "Vladimir Putin explicou em pormenor a posição da Rússia sobre a iniciativa prematura e contraproducente para vários países, incluindo a Holanda, de estabelecer um tribunal para julgar os responsáveis" pela queda do avião, explica o comunicado.


Lusa
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 17, 2015, 09:00:12 am

Rússia veta tribunal internacional para julgar o caso MH17 da Malasia Airways

http://pt.euronews.com/2015/07/16/russi ... a-malasia/ (http://pt.euronews.com/2015/07/16/russia-veta-tribunal-internacional-para-julgar-o-caso-mh17-da-malasia/)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 17, 2015, 01:01:01 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 17, 2015, 06:44:05 pm

Footage just released: pro-Russian rebels discover that the debris are from a civilian aircraft

http://edition.cnn.com/2015/07/17/europ ... math-video (http://edition.cnn.com/2015/07/17/europe/ukraine-mh17-aftermath-video)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 17, 2015, 11:18:15 pm

Voo MH17: Um ano depois, Moscovo responsabiliza  Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Julho 18, 2015, 01:07:35 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Julho 20, 2015, 08:08:25 pm
Muito bom esse documentário!
Deixo aqui a parte sobre o Exército ucrâniano na perspectiva da NATO.

Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: olisipo em Julho 24, 2015, 10:03:47 pm
The foreign ministers of five nations, including Ukraine, have asked the UN Security Council the creation of an international court on the case of the MH-17 crash. Russia has already expressed that it refuses this proposal. The text of the letter of these five countries is published today by "The Financial Times".

 Here can be found the complete text of the letter signed by the foreign ministers of Netherlands (where the majority of the passengers came from), Malaysia (the owner of the plane), Australia,  Belgium and Ukraine

http://www.ft.com/intl/cms/s/0/0b1a6dae ... 2ea3d.html (http://www.ft.com/intl/cms/s/0/0b1a6dae-309d-11e5-8873-775ba7c2ea3d.html)

The Ukrainian news agency Interfax has published an extensive extract of this letter:

http://en.interfax.com.ua/news/general/280012.html (http://en.interfax.com.ua/news/general/280012.html)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Julho 25, 2015, 01:52:05 pm
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: olisipo em Julho 29, 2015, 09:46:41 pm

MH-17: Russia has vetoed a resolution of the UN Security Council for the creation of an international court to decide on this crash

 :arrow: http://www.bbc.com/news/world-europe-33710088 (http://www.bbc.com/news/world-europe-33710088)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 31, 2015, 08:42:23 am
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: Lusitano89 em Julho 31, 2015, 04:17:45 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 04, 2015, 08:15:55 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2015, 12:32:24 pm
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 11, 2015, 03:36:04 pm
Pedaços de míssil russo entre os destroços do voo da Malásia MH17

A equipa de procuradores e de especialistas responsáveis pela investigação internacional à queda do voo MH17 encontrou, entre os destroços, pedaços que podem ser de um míssil Buk de fabrico russo. Em comunicado, o Gabinete holandês para a Segurança, encarregue da investigação criminal às causas da catástrofe, afirma que os investigadores identificaram "certos elementos que podem ser originários de um sistema de míssil terra-ar do tipo Buk". Os mísseis Buk começaram a ser desenvolvidos pela União Soviética mas a sua produção e aperfeiçoamento têm prosseguido na Federação Russa. O sistema de mísseis Buk inclui as quatro componentes principais, como radares de captação e de alvo, um elemento de comando, lançadores de mísseis e um elemento logístico, montados num veículo. A mobilidade do sistema permite a sua relocalização rápida tornando difícil a sua deteção. Os rebeldes ucranianos pró-russos, alegadamente apetrechados pelas forças militares russas, são os principais suspeitos do abate do avião da Malaysia Airlines, que terão confundido com um caça ucraniano. O voo MH17 despenhou-se em julho de 2014 em Donetsk, território controlado pelos rebeldes pró-russos no leste da Ucrânia. Morreram 298 pessoas, na maioria cidadãos holandeses.


- See more at: http://www.rtp.pt/noticias/mundo/pedaco ... Ae6yl.dpuf (http://www.rtp.pt/noticias/mundo/pedacos-de-missil-russo-entre-os-destrocos-do-voo-da-malasia-mh17_n850758#sthash.lFwAe6yl.dpuf)
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2015, 05:35:15 pm

A versão de Euronews.


A versão de RT, a televisão oficial da Rússia, na emissão em inglês.
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: HSMW em Agosto 12, 2015, 10:44:44 am
Muito interessante a comparação entre esse dois vídeos.

Um apresenta gravações e factos o outra apresenta "especialistas" e desculpas...
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 12, 2015, 07:24:08 pm

Guarda fronteiriça ucraniana tem detido oficial russo  que aprovisionava os separatistas

(Euronews entrevista ao militar russo)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 13, 2015, 01:01:52 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 17, 2015, 01:54:49 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 18, 2015, 12:21:43 am

Fierce Ukraine  clashes kill 10  as fear grows of  broader fighting
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 18, 2015, 07:38:24 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 19, 2015, 08:10:13 am
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: Lusitano89 em Agosto 27, 2015, 01:55:18 pm
Relatório final sobre causas de queda de voo MH17 publicado a 13 de outubro


O relatório final sobre as causas da queda do voo MH17, abatido em julho de 2014 no leste da Ucrânia com 298 pessoas a bordo, será publicado a 13 de outubro, indicou o organismo holandês encarregado do inquérito.

O Conselho Holandês de Segurança (OVV) adiantou que as famílias serão informadas das conclusões do relatório antes da sua publicação oficial.

A investigação do OVV incide sobre as causas do acidente e não sobre a identidade dos responsáveis.

Um relatório preliminar do OVV afirmou em setembro que o avião tinha sido abatido "por um grande número de projeteis", o que levantou fortes suspeitas de disparo de um míssil terra-ar.

O inquérito penal, coordenado pela procuradoria holandesa, é conduzido por especialistas holandeses, belgas, ucranianos, australianos e malaios. Estes últimos anunciaram no início de agosto terem identificado elementos "provavelmente" de um míssil BUK, de origem russa.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines foi abatido a 17 de julho de 2014 no leste da Ucrânia, numa zona de combates entre separatistas pró-russos e forças governamentais, quando fazia a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur.

Foram encontradas e identificadas partes de corpos de todos os passageiros, com exceção de dois holandeses.

A Ucrânia e os Estados Unidos afirmam que o aparelho foi abatido pelos separatistas pró-russos com um míssil terra-ar do tipo BUK fornecido pela Rússia. Moscovo, por seu turno, "aponta o dedo" às forças ucranianas.

Lusa
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 27, 2015, 03:10:24 pm

Confrontos mortais intensificam-se no leste da Ucrânia

http://pt.euronews.com/2015/08/27/confr ... a-ucrania/ (http://pt.euronews.com/2015/08/27/confrontos-mortais-intensificam-se-no-leste-da-ucrania/)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 27, 2015, 03:15:10 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 30, 2015, 08:50:56 am

Ucrânia homenageia soldados que morreram há um ano na trágica batalha de Ilovaisk
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 31, 2015, 09:38:47 pm

Violentos confrontos após adoção de lei que abre uma maior autonomia para as regiões separatistas

http://pt.euronews.com/2015/09/01/ucran ... ralizacao/ (http://pt.euronews.com/2015/09/01/ucrania-violentos-confrontos-apos-adocao-de-reforma--da-descentralizacao/)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 01, 2015, 01:01:12 pm

Descentralização divide Ucrânia apesar de "sim"  do Parlamento

http://pt.euronews.com/2015/08/31/desce ... arlamento/ (http://pt.euronews.com/2015/08/31/descentralizacao-divide-ucrania-apesar-de-sim-do-parlamento/)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Setembro 08, 2015, 09:23:02 pm
Quase 8.000 mortos desde abril de 2014 - ONU


No total, 7.962 pessoas morreram e 17.811 ficaram feridas nos combates entre forças governamentais ucranianas e rebeldes separatistas pró-russos, anunciou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos no seu relatório atualizado trimestralmente.

O número de civis mortos aumentou nos últimos três meses devido aos bombardeamentos da linha da frente, sublinha-se no documento.

Entre 16 de maio e 15 de agosto, o número de vítimas duplicou em relação aos três meses precedentes: pelo menos 105 pessoas foram mortas e 308 feridas, ao passo que o balanço era de 60 mortos e 102 feridos entre fevereiro e maio, precisou o Alto Comissariado.

"A retirada das armas pesadas da linha de contacto entre os grupos armados (rebeldes) e as forças governamentais mantém-se parcial", apontam os observadores da ONU.

A maioria das vítimas civis dos bombardeamentos registou-se nos territórios sob controlo dos separatistas, indica o relatório.

A situação continua a ser marcada por confrontos nas zonas de Donetsk e de Lugansk, alimentados pelo "afluxo contínuo de combatentes estrangeiros e de armas sofisticadas e de munições provenientes da Rússia", acrescentam os autores do relatório.

O Alto Comissariado denuncia ainda o facto de a Rússia "ter continuado a enviar colunas de camiões pintados de branco sem o pleno consentimento e a inspeção da Ucrânia e sem que o seu destino exato e o seu conteúdo pudessem ser verificados".

O acesso das organizações humanitárias às regiões de Donetsk e Lugansk tornou-se mais complicado desde junho, na sequência da decisão das autoridades separatistas de introduzir um processo de registo.

"Desde meados de julho, a ajuda humanitária foi gravemente reduzida, porque os grupos armados consideram o registo como um requisito prévio", condena o relatório.

A população que vive perto da zona da frente está a ver a sua situação a deteriorar-se, incluindo o acesso a água e comida. Cerca de três milhões de pessoas vivem nas regiões controladas pelos rebeldes.

O relatório refere ainda casos de sequestros, execuções, tortura, maus-tratos, violência sexual, trabalhos forçados e extorsão nos territórios que estão nas mãos dos separatistas. As autoridades de Kiev também são responsáveis por detenções arbitrárias.

Por último, a ONU denuncia violações dos direitos humanos pelas autoridades russas na Crimeia, península ucraniana que Moscovo anexou em março de 2014, para impedir os opositores de falarem, nomeadamente as organizações da minoria tártara.

Lusa
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Setembro 13, 2015, 01:57:09 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Setembro 28, 2015, 12:40:05 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Setembro 28, 2015, 10:09:40 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 29, 2015, 05:57:44 pm

Ucrânia vs Rússia: russos julgados em Kiev acusados de "crimes de guerra"
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 30, 2015, 08:21:44 am

O conflito no leste do país não foi esquecido na Assembleia Geral da ONU
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Outubro 03, 2015, 08:27:28 am

Rússia e Ucrânia acordam retirada de armas ligeiras da zonas de conflito
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: olisipo em Outubro 13, 2015, 10:13:08 am


Confirmado: voo MH-17 foi derrubado na Ucrânia por míssil BUK de fábrico russo
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: olisipo em Outubro 13, 2015, 10:46:10 pm

MH17: A investigação criminal já tem suspeitos. Empresa russa acusa Kiev.
Título: Re: Voo MH-17
Enviado por: olisipo em Outubro 14, 2015, 08:18:00 am

Ucrânia culpa diretamente a Rússia  por desastre do voo MH17
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: P44 em Outubro 18, 2015, 10:39:45 am
Pára tudo!!!! Agora é que o Putin tá fdd....

Ukrainian petition suggesting Lord Vader for PM to be considered by president
Published time: 17 Oct, 2015 14:31

(https://cdn.rt.com/files/2015.10/original/562254b8c36188fd1a8b45da.jpg)

 Ukrainian President Petro Poroshekno will have to formally consider the suggestion to appoint Darth Vader as the country's new prime minister after a petition calling for the move passed a 25,000-signature threshold.

The petition was submitted to the presidential website on September 8 by a “Master Vladimirovich Yoda.”

Darth Alekseevich Vader is a veteran of Ukrainian politics. For years he represented the Internet Party of Ukraine, attempting to run for several elected offices and even for president in last year's election. He promised to tackle the country's pressing problems in ways worthy of his movie namesake, like commissioning a Death Star to boost Ukraine's economy and defense and making the Sith language official in the country.

The biggest hurdle in his career was the legal demand to remove his iconic black mask and show his face for identification purposes. Previous refusals have given electoral commissions an excuse to bar the politician's name from ballots.

Darth Vader is reportedly not a pseudonym taken after the famous character. The politician actually had his name changed in 2014 to increase his chances to be elected.

Poroshenko is not expected to nominate Vader to the PM's chair, which is currently held by Arseny Yatsenyuk. But the premier's position is far from being secure, as the country is suffering from increasing austerity, an economic crisis, while confidence in the cabinet from the general public is eroding.

https://www.rt.com/news/318945-ukraine- ... ter-vader/ (https://www.rt.com/news/318945-ukraine-prime-minister-vader/)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Outubro 18, 2015, 10:48:55 am
Citação de: "P44"
Pára tudo!!!! Agora é que o Putin tá fdd....

Ukrainian petition suggesting Lord Vader for PM to be considered by president
Published time: 17 Oct, 2015 14:31

(https://cdn.rt.com/files/2015.10/original/562254b8c36188fd1a8b45da.jpg)
Face aquela abecla que têm como PM, até o Jar Jar Binks fazia melhor figura...  :mrgreen:
(https://pbs.twimg.com/profile_images/440228605231366144/VNuY_cmB.jpeg)

Saudações
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 29, 2015, 08:31:44 pm
Supostas provas ucranianas contra a Rússia são falsificações.

http://energia.su/mh17/fake_buk.html

https://start7mei.files.wordpress.com/2015/09/haunt-the-buk-en-rev2-1.pdf
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Jorge Pereira em Outubro 30, 2015, 04:20:59 pm
Vamos unificar neste tópico tudo o relacionado com a Guerra na Ucrânia.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 30, 2015, 08:26:25 pm
para terminar (espera-se) a saga do mh17

relatório do conselho de segurança holandês quanto às causas do desastre do mh17
http://cdn.onderzoeksraad.nl/documents/report-mh17-crash-en.pdf

apresentação da empresa russa Almaz Antey, fabricante de sistemas anti-aéreos

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 03, 2015, 01:42:00 pm

Did Kyiv silence Ukraine’s biggest opposition newspaper? Part 2
https://ukrainecomment.wordpress.com/2015/10/17/did-kyiv-silence-ukraines-biggest-opposition-newspaper-part-2/

Ukraine Arrests Key Poroshenko Rival, Political Party Leader
http://sputniknews.com/europe/20151031/1029394176/ukraine-sbu-politician-arrest.html

Donetsk republic may postpone weaponry withdrawal due to repeated shellings
http://tass.ru/en/world/833761


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 22, 2015, 08:01:11 am

Western leaders agreed to extends sanctions against Russia by six months

http://reuters.com/article/idUSKCN0TA0XH20151121
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 22, 2015, 09:23:53 am


Crimea Left With 29 Days of Backup Fuel After Ukraine Power Explosion
http://sputniknews.com/russia/20151122/1030525947/russia-crimea-power-outage-accident.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 22, 2015, 11:07:53 am

Crimeia em estado de emergência
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 22, 2015, 12:26:39 pm
Russia’s decision on food embargo against Ukraine not final — minister
http://tass.ru/en/economy/837786
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 22, 2015, 08:51:34 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 22, 2015, 09:00:17 pm
Photos of the damage showed the flag of Crimean Tatars attached to one of the wrecked masts

http://news.vice.com/article/anti-russian-saboteurs-plunge-crimea-into-darkness-by-blowing-up-electrical-towers
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 22, 2015, 09:01:43 pm


Putin offers Ukraine 3-year extension to pay off debt
https://www.rt.com/business/322402-putin-ukraine-debt-imf-lagarde/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 22, 2015, 10:14:12 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 22, 2015, 10:25:58 pm


Poroshenko signs laws for visa-free regime with EU
http://www.unian.info/politics/1190205-poroshenko-signs-laws-for-visa-free-regime-with-eu.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 22, 2015, 11:20:00 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 22, 2015, 11:31:52 pm

tudo na mesma na república das bananas sem bananas

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 23, 2015, 12:49:14 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 23, 2015, 07:47:31 am

Crimeia as escuras e em estado de emergência após ataque contra rede elétrica
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 23, 2015, 02:33:49 pm


Donbas special status provision may be transferred from draft constitutional amendments on decentralization to judicial reform amendments
http://en.interfax.com.ua/news/general/306042.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 23, 2015, 04:32:24 pm
(http://ichef.bbci.co.uk/news/320/cpsprodpb/121BC/production/_86827147_crimeadarkafp.jpg)

Crimea's capital Simferopol plunged into darkness

Crimea power blackout hits economy as workers stay in home

http://www.bbc.com/news/world-europe-34899484
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 24, 2015, 12:24:55 am

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 25, 2015, 03:11:30 pm

Russia just froze Ukraine's gas supply in what could be really bad news for Europe
http://uk.businessinsider.com/gazprom-cuts-off-gas-supplies-to-ukraine-2015-11
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 25, 2015, 08:06:31 pm


Ucrânia recusa comprar gás russo
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 26, 2015, 07:18:54 pm


Ukraine bans transit for all Russian airlines – Yatseniuk
http://en.interfax.com.ua/news/general/306664.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 01, 2015, 12:15:42 am

ainda se lembram do mh17?

Dutch cop arrested on suspicion of selling MH17 crash items online
https://www.rt.com/news/324059-dutch-police-mh17-parts-auction/

Experts meeting in the Netherlands to study evidence in criminal probe into downing of MH17
http://www.usnews.com/news/world/articles/2015/11/24/experts-study-evidence-in-criminal-probe-into-mh17-downing

há uma coisa que me faz imensa confusão neste caso, mas vou deixar a oportunidade para falar disso quando a investigação criminal tiver alguma coisa para mostar (esperam-se resultados na primeira metade de 2016)

Citar
While the Dutch Safety Board already has said that MH17 was brought down by a Buk, criminal investigators say they need more time to definitively reach the same conclusion and meet the high burden of proof necessary for a criminal prosecution. Their probe is expected to extend into next year.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 03, 2015, 01:32:16 pm

Russia powers up Crimea, cutting dependence on Ukraine
https://www.rt.com/business/324550-crimea-energy-bridge-russia/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 03, 2015, 02:53:11 pm

Crimea connectivity: public relations stunt 

The launch of the first leg will significantly decrease electricity deficit in Crimea, while the construction of the second leg by May 2016 is expected to completely eliminate Crimea's dependency on electricity transit through Ukraine


http://sputniknews.com/russia/20151202/1031145652/putin-launches-crimea-electricity.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 03, 2015, 08:35:57 pm

Ukraine’s Klimkin sees NATO as model for remaking military, defense sectors
http://www.kyivpost.com/article/content/ukraine-politics/ukraines-klimkin-sees-nato-as-model-for-remaking-military-defense-sectors-403312.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 08, 2015, 08:53:48 pm

Vicepresidente dos EUA, Joe Biden, promete em Ucrânia manter as sanções contra Rússia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 08, 2015, 09:10:10 pm


Russia Has No New Proposals on Restructuring of Ukraine's $3-Bln Debt
http://sputniknews.com/world/20151208/1031416213/russia-ukraine-debt.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 09, 2015, 11:16:31 am
Mais de nove mil mortos desde início do conflito
http://www.dn.pt/mundo/interior/mais-de-nove-mil-mortos-desde-inicio-do-conflito-4921366.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 10, 2015, 10:09:48 am


Itália pede "debate político" sobre extensão de sanções à Rússia 
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 10, 2015, 01:23:29 pm

Two Ukrainian servicemen killed in mine explosion in Donbas
http://en.interfax.com.ua/news/general/310470.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 10, 2015, 02:17:20 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 10, 2015, 06:04:06 pm


OSCE opens Forward Patrol Base in Debaltseve
http://www.unian.info/war/1208509-osce-opens-forward-patrol-base-in-debaltseve.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 18, 2015, 08:18:29 pm

UE extende seis meses sanções economicas contra a Rússia


Putin reconheceu ontem a presença de milhares de soldados russos na Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 18, 2015, 08:25:08 pm

Russia Suspends Free Trade Agreement with Ukraine
http://www.themoscowtimes.com/article/553074.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 18, 2015, 08:32:32 pm

Ucrânia suspende pago de dívida à Rússia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 18, 2015, 08:51:18 pm

interessante passagem da recente sessão anual de perguntas e respostas entre presidente russo e diversos media

http://en.kremlin.ru/events/president/news/50971

Citar
Roman Tsimbalyuk: Mr Putin, as a follow-up to your allegations that there are no Russian servicemen in Donbass, Captain Yerofeyev and Sergeant Alexandrov, Third Brigade, the city of Togliatti, send their regards to you.

Are you going to exchange them for Sentsov, Savchenko, Afanasyev, Kolchenko, and Klykh? And the list goes on.

One more question, if I may, just to continue my first question: The Minsk Agreements are coming to an end, and none of the parties have complied with their provisions. So, what should we expect from you come January 1? Are you going to launch an offensive again, come up with some negotiation ideas, or maybe forget about Ukraine for a while? Thank you.

Vladimir Putin: Regarding exchanges. We’ve never said there are no people there who deal with certain matters, including in the military area, but this does not mean that regular Russian troops are present there. Feel the difference. This is the first point.

Second, you mentioned two or three people you propose exchanging and then offered a long list of persons to exchange them for. First of all, the exchange should be equitable. Second, we should discuss everything calmly with our colleagues, talk and propose what we have always insisted on and what the Ukrainian President has proposed. People who are being held on one side and those held on the other should be released. This applies above all to people from Donbass, southeastern Ukraine, and Ukrainian servicemen who were detained in these territories. However, the exchange should proceed on an equitable basis.

What am I talking about? It’s no secret that the Ukrainian authorities regard all those detained and held in Donbass as people who are subject to exchange while those who are held in Kiev prisons are considered criminals and therefore outside the scope of this exchange. People in Donbass don’t agree with this. This should be treated fairly and it should be said: Let’s exchange all for all, as President Poroshenko proposed, not selectively – we’ll exchange these but not those. This is the line to take here and we support it. We have a lot of disagreements with the Ukrainian authorities but here we have a common position.

Now, about launching offensives. I tell you frankly that we are not interested in exacerbating the conflict. On the contrary, we are interested in resolving this conflict as soon as possible, but not by way of physical annihilation of people in southeastern Ukraine. By the way, take a look at the results of the municipal elections and see the voting pattern in the area. In nearly all the regions – nine or ten, I think – the opposition bloc came first or second.

Even in those territories of Donbass that are controlled by the Ukrainian authorities, the Lugansk Region, more than 43 percent voted for the opposition. Don’t the Kiev authorities see this? Are they so reluctant to take into account the sentiments and expectations of their own people? We very much hope that we will have an open, honest dialogue.

Now about the Minsk Agreements. We have heard it a hundred times that Russia must comply with the Minsk Agreements. And this is what we want! Let’s look at their provisions. First – to introduce amendments to the Constitution and coordinate them with Donbass on a permanent basis. Has this been done? Transitional provisions were amended, it seems. And what are those amendments? The law on the special status was incorporated into the transitional provisions. “On a permanent basis?” I ask all my colleagues. They all say, “Yes, permanent.” I say, “Do you know that this law has only been adopted for three years? A year has already passed.” They all say, “Really?” I say, “Yes.” “Is that true, Mr Poroshenko?” He answers, “Yes.” This is almost a direct quote. Everybody says, “You know, he should do it on a permanent basis.” I say, “He should, nobody is stopping him.”

Now the law on the special status. Has the Rada passed this law? Yes, it has. Under the Minsk Agreements, it should be “implemented within 30 days by having the Rada adopt a resolution to this effect.” Have they adopted the resolution? Yes. But how? They added an article, I think number 10, to the law, which stipulates that it can only be implemented after elections, which means more delays. I told them, “Listen, it says here that the law must be implemented.” “No, it does not. It says: the Rada must pass a resolution. We have done it. That is it.” But this is a manipulation.

If we really want to resolve the problem, let’s stop this, let’s work together. And we are willing to influence people in the southeast of the country and persuade them to accept a compromise. We are willing and we want it to happen, but we need our partners in Kiev to be willing as well.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 21, 2015, 08:16:40 pm

Rússia decreta embargo a produtos alimentares ucranianos  

http://dinheirodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=241236
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 21, 2015, 11:39:57 pm

Moscow lawyers up to take Kiev to court over debt
https://www.rt.com/business/326647-medvedev-ukraine-debt-court/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Dezembro 25, 2015, 12:22:10 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 28, 2015, 11:32:51 pm


Latest from OSCE Special Monitoring Mission (SMM) to Ukraine, based on information received as of 19:30hrs, 27 December 2015
http://www.osce.org/ukraine-smm/212951
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 30, 2015, 08:53:06 pm
vai dar bronca

Rada extends presence in Ukraine of Malaysian investigators looking into flight MH17 crash
http://en.interfax.com.ua/news/general/313849.html

President prolonged the Agreement between Ukraine and Malaysia on the investigation into the MH-17 tragedy
http://www.president.gov.ua/en/news/prezident-prodovzhiv-diyu-ugodi-mizh-ukrayinoyu-ta-malajziye-36582
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 31, 2015, 02:42:52 pm



Ukraine: Leaders Focus on Elections, Cease-Fire in East
http://abcnews.go.com/International/wireStory/ukraine-leaders-focus-elections-cease-fire-east-36005394
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Dezembro 31, 2015, 02:43:48 pm

Crimean official calls termination of electricity supplies from Ukraine "terrorist act"
http://tass.ru/en/politics/848103
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Dezembro 31, 2015, 08:15:21 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 02, 2016, 12:26:32 pm


um estado caloteiro que faz de Bandera, um colaborador nazi e genocida, o heroi nacional, os valores europeus da actual ucrania

Ukrainian nationalists celebrate birthday of Nazi collaborator Bandera with torch-lit marches
https://www.rt.com/news/327693-kiev-torch-march-bandera/



Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Janeiro 05, 2016, 03:27:20 pm
(http://neurope.eu/wp-content/uploads/2016/01/2013-05-23T104553Z_966329167_GM1E95N1G2D01_RTRMADP_3_RUSSIA-640x412.jpg)

Suspicious deaths among high-ranking Russian military involved in Crimea, Ukraine  

http://neurope.eu/article/suspicious-deaths-among-high-ranking-russian-military-involved-in-crimea-ukraine/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 05, 2016, 07:49:17 pm


Russia starts supplies of gas to Ukraine's Genichesk — Russia's deputy PM
http://tass.ru/en/economy/848308
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 07, 2016, 12:55:46 am

instabilidade política, corrupção, bancarrota à vista

Ucrânia - o pior não foi ultrapassado

Die Ukraine ist nicht über den Berg
http://www.faz.net/aktuell/politik/ausland/europa/die-ukraine-zwei-jahre-nach-viktor-janukowitsch-13994344.html


um país que é um sitcom


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 12, 2016, 07:50:34 pm


Unrecognized Luhansk republic envoy calls to set timeframe for Minsk deal implementation
http://tass.ru/en/world/848926

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 12, 2016, 09:16:53 pm

Russia will not prolong agreement on purchases of electricity from Ukraine — media
http://tass.ru/en/economy/848841
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Janeiro 13, 2016, 09:09:18 am

Video Surveillance Towers: OSCE to spot unauthorised military activities
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 13, 2016, 01:41:54 pm
aos poucos e poucos a verdade vem ao de cima. mesmo assim estes factos nao passaram de nota de rodape nos media ocidentais. na generalidade nao fazem mais do que ser porta vozes dos interesses dos seus governos. por exemplo nenhum media portugues se atrevera a desmentir a versao americana ou do novo governo ucraniano dos acontecimentos. nenhum desses media vai investigar a fundo o que aconteceu em kiev em fevereiro de 2014 e se descobrirem quem foram os autores do massacre de maidan vao ficar calados porque a verdade e politicamente incorrecta

Estudo: oposição apoiada pelo Ocidente cometeu o massacre de Maidan

Studie: Vom Westen unterstützte Opposition hat Maidan-Massaker verübt
http://deutsche-wirtschafts-nachrichten.de/2016/01/02/studie-vom-westen-unterstuetzte-opposition-hat-maidan-massaker-veruebt/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 14, 2016, 03:18:41 pm


Important facts on the Boeing 777 MH17 crash in Ukraine
http://www.ruaviation.com/docs/1/2016/1/14/101/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Janeiro 15, 2016, 09:02:48 am


Poroshenko quer recuperar leste da Ucrânia e Crimeia em 2016
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 15, 2016, 07:40:09 pm
da recente entrevista ao jornal alemão Bild

http://en.kremlin.ru/events/president/news/51154

Citar
Question: I would like to express the view that today the fight against Islamic terrorism is such an acute issue that it could bring Russia and the West back together in this fight, but the problem of Crimea arises. Is Crimea really worth putting cooperation with the West at stake?

Vladimir Putin: What do you mean when you say ‘Crimea’?

Question: Redrawn boundaries.

Vladimir Putin: And what I mean is people – 2.5 million of them. These are the people that were frightened by the coup; let’s be frank, they were worried by the coup d’état in Ukraine. And after the coup in Kiev – and it was nothing but a coup d’état, no matter how the extreme nationalist forces, the forces that were coming to power at that moment and largely stayed there, tried to sugar it up – they just began to openly threaten people. To threaten Russians and Russian-speaking people living in Ukraine and in Crimea in particular, because it was more densely populated by Russians and Russian-speaking than other parts of Ukraine.

What was our reaction? We did not make war, nor did we occupy anyone; there was no shooting, no one got killed during the events in Crimea. Not a single person! We used the Armed Forces only to stop more than 20,000 Ukrainian service members stationed there from interfering with the free expression of will by the residents of Crimea. People came to the referendum and cast their vote. They chose to be part of Russia.

Here is a question: what is democracy? Democracy is the will of the people. People voted for the life they wanted. It is not the territory and borders that I am concerned about but the fates of people.

Question: But borders are a component of the European political order. You have previously said that this is actually very important, including in the context of the NATO expansion.

Vladimir Putin: It is important to always respect international law. In Crimea, there was no violation of international law. Under the United Nations Charter, every nation has the right to self-determination. Concerning Kosovo, the UN International Court of Justice ruled that, when it comes to sovereignty, the opinion of the central government can be ignored. If you are a serious periodical that is honest with its readers, find the transcript of the statement made by the German representative in the International Court of Justice in the archives and cite it. Take the letter, which I believe was written by the US Department of State, or the statement made by the British representative. Find them and read them. Kosovo declared its independence, and the whole world accepted it. Do you know how it in fact happened?
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 17, 2016, 01:00:08 pm

https://www.rt.com/news/line/
Citar
Yesterday

•  16:09 GMT
Ukrainian soldier detained in Russia sent back to Ukraine - reports

Soldier Maksim Schlyakhovoy has returned to Ukraine, Aleksey Mazepa, spokesman for Ukrainian military in Donbass, told RIA Novosti without going into further details. Russian border guards detained the soldier on Wednesday; later Federal Security Service (FSB) reported that the man wanted to visit his family in the village of Chertkovo in Russia. He was also said to have no ID. Border crossing is prohibited for Ukrainian soldiers, so Schlyakhovoy was charged with trespassing.

•  16:00 GMT
German, French special envoys to visit Ukraine

German Chancellor Angela Merkel’s special envoy, Christoph Heusgen, and his French counterpart, Jacques Audibert, will visit Ukraine on January 18-19 to discuss the process of implementation of the Minsk Accords, a statement published on the website of Ukrainian President Petro Poroshenko says. The visit will take place in accordance with the agreements reached by Poroshenko, Merkel and Hollande during a telephone conversation on January 13.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Janeiro 18, 2016, 03:50:11 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 18, 2016, 09:16:18 pm

mais excertos sobre a Ucrânia da entrevista de Putin a jornal alemão no início do ano

http://en.kremlin.ru/events/president/news/51154

Citar
Question: You have often discussed the issue of sanctions as well as the issue of Crimea with Federal Chancellor Angela Merkel. Do you understand her? Do you trust her?

Vladimir Putin: I am certain that she is a very sincere person. There is a framework within which she has to work but I have no doubt that she is sincere in her efforts to find solutions, including to the situation in southeast Ukraine.

You spoke of sanctions. Everyone says that the Minsk Agreements must be implemented and then the sanctions issue may be reconsidered. This is beginning to resemble the theatre of the absurd because everything essential that needs to be done with regard to implementing the Minsk Agreements is the responsibility of the current Kiev authorities. You cannot demand that Moscow do something that needs to be done by Kiev. For example, the main, the key issue in the settlement process is political in its nature and the constitutional reform lies in its core. This is Point 11 of the Minsk Agreements. It expressly states that the constitutional reform must be carried out and it is not Moscow that is to make these decisions.

Look, everything is provided for: Ukraine is to carry out a constitutional reform with its entry into force by the end of 2015 (Paragraph 11). Now 2015 is over.

Question: The constitutional reform must be carried out after the end of all military hostilities. Is that what the paragraph says?

Vladimir Putin: No, it is not.

Look, I will give you the English version. What does it say? Paragraph 9 – reinstatement of full control of the state border by the government of Ukraine based on the Ukrainian law on constitutional reform by the end of 2015, provided that Paragraph 11 has been fulfilled, which stipulates constitutional reform.

Consequently, the constitutional reform and political processes are to be implemented first, followed by confidence building on the basis of those reforms and the completion of all processes, including the border closure. I believe that our European partners, both the German Chancellor and the French President should scrutinise these matters more thoroughly.

Question: Do you think this is not so?

Vladimir Putin: I think they have a lot of problems of their own. But if we are addressing this matter then we must scrutinise it. For example, it says here that changes to the Constitution should be permanent. The Ukrainian Government introduced the law on the special status of those territories, a law that had been adopted earlier, into the transitional provisions. But this law, which they incorporated in the Constitution, was adopted for the duration of three years only. Two years have already passed. When we met in Paris, both the German Chancellor and the French President agreed that this law should be changed and included in the Constitution on a permanent basis. Both the President of France and the Chancellor of Germany confirmed that. Moreover, the current version of the Constitution has not even been approved and the law has not become permanent. How can demands be made on Moscow to do what in fact must be done inline with the decisions of our colleagues in Kiev?
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Janeiro 20, 2016, 09:30:28 pm

Ucrânia proibe importação de mais produtos russos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 20, 2016, 10:36:02 pm

depois de se concluir que um míssil terra ar abateu o mh17 pensava que era ponto assente quem tinha derrubado o avião civil. estas delongas em produzir resultados válidos trazem água no bico. vamos seguir com atenção as peripécias da investigação. será que conseguem provar o óbvio?

JIT agreement between Ukraine and the Netherlands prolonged
http://www.whathappenedtoflightmh17.com/jit-agreement-between-ukraine-and-the-netherlands-prolonged/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 28, 2016, 10:33:07 pm


Talks between Putin's aide Surkov and US Nuland may become full-fledged format — diplomat
http://tass.ru/en/politics/852901

OSCE confirms pullback of heavy armaments from Donbass continues, notes faults
http://tass.ru/en/world/852951
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Janeiro 29, 2016, 11:06:41 am
 

UE levanta sanções a ex-governantes ucranianos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 29, 2016, 01:22:39 pm


MH-17’s Unnecessary Mystery
https://consortiumnews.com/2016/01/15/mh-17s-unnecessary-mystery/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 29, 2016, 01:24:24 pm

Nazi Roots of Ukraine’s Conflict
https://consortiumnews.com/2016/01/28/nazi-roots-of-ukraines-conflict/

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 01, 2016, 06:57:07 pm


Merkel and Poroshenko in Berlin: Europe must keep sanctions again Russia over Ukraine
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 01, 2016, 11:12:53 pm

Textron Systems to provide Ukraine with survivable combat tactical vehicles
http://www.unian.info/economics/1252322-textron-systems-to-provide-ukraine-with-survivable-combat-tactical-vehicles.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 02, 2016, 09:04:57 am


Russia's Minsk deal conformity prerequisite for lifting sanctions
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 02, 2016, 01:28:31 pm


Telephone conversation with German Chancellor Angela Merkel
http://en.kremlin.ru/events/president/news/51253

Citar

Vladimir Putin had a telephone conversation with Federal Chancellor of Germany Angela Merkel.
February 2, 2016
13:15

The conversation focussed on ways of resolving the crisis in Ukraine. Both sides expressed interest in ensuring a stable ceasefire along the line of conflict and stressed that the only option was full compliance with the agreements reached in Minsk on February 12, 2015.

The discussion touched upon matters pertaining to a constitutional reform in Ukraine and the organisation of local elections in Donbass in line with the legislation approved by representatives of Donetsk and Lugansk. It was agreed to continue joint efforts within the Normandy format, including a meeting of foreign ministers in the next few days.

The two leaders also exchanged views on a number of bilateral issues.

The conversation was business-like and constructive.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 02, 2016, 02:24:32 pm


Russian-separatist forces shelled Ukrainian positions 1,200 times in January
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 02, 2016, 09:35:30 pm

Donetsk’s western suburb comes under shelling from Ukrainian troops — media
http://tass.ru/en/world/854118
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 02, 2016, 10:14:30 pm
 

Ukraine bans more Russian goods: Response to similar measures taken by Moscow
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 03, 2016, 12:11:59 am

Canadian, US instructors train Ukrainian soldiers in Lviv region
http://www.ukrinform.net/rubric-defense/1958638-canadian-us-instructors-train-ukrainian-soldiers-in-lviv-region.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 03, 2016, 08:25:06 am
 

Krasnohorivka: "It is dangerous to walk here, a Russian sniper can reach us".
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 03, 2016, 01:38:16 pm

volto a perguntar - sera que os investigadores oficiais vao conseguir provar o obvio? Tenho a impressao que nao...

Despite military maps showing differently, Ukraine army drove through separatists controlled area
http://www.whathappenedtoflightmh17.com/despite-military-maps-showing-differently-ukraine-army-drove-through-separatists-controlled-area/

Previously unknown video found showing Ukraine BUK transport
http://www.whathappenedtoflightmh17.com/previously-unknown-video-found-showing-ukraine-buk-transport/

Why did the Ukraine secret service delete the photo of BUK with missile missing from their website?
http://www.whathappenedtoflightmh17.com/why-did-the-ukraine-secret-service-delete-the-photo-of-buk-with-missile-missing-from-their-website/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 03, 2016, 07:09:21 pm
 

Ucrânia: a vida civil junto à linha da frente
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 03, 2016, 08:13:15 pm
documentário francês - Ucrânia: as máscaras da revolução

Consta que as autoridades ucranianas tentaram censurar o video não vá a europa acordar e dar conta que anda a dormir e a dar de comer a fascistas.

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 03, 2016, 08:56:01 pm

(http://www.userlogos.org/files/logos/Karmody/le_monde_01.png)

"Paul Moreira donne une vision deformée du conflit ukrainien" 

O que diz do documentário "Le Monde", que não é TASS nem Sputnik News

http://www.lemonde.fr/televisions-radio/article/2016/01/31/les-lunettes-deformantes-de-moreira_4856732_1655027.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 03, 2016, 10:21:04 pm

entrevista a Paul Moreira, autor do documentário Ucrânia: as máscaras da revolução.
Um trabalho essencial de desintoxicação feito por uma referência nos documentários de investigação pelos quais já foi diversas vezes premiado.

TV. Derrière les masques de la révolution ukrainienne
http://www.humanite.fr/tv-derriere-les-masques-de-la-revolution-ukrainienne-597568
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 04, 2016, 08:57:02 am
 

Russia's economic blockade of Ukraine has failed
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 04, 2016, 10:39:44 am

Kiev estimates loss from trade war with Moscow at $1.1bn a year
https://www.rt.com/business/331244-russia-ukraine-trade-embargo/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 04, 2016, 03:23:47 pm


International monitors report sharp rise in truce violations
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 04, 2016, 07:06:23 pm

Economy minister's resignation sends Ukraine into political crisis — parliament speaker
http://tass.ru/en/world/854456
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 04, 2016, 08:01:33 pm


Parlamento europeu debate condena à Rússia por violação dos direitos humanos na Crimeia

http://www.europarl.europa.eu/sides/getDoc.do?type=MOTION&reference=P8-RC-2016-0173&language=EN
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 04, 2016, 11:54:46 pm
descobriu-lhes a careca e agora querem vingança. O Paul Moreira que expôs ao público francês a ideologia nazi por trás de Maidan ( que culminou no massacre de Odessa com o assassinato de dezenas de simpatizantes russos às mãos de ultranacionalistas ucranianos com a cumplicidade da junta de Kiev e  dos líderes europeus. tem por enquanto a sorte de ser francês, e se poder expressar, se fosse ucraniano já estava no outro mundo.

Ukraine complains over propaganda film about Euromaidan aired on French channel
http://www.unian.info/society/1255546-ukraine-complains-over-propaganda-film-about-euromaidan-aired-on-french-channel.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 05, 2016, 09:04:42 am
 

Breaking from the Soviet past: Artemivsk and Illichivsk renamed
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 05, 2016, 09:26:48 am
 

RT drone shows military drills of the separatists preparing offensive against Ukraine
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 05, 2016, 10:51:53 am
(http://www.defence24.com/media/cache/slide/uploads/images/c1f8ed416880fd9abfa8170bd472d3ce.jpeg)

Ukroboronprom BpAK-MP-1 UAV

Ukraine Launches First Military UAV To Combat Insurgents

http://www.defensenews.com/story/defense/2016/02/04/ukraine-launches-first-military-uav-combat-insurgents/79834454/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 05, 2016, 01:16:00 pm

ATO troops come under heavy shelling in eastern Ukraine
http://www.ukrinform.net/rubric-defense/1960418-ato-troops-come-under-heavy-shelling-in-eastern-ukraine.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 05, 2016, 02:35:00 pm
(http://thepeninsulaqatar.com/images/Ukraine%20army(1).jpg)

80 truce violations reported over last 24 hours in eastern Ukraine

Russian-backed militants use banned weapons

http://uatoday.tv/politics/80-truce-violations-reported-over-last-24-hours-in-eastern-ukraine-585148.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 05, 2016, 11:41:01 pm
(http://mba25.com/img/partner/logo/682/The-Moscow-Times-logo.jpg)
(http://www.themoscowtimes.com/upload/iblock/02c/EU-parliament-sanctions-russia.jpg)

European Parliament says Crimea Return Necessary for Lifting Russia Sanctions

http://www.themoscowtimes.com/news/article/eu-says-crimea-return-necessary-for-lifting-russia-sanctions/558693.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 09, 2016, 08:37:39 am


Syze, uma vila cercada pelas minas antipessoais 
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 10, 2016, 04:24:50 pm
 

Landmine kills four civilians in east Ukraine 

http://reuters.com/article/idUSKCN0VJ1HZ
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 11, 2016, 09:05:51 am


Mina antitanque vitima 4 civis nos arredores de Donetsk
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 14, 2016, 05:10:52 pm

Official letter on MH17 investigation by top Russian aviation official Oleg Storchevoy
https://www.rt.com/politics/official-word/331834-mh17-russia-storchevoy-letter/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 14, 2016, 05:26:11 pm

President Poroshenko warns in Munich Security Conference against Russian propaganda
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 14, 2016, 07:17:28 pm
Russia suspends traffic of Ukrainian trucks in response to Ukraine’s actions
http://tass.ru/en/politics/856677
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 14, 2016, 07:54:16 pm


Ukranian President: "Mr. Putin, this is not a civil war in Ukraine, this is your aggression"
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 14, 2016, 09:51:12 pm
Ukraine’s interior minister: I could destroy foreign support for Kiev with media bombshell
https://www.rt.com/news/332433-ukraine-minister-media-bombshell/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 14, 2016, 10:29:35 pm


EUA, Russia, França  e Alemanha debatem em Munique situação de Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 14, 2016, 11:25:12 pm

Medvedev: situation around Ukraine crisis, fulfilment of Minsk package remains unstable
http://tass.ru/en/politics/856588
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 15, 2016, 08:40:21 am
 


Viver na frente de batalha de Stanitsa Luhanskas
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 15, 2016, 05:44:38 pm
https://www.rt.com/news/line/

Citar
14:10 GMT
Ukraine bans entry of ships having visited Crimea without notification to Kiev

Ukraine’s Security Service (SBU) has decided to ban the entry into the country for three years to members of the crews of commercial ships that call at ports in Crimea without Kiev’s permission, RIA Novosti reported. Those people will be also prevented to enter Ukraine as members of crews of other ships, the SBU press service said in a statement on Monday.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 15, 2016, 07:02:36 pm


Eastern Ukraine Fighting Flares Up: OSCE says situation is "dire "
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 16, 2016, 12:31:47 am
Ukraine, Turkey Sign Agreement on $50Mln Loan to Kiev
http://sputniknews.com/business/20160215/1034789064/ukraine-turkey-loan.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 16, 2016, 08:38:37 am


Obama to Putin: Russian-backed separatist forces need end ceasefire violations
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 16, 2016, 08:46:23 am


Drone captures aftermath of alleged shelling in Donetsk 
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 16, 2016, 07:21:38 pm
https://www.rt.com/news/line/

Citar
•  16:15 GMT
Ukraine’s general prosecutor resigns – report
Ukrainian General Prosecutor Viktor Shokin resigned on Tuesday, Reuters said, citing an Ukrainskaya Pravda report. Earlier in the day, President Petro Poroshenko had called on the official to step down. A spokesman for the general prosecutor has not commented on the report. Poroshenko had come under pressure to sack Shokin over corruption allegations. The president also suggested Prime Minister Arseny Yatsenyuk should resign.

•  15:41 GMT
Ukraine, Russia agree on ‘back home’ regime for trucks on February 16-25 – Kiev
Ukraine’s Infrastructure Ministry and Russia’s Transport Ministry have agreed to introduce the “back home” regime on February 16 through February 25, TASS reported. “More than 600 Ukrainian vehicles that have been blocked on the territory of the Russian Federation or are heading to Ukraine from Asia will receive unhindered access to Ukraine during this period,” according to the statement. “Similarly, about 600 Russian vehicles will be able to return to Russia from the EU countries. The Ukrainian side will ensure the guard of Russian cars to the border with Russia or Belarus,” the Ukrainian ministry said.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 16, 2016, 10:49:42 pm


Ukraine ceasefire: One year on fighting continues
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 17, 2016, 12:01:50 pm
 

Shelling continues: Russian-backed separatists increase use of GRAD systems
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 17, 2016, 01:48:28 pm
https://www.rt.com/news/line/

Citar
09:27 GMT
Yulia Tymoshenko’s faction quits Ukraine coalition

A junior ally in Ukraine’s ruling coalition quit on Wednesday, leader of the Fatherland party Yulia Tymoshenko said. The announcement came a day after Prime Minister Arseny Yatsenyuk survived a no confidence vote in parliament. Tymoshenko, the former prime minister, described the alliance a “façade” and demanded an overhaul of the way the country was run, Reuters reported. Quitting the coalition was the only possible step, she said, urging other lawmakers to walk out of the coalition as well.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 17, 2016, 07:15:23 pm

OSCE concern over upsurge of fighting in Eastern Ukraine
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 17, 2016, 10:23:57 pm

Russia files lawsuit against Ukraine over $3bn debt in London court
https://www.rt.com/business/332762-russia-sues-ukraine-debt/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 18, 2016, 09:49:37 am


New shelling near Donetsk in Eastern Ukraine
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 18, 2016, 10:49:14 am

Putin: Ukraine does not comply with Minsk agreements
http://tass.ru/en/politics/857478
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 18, 2016, 11:11:15 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 18, 2016, 11:49:17 am


Russian emergencies ministry to send this year’s first humanitarian convoy to Donbass
http://tass.ru/en/society/857512
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 18, 2016, 01:22:53 pm
(http://www.ukrainebusiness.com.ua/modules/news/images/topics/4e1b90cb-13fc-e61b.jpg)

Ukraine Switches to German Engines, Discards Russian Military Gear Amid Crimea Row

http://www.defensenews.com/story/defense/policy-budget/industry/2016/02/17/ukraine-crisis-german-engines-russia-military-gear-crimea/80508612/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 18, 2016, 02:49:04 pm

Naftogaz formally notifies Russia of investment dispute over assets seizure in Crimea
http://www.unian.info/economics/1268676-naftogaz-formally-notifies-russia-of-investment-dispute-over-assets-seizure-in-crimea.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 18, 2016, 03:51:49 pm


Russian-backed authorities stage more raids in Crimea
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 18, 2016, 08:36:38 pm


Drone captures the remains of the Debaltsevo battle one year on
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 18, 2016, 09:35:31 pm
Munitions depot reportedly explodes in Zaporizhzhia region
http://www.ukrinform.net/rubric-defense/1967867-munitions-depot-reportedly-explodes-in-t-zaporizhzhia-region.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 18, 2016, 10:39:58 pm

"Decommunisation" deadline: more than 160 villages and  towns to be renamed
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 19, 2016, 01:27:17 pm
Ukraine's Donbass shelled overnight
http://tass.ru/en/world/857823

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 19, 2016, 09:01:02 pm

Memorial for the fallen: men died fighting against Russian-backed separatists
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 19, 2016, 10:04:45 pm

LPR security officers expose arms cache allegedly meant for Ukrainian sabotage groups
http://tass.ru/en/world/858005
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 19, 2016, 10:47:11 pm

OSCE extends Ukraine monitoring mission until March 2017
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 19, 2016, 11:31:07 pm

Donetsk’s western suburb comes under shelling from Ukrainian troops — media
http://tass.ru/en/world/858049
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 20, 2016, 08:29:19 am
 

Crimea Tatars' Human Rights Under Threat at the Ukraine's Russian-occupied peninsula
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 20, 2016, 10:59:36 am

Kiev and Donetsk will exchange prisoners on "3 for 6" basis today — DPR ombudsperson
http://tass.ru/en/world/858150
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 20, 2016, 01:46:58 pm


UN says 580,000 Ukrainian children are deeply affected by the war conflict

http://www.rferl.mobi//a/un-says-ukraine-conflict-has-deeply-affected-580000-children-/27563414.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 20, 2016, 02:36:23 pm
Crowd attacks tycoon's office, Russian-owned banks in central Kiev
http://tass.ru/en/world/858163
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 20, 2016, 03:58:14 pm
(https://s3.eu-central-1.amazonaws.com/euobs-media/eaf9c00ac2301ddeb2649a598b478c60.jpg) 
EU breaks taboo on 'Russian forces in Ukraine'
http://euobserver.stfi.re/foreign/127667?sf=nxkgry

The Eu has broken its taboo on referring to Russian forces in east Ukraine in its official documents.

 It said in its Official Journal on Monday (16 February) that Russian deputy defence minister Anatoly Antonov is being added to its blacklist because he is "involved in supporting the deployment of Russian troops in Ukraine".

It listed first deputy defence minister Arkady Bakhin for the same reason.

 It also listed Andrei Kartapolov, a senior Russian military commander for being "involved in shaping and implementing the military campaign of the Russian forces in Ukraine .

 The text in the legal gazette is signed by EU foreign relations chief Federica Mogherini. (...)


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 20, 2016, 04:07:09 pm

Gazprom has two months to pay $3.3bn Ukrainian penalty
https://www.rt.com/business/332973-ukraine-russia-penalty-monopoly/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 20, 2016, 05:00:56 pm


Demonstration in Kiev against Russian bank
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 20, 2016, 05:26:59 pm

New update criminal investigation MH17
http://www.whathappenedtoflightmh17.com/new-update-criminal-investigation-mh17/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 20, 2016, 05:51:27 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 20, 2016, 10:11:59 pm

Situation in central Kiev stabilized — media
http://tass.ru/en/world/858244
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 20, 2016, 11:00:37 pm

A TV da Ucrânia informa da troca de três soldados ucranianos prisioneiros por 5 combatentes separatistas
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 21, 2016, 10:57:03 am
Orange Revolution's Leader Calls Ukraine's Crisis 'Most Hopeless' Yet
http://sputniknews.com/europe/20160221/1035123749/ukraine-crisis-yushchenko.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 21, 2016, 12:57:08 pm


Special report: Ukraine honours Maidan massacre victims
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 21, 2016, 01:47:42 pm

Ukrainian protesters in center of Kiev call for "people’s assembly"
http://tass.ru/en/world/858252
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Fevereiro 21, 2016, 02:40:01 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 21, 2016, 04:37:55 pm

Kiev promises to resume operations of crossing point at Maryinka in Donbass on February 20
http://tass.ru/en/world/858303
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 26, 2016, 01:19:25 pm

ah, entao e por isso que os eua agora andam a fazer acordos de cessar-fogo com a russia na siria. a chantagem diplomatica que nao ira nos bastidores ui,ui
mais provas de que o abate do mh17 foi um false flag attack

MH17: The Buk videos are fake
http://energia.su/mh17/buk_vids/fake_buk_vids.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Fevereiro 28, 2016, 02:21:09 pm
T-64 das milícias separatistas em Lugansk.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 29, 2016, 01:28:26 pm

Maidan Activist Ivan Bubenchyk: It’s True I Shot Them in the Back of the Head
https://birdinflight.com/world/maidan-activist-ivan-bubenchyk-it-s-true-i-shot-them-in-the-back-of-the-head.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Março 03, 2016, 02:17:22 pm
Risco de intensificação da guerra "é elevado", alerta ONU


A conclusão foi apresentada no 13.º relatório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos sobre a situação nas zonas do leste da Ucrânia, controladas por grupos armados pró-russos.

No período entre 16 de novembro e 15 de dezembro passados foram observadas "contínuas violações do cessar-fogo", de acordo com a missão da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), citada no relatório.

O texto denuncia "confrontos e tiroteios que aumentaram em alguns pontos, especialmente junto às cidades de Donetsk e Gorlivka, e em outras localidades mais pequenas como Kominternov, Shyrokyn e Zaitsev".

O governo ucraniano continua sem ter um efetivo controlo sobre a maioria das áreas fronteiriças com a Rússia das regiões de Lugansk e Donetsk "o que facilita o tráfico de munições, armas e combatentes a partir da Federação Russa até aos territórios controlados pelos grupos armados". "O risco de que o conflito volte a intensificar-se mantém-se elevado", sublinha o relatório.

No texto indica-se que as armas ligeiras são predominantes no território e as mais usadas nos vários incidentes, mas a missão da OSCE denuncia "a contínua presença de armamento pesado, tanques e sistemas de artilharia dos dois lados".

"Apesar do uso esporádico, os contínuos incidentes de bombardeamentos indiscriminados e a presença de minas antipessoais e outras munições de guerra expõem os civis à contínua ameaça da morte ou de serem feridos", sublinha.

O relatório denuncia ainda que as forças ucranianas estão cada vez mais próximas de zonas residenciais, e os grupos rebeldes completamente misturados com o tecido social existente "o que põe em grave perigo a população".

Durante o período analisado foram contadas 78 vítimas civis relacionadas com a guerra: 21 pessoas (13 mulheres e oito homens) morreram e 57 ficaram feridas (41 homens, oito mulheres, seis rapazes e duas raparigas).

Em conferência de imprensa, Gianni Magazzeni, diretor para a Europa do Alto Comissariado, afirmou que até 01 de março o número total de vítimas desde o início do conflito, em meados de abril de 2014, eleva-se a 30.272, das quais 9.187 mortos e 21.085 feridos.

Além do risco de serem atingidos pelos tanques, os três milhões de pessoas que vivem nas zonas de guerra não podem usufruir dos direitos humanos básicos, apesar da ajuda esporádica que recebem das agências humanitárias, de comboios enviados pela Rússia ou das ações do governo ucraniano.

"Esta ajuda é insuficiente para responder às necessidades de 2,7 milhões de civis que vivem no território sob controlo dos grupos armados e particularmente para as 800 mil pessoas que vivem na proximidade da linha da frente, especialmente vulneráveis", disse.

O relatório denuncia "a ausência de lei e ordem" nos territórios controlados pelos grupos rebeldes, com permanentes acusações de homicídios, detenções arbitrárias e secretas, tortura e maus tratos.

O Alto Comissariado também registou o mesmo tipo de abusos cometidos por funcionários da segurança ucraniana.

"Peço às autoridades ucranianas para que investiguem urgentemente e de forma imparcial todas e cada uma das violações registadas", afirmou, em comunicado, o alto comissário para os Direitos Humanos, Zeid Ra'ad al Hussein.

"A determinação da responsabilidade é essencial para levar justiça às vítimas (...) mas é também uma importante forma de dissuadir as autoridades de cometerem mais violações", concluiu.


Lusa
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Março 06, 2016, 08:43:46 am


Two Ukrainian soldiers killed in skirmishes with Russian-backed forces
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Março 18, 2016, 07:21:00 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Março 23, 2016, 08:05:38 am


Rússia condena Nadiya Savchenko a 22 anos, mas Ucrânia não reconhece sentença
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Abril 15, 2016, 05:57:41 pm
UKRAINE WAR 2016 - HEAVY FIREFIGHTS DURING FIGHTING IN AVDEEVKA


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Abril 15, 2016, 06:23:05 pm


Exercícios militares dos separatistas ucranianos cerca de Ilovaisk, Donetsk
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Abril 19, 2016, 09:04:31 am

Tribunal ucraniano condena alegados militares russos a 14 anos de prisão
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Abril 20, 2016, 08:13:58 am


Troca de prisioneiros em negociação
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Abril 21, 2016, 03:50:38 pm
Ukrainian Army Soldiers In Military Defense Training Action - Military Live Fire Training Exercise


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Abril 28, 2016, 10:47:23 am


Piloto ucraniana condenada na Rússia poderá ser extraditada
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Abril 28, 2016, 06:15:18 pm


Rússia persegue à irmã da piloto ucraniana Nadezhda Savchenko
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Abril 28, 2016, 06:21:03 pm


4 mortos em explosão em posto de controlo dos pró-russos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 02, 2016, 06:07:14 pm

Combates em Marinka, abril 2016, entre a Brigada de Infantaria 14 de Ucrânia e rebeldes separatistas
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 03, 2016, 07:31:51 pm

Exercício das forças especiais ucranianas "Spetsnaz".
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 11, 2016, 07:43:17 pm


Dois anos de uma guerra sem fim à vista
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Maio 14, 2016, 02:18:43 pm

New Satellite Image Shows Buk System Position During MH17 Crash in Ukraine
http://sputniknews.com/military/20160514/1039594282/mh17-crash-satellite-images.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Maio 15, 2016, 12:27:44 pm
UKRAINE WAR 2016 - HEAVY INTENSE FIREFIGHTS NEAR AVDEEVKA AT NIGHT


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 15, 2016, 10:08:43 pm

Ucrânia 2016. Combates cerca de Marinka
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Maio 16, 2016, 01:21:24 pm

Ukraine Gov’t Forces Attacked Rossiya TV Crew in Donbass
http://sputniknews.com/europe/20160515/1039657761/russian-journalists-ukraine-attack.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 16, 2016, 01:48:58 pm


Ucrânia 2016. Combates cerca de Adveenka
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 16, 2016, 01:53:47 pm


Status na linha de frente cerca de Donetsk e Peski
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Maio 20, 2016, 06:15:43 pm
UKRAINIAN POWERFUL BM-27 URAGAN IN ACTION • ROCKET LAUNCH EASTERN UKRAINE


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Maio 21, 2016, 11:33:26 pm
Um site ucraniano dedicado a este conflito.

https://informnapalm.org/en/
Citar
INFORMNAPALM is a volunteer initiative to inform both Ukrainian citizens and the foreign public about the crises in Ukraine. We are all volunteers giving our time and efforts for this project. The project team consists of journalists, political scientists, military experts, public figures, IT specialists, editors, and translators. While the team is mostly Ukrainian we have also welcomed supporters into our ranks from around the world.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 22, 2016, 11:56:39 am

Familiares das vítimas do voo MH17 processam Rússia e presidente Putin

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Maio 22, 2016, 01:08:40 pm
Um site ucraniano dedicado a este conflito.

https://informnapalm.org/en/
Citar
INFORMNAPALM is a volunteer initiative to inform both Ukrainian citizens and the foreign public about the crises in Ukraine. We are all volunteers giving our time and efforts for this project. The project team consists of journalists, political scientists, military experts, public figures, IT specialists, editors, and translators. While the team is mostly Ukrainian we have also welcomed supporters into our ranks from around the world.


um site de propaganda ucraniana nada isento
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Maio 22, 2016, 01:11:45 pm

Malaysian PM Notes MH17 Crash Probe Progress After Meeting With Putin
http://sputniknews.com/world/20160521/1040030037/razak-putin-mh17.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 24, 2016, 01:20:18 pm
(http://www.chinadaily.com.cn/world/images/attachement/jpg/site1/20140604/f04da2db112214f8b2b429.jpg)

Pro-Russian rebels during clashes with Ukrainian troops on the outskirts of Luhansk

Surge in eastern fighting kills seven Ukrainian soldiers: official

http://www.reuters.com/article/us-ukrainecrisis-casualties-idUSKCN0YF17W
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 24, 2016, 05:04:29 pm


Russian military equipment in Luhansk violates Minsk agreement
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 25, 2016, 02:40:36 pm


Ucrânia troca dois presos russos por piloto Nadiya Savchenko
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 25, 2016, 07:22:42 pm


Troca de prisioneiros permite regresso de piloto ucraniana
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 25, 2016, 07:30:36 pm

Rússia afirma estar preparada para sanções económicas por intervenção na Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 27, 2016, 11:59:29 am


Libertação de Nadiya Savchenko foi inesperada
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Maio 27, 2016, 12:04:15 pm


Troca de prisioneiros é independente dos acordos de Minsk
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Junho 06, 2016, 12:27:23 am

Dois lados do mesmo confronto.
30/05/2016
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Junho 15, 2016, 08:10:41 am

Segunda troca de prisioneiros entre a Rússia e a Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Julho 03, 2016, 09:04:11 pm

 e esta hein?

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 08, 2016, 05:54:48 pm


Um cessar-fogo inexistente
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Julho 11, 2016, 01:23:43 pm

lembram-se de cada uma  ;D


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 19, 2016, 04:51:00 pm
How Prevalent are Far Right Nationalists in Ukraine?

http://gpolit.com/2016/07/11/prevalent-far-right-nationalists-ukraine-introduction-new-ukraine-matt-florence/#_ftn1

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 19, 2016, 05:02:28 pm


Ukraine's brutal war is still raging on after a failed ceasefire
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 22, 2016, 08:34:52 am

Forças dos EUA, Ucrânia e Georgia começam o exercício Sea Breeze 2016
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Julho 22, 2016, 08:45:27 am


União Europeia não deve subalternizar a Ucrânia, diz primeiro-ministro
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Julho 23, 2016, 11:12:01 pm
Onde e que isto vai parar?




Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 02, 2016, 07:51:26 pm


Nadiya Savchenko anuncia nova greve de fome
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 02, 2016, 11:53:44 pm

e vao quatro

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 08, 2016, 02:14:23 pm

Ukrainian volunteer unit troops raped underage girls, filmed it on phones – MP
https://www.rt.com/news/355002-ukraine-nationalists-children-rape/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 10, 2016, 12:39:32 pm
Crimeia, dois anos depois do referendo, bem integrada na Federacao Russa

Sondagem apos o primeiro ano

One Year After Russia Annexed Crimea, Locals Prefer Moscow To Kiev
http://www.forbes.com/sites/kenrapoza/2015/03/20/one-year-after-russia-annexed-crimea-locals-prefer-moscow-to-kiev/#7db6710a5951

Dia da Marinha na Russia (31 de Julho) com celebracao em Sevastopol, video deste ano
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 10, 2016, 10:34:13 pm

Putin: Foiled Attack in Crimea Worrying, Ukraine Starts to Resorts to Terror
http://sputniknews.com/politics/20160810/1044137788/putin-ukraine-crimea.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 10, 2016, 11:40:17 pm

Fighting resumes in Eastern Ukraine: one soldier killed, two wounded in clashes
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 10, 2016, 11:44:09 pm


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 10, 2016, 11:45:17 pm

Ukrainian troops survive 62 attacks over past day
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 10, 2016, 11:51:09 pm

Aumenta a tensão entre Rússia e Ucrânia por causa da Crimeia 
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 11, 2016, 12:04:03 am
Ukraine Degrades to 'Arms Supermarket'
http://sputniknews.com/military/20160810/1044133968/ukraine-weapons-smuggling.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 12:07:10 am
(http://news.images.itv.com/image/file/1064317/stream_img.jpg)

Vladimir Putin may believe time is ripe for another invasion

https://www.theguardian.com/world/2016/aug/10/vladimir-putin-may-believe-time-is-ripe-for-another-invasion
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 10:42:02 am

Declaração íntegra, legendada em inglês, de Putin contra a Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 11, 2016, 11:15:05 am
Russian FSB foils terrorist attacks plotted by Ukrainian intel agents in Crimea
https://www.rt.com/news/355385-fsb-ukraine-terrorist-attacks/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 11:16:34 am
(http://www.mytripolog.com/wp-content/uploads/2012/07/Ukraine-flag-waving-in-the-air-1024x681.jpg)

Crimea incident yet another Kremlin-manufactured provocation, Ukraine says

Official statement issued by Ukrainian Foreign Ministry condemns Russian allegations about 'terrorist attacks' on occupied península. 

http://uatoday.tv/politics/crimea-incident-yet-another-kremlin-manufactured-provocation-ukraine-says-714122.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 11, 2016, 11:25:38 am

Crimean head: US State Department behind terrorist attempts in Crimea
http://tass.ru/en/politics/893707
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 11:29:17 am
(http://blogs.reuters.com/great-debate/files/2015/12/RTX1Z33F-606x416.jpg)

Ucrânia recorre à ONU após acusações russas sobre Crimeia

http://exame2.com.br/mobile/mundo/noticias/ucrania-recorre-a-onu-apos-acusacoes-russas-sobre-crimeia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 11:46:56 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 01:31:41 pm
(http://atlanticcouncil.org/images/royaltyfree/thumbnails/20160810aslund_large.jpg)

Is Putin Preparing a New Attack on Ukraine?

http://www.atlanticcouncil.org/blogs/new-atlanticist/is-putin-preparing-a-new-attack-on-ukraine
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 11, 2016, 01:51:19 pm
Poroshenko Orders Highest Combat Readiness Near Crimea, in Donbass
http://sputniknews.com/europe/20160811/1044161591/poroshenko-army-crimea-donbass.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 02:56:48 pm
(http://www.periodistadigital.com/imagenes/2016/01/22/dqac.jpg)

Putin accuses Ukraine of trying to provoke a new conflict over Crimea

http://www.reuters.com/article/us-ukraine-crisis-crimea-attack-idUSKCN10L1EE

Citar
The Russian allegations follow an uptick in Russian military activities in Northern Crimea (...)

The FSB said it had tackled one group in an operation that spanned late Saturday and early Sunday (...) The situation escalated further late on Sunday and in the early hours of Monday


Russia Accuses Ukraine of 'Terrorist' Attack in Crimea

http://www.npr.org/sections/thetwo-way/2016/08/11/489586982/russia-accuses-ukraine-of-terrorist-attack-in-crimea

Citar
So far,Russian officials have not addressed the question of why, if Russian forces were so severely  attacked,  the Kremlin waited THREE DAYS to make the allegations.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 04:33:28 pm

Ucrânia coloca em 'estado de alerta' as unidades do exército junto à fronteira com a Crimeia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 11, 2016, 04:37:41 pm
Moscow names two men detained in connection with terror attack attempts in Crimea
http://tass.ru/en/politics/893822
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 05:05:20 pm

Sevastopol: Russian warship failed missile launch

Putin Fans the Flames in Ukraine Once Again

http://www.bloomberg.com/view/articles/2016-08-11/putin-wants-to-stir-up-ukraine-once-again
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 11, 2016, 05:35:05 pm
Source: Ukrainian national detained in Crimea admits guilt in organizing terror acts
http://tass.ru/en/world/893797
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 05:59:07 pm
(http://www.kyivpost.com/media/images/2016/08/10/p1apqf9qdn1sshdq0osqfi5rul4/original_new-top.jpg)

This Is Why Vladimir Putin Is Accusing Ukraine of Terrorism

http://time.com/4448219/vladimir-putin-ukraine-terrorism/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 11, 2016, 06:27:31 pm

Moscow surprised by Kiev's request to discuss Crimea attack at UN Security Council
http://tass.ru/en/politics/893842
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 08:49:13 pm
(http://america.pink/images/6/8/2/6/3/0/en/3-black-sea-fleet.jpg)

Russia and Ukraine step up security amid tension over Crimea

https://www.theguardian.com/world/2016/aug/11/russia-and-ukraine-step-up-security-amid-tension-over-crimea
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 11, 2016, 10:43:15 pm
http://www.mid.ru/ru/foreign_policy/news/-/asset_publisher/cKNonkJE02Bw/content/id/2388555/pop_up?_101_INSTANCE_cKNonkJE02Bw_viewMode=print&_101_INSTANCE_cKNonkJE02Bw_languageId=en_GB&_101_INSTANCE_cKNonkJE02Bw_qrIndex=0

11.08.16
STATEMENT BY THE FOREIGN MINISTRY OF RUSSIA

Citar
Russia’s Federal Security Service (FSB) has disrupted a plot to carry out terrorist attacks in the Republic of Crimea. The attacks, planned by the Ukrainian Defence Ministry’s Chief Intelligence Directorate, targeted critical infrastructure and facilities in Crimea. Russia’s intelligence services take the view that these planned acts of sabotage and terrorism were intended to destabilise the socio-political situation in the region in the run-up to federal and regional elections.
A group of saboteurs were apprehended near the town of Armyansk on the night of August 6. An FSB officer was shot and killed in the process of apprehending the terrorists. Explosive devices with a total charge of more than 40 kilograms of TNT, munitions, grenades, land mines and other weapons were found at the scene. Ukrainian Defence Ministry special units made two further attempts to infiltrate Crimean territory in the early hours of August 8, but the groups of saboteurs and terrorists were intercepted by the FSB and other Russian forces. These attempts to infiltrate Crimea took place under cover from armoured equipment and massive fire by Ukrainian armed forces from inside Ukrainian territory. One Russian Defence Ministry serviceman was killed as a result.
Russia has now taken action to dismantle the Ukrainian Defence Ministry Chief Intelligence Directorate’s network of agents in Crimea and have detained Ukrainian and Russian citizens who aided in the preparation of these terrorist attacks. The detained individuals include Yevgeny Panov and Andrey Zakhtey. All of them have admitted their involvement and are giving a confession.
We have repeatedly brought to our partners’ attention that the current authorities in Kiev have no real interest in searching for a peaceful solution to the problems in Ukraine, are not ready to compromise, and intend to resolve issues that arise through the use of force, including terrorism now. 
The attempts to enter Crimea unlawfully, the recent attempt on the life of Head of the Lugansk People’s Republic Igor Plotnitsky, the constant firing along the line of contact in Donbass, and the actions of radical nationalists and so-called ‘activists’ from around Ukraine that go beyond the bounds of any lawful framework are a vivid illustration of the state of affairs in Ukraine today. The numerous provocations, efforts to portray Moscow as the enemy, and the deliberate cultivation of anti-Russian sentiments are an attempt by the Ukrainian government to distract the public from the country’s own troubles and the problems affecting the majority of people in Ukraine. We see a deliberate effort to divert public attention from the actions and responsibility of those in power and their inability to carry out long overdue reforms and conduct an honest investigation into the murders of journalists and human rights activists and the crimes committed in 2014 during the Maidan protests, in Odessa, Mariupol, and other cities.
Ukraine’s government makes loud declarations in a bid to deny what is evident and pass responsibility for its own actions to others, even the UN Security Council – anything to avoid taking meaningful steps to normalise the situation.
We call on our partners, whose efforts play a large part in keeping the current regime in Kiev in power, to show common sense and finally get their Ukrainian wards to end their constant provocations and fulfil their obligations in accordance with Minsk Agreements on a political settlement in Ukraine.
Mr Poroshenko constantly touts the “unconditional support from the USA, NATO, and the European Union” in his “fight to return annexed Crimea”. The West’s willingness to play along with this rhetoric undoubtedly played a role in the Ukrainian leadership’s criminal decision to attempt an armed provocation in Russian Crimea. If the commander in chief of Ukraine’s armed forces was involved in these decisions, he will have driven the final nail in the coffin of the peace process. If these decisions were taken without his knowing, then it is even worse. Kiev’s inaction in the face of growing militaristic rhetoric and violent acts planned and executed by so-called volunteer battalions and other extremists is cause for grave concern.
We hope that Western capitals will draw the appropriate conclusions.
Attempts to destabilise the situation in Russian Crimea are doomed to fail. Russia unconditionally guarantees Crimea’s stability and security.
Kiev and its foreign backers should know that any harm to Russia or the deaths of Russian personnel will not go unanswered.
As President Vladimir Putin noted on August 10, given the current situation and until we see real positive steps from Kiev, like renouncing terror and provocations, it makes little sense to hold Normandy format meetings, like the Beijing meeting in early September requested by Mr Poroshenko recently.
Once again, we call on our partners to use their influence with Kiev to dissuade the government from taking any dangerous steps that could have grave consequences. Playing with fire is dangerous. 
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 11, 2016, 10:56:46 pm


Península de Crimeia: Dois anos e meio depois
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 11, 2016, 11:01:35 pm

Sabotadores ucranianos na Crimeia
http://www.interfax.ru/russia/523166
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 12, 2016, 12:18:23 am
(http://www.shabellenews.com/wp-content/uploads/2016/01/sec.png)

Ukraine at UN asks Russia to show proof of Crimea plot

https://au.news.yahoo.com/world/a/32308384/ukraine-at-un-asks-russia-to-show-proof-of-crimea-plot/#page1
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 12, 2016, 09:53:52 am

Movimentação militar russa na Crimeia inquieta Estados Unidos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 12, 2016, 10:01:19 am

One Ukrainian soldier killed, four wounded in Donbass warzone
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 12, 2016, 01:54:02 pm

‘Chaos in Kiev’: Ukraine trying to distract attention from Donbass conflict, says Russia’s UN rep.
https://www.rt.com/news/355657-un-russia-ukraine-meeting/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 12, 2016, 02:05:47 pm

Response to Russian provocation: troops on highest alert
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 12, 2016, 02:23:49 pm
(https://d.ibtimes.co.uk/en/full/1541248/ukrainian-mig.jpg?w=736)

No evidence of Russia's claim of a Ukrainian armed incursion into Crimea, says NATO

Russia has cut off Internet access in the north of the disputed peninsula

http://www.ibtimes.co.uk/no-evidence-russias-claim-ukrainian-armed-incursion-into-crimea-says-nato-1575702
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Agosto 12, 2016, 02:33:10 pm
http://www.forte.jor.br/2016/08/04/mapa-da-situacao-no-leste-da-ucrania/ (http://www.forte.jor.br/2016/08/04/mapa-da-situacao-no-leste-da-ucrania/)
Citar
Mapa da situação no leste da Ucrânia em 2 de Agosto de 2016.
(http://www.forte.jor.br/wp-content/uploads/2016/08/Ucr%C3%A2nia-2-8-2016.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 12, 2016, 02:51:57 pm
(http://ichef-1.bbci.co.uk/news/660/cpsprodpb/8F80/production/_90763763_crimeacombo.jpg)

Crimea tensions in Russia, Ukraine media

http://www.bbc.com/news/world-europe-37057226

Citar
(..) ]Some Russian papers have questioned the official line, even suggesting the events were staged deliberately.

There is "a microscopic chance" that the allegations by Russian security bodies are true, but "RATIONAL BEHAVIOUR COMPELS ONE TO PRESUME THAT THESE ACCUSATIONS ARE MADE UP", writes journalist Andrei Babitsky in influential business daily Vedomosti (...)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 12, 2016, 03:34:05 pm

Ucrânia espera que a Rússia compreenda que nâo pode continuar com este tipo de comportamento
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 12, 2016, 05:30:49 pm

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 12, 2016, 08:26:14 pm

Dois oficiais russos morreram nesta tentativa de sabotagem ucraniana na crimeia. Foi uma brincadeira deste genero que originou a resposta russa em 2008 na Ossetia do Sul quando forcas georgianas mataram dois soldados da paz russos estacionados na republica separatista. Depois nao fiquem admirados com o rugido que o Urso possa fazer.

Russian troops in Crimea receive S-400 antiaircraft missile system
http://tass.ru/en/defense/894009
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Agosto 12, 2016, 08:50:43 pm
The Intense Ukrainian Army’s Military Exercises 2016


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 13, 2016, 12:41:04 pm
(http://s.newsweek.com/sites/www.newsweek.com/files/styles/full/public/2016/08/12/0913ukrainewar01.JPG)

Militants increase attacks, shell Ukrainian border guards positions

http://uatoday.tv/news/militants-increase-attacks-shell-ukrainian-border-guards-positions-726257.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 13, 2016, 12:55:56 pm


Novo confronto armado pode estar para breve
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 13, 2016, 12:59:59 pm
Interrogatorio a Evgeni Panov, um dos sabotadores ucranianos apanhados na Crimeia

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 13, 2016, 01:51:20 pm

Rússia instala sistema de mísseis S-400 em Crimeia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 13, 2016, 02:43:51 pm
(https://cdn1.img.sputniknews.com/images/102052/12/1020521257.jpg)

Moscow has no plans of allowing OSCE observers to Crimea

Kiev had urged Moscow to allow OSCE to evaluate the situation in the peninsula

http://tass.ru/en/politics/894071
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 14, 2016, 07:58:44 pm
The Ukrainian Defense Ministry’s main intelligence directorate terror plot foiled in Crimea August 2016 SITREP, by Scott
http://thesaker.is/the-ukrainian-defense-ministrys-main-intelligence-directorate-terror-plot-foiled-in-crimea-august-2016-sitrep-by-scott/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 14, 2016, 09:04:22 pm
The Saker, formerly Vinyardsaker : partner of Southfront.org, Kremlin's mouthpiece

http://aktivnyye.com/t/20160120-southfront.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 15, 2016, 05:49:17 pm

Former observer: OSCE covered up casualties in Eastern Ukraine (video)
http://novorossia.today/135882-2/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 15, 2016, 06:35:49 pm
(http://mba25.com/img/partner/logo/682/The-Moscow-Times-logo.jpg)

It's Security, Stupid: How Putin Manipulates National Emergencies

By Maxim Trudolyubov

https://themoscowtimes.com/articles/its-the-security-stupid-54982
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 17, 2016, 11:27:27 am
Ukraine does not plan to break off diplomatic relations with Russia
http://en.interfax.com.ua/news/general/364029.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 20, 2016, 07:44:22 pm


Dois soldados ucranianos mortos em ataque pro-russo em Marinka, no leste da Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 22, 2016, 08:34:01 am


Exercícios "Sky Shield" do exército ucraniano
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 22, 2016, 01:44:50 pm
MH17 criminal probe out next month: Dutch prosecutors
http://www.straitstimes.com/world/europe/mh17-criminal-probe-out-next-month-dutch-prosecutors
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 23, 2016, 02:29:12 pm

Poroshenko at the National Flag Day in Kiev reiterates the need to restore sovereignty in Donbass and Crimea

http://en.interfax.com.ua/news/general/365243.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 23, 2016, 02:33:40 pm

Crimea ready to sue Ukraine over ‘20 years of looting’ – official
https://www.rt.com/politics/356818-crimean-official-says-republic-might/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Agosto 23, 2016, 05:03:26 pm

Tensões antecipam o Dia da Independência da Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 23, 2016, 05:44:52 pm

Poroshenko awards American minister for being "outstanding Ukrainian"
http://www.fort-russ.com/2016/08/poroshenko-awards-american-minister-for.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Agosto 25, 2016, 04:57:32 pm

Assassination attempt on Donetsk republic leader foiled
http://tass.com/world/895922
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 01, 2016, 01:29:58 pm
7 Reasons Why Russia Won't Invade Ukraine
http://www.unz.com/akarlin/russia-no-ukraine-invade/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 02, 2016, 08:34:13 pm

bez kommentariev

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 03, 2016, 06:13:28 pm
Self-proclaimed Donetsk republic opens representation in Czech Republic
http://tass.com/world/897120
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 11, 2016, 11:29:32 am

TWO MORE PROBES LAUNCHED INTO EVENTS IN SOUTHEASTERN UKRAINE
http://en.sledcom.ru/news/item/1065922/?type=news&more_link=1

Citar
The RF Investigative Committee’s Head Office has opened two more criminal investigations into the events that are taking place in Southeastern Ukraine.

According to investigators, the commander of the 14th separate mechanized brigade of the Ukraine’s Armed Forces Colonel Aleksandr Zhakun in April 2016, organized a heavy-artillery shelling of Yelenovka checkpoint of the Donetsk People’s Republic meant for civilian people and vehicles. 4 people were killed, another 7 were wounded and 4 vehicles were damaged in the shelling. Investigators believe that the Colonel’s actions contain signs of a crime under Part 1 of Article 356 of the RF Penal Code (use of prohibited means and methods of warfare).

An investigation has also been opened into the genocide of Russian-speaking people, including children who lived in the self-proclaimed Donetsk People’s Republic. Both former and current officials of the Ukraine’s Defense Ministry and National Guard are under investigation, including the Defense Minister Stepan Poltorak, Head of the General Staff of the Defense Ministry Viktor Muzhenko, former commander of the Land Forces Anatoly Pushnyakov, current commander of the Land Forces Sergei Popko, Commander of the National Guard Yuri Allerov. According to investigators, from January to August 2016, all of them gave criminal orders to their subordinates in the Ukraine’s Armed Forces and National Guard to use heavy weapons to destroy civil infrastructure and settlements in the Donetsk People’s Republic and to completely or partially annihilate the Russian-speaking group of people including children. At least 9 people were killed and at least 110 people were wounded, including 9 minors, at least 279 homes and facilities of infrastructure were completely or partially destroyed.

Investigative and search operations are underway to find out all the details of the crimes.

The Investigative Committee also continues investigating a general criminal case opened into major crimes against peace and safety of humanity committed by representatives of military force of Ukraine in Donbass. 53 cases have been joined to form a single lawsuit. More than 130,000 people have been interviewed and more than 22,000 of them were recognized as victims.

According to the Russian Ministry of the Interior, in the period between 1 April 2014 and 30 August 2016, more than a million citizens fled from Southeast Ukraine and stayed in the Russian Federation. More than 400,000 Ukrainian citizens have applied to the Migration Directorate of the Russian Interior Ministry for a refugee status or a temporary refuge, while some 200,000 people have applied for the Russian citizenship.

According to the information we have, so far 2,722 complaints about the actions of the higher military and politic leadership of Ukraine have been lodged with the European Court of Human Rights in Strasbourg. The victims are requesting more than 120 million euros in damage. By now the ECHR has taken up more than 1,970 complaints filed by residents of Southeastern Ukraine about multiple violations of their rights and freedoms and generally recognized principles and norms of the international law during military actions.

The applicants refer to violations of the Convention for the Protection of Rights and Fundamental Freedoms and additional protocols to it. In particular, they complaint about violation of fundamental rights and freedoms: the right to life, freedom and personal safety, to justice, respect for private and family life, to protection of property, and refer to the banishment of torture and the right to effective means of legal protection.

We are convinced that sooner or later the rights of those affected by the actions of Ukrainian military will be restored in court, and the files of the criminal case investigated by the RF Investigative Committee against officials of the Ukraine’s Defense Minister and National Guard will also be reviewed in court.

Head of Media Relations                                                                                                                               V.I. Markin
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 14, 2016, 09:05:15 am

Rebeldes pró-russos anunciam pela primeira vez cessar-fogo unilateral
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 14, 2016, 12:34:04 pm

Russia's Kavkaz-2016 drills were not aimed against Ukraine — General Staff
http://tass.com/defense/899747
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 15, 2016, 01:24:48 pm

DPR Army Stopped Breakthrough of Ukrainian Armed Forces near Donetsk
https://southfront.org/dpr-army-stopped-breakthrough-of-ukrainian-armed-forces-near-donetsk/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 16, 2016, 08:39:50 am


Ceasefire casualties: Ukraine reports 3 killed, 15 wounded
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 16, 2016, 08:46:33 am


Cessar-fogo na Ucrânia pode não estar a ser respeitado
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 16, 2016, 01:25:42 pm
Russia to hold elections for its citizens in Ukraine despite Kiev restrictions
https://www.rt.com/politics/359431-russia-to-hold-elections-on/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 16, 2016, 05:50:39 pm

Rare Access To Both Sides OF Ukraine's Front Line
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Setembro 16, 2016, 06:47:20 pm
2:09 - Anyone who has studied history can tell you that the Soviet Union, Russia, has never attacked anyone.
Everyone else always wanted something from us.
 ??? ??? ??? ::) ::) ::)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 16, 2016, 08:21:28 pm
2:09 - Anyone who has studied history can tell you that the Soviet Union, Russia, has never attacked anyone.
Everyone else always wanted something from us.
 ??? ??? ??? ::) ::) ::)

A opinião  de "Jack", um combatente pró-russo. Nada estranho em essas pessoas. O estranho sería ouvir uma análise imparcial da história da Rússia.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 16, 2016, 08:27:44 pm


Kiev to extend blacklist of Russian companies and individuals — Poroshenko
http://tass.com/world/900341?_ga=1.121990221.756945566.1470868790
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 16, 2016, 11:18:49 pm

Trégua violenta em Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 17, 2016, 08:52:05 am

Russian proxies break their own ceasefire in Donbass
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 17, 2016, 11:24:48 am
A pouco mais de uma semana de importante comunicado holandes com resultados da investigacao criminal sobre o mh17 e altura de falarmos do assunto.

Ja se sabe ha muito que os videos/fotos que andam a circular a mais de dois anos a culpabilizar os separatistas/russia  sao falsos.

MH17: What suggests Ukraine is behind the fake Buk materials
https://energia.su/mh17/en/article/1/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 17, 2016, 04:18:06 pm

Anti-Kremlin protesters attack Russian embassy in Kiev
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 17, 2016, 07:52:00 pm
Nao ha guerra sem propaganda, e nao ha manipulacao sem mentes acriticas,imprepadas,vulneraveis. quem continua a acreditar ( e sao muitos neste forum) no que ouvem nos media caiu num poco muito escuro.

Timmermans UN Speech based upon Provable Lies! - MEDIA COMPLICIT IN WAR-PROPAGANDA
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 17, 2016, 11:32:42 pm

estes sao os "terroristas" russos no leste da ucrania

Donetsk one year Independence day parade (celebracoes de 2015)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 22, 2016, 01:44:56 pm
fabricante de misseis ALMAZ-ANTEY aponta falhas tecnicas na investigacao holandesa sobre o abate do mh17

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 23, 2016, 01:57:00 pm

na proxima quarta feira vai haver outro comunicado holandes sobre o mh17.

antes porem convem saber das mentiras com que andaram a contaminar os curiosos neste assunto. estudo que deita por terra teorias do grupo de mentirosos bellingcat

The Falsification of Open Sources About MH17:Two Years Later
http://www.segodnia.ru/sites/default/files/pdf/The%20Falsification%20of%20Open%20Sources%20About%20MH17.pdf
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 23, 2016, 04:13:32 pm
http://www.vice.com/en_uk/read/portraits-and-documentary-photos-of-the-ongoing-war-in-ukraine-wiktoria-wojciechowska-v23n5
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 23, 2016, 06:47:02 pm
outro documento que refuta as alegacoes do grupo bellingcat relativamente ao abate do mh17.
ha membros deste forum que foram na cantiga dos riscos e rabiscos do senhor higgins.

“Buk”3x2: mystery of the lost digit
http://www.segodnia.ru/sites/default/files/pdf/Buk%203_2%20mystery%20of%20the%20lost%20digit.pdf
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 24, 2016, 12:26:40 pm

COUP THWARTED: Kiev fails at plot in LPR - Full Coverage Exclusive
http://www.fort-russ.com/2016/09/coup-thwarted-kiev-fails-at-plot-in-lpr.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 25, 2016, 07:02:47 pm

Almaz Antey hands over radar data on MH17 inquiry, Moscow calls for other countries to follow suit
https://www.rt.com/news/360319-almaz-russia-mh17-crash/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 26, 2016, 01:13:19 pm
A Russian radar producer and the Russian Defense Ministry are explaining the newly discovered raw radar data perpetrating to the crash of Malaysia Airlines flight 17 over Ukraine on July 17, 2014. The Boeing 777 was en route to Kuala Lumpur from Amsterdam and was downed in the skies. All 298 people on board, including 80 children and 15 crewmembers, were killed.

LIVE
https://www.rt.com/on-air/360630-russian-mod-mh17-crash/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 27, 2016, 01:46:51 pm

Radares russos nao detectaram missil vindo de este. Porque e que a ucrania e eua nao mostram os dados dos seus radares. O que escondem sobre o mh17?

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 28, 2016, 09:10:56 am

International team of investigators to report today on 2014 downing of Malaysian airliner
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 28, 2016, 09:18:24 am


Rússia cria base militar a cem quilômetros da Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 28, 2016, 10:19:46 am
MH17: Dutch-led team to pinpoint Buk missile launch site
http://www.bbc.co.uk/news/world-europe-37492322
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 28, 2016, 12:10:56 pm
(https://static.independent.co.uk/s3fs-public/styles/article_large/public/thumbnails/image/2015/05/28/12/Breaking-news.jpg)

MH17: Rebels found responsible for downing Malaysia Airlines plane over eastern Ukraine

Investigation finds Buk missile that downed passenger plane was fired from inside rebel territory

http://www.independent.co.uk/news/worl/europe/mh17-russia-ukraine-rebels-responsible-downing-malaysia-plane-lfosecutioncharges-vladimir-a7334246.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Setembro 28, 2016, 12:20:30 pm
https://liveuamap.com/ (https://liveuamap.com/)
Citar
liveuamap.com: Interactive live map of conflict news - Ukraine Latest
(http://mini.site-shot.com/1024x768/640/JPEG/?liveuamap.com)
(http://img.sur.ly/thumbnails/620x343/l/liveuamap.com.png)

Saudações

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 28, 2016, 12:25:36 pm
MH17 shot down by rebels using Buk system brought from Russia – int’l investigators
https://www.rt.com/news/360925-mh17-crash-jit-report/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 28, 2016, 04:06:57 pm
Int’l investigators allowed Ukraine to fabricate MH17 evidence – Russia
https://www.rt.com/on-air/360948-almaz-antey-mh17-probe/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 28, 2016, 04:17:02 pm

MH17: Avião foi abatido por míssil proveniente da Rússia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Setembro 28, 2016, 04:21:30 pm

"How does a BUK missile system work?"
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Crypter em Setembro 28, 2016, 04:23:56 pm
Agora em Português:

Citar
O míssil que levou à queda do avião MH17 da Malaysia Airlines foi disparado de território controlado por rebeldes pró-russos na Ucrânia. É esta a conclusão da equipa de especialistas internacionais que conduz o inquérito ao acidente que aconteceu em julho de 2014, que concluiu ainda que o míssil foi transportado de território russo para a Ucrânia.

O sistema que disparou o míssil regressou depois à Rússia.

O Boeing 777 que seguia de Amesterdão para Kuala Lumpur foi atingido por um míssil quando sobrevoava o leste da Ucrânia. A bordo estavam 298 pessoas e nenhuma sobreviveu.

Os investigadores dizem que ainda vai demorar a concluir quem foram os responsáveis pelo envio do míssil.

Fonte: http://www.msn.com/pt-pt/noticias/mundo/m%C3%ADssil-que-abateu-mh17-foi-disparado-por-rebeldes-pr%C3%B3-russos-na-ucr%C3%A2nia/ar-BBwJczo?li=BBoPWjC&ocid=mailsignout
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 28, 2016, 04:40:34 pm

Investigadores holandeses, ucranianos e belgas dificilmente podiam "concluir" outra coisa.

2 questoes

- Porque demoraram mais de dois anos a chegar a estes resultados?
- Os dados de radar americanos e ucranianos ja foram apresentados? A russia ja tornou publico os seus ( dois dias atras) e contradizem a versao holandesa.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Crypter em Setembro 28, 2016, 08:38:26 pm
"LOL"!
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 28, 2016, 09:42:05 pm

Grande lol, senhor Crypter.

Eu sempre tive a mente aberta para o que e quem poderia ter causado o abate do mh17. Nada tenho a ganhar ou perder com a culpa de nenhum dos envolvidos (ucrania/russia). Se foram os russos os responsaveis que sejam, mas provem-no sem sombras. O caso tal como e apresentado pela investigacao holandesa e circunstancial. Foram mostrados videos e conversas telefonicas, nenhuma delas e conclusiva, apontam numa direccao mas precisam doutras evidencias para completar o quadro.

Mantenho as questoes prementes que por alguma razao nao tiveram resposta nesta investigacao (a informacao nao foi divulgada ao publico)

- analise quimica ao sitio do lancamento do missil terra ar, dizem que tiraram. onde esta esse material para ser estudado por todas as partes?
- imagens de satelite americanas, porque nunca foram mostradas? o caso podia estar logo resolvido nos primeiros meses
- dados dos radares ucranianos, onde param eles? os russos mostraram ha dois dias os seus.

Quando estas questoes forem tratadas de forma transparente podemos entao estar mais seguros das conclusoes.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Crypter em Setembro 28, 2016, 09:52:38 pm
"Mente aberta".

Caro Pedro, recusando liminarmente o resultado de um inquérito de uma equipa constituída por países tão diferentes como a Holanda, Ucrânia, Austrália e Malásia (todos países que ODEIAM!! a Russia..), dando mesmo a entender  que a conclusão desse inquérito é fortemente falsificada,  é de todo uma utopia considerares-te um homem com mente aberta..

Mas sabes o que te digo?? Pobre das familias daquelas 298 almas que se foram.

.



Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 28, 2016, 10:26:27 pm



O resultado do inquerito nao e conclusivo. Sem imagens de satelite, sem dados dos radares, nao ha provas definitivas. Se existem tem que se tornar publica essa informacao.

Como e que podes pensar que a investigacao e independente?

Holanda e Belgica sao paises da Nato. Australia e um aliado americano e a Ucrania e um dos suspeitos do crime!!

O material investigativo russo nao esta a ser devidamente considerado. A equipa holandesa olhou  para as provas de um dos lados (ucrania) e descartou as provas russas. Por exemplo o grupo Almaz Antey (fabricante de missies russos) fez simulacoes forenses e concluiu que o lancamento do missil foi feito a partir de  Zaroshchenskoye. A investigacao holandesa pos de lado essa hipotese com base numa simples intercepcao telefonica entre pro-separatistas.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 29, 2016, 10:39:58 am
totalidade da conferencia de imprensa de ontem

LIVE: JIT presents first results of criminal investigation of MH17 crash
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: mafets em Setembro 29, 2016, 11:02:27 am
E tem toda a Razão. Até porque nesta história a "culpa vai morrer solteira"...  ::)
Citar
An Australian man who lost both his parents aboard Malaysia Airlines flight MH17 believes ending the Ukraine conflict should be higher priority than placing blame over the downed airliner.

The Malaysia Airlines plane bound for Kuala Lumpur from Amsterdam was shot down by a surface-to-air missile over eastern Ukraine in July 2014 with 298 people onboard.

It crashed in territory held by pro-Russia separatists at the peak of their conflict with Ukrainian forces. Russia has rejected allegations that rebels fired the missile.

The joint investigation team (JIT) led by Dutch authorities will publicise its preliminary conclusions on Wednesday, with the exact launch site of the missile expected to be among them.

Jill and Roger Guard were among 38 Australians onboard the plane.

Their eldest son, Paul Guard, told Guardian Australia that focusing on exactly who launched the missile struck him as less important than ending the conflict in Ukraine.

“I don’t believe anyone intended to bring down a passenger airliner. I don’t really blame the individuals as much as I blame both sides involved.

“I don’t feel like recognition or revenge. I feel like doing everything we can to stop people from getting involved in these wars. The highest priority should be shutting down the conflict and finding a compromise.”

He also said passenger airlines should be equipped with the relevant information to do robust risk assessments and nation states should be put under pressure to close their airspaces in times of conflict.

“I don’t think for a minute there’s much chance of getting these people into a court, or even finding a court with the jurisdiction to prosecute.

“This quest for so-called ‘justice’ – justice, for me, is stopping this conflict as soon as possible.”

https://www.theguardian.com/world/2016/sep/28/mh17-victims-son-says-ending-ukraine-conflict-more-important-than-placing-blame (https://www.theguardian.com/world/2016/sep/28/mh17-victims-son-says-ending-ukraine-conflict-more-important-than-placing-blame)

(https://i.guim.co.uk/img/media/c33f6ed89a87b5049d04b2a0a956317dde69d704/384_142_3282_1970/master/3282.jpg?w=620&q=55&auto=format&usm=12&fit=max&s=6b2fbddaa9dcdd619fadeb0856ceda55)
(https://i.guim.co.uk/img/media/f049e2217261841625469560f6b9ade35242d709/0_0_3500_2333/master/3500.jpg?w=620&q=55&auto=format&usm=12&fit=max&s=c18a17bebbaa58528d41d7c669ee3987)

Cumprimentos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 29, 2016, 12:12:15 pm

Mesmo que tenham sido os separatistas foi um acto nao intencional . Ninguem quis abater um aviao civil de forma premeditada. Este terrivel acidente e o resultado de quem manda avioes sobrevoar uma zona de guerra.

Sem as imagens de satelite americanas e os radares ucranianos tornados publicos a acusacao contra os separatistas nunca sera contundente.
De momento escutas telefonicas e relatos de testemunhas ( curiosamente nao identificadas no comunicado holandes) nao chegam para condenar ninguem. Quanto muito prova que os separatistas estavam na posse de um buk. Mas o exercito ucraniano tambem tinha sistemas anti-aereos na zona.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Setembro 29, 2016, 07:03:13 pm
(https://scontent-lga3-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14470499_1272635909435838_1353476653651521745_n.jpg?oh=ff0b3c7e53f02f49a6ced3b2b7a88973&oe=5876E0A7)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 29, 2016, 08:48:10 pm

Penso que nao e preciso ser fanatico russo para perceber que estas duvudas fazem sentido

Solid facts? 5 flaws that raise doubt over int’l MH17 criminal probe
https://www.rt.com/news/361006-mh17-jit-report-questions/

Unnamed eyewitnesses
Anonymous phone call interceptions
Computer simulation vs. video evidence
Radar data and satellite images
Missile type and flight trajectory

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Setembro 30, 2016, 01:22:34 pm
Almaz Antey, fabricante dos sistemas Buk, faz a refutacao tecnica do parecer da investigacao holandesa

LIVE: Russian arms company Almaz-Antey gives presser after JIT findings on MH17
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 01, 2016, 10:45:21 am
Uncovering Mh17

a partir de Londres com Eliot Higgins, Simon Ostrovsky e outros convidados

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 02, 2016, 10:06:25 am
Body language reveals a lot  ;) 8)

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Outubro 07, 2016, 09:25:07 am
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 07, 2016, 01:03:00 pm
WELCOME TO DONBASS

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 14, 2016, 12:03:25 am
Zakharchenko: DPR forces shot down Ukrainian helicopter
http://www.fort-russ.com/2016/10/zakharchenko-dpr-forces-shot-down.html

Citar
The head of the Donetsk People’s Republic, Alexander Zakharchenko, stated that the armed forces of the DPR shot down a Ukrainian military helicopter which attempted to attack their positions.

“The attempt to attack us with a helicopter also ended in failure. It was shot down but crash landed on their territory,” Zakharchenko said during a press conference.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 14, 2016, 10:59:14 am
Popov: US snipers' arrival in Donbass means war
http://www.fort-russ.com/2016/10/popov-us-snipers-arrival-in-donbass.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 14, 2016, 05:39:00 pm

Foreign mercenaries killed in failed UAF offensive
http://www.fort-russ.com/2016/10/foreign-mercenaries-killed-in-failed.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 15, 2016, 04:08:11 pm

Ukrainian forces attack southern Donetsk; firefight ongoing
http://www.fort-russ.com/2016/10/ukrainian-forces-attack-southern.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 16, 2016, 08:08:06 pm
Donbass Militia Spots Mercs From US, Canada, Baltics, Poland in East Ukraine
https://sputniknews.com/europe/201610161046389363-donbass-reconaissance-foreign-mercenaries/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 17, 2016, 01:22:56 pm
Donbass commander assassinated by Ukrainian special forces
https://www.almasdarnews.com/article/donbass-commander-assassinated-ukrainian-special-forces/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 18, 2016, 04:40:41 pm
Assassination of Motorola: the last straw? Chilling message
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Outubro 20, 2016, 08:52:21 am

Milhares presentes em funeral de chefe de guerra separatista
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Outubro 20, 2016, 08:59:02 am

Rússia e Ucrânia retomam discussões de paz sem avanços concretos
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitan em Outubro 20, 2016, 11:18:39 am
Pedro E,

Como sempre excelentes "fontes de informação". Não mostras os "nazis" ucranianos com o Hell March como música de fundo?
Só para mostrar o nível do senhor Coronel "motorola":

http://www.liveleak.com/view?i=f17_1428345694

E o que é que aconteceu ao Zhilin perto de Moscovo... de certeza absoluta que também foram os "nazis" ucranianos.
http://uatoday.tv/crime/pro-russian-militant-leader-from-eastern-ukraine-shot-dead-near-moscow-media-749963.html
E o Tsypkalov que decidiu cometer "suicidio"?
http://uatoday.tv/news/former-luhansk-prime-minister-arrested-by-separatists-allegedly-commits-suicide-752998.html
E O Mozgovoy e o Bednov que estavam a ficar demasiado críticos do que estava a acontecer no Donbass...
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitan em Outubro 20, 2016, 11:38:20 am
http://uatoday.tv/politics/donbas-warlords-feuds-infographics-789219.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 21, 2016, 11:15:43 pm

Another Journalist Murdered in Ukraine. Body Count Hits 14 And Rising
http://theduran.com/another-journalist-murdered-ukraine-body-count-hits-14-counting/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 25, 2016, 09:58:00 pm

DPR Intelligence: Kiev forces redeploy mercenaries and extremists to Donbass
http://dan-news.info/en/defence-en/dpr-intelligence-kiev-forces-redeploy-mercenaries-and-extremists-to-donbass.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 29, 2016, 12:21:30 pm

Russia hands over ‘missing radar images’ to MH17 investigators
http://www.dutchnews.nl/news/archives/2016/10/russia-hands-over-missing-radar-images-to-mh17-investigators/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Outubro 30, 2016, 03:20:48 pm
Totalitarian tendencies in post-Maidan Ukraine
https://opendemocracy.net/od-russia/volodymyr-chemerys/totalitarian-tendencies-in-post-maidan-ukraine
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 01, 2016, 01:54:13 pm
Texas: Who killed Motorola and why? I'll tell you ...
http://www.fort-russ.com/2016/10/texas-who-killed-motorola-and-why-ill.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 10, 2016, 08:31:02 pm

Suspected Ukrainian saboteurs detained in Crimea
http://tass.com/world/911398
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 11, 2016, 06:20:42 pm
Mikheil Saakashvili quits as governor of Ukraine’s Odessa region
https://www.ft.com/content/22b7c2ca-a4f7-11e6-8b69-02899e8bd9d1
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Novembro 13, 2016, 04:25:40 pm
Monstrous Ukrainian Artillery Action During Heavy Live Fire Combat Training: 2S7 Pion, Msta-B, D-20


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 13, 2016, 09:09:40 pm

um ensaio que faz muito sentido. o que nao faz sentido e os eua nunca terem tornado publico uma unica imagem de satelite que mostre um buk russo no sul de snizhne.

JIT comes up with crap launch site (and gets away with it)
https://hectorreban.wordpress.com/2016/11/04/jit-comes-up-with-crap-launch-site-and-gets-away-with-it/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Novembro 14, 2016, 01:19:25 pm

Russia: Crimea will supply gas to Ukraine's gas-starved Genichesk
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 21, 2016, 09:15:22 am

       
             Ukrainian troops training in Yavoriv (Ukraine) with US, Lithuanian, Latvian and Polish

                                soldiers in live fire exercises Saber Guardian and Rapid Trident
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 28, 2016, 08:48:33 am

A aldeia cortada em duas
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 28, 2016, 09:19:55 am


Ousted President Viktor Yanukovych, Living in Russia  Urges Investigation Into Police Deaths During Euromaidan
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Novembro 30, 2016, 09:20:15 am

Visit to the front line while Russian and Ukrainian foreign ministers meet in Berlin
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 02, 2016, 08:25:58 am

Ukrainian soldiers Fighting Exercises With The International Peacekeeping and Security Center
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 02, 2016, 08:42:52 am

Ukraine Conducts Missile Tests Near Black Sea, Raising Russian Ire
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: FoxTroop em Dezembro 02, 2016, 08:55:49 pm
O Porky está um pouco enganado. O exercício não foi bem como estava planeado. Como a primeira notificação englobava restrições no espaço aéreo por cima da Crimeia, os russos mandaram-se ao arames e pediram explicações aos ucranianos, pedindo que tal não acontecesse.
Os ucranianos responderam que o exercício estava bem dentro do território ucraniano pois nem sequer se iriam aproximar do Estreito de Kerch. (fronteira internacionalmente reconhecida)
Os russos disseram que iriam interceptar qualquer míssil que entrasse no espaço aéreo da Crimeia assim como retaliariam imediatamente contra as posições dos lançadores. Para tal colocaram lá um sistema ABM Antey além de os navios da Frota do Mar negro saírem e tomarem posições ao longo da costa ocidental da Crimeia e ao longo da costa ucraniana.
Os ucranianos tiveram de baixar a bola e lá decidiram que o melhor era deixarem-se ficar pelo quintal próprio.

http://www.reuters.com/article/us-ukraine-crisis-missiles-idUSKBN13P2TD (http://www.reuters.com/article/us-ukraine-crisis-missiles-idUSKBN13P2TD)
Citar
Ukraine's military said its two-day missile drill starting on Thursday would avoid the airspace over Crimea, sidestepping a possible confrontation with Russia which annexed the peninsula in 2014.

News of the tests had angered the Kremlin, prompting it to put its air defense forces on high alert and maneuver warships in the Black Sea.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 03, 2016, 09:15:11 am

Should Ukraine watch out for Russian retaliation attempt?
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 09, 2016, 08:59:12 am

Ukrainian Army Joint Helicopter Air Assault & Combined Arms Training
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 16, 2016, 11:52:44 am

União Europeia prolonga sanções contra a Rússia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: olisipo em Dezembro 19, 2016, 10:03:20 am


Cinco soldados ucranianos mortos após ataque de separatistas no leste da Ucrânia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 19, 2017, 01:36:14 pm

Rada approves foreign military training in Ukraine for 2017
http://en.interfax.com.ua/news/general/397460.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 24, 2017, 01:24:17 pm
European experts ask Trump to back new independent inquiry into MH17 crash
https://www.rt.com/news/374893-trump-letter-mh17-investigation/


Investigation into Russian supplied radar images ongoing
http://www.whathappenedtoflightmh17.com/investigation-into-russian-supplied-radar-images-ongoing/

Citar
The Dutch prosecution service sent at January 12, 2017 an email to all next of kin stating investigation on the radardata, which has been provided by the Russian Federation, is extremely complex and still ongoing.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 28, 2017, 10:22:26 am

First leader of "LPR" Bolotov dead – Russian media
http://www.unian.info/society/1746701-first-leader-of-lpr-bolotov-dead-russian-media.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Janeiro 31, 2017, 01:25:04 pm
se respondessem e que era noticia. ja agora alguem viu alguma data dos eua?

Dutch prosecutor does not answer questions on Russian supplied radar data
http://www.whathappenedtoflightmh17.com/dutch-prosecutor-does-not-answer-questions-on-russian-supplied-radar-data/

Dutch MH17 investigators deliberately stalling to mislead public – Russian air regulator
https://www.rt.com/news/375771-mh17-radar-data-russia/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 02, 2017, 01:15:50 pm
OSCE Monitoring Mission Ignores Battle Tanks Of Pro-Kiev Forces Deployed For Fighting In Eastern Ukraine – Photos
https://southfront.org/osce-monitoring-mission-ignores-battle-tanks-of-pro-kiev-forces-deployed-for-fighting-in-eastern-ukraine-photo/

(https://southfront.org/wp-content/uploads/2017/02/210-1024x701.jpg)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 03, 2017, 12:38:52 pm

os nazis de kiev voltam a matar civis no leste da ucrania

Avdiivka Overnight Shelling Leaves Two Dead, Three Injured - Ukraine's RSA Head
https://sputniknews.com/europe/201702031050305016-ukraine-donbass-avdiivka-shelling/

Putin Explains Reasons Behind Ukraine Crisis Aggravation
https://sputniknews.com/europe/201702021050283647-putin-ukraine-crisis/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 03, 2017, 02:14:55 pm
Citação de: Nuno Rogeiro
BANHO DE ÁGUA FRIA
É um banho de água fria para o Kremlin.
Sob a forma de um aviso solene da nova embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, a Putin e aos seus generais:
«Cessem a ocupação da Crimeia!».
O discurso deu-se como condenação das recentes agressões de militantes pró-russos do Donbass a civis e tropas ucranianas.
A especulação é a de que, se o ataque continuar, Washington se prepara para ajuda militar real a Kiev, coisa que nunca aconteceu, apesar das boas palavras.

(https://scontent.flis6-1.fna.fbcdn.net/v/t31.0-8/s720x720/16402840_10209897998824613_1844503839971403428_o.jpg?oh=ab28dbb77885d738dfa5c965fce2f795&oe=59150CB5)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 03, 2017, 02:15:39 pm
Citação de: Nuno Rogeiro
Pode crer. Estamos a falar de 5 ex- oficiais e colaboradores do FSB detidos e 16 generais demitidos. O Kremlin tinha ilusões, mas dissiparam-se rapidamente, e foram totalmente desfeitas com o telefonema do passado sábado.

 :o
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 03, 2017, 10:34:55 pm

e muito cedo para tirar uma conclusao tao contundente como a que o rogeiro faz.

quanto ao destino da crimeia, esse e inegociavel. os americanos ha 3 anos atras viram que o putin estava disposto a usar armas nucleares.

so um burro e que se vai meter num assunto onde nao e chamado onde pode sair estorricado.

sera que a administracao trump e burrinha? veremos  :P
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 04, 2017, 10:19:55 am
Car Blast in Lugansk Kills Republic's Senior Commander (VIDEO)
https://sputniknews.com/europe/201702041050338242-lugansk-car-blast-anashchenko/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 05, 2017, 01:39:01 pm
Trump talks 'peace' in eastern Ukraine with Poroshenko
http://www.dw.com/en/trump-talks-peace-in-eastern-ukraine-with-poroshenko/a-37417013
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 06, 2017, 03:11:16 pm

TRAGIC: "This is my mother killed by war criminal Poroshenko! - Ukraine's war crimes in Donbass
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 09, 2017, 11:23:20 am
NEW DETAILS OF KILLING PROMINENT DPR COMMANDER MIKHAIL ‘GIVI’ TOLSTYKH
https://southfront.org/new-details-of-killing-prominent-dpr-commander-mikhail-givi-tolstykh/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 09, 2017, 01:54:02 pm
(http://imgur.com/PINHXRU.jpg)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Fevereiro 11, 2017, 03:36:06 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Pedro E. em Fevereiro 11, 2017, 04:23:57 pm

US RQ-11B RAVEN DRONE CAPTURED BY PEOPLE’S MILITIA IN EASTERN UKRAINE (VIDEO)
https://southfront.org/us-rq-11b-raven-drone-captured-by-peoples-militia-in-eastern-ukraine-video/

Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitan em Março 15, 2017, 01:08:35 pm
Será que em Portugal também há disto?

https://informnapalm.org/en/kremlin-behind-anti-ukrainian-protests-poland-analysis-hacked-correspondence/

https://www.bellingcat.com/news/uk-and-europe/2017/03/04/kremlins-balkan-gambit-part/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Viajante em Março 15, 2017, 02:28:34 pm
Será que em Portugal também há disto?

https://informnapalm.org/en/kremlin-behind-anti-ukrainian-protests-poland-analysis-hacked-correspondence/

https://www.bellingcat.com/news/uk-and-europe/2017/03/04/kremlins-balkan-gambit-part/

Há uns avençados pagos à peça pelo querido líder Putin, que regularmente despejam aqui notícias que servem os interesses Russos!
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitan em Março 16, 2017, 12:25:11 pm
Uma boa sugestão:

https://informnapalm.org/en/need-digital-rias-putin/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Camuflage em Março 17, 2017, 09:21:41 pm
Esse blog é completamente pró-americano e virado para a "direita alternativa".
É que só acredita no que está escrito nesse texto é porque parou no tempo e nada sabe sobre tecnologia.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitan em Março 20, 2017, 01:13:32 pm
Esse blog é completamente pró-americano e virado para a "direita alternativa".
É que só acredita no que está escrito nesse texto é porque parou no tempo e nada sabe sobre tecnologia.

Não entendo... Mas se a Rússia financia activamente partidos "alt right" e tem entre alguns dos seus ideólogos ultra-nacionalistas e imperialistas, porque razão é que este site que é apelidado de "direita alternativa" é mau? Ou só é bom "alt right" se for pró-russo e é mau "alt right" se for "anti-russo"?
Mais... tentar descredibilizar o site só com um termo vago é, no mínimo, simples preguiça intelectual. Debater os factos apresentados isso já é mais difícil e implica utilizar neurónios.


P.S.: Se calhar se me aparecessem uns senhores com armas a falar russo no meu quintal, se calhar também me consideraria anti-russo. No entanto, não sendo anti-russo ou sequer anti-Putin, sou pró-Ucrânia (aquele sítio para onde os militares russos vão de férias com os seus tanques e mísseis).
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Camuflage em Março 20, 2017, 08:44:26 pm
Esse blog é completamente pró-americano e virado para a "direita alternativa".
É que só acredita no que está escrito nesse texto é porque parou no tempo e nada sabe sobre tecnologia.

Não entendo... Mas se a Rússia financia activamente partidos "alt right" e tem entre alguns dos seus ideólogos ultra-nacionalistas e imperialistas, porque razão é que este site que é apelidado de "direita alternativa" é mau? Ou só é bom "alt right" se for pró-russo e é mau "alt right" se for "anti-russo"?
Mais... tentar descredibilizar o site só com um termo vago é, no mínimo, simples preguiça intelectual. Debater os factos apresentados isso já é mais difícil e implica utilizar neurónios.


P.S.: Se calhar se me aparecessem uns senhores com armas a falar russo no meu quintal, se calhar também me consideraria anti-russo. No entanto, não sendo anti-russo ou sequer anti-Putin, sou pró-Ucrânia (aquele sítio para onde os militares russos vão de férias com os seus tanques e mísseis).

Eu não sou anti-russo ou anti-americano, estou-me a cagar para ambos. A realidade é que estou cansado de ver a potencia mais poderosa do mundo, capaz de se fazer passar por terceiros e criar rivais fantasma.

A maior ameaça cibernética ao mundo (para lá da física mas essa já foi comprovada ao longo do século passado e inicio deste) são os EUA, são a maior potencia com uma capacidade, já demonstrada quer pelos documentos da NSA como da CIA, em interferir e penetrar em sistemas informáticos que queiram sem grandes dificuldades. Nenhum outro país consegue rivalizar ao nível dos EUA, neste nível. Obviamente que tendo vizinhos assim tão agressivos, qualquer um se prepara para eventualidades, eu também se tivesse vizinhos doidos, ficava de pé atrás e preparava a minha defesa.

A alternativa direita é financiada pelos senhores de milhões que se revêem na ideia de alguns a mandar no povo e a segregação social. Outro grupos aproveitam a onda e juntam-se pois revêem-se nisso, desde supremacistas brancos, nazis ou extrema-direita.
Desde o anuncio do Trump que as redes sociais mais importantes têm gente activa a promove-lo e a serem pagos para isso. Organizaram-se no 4chan e 8chan para espalhar noticias em vários locais e criar um engodo. Não são "russos" são americanos e de outras nacionalidades, uns pagos outros voluntários.

Provas:

http://www.independent.co.uk/life-style/gadgets-and-tech/news/donald-trump-4chan-rumours-document-real-russia-sex-claims-prostitutes-a7520841.html

http://nymag.com/selectall/2017/01/4chan-really-wants-to-take-credit-for-trump-russia-rumors.html

Os jornais fazem tudo para servir os seus mestres, menos fazer noticias credíveis, acabando por serem trollados por putos ou grupos de lobbying. E como é comentado no 4chan, os mainstream media estão desesperados por encontrar algo para atacarem o Trump uma vez que ele é um outsider.

Portanto, cuidado com a propaganda, ela agora anda forte online e já os nossos jornais bebem dela todos os dias.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Junho 16, 2017, 09:38:49 pm
A legião georgiana do exército ucraniano.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Julho 08, 2017, 12:25:18 pm
Ucrânia quer pertencer à NATO ...


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Julho 09, 2017, 03:58:10 pm
Citar
NATO has had a partnership with Ukraine for over 20 years. Ukraine is one of the biggest beneficiaries of NATO Trust Funds. The funds have paid for various projects including financial support for political and security sector reforms, help with cyber defence and medical rehabilitation for Ukrainian soldiers.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Julho 18, 2017, 07:10:20 pm
Separatistas pró-russos querem criar um Estado que substitua a Ucrânia


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Julho 26, 2017, 11:31:12 pm
(https://pbs.twimg.com/media/DFfJJtmXoAAO342.jpg)
Os separatistas pró-russia devem ter assaltado algum museu.
PPS-43, PPSh-41  :o


Aqui um treino mais a sério.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Agosto 24, 2017, 01:52:39 pm
Dia da Independência rumo à UE e à NATO


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Setembro 09, 2017, 08:05:11 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Setembro 29, 2017, 09:39:16 pm
30 Thousand Evacuated After Massive Explosion At Weapons Dump In The Ukraine
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Novembro 15, 2017, 06:59:47 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitan em Novembro 22, 2017, 01:31:43 pm
Uma invasão dentro duma invasão! Pelo menos ninguém pode acusar os russos de não serem criativos...

https://www.rferl.org/a/ukraine-russia-following-situation-separatists-luhansk/28869751.html
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Dezembro 21, 2017, 05:20:27 pm
Rússia critica negócio de armas entre EUA e Ucrânia


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Dezembro 26, 2017, 01:03:18 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Janeiro 04, 2018, 11:08:56 am
Alemanha preocupada com venda de armas dos EUA à Ucrânia


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Janeiro 11, 2018, 01:30:04 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Março 02, 2018, 04:08:41 pm
EUA aprovam venda de mísseis antitanque à Ucrânia


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Daniel em Março 02, 2018, 05:33:36 pm
Gazprom fecha ligação de gás à Ucrânia e 'força' encerramento de escolas
https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/gazprom-fecha-ligacao-de-gas-a-ucrania-e-forca-encerramento-de-escolas
(https://thumbs.web.sapo.io/?epic=Yjlhk+FUzf8HiC3NagaX0D8WIQrbel7xeqj4Io0kzM/I1d253IH38LsVLKdezJvex4ZzSPaCzoTInTb9uUSu6GRzbLpw3B0wCiRdavQFzleFbVU=&W=800&H=0&delay_optim=1)
Citar
A gigante gasista russa Gazprom anunciou hoje que suspendeu o fornecimento de gás à Ucrânia e a distribuição a outros países europeus através deste país, forçando as autoridades ucranianas a fecharem as instituições de ensino.“Decidimos parar completamente o trabalho nas instituições educativas pré-escolares, escolas e instituições de educação superior até dia 6 de março”, disse hoje o ministro da Energia, Igor Nasalik, em declarações aos meios de comunicação social.

A medida foi anunciada no final de uma reunião do gabinete de crise ucraniano, convocado no seguimento do anúncio, por parte da Gazprom, de que decidiu romper os contratos de fornecimento e trânsito de gás à Ucrânia devido à sentença emitida na quinta-feira pelo tribunal arbitral de Estocolmo.

De acordo com o Governo, a Ucrânia enfrenta um desequilíbrio no fornecimento de gás de entre 15 a 20 milhões de metros cúbicos por causa das baixas temperaturas, que por estes dias chegam a 15 graus negativos em muitas regiões do país.

A gasista ucraniana Naftogaz já classificou a medida da Gazprom como “chantegam” e apelou aos cidadãos para baixarem os aquecimentos e assim gastar menos energia.

A Gazprom critica a decisão do tribunal arbitral de Estocolmo, que obriga a compensar a Ucrânia em 4,6 mil milhões de dólares devido ao fornecimento de uma quantidade de gás inferior à estabelecida no contrato entre a companhia russa e o operador ucraniano.

Os juízes do tribunal arbitral “basearam a sua decisão na súbita degradação da economia ucraniana”, disse o presidente da empresa estatal russa, Alexéi Miller, acrescentando estar “categoricamente contra a ideia de que os problemas económicos da Ucrânia se resolvam à custa da empresa”.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Março 03, 2018, 09:57:09 pm
UE ajuda Ucrânia a anular suspensão do gás russo


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Março 12, 2018, 08:52:29 pm
Mogherini diz que UE não reconhecerá eleições russas na Crimeia


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Março 14, 2018, 09:22:13 pm
Vladimir Putin de visita à Crimeia


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Maio 15, 2018, 07:20:04 pm
Vladimir Putin inaugura ponte que liga a Crimeia à Rússia


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitan em Setembro 05, 2018, 03:16:58 pm
https://112.international/ukraine-top-news/air-contamination-what-happened-in-crimeas-armyansk-31848.html

The citizens of Armyansk, a twenty-thousand people city in the North of annexed Crimea and other nearest villages are suffering throat and nose mucous membrane irritation for almost two weeks already.

Presumably, this is due to the pollution of the air with toxic industrial substances from an acting plant “Crimean Titan”, situated next to the city. However, after the 10 days of the problem exists, the source of the pollution has not been identified yet.

On Tuesday the Crimean “authorities” announced that concentration of sulphur dioxide in the air in the city and its suburbs exceeds the norm. The operations were closed down at the plant, children with mothers were evacuated from the disaster area.

 

Yellowish smoke with pungent odor: how it started
On the night of August 23 the city of Armyansk and the nearby villages became filled with yellowish smoke with unpleasant pungent odor. Oily coating appeared on metal things, roofs of the houses and leaves of the trees. Citizens complained of heavy breathing, eyes, throat and nose mucous membrane irritation and other allergic reactions.


Open source
Three days later, local “authorities” admitted that a fugitive emission of unknown origin occurred. A panel of experts from “the Ministry of ecology and natural resources of the Crimea”, “interregional directorate of the Federal Supervision Agency for Customer Protection and Human Welfare of the Russian Federation (Rospotrebnadzor)” and representatives of the local “Prosecutors Office”  visited the cite.

"The required samples for the laboratory study have been collected. The nature of the substance fallen is not yet identified. We are waiting for the results of the tests,” Igor Mikhailichenko, the “Vice—Prime Minister of the Crimean government” stated.

The next day, on August 28 the so-called “head of the Crimea” Sergey Aksenov announced that there is no threat to lives and health of the Crimean people due to the air pollution. However, in regards to visual indicators – the situation goes beyond the norms.

Nevertheless, until recently the experts of the Rospotrebnadzor stated that contaminant concentration in the air of Armyansk and its suburbs does not exceed standard hygienic regulations.

 

“Crimean Titan”, soda plant or bromine manufacturer – whose fault is it?
First off, the residents of Armyansk blamed Ukrainian Chemical Products, commonly called “The Crimean Titan” plant, stating that the plant exceeded emission standards for toxic substances.

The guess was quite logical: the plant is situated in the city itself. Its major business is the production of sulphur dioxide – a substance used in paint and rubber industries, in the production of plastic mass and other industries.


Open source
Apart from that, the plant produces red iron oxide pigment, mineral fertilizers, sulphuric acid, aluminum sulfate, soda water glass, and iron sulfate.

The plant has two production units – Titan-1 and Titan-2 with 40 tons per year full capacity.

However, the Rospotrebnadzor experts excluded the version of emission by "The Crimean Titan”. They found no violations and assumed that the air contamination may be connected with operation of other local industrial enterprises. They headed to “Soda Crimea Plant” and a company producing brome.

Now, the local “authorities” call heat and absence of precipitations.

“According to preliminary data of the tests, the reason of the substance emission became the evaporation of acid collector, used by the branch of “Titan Investments” LLC. This was enabled by a long-term rise of temperature of the atmospheric air, as well as the lowering of water level in the acid collector,” – Igor Mikhailichenko said, cited by Crimea.Realities.

Children evacuation from Armyansk and expansion of disaster area: Current situation
Earlier, on September 4, the “Crimean authorities” for the first time stated that permissible exposure to contaminators in Armyansk and surrounding villages exceeds the normal level. “At night, due to the weather change, drop of the night temperature and rise of day temperature, the permissible exposure to sulphur dioxide has exceeded the limit for the first time,” Sergey Aksyonov, the “Prime Minister of Crimea,” said.

However, he did not make public the exact data on the level of contamination and said nothing about the spreading area of the substance.

Aksyonov just added that this was not a diversion, but a long-known problem of acid accumulation and it is now being solved.

“Within three days, we will make a technical decision on liquidation of vapour consequences in Armyansk. During the meeting of emergency response team, two ways of solving the problem were found,” he claimed.

“Crimean authorities” say the first variant is to fill the acid accumulator with water from the Karkinit Bay. According to Aksyonov, in order not to worsen the situation, it has to be tested how this water will react with the acid environment. If Karkinit Bay’s water constitution cannot help fix the situation, a pipe will be laid. “It is clear how to do it technically and we will not hold any bidding procedures, so all the decisions will be taken,” he added.

If the first variant is not good enough, “Crimean authorities” will try to regulate the acid accumulator problem with a help of special compounds. However, it is yet unknown what those “special compounds” are.

Moreover, while the situation remains, the production at Crimean Titan was suspended for two weeks and it was decided to send all the school and pre-school children with mothers from Armyansk to the health camps in Yevpatoria, Bakhchysarai and Saky regions.


Open source
“I clearly state this: nothing threatens the life and health of citizens. There are no reasons to announce an emergency. However, as a prevention measure, in order to work out all algorithms of action, it was decided to announce holidays for two weeks in schools and kindergartens…They will be organized for the state money and the operative headquarters will be created,” Aksyonov said.

It should be noted that in Armyansk, there are around 2,300 - 2,400 schoolchildren and 1,500 children in kindergartens that have to be evacuated.

Russian Federal Service for the Oversight of Consumer Protection and Welfare recommended other residents to go outside more seldom and if one cannot limit the time spent on the streets, recommended to protect skin and close the mouth with a damp bulky dressing.

Given this, many believe that “Crimean authorities” downgrade the level of threat and the residents of mainland Ukraine should also be on alert.

On September 3, the State Border Guard Service of Ukraine has recorded the excess of chemicals, namely, toxic industrial substances in Kherson region on the border with the occupied Crimea.

During the past 24 hours, the border guards of Kherson detachment recorded the excess of chemicals in the air several times. It is in the Kalanchak and Preobrazhenka settlements.

In addition, the residents of Chabany town began to complain in social networks about the worsening health.

Vadym Chernysh, the Minister for the Temporary Occupation Territories and Internally Displaced Persons of Ukraine, just like the "Crimean authorities," assures that lives of Kherson region inhabitants are not in danger and currently there are no reasons for evacuation.

According to him, the presence of sulfur dioxide in the air is dangerous only in certain concentrations.

However, the border guards at the administrative border were given chemical defense equipment. “All the checkpoints continue to work in a regular mode, we are ready to provide assistance to citizens who, in order to escape this disaster, would want to go from the occupied peninsula to the mainland Ukraine. Our physicians regularly examine the health of our border guards who serve in the immediate vicinity of this plant. The guards are having dizziness, nausea, headache, but after the appropriate medical consultations and taking medicine, these symptoms are removed. Such people are replaced on the posts, so that they can rest and be thoroughly examined,” Oleh Slobodyan, the Speaker of State Border Service of Ukraine said on air of 112 Ukraine TV channel Wednesday.

The authorities continue to monitor the environmental situation in Kherson region - take samples of water, soil and air for analysis.

Sulphur dioxide: What we know about it
Sulfur dioxide or sulfur oxide (IV) is a sulfur compound with an oxygen of SO2. In normal conditions, it is a colorless gas with a characteristic sharp smell (of inflamed match). It is very toxic.

Symptoms of poisoning with sulfur dioxide are running nose, coughing, hoarseness, strong throat irritation and a peculiar aftertaste. Inhalation of sulfur dioxide of higher concentration can cause choking, speech disorder, difficulty swallowing, vomiting, acute pulmonary edema.

In case of a short-term inhalation, it has a potent irritant effect and causes coughing and throat irritation.


Open source
MAC (maximum permissible concentration): maximum one-time concentration in the air - 0,5 mg/m³, daily average - 0,05 mg/m³; in the room (working area) - 10 mg/m³.

It is interesting that people, animals and plants can have a different sensitivity to a substance. For example, the chemical is especially toxic to children. Experts explain this by the fact that they have a smaller diameter of the respiratory tract and it is easier to get a spasm.

In addition, sulfur dioxide is considered to be a heavy gas: it accumulates closer to the ground, and children receive high doses due to their short stature.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Novembro 01, 2018, 07:47:11 pm
Angela Merkel quer missão da ONU na Ucrânia


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Novembro 01, 2018, 09:00:07 pm
Rússia aprova novas sanções à Ucrânia


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Novembro 19, 2018, 08:33:30 pm
Na Ucrânia continua tudo parvo.
A semear as sementes da próxima guerra...
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Novembro 25, 2018, 06:58:40 pm
https://defence-blog.com/news/russia-opened-fire-on-ukrainian-naval-vessels.html?fbclid=IwAR3qbWYxRbZ10U3rmTO4AstlugRpKbfCJ6KK3ZqvS_OS_k7Dsw3vCD8ZEFY
Russia opened fire on Ukrainian naval vessels

https://defence-blog.com/news/russian-special-troops-prepares-for-storm-ukrainian-warships.html
Russian special troops prepares for storm Ukrainian warships

Já está tudo à chapada ao largo da Crimeia!

https://liveuamap.com/en/2018/25-november-gyurzam-class-artillery-boat-u175-berdyansk-is


(https://scontent-arn2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/46804828_1075361326000470_1882004259076046848_o.jpg?_nc_cat=111&_nc_ht=scontent-arn2-1.xx&oh=b0ca97b9b6cd3fbbf3235c671d091d92&oe=5C6BACC1)
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Novembro 25, 2018, 07:56:32 pm

Citar
Russian Coast Guard ship rams Ukrainian tug boat near the straight of Kerch. Later on, Russians blocked the straight under the Crimean bridge and opened fire on two Ukrainian small warships as well as the above mentioned tug.

UPD all three Ukrainian ships have been disabled and captured by the Russian forces. There are reported Ukrainian casualties.

https://www.militaryimages.net/threads/ukrainian-military-photos.5930/page-38
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Novembro 25, 2018, 09:15:06 pm
Ucrânia acusa Rússia de atacar e capturar três navios ao largo da Crimeia
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: JM1906 em Novembro 25, 2018, 11:11:25 pm
Segundo li, era prática recente os Ucranianos atravessarem o estreito em "provocação" (se bem que o imbróglio dos estatutos legais na área deixa em aberto todo o tipo de interpretações), fugindo depois quando confrontados com a presença Russa. Hoje foi o dia em que os Russos não os deixaram fugir.

Aguardemos os desenvolvimentos desta guerra morna... Mas viva.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitan em Novembro 26, 2018, 11:15:31 am
Segundo li, era prática recente os Ucranianos atravessarem o estreito em "provocação" (se bem que o imbróglio dos estatutos legais na área deixa em aberto todo o tipo de interpretações), fugindo depois quando confrontados com a presença Russa. Hoje foi o dia em que os Russos não os deixaram fugir.

Aguardemos os desenvolvimentos desta guerra morna... Mas viva.

Não sei bem onde é que leste isso. Mas o facto é que o trânsito pelo Estreito de Kerch está regulado pelo Tratado entre a Federação Russa e a Ucrânia sobre a cooperação na utilização do Mar de Azov e no Estreito de Kerch. A Rússia ao impedir a passagem de barcos ucranianos está a violar mais uma vez um tratado que assinou. Estranhamente esse tratado foi removido à pressa da página do Kremlin...

Esta página mostra o que está escrito nesse tratado:
https://www.ecolex.org/details/treaty/agreement-between-the-russian-federation-and-the-ukraine-on-cooperation-in-the-use-of-the-sea-of-azov-and-the-strait-of-kerch-tre-149547/

Quem costuma provocar os ucranianos no Mar de Azov são os barcos da Federação Russa. Já para não falar no bloqueio da passagem de navios mercantis saídos de portos ucranianos que já levou a que a UE reagisse a esse problema com a possibilidade de aumentar o regime de sanções à Rússia.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: JM1906 em Novembro 26, 2018, 06:32:25 pm
Segundo li, era prática recente os Ucranianos atravessarem o estreito em "provocação" (se bem que o imbróglio dos estatutos legais na área deixa em aberto todo o tipo de interpretações), fugindo depois quando confrontados com a presença Russa. Hoje foi o dia em que os Russos não os deixaram fugir.

Aguardemos os desenvolvimentos desta guerra morna... Mas viva.

Não sei bem onde é que leste isso. Mas o facto é que o trânsito pelo Estreito de Kerch está regulado pelo Tratado entre a Federação Russa e a Ucrânia sobre a cooperação na utilização do Mar de Azov e no Estreito de Kerch. A Rússia ao impedir a passagem de barcos ucranianos está a violar mais uma vez um tratado que assinou. Estranhamente esse tratado foi removido à pressa da página do Kremlin...

Esta página mostra o que está escrito nesse tratado:
https://www.ecolex.org/details/treaty/agreement-between-the-russian-federation-and-the-ukraine-on-cooperation-in-the-use-of-the-sea-of-azov-and-the-strait-of-kerch-tre-149547/

Quem costuma provocar os ucranianos no Mar de Azov são os barcos da Federação Russa. Já para não falar no bloqueio da passagem de navios mercantis saídos de portos ucranianos que já levou a que a UE reagisse a esse problema com a possibilidade de aumentar o regime de sanções à Rússia.

Compreendo, e em condições normais consideraria que são os Russos que provocaram este incidente. No entanto, e tendo em consideração todos os tratados relacionados com o estatuto legal do Estreito, o status quo real limpa o rabo com os tratados.
O estreito de Kerch está sitiado entre território da Federação Russa e território ocupado e anexado pela Russia.
Eu nao defendo a legalidade desta ocupação, mas parece me que há falta de bom senso quando uma nação agredida pela Rússia, insiste em fazer passar barcos militares por território ocupado.
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitan em Novembro 26, 2018, 11:15:24 pm
Segundo li, era prática recente os Ucranianos atravessarem o estreito em "provocação" (se bem que o imbróglio dos estatutos legais na área deixa em aberto todo o tipo de interpretações), fugindo depois quando confrontados com a presença Russa. Hoje foi o dia em que os Russos não os deixaram fugir.

Aguardemos os desenvolvimentos desta guerra morna... Mas viva.

Não sei bem onde é que leste isso. Mas o facto é que o trânsito pelo Estreito de Kerch está regulado pelo Tratado entre a Federação Russa e a Ucrânia sobre a cooperação na utilização do Mar de Azov e no Estreito de Kerch. A Rússia ao impedir a passagem de barcos ucranianos está a violar mais uma vez um tratado que assinou. Estranhamente esse tratado foi removido à pressa da página do Kremlin...

Esta página mostra o que está escrito nesse tratado:
https://www.ecolex.org/details/treaty/agreement-between-the-russian-federation-and-the-ukraine-on-cooperation-in-the-use-of-the-sea-of-azov-and-the-strait-of-kerch-tre-149547/

Quem costuma provocar os ucranianos no Mar de Azov são os barcos da Federação Russa. Já para não falar no bloqueio da passagem de navios mercantis saídos de portos ucranianos que já levou a que a UE reagisse a esse problema com a possibilidade de aumentar o regime de sanções à Rússia.

Compreendo, e em condições normais consideraria que são os Russos que provocaram este incidente. No entanto, e tendo em consideração todos os tratados relacionados com o estatuto legal do Estreito, o status quo real limpa o rabo com os tratados.
O estreito de Kerch está sitiado entre território da Federação Russa e território ocupado e anexado pela Russia.
Eu nao defendo a legalidade desta ocupação, mas parece me que há falta de bom senso quando uma nação agredida pela Rússia, insiste em fazer passar barcos militares por território ocupado.

O incidente é consequência duma imposição de status quo ilegal, não só através da anexação da Crimeia, mas também dum bloqueio do Mar de Azov (além de que a ponte também é ilegal em termos de direito internacional). Se a Ucrânia não fizesse nada para demonstrar a liberdade de navegação no Estreito, permitia que a Rússia impusesse impunemente um status quo ainda mais agressivo para a Ucrânia no Mar de Azov. A Rússia anda a militarizar o mar de Azov há já bastante tempo e a transferência destes barcos pela Ucrânia respeitando o direito internacional e o Tratado entre os dois países era meramente simbólica.

http://euromaidanpress.com/2018/11/21/moscow-now-shifting-navy-vessels-from-pacific-and-arctic-to-kerch-straits/

Deste modo a Ucrânia consegue uma pequena vitória diplomática com um custo bastante aceitável e a Rússia deve apanhar mais um regime de sanções relacionadas com a liberdade de navegação no Estreito numa altura em que o valor de petróleo voltou a baixar. Para além disso consegue gravar as conversações dos navios russos onde estes implicam os líderes russos. Portanto a afirmação dos ucranianos de que avisaram os russos da passagem pelo Estreito parece assim corroborada, porque todo o incidente estava preparado com antecedência.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=1&v=xpdlGAweVu4

Outra questão pertinente é que a Rússia há meses que limita a circulação a navios comerciais de países da UE e este incidente dá ainda mais motivos à UE para aumentar o regime de sanções. 
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Novembro 29, 2018, 02:40:20 pm
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: HSMW em Dezembro 02, 2018, 09:45:27 pm
Citar
Investigating The Kerch Strait Incident
November 30, 2018
By Michael Cruickshank   

On the 25th of November, Ukraine and Russia were involved in one of the most serious confrontations of the almost 5-year long conflict between the two countries. Russian Navy vessels first rammed and then later fired on and captured three Ukrainian Navy vessels, marking the first time Russian-flagged military units had officially attacked those of Ukraine.

Like many events in this conflict, both sides put out conflicting stories of what happened, as well as statements accusing the other of breaching international law. But what can we say for certain happened?

Recomendo a leitura.

https://www.bellingcat.com/news/uk-and-europe/2018/11/30/investigating-the-kerch-strait-incident/
Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Dezembro 04, 2018, 04:03:04 pm
NATO: Chefes da diplomacia discutem crise no Mar de Azov


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitano89 em Dezembro 05, 2018, 02:15:06 pm
Rússia pressiona portos ucranianos


Título: Re: Guerra na Ucrânia
Enviado por: Lusitan em Dezembro 11, 2018, 05:11:13 pm
Separatist disinformation likely indicator of controlled re-escalation in Donetsk and Luhansk regions of Ukraine in coming days

On 10 December 2018, the Deputy Head of the People’s Militia of the breakaway Donetsk People’s Republic (DPR), Eduard Basurin, claimed that the Ukrainian armed forces were planning an offensive operation east of Mariupol for 14-15 December. According to Basurin, a 12,000-strong Ukrainian force was planning to gain control of the Novoazovsk and Boykivske (formerly Telmanove) districts, thus cutting off the breakaway DPR from the Sea of Azov and regaining control over a small section of the international Russia–Ukraine border.

A purportedly Ukrainian map showing details of the offensive has been widely shared by the separatist media and associated social media accounts.


Parece que alguém está a preparar um reacender do conflicto para o dia antes disto:
https://www.rferl.org/a/poroshenko-meeting-to-form-independent-ukrainian-church-set-for-december-15/29639206.html