TAP: Notícias

  • 275 Respostas
  • 51067 Visualizações
*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #15 em: Agosto 09, 2007, 10:09:18 pm »
Jardim reclama do serviço «escandaloso» da TAP

Citar
O Governo Regional da Madeira apresentou uma queixa formal contra a TAP, contestando os serviços e preços da companhia aérea portuguesa.

Em comunicado, o Governo Regional da Madeira declarou hoje ter apresentado um protesto formal ao Presidente da República, ao representante da República na Região Autónoma e ao ministro das Obras Públicas e Transportes, queixando-se de «incompetências» da empresa.

As reclamações dizem respeito ao «escandaloso não cumprimento de horários, passando por perdas ou atrasos na entrega das bagagens (...), até aos preços, politicamente dolosos quando comparados com outras distâncias».

O comunicado afirma que, com esta política de funcionamento, a TAP tem vindo a lesar a região autónoma e que a situação se tornou agora «insuportável».

Esta semana é a segunda vez que os serviços da TAP são contestados.
Na terça-feira, o FC Porto anunciou que deixaria de ser cliente da transportadora aérea nacional, após um voo atribulado a partir de Amesterdão e que devia ter como destino o Porto.

A equipa de futebol aterrou em Lisboa, com várias horas de atraso e teve de fazer a viagem para o Norte de autocarro.

SOL


 :no:

 

*

SSK

  • Moderador Global
  • *****
  • 1524
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #16 em: Agosto 10, 2007, 02:28:19 am »
Não é escandaloso, mas é o piorzinho de todas as companhias pela qual já passei, e já foram mais de dez...
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #17 em: Agosto 10, 2007, 01:40:57 pm »
Globália e TAP entrevistam candidatos para liderar Groundforce

Citar
A TAP e a Globália recorreram a uma empresa de recrutamento para escolher o administrador-delegado da Groundforce e vão entrevistar os quatro candidatos já seleccionados ainda este mês, revelou à Lusa o director do grupo espanhol.

Em entrevista à agência Lusa, o director da Globália responsável pela área do handling, Carlos Garcia, afirmou que a empresa «está, como sempre esteve, disposta a chegar a um entendimento com a TAP na escolha do administrador-delegado da Groundforce», adiantando que o novo responsável «está a ser seleccionado».

Carlos Garcia explicou que a «Globália e a TAP chegaram a acordo e decidiram fazer um processo de selecção do novo administrador-delegado», estando uma empresa responsável por seleccionar os candidatos, que serão entrevistados na segunda quinzena de Agosto.

O director da Globália disse que até agora foram seleccionados quatro candidatos, «todos portugueses com experiência nas áreas da aviação e da logística», escusando-se, contudo a adiantar nomes.

Apesar da Globália ser a maior accionista da Groundforce (50,1 por cento), a TAP (49,9 por cento) tem o direito de nomear o administrador-delegado da empresa de handling, no âmbito do acordo parassocial firmado entre as duas accionistas.

«A TAP e o Governo português, aquando da privatização, definiram que o administrador-delegado da Groundforce seria indicado pela TAP, enquanto a Globália se comprometia a aceitá-lo» e «nós não levantamos nenhum problema», afirmou Carlos Garcia.

No entanto, acrescentou, «o problema pode colocar-se quando essa nomeação assumir uma posição partidária e o administrador nomeado defender apenas os interesses de um dos accionistas, porque entendemos que, em qualquer caso, o administrador-delegado tem de defender os interesses da empresa».

Depois da saída do antigo administrador-delegado, Ângelo Esteves, as duas accionistas não chegaram a acordo na nomeação do novo administrador-delegado, tendo sido atribuído a José Onofre o cargo de director geral da Groundforce.

«Não tinha sentido nomear um novo administrador-delegado no final do mandato, porque logo depois teríamos de fazer uma nova nomeação. Pelo menos, esta é a visão da Globália e o que propusemos foi a nomeação temporária de um director geral», explicou o director do grupo espanhol que tem negócios nos sectores do turismo e do transporte aéreo.

De acordo com Carlos Garcia, a nomeação de um director geral foi a solução encontrada pela TAP e pela Globália «enquanto se fazia a eleição de um administrador-delegado que fosse consensual».

Actualmente, José Onofre está a desempenhar o cargo de director-geral, «assumindo todas as funções de um administrador-delegado e detendo todos os poderes no que respeita à gestão da empresa».

«O novo administrador-delegado está em processo de selecção e, enquanto não for seleccionado, será o director-geral a assumir as funções de gestão da empresa», concluiu.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #18 em: Agosto 14, 2007, 04:54:38 pm »
TAP reforça operações no Porto a partir de 15 de Setembro

Citar
A TAP anunciou hoje que vai reforçar a operação no aeroporto Sá Carneiro a partir de 15 de Setembro, passando a rede de voos directos da companhia aérea a partir do Porto a abranger 17 destinos.

Em comunicado, a companhia aérea indica que vai reforçar as operações no aeroporto Sá Carneiro, no Porto, em 20 por cento, informando que, a partir de 15 de Setembro, vai operar «novas linhas directas a partir do Porto para Roma e Bruxelas» com equipamento da Portugália.

A «manutenção da operação directa da TAP para Londres, Paris, Luxemburgo, Genebra e Amesterdão, com duplicação do número de voos para Genebra e Amesterdão, que passam a ser servidas por dois voos diários em vez de um» e a «manutenção dos voos directos operados em equipamento da Portugália para Madrid, Barcelona, Milão e Zurique» são algumas das mudanças previstas.

No caso de Madrid, a operação passará de duas para três ligações diárias, aumentando para quatro ligações no período de Inverno.

Além dos destinos da rede europeia servidos pela TAP à partida do Porto, mantém-se igualmente a operação dos voos intercontinentais directos para Nova Iorque, Rio de Janeiro e São Paulo, com três frequências semanais para cada uma destas cidades.

No total, a rede TAP de voos directos a partir do Porto (incluindo Lisboa e Madeira) passa a abranger 17 destinos.

Este reforço da operação, surge na sequência das «novas condições abertas pela aquisição da Portugália com a possibilidade de utilização conjunta das frotas de ambas as companhias».

Globalmente, a TAP é responsável por 47 por cento do tráfego movimentado no aeroporto do Porto, sendo que até ao final do ano a companhia aérea prevê atingir o milhão e meio de passageiros, «reforçando a sua posição de principal operador no aeroporto Sá Carneiro».

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #19 em: Agosto 16, 2007, 05:14:23 pm »
TAP é a segunda companhia europeia que perde mais bagagens

Citar
As reclamações entregues no balcão lisboeta da Groundforce, no aeroporto da Portela, em Lisboa, devido ao extravio de bagagens chegaram às quatro mil por mês, entre Janeiro e Julho, o equivalente a quatro aviões de longo curso carregados de malas.

De acordo com a edição do Público desta quinta-feira, estas queixas representam mais 11% do que no primeiro semestre de 2006 e quase metade do total entregue desde o início do ano em cinco aeroportos portugueses.

A TAP é a segunda pior companhia neste sector entre as 23 empresas analisadas pela Associação Europeia de Companhias Aéreas, sendo também uma das que mais atrasos regista a nível europeu na entrega das bagagens.

O tempo médio de espera pelas bagagens na Portela é superior a 45 minutos, chegando, por vezes, a ser superior a uma hora. Um valor que está muito longe dos objectivos de qualidade do aeroporto, que apontam para uma média de 30 minutos.

Lisboa está em 42º lugar entre 44 aeroportos a nível mundial no que toca ao nível de satisfação dos passageiros, de acordo com os últimos inquéritos analisados pelo ACI, a associação mundial das empresas de gestão aeroportuária. Um dos motivos é as dimensões da Portela, que, segundo os responsáveis, não estão preparadas para o ritmo de crescimento de passageiros.

Para o vice-presidente do Sindicato dos Técnicos de Handling de Aeroporto, André Teives, o aeroporto da capital portuguesa não está preparado para ser um hub, ou seja, uma plataforma de ligação entre voos.

Diário Digital

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #20 em: Setembro 07, 2007, 05:16:12 pm »
TAP aumentou em 19% tráfego de passageiros no Porto até Agosto

Citar
O número de passageiros que a TAP transportou no Aeroporto do Porto cresceu 19% nos primeiros oito meses do ano, face a igual período de 2006, para cerca de 1 milhão de pessoas, anunciou a transportadora aérea.

Este ritmo de expansão é superior à evolução global do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, que registou um aumento de 16,1% do volume de tráfego de passageiros, no mesmo período.

O mês de Agosto confirmou estas tendências, com o número de passageiros transportados pela TAP a crescer 32,2%, enquanto no próprio aeroporto, globalmente, a evolução foi de 13,3%.

Fonte oficial da TAP disse à agência Lusa que «este crescimento é fruto da aposta que a TAP tem vindo a fazer, de que a recente aquisição da PGA é o mais recente exemplo, no sentido de transformar o aeroporto de Sá Carneiro numa nova base operacional da companhia».

«Com as alterações previstas para o dia 15 de Setembro - com Bruxelas e Roma, como novos destinos directos à partida do Porto e mais frequências noutros destinos já operados - a TAP espera continuar a crescer, oferecendo ao Norte do País cada vez mais opções, ao mesmo tempo que reforça o contributo que presta ao desenvolvimento do turismo naquela Região», acrescentou.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #21 em: Setembro 12, 2007, 08:20:13 pm »
TAP aposta no Porto e quer 1,5 milhões de passageiros em 2007

Citar
A TAP deverá chegar ao fim do ano com 1,5 milhões de passageiros transportados no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, mais 22% relativamente a 2006, afirmou esta quarta-feira fonte da transportadora aérea.

Em conferência de imprensa para apresentação da «Nova Rede no Aeroporto do Porto», o administrador responsável pela área comercial, Luiz Mór, explicou que a TAP está a apostar neste aeroporto para «melhor atender o Norte de Portugal e a Galiza».
Para tal, referiu, foram numa primeira fase investidos cerca de 150 mil euros para a divulgação dos novos destinos oferecidos pela TAP (Bruxelas e Roma) e reforços a partir do Porto, com o mote «O Norte nunca teve tanta saída». A nova rede contempla o início a 15 de Setembro (sábado) de voos directos diários para Bruxelas e Roma e prevê novas frequências diárias em voos já operados.

Amesterdão e Genebra passam de uma para duas frequências diárias, Madrid passa de duas para três frequências numa primeira fase (até 29 de Outubro) e depois para quatro frequências.

No final de Outubro, as frequências para o Luxemburgo também serão alvo de reforço, passando se três por semana a diárias.

A TAP passa assim a operar, via Porto, para 17 destinos directos: Lisboa, Funchal, Madrid, Barcelona, Roma, Milão, Paris, Genebra, Zurique, Luxemburgo, Bruxelas, Amesterdão, Londres, Newark, Caracas, Rio de Janeiro e S. Paulo.

Para breve está também o reforço dos voos entre os aeroportos do Porto e de Lisboa, que funcionarão, de acordo com Luiz Mór segundo um conceito «de ponte aérea», rentabilizando desta forma os voos da Portugália, recentemente adquirida pela TAP.

«Vamos distribuir melhor os passageiros ao longo do dia e não concentrar as operações no início e no final do dia», explicou aos jornalistas.

Numa segunda fase, a aposta da TAP passará por, em colaboração com a Associação de Turismo do Norte de Portugal (Adeturn) e com o Aeroporto do Porto, captar mais turistas internacionais para este destino, nomeadamente no segmento do turismo de congressos.

«Portugal por exemplo já é um dos principais destinos dos brasileiros na Europa. O nosso objectivo é fazer com que estes turistas brasileiros se sintam atraídos a viajar também para e pelo Porto», sustentou.

Até ao final do ano será assim lançada uma campanha que oferecerá uma diária num hotel do Porto na compra da passagem aérea para este destino, numa campanha semelhante aquela que já foi feita em Lisboa e com os mesmos objectivos comerciais, mas cujo planeamento ainda não está definido.

Até Agosto, a TAP transportou 978.187 passageiros no Sá Carneiro, num crescimento acumulado de 19% relativamente a igual período do ano passado.

Este ritmo de expansão é superior à evolução global do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, que registou um aumento de 16,1% do volume de tráfego de passageiros no mesmo período.

«Metade do tráfego deste aeroporto, 46% é da TAP», destacou Luiz Mór, sublinhando que a aposta neste aeroporto se prende com a convicção de que «existe mercado no Norte de Portugal e na Galiza» capaz de atrair mais turistas internacionais para este destino.

De acordo com o responsável, dois terços (67%) da receita da TAP é gerada fora de Portugal, sendo esta uma tendência a manter.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #22 em: Setembro 17, 2007, 07:44:31 pm »
TAP pode rescindir contrato com a Airbus

Citar
O acordo assinado no início deste ano entre a TAP e a Airbus para a renovação da frota de longo curso, está agora a ser renegociado e a companhia pode mesmo «rescindir esse contrato», adianta o Diário Económico.

Tudo indicava que, a partir de 2013, as viagens da TAP para o Brasil ou Nova Iorque iam ser feitas a bordo de um novo A350, mas a concorrência trocou as voltas à companhia portuguesa quando a Airbus decidiu deixar de fabricar o A350 e criar o A350 XWB, para concorrer com o 777 e o 787 da Boeing.
A opção natural será a Boeing, cujo novo Dreamliner é o concorrente directo do novo - e atrasado - A350 XWB.

Mas, segundo o jornal, «a rescisão será, contudo, o último recurso neste processo negocial, já que a TAP mantém uma ligação histórica à Airbus, principal fornecedor da transportadora nacional nas últimas duas décadas.

Questionada sobre este assunto, a TAP limitou-se apenas a confirmar que está a renegociar o referido contrato.

Diário Digital

 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1122
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-25
TAP não quer dois aeroportos em Lisboa
« Responder #23 em: Setembro 27, 2007, 10:12:14 am »
Fernando Pinto, presidente da TAP, rejeita a hipótese Portela+1, que se mantém sobre a mesa como a alternativa à Ota: «Seria o maior erro que se poderia cometer»

Portugal Diário
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #24 em: Setembro 27, 2007, 04:52:42 pm »
TAP quer igualdade na liberalização Lisboa-Funchal

Citar
O presidente executivo da TAP Air Portugal, Fernando Pinto, disse, hoje, que a companhia está pronta para a liberalização do transporte aéreo mas pediu ao Governo da República a criação de igualdade condições de concorrência entre os interessados.

«Competição entende-se igualdade de condições e é isso que espero das nossas autoridades, igualdade de condições de concorrência, é isso que nós queremos, só isso», disse no seminário «Transporte Aéreo nas Regiões Insulares Turísticas», realizado no Funchal no âmbito do Dia Mundial do Turismo.
Fernando Pinto realçou que a TAP «aplaude de pé» a liberalização do transporte aéreo e que não teme a concorrência das companhias de baixo-custo: «em rotas onde empresas de low-cost entram em concorrência directa com a TAP, a companhia consegue ter incremento nas suas vendas, participação em novos mercados e acesso a um novo tipo de mercado», disse.

Considerou ainda as ilhas (Madeira e Açores) «mercados de importância fundamental para a TAP, significam hoje 17 por cento dos seus passageiros transportados».

«A TAP tem todo o respeito e cuidado com este mercado embora reconheça que nem sempre consegue atendê-lo da forma como desejaria«, reconheceu.

Garantiu que a companhia aérea de bandeira de Portugal não sairá da linha da Madeira com a liberalização mas advertiu que existirão »preços muito baixos, médios e muito altos, tudo dependerá das condições de mercado«.

A TAP serve, actualmente, seis destinos nas ilhas - Porto Santo, Funchal, Terceira, Faial, Pico e São Miguel; tem voos directos para o Funchal, Lisboa, Porto, Londres e Caracas e voos indirectos através de Lisboa para Paris, Barcelona, Madrid, Frankfurt, Amesterdão, Roma e Milão.

«E oferece às ilhas toda a rede TAP através de ligações Lisboa ou Porto», acrescentou.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #25 em: Outubro 10, 2007, 07:40:20 pm »
TAP inaugura rota Lisboa-Belo Horizonte a 11 de Fevereiro

Citar
A TAP vai inaugurar a 11 de Fevereiro de 2008 a nova rota Lisboa - Belo Horizonte, no Brasil, com uma frequência de cinco voos semanais, anunciou hoje o administrador da companhia aérea Luiz Mor.

Durante um encontro com jornalistas, Luiz Mor, disse que a ligação será assegurada por um avião Airbus A330, que fará, «pela primeira vez na história», um voo internacional entre a capital do estado brasileiro de Minas Gerais e a Europa.

Os voos para Belo Horizonte vão realizar-se nos dois sentidos às segundas, quartas, quintas, sábados e domingos, partindo de Lisboa às 10:00 e aterrando na capital do estado de Minas Gerais às 17:30.

No sentido inverso, os voos levantam voo de Belo Horizonte às 19:00 e aterram no aeroporto de Lisboa às 06:05.

Belo Horizonte passa a ser o oitavo destino da rede TAP no Brasil, juntando-se ao Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Salvador, Natal, Recife e Fortaleza, elevando para 65 o número total de ligações semanais entre Portugal e o Brasil.

Apesar do voo estar ainda dependente da aprovação governamental, o administrador da TAP disse que o preço dos bilhetes estará em «uniformidade» com os preços dos voos para os destinos que compõem o «bloco do Sudeste» (Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo).

De acordo com o administrador da TAP, a opção por Belo Horizonte, no Sudeste brasileiro, insere-se na estratégia de crescimento da companhia aérea, uma vez que este destino tem «um potencial de crescimento de receita muito grande».

«A oportunidade está em apropriarmo-nos do tráfego do Brasil para a Europa», afirmou Luiz Mor, acrescentando que a TAP «precisa de continuar a crescer para ser uma empresa lucrativa».

«Posicionamo-nos como uma empresa portuguesa multinacional e procuramos exportar para onde há mercado. Somos uma multinacional portuguesa e queremos continuar a expandir-nos», sublinhou o administrador da TAP.

De acordo com Luiz Mor, 70 por cento das receitas da companhia aérea é gerada no exterior, sendo que no que respeita às receitas geradas pelas rotas que a TAP opera no Brasil, entre Janeiro e Agosto, 43 por cento são geradas no Brasil, 24 por cento em Portugal, 32 por cento nos países europeus que não Portugal e 1 por cento em outros países que não são nem Brasil nem Portugal.

Itália, Espanha, Alemanha, Suiça, Escandinávia, França e Reino Unido, são os principais mercados europeus para a TAP, a nível do número de passageiros transportados.

Entre Janeiro e Agosto, a Itália e a França registaram um ligeiro decréscimo no número de passageiros transportados, o Reino Unido e a Suiça mantiveram, enquanto a Espanha, a Alemanha e a Escandinávia são os mercados que estão a «crescer mais».

Entre Janeiro e Agosto, o tráfego gerado na Europa foi de 214.283 passageiros, o que traduz um aumento de 8 por cento relativamente aos 197.948 passageiros transportados em igual período de 2006.

No que concerne ao tráfego de passageiros gerado no Brasil, nos primeiros oito meses de 2007, a TAP transportou 268.758 passageiros, o que representa um crescimento de 31 por cento face aos 205.921 passageiros transportados em igual período de 2006.

O administrador da TAP mostrou-se «bastante satisfeito» com os números relativos à taxa de ocupação durante os primeiros nove meses do ano, que atingiu os 80 por cento nos voos entre Lisboa e o Brasil.

Até final de Setembro, a TAP transportou um total de 716 mil passageiros entre Portugal e o Brasil, mais 16 por cento que os 619 mil passageiros transportados em igual período de 2006, prevendo-se que, até final de 2007, se atinja um milhão de passageiros transportados.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #26 em: Outubro 23, 2007, 02:04:18 pm »
TAP freta aviões para Brasil, Venezuela e Inglaterra devido a greve

Citar
A TAP fretou cinco aviões «charter» para assegurar ligações ao Brasil, Venezuela e Inglaterra, que estavam comprometidas pela greve dos pilotos, disse hoje à Lusa o porta-voz da transportadora aérea.
Em declarações à agência Lusa, António Monteiro disse que «foi necessário fretar cinco aviões de companhias aéreas de voos não regulares para assegurar os voos para São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Caracas e Londres».

A euroAtlantic, a Iberworld, a Air Comet e a Girjet são as companhias «charter» que estão a assegurar estas ligações.

«Foi a única solução que conseguimos encontrar», afirmou o porta-voz da companhia aérea, acrescentando que um voo para Fortaleza e dois voos para Nova Iorque, um a partir de Lisboa e outro a partir do Porto, foram adiados para quarta-feira.

Questionado sobre o impacto que o fretamento de aviões pode ter nas contas da companhia aérea, apesar de considerar que «ainda é cedo para adiantar números», António Monteiro disse que será «grande».

Até às 09:30 de hoje, tinham sido cancelados 24 voos da TAP com partidas dos aeroportos portugueses, devido à greve dos pilotos portugueses.

«Até às 09:30 foram cancelados 30 voos com partida do aeroporto de Lisboa, quatro do Porto e dois do Funchal», disse à agência Lusa o porta-voz da TAP.

De acordo com António Monteiro, a greve dos pilotos está a afectar, sobretudo, as ligações domésticas, adiantando que os passageiros dos aeroportos de Porto e Faro estão a ser encaminhados de autocarro para o aeroporto da Portela, em Lisboa.

A greve dos pilotos portugueses está hoje de manhã a afectar centenas de pessoas que se aglomeram junto aos balcões de venda de bilhetes da TAP para encontrar alternativas de viagem em outras empresas de aviação.

Desde o início da manhã que os passageiros estão a ser informados nos balcões do check-in que se devem deslocar aos balcões de vendas da companhia para conseguir bilhetes em voos de outras companhias.

A greve, em protesto contra o aumento da idade da reforma para os 65 anos e pela alteração do valor das pensões, decorre hoje, quinta-feira e sábado e novamente a 05, 07 e 09 de Novembro.

Hoje, a 27 de Outubro e 05 e 09 de Novembro a paralisação terá início às 04:00 e terminará as 17:00, enquanto nos dias 25 de Outubro e 07 de Novembro, as paragens serão entre as 00:00 e as 24:00.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #27 em: Outubro 23, 2007, 08:38:34 pm »
Prejuízos para a TAP podem «ser superiores a 3 M€»

Citar
Os prejuízos da greve dos pilotos portugueses para a companhia aérea TAP podem «ser superiores a três milhões de euros», indicou hoje o secretário de Estado das Obras Públicas e Comunicações, Paulo Campos.

Em conferência de imprensa conjunta com o secretário de Estado de Estado da Segurança Social, Paulo Campos disse que, em conjunto, as paralisações de hoje, quinta-feira e sábado, «podem provocar prejuízos directos para a TAP superiores a três milhões de euros».
«A TAP está a encetar um processo de recuperação extraordinário e este contexto, em que se avança para uma situação que penaliza a empresa, está a pôr-se em causa todo este esforço», afirmou o secretário de Estado das Obras Públicas e Comunicações.

Contudo, Paulo Campos disse que esta situação «não faz com que o Governo reveja as metas traçadas para a TAP», pois «a ambição que o Governo tem para a TAP é sempre a maior possível».

O contrato de gestão assinado entre a TAP e o Governo estipula um resultado líquido para a companhia aérea de 38 milhões de euros para o exercício de 2007.

A companhia aérea TAP considerou hoje estar a ser «desnecessariamente penalizada» pela greve dos pilotos portugueses e renovou o apelo aos passageiros para que alterem as datas das viagens.

Em declarações à agência Lusa, o porta-voz da companhia alertou para os «prejuízos, em especial, de imagem» que acarreta para a TAP a greve dos pilotos, que hoje levou ao cancelamento de 65 voos da transportadora, responsável por mais de metade dos movimentos nos aeroportos portugueses.

«Esta situação vai agravar os prejuízos já sofridos hoje pela TAP, em especial afectando a imagem que tem vindo a ser construída de uma companhia em que os seus clientes podem confiar», afirmou o porta-voz da TAP.

A TAP considerou estar a ser «desnecessariamente penalizada» pela greve, justificada pelas alterações à reforma, uma decisão governamental.

A companhia sublinha a disposição revelada pelo Governo na negociação dessas matérias com o sindicato.

Também esta tarde, em conferência de imprensa, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) manifestou a intenção de manter a greve convocada para quinta-feira e sábado e que deverá ainda prosseguir com um novo período a 05, 07 e 09 de Novembro.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #28 em: Outubro 25, 2007, 08:09:17 pm »
TAP reforça voos semanais para Brasília a partir de Fevereiro

Citar
A TAP vai reforçar de cinco para seis frequências semanais a rota para Brasília, a partir de 12 de Fevereiro, anunciou hoje a companhia aérea.

«Esta decisão da companhia é fruto da enorme procura que este destino tem registado, em especial nos mercados internacionais, o que traz também enormes vantagens para o turismo da região de Lisboa, com um número crescente de passageiros que aproveitam o seu trânsito na cidade para permanecer alguns dias», lê-se no comunicado da TAP.

A nova ligação efectuar-se-á às terças-feiras, com partidas de Lisboa às 10:40 e chagada a Brasília às 18:05, regressando da capital do Brasil às 19:45 para chegar ao aeroporto da Portela às 06:40.

A ligação será assegurada por aviões A330.

A rota Lisboa - Brasília, inaugurada a 19 de Julho, registou uma taxa de ocupação de 80% em Setembro, um valor que a companhia aérea considera «extraordinário para uma ligação tão recente».

A manter-se o actual ritmo de reservas, até ao final do ano, a TAP prevê atingir os 50 mil passageiros transportados.

Até final de Setembro, a TAP transportou um total de 716 mil passageiros entre Portugal e o Brasil, mais 16% que os 619 mil passageiros transportados em igual período de 2006, prevendo-se que, até final de 2007, se atinja um milhão de passageiros transportados.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #29 em: Outubro 28, 2007, 12:36:15 pm »
TAP inaugura hoje ligação à capital de Cabo Verde

Citar
TAP inaugura hoje a ligação entre Lisboa e Cidade da Praia, Cabo Verde, com a oferta de quatro voos semanais e com um custo promocional que ronda os 500 euros.

O viagem inaugural inicia-se às 21:50 em Lisboa e termina já à 01:00 de segunda-feira na capital de Cabo Verde, sendo esta a primeira vez que a TAP voa para a Cidade da Praia, como disse à Agência Lusa o delegado da companhia portuguesa em Cabo Verde, Luis Garcia.

Segundo Luis Garcia, os voos realizam-se quatro vezes por semana, com partidas de Lisboa às 21:50 e regresso às 06:55.

De acordo com a embaixadora de Portugal em Cabo Verde, a nova aposta da companhia nacional (que já tinha cinco voos semanais para a ilha do Sal) é uma forma de beneficiar o turismo no arquipélago mas também a comunidade portuguesa em Cabo Verde e a cabo-verdiana em Portugal.

Num momento em que Cabo Verde vai ter uma parceria especial com a União Europeia, Graça Guimarães considera que a nova ligação aérea facilitará a deslocação de europeus para o arquipélago.

Os voos realizam-se às quintas, sextas, sábado e domingos, sempre às 21:50, com partida para Lisboa às segundas, sextas, sábados e domingos às 02:05.

A Praia passa, a partir de hoje, a ser o oitavo destino da companhia aérea portuguesa em África, juntando-se ao Sal, Bissau, Dakar, Joanesburgo, Luanda, Maputo e S. Tomé.

Nos primeiros nove meses do ano a TAP transportou de e para África mais de 317 mil passageiros, o que representa mais 14,2 por cento do que em igual período do ano passado.

A empresa voa actualmente para 43 destinos de 25 países, com uma média de 1.600 voos semanais, e possui 66 aviões, segundo Luís Garcia.

Em relação ao ano passado a companhia, disse o responsável, já transportou mais 11 por cento de passageiros e facturou 123 milhões e euros.

Até agora, as ligações entre a capital de Cabo Verde e Lisboa eram feitas apenas pela companhia aérea do arquipélago, TACV.

A TAP voou pela primeira vez para Cabo Verde, ilha do Sal, em 1964.

Lusa

 

 

Johnson&Johnson: Notícias

Iniciado por MarauderQuadro Mundo

Respostas: 0
Visualizações: 1382
Última mensagem Junho 26, 2006, 06:36:44 pm
por Marauder
SIC Notícias suspende Plano Inclinado de Mário Crespo

Iniciado por P44Quadro Área Livre-Outras Temáticas de Defesa

Respostas: 15
Visualizações: 3822
Última mensagem Março 01, 2011, 06:20:55 pm
por papatango
Notícias (Forças Aéreas/Sistemas de Armas)

Iniciado por dremanuQuadro Forças Aéreas/Sistemas de Armas

Respostas: 1130
Visualizações: 213268
Última mensagem Hoje às 12:59:08 pm
por Cabeça de Martelo
MB Libera Notícias / Fotos do Submarino Tikuna

Iniciado por ALXQuadro Armadas/Sistemas de Armas

Respostas: 1
Visualizações: 1416
Última mensagem Outubro 14, 2004, 01:45:09 pm
por J.Ricardo
Notícias sobre os novos blindados de rodas

Iniciado por TaGOsQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 2
Visualizações: 1850
Última mensagem Novembro 02, 2004, 06:16:35 pm
por TaGOs