Portugal comecerá a recuperar?

  • 622 Respostas
  • 115996 Visualizações
*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7519
  • Recebeu: 298 vez(es)
  • Enviou: 101 vez(es)
  • +40/-48
(sem assunto)
« Responder #60 em: Janeiro 12, 2007, 12:20:31 pm »
Nel, então não se deprima. Porque não procura outras paragens mais emocionantes e acolhedoras?

http://www.disneylandparis.com
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

manuel liste

  • Especialista
  • ****
  • 1054
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #61 em: Janeiro 12, 2007, 01:40:38 pm »
Citação de: "Luso"
Nel, então não se deprima. Porque não procura outras paragens mais emocionantes e acolhedoras?

http://www.disneylandparis.com


Quanto exagero.. nem Disneylandia, nem o inferno.

Não só cumpre contar as empresas que se vão, se não também as que ficam e as que vêm.
 

*

Doctor Z

  • Analista
  • ***
  • 831
  • +0/-0
    • http://www.oliven
(sem assunto)
« Responder #62 em: Janeiro 12, 2007, 01:59:09 pm »
Citação de: "Luso"
Eu, que conheço algo do mundo industrial, administrativo e autarquico, confirmo o conteúdo do texto que JoséMFernandes aqui colocou.
Sou apenas um pouco mais pessimista...


Ainda mais ?  :roll:
Blog Olivença é Portugal
"Se és Alentejano, Deus te abençoe...se não
és, Deus te perdoe" (Frase escrita num azulejo
patente ao público no museu do castelo de
Olivença).

:XpõFERENS./
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7519
  • Recebeu: 298 vez(es)
  • Enviou: 101 vez(es)
  • +40/-48
(sem assunto)
« Responder #63 em: Janeiro 12, 2007, 03:25:37 pm »
Citação de: "Doctor Z"
Citação de: "Luso"
Eu, que conheço algo do mundo industrial, administrativo e autarquico, confirmo o conteúdo do texto que JoséMFernandes aqui colocou.
Sou apenas um pouco mais pessimista...

Ainda mais ?  :roll:


Só um poucochinho...
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2127
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #64 em: Janeiro 12, 2007, 06:45:14 pm »
Oh...pior que a do Metro somente a da CP....maquinistas tem 1 trimestre de férias....direito desde 1969.

A administração no ano passado queria acabar com isso, alguém sabe como ficou?

Portugal está podre sem dúvida..
 

*

manuel liste

  • Especialista
  • ****
  • 1054
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #65 em: Janeiro 15, 2007, 04:15:22 pm »
Portugal teve a maior subida da produçao industrial da UE-15 num ano depois da alemana. A subida da produçao industrial e das exportaçoes de Alemanha sucedeu antes da súa melhora económica actual. Conhécese que as exportaçoes de Portugal também están a subir. Boa notícia, que confirma a recuperação:

Eurostat
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7519
  • Recebeu: 298 vez(es)
  • Enviou: 101 vez(es)
  • +40/-48
(sem assunto)
« Responder #66 em: Janeiro 16, 2007, 11:57:24 pm »
http://corta-fitas.blogspot.com/

Citar
Um país de faz-de-conta

Os sociólogos e os analistas políticos deviam ler mais vezes as revistas cor-de-rosa. Está lá tudo sobre hábitos e tendências dominantes. Sobre o critério do "gosto" fomentado pelos canais televisivos. Sobre as pequenas e médias ambições do novo proletariado do nosso tempo - os pobres de espírito que inundam centros comerciais e estádios de futebol, gritam alarvidades na praça pública e sonham com o "estrelato" num reality show ou com a fama proporcionada por uma paixão de aluguer. Repare-se na última edição da TV 7 Dias: é um tributo inequívoco ao culto das aparências, logo a começar na peça de abertura. Uma tal Cláudia Vieira, "actriz", "foi mesmo à faca para dar um jeito às mamocas": fotografada numa festa, "usou um vestido que realçou os seus novos atributos". Outra "actriz", uma tal Margarida Martinho, "já esqueceu o vocalista dos Fingertips, Zé Manel", e anda por aí com "namorado novo". Mais adiantada estará a "manequim" Cristina Mohler, que "oficializou, finalmente, o amor que a une" ao ex-futebolista Paulo Sousa. Mas nenhuma tão acelerada como a "ex-modelo" Elsa Raposo, "refugiada num novo amor", como testemunham as fotos da praxe.
E que mais? Dois outros "actores", um Vítor Fonseca e uma Joana Duarte, "continuam a namorar, ao contrário do que alguma imprensa quis fazer crer". Isto enquanto a "ex-namorada" dele, sem ressentimentos, "está numa boa". Chama-se Cláudia e também é "actriz" de sucesso numa telenovela juvenil. "Actores" são igualmente uma Marta Faial e um Tiago Castro, "cada vez mais apaixonados e cúmplices". Algo semelhante se passa com a "actriz" Sandra B, que "foi ao aeroporto de Lisboa esperar o seu novo amor". Também a "modelo" Diana Pereira irradia felicidade: o namoro com o piloto Tiago Monteiro "já dura e está tão firme que o casalinho decidiu partilhar o mesmo tecto".
Em suma, eis um país de sonho, povoado por gente feliz. Sem lágrimas. Um país cheio de "modelos", "actores" e "actrizes". O país de sucesso do engenheiro Sócrates. Um país de faz-de-conta. Cor-de-rosa, claro.

Pedro Correia Domingo, Janeiro 14, 2007 | 16 Cortes
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2127
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #67 em: Janeiro 17, 2007, 05:05:38 pm »
Oh Luso, agora não estou a perceber essa associação...mas então..esse mundo cor-de-rosa, alguma vez não existiu?

Mais parece que alguém estava desesperado para escrever algo e realizar conotação negativa do governo do que outra coisa.

Sempre houve essas revistas com esses mexericos..e em comparação se fores ao Correio da Manha encontrarás quase sempre histórias de mortes e outros dramas...havia uma altura que alguém tinha que morrer para aparecer nas páginas do CM.
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7519
  • Recebeu: 298 vez(es)
  • Enviou: 101 vez(es)
  • +40/-48
(sem assunto)
« Responder #68 em: Janeiro 17, 2007, 05:19:53 pm »
Marauder, é sarcasmo, sem dúvida. Mas espelha muito bem o espírito do tempo. Atenção que a rosa poderia ser substituída por sumo de laranja...
Vai dar ao mesmo.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2127
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #69 em: Janeiro 17, 2007, 05:32:43 pm »
Citação de: "Luso"
Marauder, é sarcasmo, sem dúvida. Mas espelha muito bem o espírito do tempo. Atenção que a rosa poderia ser substituída por sumo de laranja...
Vai dar ao mesmo.


Sim, mas o que me deixa pensativo, mas é uma opinião pessoal é como é que existe tal negócio...mas pronto..isso sou eu que não tenho nenhum interesse em saber quem é que anda a "comer" quem...e etc...

Sim....sumo de laranja, cor-de-rosa, azul escuro do PP, vermelho do PCP....essa socielite acontecerá com todas as cores no poder..

Quer dizer...com os comunistas já não sei...e com o PP provavelmente seria o dobro..

 c34x
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3581
  • Recebeu: 22 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +3/-0
(sem assunto)
« Responder #70 em: Janeiro 22, 2007, 07:34:30 pm »
Défice público: 593 milhões abaixo do previsto

Citar
O saldo das contas públicas totalizou um défice de cerca de 7400 milhões de euros no ano passado, menos 1740 milhões do que em 2005 e 593 milhões abaixo do previsto no Orçamento de Estado, o que significou uma subida nas receitas de 8,3 por cento, para os 35 mil milhões de euros.
O anuncio foi feito esta segunda-feira em conferência de imprensa pelo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos para apresentação da execução orçamental do subsector Estado até Dezembro.

Os valores foram apurados numa óptica de contabilidade pública (entradas e saídas de caixa) e são diferentes daqueles que Portugal vai ter que reportar a Bruxelas para efeitos do controlo do défice orçamental.

O valor final do défice público, que incluiu, além do subsector Estado, as autarquias, as regiões autónomas, os fundos e serviços autónomos e a segurança social, sé será conhecido depopis do apuramento destes subsectores, ainda durante estre trimestre.


Correio da Manhã
Potius mori quam foedari
 

*

Doctor Z

  • Analista
  • ***
  • 831
  • +0/-0
    • http://www.oliven
(sem assunto)
« Responder #71 em: Janeiro 23, 2007, 09:55:43 am »
Citação de: "ricardonunes"
Défice público: 593 milhões abaixo do previsto

Citar
O saldo das contas públicas totalizou um défice de cerca de 7400 milhões de euros no ano passado, menos 1740 milhões do que em 2005 e 593 milhões abaixo do previsto no Orçamento de Estado, o que significou uma subida nas receitas de 8,3 por cento, para os 35 mil milhões de euros.
O anuncio foi feito esta segunda-feira em conferência de imprensa pelo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos para apresentação da execução orçamental do subsector Estado até Dezembro.

Os valores foram apurados numa óptica de contabilidade pública (entradas e saídas de caixa) e são diferentes daqueles que Portugal vai ter que reportar a Bruxelas para efeitos do controlo do défice orçamental.

O valor final do défice público, que incluiu, além do subsector Estado, as autarquias, as regiões autónomas, os fundos e serviços autónomos e a segurança social, sé será conhecido depopis do apuramento destes subsectores, ainda durante estre trimestre.

Correio da Manhã


Isto é que são boas notícias ! Temos que continuar neste caminho para em
2009 baixar os impostos (como já foi referido pelo o governo).
Blog Olivença é Portugal
"Se és Alentejano, Deus te abençoe...se não
és, Deus te perdoe" (Frase escrita num azulejo
patente ao público no museu do castelo de
Olivença).

:XpõFERENS./
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4080
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #72 em: Janeiro 31, 2007, 07:42:12 pm »
É verdade, mas não é uma forma muito "simpática" de captar o investimento estrangeiro

Citar
Portugal/China: CGTP e UGT criticam declarações do ministro da Economia

Lisboa, 31 Jan (Lusa) - A CGTP e a UGT criticaram hoje as declarações do ministro da Economia na China relativamente aos baixos custos salariais em Portugal e defenderam que esta não deve ser a forma do país captar investimento estrangeiro.

   Manuel Pinho apelou hoje ao investimento chinês em Portugal, alegando que os custos salariais são inferiores à média da União Europeia e têm menor pressão de aumento do que nos países do alargamento.

   "Portugal é um país competitivo em termos de custos salariais. Os custos salariais são mais baixos do que a média dos países da União Europeia e a pressão perante a sua subida é muito menor do que nos países do alargamento", disse o ministro, que discursava na abertura do Fórum de Cooperação Empresarial Portugal China 2007, que foi presidido pelo primeiro-ministro, José Sócrates.

   O secretário-geral da CGTP, Manuel Carvalho da silva, considerou que estas declarações mostram que o Governo de José Sócrates não tem um projecto de efectivo desenvolvimento para Portugal e "só fala verdade no estrangeiro".

   As afirmações do ministro da Economia e da Inovação levaram a CGTP a reafirmar que Portugal, relativamente aos salários e às condições de vida, está a divergir da União Europeia e as perspectivas de futuro para os trabalhadores dos países do alargamento são mais seguras que as dos portugueses.

   "Com estas políticas o país vai por mau caminho. O investimento directo estrangeiro devia estar a ser atraído por uma elevação da qualificação dos portugueses ou por significativos avanços tecnológicos", disse Carvalho da Silva, em conferência de imprensa.

   O secretário-geral da UGT, João Proença, considerou "completamente desajustado" que Manuel Pinho "tente vender" Portugal a um país que pratica salários de miséria, alegando que os salários portugueses também são baixos.

   "Portugal tem de apostar na melhoria dos salários e na modernização tecnológica e nunca tentar atrair investimentos com o argumento de baixos salários, que é um modelo que já está ultrapassado", disse o sindicalista aos jornalistas.

   João Proença considerou ainda que não faz sentido que o ministro da Economia, responsável pelo Plano Tecnológico, diga que Portugal tem dos salários mais baixos da União Europeia.

   "Portugal tem é de apostar na qualificação da mão-de-obra e na modernização das empresas e deve tentar atrair o investimento de países com tecnologia e projectos modernos", defendeu o secretário- geral da UGT.
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7519
  • Recebeu: 298 vez(es)
  • Enviou: 101 vez(es)
  • +40/-48
(sem assunto)
« Responder #73 em: Janeiro 31, 2007, 09:02:32 pm »
E com esta citação o Lancero revelou tudo.
Não há nada a esperar desta gente.
Nem de mais ninguém, pelos vistos.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

p_shadow

  • Perito
  • **
  • 467
  • +0/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #74 em: Fevereiro 01, 2007, 04:30:29 am »
Bem, como se espera que o investimento chinês não seja "sol de pouca dura".... e como o ministro diz que temos dos salários mais baixos.... :|
Será que é assim que "eles" querem que as coisas continuem, e não nos dizem nada?! :shock:


Cumptos
A realidade não alimenta fóruns....
 

 

Filipe I(II);Filipe II(III); Filipe III(IV) Reis de Portugal

Iniciado por TemplárioQuadro Livros-Revistas-Filmes-Documentários

Respostas: 0
Visualizações: 1165
Última mensagem Abril 07, 2010, 01:22:56 pm
por Templário
Portugal "sem fronteiras"

Iniciado por TOMKATQuadro Portugal

Respostas: 6
Visualizações: 3041
Última mensagem Maio 10, 2006, 10:15:52 pm
por superbuzzmetal
"Napoleão e Portugal"

Iniciado por JoseMFernandesQuadro Livros-Revistas-Filmes-Documentários

Respostas: 5
Visualizações: 3731
Última mensagem Maio 22, 2006, 11:22:13 pm
por Luso
Iniciativa "Compromisso Portugal"

Iniciado por Tiger22Quadro Portugal

Respostas: 0
Visualizações: 1759
Última mensagem Fevereiro 11, 2004, 04:12:19 pm
por Tiger22
Winchester "vem" para Portugal

Iniciado por LusoQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 0
Visualizações: 2204
Última mensagem Janeiro 31, 2006, 08:52:09 pm
por Luso