EMBRAER

  • 112 Respostas
  • 16952 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7614
  • Recebeu: 224 vez(es)
  • Enviou: 151 vez(es)
  • +12/-3
Re: EMBRAER
« Responder #75 em: Janeiro 31, 2017, 06:37:25 pm »
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 3858
  • Recebeu: 573 vez(es)
  • Enviou: 438 vez(es)
  • +23/-3
Re: EMBRAER
« Responder #76 em: Fevereiro 03, 2017, 10:16:49 am »
Podia o governo da Argentina pedir aos privados algum guito para uns caças... ;D ;)

Citar
http://www.aereo.jor.br/2017/02/02/phenom-100-da-embraer-inicia-operacao-na-argentina/

São José dos Campos – SP, 2 de fevereiro de 2017 – Dois jatos executivos Phenom 100 iniciaram recentemente operações na Argentina, marcando a entrada da Embraer no mercado de aviação executiva local. Os primeiros aviões privados da companhia registrados no país estão sendo utilizados em voos de fretamento e particulares. O Phenom 100, aeronave da categoria de entrada, já teve 340 unidades entregues em todo o mundo, sendo mais de 100 somente na América Latina.

“Estamos muito animados com o início das operações dos jatos Phenom 100 na Argentina, mercado que vive um momento de recuperação. Os jatos executivos da Embraer são modernos, confortáveis, com grande capacidade de bagagem, baixo custo operacional e de fácil operação, ideais para a aviação executiva argentina”, disse Gustavo Fonseca, Diretor de Vendas da Embraer Aviação Executiva para a América Latina.

No último mês de janeiro, a autoridade aeronáutica argentina (Administración Nacional de Aviación Civil de Argentina – ANAC) certificou o Centro de Serviços da Embraer em Sorocaba (SP) para manutenção da linha completa de jatos executivos da Embraer com matrícula do país, incluindo esses dois Phenom 100 usados. Em breve, uma oficina autorizada também deve ser homologada em Buenos Aires.

O Phenom 100 tem capacidade para quatro passageiros na configuração padrão, mas pode transportar até 7 passageiros com um único tripulante. Seu alcance de 2.182 km permite voos sem escalas de Buenos Aires até São Paulo, Santiago ou Bariloche.

A Embraer conta com 70 centros de serviços em todo o mundo para atender os mais de 1.100 jatos executivos da marca que voam atualmente em 63 países.


Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2607
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: EMBRAER
« Responder #77 em: Fevereiro 07, 2017, 02:05:37 pm »

Embraer Historical Center
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 1240
  • Recebeu: 379 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +30/-4
Re: EMBRAER
« Responder #78 em: Fevereiro 10, 2017, 11:18:22 pm »
Desculpem não resisti


 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2607
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: EMBRAER
« Responder #79 em: Fevereiro 24, 2017, 02:27:04 pm »
Phenom 300 da Embraer é novamente o jato executivo mais entregue no mundo



Citar
São José dos Campos, SP, 23 de fevereiro de 2017 – A Embraer Aviação Executiva entregou 63 jatos Phenom 300 em 2016, o maior volume entre todos os modelos de jatos executivos da indústria no ano, de acordo com o relatório da GAMA (General Aviation Manufacturers Association), entidade americana que representa o setor. Este é o quarto ano consecutivo em que o Phenom 300 alcança esta marca, tendo acumulado 266 entregas desde 2013, uma margem de 11% sobre o segundo jato mais entregue no mesmo período.

“Mais uma vez estamos muito felizes pelo Phenom 300 ter recebido reconhecimento tão importante do mercado. Ficamos muito gratos aos nossos clientes pela validação, tanto do projeto original desta aeronave, como por todas suas contribuições de melhorias, que fizeram este jato se tornar o melhor de sua classe”, disse Paulo Cesar de Souza e Silva, CEO da Embraer. “A reafirmação da confiança dos nossos operadores reitera nosso compromisso de entregar a melhor experiência ao cliente”.

Em apenas sete anos de operação, a frota de Phenom 300 está prestes a alcançar a marca de 400 aeronaves, tendo mantido uma fatia de mais de 50% de mercado na categoria de jatos leves desde 2012. A aeronave está em operação em 30 países e acumula perto de 500 mil horas de voo. A Embraer está investindo continuamente na competitividade do Phenom 300, com melhorias no seu conforto, tecnologia e eficiência operacional.

O Phenom 300 é um dos jatos leves mais velozes, tendo estabelecido vários recordes de velocidade reconhecidos pela NAA (National Aeronautic Association) e pela FAI (Federation Aeronautique Internationale).

Sobre o Phenom 300

O Phenom 300 tem desempenho entre os melhores jatos da categoria light, com velocidade máxima de cruzeiro de 453 nós (839 km/h) e um alcance de 3.650 quilômetros (1,971 milhas náuticas) com seis ocupantes nas condições NBAA IFR. Com a melhor razão de subida e desempenho de pista da sua classe, o Phenom 300 tem custos de operação e de manutenção menor do que seus concorrentes. A aeronave voa a uma altitude de 45 mil pés (13.716 metros), propulsionada por dois motores Pratt & Whitney Canada PW535E, com 3.360 libras de empuxo cada.

O Phenom 300 oferece uma cabine espaçosa, projetada em parceria com o BMW Group DesignworksUSA e o maior bagageiro de sua categoria. As maiores janelas de sua classe proporcionam luz natural abundante na cabine e no toalete. O conforto dos assentos, com capacidade de reclínio e amplo movimento é acentuado pela melhor pressurização de cabine entre os jatos leves (altitude máxima de 6.600 pés). O Phenom 300 oferece zonas de temperatura distintas para pilotos e passageiros, uma ampla galley, opções de comunicação de voz e de dados e um sistema de entretenimento.

A cabine de comando permite operação por um só piloto e oferece a opção avançada Prodigy Touch Flight Deck. Os recursos tipicamente encontrados em categorias superiores são ponto único de reabastecimento, manutenção externa do toalete e uma elegante escada.

Sobre a Embraer Aviação Executiva

A Embraer é uma das maiores fabricantes de jatos executivos do mundo, tendo entrado neste segmento de mercado a partir de 2000, com o lançamento do jato Legacy. A Embraer Aviação Executiva foi constituída em 2005. Seu portfólio, o mais amplo da indústria, é formado pelos jatos Phenom 100, Phenom 300, Legacy 450, Legacy 500, Legacy 650E e Lineage 1000E. A frota da Embraer Aviação Executiva excede a marca de 1000 jatos, que estão em operação em mais de 60 países. Os clientes são apoiados por uma rede global de 70 centros de serviços entre próprios e autorizados, complementados por um Contact Center 24/7.

Sobre a Embraer

Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 130 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer





FONTE: http://www.aereo.jor.br/2017/02/23/phenom-300-da-embraer-e-novamente-o-jato-executivo-mais-entregue-no-mundo/
 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2607
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: EMBRAER
« Responder #80 em: Março 09, 2017, 02:31:52 pm »
Embraer apresenta o E195-E2 - O jato comercial de nova geração mais eficiente no mundo



Citar
São José dos Campos, SP – 7 de março de 2017 – A Embraer apresentou nesta terça-feira, em cerimônia realizada na unidade da Empresa em São José dos Campos, a maior aeronave da segunda geração da família de E-Jets e também o mais eficiente avião comercial do mundo para rotas domésticas: o E195-E2. Com voo inaugural previsto para os próximos meses, o jato deverá entrar em serviço no primeiro semestre de 2019.

“O E195-E2 tem potencial de mudar significativamente o perfil de frota das companhias aéreas em todo o mundo. Tendo custo por viagem 20% menor e custo por assento similar ao de aviões maiores, o E195-E2 torna-se o avião ideal tanto para crescimento de empresas regionais como complementação de frota de empresas de baixo custo e de linhas principais”, disse John Slattery, Presidente & CEO, Embraer Aviação Comercial.

O E195-E2 tem três fileiras a mais de assentos quando comparado ao E195 da atual geração, podendo ser configurado com 120 lugares em duas classes de serviço, ou até 146 em classe única. A aeronave também tem aumento significativo de alcance, de mais de 800 quilômetros (450 milhas náuticas), o que possibilitará viagens de até 4.500 quilômetros (2.450 milhas náuticas) de distância.

A aeronave tem uma asa desenvolvida especialmente para o modelo, com o maior alongamento entre jatos de corredor único, aumentando a eficiência de consumo de combustível. Além de uma especificação mais equilibrada, a Embraer usou toda a experiência de mais 17 milhões de horas voadas nos E-Jets atuais, com uma frota de mais 1.300 unidades, para chegar a um projeto de otimização para o E2. Por exemplo, sendo concebido com uma combinação inteligente de materiais, o E195-E2 consegue ter capacidade de transportar 10% mais passageiros que o concorrente direto e ainda assim ter o mesmo peso.

“Introduzimos na comprovada plataforma de E-Jets todas as novas tecnologias que agregam valor aos clientes. Um exemplo é a quarta geração de fly-by-wire que permitiu a redução de 20% da área da empenagem, minimizando o arrasto e o peso,” explica Luís Carlos Affonso, Vice-Presidente de Operações, Embraer Aviação Comercial. “O avião terá uma economia de até 24% de consumo e 20% nos custos de manutenção por assento quando comparado ao atual E195. Parte dessa economia será atingida pela nova tecnologia de motores, mas o grande diferencial competitivo do E195-E2 está na otimização da estrutura e dos seus vários sistemas.”

A Embraer vai utilizar dois aviões na campanha de certificação do E195-E2. O primeiro protótipo será utilizado nos ensaios de aerodinâmica e desempenho, enquanto o segundo avião, que também deve realizar o voo inaugural até o fim deste ano, será empregado na validação de tarefas de manutenção e de interior.

Desde o lançamento, os E2 alcançaram 690 pedidos, dos quais 275 firmes, sendo 90 para o E195-E2, e de 415 opções e direitos de compra, tendo entre seus clientes companhias aéreas e empresas de leasing. Atualmente, a família de E-Jets opera com cerca de 70 clientes em 50 países, sendo líder global no segmento até 130 assentos, com mais de 50% de participação de mercado.

Com investimento de USD 1,7 bilhão, o programa E2 foi lançado em junho de 2013 e reforça o compromisso da Embraer em investir continuamente na linha de jatos comerciais e manter a liderança de mercado no segmento de 70 a 130 assentos.

Sobre a Embraer Aviação Comercial

A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais de até 130 assentos. Cerca de 900 aviões da família ERJ 145 de jatos regionais foram entregues a companhias aéreas desde sua introdução no mercado, em 1996. A família de E-Jets inclui quatro aeronaves que têm entre 70 e 130 assentos. Com engenharia avançada, alto grau de eficiência, cabines ergonômicas e espaçosas com dois assentos por fileira, além de atraente economia operacional, o E170, o E175, o E190 e o E195 estabeleceram um novo padrão na categoria. Desde que os E-Jets entraram em serviço, a Embraer recebeu mais de 1.700 pedidos firmes para esta família de aeronaves e mais de 1.300 E-Jets já foram entregues.

Sobre a Embraer

Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 130 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer



FONTE: http://www.aereo.jor.br/2017/03/07/embraer-apresenta-o-e195-e2-o-jato-comercial-de-nova-geracao-mais-eficiente-no-mundo/
 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2607
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: EMBRAER
« Responder #81 em: Março 09, 2017, 03:27:12 pm »







 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2607
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: EMBRAER
« Responder #82 em: Março 19, 2017, 03:11:56 am »
Embraer Legacy 450: novo recorde de velocidade entre Califórnia e Havaí



Citar
Melbourne, Florida, 16 de março de 2017 – O jato executivo Legacy 450 estabeleceu novo recorde de velocidade em voos entre a Califórnia e o Havaí, de acordo com a Agência Aeronáutica Nacional dos Estados Unidos (NAA – National Aeronautic Association). A viagem para o Havaí foi a primeira, tanto para a aeronave como para os passageiros da AirSprint, empresa canadense baseada em Calgary, que opera a maior frota de aeronaves de propriedade compartilhada, e que também é o cliente lançador do Legacy 450 no Canadá. Os voos de demonstração foram realizados com tripulação da Embraer, partindo de Oakland, na Califórnia, até Maui, no Havaí, com dois pilotos, quatro passageiros, e 136 kg de bagagem, retornando para São Francisco.

“Participar do voo em que o Legacy 450 estabeleceu um recorde de velocidade pro Havaí foi uma experiência singular”, disse James Elian, Presidente e COO da AirSprint. “Temos orgulho do nosso papel nas vidas pessoais e profissionais de canadenses bem-sucedidos. Nossos clientes de propriedade compartilhada confiam em nós, diariamente, para levá-los com colegas e familiares para destinos de negócios bem como de lazer. Com o Legacy 450 na nossa frota, temos como elevar a experiência dos nossos clientes com mais velocidade e acesso direto a destinos mais distantes, como o Havaí, com conforto e luxo sem precedentes. É motivo de grande orgulho oferecer esta incrível aeronave aos nossos clientes”.



O primeiro voo partiu de Oakland International Airport (KOAK) em 5 de dezembro de 2016, às 11:53 (PST), com reservas de combustível acima do exigido para operação NBAA IFR assim como para operações críticas. O voo teve duração de 5 horas e 14 minutos, cobrindo uma distância de 3.907 km (2,428 milhas), registrando seu voo mais longo até o presente. Em apenas 25 minutos de voo, a aeronave atingiu sua altitude planejada de cruzeiro, de 43 mil pés.

A aeronave aterrissou em Kahului Airport (PHOG), em Maui, às 15:04 (HST) com abundante reserva de combustível (1.134 kg ou 2.500 lb), tendo consumido apenas 3,946 kg (8,700 lb) a uma taxa de aproximadamente 243 galões por hora de voo. A maior velocidade atingida em voo foi de 450 nós ou 834 km/h (518 mph), sustentando ventos de proa de 58 nós. De acordo com a NAA, a aeronave registrou uma velocidade média de 724,06 km/h (449.91 mph), estabelecendo o recorde de velocidade para o trajeto.

O voo de retorno do Havaí teve início em 6 de dezembro, às 8:05 (HST), com apenas três passageiros e o mesmo volume de bagagem. O voo teve duração de 4 horas e 27 minutos, cobrindo uma distância de 3.829 km (2,379 miles). A aeronave aterrissou em San Francisco International Airport (KSFO) às 14:54 (PST) com considerável reserva de combustível 1.497 kg (3,300 lb). A mais alta velocidade atingida em voo foi de 533 nós ou 987 km/h (613 mph), com ventos de cauda de 24 nós. A NAA ratificou a velocidade média de 846,34 km/h (525.89 mph) obtida pela aeronave como recorde para o percurso.

O Legacy 450 tem alcance de 5.371 km (2,900 nm) com quatro passageiros e reservas NBAA IFR, podendo operar em até Mach .83 com altitude máxima de 45 mil pés.


DIVULGAÇÃO: Embraer

FONTE: http://www.aereo.jor.br/2017/03/16/embraer-legacy-450-novo-recorde-de-velocidade-entre-california-e-havai/http://www.aereo.jor.br/2017/03/16/embraer-legacy-450-novo-recorde-de-velocidade-entre-california-e-havai/
 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2607
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: EMBRAER
« Responder #83 em: Março 30, 2017, 03:33:46 am »
Embraer voa E195-E2, jato de nova geração mais eficiente no mundo, antes do previsto



Citar
São José dos Campos, SP – 29 de março de 2017 – Dez meses após o primeiro voo do E190-E2, a Embraer realiza o voo inaugural de mais uma aeronave da segunda geração da família de E-Jets antes da previsão inicial. Nesta quarta-feira, decolou pela primeira vez o jato E195-E2, maior integrante da família e também o mais eficiente avião comercial do mundo para rotas domésticas. O voo, originalmente programado para o segundo semestre deste ano, ocorreu apenas três semanas após a cerimônia de apresentação da aeronave.

“Com nível de eficiência único, o E195-E2 oferece aos nossos clientes a oportunidade de desenvolver novos mercados com maior lucratividade sem comprometer a competitividade de custo unitário. É uma máquina de geração de resultado”, disse John Slattery, Presidente & CEO, Embraer Aviação Comercial.

Com custo por viagem 20% menor e custo por assento similar ao de aviões maiores, o E195-E2 é o avião ideal tanto para o crescimento de empresas regionais quanto para a complementação de frota de empresas de baixo custo e linhas principais (mainline). O avião terá uma economia de até 24% de consumo e 20% nos custos de manutenção por assento quando comparado ao E195 atual.

O E195-E2 decolou às 11h22, hora local, das instalações da Embraer em São José dos Campos e voou durante duas horas, marcando assim o início da campanha de certificação da aeronave. A tripulação, formada pelos pilotos Márcio Brizola Jordão e José Willi Pirk, além dos engenheiros de voo Celso Braga de Mendonça e Mario Ito avaliou o desempenho da aeronave, qualidade de voo e o comportamento de sistemas tais como o piloto automático, fly-by-wire e retração do trem de pouso.



“Com uma envergadura de 1.4 metros maior que o do E190-E2, o E195-E2 torna-se a aeronave com maior alongamento entre jatos de corredor único, aumentando assim sua eficiência de consumo de combustível ”, explica Luís Carlos Affonso, Vice-Presidente de Operações, Embraer Aviação Comercial. “Aplicamos a experiência de mais 17 milhões de horas voadas e a base de clientes de mais 100 clientes de jatos para desenvolver o E195-E2 com o custo total mais competitivo na indústria.”

A Embraer utilizará dois aviões na campanha de certificação do E195-E2. O primeiro protótipo será utilizado nos ensaios de aerodinâmica e desempenho, enquanto o segundo avião, que também deve realizar o voo inaugural até o fim deste ano, será empregado na validação de tarefas de manutenção e de interior. A entrada em serviço comercial está planejada para 2019, com a Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

O E195-E2 tem três fileiras adicionais de assentos em comparação com o E195 atual, podendo ser configurado com 120 lugares em duas classes de serviço, ou até 146 assentos em classe única. A aeronave também tem aumento significativo de alcance com relação ao modelo atual, de mais de 800 quilômetros adicionais (450 milhas náuticas), o que possibilitará viagens de até 4.500 quilômetros (2.450 milhas náuticas) de distância.

Os E2 alcançaram 275 pedidos firmes, sendo 90 para o E195-E2, além 415 opções e direitos de compra e cartas de intenção, totalizando 690 compromissos de companhias aéreas e empresas de leasing. Atualmente, a família de E-Jets opera com cerca de 70 clientes em 50 países, sendo líder global no segmento até 130 assentos, com mais de 50% de participação de mercado.

DIVULGAÇÃO: Embraer

http://www.aereo.jor.br/2017/03/29/embraer-voa-e195-e2-jato-de-nova-geracao-mais-eficiente-no-mundo-antes-do-previsto/
« Última modificação: Março 30, 2017, 03:36:37 am por Vitor Santos »
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 1240
  • Recebeu: 379 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +30/-4
Re: EMBRAER
« Responder #84 em: Março 30, 2017, 10:37:36 pm »
Embraer voa E195-E2, jato de nova geração mais eficiente no mundo, antes do previsto



Citar



“Com uma envergadura de 1.4 metros maior que o do E190-E2, o E195-E2 torna-se a aeronave com maior alongamento entre jatos de corredor único, aumentando assim sua eficiência de consumo de combustível ”, explica Luís Carlos Affonso, Vice-Presidente de Operações, Embraer Aviação Comercial. “Aplicamos a experiência de mais 17 milhões de horas voadas e a base de clientes de mais 100 clientes de jatos para desenvolver o E195-E2 com o custo total mais competitivo na indústria.”


O E195-E2 tem três fileiras adicionais de assentos em comparação com o E195 atual, podendo ser configurado com 120 lugares em duas classes de serviço, ou até 146 assentos em classe única. A aeronave também tem aumento significativo de alcance com relação ao modelo atual, de mais de 800 quilômetros adicionais (450 milhas náuticas), o que possibilitará viagens de até 4.500 quilômetros (2.450 milhas náuticas) de distância.


DIVULGAÇÃO: Embraer

http://www.aereo.jor.br/2017/03/29/embraer-voa-e195-e2-jato-de-nova-geracao-mais-eficiente-no-mundo-antes-do-previsto/

O B753 só tem 54.40m de comprimento, ou seja mais 13,00m que o E195E2, com 41,50m de comprimento, portanto a Embraer está a falhar quando diz que é a maior aeronave de corredor único "......  E195-E2 torna-se a aeronave com maior alongamento entre jatos de corredor único ..... " desculpem mas não é verdade !!!

Cumprimentos
« Última modificação: Março 30, 2017, 10:39:31 pm por tenente »
 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2607
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: EMBRAER
« Responder #85 em: Março 31, 2017, 02:07:08 am »
Citar
O B753 só tem 54.40m de comprimento, ou seja mais 13,00m que o E195E2, com 41,50m de comprimento, portanto a Embraer está a falhar quando diz que é a maior aeronave de corredor único "......  E195-E2 torna-se a aeronave com maior alongamento entre jatos de corredor único ..... " desculpem mas não é verdade !!!

Tudo bem. Válido registro. O importante é que a Embraer está sempre inovando. :G-beer2: 8)
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 1240
  • Recebeu: 379 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +30/-4
Re: EMBRAER
« Responder #86 em: Março 31, 2017, 09:04:50 am »
Citar
O B753 só tem 54.40m de comprimento, ou seja mais 13,00m que o E195E2, com 41,50m de comprimento, portanto a Embraer está a falhar quando diz que é a maior aeronave de corredor único "......  E195-E2 torna-se a aeronave com maior alongamento entre jatos de corredor único ..... " desculpem mas não é verdade !!!

Tudo bem. Válido registro. O importante é que a Embraer está sempre inovando. :G-beer2: 8)

CLARO, CLARO, Se para si está tudo bem para uma empresa que, para inovar até pode mentir.................OK, quanto a mim não estará, mas cada um fica com a opinião de valer tudo para tentar vender um produto....... enfim cada macaco no seu galho e salve-se quem puder como o outro dizia.  :conf: :down:
 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2607
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: EMBRAER
« Responder #87 em: Março 31, 2017, 02:01:02 pm »
A Embraer não precisa mentir para inovar. Você próprio sabe disso.

Enquanto isso, a "mais nova mentira" da Embrear que, em breve, estará operando nos principais aeroportos do mundo:


8) :G-Ok:
 

*

Vitor Santos

  • Investigador
  • *****
  • 2607
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +17/-26
Re: EMBRAER
« Responder #88 em: Março 31, 2017, 03:40:54 pm »
Citar
O B753 só tem 54.40m de comprimento

A propósito. O que seria B753? Quis dizer Boeing 757? Se sim, realmente ele tem 54 metros de comprimento mas, este avião foi retirado da linha produção da Boeing a muito, muito tempo.

Pouquíssimas companhias aéreas operam o 757. Salvo algumas raridades como o "Trump Force One", um avião executivo:



Portanto, acho que deve ter ocorrido uma falha de interpretação ou um pequeno lapso (perdoável, diga-se de passagem) de quem deu esta declaração questionada por você.

Além disso, esta "divergente" informação não compromete o magistral E195-E2 e tampouco, a magnitude e representatividade com credibilidade global da Embraer.  ;)
 

*

Alvalade

  • Especialista
  • ****
  • 1038
  • Recebeu: 253 vez(es)
  • Enviou: 78 vez(es)
  • +15/-5
Re: EMBRAER
« Responder #89 em: Março 31, 2017, 03:43:11 pm »
757-300
 

 

WEBASAS-LABACE 2008-Embraer/Hawker/Cessna/Bombardier/Cirrus

Iniciado por WEBASASQuadro Internet-Jogos-Simulações

Respostas: 0
Visualizações: 1099
Última mensagem Agosto 26, 2008, 03:29:57 am
por WEBASAS
Lockheed Martin-Embraer, Vencem Aerial Common Sensor

Iniciado por Fábio G.Quadro Indústrias de Defesa

Respostas: 3
Visualizações: 1753
Última mensagem Agosto 18, 2004, 05:21:41 pm
por JLRC
Projecto Embraer/OGMA para Novo Avião de Transporte

Iniciado por Mar VerdeQuadro Indústrias de Defesa

Respostas: 26
Visualizações: 17334
Última mensagem Fevereiro 23, 2010, 01:17:04 pm
por pedro
WEBASAS - EMBRAER LINHA DE PRODUÇÃO PHENOM 100 - FOTOS!!

Iniciado por WEBASASQuadro Internet-Jogos-Simulações

Respostas: 0
Visualizações: 2221
Última mensagem Agosto 16, 2007, 05:21:15 am
por WEBASAS
Brasileira Embraer quer comprar 65% das OGMA

Iniciado por DinivanQuadro Indústrias de Defesa

Respostas: 13
Visualizações: 2981
Última mensagem Setembro 24, 2004, 06:22:02 pm
por J.Ricardo