Mensagens recentes

Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10
1
F18





Cumprimentos
2
Força Aérea Portuguesa no ForumDefesa.com / Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Última mensagem por mafets em Hoje às 09:44:06 am »
http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/operador-da-forca-aerea-deteta-traineira-com-droga-em-operacao-de-rotina
Citar
A operação que permitiu apreender 1.600 quilos de haxixe numa traineira, no Algarve, deveu-se à "perspicácia" do operador da Força Aérea que sobrevoava o local durante uma vigilância de rotina, disse o porta voz daquele organismo militar. A operação, que decorreu durante a madrugada desta sexta-feira, teve início depois de um operador de uma aeronave da Força Aérea, em missão de vigilância, ter desconfiado do aspeto e das movimentações de uma traineira, detetada ao final da tarde a 30 milhas a sul de Faro, sem aparelhos de pesca visíveis.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/operador-da-forca-aerea-deteta-traineira-com-droga-em-operacao-de-rotina


Saudações
3
Conflitos do Presente / Re: Guerra na Síria
« Última mensagem por Lusitano89 em Janeiro 21, 2018, 11:05:46 pm »
Confrontos entre exército turco e rebeldes curdos na Operação "Ramo de Oliveira"


4
Portugal / Re: Indústria Aeroespacial
« Última mensagem por Get_It em Janeiro 21, 2018, 10:35:47 pm »
Multinacional francesa investe 32 milhões de euros em Grândola
(17 de Janeiro de 2018)
Citação de: Jornal Económico, Lusa
A construção das instalações industriais da empresa em Grândola, num projecto de investimento de «32 milhões de euros», aguarda a conclusão de formalidades, como a assinatura do contrato da obra e a obtenção da licença para remoção de terras, explicou hoje à agência Lusa o director-geral da Lauak Portugal, Armando Gomes.

«A primeira fase é a remoção de terras e na segunda fase vamos começar a construir para que em Outubro a construção principal tenha terminado e as máquinas comecem a ser instaladas», adiantou o responsável da empresa, que prevê começar a produzir no início de 2019.

A fábrica de Grândola vai ter três linhas autónomas de produção, sendo a primeira a entrar em funcionamento, no início do próximo ano, destinada a produzir peças destinadas ao avião A320 da Airbus, estando também previsto posteriormente o fornecimento de componentes para o modelo A330 e o Falcon.

O investimento, que inicialmente estava previsto ser de 25 milhões de euros, subiu para os 32 milhões de euros, após negociações com a Airbus para a«produção de outras peças maquinadas».

«Houve uma alteração. Houve uma parte de peças maquinadas, um contrato que estamos a fechar agora com os nossos clientes, que fez aumentar o projecto de investimento em sete milhões de euros, por conta de novas máquinas para produzir essas peças», revelou o responsável da empresa em Portugal.

Armando Gomes explicou haver o compromisso da empresa com a Airbus para assegurar o fornecimento das componentes produzidas em Grândola a partir de 2019.

«Queremos começar a fornecer os elementos desses compósitos em 2019, temos que fornecer, [porque] temos contratos já feitos», afirmou, indicando que há peças que têm de ser fornecidas «a partir de Janeiro».

A Lauak, que já tem uma unidade de produção em Setúbal, vai produzir a partir de Grândola materiais compósitos e portas de bagageira de carga para a Airbus.

A empresa já deu início ao processo de recrutamento para a formação de trabalhadores, que vai decorrer ao longo de 2018, tendo hoje decorrido em Grândola uma sessão pública de apresentação do projecto e de recolha de candidaturas, que lotou o auditório do Cine-teatro Grandolense.

«São formações que vão demorar entre seis meses e um ano», adiantou o mesmo responsável, indicando que o processo de formação em «Tratamento de Metais, Montagem de Estruturas e Compósitos», que atribui uma qualificação de nível IV, vai decorrer em Grândola, Évora e Setúbal.

A fábrica deve iniciar a laboração com «40 a 50 trabalhadores», estando previsto que dois anos depois empregue «200 a 250» pessoas.

A empresa anunciou também hoje a construção de uma creche, destinada a acolher os filhos dos trabalhadores.

[continua]
Fonte: http://www.jornaleconomico.sapo.pt/noticias/multinacional-francesa-investe-32-milhoes-de-euros-em-grandola-257326

Cumprimentos,
5
Forças Aéreas/Sistemas de Armas / Re: F-35 JSF
« Última mensagem por Get_It em Janeiro 21, 2018, 10:25:27 pm »
As boas relações com o Brasil via Embraer,
Que forma tão simpática de se referir ao putedo e ao jogo de interesses que vai por trás dos bastidores.

e o facto desta vir a fabricar igualmente o Gripen E/F, não sei até que ponto poderão pesar numa decisão política a médio prazo, cá estaremos para ver.
É a uma ideia que também partilho, especialmente com o fim da presença norte-americana na Base das Lajes.

Cumprimentos,
6
Mundo / Re: Aviação Comercial
« Última mensagem por Get_It em Janeiro 21, 2018, 10:14:10 pm »
7
Área Livre-Outras Temáticas de Defesa / Re: Espaço
« Última mensagem por HSMW em Janeiro 21, 2018, 09:51:04 pm »
E lá lançaram o 2º Electron!!
8
Conflitos do Presente / Re: Guerra na Síria
« Última mensagem por HSMW em Janeiro 21, 2018, 09:44:44 pm »

Black Hawk Turco por  pouco não é atingido por ATGM.
9
Exércitos/Sistemas de Armas / Re: Fotos Internacionais (Exércitos/Sistemas de Armas)
« Última mensagem por HSMW em Janeiro 21, 2018, 09:18:32 pm »

VT-4 & Oplot-M
10
Marinha no ForumDefesa.com / Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Última mensagem por NVF em Janeiro 21, 2018, 08:18:15 pm »
Acho que os radares vão ser diferentes, ou pelo menos o KH-1007 foi à vida. Há informação mais detalhada neste tópico.
Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10