Mensagens recentes

Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10
1
Força Aérea Portuguesa no ForumDefesa.com / Re: F-16 ex-FAP
« Última mensagem por Crypter em Hoje às 11:38:31 am »
Citar
Portugal vai vender mais cinco caças F16 à Roménia
Governo português já vendeu 12 caças F16 aos romenos nos últimos anos, num negócio de 180 milhões de euros. Agora deverá vender mais cinco destas aeronaves, revelou o ministro da Defesa da Roménia.

16 DE JULHO DE 2018, ÀS 10:32

Governo português já vendeu 12 caças F16 aos romenos nos últimos anos, num negócio de 180 milhões de euros. Agora deverá vender mais cinco destas aeronaves, revelou o ministro da Defesa da Roménia.

Portugal deverá vender mais cinco caças F16 à Roménia, isto depois de a Força Aérea romena ter adquirido 12 destes aviões ao Governo português nos últimos anos num negócio avaliado em 181 milhões de euros.

Foi o ministro da Defesa da Roménia, Mihai Fifor, quem revelou que ambos os governos tiveram conversações nos últimos meses no sentido de reforçar a Força Aérea romena com mais F16. “Há alguns dias, o secretário de Estado Mircea Dusa realizou uma visita a Portugal. Teve uma conversa lá e eu continuei-a na Cimeira da Nato com os parceiros portugueses para completar o nosso esquadrão de F16. E vamos discutir no futuro sobre 36 caças F16 que queremos comprar para a Força Aérea romena”, adiantou Fifor citado pela BBC.

Em 2013, Portugal celebrou um contrato com os romenos para a venda de 12 caças F16 por 181 milhões de euros, resultando num encaixe líquido para as contas nacionais de 78 milhões de euros. Estas alienações enquadram-se na lei de programação militar desde 2006, depois de as autoridades portuguesas terem decidido vender parte das 39 aeronaves da sua frota.

Em setembro de 2016, após a entrega dos primeiros aviões ao Governo romeno, o ministro da Defesa nacional, Azeredo Lopes, disse que Portugal não estava em condições de vender mais F16 (de origem norte-americana), dado que a Força Aérea nacional dispunha já do número adequado de aeronaves para fazer face às suas responsabilidades operacionais.

Na altura, Azeredo Lopes adiantou que Portugal tem interesse em manter esta parceria, indicando que o país poderia comprar “carcaças” aos EUA e proceder à atualização dos equipamentos, isto no caso de os norte-americanos não estiverem disponíveis parar vender estas aeronaves.

Fonte: https://www.sapo.pt/noticias/economia/portugal-vai-vender-mais-cinco-cacas-f16-a_5b4c66cb3202e8e67d0129f1
2
Portugal / Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Última mensagem por Lightning em Hoje às 11:35:35 am »
Qual unidade, Santa Margarida? Abrantes?
3
Marinha no ForumDefesa.com / Re: Ingresso na Marinha
« Última mensagem por PereiraMarques em Hoje às 11:20:48 am »
Aviso n.º 9516/2018 - Diário da República n.º 135/2018, Série II de 2018-07-16 115692962
Defesa Nacional - Marinha - Superintendência do Pessoal
Concurso de Admissão de Voluntários para Prestação de Serviço em Regime de Contrato na Categoria de Praças na Classe de Fuzileiros - 02/2018

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/115692962/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=115692952
4
Marinha no ForumDefesa.com / Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Última mensagem por P44 em Hoje às 10:21:29 am »
Curioso por saber onde foram buscar o valor de 80M para um AOR
5
Portugal / Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Última mensagem por nelson38899 em Hoje às 10:19:07 am »
C-130J, sempre! KC-390, por que não? A400M, já começa a ficar para o caro, mas C-17 para transportar o quê? 4 companhias de pára-quedistas, 2 companhias de comandos, 3 companhias de fuzos, 1 companhia de OE e mais uns pelotões do DAE? Tudo forças ligeiras sem grandes componentes blindadas. Acho um bocado overkill e com custos incomportáveis para o nosso magro orçamento.

Parece que vem aí uma reforma não reforma, ou seja, o treino da tropa tuga vai para o interior do país, vamos ver se vão fechar a escola de Mafra.
6
Marinha no ForumDefesa.com / Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Última mensagem por nelson38899 em Hoje às 10:17:02 am »
Mesmo depois do abate da maior parte das corvetas e dos cacine continuamos com deficit de guarnições. Por isso a eventual desactivação do Bérrio não garante homens para um futuro AOR, ao qual teríamos que juntar  mais gente para um NAVPOL, caso se optasse por dois navios à parte. A não ser que com o tal PIB nos 2% em termos de defesa exista dinheiro para não só os navios mas um aumento de efectivos (novamente a Damen tb tem para todos os gostos)...  :P ;D



Cumprimentos

Esqueçam os 2% do PIB, pois tal não vai acontecer, no máximo vamos atingir em 2024, 1,66% do PIB. Pelo que me venho a perceber, as despesas com os incendios, mais cedo ou mais tarde vão para o Ministério da defesa, por isso, não sobrará muito dinheiro para brinquedos novos. Só nos resta esperar pelo mercado de segunda mão.

Além de que o António Costa já veio dizer que só se iria comprar estes equipamentos que se fala se houver apoio europeu, caso contrário não se irão comprar.

Neste momento o governo apenas tem um único objectivo, déficite 0%, com a correspondente ida do ministro das finanças para a UE. Sendo assim nos proximos anos a politica é se puder empurrar o investimento para a frente muito bem, se não deixa ver se conseguimos sacar dinheiro da UE.
7
Marinha no ForumDefesa.com / Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Última mensagem por mafets em Hoje às 09:59:25 am »
Mesmo depois do abate da maior parte das corvetas e dos cacine continuamos com deficit de guarnições. Por isso a eventual desactivação do Bérrio não garante homens para um futuro AOR, ao qual teríamos que juntar  mais gente para um NAVPOL, caso se optasse por dois navios à parte. A não ser que com o tal PIB nos 2% em termos de defesa exista dinheiro para não só os navios mas um aumento de efectivos (novamente a Damen tb tem para todos os gostos)...  :P ;D









Cumprimentos

8
Força Aérea Portuguesa no ForumDefesa.com / Re: Substituição dos Allouette III
« Última mensagem por mafets em Hoje às 09:45:34 am »
A substituição dos Al III, assim como os demais programas (com excepção para os NPO e para o Kc), estão a cargo da Central de Compras da NATO ( NATO Support and Procurement Agency (NSPA) ).

Saudações
9
Exército Português no ForumDefesa.com / Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Última mensagem por Lightning em Hoje às 06:59:35 am »
O Facebook do The Way of the Warrior, disse que a próxima FND para a RCA vai ser reforçada com 6 Pandur, 2 RWS, 2 APC, 1 ambulância e 1 recuperação.

Num jornal que também falava no assunto referia que o efectivo ia ter um aumento de até 30 militares.
10
Portugal / Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Última mensagem por NVF em Hoje às 06:17:14 am »
C-130J, sempre! KC-390, por que não? A400M, já começa a ficar para o caro, mas C-17 para transportar o quê? 4 companhias de pára-quedistas, 2 companhias de comandos, 3 companhias de fuzos, 1 companhia de OE e mais uns pelotões do DAE? Tudo forças ligeiras sem grandes componentes blindadas. Acho um bocado overkill e com custos incomportáveis para o nosso magro orçamento.
Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10