Supercomputação

  • 38 Respostas
  • 3618 Visualizações
*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1001
  • Recebeu: 254 vez(es)
  • Enviou: 146 vez(es)
  • +32/-6
Re: Supercomputação
« Responder #15 em: Outubro 27, 2017, 11:53:12 am »
Medidas de segurança que todos podem seguir para evitar contaminar um computador/terminal com um vírus ou trojan:

- Pessoalmente só utilizo sistemas operativos (SO) de 64 bits da Microsoft. Desta forma evito muitos códigos maliciosos, principalmente mais antigos que existem pela internet. Mas se querem aumentar de forma significativa a vossa segurança, utilizem só o Linux (apesar de reconhecer que não é um sistema operativo ao alcance dos conhecimentos técnicos do comum dos mortais). O Ubuntu (https://www.ubuntu.com/) ou o xubuntu que é mais leve ainda (funcionam sem problemas em máquinas com 20 anos!!!!!) (https://xubuntu.org/). São muito bons e parecidos com o windows 10 e MAC OS, e têem a enorme vantagem de serem completamente gratuítos e até já trazem todo o software necessário na instalação, como browser, equivalente ao office, etc.

Tinha de defender o Linux, porque o meu avatar representa 3 aspectos: a bandeira nacional, o linux porque é livre e ninguém controla e por fim o futebol (menos importante) :)
Para instalarem qualquer SO, seja windows ou linux (Ubuntu, xubuntu ou outro. Aconselho os 2 primeiros, porque são os mais "amigáveis"), aconselho a prepararem uma pen usb de 4 ou 8 giga com o Rufus (https://rufus.akeo.ie/). Retiram da internet o SO que pretendem, de preferência o ficheiro ISO e retiram e instalam o Rufus na máquina. De seguida executam o Rufus e escolhem o SO que pretendem instalar na pen de arranque (o ficheiro ISO que retiraram na internet). Quando o Rufus terminar, criaram uma pen de arranque que podem utilizar em qualquer computador (eu escolho sempre sistema de ficheiros NTFS e só em alternativa o FAT32. E tenham cuidado para não formatarem a pen errada como aconteceu comigo :)

- Outra medida importante que aconselho a quem instalou o windows é instalarem um bom antivírus/firewall. Eu utilizo o Comodo (https://antivirus.comodo.com/antivirus-for-windows-10/), versão gratuíta. É muito bom, apesar de confessar que é um bocado paranóico e bloqueia alguns programas inocentes! Outros antivírus muito bons e todos gratuítos: Avira (https://www.avira.com/), Avast (https://www.avast.com/pt-pt/index), AVG (https://www.avg.com/pt-pt/free-antivirus-download).

- Convém manterem também a firewall do windows activa, o windows defender;

Com estas medidas já estão minimamente protegidos, mas se querem aumentar ainda mais a segurança, aconselho o seguinte:

- Não utilizem uma conta com poderes de administrador. Criem uma conta convidado, sem poderes para instalar programas. Dessa forma resolvem muitos dos potenciais problemas;

- Utilizem uma firewall física (com white list e black list e com protecção a IP's ou mac address). Para redes, costumam custar milhares de euros, mas entre os 1000 e os 3.000€ já se consegue uma Draytek ou uma cyberoam. Para os utilizadores domésticos, o Comodo que referi em cima já tem uma firewall muito poderosa;

- Outra medida é restringirem os vossos dados mais críticos, incluindo o browser com os favoritos, dentro de uma pasta protegida. Ou utilizam uma máquina virtual ou outra forma muito mais simples é criarem uma pasta encriptada com o veracrypt (descendente do famoso truecrypt) (https://veracrypt.codeplex.com/). Criam uma pasta com o tamanho que pretenderem (de preferência numa pen usb 3.0 (atenção que para aceitar ficheiros grandes, neste caso a pasta encryptada vai ser tratada como um ficheiro, têem de utilizar uma pen formatada em NTFS) e colocam lá todos os vossos ficheiros, incluindo os browsers, como por exemplo o firefox portable: https://portableapps.com/apps/internet/firefox_portable/localization

Todo este software é completamente gratuíto, com excepção da licença do windows!

Um pormenor, instalem sempre um SO limpo, ou seja, não façam actualizações de SO, por exemplo do windows 8 para o 10, em vez de actualizarem, instalem o windows 10 de raíz, com todas as partições formatadas. Desta forma o SO fica muito mais rápido, estável e ocupa muito menos espaço, já que não tem de guardar a tralha do SO antigo! Isto é válido também para o Linux!
« Última modificação: Outubro 27, 2017, 12:07:41 pm por Viajante »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo, HSMW, perdadetempo

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8742
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-4
Re: Supercomputação
« Responder #16 em: Novembro 25, 2017, 05:27:14 pm »
Dos Estados Unidos ao Minho para criar "capacidade de supercomputação" em Portugal


A Universidade do Minho terá a funcionar o primeiro supercomputador em Portugal no primeiro semestre de 2018, anunciou hoje o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

O governante explicou, em Braga, que o supercomputador (computador com grande capacidade de processamento de dados e memória) será cedido pela Universidade do Texas em Austin (Estados Unidos da América) e vai integrar um centro de computação avançada que nascerá na Universidade do Minho (UMinho).

“Vamos criar, pela primeira vez, capacidade de supercomputação em Portugal”, sublinhou o ministro.

Manuel Heitor falava na UMinho, durante a assinatura do memorando de entendimento entre aquela academia, a Universidade do Texas e a Fundação para a Ciência e Tecnologia, para a instalação do Centro de Computação Avançada do Minho.

Segundo o governante, Portugal dá assim um passo para se afirmar “naquilo que melhor se faz no mundo para servir a comunidade científica e o tecido empresarial”.

Manuel Heitor disse que o memorando foi também “o primeiro passo” para a participação ativa de Portugal no Air Center - Centro de Investigação Internacional do Atlântico, formalizado na segunda-feira, no Brasil, e que reúne nove países e 25 instituições de todo o mundo.

O objetivo do Air Center é criar uma rede para processar dados para o Atlântico, em matérias que vão desde a segurança marítima à identificação de recursos biológicos, às pescas, ao impacto das alterações climáticas e à prevenção de incêndios.

“O Minho vai ser um ponto importante naquela rede”, disse ainda o ministro.

Nesta deslocação à Universidade do Minho, Manuel Heitor entregou ao reitor cessante daquela academia, António Cunha, a Medalha de Mérito Científico, pelo seu “excecional contributo” para o desenvolvimento da ciência em Portugal.

António Cunha foi reitor da UMinho durante oito anos, mas a partir de terça-feira o cargo será assumido por Rui Vieira de Castro.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior lembrou que 2018 será o ano de concretização do programa de estímulo ao emprego científico, com a contratação de 3.000 novos investigadores.

“O processo legislativo está prestes a ser concluído, com a aprovação do Orçamento do Estado para 2018, e o que este Orçamento traz verdadeiramente de novo é o financiamento necessário para, em 2018, podermos fazer 3.000 novos contratos”, referiu.

“Temos já em aberto o processo de criação e avaliação de unidades de investigação e desenvolvimento, que introduz, pela primeira vez, um processo de financiamento associado à contratação de investigadores”, acrescentou.

No dia 14, no parlamento, o governante tinha já apontado o “princípio de 2018” como a data para iniciar a contratação, a termo, de 3.000 investigadores, processo que será completado e, 2019 com a contratação de mais 2.000 doutorados.


>>>>>>  http://24.sapo.pt/tecnologia/artigos/dos-estados-unidos-para-o-minho-para-criar-capacidade-de-supercomputacao-em-portugal
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8742
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-4
Re: Supercomputação
« Responder #17 em: Dezembro 18, 2017, 08:37:10 pm »
Thales investe €4,8 mil milhões para liderar segurança digital


 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14200
  • Recebeu: 694 vez(es)
  • Enviou: 698 vez(es)
  • +50/-29
Re: Supercomputação
« Responder #18 em: Dezembro 19, 2017, 03:39:27 pm »
Medidas de segurança que todos podem seguir para evitar contaminar um computador/terminal com um vírus ou trojan:

- Pessoalmente só utilizo sistemas operativos (SO) de 64 bits da Microsoft. Desta forma evito muitos códigos maliciosos, principalmente mais antigos que existem pela internet. Mas se querem aumentar de forma significativa a vossa segurança, utilizem só o Linux (apesar de reconhecer que não é um sistema operativo ao alcance dos conhecimentos técnicos do comum dos mortais). O Ubuntu (https://www.ubuntu.com/) ou o xubuntu que é mais leve ainda (funcionam sem problemas em máquinas com 20 anos!!!!!) (https://xubuntu.org/). São muito bons e parecidos com o windows 10 e MAC OS, e têem a enorme vantagem de serem completamente gratuítos e até já trazem todo o software necessário na instalação, como browser, equivalente ao office, etc.

Na minha casa temos um portátil do tempo em que o Socas dava isso a quem andava nos cursos tecno-profissionais. Ele está a dar o berro e penso por ter um windows completamente desactualizado. Recomendas que instale o Ubuntu?
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8017
  • Recebeu: 593 vez(es)
  • Enviou: 882 vez(es)
  • +33/-4
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Supercomputação
« Responder #19 em: Dezembro 19, 2017, 03:47:02 pm »
Eu instalei o Ubunto numa máquina mais antiga que tenho aqui. Vais ter é de aprender a mexer num computador inicio.
Mas acho que compensa.
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1001
  • Recebeu: 254 vez(es)
  • Enviou: 146 vez(es)
  • +32/-6
Re: Supercomputação
« Responder #20 em: Dezembro 19, 2017, 04:32:14 pm »
Medidas de segurança que todos podem seguir para evitar contaminar um computador/terminal com um vírus ou trojan:

- Pessoalmente só utilizo sistemas operativos (SO) de 64 bits da Microsoft. Desta forma evito muitos códigos maliciosos, principalmente mais antigos que existem pela internet. Mas se querem aumentar de forma significativa a vossa segurança, utilizem só o Linux (apesar de reconhecer que não é um sistema operativo ao alcance dos conhecimentos técnicos do comum dos mortais). O Ubuntu (https://www.ubuntu.com/) ou o xubuntu que é mais leve ainda (funcionam sem problemas em máquinas com 20 anos!!!!!) (https://xubuntu.org/). São muito bons e parecidos com o windows 10 e MAC OS, e têem a enorme vantagem de serem completamente gratuítos e até já trazem todo o software necessário na instalação, como browser, equivalente ao office, etc.

Na minha casa temos um portátil do tempo em que o Socas dava isso a quem andava nos cursos tecno-profissionais. Ele está a dar o berro e penso por ter um windows completamente desactualizado. Recomendas que instale o Ubuntu?

Ubuntu não, que é um bocado pesado para uma máquina já datada.
Aconselho antes o Xubuntu, que é semelhante ao ubuntu, mas mais leve. E mesmo assim pode não ser possível correr o mais actual. Se for esse o caso, basta escolher um xubuntu mais antigo. Só nos computadores mais antigos, de 2002 é que tive de instalar o xubuntu 12. Se o seu computador for de 2006 ou mais recente, vai conseguir instalar o xubuntu mais recente: https://xubuntu.org/ (versão 16.04.3 LTS em língua portuguesa. Pode ser incompatível com a versão de 64 bits).
Ele já tem equivalente ao office, browser, etc, tem tudo o que precisa para navegar pela net........

Forma de limpar a máquina:
1º Recolher todos os ficheiros que precisa e andam perdidos pelo pc;
2º efectuar o download do xubuntu: https://xubuntu.org/
3º efectuar o download do rufus: https://rufus.akeo.ie/
4º instale o rufus no seu pc actual e crie uma pen usb de instalação do xubuntu (precisa de colocar uma pen usb no computador que não tenha ficheiros que precise deles, pois vão ser eliminados)
5º Corra o rufus e como aparece na imagem do link, escolha a pen logo no início, no sistema de ficheiros escolha Fat32 (e só se não aceitar é que deve escolher fat), e mais em baixo onde aparece freedos, clique no logo do disco e indique o local onde está o ficheiro ISO de instalação do Xubuntu (que descarregou). Basta clicar em iniciar e o rufus cria a pen.
6º Depois de ter a pen criada, só precisa que o computador arranque pela pen usb. Se a máquina não tiver predefinida para arrancar pela pen usb, vai ter de entrar na bios da máquina e activar o arranque por pen usb.

Se tiver dificuldades, basta dizer-me o modelo exacto da máquina que eu pesquiso os passos a dar para entrar na bios (cada máquina/marca tem a sua sequência de teclas)
« Última modificação: Dezembro 19, 2017, 05:43:10 pm por Viajante »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1001
  • Recebeu: 254 vez(es)
  • Enviou: 146 vez(es)
  • +32/-6
Re: Supercomputação
« Responder #21 em: Dezembro 19, 2017, 04:34:49 pm »
Eu instalei o Ubunto numa máquina mais antiga que tenho aqui. Vais ter é de aprender a mexer num computador inicio.
Mas acho que compensa.

Sim, mas o ubuntu é dos mais pesados linux, principalmente se for o de 64 bits, mas compensa para quem não precisa por exemplo do office, como é o meu caso :(
E tem a enorme vantagem de já ter tudo instalado de raíz, incluindo o equivalente ao office. E tudo de borla!

Mas se as máquinas forem muito antigas (mais de 10 anos), o ubuntu pode ser algo pesado.
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8742
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-4
Re: Supercomputação
« Responder #22 em: Dezembro 28, 2017, 04:35:08 pm »
"The Chaos Computer Club", o maior encontro europeu de "hackers"


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8742
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-4
Re: Supercomputação
« Responder #23 em: Janeiro 09, 2018, 11:58:42 am »
Coreia do Norte estará a financiar-se com criptomoedas


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8742
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-4
Re: Supercomputação
« Responder #24 em: Janeiro 12, 2018, 12:47:35 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8742
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-4
Re: Supercomputação
« Responder #25 em: Janeiro 25, 2018, 08:27:49 pm »
Fórum Económico Mundial lança Centro Global para a Cibersegurança a partir de março


O Fórum Económico Mundial anunciou hoje a criação de um Centro Global para o Ciberespaço que pretende fomentar a colaboração público-privada na luta contra as ameaças cibernéticas.

Alois Zwinggi, diretor geral do fórum, disse em conferência de imprensa, em Davos, que a “cibersegurança transformou-se num dos assuntos mais importantes em todo o mundo”, acrescentando que o custo dos crimes informáticos atinge 500 mil milhões de dólares todos os anos.

A cibersegurança “afeta todos os aspetos da sociedade, incluindo o crescimento económico”, afirmou sublinhando que o fórum — como organização internacional — considera ser necessária uma melhor cooperação entre os setores público e privado sobre o assunto.

O Fórum Económico Mundial, com sede em Genebra, disse o responsável, “compromete-se a criar um ciberespaço mais robusto e resistente”, através de soluções “comuns”.

Em concreto, o Fórum de Davos quer criar um “depósito” para a informação cibernética porque “é crucial que os setores público e privado venham a compartir dados a nível global”.

O centro vai ficar localizado em Genebra e pode começar a funcionar a partir de março, disse Zwinggi.

Apesar da ligação ao Fórum Económico e Mundial, a nova entidade vai ficar dotada de organização e infraestruturas próprias.

O novo organismo vai ser constituído pelas empresas globais que se encontram mais afetadas pelas ameaças cibernéticas e governos do G20, assim como por “países relevantes”, além de organizações internacionais.

O diretor da Europol, Rob Wainwright, qualificou a criação do centro como um “passo importante” na luta contra as ameaças cibernéticas, “cada vez mais complexas” e recordou que cerca de quatro mil ciberataques com o “vírus randsomware” recorrem ao uso ilícito de moedas virtuais.

Wainwright mencionou especificamente o caso ocorrido no passado mês de maio quando o “vírus WannaCry afetou serviços públicos e privados em todo o mundo” e que bloqueava os computadores exigindo resgates.

“Assistimos ao roubo de dados que afetam milhões de utilizadores” e há uma tendência para ataques contra serviços fundamentais, estando o setor bancário “na primeira linha de fogo dos criminosos”.


>>>>>>   http://24.sapo.pt/tecnologia/artigos/forum-economico-mundial-lanca-centro-global-para-a-ciberseguranca-a-partir-de-marco
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8742
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-4
Re: Supercomputação
« Responder #26 em: Fevereiro 07, 2018, 11:43:05 am »
Russos piratearam e-mails de peritos em drones


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8742
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-4
Re: Supercomputação
« Responder #27 em: Fevereiro 27, 2018, 12:30:29 pm »
A proteção de dados no World Mobile Congress


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8742
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-4
Re: Supercomputação
« Responder #28 em: Fevereiro 28, 2018, 08:57:11 pm »
Alemanha confirma ter sido alvo de mais um ciberataque


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8742
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-4
Re: Supercomputação
« Responder #29 em: Março 21, 2018, 08:06:30 am »
Presidente da Cambridge Analytica afastado