Guerra na Ucrânia

  • 500 Respostas
  • 70266 Visualizações
*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4393
  • Recebeu: 707 vez(es)
  • Enviou: 512 vez(es)
  • +31/-10
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #45 em: Abril 04, 2015, 10:26:50 am »
http://www.imprensafalsa.com/russia-abandona-ucrania-depois-de-demonstracao-de-forca-de-portugal-com-exercicio-em-pedreira/
Citar
Depois de uma demonstração de força de Portugal com um exercício numa pedreira em Sesimbra, que deixou o mundo em sobressalto, a Rússia começou a abandonar a Ucrânia.

«Também não era preciso isto, nós estávamos só em turismo», afirmou esta manhã o presidente russo, depois de anunciar a retirada imediata das tropas.

Entretanto, com este exercício, Portugal passa a ser membro permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas e os EUA já quiseram saber o que é que usámos e se temos mais disto.

 :mrgreen:  :mrgreen:  :twisted:

Cumprimentos  :G-beer2:
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Crypter

*

olisipo

  • Investigador
  • *****
  • 4969
  • Recebeu: 115 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +27/-31
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #46 em: Abril 13, 2015, 10:19:13 pm »
Stars and Stripes, US Army newspaper: US paratroopers arrive in Western Ukraine

The first troops of the 173rd Airborne Brigade have arrived to Yakoriv, in Western Ukraine, for operation Fearless Guardian, a six-month effort to train newly established Ukraine's National Guard.

http://www.stripes.com/news/europe/us-p ... n-1.339858




Paratroops of the 173rd Aiborne Brigade Support Battalion pull over at a highway rest stop April 7, 2015, near Trento, Italy, in their way to Ukraine

 

*

olisipo

  • Investigador
  • *****
  • 4969
  • Recebeu: 115 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +27/-31
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #47 em: Abril 15, 2015, 04:47:58 pm »
Canada sending 200 trainers for Ukraine military



http://www.cbc.ca/news/ukraine-crisis-c ... -1.3031806
 

*

Alvalade

  • Especialista
  • ****
  • 1050
  • Recebeu: 266 vez(es)
  • Enviou: 78 vez(es)
  • +15/-5
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #48 em: Abril 15, 2015, 09:03:49 pm »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7998
  • Recebeu: 588 vez(es)
  • Enviou: 868 vez(es)
  • +33/-4
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #49 em: Abril 26, 2015, 02:41:15 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7998
  • Recebeu: 588 vez(es)
  • Enviou: 868 vez(es)
  • +33/-4
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #50 em: Abril 29, 2015, 12:44:09 pm »
Até estranhei não ter acontecido mais cedo.

http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8689
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 207 vez(es)
  • +15/-4
Re: Voo MH-17
« Responder #51 em: Abril 30, 2015, 10:48:41 pm »
Fim das buscas ao MH17


nvestigadores internacionais e holandeses concluíram hoje a recolha de restos humanos e de destroços no local onde caiu o avião Boeing 777 da Malaysia Airlines, abatido por um míssil no leste da Ucrânia em 17 de Julho de 2014.  


A queda do voo MH17, entre Amesterdão e Kuala Lumpur, quando sobrevoava uma região rebelde do leste da Ucrânia provocou a morte de todos os 298 passageiros e tripulantes, na maioria holandeses.

"Fizemos o humanamente possível" no processo de recuperação, disse numa conferência de imprensa em Haia o chefe da missão, Pieter-Jaap Aalbersberg.  

No sábado deve chegar à Holanda um último voo com sete caixões que transportam restos humanos.

"Muitas" partes de corpos foram recuperadas nas duas últimas semanas durante buscas perto de Petropavlivka, cerca de dez quilómetros a oeste de Grabove, onde se concentravam a maioria dos destroços do aparelho, precisou Aalbersberg.

Foram ainda recuperados "muitos objectos pessoais como relógios, passaportes... e outros documentos de grande valor para as famílias das vítimas", acrescentou.

No entanto, não excluiu que possam ser encontrados novos despojos "nos próximos dias".

Kiev e o ocidente acusam os separatistas pró-russos de terem disparado um míssil terra-ar BUK, fornecido por Moscovo. A Rússia negou as acusações a atribuiu a responsabilidade a Kiev.

A Holanda foi encarregada de liderar a investigação sobre as causas do acidente e a identificação das vítimas. O relatório final sobre as causas do desastre deverá estar concluído em Outubro.

Lusa
 

*

Alvalade

  • Especialista
  • ****
  • 1050
  • Recebeu: 266 vez(es)
  • Enviou: 78 vez(es)
  • +15/-5
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #52 em: Maio 09, 2015, 10:43:03 pm »

Depois de ver o vídeo ainda estou para perceber como é que essa gente ainda está viva.
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7998
  • Recebeu: 588 vez(es)
  • Enviou: 868 vez(es)
  • +33/-4
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #53 em: Maio 10, 2015, 01:16:05 pm »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

olisipo

  • Investigador
  • *****
  • 4969
  • Recebeu: 115 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +27/-31
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #54 em: Maio 10, 2015, 06:06:41 pm »
Putin e Merkel debatem em Moscovo sem acordo a situação na Ucrânia e na Crimeia

 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8689
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 207 vez(es)
  • +15/-4
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #55 em: Maio 11, 2015, 02:42:20 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8689
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 207 vez(es)
  • +15/-4
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #56 em: Maio 11, 2015, 10:57:59 pm »
NATO diz que Rússia e separatistas ucranianos aumentaram capacidades militares


Os separatistas ucranianos e a Rússia aumentaram as suas capacidades militares no leste da Ucrânia permitindo-lhes "lançar novos ataques" a curto prazo, considerou hoje o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

"Observamos nas últimas semanas e meses um apoio contínuo da Rússia aos separatistas com armas pesadas, artilharia, sistemas sofisticados de defesa antiaérea e de treino", assinalou Stoltenberg.

"Têm a capacidade para lançar novos ataques a muito curto prazo", acrescentou durante uma conferência de imprensa. "É certo que ninguém pode dizer quais são as suas intenções", precisou. Mas "é com grande inquietação que observamos este aumento sistemático".

"Em simultâneo, registou-se um reforço russo ao longo da fronteira com a Rússia e a Ucrânia e no leste da Ucrânia, com o fluxo regular de equipamentos, de veículos, de artilharia, de munições", prosseguiu Stoltenberg.

"Apelamos à Rússia para retirar o seu apoio aos separatistas, numa violação dos acordos de Minsk", assinados em fevereiro, e a "usar a sua influência sobre os separatistas para que respeitem os acordos de Minsk", disse ainda o secretário-geral da Aliança.

Na semana passada, o secretário da Defesa norte-americano, Ashton Carter, afirmou que os separatistas que ocupam as regiões de Donetsk e Lugansk "se preparam para outra sequência de ações militares contrárias aos acordos de Minsk".

Apesar de um cessar-fogo decretado em fevereiro, têm ocorrido combates esporádicos no leste da Ucrânia, onde o conflito armado provocou mais de 6.200 mortos desde abril de 2014. Segundo observadores no terreno, as trocas de tiros intensificaram-se desde há duas semanas.

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8689
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 207 vez(es)
  • +15/-4
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #57 em: Maio 12, 2015, 04:04:00 pm »
Rússia gastou 896 Milhões de €€ em apoio aos rebeldes na Ucrânia, 220 soldados mortos



Moscovo gastou mais de mil milhões de dólares (cerca de 896 milhões de euros) em apoio aos rebeldes separatistas no leste da Ucrânia e pelo menos 220 soldados russos foram mortos na região, de acordo com relatório de activistas da oposição russa hoje divulgado.

O relatório era o último projecto de Boris Nemtsov, figura de oposição e crítico do Kremlim assassinado este ano, que usou informações de fontes abertas e entrevistas com famílias para contradizer o argumento de Moscovo de que não existem tropas russas a servir no confronto na Ucrânia.

Nemtsov foi morto a tiro em Moscovo em Fevereiro e membros do seu partido, o liberal RPR-Parnas, e diversos jornalistas da oposição ajudaram a concluir o relatório de 65 páginas. Um porta-voz do Kremlin recusou-se a comentar o assunto.

«A guerra com a Ucrânia é uma guerra não declarada, uma guerra cínica, que representa um crime contra toda a nação russa. Putin irá entrar para a história como o presidente que tornou russos e ucranianos inimigos», disse Ilya Yashin, ajudante de Nemtsov no relatório, durante uma conferência de imprensa.

O Ocidente acusa a Rússia de fornecer armas e tropas aos separatistas que lutam contra forças do governo ucraniano, bem como treinos e informações de inteligência. Foram impostas sanções contra Moscovo devido ao conflito, que já matou mais de 6.100 pessoas.
 
Diário Digital
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8689
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 207 vez(es)
  • +15/-4
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #58 em: Maio 15, 2015, 11:30:28 pm »
John McCain declina convite para conselheiro de Porochenko


O senador norte-americano John McCain declinou hoje um convite do Presidente ucraniano para integrar o grupo de conselheiros estrangeiros que deverá contribuir para a aplicação das reformas no país, evocando incompatibilidade de funções.

As autoridades pró-ocidentais da Ucrânia estão a reunir um grupo de conselheiros estrangeiros que deverá contribuir para a aplicação das reformas no país e garantir um apoio internacional ao país, devastado por mais de um ano de conflito no leste separatista.

Num comunicado publicado esta semana e hoje divulgado, o Presidente ucraniano, Petro Porochenko, nomeou os membros do conselho consultivo internacional encarregue de supervisionar as reformas na Ucrânia, palco de um conflito armado.

McCain, um senador republicano do Arizona, foi nomeado membro do conselho, juntamente com o ex-primeiro-ministro sueco Carl Bildt, conhecido pelas suas críticas veementes ao Presidente russo, Vladimir Putin, e o antigo líder pró-ocidental da Geórgia, Mikhail Saakachvili.

Ao reagir a este anúncio McCain disse-se honrado, acrescentando, no entanto, que deveria verificar se o seu estatuto de senador norte-americano lhe permite integrar este conselho.

Agora, o senador anunciou em comunicado que terá de declinar o convite devido a algumas disposições da Constituição americana relativas à interação entre membros do Congresso e governos estrangeiros.

«Vou continuar a fazer tudo o que estiver ao meu alcance para pôr fim à agressão contínua de Vladimir Putin» e apoiar «os ucranianos no sentido da reforma», disse o senador.

O exército ucraniano combate desde há um ano os separatistas pró-russos no leste do país, um conflito que fez mais de 6.200 mortos.

Uma trégua, que permanece frágil, foi concluída em fevereiro passado através da mediação franco-alemã, na presença do Presidente russo, Vladimir Putin.


Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8689
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 207 vez(es)
  • +15/-4
Re: Guerra na Ucrânia
« Responder #59 em: Maio 16, 2015, 11:15:06 pm »
 

 

"A Guerra" - RTP1

Iniciado por LanceroQuadro Livros-Revistas-Filmes-Documentários

Respostas: 41
Visualizações: 16969
Última mensagem Abril 26, 2008, 01:23:32 pm
por lurker
A guerra com o Iraque foi um "erro estratégico"

Iniciado por Tiger22Quadro Conflitos do Presente

Respostas: 7
Visualizações: 3342
Última mensagem Maio 04, 2004, 03:16:28 pm
por Guilherme
"Memórias da Guerra - 1961-1974"

Iniciado por LanceroQuadro Conflitos do Passado e História Militar

Respostas: 11
Visualizações: 31292
Última mensagem Junho 15, 2007, 04:28:40 pm
por Lancero
Guerra Colonial: Fotos dos "gun trucks"

Iniciado por sprint1050Quadro Conflitos do Passado e História Militar

Respostas: 0
Visualizações: 2932
Última mensagem Agosto 17, 2008, 02:35:53 pm
por sprint1050
"Portugal em tempo de guerra" - CONTEX/PHIBEX

Iniciado por Ricardo NunesQuadro Armadas/Sistemas de Armas

Respostas: 4
Visualizações: 3662
Última mensagem Setembro 26, 2004, 12:00:40 am
por Fábio G.