Notícias (Indústrias de Defesa)

  • 115 Respostas
  • 31069 Visualizações
*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4780
  • Recebeu: 785 vez(es)
  • Enviou: 538 vez(es)
  • +37/-16
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #105 em: Março 06, 2018, 09:25:39 am »
Presumo que os Russos não tenham nada a ver com o assunto.  ;D ;)

http://www.navyrecognition.com/index.php/news/defence-news/2018/march-2018-navy-naval-defense-news/5999-saab-announce-first-steel-cutting-of-swedish-navy-s-future-sigint-vessel.html

Citar
The Polish Nauta Shipyard has today cut the first steel for the Swedish Navy’s SIGINT ship, officially beginning the production phase of the vessel. The ceremony was also attended by officials from Saab, the Swedish defence group, which awarded the ship construction contract to the Nauta Shipyard, a part of the Polish Armaments Group (PGZ), in 2017.



Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9443
  • Recebeu: 308 vez(es)
  • Enviou: 213 vez(es)
  • +17/-7
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #106 em: Março 16, 2018, 01:03:48 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9443
  • Recebeu: 308 vez(es)
  • Enviou: 213 vez(es)
  • +17/-7
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #107 em: Abril 24, 2018, 05:09:44 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9443
  • Recebeu: 308 vez(es)
  • Enviou: 213 vez(es)
  • +17/-7
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #108 em: Maio 22, 2018, 03:12:41 pm »
 

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 452
  • Recebeu: 147 vez(es)
  • Enviou: 276 vez(es)
  • +15/-1
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #109 em: Julho 17, 2018, 06:54:06 pm »
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4780
  • Recebeu: 785 vez(es)
  • Enviou: 538 vez(es)
  • +37/-16
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #110 em: Agosto 10, 2018, 09:44:18 am »
https://www.africanmilitaryblog.com/2018/07/mwari-secures-first-launch-customer-rolls-off-production-line

Citar
Paramount Group Mwari
The Mwari ISR and precision ground attack/strike aircraft made by Paramount Group, South Africa has secured a customer. Paramount Group Executive Chairman Ivor Ichikowitz announced this during a press briefing at the Farnborough International Airshow on 18 July.

The South African defense company’s CEO also disclosed that the Mwari have begun rolling off the production line, with the first launch customer to be revealed soon.

“We are in an active sales campaign and we are getting excellent customer feedback. More importantly, we are starting negotiations with a number of key players around the world.”



As a multi-mission aircraft, the Mwari can undertake a wide range of roles which includes special forces missions that require the rapid finding, fixing, and finishing of targets, as well as pipeline patrol and anti-poaching. The swappable modules allow it to have reconnaissance, intelligence gathering, close air support, training, cargo and light attack capabilities

The Mwari can be packed with a variety of sensors, with the aircraft able to support sensor systems such as the L3 Technologies MX-25. Paramount Group have reported that the Thales Avni infrared linescan unit and Hensoldt Argos II electro-optical nose turret, have also been integrated into the Mwari.

A credible alternative to Western low-cost aircraft,  it can fly for seven hours on internal fuel alone and land on austere airstrips. Despite this capabilities being suited for the African environment, the Mwari is still unable to find a customer in the continent.



Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4780
  • Recebeu: 785 vez(es)
  • Enviou: 538 vez(es)
  • +37/-16
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #111 em: Agosto 25, 2018, 03:50:25 pm »
https://www.janes.com/article/82300/first-18-himars-ordered-for-romania
Citar
The US Army Contracting Command, Redstone Arsenal, in Alabama has awarded Lockheed Martin a USD218 million Foreign Military Sales (FMS) contract for the first 18 M142 High Mobility Artillery Rocket System (HIMARS) launchers for Romania, the US Department of Defense announced on 9 August. The contract also covers associated training, spares, and planned enhancement and product improvement modifications.

Lockheed Martin will perform the work at its Grand Prairie facility in Texas, aiming for completion by the end of 2020.

The US State Department approved the FMS of 54 HIMARS launchers to Romania in August 2017. The US Defense Security Cooperation Agency announcement at the time valued the sale at USD1.25 billion, including related support and equipment.

In addition to 54 HIMARS launchers, Romania has requested 162 Guided Multiple Launch Rocket Systems (GMLRS) warheads, 54 Army Tactical Missile Systems (ATACMS), 30 Low Cost Reduced Range (LCRR) practice rockets, and 24 Advanced Field Artillery Tactical Data Systems (AFATDS), in addition to 30 Humvees and logistics vehicles.



Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4780
  • Recebeu: 785 vez(es)
  • Enviou: 538 vez(es)
  • +37/-16
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #112 em: Outubro 27, 2018, 06:29:26 pm »
http://www.cavok.com.br/blog/plano-air-2030-da-suica-limita-opcoes-de-cacas/?fbclid=IwAR00YVSzVB0Mq_zPOJDU8C2xjrbGJ-QfaN7yolgPSMuCVIQnNYWEC0Zt5sg

Citar
A Schweizer Luftwaffe (Força Aérea Suíça) pode estar limitada à compra de um caça monomotor, pois é a única solução que se enquadra nas limitações orçamentárias, que surgiram extraoficialmente após o recente exercício anual 'Axalp' de 8 a 10 de outubro.



Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4780
  • Recebeu: 785 vez(es)
  • Enviou: 538 vez(es)
  • +37/-16
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #113 em: Outubro 31, 2018, 10:07:06 am »
Nunca percebi porque a China não produz para a sua força aérea este caça. Parece bastante bom para aeronave de 2ª linha.  ;)

http://www.cavok.com.br/blog/paquistao-aprova-venda-de-tres-jatos-jf-17-para-nigeria/?fbclid=IwAR2i_vLpQKTJznmpWV855agB88T6A1VcKkHExEn_2AzRdxgbZAWwAHtLpno

Citar
O Comitê de Coordenação Econômica (ECC) do Gabinete aprovou a emissão de um certificado de garantia soberana para a venda de três aeronaves JF-17 à Força Aérea da Nigéria avaliados em US$ 184,3 milhões, para suportar as reservas cambiais em declínio.



Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4780
  • Recebeu: 785 vez(es)
  • Enviou: 538 vez(es)
  • +37/-16
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #114 em: Novembro 22, 2018, 09:54:28 am »
http://www.cavok.com.br/blog/eua-aprovam-venda-de-32-misseis-aim-120c-7-para-o-japao/?fbclid=IwAR0Ym8FLIsGn5xwcFHw_uij3CBC-ZEZAUqoMgZnS8vBjDJ30_8WfxBKIed8
Citar
O Departamento de Estado dos EUA decidiu aprovar uma possível Venda Militar Estrangeira (FMS) de 32 Mísseis Ar-Ar de Médio Alcance AIM-120C-7 (AMRAAM) para o Japão, por um custo estimado de US$ 63 milhões.



Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1152
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 162 vez(es)
  • +39/-8
Re: Notícias (Indústrias de Defesa)
« Responder #115 em: Dezembro 08, 2018, 12:00:05 pm »
Universidade de Aveiro quer ajudar a NATO a combater extremistas na Internet

Como detectar o uso malicioso de vídeos e fotografias na Internet e, com isso, combater as mensagens extremistas? Em forma de competição, a NATO Strategic Communications Centre of Excellence (NATO StratCom) lançou o repto a especialistas em Informática e Sistemas Inteligentes de todo o mundo.

A solução da Universidade de Aveiro (UA) é uma das três escolhidas para ser apresentada na final do concurso no Centro de Excelência de Comunicação Estratégicas da NATO, em Riga (Letónia), a 10 de Dezembro.



Numa época em que as redes sociais são cada vez mais usadas para difundir mensagens extremistas e onde fotografias e imagens são manipuladas constantemente, a competição lançada pela NATO StratCom desafiou investigadores de todo o mundo a apresentarem soluções para combater uma realidade que a organização considera ser “um risco claro para a segurança da Aliança Atlântica”.

O objectivo da NATO é detectar conteúdo malicioso em vídeos e fotos online. Esse conteúdo pode ir desde propaganda política extremista até alterações ou descontextualização de imagens


Os investigadores Daniel Canedo, António Neves, José Luis Oliveira, Alina Trifan e Ricardo Ribeiro

Esta é a explicação de Daniel Canedo que, a par de António Neves, José Luis Oliveira, Alina Trifan e Ricardo Ribeiro, todos especialistas em Informática do Instituto de Engenharia Eletrónica e Informática de Aveiro (IEETA) da UA e do respectivo Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática (DETI), assina o projecto com que a equipa portuguesa pretende ajudar a NATO StratCom.

O universo online é muito sensível a este tipo de informação, especialmente porque a faixa etária predominante na Internet é a mais jovem

Segundo o investigador, facilmente se consegue moldar uma mente jovem através da Internet, e quem cria este conteúdo malicioso está bem ciente desse fenómeno. Portanto, “a NATO, por querer criar formas para combater este problema, lançou o desafio à comunidade científica com o objectivo de desenvolver sistemas capazes de detectar conteúdo malicioso”.



A ideia apresentada pela equipa da UA passa pelo desenvolvimento de um sistema capaz de analisar imagens, sejam em formato vídeo, sejam em fotografia, em três grandes dimensões. Em primeiro lugar o sistema quer esmiuçar os objectos. Os investigadores propõem-se a que no final da análise todos os objectos presentes nas imagens estejam rastreados de forma a que sejam ou não identificados aqueles que possam estar potencialmente ligados a grupos extremistas.

Em segundo lugar, o dispositivo informático permitirá também concluir se as imagens são originais ou se sofreram qualquer tipo de manipulação. Por último, o ‘detective’ da UA terá a capacidade de analisar a informação extraída das imagens, enquadrada com as eventuais mensagens que a possam acompanhar como posts ou comentários a elas ligados nas redes sociais.

Com base na informação extraída das imagens e dos conteúdos textuais dos posts que possam estar associados, o nosso sistema classificará o risco dessa informação utilizando técnicas de mineração de dados [exploração de grandes quantidades de dados em busca de padrões consistentes] e classificadores [treino de algoritmos para aprenderem padrões e fazerem previsões a partir de dados]

https://pplware.sapo.pt/informacao/ua-nato-combater-extremistas-internet/
 

 

Noticias da Industria Militar Española

Iniciado por ferrol

Respostas: 43
Visualizações: 17192
Última mensagem Janeiro 04, 2018, 11:11:13 am
por mafets
Novo código de conduta no mercado europeu da Defesa

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1673
Última mensagem Agosto 02, 2006, 09:19:11 am
por Marauder
Estados Europeus maior cooperação na área da Defesa

Iniciado por Mazagão

Respostas: 1
Visualizações: 2579
Última mensagem Junho 29, 2007, 02:03:09 pm
por SSK
Defesa: MDN e Microsoft criam em Portugal Centro de Inovação

Iniciado por comanche

Respostas: 5
Visualizações: 4246
Última mensagem Agosto 15, 2008, 06:18:51 pm
por jmg
Como reduzir carga tributaria em produtos de defesa

Iniciado por Cezar

Respostas: 5
Visualizações: 1348
Última mensagem Maio 31, 2011, 04:37:02 pm
por Cabeça de Martelo