Comando da NATO em Oeiras, que futuro?

  • 71 Respostas
  • 14483 Visualizações
*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2690
  • Recebeu: 17 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +4/-4
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #60 em: Junho 20, 2011, 01:20:17 am »
5 fragatas, 2 submarinos, é o que iremos ter nos próximos 15 anos, infelizemente.
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 3911
  • Recebeu: 183 vez(es)
  • Enviou: 219 vez(es)
  • +7/-0
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #61 em: Setembro 08, 2011, 09:40:44 am »
Citar
O secretário-geral da NATO desloca-se, esta quinta-feira, a Lisboa, e terá encontros com o primeiro-ministro, o presidente da República e os ministros dos Negócios Estrangeiros e da Defesa.

O primeiro encontro de Anders Fogh Rasmussen nesta visita a Lisboa será com o presidente da República, Cavaco Silva, seguindo-se um encontro com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, e um almoço de trabalho com o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, na residência oficial, em São Bento, onde estarão também presentes Paulo Portas e o ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco.

À tarde, o secretário-geral da NATO encontra-se no Parlamento com a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, e com os membros das Comissões parlamentares de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas e Defesa Nacional.

Anders Fogh Rasmussen termina a deslocação a Lisboa com uma reunião com o ministro da Defesa, no Forte de São Julião da Barra, em Oeiras.

Nas reuniões com os ministros dos Negócios Estrangeiros e da Defesa Nacional deverão estar em cima da mesa temas como a situação na Líbia, as mudanças no Comando de Oeiras e a vinda da STRIKEFORNATO para Portugal e a reconfiguração da participação portuguesa nas missões da NATO.

No sábado, o "Diário de Notícias" noticiou que o contingente militar português no Afeganistão vai perder duas equipas de formadores já na próxima rotação, em Outubro.

Por outro lado, no próximo ano Portugal iniciará a participação na missão da NATO de policiamento aéreo da Islândia, com caças F-16 da Força Aérea Portuguesa.

Na semana passada foi também conhecida a nomeação do contra-almirante Frank Pandolfe pelo Pentágono para o comando da sexta esquadra da Marinha norte-americana - que também comanda a STRIKEFORNATO, que ficará sediada em Portugal e substituirá o Comando de Oeiras, de acordo com a mais recente reforma da estrutura militar da Aliança Atlântica.

www.jn.pt
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 3911
  • Recebeu: 183 vez(es)
  • Enviou: 219 vez(es)
  • +7/-0
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #62 em: Novembro 08, 2011, 08:49:15 pm »
Citar
Oeiras deixa de comandar missão de combate à pirataria

A responsabilidade pela operação "Ocean Shield", de combate à pirataria, vai passar do Comando da NATO em Oeiras para o Comando de Northwood, no Reino Unido, numa cerimónia que decorre a 15 de Novembro.
Segundo uma resposta enviada à agência Lusa pelo Comando de Forças Conjuntas de Oeiras, a cerimónia de transferência de comando vai contar com a presença do Comandante Supremo para as Forças na Europa (SACEUR, em inglês), almirante James Stavridis, e tem lugar na próxima terça-feira. Segundo a nova reforma da estrutura militar da NATO, o Comando de Oeiras deixa de existir, vindo para Portugal a STRIKEFORNATO, uma força aeronaval.
Já Northwood, que vai passar a comandar a "Ocean Shield", passa a ser o Comando Marítimo da NATO, de acordo com esta revisão aprovada no início do último verão. Oeiras tinha a responsabilidade operacional pela missão "Ocean Shield" desde o verão de 2009, logo após esta ter sido lançada pelo secretário-geral da NATO de então, Jaap de Hoop Scheffer. Portugal terminou no fim do mês passado a sua participação nesta missão de combate à pirataria na zona da Somália, tendo a fragata D. Francisco de Almeida a última a participar.
A contribuição portuguesa para esta missão da NATO foi iniciada em agosto de 2009 e até este ano estiveram empenhadas três fragatas da Marinha Portuguesa.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=2109745
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 3911
  • Recebeu: 183 vez(es)
  • Enviou: 219 vez(es)
  • +7/-0
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #63 em: Abril 28, 2012, 02:36:07 pm »
Citar
comando da NATO em Oeiras encerra definitivamente a 01 de julho de 2013, ao fim de mais de 40 anos em atividade permanente, revelou em entrevista à agência Lusa o contra-almirante Pires da Cunha.

"Vamos fechar e está tudo previsto para desativarmos em janeiro de 2013 e depois fecharmos finalmente em 01 de julho de 2013", declarou o chefe do Estado-Maior do Comando de Forças Conjunto (JFCL, em inglês) da Aliança Atlântica, situado em Oeiras.
De acordo com a nova reforma da NATO, aprovada na cimeira de Lisboa, em 2010, o JFCL desaparece da estrutura militar da organização e será colocada em Oeiras a "STRIKFORNATO", a sua força naval de reação rápida que até agora estava em Nápoles, Itália.
O comando da Aliança foi inaugurado em outubro de 1972, ainda no Estado Novo, no Reduto Gomes Freire (uma estrutura da Marinha do século XIX), tendo passado ao longo das décadas por diversas transformações.
O almirante Fernando Pires da Cunha, "número três" na hierarquia do JFCL e nestas funções desde 2009, adiantou que o processo de instalação da nova força militar em Oeiras será feito "muito rapidamente" e que "vai tudo decorrer este ano". "Até ao final deste ano eles estarão prontos e instalados cá", precisou.
"Nós trabalhamos sempre com planeamento, já estamos a diminuir o nosso dispositivo [do JFCL] e a libertar áreas para eles poderem vir, neste momento já temos uma ala pronta para poderem chegar cá", acrescentou.
O militar português referiu que este é um movimento com exigências e que a STRIKFORNATO - comandada por um almirante norte-americano que também chefia a VI Esquadra da Marinha dos EUA, na zona do Atlântico - pode a qualquer momento ser chamada para uma missão.
"Eles fazem parte da força de reação rápida deste ano, portanto vai ser uma transição enquanto estão prontos para serem empregues em qualquer atividade da NATO que seja necessária, é sensível, é um movimento sensível, eles têm de mudar-se e ao mesmo tempo estar operacionais", observou.
As diferenças desta força para o JFCL são "bastante grandes", disse Pires da Cunha, assinalando que esta é formada por um memorando assinado entre onze países da NATO, assim como o seu financiamento, e não por todos os Estados-membros como acontecia até agora.
O objetivo da reforma da organização é, assinalou o almirante português, tornar a estrutura militar "mais flexível, mais ágil e com menores dimensões" para enfrentar os desafios: "Para esse efeito a NATO vai diminuir o seu efetivo de 13 mil homens para 8800 e isso implica o fecho deste comando".
Da cimeira de Lisboa saiu também um novo conceito de projeção de forças militares, que o JFCL vai testar na próxima semana, juntamente com várias estruturas da NATO, num exercício militar na Noruega.
"Este comando, porque foi o que esteve mais envolvido nas forças de prontidão imediata da NATO e como tinha essa experiência mais recente, foi escolhido para fazer o estudo com os outros dois comandos que iam restar neste nível, Brunssum, na Holanda, e Nápoles, na Itália", declarou Pires da Cunha.
Até ao final de 2012, o JFCL irá também passar para o comando de Nápoles a responsabilidade pela missão de apoio à União Africana, que pretende "estabelecer em África um comando do género da estrutura da NATO para controlar e poder coordenar as Forças Armadas".
"Estamos a dar apoio [à União Africana] ao nível do planeamento, temos uma equipa colocada na Etiópia e essa operação vamos mantê-la até ao final do ano, nessa altura vamos passar essa atividade, que não vai desaparecer, é uma atividade que a NATO pretende manter", adiantou o português, que irá permanecer no JFCL até ao seu

dn.pt
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7565
  • Recebeu: 475 vez(es)
  • Enviou: 651 vez(es)
  • +23/-1
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #64 em: Dezembro 20, 2012, 05:45:02 pm »




























http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7478
  • Recebeu: 245 vez(es)
  • Enviou: 94 vez(es)
  • +28/-25
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #65 em: Dezembro 20, 2012, 10:54:10 pm »
:mrgreen:  :mrgreen:

Isto acabou, amiguinhos. Ou melhor, deve estar para começar!
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6462
  • Recebeu: 319 vez(es)
  • Enviou: 389 vez(es)
  • +18/-2
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #66 em: Dezembro 20, 2012, 11:50:06 pm »
Citação de: "Luso"
:mrgreen: Inaugura-se uma desactivação?  :mrgreen:  :mrgreen:

Isto acabou, amiguinhos. Ou melhor, deve estar para começar!

Não, da mesma forma que há cerimónias de inauguração, também há cerimonias de encerramento.

E as instalações em Oeiras vão ser ocupadas pelo comando da STRIKFORNATO.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6462
  • Recebeu: 319 vez(es)
  • Enviou: 389 vez(es)
  • +18/-2
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #67 em: Setembro 16, 2013, 06:16:36 pm »
Citar
SACT visits Portugal

NATO's Supreme Allied Commander Transformation (SACT), French Air Force General Jean-Paul Paloméros visited Portugal, September 11th-12th, to emphasise the importance of aligning Allied Command Transformation's (ACT) and Portugal’s transformational efforts.

The visit included an office call with Portugal's Minister of Defence, Dr. José Pedro Aguiar Branco and with the Portuguese Chief of Defence, Air Force General Luis Araújo.

After receiving a briefing on the Portuguese Armed Forces, discussions between General Paloméros and the Portuguese officials focussed on ‘Smart Defence’ and the ‘Connected Forces Initiative’ (CFI). A ‘high visibility exercise’ that Portugal will host – in conjunction with Spain and Italy – in 2015 was also touched upon.

SACT thanked the Portuguese authorities for their cooperation in the relocation of Naval Striking and Support Forces NATO (STRIKFORNATO) from Naples Italy to Oeiras, Portugal. STRIKFORNATO’s main mission is to provide a rapidly deployable Joint but predominantly Maritime headquarters to plan, command and control maritime operations across the full spectrum of ‘Alliance Fundamental Security Tasks’, including maritime ‘Expanded Task Force’ operations and maritime-heavy ‘Smaller Joint Operations’ within the Euro-Atlantic region or at what is called strategic reach. By signing a Memorandum of Understanding in 2012, Portugal became the 11th member nation joining STRIKFORNATO.

The future relocation of the ‘NATO Communications and Information Systems School’ (NCISS) from Latina, Italy, to Oeiras, Portugal, was also discussed. The School’s primary mission is to provide cost-effective, highly developed formal training to personnel (military and civilian) from NATO as well as Non-NATO Nations for efficient operation and maintenance of NATO Communication and Information Systems (CIS).

Portugal is one of NATO’s founding members and hosts one of Allied Command Transformation (ACT)’s command elements: the Joint Analysis and Lessons Learned Centre (JALLC), in Monsanto. The JALLC acts as the focal point in NATO for collection of lesson learned and for analysis of operations, exercises and training.

During his visit, General Paloméros also paid tribute to Portuguese soldiers, by laying a wreath at the Memorial to Portuguese Veterans at Belem, Lisbon, Portugal.

http://www.act.nato.int/sact-visits-portugal
 

*

AFA

  • Membro
  • *
  • 7
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +1/-0
    • Associação dos Amigos das Forças Armadas Portuguesas
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #68 em: Março 12, 2017, 03:25:12 pm »
As instalações vão sofrer obras de adaptação e ali será instalada uma academia da NATO  sobre ciber-defesa.
É um projecto já decidido pela NATO e trará mais valias quer para Portugal quer para os “alunos” que ali farão o seu curso nessa área.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6462
  • Recebeu: 319 vez(es)
  • Enviou: 389 vez(es)
  • +18/-2
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #69 em: Março 29, 2017, 10:34:40 am »
Construção da escola de comunicações da NATO em Oeiras arranca em abril

http://24.sapo.pt/atualidade/artigos/construcao-da-escola-de-comunicacoes-da-nato-em-oeiras-arranca-em-abril
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6462
  • Recebeu: 319 vez(es)
  • Enviou: 389 vez(es)
  • +18/-2
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #70 em: Maio 24, 2017, 11:12:42 pm »
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6462
  • Recebeu: 319 vez(es)
  • Enviou: 389 vez(es)
  • +18/-2
Re: Comando da NATO em Oeiras, que futuro?
« Responder #71 em: Julho 16, 2017, 12:42:47 am »
Não é sobre o Comando da NATO em Oeiras, mas sobre o Comando da NATO no Monsanto, o JALLC.

O JALLC ESTÁ A MUDAR
http://www.operacional.pt/o-jallc-esta-a-mudar/
 

 

"O Futuro Começa Hoje"

Iniciado por LusoQuadro Mundo

Respostas: 1
Visualizações: 921
Última mensagem Fevereiro 27, 2006, 06:39:05 pm
por Marauder
Futuro "best seller" português

Iniciado por LusoQuadro Área Livre-Outras Temáticas de Defesa

Respostas: 3
Visualizações: 1363
Última mensagem Maio 24, 2006, 03:34:54 pm
por Cabeça de Martelo
Sub Sul-Africano "afunda" todo SNMG-1 da NATO

Iniciado por P44Quadro Armadas/Sistemas de Armas

Respostas: 22
Visualizações: 8822
Última mensagem Dezembro 11, 2009, 08:19:24 pm
por SSK
NATO Teme ataques contra navios tanque no Atlântico

Iniciado por Tiger22Quadro Conflitos do Presente

Respostas: 1
Visualizações: 1184
Última mensagem Dezembro 22, 2004, 10:45:05 pm
por Nautilus
Escudo antimísseis pode provocar divisão no seio da NATO

Iniciado por LanceroQuadro Mundo

Respostas: 10
Visualizações: 4282
Última mensagem Fevereiro 26, 2008, 12:45:44 pm
por Lancero