Brasil

  • 22 Respostas
  • 4959 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7591
  • Recebeu: 224 vez(es)
  • Enviou: 149 vez(es)
  • +12/-3
Re: Brasil
« Responder #15 em: Janeiro 08, 2017, 05:15:22 pm »
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 3846
  • Recebeu: 572 vez(es)
  • Enviou: 438 vez(es)
  • +23/-2
Re: Brasil
« Responder #16 em: Setembro 25, 2017, 10:34:20 am »
Os meus sinceros parabéns ao Brasil. Muito bem.http://www.forte.jor.br/2017/09/21/brasil-assina-tratado-para-proibicao-de-armas-nucleares/http://www.forte.jor.br/2017/09/21/brasil-assina-tratado-para-proibicao-de-armas-nucleares/
Citar
O Brasil assinou hoje (20) o Tratado para Proibição de Armas Nucleares. O presidente Michel Temer foi o primeiro a assinar o texto, seguido por líderes de 42 países. Ao longo do dia, mais oito países devem firmar o documento. O acordo impede que os Estados-parte desenvolvam, testem, produzam, adquiram, tenham ou estoquem armas nucleares ou qualquer outro dispositivo nuclear explosivo.

A conferência para negociar o texto foi proposta pelo Brasil, a África do Sul, Áustria, Irlanda, o México e a Nigéria no fim de 2016. O tratado obriga os Estados-parte a não participar ou permitir atividades relacionadas ao uso e também ao desenvolvimento de armas nucleares. O texto do tratado foi acordado no último dia 7 de julho. A segunda etapa é a assinatura de hoje, embora esse seja apenas o primeiro dia para assinatura, que pode ser feita por outros países a partir de agora. Depois disso, ainda é necessário que cada país que tenha assinado o texto faça a ratificação, e o acordo só passa a valer depois que 50 países tiverem passado por todo o processo.


Cumprimentos

"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2591
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: Brasil
« Responder #17 em: Setembro 26, 2017, 01:28:51 pm »
Os meus sinceros parabéns ao Brasil. Muito bem.http://www.forte.jor.br/2017/09/21/brasil-assina-tratado-para-proibicao-de-armas-nucleares/http://www.forte.jor.br/2017/09/21/brasil-assina-tratado-para-proibicao-de-armas-nucleares/
Citar
O Brasil assinou hoje (20) o Tratado para Proibição de Armas Nucleares. O presidente Michel Temer foi o primeiro a assinar o texto, seguido por líderes de 42 países. Ao longo do dia, mais oito países devem firmar o documento. O acordo impede que os Estados-parte desenvolvam, testem, produzam, adquiram, tenham ou estoquem armas nucleares ou qualquer outro dispositivo nuclear explosivo.

A conferência para negociar o texto foi proposta pelo Brasil, a África do Sul, Áustria, Irlanda, o México e a Nigéria no fim de 2016. O tratado obriga os Estados-parte a não participar ou permitir atividades relacionadas ao uso e também ao desenvolvimento de armas nucleares. O texto do tratado foi acordado no último dia 7 de julho. A segunda etapa é a assinatura de hoje, embora esse seja apenas o primeiro dia para assinatura, que pode ser feita por outros países a partir de agora. Depois disso, ainda é necessário que cada país que tenha assinado o texto faça a ratificação, e o acordo só passa a valer depois que 50 países tiverem passado por todo o processo.


Cumprimentos

Entendo o apelo pacifista, porém vejo isso como um erro.

O Brasil, pelo seu tamanho, importância e implicações geopolíticas em que está inserido, não vejo  com bons olhos a renúncia definitiva de portar capacidade dissuasória nuclear.
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 3846
  • Recebeu: 572 vez(es)
  • Enviou: 438 vez(es)
  • +23/-2
Re: Brasil
« Responder #18 em: Setembro 26, 2017, 03:03:44 pm »
Os meus sinceros parabéns ao Brasil. Muito bem.http://www.forte.jor.br/2017/09/21/brasil-assina-tratado-para-proibicao-de-armas-nucleares/http://www.forte.jor.br/2017/09/21/brasil-assina-tratado-para-proibicao-de-armas-nucleares/
Citar
O Brasil assinou hoje (20) o Tratado para Proibição de Armas Nucleares. O presidente Michel Temer foi o primeiro a assinar o texto, seguido por líderes de 42 países. Ao longo do dia, mais oito países devem firmar o documento. O acordo impede que os Estados-parte desenvolvam, testem, produzam, adquiram, tenham ou estoquem armas nucleares ou qualquer outro dispositivo nuclear explosivo.

A conferência para negociar o texto foi proposta pelo Brasil, a África do Sul, Áustria, Irlanda, o México e a Nigéria no fim de 2016. O tratado obriga os Estados-parte a não participar ou permitir atividades relacionadas ao uso e também ao desenvolvimento de armas nucleares. O texto do tratado foi acordado no último dia 7 de julho. A segunda etapa é a assinatura de hoje, embora esse seja apenas o primeiro dia para assinatura, que pode ser feita por outros países a partir de agora. Depois disso, ainda é necessário que cada país que tenha assinado o texto faça a ratificação, e o acordo só passa a valer depois que 50 países tiverem passado por todo o processo.


Cumprimentos

Entendo o apelo pacifista, porém vejo isso como um erro.

O Brasil, pelo seu tamanho, importância e implicações geopolíticas em que está inserido, não vejo  com bons olhos a renúncia definitiva de portar capacidade dissuasória nuclear.
Calma parece-se ser a postura brasileira e em princípio concordo. Vamos ver como reagem os restantes países da América do Sul, ao submarino nuclear brasileiro, mais a assinatura deste tratado. É que um submarino nuclear mais a possibilidade de armas nucleares podiam deixar o sul do continente nervoso, e pelo menos meter o Chile no mesmo caminho. E como a Venezuela para armas arranja dinheiro cedendo os direitos sobre a exploração de petróleo, podia-se estar a armar um lindo sarilho (caso alugassem como fizeram os indianos), com parte da América do Sul Nuclear. Assim um submarino nuclear mas sem ogivas desse tipo, possivelmente ficará sem resposta e acalmara os vizinhos. Penso eu de que.  ;)



Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7642
  • Recebeu: 493 vez(es)
  • Enviou: 681 vez(es)
  • +26/-1
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Brasil
« Responder #19 em: Setembro 26, 2017, 03:22:21 pm »
Muito bem! As armas nucleares são a maior inutilidade.
O que menos quero é que o Brasil se torne a Índia da América do Sul...

http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2591
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: Brasil
« Responder #20 em: Setembro 26, 2017, 04:35:52 pm »
O assunto é polêmico, mas vamos lá...

O que penso a respeito?

Primeiramente, no momento, o Brasil não precisa de artefatos nucleares. Até porquê, por enquanto, não temos inimigos externos declarados. O Brasil faz fronteira com 10 países diferentes, com nenhum deles temos litígios.


Apesar da crise o Brasil está entre os 10 maiores PIBs do mundo. Enfim, em termos geopolíticos estamos em paz. Isso é muito bom.
 
O Brasil não dispõe e está muito longe de dispor de pilares de dissuasão nuclear, tais como: Mísseis intercontinentais, mísseis táticos de cruzeiro (teremos um em breve com ogiva limitada de carga), submarinos do tipo SBNN (se um dia o projeto de submarino nuclear brasileiro prosperar será do tipo SSK-N, sem capacidade de disparar mísseis de cruzeiro contra alvo em terra) e caças/bombardeiros estratégicos.



Como se nota, há um abismo que separa, atualmente, as FFAAs brasileiras dos ‘Exércitos’ que dispõem do que os especialistas chamam de “nuclear deterrent”.   

Porém, quem garante que esta paz é para sempre?

Obviamente o Brasil não é a Índia, tampouco Paquistão. Muito menos Coreia do Norte. O mesmo podemos dizer que o Brasil não tem o gigantismo e envergadura (por enquanto) geopolítica, militar, econômica e tecnológica de potências como os Estados Unidos, Rússia, China, França, Reino Unido e Israel.
Também podemos dizer que o Brasil não tem o mesmo cacife de “players” internacionais que não dispõem de armas nucleares, tais como Alemanha, Japão, Itália e Coreia do Sul.

O Brasil na conjuntura econômica internacional, por agora, não passa de um grande fornecedor de commodities (grãos, minério de ferro, petróleo) com algumas ilhas de exceção como a Embraer, e um vasto mercado consumidor. Somente isso.





Militarmente é um softpower regional, pelo menos penso que não há dúvida enquanto a isso.


Internamente a sociedade brasileira segue com uma das concentrações de riqueza mais brutais do mundo, violência urbana desenfreada, alto índice de corrupção no setor público e privado  e desemprego alto. A educação pública segue uma lástima, a tributação é draconiana e há precaridades aberrantes em seu sistema político.

Resumo da ópera, não é que precisamos para agora de dispositivos atômicos como armas de dissuasão, mas não podemos abrir mão de renunciar a este intuito. O Brasil é importante demais para dispensar e declarar a toda comunidade internacional que não vislumbra, nunca mais, ter armas atômicas. 
Armas nucleares, a meu ver, se necessário for, é para ser algo muito no futuro. 
« Última modificação: Setembro 26, 2017, 09:02:38 pm por Vitor Santos »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7591
  • Recebeu: 224 vez(es)
  • Enviou: 149 vez(es)
  • +12/-3
Re: Brasil
« Responder #21 em: Outubro 04, 2017, 01:08:40 pm »
Sociólogo diz que exército não é solução para violência na Rocinha


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7591
  • Recebeu: 224 vez(es)
  • Enviou: 149 vez(es)
  • +12/-3
Re: Brasil
« Responder #22 em: Outubro 15, 2017, 07:50:29 pm »
Papa convoca Sínodo extraordinário sobre a Amazónia


 

 

Movimento "Fundir Portugal" quer anexar Portugal ao Brasil

Iniciado por SertorioQuadro Área Livre-Outras Temáticas de Defesa

Respostas: 7
Visualizações: 2820
Última mensagem Março 19, 2012, 06:29:36 pm
por cromwell
Polícia contra Polícia no Brasil

Iniciado por Xerif3Quadro Países Lusófonos

Respostas: 1
Visualizações: 1506
Última mensagem Março 01, 2009, 03:04:02 pm
por HSMW
"Quero mais Brasil"

Iniciado por J.RicardoQuadro Países Lusófonos

Respostas: 11
Visualizações: 6408
Última mensagem Setembro 06, 2010, 12:58:28 pm
por |FIT|_Benny
182 anos da independencia "politica" do Brasil

Iniciado por fredomQuadro Países Lusófonos

Respostas: 4
Visualizações: 2268
Última mensagem Setembro 08, 2004, 05:28:42 pm
por Ricardo Nunes
Brasil testa "Combat boat 90" de origem sueca

Iniciado por Ricardo NunesQuadro Armadas/Sistemas de Armas

Respostas: 9
Visualizações: 2290
Última mensagem Junho 12, 2004, 12:08:28 am
por Nautilus