Mensagens recentes

Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10
1
Portugal / Infraestruturas rodoviárias
« Última mensagem por Lusitaniae em Hoje às 02:04:04 am »
Portugal é o segundo país da UE com estradas com mais qualidade

Portugal encontra-se no segundo posto entre os 28 Estados-membros, com 6,05 pontos (numa escala de 1 a 7), apenas atrás da Holanda (6,18 pontos), e à frente da França, que completa o “pódio” (5,96 pontos).

https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/portugal-e-o-segundo-pais-da-ue-com-estradas-com-mais-qualidade-423649
2
Força Aérea Portuguesa / Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Última mensagem por typhonman em Março 19, 2019, 11:32:39 pm »
Meus caros, acham que cada Koala com esteroides custa 8,9 milhões com armamento sensores e contra medidas incluidos?


Não estarão a pensar em algo mais " musculado" ?



Eles parecem-me tão frágeis....
3
Marinha Portuguesa / Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Última mensagem por tenente em Março 19, 2019, 11:08:54 pm »
Pelos vistos o sacana to Thales seawatcher, não há maneira de aparecer na foto, eu devo ser dos poucos que ainda acredito no PN !!



Foto do NRP BD tirada hoje.

https://www.facebook.com/MarinhaPortuguesa/photos/a.166558256698699/2295602133794290/?type=3&theater

Abraços
4
Força Aérea Portuguesa / Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Última mensagem por tenente em Março 19, 2019, 10:58:03 pm »
Estou a ler com interesse este tópico:
https://www.doppeladler.com/da/forum/viewtopic.php?f=6&t=40 - com tradução google, que o meu alemão só  tem espaço para melhorar 😏

"JAR OPS-3 and EU Regulation 965/2012 are EU regulations that define the minimum standards for civilian rescue helicopters. For flights over densely built-up areas (where hospitals are usually located), 2 engines are required. I have been told that the ÖBH does not want to be behind civilian standards.
In some states, 2-engine helicopters are required for night flights (eg Switzerland). Something should be considered with regard to foreign missions including transfer flights."

Interessante a diferenciação entre o H145M e o AW169M - diferença peso e 1m dimensão favorecem  modelo Airbus em SOF e SAR em locais restritos. Mas:
"The transport capacity of the H145M is indeed very limited. According to the Bundeswehr, only four fully equipped soldiers (+ Pilot + Copilot + Doorgunner with M134) fit into this helicopter"

LM, benvindo ao clube.
as joint aviation requirement são a biblia das operações na aviação.
Ando aqui a dizer há canos que os nossos helis ligeiros, por todos os motivos e mais alguns deveriam ser biturbinas, tal como o são os do INEM, mas, será que ainda há algo por inventar na aviação ??
Não !
Não há !
Mas que agora há muitos espertos na aviação e não só, isso HÁ !!!!!
Quando na aviação de inventa, ou se aceleram processos, acontece como aconteceu com os dois  B737 MAX 8, apenas e tão só isso !!

Abraços
 
5
Força Aérea Portuguesa / Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Última mensagem por NVF em Março 19, 2019, 10:52:15 pm »
Oh camarada tenente, confessa lá que querias escrever Koalhões mas faltou-te a coragem.  :mrgreen:
6
Marinha Portuguesa / Re: LPD- Navio Polivalente Logístico
« Última mensagem por tenente em Março 19, 2019, 10:49:13 pm »
Nunca saíram da CPLP...

Já alterado.
Thanx

Abraços
7
Marinha Portuguesa / Re: LPD- Navio Polivalente Logístico
« Última mensagem por tenente em Março 19, 2019, 10:46:49 pm »
Nunca saíram da CPLP...

Ainda bem, mais um motivo para os ajudarmos !!!

Abraços
8
Marinha Portuguesa / Re: LPD- Navio Polivalente Logístico
« Última mensagem por PereiraMarques em Março 19, 2019, 10:45:12 pm »
Nunca saíram da CPLP...
9
Marinha Portuguesa / Re: LPD- Navio Polivalente Logístico
« Última mensagem por tenente em Março 19, 2019, 10:39:21 pm »
Qualquer país minimamente civilizado com a nossa faixa costeira e com soberania em dois arquipélagos tem necessariamente de possuir um navio LPD. No nosso caso se não o temos ainda é porque somos um país de broncos e néscios. Ponto final.

 O normalíssimo seria agora com a catástrofe e desastre humanitário em Moçambique, deveríamos ter já há muito a caminho um LPD e um AOR para prestar auxílio ás zonas sinistradas. Obviamente que esta presença não iria alterar muito a situação devido dimensão gigantesca da catástofre. Mas seria uma presença simbólica mas com um enorme significado para nós e marcante para os moçambicanos.
O regime corrupto da III república prefere encher a boca com a "cê-pê-ele-pê" e discursos vazios sem qualquer significado e preencher os lugares com os familiares e amigos. Os britânicos já avançaram 6 milhões de libras para Moçambique (membro também da Commonwealth). Os tugas tesos já sem marinha de superfície, dizem que vão ajudar mas no âmbito da UE blá blá blá...

Moçanbique???? Não foram eles que escolheram ser commonwealth ?
Que se aguentem com os seus novos amigos! Nem um cêntimo gasto com eles!

ICE não digas isso, o Povo Moçambicano não tem culpa que uma calamidade destas lhes tenha acontecido, nem tão pouco são os responsáveis pela decisão tomada pelos seus dirigentes quanto á entrada na Commonwealth !

Toda a História de APENAS alguns Séculos, que os Moçambicanos tem em comum, com os Portugueses é bem superior aos sentimentos de revolta, por terem saído da CPLP, por terem entrado na Commonwealth, que alguns, ou até muitos de nós, possamos exteriorizar, ou até dos poucos anos em que estão na Commonwealth, Portugal tem de os ajudar, se temos centenas de milhões para gastarmos nos Bancos temos de ter uns milhões para apoiar o Povo de Moçambique, pelo menos é assim que eu penso.

Nem consigo imaginar o sofrimento que grande parte daquele Povo, em especial as Crianças, está agora a passar, um povo que na sua maioria vive na pobreza ser defrontado com uma calamidade sem precedentes é demais !

Já se avalia o numero de mortos em mais de 1500 e quanto aos desalojados os especialistas acham que serão superiores a 500.000 !!!

Acho que os devemos ajudar, eu assim farei !!!!

Abraços

10
Força Aérea Portuguesa / Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Última mensagem por LM em Março 19, 2019, 10:35:03 pm »
Estou a ler com interesse este tópico:
https://www.doppeladler.com/da/forum/viewtopic.php?f=6&t=40 - com tradução google, que o meu alemão só  tem espaço para melhorar 😏

"JAR OPS-3 and EU Regulation 965/2012 are EU regulations that define the minimum standards for civilian rescue helicopters. For flights over densely built-up areas (where hospitals are usually located), 2 engines are required. I have been told that the ÖBH does not want to be behind civilian standards.
In some states, 2-engine helicopters are required for night flights (eg Switzerland). Something should be considered with regard to foreign missions including transfer flights."

Interessante a diferenciação entre o H145M e o AW169M - diferença peso e 1m dimensão favorecem  modelo Airbus em SOF e SAR em locais restritos. Mas:
"The transport capacity of the H145M is indeed very limited. According to the Bundeswehr, only four fully equipped soldiers (+ Pilot + Copilot + Doorgunner with M134) fit into this helicopter"
Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10