Kosovo - À Procura do Beijo Impossível

  • 367 Respostas
  • 68271 Visualizações
*

ferrol

  • 724
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #75 em: Fevereiro 22, 2008, 08:25:02 am »
Citação de: "Ataru"
Eu sou completamente a favor da autodeterminação de povos (com justa causa) assim, penso que a melhor solução para o Kosovo seria a sua integração na Albânia com excepção das zonas sérvias no norte, que continuariam sérvias.
¿E que pasa se hai povos ou aldeas kosovares dentro do territorio serbio do norte?¿Tamén se autodeterminan e pasan a Kosovo?¿Que sería dos balcáns con unha ducia de microestados e unha grande Albania, país corrupto, atrasado e subdesenvolvido que tivese, por tamaño e poboación, a voz máis importante na zona?¿Cantos albaneses entrarían ilegalmente a Italia ou Grecia todos os anos?Lembremos que, unha vez dentro da UE non hai fronteiras, e probablemente eses ilegáis rematarían en parte en Portugal...?
Citação de: "Ataru"
Mas, a minha segunda opção seria claramente a independência deste novo país.
Un país, o que necesita, ademáis de independencia, é poder sair adiante cos séus propios medios e Kosovo non ten nada con que sobrevivir. Logo está abocado a ser un país con axudas contínuas dos séus veciños (a UE) "per sécula seculorum". ¿Está disposto Portugal a dar 200 millóns todos os anos no próximo século para que Kosovo preserve a súa independencia?
Citação de: "Ataru"
O tal "efeito domino" que tantos falam, seria vantajoso para uns (ex:Alemanha, Portugal, Irlanda, Nações dependentes),

¿Por qué sería beneficioso un efecto dominó para Portugal?¿Que se opina do "efecto dominó" nas illas?
Citação de: "Ataru"
De maneira que apoio o novo estado kosovar...
Co séu propio diñeiro, supoño...
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7284
  • Recebeu: 177 vez(es)
  • Enviou: 292 vez(es)
  • +12/-3
(sem assunto)
« Responder #76 em: Fevereiro 22, 2008, 08:32:26 am »
por essa ordem de ideas vamos apoiar a unificação da República Sérvia da Bósnia (Rep.Serpska) com a Sérvia!

entretanto 12000 guerrilheiros albaneses destabilizam o norte da rep. da Macedónia (FYROM) , pretendendo a secessão desses territórios.

Por sua vez a FYROM pretende metade da Grécia...

Relamente "no pasa nada"

Essa de Portugal lucrar com a independencia do kosovo :roll:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2498
  • Recebeu: 21 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +2/-4
(sem assunto)
« Responder #77 em: Fevereiro 22, 2008, 12:10:30 pm »
Citar
Então suponhamos (exercicio puramente teórico e académico!) que os ingleses começam a imigrar em massa para o Algarve e daqui a 50 anos constituiem a larga maioria da pop.
Nesse caso também podem declarar a independencia unilateral do Algarve....


E que cada inglesa tenha 10 filhos ....

Isso mesmo que se passa no Kosovo.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7284
  • Recebeu: 177 vez(es)
  • Enviou: 292 vez(es)
  • +12/-3
(sem assunto)
« Responder #78 em: Fevereiro 22, 2008, 12:44:21 pm »
Citação de: "Miguel"
Citar
Então suponhamos (exercicio puramente teórico e académico!) que os ingleses começam a imigrar em massa para o Algarve e daqui a 50 anos constituiem a larga maioria da pop.
Nesse caso também podem declarar a independencia unilateral do Algarve....

E que cada inglesa tenha 10 filhos ....

Isso mesmo que se passa no Kosovo.


exacto, foi mesmo isso que aconteceu, pois a miséria na Albânia era tal que os albaneses começaram a imigrar em massa para a então Jugoslávia,estabelecendo-se na provincia do kosovo, á procura de melhores condições de vida, levando as familias e tendo filhos atrás de filhos, até que atingiram o rácio 90/10 :roll:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

EB

  • 45
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #79 em: Fevereiro 22, 2008, 03:15:49 pm »
Citar
Miguel escreveu:
Citação:
Então suponhamos (exercicio puramente teórico e académico!) que os ingleses começam a imigrar em massa para o Algarve e daqui a 50 anos constituiem a larga maioria da pop.
Nesse caso também podem declarar a independencia unilateral do Algarve....
 


E que cada inglesa tenha 10 filhos ....

Isso mesmo que se passa no Kosovo.


exacto, foi mesmo isso que aconteceu, pois a miséria na Albânia era tal que os albaneses começaram a imigrar em massa para a então Jugoslávia,estabelecendo-se na provincia do kosovo, á procura de melhores condições de vida, levando as familias e tendo filhos atrás de filhos, até que atingiram o rácio 90/10


Nem mais...

E com base neste facto, tornar-se-ia perfeitamente legítimo que, por exemplo, nos EUA, o estado da Flórida se tornasse independente com a sua população de emigrantes Cubanos e o estado do Texas se tornasse independente (ou voltasse a ser parte integrante do México) com a sua população de emigrantes Mexicanos.
Por sua vez, é uma boa ocasião para os Governos Autónomos da Escócia e do País de Gales declararem a sua total independencia da Grã-Bretanha e para a Irlanda do Norte voltar a integrar legitimamente a República da Irlanda....

Não haja dúvidas que esta situação do Kosovo vai continuar a dar "raia"....  :roll:

Cumprimentos a todos os Foristas
"Dos Fracos Não Reza a História"
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7284
  • Recebeu: 177 vez(es)
  • Enviou: 292 vez(es)
  • +12/-3
(sem assunto)
« Responder #80 em: Fevereiro 22, 2008, 03:17:19 pm »
já há movimentações também das minorias Hungaras na Roménia, a exigirem mais autonomia :roll:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5580
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #81 em: Fevereiro 22, 2008, 03:49:12 pm »
A questão do Kosovo é mais complexa que o que parece à primeira vista.

O Kosovo sempre fez parte de áreas contestadas e não é líquido que sempre tivesse maioria Sérvia. Aliás, os Sérvios ao que consta chegaram àquela região mais ou menos no periodo das invasões bárbaras, ou seja quando os visigodos e os suevos chegaram à peninsula ibérica.

Pelo que entendo a importância do Kosovo não é tanto por causa de a maioria da população ser de origem Sérvia, mas sim por razões históricas.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7284
  • Recebeu: 177 vez(es)
  • Enviou: 292 vez(es)
  • +12/-3
(sem assunto)
« Responder #82 em: Fevereiro 22, 2008, 04:12:33 pm »
Citar
os Sérvios ao que consta chegaram àquela região mais ou menos no periodo das invasões bárbaras, ou seja quando os visigodos e os suevos chegaram à peninsula ibérica.


ah, então foi só um "bocadinho" antes dos albaneses :twisted:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1131
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-25
(sem assunto)
« Responder #83 em: Fevereiro 22, 2008, 04:15:09 pm »
P44
Citar
exacto, foi mesmo isso que aconteceu, pois a miséria na Albânia era tal que os albaneses começaram a imigrar em massa para a então Jugoslávia,estabelecendo-se na provincia do kosovo, á procura de melhores condições de vida, levando as familias e tendo filhos atrás de filhos, até que atingiram o rácio 90/10


Meus caros, esse povo fazem muitos filhos, aqui na Suiça onde vivo ninguem gosta desse povo, são mal educados, agressivos, etc, enfim, a Suiça está com graves probblemas de criminalidade, imaginem o porque :!:
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3578
  • Recebeu: 16 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #84 em: Fevereiro 22, 2008, 09:30:52 pm »


posted by Elise

E um comentário extraordinário do toupeira

Citação de: "toupeira"
Quem é o mulah? O do turbante ou o da bandeira?
Diga-me uma coisa Elise se puder e se quiser:
O Kosovo é admitido pela própria ONU como um local administrado por gente ligada a mafias.
O Kosovo vai ser o nosso estado de Israel, na Europa, se quiser a nossa Palestina.
Existe maior fraude que esta?
O que preocupa, mas não me admira, porque já nada me surpreende neste mundo comandado pelos Billdenberg, é como nos obrigam a todos ter de engolir com esta situação.
Os Billdenberg, fazem e sempre fizeram da Europa um tabuleiro de ensaio para novas guerras, quando as coisas da economia correm como não estava previsto.
Depois dos tabuleiros de África, do Iraque e da região entre a ìndia e a China vai sobrar para todos nós.
Nestas coisas não há aliados, nem nunca existiram, são figuras de retórica histórica, com custos elevaos em vidas humanas.
Mas eles, o grupo de que falo é que controlam, é que fazem e desfazem revoluções, fazem e desfazem países e comunidades.
Portanto a história da bandeira vai ser contada como todas as outras.
Sadham foi feito pelos americanos. Noriega foi feito pelos americanos.
Somoza foi feito pelos americanos.
O general paquistanês agora apeado foi feito pelos americanos, serviu enquanto serviu agora é um tirano.
Os talibãs foram apoiados pelos americanos quando lhes interessou tramar os soviéticos, agora a NATO utiliza guerrilheiros talibã, através da CIA, contra os mais radicais, como num grande bazar.
O problema será quando o mal nos bater à porta.
Zapatero, não diz, mas não esconde que apoiaria a independência do Kosovo, por ser catalão, mas ele sabe que alguns espanhóis, porque há muitos não se portam como a grande maioria dos portugueses.
Os gregos e turcos sabem do que falo. Os russos claro que também sabem e os problemas deles são mil vezes piores que os de Israel, se abrirem mão ou amolecerem o punho de ferro.
A democracia não é algo comestível.
Primeiro o direito natural depois o outro.
Portanto não sei quem é o mulah, serão os dois?
A bandeira é a bandeira dos USA, do país que durante esta administração tratou da forma mais cobarde e mais hedionda os desgraçados que foram atingidos pelo Katrina. A grande maioria, como a grande maioria da população americana, eram os pobres e os deserdados e os que não fazem nem nunca irão fazer parte do sonho americano.
Foram quantos?
Foram quantos que morreram a apodrecer nos pântanos criados pelo Katrina?
Louvo esse grande povo, que honra a bandeira e a pátria como nenhum outro na terra, mas por quanto mais tempo?
Isto não tem nada a ver com os senadores, esquerdas ou direitas, tem a ver com a falta de vergonha de quem os comanda.
Ike avisou quando saiu.

Sexta-feira, Fevereiro 22, 2008



O Carvalhadas
Potius mori quam foedari
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7518
  • Recebeu: 294 vez(es)
  • Enviou: 101 vez(es)
  • +40/-48
(sem assunto)
« Responder #85 em: Fevereiro 22, 2008, 09:54:06 pm »
Para mim é um postal interessante. De que outra maneira se podem perceber estas maquinações sem sentido?

Citar
A democracia não é algo comestível.
Primeiro o direito natural depois o outro.



Bem dito.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

ferrol

  • 724
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #86 em: Fevereiro 23, 2008, 09:20:18 am »
Citação de: "P44"
por essa ordem de ideas vamos apoiar a unificação da República Sérvia da Bósnia (Rep.Serpska) com a Sérvia!
A situación é distinta. A República Serbia formaba parte de Bosnia-Herzegovina antes da proclamación da independencia de Bosnia. Houbo un referéndum en toda Bosnia que con total legalidade segundo a lei Iugoslava proclamóu a súa independencia, posto que o sí a esa independencia sacóu máis do 60% que pedía a lei iugoslava vixente naquel ano 1991. Por tanto, a independencia de Bosnia é legal, e a separación da República Serbia de Bosnia da antiga Iugoslavia viña no paquete, posto que estaba territorialmente incluída en Bosnia. E por suposto, a inclusión da República Serbia de Bosnia en Serbia é ilegal, posto que a Constitución bosniaca non reflexa este tipo de situacións...

Pero o de Kosovo é un atentado á lei e ás normas internacionais. Non se pode dicir un luns "que nos facemos independentes", xuntar a 4 amigos nun concello e dicir que xa non somos serbios. É ilegal.

Ademáis senta un penoso precedente. Así, polo visto en Kosovo, basta montar unha guerrilla e quebra-la orde pública o suficiente tempo para que che dean a independencia. Inadmisible.

Por eso, da única forma que se entende que varios países europeos admitan esa declaración de independencia, a pesares de teren firmado Resolucións da ONU en sentido contrario, é sen dúbida polo hastío dunha guerra longa na que estamos metidos e cremos que así remataremos dunha vez co avispeiro dos Balcáns. Subvertindo a legalidade internacional e dando carta de natureza legal a uns traficantes e contrabandistas que se fan chamar "exército de liberación de Kosovo" (UCK), que mandan dun xeito violento e mafioso nese recuncho.

Agora, envalentonados con este éxito internacional, pretenderán extenderse aló onde haxa albaneses ou kosovares, do mesmo xeito mafioso. Creando violencia e ofrecéndose eles mesmos a aplacala coa independencia destas ou daquelas terras...

Un saúdo, P44.
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7284
  • Recebeu: 177 vez(es)
  • Enviou: 292 vez(es)
  • +12/-3
(sem assunto)
« Responder #87 em: Fevereiro 23, 2008, 10:52:42 am »
não vai ficar fácil, ferrol :arrow:

2008-02-23 - 00:30:00

Kosovo: Nacionalistas sérvios atacam KFOR em Mitrovica
Rússia ameaça usar força militar


A Rússia ameaçou ontem recorrer “à força bruta” se a NATO e a União Europeia “desafiarem” a ONU e derem apoio unânime e incondicional à independência do Kosovo.


A ameaça teve lugar enquanto, no quinto dia consecutivo de violência, militantes sérvios se envolviam em confrontos, em Mitrovica, norte do Kosovo, com militares franceses da força da NATO no território (KFOR).

Dmitiri Rogozine, embaixador russo na ONU, considerou o caso do Kosovo ameaçador para o sistema de segurança internacional e classificou-o como um desafio directo a Moscovo. “Temos de partir do princípio de que, para sermos respeitados, teremos de usar a força bruta, isto é, a força militar”, afirmou, sem explicar como e onde poderá ter lugar a retaliação armada da Rússia, mas fazendo notar que uma “postura unida da UE” ou um “excesso da NATO no seu mandato no Kosovo” serão considerados uma desafio directo à Rússia.

Um dia depois de manifestações violentas terem feito pelo menos um morto e 150 feridos em Belgrado, Mitrovica (Kosovo) foi ontem o ponto quente dos protestos sérvios. Entoando cânticos e gritando “o Kosovo é nosso”, manifestantes tentaram forçar a passagem da ponte sobre o rio Ibar, que liga as zonas sérvia e albanesa da cidade. Militares franceses da KFOR impediram a passagem de autocarros de manifestantes, mas alguns iludiram a barreira militar e envolveram-se em confrontos sobre a ponte. Refira-se que nenhum dos 295 militares portugueses integrados na KFOR e encarregados de patrulhar as zonas quentes de Mitrovica se encontrava na área dos conflitos de ontem.

EUA RETIRAM PESSOAL DIPLOMÁTICO

Um dia depois do ataque à embaixada dos EUA em Belgrado, durante o qual pelo menos uma pessoa morreu, Washington ordenou ontem a evacuação da Sérvia do pessoal diplomático não essencial. “O embaixador e assessores de topo permanecerão em Belgrado”, afirmou uma porta-voz da embaixada dos EUA.

A União Europeia ameaçou, por seu lado, congelar indefinidamente as negociações de adesão da Sérvia ao clube europeu e instou Belgrado a fazer mais para proteger as embaixadas estrangeiras, cinco das quais, além da norte-americana, foram visadas durante os protestos violentos de quinta-feira.
 
F. J. Gonçalves com agências

 http://www.correiomanha.pt/noticia.asp? ... l=91&p=200
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7284
  • Recebeu: 177 vez(es)
  • Enviou: 292 vez(es)
  • +12/-3
(sem assunto)
« Responder #88 em: Fevereiro 23, 2008, 10:57:03 am »
If there is ever another war in Europe, it will come out of some damned silly thing in the Balkans”
 Otto von Bismarck quote
 
 :roll:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5580
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #89 em: Fevereiro 23, 2008, 12:44:56 pm »
Citação de: "P44"
Citar
os Sérvios ao que consta chegaram àquela região mais ou menos no periodo das invasões bárbaras, ou seja quando os visigodos e os suevos chegaram à peninsula ibérica.

ah, então foi só um "bocadinho" antes dos albaneses :mrgreen:
 

 

KOSOVO: PORTUGUESES IMPULSIONAM NOVO CONCEITO DE EMPREGO

Iniciado por Miguel Silva MachadoQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 3
Visualizações: 1628
Última mensagem Setembro 11, 2011, 06:54:10 pm
por saojorgexercito
Portugal termina missão militar no Kosovo ao fim de 18 anos

Iniciado por Rui_texQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 0
Visualizações: 992
Última mensagem Outubro 08, 2016, 10:31:41 pm
por Rui_tex
NOVOS CONTINGENTES PARA KOSOVO E AFEGANISTÃO

Iniciado por Miguel Silva MachadoQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 6
Visualizações: 1743
Última mensagem Março 20, 2010, 01:11:32 am
por homorroidas
Oficial Português condecorado no Kosovo

Iniciado por NBSVieiraPTQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 1
Visualizações: 2663
Última mensagem Setembro 06, 2005, 12:43:48 pm
por Cabeça de Martelo
Exército em Pristina, Kosovo (KFOR)

Iniciado por LanceroQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 165
Visualizações: 64492
Última mensagem Dezembro 02, 2015, 12:21:53 pm
por Alvalade